SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Baixar para ler offline
1
UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
ESCOLA DE COMUNICAÇÕES E ARTES
DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÕES E ARTES
TEORIA E MÉTODOS DE PESQUISA EM COMUNICAÇÃO
PROF. DR. RICHARD ROMANCINI
1º SEMESTRE DE 2015
I. OBJETIVOS DO CURSO
1. Demonstrar a centralidade da Comunicação para a compreensão da
contemporaneidade
2. Fundamentar a tese da Comunicação como campo transdisciplinar fundada na
articulação de Epistemologia-Teoria-Pesquisa dos fenômenos comunicacionais.
3. Perceber a pesquisa como instrumento de produção de conhecimento e de
intervenção na sociedade, especificamente nas áreas da Comunicação e da Cultura.
4. Demonstrar o caráter formador e ao mesmo tempo instrumental da pesquisa para
o trabalho do profissional da comunicação.
5. Realizar um projeto de pesquisa empírica nas suas fases de elaboração, execução
e relatório final, de acordo com o modelo metodológico apresentado no curso.
II. PROGRAMA DO CURSO
1. Pesquisa de Comunicação e Contemporaneidade
2. Comunicação como campo transdisciplinar de estudos
3. Pesquisa de Comunicação no Brasil: história e tendências
4. Campo metodológico da pesquisa: estrutura e processo
4.1. Níveis da pesquisa
1) Epistemológico
2) Teórico
3) Metódico
4) Técnico
2
4.2. Fases da pesquisa
1) Definição do objeto
2) Observação
3) Descrição
4) Interpretação
5) Conclusões
6) Referências bibliográficas
III. METODOLOGIA E ATIVIDADES DO CURSO
- Aulas expositivas
- Leituras e relatórios de textos
- Elaboração e execução de projeto de pesquisa empírica
Tema: Transmídia e Cultura do Fã
- Orientação do projeto de pesquisa (acompanhamento dos grupos)
O projeto de pesquisa será realizado em grupo, no entanto a redação do artigo
científico poderá ser em grupo diferente ou individual. A classe será dividida em
grupos de até 6 alunos.
IV. AVALIAÇÃO
1- Relatórios de leitura (individuais e coletivos, estes em classe): cada relatório
individual comporta uma página digitada (marcados com “i” = individuais e com “c” =
em grupo, em classe). Não serão aceitos relatórios fora do prazo.
2- Atividades programadas: acompanhamento dos grupos de pesquisa (em grupo).
3- Artigo científico de pesquisa empírica (individual ou em grupo).
A nota final será a média ponderada de todas as atividades de avaliação.
V. MONITORIA E COMUNICAÇÃO
Profa. Me., doutoranda Clarice Greco: claricegreco@gmail.com
Profa. Dra. Fernanda Castilho: fernandacasty@gmail.com
Prof. Dr. Richard Romancini: richard.romancini@gmail.com
Favor cadastrar-se no grupo do Facebook:
https://www.facebook.com/groups/790744957628907/
3
VI. CRONOGRAMA DO CURSO
MARÇO
DIA Leituras prévias AULA PESQUISA/ATIVIDADES
06/03 Texto 1i: Morin
Texto 2i: Texto-
Base Cap. 1 pp.17-
33
1- Apresentação do
Programa e Atividades
2- Pesquisa de
Comunicação e
Contemporaneidade
3- Campo da Comunicação:
Teoria e Pesquisa
4- Pesquisa de
Comunicação
no Brasil: Histórico e
Tendências.
5- Paradigmas Teóricos
13/03 Texto 3c: Jenkins
Texto 4i: Texto-
Base Cap. VI
pp.119-133
Texto 5c: Stuart
Hall
Pesquisa como Estrutura em
Níveis e Fases
1) Níveis da Pesquisa:
Epistemológico
2) Níveis da Pesquisa:
Teórico, Metódico e
Técnico
Entrega dos relatórios de
leitura dos textos 1 e 2
20/03 Texto 6c: Castells
Texto 7i: Texto-
Base -Cap. VII: pp.
135-142 (objeto);
A Definição do Objeto de
Pesquisa
A Pesquisa Bibliográfica
Entrega dos relatórios de
leitura do texto 4
Formação dos grupos,
escolha do coordenador,
escolha dos subtemas
dentro do tema
“Transmídia e Cultura do
Fã”
27/03 Texto 8c: Lopes e
Mungioli
Texto 9i: Texto-
Base Cap. VII
pp.142-148
(observação)
Amostragem/Técnicas de
Coleta de Dados
Início da elaboração do
Projeto de Pesquisa: 1) objeto
e pesquisa bibliográfica
4
ABRIL
DIA Leituras prévias AULA PESQUISA/ATIVIDADES
03/04 Semana Santa
10/04 Texto 10c:
Sandvoss
Pesquisa de Cultura do Fã
17/04 Métodos Descritivos e
Interpretativos
Projeto: 2) Construção da
Amostra e das Técnicas
24/04 Texto 11: Kozinets
(apenas discussão)
Netnografia / Avaliação de
projetos
Entrega do projeto: objeto,
QTR, amostra e técnicas
MAIO
DIA AULA PESQUISA/ATIVIDADE
01/05 1º de Maio – Dia do Trabalho
08/05
Avaliação dos projetos de pesquisa Entrega do projeto (final):
objeto, QTR, amostra e
técnicas
15/05 Reunião de Acompanhamento / Trabalho de Campo Coleta dos Dados
22/05 Reunião de Acompanhamento / Trabalho de Campo Coleta dos Dados
29/05 Reunião de Acompanhamento / Trabalho de Campo Coleta dos Dados
JUNHO/JULHO
05/06 Corpus Christi – Não há aula
12/06 Orientação para a Análise dos Dados / Redação Análise Descritiva
19/06 Orientação para a Análise dos Dados / Redação Análise Interpretativa
26/06 Orientação para a Análise dos Dados / Redação do
Artigo Científico
Conclusões/Considerações
Finais
03/07 Entrega do Artigo da Pesquisa Avaliação
5
VII. BIBLIOGRAFIA DE LEITURA OBRIGATÓRIA (Leituras prévias)
CASTELLS, Manuel. Internet e sociedade em rede. In: Dênis de MORAES (org.).
Por uma outra comunicação. Rio: Record, 2003.
HALL, Stuart. Identidade cultural na pós-modernidade. Rio: DP&A, 1999.
JENKINS, Henry. Cultura da Convergência. São Paulo: Aleph, 2009. Introdução,
disponível em
http://www.editoraaleph.com.br/site/media/catalog/product/f/i/file_1.pdf
KOZINETS, Robert. Netnografia: realizando pesquisa etnográfica online. Porto
Alegre: Penso, 2014.
LOPES, Maria Immacolata V. Pesquisa em comunicação. 9ª ed. São Paulo: Loyola,
2009. TEXTO BASE
LOPES, Maria Immacolata Vassallo de; MUNGIOLI, Maria Cristina Palma. Ficção
