SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 24
O REINO DOS ANIMAIS
Características:


• Pluricelulares

• Eucariontes

• Heterótrofos
Divisão do reino animal:

• Filos, classes, ordens, famílias, gêneros e
 espécies.
  Estudaremos os filos e algumas classes
Os filos serão apresentados em ordem
 evolutiva, ou seja, dos seres mais simples
 aos mais complexos.
• Invertebrados – animais que não
   possuem esqueleto ósseo ou
         cartilaginoso:

      Filo dos Poríferos

       Filo dos Cnidários
         Filo dos Platelmintos
           Filo dos Nematelmintos
            Filo dos Anelídeos
              Filo dos Moluscos
                Filo dos Artrópodes
                    Filo dos Equinodermos
• Vertebrados
Animais que apresentam esqueleto ósseo ou
               cartilaginoso.
Filo dos Poríferos
• O nome vem do latim: porus = poros
  + fera = portador de
• São conhecidos também como
  esponjas ou animais filtradores.
• Animais aquáticos (marinhos e água
  doce)
• Não se locomovem (sésseis)
O corpo das esponjas
As células das esponjas não se organizam
  para formar tecidos e órgãos.
O corpo das esponjas é formado pelas
  seguintes células: pinacócitos, coanócitos
  e amebócitos.
As esponjas são os únicos animais que não
  apresentam células nervosas
Seu corpo é sustentado por uma rede de
  fios de proteína e pelas espícula de
  calcário (carbonato de cálcio) ou de sílica
Atividades vitais nas esponjas

Para se alimentar, as esponjas
movimentam os flagelos dos
coanócitos, que fazem uma
corrente de água penetrar
pelos minúsculos poros do
seu corpo. Em seguida se
dirige para o átrio e sai pelo
ósculo. A água também leva o
oxigênio para as células.
REPRODUÇÃO ASSEXUADA
R EPR OD U Ç Ã O S EXU A D A
Filo dos Cnidários
• São animais urticantes.
• São um pouco mais desenvolvidos que os
  poríferos.
• São todos aquáticos, sendo a maioria de
  habitat marinho.
• Apresentam duas formas: pólipos e
  medusas.
Pólipos:

• Formato de um tubo cheios de tentáculos.
 Podem viver fixos como as anêmonas-do-
 mar e os corais, ou móveis, como as
 hidras.
Medusas

• Corpo em forma guarda-chuva, abertura
  correspondente à boca na parte inferior do
  animal.
• Tem vida livre, flutuam na água, como é o
  caso da água-viva
Atividades vitais dos cnidários

• Possuem vários tentáculos cheios de
  cnidoblastos, junto à boca (defesa e
  alimentação)
• Apresentam cavidade digestiva (primitiva)
• Digestão extracelular e intracelular
• Apresentam boca, mas não possuem ânus
• Respiração semelhante à dos poríferos
• Não há sistema circulatório: nutrientes
  passam de célula em célula.
• O filo dos cnidários é o primeiro a
  apresentar células
nervosas.
• Locomoção: Cambalhotas (hidra)
      Flutuar (caravela)
      Pressão: (medusa)
      Deslizamento: (anêmona)
Reprodução sexuada
Alternância de geração
Poríferos e cnidários

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

7º ano cap 14 porferos e celenterados
7º ano cap 14 porferos e celenterados7º ano cap 14 porferos e celenterados
7º ano cap 14 porferos e celenterados
ISJ
 
Poríferos e Cnidários
Poríferos e CnidáriosPoríferos e Cnidários
Poríferos e Cnidários
Rhayana
 
Poríferos Cnidários E Platelmeintos - 6a Série
Poríferos Cnidários E Platelmeintos - 6a SériePoríferos Cnidários E Platelmeintos - 6a Série
Poríferos Cnidários E Platelmeintos - 6a Série
gogoulart
 

Mais procurados (20)

Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
 
Poriferos cnidarios 2m
Poriferos cnidarios 2mPoriferos cnidarios 2m
Poriferos cnidarios 2m
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidários Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
 
Poríferos
PoríferosPoríferos
Poríferos
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
 
7º ano cap 14 porferos e celenterados
7º ano cap 14 porferos e celenterados7º ano cap 14 porferos e celenterados
7º ano cap 14 porferos e celenterados
 
Os Poríferos
Os PoríferosOs Poríferos
Os Poríferos
 
Poriferos
PoriferosPoriferos
Poriferos
 
Poríferos e Cnidários
Poríferos e CnidáriosPoríferos e Cnidários
Poríferos e Cnidários
 
Poriferos e cnidarios
Poriferos e cnidariosPoriferos e cnidarios
Poriferos e cnidarios
 
20080918095839 poriferos cnidarios
20080918095839 poriferos cnidarios20080918095839 poriferos cnidarios
20080918095839 poriferos cnidarios
 
