SlideShare uma empresa Scribd logo
SISTEMA NERVOSO
 PROFESSOR VASCO
INVERTEBRADOS
• Surge pela primeira vez nos CNIDÁRIOS.
• Primeiros animais com cefalização e
  centralização do sistema nervoso :
  PLATELMINTOS
• Nematódeos: Anel periesofágico ou
  perifaringiano
• Anelídeos: gânglios cerebróides com cordão
  nervoso duplo e ventral.
• Moluscos e Artrópodos: ganglionar ventral
SISTEMA NERVOSO NOS
       VERTEBRADOS
• DORSAL
• Protegido pela caixa craniana.
• É dividido em :
                    CENTRAL

                  PERIFÉRICO
SISTEMA NERVOSO CENTRAL
• Dividido em:
• ENCÉFALO . Cérebro
               . Bulbo
               . Ponte
               . Cerebelo

• MEDULA ESPINHAL : filamento nervoso que
  percorre o interior do canal raquiano da coluna
  vertebral
MENINGES
• As meninges são três membranas concêntricas sobrepostas, que
   revestem o encéfalo e a medula espinal com o intuito de os
   protegerem. As três membranas, cada uma de diferente consistência,
   denominam-se dura-máter, aracnóide e pia-máter.
• Dura-máter: é a membrana mais externa, espessa e resistente,
   estando directamente ligada a superfície interior do crânio e a face
   interior das paredes do canal vertebral onde se encontra a medula
   espinhal.
• Aracnóide: é a membrana média, fina e elástica, cuja estrutura
   forma uma rede semelhante a de uma "teia de aranha".
• Pia-máter: é a membrana interna, muito fina e delicada,
   firmemente fixada a superfície do encéfalo e da medula espinal,
   de tal forma que penetra em todas as dobras e sulcos cerebrais e
   espinais.
Sistema Nervoso - Aula em Power Point
Sistema Nervoso - Aula em Power Point
CÉREBRO:
• Superfície externa denominada Córtex.
• Córtex em peixes, anfíbios, répteis e aves a
  superfície é lisa: animais Lissencéfalos
• Córtex nos mamíferos apresenta sulcos e
  circunvoluções ( giros ) que aumentam a
  superfície do cérebro , permitindo maior
  instalação de neurônios, o que aumenta a
  eficácia na execução de suas funções.
  Tais animais são denominados Girencéfalos
• O córtex representa importante centro de
  associação sensitivo-motora.
• Governa ações voluntárias desenvolvidas
  pelo indivíduo.
• Comanda atos inconscientes.
• Abriga centros nervosos relacionados com
  os sentidos, memória, pensamento e
  inteligência.
BULBO:
• Situado logo acima da medula espinhal.
• Atua como centro nervoso e conduz
  impulso nervoso.
• Comanda o rítmo cardiorrespiratório,
  temperatura e certos atos reflexos como :
  deglutição, sucção, mastigação, vômito,
  tosse, secreção lacrimal, piscar dos olhos.
PONTE
• Localizada acima do bulbo e abaixo do
  cérebro
• Transmite as informações da medula e do
  bulbo até o córtex cerebral
• Também atua como centro nervoso e
  condutor de impulso nervoso.
• Como centro nervoso está associada às
  emoções, como ao riso e às lágrimas.
CEREBELO
• Localizado abaixo do cérebro e atrás da Ponte.
• Regula o equilíbrio e a tonicidade muscular.
• Ex.: Em animais, cujo cerebelo foi extirpado, é
  observada a incapacidade de se equilibrarem
  e enfraquecem devido à diminuição do tônus
  muscular.
Sistema Nervoso - Aula em Power Point
MEDULA ESPINHAL
• Haste cilíndrica que percorre o canal interior
  da coluna vertebral.
• Atua como centro nervoso e como condutora
  de impulso nervoso, fazendo a transição entre
  o encéfalo e as demais partes do corpo.
• Os estímulos nervosos vêm da pele e dos
  órgãos até a medula e desta para o cérebro.
• As ordens motoras vêm do cérebro até a
  medula espinhal e daí são distribuídas para
  pontos específicos do corpo.
Sistema Nervoso - Aula em Power Point
SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO
• Formado por vários gânglios nervosos e uma
  rede nervosa que se espalha por todo o corpo.
• Os nervos podem ser :
  Cranianos – partem do encéfalo
  Espinhais – partem da medula espinhal
TIPOS DE NERVOS
• SENSITIVOS :
  Transmitem impulso nervoso dos órgãos
  receptores para o SNC.
• MOTORES ( Eferentes ):
  Transmitem o impulso nervoso do SNC para os
  órgãos efetores.
• MISTOS :
  Possuem neurofibras sensitivas e motoras.
ARCO REFLEXO
• Formado pelas estruturas que promovem o
  ato reflexo.
  Reflexo Patelar ou Rotuliano.
• Uma pancada no joelho excita os neurônios sensitivos.
• Axônios dos neurônios sensitivos transmitem a informação
  até a medula espinhal, estimulando os neurônios motores
  que irão estimular os músculos da coxa.
• O impulso nervoso também é transmitido pela medula até o
  cérebro, onde, ao ser interpretado confere ao indivíduo a
  consciência da pancada.
Sistema Nervoso - Aula em Power Point
OBSERVAÇÃO
• Muitos reflexos, como o patelar , não contam com a
  participação do cérebro, apenas da medula que
  atua como o centro nervoso.
• Portanto, se ocorresse um rompimento da junção
  entre medula e cérebro, o ato de levantar a perna
  aconteceria normalmente, embora o cérebro não
  recebesse mais a informação sensitiva, ou seja, o
  indivíduo movimentaria a perna, mas não teria a
  sensação da pancada no joelho.
SISTEMA NERVOSO AUTÔNOMO
• Formado por nervos que trabalham sem a
  participação da vontade ou consciência do indivíduo.
• Fundamental na interação das atividades
  desenvolvidas pela musculatura lisa das vísceras
  ( estômago, intestino, coração, etc) e glândulas.
• Portanto, tem participação decisiva na homeostase.
• Dividido em :
                SIMPÁTICO
              PARASSIMPÁTICO
QUADRO COMPARATIVO EXEMPLIFICANDO AS ATIVIDADES
ANTAGÔNICAS DOS SISTEMA SIMPÁTICO E PARASSIMPÁTICO
Sistema Nervoso - Aula em Power Point

