SlideShare uma empresa Scribd logo
Empreendedorismo – Os 4 pilares básicos
para um negócio de sucesso
Plano de
Marketing
Plano de
Negócio

Pesquisa
de
mercado

Controle
financeiros
Olá, boa leitura. O
bom planejamento
e a dedicação é o
segredo do
sucesso!

Anderson Alberto Ramos
engand.ramos@gmail.com
Anderson Alberto Ramos
E-mail: engand.ramos@gmail.com

I. Formação Acadêmica:
1. Curso de especialização em Engenharia Clínica ­ UNICAMP ­ 2012
2. Graduação em Engenharia de Controle e Automação  ­ UNIP ­ 2010
3. Curso Técnico em Informática  ­ ETE Pedro Ferreira Alves ­ 2005

http://www.linkedin.com/in/andersonramos
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

Etapas para elaboração do plano de negócio
1º PASSO: Sumário executivo;
2º PASSO: Apresentação da empresa;
3º PASSO: Plano de marketing;
4º PASSO: Plano operacional;
5º PASSO: Plano financeiro;
6º PASSO: Avaliação do plano de negócio;
7º PASSO: Documentação de apoio;
8º PASSO: Onde buscar informações;
9º PASSO: Formulário plano de negócio;
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

1º PASSO: Sumário executivo
Através do sumário executivo pode ser visualizado as principais definições do
projeto, sendo composto pelas seguintes partes.

1.1 DESCRIÇÃO DO PROJETO

1.2 DADOS DOS EMPREENDEDORES,
PERFIS E ATRIBUIÇÕES

O sumário executivo é redigido após a conclusão do plano de negócio. Através desse
documento, a ideia do negócio e sua viabilidade de implantação são expostas!

1
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

1.1 Descrição do projeto
Apresenta as principais características do seu negócio.
- O que é o negócio?
- Quais os principais produtos e/ou serviços?
- Quem serão seus principais clientes?
- Local de funcionamento da empresa?
- Estimativa do montante de capital que será investido?
- Estimativa do faturamento mensal?
- Qual o lucro previsto?
- Qual o tempo para retorno do capital investido?
2
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

1.2 Dados dos empreendedores, perfis e atribuições
Além dos dados referentes aos responsáveis pela gestão da empresa, deve
constar uma apresentação do perfil, conhecimentos, habilidades e experiência
profissional de cada um dos responsáveis. Algumas questões são importantes
analisar para a escolha dos sócios.
- Os objetivos são semelhantes entre os sócios?
- Divisão das tarefas, campo de atuação e horário de trabalho,
antes de abrir a empresa;
- Definição da retirada pró-labore (remuneração pelo trabalho
dos sócios da empresa), distribuição de lucros e valor que
será reinvestido na empresa;
- Grau de autonomia;
- Medidas caso seja necessário romper a sociedade;
- Análise de restrições cadastrais ou pendências financeiras;
É importante estabelecer todos os pontos que podem gerar conflitos futuros, documentálos em um contrato a ser assinado pelos sócios!

3
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

1.1) HORA DE PRATICAR – Descrição do projeto (Faça um resumo dos
principais pontos do seu projeto).

Indicadores de viabilidade:
Lucratividade:
Rentabilidade:
Prazo de retorno do investimento:
Ponto de equilíbrio:

Valor (R$):

4
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

1.2) HORA DE PRATICAR
atribuições de cada sócio.

–

Dados dos empreendedores, perfis e

> Sócio 1:
Nome:
Endereço:
Telefone:
> Perfil (breve currículo):

> Atribuições do sócio 1 (papel a ser desempenhado na empresa):

5
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

2º PASSO: Apresentação da empresa

2.1 DADOS DO EMPREENDIMENTO

2.2 SETOR DE ATIVIDADES

2.4 ENQUADRAMENTO TRIBUTÁRIO

2.3 FORMA JURÍDICA

2.5 CAPITAL SOCIAL

6
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

2.1 Dados do empreendimento

A empresa
está
registrada?

SIM

Identificar
nome da
empresa e
número de
inscrição no
CNPJ*

NÃO

Identificar
CPF* do
proprietário
da empresa

*CNPJ – Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica.
*CPF – Cadastro de Pessoa Física.

7
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

2.2 Setor de atividades
Quando estiver definido qual é o negócio da sua empresa, você deve definir qual o
setor de atividade em que atuará. Para seu auxílio, segue alguns exemplos.

Atividades relacionadas ao cultivo de
solo para produção de vegetais e/ou a
criação e tratamento de animais.

Fabrica de produtos, utilizando matéria-prima,
através de um processo manual ou com auxílio de
máquinas.

Venda de mercadorias diretamente ao
consumidor ou compra do fabricante para
vender aos varejistas.