televisiva transmidiática: temas sociais em redes sociais e comunidades virtuais de
fãs. In: LOPES, Maria Immacolata Vassallo de (Org.). Ficção televisiva
transmidiática no Brasil: plataformas, convergência, comunidades virtuais.Porto
Alegre: Sulina, 2001. (Coleção Teledramaturgia) v. 2. p. 241 a 297.
MORIN, Edgar. Inter-poli-transdisciplinaridade. In: A cabeça bem feita. Rio:
Bertrand, 2000, p.105-116.
SANDVOSS, Cornel. Quando estrutura e agência se encontram: os fãs e o poder.
Revista Ciberlegenda. n. 28, p. 8-41, 2013. Disponível em
http://www.uff.br/ciberlegenda/ojs/index.php/revista/article/view/639/340
VIII. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR DE METODOLOGIA
CERVANTES, Cecília. El grupo de discusión: de la mercadotecnia al estudio de la
cultura y la comunicación. VI Congresso ALAIC, Bolívia, 2002.
ECO, Umberto. James Bond. Uma Combinatória Narrativa. In: BARTHES, Roland. et
al. Análise Estrutural da Narrativa. Petrópolis: Vozes, 1976.
KIENTZ, Albert. Comunicação de Massa. Análise de Conteúdo. Rio de Janeiro:
Eldorado,1973.
LOPES, Maria Immacolata V. Uma Metodologia para a Pesquisa das Mediações.
Coletânea Mídias e Recepção 2000. Porto Alegre: Unisinos/Compós, 2000.
LOPES, Maria Immacolata V. Estratégias metodológicas da pesquisa de recepção.
Revista Brasileira de Comunicação, Vol.XVI, 2, São Paulo, 1993.
6
MATTELART, Armand e MATTELART, Michele. História das Teorias da
Comunicação. São Paulo: Loyola, 1998.
OROZCO GOMEZ, Guillermo. Implicancias políticas y pedagógicas de la
investigación cualitativa. In: Orozco, G. La Investigación en Comunicación
desde la perspectiva qualitativa. México: IMDEC, 1997.
TRINDADE, Helgio. Tentativa de Reconstituição Empírica de um Movimento Político
Radical. In: NUNES, E. (org.). A Aventura Sociológica. Rio de Janeiro: Jorge
Zahar Ed., l978.
YING, Robert K. Estudo de Caso. Planejamento e Métodos. Porto Alegre:
Bookman, 2001.
IX. BIBLIOGRAFIA DE TRANSMÍDIA E CULTURA DO FÃ
ALBUQUERQUE, Afonso de. Lost e a Ficção Televisiva Transmídia. XXXII
Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Curitiba, PR – 4 a 7 de
setembro de 2009. Disponível em
http://sec.adtevento.com.br/intercom/2009/resumos/R4-1257-1.pdf
AMARAL, Adriana. Autonetnografia e inserção online. O papel do pesquisador-
insider nas subculturas da web. Revista Fronteiras - Estudos Midiáticos, São
Leopoldo, jan-abr 2009. Disponível em:
http://www.fronteiras.unisinos.br/pdf/62.pdf.
BEVILACQUA, Aline Handy; YASSUI, Carolina Garcia; FERNANDES, Carolina
Mazzola; AGUILAR, Luiza Helena Damiani, e PASSOS, Maiara Heleodoro dos.
Quer mais chá, Dona Marocas? - Uma análise do papel da cultura participativa
entre os fãs do Pixar Animation Studio. Anagrama, v. 9, n. 1, 2015. Disponível
em http://www.revistas.usp.br/anagrama/article/view/83947/86787
BOOTH, Paul. A produção de listas de fãs: memória, influência e disputa no “evento”
do fandom. MATRIZes, 2015 [no prelo].
BURGESS, Jean e GREEN, Joshua. YouTube e a revolução digital. São Paulo:
Aleph, 2009.
ELÉA, Ilana. Fanfictions e webnovelas: escrita digital de adolescentes brasileiros.
Revista Educação Online, n. 17, p. 95-111, set-dez 2014.Disponível em
http://educacaoonline.edu.puc-rio.br/ojs/index.php/Eduonline/article/view/131/pdf
FRAGOSO, Suely. Reflexões sobre a convergência midiática. LÍBERO - Ano VIII -
Nº 15/16 – 2005, p. 17-21.
7
HINE, Christine. Etnografia virtual. Colección Nuevas Tecnologías y Sociedad.
Barcelona: U.O.C., 2004.
HOWARD, Rheingold. A comunidade virtual. Lisboa: Gradiva, 1997.
ITO, Liliane de Lucena. A ação do fandom como instrumento de legitimação artística
no site MySpace. Anais do XVIII Congresso de Ciências da Comunicação na
Região Sudeste – Bauru - SP, 2013. Disponível em
http://portalintercom.org.br/anais/sudeste2013/resumos/R38-0912-1.pdf
LEMOS, André. Comunicação e práticas sociais no espaço urbano: as características
dos Dispositivos Híbridos Móveis de Conexão Multirredes (DHMCM).
Comunicação, Mídia e Consumo, Vol. 4, n . 10, p. 23-40, jul. 2007. Disponível
em
http://revcom.portcom.intercom.org.br/index.php/comunicacaomidiaeconsumo/arti
cle/view/5016/4640.
MÉDOLA, Ana Silvia Lopes Davi. Interatividade na televisão digital: uma demanda
da convergência midiática. ECO-Pós, ECO-Pós, v.12, n.2, maio-agosto 2009, p. 7-
11. Disponível em http://www.pos.eco.ufrj.br/ojs-
.2.2/index.php/revista/article/view/280/262
NEVES, Sheron das. Mad Men, Twittertainment e Fandom na Era Transmidiática.
Revista GEMInISIS, n. 2, 2011. Disponível em
http://www.revistageminis.ufscar.br/index.php/geminis/article/view/77/pdf
PORTO, Adriana Corrêa. O culto no universo fandom: experiência material e
recepção. Anais do VI Congresso de Estudantes de Pós-graduação em
Comunicação – Rio - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro,
2013. Disponível em
http://www.coneco.uff.br/sites/default/files/institucional/o_culto_no_universo_fan
dom_experiencia_material_e_recepcao.pdf
PRIMO, Alex. Interação mediada por computador: comunicação, cibercultura,
cognição. Porto Alegre: Sulina, 2007.
TEDESCO, Marina Cavalcanti; CURI , Pedro Peixoto. Perdidos na tradução: Grau 26
e a literatura digital interativa. MATRIZes, V. 8, n. 2, p. 282-296, jul./dez. 2014.
Disponível em:
http://www.matrizes.usp.br/index.php/matrizes/article/view/296/pdf
WALTENBERG, Lucas Laender; CURI, Pedro Peixoto. “O que aconteceu com o Star
Wars que eu conhecia?”: O remix e a cultura participativa como forma de
expressão dos fãs. Ciberlegenda, n. 28, p. 125-137, 2013. Disponível em
http://www.uff.br/ciberlegenda/ojs/index.php/revista/article/view/622/347