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
GabriellaFicher
 
Sistema Muscular
Sistema MuscularSistema Muscular
Sistema Muscular
Fernando Dias
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Aula 08 sistema sensorial - anatomia e fisiologia
Aula 08   sistema sensorial - anatomia e fisiologiaAula 08   sistema sensorial - anatomia e fisiologia
Aula 08 sistema sensorial - anatomia e fisiologia
Hamilton Nobrega
 
Sistema Genital Masculino
Sistema Genital MasculinoSistema Genital Masculino
Sistema Genital Masculino
Marcia Regina
 
Aula 07 sistema endócrino - anatomia e fisiologia
Aula 07   sistema endócrino - anatomia e fisiologiaAula 07   sistema endócrino - anatomia e fisiologia
Aula 07 sistema endócrino - anatomia e fisiologia
Hamilton Nobrega
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
Cláudia Moura
 
Aula 13 sistema urinário - anatomia e fisiologia
Aula 13   sistema urinário - anatomia e fisiologiaAula 13   sistema urinário - anatomia e fisiologia
Aula 13 sistema urinário - anatomia e fisiologia
Hamilton Nobrega
 
Sistema Esqueletico
Sistema EsqueleticoSistema Esqueletico
Sistema Esqueletico
Fernando Dias
 
Aula 7 Sistema Nervoso
Aula 7 Sistema NervosoAula 7 Sistema Nervoso
Aula 7 Sistema Nervoso
Marco Antonio
 
Anatomia - Sistema Urinário
Anatomia - Sistema UrinárioAnatomia - Sistema Urinário
Anatomia - Sistema Urinário
Pedro Miguel
 
02 sistema esquelético
02   sistema esquelético02   sistema esquelético
02 sistema esquelético
Maxsuell Lopes
 
Fisiologia Humana 6 - Sistema Renal
Fisiologia Humana 6 - Sistema RenalFisiologia Humana 6 - Sistema Renal
Fisiologia Humana 6 - Sistema Renal
Herbert Santana
 
