SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 43
Funções e disfunções das bases de
dados em levantamentos
bibliométricos
Letícia Strehl
Sumário
• Bases de dados e levantamentos bibliométricos
– Componentes das bases de dados:
•
•
•
•

cobertura
indexação
busca
resultado

– A produção e o impacto como dado:
• autores
• instituições
• referências
Componentes das bases de dados
1. Cobertura: o conjunto de registros ou
documentos (conjunto de documentos)
2. Indexação: o método de indexação ou acesso
ao conjunto de documentos (método de
acesso)
3. Busca: a verbalização desta necessidade em
uma seqüência de expressões de busca
(estratégia de busca)
Três do 6 componentes enumerados por: TAGUE-SUTCLIFFE, J. M. Em: Some perspectives on the evaluation of
information retrieval systems. Journal of the American Society for Information Science , v. 47, n. 1, p. 1-3, 1996.
Requisitos das bases de dados para estudos
de produção e impacto
• Indexação de:
– uma quantidade representativa de documentos
(cobertura);
– identificação consiste de
autores, assuntos, instituições e referências citadas
nas publicações.
Atualmente, as principais bases de dados para o
cumprimento desta finalidade são a Web of Science
(WoS), a Scopus e o Google Acadêmico (GA)
Componente das bases de dados (1)

COBERTURA
Definição da cobertura
• Identificação:
– da produção ONDE
– do impacto DO que NO que
Cobertura:
O conjunto de registros ou documentos
– Número de registros:
• Total
• Por tipo de documento (artigos de revistas, trabalhos
em eventos, teses, livros, etc.)
• Por idioma
• Por país responsável pela publicação das fontes

– Período de cobertura das fontes
– Periodicidade de atualização

Adaptado de: JACSO, P. Content evaluation of databases. Annual Review of Information Science and
Technology, v. 32, p. 231-267, 1997.
Análise quantitativa da composição de
bases de dados: um exemplo
Periódicos arbitrados
≈30 mil

Scopus
≈18 mil

Web os Science

≈10 mil

Bustos-González, Atilio. Edición de revistas científicas con visibilidad ficas internacional: criterios para ser incluidos en bases de datos comprensivas.
Apresentação realizada no "Seminário de Comunicação Científica, São Paulo, 13 de junho de 2008".
ELSEVIER. About Scopus. 2011.
THOMSON REUTERS. Web of Science. 2011.
A importância da cobertura
retrospectiva

WoS:
1945, 1956- e
1975-Scopus:
1996
-GA
?????

LARIVIERE, V.; ARCHAMBAULT, E.; GINGRAS, Y. Long-term patterns in the aging of the scientific literature, 1900–2004. 2007.
Trabalho apresentado no 11th International Conference on Scientometrics and Informetrics, 2007, Madrid.
O Índice H como uma prova do impacto da
cobertura da base no resultado bibliométrico
Índice H:
– relação entre o número de trabalhos que o pesquisador publica e o número de
citações que recebe
– 1 fórmula, várias fontes de dados

Índice H:
Scopus= 23
Google Scholar= 103
Web of Science=74
Os dados e os indicadores:

Fator de impacto
SCI E SSCI NA WEB OF
SCIENCE

Acesso via:

JOURNAL CITATION
REPORTS

Acesso via:
Os dados e os indicadores
SJR
Scopus

Acesso via:

Scimago

Acesso livre!
Os dados e os indicadores
SNIP
Scopus

Acesso via:

CWTS Journal Indicators

Acesso livre!
A cobertura:
seletiva versus exaustiva
bom e ruim em ambas

O seletivo bom e o seletivo ruim
Produção em
periódicos que
adotam
criteriosa
avaliação por
pares

Destes, apena
s os que
tratam de
interesse
internacional
Todavia, a busca
retrospectiva
continua um
problema.
A competição instaurada em 2005 entre WoS e
Scopus alterou o quadro em 2009.
A cobertura:
seletiva versus exaustiva
bom e ruim em ambas

O exaustivo bom e o exaustivo ruim
Produção em
periódicos que
adotam
criteriosa
avaliação por
pares

Produção em
periódicos que
adotam
duvidosa
avaliação por
?
pares
da produção ONDE
do impacto DO que NO que
J Bohannon Science 2013;342:60-65
Componente das bases de dados (2)

INDEXAÇÃO
Indexação
• A forma de representação que dá acesso ao
conjunto de dados
• Recursos cada vez mais sofisticados

• Todavia, em regra, os dados tem a qualidade
limitada à própria informação dada pelos autores
A qualidade dos dados e a precisão das
informações dos próprios autores
Autor

Referência

Instituição
Soluções para autores:
identificadores digitais (1)

Variações do
nome do
autor

Ao invés disso, um
número:
0000-0001-9723-9576
Soluções para autores:
identificadores digitais (2)
Integrados com a
Soluções para instituições:
padronização pela Web of Science
Soluções para autores e instituições:
a contribuição do usuário da base Scopus

O usuário informa à base que os
diferentes registros identificam
um único autor ou instituição
A precisa identificação das referências:
situações agravantes
Disponibilidade dos artigos nos sites publishers antes da publicação

A identificação do DOI
nas referências é um
atenuante.

