SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
O REINO DOS ANIMAIS
Características:
• Pluricelulares
• Eucariontes
• Heterótrofos
Divisão do reino animal:
• Filos, classes, ordens, famílias, gêneros e

espécies.
Estudaremos os filos e algumas classes
Os filos serão apresentados em ordem
evolutiva, ou seja, dos seres mais simples
aos mais complexos.
• Invertebrados – animais que não
possuem esqueleto ósseo ou
cartilaginoso:
Filo dos Poríferos
Filo dos
Cnidários
Filo dos Platelmintos
Filo dos Nematelmintos
Filo dos Anelídeos
Filo dos Moluscos
Filo dos Artrópodes
Filo dos Equinodermos
• Vertebrados

Animais que apresentam esqueleto ósseo
ou cartilaginoso.
Filo dos Poríferos
• O nome vem do latim: porus =

poros + fera = portador de
• São conhecidos também como
esponjas ou animais filtradores.
• Animais aquáticos (marinhos e
água doce)
• Não se locomovem (sésseis)
O corpo das esponjas
As células das esponjas não se organizam
para formar tecidos e órgãos.
O corpo das esponjas é formado pelas
seguintes células: pinacócitos, coanócitos
e amebócitos.
As esponjas são os únicos animais que não
apresentam células nervosas
Seu corpo é sustentado por uma rede de
fios de proteína e pelas espícula de
calcário (carbonato de cálcio) ou de sílica
Atividades vitais nas
esponjas
Para se alimentar, as
esponjas movimentam os
flagelos dos coanócitos, que
fazem uma corrente de água
penetrar pelos minúsculos
poros do seu corpo. Em
seguida se dirige para o átrio
e sai pelo ósculo. A água
também leva o oxigênio para
as células.
Reprodução:
• Reprodução assexuada:
• Reprodução sexuada
R R
EP ODUÇÃO SEXUADA
Filo dos Cnidários
• São animais urticantes.
• São um pouco mais desenvolvidos que

os poríferos.
• São todos aquáticos, sendo a maioria de
habitat marinho.
• Apresentam duas formas: pólipos e
medusas.
Pólipos:
• Formato de um tubo cheios de tentáculos.

Podem viver fixos como as anêmonas-domar e os corais, ou móveis, como as
hidras.
Medusas
• Corpo em forma guarda-chuva, abertura

correspondente à boca na parte inferior
do animal.
• Tem vida livre, flutuam na água, como é o
caso da água-viva
Atividades vitais dos
cnidários
• Possuem vários tentáculos cheios de
•
•
•
•

cnidoblastos, junto à boca (defesa e
alimentação)
Apresentam cavidade digestiva (primitiva)
Digestão extracelular e intracelular
Apresentam boca, mas não possuem
ânus
Respiração semelhante à dos poríferos
• Não há sistema circulatório: nutrientes
passam de célula em célula.
• O filo dos cnidários é o primeiro a
apresentar células nervosas.
• Locomoção: Cambalhotas (hidra)

Flutuar (caravela)
Pressão: (medusa)
Deslizamento: (anêmona)
Reprodução sexuada
Reprodução assexuada
O Reino dos Animais

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
Daniela Motta
 
Filo porifera (poriferos ou esponjas)
Filo porifera (poriferos ou esponjas)Filo porifera (poriferos ou esponjas)
Filo porifera (poriferos ou esponjas)
draud133
 

Mais procurados (20)

Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
 
Filo porifera (poriferos ou esponjas)
Filo porifera (poriferos ou esponjas)Filo porifera (poriferos ou esponjas)
Filo porifera (poriferos ou esponjas)
 
Apres.ppoint.cnidarios.celenterados
Apres.ppoint.cnidarios.celenteradosApres.ppoint.cnidarios.celenterados
Apres.ppoint.cnidarios.celenterados
 
Poriferos
PoriferosPoriferos
Poriferos
 
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Poríferos e Cnidários
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Poríferos e Cnidárioswww.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia -  Poríferos e Cnidários
www.EquarparaEnsinoMedio.com.br - Biologia - Poríferos e Cnidários
 
