SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
Vulcões
O que acontece se você sacudir bem uma
garrafa de refrigerante e depois abrir?
A pressão do gás fará o líquido transbordar da
garrafa. Quanto maior a pressão dentro da
garrafa, maior a força com que o líquido vai
transbordar.
Algo parecido ocorre nos vulcões. As rochas
derretidas no interior da Terra, o magma são
expelidas, juntamente com gases e vapor de
água, através de falhas na crosta.
Como surgem os vulcões?
Os vulcões podem surgir de várias maneiras. Muitos aparecem nas
bordas das placas tectônicas. O Brasil está no centro da Placa Sul-
Americana, portanto, afastado dos limites dessa placa.
Pode acontecer, por exemplo, que, depois de um
choque, parte de uma placa fique embaixo da outra e
derreta. Forma-se, assim, grandes reservatórios
subterrâneos de gases e magma incandescente.
É o gás preso no interior do magma, e não o
magma em si, que acaba forçando uma erupção. Os
tipos de gases incluem vapor d'água, dióxido de
carbono, dióxido de enxofre, sulfeto de hidrogênio
(que causa o cheiro de ovo podre), cloreto de
hidrogênio, e outros ácidos bastante fortes.
O que faz um vulcão entrar em erupção?
Vulcão Kilauea - Parque Nacional Hawaii Volcanoes.
O magma nas profundezas do manto fica sob muita pressão, portanto seus gases ficam
dissolvidos no líquido, como bolhas em uma garrafa de refrigerante fechada. O
magma derretido é menos denso que a rocha sólida. Ele sobe através de
fissuras no manto superior rígido. Uma vez lá, ele derrete pontos fracos na
litosfera, criando uma câmara que permite que mais magma suba.
O vulcão Etna, localizado ao leste da Sicília, na Itália, é
considerado o mais ativo do mundo. Só em 2011, ele
entrou em erupção 18 vezes.
Pompeia
Pompeia era uma típica cidade romana, situada próxima
ao vulcão Vesúvio nos arredores de Nápoles, sul da Itália. No ano de 79,
este vulcão entrou em erupção violenta, provocando um forte terremoto e
expelindo grandes quantidades de pedras incandescentes, lava vulcânica,
poeira e fumaça tóxica. A cidade de Pompeia foi totalmente coberta e quase
toda população morreu soterrada.
No final do século XVIII, a cidade foi redescoberta por um agricultor que,
ao trabalhar na região, localizou um muro da cidade. Nos dois séculos
seguintes, a cidade foi escavada por arqueólogos. Casas, prédios públicos,
aquedutos, teatros, termas, lojas e outras construções foram encontrados.
Os arqueólogos acharam também objetos e afrescos que revelaram
importantes aspectos do cotidiano de uma cidade típica do Império
Romano.
Porém, o que mais impressionou os pesquisadores foram os corpos
petrificados, em posição de proteção, que foram atingidos pelas
lavas vulcânicas.
Atualmente, as ruínas do sitio arqueológico de Pompeia
são visitadas por milhares de turistas do mundo todo.
Foto atual do Vesúvio, hoje inativo.
Outros exemplos
de Vulcões
Soufrière Hills, localizado na ilha caribenha de Montserrat.
Monte Bromo, Indonésia.
Vulcão Kirishima, Kagoshima – Japão.
Augustine Volcano – Alaska.
Vulcão Puyehue, na Cordilheira dos Andes, ao sul do
Chile.
O complexo vulcânico Tongariro que chega a 1.978m
fica na Nova Zelândia.
Componentes:
Carla Brígida – nº 2.
Emanuele Rodrigues – nº 5.
Márcia Fernanda – nº 12.
Renata Castro – nº 17.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

7 métodos estudo interior da terra
7   métodos estudo interior da terra7   métodos estudo interior da terra
7 métodos estudo interior da terra
margaridabt
 
Rochas sedimentares - minerais e formação
Rochas sedimentares  - minerais e formaçãoRochas sedimentares  - minerais e formação
Rochas sedimentares - minerais e formação
Isabel Lopes
 
Magma, teor em sílica, temperatura e erupções
Magma, teor em sílica, temperatura e erupçõesMagma, teor em sílica, temperatura e erupções
Magma, teor em sílica, temperatura e erupções
MINEDU
 
3 tectónica de placas
3   tectónica de placas3   tectónica de placas
3 tectónica de placas
margaridabt
 

Mais procurados (20)

Atividade sismica
Atividade sismicaAtividade sismica
Atividade sismica
 
Tema II - O Tempo Geológico e Métodos de Datação
Tema II -  O Tempo Geológico e Métodos de DataçãoTema II -  O Tempo Geológico e Métodos de Datação
Tema II - O Tempo Geológico e Métodos de Datação
 