Disponibilidade dos manuscritos nos repositórios sem identificação dos dados de publicação
Ferramentas de RECUPERAÇÃO

Mais importantes

Exemplos
Um artigo, duas bases de dados:

Web of Science
Um artigo, duas bases de dados:

Pubmed
O controle de vocabulário como requisito
para análise da produção por temáticas
As inconsistências particulares do
Multiplicação de produção

1 em 4
Multiplicação de impacto

3 em 7
Autores?
• Autor fantasma: P Login ou seja Please Login (2.340 artigos)

• Autores perdidos

Problema aparentemente
resolvido!
A precisa identificação da produção:
recursos atenuantes
Perfil do pesquisador no GA:
o pesquisador reune as diferentes
versões que correspondem a uma
única produção
Algumas ressalvas para o uso do
Google Acadêmico
• Nem todos os periódicos importantes indexados
pelas bases de dados tradicionais estão
indexados pelo GA;
• as citação a documentos recentes são mais
comuns no GA uma vez que documentos mais
antigos estão disponíveis em menor quantidade
na Web;
• algumas áreas estão melhor representadas por
contarem tradicionalmente com repositórios
mais antigos e exaustivos, um exemplo é a física
como a pioneira base de pré-prints arXiv.org.
TODAS AS BASES POSSUEM
INCONSISTÊNCIAS!
TODO O LEVANTAMENTO
BIBLIOMÉTRICO EXIGE LIMPEZA DE
DADOS!
Todavia, para PeterJácso as inconsistências do
GA são tantas que inviabilizam por completo o
uso dos dados para cálculo de índices
bibliométricos
Mas, para a recuperação, o GA é uma excelente
ferramenta
As inconsistências no GA estão diminuindo!!!!!!!
Jacsó, P. Google Scholar's Ghost Authors. Library Journal. 2009.
Componente das bases de dados (3)

BUSCA
A busca
• Limitação do universo de documentos a ser
estudado por sua representação em
expressões de busca
• As inconsistências na indexação requerem a
realização de uma série buscas intermediárias
para contemplar todas as diferentes formas de
representação do objeto de estudo
Recursos das bases de dados para a
reunião de registros dispersos pelas
inconsistências
Depois de identificar “todas” as formas
possíveis de representação:
use e abuse dos operadores booleanos, de proximidade e truncagem:
o “help” das bases de dados será o seu único amigo
Um exemplo de expressão de busca
para recuperar a produção da UFRGS
OG=(Universidade Federal do Rio Grande do Sul) OR OO=(Univ Fed Rio
Grande Sul OR UFRGS OR Federal University Rio Grande do Sul OR Fed Univ
Rio Grande do Sul OR Fed Univ Rio Grande Sul OR Rio Grande do Sul Fed Univ
OR Rio Grande Sul Fed Univ OR Agron Univ Fed Rio Grande do Sul OR Fed
Univ RS OR Univ Fed Rio Grande do Sul OR Fdn Univ Fed Rio Grande Sul OR
URFGS OR UFGRS OR Univ Fed Rio Do Sul OR Fed Univ Rio Grande Sul UFRGS
OR Fdn Univ Fed Rio Grande Sul OR Fed Univ Hosp Rio Grande Sul OR Fed
Univ Rio Grande Sul State OR Fed Univ Fed Rio Grande Sul OR IF UFRGS) OR
AD=(Univ Fed Rio Grande Sul OR UFRGS OR Federal University Rio Grande do
Sul OR Fed Univ Rio Grande do Sul OR Fed Univ Rio Grande Sul OR Rio Grande
do Sul Fed Univ OR Rio Grande Sul Fed Univ OR Agron Univ Fed Rio Grande do
Sul OR Fed Univ RS OR Univ Fed Rio Grande do Sul OR Fdn Univ Fed Rio
Grande Sul OR URFGS OR UFGRS OR Univ Fed Rio Do Sul OR Fed Univ Rio
Grande Sul UFRGS OR Fdn Univ Fed Rio Grande Sul OR Fed Univ Hosp Rio
Grande Sul OR Fed Univ Rio Grande Sul State OR Fed Univ Fed Rio Grande Sul
OR IF UFRGS)
445 registros são não recuperados pelo campo padronizado
Muito obrigada!
leticia.strehl@ufrg.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

2a apresentação pb g5
2a apresentação pb g52a apresentação pb g5
2a apresentação pb g5
pekenit5a1991
 
Indicadores de produção e impacto da produção científica
Indicadores de produção e impacto da produção científicaIndicadores de produção e impacto da produção científica
Indicadores de produção e impacto da produção científica
Leticia Strehl
 

Mais procurados (20)

Como fazer pesquisa bibliográfica com os meios atuais
Como fazer pesquisa bibliográfica com os meios atuaisComo fazer pesquisa bibliográfica com os meios atuais
Como fazer pesquisa bibliográfica com os meios atuais
 