O sistema linfático
O sistema linfáticoO sistema linfático
O sistema linfático
Catir
 
Aula sistema imunologico
Aula sistema imunologicoAula sistema imunologico
Aula sistema imunologico
Thiago barreiros
 
Tecido nervoso
Tecido nervosoTecido nervoso
Tecido nervoso
Andreza Campos
 
Aula 10 sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Aula 10   sistema circulatório - anatomia e fisiologiaAula 10   sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Aula 10 sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Hamilton Nobrega
 
Aula 09 sistema digestório - anatomia e fisiologia
Aula 09   sistema digestório - anatomia e fisiologiaAula 09   sistema digestório - anatomia e fisiologia
Aula 09 sistema digestório - anatomia e fisiologia
Hamilton Nobrega
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
Luís Rita
 
Sistema esquelético
Sistema esqueléticoSistema esquelético
Sistema esquelético
Patricia de Castilhos
 

Mais procurados (20)

Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema Muscular
Sistema MuscularSistema Muscular
Sistema Muscular
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
Aula 08 sistema sensorial - anatomia e fisiologia
Aula 08   sistema sensorial - anatomia e fisiologiaAula 08   sistema sensorial - anatomia e fisiologia
Aula 08 sistema sensorial - anatomia e fisiologia
 
Sistema Genital Masculino
Sistema Genital MasculinoSistema Genital Masculino
Sistema Genital Masculino
 
Aula 07 sistema endócrino - anatomia e fisiologia
Aula 07   sistema endócrino - anatomia e fisiologiaAula 07   sistema endócrino - anatomia e fisiologia
Aula 07 sistema endócrino - anatomia e fisiologia
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
Aula 13 sistema urinário - anatomia e fisiologia
Aula 13   sistema urinário - anatomia e fisiologiaAula 13   sistema urinário - anatomia e fisiologia
Aula 13 sistema urinário - anatomia e fisiologia
 
Sistema Esqueletico
Sistema EsqueleticoSistema Esqueletico
Sistema Esqueletico
 
Aula 7 Sistema Nervoso
Aula 7 Sistema NervosoAula 7 Sistema Nervoso
Aula 7 Sistema Nervoso
 
Anatomia - Sistema Urinário
Anatomia - Sistema UrinárioAnatomia - Sistema Urinário
Anatomia - Sistema Urinário
 
02 sistema esquelético
02   sistema esquelético02   sistema esquelético
02 sistema esquelético
 
Fisiologia Humana 6 - Sistema Renal
Fisiologia Humana 6 - Sistema RenalFisiologia Humana 6 - Sistema Renal
Fisiologia Humana 6 - Sistema Renal
 
O sistema linfático
O sistema linfáticoO sistema linfático
O sistema linfático
 
Aula sistema imunologico
Aula sistema imunologicoAula sistema imunologico
Aula sistema imunologico
 
Tecido nervoso
Tecido nervosoTecido nervoso
Tecido nervoso
 
Aula 10 sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Aula 10   sistema circulatório - anatomia e fisiologiaAula 10   sistema circulatório - anatomia e fisiologia
Aula 10 sistema circulatório - anatomia e fisiologia
 
Aula 09 sistema digestório - anatomia e fisiologia
Aula 09   sistema digestório - anatomia e fisiologiaAula 09   sistema digestório - anatomia e fisiologia
Aula 09 sistema digestório - anatomia e fisiologia
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
Sistema esquelético
Sistema esqueléticoSistema esquelético
Sistema esquelético
 

Destaque

Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
isabelourenco
 
SISTEMA NERVOSO HUMANO
SISTEMA NERVOSO HUMANOSISTEMA NERVOSO HUMANO
SISTEMA NERVOSO HUMANO
carreiralopes
 
Sistema nervoso slides
Sistema nervoso slidesSistema nervoso slides
Sistema nervoso slides
Fabiano Reis
 
Aula sistema nervoso
Aula sistema nervosoAula sistema nervoso
Aula sistema nervoso
krisleiscienza
 
Sistema nervoso 8ano
Sistema nervoso 8anoSistema nervoso 8ano
Sistema nervoso 8ano
robioprof
 
