SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
Baixar para ler offline
RISCO DE INCÊNDIO E
EXPLOSÃO
E.B. 2,3 António Bento Franco – Ericeira
HSST - Prof.ª Isabel Lourenço
Triângulo do fogo
                      Combustível: o que arde
                      Comburente: o que permite a combustão
                      Calor (energia de ativação): o que
                      provoca a reação




   Vídeo de um fogo
Ameaças para vida humana
   Efeito térmico ou calor (as chamas podem atingir 2
    500°C) – queimaduras
   Efeito óptico (as chamas emitem luz visível, com
    radiações ultravioletas e infravermelhas) – cegueira
    temporária ou parcial
   Gases (a combustão) – dificuldades respiratórias,
    intoxicação
   Fumos (da combustão incompleta) - dificuldades
    respiratórias, intoxicação
   Outros: ruídos e cinzas
Transmissão de calor
 Irradiação:          Ondas caloríficas (Sol, forno quente) que se transmitem
através do espaço.
 Condução:            feita de molécula para molécula do corpo, por movimento
vibratório, depende da condutividade térmica do material, bem como de sua superfície e
espessura.

 Convecção:            Pelo aquecimento criam-se correntes ascendentes quentes e
correntes descendentes frias. É o caso da transmissão do calor, através da massa de ar
ou gases quentes, que se deslocam do local do fogo, podendo provocar incêndios em
locais distantes do mesmo, através de aberturas, como janelas, poços de elevadores,
vãos de escadas. Pode ocorrer na vertical ou na horizontal.
Prevenção contra incêndios
   Actuação sobre o combustível:
       Evitar a presença de resíduos inflamáveis.
       Cobrir os combustíveis com camadas incombustíveis.
       Programar a manutenção periódica das instalações para
        evitar fugas de líquidos ou gases inflamáveis.
       Substituir o combustível inflamável por outro que não o
        seja nas condições de manipulação.
       Armazenar e transportar combustíveis em recipientes
        estanques.
       Ventilar os locais onde se possam formar misturas
        inflamáveis.
       Sinalizar adequadamente recipientes e condutas de
        combustíveis.
   Actuação sobre o comburente:
     Em ambientes limitados, juntar um gás inerte
     (dióxido de carbono ou azoto) que diminua a
     proporção do oxigénio no ar.
   Actuação sobre a energia de activação:
     Proibição de fumar ou foguear.
     Manutenção das instalações eléctricas (normas
      de segurança).
     Aplicação de isolamentos adequados.

     Uso de ferramentas antideflagrantes.

     Lubrificação das peças com atrito.

     Controlo automático da temperatura.

     Humidificação do ambiente.
   Prevenção da reação em cadeia:
     Adição de anti-oxidantes a plásticos.
     Uso de tecidos ignifugados (tratados para
      diminuir a sua combustibilidade).
Classes de Fogo


   Classe A:        Fogo em materiais sólidos. Caracteriza-se por
    queimar em superfície e profundidade. Após a queima deixa
    resíduos. Ex. tecido, madeira, papel, capim, etc.


   Extinção: Por arrefecimento e humidificação com água ou
    solução aquosa, ou recobrindo com agente extintor de ação
    múltipla.
   Classe B: Fogo em líquidos inflamáveis. Caracteriza-se
    por queimar na superfície, não deixando resíduos. Ex.
    graxas, vernizes, tintas, gasolina, álcool, éter, etc.

   Extinção: por abafamento ou por redução do teor de
    oxigênio do ar, ou por ação química que interrompa a
    reação química em cadeia.
   Classe C: Fogo em equipamentos elétricos
    energizados. Ex. motores, quadros de distribuição,
    fios sob tensão, computadores, etc.

   Extinção: emprego de agente não condutor elétrico,
    mas cujo emprego não cause maiores danos aos
    equipamentos.
   Classe D: Fogo em elemento pirofóricos. Ex.
    Magnésio, zircônio, titânio, etc.

   Extinção: emprego de técnicas e agentes
    extintores específicos e especiais.
Extinção de um fogo



Abafamento/asfixia: eliminação ou redução da concentração do comburente, por
exemplo isolando o fogo do ar ambiente, introduzindo um gás inerte num
ambiente confinado ou cobrindo a superfície em chamas com alguma substância
incombustível.

Arrefecimento: redução da temperatura do fogo para valores inferiores à energia
de activação lançando água sobre o fogo, em jacto ou pulverizada, ou outras
substâncias que absorvam o calor desenvolvido.