Biblioteca-te: pesquisa e localiza informação
Biblioteca-te: pesquisa e localiza informaçãoBiblioteca-te: pesquisa e localiza informação
Biblioteca-te: pesquisa e localiza informação
 
Pesquisa com scopus 2020
Pesquisa com scopus 2020Pesquisa com scopus 2020
Pesquisa com scopus 2020
 
ORCID: as suas publicações num único identificador
ORCID: as suas publicações num único identificadorORCID: as suas publicações num único identificador
ORCID: as suas publicações num único identificador
 
Financiamento acadêmico com Pivot
Financiamento acadêmico com PivotFinanciamento acadêmico com Pivot
Financiamento acadêmico com Pivot
 
Introdução a pesquisa bibliográfica
Introdução a pesquisa bibliográficaIntrodução a pesquisa bibliográfica
Introdução a pesquisa bibliográfica
 
Selecção fontes_inf2011
Selecção fontes_inf2011Selecção fontes_inf2011
Selecção fontes_inf2011
 
Compendex, ScienceDirect, Scopus e Mendeley
Compendex, ScienceDirect, Scopus e MendeleyCompendex, ScienceDirect, Scopus e Mendeley
Compendex, ScienceDirect, Scopus e Mendeley
 
Produzir, comunicar e ser lido: bases de dados e rankings
Produzir, comunicar e ser lido: bases de dados e rankingsProduzir, comunicar e ser lido: bases de dados e rankings
Produzir, comunicar e ser lido: bases de dados e rankings
 
ISI Web of Science - bases de dados de artigos científicos
ISI Web of Science - bases de dados de artigos científicosISI Web of Science - bases de dados de artigos científicos
ISI Web of Science - bases de dados de artigos científicos
 
2a apresentação pb g5
2a apresentação pb g52a apresentação pb g5
2a apresentação pb g5
 
O pesquisador e sua produção 2: indicadores de avaliação
O pesquisador e sua produção 2: indicadores de avaliaçãoO pesquisador e sua produção 2: indicadores de avaliação
O pesquisador e sua produção 2: indicadores de avaliação
 
Tendências e perspectivas de pesquisa sobre repositórios no Brasil: Uma análi...
Tendências e perspectivas de pesquisa sobre repositórios no Brasil: Uma análi...Tendências e perspectivas de pesquisa sobre repositórios no Brasil: Uma análi...
Tendências e perspectivas de pesquisa sobre repositórios no Brasil: Uma análi...
 
Curso de cienciometria. Aula 2, As bases de dados e a cienciometria
Curso de cienciometria. Aula 2, As bases de dados e a cienciometriaCurso de cienciometria. Aula 2, As bases de dados e a cienciometria
Curso de cienciometria. Aula 2, As bases de dados e a cienciometria
 
Bibliotecas ufrgs e sabi+
Bibliotecas ufrgs e sabi+Bibliotecas ufrgs e sabi+
Bibliotecas ufrgs e sabi+
 
Mendeley
MendeleyMendeley
Mendeley
 
Scopus Web of Science 2017
Scopus Web of Science 2017Scopus Web of Science 2017
Scopus Web of Science 2017
 
Indicadores de produção e impacto da produção científica
Indicadores de produção e impacto da produção científicaIndicadores de produção e impacto da produção científica
Indicadores de produção e impacto da produção científica
 
Pelos trilhos da informação
Pelos trilhos da informaçãoPelos trilhos da informação
Pelos trilhos da informação
 
Pesquisa no Portal Capes
Pesquisa no Portal Capes Pesquisa no Portal Capes
Pesquisa no Portal Capes
 

Destaque

A corrida EUA-UE pela liderança em C&T: indicadores qualitativos e quantitativos
A corrida EUA-UE pela liderança em C&T:indicadores qualitativos e quantitativosA corrida EUA-UE pela liderança em C&T:indicadores qualitativos e quantitativos
A corrida EUA-UE pela liderança em C&T: indicadores qualitativos e quantitativos
Leticia Strehl
 
Web of Science Thomson
Web of Science ThomsonWeb of Science Thomson
Web of Science Thomson
Leticia Strehl
 
Relação entre Algumas Características de Periódicos de Física e seus Fatores ...
Relação entre Algumas Características de Periódicos de Física e seus Fatores ...Relação entre Algumas Características de Periódicos de Física e seus Fatores ...
Relação entre Algumas Características de Periódicos de Física e seus Fatores ...
Leticia Strehl
 
4 Desenvolvimento de coleções: seleção. 1
4 Desenvolvimento de coleções: seleção. 14 Desenvolvimento de coleções: seleção. 1
4 Desenvolvimento de coleções: seleção. 1
Leticia Strehl
 
Considerações preliminares sobre dados quantitativos de pesquisa
Considerações preliminares sobre dados quantitativos de pesquisaConsiderações preliminares sobre dados quantitativos de pesquisa
Considerações preliminares sobre dados quantitativos de pesquisa
Leticia Strehl
 
