SlideShare uma empresa Scribd logo
Sistema Nervoso
SISTEMA
NERVOSO
SNC
SNP
(nervos espinais e cranianos)
ENCEFALO MEDULA
DIVISÃO
AFERENTE
NEURONIOS SENSITIVOS
SOMATICOS
NEURONIOS SENSITIVOS
VISCERAIS
Telencefalo(A)
Diencefalo(M)
Mesencefalo(E)
DIVISÃO
EFERENTE
DIVISÃO
EFERENTE
S.N.AUTONOMO
(INVOLUNTARIO)
S.N.SOMATICO
(VOLUNTARIO)
SIMPATICA PARASSIMPATICA Entérico
SISTEMA NERVOSO
Sistema Nervoso CentralSistema Nervoso Central
(SNC)(SNC)
Encéfalo Medula
SISTEMA NERVOSO
Sistema Nervoso PeriféricoSistema Nervoso Periférico
(SNP)(SNP)
Nervos Cranianos Nervos Espinais
Introdução
• O sistema nervoso possui três funções
básicas: sensitiva, integradora e motora.
• O sistema nervoso é dividido
anatomicamente em duas partes: Sistema
Nervoso Central e Sistema Nervoso
Periférico.
• O neurônios são as unidades morfo-
funcionais do sistema nervoso.
Introdução
• Os neurônios são divididos em três partes
principais: dendritos, soma e axônio.
• Os neurônios podem ser classificados
conforme sua função:
 Neurônios aferentes
 Neurônios associativos
 Neurônios
• COMPONENTES DO SISTEMA
NERVOSO
1. Neuronios:
Estrutura: corpo celular; núcleo grande
núcleo
2. Lemócitosura:
3. Neuróglia:
NEURÔNIO
O neurônio possui tipicamente todos os
elementos de uma célula eucariótica
Peculiaridades do neurônio: diversidade de forma
Propriedades comuns
dos neurônios:
 Gerar e propagar
atividades elétricas (impulso
nervoso).
 Comunicam-se entre si por
meio de sinapses nervosas
químicas ou elétricas.
 Processar digitalmente os
sinais elétricos integrando
potenciais elétricos
excitatórias e inibitórios.
 Comunicam-se com células
efetuadoras musculares ou
glandulares.
Degeneração walleriana
Ao contrário das fibras do SNP, as fibras do SNC NÃO se regeneram.
SISTEMA NERVOSO SENSORIAL
- Conjunto de neurônios relacionadas com as funções de
decodificação e interpretação dos estímulos originados nos
órgãos sensoriais somáticos e viscerais
SISTEMA NERVOSO MOTOR
- Conjunto de neurônios relacionados com as funções motoras
somáticas e viscerais
SISTEMASISTEMA
NERVOSONERVOSO
SISTEMA NERVOSO INTEGRATIVO
- Conjunto de neurônios que realizam a integração sensorial e
motora, além de interpretar e elaborar comandos motores
Divisão funcional do SISTEMA
NERVOSO
ESQUELÉTICA LISA
JUNÇOES NEURO-MUSCULARES
ENCÉFALO
MEDULA
ESPINHAL
Vias
descendentes
Vias
ascendentes
Cadeias de neurônios
funcionalmente
relacionados.
Meio pelo qual o cérebro
recebe as informações
originadas da medula e
do tronco encefálico.
Cadeias de neurônios
funcionalmente
relacionados.
Meio pelo qual o cérebro
envia comandos para a
medula e o tronco
encefálico
Dentro do SNC, as fibras nervosas estabelecem comunicações entre
diferentes partes através de tratos, leminiscos, comissuras etc.
SISTEMA NERVOSO
I.Sistema nervoso: centro integrador e
controlador. Recebem impulsos sensitivos do
SNP e responde.
II.ORGANIZAÇÃO:
1. Sistema Nervoso Central:
a. Encéfalo: cavidade craniana
b. Medula espinhal: canal vertebral.
2. Sistema Nervoso Periferico:
a. Nervos: Cranianos e Nervos Espinais
b. Gânglios
SISTEMA NERVOSO
• Sistema nervoso central(centro integrador e
controlador-recebem impulsos sensitivos do
SNP e responde):
1. Encéfalo: cavidade craniana
2. Medula espinhal: canal vertebral.
• Sistema nervoso periférico: Fora SNC:
1. Nervos: corpo e SNC
• 12 pares de nervos cranianos: cérebro e do tronco do encéfalo
– forames do crânio.
• 31 pares de nervos espinais: medula – forames intervertebral(8
cervicais,12 torácicos, 5 lombares 5 sacrais e 1 nervos
coccígeo.
1. Gânglios:associados aos nervos
Encéfalo
Encéfalo
• Dividido em quatro partes:
 Cerebelo
 Tronco encefálico
 Diencéfalo
 Telencéfalo
Líquido Céfalo-Raquidiano
Líquido céfalo-raquidiano
Meninges
Circulação Licórica
• O liquor cefalorraquidiano circula dentro dos
canais e espaços que existem no interior do
SNC.
• O liquor cefalorraquidiano é produzido nos
plexos corióides dos seguintes ventrículos.
 Ventrículos laterais (localizado no telencéfalo).
Terceiro Ventrículo (loc. Diencéfalo).
Quarto ventrículo: (loc. no tronco encefálico).
• Existe um canal que liga o terceiro ventrículo ao
quarto ventrículo, denomidado como aqueduto
mesencefálico.
Circulação Licórica
• Além dos ventrículos serem ocupados
pelo LCR, existem também espaços que
são preenchidos pelo mesmo, o nome
desse espaço é ESPAÇO
SUBARACNÓIDEO.
Ele se encontra em toda extensão do SNC, ou
seja, Encéfalo e Medula Espinal.
• Funções básicas do LCR são:
Proteção do SNC
Transporte de nutrientes para o SNC.
Ventrículos / Circulação Liquórica
Corpo caloso
Diencefálo
Mesencéfalo
Ponte
Bulbo
Cerebelo
Medula
Telencéfalo
O ENCÉFALO
Córtex Cerebral
Substância branca
SUBSTANCIA CINZENTA
Córtex cerebral
Núcleos da base
SUBSTANCIA BRANCA
massa medular interna
NUCLEOS DA BASE
Intimamente associado ao córtex motor e o tálamo
Controle da motricidade somática voluntária
Telencéfalo
CÓRTEX CEREBRAL
LOBO FRONTAL: processamentos complexos
(cognição, planejamento e iniciação dos
movimentos voluntários)
LOBO PARIETAL: área de projeção e
processamento somestésico
LOBO TEMPORAL: área de projeção e
processamento auditivo.
LOBO OCCIPITAL: área de projeção e
processamento visual
INSULA: fica oculto sob os lobos frontais e
temporal
Lobo da
Insula
Lobos Telencefálicos
Diencéfalo
• O diencéfalo é formado por duas partes
principais:
 Tálamo
 Hipotálamo
DIENCEFÁLO
TÁLAMO
Núcleos funcionalmente distintos
Principal relê de retransmissão
cerebral
- Sensorial
- Motora
- Sistema Limbico
HIPOTÁLAMO
Muitos núcleos funcionalmente distintos
Coordenação das funções autonômicas e
neuroendócrinas
Expressões das emoções
EPITÁLAMO
Integra funções olfativas
Diencéfalo
DIENCEFÁLO
TÁLAMO
Núcleos funcionalmente distintos
Principal relê de retransmissão
cerebral
- Sensorial
- Motora
- Sistema Limbico
HIPOTÁLAMO
Muitos núcleos funcionalmente distintos
Coordenação das funções autonômicas e
neuroendócrinas
Expressões das emoções
EPITÁLAMO
Integra funções olfativas
Tálamo
• O tálamo é um grande conjunto ovóide de
núcleos localizado bilateralmente acima do
tronco encéfalico.
• Ele atua como um assistente executivo do
córtex cerebral, dirigindo a atenção para
informações importantes, regulando o fluxo de
informações para o córtex.
• Assim, de maneira geral, o tálamo regula o nível
de atividade dos neurônios corticais.
Hipotálamo
• O hipotálamo é essencial para a sobrevivência do
indivíduo e da espécie porque a integração dos
comportamentos e das funções orgânicas pelo
hipotálamo é necessária para a continuação da
existência.
• São funções do hipotálamo:
 Manutenção da homeostase.