Endocrino Sistema
Endocrino SistemaEndocrino Sistema
Endocrino Sistema
Adele Janie
 
Capítulo 08 - sistema endócrino
Capítulo 08 - sistema endócrinoCapítulo 08 - sistema endócrino
Capítulo 08 - sistema endócrino
Igor Brant
 
Sistema endocrino
Sistema endocrinoSistema endocrino
Sistema endocrino
André Garrido
 
Exames clínicos dos nervos cranianos
Exames clínicos dos nervos cranianosExames clínicos dos nervos cranianos
Exames clínicos dos nervos cranianos
Luciano
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
emanuel
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
gueste74a91
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
Solange Ferreira de Paula
 
Nervo Facial
Nervo FacialNervo Facial
Nervo Facial
Fabiana Vallina
 
IX e X par craniano
IX e X par cranianoIX e X par craniano
IX e X par craniano
Joao Sousa
 
Sistema Nervoso Autônomo
Sistema Nervoso AutônomoSistema Nervoso Autônomo
Sistema Nervoso Autônomo
Olavo Valente
 
7º ano cap 10 gimnospermas
7º ano cap 10  gimnospermas7º ano cap 10  gimnospermas
7º ano cap 10 gimnospermas
ISJ
 
Gimnospermas e angiospermas
Gimnospermas e angiospermasGimnospermas e angiospermas
Gimnospermas e angiospermas
Marcos Albuquerque
 
Gimnospermas - Ensino Fundamental
Gimnospermas - Ensino FundamentalGimnospermas - Ensino Fundamental
Gimnospermas - Ensino Fundamental
Andrea Barreto
 
Gimnospermas e angiospermas
Gimnospermas e angiospermasGimnospermas e angiospermas
Gimnospermas e angiospermas
aulasdotubao
 
Exemplos de Gimnospermas
Exemplos de GimnospermasExemplos de Gimnospermas
Exemplos de Gimnospermas
Andrea Barreto
 

Destaque (20)

Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
SISTEMA NERVOSO HUMANO
SISTEMA NERVOSO HUMANOSISTEMA NERVOSO HUMANO
SISTEMA NERVOSO HUMANO
 
Sistema nervoso slides
Sistema nervoso slidesSistema nervoso slides
Sistema nervoso slides
 
Aula sistema nervoso
Aula sistema nervosoAula sistema nervoso
Aula sistema nervoso
 
Sistema nervoso 8ano
Sistema nervoso 8anoSistema nervoso 8ano
Sistema nervoso 8ano
 
Endocrino Sistema
Endocrino SistemaEndocrino Sistema
Endocrino Sistema
 
Capítulo 08 - sistema endócrino
Capítulo 08 - sistema endócrinoCapítulo 08 - sistema endócrino
Capítulo 08 - sistema endócrino
 
Sistema endocrino
Sistema endocrinoSistema endocrino
Sistema endocrino
 
Exames clínicos dos nervos cranianos
Exames clínicos dos nervos cranianosExames clínicos dos nervos cranianos
Exames clínicos dos nervos cranianos
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
Nervo Facial
Nervo FacialNervo Facial
Nervo Facial
 
IX e X par craniano
IX e X par cranianoIX e X par craniano
IX e X par craniano
 
Sistema Nervoso Autônomo
Sistema Nervoso AutônomoSistema Nervoso Autônomo
Sistema Nervoso Autônomo
 
7º ano cap 10 gimnospermas
7º ano cap 10  gimnospermas7º ano cap 10  gimnospermas
7º ano cap 10 gimnospermas
 
Gimnospermas e angiospermas
Gimnospermas e angiospermasGimnospermas e angiospermas
Gimnospermas e angiospermas
 
Gimnospermas - Ensino Fundamental
Gimnospermas - Ensino FundamentalGimnospermas - Ensino Fundamental
Gimnospermas - Ensino Fundamental
 
Gimnospermas e angiospermas
Gimnospermas e angiospermasGimnospermas e angiospermas
Gimnospermas e angiospermas
 
Exemplos de Gimnospermas
Exemplos de GimnospermasExemplos de Gimnospermas
Exemplos de Gimnospermas
 