Pesquisa Bibliografica
Pesquisa BibliograficaPesquisa Bibliografica
Pesquisa Bibliografica
Leticia Strehl
 

Destaque (12)

Curso de cienciometria. Aula 3, Os indicadores cienciométricos
Curso de cienciometria. Aula 3, Os indicadores cienciométricosCurso de cienciometria. Aula 3, Os indicadores cienciométricos
Curso de cienciometria. Aula 3, Os indicadores cienciométricos
 
A corrida EUA-UE pela liderança em C&T: indicadores qualitativos e quantitativos
A corrida EUA-UE pela liderança em C&T:indicadores qualitativos e quantitativosA corrida EUA-UE pela liderança em C&T:indicadores qualitativos e quantitativos
A corrida EUA-UE pela liderança em C&T: indicadores qualitativos e quantitativos
 
Web of Science Thomson
Web of Science ThomsonWeb of Science Thomson
Web of Science Thomson
 
Curso de Cienciometria. Aula 1, Os conceitos das metrias e os contextos da co...
Curso de Cienciometria. Aula 1, Os conceitos das metrias e os contextos da co...Curso de Cienciometria. Aula 1, Os conceitos das metrias e os contextos da co...
Curso de Cienciometria. Aula 1, Os conceitos das metrias e os contextos da co...
 
Relação entre Algumas Características de Periódicos de Física e seus Fatores ...
Relação entre Algumas Características de Periódicos de Física e seus Fatores ...Relação entre Algumas Características de Periódicos de Física e seus Fatores ...
Relação entre Algumas Características de Periódicos de Física e seus Fatores ...
 
4 Desenvolvimento de coleções: seleção. 1
4 Desenvolvimento de coleções: seleção. 14 Desenvolvimento de coleções: seleção. 1
4 Desenvolvimento de coleções: seleção. 1
 
Recuperação, visibilidade e qualidade da informação científica: conceitos, fe...
Recuperação, visibilidade e qualidade da informação científica: conceitos, fe...Recuperação, visibilidade e qualidade da informação científica: conceitos, fe...
Recuperação, visibilidade e qualidade da informação científica: conceitos, fe...
 
Considerações preliminares sobre dados quantitativos de pesquisa
Considerações preliminares sobre dados quantitativos de pesquisaConsiderações preliminares sobre dados quantitativos de pesquisa
Considerações preliminares sobre dados quantitativos de pesquisa
 
O Fator de Impacto do ISI e a avaliação da produção científica : aspectos con...
O Fator de Impacto do ISI e a avaliação da produção científica : aspectos con...O Fator de Impacto do ISI e a avaliação da produção científica : aspectos con...
O Fator de Impacto do ISI e a avaliação da produção científica : aspectos con...
 
Scopus
ScopusScopus
Scopus
 
Recuperação e visibilidade da produção científica: ferramentas e indicadores
Recuperação e visibilidade da produção científica: ferramentas e indicadoresRecuperação e visibilidade da produção científica: ferramentas e indicadores
Recuperação e visibilidade da produção científica: ferramentas e indicadores
 
Pesquisa Bibliografica
Pesquisa BibliograficaPesquisa Bibliografica
Pesquisa Bibliografica
 

Semelhante a Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos (atualização 2013)

Web of science Tutorial
Web of science TutorialWeb of science Tutorial
Web of science Tutorial
Balbinorosa
 
Indicadores bibliometricos com dados do JCR E Google Scholar
Indicadores bibliometricos com dados do JCR E Google ScholarIndicadores bibliometricos com dados do JCR E Google Scholar
Indicadores bibliometricos com dados do JCR E Google Scholar
Leticia Strehl
 
Publicação de artigos científicos em revistas indexadas
Publicação de artigos científicos em revistas indexadasPublicação de artigos científicos em revistas indexadas
Publicação de artigos científicos em revistas indexadas
Angela Pereira de Farias
 
Busca de Informação Científica - Profa. Rilva Muñoz
Busca de Informação Científica - Profa. Rilva MuñozBusca de Informação Científica - Profa. Rilva Muñoz
Busca de Informação Científica - Profa. Rilva Muñoz
Rilva Lopes de Sousa Muñoz
 
Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos
Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricosFunções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos
Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos
Leticia Strehl
 
indicadores de impacto e produtividade das publicações para a avaliação da at...
indicadores de impacto e produtividade das publicações para a avaliação da at...indicadores de impacto e produtividade das publicações para a avaliação da at...
indicadores de impacto e produtividade das publicações para a avaliação da at...
Leticia Strehl
 
Apresentação final pb g5
Apresentação final pb g5Apresentação final pb g5
Apresentação final pb g5
pekenit5a1991
 
3ª apresentação pb g5
3ª apresentação pb g53ª apresentação pb g5
3ª apresentação pb g5
pekenit5a1991
 

Semelhante a Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos (atualização 2013) (20)

Web of science Tutorial
Web of science TutorialWeb of science Tutorial
Web of science Tutorial
 
Indicadores bibliometricos com dados do JCR E Google Scholar
Indicadores bibliometricos com dados do JCR E Google ScholarIndicadores bibliometricos com dados do JCR E Google Scholar
Indicadores bibliometricos com dados do JCR E Google Scholar
 
Oficina Gratuita de Pesquisa Bibliográfica - Curso Prática de revisão bibliog...
Oficina Gratuita de Pesquisa Bibliográfica - Curso Prática de revisão bibliog...Oficina Gratuita de Pesquisa Bibliográfica - Curso Prática de revisão bibliog...
Oficina Gratuita de Pesquisa Bibliográfica - Curso Prática de revisão bibliog...
 