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Preprints: nova tendência de comunicação científica
Preprints: nova tendência de comunicação científicaPreprints: nova tendência de comunicação científica
Preprints: nova tendência de comunicação científicaProjeto RCAAP
 
Jornalismo científico aula02 20121
Jornalismo científico aula02 20121Jornalismo científico aula02 20121
Jornalismo científico aula02 20121Tattiana Teixeira
 
Revisão por pares aberta em questão: uma breve análise sistemática
Revisão por pares aberta em questão: uma breve análise sistemáticaRevisão por pares aberta em questão: uma breve análise sistemática
Revisão por pares aberta em questão: uma breve análise sistemáticaProjeto RCAAP
 
O conceito de radiodifusão pública na visão de pesquisadores brasileiros
O conceito de radiodifusão pública na visão de pesquisadores brasileirosO conceito de radiodifusão pública na visão de pesquisadores brasileiros
O conceito de radiodifusão pública na visão de pesquisadores brasileirosCamila Curado
 
Metrias da comunicação e informação científicas e a contribuição dos pesquisa...
Metrias da comunicação e informação científicas e a contribuição dos pesquisa...Metrias da comunicação e informação científicas e a contribuição dos pesquisa...
Metrias da comunicação e informação científicas e a contribuição dos pesquisa...Roberto Lopes
 
Comunicação e divulgação científica: perspectivas e desafios
Comunicação e divulgação científica: perspectivas e desafiosComunicação e divulgação científica: perspectivas e desafios
Comunicação e divulgação científica: perspectivas e desafiosRoberto Lopes
 
Plano de ensino.jornalismo_científico
Plano de ensino.jornalismo_científicoPlano de ensino.jornalismo_científico
Plano de ensino.jornalismo_científicoSenshi11
 
Tcc helena
Tcc helenaTcc helena
Tcc helenaHelena
 
Jornalismo científico
Jornalismo científicoJornalismo científico
Jornalismo científicoLaércio Góes
 
PB - 1º Apresentação intercalar
PB - 1º Apresentação intercalarPB - 1º Apresentação intercalar
PB - 1º Apresentação intercalarAndré Afonso
 

Mais procurados (17)

Preprints: nova tendência de comunicação científica
Preprints: nova tendência de comunicação científicaPreprints: nova tendência de comunicação científica
Preprints: nova tendência de comunicação científica
 
Pôster científico
Pôster científicoPôster científico
Pôster científico
 
Jornalismo científico aula02 20121
Jornalismo científico aula02 20121Jornalismo científico aula02 20121
Jornalismo científico aula02 20121
 
Revisão por pares aberta em questão: uma breve análise sistemática
Revisão por pares aberta em questão: uma breve análise sistemáticaRevisão por pares aberta em questão: uma breve análise sistemática
Revisão por pares aberta em questão: uma breve análise sistemática
 
Conexaoimagin
ConexaoimaginConexaoimagin
Conexaoimagin
 
Flávia Rosa, Susane Barros - Reflexões sobre o livro acadêmico no contexto da...
Flávia Rosa, Susane Barros - Reflexões sobre o livro acadêmico no contexto da...Flávia Rosa, Susane Barros - Reflexões sobre o livro acadêmico no contexto da...
Flávia Rosa, Susane Barros - Reflexões sobre o livro acadêmico no contexto da...
 
O conceito de radiodifusão pública na visão de pesquisadores brasileiros
O conceito de radiodifusão pública na visão de pesquisadores brasileirosO conceito de radiodifusão pública na visão de pesquisadores brasileiros
O conceito de radiodifusão pública na visão de pesquisadores brasileiros
 
Jornalismo Cient
Jornalismo CientJornalismo Cient
Jornalismo Cient
 
Metrias da comunicação e informação científicas e a contribuição dos pesquisa...
Metrias da comunicação e informação científicas e a contribuição dos pesquisa...Metrias da comunicação e informação científicas e a contribuição dos pesquisa...
Metrias da comunicação e informação científicas e a contribuição dos pesquisa...
 