Semelhante a Sistema Nervoso - Aula em Power Point

Sistema nervoso 9º ano
Sistema nervoso 9º ano Sistema nervoso 9º ano
Sistema nervoso 9º ano
Rosana Cunha Bueno
 
SISTEMA NERVOSO.pptx
SISTEMA NERVOSO.pptxSISTEMA NERVOSO.pptx
SISTEMA NERVOSO.pptx
Geovana654578
 
Sistemanervoso1
Sistemanervoso1Sistemanervoso1
Sistemanervoso1
miguelcmartins
 
Sistema Neurológico
Sistema NeurológicoSistema Neurológico
Sistema Neurológico
GuilhermeMantovani6
 
Sistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdf
Sistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdfSistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdf
Sistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdf
VaneSilva20
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Colégios particulares
 
Sistema Nervoso - Prof Maria de Fátima
Sistema  Nervoso - Prof Maria de FátimaSistema  Nervoso - Prof Maria de Fátima
Sistema Nervoso - Prof Maria de Fátima
Tia Fátima Assis Lepesqueur
 
Documento trabalho de Neuroanatomia
Documento trabalho de NeuroanatomiaDocumento trabalho de Neuroanatomia
Documento trabalho de Neuroanatomia
Anderson Santana
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
SamuelXavier27
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Ivanilson Gomes
 
medula espinhal
 medula espinhal  medula espinhal
medula espinhal
Daniela Oliva
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
Melissa Oliveira
 
Nervos em geral – terminações nervosas – nervos espinhais
Nervos em geral – terminações nervosas – nervos espinhaisNervos em geral – terminações nervosas – nervos espinhais
Nervos em geral – terminações nervosas – nervos espinhais
Olavo Valente
 
Nervos em geral – terminações nervosas – nervos espinhais
Nervos em geral – terminações nervosas – nervos espinhaisNervos em geral – terminações nervosas – nervos espinhais
Nervos em geral – terminações nervosas – nervos espinhais
Olavo Valente
 
Aula 05
Aula 05Aula 05
Aula 05
eeep
 
Sistema nervoso parte ii
Sistema nervoso parte iiSistema nervoso parte ii
Sistema nervoso parte ii
Michele Gonçalves
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Natha Fisioterapia
 
Sistemanervoso1 (2)
Sistemanervoso1 (2)Sistemanervoso1 (2)
Sistemanervoso1 (2)
AnailtOn Silva Jr.
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
AnailtOn Silva Jr.
 
Sistema Nervoso.
Sistema Nervoso.Sistema Nervoso.
Sistema Nervoso.
Paulocosta510
 

Semelhante a Sistema Nervoso - Aula em Power Point (20)

Sistema nervoso 9º ano
Sistema nervoso 9º ano Sistema nervoso 9º ano
Sistema nervoso 9º ano
 
SISTEMA NERVOSO.pptx
SISTEMA NERVOSO.pptxSISTEMA NERVOSO.pptx
SISTEMA NERVOSO.pptx
 
Sistemanervoso1
Sistemanervoso1Sistemanervoso1
Sistemanervoso1
 
Sistema Neurológico
Sistema NeurológicoSistema Neurológico
Sistema Neurológico
 
Sistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdf
Sistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdfSistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdf
Sistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdf
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistema Nervoso - Prof Maria de Fátima
Sistema  Nervoso - Prof Maria de FátimaSistema  Nervoso - Prof Maria de Fátima
Sistema Nervoso - Prof Maria de Fátima
 
Documento trabalho de Neuroanatomia
Documento trabalho de NeuroanatomiaDocumento trabalho de Neuroanatomia
Documento trabalho de Neuroanatomia
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
medula espinhal
 medula espinhal  medula espinhal
medula espinhal
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
Nervos em geral – terminações nervosas – nervos espinhais
Nervos em geral – terminações nervosas – nervos espinhaisNervos em geral – terminações nervosas – nervos espinhais
Nervos em geral – terminações nervosas – nervos espinhais
 
Nervos em geral – terminações nervosas – nervos espinhais
Nervos em geral – terminações nervosas – nervos espinhaisNervos em geral – terminações nervosas – nervos espinhais
Nervos em geral – terminações nervosas – nervos espinhais
 
Aula 05
Aula 05Aula 05
Aula 05
 
Sistema nervoso parte ii
Sistema nervoso parte iiSistema nervoso parte ii
Sistema nervoso parte ii
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistemanervoso1 (2)
Sistemanervoso1 (2)Sistemanervoso1 (2)
Sistemanervoso1 (2)
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
Sistema Nervoso.
Sistema Nervoso.Sistema Nervoso.
Sistema Nervoso.
 