#2# wos workshop de doutoramento__27 e 28 novembro 2015
#2# wos workshop de doutoramento__27 e 28 novembro 2015#2# wos workshop de doutoramento__27 e 28 novembro 2015
#2# wos workshop de doutoramento__27 e 28 novembro 2015
 
Recursos de apoio à investigação (UAlg)
Recursos de apoio à investigação (UAlg)Recursos de apoio à investigação (UAlg)
Recursos de apoio à investigação (UAlg)
 
Publicação de artigos científicos em revistas indexadas
Publicação de artigos científicos em revistas indexadasPublicação de artigos científicos em revistas indexadas
Publicação de artigos científicos em revistas indexadas
 
Invest cit met2013_2semestre
Invest cit met2013_2semestreInvest cit met2013_2semestre
Invest cit met2013_2semestre
 
Busca de Informação Científica - Profa. Rilva Muñoz
Busca de Informação Científica - Profa. Rilva MuñozBusca de Informação Científica - Profa. Rilva Muñoz
Busca de Informação Científica - Profa. Rilva Muñoz
 
Base de dados Scopus
Base de dados ScopusBase de dados Scopus
Base de dados Scopus
 
Pesquisa Inf.
Pesquisa Inf.Pesquisa Inf.
Pesquisa Inf.
 
Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos
Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricosFunções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos
Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos
 
Scielo
ScieloScielo
Scielo
 
indicadores de impacto e produtividade das publicações para a avaliação da at...
indicadores de impacto e produtividade das publicações para a avaliação da at...indicadores de impacto e produtividade das publicações para a avaliação da at...
indicadores de impacto e produtividade das publicações para a avaliação da at...
 
Sistemas de recuperação de informação
Sistemas de recuperação de informação Sistemas de recuperação de informação
Sistemas de recuperação de informação
 
Análise da visibilidade da revista em questão
Análise da visibilidade da revista em questãoAnálise da visibilidade da revista em questão
Análise da visibilidade da revista em questão
 
Análise da visibilidade da revista Em Questão
Análise da visibilidade da revista Em QuestãoAnálise da visibilidade da revista Em Questão
Análise da visibilidade da revista Em Questão
 
Apresentação final pb g5
Apresentação final pb g5Apresentação final pb g5
Apresentação final pb g5
 
Fontes de Informação Bibliográficas na Área de Saúde: conteúdo, funcionalidad...
Fontes de Informação Bibliográficas na Área de Saúde: conteúdo, funcionalidad...Fontes de Informação Bibliográficas na Área de Saúde: conteúdo, funcionalidad...
Fontes de Informação Bibliográficas na Área de Saúde: conteúdo, funcionalidad...
 
3ª apresentação pb g5
3ª apresentação pb g53ª apresentação pb g5
3ª apresentação pb g5
 
Base de Dados
Base de Dados Base de Dados
Base de Dados
 

Mais de Leticia Strehl

Aula 1 - Cobertura e indexação das bases de dados
Aula 1 - Cobertura e indexação das bases de dadosAula 1 - Cobertura e indexação das bases de dados
Aula 1 - Cobertura e indexação das bases de dados
Leticia Strehl
 
Pesquisa bibliografica: Engenharia
Pesquisa bibliografica: EngenhariaPesquisa bibliografica: Engenharia
Pesquisa bibliografica: Engenharia
Leticia Strehl
 
Proposta de inovação no ensino da seleção de material bibliográfico em biblio...
Proposta de inovação no ensino da seleção de material bibliográfico em biblio...Proposta de inovação no ensino da seleção de material bibliográfico em biblio...
Proposta de inovação no ensino da seleção de material bibliográfico em biblio...
Leticia Strehl
 
2 Gestão em unidades de informação: planejamento. 1
2 Gestão em unidades de informação: planejamento. 12 Gestão em unidades de informação: planejamento. 1
2 Gestão em unidades de informação: planejamento. 1
Leticia Strehl
 
1 Gestão em Unidades de informação: Introdução
1 Gestão em Unidades de informação: Introdução1 Gestão em Unidades de informação: Introdução
1 Gestão em Unidades de informação: Introdução
Leticia Strehl
 
7 Desenvolvimento de coleções: avaliação
7 Desenvolvimento de coleções: avaliação7 Desenvolvimento de coleções: avaliação
7 Desenvolvimento de coleções: avaliação
Leticia Strehl
 
6 Desenvolvimento de coleções: desbastamento
6 Desenvolvimento de coleções: desbastamento6 Desenvolvimento de coleções: desbastamento
6 Desenvolvimento de coleções: desbastamento
Leticia Strehl
 

Mais de Leticia Strehl (20)

O Qualis CAPES e os indicadores baseados em publicações científicas: área Psi...
O Qualis CAPES e os indicadores baseados em publicações científicas: área Psi...O Qualis CAPES e os indicadores baseados em publicações científicas: área Psi...
O Qualis CAPES e os indicadores baseados em publicações científicas: área Psi...
 
