SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 31
1
Apoio:
Instrutores:
Cristian Briet S. dos Santos
Eng. Civil e Segurança do Trabalho
Osvaldo P. Cruz
Eng. Ambiental e Segurança do Trabalho
SEGURANÇA NO LAR
SEGURANÇA NO LAR
INTRODUÇÃO
 Quase todos os dias vemos nos noticiários ou ouvimos
dos colegas relatos de acidentes ocorridos em
residências, principalmente com crianças.
 Esses acidentes são os mais variados possíveis,
ingestão de medicamentos, produtos de limpeza (água
sanitária, cloro, detergente e etc.).
SEGURANÇA NO LAR
INTRODUÇÃO
 Produtos perigosos (venenos, tintas, produtos químicos)
que podem causar: queimaduras, intoxicações e até a
morte.
 Acidentes com panelas de pressão e acidentes mais
graves, tais como: explosão de botijões de gás ou
acidentes com armas de fogo.
 Esses acidentes são fáceis de serem evitados, basta
tomar medidas simples e adotar cuidados básicos com
os equipamentos, materiais e produtos de uso
domésticos.
SEGURANÇA NO LAR
REMÉDIOS
• Mantenha remédios fora
do alcance das crianças.
• Caso haja acidentes
com remédios levar a
criança mediatamente
ao médico com a
embalagem da
medicação!
SEGURANÇA NO LAR
DR (Diferencial Residual)
• Protege as pessoas e os animais
contra os efeitos do choque elétrico por
contato direto ou indireto (causado por
fuga de corrente).
• Ao detectar uma fuga de corrente na
instalação, o Dispositivo DR desliga o
circuito imediatamente.
SEGURANÇA NO LAR
EVITANDO QUEDAS
• Apartamento ou
sobrado com
criança, deve
possuir nas janelas
e varandas telas
ou grades
protetoras.
• Acidentes deste
tipo são
geralmente fatais
9
SEGURANÇA NO LAR
PREVENINDO INCÊNDIOS - FERRO
DE PASSAR
• O ferro de passar
roupas deve ser
desligado sempre que
precisar se ausentar,
para: atender a porta,
telefone ou as
crianças
SEGURANÇA NO LAR
 PREVENINDO INCÊNDIOS -
GÁS DE COZINHA
 Sempre que possível o
botijão deve ficar na parte
externa da casa. (como
desenho).
 Ao trocar o botijão, teste se
não existe vazamentos.
Para isso utilize espuma
de sabão ou detergente.
NUNCA teste com fogo.
SEGURANÇA NO LAR
COZINHA - CUIDADOS PARA
COM AS CRIANÇAS
 As panelas, no fogão devem
ficar com o cabo para dentro,
isso evita que crianças
pequenas puxem os cabos e o
líquido quente caia sobre elas
causando graves queimaduras.
 Facas e material cortante
devem ser sempre bem
guardados
SEGURANÇA NO LAR
COZINHA - CUIDADOS PARA
COM AS CRIANÇAS
 Panelas de pressão
devem:
• Ter o pino limpo
regularmente para que
não entupa,
provocando explosão.
• Ter a borracha
sempre em bom
estado, trocando-a
quando perceber
ressecamento
SEGURANÇA NO LAR
SEGURANÇA NO LAR
• As quedas são acidentes mais comuns. A causa é
simples: a maioria dos banheiros tem piso escorregadio,
que frequentemente se encontra úmido. Muitas quedas, e
até afogamentos, são registrados em banheiras.
• O uso de tapetes de borracha ou tiras antiderrapantes no
fundo das banheiras ou sobre o piso do boxe dos
chuveiros evita acidentes.
• Não deixe sabonetes e vidros de xampu jogados no piso
ou na banheira
• Corrimão em todas as escadas; fita antiderrapante na
beirada de cada degrau da escada; grade de proteção no
alto da escada se houver crianças em casa;
• Não deixe tapetes soltos nas escadas.
• Acostume seus filhos a não deixar brinquedos espalhados
pela casa. Se o espaço é pouco, delimite uma área para
os brinquedos.
Conceito de fogo
Fogo é um processo químico de transformação.
Podemos também defini-lo como o resultado de