Comunicação e divulgação científica: perspectivas e desafios
Comunicação e divulgação científica: perspectivas e desafiosComunicação e divulgação científica: perspectivas e desafios
Comunicação e divulgação científica: perspectivas e desafios
 
ANÁLISE DOS ESTUDOS BRASILEIROS DE PRODUÇÃO CIENTÍFICA E BIBLIOMÉTRICOS: de 2...
ANÁLISE DOS ESTUDOS BRASILEIROS DE PRODUÇÃO CIENTÍFICA E BIBLIOMÉTRICOS: de 2...ANÁLISE DOS ESTUDOS BRASILEIROS DE PRODUÇÃO CIENTÍFICA E BIBLIOMÉTRICOS: de 2...
ANÁLISE DOS ESTUDOS BRASILEIROS DE PRODUÇÃO CIENTÍFICA E BIBLIOMÉTRICOS: de 2...
 
Plano de ensino.jornalismo_científico
Plano de ensino.jornalismo_científicoPlano de ensino.jornalismo_científico
Plano de ensino.jornalismo_científico
 
O que é e o que não é ciência,
O que é e o que não é ciência,O que é e o que não é ciência,
O que é e o que não é ciência,
 
Tcc helena
Tcc helenaTcc helena
Tcc helena
 
Jornalismo científico
Jornalismo científicoJornalismo científico
Jornalismo científico
 
PUBLICAÇÕES ACADÊMICAS SOBRE JUVENTUDE NAS MÍDIAS SOCIAIS
 PUBLICAÇÕES ACADÊMICAS SOBRE JUVENTUDE NAS MÍDIAS SOCIAIS PUBLICAÇÕES ACADÊMICAS SOBRE JUVENTUDE NAS MÍDIAS SOCIAIS
PUBLICAÇÕES ACADÊMICAS SOBRE JUVENTUDE NAS MÍDIAS SOCIAIS
 
PB - 1º Apresentação intercalar
PB - 1º Apresentação intercalarPB - 1º Apresentação intercalar
PB - 1º Apresentação intercalar
 

Semelhante a Tmp 2015

E book II Jornada Discente do PPGCOM USP_2011
E book II Jornada Discente do PPGCOM USP_2011E book II Jornada Discente do PPGCOM USP_2011
E book II Jornada Discente do PPGCOM USP_2011Carolina Terra
 
Plano mini curso de jornalismo cidadão
Plano mini curso de jornalismo cidadãoPlano mini curso de jornalismo cidadão
Plano mini curso de jornalismo cidadãovideoparatodos
 
Programa TEORIA DA COMUNICAÇÃO II 2011.2
Programa TEORIA DA COMUNICAÇÃO II 2011.2Programa TEORIA DA COMUNICAÇÃO II 2011.2
Programa TEORIA DA COMUNICAÇÃO II 2011.2claudiocpaiva
 
Prestação de Contas - NISP - 2014/2015
Prestação de Contas - NISP - 2014/2015Prestação de Contas - NISP - 2014/2015
Prestação de Contas - NISP - 2014/2015Daniel Pinheiro
 
Plano de Curso de Elaboração de projeto e intervenção social 2017.1
Plano de Curso de Elaboração de projeto e intervenção social 2017.1Plano de Curso de Elaboração de projeto e intervenção social 2017.1
Plano de Curso de Elaboração de projeto e intervenção social 2017.1Cleide Magáli dos Santos
 
Gestao estrategica da_comunicacao
Gestao estrategica da_comunicacaoGestao estrategica da_comunicacao
Gestao estrategica da_comunicacaojaira saraiva
 
Pesquisa em Cibercultura BR EUA
Pesquisa em Cibercultura BR EUAPesquisa em Cibercultura BR EUA
Pesquisa em Cibercultura BR EUAAdriana Amaral
 
Métodos de Pesquisa em Comunicação - Plano de Ensino
Métodos de Pesquisa em Comunicação - Plano de EnsinoMétodos de Pesquisa em Comunicação - Plano de Ensino
Métodos de Pesquisa em Comunicação - Plano de EnsinoPri Guimaraes
 
Epistemologia em cibercultura Abciber 2009
Epistemologia em cibercultura Abciber 2009Epistemologia em cibercultura Abciber 2009
Epistemologia em cibercultura Abciber 2009Adriana Amaral
 
Tese de doutorado - Dalton Lopes Martins - Análise de Redes Sociais de colabo...
Tese de doutorado - Dalton Lopes Martins - Análise de Redes Sociais de colabo...Tese de doutorado - Dalton Lopes Martins - Análise de Redes Sociais de colabo...
Tese de doutorado - Dalton Lopes Martins - Análise de Redes Sociais de colabo...Dalton Martins
 
Panorama da comunicação e das telecomunicações no brasil
Panorama da comunicação e das telecomunicações no brasilPanorama da comunicação e das telecomunicações no brasil
Panorama da comunicação e das telecomunicações no brasilLorena Brondani
 
Programa TEORIA DA COMUNICAÇÃO II 2011.2 [Versão word]
Programa TEORIA DA COMUNICAÇÃO II 2011.2 [Versão word]Programa TEORIA DA COMUNICAÇÃO II 2011.2 [Versão word]
Programa TEORIA DA COMUNICAÇÃO II 2011.2 [Versão word]claudiocpaiva
 
20110315 claudia quadros-jornalismo_e_convergencia
20110315 claudia quadros-jornalismo_e_convergencia20110315 claudia quadros-jornalismo_e_convergencia
20110315 claudia quadros-jornalismo_e_convergenciaNicaíze Marinho
 

Semelhante a Tmp 2015 (20)

E book II Jornada Discente do PPGCOM USP_2011
E book II Jornada Discente do PPGCOM USP_2011E book II Jornada Discente do PPGCOM USP_2011
E book II Jornada Discente do PPGCOM USP_2011
 
Plano mini curso de jornalismo cidadão
Plano mini curso de jornalismo cidadãoPlano mini curso de jornalismo cidadão
Plano mini curso de jornalismo cidadão
 
Programa TEORIA DA COMUNICAÇÃO II 2011.2
Programa TEORIA DA COMUNICAÇÃO II 2011.2Programa TEORIA DA COMUNICAÇÃO II 2011.2
Programa TEORIA DA COMUNICAÇÃO II 2011.2
 