Do Lume ao Super 8: a contribuição das bibliotecas para a cultura e a infraes...
Do Lume ao Super 8: a contribuição das bibliotecas para a cultura e a infraes...Do Lume ao Super 8: a contribuição das bibliotecas para a cultura e a infraes...
Do Lume ao Super 8: a contribuição das bibliotecas para a cultura e a infraes...
 
A gestão do conhecimento para a construção de saberes em um mega sistema de b...
A gestão do conhecimento para a construção de saberes em um mega sistema de b...A gestão do conhecimento para a construção de saberes em um mega sistema de b...
A gestão do conhecimento para a construção de saberes em um mega sistema de b...
 
O uso de e-books em uma grande comunidade universitária: hábitos de leitura, ...
O uso de e-books em uma grande comunidade universitária: hábitos de leitura, ...O uso de e-books em uma grande comunidade universitária: hábitos de leitura, ...
O uso de e-books em uma grande comunidade universitária: hábitos de leitura, ...
 
Fólio: o futuro das bibliotecas é aberto: uma visão pessoal
Fólio: o futuro das bibliotecas é aberto: uma visão pessoalFólio: o futuro das bibliotecas é aberto: uma visão pessoal
Fólio: o futuro das bibliotecas é aberto: uma visão pessoal
 
Futuro da Publicação científica
Futuro da Publicação científicaFuturo da Publicação científica
Futuro da Publicação científica
 
IIMPOSTURAS INTELECTUAIS : resumo das principais discussões
IIMPOSTURAS INTELECTUAIS : resumo das principais discussõesIIMPOSTURAS INTELECTUAIS : resumo das principais discussões
IIMPOSTURAS INTELECTUAIS : resumo das principais discussões
 
TEORIA DAS MÚLTIPLAS INTELIGÊNCIAS DE HOWARD GARDNER: BREVE RESENHA E REFLEXÕ...
TEORIA DAS MÚLTIPLAS INTELIGÊNCIAS DE HOWARD GARDNER: BREVE RESENHA E REFLEXÕ...TEORIA DAS MÚLTIPLAS INTELIGÊNCIAS DE HOWARD GARDNER: BREVE RESENHA E REFLEXÕ...
TEORIA DAS MÚLTIPLAS INTELIGÊNCIAS DE HOWARD GARDNER: BREVE RESENHA E REFLEXÕ...
 
Produzir, comunicar e ser lido: bases de dados e rankings
Produzir, comunicar e ser lido:bases de dados e rankingsProduzir, comunicar e ser lido:bases de dados e rankings
Produzir, comunicar e ser lido: bases de dados e rankings
 
Impasses da divulgação científica: publicar ou perecer
Impasses da divulgação científica: publicar ou perecerImpasses da divulgação científica: publicar ou perecer
Impasses da divulgação científica: publicar ou perecer
 
Perfis de autor: visibilidade e avaliação da produção científica individual
Perfis de autor: visibilidade e avaliação da produção científica individualPerfis de autor: visibilidade e avaliação da produção científica individual
Perfis de autor: visibilidade e avaliação da produção científica individual
 
Editorias e metrias alternativas: alguns desafios da publicação de contribuiç...
Editorias e metrias alternativas: alguns desafios da publicação de contribuiç...Editorias e metrias alternativas: alguns desafios da publicação de contribuiç...
Editorias e metrias alternativas: alguns desafios da publicação de contribuiç...
 
Qualidade, recuperação, visibilidade e acesso à informação científica: concei...
Qualidade, recuperação, visibilidade e acesso à informação científica: concei...Qualidade, recuperação, visibilidade e acesso à informação científica: concei...
Qualidade, recuperação, visibilidade e acesso à informação científica: concei...
 
Aula 1 - Cobertura e indexação das bases de dados
Aula 1 - Cobertura e indexação das bases de dadosAula 1 - Cobertura e indexação das bases de dados
Aula 1 - Cobertura e indexação das bases de dados
 
Pesquisa bibliografica: Engenharia
Pesquisa bibliografica: EngenhariaPesquisa bibliografica: Engenharia
Pesquisa bibliografica: Engenharia
 
Proposta de inovação no ensino da seleção de material bibliográfico em biblio...
Proposta de inovação no ensino da seleção de material bibliográfico em biblio...Proposta de inovação no ensino da seleção de material bibliográfico em biblio...
Proposta de inovação no ensino da seleção de material bibliográfico em biblio...
 
