SlideShare uma empresa Scribd logo
a degradação das pastagens em
Goiás e,
integração lavoura-pecuária
como alternativa de
recuperação

Mestranda: Marília Gomes Ismar
Objetivos
• Demonstrar a importância da sustentabilidade para a
produção animal
• Informar aos colegas qual a real situação da degradação
das pastagens no Estado de Goiás
• Apresentar a ILP como alternativa de recuperação e
renovação de pastagens degradadas
SUSTENTABILIDADE DA
PRODUÇÃO A PASTO
PROCESSO DINÂMICO
ATENDENDO A EVOLUÇÃO
E O DESENVOLVIMENTO
DAS SOCIEDADES

Paterniani (2001)
• Importância da pecuária (Lazzarini Neto, 2000)
• Importância do conhecimento sobre:
• Aspectos produtivos
• Industrialização
• Comercialização
• Consumo dos produtos
• Cuidados com o solo e com as forragens:
 Evita

a degradação
 É determinante para a recuperação e renovação

MANEJO SUSTENTÁVEL DAS PASTAGENS

SUCESSO NA PRODUÇÃO PECUÁRIA
PANORAMA DA
DEGRADAÇÃO:
- MUNDO
- BRASIL
- GOIÁS
Fonte: IBGE (2009); Embrapa (2009); Agrianual & Agripec (2010)
• Mundo: 20% de pastagens degradadas
• Brasil: 80% nas mesmas condições
• Agravando em três vezes nas regiões mais secas

Dias-Filho (2011)
Cerrado 23,9% do território brasileiro
Estima-se 39% desse bioma convertido em agropecuária

Fonte: IBGE (2013)
Goiás faz divisa com MT, MS, MG, BA e TO
Estima-se uma substituição de 63% da vegetação (Ferreira, 2009)

Fonte: Engesat (2013)
Estado de Goiás e suas mesorregiões

Fonte: IBGE (2011)
Spot vegetation

Fonte: Andrade et al. (2013)
Fonte: IBGE (2011)
Fonte: IBGE (2011)
Fonte: IBGE (2011)
O
QUE
REPRESENTA
QUESTÃO???

Demanda crescente e
contínua por alimento
(FAO, 2011)

TODA

ESSA
Branco (2000); Dias-Filho (2011)
Melhoramento das pastagens.
Reutilização de áreas
desmatadas, improdutivas,
abandonadas, com baixa
produtividade ou
subutilizadas.

Dias-Filho (2010)
INTEGRAÇÃO LAVOURA-PECUÁRIA
• Lavoura no sistema:


Correção e adubação



Melhoram

os

aspectos

do

solo,

LAVOURA
GERA
RECEITA

aproveitados pela forrageira


Cobertura e matéria orgânica

PASTOS
FICAM
FORMADOS

• Pecuária no sistema:


Bem estar e alimento de qualidade



Produtividade

DIMINUI
DÉFICIT DE
FORRAGEM

Fonte: Matsuda
• Vantagens agronômicas: recuperação e manutenção das
características do solo
que confere produtividade

• Vantagens econômicas: diversificação e aumento da
produção e da oferta
conferindo menor custo, maior rendimento e, qualidade
• Vantagens para o meio ambiente: maior e melhor
cobertura do solo
reduzindo microrganismos nocivos às espécies cultivadas,
levando a um menor uso de defensivos e menor erosão do solo

• Vantagens sociais: maior distribuição de renda
em função do aumento da atividade pecuária e de agricultura
Sustentabilidade á pasto, degradação de pastagem, integração lavoura-pecuária
Sustentabilidade á pasto, degradação de pastagem, integração lavoura-pecuária
Sistema Santa Brígida
• Adubação verde
• Grãos consorciados com leguminosas
• Aumenta qualidade da forragem - Brachiaria
• Aumenta o aporte de N, via fixação biológica
• Diminui o aporte de N mineral
• Boa palhada
Fonte: Embrapa (2012)
Sistema Barreirão (1983)
• Tecnologia auto-sustentada
• Grãos consorciados com pastagens
• Enraizamento eficiente
• Melhoria do perfil do solo/ aproveitamento de
nutrientes/ absorção de água
Tabela 1: Número de questionários aplicados nos Municípios