Poriferos
PoriferosPoriferos
Poriferos
 
Filo porifera slideshare
Filo porifera slideshareFilo porifera slideshare
Filo porifera slideshare
 
Poliferos e Cnidários
Poliferos e CnidáriosPoliferos e Cnidários
Poliferos e Cnidários
 
Platelmintos
PlatelmintosPlatelmintos
Platelmintos
 
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Poríferos e Cnidários
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Poríferos e Cnidárioswww.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Poríferos e Cnidários
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Poríferos e Cnidários
 
Poríferos
PoríferosPoríferos
Poríferos
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
 
Poríferos Cnidários E Platelmeintos - 6a Série
Poríferos Cnidários E Platelmeintos - 6a SériePoríferos Cnidários E Platelmeintos - 6a Série
Poríferos Cnidários E Platelmeintos - 6a Série
 
Cnidários
CnidáriosCnidários
Cnidários
 

Destaque

Os cereais-o pan
Os cereais-o panOs cereais-o pan
Os cereais-o pan
monadela
 
Filo porifera (poriferos ou esponjas)
Filo porifera (poriferos ou esponjas)Filo porifera (poriferos ou esponjas)
Filo porifera (poriferos ou esponjas)
draud133
 
Osteologia - Parte 1
Osteologia - Parte 1Osteologia - Parte 1
Osteologia - Parte 1
angelica luna
 

Destaque (20)

Osteologia Teorico
Osteologia TeoricoOsteologia Teorico
Osteologia Teorico
 
Os cereais-o pan
Os cereais-o panOs cereais-o pan
Os cereais-o pan
 
Poriferos
Poriferos Poriferos
Poriferos
 
2EM #18 Sinapsida: Mamíferos
2EM #18 Sinapsida: Mamíferos2EM #18 Sinapsida: Mamíferos
2EM #18 Sinapsida: Mamíferos
 
Filo porifera (poriferos ou esponjas)
Filo porifera (poriferos ou esponjas)Filo porifera (poriferos ou esponjas)
Filo porifera (poriferos ou esponjas)
 
Generalidades anatomía osteología
Generalidades anatomía osteologíaGeneralidades anatomía osteología
Generalidades anatomía osteología
 
Noções fundamentais para o estudo da anatomia
Noções fundamentais para o estudo da anatomiaNoções fundamentais para o estudo da anatomia
Noções fundamentais para o estudo da anatomia
 
5. osteologia
5. osteologia5. osteologia
5. osteologia
 
Osso/Bone/Hueso Temporal - Osteologia
Osso/Bone/Hueso Temporal - OsteologiaOsso/Bone/Hueso Temporal - Osteologia
Osso/Bone/Hueso Temporal - Osteologia
 
Tecido ósseo certo
Tecido ósseo   certoTecido ósseo   certo
Tecido ósseo certo
 
Aula 05 introdução aos primeiros socorros
Aula 05   introdução aos primeiros socorrosAula 05   introdução aos primeiros socorros
Aula 05 introdução aos primeiros socorros
 
Osteologia - Parte 1
Osteologia - Parte 1Osteologia - Parte 1
Osteologia - Parte 1
 
Obesidade
Obesidade Obesidade
Obesidade
 
2. sistemas de sustentação pdf
2. sistemas de sustentação pdf2. sistemas de sustentação pdf
2. sistemas de sustentação pdf
 
Apresentação ossos da cabeça
Apresentação ossos da cabeça Apresentação ossos da cabeça
Apresentação ossos da cabeça
 
Aula 001 Osteologia Parte 1 2003
Aula 001   Osteologia Parte 1   2003Aula 001   Osteologia Parte 1   2003
Aula 001 Osteologia Parte 1 2003
 
Platelmintos e nematelmintos
Platelmintos e nematelmintos Platelmintos e nematelmintos
Platelmintos e nematelmintos
 
Aula 04 anatomia e fisiologia humana
Aula 04 anatomia e fisiologia humanaAula 04 anatomia e fisiologia humana
Aula 04 anatomia e fisiologia humana
 
Fisiologia do Tecido Ósseo e Cartilagens
Fisiologia do Tecido Ósseo e CartilagensFisiologia do Tecido Ósseo e Cartilagens
Fisiologia do Tecido Ósseo e Cartilagens
 
Osteologia do esqueleto axial e apendicular
Osteologia do esqueleto axial e apendicularOsteologia do esqueleto axial e apendicular
Osteologia do esqueleto axial e apendicular
 

Semelhante a Poríferos e cnidários (20)

Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
 
O Reino dos Animais
O Reino dos AnimaisO Reino dos Animais
O Reino dos Animais
 
O reino dos animais
O reino dos animaisO reino dos animais
O reino dos animais
 
Invertebrados prof. simone
Invertebrados   prof. simoneInvertebrados   prof. simone
Invertebrados prof. simone
 