 Comportamentos de comer, reprodutivos e defensivos.
 Expressão emocional de prazer, raiva, medo e aversão.
 Regulação dos ritmos circadianos (diários).
 Regulação endocrinológica do crescimento, do
metabolismo e dos orgãos reprodutivos.
Telencéfalo
• O telencéfalo é formado pelo córtex cerebral,
externamente e, por uma substância branca
internamente.
• O telencéfalo nos capacita a realizar ações
como ler, escrever, interpretar, criar ECT.
• Pode-se observar externamente no telencéfalo
seus giros e sulcos, no interior e preenchendo
os mesmos observa-se o córtex (acúmulo de
substância cinzenta no SNC).
• Internamente no telencéfalo pode-se observar
substância branca (acúmulo de substância
branca dentro do SNC).
Telencéfalo
• Dividido em cinco lobos:
 Lobo frontal: predominantemente motor.
Lobo Parietal: predominantemente sensitivo.
Lobo Occipital: Predominantemente visual.
Lobo Temporal: Predominantemente
relacionado a memória.
Lobo Ínsula: função indeterminada, acredita-se
que seja relacioanado com a interpretação
olfativa ou ligados a interpretação emocional.
Telencéfalo
• Ainda no telencéfalo pode observar:
 Corpo caloso: estrutura encarregada de
associar informações do hemisfério direito
com esquerdo.
Do cerebelo não emerge nenhum
nervo; processa sinais
exclusivamente motora
Tronco Encefálico
• Divido em três partes:
 Bulbo
 Ponte
 Mesencéfalo
Tracto córtico-espinal
Representação Esquemática do Encéfalo
Tronco Encefálico
Bulbo
No bulbo localizam-se os
centros:
- Respiratório
-Vasomotor
- Vômito
Bulbo
• No bulbo localizam-se os centros:
 Respiratório
 Vasomotor
 Vômito
• Ocorre no Bulbo a decussação das pirâmides,
onde o trato motor denominado córtico-espinal
cruza a linha média e leva informação motora
para a metade contralateral da sua origem. Ex:
o hemisfério cerebral direito leva informação
motora para o lado esquerdo do corpo.
Pela ponte percorrem tractos
importantes tais como o córtico-
espinal lateral, espino-talâmico
lateral.
O primeiro relaciona-se com as
informações motoras dirigidas
para os membros e tronco. O
segundo relaciona-se com
informações sensitivas
dolorosas, táteis e térmicas.
Ponte
Ponte
• A ponte conecta o tronco encefálico ao cerebelo
e ao córtex.
• Pela ponte percorrem tractos importantes tais
como o córtico-espinal lateral, espino-talâmico
lateral.
O primeiro relaciona-se com as informações
motoras dirigidas para os membros e tronco. O
segundo relaciona-se com informações
sensitivas dolorosas, táteis e térmicas.
Mesencéfalo
O mesencéfalo liga-se ao
diencéfalo por meio dos
pedúnculos cerebrais.
Dorsalmente, observa-se
quatro eminências arredondadas,
os colículos superiores e
inferiores.
Essas massas estão
relacionadas com informações
visuais e auditivas.
Mesencéfalo
• O mesencéfalo liga-se ao diencéfalo por meio
dos pedúnculos cerebrais.
• Quando secciona-se o mesencéfalo
transversalmente, pode-se observar a
substância negra do mesencéfalo, formada por
neurônios que contém melanina.
• Dorsalmente, observa-se quatro eminências
arredondadas, os colículos superiores e
inferiores.
Essas massas estão relacionadas com
informações visuais e auditivas.
Substância Negra do Mesencéfalo
Cerebelo
• Ele coordena os movimentos e
ajuda a manter o tônus muscular
normal, a postura e o equilíbrio.
Cerebelo
Coordena os movimentos e ajuda a manter o tônus
muscular normal, a postura e o equilíbrio.
Cerebelo
Nervos Cranianos
NC I: olfatório (S)
NC II: Óptico (S)
NC III: Oculomotor (M)
NC IV: troclear (M)
NC V:trigêmio (MIS)
NC VI: abducente (M)
NC VII: facial (MIS)
NC VIII: vestíbulo-coclear (S)
NC IX: glossofarígeo (MIS)
NC X: vago (MIS)
NC XI: acessório (M)
NC: hipoglosso (M)
Sistema Nervoso Central
• O SNC é constituído pela MEDULA ESPINAL e
pelo ENCÉFALO.
• A Medula Espinal pode divida em substância
branca e substância cinzenta.
• A substância branca na Medula Espinal é
formada por axônios mielinizados, dando uma
coloração esbranquiçada a mesma.
• Na substância branca pode ser dividida em
funículos laterais, funículo anterior e funículo
posterior.
A MEDULA é dividida em 4 regiões topográficas. O seu
comprimento total é menor do que canal vertebral, mas os nervos
espinhais guardam correlação topográfica com as respectivas
vértebras.
Medula Espinal
• A Medula Espinal pode divida em
substância branca e substância cinzenta.
• A substância branca na Medula Espinal é
formada por axônios mielinizados, dando
uma coloração esbranquiçada a mesma.
• Na substância branca pode ser dividida
em funículos laterais, funículo anterior e
funículo posterior.
Medula Espinal
• Dentro dos funículos trafegam tractos e
fascículos. Esses levam informações como a
mesma origem destino e função.
Como exemplo temos:
 Tracto córtico-espinal: tem origem no córtex cerebral e destino para
medula espinal, sua função é levar informações motoras para o corpo.
 Tracto espino-talâmico: tem origem na medula espinal e destino para o
tálamo, sua função é levar informações sensitivas do corpo para o encéfalo.
 Fascículos grácil e cuneiforme: tem origem na medula espinal e destino
para o tronco encefálico, sua função é levar informações acerca do
posicionamento das articulações e tato discriminativo.
Medula Espinal
• A substância cinzenta na medula espinal estão
alojados os corpos dos neurônios motores e
sensitivos.
• Ela e divida em colunas ou cornos:
 Coluna ou corno anterior: Motora
 Coluna ou corno posterior: Sensitiva
 Coluna ou corno lateral: Presente apenas na
medula torácia e lombar; corpos dos neurônios
do sistema nervoso simpático e parassimpático.
MEDULA
SUBSTÂNCIA CINZENTA
Medula Espinal
MEDULA
SUBSTANCIA
BRANCA
A substancia branca é a região de
tráfego de fibras nervosas mielinizadas
1) do encéfalo para a medula
(Vias descendentes)
2) da medula para o encéfalo
(Vias ascendentes)
3) fibras próprias da medula
(Tratos proprioespinhais)
Fibras ascendentes
(sensitivas)
Fibras descendentes
(motoras)
COMPONENTES FUNCIONAIS DE UM NERVO ESPINHAL
Fibras sensitivas somáticas gerais
Pele, músculos, tendões e articulação
Fibras sensitivas viscerais
Fibras motoras somáticas
Músculos estriados esqueléticos
Fibras motoras viscerais
Músculos lisos, cardíaco e glândulas
Sistema Nervoso Periférico
O sistema nervoso periférico é constituído pelos nervos,
gãnglios e terminações nervosas.
- Os nervos são divididos em raquidianos, emergem da
medual espinal (31 pares), cranianos (12 pares),
emergem do crânio.
- Os gânglios são massas constituídas por substancia
cinzenta fora do sistema nervoso central, eles estão
localizados, geralmente, paralelos externamente ao