Fonte: Embrapa (1998) – Boletim N° 9
Tabela 2: Percentual de área de pastagem degradada

Fonte: Embrapa (1998) – Boletim N° 9
Tabela 3: Atividade principal do produtor

Leite/Corte/Agricultura

Fonte: Embrapa (1998) – Boletim N° 9
Tabela 4: Motivos da não adoção do sistema

Fonte: Embrapa (1998) – Boletim N° 9
Tabelas 5: Aceitação e avaliação do produtor

Fonte: Embrapa (1998) – Boletim N° 9
Tabela 6: Avaliação do produtor

Fonte: Embrapa (1998) – Boletim N° 9
Tabela 7: Avaliação das pastagens com o usos do sistema

-Produzem mais forragem de qualidade e produzem mais na seca
-Entressafra satisfatória
Fonte: Embrapa (1998) – Boletim N° 9
Tabela 8: Aumento de lotação animal

-2° ano: 41 – 60%
-3° ano: 21 – 40%

Fonte: Embrapa (1998) – Boletim N° 9
Tabela 9: Meios de comunicação para obtenção de
informações sobre o sistema Barreirão

Fonte: Embrapa (1998) – Boletim N° 9
Sustentabilidade á pasto, degradação de pastagem, integração lavoura-pecuária
Sistema Santa Fé
• Sustentabilidade do agronegócio
• Uso intensivo de áreas agrícolas
• Culturas anuais consorciados com forragens
• Dessecação do capim – plantio direto
• Evita erosão, fungo, praga
Sustentabilidade á pasto, degradação de pastagem, integração lavoura-pecuária
Fonte: Embrapa (2000)
Sustentabilidade á pasto, degradação de pastagem, integração lavoura-pecuária
Sustentabilidade á pasto, degradação de pastagem, integração lavoura-pecuária
Fonte: Google imagens
Conclusão
Torna-se fundamental que ações, como a integração
lavoura-pecuária, que recupera e renova as pastagens,
sejam implementadas no âmbito da produção animal, para
que possamos trabalhar com sustentabilidade, agregando
valor aos produtos, diminuindo os custos, produzindo com
maior qualidade e atendendo as exigências de um mercado
consumidor cada vez mais seletivo.
“Cultivar a terra e criar animais são as mais nobres
atividades praticadas pelo homem. Produzir alimentos
vegetais é a magia de colher o sol. Produzir proteína
animal é a arte de transformação desta magia. Imagine,
então, quão nobre é o homem que simultaneamente
cultiva a terra, cria os animais e ainda respeita e protege
o seu semelhante e o ambiente.”
Equipe Sistema Santa Fé, 2001
Obrigada!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

ILP - Lourival Vilela
ILP - Lourival VilelaILP - Lourival Vilela
ILP - Lourival Vilela
ANCP Ribeirão Preto
 
Bovinocultura de Corte
Bovinocultura de Corte Bovinocultura de Corte
Bovinocultura de Corte
Carlos Robério Maia Bandeira
 
Manual Integração Lavoura-Pecuária
Manual Integração Lavoura-PecuáriaManual Integração Lavoura-Pecuária
Manual Integração Lavoura-Pecuária
Portal Canal Rural
 
[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem
[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem
[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem
AgroTalento
 
A importância da integração lavoura-pecuária com plantio direto na estratégia...
A importância da integração lavoura-pecuária com plantio direto na estratégia...A importância da integração lavoura-pecuária com plantio direto na estratégia...
A importância da integração lavoura-pecuária com plantio direto na estratégia...
FAO
 
Consorciação e Conservação de Plantas Forrageiras
Consorciação e Conservação de Plantas ForrageirasConsorciação e Conservação de Plantas Forrageiras
Consorciação e Conservação de Plantas Forrageiras
Kalliany Kellzer
 
Métodos de pastejo
Métodos de pastejoMétodos de pastejo
Métodos de pastejo
Aurielle Medeiros
 
Extensão rural
Extensão ruralExtensão rural
Cultivo de bananeiras notas de aula.
Cultivo de bananeiras   notas de aula. Cultivo de bananeiras   notas de aula.
Cultivo de bananeiras notas de aula.
CETEP, FTC, FASA..
 
