SlideShare uma empresa Scribd logo
Modelo de Gestão

    2011-2012
      29/05/2012
Nossa Missão
    A Superintendência de Tecnologia da Informação - STI terá
  por finalidade básica realizar a gestão de infra-estrutura
de software e hardware da Universidade, além de planejar e
             executar a política de informática da universidade.

  Também faz parte de sua missão pesquisar, desenvolver,
      executar e participar de projetos em Tecnologia de
Informação e serviços de informática tanto internamente, nos
  diversos campi que compõe a UFF, como em parcerias com
Municípios e Estados, além da captação de recursos através de
                        projetos, consultoria e serviços em TI.
Grupo de Gestão
                              Fernando César
                                  Superintendência
                                fernando@nti.uff.br




Henrique Uzêda         Leonardo Rizzo         Hélcio Rocha           Thiago Diogo
  Governança de TI       Infraestrutura        Novas Tecnologias          Sistemas
 henrique@nti.uff.br     leo@nti.uff.br         helcio@nti.uff.br   thiagodiogo@id.uff.br
Evolução
   1975    2012
Evolução
  2011: NTI torna-se STI e passa
   a estar diretamente ligado ao
                GAR


  Nova visão de TI, garantindo a
     valorização necessária
Principais Resultados
Governança de TI
Respostas à CGU (Central de Atendimento)
Obrigatoriedade das respostas

Reconstrução do site da STI
Comunicação interna e externa

Atualização do PDTIC
Alinhamento de TI com o PDI

Elaboração de Normas de Aquisição e de Segurança da Informação
Padronização e segurança das informações

Planejamento estratégico de TI, com revisões trimestrais;
Controle da execução e melhoria contínua

Definição de acordos de níveis de serviços (ANS ou SLA)
Instrução Normativa 04 - MPOG
Governança de TI
 Pontos positivos

 Atitude pro-ativa da equipe da STI

 O modelo de gestão da STI

 Resultados constatados através de recomendações da CGU

 Pontos negativos

 Desconhecimento de práticas de Governança de TI

 Falta de integração dos sistemas internos e do governo

 Processos internos desenvolvidos mas não divulgados
Coord. Técnica para 500 Mpbs
 Aumento da velocidade da internet
 Comunicação interna e externa

 Implantação da Sala Segura STI (Dados, equipamentos, etc)
 Disponibilidade, segurança e padronização

 Reestruturação do e-mail institucional
 Comunicação interna e externa

 Ampliação do Servidor Web institucional
 Disponibilidade dos sites da UFF

 Implantação de uma solução de Virtualização de Servidores (TI
 Verde)
 Melhor aproveitamento dos recursos e maior capacidade de atendimento

 Reestruturação dos Sistemas de Backup
Coord. Técnica
 Pontos positivos
 Aumento da capacidade de rede, atendimento e disponibilidade
 Mais confiabilidade dos serviços prestados à partir da Sala Segura
 Novas tecnologias e práticas adotadas na área de servidores
 Renegociação tarifária de 38% com a operadora de telefonia móvel

 Pontos negativos
 Dificuldades na aquisição de equipamentos e serviços
 Recursos Humanos insuficientes para execução das metas do PDI
 Disponibilidade da Rede UFF ainda abaixo do desejável
 Capacidade da medição da Qualidade de Serviços ainda abaixo do
 desejável
Novas Tecnologias
 Desenvolvimento dos novos sites da UFF (UFF, Prograd,
 Proppi, Progepe, etc)
 Comunicação interna e externa

 Desenvolvimento e publicação de 120 sites / ano
 Comunicação interna e externa

 Suporte e manutenção de 600 sites
 Comunicação interna e externa

 Realização de 60 transmissões de eventos ao vivo
 Comunicação em tempo real via internet

 Realização de 19 videoconferências
 Comunicação em tempo real via internet

 Suporte e manutenção de sistemas de suporte
Novas Tecnologias
 Pontos positivos
 Bom padrão de evolução tecnológica

 Bom rendimento no desenvolvimento dos projetos

 Atendimento às necessidades internas da STI


 Pontos negativos
 Recursos humanos insuficientes para a demanda existente

 Dificuldade na aquisição de equipamentos

 Falta de investimentos continuados em equipamentos específicos

 Falta de investimentos em infraestrutura básica interna
Desenv. de Sistemas
Desenvolvimento de 19 novos sistemas e serviços
com mão-de-obra de servidores, alunos da graduação e mestrado
Automação de processos de negócios

Identificação Única da Universidade - IDUFF
Identificação de cada usuário da comunidade UFF através do CPF

Sistema de Graduação e Pós-Graduação ligados ao IDUFF
Garantindo facilidade e serviços ao ensino e a pesquisa

UFFMail - Google
Comunicação interna e externa na Plataforma Google

Sistema de Monitoria, PIBIC, Bolsas da PROAES, Conexão UFF, CPD -
Concursos, RAD, Avaliação Instit., Consulta pública dentre outros
Automação de processos de negócios

Nova Carteirinha UFF
Desenv. de Sistemas
Pontos positivos
Reconhecimento do trabalho: 4 artigos aceitos nos Workshops das IFES em 2011 e 2012
Apoio da alta gestão = Nova visão de TI
Equipe motivada, comprometida, séria e capaz
Resultados alcançados de acordo com o planejado
Melhoria contínua e melhores práticas adotadas
Adequação para a Certificação MPS.BR nível F em andamento
Implantação de um Escritório de Gerenciamento de Projetos (PMO)

Pontos negativos
Mudança cultural da Comunidade UFF para planejamento, gestão e controle
Dificuldade em comunicação interna
Recursos humanos insuficientes para a demanda existente
Infraestrutura física insuficiente diante da necessidade de RH
Principais Ações
Governança de TI
Mapear principais processos de negócio das áreas da STI
Planejar e implantar novos procedimentos da Central de Atendimento
Expandir o Escritório de Gerenciamento de Projetos para toda a STI

Coordenação técnica
Aumentar a capacidade de armazenamento e redundância da Sala Segura
Rede WI-FI para toda a UFF usando o IDUFF
Conexão externa: duplicar o LINK para aumentar a capacidade e disponibilidade da Rede UFF
Ampliar o nível de segurança das informações da Rede UFF

Novas tecnologias
Expansão das salas de videoconferência na UFF
Maior participação de Eventos da UFF na WEBTV/UNITEVÊ
Desenvolvimento de novos sites da UFF

Desenvolvimento de Sistemas
Implantação do SIGADOC e Carteirinha UFF
Padronização dos sistemas
Organização 2012
Organização
Valores
Respeito
Somos humanos, não se esqueça

Comprometimento
Missão dada é missão cumprida!