Referencias
ReferenciasReferencias
Referencias
 
Referencias
ReferenciasReferencias
Referencias
 
Referencias
ReferenciasReferencias
Referencias
 
Planode aulajorndig
Planode aulajorndigPlanode aulajorndig
Planode aulajorndig
 
Prestação de Contas - NISP - 2014/2015
Prestação de Contas - NISP - 2014/2015Prestação de Contas - NISP - 2014/2015
Prestação de Contas - NISP - 2014/2015
 
Plano de Curso de Elaboração de projeto e intervenção social 2017.1
Plano de Curso de Elaboração de projeto e intervenção social 2017.1Plano de Curso de Elaboração de projeto e intervenção social 2017.1
Plano de Curso de Elaboração de projeto e intervenção social 2017.1
 
Gestao estrategica da_comunicacao
Gestao estrategica da_comunicacaoGestao estrategica da_comunicacao
Gestao estrategica da_comunicacao
 
Pesquisa em Cibercultura BR EUA
Pesquisa em Cibercultura BR EUAPesquisa em Cibercultura BR EUA
Pesquisa em Cibercultura BR EUA
 
Livro blog
Livro blogLivro blog
Livro blog
 
Métodos de Pesquisa em Comunicação - Plano de Ensino
Métodos de Pesquisa em Comunicação - Plano de EnsinoMétodos de Pesquisa em Comunicação - Plano de Ensino
Métodos de Pesquisa em Comunicação - Plano de Ensino
 
Projeto de pesquisa Ufscar REDES SOCIAIS E EDUCAÇÃO
Projeto de pesquisa  Ufscar REDES SOCIAIS E EDUCAÇÃOProjeto de pesquisa  Ufscar REDES SOCIAIS E EDUCAÇÃO
Projeto de pesquisa Ufscar REDES SOCIAIS E EDUCAÇÃO
 
Epistemologia em cibercultura Abciber 2009
Epistemologia em cibercultura Abciber 2009Epistemologia em cibercultura Abciber 2009
Epistemologia em cibercultura Abciber 2009
 
Tese de doutorado - Dalton Lopes Martins - Análise de Redes Sociais de colabo...
Tese de doutorado - Dalton Lopes Martins - Análise de Redes Sociais de colabo...Tese de doutorado - Dalton Lopes Martins - Análise de Redes Sociais de colabo...
Tese de doutorado - Dalton Lopes Martins - Análise de Redes Sociais de colabo...
 
Panorama da comunicação e das telecomunicações no brasil
Panorama da comunicação e das telecomunicações no brasilPanorama da comunicação e das telecomunicações no brasil
Panorama da comunicação e das telecomunicações no brasil
 
Programa TEORIA DA COMUNICAÇÃO II 2011.2 [Versão word]
Programa TEORIA DA COMUNICAÇÃO II 2011.2 [Versão word]Programa TEORIA DA COMUNICAÇÃO II 2011.2 [Versão word]
Programa TEORIA DA COMUNICAÇÃO II 2011.2 [Versão word]
 
Tc campo teorico da comunicação
Tc campo teorico da comunicaçãoTc campo teorico da comunicação
Tc campo teorico da comunicação
 
20110315 claudia quadros-jornalismo_e_convergencia
20110315 claudia quadros-jornalismo_e_convergencia20110315 claudia quadros-jornalismo_e_convergencia
20110315 claudia quadros-jornalismo_e_convergencia
 

Mais de richard_romancini

Selecting a dissertation topic: range and scope
Selecting a dissertation topic: range and scopeSelecting a dissertation topic: range and scope
Selecting a dissertation topic: range and scoperichard_romancini
 
A EVOLUÇÃO DOS JOGOS DE TABULEIRO na América do Norte
A EVOLUÇÃO DOS JOGOS DE TABULEIRO na América do NorteA EVOLUÇÃO DOS JOGOS DE TABULEIRO na América do Norte
A EVOLUÇÃO DOS JOGOS DE TABULEIRO na América do Norterichard_romancini
 
JOGOS DE CARTAS: evolução e tipos
JOGOS DE CARTAS: evolução e tiposJOGOS DE CARTAS: evolução e tipos
JOGOS DE CARTAS: evolução e tiposrichard_romancini
 
Recursos para pesquisa na internet e revisão de literatura
Recursos para pesquisa na internet e revisão de literaturaRecursos para pesquisa na internet e revisão de literatura
Recursos para pesquisa na internet e revisão de literaturarichard_romancini
 
A pesquisa em Relações Públicas e Boas práticas acadêmicas
A pesquisa em Relações Públicas e Boas práticas acadêmicasA pesquisa em Relações Públicas e Boas práticas acadêmicas
A pesquisa em Relações Públicas e Boas práticas acadêmicasrichard_romancini
 
Comunicação Organizacional e Relações Públicas
Comunicação Organizacional e Relações PúblicasComunicação Organizacional e Relações Públicas
Comunicação Organizacional e Relações Públicasrichard_romancini
 
Perspectivas teóricas em RP
Perspectivas teóricas em RPPerspectivas teóricas em RP
Perspectivas teóricas em RPrichard_romancini
 
O campo da comunicação no Brasil
O campo da comunicação no BrasilO campo da comunicação no Brasil
O campo da comunicação no Brasilrichard_romancini
 
Mass communication research e funcionalismo
Mass communication research e funcionalismoMass communication research e funcionalismo
Mass communication research e funcionalismorichard_romancini
 
Sociologia: antecedentes e positivismo
Sociologia: antecedentes e positivismoSociologia: antecedentes e positivismo
Sociologia: antecedentes e positivismorichard_romancini
 
Manifestos dos pioneiros da Educação Nova (1932) e dos educadores (1959)
Manifestos dos pioneiros da Educação Nova (1932) e dos educadores (1959) Manifestos dos pioneiros da Educação Nova (1932) e dos educadores (1959)
Manifestos dos pioneiros da Educação Nova (1932) e dos educadores (1959) richard_romancini
 
Transformações no vídeo popular
Transformações no vídeo popularTransformações no vídeo popular
Transformações no vídeo popularrichard_romancini
 
Televisão comunitária: mobilização social para democratizar a comunicação no ...
Televisão comunitária: mobilização social para democratizar a comunicação no ...Televisão comunitária: mobilização social para democratizar a comunicação no ...
Televisão comunitária: mobilização social para democratizar a comunicação no ...richard_romancini
 