Integração Lavoura Pecuaria Floresta ILPF
Integração Lavoura Pecuaria Floresta ILPFIntegração Lavoura Pecuaria Floresta ILPF
Integração Lavoura Pecuaria Floresta ILPF
Gabriela De Paula Marciano
 
Aula extensão rural planejamento
Aula extensão rural planejamentoAula extensão rural planejamento
Aula extensão rural planejamento
fabio schwab
 
08.3 preparo periodico - grades
08.3  preparo periodico - grades08.3  preparo periodico - grades
08.3 preparo periodico - grades
Romulo Vinicius Tio Rominho
 
[Palestra] Armindo Kichel: Sistemas de Produção Integrado Lavoura-Pecuária-Fl...
[Palestra] Armindo Kichel: Sistemas de Produção Integrado Lavoura-Pecuária-Fl...[Palestra] Armindo Kichel: Sistemas de Produção Integrado Lavoura-Pecuária-Fl...
[Palestra] Armindo Kichel: Sistemas de Produção Integrado Lavoura-Pecuária-Fl...
AgroTalento
 
A cultura da banana minicurso
A cultura da banana   minicursoA cultura da banana   minicurso
A cultura da banana minicurso
Ernane Nogueira Nunes
 
Silagem (milho, sorgo, capim)
Silagem (milho, sorgo, capim)Silagem (milho, sorgo, capim)
Silagem (milho, sorgo, capim)
Brenda Bueno
 
Sistemas de criação para ovinos e caprinos
Sistemas de criação para ovinos e caprinosSistemas de criação para ovinos e caprinos
Sistemas de criação para ovinos e caprinos
Killer Max
 
Manejo Integrado de Pragas
Manejo Integrado de PragasManejo Integrado de Pragas
Manejo Integrado de Pragas
AgriculturaSustentavel
 
Herbicidas
HerbicidasHerbicidas
Herbicidas
Geagra UFG
 
Simulado manejo de plantas daninhas
Simulado manejo de plantas daninhasSimulado manejo de plantas daninhas
Simulado manejo de plantas daninhas
André Fontana Weber
 
Ecofisiologia de plantas forrageiras
Ecofisiologia de plantas forrageirasEcofisiologia de plantas forrageiras
Ecofisiologia de plantas forrageiras
Marília Gomes
 

Mais procurados (20)

ILP - Lourival Vilela
ILP - Lourival VilelaILP - Lourival Vilela
ILP - Lourival Vilela
 
Bovinocultura de Corte
Bovinocultura de Corte Bovinocultura de Corte
Bovinocultura de Corte
 
Manual Integração Lavoura-Pecuária
Manual Integração Lavoura-PecuáriaManual Integração Lavoura-Pecuária
Manual Integração Lavoura-Pecuária
 
[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem
[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem
[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem
 
A importância da integração lavoura-pecuária com plantio direto na estratégia...
A importância da integração lavoura-pecuária com plantio direto na estratégia...A importância da integração lavoura-pecuária com plantio direto na estratégia...
A importância da integração lavoura-pecuária com plantio direto na estratégia...
 
Consorciação e Conservação de Plantas Forrageiras
Consorciação e Conservação de Plantas ForrageirasConsorciação e Conservação de Plantas Forrageiras
Consorciação e Conservação de Plantas Forrageiras
 
Métodos de pastejo
Métodos de pastejoMétodos de pastejo
Métodos de pastejo
 
Extensão rural
Extensão ruralExtensão rural
Extensão rural
 
Cultivo de bananeiras notas de aula.
Cultivo de bananeiras   notas de aula. Cultivo de bananeiras   notas de aula.
Cultivo de bananeiras notas de aula.
 