Poriferos
PoriferosPoriferos
Poriferos
 
Poriferos
PoriferosPoriferos
Poriferos
 
Poríferos e Cnidários
Poríferos e CnidáriosPoríferos e Cnidários
Poríferos e Cnidários
 
Poriferos E Cndarios
Poriferos E CndariosPoriferos E Cndarios
Poriferos E Cndarios
 
Os Poríferos
Os PoríferosOs Poríferos
Os Poríferos
 
Poríferos e cnidários 3C- 2015
Poríferos e cnidários 3C- 2015Poríferos e cnidários 3C- 2015
Poríferos e cnidários 3C- 2015
 
O reino animal
O reino animalO reino animal
O reino animal
 
Platelmintos
PlatelmintosPlatelmintos
Platelmintos
 
Aula completa reino animal filo poriferos e cnidários
Aula completa reino animal filo poriferos e cnidários Aula completa reino animal filo poriferos e cnidários
Aula completa reino animal filo poriferos e cnidários
 
Ciências: Os Invertebrados
Ciências: Os InvertebradosCiências: Os Invertebrados
Ciências: Os Invertebrados
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos Invertebrados
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos InvertebradosSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos Invertebrados
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Zoologia dos Invertebrados
 
Os invertebrados parte 1
Os invertebrados parte 1Os invertebrados parte 1
Os invertebrados parte 1
 
Reino Animal
Reino AnimalReino Animal
Reino Animal
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
 
Poríferos
PoríferosPoríferos
Poríferos
 

Destaque

Relações ecológicas
Relações ecológicas Relações ecológicas
Relações ecológicas
3a-manha
 
7º ano cap 14 porferos e celenterados
7º ano cap 14 porferos e celenterados7º ano cap 14 porferos e celenterados
7º ano cap 14 porferos e celenterados
ISJ
 
Aula Relações Ecológicas
Aula Relações EcológicasAula Relações Ecológicas
Aula Relações Ecológicas
Rosalia Azambuja
 
Fatores bióticos e abióticos
Fatores bióticos e abióticosFatores bióticos e abióticos
Fatores bióticos e abióticos
mmbbss
 
Ecossistema: Fatores bióticos e abióticos
Ecossistema: Fatores bióticos e abióticosEcossistema: Fatores bióticos e abióticos
Ecossistema: Fatores bióticos e abióticos
Carlos Priante
 
Animais vertebrados e invertebrados
Animais vertebrados e invertebradosAnimais vertebrados e invertebrados
Animais vertebrados e invertebrados
profgaspar
 
Triunfar Como Personas Javi Ppt
Triunfar Como Personas Javi PptTriunfar Como Personas Javi Ppt
Triunfar Como Personas Javi Ppt
guestb6c1680
 
História da internet
História da internetHistória da internet
História da internet
ACSPereira
 
Teorias del aprendizaje unmsm
Teorias del aprendizaje unmsmTeorias del aprendizaje unmsm
Teorias del aprendizaje unmsm
MY DEAR CLASS.
 
Biblioteca De Almas
Biblioteca De AlmasBiblioteca De Almas
Biblioteca De Almas
andrea
 
Colegio De Bachilleres Del Estado De Puebla
Colegio De Bachilleres Del Estado De PueblaColegio De Bachilleres Del Estado De Puebla
Colegio De Bachilleres Del Estado De Puebla
chicorita12
 

Destaque (20)

Relações ecológicas
Relações ecológicas Relações ecológicas
Relações ecológicas
 
7º ano cap 14 porferos e celenterados
7º ano cap 14 porferos e celenterados7º ano cap 14 porferos e celenterados
7º ano cap 14 porferos e celenterados
 
Animais vertebrados e invertebrados
Animais vertebrados e invertebradosAnimais vertebrados e invertebrados
Animais vertebrados e invertebrados
 
Relações bioticas
Relações bioticasRelações bioticas
Relações bioticas
 
Animais vertebrados e invertebrados
Animais vertebrados e invertebradosAnimais vertebrados e invertebrados
Animais vertebrados e invertebrados
 
