SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
Catástrofes Naturais Subtema: Vulcões Área de Projecto 8ºD Trabalho realizado por: Daniela Marques Nº6 Pedro Couceiro Nº18 Professores: Pedro Francisco Ana Wiesenberger
O que é um vulcão?  Vulcão é toda a abertura da crosta terrestre pela qual se projectam gases, material elástico e magma procedentes do interior da Terra. 	Ocorre tanto nas regiões continentais como nas submarinas, mas sabe-se que os magmas se originam a altas temperaturas e pressões, e que essas condições se encontram principalmente nas regiões de contacto das placas que formam a litosfera.
Erupção Uma erupção começa quando a pressão na câmara magmática fica grande demais, expulsando a rocha incandescente armazenada lá dentro. 	O tamanho da erupção depende da quantidade de lava que é lançada para a superfície e da sua composição. Estes factores variam muito, não só de um vulcão para outro, mas entre as próprias explosões na mesma cratera.
Materiais de origem vulcânica Os produtos das erupções vulcânicas são lavas e rochas piroclásticas.
Lava O aspecto da lava varia de acordo com o grau de fluidez, a composição química, a temperatura, o grau de oxidação, o conteúdo em gases e o tempo de esfriamento, que depende da espessura do derrame e do ambiente aéreo ou aquoso. 	O principal ingrediente da lava é a sílica, em baixa concentração ela produz um magma quase líquido, como o dos vulcões do Havai.  	Em excesso, aumenta sua viscosidade, deixando-o quase sólido - o que causa erupções explosivas. Outro factor é a quantidade de gases dissolvidos no magma.
Fluxo Piroclástico 	Os fluxos piroclásticos (também conhecida como nuvem piroclástica) são o resultado devastador de algumas erupções vulcânicas.  	Constituem corpos fluidos, velozes, compostos de gás quente e piroclásticos (cinza e pedra) que podem viajar com velocidade de até 160 km por hora.  	O gás está normalmente numa temperatura entre 100-800 graus Célsius. Os fluxos piroclásticos normalmente deslocam-se rente ao solo, acompanhando as irregularidades do relevo.
Tipos de erupções Erupção Efusiva  é uma erupção com lava fluida, a erupção é calma, a lava escorre a grande velocidade (pode atingir os 30km/h), e as escoadas de lava são longas. Os cones que se formam são baixos e largos e os piroclásticos emitidos são grandes.  	 	Erupção explosiva  é uma erupção com lava viscosa, a erupção é violenta, a lava escorre a pouca velocidade e as escoadas de lava são curtas. Os cones que se formam são altos e estreitos e os piroclástico emitidos são pequenos 	Erupção estromboliana 	resulta de uma actividade mista entre a Efusiva e a Explosiva. Na actividade vulcânica deste tipo umas vezes emite-se lava fluida outras lava viscosa. O cone é de tamanho intermédio, nem tão baixo e largo como o havaiano, nem tão alto e estreito como o Vulcânico.  	Este tipo de vulcanismo é uma homenagem ao vulcão Stromboliano.   
Hot spots ou pontos quentes 	Os vulcões de hot spots eram originalmente vulcões que não poderiam ser incluídos nas categorias antes referidas. 	Nos dias de hoje os hot spots referem-se a uma situação bastante mais específica - uma pluma isolada de material quente do manto que intercepta a zona inferior da crosta terrestre (oceânica ou continental), conduzindo à formação de um centro vulcânico que não se encontra ligado a um limite de placa. 	O exemplo clássico é a cadeia havaiana de vulcões e montes submarinos; o Yellowstone é também tido como outro exemplo, sendo a intercepção neste caso com uma placa continental.  	A Islândia e os Açores são por vezes citados como outros exemplos, mas bastante mais complexos devido à coincidência do Rift médio Atlântico com um hot spot.  	Não há consenso acerca do conceito de "hotspot", uma vez que os vulcanólogos não são consensuais acerca da origem das plumas "quentes do manto": se têm origem no manto superior ou no manto inferior.
Como prevenir:   	Os fenómenos de vulcanismo podem-se prevenir das seguintes maneiras: 	Hoje em dia é aconselhável prevenir-se contra os desastres naturais, deixando preparado alimentos para emergência, água, lanternas, rádio portátil, medicamentos e verificando os locais de refugio.. 	Cada região onde exista risco de actividade vulcânica deve possuir locais de refugio predeterminados para atender aos casos de emergência. 	Geralmente são os parques ou estabelecimentos públicos como escolas. 	Procure onde ficar, os locais de refugio próximos da sua morada.  