Vulcanismo 7º
Vulcanismo 7ºVulcanismo 7º
Vulcanismo 7º
 
Vulcanismo Primário
Vulcanismo PrimárioVulcanismo Primário
Vulcanismo Primário
 
7 métodos estudo interior da terra
7   métodos estudo interior da terra7   métodos estudo interior da terra
7 métodos estudo interior da terra
 
Métodos para o estudo do interior da geosfera
Métodos para o estudo do interior da geosferaMétodos para o estudo do interior da geosfera
Métodos para o estudo do interior da geosfera
 
9 vulcanologia
9   vulcanologia9   vulcanologia
9 vulcanologia
 
Rochas sedimentares - minerais e formação
Rochas sedimentares  - minerais e formaçãoRochas sedimentares  - minerais e formação
Rochas sedimentares - minerais e formação
 
Ondas sísmicas power point
Ondas sísmicas power pointOndas sísmicas power point
Ondas sísmicas power point
 
Vulcanologia
VulcanologiaVulcanologia
Vulcanologia
 
Magma, teor em sílica, temperatura e erupções
Magma, teor em sílica, temperatura e erupçõesMagma, teor em sílica, temperatura e erupções
Magma, teor em sílica, temperatura e erupções
 
Vulcanismo I
Vulcanismo IVulcanismo I
Vulcanismo I
 
Pinatubo trabalho
Pinatubo trabalhoPinatubo trabalho
Pinatubo trabalho
 
Exercícios iões
Exercícios iõesExercícios iões
Exercícios iões
 
Atividade vulcanica
Atividade vulcanicaAtividade vulcanica
Atividade vulcanica
 
Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Vulcanismo
 
Aula 7 - CFQ 7º ano
Aula 7 - CFQ 7º anoAula 7 - CFQ 7º ano
Aula 7 - CFQ 7º ano
 
Sismos
SismosSismos
Sismos
 
3 tectónica de placas
3   tectónica de placas3   tectónica de placas
3 tectónica de placas
 
7º ano minerais
7º ano  minerais7º ano  minerais
7º ano minerais
 

Destaque

Diferentes tipos de erupções vulcânicas existentes
Diferentes tipos de erupções vulcânicas existentesDiferentes tipos de erupções vulcânicas existentes
Diferentes tipos de erupções vulcânicas existentes
Lenora Marquesini
 
Erupções vulcânicas
Erupções vulcânicas Erupções vulcânicas
Erupções vulcânicas
geocoisas
 
ErupçõEs Vulcânicas
ErupçõEs VulcânicasErupçõEs Vulcânicas
ErupçõEs Vulcânicas
dulcemarr
 
Tipos vulcoes
Tipos vulcoesTipos vulcoes
Tipos vulcoes
saritacvg
 
Actividade vculcânica 7º ano
Actividade vculcânica 7º anoActividade vculcânica 7º ano
Actividade vculcânica 7º ano
Sofia Ribeiro
 
Atividade vulcânica
Atividade vulcânicaAtividade vulcânica
Atividade vulcânica
acatarina82
 
Características das erupções vulcânicas
Características das erupções vulcânicasCaracterísticas das erupções vulcânicas
Características das erupções vulcânicas
MINEDU
 
Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Vulcanismo
Catir
 
Powerpoint 4 Vulcanologia Actividade Efusiva E Explosiva
Powerpoint 4   Vulcanologia   Actividade Efusiva E ExplosivaPowerpoint 4   Vulcanologia   Actividade Efusiva E Explosiva
Powerpoint 4 Vulcanologia Actividade Efusiva E Explosiva
Nuno Correia
 
Materiais Expelidos Pelos VulcõEs Piroclastos
Materiais Expelidos Pelos VulcõEs   PiroclastosMateriais Expelidos Pelos VulcõEs   Piroclastos
Materiais Expelidos Pelos VulcõEs Piroclastos
Nuno Correia
 

Destaque (20)

Vulcões
VulcõesVulcões
Vulcões
 
Diferentes tipos de erupções vulcânicas existentes
Diferentes tipos de erupções vulcânicas existentesDiferentes tipos de erupções vulcânicas existentes
Diferentes tipos de erupções vulcânicas existentes
 
Vulcões
VulcõesVulcões
Vulcões
 
Vulcões
VulcõesVulcões
Vulcões
 
Erupções vulcânicas
Erupções vulcânicas Erupções vulcânicas
Erupções vulcânicas
 
ErupçõEs Vulcânicas
ErupçõEs VulcânicasErupçõEs Vulcânicas
ErupçõEs Vulcânicas
 
Sismos
SismosSismos
Sismos
 
Vulcões
VulcõesVulcões
Vulcões
 
Tipos vulcoes
Tipos vulcoesTipos vulcoes
Tipos vulcoes
 
Actividade vculcânica 7º ano
Actividade vculcânica 7º anoActividade vculcânica 7º ano
Actividade vculcânica 7º ano
 