Trabalho em equipe
Ninguém é tão bom quanto todos nós juntos


Qualidade
Nada é tão bom que não possa ser melhorado
Diferencial
Orientação por projetos e serviços

                                             Nova visão de TI
Criação de um Escritório de
Gerenciamento de Projetos (PMO)

                                                  Mão-de-obra
Baseado em modelos de sucesso
                                     genuinamente UFF(alunos
                                           da graduação e pós)
Modelo de Gestão
Diretrizes
Definido por processos
Público, fácil e conhecido por todos

Executado por pessoas
Metas alcançáveis, capacitação e motivação


Medido por indicadores
Métricas, cobrança e controle

Suportado por ferramentas
Automatizado e impessoal
Organização

Projeto               Serviço

 Ou seja: o projeto de hoje é o
      serviço de amanhã!
3 níveis de controle
Planejamento Anual
Ciclos de Revisão
      3 meses




Revisões Trimestrais
Ciclos de Revisão
        15 dias!




Acompanhamento Quinzenal
Ciclos de Revisão
    1 dia!! (15 minutos)




Reunião diária de 15 minutos
Melhoria contínua...
Ferramentas
Ferramentas
Definido por processos
Público, fácil e conhecido por todos
Em geral, o funcionamento das
organizações não é conhecido
Portal de Processos Abertos
Todos os processos de negócio da STI e clientes publicados e
               atualizados constantemente




     http://www.sti.uff.br/processos
Ferramentas
Executado por pessoas
Metas alcançáveis, capacitação e motivação

 Base de conhecimento                Vídeo-aulas online
 pública




  Eventos integradores: assembléia, aniversariantes
  do mês, etc
Ferramentas
Executado por pessoas
Metas alcançáveis, capacitação e motivação


  Tecnologia de
     Ponta!
“Não se melhora o que
        não se mede!”
              James Harrington
Ferramentas
Medido por indicadores
Métricas, cobrança e controle
Ferramentas
Suportado por ferramentas
Automatizado e impessoal

                           Wiki
 Automatização!
No que podemos
    ajudar?
Proposta PDI
Acompanhamento
Como está a execução de cada projeto nesse momento?
Cadastramento online de cada projeto
Quanto já foi investido e ainda resta por projeto?


Controle
Investimento mediante desenvolvimento dos projetos
Coleta de indicadores e revisão periódica mais precisa


Transparência
Pesquisas públicas sobre os projetos do PDI
ação do
         Proposta
Equipe STI para Comissão do PDI

             Projeto piloto 2012

                   Necessidades:
mudança cultural e valorização do
            projeto de TI no PDI
Números de TI na UFF
7.500 atendimentos técnicos
9.100 computadores na Rede UFF
26.000.000 de mensagens de e-mails institucionais
30.000 contas de e-mail UFF
5.900 ramais internos
18.000.000 de ligações efetuadas + recebidas
600 KM de cabos de rede
32 sistemas em produção
18 sistemas em desenvolvimento
2.000 cartões inteligentes (com CHIP)
1300 web sites hospedados na Sala Segura
Necessidades da STI
Recursos Humanos:
  Aumento do quadro
  Capacitação
Recursos Financeiros:
  Investimento continuado
Espaço físico:
  Expansão e adequação
Aquisição de recursos de TI:
  Agilidade na aquisição (licitação)
Obrigado!

 2011-2012
   29/05/2012

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Roteiro De Elaboração De Projeto (escopo)
Roteiro De Elaboração De Projeto (escopo)Roteiro De Elaboração De Projeto (escopo)
Roteiro De Elaboração De Projeto (escopo)
Diego Crespo Drago
 
Apresentação no Prêmio PMO do Ano 2013
Apresentação no Prêmio PMO do Ano 2013Apresentação no Prêmio PMO do Ano 2013
Apresentação no Prêmio PMO do Ano 2013
Rodrigo Thahira, PfMP, PMP, PRINCE2, PMO-CC
 
Plano de Projeto x Plano de Gerenciamento de Projeto
Plano de Projeto x Plano de Gerenciamento de ProjetoPlano de Projeto x Plano de Gerenciamento de Projeto
Plano de Projeto x Plano de Gerenciamento de Projeto
IETEC - Instituto de Educação Tecnológica
 
Apostila ms project 2007 - pet eng. civil ufpr
Apostila   ms project 2007 - pet eng. civil ufprApostila   ms project 2007 - pet eng. civil ufpr
Apostila ms project 2007 - pet eng. civil ufpr
David Pericles Bitencourt
 
PMO - Escritório de Projetos | Visão Geral
PMO - Escritório de Projetos | Visão GeralPMO - Escritório de Projetos | Visão Geral
PMO - Escritório de Projetos | Visão Geral
CompanyWeb
 
Gestão de Projetos com Ms project
Gestão de Projetos com Ms projectGestão de Projetos com Ms project
Gestão de Projetos com Ms project
Rogério Fernandes da Costa
 
10 Desafios na Implantação de um PMO @ PMO Summit 2013
10 Desafios na Implantação de um PMO @ PMO Summit 201310 Desafios na Implantação de um PMO @ PMO Summit 2013
10 Desafios na Implantação de um PMO @ PMO Summit 2013
Rodrigo Thahira, PfMP, PMP, PRINCE2, PMO-CC
 