Dispersão ou carência: retirar o combustível da zona do fogo.

Inibição: alteração da reacção química em cadeia através da introdução de
substâncias extintoras.
Se se deparar com fumo ou
    chamas
   Gatinhe porque o fumo tem tendência a subir.
   Ponha um lenço ou toalha na cara, de preferência
    molhados, para o ajudar a respirar.
   Não corra se as roupas começarem a arder. Pare e role
    sobre o corpo até as chamas se apagarem.
   Não tente abrir uma porta sem antes confirmar, com a
    palma da mão, se ela está quente ou fria.
Se cheirar a gás
   Não faça qualquer tipo de chama.
   Não ligue nem desligue interruptores ou
    aparelhos elétricos.
   Abra as janelas.
   Feche as válvulas de segurança do contador
    de gás e de corte do redutor.
   Contacte de imediato um técnico qualificado.
Se a gordura se incendiar
(cozinha)
   Desligue de imediato o gás.
   Não retire a frigideira do fogão, isso só iria
    espalhar o fogo.
   Use uma tampa, um prato ou uma toalha
    húmida para extinguir o incêndio. Não utilize
    água.
   Mude periodicamente o filtro do exaustor.
   Não avive as chamas do fogareiro com álcool,
    gasolina ou qualquer líquido inflamável.
            Vídeo
Extintores
Extintor de água pressurizada
Extintor de espuma
Extintor pó químico seco
Extintor de gás carbónico (CO2)
Como usar um extintor
                 •Voltar as costas para o vento.
                 •Dirigir o jacto para a base das
                 chamas.
                 •Acionar vários extintores ao
                 mesmo tempo, não um de cada
                 vez.
                 •Garantir que o fogo não
                 reacenda.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Combate incendio extintores classes de incendio
Combate incendio extintores classes de incendioCombate incendio extintores classes de incendio
Combate incendio extintores classes de incendioedusoaresaraujo
 
Apresentação nr 26 sinalização de segurança
Apresentação nr 26 sinalização de segurança Apresentação nr 26 sinalização de segurança
Apresentação nr 26 sinalização de segurança João Vitor Rocha
 
Nr 6 apresentação completa
Nr 6 apresentação completaNr 6 apresentação completa
Nr 6 apresentação completaDaniel Lira
 
Sinalização de segurança
Sinalização de segurançaSinalização de segurança
Sinalização de segurançaSónia Palma
 
Segurananomanuseiodeprodutosquimicos 170218130910
Segurananomanuseiodeprodutosquimicos 170218130910Segurananomanuseiodeprodutosquimicos 170218130910
Segurananomanuseiodeprodutosquimicos 170218130910Alexandre Rosa Oliveira
 
Treinamento em Rota de fuga
Treinamento em Rota de fugaTreinamento em Rota de fuga
Treinamento em Rota de fugaCarlos Carvalho
 
Plano de emergência.
Plano de emergência.Plano de emergência.
Plano de emergência.Alfredo Brito
 
NR 6 - Equipamento de Proteção Individual
NR 6 - Equipamento de Proteção IndividualNR 6 - Equipamento de Proteção Individual
NR 6 - Equipamento de Proteção Individualemanueltstegeon
 
Medidas para prevenção de acidentes no trabalho
Medidas para prevenção de acidentes no trabalhoMedidas para prevenção de acidentes no trabalho
Medidas para prevenção de acidentes no trabalhoThaysa Brito
 
Saúde e Segurança no Trabalho
Saúde e Segurança no TrabalhoSaúde e Segurança no Trabalho
Saúde e Segurança no TrabalhoLeonardo Machado
 
Trabalho a Quente Modulo I
Trabalho a Quente   Modulo ITrabalho a Quente   Modulo I
Trabalho a Quente Modulo Iemanueltstegeon
 
Higiene e Segurança no Trabalho
Higiene e Segurança no TrabalhoHigiene e Segurança no Trabalho
Higiene e Segurança no Trabalhojammescabral96
 
Tssht mód sht- riscos-químicos formação
Tssht mód sht- riscos-químicos formaçãoTssht mód sht- riscos-químicos formação
Tssht mód sht- riscos-químicos formaçãoFilipa Andrade
 
Produtos Químicos
Produtos QuímicosProdutos Químicos
Produtos QuímicosHacker32
 

Mais procurados (20)