uma reação química que desprende luz e calor
devido à combustão de materiais diversos.
Elementos que compõem o fogo
Combustível
É todo material que queima.
São sólidos, líquidos e gasosos,
sendo que os sólidos e os líquidos
se transformam primeiramente em
gás pelo calor e depois inflamam.
Tipos de Combustível
• Sólidos
• Líquidos (Voláteis e Não Voláteis )
• Gasosos
Comburente (oxigênio)
É o elemento ativador do fogo, que se
combina com os vapores inflamáveis dos
combustíveis, dando vida às chamas e
possibilitando a expansão do fogo.
O AR
21%
78%
1%
OXIGENIO NITROGENIO OUTROS GASES
Calor
É uma forma de energia. É o elemento que dá
início ao fogo, é ele que faz o fogo se propagar.
Reação em cadeia
Os combustíveis, após iniciarem a
combustão, geram mais calor. Esse calor
provocará o desprendimento de mais gases
ou vapores combustíveis , desenvolvendo
uma transformação em cadeia ou reação
em cadeia, que, em resumo, é o produto de
uma transformação gerando outra
transformação.
Classes de Incêndio
Classes de Incêndio
Combustíveis sólidos inflamáveis , caracterizado
pelas cinzas e brasas que deixam como resíduos ,
sendo que a queima se da na superfície e em
profundidade.
Exemplos:
Madeiras, papel, tecido, borracha.
Classe “ A ”
Classe “ A ”
Método de extinção
Necessita de resfriamento para a sua extinção, isto é, do
uso de água ou soluções que a contenham em grande
porcentagem, a fim de reduzir a temperatura do material
em combustão, abaixo do seu ponto de ignição.
O emprego de pós químicos irá apenas retardar a
combustão, não agindo na queima em profundidade.
Classes de Incêndio
Combustíveis Líquidos inflamáveis , graxas e
gases combustíveis, caracterizados por não
deixar resíduos e queimar apenas na superfície
exposta.
Exemplos:
Gasolina, Tiner, GLP, etc...
Classe “ B ”
Classes de Incêndio
Método de Extinção
Necessita para a sua extinção do abafamento ou
da interrupção (quebra) da reação em cadeia. No
caso de líquidos muito aquecidos (ponto da
ignição), é necessário resfriamento.
Classes de Incêndio
Materiais e equipamentos energizados. Em virtude da
existência de capacitores internos nos equipamentos
elétricos, é totalmente vedada a utilização de água no
combate a incêndios mesmo após a desconexão
destes equipamentos as fontes de energia.
Exemplos: Aparelhos elétricos em geral.
Classe “ C ”
MÉTODOS DE EXTINÇÃO
Para a sua extinção necessita de agente extintor
que não conduza a corrente elétrica e utilize o
princípio de abafamento ou da interrupção (quebra)
da reação em cadeia.
Classes de Incêndio
Classes de Incêndio
Metais combustíveis , caracterizados pela queima em
altas temperaturas e por reagir com agentes extintores
comuns principalmente os a base de água.
Exemplos:
Magnésio , selênio , antimônio, lítio, potássio ,
alumínio fragmentado, zinco, titânio , sódio e zircônio.
Classe “ D ”
Classes de Incêndio
Método de extinção
Para a sua extinção,
necessita de agentes extintores
especiais que se fundam em
contato com o metal combustível,
formando uma espécie de capa
que o isola do ar atmosférico,
interrompendo a combustão pelo
princípio de abafamento.
Os pós especiais são
compostos dos seguintes
materiais: cloreto de sódio,
cloreto de bário, monofosfato de
amônia, grafite seco .
Cristian Briet Simplício dos Santos
Osvaldo P. Cruz
Engenheiros de Segurança do Trabalho
Obrigado pela atenção...Que Deus
abençoe!!!
Segurança... Um compromisso de
todos!!!