Atividade vulcânica
Atividade vulcânicaAtividade vulcânica
Atividade vulcânica
 
Características das erupções vulcânicas
Características das erupções vulcânicasCaracterísticas das erupções vulcânicas
Características das erupções vulcânicas
 
Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Vulcanismo
 
Vulcões
VulcõesVulcões
Vulcões
 
Vulcões
VulcõesVulcões
Vulcões
 
Vulcões
VulcõesVulcões
Vulcões
 
Vulcões e círculos de fogo
Vulcões e círculos de fogoVulcões e círculos de fogo
Vulcões e círculos de fogo
 
Powerpoint 4 Vulcanologia Actividade Efusiva E Explosiva
Powerpoint 4   Vulcanologia   Actividade Efusiva E ExplosivaPowerpoint 4   Vulcanologia   Actividade Efusiva E Explosiva
Powerpoint 4 Vulcanologia Actividade Efusiva E Explosiva
 
Materiais Expelidos Pelos VulcõEs Piroclastos
Materiais Expelidos Pelos VulcõEs   PiroclastosMateriais Expelidos Pelos VulcõEs   Piroclastos
Materiais Expelidos Pelos VulcõEs Piroclastos
 
Vulcões
VulcõesVulcões
Vulcões
 

Semelhante a Vulcões (20)

tipos de vulcanismo 7 ano
tipos de vulcanismo 7 anotipos de vulcanismo 7 ano
tipos de vulcanismo 7 ano
 
Vulcanismo 1
Vulcanismo 1 Vulcanismo 1
Vulcanismo 1
 
Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Vulcanismo
 
vulcanismo.ppt
vulcanismo.pptvulcanismo.ppt
vulcanismo.ppt
 
Resumo vulcões
Resumo vulcõesResumo vulcões
Resumo vulcões
 
Vulcanologia (resumo)
Vulcanologia (resumo)Vulcanologia (resumo)
Vulcanologia (resumo)
 
Vulcanismo 1
Vulcanismo 1 Vulcanismo 1
Vulcanismo 1
 
Introdução (Vulcanismo)
Introdução (Vulcanismo)Introdução (Vulcanismo)
Introdução (Vulcanismo)
 
Vesúvio mauro e rui
Vesúvio   mauro e ruiVesúvio   mauro e rui
Vesúvio mauro e rui
 
Vulcanologia 1
Vulcanologia 1Vulcanologia 1
Vulcanologia 1
 
vulcanismo
 vulcanismo vulcanismo
vulcanismo
 
Vulcoes
VulcoesVulcoes
Vulcoes
 
Vulcões
VulcõesVulcões
Vulcões
 
VULCANOLOGIA.pptx
VULCANOLOGIA.pptxVULCANOLOGIA.pptx
VULCANOLOGIA.pptx
 
O vulcão
O vulcãoO vulcão
O vulcão
 
Vulcoes
VulcoesVulcoes
Vulcoes
 
vulcanismo
vulcanismovulcanismo
vulcanismo
 
6ºano aula (cap. 4)
6ºano aula (cap. 4)6ºano aula (cap. 4)
6ºano aula (cap. 4)
 
Vulcanologia
VulcanologiaVulcanologia
Vulcanologia
 
Vulcanismo Primário e Secundário
Vulcanismo Primário e SecundárioVulcanismo Primário e Secundário
Vulcanismo Primário e Secundário
 

Mais de Carla Brígida

Articles and Adjectives
Articles and AdjectivesArticles and Adjectives
Articles and Adjectives
Carla Brígida
 

Mais de Carla Brígida (20)

Evasão Escolar
Evasão EscolarEvasão Escolar
Evasão Escolar
 
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
Simbolismo
 
Filo Platyhelminthes - Platelmintos
Filo Platyhelminthes - PlatelmintosFilo Platyhelminthes - Platelmintos
Filo Platyhelminthes - Platelmintos
 
Filo Mollusca - Moluscos
Filo Mollusca - MoluscosFilo Mollusca - Moluscos
Filo Mollusca - Moluscos
 
Olavo Bilac
Olavo BilacOlavo Bilac
Olavo Bilac
 
Mito e filosofia
Mito e filosofiaMito e filosofia
Mito e filosofia
 
Fungos
FungosFungos
Fungos
 
Renascimento Cultural
Renascimento CulturalRenascimento Cultural
Renascimento Cultural
 