Integração Lavoura Pecuaria Floresta ILPF
Integração Lavoura Pecuaria Floresta ILPFIntegração Lavoura Pecuaria Floresta ILPF
Integração Lavoura Pecuaria Floresta ILPF
 
Aula extensão rural planejamento
Aula extensão rural planejamentoAula extensão rural planejamento
Aula extensão rural planejamento
 
08.3 preparo periodico - grades
08.3  preparo periodico - grades08.3  preparo periodico - grades
08.3 preparo periodico - grades
 
[Palestra] Armindo Kichel: Sistemas de Produção Integrado Lavoura-Pecuária-Fl...
[Palestra] Armindo Kichel: Sistemas de Produção Integrado Lavoura-Pecuária-Fl...[Palestra] Armindo Kichel: Sistemas de Produção Integrado Lavoura-Pecuária-Fl...
[Palestra] Armindo Kichel: Sistemas de Produção Integrado Lavoura-Pecuária-Fl...
 
A cultura da banana minicurso
A cultura da banana   minicursoA cultura da banana   minicurso
A cultura da banana minicurso
 
Silagem (milho, sorgo, capim)
Silagem (milho, sorgo, capim)Silagem (milho, sorgo, capim)
Silagem (milho, sorgo, capim)
 
Sistemas de criação para ovinos e caprinos
Sistemas de criação para ovinos e caprinosSistemas de criação para ovinos e caprinos
Sistemas de criação para ovinos e caprinos
 
Manejo Integrado de Pragas
Manejo Integrado de PragasManejo Integrado de Pragas
Manejo Integrado de Pragas
 
Herbicidas
HerbicidasHerbicidas
Herbicidas
 
Simulado manejo de plantas daninhas
Simulado manejo de plantas daninhasSimulado manejo de plantas daninhas
Simulado manejo de plantas daninhas
 
Ecofisiologia de plantas forrageiras
Ecofisiologia de plantas forrageirasEcofisiologia de plantas forrageiras
Ecofisiologia de plantas forrageiras
 

Destaque

Avaliacao de pastagens_colina_12_1
Avaliacao de pastagens_colina_12_1Avaliacao de pastagens_colina_12_1
Avaliacao de pastagens_colina_12_1
João Menezes de Souza Neto
 
[Palestra] José Luís Coelho: Fazenda Santa Brígida - ILPF
[Palestra] José Luís Coelho: Fazenda Santa Brígida - ILPF [Palestra] José Luís Coelho: Fazenda Santa Brígida - ILPF
[Palestra] José Luís Coelho: Fazenda Santa Brígida - ILPF
AgroTalento
 
Palestra manejo de pastagens TecnoPasto
Palestra manejo de pastagens TecnoPastoPalestra manejo de pastagens TecnoPasto
Palestra manejo de pastagens TecnoPasto
Josmar Almeida Junior
 
Milho
MilhoMilho
Aula 2 princípios do manejo de pastagem
Aula 2   princípios do manejo de pastagemAula 2   princípios do manejo de pastagem
Aula 2 princípios do manejo de pastagem
Paulo Adami
 
Manual de Formação de Pastagem
Manual de Formação de PastagemManual de Formação de Pastagem
Manual de Formação de Pastagem
Pablo Henrique Batista Souza
 
A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...
A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...
A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...
SlideShare
 

Destaque (7)

Avaliacao de pastagens_colina_12_1
Avaliacao de pastagens_colina_12_1Avaliacao de pastagens_colina_12_1
Avaliacao de pastagens_colina_12_1
 
[Palestra] José Luís Coelho: Fazenda Santa Brígida - ILPF
[Palestra] José Luís Coelho: Fazenda Santa Brígida - ILPF [Palestra] José Luís Coelho: Fazenda Santa Brígida - ILPF
[Palestra] José Luís Coelho: Fazenda Santa Brígida - ILPF
 
Palestra manejo de pastagens TecnoPasto
Palestra manejo de pastagens TecnoPastoPalestra manejo de pastagens TecnoPasto
Palestra manejo de pastagens TecnoPasto
 
Milho
MilhoMilho
Milho
 
Aula 2 princípios do manejo de pastagem
Aula 2   princípios do manejo de pastagemAula 2   princípios do manejo de pastagem
Aula 2 princípios do manejo de pastagem
 
Manual de Formação de Pastagem
Manual de Formação de PastagemManual de Formação de Pastagem
Manual de Formação de Pastagem
 
A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...
A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...
A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...
 