2 Gestão em unidades de informação: planejamento. 1
2 Gestão em unidades de informação: planejamento. 12 Gestão em unidades de informação: planejamento. 1
2 Gestão em unidades de informação: planejamento. 1
 
1 Gestão em Unidades de informação: Introdução
1 Gestão em Unidades de informação: Introdução1 Gestão em Unidades de informação: Introdução
1 Gestão em Unidades de informação: Introdução
 
7 Desenvolvimento de coleções: avaliação
7 Desenvolvimento de coleções: avaliação7 Desenvolvimento de coleções: avaliação
7 Desenvolvimento de coleções: avaliação
 
6 Desenvolvimento de coleções: desbastamento
6 Desenvolvimento de coleções: desbastamento6 Desenvolvimento de coleções: desbastamento
6 Desenvolvimento de coleções: desbastamento
 

Último

Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Pastor Robson Colaço
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 

Último (20)

EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 

Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos (atualização 2013)

  • 1. Funções e disfunções das bases de dados em levantamentos bibliométricos Letícia Strehl
  • 2. Sumário • Bases de dados e levantamentos bibliométricos – Componentes das bases de dados: • • • • cobertura indexação busca resultado – A produção e o impacto como dado: • autores • instituições • referências
  • 3. Componentes das bases de dados 1. Cobertura: o conjunto de registros ou documentos (conjunto de documentos) 2. Indexação: o método de indexação ou acesso ao conjunto de documentos (método de acesso) 3. Busca: a verbalização desta necessidade em uma seqüência de expressões de busca (estratégia de busca) Três do 6 componentes enumerados por: TAGUE-SUTCLIFFE, J. M. Em: Some perspectives on the evaluation of information retrieval systems. Journal of the American Society for Information Science , v. 47, n. 1, p. 1-3, 1996.
  • 4. Requisitos das bases de dados para estudos de produção e impacto • Indexação de: – uma quantidade representativa de documentos (cobertura); – identificação consiste de autores, assuntos, instituições e referências citadas nas publicações. Atualmente, as principais bases de dados para o cumprimento desta finalidade são a Web of Science (WoS), a Scopus e o Google Acadêmico (GA)
  • 5. Componente das bases de dados (1) COBERTURA
  • 6. Definição da cobertura • Identificação: – da produção ONDE – do impacto DO que NO que
  • 7. Cobertura: O conjunto de registros ou documentos – Número de registros: • Total • Por tipo de documento (artigos de revistas, trabalhos em eventos, teses, livros, etc.) • Por idioma • Por país responsável pela publicação das fontes – Período de cobertura das fontes – Periodicidade de atualização Adaptado de: JACSO, P. Content evaluation of databases. Annual Review of Information Science and Technology, v. 32, p. 231-267, 1997.
  • 8. Análise quantitativa da composição de bases de dados: um exemplo Periódicos arbitrados ≈30 mil Scopus ≈18 mil Web os Science ≈10 mil Bustos-González, Atilio. Edición de revistas científicas con visibilidad ficas internacional: criterios para ser incluidos en bases de datos comprensivas. Apresentação realizada no "Seminário de Comunicação Científica, São Paulo, 13 de junho de 2008". ELSEVIER. About Scopus. 2011. THOMSON REUTERS. Web of Science. 2011.
  • 9. A importância da cobertura retrospectiva WoS: 1945, 1956- e 1975-Scopus: 1996 -GA ????? LARIVIERE, V.; ARCHAMBAULT, E.; GINGRAS, Y. Long-term patterns in the aging of the scientific literature, 1900–2004. 2007. Trabalho apresentado no 11th International Conference on Scientometrics and Informetrics, 2007, Madrid.
  • 10. O Índice H como uma prova do impacto da cobertura da base no resultado bibliométrico Índice H: – relação entre o número de trabalhos que o pesquisador publica e o número de citações que recebe – 1 fórmula, várias fontes de dados Índice H: Scopus= 23 Google Scholar= 103 Web of Science=74
  • 11. Os dados e os indicadores: Fator de impacto SCI E SSCI NA WEB OF SCIENCE Acesso via: JOURNAL CITATION REPORTS Acesso via:
  • 12. Os dados e os indicadores SJR Scopus Acesso via: Scimago Acesso livre!
  • 13. Os dados e os indicadores SNIP Scopus Acesso via: CWTS Journal Indicators Acesso livre!
  • 14. A cobertura: seletiva versus exaustiva bom e ruim em ambas O seletivo bom e o seletivo ruim Produção em periódicos que adotam criteriosa avaliação por pares Destes, apena s os que tratam de interesse internacional
  • 15. Todavia, a busca retrospectiva continua um problema. A competição instaurada em 2005 entre WoS e Scopus alterou o quadro em 2009.
