SlideShare uma empresa Scribd logo
VULCÕES
Vulcão é um ponto da superfície terrestre por onde o material fundido (magma), gerado
no interior da terra e, ocasionalmente, material não fundido são expelidos. Estes
materiais se acumulam ao redor do centro emissor, dando lugar a relevos com
morfologias diferentes. De acordo com esta definição, um vulcão não representa
unicamente uma morfologia (em formato de cone ou montanha), mas é o resultado de
um complexo processo que inclui a formação, ascensão, evolução, emissão de magma e
depósito destes materiais. O estudo dos vulcões e seus fenômenos é a vulcanologia.




Os vulcões são uma manifestação superficial da energia interna da Terra. A temperatura
e a pressão são incrementadas na medida em que nos aproximamos do interior do
planeta, alcançando uma temperatura de 5000°C no núcleo. O efeito combinado da
temperatura e da pressão em diferentes profundidades provoca um comportamento
diferente que se estruturam em diferentes camadas.

Alguns vulcões são mais ativos do que outros. Pode se dizer que alguns estão
continuamente em erupção, pelo menos no presente geológico. O Stromboli, situado nas
Ilhas Lípari, na Itália, tem estado ativo desde a antiguidade. O Izalco, em El Salvador,
está ativo desde sua primeira erupção, em 1770. Outros vulcões ativos de maneira
constante estão numa cadeia, chamada Cinturão de Fogo, que rodeia o Oceano Pacífico.
Na Cordilheira dos Andes, estima-se que existam mais de 60 vulcões que podem ser
considerados ativos.

Muitos outros vulcões, como o Vesúvio, permanecem em um estado de atividade
moderada durante períodos mais ou menos longos e depois repousam durante meses ou
anos. A erupção, depois de um período de latência, costuma ser violenta, como
aconteceu com o monte Pinatubo, que, depois de seis séculos, teve uma violenta
erupção.
Em uma erupção violenta de um vulcão a lava está carregada de vapor e outros gases,
como dióxido de carbono, hidrogênio, monóxido de carbono e dióxido de enxofre, que
escapam da massa de lava expelida nas grandes explosões, ascendem formando uma
turva e densa nuvem, estas nuvens descarregam, muitas vezes, chuvas copiosas. Porções
grandes e pequenas de lava são expelidas em direção ao exterior, e formam uma fonte
ardente de gotas e fragmentos classificados como bombas, brasas ou cinzas, segundo
seus tamanhos e formatos.

A enorme quantidade de energia liberada durante uma erupção explosiva pode ser
avaliada em função da altura que as rochas e cinzas são projetadas. Há relatos de que as
cinzas do Krakatoa, na Indonésia, foram lançadas a uma altura de 27 km, em 1883. As
nuvens de vapor e poeira assim expelidas podem produzir efeitos atmosféricos e
climáticos duradouros.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

6ºano aula (cap. 4)
6ºano aula (cap. 4)6ºano aula (cap. 4)
6ºano aula (cap. 4)
Alexandre Alves
 
Vulcões
VulcõesVulcões
Vulcões
Marta_Costinha
 
6ºano aula (cap. 5)
6ºano aula (cap. 5)6ºano aula (cap. 5)
6ºano aula (cap. 5)
Alexandre Alves
 
Vulcoes
VulcoesVulcoes
Vulcoes
ap8dgrp4
 
Aula 2
Aula 2Aula 2
Tipos de vulcões
Tipos de vulcõesTipos de vulcões
Tipos de vulcões
Wanderson Benigno
 
Vulcões
VulcõesVulcões
Vulcões
Carla Brígida
 
Trabalho de ciencias
Trabalho de cienciasTrabalho de ciencias
Trabalho de ciencias
Bruno Filipe
 
Vulcanismo 6
Vulcanismo 6Vulcanismo 6
Vulcanismo 6
YagoVerling
 
A tectônica de placas
A tectônica de placasA tectônica de placas
A tectônica de placas
Wendell Fabrício
 
Atividade vulcânica
Atividade vulcânicaAtividade vulcânica
Atividade vulcânica
Sofia Monteiro
 
Dinâmica interna e externa do relevo
Dinâmica interna e externa do relevoDinâmica interna e externa do relevo
Dinâmica interna e externa do relevo
João José Ferreira Tojal
 