forame intervertebral da coluna vertebral.
- As terminações nervosas são estruturas dotadas de
capacidade de transmitir informações mecânicas,
térmicas, dolorosas e químicas; elas conduzem esses
estímulos até o sistema nervoso central para serem
processados.
Nervos Cranianos
Nervos Raquidianos
Terminações Nervosas
A MEDULA situa-se dentro do canal vertebral. Assim como o encéfalo, está
envolta por membranas. Os nervos espinhais emergem aos pares de cada forame
vertebral.
Gânglios
 Nervos Sensoriais (nervos aferentes ou nervos
sensitivos)
 Nervos Motores ou eferentes
 Nervos mistos
Gânglios nervosos - aglomerados de corpos celulares
de neurônios localizados fora do SNC. Os gânglios
aparecem como pequenas dilatações em certos nervos
 Alguns nevos periféricos que se originam da parte basal
do encéfalo e inervam, em sua maior parte a cabeça
formam os nervos cranianos. O restante dos nervos
periféricos estão ligados à medula espinal, sendo portanto
denominados nervos espinais ou raquidianos.
Nervos cranianos - são 12 pares de nervos,
responsáveis pela inervação dos órgãos do sentido, dos
músculos e glândulas da cabeça, e também de alguns
órgãos internos .
Do cerebelo não emerge nenhum
nervo; processa sinais
exclusivamente motora
SISTEMA NERVOSOSISTEMA NERVOSO
CENTRALCENTRAL
Encéfalo
Medula
SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICOSISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO
Nervos espinhais e cranianos
Gânglios Sensitivos
Sistema nervoso autônomo
Receptores Sensoriais
Plexo Entérico
O Sistema Nervoso é dividido anatomicamente em:
O tecido nervoso é formado basicamente
de dois tipos de células:
- Neurônios
- Gliócitos
Nervos Cranianos
Introdução
•O sistema nervoso possui três funções
básicas: sensitiva,integradora e motora;
•O S.N é dividido em duas partes: S.N Central e
S.N Periférico.
•Os neurônios são as unidades morfo-
funcionais do sistema nervoso.
Introdução
• Os neurônios são divididos em três partes
principais : dendritos,soma e axônio;
• Os neurônios podem ser classificados
conforme sua função:
 Neurônios Aferentes
 Neurônios Associativos
 Neurônios
Sistema Nervoso Central
• O S.N.C é constituído pela Medula Espinal e
pelo Encéfalo.
• A Medula Espinal pode ser dividida em
substância branca e sustância cinzenta.
• A sustância branca na medula espinal é
formada por axônios mielinizados, dando uma
coloração esbranquiçada a mesma.
• A substancia branca pode ser dividida em
funículos laterais, funículos anteriores e
funículo posterior.
Medula Espinal
• Dentro dos funículos trafegam tractos e
fascículos.Esse levam informações com a
mesma origem destino e função .Como
exemplos temos:
 Tracto córtico-espinal: tem origem no córtex
cerebral e destino para medula espinal,sua
função é levar informações motoras para o
corpo.
 Fascículos grácil e cuneforme: tem origem
na medula espinal e destino para o tronco
encefálico, sua função é levar informações
acerca do posicionamento das articulações
e tato discriminativo.
Medula Espinal
• A sustância cinzenta na Medula Espinal estão
alojados os corpos dos neurônio motores we
sensitivos.
• Ela é dividida em colunas e cornos:
 Coluna ou corno anterior: Motora;
 Coluna ou corno posterior: Sensitiva;
 Coluna ou corno lateral: corpos dos
neurônios do sistema nervoso simpático e
parassimpático.
Encéfalo
• Dividido em quatro
partes:
 Cerebelo;
 Tronco encefálico;
 Diencéfalo;
 Telencéfalo.
Cerebelo
• Ele coordena os movimentos e ajuda o
tônus muscular normal, a postura e o
equilíbrio.
Tronco Encefálico
• Dividido em três
partes:
 Bulbo;
 Ponte;
 Mesencéfalo.
ORGANIZACAO
ANÂTOMICA E
FUNCIONAL
DO SISTEMA NERVOSO
Parte I
I. VÁRIOS NIVEIS DE ANÁLISE ENVOLVENDO VÁRIAS
DISCIPLINAS
A. Nível de análise
1. Cognitivo – comportamental
2. Sistemas – interações entre vários tipos de unidades celulares
3. Celular – propriedade de um único neurônio
4. Subcelular – propriedade das estruturas subcelulares como canais iônicos
5. Molecular - mecanismos de ação de moléculas
B. Disciplinas
1. Clinicas
Neurologia, Psiquiatria e Neurocirurgia
2. Pesquisa Básica ou Experimental
Fisiologia, Anatomia, Farmacologia, Neuroquimica, Psicologia, Psicofísica, Biologia Molecular e
Neuroetologia
3. Teórica
Neurociência computacional e Redes neurais (inteligência artificial)
NEUROCIÊNCIAS
Níveis de análise do SN
1) Cognitivo: comportamental
2) Sistema: interação entre
varias unidades celulares
3) Celular: propriedades de
células unitárias
4) Subcelular: biofísica de
canais iônicos
5) Molecular: mecanismos de
ação das proteínas e
neurotransmissores
O estudo dos diferentes níveis de analise requer ferramentas amplificadoras dos
sentidos humanos: microscopia, ressonância, eletrofisiologia, etc.
Estrutura Tamanho Unidade de
Medida
Aumento
Encéfalo
Extensão:
15 cm
1cm = 0,1m 1
Córtex
cerebral
Espessura
3mm
1mm = 0,001m X 10
Unidade
Celular
Corpo celular
0,1mm
0,1mm = 100 µm X 100
Estrutura
subcelular
Axônio e dendrito
10 µm
0,01mm = 10 µm X 1.000
Sinapse
Terminação sináptica
1 µm
1 µm = 10m X 10.000.
Fenda
sinaptica
Fenda
20 ηm
0,1 µm = 100 ηm X 100.000
Membrana
Espessura
5 ηm
10 ηm X 1.000.000
Canal iônico
Diâmetro do canal
0,5 ηm
1 ηm X 10.000.000
SISTEMA NERVOSO SENSORIAL
- Conjunto de neurônios relacionadas com as funções de
decodificação e interpretação dos estímulos originados nos
órgãos sensoriais somáticos e viscerais
SISTEMA NERVOSO MOTOR
- Conjunto de neurônios relacionados com as funções motoras
somáticas e viscerais
SISTEMASISTEMA
NERVOSONERVOSO
SISTEMA NERVOSO INTEGRATIVO
- Conjunto de neurônios que realizam a integração sensorial e
motora, além de interpretar e elaborar comandos motores
Divisão funcional do SISTEMA
NERVOSO
SISTEMA NERVOSOSISTEMA NERVOSO
CENTRALCENTRAL
Encéfalo
Medula
SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICOSISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO
Nervos espinhais e cranianos
Gânglios Sensitivos
Sistema nervoso autônomo
Receptores Sensoriais
Plexo Entérico
O Sistema Nervoso é dividido anatomicamente em:
O tecido nervoso é formado basicamente
de dois tipos de células:
- Neurônios
- Gliócitos
O ENCÉFALO situa-se dentro do crânio
A MEDULA situa-se dentro do canal vertebral. Assim como o encéfalo, está
envolta por membranas. Os nervos espinhais emergem aos pares de cada forame
vertebral.
Os mamíferos tenderam ao aumento progressivo do encéfalo, variando e
preservando estruturas homologas filogeneticamente antigas.
ANATOMIA TOPOGRÁFICA
Planos referenciais do corpo
Plano coronal ou frontal
Plano sagital
Plano transversal
Linha média