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Furacões e tornados
Furacões e tornadosFuracões e tornados
Furacões e tornados
Daiane Moura
 
O relevo e as suas formas
O relevo e as suas formasO relevo e as suas formas
O relevo e as suas formas
profacacio
 
Inversão térmica
Inversão térmicaInversão térmica
Inversão térmica
Luan Furtado
 
BIÓLOGA MARINHA
BIÓLOGA MARINHABIÓLOGA MARINHA
BIÓLOGA MARINHA
Suuh Silva
 
Riscos e Catastrofes Naturais
Riscos e Catastrofes NaturaisRiscos e Catastrofes Naturais
Riscos e Catastrofes Naturais
marleneves
 
Aquiferos ppt-Recursos hidricos
Aquiferos ppt-Recursos hidricosAquiferos ppt-Recursos hidricos
Aquiferos ppt-Recursos hidricos
IrisFF
 

Mais procurados (20)

Furacões e tornados
Furacões e tornadosFuracões e tornados
Furacões e tornados
 
Os climas da terra
Os climas da terraOs climas da terra
Os climas da terra
 
Furacões e tornados
Furacões e tornadosFuracões e tornados
Furacões e tornados
 
11 atmosfera primitiva e atual
11   atmosfera primitiva e atual11   atmosfera primitiva e atual
11 atmosfera primitiva e atual
 
Chuva Ácida
Chuva ÁcidaChuva Ácida
Chuva Ácida
 
O relevo e as suas formas
O relevo e as suas formasO relevo e as suas formas
O relevo e as suas formas
 
Tempestades
TempestadesTempestades
Tempestades
 
Furacões e tornados
Furacões e tornadosFuracões e tornados
Furacões e tornados
 
Desastres naturais conceitos basicos
Desastres naturais conceitos basicosDesastres naturais conceitos basicos
Desastres naturais conceitos basicos
 
Inversão térmica
Inversão térmicaInversão térmica
Inversão térmica
 
3 atmosfera
3 atmosfera3 atmosfera
3 atmosfera
 
BIÓLOGA MARINHA
BIÓLOGA MARINHABIÓLOGA MARINHA
BIÓLOGA MARINHA
 
Atmosfera
AtmosferaAtmosfera
Atmosfera
 
Riscos e Catastrofes Naturais
Riscos e Catastrofes NaturaisRiscos e Catastrofes Naturais
Riscos e Catastrofes Naturais
 
Aquiferos ppt-Recursos hidricos
Aquiferos ppt-Recursos hidricosAquiferos ppt-Recursos hidricos
Aquiferos ppt-Recursos hidricos
 
Movimentos de Vertente
Movimentos de VertenteMovimentos de Vertente
Movimentos de Vertente
 
A Poluição
A PoluiçãoA Poluição
A Poluição
 
Eclipses
EclipsesEclipses
Eclipses
 
Poluentes atmosféricos
Poluentes atmosféricosPoluentes atmosféricos
Poluentes atmosféricos
 
V - VULCANISMO
V - VULCANISMOV - VULCANISMO
V - VULCANISMO
 

Semelhante a Vulcoes

Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Vulcanismo
Catir
 
Introdução (Vulcanismo)
Introdução (Vulcanismo)Introdução (Vulcanismo)
Introdução (Vulcanismo)
Sasuke Sakura
 