O casamento entre BPMO & PMO: Trabalhando juntos em prol da Estratégia Corpor...
O casamento entre BPMO & PMO: Trabalhando juntos em prol da Estratégia Corpor...O casamento entre BPMO & PMO: Trabalhando juntos em prol da Estratégia Corpor...
O casamento entre BPMO & PMO: Trabalhando juntos em prol da Estratégia Corpor...
Rodrigo Thahira, PfMP, PMP, PRINCE2, PMO-CC
 
Documentos do Projeto e EAP
Documentos do Projeto e EAPDocumentos do Projeto e EAP
Documentos do Projeto e EAP
MairaM
 
Resumo para Modelagem/Mapeamento de Processos de Negócios
Resumo para Modelagem/Mapeamento de Processos de NegóciosResumo para Modelagem/Mapeamento de Processos de Negócios
Resumo para Modelagem/Mapeamento de Processos de Negócios
CompanyWeb
 
Modelo de Declaracao do escopo do projeto
Modelo de Declaracao do escopo do projetoModelo de Declaracao do escopo do projeto
Modelo de Declaracao do escopo do projeto
Fernando Palma
 
Gerencia do Escopo do Projeto
Gerencia do Escopo do ProjetoGerencia do Escopo do Projeto
Gerencia do Escopo do Projeto
Robson Silva Espig
 
PMO – Agregando valor em organizações não projetizadas
PMO – Agregando valor em organizações não projetizadasPMO – Agregando valor em organizações não projetizadas
PMO – Agregando valor em organizações não projetizadas
barcellosreis
 
200904 Fiat Pci Plano De Trabalho
200904 Fiat Pci Plano De Trabalho200904 Fiat Pci Plano De Trabalho
200904 Fiat Pci Plano De Trabalho
arruda09
 
PMI Software Extension
PMI Software ExtensionPMI Software Extension
PMI Software Extension
Adriano Simões, MBA
 
J2DA Consulting
J2DA ConsultingJ2DA Consulting
J2DA Consulting
J2DA Consuting
 
Termo+de+abertura+do+projeto (1)
Termo+de+abertura+do+projeto (1)Termo+de+abertura+do+projeto (1)
Termo+de+abertura+do+projeto (1)
Professor Sérgio Duarte
 
O Papel do Escritório de Projetos: da Estratégia Corporativa a mensuração de ...
O Papel do Escritório de Projetos: da Estratégia Corporativa a mensuração de ...O Papel do Escritório de Projetos: da Estratégia Corporativa a mensuração de ...
O Papel do Escritório de Projetos: da Estratégia Corporativa a mensuração de ...
Rodrigo Thahira, PfMP, PMP, PRINCE2, PMO-CC
 
J2DA Consulting
J2DA ConsultingJ2DA Consulting
J2DA Consulting
J2DA Consuting
 
Termo de Abertura do Projeto
Termo de Abertura do ProjetoTermo de Abertura do Projeto
Termo de Abertura do Projeto
Claudio Barbosa
 

Mais procurados (20)

Roteiro De Elaboração De Projeto (escopo)
Roteiro De Elaboração De Projeto (escopo)Roteiro De Elaboração De Projeto (escopo)
Roteiro De Elaboração De Projeto (escopo)
 
Apresentação no Prêmio PMO do Ano 2013
Apresentação no Prêmio PMO do Ano 2013Apresentação no Prêmio PMO do Ano 2013
Apresentação no Prêmio PMO do Ano 2013
 
Plano de Projeto x Plano de Gerenciamento de Projeto
Plano de Projeto x Plano de Gerenciamento de ProjetoPlano de Projeto x Plano de Gerenciamento de Projeto
Plano de Projeto x Plano de Gerenciamento de Projeto
 
Apostila ms project 2007 - pet eng. civil ufpr
Apostila   ms project 2007 - pet eng. civil ufprApostila   ms project 2007 - pet eng. civil ufpr
Apostila ms project 2007 - pet eng. civil ufpr
 
PMO - Escritório de Projetos | Visão Geral
PMO - Escritório de Projetos | Visão GeralPMO - Escritório de Projetos | Visão Geral
PMO - Escritório de Projetos | Visão Geral
 
Gestão de Projetos com Ms project
Gestão de Projetos com Ms projectGestão de Projetos com Ms project
Gestão de Projetos com Ms project
 
10 Desafios na Implantação de um PMO @ PMO Summit 2013
10 Desafios na Implantação de um PMO @ PMO Summit 201310 Desafios na Implantação de um PMO @ PMO Summit 2013
10 Desafios na Implantação de um PMO @ PMO Summit 2013
 
O casamento entre BPMO & PMO: Trabalhando juntos em prol da Estratégia Corpor...
O casamento entre BPMO & PMO: Trabalhando juntos em prol da Estratégia Corpor...O casamento entre BPMO & PMO: Trabalhando juntos em prol da Estratégia Corpor...
O casamento entre BPMO & PMO: Trabalhando juntos em prol da Estratégia Corpor...
 
Documentos do Projeto e EAP
Documentos do Projeto e EAPDocumentos do Projeto e EAP
Documentos do Projeto e EAP
 
Resumo para Modelagem/Mapeamento de Processos de Negócios
Resumo para Modelagem/Mapeamento de Processos de NegóciosResumo para Modelagem/Mapeamento de Processos de Negócios
Resumo para Modelagem/Mapeamento de Processos de Negócios
 
Modelo de Declaracao do escopo do projeto
Modelo de Declaracao do escopo do projetoModelo de Declaracao do escopo do projeto
Modelo de Declaracao do escopo do projeto
 
Gerencia do Escopo do Projeto
Gerencia do Escopo do ProjetoGerencia do Escopo do Projeto
Gerencia do Escopo do Projeto
 
PMO – Agregando valor em organizações não projetizadas
PMO – Agregando valor em organizações não projetizadasPMO – Agregando valor em organizações não projetizadas
PMO – Agregando valor em organizações não projetizadas
 
200904 Fiat Pci Plano De Trabalho
200904 Fiat Pci Plano De Trabalho200904 Fiat Pci Plano De Trabalho
200904 Fiat Pci Plano De Trabalho
 
PMI Software Extension
PMI Software ExtensionPMI Software Extension
PMI Software Extension
 
J2DA Consulting
J2DA ConsultingJ2DA Consulting
J2DA Consulting
 
Termo+de+abertura+do+projeto (1)
Termo+de+abertura+do+projeto (1)Termo+de+abertura+do+projeto (1)
Termo+de+abertura+do+projeto (1)
 
O Papel do Escritório de Projetos: da Estratégia Corporativa a mensuração de ...
O Papel do Escritório de Projetos: da Estratégia Corporativa a mensuração de ...O Papel do Escritório de Projetos: da Estratégia Corporativa a mensuração de ...
O Papel do Escritório de Projetos: da Estratégia Corporativa a mensuração de ...
 
