SlideShare uma empresa Scribd logo
Letícia Strehl
Disciplina “Fonte de informação especializada”
Set. 2015
 Ferramentas de recuperação da informação científica: o
exemplo da Web of Science
 Cobertura das bases de dados
 Recursos de indexação
 Indicadores
 De impacto de periódicos
 Fator de impacto, SJR, SNIP
 De produção e impacto de autores
 Índice H
 De impacto de artigos em redes sociais
 Altmetrias
 Cobertura
 Critério de seleção
 Seletivo
 Exaustivo
 Abrangência temática
 Multidisciplinar
 Especializada
 Recursos de indexação
 Referências
 Terminologia por controle de vocabulário
 Adoção de terminologia semelhante
 Citação de referências comuns
Mais importantes
Exemplos
 Têm a função de recuperação da informação;
 Mostram o que foi publicado sobre determinado
assunto;
 Listam documentos citados em outras fontes;
 São publicações periódicas;
 São designadas no meio bibliotecário como obras de
referência;
Slide Profa. Jussara Pereira Santos
 Permitem identificar quem citou quem formando uma cadeia
infinita fontes citadas;
 Permitem observar o impacto que determinado trabalho teve
na literatura científica (estudos bibliométricos);
 Evidenciam o status do cientista.
Slide Profa. Jussara Pereira Santos
 1860 - A Table of Cases in California ...(Henry J.
Labatt)
 1872 - A Table of Cases Affirmed, Reversed or Cited
in Any of the volumes of tehe Reports of the State of
New York (William Wait)
 1873 - Shepard´s Citations (Frank Shepard):
compilação das citações dos casos da Corte do
Tribunal Superior Americano.
Slide Profa. Jussara Pereira Santos
o grande marco do
desenvolvimentos
dos índices de
citações foi a
publicação do
 Participação de Eugene Garfield no Projeto John Hopkins
University Medical Indexing (início da década de 50)
 Uso das citações bibliográficas como recurso para representar
os assuntos dos documentos por meio de procedimentos
completamente automáticos
Depois desligar-se do Projeto e aproveitando a experiência
adquirida, Garfield:
 Fundou, em 1958, o Institute for Scientific Information (ISI)
 Publicou, em 1963, a primeira edição do SCI
Fonte:
CRONIN, B. ; ATKINS, H.B. Introduction : the scholar’s spoor. In: CRONIN, B. ;
ATKINS, H.B. (Eds.). The web of knowledge : a festschrift in honor of Eugene Garfield.
Medford: Information Today, 2000. (ASIS monograph series).
YANCEY, R. Fifty years of citation indexing and analysis. KnowledgeLink, Sept. 2005.
Tão logo o método de indexação de
citações se mostrara eficiente como
mecanismo de associação temática dos
artigos, vislumbrou-se a possibilidade de
uso do recurso para análise de
desenvolvimento e impacto das diversas
áreas do saber.
Trabalhos semelhantes
apresentam referências comuns;
Publicações importantes são
freqüentemente citadas.
 Ampliação temática dos índices de citações:
 Social Sciences Citation Index
 Arts and Humanities Citation Index
 SciELO Citation Index
 Publicação de novas fontes:
 Journal Citation Reports 
 Derwent World Patents Index
 InCites
 Criação de interfaces
 Web of Science
Todas estas
bases oferecem
como principal
informação a
indexação das
citações
Mais informações sobre os produtos do ISI estão disponíveis em:
http://scientific.thomson.com/products/
Interface de pesquisa única criada pelo ISI em 1997 para
realização de buscas on-line nos 3 índices de citações:
Fonte: OXLEY, Harriet. Spins a Web of Science. Database, p. 37-40, Apr./May 1998.
Fontes:
http://wokinfo.com/products_tools/m
ultidisciplinary/webofscience/
Funções
Pesquisas biblioGRÁFICAS
Pesquisas biblioMÉTRICAS
(produtividade e impacto)
Recursos:
Busca Geral (general search)
Busca por Referências (cited reference
search)
[Mesmo com as vantagens das bases de dados], “você ainda
precisará desenvolver uma estratégia e adquir habilidade de
busca para que, na medida do possível, consiga identificar
apenas aqueles itens que estão diretamente relacionados ao
assunto que lhe interessa, eliminando os milhares que não
estão”
BELL, J. Projeto de pesquisa : guia para pesquisadores iniciantes em educação, saúde e ciências sociais. Porto Alegre: Artmed,
2008. p. 71
Operadores booleanos (AND,
OR, NOT e SAME)
Truncagem (* ? $)
Buscas por frases “ “
Ordenação de registros
Refinamento de resultados
Salvamento de registros
Referências citadas (References)
Citações recebidas (Cited by)
Registros relacionados (Related
records):
identificação de outros artigos de acordo
com o número de referências
compartilhadas
Recursos disponíveis para usuários
registrados
Tipos de alerta:
Novos resultados relacionados a uma
expressão de busca
Novas citações feitas a um dado trabalho
Métodos de alerta:
Envio de e-mail
Atualização de RSS Feed
Recuperação de artigos que citaram
um trabalho ou autor de interesse,
mesmo que a citação tenha sido
feita de forma incorreta ou que o
material não seja indexado na
WoS
Indicadores bibliométricos de:
Produtividade
Impacto
Recursos para obtenção de estatísticas
Análise de resultados (Analyze results)
Relatórios de citação (Citation reports)
Análises
simples e
univariadas
Quantas publicações foram
produzidas por um
determinado autor ou
instituição?
Quantas publicações foram
produzidas sobre determinado
assunto?
Produção
A “análise de
resultados” da WoS
Autor
País/território
Tipo de documento
Instituição
Ano de publicação
Periódico
Área
Etc...
Produção
Avaliação por Pares: qualidade da produção
científica
Análise de Citações: NÃO usar o termo
qualidade, mas impacto
Quantas citações foram feitas a determinado
autor, instituição ou tema?
Impacto
ImpactoO “relatório de
citações” da WoS
 Número total de artigos
 Número total de citações
 Artigos citantes
 Artigos citantes que não constituem auto-citação
 Número médio de citações por artigo
 Índice H
Produção
Produção
Produção
Impacto
Impacto
Impacto
 Indicadores bibliométricos
 De impacto (número de citações por artigo): Fator
de Impacto, SJR, SNIP
 De produtividade e impacto: Índice H
 Indicadores webométricos
 Número de acessos e downloads
 Altmetrias (impacto nas redes sociais)
Periódico
Autores
Artigos
Todavia, todos esses indicadores criados, originalmente, para medir
padrões de comunicação científica nos níveis acima destacados, são
aplicáveis em diferentes contextos: países, instituições, departamentos,
áreas, PPGs, etc.
Média de citações por artigo de um periódico:
fórmulas variadas, cada qual com sua fonte de
dados
FI, SJR e SNIP
SCI E SSCI NA WEB OF
SCIENCE
JOURNAL CITATION
REPORTS
Acesso via:Acesso via:
Scopus Scimago
Acesso via: Acesso livre!
Scopus CWTS Journal Indicators
Acesso via: Acesso livre!
Scopus
Journal Metrics :
SNIP, SJR e IPP
Acesso via: Acesso livre!
Indicadores
não normalizados
por área:
valores obtidos
para publicações
de áreas diversas
não podem ser
comparados!
Indicador
normalizado
por área:
comparação permitida!
 Oncologia
 Densidade dos artigos
 Idade das citações
 Matemática
 Densidade dos artigos
 Idade das citações
Periódico Área FI SJR SNIP
Ca-A Cancer Journal for
Clinicians
Oncologia 153,459 29,85 52,92
Journal of the American
Mathematical Society
Matemática 3,567 7,23 4,69
43x 4x 11x
Essa é uma diferença comparável segundo o CWTS
 Dificuldades relacionadas com o levantamento de dados
de citações a trabalhos individuais