Aula Relações Ecológicas
Aula Relações EcológicasAula Relações Ecológicas
Aula Relações Ecológicas
 
Animais Invertebrados
Animais InvertebradosAnimais Invertebrados
Animais Invertebrados
 
Fatores bióticos e abióticos
Fatores bióticos e abióticosFatores bióticos e abióticos
Fatores bióticos e abióticos
 
Ecossistema: Fatores bióticos e abióticos
Ecossistema: Fatores bióticos e abióticosEcossistema: Fatores bióticos e abióticos
Ecossistema: Fatores bióticos e abióticos
 
Animais vertebrados e invertebrados
Animais vertebrados e invertebradosAnimais vertebrados e invertebrados
Animais vertebrados e invertebrados
 
RÉPTEIS
RÉPTEISRÉPTEIS
RÉPTEIS
 
Triunfar Como Personas Javi Ppt
Triunfar Como Personas Javi PptTriunfar Como Personas Javi Ppt
Triunfar Como Personas Javi Ppt
 
Un buen momento (spanish)
Un buen momento  (spanish)Un buen momento  (spanish)
Un buen momento (spanish)
 
O brasil apos_2014
O brasil apos_2014O brasil apos_2014
O brasil apos_2014
 
História da internet
História da internetHistória da internet
História da internet
 
Igrejas
IgrejasIgrejas
Igrejas
 
Tipos bajos e inversión en divisas
Tipos bajos e inversión en divisasTipos bajos e inversión en divisas
Tipos bajos e inversión en divisas
 
Teorias del aprendizaje unmsm
Teorias del aprendizaje unmsmTeorias del aprendizaje unmsm
Teorias del aprendizaje unmsm
 
Biblioteca De Almas
Biblioteca De AlmasBiblioteca De Almas
Biblioteca De Almas
 
Colegio De Bachilleres Del Estado De Puebla
Colegio De Bachilleres Del Estado De PueblaColegio De Bachilleres Del Estado De Puebla
Colegio De Bachilleres Del Estado De Puebla
 

Semelhante a O Reino dos Animais

Trabalho de biologia características gerais dos seres vivos
Trabalho de biologia características gerais dos seres vivosTrabalho de biologia características gerais dos seres vivos
Trabalho de biologia características gerais dos seres vivos
Alessandra Miranda
 
Características gerais dos seres vivos
Características gerais dos seres vivosCaracterísticas gerais dos seres vivos
Características gerais dos seres vivos
Alessandra Miranda
 
Porferos e celenterados_-_2011
Porferos e celenterados_-_2011Porferos e celenterados_-_2011
Porferos e celenterados_-_2011
ISJ
 
Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)
Leonardo Kaplan
 

Semelhante a O Reino dos Animais (20)

Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
 
Porifero Cnidaria
Porifero CnidariaPorifero Cnidaria
Porifero Cnidaria
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
 
Zoo introdução
Zoo introduçãoZoo introdução
Zoo introdução
 
Zoo introdução
Zoo introduçãoZoo introdução
Zoo introdução
 
Invertebrados prof. simone
Invertebrados   prof. simoneInvertebrados   prof. simone
Invertebrados prof. simone
 
Trabalho de biologia características gerais dos seres vivos
Trabalho de biologia características gerais dos seres vivosTrabalho de biologia características gerais dos seres vivos
Trabalho de biologia características gerais dos seres vivos
 
Características gerais dos seres vivos
Características gerais dos seres vivosCaracterísticas gerais dos seres vivos
Características gerais dos seres vivos
 
Porferos e celenterados_-_2011
Porferos e celenterados_-_2011Porferos e celenterados_-_2011
Porferos e celenterados_-_2011
 
Reino animália
Reino animáliaReino animália
Reino animália
 
Trab pronto
Trab prontoTrab pronto
Trab pronto
 
Poliferos e Cnidários.pptx
Poliferos e Cnidários.pptxPoliferos e Cnidários.pptx
Poliferos e Cnidários.pptx
 
Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)
Aula 7º ano - Reino Animalia (invertebrados)
 
Filo chordata
Filo chordataFilo chordata
Filo chordata
 
Invertebrados marinhos 1o b
Invertebrados marinhos 1o bInvertebrados marinhos 1o b
Invertebrados marinhos 1o b
 
Deuterostomia [salvo automaticamente]
Deuterostomia [salvo automaticamente]Deuterostomia [salvo automaticamente]
Deuterostomia [salvo automaticamente]
 
Deuterostomia (seres vivos I)
Deuterostomia (seres vivos I)Deuterostomia (seres vivos I)
Deuterostomia (seres vivos I)
 
Zoo introdução
Zoo introduçãoZoo introdução
Zoo introdução
 
Poliferos e Cnidários
Poliferos e CnidáriosPoliferos e Cnidários
Poliferos e Cnidários
 
moluscos .pptx
moluscos .pptxmoluscos .pptx
moluscos .pptx
 

Último

4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
LindinhaSilva1
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Kelly Mendes
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
profbrunogeo95
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 

Último (20)

Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 

O Reino dos Animais

  • 1. O REINO DOS ANIMAIS
  • 3. Divisão do reino animal: • Filos, classes, ordens, famílias, gêneros e espécies. Estudaremos os filos e algumas classes Os filos serão apresentados em ordem evolutiva, ou seja, dos seres mais simples aos mais complexos.
  • 4. • Invertebrados – animais que não possuem esqueleto ósseo ou cartilaginoso: Filo dos Poríferos Filo dos Cnidários Filo dos Platelmintos Filo dos Nematelmintos Filo dos Anelídeos Filo dos Moluscos Filo dos Artrópodes Filo dos Equinodermos
  • 5. • Vertebrados Animais que apresentam esqueleto ósseo ou cartilaginoso.
  • 7. • O nome vem do latim: porus = poros + fera = portador de • São conhecidos também como esponjas ou animais filtradores. • Animais aquáticos (marinhos e água doce) • Não se locomovem (sésseis)
  • 8. O corpo das esponjas
  • 9. As células das esponjas não se organizam para formar tecidos e órgãos. O corpo das esponjas é formado pelas seguintes células: pinacócitos, coanócitos e amebócitos. As esponjas são os únicos animais que não apresentam células nervosas Seu corpo é sustentado por uma rede de fios de proteína e pelas espícula de calcário (carbonato de cálcio) ou de sílica
  • 10.
  • 11. Atividades vitais nas esponjas Para se alimentar, as esponjas movimentam os flagelos dos coanócitos, que fazem uma corrente de água penetrar pelos minúsculos poros do seu corpo. Em seguida se dirige para o átrio e sai pelo ósculo. A água também leva o oxigênio para as células.
  • 14. R R EP ODUÇÃO SEXUADA
  • 16. • São animais urticantes. • São um pouco mais desenvolvidos que os poríferos. • São todos aquáticos, sendo a maioria de habitat marinho. • Apresentam duas formas: pólipos e medusas.
  • 17. Pólipos: • Formato de um tubo cheios de tentáculos. Podem viver fixos como as anêmonas-domar e os corais, ou móveis, como as hidras.
  • 18. Medusas • Corpo em forma guarda-chuva, abertura correspondente à boca na parte inferior do animal. • Tem vida livre, flutuam na água, como é o caso da água-viva
  • 19.
  • 20. Atividades vitais dos cnidários • Possuem vários tentáculos cheios de • • • • cnidoblastos, junto à boca (defesa e alimentação) Apresentam cavidade digestiva (primitiva) Digestão extracelular e intracelular Apresentam boca, mas não possuem ânus Respiração semelhante à dos poríferos
  • 21. • Não há sistema circulatório: nutrientes passam de célula em célula. • O filo dos cnidários é o primeiro a apresentar células nervosas.
  • 22. • Locomoção: Cambalhotas (hidra) Flutuar (caravela) Pressão: (medusa) Deslizamento: (anêmona)
  • 24.
  • 25.