Vulcanismo Primário e Secundário
Vulcanismo Primário e SecundárioVulcanismo Primário e Secundário
Vulcanismo Primário e Secundário
Luís Reguengo
 
Trabalho de Geografia - Vulcões
Trabalho de Geografia - VulcõesTrabalho de Geografia - Vulcões
Trabalho de Geografia - Vulcões
Pedro Klein Garcia
 

Semelhante a Vulcoes (20)

Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Vulcanismo
 
Introdução (Vulcanismo)
Introdução (Vulcanismo)Introdução (Vulcanismo)
Introdução (Vulcanismo)
 
Vulcanismo 7º
Vulcanismo 7ºVulcanismo 7º
Vulcanismo 7º
 
Seminario de geografia vulcão 1ºb em
Seminario de geografia vulcão   1ºb emSeminario de geografia vulcão   1ºb em
Seminario de geografia vulcão 1ºb em
 
vulcanismo.ppt
vulcanismo.pptvulcanismo.ppt
vulcanismo.ppt
 
Vulcanologia
VulcanologiaVulcanologia
Vulcanologia
 
Vulcanismo 6
Vulcanismo 6Vulcanismo 6
Vulcanismo 6
 
Cn vulcões
Cn vulcõesCn vulcões
Cn vulcões
 
VulcãO
VulcãOVulcãO
VulcãO
 
Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Vulcanismo
 
Aula 3 vulcanismo
Aula 3 vulcanismoAula 3 vulcanismo
Aula 3 vulcanismo
 
Vulcanisno
VulcanisnoVulcanisno
Vulcanisno
 
Trabalho de geologia
Trabalho de geologiaTrabalho de geologia
Trabalho de geologia
 
Vulcanismo Primário e Secundário
Vulcanismo Primário e SecundárioVulcanismo Primário e Secundário
Vulcanismo Primário e Secundário
 
vulcanismo
 vulcanismo vulcanismo
vulcanismo
 
Vulcanologia
VulcanologiaVulcanologia
Vulcanologia
 
Actividade vculcânica 7ano
Actividade vculcânica 7anoActividade vculcânica 7ano
Actividade vculcânica 7ano
 
Vulcanismo1
Vulcanismo1Vulcanismo1
Vulcanismo1
 
tipos de vulcanismo 7 ano
tipos de vulcanismo 7 anotipos de vulcanismo 7 ano
tipos de vulcanismo 7 ano
 
Trabalho de Geografia - Vulcões
Trabalho de Geografia - VulcõesTrabalho de Geografia - Vulcões
Trabalho de Geografia - Vulcões
 

Último

Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Dirceu Resende
 

Último (9)

O futuro e o impacto da tecnologia nas salas de aulas
O futuro e o impacto da tecnologia  nas salas de aulasO futuro e o impacto da tecnologia  nas salas de aulas
O futuro e o impacto da tecnologia nas salas de aulas
 
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfFrom_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
 
Apostila e caderno de exercicios de WORD
Apostila e caderno de exercicios de  WORDApostila e caderno de exercicios de  WORD
Apostila e caderno de exercicios de WORD
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 