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Prevenção de Acidentes no lar - Rev. 22.02.19.ppt

ApresentaçãO1
ApresentaçãO1ApresentaçãO1
ApresentaçãO1sibfv
 
1191714618 1829.incendios
1191714618 1829.incendios1191714618 1829.incendios
1191714618 1829.incendiosPelo Siro
 
Treinamento de Brigada de Incêndio
Treinamento de Brigada de IncêndioTreinamento de Brigada de Incêndio
Treinamento de Brigada de Incêndioconbetcursos
 
PRINCIPIOS-DE-COMBATE-A-INCENDIO_-_.pptx
PRINCIPIOS-DE-COMBATE-A-INCENDIO_-_.pptxPRINCIPIOS-DE-COMBATE-A-INCENDIO_-_.pptx
PRINCIPIOS-DE-COMBATE-A-INCENDIO_-_.pptxWilsonGustavo2
 
Material de incendio
Material de incendioMaterial de incendio
Material de incendiothiago_design
 
化验室安全培训课件-Cursos de formação de segurança em laboratório.pptx
化验室安全培训课件-Cursos de formação de segurança em laboratório.pptx化验室安全培训课件-Cursos de formação de segurança em laboratório.pptx
化验室安全培训课件-Cursos de formação de segurança em laboratório.pptxAbelLeal6
 
A&j info - incêndios domésticos
A&j   info - incêndios domésticosA&j   info - incêndios domésticos
A&j info - incêndios domésticosAJ_SHST
 
Como podemos prevenir incêndio
Como podemos prevenir incêndioComo podemos prevenir incêndio
Como podemos prevenir incêndioDhony Silva
 
BRIGADA DE INCÊNDIO - TREINAMENTO DE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS.pdf
BRIGADA DE INCÊNDIO - TREINAMENTO DE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS.pdfBRIGADA DE INCÊNDIO - TREINAMENTO DE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS.pdf
BRIGADA DE INCÊNDIO - TREINAMENTO DE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS.pdfrodrigoamorim203871
 
Proteção contra incêndio modulo ii 1 c seg
Proteção contra incêndio modulo ii 1 c segProteção contra incêndio modulo ii 1 c seg
Proteção contra incêndio modulo ii 1 c segMarcio Andre
 
SegurançA Em InstalaçõEs Mod Iii Slides
SegurançA Em InstalaçõEs Mod Iii SlidesSegurançA Em InstalaçõEs Mod Iii Slides
SegurançA Em InstalaçõEs Mod Iii SlidesSantos de Castro
 
SegurançA Em InstalaçõEs Mod Iii Slides
SegurançA Em InstalaçõEs Mod Iii SlidesSegurançA Em InstalaçõEs Mod Iii Slides
SegurançA Em InstalaçõEs Mod Iii SlidesSantos de Castro
 
Nocoes elementares de_seguranca_em_quimica
Nocoes elementares de_seguranca_em_quimicaNocoes elementares de_seguranca_em_quimica
Nocoes elementares de_seguranca_em_quimicaMarcelo Santiago
 
CIÊNCIA DO FOGO.pptx
CIÊNCIA DO FOGO.pptxCIÊNCIA DO FOGO.pptx
CIÊNCIA DO FOGO.pptxEveraldo46
 
O Que Fazer Em Caso De IncêNdio Em
O Que Fazer Em Caso De IncêNdio EmO Que Fazer Em Caso De IncêNdio Em
O Que Fazer Em Caso De IncêNdio Emsibfv
 
Protec incendio-treinamento-combate
Protec incendio-treinamento-combateProtec incendio-treinamento-combate
Protec incendio-treinamento-combateartuxmario
 

Semelhante a Prevenção de Acidentes no lar - Rev. 22.02.19.ppt (20)

ApresentaçãO1
ApresentaçãO1ApresentaçãO1
ApresentaçãO1
 
1191714618 1829.incendios
1191714618 1829.incendios1191714618 1829.incendios
1191714618 1829.incendios
 
Treinamento de Brigada de Incêndio
Treinamento de Brigada de IncêndioTreinamento de Brigada de Incêndio
Treinamento de Brigada de Incêndio
 
PRINCIPIOS-DE-COMBATE-A-INCENDIO_-_.pptx
PRINCIPIOS-DE-COMBATE-A-INCENDIO_-_.pptxPRINCIPIOS-DE-COMBATE-A-INCENDIO_-_.pptx
PRINCIPIOS-DE-COMBATE-A-INCENDIO_-_.pptx
 
Material de incendio
Material de incendioMaterial de incendio
Material de incendio
 
化验室安全培训课件-Cursos de formação de segurança em laboratório.pptx
化验室安全培训课件-Cursos de formação de segurança em laboratório.pptx化验室安全培训课件-Cursos de formação de segurança em laboratório.pptx
化验室安全培训课件-Cursos de formação de segurança em laboratório.pptx
 