Combate incendio extintores classes de incendio
Combate incendio extintores classes de incendioCombate incendio extintores classes de incendio
Combate incendio extintores classes de incendio
 
Palestra comportamento seguro 2015
Palestra comportamento seguro   2015Palestra comportamento seguro   2015
Palestra comportamento seguro 2015
 
Apresentação nr 26 sinalização de segurança
Apresentação nr 26 sinalização de segurança Apresentação nr 26 sinalização de segurança
Apresentação nr 26 sinalização de segurança
 
Nr 6 apresentação completa
Nr 6 apresentação completaNr 6 apresentação completa
Nr 6 apresentação completa
 
Sinalização de segurança
Sinalização de segurançaSinalização de segurança
Sinalização de segurança
 
Segurananomanuseiodeprodutosquimicos 170218130910
Segurananomanuseiodeprodutosquimicos 170218130910Segurananomanuseiodeprodutosquimicos 170218130910
Segurananomanuseiodeprodutosquimicos 170218130910
 
Treinamento em Rota de fuga
Treinamento em Rota de fugaTreinamento em Rota de fuga
Treinamento em Rota de fuga
 
Plano de emergência.
Plano de emergência.Plano de emergência.
Plano de emergência.
 
Treinamento brigada de incêndio
Treinamento brigada de incêndioTreinamento brigada de incêndio
Treinamento brigada de incêndio
 
Aula nr23
Aula nr23Aula nr23
Aula nr23
 
NR 6 - Equipamento de Proteção Individual
NR 6 - Equipamento de Proteção IndividualNR 6 - Equipamento de Proteção Individual
NR 6 - Equipamento de Proteção Individual
 
Extintores de incendio
Extintores de incendioExtintores de incendio
Extintores de incendio
 
Medidas para prevenção de acidentes no trabalho
Medidas para prevenção de acidentes no trabalhoMedidas para prevenção de acidentes no trabalho
Medidas para prevenção de acidentes no trabalho
 
Saúde e Segurança no Trabalho
Saúde e Segurança no TrabalhoSaúde e Segurança no Trabalho
Saúde e Segurança no Trabalho
 
Percepção de Risco.ppt
Percepção de Risco.pptPercepção de Risco.ppt
Percepção de Risco.ppt
 
Trabalho a Quente Modulo I
Trabalho a Quente   Modulo ITrabalho a Quente   Modulo I
Trabalho a Quente Modulo I
 
Higiene e Segurança no Trabalho
Higiene e Segurança no TrabalhoHigiene e Segurança no Trabalho
Higiene e Segurança no Trabalho
 
Tssht mód sht- riscos-químicos formação
Tssht mód sht- riscos-químicos formaçãoTssht mód sht- riscos-químicos formação
Tssht mód sht- riscos-químicos formação
 
Aula 001 Risco Químico
Aula 001 Risco QuímicoAula 001 Risco Químico
Aula 001 Risco Químico
 
Produtos Químicos
Produtos QuímicosProdutos Químicos
Produtos Químicos
 

Semelhante a Risco de incêndio: Prevenção e combate em

03 agente de portaria (combate a incendio)
03   agente de portaria (combate a incendio)03   agente de portaria (combate a incendio)
03 agente de portaria (combate a incendio)sidneitrb
 
Aula 2 Combate.pdf
Aula 2 Combate.pdfAula 2 Combate.pdf
Aula 2 Combate.pdfontimiza
 
Combate a incêndios
Combate a incêndiosCombate a incêndios
Combate a incêndiosj3oj3
 
11 proteção e combate a incêndio 05102005
11 proteção e combate a incêndio 0510200511 proteção e combate a incêndio 05102005
11 proteção e combate a incêndio 05102005Shirlene Maciel Rafino
 
Treinamento de Brigada de Incêndio
Treinamento de Brigada de IncêndioTreinamento de Brigada de Incêndio
Treinamento de Brigada de Incêndioconbetcursos
 
8 manual de proteção e combate a incêndios
8 manual de proteção e combate a incêndios8 manual de proteção e combate a incêndios
8 manual de proteção e combate a incêndiosRosione Rodrigues
 
manualcombateincendio.pdf
manualcombateincendio.pdfmanualcombateincendio.pdf
manualcombateincendio.pdfJanainaGomes68
 
NR10 basico Modulo 13 - Prevenção e Combate à Incêndios
NR10 basico Modulo 13 - Prevenção e Combate à IncêndiosNR10 basico Modulo 13 - Prevenção e Combate à Incêndios
NR10 basico Modulo 13 - Prevenção e Combate à IncêndiosEncioFreitag
 