 Facilidade de compreensão
 “Robustez” (pequena variação de um ano para outro)
 Rápida disponibilidade
Fonte: GLÄNZEL, W.; MOED, H. F. Journal impact measures in bibliometric research. Scientometrics,
v. 53, n.2, p.171-193, 2002.
 Dificuldades relacionadas com o levantamento de dados
de citações a trabalhos individuais

 Facilidade de compreensão
 “Robustez” (pequena variação de um ano para outro)
 Rápida disponibilidade
Tópico polêmico: O Fator de Impacto realmente
revela algo sobre o impacto dos artigos?
SILVA, Mauricio Rocha e. E. As certezas e incertezas do Fator de Impacto. Como o periódico Clinics se move nos meandros das
citações. In: Seminário de Avaliação do Desempenho dos Periódicos Brasileiros no JCR. São Paulo, 2011.
A
Plataforma
Lattes é um
exemplo
 Divide-se o número de citações recebidas por um dado autor
pelo número de artigos que ele publicou
 Sabidamente é um índice que não funciona, o tamanho da
amostragem dos dados não é suficiente para eliminar possíveis
distorções
Relação entre o número de trabalhos que o pesquisador
publica e o número de citações que recebe
1 fórmula, várias fontes de dados
h é o número de artigos publicados por um
pesquisador que obtenham um total de
citações igual ou superior a h
Fonte: HIRSCH, J.E. An index to quantify an individual's scientific research output. Proceedings of the National
Academy of Sciences of the United States of America, v. 102, n.46, p. 16569-16572, Nov. 2005.
Stephen Hawking, autor de
"Uma Breve História do
Tempo": seu h é 74, ou seja,
ele já publicou 74 trabalhos
que receberam pelo menos
74 citações.
índice H calculado na
EXEMPLO DE ÍNDICE H:
STEPHEN HAWKING
Stephen Hawking, autor de
"Uma Breve História do
Tempo": seu h é 74, ou seja,
ele já publicou 74 trabalhos
que receberam pelo menos
74 citações.
LEYDESDORFF, L. How are New Citation-Based Journal Indicators Adding to the Bibliometric Toolbox? Journal of the
American Society for Information Science and Technology, v. 60, n. 7, p. 1327-1336, July 2009.
Impacto
Produção
LEYDESDORFF, L. How are New Citation-Based Journal Indicators Adding to the Bibliometric Toolbox? Journal of the
American Society for Information Science and Technology, v. 60, n. 7, p. 1327-1336, July 2009.
Sim!
Impacto nas redes sociais de um artigo
IMPACTO NAS REDES SOCIAIS:
INDICADOR COMPARÁVEL AOS
DEMAIS ?
O Donut da Altmetric é o indicador mais popular!
Recuperação e visibilidade da produção científica: ferramentas e indicadores

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Indicadores da producao cientifica: fator de impacto e indice-h (2009)
Indicadores da producao cientifica: fator de impacto e indice-h (2009)Indicadores da producao cientifica: fator de impacto e indice-h (2009)
Indicadores da producao cientifica: fator de impacto e indice-h (2009)
Suelybcs .
 
Criterios para escolha de periodicos internacionais para publicacao
Criterios para escolha de periodicos internacionais para publicacaoCriterios para escolha de periodicos internacionais para publicacao
Criterios para escolha de periodicos internacionais para publicacao
Elisabeth Dudziak
 
Apresentacao Unesp
Apresentacao UnespApresentacao Unesp
O Fator de Impacto do ISI e a avaliação da produção científica : aspectos con...
O Fator de Impacto do ISI e a avaliação da produção científica : aspectos con...O Fator de Impacto do ISI e a avaliação da produção científica : aspectos con...
O Fator de Impacto do ISI e a avaliação da produção científica : aspectos con...
Leticia Strehl
 
indicadores de impacto e produtividade das publicações para a avaliação da at...
indicadores de impacto e produtividade das publicações para a avaliação da at...indicadores de impacto e produtividade das publicações para a avaliação da at...
indicadores de impacto e produtividade das publicações para a avaliação da at...
Leticia Strehl
 
Direito autoral e qualidade das publicações
Direito autoral e qualidade das publicaçõesDireito autoral e qualidade das publicações
Direito autoral e qualidade das publicações
Portal de Periódicos UFSC
 
Qualidade, recuperação, visibilidade e acesso à informação científica: concei...
Qualidade, recuperação, visibilidade e acesso à informação científica: concei...Qualidade, recuperação, visibilidade e acesso à informação científica: concei...
Qualidade, recuperação, visibilidade e acesso à informação científica: concei...
Leticia Strehl
 
Qualidade, recuperação, visibilidade e acesso à informação científica
Qualidade, recuperação, visibilidade e acesso à informação científicaQualidade, recuperação, visibilidade e acesso à informação científica
Qualidade, recuperação, visibilidade e acesso à informação científica
Biblioteca Central UFRGS
 
Qualidade, recuperação. visibilidade e acesso à informação científica: concei...
Qualidade, recuperação. visibilidade e acesso à informação científica: concei...Qualidade, recuperação. visibilidade e acesso à informação científica: concei...
Qualidade, recuperação. visibilidade e acesso à informação científica: concei...
Biblioteca Central UFRGS
 