A&j info - incêndios domésticos
A&j   info - incêndios domésticosA&j   info - incêndios domésticos
A&j info - incêndios domésticos
 
Como podemos prevenir incêndio
Como podemos prevenir incêndioComo podemos prevenir incêndio
Como podemos prevenir incêndio
 
BRIGADA DE INCÊNDIO - TREINAMENTO DE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS.pdf
BRIGADA DE INCÊNDIO - TREINAMENTO DE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS.pdfBRIGADA DE INCÊNDIO - TREINAMENTO DE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS.pdf
BRIGADA DE INCÊNDIO - TREINAMENTO DE PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS.pdf
 
Combate a princípios de incêndio
Combate a princípios de incêndioCombate a princípios de incêndio
Combate a princípios de incêndio
 
Proteção contra incêndio modulo ii 1 c seg
Proteção contra incêndio modulo ii 1 c segProteção contra incêndio modulo ii 1 c seg
Proteção contra incêndio modulo ii 1 c seg
 
SegurançA Em InstalaçõEs Mod Iii Slides
SegurançA Em InstalaçõEs Mod Iii SlidesSegurançA Em InstalaçõEs Mod Iii Slides
SegurançA Em InstalaçõEs Mod Iii Slides
 
SegurançA Em InstalaçõEs Mod Iii Slides
SegurançA Em InstalaçõEs Mod Iii SlidesSegurançA Em InstalaçõEs Mod Iii Slides
SegurançA Em InstalaçõEs Mod Iii Slides
 
Proteção combate incendio
Proteção combate incendioProteção combate incendio
Proteção combate incendio
 
Apresentação Brigada.ppsx
Apresentação Brigada.ppsxApresentação Brigada.ppsx
Apresentação Brigada.ppsx
 
Proteção e combate a incêndio (2).ppt
Proteção e combate a incêndio (2).pptProteção e combate a incêndio (2).ppt
Proteção e combate a incêndio (2).ppt
 
Nocoes elementares de_seguranca_em_quimica
Nocoes elementares de_seguranca_em_quimicaNocoes elementares de_seguranca_em_quimica
Nocoes elementares de_seguranca_em_quimica
 
CIÊNCIA DO FOGO.pptx
CIÊNCIA DO FOGO.pptxCIÊNCIA DO FOGO.pptx
CIÊNCIA DO FOGO.pptx
 
O Que Fazer Em Caso De IncêNdio Em
O Que Fazer Em Caso De IncêNdio EmO Que Fazer Em Caso De IncêNdio Em
O Que Fazer Em Caso De IncêNdio Em
 
Protec incendio-treinamento-combate
Protec incendio-treinamento-combateProtec incendio-treinamento-combate
Protec incendio-treinamento-combate
 

Mais de Cristian Briet

NR 18 - Briet Engenharia.pptx
NR 18 - Briet Engenharia.pptxNR 18 - Briet Engenharia.pptx
NR 18 - Briet Engenharia.pptxCristian Briet
 
Aula - NR 06 - EPI.ppt
Aula - NR 06 - EPI.pptAula - NR 06 - EPI.ppt
Aula - NR 06 - EPI.pptCristian Briet
 
Apresentação Produtos Perigosos completa.ppt
Apresentação Produtos Perigosos completa.pptApresentação Produtos Perigosos completa.ppt
Apresentação Produtos Perigosos completa.pptCristian Briet
 
Apresentação - Novembro Azul 2022 Atulizada AUTPRO.pptx
Apresentação - Novembro Azul 2022 Atulizada AUTPRO.pptxApresentação - Novembro Azul 2022 Atulizada AUTPRO.pptx
Apresentação - Novembro Azul 2022 Atulizada AUTPRO.pptxCristian Briet
 
NR 18 - Briet Engenharia.pptx
NR 18 - Briet Engenharia.pptxNR 18 - Briet Engenharia.pptx
NR 18 - Briet Engenharia.pptxCristian Briet
 
Aula - NR 06 - EPI.ppt
Aula - NR 06 - EPI.pptAula - NR 06 - EPI.ppt
Aula - NR 06 - EPI.pptCristian Briet
 
Instruções de uso Dosimetro DOS - 500.ppt
Instruções de uso Dosimetro DOS - 500.pptInstruções de uso Dosimetro DOS - 500.ppt
Instruções de uso Dosimetro DOS - 500.pptCristian Briet
 