Não vende uma mercadoria, mas sim, vende
um trabalho ao consumidor.

8
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

2.3 Forma jurídica
A forma jurídica da empresa define a forma pela qual ela será tratada pela lei, assim
como, seu relacionamento com terceiros. Sociedade simples, sociedade
empresária ou empresário são algumas.

Sociedade
Simples

Formada por pessoas que
contribuem com bens ou
serviços para o exercício da
atividade e, repartem o lucro
entre si. Podem exercer
atividade intelectual, artística
ou literária.

Sociedade
empresária

Exerce profissionalmente
atividade econômica
organizada para produção
ou circulação de bens ou
serviços, constituindo
elemento de empresa,
devendo inscrever-se na
junta comercial.

Empresário

É a pessoa física que exerce
atividade econômica
organizada para produção ou
circulação de bens ou
serviços. Sendo necessário
sua inscrição na junta
comercial.

Um contabilista poderá lhe
explicar qual a melhor opção
para você.

9
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

2.4 Enquadramento tributário
Está relacionado com o cálculo e o recolhimento de impostos devidos em nível
federal. Para pequenas empresas pode ser regime simples ou regime normal.

Regime
Simples

Conta com redução da carga
tributária, o recolhimento de
impostos ocorre de forma
unificada e simplificada. Está
sujeito à aprovação da
receita federal, de forma que
é considerado o ramo de
atividade e o faturamento
anual da empresa.

Regime
Normal

O recolhimento de
impostos é feito de
forma tradicional, a
empresa
cumpre
todos os requisitos
previstos em lei para
cada
imposto
existente.

Também existem
os impostos para
o governo
estadual (ICMS)
e municipal
(ISS).

Um contabilista pode ajudá-lo a entender melhor sobre os tributos devidos, suas
alíquotas e possíveis benefícios fiscais!

10
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

2.5 Capital social
É todos os recursos (dinheiro, equipamentos, ferramentas, etc), disponibilizado
pelos proprietários ou sócios para a implantação do negócio. Nesse momento deve
ser definido qual será o valor investido por cada sócio na empresa.

Nesse material você terá a
oportunidade de ler sobre
planejamento financeiro.
11
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

2.1) HORA DE PRATICAR

– Dados do empreendimento.

Nome da empresa:
CNPJ/CPF:

2.2) HORA DE PRATICAR
sua empresa.

–

Assinale com um X, o setor de atividades de

Agropecuária:
Indústria:
Comércio:
Serviços:
Outros:

12
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

2.3) HORA DE PRATICAR
sua empresa utilizará.

–

Assinale com um X, qual a forma jurídica que

Sociedade simples:
Sociedade empresária:
Empresário:
Outra:

13
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

2.4) HORA DE PRATICAR
sua empresa utilizará.

–

Assinale com um X, qual a forma jurídica que

- Âmbito federal:
Regime simples:
Regime normal:
IRPJ – Imposto de renda Pessoa Jurídica.
PIS – Contribuição para os programas de integração social.
COFINS – Contribuição para financiamento da seguridade social.
CSLL – Contribuição social sobre o lucro líquido.

- Âmbito estadual:
MICROGERAES
ICMS – Imposto sobre circulação de mercadorias e serviços
(sistema débito e crédito).

- Âmbito municipal:
ISS – Imposto sobre serviços.
14
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

3º PASSO: Plano de marketing

3.1 DESCRIÇÃO DOS PRINCIPAIS
PRODUTOS

3.4 ESTUDO DOS FORNECEDORES

3.2 ESTUDO DOS CLIENTES

3.5 ESTRATÉGIAS PROMOCIONAIS

3.3 ESTUDO DOS CONCORRENTES

3.6 ESTRUTURA DE
COMERCIALIZAÇÃO

15
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

3.1 Descrição dos principais produtos
Breve descrição das características dos principais itens ou serviços que serão
prestados pela empresa.

Informe

Linhas de
produtos,
especificando
detalhes como,
tamanho, modelo,
cor, sabores,
rótulo, marca,
entre outros.

Caso sua empresa
ofereça serviços aos
clientes, é
importante, informar
todos os serviços
oferecidos, suas
características e as
garantias oferecidas.

Como sugestão, você pode tirar fotos dos produtos e anexar as imagens no final da
documentação do seu plano de negócio, como apoio a visibilidade do produto!

16
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

3.2 Estudo dos clientes
É importante você entender que os clientes não compram apenas produtos, na
verdade, eles estão em busca de soluções para algo que precisam ou desejam.
Segue abaixo um roteiro com algumas perguntas que auxiliem você identificar
quais são essas soluções.
1º Passo:
1º Passo:
identificando as
identificando as
características
características
gerais dos
gerais dos
clientes.
clientes.