Proteção e combate a incêndio
Proteção e combate a incêndioProteção e combate a incêndio
Proteção e combate a incêndioArias Garcia
 
Combate a Incendio.PPT
Combate a Incendio.PPTCombate a Incendio.PPT
Combate a Incendio.PPTssuser7d6b72
 
8 proteção e combate a incêndio 05102005
8 proteção e combate a incêndio 051020058 proteção e combate a incêndio 05102005
8 proteção e combate a incêndio 05102005Shirlene Maciel Rafino
 
8 proteção e combate a incêndio 05102005
8 proteção e combate a incêndio 051020058 proteção e combate a incêndio 05102005
8 proteção e combate a incêndio 05102005Oseias Semencio
 
Proteção e Combate a incêndio 05102005
Proteção e Combate a incêndio 05102005Proteção e Combate a incêndio 05102005
Proteção e Combate a incêndio 05102005WagnerSilva0990
 

Semelhante a Risco de incêndio: Prevenção e combate em (20)

Incêndios
IncêndiosIncêndios
Incêndios
 
03 agente de portaria (combate a incendio)
03   agente de portaria (combate a incendio)03   agente de portaria (combate a incendio)
03 agente de portaria (combate a incendio)
 
Combate a incendio
Combate a incendio Combate a incendio
Combate a incendio
 
BVI - COMBATE A INCENDIO.pptx
BVI - COMBATE A INCENDIO.pptxBVI - COMBATE A INCENDIO.pptx
BVI - COMBATE A INCENDIO.pptx
 
Aula 2 Combate.pdf
Aula 2 Combate.pdfAula 2 Combate.pdf
Aula 2 Combate.pdf
 
Combate a incêndios
Combate a incêndiosCombate a incêndios
Combate a incêndios
 
11 proteção e combate a incêndio 05102005
11 proteção e combate a incêndio 0510200511 proteção e combate a incêndio 05102005
11 proteção e combate a incêndio 05102005
 
Treinamento de Brigada de Incêndio
Treinamento de Brigada de IncêndioTreinamento de Brigada de Incêndio
Treinamento de Brigada de Incêndio
 
Apresentação13
Apresentação13Apresentação13
Apresentação13
 
8 manual de proteção e combate a incêndios
8 manual de proteção e combate a incêndios8 manual de proteção e combate a incêndios
8 manual de proteção e combate a incêndios
 
manualcombateincendio.pdf
manualcombateincendio.pdfmanualcombateincendio.pdf
manualcombateincendio.pdf
 
NR10 basico Modulo 13 - Prevenção e Combate à Incêndios
NR10 basico Modulo 13 - Prevenção e Combate à IncêndiosNR10 basico Modulo 13 - Prevenção e Combate à Incêndios
NR10 basico Modulo 13 - Prevenção e Combate à Incêndios
 
Apresentação 1.pptx
Apresentação 1.pptxApresentação 1.pptx
Apresentação 1.pptx
 
Proteção e combate a incêndio
Proteção e combate a incêndioProteção e combate a incêndio
Proteção e combate a incêndio
 
Combate a incendio
Combate a incendioCombate a incendio
Combate a incendio
 
Combate a Incendio.PPT
Combate a Incendio.PPTCombate a Incendio.PPT
Combate a Incendio.PPT
 
8 proteção e combate a incêndio 05102005
8 proteção e combate a incêndio 051020058 proteção e combate a incêndio 05102005
8 proteção e combate a incêndio 05102005
 
8 proteção e combate a incêndio 05102005
8 proteção e combate a incêndio 051020058 proteção e combate a incêndio 05102005
8 proteção e combate a incêndio 05102005
 
Proteção e Combate a incêndio 05102005
Proteção e Combate a incêndio 05102005Proteção e Combate a incêndio 05102005
Proteção e Combate a incêndio 05102005
 
Fogo
FogoFogo
Fogo
 

Mais de isabelourenco

Riscos associados à iluminação nos locais de trabalho
Riscos associados à iluminação nos locais de trabalhoRiscos associados à iluminação nos locais de trabalho
Riscos associados à iluminação nos locais de trabalhoisabelourenco
 
Stress no local de trabalho
Stress no local de trabalhoStress no local de trabalho
Stress no local de trabalhoisabelourenco
 
Riscos associados ao ambiente térmico
Riscos associados ao ambiente térmicoRiscos associados ao ambiente térmico
Riscos associados ao ambiente térmicoisabelourenco
 