Semelhante a Sustentabilidade á pasto, degradação de pastagem, integração lavoura-pecuária

Conservação do solo e plantio direto
Conservação do solo e plantio diretoConservação do solo e plantio direto
Conservação do solo e plantio direto
Josimar Oliveira
 
ILPF_iba.pdf
ILPF_iba.pdfILPF_iba.pdf
ILPF_iba.pdf
JohnnyBatistela
 
Amendoim forrageiro embrapa
Amendoim forrageiro   embrapaAmendoim forrageiro   embrapa
Amendoim forrageiro embrapa
Alexandre Panerai
 
Integração Lavoura-Pecuária-Floresta(ILPF)
Integração Lavoura-Pecuária-Floresta(ILPF)Integração Lavoura-Pecuária-Floresta(ILPF)
Integração Lavoura-Pecuária-Floresta(ILPF)
Ibá – Indústria Brasileira de Árvores
 
Tinoco
TinocoTinoco
Sistema ILPF
Sistema ILPFSistema ILPF
Sistema ILPF
GETA - UFG
 
06.pdf
06.pdf06.pdf
Apresentação_vinhaça na adubação da cana.pptx.pdf
Apresentação_vinhaça na adubação da cana.pptx.pdfApresentação_vinhaça na adubação da cana.pptx.pdf
Apresentação_vinhaça na adubação da cana.pptx.pdf
AnnaCarolinaBarboza2
 
Potenciais de crescimento da silvicultura, agrossilvicultura e competitividad...
Potenciais de crescimento da silvicultura, agrossilvicultura e competitividad...Potenciais de crescimento da silvicultura, agrossilvicultura e competitividad...
Potenciais de crescimento da silvicultura, agrossilvicultura e competitividad...
Instituto Besc
 
Muito alem da ilp
Muito alem da ilpMuito alem da ilp
Muito alem da ilp
Renato Villela
 
Youblisher.com 1132002-terra cia-edi_o_194
Youblisher.com 1132002-terra cia-edi_o_194Youblisher.com 1132002-terra cia-edi_o_194
Youblisher.com 1132002-terra cia-edi_o_194
Lela Gomes
 
KIMCOAT Revista
KIMCOAT RevistaKIMCOAT Revista
KIMCOAT Revista
ANDRE BONILHA
 
Sustentabilidade em Pequena Escala
Sustentabilidade em Pequena EscalaSustentabilidade em Pequena Escala
Sustentabilidade em Pequena Escala
Phelipe Gonçalves
 
Degradação de áreas cultiváveis
Degradação de áreas cultiváveisDegradação de áreas cultiváveis
Degradação de áreas cultiváveis
Marília Gomes
 
slide sobre café.pptx
slide sobre café.pptxslide sobre café.pptx
slide sobre café.pptx
ThatyBastos1
 
Redução de Queimadas em Pastagens
Redução de Queimadas em PastagensRedução de Queimadas em Pastagens
Redução de Queimadas em Pastagens
Newton Costa
 
Integração lavoura pecuária -2ª aula
Integração lavoura pecuária -2ª aulaIntegração lavoura pecuária -2ª aula
Integração lavoura pecuária -2ª aula
Lcfsouza
 
Utilização de Saf´s na recuperação de áres dedradadas
Utilização de Saf´s na recuperação de áres dedradadasUtilização de Saf´s na recuperação de áres dedradadas
Utilização de Saf´s na recuperação de áres dedradadas
Julyane Sued Castro de Alencar
 
Eduardo Sampaio Agrocafé 2008
Eduardo Sampaio Agrocafé 2008Eduardo Sampaio Agrocafé 2008
Eduardo Sampaio Agrocafé 2008
Revista Cafeicultura
 
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.pptTecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
jeffersonbarros39
 

Semelhante a Sustentabilidade á pasto, degradação de pastagem, integração lavoura-pecuária (20)

Conservação do solo e plantio direto
Conservação do solo e plantio diretoConservação do solo e plantio direto
Conservação do solo e plantio direto
 
ILPF_iba.pdf
ILPF_iba.pdfILPF_iba.pdf
ILPF_iba.pdf
 
Amendoim forrageiro embrapa
Amendoim forrageiro   embrapaAmendoim forrageiro   embrapa
Amendoim forrageiro embrapa
 