Zoo introdução
Zoo introduçãoZoo introdução
Zoo introdução
 
Zoo introdução
Zoo introduçãoZoo introdução
Zoo introdução
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
 
Trab pronto
Trab prontoTrab pronto
Trab pronto
 
Filo chordata
Filo chordataFilo chordata
Filo chordata
 
Zoo introdução
Zoo introduçãoZoo introdução
Zoo introdução
 
Trabalho de biologia características gerais dos seres vivos
Trabalho de biologia características gerais dos seres vivosTrabalho de biologia características gerais dos seres vivos
Trabalho de biologia características gerais dos seres vivos
 
AULA ANIMAIS.pptx
AULA ANIMAIS.pptxAULA ANIMAIS.pptx
AULA ANIMAIS.pptx
 
Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)
 
Poriferos E Cndarios
Poriferos E CndariosPoriferos E Cndarios
Poriferos E Cndarios
 
Características gerais dos seres vivos
Características gerais dos seres vivosCaracterísticas gerais dos seres vivos
Características gerais dos seres vivos
 
Porifero Cnidaria
Porifero CnidariaPorifero Cnidaria
Porifero Cnidaria
 
Porferos e celenterados_-_2011
Porferos e celenterados_-_2011Porferos e celenterados_-_2011
Porferos e celenterados_-_2011
 
Os Répteis
Os RépteisOs Répteis
Os Répteis
 
Animais invertebrados parte 1
Animais invertebrados   parte 1Animais invertebrados   parte 1
Animais invertebrados parte 1
 
Trabalho de biologia peixes
Trabalho de biologia peixesTrabalho de biologia peixes
Trabalho de biologia peixes
 

Último

1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
profbrunogeo95
 

Último (20)

13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
Teatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundarioTeatro como estrategias de ensino secundario
Teatro como estrategias de ensino secundario
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 

Poríferos e cnidários

  • 1. O REINO DOS ANIMAIS
  • 3. Divisão do reino animal: • Filos, classes, ordens, famílias, gêneros e espécies. Estudaremos os filos e algumas classes Os filos serão apresentados em ordem evolutiva, ou seja, dos seres mais simples aos mais complexos.
  • 4. • Invertebrados – animais que não possuem esqueleto ósseo ou cartilaginoso: Filo dos Poríferos Filo dos Cnidários Filo dos Platelmintos Filo dos Nematelmintos Filo dos Anelídeos Filo dos Moluscos Filo dos Artrópodes Filo dos Equinodermos
  • 5. • Vertebrados Animais que apresentam esqueleto ósseo ou cartilaginoso.
  • 7. • O nome vem do latim: porus = poros + fera = portador de • São conhecidos também como esponjas ou animais filtradores. • Animais aquáticos (marinhos e água doce) • Não se locomovem (sésseis)
  • 8. O corpo das esponjas
  • 9. As células das esponjas não se organizam para formar tecidos e órgãos. O corpo das esponjas é formado pelas seguintes células: pinacócitos, coanócitos e amebócitos. As esponjas são os únicos animais que não apresentam células nervosas Seu corpo é sustentado por uma rede de fios de proteína e pelas espícula de calcário (carbonato de cálcio) ou de sílica
  • 10.
  • 11. Atividades vitais nas esponjas Para se alimentar, as esponjas movimentam os flagelos dos coanócitos, que fazem uma corrente de água penetrar pelos minúsculos poros do seu corpo. Em seguida se dirige para o átrio e sai pelo ósculo. A água também leva o oxigênio para as células.
  • 13. R EPR OD U Ç Ã O S EXU A D A
  • 15. • São animais urticantes. • São um pouco mais desenvolvidos que os poríferos. • São todos aquáticos, sendo a maioria de habitat marinho. • Apresentam duas formas: pólipos e medusas.
  • 16. Pólipos: • Formato de um tubo cheios de tentáculos. Podem viver fixos como as anêmonas-do- mar e os corais, ou móveis, como as hidras.
  • 17. Medusas • Corpo em forma guarda-chuva, abertura correspondente à boca na parte inferior do animal. • Tem vida livre, flutuam na água, como é o caso da água-viva
  • 18.
  • 19. Atividades vitais dos cnidários • Possuem vários tentáculos cheios de cnidoblastos, junto à boca (defesa e alimentação) • Apresentam cavidade digestiva (primitiva) • Digestão extracelular e intracelular • Apresentam boca, mas não possuem ânus • Respiração semelhante à dos poríferos
  • 20. • Não há sistema circulatório: nutrientes passam de célula em célula. • O filo dos cnidários é o primeiro a apresentar células nervosas.
  • 21. • Locomoção: Cambalhotas (hidra) Flutuar (caravela) Pressão: (medusa) Deslizamento: (anêmona)