Informação científica
Informação científicaInformação científica
Informação científica
Biblioteca Central UFRGS
 
Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica
BVS Rede de Informação e Conhecimento – SES/SP Centro de Documentação
 
Aula 1 Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 1 Curso de Comunicação e Redação Científica Aula 1 Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 1 Curso de Comunicação e Redação Científica
BVS Rede de Informação e Conhecimento – SES/SP Centro de Documentação
 
#2# wos workshop de doutoramento__27 e 28 novembro 2015
#2# wos workshop de doutoramento__27 e 28 novembro 2015#2# wos workshop de doutoramento__27 e 28 novembro 2015
#2# wos workshop de doutoramento__27 e 28 novembro 2015
Carlos Lopes
 
Aula 3 Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 3 Curso de Comunicação e Redação Científica Aula 3 Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 3 Curso de Comunicação e Redação Científica
BVS Rede de Informação e Conhecimento – SES/SP Centro de Documentação
 
Aula 4 - Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 4 - Curso de Comunicação e Redação Científica Aula 4 - Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 4 - Curso de Comunicação e Redação Científica
BVS Rede de Informação e Conhecimento – SES/SP Centro de Documentação
 
Fluxo de citações inter-nacional: fontes de informação para avaliação de impa...
Fluxo de citações inter-nacional: fontes de informação para avaliação de impa...Fluxo de citações inter-nacional: fontes de informação para avaliação de impa...
Fluxo de citações inter-nacional: fontes de informação para avaliação de impa...
VI EBBC - Encontro Brasileiro de Bibliometria e Cientometria
 
O Qualis CAPES e os indicadores baseados em publicações científicas: área Psi...
O Qualis CAPES e os indicadores baseados em publicações científicas: área Psi...O Qualis CAPES e os indicadores baseados em publicações científicas: área Psi...
O Qualis CAPES e os indicadores baseados em publicações científicas: área Psi...
Leticia Strehl
 
Aula 6 - O estudo e a avaliacao da producao cientifica: criterios e indicadores
Aula 6 - O estudo e a avaliacao da producao cientifica: criterios e indicadoresAula 6 - O estudo e a avaliacao da producao cientifica: criterios e indicadores
Aula 6 - O estudo e a avaliacao da producao cientifica: criterios e indicadores
Leticia Strehl
 
Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica
BVS Rede de Informação e Conhecimento – SES/SP Centro de Documentação
 
Recursos de apoio à investigação (UAlg)
Recursos de apoio à investigação (UAlg)Recursos de apoio à investigação (UAlg)
Recursos de apoio à investigação (UAlg)
Biblioteca da Universidade do Algarve
 

Mais procurados (20)

Indicadores da producao cientifica: fator de impacto e indice-h (2009)
Indicadores da producao cientifica: fator de impacto e indice-h (2009)Indicadores da producao cientifica: fator de impacto e indice-h (2009)
Indicadores da producao cientifica: fator de impacto e indice-h (2009)
 
Criterios para escolha de periodicos internacionais para publicacao
Criterios para escolha de periodicos internacionais para publicacaoCriterios para escolha de periodicos internacionais para publicacao
Criterios para escolha de periodicos internacionais para publicacao
 
Apresentacao Unesp
Apresentacao UnespApresentacao Unesp
Apresentacao Unesp
 
O Fator de Impacto do ISI e a avaliação da produção científica : aspectos con...
O Fator de Impacto do ISI e a avaliação da produção científica : aspectos con...O Fator de Impacto do ISI e a avaliação da produção científica : aspectos con...
O Fator de Impacto do ISI e a avaliação da produção científica : aspectos con...
 
indicadores de impacto e produtividade das publicações para a avaliação da at...
indicadores de impacto e produtividade das publicações para a avaliação da at...indicadores de impacto e produtividade das publicações para a avaliação da at...
indicadores de impacto e produtividade das publicações para a avaliação da at...
 
Direito autoral e qualidade das publicações
Direito autoral e qualidade das publicaçõesDireito autoral e qualidade das publicações
Direito autoral e qualidade das publicações
 
Qualidade, recuperação, visibilidade e acesso à informação científica: concei...
Qualidade, recuperação, visibilidade e acesso à informação científica: concei...Qualidade, recuperação, visibilidade e acesso à informação científica: concei...
Qualidade, recuperação, visibilidade e acesso à informação científica: concei...
 
Qualidade, recuperação, visibilidade e acesso à informação científica
Qualidade, recuperação, visibilidade e acesso à informação científicaQualidade, recuperação, visibilidade e acesso à informação científica
Qualidade, recuperação, visibilidade e acesso à informação científica
 
Qualidade, recuperação. visibilidade e acesso à informação científica: concei...
Qualidade, recuperação. visibilidade e acesso à informação científica: concei...Qualidade, recuperação. visibilidade e acesso à informação científica: concei...
Qualidade, recuperação. visibilidade e acesso à informação científica: concei...
 
Informação científica
Informação científicaInformação científica
Informação científica
 
Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica
 
Aula 1 Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 1 Curso de Comunicação e Redação Científica Aula 1 Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 1 Curso de Comunicação e Redação Científica
 
#2# wos workshop de doutoramento__27 e 28 novembro 2015
#2# wos workshop de doutoramento__27 e 28 novembro 2015#2# wos workshop de doutoramento__27 e 28 novembro 2015
#2# wos workshop de doutoramento__27 e 28 novembro 2015
 
Aula 3 Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 3 Curso de Comunicação e Redação Científica Aula 3 Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 3 Curso de Comunicação e Redação Científica
 
Aula 4 - Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 4 - Curso de Comunicação e Redação Científica Aula 4 - Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 4 - Curso de Comunicação e Redação Científica
 
Fluxo de citações inter-nacional: fontes de informação para avaliação de impa...
Fluxo de citações inter-nacional: fontes de informação para avaliação de impa...Fluxo de citações inter-nacional: fontes de informação para avaliação de impa...
Fluxo de citações inter-nacional: fontes de informação para avaliação de impa...
 
O Qualis CAPES e os indicadores baseados em publicações científicas: área Psi...
O Qualis CAPES e os indicadores baseados em publicações científicas: área Psi...O Qualis CAPES e os indicadores baseados em publicações científicas: área Psi...
O Qualis CAPES e os indicadores baseados em publicações científicas: área Psi...
 