Mais de Bio

Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
Bio
 
Aula de Histologia Animal (Power Point)
Aula de Histologia Animal (Power Point)Aula de Histologia Animal (Power Point)
Aula de Histologia Animal (Power Point)
Bio
 
Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)
Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)
Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)
Bio
 
Excreção - Aula em Power Point
Excreção - Aula em Power PointExcreção - Aula em Power Point
Excreção - Aula em Power Point
Bio
 
Bioquímica Celular
Bioquímica CelularBioquímica Celular
Bioquímica Celular
Bio
 
Bioquímica Celular 2 - Proteínas
Bioquímica Celular 2 - ProteínasBioquímica Celular 2 - Proteínas
Bioquímica Celular 2 - Proteínas
Bio
 
Dicas para o Vestibular - 1ª Parte
Dicas para o Vestibular - 1ª ParteDicas para o Vestibular - 1ª Parte
Dicas para o Vestibular - 1ª Parte
Bio
 
Filo Cordados (Power Point)
Filo Cordados (Power Point)Filo Cordados (Power Point)
Filo Cordados (Power Point)
Bio
 
Aula: Sistema Endócrino (Power Point)
Aula: Sistema Endócrino (Power Point)Aula: Sistema Endócrino (Power Point)
Aula: Sistema Endócrino (Power Point)
Bio
 
Aula: Hormônios vegetais (Power Point)
Aula: Hormônios vegetais (Power Point)Aula: Hormônios vegetais (Power Point)
Aula: Hormônios vegetais (Power Point)
Bio
 
Aula de Fotossíntese (Power Point)
Aula de Fotossíntese (Power Point)Aula de Fotossíntese (Power Point)
Aula de Fotossíntese (Power Point)
Bio
 
Citogenética (Po
Citogenética (PoCitogenética (Po
Citogenética (Po
Bio
 
Citogenética
CitogenéticaCitogenética
Citogenética
Bio
 
Filo Moluscos (Aula Power Point)
Filo Moluscos (Aula Power Point)Filo Moluscos (Aula Power Point)
Filo Moluscos (Aula Power Point)
Bio
 
Filo Moluscos (Power Point)
Filo Moluscos (Power Point)Filo Moluscos (Power Point)
Filo Moluscos (Power Point)
Bio
 
Biotecnologia e Engenharia Genética (Power Point)
Biotecnologia e Engenharia Genética (Power Point)Biotecnologia e Engenharia Genética (Power Point)
Biotecnologia e Engenharia Genética (Power Point)
Bio
 
Lipídios ( Power Point )
Lipídios ( Power Point )Lipídios ( Power Point )
Lipídios ( Power Point )
Bio
 
Filo Nematoda (Power Point)
Filo Nematoda (Power Point)Filo Nematoda (Power Point)
Filo Nematoda (Power Point)
Bio
 
Platelmintos (Power Point)
Platelmintos (Power Point)Platelmintos (Power Point)
Platelmintos (Power Point)
Bio
 
Cnidários ( Power Point ) 1
Cnidários ( Power Point ) 1Cnidários ( Power Point ) 1
Cnidários ( Power Point ) 1
Bio
 

Mais de Bio (20)

Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
Aula de Zoologia - Invertebrados (Power Point)
 
Aula de Histologia Animal (Power Point)
Aula de Histologia Animal (Power Point)Aula de Histologia Animal (Power Point)
Aula de Histologia Animal (Power Point)
 
Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)
Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)
Reprodução e Embriologia (Aula em Power Point)
 
Excreção - Aula em Power Point
Excreção - Aula em Power PointExcreção - Aula em Power Point
Excreção - Aula em Power Point
 
