SlideShare uma empresa Scribd logo
Ficha de Avaliação - Relações Públicas no Turismo
KripaliVenerazLacmane Nº14 10ºPTUR
Escola Secundaria António Damásio
Módulo 4- Relações Públicas no Turismo
1- Apresente algumas definições de Relações Públicas (nunca
menos de duas)
As Relações Públicas são uma função da administração distinta, que
ajuda a estabelecer e manter linhas mútuas de comunicação,
entendimento, aceitação e cooperação entre a organização e os seus
públicos.Relações Públicas ofertam uma variedade de funções a serem
exercidas para as diversas organizações (sejam elas privadas, públicas
ou do terceiro setor), sempre com vistas à manutenção do equilíbrio entre
estas e os públicos com os quais interagem.
2- Justifique a seguinte afirmação: “ É histórico afirmar-
se que a concepção moderna de Relações Públicas teve origem
nas ideias e na prática de Ivy Lee.
3- Descreva a evolução do conceito Relações Públicas em
Portugal.
As Relações Públicas são um campo de investigação relativamente
recente, tendo vindo a crescer de forma constante desde os anos setenta,
altura em que se assinalou o advento da prática de uma profissão, a qual
foi denominada de ―nova‖ . Embora tenham sido, durante muito tempo,
consideradas como um mero conjunto de técnicas destinadas a divulgar
determinadas informações, as Relações Públicas são hoje consideradas
como uma Ciência Social e uma disciplina por excelência das Ciências da
Comunicação. Associada, nos seus primórdios, a actividades de
propaganda e à manipulação da opinião pública, as Relações Públicas
evoluíram no sentido de demonstrar o seu contributo efectivo para o
mundo organizacional e o seu valor enquanto profissão devidamente
estruturada e independente. A defesa da sua legitimidade e credibilidade
resultaram num considerável e importante quadro teórico, no qual estão
Ficha de Avaliação - Relações Públicas no Turismo
KripaliVenerazLacmane Nº14 10ºPTUR
enraizados os princípios desta profissão. Actualmente, é já consensual a
função estratégica das Relações Públicas e o seu papel fundamental para
a gestão organizacional.
4- Descreva o objectivo geral das Relações Públicas.
O objectivo do trabalho é o equilíbrio entre a identidade e a imagem de
uma organização, focando a imagem institucional e trabalhando a relação
com a opinião pública.O objectivo geral das Relações Públicas é promover a
aceitação geral da empresa ou organização, dar a conhecer ao público os
serviços que presta ou os bens que produz e dele recolher opiniões no sentido
de aconselhar a Administração nas políticas a seguir. Assim sendo, o serviço de
Relações Públicas deverá contribuir para a prossecução dos objectivos da
instituição.
5- Identifique as etapas fundamentais de uma mensagem de
Relações Públicas.
As etapas fundamentais de uma mensagem de RP:
Ficha de Avaliação - Relações Públicas no Turismo
KripaliVenerazLacmane Nº14 10ºPTUR
1º Chamar a atenção
2º Despertar o interesse
3º Informar o destinatário
6- Identifique as principais actividades de um
Relações Públicas.
As Principais actividades de um RP é planear, implantar e desenvolver o
processo total da comunicação institucional da empresa, ordenar todos
os relacionamentos com os públicos para ter um conceito favorável sobre
a empresa que seja capaz de despertar credibilidade no público. As
actividades mais comuns são pesquisa, planeamento, coordenação,
administração e produção. Mais em
(http://www.prof2000.pt/users/secjeste/heletese/pg000700.htm#5.1)
7- Descreva as principais funções de um Relações Públicas.
As principais funções de um profissional de relações públicas são
Estabelecer contactos, manter informado o público, criar eventos, fazer
folhetos, procurar patrocínios …
9- Descreva os principais meios a dispor de um profissional
de Relações Publicas para influenciar os seus Públicos.
Como diz no PowerPoint os principais meios de um profissional de RP
para influenciar os seus públicos são os contactos pessoais, os eventos,
as publicações, os patrocínios, as actividades do serviço ao público,..
Ficha de Avaliação - Relações Públicas no Turismo
KripaliVenerazLacmane Nº14 10ºPTUR
10- Explicite o significado de público para um
profissional de Relações Públicas.
11- Defina atitude
A atitude é a uma tendência ou predisposição a responder a um
determinado objecto social (pessoa, situação) de uma forma positiva ou
negativa.
12- Identifique as três componentes das
atitudes.As atitudes formam-se a partir de componentes cognitivas,
afectivas e comportamentais. A componente cognitiva é um conjunto de
ideias e crenças que se tem de um objecto social (pessoa, grupo,…). A
componente afectiva é um conjunto de valores, sentimentos e emoções
positivas ou negativas relativamente a um objecto social. A componente
comportamental é um conjunto de reacções, de resposta face ao objecto
social.
13- Identifique três fontes a partir das quais se
forma as atitudes.
As fontes da atitude é a experiencia pessoal, a personalidade, as pessoas
importantes na vida do individuo, entre outros…
Ficha de Avaliação - Relações Públicas no Turismo
KripaliVenerazLacmane Nº14 10ºPTUR
14- Identifique um exemplo de manifestação de
atitude.
Hoje por exemplo quando a stora mandou fechar os computadores
enquanto estava a dar aulas, os alunos tiveram varias atitudes, uns
reagirambem outros mal e alguns ficaram indiferentes. As pessoas
quando saem para a rua para se manifestarem.
15- Exponha a relação entre atitude e opinião
A opinião tem relevância como símbolo da atitude, mas o que realmente
interessa é a atitude.Atitude- é a soma de inclinações e sentimentos,de
um individuo face a um assunto específico.
Ficha de Avaliação - Relações Públicas no Turismo
KripaliVenerazLacmane Nº14 10ºPTUR
16- Distinga facto de opinião
Facto é o próprio acontecimento, ninguém pode modificar o que
aconteceu. Opinião é o modo de expressão da sua atitude.
17- De a noção de opinião pública
A opinião pública deriva da noção de opinião que significa juízo de valor
(opinião individual).
Ficha de Avaliação - Relações Públicas no Turismo
KripaliVenerazLacmane Nº14 10ºPTUR