Aula 6 - O estudo e a avaliacao da producao cientifica: criterios e indicadores
Aula 6 - O estudo e a avaliacao da producao cientifica: criterios e indicadoresAula 6 - O estudo e a avaliacao da producao cientifica: criterios e indicadores
Aula 6 - O estudo e a avaliacao da producao cientifica: criterios e indicadores
 
Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica
Aula 2 - Curso de Comunicação e Redação Científica
 
Recursos de apoio à investigação (UAlg)
Recursos de apoio à investigação (UAlg)Recursos de apoio à investigação (UAlg)
Recursos de apoio à investigação (UAlg)
 

Destaque

Revista SEPED
Revista SEPEDRevista SEPED
Scopus
ScopusScopus
Considerações preliminares sobre dados quantitativos de pesquisa
Considerações preliminares sobre dados quantitativos de pesquisaConsiderações preliminares sobre dados quantitativos de pesquisa
Considerações preliminares sobre dados quantitativos de pesquisa
Leticia Strehl
 
A corrida EUA-UE pela liderança em C&T: indicadores qualitativos e quantitativos
A corrida EUA-UE pela liderança em C&T:indicadores qualitativos e quantitativosA corrida EUA-UE pela liderança em C&T:indicadores qualitativos e quantitativos
A corrida EUA-UE pela liderança em C&T: indicadores qualitativos e quantitativos
Leticia Strehl
 
Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos (atua...
Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos (atua...Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos (atua...
Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos (atua...
Leticia Strehl
 
Web of Science Thomson
Web of Science ThomsonWeb of Science Thomson
Web of Science Thomson
Leticia Strehl
 
4 Desenvolvimento de coleções: seleção. 1
4 Desenvolvimento de coleções: seleção. 14 Desenvolvimento de coleções: seleção. 1
4 Desenvolvimento de coleções: seleção. 1
Leticia Strehl
 
Relação entre Algumas Características de Periódicos de Física e seus Fatores ...
Relação entre Algumas Características de Periódicos de Física e seus Fatores ...Relação entre Algumas Características de Periódicos de Física e seus Fatores ...
Relação entre Algumas Características de Periódicos de Física e seus Fatores ...
Leticia Strehl
 
Producao cientifica lsi
Producao cientifica lsiProducao cientifica lsi
Producao cientifica lsi
Elisabeth Dudziak
 
Pesquisa Bibliografica
Pesquisa BibliograficaPesquisa Bibliografica
Pesquisa Bibliografica
Leticia Strehl
 

Destaque (10)

Revista SEPED
Revista SEPEDRevista SEPED
Revista SEPED
 
Scopus
ScopusScopus
Scopus
 
Considerações preliminares sobre dados quantitativos de pesquisa
Considerações preliminares sobre dados quantitativos de pesquisaConsiderações preliminares sobre dados quantitativos de pesquisa
Considerações preliminares sobre dados quantitativos de pesquisa
 
A corrida EUA-UE pela liderança em C&T: indicadores qualitativos e quantitativos
A corrida EUA-UE pela liderança em C&T:indicadores qualitativos e quantitativosA corrida EUA-UE pela liderança em C&T:indicadores qualitativos e quantitativos
A corrida EUA-UE pela liderança em C&T: indicadores qualitativos e quantitativos
 
Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos (atua...
Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos (atua...Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos (atua...
Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos (atua...
 
Web of Science Thomson
Web of Science ThomsonWeb of Science Thomson
Web of Science Thomson
 
4 Desenvolvimento de coleções: seleção. 1
4 Desenvolvimento de coleções: seleção. 14 Desenvolvimento de coleções: seleção. 1
4 Desenvolvimento de coleções: seleção. 1
 
Relação entre Algumas Características de Periódicos de Física e seus Fatores ...
Relação entre Algumas Características de Periódicos de Física e seus Fatores ...Relação entre Algumas Características de Periódicos de Física e seus Fatores ...
Relação entre Algumas Características de Periódicos de Física e seus Fatores ...
 
Producao cientifica lsi
Producao cientifica lsiProducao cientifica lsi
Producao cientifica lsi
 
Pesquisa Bibliografica
Pesquisa BibliograficaPesquisa Bibliografica
Pesquisa Bibliografica
 

Semelhante a Recuperação e visibilidade da produção científica: ferramentas e indicadores

Web of science Tutorial
Web of science TutorialWeb of science Tutorial
Web of science Tutorial
Balbinorosa
 
Metodologia como escrever um artigo cientfico
Metodologia como escrever um artigo cientficoMetodologia como escrever um artigo cientfico
Metodologia como escrever um artigo cientfico
Professor Sérgio Duarte
 
Metodologia como escrever um artigo cientfico
Metodologia como escrever um artigo cientficoMetodologia como escrever um artigo cientfico
Metodologia como escrever um artigo cientfico
Professor Sérgio Duarte
 
Volpato como escrever um artigo cient -fico - academia pernambucana
Volpato   como escrever um artigo cient -fico - academia pernambucanaVolpato   como escrever um artigo cient -fico - academia pernambucana
Volpato como escrever um artigo cient -fico - academia pernambucana
Marines Bomfim
 
O pesquisador e sua produção científica 1: qualidade e indexação
O pesquisador e sua produção científica 1: qualidade e indexaçãoO pesquisador e sua produção científica 1: qualidade e indexação
O pesquisador e sua produção científica 1: qualidade e indexação
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
 
2a apresentação pb g5
2a apresentação pb g52a apresentação pb g5
2a apresentação pb g5
pekenit5a1991
 
Aula 1 - Cobertura e indexação das bases de dados
Aula 1 - Cobertura e indexação das bases de dadosAula 1 - Cobertura e indexação das bases de dados
Aula 1 - Cobertura e indexação das bases de dados
Leticia Strehl
 
Apresentação final pb g5
Apresentação final pb g5Apresentação final pb g5
Apresentação final pb g5
pekenit5a1991
 
Perfis de autor: visibilidade e avaliação da produção científica individual
Perfis de autor: visibilidade e avaliação da produção científica individualPerfis de autor: visibilidade e avaliação da produção científica individual
Perfis de autor: visibilidade e avaliação da produção científica individual
Leticia Strehl
 
4ª apresentação pb g5
4ª apresentação pb g54ª apresentação pb g5
4ª apresentação pb g5
pekenit5a1991
 
Scielo
ScieloScielo
O pesquisador e sua produção 2: indicadores de avaliação
O pesquisador e sua produção 2: indicadores de avaliaçãoO pesquisador e sua produção 2: indicadores de avaliação
O pesquisador e sua produção 2: indicadores de avaliação
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
 
4ª apresentação pb g5
4ª apresentação pb g54ª apresentação pb g5
4ª apresentação pb g5
pekenit5a1991
 