Treinamento INVESTIGAÇÃO DE ACIDENTES.pptx
Treinamento INVESTIGAÇÃO DE ACIDENTES.pptxTreinamento INVESTIGAÇÃO DE ACIDENTES.pptx
Treinamento INVESTIGAÇÃO DE ACIDENTES.pptxCristian Briet
 
Treinamento - NR 35 - Briet Engenharia.pptx
Treinamento - NR 35 - Briet Engenharia.pptxTreinamento - NR 35 - Briet Engenharia.pptx
Treinamento - NR 35 - Briet Engenharia.pptxCristian Briet
 
NR 18 - Briet Engenharia.pdf
NR 18 - Briet Engenharia.pdfNR 18 - Briet Engenharia.pdf
NR 18 - Briet Engenharia.pdfCristian Briet
 
Treinamento nr 20 - segurança e saúde no trabalho com inflamáveis e combust...
Treinamento   nr 20 - segurança e saúde no trabalho com inflamáveis e combust...Treinamento   nr 20 - segurança e saúde no trabalho com inflamáveis e combust...
Treinamento nr 20 - segurança e saúde no trabalho com inflamáveis e combust...Cristian Briet
 
Modelo avaliação de ruido
Modelo avaliação de ruidoModelo avaliação de ruido
Modelo avaliação de ruidoCristian Briet
 

Mais de Cristian Briet (17)

NR 18 - Briet Engenharia.pptx
NR 18 - Briet Engenharia.pptxNR 18 - Briet Engenharia.pptx
NR 18 - Briet Engenharia.pptx
 
Aula - NR 06 - EPI.ppt
Aula - NR 06 - EPI.pptAula - NR 06 - EPI.ppt
Aula - NR 06 - EPI.ppt
 
Apresentação Produtos Perigosos completa.ppt
Apresentação Produtos Perigosos completa.pptApresentação Produtos Perigosos completa.ppt
Apresentação Produtos Perigosos completa.ppt
 
Apresentação - Novembro Azul 2022 Atulizada AUTPRO.pptx
Apresentação - Novembro Azul 2022 Atulizada AUTPRO.pptxApresentação - Novembro Azul 2022 Atulizada AUTPRO.pptx
Apresentação - Novembro Azul 2022 Atulizada AUTPRO.pptx
 
NR 29 e NR 30.pptx
NR 29 e NR 30.pptxNR 29 e NR 30.pptx
NR 29 e NR 30.pptx
 
NR 18 - Briet Engenharia.pptx
NR 18 - Briet Engenharia.pptxNR 18 - Briet Engenharia.pptx
NR 18 - Briet Engenharia.pptx
 
Aula - NR 06 - EPI.ppt
Aula - NR 06 - EPI.pptAula - NR 06 - EPI.ppt
Aula - NR 06 - EPI.ppt
 
Aula - CPATP.ppt
Aula - CPATP.pptAula - CPATP.ppt
Aula - CPATP.ppt
 
Instruções de uso Dosimetro DOS - 500.ppt
Instruções de uso Dosimetro DOS - 500.pptInstruções de uso Dosimetro DOS - 500.ppt
Instruções de uso Dosimetro DOS - 500.ppt
 
Treinamento IBUTG.ppt
Treinamento IBUTG.pptTreinamento IBUTG.ppt
Treinamento IBUTG.ppt
 
Treinamento INVESTIGAÇÃO DE ACIDENTES.pptx
Treinamento INVESTIGAÇÃO DE ACIDENTES.pptxTreinamento INVESTIGAÇÃO DE ACIDENTES.pptx
Treinamento INVESTIGAÇÃO DE ACIDENTES.pptx
 
Treinamento - NR 35 - Briet Engenharia.pptx
Treinamento - NR 35 - Briet Engenharia.pptxTreinamento - NR 35 - Briet Engenharia.pptx
Treinamento - NR 35 - Briet Engenharia.pptx
 
NR 18 - Briet Engenharia.pdf
NR 18 - Briet Engenharia.pdfNR 18 - Briet Engenharia.pdf
NR 18 - Briet Engenharia.pdf
 
Aula - CPATP.ppt
Aula - CPATP.pptAula - CPATP.ppt
Aula - CPATP.ppt
 
Protecao maos-jorcy
Protecao maos-jorcyProtecao maos-jorcy
Protecao maos-jorcy
 
Treinamento nr 20 - segurança e saúde no trabalho com inflamáveis e combust...
Treinamento   nr 20 - segurança e saúde no trabalho com inflamáveis e combust...Treinamento   nr 20 - segurança e saúde no trabalho com inflamáveis e combust...
Treinamento nr 20 - segurança e saúde no trabalho com inflamáveis e combust...
 