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Turismo balnear
Turismo balnearTurismo balnear
Turismo balnear
Filipa Silva
 
Animação turística
Animação turísticaAnimação turística
Animação turística
Patricia Degenhardt
 
Kupdf.net tiat modulos-11-12-13
Kupdf.net tiat modulos-11-12-13Kupdf.net tiat modulos-11-12-13
Kupdf.net tiat modulos-11-12-13
EuniceFrias1
 
Módulo 2 - procura e motivações turísticas.
Módulo 2 - procura e motivações turísticas.Módulo 2 - procura e motivações turísticas.
Módulo 2 - procura e motivações turísticas.
Sónia Araújo
 
PRA - Portefólio Reflexivo Aprendizagens [RVCC]
PRA - Portefólio Reflexivo Aprendizagens [RVCC]PRA - Portefólio Reflexivo Aprendizagens [RVCC]
PRA - Portefólio Reflexivo Aprendizagens [RVCC]
J P
 
Tcat
TcatTcat
Tcat
Karyn XP
 
Trabalho individual 10 produtos turisticos
Trabalho individual 10 produtos turisticosTrabalho individual 10 produtos turisticos
Trabalho individual 10 produtos turisticos
Tina Lima
 
Módulo 4
Módulo 4Módulo 4
Módulo 4
Amélia Baião
 
TCAT módulo 1
TCAT módulo 1TCAT módulo 1
TCAT módulo 1
Carla Freitas
 
Turismo no Espaço Rural: Um Estudo de Caso no concelho de Baião
Turismo no Espaço Rural: Um Estudo de Caso no concelho de BaiãoTurismo no Espaço Rural: Um Estudo de Caso no concelho de Baião
Turismo no Espaço Rural: Um Estudo de Caso no concelho de Baião
Biblioteca da Escola E.B. 2,3/Secundária de Baião - Agrupamento de Escolas do Vale de Ovil
 
Circuito de correspondência
Circuito de correspondênciaCircuito de correspondência
Circuito de correspondência
tiaguinho1
 
Módulo 9 -Marketing do Turismo
Módulo 9 -Marketing do TurismoMódulo 9 -Marketing do Turismo
Módulo 9 -Marketing do Turismo
Daniela Ramalho
 
Identidade Regional - AI
Identidade Regional  - AI Identidade Regional  - AI
Identidade Regional - AI
Ruben Marinho
 
Portefolio reflexivo de_aprendizagem
Portefolio reflexivo de_aprendizagemPortefolio reflexivo de_aprendizagem
Portefolio reflexivo de_aprendizagem
Elisa Dias
 
Manual ufcd-0350-comunicacao-interpessoal-comunicacao-assertiva
Manual ufcd-0350-comunicacao-interpessoal-comunicacao-assertivaManual ufcd-0350-comunicacao-interpessoal-comunicacao-assertiva
Manual ufcd-0350-comunicacao-interpessoal-comunicacao-assertiva
Ana Camões
 
Manual de Protocolo e Etiqueta
Manual de Protocolo e EtiquetaManual de Protocolo e Etiqueta
Manual de Protocolo e Etiqueta
Paulo Cabral
 