Integração Lavoura-Pecuária-Floresta(ILPF)
Integração Lavoura-Pecuária-Floresta(ILPF)Integração Lavoura-Pecuária-Floresta(ILPF)
Integração Lavoura-Pecuária-Floresta(ILPF)
 
Tinoco
TinocoTinoco
Tinoco
 
Sistema ILPF
Sistema ILPFSistema ILPF
Sistema ILPF
 
06.pdf
06.pdf06.pdf
06.pdf
 
Apresentação_vinhaça na adubação da cana.pptx.pdf
Apresentação_vinhaça na adubação da cana.pptx.pdfApresentação_vinhaça na adubação da cana.pptx.pdf
Apresentação_vinhaça na adubação da cana.pptx.pdf
 
Potenciais de crescimento da silvicultura, agrossilvicultura e competitividad...
Potenciais de crescimento da silvicultura, agrossilvicultura e competitividad...Potenciais de crescimento da silvicultura, agrossilvicultura e competitividad...
Potenciais de crescimento da silvicultura, agrossilvicultura e competitividad...
 
Muito alem da ilp
Muito alem da ilpMuito alem da ilp
Muito alem da ilp
 
Youblisher.com 1132002-terra cia-edi_o_194
Youblisher.com 1132002-terra cia-edi_o_194Youblisher.com 1132002-terra cia-edi_o_194
Youblisher.com 1132002-terra cia-edi_o_194
 
KIMCOAT Revista
KIMCOAT RevistaKIMCOAT Revista
KIMCOAT Revista
 
Sustentabilidade em Pequena Escala
Sustentabilidade em Pequena EscalaSustentabilidade em Pequena Escala
Sustentabilidade em Pequena Escala
 
Degradação de áreas cultiváveis
Degradação de áreas cultiváveisDegradação de áreas cultiváveis
Degradação de áreas cultiváveis
 
slide sobre café.pptx
slide sobre café.pptxslide sobre café.pptx
slide sobre café.pptx
 
Redução de Queimadas em Pastagens
Redução de Queimadas em PastagensRedução de Queimadas em Pastagens
Redução de Queimadas em Pastagens
 
Integração lavoura pecuária -2ª aula
Integração lavoura pecuária -2ª aulaIntegração lavoura pecuária -2ª aula
Integração lavoura pecuária -2ª aula
 
Utilização de Saf´s na recuperação de áres dedradadas
Utilização de Saf´s na recuperação de áres dedradadasUtilização de Saf´s na recuperação de áres dedradadas
Utilização de Saf´s na recuperação de áres dedradadas
 
Eduardo Sampaio Agrocafé 2008
Eduardo Sampaio Agrocafé 2008Eduardo Sampaio Agrocafé 2008
Eduardo Sampaio Agrocafé 2008
 
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.pptTecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
Tecnologias da Embrapa 28-Abr_2014.ppt
 

Mais de Marília Gomes

Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterináriaPossibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Marília Gomes
 
Patologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutorPatologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutor
Marília Gomes
 
Patologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinárioPatologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinário
Marília Gomes
 
Bem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinoculturaBem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinocultura
Marília Gomes
 
Principais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciaisPrincipais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciais
Marília Gomes
 
Necropsia em aves
Necropsia em avesNecropsia em aves
Necropsia em aves
Marília Gomes
 
Tratamento via água e ração
Tratamento via água e raçãoTratamento via água e ração
Tratamento via água e ração
Marília Gomes
 
Medicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagensMedicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagens
Marília Gomes
 
Medicina de répteis
Medicina de répteisMedicina de répteis
Medicina de répteis
Marília Gomes
 
Medicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagensMedicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagens
Marília Gomes
 
Semiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagensSemiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagens
Marília Gomes
 
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagensConceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Marília Gomes
 
Anatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das avesAnatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das aves
Marília Gomes
 
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicosTopografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Marília Gomes
 
Patologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratórioPatologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratório
Marília Gomes
 
patologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascularpatologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascular
Marília Gomes
 