J2DA Consulting
J2DA ConsultingJ2DA Consulting
J2DA Consulting
 
Termo de Abertura do Projeto
Termo de Abertura do ProjetoTermo de Abertura do Projeto
Termo de Abertura do Projeto
 

Semelhante a STI/UFF - Modelo de Gestão

TESI - Apresentação Final
TESI - Apresentação FinalTESI - Apresentação Final
TESI - Apresentação Final
Kharylim Machado Sea
 
Encontro de Gestores - Set/2013 STI - Resultados
Encontro de Gestores - Set/2013 STI - ResultadosEncontro de Gestores - Set/2013 STI - Resultados
Encontro de Gestores - Set/2013 STI - Resultados
Universidade-Federal-Fluminense
 
Apresentação Final
Apresentação FinalApresentação Final
Apresentação Final
Thadeu Henrique
 
Documento PETIC 2.0
Documento PETIC 2.0 Documento PETIC 2.0
Documento PETIC 2.0
20901922
 
Documento PETIC 2.0
Documento PETIC 2.0Documento PETIC 2.0
Documento PETIC 2.0
20901922
 
Apresentação Final
Apresentação FinalApresentação Final
Apresentação Final
Kharylim Machado Sea
 
Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...
Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...
Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...
Paulo Roberto Martins de Andrade
 
governançadeti-cobit-itil--completo.pptx
governançadeti-cobit-itil--completo.pptxgovernançadeti-cobit-itil--completo.pptx
governançadeti-cobit-itil--completo.pptx
ssuserb49297
 
PMO TI - Projeto de Implantação numa Agência Pública Federal - o caso Finep
PMO TI - Projeto de  Implantação numa Agência  Pública Federal - o caso FinepPMO TI - Projeto de  Implantação numa Agência  Pública Federal - o caso Finep
PMO TI - Projeto de Implantação numa Agência Pública Federal - o caso Finep
Roberto Chiacchio
 
Thatiana_Ribeiro_novembro.2014
Thatiana_Ribeiro_novembro.2014Thatiana_Ribeiro_novembro.2014
Thatiana_Ribeiro_novembro.2014
Thatiana Ribeiro, PMP
 
Inovação – Parte 4 – Maturidade em Processos – De Boas Ideias para uma Gestão...
Inovação – Parte 4 – Maturidade em Processos – De Boas Ideias para uma Gestão...Inovação – Parte 4 – Maturidade em Processos – De Boas Ideias para uma Gestão...
Inovação – Parte 4 – Maturidade em Processos – De Boas Ideias para uma Gestão...
EloGroup
 
Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...
Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...
Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...
EloGroup
 
Aula 01 conceitos do cobit
Aula 01   conceitos do cobitAula 01   conceitos do cobit
Aula 01 conceitos do cobit
Maurilio Benevento
 
Encontro de Gestores - Set/2013 STI - Metas 2014
Encontro de Gestores - Set/2013 STI - Metas 2014Encontro de Gestores - Set/2013 STI - Metas 2014
Encontro de Gestores - Set/2013 STI - Metas 2014
Universidade-Federal-Fluminense
 
BPM: Influência da sua implementação tecnológica numa organização.
BPM: Influência da sua implementação tecnológica numa organização.BPM: Influência da sua implementação tecnológica numa organização.
BPM: Influência da sua implementação tecnológica numa organização.
Tiago Assentiz Alberto, CSM
 
Escritório do CIO x Governança de TI
Escritório do CIO x Governança de TIEscritório do CIO x Governança de TI
Escritório do CIO x Governança de TI
Cesar Monteiro
 
Startup em Scrum
Startup em ScrumStartup em Scrum
Startup em Scrum
Noaldo Sales
 
Desenvolvimento de um Ponto Eletronico Web
Desenvolvimento de um Ponto Eletronico WebDesenvolvimento de um Ponto Eletronico Web
Desenvolvimento de um Ponto Eletronico Web
Cirino F Refosco
 
Webaula 52 - Agile PMO e a transformação organizacional pela agilidade
Webaula 52 - Agile PMO e a transformação organizacional pela agilidadeWebaula 52 - Agile PMO e a transformação organizacional pela agilidade
Webaula 52 - Agile PMO e a transformação organizacional pela agilidade
Projetos e TI
 
Análise da Maturidade dos Processos de Negócio do CPD da UFS através do Estud...
Análise da Maturidade dos Processos de Negócio do CPD da UFS através do Estud...Análise da Maturidade dos Processos de Negócio do CPD da UFS através do Estud...
Análise da Maturidade dos Processos de Negócio do CPD da UFS através do Estud...
Kharylim Machado Sea
 

Semelhante a STI/UFF - Modelo de Gestão (20)

TESI - Apresentação Final
TESI - Apresentação FinalTESI - Apresentação Final
TESI - Apresentação Final
 
Encontro de Gestores - Set/2013 STI - Resultados
Encontro de Gestores - Set/2013 STI - ResultadosEncontro de Gestores - Set/2013 STI - Resultados
Encontro de Gestores - Set/2013 STI - Resultados
 
Apresentação Final
Apresentação FinalApresentação Final
Apresentação Final
 
Documento PETIC 2.0
Documento PETIC 2.0 Documento PETIC 2.0
Documento PETIC 2.0
 
Documento PETIC 2.0
Documento PETIC 2.0Documento PETIC 2.0
Documento PETIC 2.0
 
Apresentação Final
Apresentação FinalApresentação Final
Apresentação Final
 
Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...
Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...
Apresentação do artigo: PMO, características, planejamento e implantação no s...
 