T U R I S M O QUALIDADE: CONDIÇÃO DE COMPETITIVIDADE
T U R I S M O QUALIDADE:  CONDIÇÃO DE  COMPETITIVIDADET U R I S M O QUALIDADE:  CONDIÇÃO DE  COMPETITIVIDADE
T U R I S M O QUALIDADE: CONDIÇÃO DE COMPETITIVIDADE
Cláudio Carneiro
 
Módulo 6
Módulo 6Módulo 6
Módulo 6
Daniela Ramalho
 
Agências de viagens trabalho de otet
Agências de viagens trabalho de otetAgências de viagens trabalho de otet
Agências de viagens trabalho de otet
Karyn XP
 
Módulo 2 aulas
Módulo 2   aulasMódulo 2   aulas
Módulo 2 aulas
neivavieira
 

Mais procurados (20)

Turismo balnear
Turismo balnearTurismo balnear
Turismo balnear
 
Animação turística
Animação turísticaAnimação turística
Animação turística
 
Kupdf.net tiat modulos-11-12-13
Kupdf.net tiat modulos-11-12-13Kupdf.net tiat modulos-11-12-13
Kupdf.net tiat modulos-11-12-13
 
Módulo 2 - procura e motivações turísticas.
Módulo 2 - procura e motivações turísticas.Módulo 2 - procura e motivações turísticas.
Módulo 2 - procura e motivações turísticas.
 
PRA - Portefólio Reflexivo Aprendizagens [RVCC]
PRA - Portefólio Reflexivo Aprendizagens [RVCC]PRA - Portefólio Reflexivo Aprendizagens [RVCC]
PRA - Portefólio Reflexivo Aprendizagens [RVCC]
 
Tcat
TcatTcat
Tcat
 
Trabalho individual 10 produtos turisticos
Trabalho individual 10 produtos turisticosTrabalho individual 10 produtos turisticos
Trabalho individual 10 produtos turisticos
 
Módulo 4
Módulo 4Módulo 4
Módulo 4
 
TCAT módulo 1
TCAT módulo 1TCAT módulo 1
TCAT módulo 1
 
Turismo no Espaço Rural: Um Estudo de Caso no concelho de Baião
Turismo no Espaço Rural: Um Estudo de Caso no concelho de BaiãoTurismo no Espaço Rural: Um Estudo de Caso no concelho de Baião
Turismo no Espaço Rural: Um Estudo de Caso no concelho de Baião
 
Circuito de correspondência
Circuito de correspondênciaCircuito de correspondência
Circuito de correspondência
 
Módulo 9 -Marketing do Turismo
Módulo 9 -Marketing do TurismoMódulo 9 -Marketing do Turismo
Módulo 9 -Marketing do Turismo
 
Identidade Regional - AI
Identidade Regional  - AI Identidade Regional  - AI
Identidade Regional - AI
 
Portefolio reflexivo de_aprendizagem
Portefolio reflexivo de_aprendizagemPortefolio reflexivo de_aprendizagem
Portefolio reflexivo de_aprendizagem
 
Manual ufcd-0350-comunicacao-interpessoal-comunicacao-assertiva
Manual ufcd-0350-comunicacao-interpessoal-comunicacao-assertivaManual ufcd-0350-comunicacao-interpessoal-comunicacao-assertiva
Manual ufcd-0350-comunicacao-interpessoal-comunicacao-assertiva
 
Manual de Protocolo e Etiqueta
Manual de Protocolo e EtiquetaManual de Protocolo e Etiqueta
Manual de Protocolo e Etiqueta
 
T U R I S M O QUALIDADE: CONDIÇÃO DE COMPETITIVIDADE
T U R I S M O QUALIDADE:  CONDIÇÃO DE  COMPETITIVIDADET U R I S M O QUALIDADE:  CONDIÇÃO DE  COMPETITIVIDADE
T U R I S M O QUALIDADE: CONDIÇÃO DE COMPETITIVIDADE
 
Módulo 6
Módulo 6Módulo 6
Módulo 6
 
Agências de viagens trabalho de otet
Agências de viagens trabalho de otetAgências de viagens trabalho de otet
Agências de viagens trabalho de otet
 
Módulo 2 aulas
Módulo 2   aulasMódulo 2   aulas
Módulo 2 aulas
 

Destaque

Relações públicas
Relações públicasRelações públicas
Relações públicas
francisco
 
Relações Públicas
Relações PúblicasRelações Públicas
Relações Públicas
DAC UFS
 
Marketing pessoal networking Modulo 4 (TCAT)
Marketing pessoal networking Modulo 4 (TCAT)Marketing pessoal networking Modulo 4 (TCAT)
Marketing pessoal networking Modulo 4 (TCAT)
francisco
 
Tcat power point(1)
Tcat power point(1)Tcat power point(1)
Tcat power point(1)
Tania Morais Morais
 