As primeiras iniciativas da Teleducação no Brasil: os Projetos SACI e EXERN
As primeiras iniciativas da Teleducação no Brasil: os Projetos SACI e EXERNAs primeiras iniciativas da Teleducação no Brasil: os Projetos SACI e EXERN
As primeiras iniciativas da Teleducação no Brasil: os Projetos SACI e EXERNrichard_romancini
 

Mais de richard_romancini (20)

Selecting a dissertation topic: range and scope
Selecting a dissertation topic: range and scopeSelecting a dissertation topic: range and scope
Selecting a dissertation topic: range and scope
 
TIPOLOGIAS DE JOGOS
TIPOLOGIAS DE JOGOSTIPOLOGIAS DE JOGOS
TIPOLOGIAS DE JOGOS
 
A EVOLUÇÃO DOS JOGOS DE TABULEIRO na América do Norte
A EVOLUÇÃO DOS JOGOS DE TABULEIRO na América do NorteA EVOLUÇÃO DOS JOGOS DE TABULEIRO na América do Norte
A EVOLUÇÃO DOS JOGOS DE TABULEIRO na América do Norte
 
JOGOS DE CARTAS: evolução e tipos
JOGOS DE CARTAS: evolução e tiposJOGOS DE CARTAS: evolução e tipos
JOGOS DE CARTAS: evolução e tipos
 
Recursos para pesquisa na internet e revisão de literatura
Recursos para pesquisa na internet e revisão de literaturaRecursos para pesquisa na internet e revisão de literatura
Recursos para pesquisa na internet e revisão de literatura
 
A pesquisa em Relações Públicas e Boas práticas acadêmicas
A pesquisa em Relações Públicas e Boas práticas acadêmicasA pesquisa em Relações Públicas e Boas práticas acadêmicas
A pesquisa em Relações Públicas e Boas práticas acadêmicas
 
Comunicação Organizacional e Relações Públicas
Comunicação Organizacional e Relações PúblicasComunicação Organizacional e Relações Públicas
Comunicação Organizacional e Relações Públicas
 
Perspectivas teóricas em RP
Perspectivas teóricas em RPPerspectivas teóricas em RP
Perspectivas teóricas em RP
 
O campo da comunicação no Brasil
O campo da comunicação no BrasilO campo da comunicação no Brasil
O campo da comunicação no Brasil
 
Mass communication research e funcionalismo
Mass communication research e funcionalismoMass communication research e funcionalismo
Mass communication research e funcionalismo
 
Marxismo e comunicação
Marxismo e comunicaçãoMarxismo e comunicação
Marxismo e comunicação
 
A sociologia no brasil
A sociologia no brasilA sociologia no brasil
A sociologia no brasil
 
A sociologia marxista
A sociologia marxistaA sociologia marxista
A sociologia marxista
 
Sociologia: antecedentes e positivismo
Sociologia: antecedentes e positivismoSociologia: antecedentes e positivismo
Sociologia: antecedentes e positivismo
 
A sociologia weberiana
A sociologia weberianaA sociologia weberiana
A sociologia weberiana
 
Manifestos dos pioneiros da Educação Nova (1932) e dos educadores (1959)
Manifestos dos pioneiros da Educação Nova (1932) e dos educadores (1959) Manifestos dos pioneiros da Educação Nova (1932) e dos educadores (1959)
Manifestos dos pioneiros da Educação Nova (1932) e dos educadores (1959)
 
Transformações no vídeo popular
Transformações no vídeo popularTransformações no vídeo popular
Transformações no vídeo popular
 
Televisão comunitária: mobilização social para democratizar a comunicação no ...
Televisão comunitária: mobilização social para democratizar a comunicação no ...Televisão comunitária: mobilização social para democratizar a comunicação no ...
Televisão comunitária: mobilização social para democratizar a comunicação no ...
 
As primeiras iniciativas da Teleducação no Brasil: os Projetos SACI e EXERN
As primeiras iniciativas da Teleducação no Brasil: os Projetos SACI e EXERNAs primeiras iniciativas da Teleducação no Brasil: os Projetos SACI e EXERN
As primeiras iniciativas da Teleducação no Brasil: os Projetos SACI e EXERN
 
Humberto Mauro
Humberto MauroHumberto Mauro
Humberto Mauro
 

Último

Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Pauloririg29454
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfFbioFerreira207918
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Centro Jacques Delors
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaANNAPAULAAIRESDESOUZ
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................mariagrave
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivararambomarcos
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdfCarinaSofiaDiasBoteq
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfManuais Formação
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSINTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSPedro Luis Moraes
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...WelitaDiaz1
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaREGIANELAURALOUREIRO1
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanoCATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanomarla71199
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfprofesfrancleite
 

Último (20)

Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSINTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanoCATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 

