Aula 7 - Índice H e Scimago Journal Rank

2.678 visualizações

Publicada em

0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.678
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
476
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
96
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 7 - Índice H e Scimago Journal Rank

  1. 1. Aula 7<br />Disciplina: Recuperação da Informação <br />Letícia Strehl<br />30 abr. 2009<br />
  2. 2. Conteúdos da Aula 7<br />O estudo e avaliação da produção científica: critérios e indicadores<br />Índice H<br />ScimagoJournalRank<br />
  3. 3. Indicadores de impacto e produtividade do periódicos na Scopus<br />
  4. 4. Analytics: indicadores de impacto e produtividade do periódicos<br />
  5. 5. Corruptela do FI do periódico:o FI do autor<br />Divide-se o número de citações recebidas por um dado autor pelo número de artigos que ele publicou<br />Sabidamente é um índice que não funciona, o tamanho da amostragem dos dados não é suficiente para eliminar possíveis distorções<br />
  6. 6. Índice H<br />
  7. 7. Surgimento do Índice H<br />Indicador de produtividade e impacto de um cientista<br />
  8. 8. O que é o índice H<br />Definição: h é o número de artigos publicados por um pesquisador que obtenham um total de citações igual ou superior a h<br />HIRSCH, J.E.Anindex to quantifyanindividual&apos;sscientificresearch output. ProceedingsoftheNationalAcademyofSciencesoftheUnited States of America, v. 102, n.46, p. 16569-16572, Nov. 2005. <br />
  9. 9. Exemplo de índice H: Stephen Hawking<br />Stephen Hawking, autor de &quot;Uma Breve História do Tempo&quot;: seu h é 62, ou seja, ele já publicou 62 trabalhos que receberam pelo menos 62 citações.<br />
  10. 10. Usando a Web ofScience, a Scopus e o Google Acadêmico para calcular o Índice H<br />
  11. 11. O índice H calculado com a Web of Science<br />
  12. 12. Para visualizar como é obtido o índice H<br />Os artigos de um autor são ordenados de modo decrescente por número de citações, quando o número de artigos coincidir com o número de citações obtem-se o índice H <br />
  13. 13. A influência das inconsistências das referências bibliográficas no cálculo do índice H de um pesquisador:<br />Possibilidade de checagem com a busca por referências da WoS<br />
  14. 14. Busca por Referências Citadas<br />
  15. 15. Campos de pesquisa<br />Autor citado (cited author)<br />Trabalho citado (cited work)<br />Anos citados (cited year)<br />
  16. 16. Comparação com os resultados obtidos a partir da “Busca geral”<br />Vantagens:<br />Geralmente, inclui um número maior de citações <br />Contempla itens não indexados na Wos<br />Desvantagem:<br />Considera como sendo artigos diferentes referências citadas de modo incorreto<br />
  17. 17. Exemplo Sabarreto FC<br />Estas diferenças não comprometem o cálculo do índice H?<br />
  18. 18. Researcher ID: para facilitar o acesso às informações sobre um pesquisador (1)<br />
  19. 19. Researcher ID: para facilitar o acesso às informações sobre um pesquisador (2)<br />
  20. 20. O índice H da Scopus (1)<br />
  21. 21. O índice H da Scopus (2)<br />
  22. 22. O índice H do Google Acadêmico com o aplicativo “Publish or Perish” (1)<br />
  23. 23. O índice H do Google Acadêmico com o aplicativo “Publish or Perish” (2)<br />Cobertura extensa, mas indenfinida<br />Problemas de recuperação dos registros:<br />inconsistência dos dados<br />qualidade dos metadados <br />
  24. 24. Dificuldades do Índice H para comparação de desempenho dos cientistas<br />Padrões de citação distintos verificados nas diversas áreas<br />Artigos escritos em co-autoria<br />Influência do tempo de atividade do pesquisador<br />
  25. 25. Outros indicadores de impacto<br />
  26. 26. Indicadores de impacto e produtividade do periódicos com dados da Scopus no Scimago<br />
  27. 27. Novos indicadores para periódicos e países do Portal Scimago (dados da Scopus)<br />http://www.scimagojr.com/<br />
  28. 28.
  29. 29. O que faz e o que não faz a cientometria<br />La ciencimetría puede ser usada para desarrollar herramientas orientadas a la evaluación de la investigación, pero no puede evaluar los resultados de investigación<br />La ciencimetría no tiene por objeto reemplazar métodos cualitativos por cuantitativos<br />Por tanto, la ciencimetría no pretende sustituir o corregir los procesos de evaluación por expertos (peer review) por métodos cuantitativos, en todo caso complementarlos<br />Moya Anegón, Felix de. Análisis bibliométrico de los resultados de investigación en ciencias sociales y humanidades: limitaciones y oportunidades. Apresentação realizada no &quot;Seminário de Comunicação Científica, São Paulo, 13 de junho de 2008&quot;.<br />
  30. 30. Fim<br />

×