Vulcoes

  • 1. Catástrofes Naturais Subtema: Vulcões Área de Projecto 8ºD Trabalho realizado por: Daniela Marques Nº6 Pedro Couceiro Nº18 Professores: Pedro Francisco Ana Wiesenberger
  • 2. O que é um vulcão?  Vulcão é toda a abertura da crosta terrestre pela qual se projectam gases, material elástico e magma procedentes do interior da Terra. Ocorre tanto nas regiões continentais como nas submarinas, mas sabe-se que os magmas se originam a altas temperaturas e pressões, e que essas condições se encontram principalmente nas regiões de contacto das placas que formam a litosfera.
  • 3. Erupção Uma erupção começa quando a pressão na câmara magmática fica grande demais, expulsando a rocha incandescente armazenada lá dentro. O tamanho da erupção depende da quantidade de lava que é lançada para a superfície e da sua composição. Estes factores variam muito, não só de um vulcão para outro, mas entre as próprias explosões na mesma cratera.
  • 4. Materiais de origem vulcânica Os produtos das erupções vulcânicas são lavas e rochas piroclásticas.
  • 5. Lava O aspecto da lava varia de acordo com o grau de fluidez, a composição química, a temperatura, o grau de oxidação, o conteúdo em gases e o tempo de esfriamento, que depende da espessura do derrame e do ambiente aéreo ou aquoso. O principal ingrediente da lava é a sílica, em baixa concentração ela produz um magma quase líquido, como o dos vulcões do Havai. Em excesso, aumenta sua viscosidade, deixando-o quase sólido - o que causa erupções explosivas. Outro factor é a quantidade de gases dissolvidos no magma.
  • 6. Fluxo Piroclástico Os fluxos piroclásticos (também conhecida como nuvem piroclástica) são o resultado devastador de algumas erupções vulcânicas. Constituem corpos fluidos, velozes, compostos de gás quente e piroclásticos (cinza e pedra) que podem viajar com velocidade de até 160 km por hora. O gás está normalmente numa temperatura entre 100-800 graus Célsius. Os fluxos piroclásticos normalmente deslocam-se rente ao solo, acompanhando as irregularidades do relevo.
  • 7. Tipos de erupções Erupção Efusiva é uma erupção com lava fluida, a erupção é calma, a lava escorre a grande velocidade (pode atingir os 30km/h), e as escoadas de lava são longas. Os cones que se formam são baixos e largos e os piroclásticos emitidos são grandes.   Erupção explosiva é uma erupção com lava viscosa, a erupção é violenta, a lava escorre a pouca velocidade e as escoadas de lava são curtas. Os cones que se formam são altos e estreitos e os piroclástico emitidos são pequenos Erupção estromboliana resulta de uma actividade mista entre a Efusiva e a Explosiva. Na actividade vulcânica deste tipo umas vezes emite-se lava fluida outras lava viscosa. O cone é de tamanho intermédio, nem tão baixo e largo como o havaiano, nem tão alto e estreito como o Vulcânico. Este tipo de vulcanismo é uma homenagem ao vulcão Stromboliano.  
  • 8.
  • 9. Hot spots ou pontos quentes Os vulcões de hot spots eram originalmente vulcões que não poderiam ser incluídos nas categorias antes referidas. Nos dias de hoje os hot spots referem-se a uma situação bastante mais específica - uma pluma isolada de material quente do manto que intercepta a zona inferior da crosta terrestre (oceânica ou continental), conduzindo à formação de um centro vulcânico que não se encontra ligado a um limite de placa. O exemplo clássico é a cadeia havaiana de vulcões e montes submarinos; o Yellowstone é também tido como outro exemplo, sendo a intercepção neste caso com uma placa continental. A Islândia e os Açores são por vezes citados como outros exemplos, mas bastante mais complexos devido à coincidência do Rift médio Atlântico com um hot spot. Não há consenso acerca do conceito de "hotspot", uma vez que os vulcanólogos não são consensuais acerca da origem das plumas "quentes do manto": se têm origem no manto superior ou no manto inferior.
  • 10. Como prevenir:   Os fenómenos de vulcanismo podem-se prevenir das seguintes maneiras: Hoje em dia é aconselhável prevenir-se contra os desastres naturais, deixando preparado alimentos para emergência, água, lanternas, rádio portátil, medicamentos e verificando os locais de refugio.. Cada região onde exista risco de actividade vulcânica deve possuir locais de refugio predeterminados para atender aos casos de emergência. Geralmente são os parques ou estabelecimentos públicos como escolas. Procure onde ficar, os locais de refugio próximos da sua morada.