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tronco encefálico - SNC
Tronco encefálico - SNCTronco encefálico - SNC
Tronco encefálico - SNC
Adriana Mércia
 
Medula e Nervos Espinhais
Medula e Nervos EspinhaisMedula e Nervos Espinhais
Medula e Nervos Espinhais
Vânia Caldeira
 
Aula 06 sistema nervoso - anatomia e fisiologia
Aula 06   sistema nervoso - anatomia e fisiologiaAula 06   sistema nervoso - anatomia e fisiologia
Aula 06 sistema nervoso - anatomia e fisiologia
Hamilton Nobrega
 
Nervos e terminações nervosas cp 11
Nervos e terminações nervosas cp 11Nervos e terminações nervosas cp 11
Nervos e terminações nervosas cp 11
Williams Pinto Williamsc.Pinto
 
Introdução a Neuroanatomia e Neurofisiologia
Introdução a Neuroanatomia e NeurofisiologiaIntrodução a Neuroanatomia e Neurofisiologia
Introdução a Neuroanatomia e Neurofisiologia
Alisson Vasconcelos Dos Anjos
 
Tronco encefálico
Tronco encefálico Tronco encefálico
Tronco encefálico
Jumooca
 
Neuroanatomia 20
Neuroanatomia 20Neuroanatomia 20
Neuroanatomia 20
pauloalambert
 
Sistema nervoso - anatomia humana
Sistema nervoso - anatomia humanaSistema nervoso - anatomia humana
Sistema nervoso - anatomia humana
Marília Gomes
 
Anatomia humana sistema nervoso
Anatomia humana sistema nervosoAnatomia humana sistema nervoso
Anatomia humana sistema nervoso
The Church of Jesus Christ of Latter-day Saints
 
Mecanismo das Sinapses
Mecanismo das SinapsesMecanismo das Sinapses
Mecanismo das Sinapses
Jose Carlos
 
Sistema Límbico: uma abordagem neuroanatômica e funcional.
Sistema Límbico: uma abordagem neuroanatômica e funcional.Sistema Límbico: uma abordagem neuroanatômica e funcional.
Sistema Límbico: uma abordagem neuroanatômica e funcional.
Carlos Frederico Almeida Rodrigues
 
Neurofisiologia 1
Neurofisiologia 1Neurofisiologia 1
Neurofisiologia 1
Leandro Lourenção Duarte
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Tânia Reis
 
11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso
Simone Alvarenga
 
Telencéfalo
TelencéfaloTelencéfalo
Telencéfalo
DenisFrotaGuimares
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
Solange Ferreira de Paula
 
SISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSOSISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSO
César Milani
 
Anatomia do Sistema Nervoso
Anatomia do Sistema NervosoAnatomia do Sistema Nervoso
Anatomia do Sistema Nervoso
Ana Carolina Andrade
 
Medresumos 2016 neuroanatomia 08 - nervos cranianos
Medresumos 2016   neuroanatomia 08 - nervos cranianosMedresumos 2016   neuroanatomia 08 - nervos cranianos
Medresumos 2016 neuroanatomia 08 - nervos cranianos
Jucie Vasconcelos
 
Propedêutica em Fisioterapia - Semiologia e Anamnese
Propedêutica em Fisioterapia - Semiologia e AnamnesePropedêutica em Fisioterapia - Semiologia e Anamnese
Propedêutica em Fisioterapia - Semiologia e Anamnese
Nadjane Barros Costa
 

Mais procurados (20)

Tronco encefálico - SNC
Tronco encefálico - SNCTronco encefálico - SNC
Tronco encefálico - SNC
 
Medula e Nervos Espinhais
Medula e Nervos EspinhaisMedula e Nervos Espinhais
Medula e Nervos Espinhais
 
Aula 06 sistema nervoso - anatomia e fisiologia
Aula 06   sistema nervoso - anatomia e fisiologiaAula 06   sistema nervoso - anatomia e fisiologia
Aula 06 sistema nervoso - anatomia e fisiologia
 
Nervos e terminações nervosas cp 11
Nervos e terminações nervosas cp 11Nervos e terminações nervosas cp 11
Nervos e terminações nervosas cp 11
 
Introdução a Neuroanatomia e Neurofisiologia
Introdução a Neuroanatomia e NeurofisiologiaIntrodução a Neuroanatomia e Neurofisiologia
Introdução a Neuroanatomia e Neurofisiologia
 
Tronco encefálico
Tronco encefálico Tronco encefálico
Tronco encefálico
 
Neuroanatomia 20
Neuroanatomia 20Neuroanatomia 20
Neuroanatomia 20
 
Sistema nervoso - anatomia humana
Sistema nervoso - anatomia humanaSistema nervoso - anatomia humana
Sistema nervoso - anatomia humana
 
Anatomia humana sistema nervoso
Anatomia humana sistema nervosoAnatomia humana sistema nervoso
Anatomia humana sistema nervoso
 
Mecanismo das Sinapses
Mecanismo das SinapsesMecanismo das Sinapses
Mecanismo das Sinapses
 
Sistema Límbico: uma abordagem neuroanatômica e funcional.
Sistema Límbico: uma abordagem neuroanatômica e funcional.Sistema Límbico: uma abordagem neuroanatômica e funcional.
Sistema Límbico: uma abordagem neuroanatômica e funcional.
 
Neurofisiologia 1
Neurofisiologia 1Neurofisiologia 1
Neurofisiologia 1
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso
 
Telencéfalo
TelencéfaloTelencéfalo
Telencéfalo
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
SISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSOSISTEMA NERVOSO
SISTEMA NERVOSO
 
Anatomia do Sistema Nervoso
Anatomia do Sistema NervosoAnatomia do Sistema Nervoso
Anatomia do Sistema Nervoso
 
Medresumos 2016 neuroanatomia 08 - nervos cranianos
Medresumos 2016   neuroanatomia 08 - nervos cranianosMedresumos 2016   neuroanatomia 08 - nervos cranianos
Medresumos 2016 neuroanatomia 08 - nervos cranianos
 
Propedêutica em Fisioterapia - Semiologia e Anamnese
Propedêutica em Fisioterapia - Semiologia e AnamnesePropedêutica em Fisioterapia - Semiologia e Anamnese
Propedêutica em Fisioterapia - Semiologia e Anamnese
 

Destaque

Aula01: FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO
Aula01: FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSOAula01: FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO
Aula01: FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO
Leonardo Delgado
 
Fisiologia do sistema nervoso organização funcional
Fisiologia do sistema nervoso   organização funcionalFisiologia do sistema nervoso   organização funcional
Fisiologia do sistema nervoso organização funcional
Raul Tomé
 
Configuração externa do telencéfalo
Configuração externa do telencéfaloConfiguração externa do telencéfalo
Configuração externa do telencéfalo
Margarida Fernandes
 
Fisiologia - Organização do Sistema Nervoso
Fisiologia - Organização do Sistema NervosoFisiologia - Organização do Sistema Nervoso
Fisiologia - Organização do Sistema Nervoso
Pedro Miguel
 
Cerebelo
CerebeloCerebelo
Sistema nervoso
Sistema nervoso Sistema nervoso
Sistema nervoso
Profissão Professor
 
Visao geral do sistema nervoso
Visao geral do sistema nervosoVisao geral do sistema nervoso
Visao geral do sistema nervoso
Natha Fisioterapia
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Catir
 
questionário sistema nervoso
questionário sistema nervosoquestionário sistema nervoso
questionário sistema nervoso
Marcos Valadares
 