Modelo avaliação de ruido
Modelo avaliação de ruidoModelo avaliação de ruido
Modelo avaliação de ruido
 

Último

QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoSilvaDias3
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfdottoor
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 

Último (20)

QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 

Prevenção de Acidentes no lar - Rev. 22.02.19.ppt

  • 1. 1
  • 2. Apoio: Instrutores: Cristian Briet S. dos Santos Eng. Civil e Segurança do Trabalho Osvaldo P. Cruz Eng. Ambiental e Segurança do Trabalho
  • 4. SEGURANÇA NO LAR INTRODUÇÃO  Quase todos os dias vemos nos noticiários ou ouvimos dos colegas relatos de acidentes ocorridos em residências, principalmente com crianças.  Esses acidentes são os mais variados possíveis, ingestão de medicamentos, produtos de limpeza (água sanitária, cloro, detergente e etc.).
  • 5. SEGURANÇA NO LAR INTRODUÇÃO  Produtos perigosos (venenos, tintas, produtos químicos) que podem causar: queimaduras, intoxicações e até a morte.  Acidentes com panelas de pressão e acidentes mais graves, tais como: explosão de botijões de gás ou acidentes com armas de fogo.  Esses acidentes são fáceis de serem evitados, basta tomar medidas simples e adotar cuidados básicos com os equipamentos, materiais e produtos de uso domésticos.
  • 6. SEGURANÇA NO LAR REMÉDIOS • Mantenha remédios fora do alcance das crianças. • Caso haja acidentes com remédios levar a criança mediatamente ao médico com a embalagem da medicação!
  • 7. SEGURANÇA NO LAR DR (Diferencial Residual) • Protege as pessoas e os animais contra os efeitos do choque elétrico por contato direto ou indireto (causado por fuga de corrente). • Ao detectar uma fuga de corrente na instalação, o Dispositivo DR desliga o circuito imediatamente.
  • 8. SEGURANÇA NO LAR EVITANDO QUEDAS • Apartamento ou sobrado com criança, deve possuir nas janelas e varandas telas ou grades protetoras. • Acidentes deste tipo são geralmente fatais
  • 9. 9 SEGURANÇA NO LAR PREVENINDO INCÊNDIOS - FERRO DE PASSAR • O ferro de passar roupas deve ser desligado sempre que precisar se ausentar, para: atender a porta, telefone ou as crianças
  • 10. SEGURANÇA NO LAR  PREVENINDO INCÊNDIOS - GÁS DE COZINHA  Sempre que possível o botijão deve ficar na parte externa da casa. (como desenho).  Ao trocar o botijão, teste se não existe vazamentos. Para isso utilize espuma de sabão ou detergente. NUNCA teste com fogo.
  • 11. SEGURANÇA NO LAR COZINHA - CUIDADOS PARA COM AS CRIANÇAS  As panelas, no fogão devem ficar com o cabo para dentro, isso evita que crianças pequenas puxem os cabos e o líquido quente caia sobre elas causando graves queimaduras.  Facas e material cortante devem ser sempre bem guardados
  • 12. SEGURANÇA NO LAR COZINHA - CUIDADOS PARA COM AS CRIANÇAS  Panelas de pressão devem: • Ter o pino limpo regularmente para que não entupa, provocando explosão. • Ter a borracha sempre em bom estado, trocando-a quando perceber ressecamento
  • 14. SEGURANÇA NO LAR • As quedas são acidentes mais comuns. A causa é simples: a maioria dos banheiros tem piso escorregadio, que frequentemente se encontra úmido. Muitas quedas, e até afogamentos, são registrados em banheiras. • O uso de tapetes de borracha ou tiras antiderrapantes no fundo das banheiras ou sobre o piso do boxe dos chuveiros evita acidentes. • Não deixe sabonetes e vidros de xampu jogados no piso ou na banheira • Corrimão em todas as escadas; fita antiderrapante na beirada de cada degrau da escada; grade de proteção no alto da escada se houver crianças em casa; • Não deixe tapetes soltos nas escadas. • Acostume seus filhos a não deixar brinquedos espalhados pela casa. Se o espaço é pouco, delimite uma área para os brinquedos.