Riscos associados à iluminação nos locais de trabalho
Riscos associados à iluminação nos locais de trabalhoRiscos associados à iluminação nos locais de trabalho
Riscos associados à iluminação nos locais de trabalhoisabelourenco
 
Riscos associados a electricidade
Riscos associados a electricidadeRiscos associados a electricidade
Riscos associados a electricidadeisabelourenco
 
Riscos profissionais i
Riscos profissionais iRiscos profissionais i
Riscos profissionais iisabelourenco
 
Utilizações da Genética
Utilizações da GenéticaUtilizações da Genética
Utilizações da Genéticaisabelourenco
 
Hereditariedade dos Grupos SanguíNeos
Hereditariedade dos Grupos SanguíNeosHereditariedade dos Grupos SanguíNeos
Hereditariedade dos Grupos SanguíNeosisabelourenco
 
Hereditariedade da cor dos olhos
Hereditariedade da cor dos olhosHereditariedade da cor dos olhos
Hereditariedade da cor dos olhosisabelourenco
 

Mais de isabelourenco (14)

Riscos associados à iluminação nos locais de trabalho
Riscos associados à iluminação nos locais de trabalhoRiscos associados à iluminação nos locais de trabalho
Riscos associados à iluminação nos locais de trabalho
 
Stress no local de trabalho
Stress no local de trabalhoStress no local de trabalho
Stress no local de trabalho
 
Riscos associados ao ambiente térmico
Riscos associados ao ambiente térmicoRiscos associados ao ambiente térmico
Riscos associados ao ambiente térmico
 
Riscos associados à iluminação nos locais de trabalho
Riscos associados à iluminação nos locais de trabalhoRiscos associados à iluminação nos locais de trabalho
Riscos associados à iluminação nos locais de trabalho
 
Riscos associados a electricidade
Riscos associados a electricidadeRiscos associados a electricidade
Riscos associados a electricidade
 
Riscos profissionais i
Riscos profissionais iRiscos profissionais i
Riscos profissionais i
 
Viver No EspaçO
Viver No EspaçOViver No EspaçO
Viver No EspaçO
 
Foi Há 40 Anos
Foi Há 40 AnosFoi Há 40 Anos
Foi Há 40 Anos
 
Biodiversidade
BiodiversidadeBiodiversidade
Biodiversidade
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
Utilizações da Genética
Utilizações da GenéticaUtilizações da Genética
Utilizações da Genética
 
Hereditariedade dos Grupos SanguíNeos
Hereditariedade dos Grupos SanguíNeosHereditariedade dos Grupos SanguíNeos
Hereditariedade dos Grupos SanguíNeos
 
O Material Genetico
O Material GeneticoO Material Genetico
O Material Genetico
 
Hereditariedade da cor dos olhos
Hereditariedade da cor dos olhosHereditariedade da cor dos olhos
Hereditariedade da cor dos olhos
 