O que é Relações Públicas?
O que é Relações Públicas?O que é Relações Públicas?
O que é Relações Públicas?
brunaschorn
 
Atitudes (TCAT)
Atitudes (TCAT)Atitudes (TCAT)
Atitudes (TCAT)
francisco
 
Relações Públicas - A profissão
Relações Públicas - A profissãoRelações Públicas - A profissão
Relações Públicas - A profissão
DAC UFS
 
Sumários de TCAT II
Sumários de TCAT IISumários de TCAT II
Sumários de TCAT II
ednamanuel
 
Funçoes e características do rp
Funçoes e características do rpFunçoes e características do rp
Funçoes e características do rp
adrimiorelli
 
Opinião publica
Opinião publicaOpinião publica
Opinião publica
Lorredana Pereira
 
A opinião Pública
A opinião PúblicaA opinião Pública
A opinião Pública
Paulo Gomes
 
Teorias da Opinião Pública: Bourdieu
Teorias da Opinião Pública: BourdieuTeorias da Opinião Pública: Bourdieu
Teorias da Opinião Pública: Bourdieu
Bruno Quirino
 
Atitude
AtitudeAtitude
Atitude
kyzinha
 
Mídia e opinião pública
Mídia e opinião públicaMídia e opinião pública
Mídia e opinião pública
Murilo Cisalpino
 
A ciência das relações públicas
A ciência das relações públicasA ciência das relações públicas
A ciência das relações públicas
Dragodragons
 
Públicos e opinião pública
Públicos e opinião públicaPúblicos e opinião pública
Públicos e opinião pública
Fabiano Alves
 
Sumarios de tcat
Sumarios de tcatSumarios de tcat
Sumarios de tcat
francisco
 
Opiniao pública e os públicos da instituição
Opiniao pública e os públicos da instituiçãoOpiniao pública e os públicos da instituição
Opiniao pública e os públicos da instituição
Pedro Almeida
 
OPINIÃO PÚBLICA
OPINIÃO PÚBLICAOPINIÃO PÚBLICA
OPINIÃO PÚBLICA
T R
 
Tcat republica dominicana
Tcat   republica dominicanaTcat   republica dominicana
Tcat republica dominicana
stanciolini
 

Destaque (20)

Relações públicas
Relações públicasRelações públicas
Relações públicas
 
Relações Públicas
Relações PúblicasRelações Públicas
Relações Públicas
 
Marketing pessoal networking Modulo 4 (TCAT)
Marketing pessoal networking Modulo 4 (TCAT)Marketing pessoal networking Modulo 4 (TCAT)
Marketing pessoal networking Modulo 4 (TCAT)
 
Tcat power point(1)
Tcat power point(1)Tcat power point(1)
Tcat power point(1)
 
O que é Relações Públicas?
O que é Relações Públicas?O que é Relações Públicas?
O que é Relações Públicas?
 
Atitudes (TCAT)
Atitudes (TCAT)Atitudes (TCAT)
Atitudes (TCAT)
 
Relações Públicas - A profissão
Relações Públicas - A profissãoRelações Públicas - A profissão
Relações Públicas - A profissão
 
Sumários de TCAT II
Sumários de TCAT IISumários de TCAT II
Sumários de TCAT II
 
Funçoes e características do rp
Funçoes e características do rpFunçoes e características do rp
Funçoes e características do rp
 
Opinião publica
Opinião publicaOpinião publica
Opinião publica
 
A opinião Pública
A opinião PúblicaA opinião Pública
A opinião Pública
 
Teorias da Opinião Pública: Bourdieu
Teorias da Opinião Pública: BourdieuTeorias da Opinião Pública: Bourdieu
Teorias da Opinião Pública: Bourdieu
 
Atitude
AtitudeAtitude
Atitude
 
Mídia e opinião pública
Mídia e opinião públicaMídia e opinião pública
Mídia e opinião pública
 
A ciência das relações públicas
A ciência das relações públicasA ciência das relações públicas
A ciência das relações públicas
 
Públicos e opinião pública
Públicos e opinião públicaPúblicos e opinião pública
Públicos e opinião pública
 
Sumarios de tcat
Sumarios de tcatSumarios de tcat
Sumarios de tcat
 
Opiniao pública e os públicos da instituição
Opiniao pública e os públicos da instituiçãoOpiniao pública e os públicos da instituição
Opiniao pública e os públicos da instituição
 
OPINIÃO PÚBLICA
OPINIÃO PÚBLICAOPINIÃO PÚBLICA
OPINIÃO PÚBLICA
 
Tcat republica dominicana
Tcat   republica dominicanaTcat   republica dominicana
Tcat republica dominicana
 