Erupção vulcânica
Erupção vulcânicaErupção vulcânica
Erupção vulcânica
Gonçalo Ribeiro
 
Vulcanologia (resumo)
Vulcanologia (resumo)Vulcanologia (resumo)
Vulcanologia (resumo)
Nome Sobrenome
 
Vulcanismo e plutonismo
Vulcanismo e plutonismoVulcanismo e plutonismo
Vulcanismo e plutonismo
Wendell Fabrício
 
Processos internos e externos responsáveis por mudanças na
Processos internos e externos responsáveis por mudanças naProcessos internos e externos responsáveis por mudanças na
Processos internos e externos responsáveis por mudanças na
Prefeitura Municipal de São José do Rio Preto
 
8 a aula geo cpvem relevo-i
8 a aula geo cpvem   relevo-i8 a aula geo cpvem   relevo-i
8 a aula geo cpvem relevo-i
Wellington Moreira
 
Ficha vulcanismo
Ficha vulcanismoFicha vulcanismo
Ficha vulcanismo
nanci
 
Resumo vulcões
Resumo vulcõesResumo vulcões
Resumo vulcões
MINEDU
 
Dinâmica da natureza e
Dinâmica da natureza    eDinâmica da natureza    e
Dinâmica da natureza e
Adauto Ferreira
 

Mais procurados (20)

6ºano aula (cap. 4)
6ºano aula (cap. 4)6ºano aula (cap. 4)
6ºano aula (cap. 4)
 
Vulcões
VulcõesVulcões
Vulcões
 
6ºano aula (cap. 5)
6ºano aula (cap. 5)6ºano aula (cap. 5)
6ºano aula (cap. 5)
 
Vulcoes
VulcoesVulcoes
Vulcoes
 
Aula 2
Aula 2Aula 2
Aula 2
 
Tipos de vulcões
Tipos de vulcõesTipos de vulcões
Tipos de vulcões
 
Vulcões
VulcõesVulcões
Vulcões
 
Trabalho de ciencias
Trabalho de cienciasTrabalho de ciencias
Trabalho de ciencias
 
Vulcanismo 6
Vulcanismo 6Vulcanismo 6
Vulcanismo 6
 
A tectônica de placas
A tectônica de placasA tectônica de placas
A tectônica de placas
 
Atividade vulcânica
Atividade vulcânicaAtividade vulcânica
Atividade vulcânica
 
Dinâmica interna e externa do relevo
Dinâmica interna e externa do relevoDinâmica interna e externa do relevo
Dinâmica interna e externa do relevo
 
Erupção vulcânica
Erupção vulcânicaErupção vulcânica
Erupção vulcânica
 
Vulcanologia (resumo)
Vulcanologia (resumo)Vulcanologia (resumo)
Vulcanologia (resumo)
 
Vulcanismo e plutonismo
Vulcanismo e plutonismoVulcanismo e plutonismo
Vulcanismo e plutonismo
 
Processos internos e externos responsáveis por mudanças na
Processos internos e externos responsáveis por mudanças naProcessos internos e externos responsáveis por mudanças na
Processos internos e externos responsáveis por mudanças na
 
8 a aula geo cpvem relevo-i
8 a aula geo cpvem   relevo-i8 a aula geo cpvem   relevo-i
8 a aula geo cpvem relevo-i
 
Ficha vulcanismo
Ficha vulcanismoFicha vulcanismo
Ficha vulcanismo
 
Resumo vulcões
Resumo vulcõesResumo vulcões
Resumo vulcões
 
Dinâmica da natureza e
Dinâmica da natureza    eDinâmica da natureza    e
Dinâmica da natureza e
 

Destaque

CALENDARIO DE ENSAYOS
CALENDARIO DE ENSAYOSCALENDARIO DE ENSAYOS
CALENDARIO DE ENSAYOS
AMSALUD
 
Campeonato de Língua Portuguesa - Categoria B
Campeonato de Língua Portuguesa - Categoria BCampeonato de Língua Portuguesa - Categoria B
Alevin c
Alevin cAlevin c
Alevin c
fbcat
 
Junta de Freguesia de Glória do Ribatejo - Comunicado
Junta de Freguesia de Glória do Ribatejo - ComunicadoJunta de Freguesia de Glória do Ribatejo - Comunicado
Junta de Freguesia de Glória do Ribatejo - Comunicado
Nuno Antão
 