Índice h de autor na Web of Science
Índice h de autor na Web of ScienceÍndice h de autor na Web of Science
Índice h de autor na Web of Science
Biblioteca Central PUCRS
 
Avaliação da produção científica e visibilidade
Avaliação da produção científica e visibilidadeAvaliação da produção científica e visibilidade
Avaliação da produção científica e visibilidade
Susana Lopes
 
Invest cit met2013_2semestre
Invest cit met2013_2semestreInvest cit met2013_2semestre
Invest cit met2013_2semestre
Bibliotecas da Universidade de Aveiro
 
Semana investigacao: avaliação da produção científica e visibilidade
Semana investigacao: avaliação da produção científica e visibilidadeSemana investigacao: avaliação da produção científica e visibilidade
Semana investigacao: avaliação da produção científica e visibilidade
Susana Lopes
 
Aula fontes de informação
Aula  fontes de informaçãoAula  fontes de informação
Aula fontes de informação
Sistema de Bibliotecas da UEL
 
06 aspectos relevantes para metanálise e revisão sistemática
06  aspectos relevantes para metanálise e revisão sistemática06  aspectos relevantes para metanálise e revisão sistemática
06 aspectos relevantes para metanálise e revisão sistemática
gisa_legal
 
Fontes de informação na produção cientifica - Prof. Ma. Diana Vilas Boas Sout...
Fontes de informação na produção cientifica - Prof. Ma. Diana Vilas Boas Sout...Fontes de informação na produção cientifica - Prof. Ma. Diana Vilas Boas Sout...
Fontes de informação na produção cientifica - Prof. Ma. Diana Vilas Boas Sout...
Competências Digitais para Agricultura Familiar
 

Semelhante a Recuperação e visibilidade da produção científica: ferramentas e indicadores (20)

Web of science Tutorial
Web of science TutorialWeb of science Tutorial
Web of science Tutorial
 
Metodologia como escrever um artigo cientfico
Metodologia como escrever um artigo cientficoMetodologia como escrever um artigo cientfico
Metodologia como escrever um artigo cientfico
 
Metodologia como escrever um artigo cientfico
Metodologia como escrever um artigo cientficoMetodologia como escrever um artigo cientfico
Metodologia como escrever um artigo cientfico
 
Volpato como escrever um artigo cient -fico - academia pernambucana
Volpato   como escrever um artigo cient -fico - academia pernambucanaVolpato   como escrever um artigo cient -fico - academia pernambucana
Volpato como escrever um artigo cient -fico - academia pernambucana
 
O pesquisador e sua produção científica 1: qualidade e indexação
O pesquisador e sua produção científica 1: qualidade e indexaçãoO pesquisador e sua produção científica 1: qualidade e indexação
O pesquisador e sua produção científica 1: qualidade e indexação
 
2a apresentação pb g5
2a apresentação pb g52a apresentação pb g5
2a apresentação pb g5
 
Aula 1 - Cobertura e indexação das bases de dados
Aula 1 - Cobertura e indexação das bases de dadosAula 1 - Cobertura e indexação das bases de dados
Aula 1 - Cobertura e indexação das bases de dados
 
Apresentação final pb g5
Apresentação final pb g5Apresentação final pb g5
Apresentação final pb g5
 
Perfis de autor: visibilidade e avaliação da produção científica individual
Perfis de autor: visibilidade e avaliação da produção científica individualPerfis de autor: visibilidade e avaliação da produção científica individual
Perfis de autor: visibilidade e avaliação da produção científica individual
 
4ª apresentação pb g5
4ª apresentação pb g54ª apresentação pb g5
4ª apresentação pb g5
 
Scielo
ScieloScielo
Scielo
 
O pesquisador e sua produção 2: indicadores de avaliação
O pesquisador e sua produção 2: indicadores de avaliaçãoO pesquisador e sua produção 2: indicadores de avaliação
O pesquisador e sua produção 2: indicadores de avaliação
 
4ª apresentação pb g5
4ª apresentação pb g54ª apresentação pb g5
4ª apresentação pb g5
 
Índice h de autor na Web of Science
Índice h de autor na Web of ScienceÍndice h de autor na Web of Science
Índice h de autor na Web of Science
 
Avaliação da produção científica e visibilidade
Avaliação da produção científica e visibilidadeAvaliação da produção científica e visibilidade
Avaliação da produção científica e visibilidade
 
Invest cit met2013_2semestre
Invest cit met2013_2semestreInvest cit met2013_2semestre
Invest cit met2013_2semestre
 
Semana investigacao: avaliação da produção científica e visibilidade
Semana investigacao: avaliação da produção científica e visibilidadeSemana investigacao: avaliação da produção científica e visibilidade
Semana investigacao: avaliação da produção científica e visibilidade
 
Aula fontes de informação
Aula  fontes de informaçãoAula  fontes de informação
Aula fontes de informação
 
06 aspectos relevantes para metanálise e revisão sistemática
06  aspectos relevantes para metanálise e revisão sistemática06  aspectos relevantes para metanálise e revisão sistemática
06 aspectos relevantes para metanálise e revisão sistemática
 
Fontes de informação na produção cientifica - Prof. Ma. Diana Vilas Boas Sout...
Fontes de informação na produção cientifica - Prof. Ma. Diana Vilas Boas Sout...Fontes de informação na produção cientifica - Prof. Ma. Diana Vilas Boas Sout...
Fontes de informação na produção cientifica - Prof. Ma. Diana Vilas Boas Sout...
 

Mais de Leticia Strehl

Do Lume ao Super 8: a contribuição das bibliotecas para a cultura e a infraes...
Do Lume ao Super 8: a contribuição das bibliotecas para a cultura e a infraes...Do Lume ao Super 8: a contribuição das bibliotecas para a cultura e a infraes...
Do Lume ao Super 8: a contribuição das bibliotecas para a cultura e a infraes...
Leticia Strehl
 
A gestão do conhecimento para a construção de saberes em um mega sistema de b...
A gestão do conhecimento para a construção de saberes em um mega sistema de b...A gestão do conhecimento para a construção de saberes em um mega sistema de b...
A gestão do conhecimento para a construção de saberes em um mega sistema de b...
Leticia Strehl
 
O uso de e-books em uma grande comunidade universitária: hábitos de leitura, ...
O uso de e-books em uma grande comunidade universitária: hábitos de leitura, ...O uso de e-books em uma grande comunidade universitária: hábitos de leitura, ...
O uso de e-books em uma grande comunidade universitária: hábitos de leitura, ...
Leticia Strehl
 