2º Passo:
2º Passo:
identificando os
identificando os
interesses e os
interesses e os
comportamento
comportamento
ssdos clientes.
dos clientes.

3º Passo:
3º Passo:
identificando o
identificando o
que leva as
que leva as
pessoas a
pessoas a
comprar.
comprar.

4º Passo:
4º Passo:
identificando
identificando
onde estão os
onde estão os
seus clientes.
seus clientes.

Escolha uma parte do mercado para sua empresa atuar, exemplo, uma loja de
roupas especializada no público infantil ou uma confeitaria que fabrica
sobremesas dietéticas.
Lembre-se que uma empresa é viável, quando possui um número mínimo de
clientes que consomem os produtos ou serviços de forma capaz de gerar um
lucro que cubra todas as despesas necessárias para manter a empresa e gere um
lucro líquido para o proprietário. Caso não tenha esse público, caia fora, não tenha
prejuízo!
17
3.2 Identificando os clientes
1º PASSO

Se pessoas físicas:
➔

Qual a faixa etária?

➔

Na maioria são homens ou mulheres?

➔

Têm família grande ou pequena?

➔

Se pessoas jurídicas:
➔

➔

➔

Qual é o seu trabalho?
➔

➔

Quanto ganham?

➔

Qual é a sua escolaridade?

➔

Onde moram?

➔

➔

Em que ramo atuam?
Que tipos de produtos ou
serviços oferecem?
Quantos empregados
possuem?
Há quanto tempo estão
no mercado?
Possuem filial? Onde?
Têm uma boa imagem no
mercado?
18
3.2 Identificando os clientes
2º PASSO

➔

Com que frequência compram esse tipo de produto ou serviço?

➔

Onde costumam comprar?

19
3.2 Identificando os clientes
3º PASSO

Identificando o que leva as pessoas a comprar:
➔

O preço?

➔

A qualidade dos produtos e/ou serviços?

➔

A marca?

➔

O prazo de entrega?

➔

O prazo de pagamento?

➔

O atendimento da empresa?

20
3.2 Identificando os clientes
4º PASSO

Identificando onde estão os seus clientes:
➔

Qual o tamanho do mercado em que você pretende atuar?

➔

É apenas a sua rua?

➔

O seu bairro?

➔

A sua cidade?

➔

Todo o estado?

➔

Todo o país ou outros países?

➔

Os clientes encontrarão com facilidade a sua empresa?

20
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

3.3 Estudo dos concorrentes
A ideia nessa etapa, é identificar seus principais concorrentes, fazer uma visita e
comparar a qualidade dos produtos, formas de pagamento, entre outros pontos
importantes. Identifique pontos fortes e pontos fracos em comparação com o seu
negócio.

Pontos de comparação entre sua empresa x concorrente:
Pontos de comparação entre sua empresa x concorrente:
Qualidade dos materiais empregados – cores, tamanhos,
embalagem, variedade, etc.
➔ Condições de pagamento – prazos concedidos, descontos
praticados, etc;
➔

Preço cobrado;
➔ Localização;
➔

Serviços disponibilizados – hora de atendimento, entrega a
domicilio, tele-atendimento;
➔ Garantias oferecidas;
➔

Concorrente é todo aquele que atua no mesmo ramo de mercado que você e atende
clientes com o mesmo perfil que você trabalha em sua empresa!

21
3.3 Estudo dos concorrentes

Após as comparações, tire suas conclusões
Após as comparações, tire suas conclusões
➔

➔

➔

➔

É possível competir com as outras empresas que estão no mercado
há mais tempo?
Quais estratégias para os clientes deixarem de comprarem nos
concorrentes, para comprarem na sua empresa?
Há espaço para todos, incluindo você?
Se a resposta for sim, explique os motivos. Caso contrário, quais
mudanças devem ser feitas para que seja possível concorrer de
forma igual com as empresas concorrentes?

22
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

3.4 Estudo dos fornecedores
A necessidade de ter bons fornecedores, faz com que o empresário execute um
bom levantamento de informações sobre os mesmos, identifique as melhores
fontes, tenha uma estratégia para coleta de informações e um cadastro atualizado,
assim como um bom relacionamento com as empresas fornecedoras de materiais
ou serviços.
➔

Levantamento dos fornecedores;

➔

Fontes;

➔

Cadastro e coleta de informações;

➔

Relacionamento ideal;
23
3.4 Estudo dos fornecedores

Levantamento dos fornecedores
Levantamento dos fornecedores

Os fornecedores são empresas ou
pessoas
que
fornecem
artigos
necessários para o funcionamento da sua
empresa, exemplo, fornecedores de
equipamentos,
ferramentas,
móveis,
utensílios, matéria-prima, embalagens,
mercadorias e serviços.