Bioquímica Celular
Bioquímica CelularBioquímica Celular
Bioquímica Celular
 
Bioquímica Celular 2 - Proteínas
Bioquímica Celular 2 - ProteínasBioquímica Celular 2 - Proteínas
Bioquímica Celular 2 - Proteínas
 
Dicas para o Vestibular - 1ª Parte
Dicas para o Vestibular - 1ª ParteDicas para o Vestibular - 1ª Parte
Dicas para o Vestibular - 1ª Parte
 
Filo Cordados (Power Point)
Filo Cordados (Power Point)Filo Cordados (Power Point)
Filo Cordados (Power Point)
 
Aula: Sistema Endócrino (Power Point)
Aula: Sistema Endócrino (Power Point)Aula: Sistema Endócrino (Power Point)
Aula: Sistema Endócrino (Power Point)
 
Aula: Hormônios vegetais (Power Point)
Aula: Hormônios vegetais (Power Point)Aula: Hormônios vegetais (Power Point)
Aula: Hormônios vegetais (Power Point)
 
Aula de Fotossíntese (Power Point)
Aula de Fotossíntese (Power Point)Aula de Fotossíntese (Power Point)
Aula de Fotossíntese (Power Point)
 
Citogenética (Po
Citogenética (PoCitogenética (Po
Citogenética (Po
 
Citogenética
CitogenéticaCitogenética
Citogenética
 
Filo Moluscos (Aula Power Point)
Filo Moluscos (Aula Power Point)Filo Moluscos (Aula Power Point)
Filo Moluscos (Aula Power Point)
 
Filo Moluscos (Power Point)
Filo Moluscos (Power Point)Filo Moluscos (Power Point)
Filo Moluscos (Power Point)
 
Biotecnologia e Engenharia Genética (Power Point)
Biotecnologia e Engenharia Genética (Power Point)Biotecnologia e Engenharia Genética (Power Point)
Biotecnologia e Engenharia Genética (Power Point)
 
Lipídios ( Power Point )
Lipídios ( Power Point )Lipídios ( Power Point )
Lipídios ( Power Point )
 
Filo Nematoda (Power Point)
Filo Nematoda (Power Point)Filo Nematoda (Power Point)
Filo Nematoda (Power Point)
 
Platelmintos (Power Point)
Platelmintos (Power Point)Platelmintos (Power Point)
Platelmintos (Power Point)
 
Cnidários ( Power Point ) 1
Cnidários ( Power Point ) 1Cnidários ( Power Point ) 1
Cnidários ( Power Point ) 1
 

Último

1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Yan Kayk da Cruz Ferreira
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 

Último (20)