Semelhante a relações públicas no turismo

Entrevista Wallace Ischaber - Da formação ao mercado, os cenários para o prof...
Entrevista Wallace Ischaber - Da formação ao mercado, os cenários para o prof...Entrevista Wallace Ischaber - Da formação ao mercado, os cenários para o prof...
Entrevista Wallace Ischaber - Da formação ao mercado, os cenários para o prof...
Daniela Mattos
 
Gestão corporativa – Estratégias de comunicação institucional
Gestão corporativa – Estratégias de comunicação institucionalGestão corporativa – Estratégias de comunicação institucional
Gestão corporativa – Estratégias de comunicação institucional
Renata Tárrio
 
O profissional de relacoes publicas e a atuacao no setor publico
O profissional de relacoes publicas e a atuacao no setor publicoO profissional de relacoes publicas e a atuacao no setor publico
O profissional de relacoes publicas e a atuacao no setor publico
Marcus Vinicius Bonfim
 
Introdução-------------------comunicação Institucional.docx
Introdução-------------------comunicação Institucional.docxIntrodução-------------------comunicação Institucional.docx
Introdução-------------------comunicação Institucional.docx
DolinickAvontade
 
Trabalho de teorias das relaes pblicas (2)
Trabalho de teorias das relaes pblicas (2)Trabalho de teorias das relaes pblicas (2)
Trabalho de teorias das relaes pblicas (2)
andreiafcarvalho
 
InPulso Comunicação Colaborativa
InPulso Comunicação ColaborativaInPulso Comunicação Colaborativa
InPulso Comunicação Colaborativa
GPA
 
O Plano RelaçõEs PúBlicas Icp 17 Junho2010
O Plano RelaçõEs PúBlicas Icp 17 Junho2010O Plano RelaçõEs PúBlicas Icp 17 Junho2010
O Plano RelaçõEs PúBlicas Icp 17 Junho2010
pcmarques
 
O indivíduo como marca: A aproximação entre as Relações Públicas e o Personal...
O indivíduo como marca: A aproximação entre as Relações Públicas e o Personal...O indivíduo como marca: A aproximação entre as Relações Públicas e o Personal...
O indivíduo como marca: A aproximação entre as Relações Públicas e o Personal...
Felipe Medeiros
 
Comunicaçao interna - Word
Comunicaçao interna - WordComunicaçao interna - Word
Comunicaçao interna - Word
Rafaela Serrão
 
Media training Marisa Rosa
 Media training Marisa Rosa Media training Marisa Rosa
Media training Marisa Rosa
Margareth Michel
 
POLÍTICAS DE COMUNICAÇÃO | AHMAR
POLÍTICAS DE COMUNICAÇÃO | AHMARPOLÍTICAS DE COMUNICAÇÃO | AHMAR
POLÍTICAS DE COMUNICAÇÃO | AHMAR
Pedro Otaviano
 
Os 4 Rs das Relações Publicas: Reputação
Os 4 Rs das Relações Publicas: ReputaçãoOs 4 Rs das Relações Publicas: Reputação
Os 4 Rs das Relações Publicas: Reputação
marcondes2013-1
 
WorkComm | Relações Públicas
WorkComm | Relações PúblicasWorkComm | Relações Públicas
WorkComm | Relações Públicas
WorkComm
 
Plano comunicação abordagem policial
Plano comunicação abordagem policialPlano comunicação abordagem policial
Plano comunicação abordagem policial
Camila Kawachiya Silveira
 
Comunicaç..[1]
Comunicaç..[1]Comunicaç..[1]
Comunicaç..[1]
Raquel Coelho
 
Relações públicas
Relações públicasRelações públicas
Relações públicas
Pedro André
 
Comunicação interna(2)
Comunicação interna(2)Comunicação interna(2)
Comunicação interna(2)
ednamanuel
 
Comunicação interna - Tipo de R.P.
Comunicação interna - Tipo de R.P.Comunicação interna - Tipo de R.P.
Comunicação interna - Tipo de R.P.
Rafaela Serrão
 
Comunicação interna(2)
Comunicação interna(2)Comunicação interna(2)
Comunicação interna(2)
ednamanuel
 
Artigo Luciana Trápaga
Artigo Luciana TrápagaArtigo Luciana Trápaga
Artigo Luciana Trápaga
Margareth Michel
 

Semelhante a relações públicas no turismo (20)

Entrevista Wallace Ischaber - Da formação ao mercado, os cenários para o prof...
Entrevista Wallace Ischaber - Da formação ao mercado, os cenários para o prof...Entrevista Wallace Ischaber - Da formação ao mercado, os cenários para o prof...
Entrevista Wallace Ischaber - Da formação ao mercado, os cenários para o prof...
 