SNP E SNC
SNP E SNCSNP E SNC
SNP E SNC
grazy luz
 
Origens e..
Origens e..Origens e..
Sistema nervoso 2010
Sistema nervoso 2010Sistema nervoso 2010
Sistema nervoso 2010
BriefCase
 
A sinapse
A sinapseA sinapse
03 t2 nervos cranianos
03 t2 nervos cranianos03 t2 nervos cranianos
03 t2 nervos cranianos
Caroline Augusta
 
Nervos cranianos e núcleos
Nervos cranianos e núcleosNervos cranianos e núcleos
Nervos cranianos e núcleos
Priscila R. de Menezes
 
Sinapsis Y Placa Neuromuscular I Completa
Sinapsis Y Placa Neuromuscular  I CompletaSinapsis Y Placa Neuromuscular  I Completa
Sinapsis Y Placa Neuromuscular I Completa
fisiologia
 
Sistema Nervoso Autonomo
Sistema Nervoso AutonomoSistema Nervoso Autonomo
Sistema Nervoso Autonomo
marco :)
 
Aula cabeça e pescoço 3
Aula cabeça e pescoço 3Aula cabeça e pescoço 3
Aula cabeça e pescoço 3
Sergio Vidal
 
Anatomia macroscópica dos hemisférios cerebrais
Anatomia macroscópica dos hemisférios cerebraisAnatomia macroscópica dos hemisférios cerebrais
Anatomia macroscópica dos hemisférios cerebrais
Olavo Valente
 
3EM #10 Sistema Nervoso (2016)
3EM #10 Sistema Nervoso (2016)3EM #10 Sistema Nervoso (2016)
3EM #10 Sistema Nervoso (2016)
Professô Kyoshi
 

Destaque (20)

Aula01: FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO
Aula01: FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSOAula01: FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO
Aula01: FISIOLOGIA DO SISTEMA NERVOSO
 
Fisiologia do sistema nervoso organização funcional
Fisiologia do sistema nervoso   organização funcionalFisiologia do sistema nervoso   organização funcional
Fisiologia do sistema nervoso organização funcional
 
Configuração externa do telencéfalo
Configuração externa do telencéfaloConfiguração externa do telencéfalo
Configuração externa do telencéfalo
 
Fisiologia - Organização do Sistema Nervoso
Fisiologia - Organização do Sistema NervosoFisiologia - Organização do Sistema Nervoso
Fisiologia - Organização do Sistema Nervoso
 
Cerebelo
CerebeloCerebelo
Cerebelo
 
Sistema nervoso
Sistema nervoso Sistema nervoso
Sistema nervoso
 
Visao geral do sistema nervoso
Visao geral do sistema nervosoVisao geral do sistema nervoso
Visao geral do sistema nervoso
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
questionário sistema nervoso
questionário sistema nervosoquestionário sistema nervoso
questionário sistema nervoso
 
SNP E SNC
SNP E SNCSNP E SNC
SNP E SNC
 
Origens e..
Origens e..Origens e..
Origens e..
 
Sistema nervoso 2010
Sistema nervoso 2010Sistema nervoso 2010
Sistema nervoso 2010
 
A sinapse
A sinapseA sinapse
A sinapse
 
03 t2 nervos cranianos
03 t2 nervos cranianos03 t2 nervos cranianos
03 t2 nervos cranianos
 
Nervos cranianos e núcleos
Nervos cranianos e núcleosNervos cranianos e núcleos
Nervos cranianos e núcleos
 
Sinapsis Y Placa Neuromuscular I Completa
Sinapsis Y Placa Neuromuscular  I CompletaSinapsis Y Placa Neuromuscular  I Completa
Sinapsis Y Placa Neuromuscular I Completa
 
Sistema Nervoso Autonomo
Sistema Nervoso AutonomoSistema Nervoso Autonomo
Sistema Nervoso Autonomo
 
Aula cabeça e pescoço 3
Aula cabeça e pescoço 3Aula cabeça e pescoço 3
Aula cabeça e pescoço 3
 
Anatomia macroscópica dos hemisférios cerebrais
Anatomia macroscópica dos hemisférios cerebraisAnatomia macroscópica dos hemisférios cerebrais
Anatomia macroscópica dos hemisférios cerebrais
 
3EM #10 Sistema Nervoso (2016)
3EM #10 Sistema Nervoso (2016)3EM #10 Sistema Nervoso (2016)
3EM #10 Sistema Nervoso (2016)
 

Semelhante a Sistema nervoso parte i

Anatomia%20do%20sistema%20nervoso%20central_parte%201.pdf
Anatomia%20do%20sistema%20nervoso%20central_parte%201.pdfAnatomia%20do%20sistema%20nervoso%20central_parte%201.pdf
Anatomia%20do%20sistema%20nervoso%20central_parte%201.pdf
FlorminoSalato
 
Neuroanatomia
NeuroanatomiaNeuroanatomia
Sistema nervoso parte ii
Sistema nervoso parte iiSistema nervoso parte ii
Sistema nervoso parte ii
Michele Gonçalves
 
Sistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdf
Sistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdfSistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdf
Sistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdf
VaneSilva20
 
Aula 08 sistema nervoso
Aula 08   sistema nervosoAula 08   sistema nervoso
Aula 08 sistema nervoso
Felipe Beijamini
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Ivanilson Gomes
 
AULA 7 sistema nervoso.pptx
AULA 7 sistema nervoso.pptxAULA 7 sistema nervoso.pptx
AULA 7 sistema nervoso.pptx
EdsondaRitaEgidioArm
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
whybells
 
Sistemanervoso1
Sistemanervoso1Sistemanervoso1
Sistemanervoso1
miguelcmartins
 
SISTEMA NERVOSO.pptx
SISTEMA NERVOSO.pptxSISTEMA NERVOSO.pptx
SISTEMA NERVOSO.pptx
Geovana654578
 
Biologia08 nervoso
Biologia08 nervosoBiologia08 nervoso
Biologia08 nervoso
ajsmorais
 
Curso de Educação Mediúnica - aula 2
Curso de Educação Mediúnica - aula 2Curso de Educação Mediúnica - aula 2
Curso de Educação Mediúnica - aula 2
Percilia
 
Sistema Neurológico
Sistema NeurológicoSistema Neurológico
Sistema Neurológico
GuilhermeMantovani6
 
102 paginas
102 paginas102 paginas
102 paginas
Jamile Vitória
 
10 sistema nervoso.
10 sistema nervoso.10 sistema nervoso.
10 sistema nervoso.
Jamile Vitória
 
Sistema neurohormonal
Sistema neurohormonalSistema neurohormonal
Sistema neurohormonal
Patrícia Santos
 
Sistema nervoso - slid PPt
Sistema nervoso - slid PPtSistema nervoso - slid PPt
Sistema nervoso - slid PPt
Adeilton Berg Mendes
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
Biologia CHP
 
O sistema nervoso
O sistema nervoso O sistema nervoso
O sistema nervoso
Nubia Karla
 
693153
693153693153

Semelhante a Sistema nervoso parte i (20)

Anatomia%20do%20sistema%20nervoso%20central_parte%201.pdf
Anatomia%20do%20sistema%20nervoso%20central_parte%201.pdfAnatomia%20do%20sistema%20nervoso%20central_parte%201.pdf
Anatomia%20do%20sistema%20nervoso%20central_parte%201.pdf
 
Neuroanatomia
NeuroanatomiaNeuroanatomia
Neuroanatomia
 
Sistema nervoso parte ii
Sistema nervoso parte iiSistema nervoso parte ii
Sistema nervoso parte ii
 
Sistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdf
Sistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdfSistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdf
Sistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdf
 
Aula 08 sistema nervoso
Aula 08   sistema nervosoAula 08   sistema nervoso
Aula 08 sistema nervoso
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
AULA 7 sistema nervoso.pptx
AULA 7 sistema nervoso.pptxAULA 7 sistema nervoso.pptx
AULA 7 sistema nervoso.pptx
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistemanervoso1
Sistemanervoso1Sistemanervoso1
Sistemanervoso1
 
SISTEMA NERVOSO.pptx
SISTEMA NERVOSO.pptxSISTEMA NERVOSO.pptx
SISTEMA NERVOSO.pptx
 
Biologia08 nervoso
Biologia08 nervosoBiologia08 nervoso
Biologia08 nervoso
 
Curso de Educação Mediúnica - aula 2
Curso de Educação Mediúnica - aula 2Curso de Educação Mediúnica - aula 2
Curso de Educação Mediúnica - aula 2
 
Sistema Neurológico
Sistema NeurológicoSistema Neurológico
Sistema Neurológico
 
102 paginas
102 paginas102 paginas
102 paginas
 
10 sistema nervoso.
10 sistema nervoso.10 sistema nervoso.
10 sistema nervoso.
 