governançadeti-cobit-itil--completo.pptx
governançadeti-cobit-itil--completo.pptxgovernançadeti-cobit-itil--completo.pptx
governançadeti-cobit-itil--completo.pptx
 
PMO TI - Projeto de Implantação numa Agência Pública Federal - o caso Finep
PMO TI - Projeto de  Implantação numa Agência  Pública Federal - o caso FinepPMO TI - Projeto de  Implantação numa Agência  Pública Federal - o caso Finep
PMO TI - Projeto de Implantação numa Agência Pública Federal - o caso Finep
 
Thatiana_Ribeiro_novembro.2014
Thatiana_Ribeiro_novembro.2014Thatiana_Ribeiro_novembro.2014
Thatiana_Ribeiro_novembro.2014
 
Inovação – Parte 4 – Maturidade em Processos – De Boas Ideias para uma Gestão...
Inovação – Parte 4 – Maturidade em Processos – De Boas Ideias para uma Gestão...Inovação – Parte 4 – Maturidade em Processos – De Boas Ideias para uma Gestão...
Inovação – Parte 4 – Maturidade em Processos – De Boas Ideias para uma Gestão...
 
Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...
Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...
Inovação - Parte 4 - Maturidade em Processos - De Boas Ideias para uma Gestão...
 
Aula 01 conceitos do cobit
Aula 01   conceitos do cobitAula 01   conceitos do cobit
Aula 01 conceitos do cobit
 
Encontro de Gestores - Set/2013 STI - Metas 2014
Encontro de Gestores - Set/2013 STI - Metas 2014Encontro de Gestores - Set/2013 STI - Metas 2014
Encontro de Gestores - Set/2013 STI - Metas 2014
 
BPM: Influência da sua implementação tecnológica numa organização.
BPM: Influência da sua implementação tecnológica numa organização.BPM: Influência da sua implementação tecnológica numa organização.
BPM: Influência da sua implementação tecnológica numa organização.
 
Escritório do CIO x Governança de TI
Escritório do CIO x Governança de TIEscritório do CIO x Governança de TI
Escritório do CIO x Governança de TI
 
Startup em Scrum
Startup em ScrumStartup em Scrum
Startup em Scrum
 
Desenvolvimento de um Ponto Eletronico Web
Desenvolvimento de um Ponto Eletronico WebDesenvolvimento de um Ponto Eletronico Web
Desenvolvimento de um Ponto Eletronico Web
 
Webaula 52 - Agile PMO e a transformação organizacional pela agilidade
Webaula 52 - Agile PMO e a transformação organizacional pela agilidadeWebaula 52 - Agile PMO e a transformação organizacional pela agilidade
Webaula 52 - Agile PMO e a transformação organizacional pela agilidade
 
Análise da Maturidade dos Processos de Negócio do CPD da UFS através do Estud...
Análise da Maturidade dos Processos de Negócio do CPD da UFS através do Estud...Análise da Maturidade dos Processos de Negócio do CPD da UFS através do Estud...
Análise da Maturidade dos Processos de Negócio do CPD da UFS através do Estud...
 

Mais de Sti Uff

Apresentação equipe 6 - UFF Caronas
Apresentação equipe 6 - UFF CaronasApresentação equipe 6 - UFF Caronas
Apresentação equipe 6 - UFF Caronas
Sti Uff
 
Apresentação equipe 1 - uff@
Apresentação equipe 1 - uff@Apresentação equipe 1 - uff@
Apresentação equipe 1 - uff@
Sti Uff
 
UFF Tech 2013 - Big Data - Rafael Borges EMC
UFF Tech 2013 - Big Data - Rafael Borges EMCUFF Tech 2013 - Big Data - Rafael Borges EMC
UFF Tech 2013 - Big Data - Rafael Borges EMC
Sti Uff
 
UFF Tech 2013 - Segurança no Cloud - Álvaro Teófilo, Produban (Banco Santander)
UFF Tech 2013 - Segurança no Cloud -  Álvaro Teófilo, Produban (Banco Santander)UFF Tech 2013 - Segurança no Cloud -  Álvaro Teófilo, Produban (Banco Santander)
UFF Tech 2013 - Segurança no Cloud - Álvaro Teófilo, Produban (Banco Santander)
Sti Uff
 
UFF Tech 2013 - Segurança na Cloud- Jorge Viana, Crowe Horwath Bendoraytes
UFF Tech 2013 - Segurança na Cloud- Jorge Viana, Crowe Horwath BendoraytesUFF Tech 2013 - Segurança na Cloud- Jorge Viana, Crowe Horwath Bendoraytes
UFF Tech 2013 - Segurança na Cloud- Jorge Viana, Crowe Horwath Bendoraytes
Sti Uff
 
UFF Tech 2013 - Apresentação do Parque Tecnológico da UFF
UFF Tech 2013 - Apresentação do Parque Tecnológico da UFF UFF Tech 2013 - Apresentação do Parque Tecnológico da UFF
UFF Tech 2013 - Apresentação do Parque Tecnológico da UFF
Sti Uff
 
UFF Tech 2013 - NFC e o futuro da convergência - NXP
UFF Tech 2013 - NFC e o futuro da convergência - NXP UFF Tech 2013 - NFC e o futuro da convergência - NXP
UFF Tech 2013 - NFC e o futuro da convergência - NXP
Sti Uff
 
UFF Tech 2013 - RioCard e NFC: uma convergência possível - RioCard TI
UFF Tech 2013 - RioCard e NFC: uma convergência possível - RioCard TIUFF Tech 2013 - RioCard e NFC: uma convergência possível - RioCard TI
UFF Tech 2013 - RioCard e NFC: uma convergência possível - RioCard TI
Sti Uff
 
UFF Tech 2013 - Lançamento do aplicativo BusUFF - Thiago Nazareth de Oliveira
UFF Tech 2013 -  Lançamento do aplicativo BusUFF - Thiago Nazareth de OliveiraUFF Tech 2013 -  Lançamento do aplicativo BusUFF - Thiago Nazareth de Oliveira
UFF Tech 2013 - Lançamento do aplicativo BusUFF - Thiago Nazareth de Oliveira
Sti Uff
 