Gestão corporativa – Estratégias de comunicação institucional
Gestão corporativa – Estratégias de comunicação institucionalGestão corporativa – Estratégias de comunicação institucional
Gestão corporativa – Estratégias de comunicação institucional
 
O profissional de relacoes publicas e a atuacao no setor publico
O profissional de relacoes publicas e a atuacao no setor publicoO profissional de relacoes publicas e a atuacao no setor publico
O profissional de relacoes publicas e a atuacao no setor publico
 
Introdução-------------------comunicação Institucional.docx
Introdução-------------------comunicação Institucional.docxIntrodução-------------------comunicação Institucional.docx
Introdução-------------------comunicação Institucional.docx
 
Trabalho de teorias das relaes pblicas (2)
Trabalho de teorias das relaes pblicas (2)Trabalho de teorias das relaes pblicas (2)
Trabalho de teorias das relaes pblicas (2)
 
InPulso Comunicação Colaborativa
InPulso Comunicação ColaborativaInPulso Comunicação Colaborativa
InPulso Comunicação Colaborativa
 
O Plano RelaçõEs PúBlicas Icp 17 Junho2010
O Plano RelaçõEs PúBlicas Icp 17 Junho2010O Plano RelaçõEs PúBlicas Icp 17 Junho2010
O Plano RelaçõEs PúBlicas Icp 17 Junho2010
 
O indivíduo como marca: A aproximação entre as Relações Públicas e o Personal...
O indivíduo como marca: A aproximação entre as Relações Públicas e o Personal...O indivíduo como marca: A aproximação entre as Relações Públicas e o Personal...
O indivíduo como marca: A aproximação entre as Relações Públicas e o Personal...
 
Comunicaçao interna - Word
Comunicaçao interna - WordComunicaçao interna - Word
Comunicaçao interna - Word
 
Media training Marisa Rosa
 Media training Marisa Rosa Media training Marisa Rosa
Media training Marisa Rosa
 
POLÍTICAS DE COMUNICAÇÃO | AHMAR
POLÍTICAS DE COMUNICAÇÃO | AHMARPOLÍTICAS DE COMUNICAÇÃO | AHMAR
POLÍTICAS DE COMUNICAÇÃO | AHMAR
 
Os 4 Rs das Relações Publicas: Reputação
Os 4 Rs das Relações Publicas: ReputaçãoOs 4 Rs das Relações Publicas: Reputação
Os 4 Rs das Relações Publicas: Reputação
 
WorkComm | Relações Públicas
WorkComm | Relações PúblicasWorkComm | Relações Públicas
WorkComm | Relações Públicas
 
Plano comunicação abordagem policial
Plano comunicação abordagem policialPlano comunicação abordagem policial
Plano comunicação abordagem policial
 
Comunicaç..[1]
Comunicaç..[1]Comunicaç..[1]
Comunicaç..[1]
 
Relações públicas
Relações públicasRelações públicas
Relações públicas
 
Comunicação interna(2)
Comunicação interna(2)Comunicação interna(2)
Comunicação interna(2)
 
Comunicação interna - Tipo de R.P.
Comunicação interna - Tipo de R.P.Comunicação interna - Tipo de R.P.
Comunicação interna - Tipo de R.P.
 
Comunicação interna(2)
Comunicação interna(2)Comunicação interna(2)
Comunicação interna(2)
 
Artigo Luciana Trápaga
Artigo Luciana TrápagaArtigo Luciana Trápaga
Artigo Luciana Trápaga
 

Mais de kyzinha

Organizações Governamentais e Não Governamentais
Organizações Governamentais e Não GovernamentaisOrganizações Governamentais e Não Governamentais
Organizações Governamentais e Não Governamentais
kyzinha
 
Nestlé
NestléNestlé
Nestlé
kyzinha
 
Letónia
LetóniaLetónia
Letónia
kyzinha
 
Globalização e Turismo
Globalização e TurismoGlobalização e Turismo
Globalização e Turismo
kyzinha
 
As famílias Portuguesas
As famílias PortuguesasAs famílias Portuguesas
As famílias Portuguesas
kyzinha
 
Animais em extinção
Animais em extinçãoAnimais em extinção
Animais em extinção
kyzinha
 
Nestlé- Uma empresa Suíça no mundo
Nestlé- Uma empresa Suíça no mundoNestlé- Uma empresa Suíça no mundo
Nestlé- Uma empresa Suíça no mundo
kyzinha
 
Arte gótica
Arte gótica Arte gótica
Arte gótica
kyzinha
 
Arquitectura Românica dos Castelos
Arquitectura Românica dos Castelos  Arquitectura Românica dos Castelos
Arquitectura Românica dos Castelos
kyzinha
 