Edital profissionais saude_provab
Edital profissionais saude_provabEdital profissionais saude_provab
Edital profissionais saude_provab
Edson Santos Bispo
 
Direto do doutor today 091 mar'06 cafe da manha importante
Direto do doutor   today 091 mar'06 cafe da manha importanteDireto do doutor   today 091 mar'06 cafe da manha importante
Direto do doutor today 091 mar'06 cafe da manha importante
Thales Lopes
 
Portfolio example
Portfolio examplePortfolio example
Portfolio example
Mary Lassen
 
Work shop
Work shopWork shop
Work shop
sandrareginaluz
 
Projectos da lista C para o novo PSD Amadora_Novo Rumo
Projectos da lista C para o novo PSD Amadora_Novo RumoProjectos da lista C para o novo PSD Amadora_Novo Rumo
Projectos da lista C para o novo PSD Amadora_Novo Rumo
Jorge Humberto
 
Descascador de dente de alho pneumático
Descascador de dente de alho pneumáticoDescascador de dente de alho pneumático
Descascador de dente de alho pneumático
tortugan
 
Colgiogniosdofuturo 120229074905-phpapp01
Colgiogniosdofuturo 120229074905-phpapp01Colgiogniosdofuturo 120229074905-phpapp01
Colgiogniosdofuturo 120229074905-phpapp01
Marcos Azevedo
 
Registo actividadefinal net
Registo actividadefinal netRegisto actividadefinal net
Registo actividadefinal net
João Lima
 
3º dia um coração que anuncia
3º dia um coração que anuncia3º dia um coração que anuncia
3º dia um coração que anuncia
Irmão Feliciano Sv
 
Sexta02 03-12
Sexta02 03-12Sexta02 03-12
Sexta02 03-12
leandroaleixo
 
Paulistão 1907
Paulistão 1907Paulistão 1907
Paulistão 1907
roberto-lealfig
 
Censo dos Censos de torcida
Censo dos Censos de torcidaCenso dos Censos de torcida
Censo dos Censos de torcida
cassiozirpoli
 
Louvem o senhor,_aleluia!
Louvem o senhor,_aleluia!Louvem o senhor,_aleluia!
Louvem o senhor,_aleluia!
ambap
 
Fim do euro recomendações práticas
Fim do euro recomendações práticasFim do euro recomendações práticas
Fim do euro recomendações práticas
Emanuel Martins
 

Destaque (20)

CALENDARIO DE ENSAYOS
CALENDARIO DE ENSAYOSCALENDARIO DE ENSAYOS
CALENDARIO DE ENSAYOS
 
Campeonato de Língua Portuguesa - Categoria B
Campeonato de Língua Portuguesa - Categoria BCampeonato de Língua Portuguesa - Categoria B
Campeonato de Língua Portuguesa - Categoria B
 
Alevin c
Alevin cAlevin c
Alevin c
 
Junta de Freguesia de Glória do Ribatejo - Comunicado
Junta de Freguesia de Glória do Ribatejo - ComunicadoJunta de Freguesia de Glória do Ribatejo - Comunicado
Junta de Freguesia de Glória do Ribatejo - Comunicado
 
Edital profissionais saude_provab
Edital profissionais saude_provabEdital profissionais saude_provab
Edital profissionais saude_provab
 
Direto do doutor today 091 mar'06 cafe da manha importante
Direto do doutor   today 091 mar'06 cafe da manha importanteDireto do doutor   today 091 mar'06 cafe da manha importante
Direto do doutor today 091 mar'06 cafe da manha importante
 
Portfolio example
Portfolio examplePortfolio example
Portfolio example
 
Work shop
Work shopWork shop
Work shop
 
Projectos da lista C para o novo PSD Amadora_Novo Rumo
Projectos da lista C para o novo PSD Amadora_Novo RumoProjectos da lista C para o novo PSD Amadora_Novo Rumo
Projectos da lista C para o novo PSD Amadora_Novo Rumo
 
Descascador de dente de alho pneumático
Descascador de dente de alho pneumáticoDescascador de dente de alho pneumático
Descascador de dente de alho pneumático
 
Colgiogniosdofuturo 120229074905-phpapp01
Colgiogniosdofuturo 120229074905-phpapp01Colgiogniosdofuturo 120229074905-phpapp01
Colgiogniosdofuturo 120229074905-phpapp01
 