Tmp 2015

  • 1. 1 UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE COMUNICAÇÕES E ARTES DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÕES E ARTES TEORIA E MÉTODOS DE PESQUISA EM COMUNICAÇÃO PROF. DR. RICHARD ROMANCINI 1º SEMESTRE DE 2015 I. OBJETIVOS DO CURSO 1. Demonstrar a centralidade da Comunicação para a compreensão da contemporaneidade 2. Fundamentar a tese da Comunicação como campo transdisciplinar fundada na articulação de Epistemologia-Teoria-Pesquisa dos fenômenos comunicacionais. 3. Perceber a pesquisa como instrumento de produção de conhecimento e de intervenção na sociedade, especificamente nas áreas da Comunicação e da Cultura. 4. Demonstrar o caráter formador e ao mesmo tempo instrumental da pesquisa para o trabalho do profissional da comunicação. 5. Realizar um projeto de pesquisa empírica nas suas fases de elaboração, execução e relatório final, de acordo com o modelo metodológico apresentado no curso. II. PROGRAMA DO CURSO 1. Pesquisa de Comunicação e Contemporaneidade 2. Comunicação como campo transdisciplinar de estudos 3. Pesquisa de Comunicação no Brasil: história e tendências 4. Campo metodológico da pesquisa: estrutura e processo 4.1. Níveis da pesquisa 1) Epistemológico 2) Teórico 3) Metódico 4) Técnico
  • 2. 2 4.2. Fases da pesquisa 1) Definição do objeto 2) Observação 3) Descrição 4) Interpretação 5) Conclusões 6) Referências bibliográficas III. METODOLOGIA E ATIVIDADES DO CURSO - Aulas expositivas - Leituras e relatórios de textos - Elaboração e execução de projeto de pesquisa empírica Tema: Transmídia e Cultura do Fã - Orientação do projeto de pesquisa (acompanhamento dos grupos) O projeto de pesquisa será realizado em grupo, no entanto a redação do artigo científico poderá ser em grupo diferente ou individual. A classe será dividida em grupos de até 6 alunos. IV. AVALIAÇÃO 1- Relatórios de leitura (individuais e coletivos, estes em classe): cada relatório individual comporta uma página digitada (marcados com “i” = individuais e com “c” = em grupo, em classe). Não serão aceitos relatórios fora do prazo. 2- Atividades programadas: acompanhamento dos grupos de pesquisa (em grupo). 3- Artigo científico de pesquisa empírica (individual ou em grupo). A nota final será a média ponderada de todas as atividades de avaliação. V. MONITORIA E COMUNICAÇÃO Profa. Me., doutoranda Clarice Greco: claricegreco@gmail.com Profa. Dra. Fernanda Castilho: fernandacasty@gmail.com Prof. Dr. Richard Romancini: richard.romancini@gmail.com Favor cadastrar-se no grupo do Facebook: https://www.facebook.com/groups/790744957628907/
  • 3. 3 VI. CRONOGRAMA DO CURSO MARÇO DIA Leituras prévias AULA PESQUISA/ATIVIDADES 06/03 Texto 1i: Morin Texto 2i: Texto- Base Cap. 1 pp.17- 33 1- Apresentação do Programa e Atividades 2- Pesquisa de Comunicação e Contemporaneidade 3- Campo da Comunicação: Teoria e Pesquisa 4- Pesquisa de Comunicação no Brasil: Histórico e Tendências. 5- Paradigmas Teóricos 13/03 Texto 3c: Jenkins Texto 4i: Texto- Base Cap. VI pp.119-133 Texto 5c: Stuart Hall Pesquisa como Estrutura em Níveis e Fases 1) Níveis da Pesquisa: Epistemológico 2) Níveis da Pesquisa: Teórico, Metódico e Técnico Entrega dos relatórios de leitura dos textos 1 e 2 20/03 Texto 6c: Castells Texto 7i: Texto- Base -Cap. VII: pp. 135-142 (objeto); A Definição do Objeto de Pesquisa A Pesquisa Bibliográfica Entrega dos relatórios de leitura do texto 4 Formação dos grupos, escolha do coordenador, escolha dos subtemas dentro do tema “Transmídia e Cultura do Fã” 27/03 Texto 8c: Lopes e Mungioli Texto 9i: Texto- Base Cap. VII pp.142-148 (observação) Amostragem/Técnicas de Coleta de Dados Início da elaboração do Projeto de Pesquisa: 1) objeto e pesquisa bibliográfica
  • 4. 4 ABRIL DIA Leituras prévias AULA PESQUISA/ATIVIDADES 03/04 Semana Santa 10/04 Texto 10c: Sandvoss Pesquisa de Cultura do Fã 17/04 Métodos Descritivos e Interpretativos Projeto: 2) Construção da Amostra e das Técnicas 24/04 Texto 11: Kozinets (apenas discussão) Netnografia / Avaliação de projetos Entrega do projeto: objeto, QTR, amostra e técnicas MAIO DIA AULA PESQUISA/ATIVIDADE 01/05 1º de Maio – Dia do Trabalho 08/05 Avaliação dos projetos de pesquisa Entrega do projeto (final): objeto, QTR, amostra e técnicas 15/05 Reunião de Acompanhamento / Trabalho de Campo Coleta dos Dados 22/05 Reunião de Acompanhamento / Trabalho de Campo Coleta dos Dados 29/05 Reunião de Acompanhamento / Trabalho de Campo Coleta dos Dados JUNHO/JULHO 05/06 Corpus Christi – Não há aula 12/06 Orientação para a Análise dos Dados / Redação Análise Descritiva 19/06 Orientação para a Análise dos Dados / Redação Análise Interpretativa 26/06 Orientação para a Análise dos Dados / Redação do Artigo Científico Conclusões/Considerações Finais 03/07 Entrega do Artigo da Pesquisa Avaliação