Risco de incêndio: Prevenção e combate em

  • 1. RISCO DE INCÊNDIO E EXPLOSÃO E.B. 2,3 António Bento Franco – Ericeira HSST - Prof.ª Isabel Lourenço
  • 2. Triângulo do fogo Combustível: o que arde Comburente: o que permite a combustão Calor (energia de ativação): o que provoca a reação Vídeo de um fogo
  • 3. Ameaças para vida humana  Efeito térmico ou calor (as chamas podem atingir 2 500°C) – queimaduras  Efeito óptico (as chamas emitem luz visível, com radiações ultravioletas e infravermelhas) – cegueira temporária ou parcial  Gases (a combustão) – dificuldades respiratórias, intoxicação  Fumos (da combustão incompleta) - dificuldades respiratórias, intoxicação  Outros: ruídos e cinzas
  • 4. Transmissão de calor  Irradiação: Ondas caloríficas (Sol, forno quente) que se transmitem através do espaço.  Condução: feita de molécula para molécula do corpo, por movimento vibratório, depende da condutividade térmica do material, bem como de sua superfície e espessura.  Convecção: Pelo aquecimento criam-se correntes ascendentes quentes e correntes descendentes frias. É o caso da transmissão do calor, através da massa de ar ou gases quentes, que se deslocam do local do fogo, podendo provocar incêndios em locais distantes do mesmo, através de aberturas, como janelas, poços de elevadores, vãos de escadas. Pode ocorrer na vertical ou na horizontal.
  • 5. Prevenção contra incêndios  Actuação sobre o combustível:  Evitar a presença de resíduos inflamáveis.  Cobrir os combustíveis com camadas incombustíveis.  Programar a manutenção periódica das instalações para evitar fugas de líquidos ou gases inflamáveis.  Substituir o combustível inflamável por outro que não o seja nas condições de manipulação.  Armazenar e transportar combustíveis em recipientes estanques.  Ventilar os locais onde se possam formar misturas inflamáveis.  Sinalizar adequadamente recipientes e condutas de combustíveis.
  • 6. Actuação sobre o comburente:  Em ambientes limitados, juntar um gás inerte (dióxido de carbono ou azoto) que diminua a proporção do oxigénio no ar.
  • 7. Actuação sobre a energia de activação:  Proibição de fumar ou foguear.  Manutenção das instalações eléctricas (normas de segurança).  Aplicação de isolamentos adequados.  Uso de ferramentas antideflagrantes.  Lubrificação das peças com atrito.  Controlo automático da temperatura.  Humidificação do ambiente.
  • 8. Prevenção da reação em cadeia:  Adição de anti-oxidantes a plásticos.  Uso de tecidos ignifugados (tratados para diminuir a sua combustibilidade).
  • 9. Classes de Fogo  Classe A: Fogo em materiais sólidos. Caracteriza-se por queimar em superfície e profundidade. Após a queima deixa resíduos. Ex. tecido, madeira, papel, capim, etc.  Extinção: Por arrefecimento e humidificação com água ou solução aquosa, ou recobrindo com agente extintor de ação múltipla.
  • 10. Classe B: Fogo em líquidos inflamáveis. Caracteriza-se por queimar na superfície, não deixando resíduos. Ex. graxas, vernizes, tintas, gasolina, álcool, éter, etc.  Extinção: por abafamento ou por redução do teor de oxigênio do ar, ou por ação química que interrompa a reação química em cadeia.
  • 11. Classe C: Fogo em equipamentos elétricos energizados. Ex. motores, quadros de distribuição, fios sob tensão, computadores, etc.  Extinção: emprego de agente não condutor elétrico, mas cujo emprego não cause maiores danos aos equipamentos.
  • 12. Classe D: Fogo em elemento pirofóricos. Ex. Magnésio, zircônio, titânio, etc.  Extinção: emprego de técnicas e agentes extintores específicos e especiais.
  • 13. Extinção de um fogo Abafamento/asfixia: eliminação ou redução da concentração do comburente, por exemplo isolando o fogo do ar ambiente, introduzindo um gás inerte num ambiente confinado ou cobrindo a superfície em chamas com alguma substância incombustível. Arrefecimento: redução da temperatura do fogo para valores inferiores à energia de activação lançando água sobre o fogo, em jacto ou pulverizada, ou outras substâncias que absorvam o calor desenvolvido. Dispersão ou carência: retirar o combustível da zona do fogo. Inibição: alteração da reacção química em cadeia através da introdução de substâncias extintoras.
  • 14. Se se deparar com fumo ou chamas  Gatinhe porque o fumo tem tendência a subir.  Ponha um lenço ou toalha na cara, de preferência molhados, para o ajudar a respirar.  Não corra se as roupas começarem a arder. Pare e role sobre o corpo até as chamas se apagarem.  Não tente abrir uma porta sem antes confirmar, com a palma da mão, se ela está quente ou fria.
  • 15. Se cheirar a gás  Não faça qualquer tipo de chama.  Não ligue nem desligue interruptores ou aparelhos elétricos.  Abra as janelas.  Feche as válvulas de segurança do contador de gás e de corte do redutor.  Contacte de imediato um técnico qualificado.
  • 16. Se a gordura se incendiar (cozinha)  Desligue de imediato o gás.  Não retire a frigideira do fogão, isso só iria espalhar o fogo.  Use uma tampa, um prato ou uma toalha húmida para extinguir o incêndio. Não utilize água.  Mude periodicamente o filtro do exaustor.  Não avive as chamas do fogareiro com álcool, gasolina ou qualquer líquido inflamável.  Vídeo
  • 18. Extintor de água pressurizada
  • 21. Extintor de gás carbónico (CO2)
  • 22. Como usar um extintor •Voltar as costas para o vento. •Dirigir o jacto para a base das chamas. •Acionar vários extintores ao mesmo tempo, não um de cada vez. •Garantir que o fogo não reacenda.