Sistema neurohormonal
Sistema neurohormonalSistema neurohormonal
Sistema neurohormonal
 
Sistema nervoso - slid PPt
Sistema nervoso - slid PPtSistema nervoso - slid PPt
Sistema nervoso - slid PPt
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
O sistema nervoso
O sistema nervoso O sistema nervoso
O sistema nervoso
 
693153
693153693153
693153
 

Sistema nervoso parte i

  • 2. SISTEMA NERVOSO SNC SNP (nervos espinais e cranianos) ENCEFALO MEDULA DIVISÃO AFERENTE NEURONIOS SENSITIVOS SOMATICOS NEURONIOS SENSITIVOS VISCERAIS Telencefalo(A) Diencefalo(M) Mesencefalo(E) DIVISÃO EFERENTE
  • 4. SISTEMA NERVOSO Sistema Nervoso CentralSistema Nervoso Central (SNC)(SNC) Encéfalo Medula
  • 5. SISTEMA NERVOSO Sistema Nervoso PeriféricoSistema Nervoso Periférico (SNP)(SNP) Nervos Cranianos Nervos Espinais
  • 6. Introdução • O sistema nervoso possui três funções básicas: sensitiva, integradora e motora. • O sistema nervoso é dividido anatomicamente em duas partes: Sistema Nervoso Central e Sistema Nervoso Periférico. • O neurônios são as unidades morfo- funcionais do sistema nervoso.
  • 7. Introdução • Os neurônios são divididos em três partes principais: dendritos, soma e axônio. • Os neurônios podem ser classificados conforme sua função:  Neurônios aferentes  Neurônios associativos  Neurônios
  • 8. • COMPONENTES DO SISTEMA NERVOSO 1. Neuronios: Estrutura: corpo celular; núcleo grande núcleo 2. Lemócitosura: 3. Neuróglia:
  • 9. NEURÔNIO O neurônio possui tipicamente todos os elementos de uma célula eucariótica
  • 10. Peculiaridades do neurônio: diversidade de forma
  • 11. Propriedades comuns dos neurônios:  Gerar e propagar atividades elétricas (impulso nervoso).  Comunicam-se entre si por meio de sinapses nervosas químicas ou elétricas.  Processar digitalmente os sinais elétricos integrando potenciais elétricos excitatórias e inibitórios.  Comunicam-se com células efetuadoras musculares ou glandulares.
  • 12. Degeneração walleriana Ao contrário das fibras do SNP, as fibras do SNC NÃO se regeneram.
  • 13. SISTEMA NERVOSO SENSORIAL - Conjunto de neurônios relacionadas com as funções de decodificação e interpretação dos estímulos originados nos órgãos sensoriais somáticos e viscerais SISTEMA NERVOSO MOTOR - Conjunto de neurônios relacionados com as funções motoras somáticas e viscerais SISTEMASISTEMA NERVOSONERVOSO SISTEMA NERVOSO INTEGRATIVO - Conjunto de neurônios que realizam a integração sensorial e motora, além de interpretar e elaborar comandos motores Divisão funcional do SISTEMA NERVOSO
  • 15. ENCÉFALO MEDULA ESPINHAL Vias descendentes Vias ascendentes Cadeias de neurônios funcionalmente relacionados. Meio pelo qual o cérebro recebe as informações originadas da medula e do tronco encefálico. Cadeias de neurônios funcionalmente relacionados. Meio pelo qual o cérebro envia comandos para a medula e o tronco encefálico Dentro do SNC, as fibras nervosas estabelecem comunicações entre diferentes partes através de tratos, leminiscos, comissuras etc.
  • 16. SISTEMA NERVOSO I.Sistema nervoso: centro integrador e controlador. Recebem impulsos sensitivos do SNP e responde. II.ORGANIZAÇÃO: 1. Sistema Nervoso Central: a. Encéfalo: cavidade craniana b. Medula espinhal: canal vertebral. 2. Sistema Nervoso Periferico: a. Nervos: Cranianos e Nervos Espinais b. Gânglios
  • 17. SISTEMA NERVOSO • Sistema nervoso central(centro integrador e controlador-recebem impulsos sensitivos do SNP e responde): 1. Encéfalo: cavidade craniana 2. Medula espinhal: canal vertebral. • Sistema nervoso periférico: Fora SNC: 1. Nervos: corpo e SNC • 12 pares de nervos cranianos: cérebro e do tronco do encéfalo – forames do crânio. • 31 pares de nervos espinais: medula – forames intervertebral(8 cervicais,12 torácicos, 5 lombares 5 sacrais e 1 nervos coccígeo. 1. Gânglios:associados aos nervos
  • 19. Encéfalo • Dividido em quatro partes:  Cerebelo  Tronco encefálico  Diencéfalo  Telencéfalo
  • 22. Circulação Licórica • O liquor cefalorraquidiano circula dentro dos canais e espaços que existem no interior do SNC. • O liquor cefalorraquidiano é produzido nos plexos corióides dos seguintes ventrículos.  Ventrículos laterais (localizado no telencéfalo). Terceiro Ventrículo (loc. Diencéfalo). Quarto ventrículo: (loc. no tronco encefálico). • Existe um canal que liga o terceiro ventrículo ao quarto ventrículo, denomidado como aqueduto mesencefálico.
  • 23. Circulação Licórica • Além dos ventrículos serem ocupados pelo LCR, existem também espaços que são preenchidos pelo mesmo, o nome desse espaço é ESPAÇO SUBARACNÓIDEO. Ele se encontra em toda extensão do SNC, ou seja, Encéfalo e Medula Espinal. • Funções básicas do LCR são: Proteção do SNC Transporte de nutrientes para o SNC.
  • 27. Córtex Cerebral Substância branca SUBSTANCIA CINZENTA Córtex cerebral Núcleos da base SUBSTANCIA BRANCA massa medular interna NUCLEOS DA BASE Intimamente associado ao córtex motor e o tálamo Controle da motricidade somática voluntária
  • 29. CÓRTEX CEREBRAL LOBO FRONTAL: processamentos complexos (cognição, planejamento e iniciação dos movimentos voluntários) LOBO PARIETAL: área de projeção e processamento somestésico LOBO TEMPORAL: área de projeção e processamento auditivo. LOBO OCCIPITAL: área de projeção e processamento visual INSULA: fica oculto sob os lobos frontais e temporal Lobo da Insula
  • 31. Diencéfalo • O diencéfalo é formado por duas partes principais:  Tálamo  Hipotálamo
  • 32. DIENCEFÁLO TÁLAMO Núcleos funcionalmente distintos Principal relê de retransmissão cerebral - Sensorial - Motora - Sistema Limbico HIPOTÁLAMO Muitos núcleos funcionalmente distintos Coordenação das funções autonômicas e neuroendócrinas Expressões das emoções EPITÁLAMO Integra funções olfativas
  • 34. DIENCEFÁLO TÁLAMO Núcleos funcionalmente distintos Principal relê de retransmissão cerebral - Sensorial - Motora - Sistema Limbico HIPOTÁLAMO Muitos núcleos funcionalmente distintos Coordenação das funções autonômicas e neuroendócrinas Expressões das emoções EPITÁLAMO Integra funções olfativas
  • 35. Tálamo • O tálamo é um grande conjunto ovóide de núcleos localizado bilateralmente acima do tronco encéfalico. • Ele atua como um assistente executivo do córtex cerebral, dirigindo a atenção para informações importantes, regulando o fluxo de informações para o córtex. • Assim, de maneira geral, o tálamo regula o nível de atividade dos neurônios corticais.