  • 5. 5 VII. BIBLIOGRAFIA DE LEITURA OBRIGATÓRIA (Leituras prévias) CASTELLS, Manuel. Internet e sociedade em rede. In: Dênis de MORAES (org.). Por uma outra comunicação. Rio: Record, 2003. HALL, Stuart. Identidade cultural na pós-modernidade. Rio: DP&A, 1999. JENKINS, Henry. Cultura da Convergência. São Paulo: Aleph, 2009. Introdução, disponível em http://www.editoraaleph.com.br/site/media/catalog/product/f/i/file_1.pdf KOZINETS, Robert. Netnografia: realizando pesquisa etnográfica online. Porto Alegre: Penso, 2014. LOPES, Maria Immacolata V. Pesquisa em comunicação. 9ª ed. São Paulo: Loyola, 2009. TEXTO BASE LOPES, Maria Immacolata Vassallo de; MUNGIOLI, Maria Cristina Palma. Ficção televisiva transmidiática: temas sociais em redes sociais e comunidades virtuais de fãs. In: LOPES, Maria Immacolata Vassallo de (Org.). Ficção televisiva transmidiática no Brasil: plataformas, convergência, comunidades virtuais.Porto Alegre: Sulina, 2001. (Coleção Teledramaturgia) v. 2. p. 241 a 297. MORIN, Edgar. Inter-poli-transdisciplinaridade. In: A cabeça bem feita. Rio: Bertrand, 2000, p.105-116. SANDVOSS, Cornel. Quando estrutura e agência se encontram: os fãs e o poder. Revista Ciberlegenda. n. 28, p. 8-41, 2013. Disponível em http://www.uff.br/ciberlegenda/ojs/index.php/revista/article/view/639/340 VIII. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR DE METODOLOGIA CERVANTES, Cecília. El grupo de discusión: de la mercadotecnia al estudio de la cultura y la comunicación. VI Congresso ALAIC, Bolívia, 2002. ECO, Umberto. James Bond. Uma Combinatória Narrativa. In: BARTHES, Roland. et al. Análise Estrutural da Narrativa. Petrópolis: Vozes, 1976. KIENTZ, Albert. Comunicação de Massa. Análise de Conteúdo. Rio de Janeiro: Eldorado,1973. LOPES, Maria Immacolata V. Uma Metodologia para a Pesquisa das Mediações. Coletânea Mídias e Recepção 2000. Porto Alegre: Unisinos/Compós, 2000. LOPES, Maria Immacolata V. Estratégias metodológicas da pesquisa de recepção. Revista Brasileira de Comunicação, Vol.XVI, 2, São Paulo, 1993.
  • 6. 6 MATTELART, Armand e MATTELART, Michele. História das Teorias da Comunicação. São Paulo: Loyola, 1998. OROZCO GOMEZ, Guillermo. Implicancias políticas y pedagógicas de la investigación cualitativa. In: Orozco, G. La Investigación en Comunicación desde la perspectiva qualitativa. México: IMDEC, 1997. TRINDADE, Helgio. Tentativa de Reconstituição Empírica de um Movimento Político Radical. In: NUNES, E. (org.). A Aventura Sociológica. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., l978. YING, Robert K. Estudo de Caso. Planejamento e Métodos. Porto Alegre: Bookman, 2001. IX. BIBLIOGRAFIA DE TRANSMÍDIA E CULTURA DO FÃ ALBUQUERQUE, Afonso de. Lost e a Ficção Televisiva Transmídia. XXXII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Curitiba, PR – 4 a 7 de setembro de 2009. Disponível em http://sec.adtevento.com.br/intercom/2009/resumos/R4-1257-1.pdf AMARAL, Adriana. Autonetnografia e inserção online. O papel do pesquisador- insider nas subculturas da web. Revista Fronteiras - Estudos Midiáticos, São Leopoldo, jan-abr 2009. Disponível em: http://www.fronteiras.unisinos.br/pdf/62.pdf. BEVILACQUA, Aline Handy; YASSUI, Carolina Garcia; FERNANDES, Carolina Mazzola; AGUILAR, Luiza Helena Damiani, e PASSOS, Maiara Heleodoro dos. Quer mais chá, Dona Marocas? - Uma análise do papel da cultura participativa entre os fãs do Pixar Animation Studio. Anagrama, v. 9, n. 1, 2015. Disponível em http://www.revistas.usp.br/anagrama/article/view/83947/86787 BOOTH, Paul. A produção de listas de fãs: memória, influência e disputa no “evento” do fandom. MATRIZes, 2015 [no prelo]. BURGESS, Jean e GREEN, Joshua. YouTube e a revolução digital. São Paulo: Aleph, 2009. ELÉA, Ilana. Fanfictions e webnovelas: escrita digital de adolescentes brasileiros. Revista Educação Online, n. 17, p. 95-111, set-dez 2014.Disponível em http://educacaoonline.edu.puc-rio.br/ojs/index.php/Eduonline/article/view/131/pdf FRAGOSO, Suely. Reflexões sobre a convergência midiática. LÍBERO - Ano VIII - Nº 15/16 – 2005, p. 17-21.
  • 7. 7 HINE, Christine. Etnografia virtual. Colección Nuevas Tecnologías y Sociedad. Barcelona: U.O.C., 2004. HOWARD, Rheingold. A comunidade virtual. Lisboa: Gradiva, 1997. ITO, Liliane de Lucena. A ação do fandom como instrumento de legitimação artística no site MySpace. Anais do XVIII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sudeste – Bauru - SP, 2013. Disponível em http://portalintercom.org.br/anais/sudeste2013/resumos/R38-0912-1.pdf LEMOS, André. Comunicação e práticas sociais no espaço urbano: as características dos Dispositivos Híbridos Móveis de Conexão Multirredes (DHMCM). Comunicação, Mídia e Consumo, Vol. 4, n . 10, p. 23-40, jul. 2007. Disponível em http://revcom.portcom.intercom.org.br/index.php/comunicacaomidiaeconsumo/arti cle/view/5016/4640. MÉDOLA, Ana Silvia Lopes Davi. Interatividade na televisão digital: uma demanda da convergência midiática. ECO-Pós, ECO-Pós, v.12, n.2, maio-agosto 2009, p. 7- 11. Disponível em http://www.pos.eco.ufrj.br/ojs- .2.2/index.php/revista/article/view/280/262 NEVES, Sheron das. Mad Men, Twittertainment e Fandom na Era Transmidiática. Revista GEMInISIS, n. 2, 2011. Disponível em http://www.revistageminis.ufscar.br/index.php/geminis/article/view/77/pdf PORTO, Adriana Corrêa. O culto no universo fandom: experiência material e recepção. Anais do VI Congresso de Estudantes de Pós-graduação em Comunicação – Rio - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2013. Disponível em http://www.coneco.uff.br/sites/default/files/institucional/o_culto_no_universo_fan dom_experiencia_material_e_recepcao.pdf PRIMO, Alex. Interação mediada por computador: comunicação, cibercultura, cognição. Porto Alegre: Sulina, 2007. TEDESCO, Marina Cavalcanti; CURI , Pedro Peixoto. Perdidos na tradução: Grau 26 e a literatura digital interativa. MATRIZes, V. 8, n. 2, p. 282-296, jul./dez. 2014. Disponível em: http://www.matrizes.usp.br/index.php/matrizes/article/view/296/pdf WALTENBERG, Lucas Laender; CURI, Pedro Peixoto. “O que aconteceu com o Star Wars que eu conhecia?”: O remix e a cultura participativa como forma de expressão dos fãs. Ciberlegenda, n. 28, p. 125-137, 2013. Disponível em http://www.uff.br/ciberlegenda/ojs/index.php/revista/article/view/622/347