Fólio: o futuro das bibliotecas é aberto: uma visão pessoal
Fólio: o futuro das bibliotecas é aberto: uma visão pessoalFólio: o futuro das bibliotecas é aberto: uma visão pessoal
Fólio: o futuro das bibliotecas é aberto: uma visão pessoal
Leticia Strehl
 
Futuro da Publicação científica
Futuro da Publicação científicaFuturo da Publicação científica
Futuro da Publicação científica
Leticia Strehl
 
IIMPOSTURAS INTELECTUAIS : resumo das principais discussões
IIMPOSTURAS INTELECTUAIS : resumo das principais discussõesIIMPOSTURAS INTELECTUAIS : resumo das principais discussões
IIMPOSTURAS INTELECTUAIS : resumo das principais discussões
Leticia Strehl
 
TEORIA DAS MÚLTIPLAS INTELIGÊNCIAS DE HOWARD GARDNER: BREVE RESENHA E REFLEXÕ...
TEORIA DAS MÚLTIPLAS INTELIGÊNCIAS DE HOWARD GARDNER: BREVE RESENHA E REFLEXÕ...TEORIA DAS MÚLTIPLAS INTELIGÊNCIAS DE HOWARD GARDNER: BREVE RESENHA E REFLEXÕ...
TEORIA DAS MÚLTIPLAS INTELIGÊNCIAS DE HOWARD GARDNER: BREVE RESENHA E REFLEXÕ...
Leticia Strehl
 
Produzir, comunicar e ser lido: bases de dados e rankings
Produzir, comunicar e ser lido:bases de dados e rankingsProduzir, comunicar e ser lido:bases de dados e rankings
Produzir, comunicar e ser lido: bases de dados e rankings
Leticia Strehl
 
Impasses da divulgação científica: publicar ou perecer
Impasses da divulgação científica: publicar ou perecerImpasses da divulgação científica: publicar ou perecer
Impasses da divulgação científica: publicar ou perecer
Leticia Strehl
 
Editorias e metrias alternativas: alguns desafios da publicação de contribuiç...
Editorias e metrias alternativas: alguns desafios da publicação de contribuiç...Editorias e metrias alternativas: alguns desafios da publicação de contribuiç...
Editorias e metrias alternativas: alguns desafios da publicação de contribuiç...
Leticia Strehl
 
Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos
Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricosFunções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos
Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos
Leticia Strehl
 
Pesquisa bibliografica: Engenharia
Pesquisa bibliografica: EngenhariaPesquisa bibliografica: Engenharia
Pesquisa bibliografica: Engenharia
Leticia Strehl
 
Proposta de inovação no ensino da seleção de material bibliográfico em biblio...
Proposta de inovação no ensino da seleção de material bibliográfico em biblio...Proposta de inovação no ensino da seleção de material bibliográfico em biblio...
Proposta de inovação no ensino da seleção de material bibliográfico em biblio...
Leticia Strehl
 
2 Gestão em unidades de informação: planejamento. 1
2 Gestão em unidades de informação: planejamento. 12 Gestão em unidades de informação: planejamento. 1
2 Gestão em unidades de informação: planejamento. 1
Leticia Strehl
 
1 Gestão em Unidades de informação: Introdução
1 Gestão em Unidades de informação: Introdução1 Gestão em Unidades de informação: Introdução
1 Gestão em Unidades de informação: Introdução
Leticia Strehl
 
7 Desenvolvimento de coleções: avaliação
7 Desenvolvimento de coleções: avaliação7 Desenvolvimento de coleções: avaliação
7 Desenvolvimento de coleções: avaliação
Leticia Strehl
 
6 Desenvolvimento de coleções: desbastamento
6 Desenvolvimento de coleções: desbastamento6 Desenvolvimento de coleções: desbastamento
6 Desenvolvimento de coleções: desbastamento
Leticia Strehl
 
5 Desenvolvimento de coleções: aquisicao
5 Desenvolvimento de coleções: aquisicao5 Desenvolvimento de coleções: aquisicao
5 Desenvolvimento de coleções: aquisicao
Leticia Strehl
 
3 Desenvolvimento de coleções: comunidade usuária
3 Desenvolvimento de coleções: comunidade usuária3 Desenvolvimento de coleções: comunidade usuária
3 Desenvolvimento de coleções: comunidade usuária
Leticia Strehl
 

Mais de Leticia Strehl (19)

Do Lume ao Super 8: a contribuição das bibliotecas para a cultura e a infraes...
Do Lume ao Super 8: a contribuição das bibliotecas para a cultura e a infraes...Do Lume ao Super 8: a contribuição das bibliotecas para a cultura e a infraes...
Do Lume ao Super 8: a contribuição das bibliotecas para a cultura e a infraes...
 
A gestão do conhecimento para a construção de saberes em um mega sistema de b...
A gestão do conhecimento para a construção de saberes em um mega sistema de b...A gestão do conhecimento para a construção de saberes em um mega sistema de b...
A gestão do conhecimento para a construção de saberes em um mega sistema de b...
 
O uso de e-books em uma grande comunidade universitária: hábitos de leitura, ...
O uso de e-books em uma grande comunidade universitária: hábitos de leitura, ...O uso de e-books em uma grande comunidade universitária: hábitos de leitura, ...
O uso de e-books em uma grande comunidade universitária: hábitos de leitura, ...
 
Fólio: o futuro das bibliotecas é aberto: uma visão pessoal
Fólio: o futuro das bibliotecas é aberto: uma visão pessoalFólio: o futuro das bibliotecas é aberto: uma visão pessoal
Fólio: o futuro das bibliotecas é aberto: uma visão pessoal
 
Futuro da Publicação científica
Futuro da Publicação científicaFuturo da Publicação científica
Futuro da Publicação científica
 
IIMPOSTURAS INTELECTUAIS : resumo das principais discussões
IIMPOSTURAS INTELECTUAIS : resumo das principais discussõesIIMPOSTURAS INTELECTUAIS : resumo das principais discussões
IIMPOSTURAS INTELECTUAIS : resumo das principais discussões
 
TEORIA DAS MÚLTIPLAS INTELIGÊNCIAS DE HOWARD GARDNER: BREVE RESENHA E REFLEXÕ...
TEORIA DAS MÚLTIPLAS INTELIGÊNCIAS DE HOWARD GARDNER: BREVE RESENHA E REFLEXÕ...TEORIA DAS MÚLTIPLAS INTELIGÊNCIAS DE HOWARD GARDNER: BREVE RESENHA E REFLEXÕ...
TEORIA DAS MÚLTIPLAS INTELIGÊNCIAS DE HOWARD GARDNER: BREVE RESENHA E REFLEXÕ...
 