  • 36. Hipotálamo • O hipotálamo é essencial para a sobrevivência do indivíduo e da espécie porque a integração dos comportamentos e das funções orgânicas pelo hipotálamo é necessária para a continuação da existência. • São funções do hipotálamo:  Manutenção da homeostase.  Comportamentos de comer, reprodutivos e defensivos.  Expressão emocional de prazer, raiva, medo e aversão.  Regulação dos ritmos circadianos (diários).  Regulação endocrinológica do crescimento, do metabolismo e dos orgãos reprodutivos.
  • 37. Telencéfalo • O telencéfalo é formado pelo córtex cerebral, externamente e, por uma substância branca internamente. • O telencéfalo nos capacita a realizar ações como ler, escrever, interpretar, criar ECT. • Pode-se observar externamente no telencéfalo seus giros e sulcos, no interior e preenchendo os mesmos observa-se o córtex (acúmulo de substância cinzenta no SNC). • Internamente no telencéfalo pode-se observar substância branca (acúmulo de substância branca dentro do SNC).
  • 38. Telencéfalo • Dividido em cinco lobos:  Lobo frontal: predominantemente motor. Lobo Parietal: predominantemente sensitivo. Lobo Occipital: Predominantemente visual. Lobo Temporal: Predominantemente relacionado a memória. Lobo Ínsula: função indeterminada, acredita-se que seja relacioanado com a interpretação olfativa ou ligados a interpretação emocional.
  • 39. Telencéfalo • Ainda no telencéfalo pode observar:  Corpo caloso: estrutura encarregada de associar informações do hemisfério direito com esquerdo.
  • 40.
  • 41. Do cerebelo não emerge nenhum nervo; processa sinais exclusivamente motora
  • 42. Tronco Encefálico • Divido em três partes:  Bulbo  Ponte  Mesencéfalo
  • 46. Bulbo No bulbo localizam-se os centros: - Respiratório -Vasomotor - Vômito
  • 47. Bulbo • No bulbo localizam-se os centros:  Respiratório  Vasomotor  Vômito • Ocorre no Bulbo a decussação das pirâmides, onde o trato motor denominado córtico-espinal cruza a linha média e leva informação motora para a metade contralateral da sua origem. Ex: o hemisfério cerebral direito leva informação motora para o lado esquerdo do corpo.
  • 48. Pela ponte percorrem tractos importantes tais como o córtico- espinal lateral, espino-talâmico lateral. O primeiro relaciona-se com as informações motoras dirigidas para os membros e tronco. O segundo relaciona-se com informações sensitivas dolorosas, táteis e térmicas. Ponte
  • 49. Ponte • A ponte conecta o tronco encefálico ao cerebelo e ao córtex. • Pela ponte percorrem tractos importantes tais como o córtico-espinal lateral, espino-talâmico lateral. O primeiro relaciona-se com as informações motoras dirigidas para os membros e tronco. O segundo relaciona-se com informações sensitivas dolorosas, táteis e térmicas.
  • 50. Mesencéfalo O mesencéfalo liga-se ao diencéfalo por meio dos pedúnculos cerebrais. Dorsalmente, observa-se quatro eminências arredondadas, os colículos superiores e inferiores. Essas massas estão relacionadas com informações visuais e auditivas.
  • 51. Mesencéfalo • O mesencéfalo liga-se ao diencéfalo por meio dos pedúnculos cerebrais. • Quando secciona-se o mesencéfalo transversalmente, pode-se observar a substância negra do mesencéfalo, formada por neurônios que contém melanina. • Dorsalmente, observa-se quatro eminências arredondadas, os colículos superiores e inferiores. Essas massas estão relacionadas com informações visuais e auditivas.
  • 52. Substância Negra do Mesencéfalo
  • 53.
  • 54. Cerebelo • Ele coordena os movimentos e ajuda a manter o tônus muscular normal, a postura e o equilíbrio.
  • 55. Cerebelo Coordena os movimentos e ajuda a manter o tônus muscular normal, a postura e o equilíbrio.
  • 57. Nervos Cranianos NC I: olfatório (S) NC II: Óptico (S) NC III: Oculomotor (M) NC IV: troclear (M) NC V:trigêmio (MIS) NC VI: abducente (M) NC VII: facial (MIS) NC VIII: vestíbulo-coclear (S) NC IX: glossofarígeo (MIS) NC X: vago (MIS) NC XI: acessório (M) NC: hipoglosso (M)
  • 58.
  • 59. Sistema Nervoso Central • O SNC é constituído pela MEDULA ESPINAL e pelo ENCÉFALO. • A Medula Espinal pode divida em substância branca e substância cinzenta. • A substância branca na Medula Espinal é formada por axônios mielinizados, dando uma coloração esbranquiçada a mesma. • Na substância branca pode ser dividida em funículos laterais, funículo anterior e funículo posterior.
  • 60. A MEDULA é dividida em 4 regiões topográficas. O seu comprimento total é menor do que canal vertebral, mas os nervos espinhais guardam correlação topográfica com as respectivas vértebras.
  • 61. Medula Espinal • A Medula Espinal pode divida em substância branca e substância cinzenta. • A substância branca na Medula Espinal é formada por axônios mielinizados, dando uma coloração esbranquiçada a mesma. • Na substância branca pode ser dividida em funículos laterais, funículo anterior e funículo posterior.
  • 62. Medula Espinal • Dentro dos funículos trafegam tractos e fascículos. Esses levam informações como a mesma origem destino e função. Como exemplo temos:  Tracto córtico-espinal: tem origem no córtex cerebral e destino para medula espinal, sua função é levar informações motoras para o corpo.  Tracto espino-talâmico: tem origem na medula espinal e destino para o tálamo, sua função é levar informações sensitivas do corpo para o encéfalo.  Fascículos grácil e cuneiforme: tem origem na medula espinal e destino para o tronco encefálico, sua função é levar informações acerca do posicionamento das articulações e tato discriminativo.
  • 63. Medula Espinal • A substância cinzenta na medula espinal estão alojados os corpos dos neurônios motores e sensitivos. • Ela e divida em colunas ou cornos:  Coluna ou corno anterior: Motora  Coluna ou corno posterior: Sensitiva  Coluna ou corno lateral: Presente apenas na medula torácia e lombar; corpos dos neurônios do sistema nervoso simpático e parassimpático.
  • 66. MEDULA SUBSTANCIA BRANCA A substancia branca é a região de tráfego de fibras nervosas mielinizadas 1) do encéfalo para a medula (Vias descendentes) 2) da medula para o encéfalo (Vias ascendentes) 3) fibras próprias da medula (Tratos proprioespinhais) Fibras ascendentes (sensitivas) Fibras descendentes (motoras)
  • 67. COMPONENTES FUNCIONAIS DE UM NERVO ESPINHAL Fibras sensitivas somáticas gerais Pele, músculos, tendões e articulação Fibras sensitivas viscerais Fibras motoras somáticas Músculos estriados esqueléticos Fibras motoras viscerais Músculos lisos, cardíaco e glândulas
  • 68. Sistema Nervoso Periférico O sistema nervoso periférico é constituído pelos nervos, gãnglios e terminações nervosas. - Os nervos são divididos em raquidianos, emergem da medual espinal (31 pares), cranianos (12 pares), emergem do crânio. - Os gânglios são massas constituídas por substancia cinzenta fora do sistema nervoso central, eles estão localizados, geralmente, paralelos externamente ao forame intervertebral da coluna vertebral. - As terminações nervosas são estruturas dotadas de capacidade de transmitir informações mecânicas, térmicas, dolorosas e químicas; elas conduzem esses estímulos até o sistema nervoso central para serem processados.