  • 16. A cobertura: seletiva versus exaustiva bom e ruim em ambas O exaustivo bom e o exaustivo ruim Produção em periódicos que adotam criteriosa avaliação por pares Produção em periódicos que adotam duvidosa avaliação por ? pares da produção ONDE do impacto DO que NO que
  • 17. J Bohannon Science 2013;342:60-65
  • 18. Componente das bases de dados (2) INDEXAÇÃO
  • 19. Indexação • A forma de representação que dá acesso ao conjunto de dados • Recursos cada vez mais sofisticados • Todavia, em regra, os dados tem a qualidade limitada à própria informação dada pelos autores
  • 20. A qualidade dos dados e a precisão das informações dos próprios autores Autor Referência Instituição
  • 21. Soluções para autores: identificadores digitais (1) Variações do nome do autor Ao invés disso, um número: 0000-0001-9723-9576
  • 22. Soluções para autores: identificadores digitais (2) Integrados com a
  • 24. Soluções para autores e instituições: a contribuição do usuário da base Scopus O usuário informa à base que os diferentes registros identificam um único autor ou instituição
  • 25. A precisa identificação das referências: situações agravantes Disponibilidade dos artigos nos sites publishers antes da publicação A identificação do DOI nas referências é um atenuante. Disponibilidade dos manuscritos nos repositórios sem identificação dos dados de publicação
  • 26. Ferramentas de RECUPERAÇÃO Mais importantes Exemplos
  • 27. Um artigo, duas bases de dados: Web of Science
  • 28. Um artigo, duas bases de dados: Pubmed
  • 29. O controle de vocabulário como requisito para análise da produção por temáticas
  • 33. Autores? • Autor fantasma: P Login ou seja Please Login (2.340 artigos) • Autores perdidos Problema aparentemente resolvido!
  • 34. A precisa identificação da produção: recursos atenuantes Perfil do pesquisador no GA: o pesquisador reune as diferentes versões que correspondem a uma única produção
  • 35. Algumas ressalvas para o uso do Google Acadêmico • Nem todos os periódicos importantes indexados pelas bases de dados tradicionais estão indexados pelo GA; • as citação a documentos recentes são mais comuns no GA uma vez que documentos mais antigos estão disponíveis em menor quantidade na Web; • algumas áreas estão melhor representadas por contarem tradicionalmente com repositórios mais antigos e exaustivos, um exemplo é a física como a pioneira base de pré-prints arXiv.org.
  • 36. TODAS AS BASES POSSUEM INCONSISTÊNCIAS! TODO O LEVANTAMENTO BIBLIOMÉTRICO EXIGE LIMPEZA DE DADOS!
  • 37. Todavia, para PeterJácso as inconsistências do GA são tantas que inviabilizam por completo o uso dos dados para cálculo de índices bibliométricos Mas, para a recuperação, o GA é uma excelente ferramenta As inconsistências no GA estão diminuindo!!!!!!! Jacsó, P. Google Scholar's Ghost Authors. Library Journal. 2009.
  • 38. Componente das bases de dados (3) BUSCA
  • 39. A busca • Limitação do universo de documentos a ser estudado por sua representação em expressões de busca • As inconsistências na indexação requerem a realização de uma série buscas intermediárias para contemplar todas as diferentes formas de representação do objeto de estudo
  • 40. Recursos das bases de dados para a reunião de registros dispersos pelas inconsistências
  • 41. Depois de identificar “todas” as formas possíveis de representação: use e abuse dos operadores booleanos, de proximidade e truncagem: o “help” das bases de dados será o seu único amigo
  • 42. Um exemplo de expressão de busca para recuperar a produção da UFRGS OG=(Universidade Federal do Rio Grande do Sul) OR OO=(Univ Fed Rio Grande Sul OR UFRGS OR Federal University Rio Grande do Sul OR Fed Univ Rio Grande do Sul OR Fed Univ Rio Grande Sul OR Rio Grande do Sul Fed Univ OR Rio Grande Sul Fed Univ OR Agron Univ Fed Rio Grande do Sul OR Fed Univ RS OR Univ Fed Rio Grande do Sul OR Fdn Univ Fed Rio Grande Sul OR URFGS OR UFGRS OR Univ Fed Rio Do Sul OR Fed Univ Rio Grande Sul UFRGS OR Fdn Univ Fed Rio Grande Sul OR Fed Univ Hosp Rio Grande Sul OR Fed Univ Rio Grande Sul State OR Fed Univ Fed Rio Grande Sul OR IF UFRGS) OR AD=(Univ Fed Rio Grande Sul OR UFRGS OR Federal University Rio Grande do Sul OR Fed Univ Rio Grande do Sul OR Fed Univ Rio Grande Sul OR Rio Grande do Sul Fed Univ OR Rio Grande Sul Fed Univ OR Agron Univ Fed Rio Grande do Sul OR Fed Univ RS OR Univ Fed Rio Grande do Sul OR Fdn Univ Fed Rio Grande Sul OR URFGS OR UFGRS OR Univ Fed Rio Do Sul OR Fed Univ Rio Grande Sul UFRGS OR Fdn Univ Fed Rio Grande Sul OR Fed Univ Hosp Rio Grande Sul OR Fed Univ Rio Grande Sul State OR Fed Univ Fed Rio Grande Sul OR IF UFRGS) 445 registros são não recuperados pelo campo padronizado