Formação dos Reinos Ibéricos
Formação dos Reinos IbéricosFormação dos Reinos Ibéricos
Formação dos Reinos Ibéricos
 
Mitose e Meiose
Mitose e MeioseMitose e Meiose
Mitose e Meiose
 
Fecundação
FecundaçãoFecundação
Fecundação
 
Articles and Adjectives
Articles and AdjectivesArticles and Adjectives
Articles and Adjectives
 
Tabela Periódica
Tabela PeriódicaTabela Periódica
Tabela Periódica
 
Sábado Santo
Sábado SantoSábado Santo
Sábado Santo
 
Vitaminas
VitaminasVitaminas
Vitaminas
 
Niels Böhr
Niels BöhrNiels Böhr
Niels Böhr
 
O cangaço
O cangaçoO cangaço
O cangaço
 
Guerra Fria
Guerra FriaGuerra Fria
Guerra Fria
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Sódio
SódioSódio
Sódio
 

Último

atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
WelitaDiaz1
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
azulassessoria9
 

Último (20)

Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 

Vulcões

  • 2. O que acontece se você sacudir bem uma garrafa de refrigerante e depois abrir? A pressão do gás fará o líquido transbordar da garrafa. Quanto maior a pressão dentro da garrafa, maior a força com que o líquido vai transbordar. Algo parecido ocorre nos vulcões. As rochas derretidas no interior da Terra, o magma são expelidas, juntamente com gases e vapor de água, através de falhas na crosta. Como surgem os vulcões?
  • 3. Os vulcões podem surgir de várias maneiras. Muitos aparecem nas bordas das placas tectônicas. O Brasil está no centro da Placa Sul- Americana, portanto, afastado dos limites dessa placa.
  • 4. Pode acontecer, por exemplo, que, depois de um choque, parte de uma placa fique embaixo da outra e derreta. Forma-se, assim, grandes reservatórios subterrâneos de gases e magma incandescente. É o gás preso no interior do magma, e não o magma em si, que acaba forçando uma erupção. Os tipos de gases incluem vapor d'água, dióxido de carbono, dióxido de enxofre, sulfeto de hidrogênio (que causa o cheiro de ovo podre), cloreto de hidrogênio, e outros ácidos bastante fortes. O que faz um vulcão entrar em erupção?
  • 5. Vulcão Kilauea - Parque Nacional Hawaii Volcanoes.
  • 6. O magma nas profundezas do manto fica sob muita pressão, portanto seus gases ficam dissolvidos no líquido, como bolhas em uma garrafa de refrigerante fechada. O magma derretido é menos denso que a rocha sólida. Ele sobe através de fissuras no manto superior rígido. Uma vez lá, ele derrete pontos fracos na litosfera, criando uma câmara que permite que mais magma suba.
  • 7. O vulcão Etna, localizado ao leste da Sicília, na Itália, é considerado o mais ativo do mundo. Só em 2011, ele entrou em erupção 18 vezes.
  • 8. Pompeia Pompeia era uma típica cidade romana, situada próxima ao vulcão Vesúvio nos arredores de Nápoles, sul da Itália. No ano de 79, este vulcão entrou em erupção violenta, provocando um forte terremoto e expelindo grandes quantidades de pedras incandescentes, lava vulcânica, poeira e fumaça tóxica. A cidade de Pompeia foi totalmente coberta e quase toda população morreu soterrada. No final do século XVIII, a cidade foi redescoberta por um agricultor que, ao trabalhar na região, localizou um muro da cidade. Nos dois séculos seguintes, a cidade foi escavada por arqueólogos. Casas, prédios públicos, aquedutos, teatros, termas, lojas e outras construções foram encontrados. Os arqueólogos acharam também objetos e afrescos que revelaram importantes aspectos do cotidiano de uma cidade típica do Império Romano. Porém, o que mais impressionou os pesquisadores foram os corpos petrificados, em posição de proteção, que foram atingidos pelas lavas vulcânicas.
  • 9. Atualmente, as ruínas do sitio arqueológico de Pompeia são visitadas por milhares de turistas do mundo todo.
  • 10. Foto atual do Vesúvio, hoje inativo.
  • 12. Soufrière Hills, localizado na ilha caribenha de Montserrat.
  • 16. Vulcão Puyehue, na Cordilheira dos Andes, ao sul do Chile.
  • 17. O complexo vulcânico Tongariro que chega a 1.978m fica na Nova Zelândia.
  • 18. Componentes: Carla Brígida – nº 2. Emanuele Rodrigues – nº 5. Márcia Fernanda – nº 12. Renata Castro – nº 17.