  • 72. A MEDULA situa-se dentro do canal vertebral. Assim como o encéfalo, está envolta por membranas. Os nervos espinhais emergem aos pares de cada forame vertebral.
  • 74.  Nervos Sensoriais (nervos aferentes ou nervos sensitivos)  Nervos Motores ou eferentes  Nervos mistos
  • 75. Gânglios nervosos - aglomerados de corpos celulares de neurônios localizados fora do SNC. Os gânglios aparecem como pequenas dilatações em certos nervos
  • 76.  Alguns nevos periféricos que se originam da parte basal do encéfalo e inervam, em sua maior parte a cabeça formam os nervos cranianos. O restante dos nervos periféricos estão ligados à medula espinal, sendo portanto denominados nervos espinais ou raquidianos. Nervos cranianos - são 12 pares de nervos, responsáveis pela inervação dos órgãos do sentido, dos músculos e glândulas da cabeça, e também de alguns órgãos internos .
  • 77. Do cerebelo não emerge nenhum nervo; processa sinais exclusivamente motora
  • 78. SISTEMA NERVOSOSISTEMA NERVOSO CENTRALCENTRAL Encéfalo Medula SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICOSISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO Nervos espinhais e cranianos Gânglios Sensitivos Sistema nervoso autônomo Receptores Sensoriais Plexo Entérico O Sistema Nervoso é dividido anatomicamente em: O tecido nervoso é formado basicamente de dois tipos de células: - Neurônios - Gliócitos
  • 80.
  • 81. Introdução •O sistema nervoso possui três funções básicas: sensitiva,integradora e motora; •O S.N é dividido em duas partes: S.N Central e S.N Periférico. •Os neurônios são as unidades morfo- funcionais do sistema nervoso.
  • 82. Introdução • Os neurônios são divididos em três partes principais : dendritos,soma e axônio; • Os neurônios podem ser classificados conforme sua função:  Neurônios Aferentes  Neurônios Associativos  Neurônios
  • 83. Sistema Nervoso Central • O S.N.C é constituído pela Medula Espinal e pelo Encéfalo. • A Medula Espinal pode ser dividida em substância branca e sustância cinzenta. • A sustância branca na medula espinal é formada por axônios mielinizados, dando uma coloração esbranquiçada a mesma. • A substancia branca pode ser dividida em funículos laterais, funículos anteriores e funículo posterior.
  • 84.
  • 85. Medula Espinal • Dentro dos funículos trafegam tractos e fascículos.Esse levam informações com a mesma origem destino e função .Como exemplos temos:  Tracto córtico-espinal: tem origem no córtex cerebral e destino para medula espinal,sua função é levar informações motoras para o corpo.  Fascículos grácil e cuneforme: tem origem na medula espinal e destino para o tronco encefálico, sua função é levar informações acerca do posicionamento das articulações e tato discriminativo.
  • 86. Medula Espinal • A sustância cinzenta na Medula Espinal estão alojados os corpos dos neurônio motores we sensitivos. • Ela é dividida em colunas e cornos:  Coluna ou corno anterior: Motora;  Coluna ou corno posterior: Sensitiva;  Coluna ou corno lateral: corpos dos neurônios do sistema nervoso simpático e parassimpático.
  • 87.
  • 88. Encéfalo • Dividido em quatro partes:  Cerebelo;  Tronco encefálico;  Diencéfalo;  Telencéfalo.
  • 89. Cerebelo • Ele coordena os movimentos e ajuda o tônus muscular normal, a postura e o equilíbrio.
  • 90. Tronco Encefálico • Dividido em três partes:  Bulbo;  Ponte;  Mesencéfalo.
  • 92. I. VÁRIOS NIVEIS DE ANÁLISE ENVOLVENDO VÁRIAS DISCIPLINAS A. Nível de análise 1. Cognitivo – comportamental 2. Sistemas – interações entre vários tipos de unidades celulares 3. Celular – propriedade de um único neurônio 4. Subcelular – propriedade das estruturas subcelulares como canais iônicos 5. Molecular - mecanismos de ação de moléculas B. Disciplinas 1. Clinicas Neurologia, Psiquiatria e Neurocirurgia 2. Pesquisa Básica ou Experimental Fisiologia, Anatomia, Farmacologia, Neuroquimica, Psicologia, Psicofísica, Biologia Molecular e Neuroetologia 3. Teórica Neurociência computacional e Redes neurais (inteligência artificial) NEUROCIÊNCIAS
  • 93. Níveis de análise do SN 1) Cognitivo: comportamental 2) Sistema: interação entre varias unidades celulares 3) Celular: propriedades de células unitárias 4) Subcelular: biofísica de canais iônicos 5) Molecular: mecanismos de ação das proteínas e neurotransmissores
  • 94. O estudo dos diferentes níveis de analise requer ferramentas amplificadoras dos sentidos humanos: microscopia, ressonância, eletrofisiologia, etc. Estrutura Tamanho Unidade de Medida Aumento Encéfalo Extensão: 15 cm 1cm = 0,1m 1 Córtex cerebral Espessura 3mm 1mm = 0,001m X 10 Unidade Celular Corpo celular 0,1mm 0,1mm = 100 µm X 100 Estrutura subcelular Axônio e dendrito 10 µm 0,01mm = 10 µm X 1.000 Sinapse Terminação sináptica 1 µm 1 µm = 10m X 10.000. Fenda sinaptica Fenda 20 ηm 0,1 µm = 100 ηm X 100.000 Membrana Espessura 5 ηm 10 ηm X 1.000.000 Canal iônico Diâmetro do canal 0,5 ηm 1 ηm X 10.000.000
  • 95. SISTEMA NERVOSO SENSORIAL - Conjunto de neurônios relacionadas com as funções de decodificação e interpretação dos estímulos originados nos órgãos sensoriais somáticos e viscerais SISTEMA NERVOSO MOTOR - Conjunto de neurônios relacionados com as funções motoras somáticas e viscerais SISTEMASISTEMA NERVOSONERVOSO SISTEMA NERVOSO INTEGRATIVO - Conjunto de neurônios que realizam a integração sensorial e motora, além de interpretar e elaborar comandos motores Divisão funcional do SISTEMA NERVOSO
  • 96. SISTEMA NERVOSOSISTEMA NERVOSO CENTRALCENTRAL Encéfalo Medula SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICOSISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO Nervos espinhais e cranianos Gânglios Sensitivos Sistema nervoso autônomo Receptores Sensoriais Plexo Entérico O Sistema Nervoso é dividido anatomicamente em: O tecido nervoso é formado basicamente de dois tipos de células: - Neurônios - Gliócitos
  • 97. O ENCÉFALO situa-se dentro do crânio
  • 98. A MEDULA situa-se dentro do canal vertebral. Assim como o encéfalo, está envolta por membranas. Os nervos espinhais emergem aos pares de cada forame vertebral.
  • 99. Os mamíferos tenderam ao aumento progressivo do encéfalo, variando e preservando estruturas homologas filogeneticamente antigas.
  • 101.
  • 102. Planos referenciais do corpo Plano coronal ou frontal Plano sagital Plano transversal Linha média