E
EE
Educação Física
Educação Física   Educação Física
Educação Física
kyzinha
 
Caldas da Rainha
Caldas da Rainha Caldas da Rainha
Caldas da Rainha
kyzinha
 
Nestlé
NestléNestlé
Nestlé
kyzinha
 
Nestle
NestleNestle
Nestle
kyzinha
 
Rugby
RugbyRugby
Rugby
kyzinha
 
9º ano Desenvolvimento Sustentavel
9º ano Desenvolvimento Sustentavel9º ano Desenvolvimento Sustentavel
9º ano Desenvolvimento Sustentavel
kyzinha
 
9º-ano Interdependencias
9º-ano Interdependencias9º-ano Interdependencias
9º-ano Interdependencias
kyzinha
 
9º-ano paises desenvolvidos e paises em desenvolvimento
9º-ano paises desenvolvidos e paises em desenvolvimento9º-ano paises desenvolvidos e paises em desenvolvimento
9º-ano paises desenvolvidos e paises em desenvolvimento
kyzinha
 
Delfines de Amor
Delfines de AmorDelfines de Amor
Delfines de Amorkyzinha
 
Relatorio de Simulação de Processos de Fossilização
Relatorio de Simulação de Processos de FossilizaçãoRelatorio de Simulação de Processos de Fossilização
Relatorio de Simulação de Processos de Fossilização
kyzinha
 

Mais de kyzinha (20)

Organizações Governamentais e Não Governamentais
Organizações Governamentais e Não GovernamentaisOrganizações Governamentais e Não Governamentais
Organizações Governamentais e Não Governamentais
 
Nestlé
NestléNestlé
Nestlé
 
Letónia
LetóniaLetónia
Letónia
 
Globalização e Turismo
Globalização e TurismoGlobalização e Turismo
Globalização e Turismo
 
As famílias Portuguesas
As famílias PortuguesasAs famílias Portuguesas
As famílias Portuguesas
 
Animais em extinção
Animais em extinçãoAnimais em extinção
Animais em extinção
 
Nestlé- Uma empresa Suíça no mundo
Nestlé- Uma empresa Suíça no mundoNestlé- Uma empresa Suíça no mundo
Nestlé- Uma empresa Suíça no mundo
 
Arte gótica
Arte gótica Arte gótica
Arte gótica
 
Arquitectura Românica dos Castelos
Arquitectura Românica dos Castelos  Arquitectura Românica dos Castelos
Arquitectura Românica dos Castelos
 
E
EE
E
 
Educação Física
Educação Física   Educação Física
Educação Física
 
Caldas da Rainha
Caldas da Rainha Caldas da Rainha
Caldas da Rainha
 
Nestlé
NestléNestlé
Nestlé
 
Nestle
NestleNestle
Nestle
 
Rugby
RugbyRugby
Rugby
 
9º ano Desenvolvimento Sustentavel
9º ano Desenvolvimento Sustentavel9º ano Desenvolvimento Sustentavel
9º ano Desenvolvimento Sustentavel
 
9º-ano Interdependencias
9º-ano Interdependencias9º-ano Interdependencias
9º-ano Interdependencias
 
9º-ano paises desenvolvidos e paises em desenvolvimento
9º-ano paises desenvolvidos e paises em desenvolvimento9º-ano paises desenvolvidos e paises em desenvolvimento
9º-ano paises desenvolvidos e paises em desenvolvimento
 
Delfines de Amor
Delfines de AmorDelfines de Amor
Delfines de Amor
 
Relatorio de Simulação de Processos de Fossilização
Relatorio de Simulação de Processos de FossilizaçãoRelatorio de Simulação de Processos de Fossilização
Relatorio de Simulação de Processos de Fossilização
 