UFF Tech 2013 - Case Copa das Confederações - IBM
UFF Tech 2013 - Case Copa das Confederações - IBMUFF Tech 2013 - Case Copa das Confederações - IBM
UFF Tech 2013 - Case Copa das Confederações - IBM
Sti Uff
 
UFF Tech 2013 - Qualidade: Requisito de Software ou Premissa Pessoal - Bruno ...
UFF Tech 2013 - Qualidade: Requisito de Software ou Premissa Pessoal - Bruno ...UFF Tech 2013 - Qualidade: Requisito de Software ou Premissa Pessoal - Bruno ...
UFF Tech 2013 - Qualidade: Requisito de Software ou Premissa Pessoal - Bruno ...
Sti Uff
 
UFF Tech 2013 - Qualidade, Cloud Computing e Mobilidade - Analia Irigoyen - P...
UFF Tech 2013 - Qualidade, Cloud Computing e Mobilidade - Analia Irigoyen - P...UFF Tech 2013 - Qualidade, Cloud Computing e Mobilidade - Analia Irigoyen - P...
UFF Tech 2013 - Qualidade, Cloud Computing e Mobilidade - Analia Irigoyen - P...
Sti Uff
 
UFF Tech 2013 - Amazon AWS - Scalability, Performance and Security in the Cloud
UFF Tech 2013 - Amazon AWS - Scalability, Performance and Security in the CloudUFF Tech 2013 - Amazon AWS - Scalability, Performance and Security in the Cloud
UFF Tech 2013 - Amazon AWS - Scalability, Performance and Security in the Cloud
Sti Uff
 
UFF Tech 2013 - Benefícios e Desafios do Continuous Delivery - Daniel Castel...
 UFF Tech 2013 - Benefícios e Desafios do Continuous Delivery - Daniel Castel... UFF Tech 2013 - Benefícios e Desafios do Continuous Delivery - Daniel Castel...
UFF Tech 2013 - Benefícios e Desafios do Continuous Delivery - Daniel Castel...
Sti Uff
 
Apresentação computação 2013_1
Apresentação computação 2013_1Apresentação computação 2013_1
Apresentação computação 2013_1
Sti Uff
 
Gerenciamento de projetos
Gerenciamento de projetosGerenciamento de projetos
Gerenciamento de projetos
Sti Uff
 
Apresentação UFF Mobile
Apresentação UFF MobileApresentação UFF Mobile
Apresentação UFF Mobile
Sti Uff
 
Apresentação Carteirinha UFF
Apresentação Carteirinha UFFApresentação Carteirinha UFF
Apresentação Carteirinha UFF
Sti Uff
 
Apresentacao pdi sti-v1
Apresentacao pdi sti-v1Apresentacao pdi sti-v1
Apresentacao pdi sti-v1
Sti Uff
 
Inauguração Sala Segura
Inauguração Sala Segura Inauguração Sala Segura
Inauguração Sala Segura
Sti Uff
 

Mais de Sti Uff (20)

Apresentação equipe 6 - UFF Caronas
Apresentação equipe 6 - UFF CaronasApresentação equipe 6 - UFF Caronas
Apresentação equipe 6 - UFF Caronas
 
Apresentação equipe 1 - uff@
Apresentação equipe 1 - uff@Apresentação equipe 1 - uff@
Apresentação equipe 1 - uff@
 
UFF Tech 2013 - Big Data - Rafael Borges EMC
UFF Tech 2013 - Big Data - Rafael Borges EMCUFF Tech 2013 - Big Data - Rafael Borges EMC
UFF Tech 2013 - Big Data - Rafael Borges EMC
 
UFF Tech 2013 - Segurança no Cloud - Álvaro Teófilo, Produban (Banco Santander)
UFF Tech 2013 - Segurança no Cloud -  Álvaro Teófilo, Produban (Banco Santander)UFF Tech 2013 - Segurança no Cloud -  Álvaro Teófilo, Produban (Banco Santander)
UFF Tech 2013 - Segurança no Cloud - Álvaro Teófilo, Produban (Banco Santander)
 
UFF Tech 2013 - Segurança na Cloud- Jorge Viana, Crowe Horwath Bendoraytes
UFF Tech 2013 - Segurança na Cloud- Jorge Viana, Crowe Horwath BendoraytesUFF Tech 2013 - Segurança na Cloud- Jorge Viana, Crowe Horwath Bendoraytes
UFF Tech 2013 - Segurança na Cloud- Jorge Viana, Crowe Horwath Bendoraytes
 
UFF Tech 2013 - Apresentação do Parque Tecnológico da UFF
UFF Tech 2013 - Apresentação do Parque Tecnológico da UFF UFF Tech 2013 - Apresentação do Parque Tecnológico da UFF
UFF Tech 2013 - Apresentação do Parque Tecnológico da UFF
 
UFF Tech 2013 - NFC e o futuro da convergência - NXP
UFF Tech 2013 - NFC e o futuro da convergência - NXP UFF Tech 2013 - NFC e o futuro da convergência - NXP
UFF Tech 2013 - NFC e o futuro da convergência - NXP
 
UFF Tech 2013 - RioCard e NFC: uma convergência possível - RioCard TI
UFF Tech 2013 - RioCard e NFC: uma convergência possível - RioCard TIUFF Tech 2013 - RioCard e NFC: uma convergência possível - RioCard TI
UFF Tech 2013 - RioCard e NFC: uma convergência possível - RioCard TI
 
UFF Tech 2013 - Lançamento do aplicativo BusUFF - Thiago Nazareth de Oliveira
UFF Tech 2013 -  Lançamento do aplicativo BusUFF - Thiago Nazareth de OliveiraUFF Tech 2013 -  Lançamento do aplicativo BusUFF - Thiago Nazareth de Oliveira
UFF Tech 2013 - Lançamento do aplicativo BusUFF - Thiago Nazareth de Oliveira
 
UFF Tech 2013 - Case Copa das Confederações - IBM
UFF Tech 2013 - Case Copa das Confederações - IBMUFF Tech 2013 - Case Copa das Confederações - IBM
UFF Tech 2013 - Case Copa das Confederações - IBM
 
UFF Tech 2013 - Qualidade: Requisito de Software ou Premissa Pessoal - Bruno ...
UFF Tech 2013 - Qualidade: Requisito de Software ou Premissa Pessoal - Bruno ...UFF Tech 2013 - Qualidade: Requisito de Software ou Premissa Pessoal - Bruno ...
UFF Tech 2013 - Qualidade: Requisito de Software ou Premissa Pessoal - Bruno ...
 