1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 

Sistema Nervoso - Aula em Power Point

  • 2. INVERTEBRADOS • Surge pela primeira vez nos CNIDÁRIOS. • Primeiros animais com cefalização e centralização do sistema nervoso : PLATELMINTOS • Nematódeos: Anel periesofágico ou perifaringiano • Anelídeos: gânglios cerebróides com cordão nervoso duplo e ventral. • Moluscos e Artrópodos: ganglionar ventral
  • 3. SISTEMA NERVOSO NOS VERTEBRADOS • DORSAL • Protegido pela caixa craniana. • É dividido em : CENTRAL PERIFÉRICO
  • 4. SISTEMA NERVOSO CENTRAL • Dividido em: • ENCÉFALO . Cérebro . Bulbo . Ponte . Cerebelo • MEDULA ESPINHAL : filamento nervoso que percorre o interior do canal raquiano da coluna vertebral
  • 5. MENINGES • As meninges são três membranas concêntricas sobrepostas, que revestem o encéfalo e a medula espinal com o intuito de os protegerem. As três membranas, cada uma de diferente consistência, denominam-se dura-máter, aracnóide e pia-máter. • Dura-máter: é a membrana mais externa, espessa e resistente, estando directamente ligada a superfície interior do crânio e a face interior das paredes do canal vertebral onde se encontra a medula espinhal. • Aracnóide: é a membrana média, fina e elástica, cuja estrutura forma uma rede semelhante a de uma "teia de aranha". • Pia-máter: é a membrana interna, muito fina e delicada, firmemente fixada a superfície do encéfalo e da medula espinal, de tal forma que penetra em todas as dobras e sulcos cerebrais e espinais.
  • 8. CÉREBRO: • Superfície externa denominada Córtex. • Córtex em peixes, anfíbios, répteis e aves a superfície é lisa: animais Lissencéfalos • Córtex nos mamíferos apresenta sulcos e circunvoluções ( giros ) que aumentam a superfície do cérebro , permitindo maior instalação de neurônios, o que aumenta a eficácia na execução de suas funções. Tais animais são denominados Girencéfalos
  • 9. • O córtex representa importante centro de associação sensitivo-motora. • Governa ações voluntárias desenvolvidas pelo indivíduo. • Comanda atos inconscientes. • Abriga centros nervosos relacionados com os sentidos, memória, pensamento e inteligência.
  • 10. BULBO: • Situado logo acima da medula espinhal. • Atua como centro nervoso e conduz impulso nervoso. • Comanda o rítmo cardiorrespiratório, temperatura e certos atos reflexos como : deglutição, sucção, mastigação, vômito, tosse, secreção lacrimal, piscar dos olhos.
  • 11. PONTE • Localizada acima do bulbo e abaixo do cérebro • Transmite as informações da medula e do bulbo até o córtex cerebral • Também atua como centro nervoso e condutor de impulso nervoso. • Como centro nervoso está associada às emoções, como ao riso e às lágrimas.
  • 12. CEREBELO • Localizado abaixo do cérebro e atrás da Ponte. • Regula o equilíbrio e a tonicidade muscular. • Ex.: Em animais, cujo cerebelo foi extirpado, é observada a incapacidade de se equilibrarem e enfraquecem devido à diminuição do tônus muscular.
  • 14. MEDULA ESPINHAL • Haste cilíndrica que percorre o canal interior da coluna vertebral. • Atua como centro nervoso e como condutora de impulso nervoso, fazendo a transição entre o encéfalo e as demais partes do corpo. • Os estímulos nervosos vêm da pele e dos órgãos até a medula e desta para o cérebro. • As ordens motoras vêm do cérebro até a medula espinhal e daí são distribuídas para pontos específicos do corpo.
  • 16. SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO • Formado por vários gânglios nervosos e uma rede nervosa que se espalha por todo o corpo. • Os nervos podem ser : Cranianos – partem do encéfalo Espinhais – partem da medula espinhal
  • 17. TIPOS DE NERVOS • SENSITIVOS : Transmitem impulso nervoso dos órgãos receptores para o SNC. • MOTORES ( Eferentes ): Transmitem o impulso nervoso do SNC para os órgãos efetores. • MISTOS : Possuem neurofibras sensitivas e motoras.
  • 18. ARCO REFLEXO • Formado pelas estruturas que promovem o ato reflexo. Reflexo Patelar ou Rotuliano. • Uma pancada no joelho excita os neurônios sensitivos. • Axônios dos neurônios sensitivos transmitem a informação até a medula espinhal, estimulando os neurônios motores que irão estimular os músculos da coxa. • O impulso nervoso também é transmitido pela medula até o cérebro, onde, ao ser interpretado confere ao indivíduo a consciência da pancada.
  • 20. OBSERVAÇÃO • Muitos reflexos, como o patelar , não contam com a participação do cérebro, apenas da medula que atua como o centro nervoso. • Portanto, se ocorresse um rompimento da junção entre medula e cérebro, o ato de levantar a perna aconteceria normalmente, embora o cérebro não recebesse mais a informação sensitiva, ou seja, o indivíduo movimentaria a perna, mas não teria a sensação da pancada no joelho.
  • 21. SISTEMA NERVOSO AUTÔNOMO • Formado por nervos que trabalham sem a participação da vontade ou consciência do indivíduo. • Fundamental na interação das atividades desenvolvidas pela musculatura lisa das vísceras ( estômago, intestino, coração, etc) e glândulas. • Portanto, tem participação decisiva na homeostase. • Dividido em : SIMPÁTICO PARASSIMPÁTICO
  • 22. QUADRO COMPARATIVO EXEMPLIFICANDO AS ATIVIDADES ANTAGÔNICAS DOS SISTEMA SIMPÁTICO E PARASSIMPÁTICO