Registo actividadefinal net
Registo actividadefinal netRegisto actividadefinal net
Registo actividadefinal net
 
HR DIVERSITY
HR DIVERSITYHR DIVERSITY
HR DIVERSITY
 
3º dia um coração que anuncia
3º dia um coração que anuncia3º dia um coração que anuncia
3º dia um coração que anuncia
 
Sexta02 03-12
Sexta02 03-12Sexta02 03-12
Sexta02 03-12
 
Paulistão 1907
Paulistão 1907Paulistão 1907
Paulistão 1907
 
Diapositiva
DiapositivaDiapositiva
Diapositiva
 
Censo dos Censos de torcida
Censo dos Censos de torcidaCenso dos Censos de torcida
Censo dos Censos de torcida
 
Louvem o senhor,_aleluia!
Louvem o senhor,_aleluia!Louvem o senhor,_aleluia!
Louvem o senhor,_aleluia!
 
Fim do euro recomendações práticas
Fim do euro recomendações práticasFim do euro recomendações práticas
Fim do euro recomendações práticas
 

Semelhante a Vulcões

vulcanismo.ppt
vulcanismo.pptvulcanismo.ppt
vulcanismo.ppt
MikeMicas
 
TEMAS DE CIENCIAS PARA TRABALHOS :D
TEMAS DE CIENCIAS PARA TRABALHOS :DTEMAS DE CIENCIAS PARA TRABALHOS :D
TEMAS DE CIENCIAS PARA TRABALHOS :D
Laura Miali
 
Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Vulcanismo
Catir
 
tipos de vulcanismo 7 ano
tipos de vulcanismo 7 anotipos de vulcanismo 7 ano
tipos de vulcanismo 7 ano
David Aps
 
Seminario de geografia vulcão 1ºb em
Seminario de geografia vulcão   1ºb emSeminario de geografia vulcão   1ºb em
Seminario de geografia vulcão 1ºb em
Vinicius Vasconcelos
 
Actividade vculcânica 7ano
Actividade vculcânica 7anoActividade vculcânica 7ano
Actividade vculcânica 7ano
Leonardo Alves
 
Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Vulcanismo
Ana Soares
 
Fogo Interior.pptx
Fogo Interior.pptxFogo Interior.pptx
Fogo Interior.pptx
FilipaLeandro4
 
Vulcoes
VulcoesVulcoes
Vulcoes
turmabgranja
 
Vulcão
VulcãoVulcão
Vulcanismo1
Vulcanismo1Vulcanismo1
VULCANOLOGIA.pptx
VULCANOLOGIA.pptxVULCANOLOGIA.pptx
VULCANOLOGIA.pptx
RicardoVasconcelos65
 
Vulcanologia
VulcanologiaVulcanologia
Vulcanologia
Leonardo Alves
 
Erupções vulcânicas
Erupções vulcânicas Erupções vulcânicas
Erupções vulcânicas
geocoisas
 
vulcanismo
 vulcanismo vulcanismo
vulcanismo
Terceiro Calhau
 
Vulcanologia
VulcanologiaVulcanologia
Vulcanologia
Gabriela Bruno
 
Vulcanismo 7º
Vulcanismo 7ºVulcanismo 7º
Vulcanismo 7º
guest76d5b3
 
Vulcanismo1_comenius
Vulcanismo1_comeniusVulcanismo1_comenius
Vulcanismo1_comenius
volcanochain
 
Vulcanismo2
Vulcanismo2Vulcanismo2
Vulcanismo2
home
 
Geologia 10º ano II
Geologia 10º ano IIGeologia 10º ano II
Geologia 10º ano II
Renata Sofia
 

Semelhante a Vulcões (20)

vulcanismo.ppt
vulcanismo.pptvulcanismo.ppt
vulcanismo.ppt
 
TEMAS DE CIENCIAS PARA TRABALHOS :D
TEMAS DE CIENCIAS PARA TRABALHOS :DTEMAS DE CIENCIAS PARA TRABALHOS :D
TEMAS DE CIENCIAS PARA TRABALHOS :D
 
Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Vulcanismo
 
tipos de vulcanismo 7 ano
tipos de vulcanismo 7 anotipos de vulcanismo 7 ano
tipos de vulcanismo 7 ano
 
Seminario de geografia vulcão 1ºb em
Seminario de geografia vulcão   1ºb emSeminario de geografia vulcão   1ºb em
Seminario de geografia vulcão 1ºb em
 