UFF Tech 2013 - Qualidade, Cloud Computing e Mobilidade - Analia Irigoyen - P...
UFF Tech 2013 - Qualidade, Cloud Computing e Mobilidade - Analia Irigoyen - P...UFF Tech 2013 - Qualidade, Cloud Computing e Mobilidade - Analia Irigoyen - P...
UFF Tech 2013 - Qualidade, Cloud Computing e Mobilidade - Analia Irigoyen - P...
 
UFF Tech 2013 - Amazon AWS - Scalability, Performance and Security in the Cloud
UFF Tech 2013 - Amazon AWS - Scalability, Performance and Security in the CloudUFF Tech 2013 - Amazon AWS - Scalability, Performance and Security in the Cloud
UFF Tech 2013 - Amazon AWS - Scalability, Performance and Security in the Cloud
 
UFF Tech 2013 - Benefícios e Desafios do Continuous Delivery - Daniel Castel...
 UFF Tech 2013 - Benefícios e Desafios do Continuous Delivery - Daniel Castel... UFF Tech 2013 - Benefícios e Desafios do Continuous Delivery - Daniel Castel...
UFF Tech 2013 - Benefícios e Desafios do Continuous Delivery - Daniel Castel...
 
Apresentação computação 2013_1
Apresentação computação 2013_1Apresentação computação 2013_1
Apresentação computação 2013_1
 
Gerenciamento de projetos
Gerenciamento de projetosGerenciamento de projetos
Gerenciamento de projetos
 
Apresentação UFF Mobile
Apresentação UFF MobileApresentação UFF Mobile
Apresentação UFF Mobile
 
Apresentação Carteirinha UFF
Apresentação Carteirinha UFFApresentação Carteirinha UFF
Apresentação Carteirinha UFF
 
Apresentacao pdi sti-v1
Apresentacao pdi sti-v1Apresentacao pdi sti-v1
Apresentacao pdi sti-v1
 
Inauguração Sala Segura
Inauguração Sala Segura Inauguração Sala Segura
Inauguração Sala Segura
 