relações públicas no turismo

  • 1. Ficha de Avaliação - Relações Públicas no Turismo KripaliVenerazLacmane Nº14 10ºPTUR Escola Secundaria António Damásio Módulo 4- Relações Públicas no Turismo 1- Apresente algumas definições de Relações Públicas (nunca menos de duas) As Relações Públicas são uma função da administração distinta, que ajuda a estabelecer e manter linhas mútuas de comunicação, entendimento, aceitação e cooperação entre a organização e os seus públicos.Relações Públicas ofertam uma variedade de funções a serem exercidas para as diversas organizações (sejam elas privadas, públicas ou do terceiro setor), sempre com vistas à manutenção do equilíbrio entre estas e os públicos com os quais interagem. 2- Justifique a seguinte afirmação: “ É histórico afirmar- se que a concepção moderna de Relações Públicas teve origem nas ideias e na prática de Ivy Lee. 3- Descreva a evolução do conceito Relações Públicas em Portugal. As Relações Públicas são um campo de investigação relativamente recente, tendo vindo a crescer de forma constante desde os anos setenta, altura em que se assinalou o advento da prática de uma profissão, a qual foi denominada de ―nova‖ . Embora tenham sido, durante muito tempo, consideradas como um mero conjunto de técnicas destinadas a divulgar determinadas informações, as Relações Públicas são hoje consideradas como uma Ciência Social e uma disciplina por excelência das Ciências da Comunicação. Associada, nos seus primórdios, a actividades de propaganda e à manipulação da opinião pública, as Relações Públicas evoluíram no sentido de demonstrar o seu contributo efectivo para o mundo organizacional e o seu valor enquanto profissão devidamente estruturada e independente. A defesa da sua legitimidade e credibilidade resultaram num considerável e importante quadro teórico, no qual estão
  • 2. Ficha de Avaliação - Relações Públicas no Turismo KripaliVenerazLacmane Nº14 10ºPTUR enraizados os princípios desta profissão. Actualmente, é já consensual a função estratégica das Relações Públicas e o seu papel fundamental para a gestão organizacional. 4- Descreva o objectivo geral das Relações Públicas. O objectivo do trabalho é o equilíbrio entre a identidade e a imagem de uma organização, focando a imagem institucional e trabalhando a relação com a opinião pública.O objectivo geral das Relações Públicas é promover a aceitação geral da empresa ou organização, dar a conhecer ao público os serviços que presta ou os bens que produz e dele recolher opiniões no sentido de aconselhar a Administração nas políticas a seguir. Assim sendo, o serviço de Relações Públicas deverá contribuir para a prossecução dos objectivos da instituição. 5- Identifique as etapas fundamentais de uma mensagem de Relações Públicas. As etapas fundamentais de uma mensagem de RP:
  • 3. Ficha de Avaliação - Relações Públicas no Turismo KripaliVenerazLacmane Nº14 10ºPTUR 1º Chamar a atenção 2º Despertar o interesse 3º Informar o destinatário 6- Identifique as principais actividades de um Relações Públicas. As Principais actividades de um RP é planear, implantar e desenvolver o processo total da comunicação institucional da empresa, ordenar todos os relacionamentos com os públicos para ter um conceito favorável sobre a empresa que seja capaz de despertar credibilidade no público. As actividades mais comuns são pesquisa, planeamento, coordenação, administração e produção. Mais em (http://www.prof2000.pt/users/secjeste/heletese/pg000700.htm#5.1) 7- Descreva as principais funções de um Relações Públicas. As principais funções de um profissional de relações públicas são Estabelecer contactos, manter informado o público, criar eventos, fazer folhetos, procurar patrocínios … 9- Descreva os principais meios a dispor de um profissional de Relações Publicas para influenciar os seus Públicos. Como diz no PowerPoint os principais meios de um profissional de RP para influenciar os seus públicos são os contactos pessoais, os eventos, as publicações, os patrocínios, as actividades do serviço ao público,..
  • 4. Ficha de Avaliação - Relações Públicas no Turismo KripaliVenerazLacmane Nº14 10ºPTUR 10- Explicite o significado de público para um profissional de Relações Públicas. 11- Defina atitude A atitude é a uma tendência ou predisposição a responder a um determinado objecto social (pessoa, situação) de uma forma positiva ou negativa. 12- Identifique as três componentes das atitudes.As atitudes formam-se a partir de componentes cognitivas, afectivas e comportamentais. A componente cognitiva é um conjunto de ideias e crenças que se tem de um objecto social (pessoa, grupo,…). A componente afectiva é um conjunto de valores, sentimentos e emoções positivas ou negativas relativamente a um objecto social. A componente comportamental é um conjunto de reacções, de resposta face ao objecto social. 13- Identifique três fontes a partir das quais se forma as atitudes. As fontes da atitude é a experiencia pessoal, a personalidade, as pessoas importantes na vida do individuo, entre outros…
  • 5. Ficha de Avaliação - Relações Públicas no Turismo KripaliVenerazLacmane Nº14 10ºPTUR 14- Identifique um exemplo de manifestação de atitude. Hoje por exemplo quando a stora mandou fechar os computadores enquanto estava a dar aulas, os alunos tiveram varias atitudes, uns reagirambem outros mal e alguns ficaram indiferentes. As pessoas quando saem para a rua para se manifestarem. 15- Exponha a relação entre atitude e opinião A opinião tem relevância como símbolo da atitude, mas o que realmente interessa é a atitude.Atitude- é a soma de inclinações e sentimentos,de um individuo face a um assunto específico.
  • 6. Ficha de Avaliação - Relações Públicas no Turismo KripaliVenerazLacmane Nº14 10ºPTUR 16- Distinga facto de opinião Facto é o próprio acontecimento, ninguém pode modificar o que aconteceu. Opinião é o modo de expressão da sua atitude. 17- De a noção de opinião pública A opinião pública deriva da noção de opinião que significa juízo de valor (opinião individual).
  • 7. Ficha de Avaliação - Relações Públicas no Turismo KripaliVenerazLacmane Nº14 10ºPTUR