Topografia veterinária - abdômen
Topografia veterinária - abdômenTopografia veterinária - abdômen
Topografia veterinária - abdômen
Marília Gomes
 
Topografia veterinária - tórax
Topografia veterinária - tóraxTopografia veterinária - tórax
Topografia veterinária - tórax
Marília Gomes
 
Pigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentaçõesPigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentações
Marília Gomes
 
Calcificações patológicas
Calcificações patológicasCalcificações patológicas
Calcificações patológicas
Marília Gomes
 

Mais de Marília Gomes (20)

Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterináriaPossibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
Possibilidades de tratamentos integrativos na medicina veterinária
 
Patologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutorPatologias do sistema reprodutor
Patologias do sistema reprodutor
 
Patologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinárioPatologias do sistema urinário
Patologias do sistema urinário
 
Bem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinoculturaBem-estar em avicultura e suinocultura
Bem-estar em avicultura e suinocultura
 
Principais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciaisPrincipais doenças que acometem aves comerciais
Principais doenças que acometem aves comerciais
 
Necropsia em aves
Necropsia em avesNecropsia em aves
Necropsia em aves
 
Tratamento via água e ração
Tratamento via água e raçãoTratamento via água e ração
Tratamento via água e ração
 
Medicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagensMedicina de mamíferos selvagens
Medicina de mamíferos selvagens
 
Medicina de répteis
Medicina de répteisMedicina de répteis
Medicina de répteis
 
Medicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagensMedicina de aves selvagens
Medicina de aves selvagens
 
Semiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagensSemiologia de animais selvagens
Semiologia de animais selvagens
 
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagensConceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
Conceitos, biosseguridade e conservação de animais selvagens
 
Anatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das avesAnatomia topográfica das aves
Anatomia topográfica das aves
 
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicosTopografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
Topografia veterinária - membros torácicos e pélvicos
 
Patologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratórioPatologias do sistema respiratório
Patologias do sistema respiratório
 
patologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascularpatologias do sistema cardiovascular
patologias do sistema cardiovascular
 
Topografia veterinária - abdômen
Topografia veterinária - abdômenTopografia veterinária - abdômen
Topografia veterinária - abdômen
 
Topografia veterinária - tórax
Topografia veterinária - tóraxTopografia veterinária - tórax
Topografia veterinária - tórax
 
Pigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentaçõesPigmentos e pigmentações
Pigmentos e pigmentações
 
Calcificações patológicas
Calcificações patológicasCalcificações patológicas
Calcificações patológicas
 

Último

Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
tamirissousa11
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Miguel Delamontagne
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 

Último (20)

Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 

Sustentabilidade á pasto, degradação de pastagem, integração lavoura-pecuária

  • 1. a degradação das pastagens em Goiás e, integração lavoura-pecuária como alternativa de recuperação Mestranda: Marília Gomes Ismar
  • 2. Objetivos • Demonstrar a importância da sustentabilidade para a produção animal • Informar aos colegas qual a real situação da degradação das pastagens no Estado de Goiás • Apresentar a ILP como alternativa de recuperação e renovação de pastagens degradadas
  • 4. PROCESSO DINÂMICO ATENDENDO A EVOLUÇÃO E O DESENVOLVIMENTO DAS SOCIEDADES Paterniani (2001)
  • 5. • Importância da pecuária (Lazzarini Neto, 2000) • Importância do conhecimento sobre: • Aspectos produtivos • Industrialização • Comercialização • Consumo dos produtos
  • 6. • Cuidados com o solo e com as forragens:  Evita a degradação  É determinante para a recuperação e renovação MANEJO SUSTENTÁVEL DAS PASTAGENS SUCESSO NA PRODUÇÃO PECUÁRIA
  • 8. Fonte: IBGE (2009); Embrapa (2009); Agrianual & Agripec (2010)
  • 9. • Mundo: 20% de pastagens degradadas • Brasil: 80% nas mesmas condições • Agravando em três vezes nas regiões mais secas Dias-Filho (2011)
  • 10. Cerrado 23,9% do território brasileiro Estima-se 39% desse bioma convertido em agropecuária Fonte: IBGE (2013)
  • 11. Goiás faz divisa com MT, MS, MG, BA e TO Estima-se uma substituição de 63% da vegetação (Ferreira, 2009) Fonte: Engesat (2013)
  • 12. Estado de Goiás e suas mesorregiões Fonte: IBGE (2011)
  • 19. Melhoramento das pastagens. Reutilização de áreas desmatadas, improdutivas, abandonadas, com baixa produtividade ou subutilizadas. Dias-Filho (2010)
  • 21. • Lavoura no sistema:  Correção e adubação  Melhoram os aspectos do solo, LAVOURA GERA RECEITA aproveitados pela forrageira  Cobertura e matéria orgânica PASTOS FICAM FORMADOS • Pecuária no sistema:  Bem estar e alimento de qualidade  Produtividade DIMINUI DÉFICIT DE FORRAGEM Fonte: Matsuda
  • 22. • Vantagens agronômicas: recuperação e manutenção das características do solo que confere produtividade • Vantagens econômicas: diversificação e aumento da produção e da oferta conferindo menor custo, maior rendimento e, qualidade
  • 23. • Vantagens para o meio ambiente: maior e melhor cobertura do solo reduzindo microrganismos nocivos às espécies cultivadas, levando a um menor uso de defensivos e menor erosão do solo • Vantagens sociais: maior distribuição de renda em função do aumento da atividade pecuária e de agricultura
  • 26. Sistema Santa Brígida • Adubação verde • Grãos consorciados com leguminosas • Aumenta qualidade da forragem - Brachiaria • Aumenta o aporte de N, via fixação biológica • Diminui o aporte de N mineral • Boa palhada
  • 28. Sistema Barreirão (1983) • Tecnologia auto-sustentada • Grãos consorciados com pastagens • Enraizamento eficiente • Melhoria do perfil do solo/ aproveitamento de nutrientes/ absorção de água
  • 29. Tabela 1: Número de questionários aplicados nos Municípios Fonte: Embrapa (1998) – Boletim N° 9
  • 30. Tabela 2: Percentual de área de pastagem degradada Fonte: Embrapa (1998) – Boletim N° 9
  • 31. Tabela 3: Atividade principal do produtor Leite/Corte/Agricultura Fonte: Embrapa (1998) – Boletim N° 9
  • 32. Tabela 4: Motivos da não adoção do sistema Fonte: Embrapa (1998) – Boletim N° 9
  • 33. Tabelas 5: Aceitação e avaliação do produtor Fonte: Embrapa (1998) – Boletim N° 9
  • 34. Tabela 6: Avaliação do produtor Fonte: Embrapa (1998) – Boletim N° 9
  • 35. Tabela 7: Avaliação das pastagens com o usos do sistema -Produzem mais forragem de qualidade e produzem mais na seca -Entressafra satisfatória Fonte: Embrapa (1998) – Boletim N° 9
  • 36. Tabela 8: Aumento de lotação animal -2° ano: 41 – 60% -3° ano: 21 – 40% Fonte: Embrapa (1998) – Boletim N° 9
  • 37. Tabela 9: Meios de comunicação para obtenção de informações sobre o sistema Barreirão Fonte: Embrapa (1998) – Boletim N° 9
  • 39. Sistema Santa Fé • Sustentabilidade do agronegócio • Uso intensivo de áreas agrícolas • Culturas anuais consorciados com forragens • Dessecação do capim – plantio direto • Evita erosão, fungo, praga
  • 45. Conclusão Torna-se fundamental que ações, como a integração lavoura-pecuária, que recupera e renova as pastagens, sejam implementadas no âmbito da produção animal, para que possamos trabalhar com sustentabilidade, agregando valor aos produtos, diminuindo os custos, produzindo com maior qualidade e atendendo as exigências de um mercado consumidor cada vez mais seletivo.
  • 46. “Cultivar a terra e criar animais são as mais nobres atividades praticadas pelo homem. Produzir alimentos vegetais é a magia de colher o sol. Produzir proteína animal é a arte de transformação desta magia. Imagine, então, quão nobre é o homem que simultaneamente cultiva a terra, cria os animais e ainda respeita e protege o seu semelhante e o ambiente.” Equipe Sistema Santa Fé, 2001