STI/UFF - Modelo de Gestão

  • 1. Modelo de Gestão 2011-2012 29/05/2012
  • 2. Nossa Missão A Superintendência de Tecnologia da Informação - STI terá por finalidade básica realizar a gestão de infra-estrutura de software e hardware da Universidade, além de planejar e executar a política de informática da universidade. Também faz parte de sua missão pesquisar, desenvolver, executar e participar de projetos em Tecnologia de Informação e serviços de informática tanto internamente, nos diversos campi que compõe a UFF, como em parcerias com Municípios e Estados, além da captação de recursos através de projetos, consultoria e serviços em TI.
  • 3. Grupo de Gestão Fernando César Superintendência fernando@nti.uff.br Henrique Uzêda Leonardo Rizzo Hélcio Rocha Thiago Diogo Governança de TI Infraestrutura Novas Tecnologias Sistemas henrique@nti.uff.br leo@nti.uff.br helcio@nti.uff.br thiagodiogo@id.uff.br
  • 4. Evolução 1975 2012
  • 5. Evolução 2011: NTI torna-se STI e passa a estar diretamente ligado ao GAR Nova visão de TI, garantindo a valorização necessária
  • 7. Governança de TI Respostas à CGU (Central de Atendimento) Obrigatoriedade das respostas Reconstrução do site da STI Comunicação interna e externa Atualização do PDTIC Alinhamento de TI com o PDI Elaboração de Normas de Aquisição e de Segurança da Informação Padronização e segurança das informações Planejamento estratégico de TI, com revisões trimestrais; Controle da execução e melhoria contínua Definição de acordos de níveis de serviços (ANS ou SLA) Instrução Normativa 04 - MPOG
  • 8. Governança de TI Pontos positivos Atitude pro-ativa da equipe da STI O modelo de gestão da STI Resultados constatados através de recomendações da CGU Pontos negativos Desconhecimento de práticas de Governança de TI Falta de integração dos sistemas internos e do governo Processos internos desenvolvidos mas não divulgados
  • 9. Coord. Técnica para 500 Mpbs Aumento da velocidade da internet Comunicação interna e externa Implantação da Sala Segura STI (Dados, equipamentos, etc) Disponibilidade, segurança e padronização Reestruturação do e-mail institucional Comunicação interna e externa Ampliação do Servidor Web institucional Disponibilidade dos sites da UFF Implantação de uma solução de Virtualização de Servidores (TI Verde) Melhor aproveitamento dos recursos e maior capacidade de atendimento Reestruturação dos Sistemas de Backup
  • 10. Coord. Técnica Pontos positivos Aumento da capacidade de rede, atendimento e disponibilidade Mais confiabilidade dos serviços prestados à partir da Sala Segura Novas tecnologias e práticas adotadas na área de servidores Renegociação tarifária de 38% com a operadora de telefonia móvel Pontos negativos Dificuldades na aquisição de equipamentos e serviços Recursos Humanos insuficientes para execução das metas do PDI Disponibilidade da Rede UFF ainda abaixo do desejável Capacidade da medição da Qualidade de Serviços ainda abaixo do desejável
  • 11. Novas Tecnologias Desenvolvimento dos novos sites da UFF (UFF, Prograd, Proppi, Progepe, etc) Comunicação interna e externa Desenvolvimento e publicação de 120 sites / ano Comunicação interna e externa Suporte e manutenção de 600 sites Comunicação interna e externa Realização de 60 transmissões de eventos ao vivo Comunicação em tempo real via internet Realização de 19 videoconferências Comunicação em tempo real via internet Suporte e manutenção de sistemas de suporte
  • 12. Novas Tecnologias Pontos positivos Bom padrão de evolução tecnológica Bom rendimento no desenvolvimento dos projetos Atendimento às necessidades internas da STI Pontos negativos Recursos humanos insuficientes para a demanda existente Dificuldade na aquisição de equipamentos Falta de investimentos continuados em equipamentos específicos Falta de investimentos em infraestrutura básica interna
  • 13. Desenv. de Sistemas Desenvolvimento de 19 novos sistemas e serviços com mão-de-obra de servidores, alunos da graduação e mestrado Automação de processos de negócios Identificação Única da Universidade - IDUFF Identificação de cada usuário da comunidade UFF através do CPF Sistema de Graduação e Pós-Graduação ligados ao IDUFF Garantindo facilidade e serviços ao ensino e a pesquisa UFFMail - Google Comunicação interna e externa na Plataforma Google Sistema de Monitoria, PIBIC, Bolsas da PROAES, Conexão UFF, CPD - Concursos, RAD, Avaliação Instit., Consulta pública dentre outros Automação de processos de negócios Nova Carteirinha UFF
  • 14. Desenv. de Sistemas Pontos positivos Reconhecimento do trabalho: 4 artigos aceitos nos Workshops das IFES em 2011 e 2012 Apoio da alta gestão = Nova visão de TI Equipe motivada, comprometida, séria e capaz Resultados alcançados de acordo com o planejado Melhoria contínua e melhores práticas adotadas Adequação para a Certificação MPS.BR nível F em andamento Implantação de um Escritório de Gerenciamento de Projetos (PMO) Pontos negativos Mudança cultural da Comunidade UFF para planejamento, gestão e controle Dificuldade em comunicação interna Recursos humanos insuficientes para a demanda existente Infraestrutura física insuficiente diante da necessidade de RH
  • 15. Principais Ações Governança de TI Mapear principais processos de negócio das áreas da STI Planejar e implantar novos procedimentos da Central de Atendimento Expandir o Escritório de Gerenciamento de Projetos para toda a STI Coordenação técnica Aumentar a capacidade de armazenamento e redundância da Sala Segura Rede WI-FI para toda a UFF usando o IDUFF Conexão externa: duplicar o LINK para aumentar a capacidade e disponibilidade da Rede UFF Ampliar o nível de segurança das informações da Rede UFF Novas tecnologias Expansão das salas de videoconferência na UFF Maior participação de Eventos da UFF na WEBTV/UNITEVÊ Desenvolvimento de novos sites da UFF Desenvolvimento de Sistemas Implantação do SIGADOC e Carteirinha UFF Padronização dos sistemas
  • 18. Valores Respeito Somos humanos, não se esqueça Comprometimento Missão dada é missão cumprida! Trabalho em equipe Ninguém é tão bom quanto todos nós juntos Qualidade Nada é tão bom que não possa ser melhorado
  • 19. Diferencial Orientação por projetos e serviços Nova visão de TI Criação de um Escritório de Gerenciamento de Projetos (PMO) Mão-de-obra Baseado em modelos de sucesso genuinamente UFF(alunos da graduação e pós)
  • 21. Diretrizes Definido por processos Público, fácil e conhecido por todos Executado por pessoas Metas alcançáveis, capacitação e motivação Medido por indicadores Métricas, cobrança e controle Suportado por ferramentas Automatizado e impessoal
  • 22. Organização Projeto Serviço Ou seja: o projeto de hoje é o serviço de amanhã!
  • 23. 3 níveis de controle
  • 25. Ciclos de Revisão 3 meses Revisões Trimestrais
  • 26. Ciclos de Revisão 15 dias! Acompanhamento Quinzenal
  • 27. Ciclos de Revisão 1 dia!! (15 minutos) Reunião diária de 15 minutos
  • 30. Ferramentas Definido por processos Público, fácil e conhecido por todos
  • 31. Em geral, o funcionamento das organizações não é conhecido
  • 32. Portal de Processos Abertos Todos os processos de negócio da STI e clientes publicados e atualizados constantemente http://www.sti.uff.br/processos
  • 33. Ferramentas Executado por pessoas Metas alcançáveis, capacitação e motivação Base de conhecimento Vídeo-aulas online pública Eventos integradores: assembléia, aniversariantes do mês, etc
  • 34. Ferramentas Executado por pessoas Metas alcançáveis, capacitação e motivação Tecnologia de Ponta!
  • 35. “Não se melhora o que não se mede!” James Harrington
  • 37. Ferramentas Suportado por ferramentas Automatizado e impessoal Wiki Automatização!
  • 38. No que podemos ajudar?
  • 39. Proposta PDI Acompanhamento Como está a execução de cada projeto nesse momento? Cadastramento online de cada projeto Quanto já foi investido e ainda resta por projeto? Controle Investimento mediante desenvolvimento dos projetos Coleta de indicadores e revisão periódica mais precisa Transparência Pesquisas públicas sobre os projetos do PDI
  • 40. ação do Proposta Equipe STI para Comissão do PDI Projeto piloto 2012 Necessidades: mudança cultural e valorização do projeto de TI no PDI
  • 41. Números de TI na UFF 7.500 atendimentos técnicos 9.100 computadores na Rede UFF 26.000.000 de mensagens de e-mails institucionais 30.000 contas de e-mail UFF 5.900 ramais internos 18.000.000 de ligações efetuadas + recebidas 600 KM de cabos de rede 32 sistemas em produção 18 sistemas em desenvolvimento 2.000 cartões inteligentes (com CHIP) 1300 web sites hospedados na Sala Segura
  • 42. Necessidades da STI Recursos Humanos: Aumento do quadro Capacitação Recursos Financeiros: Investimento continuado Espaço físico: Expansão e adequação Aquisição de recursos de TI: Agilidade na aquisição (licitação)
  • 43. Obrigado! 2011-2012 29/05/2012