Actividade vculcânica 7ano
Actividade vculcânica 7anoActividade vculcânica 7ano
Actividade vculcânica 7ano
 
Vulcanismo
VulcanismoVulcanismo
Vulcanismo
 
Fogo Interior.pptx
Fogo Interior.pptxFogo Interior.pptx
Fogo Interior.pptx
 
Vulcoes
VulcoesVulcoes
Vulcoes
 
Vulcão
VulcãoVulcão
Vulcão
 
Vulcanismo1
Vulcanismo1Vulcanismo1
Vulcanismo1
 
VULCANOLOGIA.pptx
VULCANOLOGIA.pptxVULCANOLOGIA.pptx
VULCANOLOGIA.pptx
 
Vulcanologia
VulcanologiaVulcanologia
Vulcanologia
 
Erupções vulcânicas
Erupções vulcânicas Erupções vulcânicas
Erupções vulcânicas
 
vulcanismo
 vulcanismo vulcanismo
vulcanismo
 
Vulcanologia
VulcanologiaVulcanologia
Vulcanologia
 
Vulcanismo 7º
Vulcanismo 7ºVulcanismo 7º
Vulcanismo 7º
 
Vulcanismo1_comenius
Vulcanismo1_comeniusVulcanismo1_comenius
Vulcanismo1_comenius
 
Vulcanismo2
Vulcanismo2Vulcanismo2
Vulcanismo2
 
Geologia 10º ano II
Geologia 10º ano IIGeologia 10º ano II
Geologia 10º ano II
 

Vulcões

  • 1. VULCÕES Vulcão é um ponto da superfície terrestre por onde o material fundido (magma), gerado no interior da terra e, ocasionalmente, material não fundido são expelidos. Estes materiais se acumulam ao redor do centro emissor, dando lugar a relevos com morfologias diferentes. De acordo com esta definição, um vulcão não representa unicamente uma morfologia (em formato de cone ou montanha), mas é o resultado de um complexo processo que inclui a formação, ascensão, evolução, emissão de magma e depósito destes materiais. O estudo dos vulcões e seus fenômenos é a vulcanologia. Os vulcões são uma manifestação superficial da energia interna da Terra. A temperatura e a pressão são incrementadas na medida em que nos aproximamos do interior do planeta, alcançando uma temperatura de 5000°C no núcleo. O efeito combinado da temperatura e da pressão em diferentes profundidades provoca um comportamento diferente que se estruturam em diferentes camadas. Alguns vulcões são mais ativos do que outros. Pode se dizer que alguns estão continuamente em erupção, pelo menos no presente geológico. O Stromboli, situado nas Ilhas Lípari, na Itália, tem estado ativo desde a antiguidade. O Izalco, em El Salvador, está ativo desde sua primeira erupção, em 1770. Outros vulcões ativos de maneira constante estão numa cadeia, chamada Cinturão de Fogo, que rodeia o Oceano Pacífico. Na Cordilheira dos Andes, estima-se que existam mais de 60 vulcões que podem ser considerados ativos. Muitos outros vulcões, como o Vesúvio, permanecem em um estado de atividade moderada durante períodos mais ou menos longos e depois repousam durante meses ou anos. A erupção, depois de um período de latência, costuma ser violenta, como aconteceu com o monte Pinatubo, que, depois de seis séculos, teve uma violenta erupção.
  • 2. Em uma erupção violenta de um vulcão a lava está carregada de vapor e outros gases, como dióxido de carbono, hidrogênio, monóxido de carbono e dióxido de enxofre, que escapam da massa de lava expelida nas grandes explosões, ascendem formando uma turva e densa nuvem, estas nuvens descarregam, muitas vezes, chuvas copiosas. Porções grandes e pequenas de lava são expelidas em direção ao exterior, e formam uma fonte ardente de gotas e fragmentos classificados como bombas, brasas ou cinzas, segundo seus tamanhos e formatos. A enorme quantidade de energia liberada durante uma erupção explosiva pode ser avaliada em função da altura que as rochas e cinzas são projetadas. Há relatos de que as cinzas do Krakatoa, na Indonésia, foram lançadas a uma altura de 27 km, em 1883. As nuvens de vapor e poeira assim expelidas podem produzir efeitos atmosféricos e climáticos duradouros.