  • 15. Conceito de fogo Fogo é um processo químico de transformação. Podemos também defini-lo como o resultado de uma reação química que desprende luz e calor devido à combustão de materiais diversos.
  • 17. Combustível É todo material que queima. São sólidos, líquidos e gasosos, sendo que os sólidos e os líquidos se transformam primeiramente em gás pelo calor e depois inflamam.
  • 18. Tipos de Combustível • Sólidos • Líquidos (Voláteis e Não Voláteis ) • Gasosos
  • 19. Comburente (oxigênio) É o elemento ativador do fogo, que se combina com os vapores inflamáveis dos combustíveis, dando vida às chamas e possibilitando a expansão do fogo. O AR 21% 78% 1% OXIGENIO NITROGENIO OUTROS GASES
  • 20. Calor É uma forma de energia. É o elemento que dá início ao fogo, é ele que faz o fogo se propagar.
  • 21. Reação em cadeia Os combustíveis, após iniciarem a combustão, geram mais calor. Esse calor provocará o desprendimento de mais gases ou vapores combustíveis , desenvolvendo uma transformação em cadeia ou reação em cadeia, que, em resumo, é o produto de uma transformação gerando outra transformação.
  • 23. Classes de Incêndio Combustíveis sólidos inflamáveis , caracterizado pelas cinzas e brasas que deixam como resíduos , sendo que a queima se da na superfície e em profundidade. Exemplos: Madeiras, papel, tecido, borracha. Classe “ A ”
  • 24. Classe “ A ” Método de extinção Necessita de resfriamento para a sua extinção, isto é, do uso de água ou soluções que a contenham em grande porcentagem, a fim de reduzir a temperatura do material em combustão, abaixo do seu ponto de ignição. O emprego de pós químicos irá apenas retardar a combustão, não agindo na queima em profundidade.
  • 25. Classes de Incêndio Combustíveis Líquidos inflamáveis , graxas e gases combustíveis, caracterizados por não deixar resíduos e queimar apenas na superfície exposta. Exemplos: Gasolina, Tiner, GLP, etc... Classe “ B ”
  • 26. Classes de Incêndio Método de Extinção Necessita para a sua extinção do abafamento ou da interrupção (quebra) da reação em cadeia. No caso de líquidos muito aquecidos (ponto da ignição), é necessário resfriamento.
  • 27. Classes de Incêndio Materiais e equipamentos energizados. Em virtude da existência de capacitores internos nos equipamentos elétricos, é totalmente vedada a utilização de água no combate a incêndios mesmo após a desconexão destes equipamentos as fontes de energia. Exemplos: Aparelhos elétricos em geral. Classe “ C ”
  • 28. MÉTODOS DE EXTINÇÃO Para a sua extinção necessita de agente extintor que não conduza a corrente elétrica e utilize o princípio de abafamento ou da interrupção (quebra) da reação em cadeia. Classes de Incêndio
  • 29. Classes de Incêndio Metais combustíveis , caracterizados pela queima em altas temperaturas e por reagir com agentes extintores comuns principalmente os a base de água. Exemplos: Magnésio , selênio , antimônio, lítio, potássio , alumínio fragmentado, zinco, titânio , sódio e zircônio. Classe “ D ”
  • 30. Classes de Incêndio Método de extinção Para a sua extinção, necessita de agentes extintores especiais que se fundam em contato com o metal combustível, formando uma espécie de capa que o isola do ar atmosférico, interrompendo a combustão pelo princípio de abafamento. Os pós especiais são compostos dos seguintes materiais: cloreto de sódio, cloreto de bário, monofosfato de amônia, grafite seco .
  • 31. Cristian Briet Simplício dos Santos Osvaldo P. Cruz Engenheiros de Segurança do Trabalho Obrigado pela atenção...Que Deus abençoe!!! Segurança... Um compromisso de todos!!!

Notas do Editor

  1. Elaborado –Eloir P.Santos
  2. Elaborado –Eloir P.Santos
  3. Elaborado –Eloir P.Santos
  4. Elaborado –Eloir P.Santos