Produzir, comunicar e ser lido: bases de dados e rankings
Produzir, comunicar e ser lido:bases de dados e rankingsProduzir, comunicar e ser lido:bases de dados e rankings
Produzir, comunicar e ser lido: bases de dados e rankings
 
Impasses da divulgação científica: publicar ou perecer
Impasses da divulgação científica: publicar ou perecerImpasses da divulgação científica: publicar ou perecer
Impasses da divulgação científica: publicar ou perecer
 
Editorias e metrias alternativas: alguns desafios da publicação de contribuiç...
Editorias e metrias alternativas: alguns desafios da publicação de contribuiç...Editorias e metrias alternativas: alguns desafios da publicação de contribuiç...
Editorias e metrias alternativas: alguns desafios da publicação de contribuiç...
 
Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos
Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricosFunções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos
Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos
 
Pesquisa bibliografica: Engenharia
Pesquisa bibliografica: EngenhariaPesquisa bibliografica: Engenharia
Pesquisa bibliografica: Engenharia
 
Proposta de inovação no ensino da seleção de material bibliográfico em biblio...
Proposta de inovação no ensino da seleção de material bibliográfico em biblio...Proposta de inovação no ensino da seleção de material bibliográfico em biblio...
Proposta de inovação no ensino da seleção de material bibliográfico em biblio...
 
2 Gestão em unidades de informação: planejamento. 1
2 Gestão em unidades de informação: planejamento. 12 Gestão em unidades de informação: planejamento. 1
2 Gestão em unidades de informação: planejamento. 1
 
1 Gestão em Unidades de informação: Introdução
1 Gestão em Unidades de informação: Introdução1 Gestão em Unidades de informação: Introdução
1 Gestão em Unidades de informação: Introdução
 
7 Desenvolvimento de coleções: avaliação
7 Desenvolvimento de coleções: avaliação7 Desenvolvimento de coleções: avaliação
7 Desenvolvimento de coleções: avaliação
 
6 Desenvolvimento de coleções: desbastamento
6 Desenvolvimento de coleções: desbastamento6 Desenvolvimento de coleções: desbastamento
6 Desenvolvimento de coleções: desbastamento
 
5 Desenvolvimento de coleções: aquisicao
5 Desenvolvimento de coleções: aquisicao5 Desenvolvimento de coleções: aquisicao
5 Desenvolvimento de coleções: aquisicao
 
3 Desenvolvimento de coleções: comunidade usuária
3 Desenvolvimento de coleções: comunidade usuária3 Desenvolvimento de coleções: comunidade usuária
3 Desenvolvimento de coleções: comunidade usuária
 

Último

Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
WelberMerlinCardoso
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 

Último (20)

Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 

Recuperação e visibilidade da produção científica: ferramentas e indicadores

  • 1. Letícia Strehl Disciplina “Fonte de informação especializada” Set. 2015
  • 2.  Ferramentas de recuperação da informação científica: o exemplo da Web of Science  Cobertura das bases de dados  Recursos de indexação  Indicadores  De impacto de periódicos  Fator de impacto, SJR, SNIP  De produção e impacto de autores  Índice H  De impacto de artigos em redes sociais  Altmetrias
  • 3.
  • 4.  Cobertura  Critério de seleção  Seletivo  Exaustivo  Abrangência temática  Multidisciplinar  Especializada  Recursos de indexação  Referências  Terminologia por controle de vocabulário
  • 5.  Adoção de terminologia semelhante  Citação de referências comuns
  • 7.
  • 8.
  • 9.  Têm a função de recuperação da informação;  Mostram o que foi publicado sobre determinado assunto;  Listam documentos citados em outras fontes;  São publicações periódicas;  São designadas no meio bibliotecário como obras de referência; Slide Profa. Jussara Pereira Santos
  • 10.  Permitem identificar quem citou quem formando uma cadeia infinita fontes citadas;  Permitem observar o impacto que determinado trabalho teve na literatura científica (estudos bibliométricos);  Evidenciam o status do cientista. Slide Profa. Jussara Pereira Santos
  • 11.  1860 - A Table of Cases in California ...(Henry J. Labatt)  1872 - A Table of Cases Affirmed, Reversed or Cited in Any of the volumes of tehe Reports of the State of New York (William Wait)  1873 - Shepard´s Citations (Frank Shepard): compilação das citações dos casos da Corte do Tribunal Superior Americano. Slide Profa. Jussara Pereira Santos
  • 12. o grande marco do desenvolvimentos dos índices de citações foi a publicação do
  • 13.  Participação de Eugene Garfield no Projeto John Hopkins University Medical Indexing (início da década de 50)  Uso das citações bibliográficas como recurso para representar os assuntos dos documentos por meio de procedimentos completamente automáticos Depois desligar-se do Projeto e aproveitando a experiência adquirida, Garfield:  Fundou, em 1958, o Institute for Scientific Information (ISI)  Publicou, em 1963, a primeira edição do SCI Fonte: CRONIN, B. ; ATKINS, H.B. Introduction : the scholar’s spoor. In: CRONIN, B. ; ATKINS, H.B. (Eds.). The web of knowledge : a festschrift in honor of Eugene Garfield. Medford: Information Today, 2000. (ASIS monograph series). YANCEY, R. Fifty years of citation indexing and analysis. KnowledgeLink, Sept. 2005.
  • 14. Tão logo o método de indexação de citações se mostrara eficiente como mecanismo de associação temática dos artigos, vislumbrou-se a possibilidade de uso do recurso para análise de desenvolvimento e impacto das diversas áreas do saber.
  • 15. Trabalhos semelhantes apresentam referências comuns; Publicações importantes são freqüentemente citadas.
  • 16.  Ampliação temática dos índices de citações:  Social Sciences Citation Index  Arts and Humanities Citation Index  SciELO Citation Index  Publicação de novas fontes:  Journal Citation Reports   Derwent World Patents Index  InCites  Criação de interfaces  Web of Science Todas estas bases oferecem como principal informação a indexação das citações Mais informações sobre os produtos do ISI estão disponíveis em: http://scientific.thomson.com/products/
  • 17. Interface de pesquisa única criada pelo ISI em 1997 para realização de buscas on-line nos 3 índices de citações: Fonte: OXLEY, Harriet. Spins a Web of Science. Database, p. 37-40, Apr./May 1998.
  • 19. Funções Pesquisas biblioGRÁFICAS Pesquisas biblioMÉTRICAS (produtividade e impacto) Recursos: Busca Geral (general search) Busca por Referências (cited reference search)
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23. [Mesmo com as vantagens das bases de dados], “você ainda precisará desenvolver uma estratégia e adquir habilidade de busca para que, na medida do possível, consiga identificar apenas aqueles itens que estão diretamente relacionados ao assunto que lhe interessa, eliminando os milhares que não estão” BELL, J. Projeto de pesquisa : guia para pesquisadores iniciantes em educação, saúde e ciências sociais. Porto Alegre: Artmed, 2008. p. 71
  • 24. Operadores booleanos (AND, OR, NOT e SAME) Truncagem (* ? $) Buscas por frases “ “
  • 25. Ordenação de registros Refinamento de resultados Salvamento de registros
  • 26. Referências citadas (References) Citações recebidas (Cited by) Registros relacionados (Related records): identificação de outros artigos de acordo com o número de referências compartilhadas
  • 27.
  • 28. Recursos disponíveis para usuários registrados Tipos de alerta: Novos resultados relacionados a uma expressão de busca Novas citações feitas a um dado trabalho Métodos de alerta: Envio de e-mail Atualização de RSS Feed
  • 29.
  • 30. Recuperação de artigos que citaram um trabalho ou autor de interesse, mesmo que a citação tenha sido feita de forma incorreta ou que o material não seja indexado na WoS
  • 31.
  • 32.
  • 33. Indicadores bibliométricos de: Produtividade Impacto Recursos para obtenção de estatísticas Análise de resultados (Analyze results) Relatórios de citação (Citation reports) Análises simples e univariadas
  • 34. Quantas publicações foram produzidas por um determinado autor ou instituição? Quantas publicações foram produzidas sobre determinado assunto? Produção A “análise de resultados” da WoS
  • 35. Autor País/território Tipo de documento Instituição Ano de publicação Periódico Área Etc... Produção
  • 36. Avaliação por Pares: qualidade da produção científica Análise de Citações: NÃO usar o termo qualidade, mas impacto Quantas citações foram feitas a determinado autor, instituição ou tema? Impacto ImpactoO “relatório de citações” da WoS
  • 37.  Número total de artigos  Número total de citações  Artigos citantes  Artigos citantes que não constituem auto-citação  Número médio de citações por artigo  Índice H Produção Produção Produção Impacto Impacto Impacto
  • 38.
  • 39.
  • 40.  Indicadores bibliométricos  De impacto (número de citações por artigo): Fator de Impacto, SJR, SNIP  De produtividade e impacto: Índice H  Indicadores webométricos  Número de acessos e downloads  Altmetrias (impacto nas redes sociais) Periódico Autores Artigos Todavia, todos esses indicadores criados, originalmente, para medir padrões de comunicação científica nos níveis acima destacados, são aplicáveis em diferentes contextos: países, instituições, departamentos, áreas, PPGs, etc.
  • 41. Média de citações por artigo de um periódico: fórmulas variadas, cada qual com sua fonte de dados FI, SJR e SNIP
  • 42. SCI E SSCI NA WEB OF SCIENCE JOURNAL CITATION REPORTS Acesso via:Acesso via:
  • 43. Scopus Scimago Acesso via: Acesso livre!
  • 44. Scopus CWTS Journal Indicators Acesso via: Acesso livre!
  • 45. Scopus Journal Metrics : SNIP, SJR e IPP Acesso via: Acesso livre!
  • 46. Indicadores não normalizados por área: valores obtidos para publicações de áreas diversas não podem ser comparados! Indicador normalizado por área: comparação permitida!
  • 47.  Oncologia  Densidade dos artigos  Idade das citações  Matemática  Densidade dos artigos  Idade das citações
  • 48. Periódico Área FI SJR SNIP Ca-A Cancer Journal for Clinicians Oncologia 153,459 29,85 52,92 Journal of the American Mathematical Society Matemática 3,567 7,23 4,69 43x 4x 11x Essa é uma diferença comparável segundo o CWTS
  • 49.  Dificuldades relacionadas com o levantamento de dados de citações a trabalhos individuais   Facilidade de compreensão  “Robustez” (pequena variação de um ano para outro)  Rápida disponibilidade Fonte: GLÄNZEL, W.; MOED, H. F. Journal impact measures in bibliometric research. Scientometrics, v. 53, n.2, p.171-193, 2002.
  • 50.  Dificuldades relacionadas com o levantamento de dados de citações a trabalhos individuais   Facilidade de compreensão  “Robustez” (pequena variação de um ano para outro)  Rápida disponibilidade Tópico polêmico: O Fator de Impacto realmente revela algo sobre o impacto dos artigos? SILVA, Mauricio Rocha e. E. As certezas e incertezas do Fator de Impacto. Como o periódico Clinics se move nos meandros das citações. In: Seminário de Avaliação do Desempenho dos Periódicos Brasileiros no JCR. São Paulo, 2011.
  • 52.  Divide-se o número de citações recebidas por um dado autor pelo número de artigos que ele publicou  Sabidamente é um índice que não funciona, o tamanho da amostragem dos dados não é suficiente para eliminar possíveis distorções
  • 53. Relação entre o número de trabalhos que o pesquisador publica e o número de citações que recebe 1 fórmula, várias fontes de dados
  • 54. h é o número de artigos publicados por um pesquisador que obtenham um total de citações igual ou superior a h Fonte: HIRSCH, J.E. An index to quantify an individual's scientific research output. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America, v. 102, n.46, p. 16569-16572, Nov. 2005.
  • 55. Stephen Hawking, autor de "Uma Breve História do Tempo": seu h é 74, ou seja, ele já publicou 74 trabalhos que receberam pelo menos 74 citações. índice H calculado na
  • 56. EXEMPLO DE ÍNDICE H: STEPHEN HAWKING Stephen Hawking, autor de "Uma Breve História do Tempo": seu h é 74, ou seja, ele já publicou 74 trabalhos que receberam pelo menos 74 citações.
  • 57.
  • 58.
  • 59. LEYDESDORFF, L. How are New Citation-Based Journal Indicators Adding to the Bibliometric Toolbox? Journal of the American Society for Information Science and Technology, v. 60, n. 7, p. 1327-1336, July 2009. Impacto Produção
  • 60. LEYDESDORFF, L. How are New Citation-Based Journal Indicators Adding to the Bibliometric Toolbox? Journal of the American Society for Information Science and Technology, v. 60, n. 7, p. 1327-1336, July 2009. Sim!
  • 61. Impacto nas redes sociais de um artigo
  • 62. IMPACTO NAS REDES SOCIAIS: INDICADOR COMPARÁVEL AOS DEMAIS ? O Donut da Altmetric é o indicador mais popular!