24
3.4 Estudo dos fornecedores

Fontes
Fontes

É necessário que você tenha acesso a
relações de fornecedores. Fontes úteis
para essa tarefa são, catálogos de feiras
ou listas telefônicas, nos sindicatos e
também no Sebrae. A internet também é
um
meio
prático
para
fazer
o
levantamento dos fornecedores.

25
3.4 Estudo dos fornecedores

Cadastro e coleta de informações
Cadastro e coleta de informações

Mantenha um cadastro atualizado de
todos os seus fornecedores em potencial,
isso facilitará a coleta de informações.
Pesquise pessoalmente ou por telefone,
aspectos importantes como: Preço,
qualidade, condições de pagamento e
prazo
médio
de
entrega.
Essas
informações
são
úteis
para
o
levantamento do investimento inicial
necessário e as despesas de mercado.
26
3.4 Estudo dos fornecedores

Relacionamento ideal
Relacionamento ideal

Manter um bom relacionamento com os
fornecedores é uma estratégia importante
para o empreendedor. Deve ter uma visão
a longo prazo, manter um fluxo constante
de compras e pagamentos em dia. Vale
ressaltar que a troca de fornecedores
durante um processo operacional,
prejudica os resultados da empresas,
atingindo,
consequentemente,
os
clientes.
27
Algumas dicas importantes
Algumas dicas importantes

3.4 Estudo dos fornecedores

- Selecione
necessário;

pelo

menos

três

empresas

para

cada

artigo

- Mesmo após a seleção de um fornecedor, mantenha contato com
sua lista de fornecedores, de tempos em tempos, pois você não
sabe quando seu fornecedor principal enfrentará dificuldades;
- Ao adquirir materiais, equipamentos ou mercadorias faça um
estudo de verificação da capacidade técnica dos fornecedores. Todo
fornecedor deve ser capaz de suprir o material ou as mercadorias
desejadas, na qualidade exigida, dentro do prazo estipulado e com o
preço combinado;
- A tomada de preços facilita a coleta de informações sobre aquilo
que se deseja adquirir. Através da comparação entre os dados
obtidos, tem-se possibilidade de se tomar decisões mais acertadas.

28
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

3.5 Estratégias promocionais
Promoção é a forma de apresentar os produtos da empresa, informar e convencer
os clientes, lembrá-los de consumir os produtos ou serviços de sua empresa, ao
invés de comprar dos concorrentes. Dessa forma é importante você estudar e
aplicar as melhores estratégias de divulgação dos seus produtos ou serviços.

Estratégias de divulgação:
Propaganda em rádio, jornais e revistas;
➔ Amostras grátis;
➔ Malas diretas, folhetos e cartões de visita;
➔ Catálogos;
➔ Brindes e sorteios;
➔ Descontos (de acordo com os volumes comprados);
➔ Participação em feiras e eventos;
➔

A escolha da forma de divulgação deve levar em conta qual o retorno que essa
estratégia levará, seja na imagem do negócio ou no aumento do número de clientes!

28
3.5 Estratégias promocionais
●

Dicas:
➔

➔

➔

➔

Catálogos de produtos: Forma de apresentação da empresa
organizada e detalhada. Inclua em seu catálogo fotos, informações
técnicas e formas de utilização.
Panfleto ou volante: Podem ser entregue em locais com grande
fluxo de pessoas. Podem conter informações básicas da empresa,
como, nome, telefone, endereço. E sobre seus serviços e/ou
produtos.
Revistas especializadas: Podem ser de revistas especializadas do
seu setor ou em jornais de bairro. Anúncios nesses meios de
comunicação atingem diretamente o público-alvo.
Feiras: Apresentação da empresa a um público selecionado, além
de possibilitar venda de seus produtos e/ou serviços.
INPI (Instituto Nacional de Propriedade industrial) – Consultar o logo e nome da marca
pretendida para sua empresa, se está disponível ou não, consulte em www.inpi.gov.br!

29
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

3.6 Estrutura de comercialização
- São os canais de distribuição dos produtos, isso é, como esses chegarão aos
seus clientes. A empresa pode adotar vários canais para que isso aconteça como:
vendedores internos e externos, representantes.

Para definir os canais de distribuição considere:
➔

Pense no tamanho dos pedidos;

➔

Na quantidade de compradores;

➔

O comportamento do cliente;

A escolha da forma de divulgação deve levar em conta qual o retorno que essa
estratégia levará, seja na imagem do negócio ou no aumento do número de clientes!

30
3.6 Estrutura de comercialização

●

Dicas:
➔

➔

➔

➔

A comercialização de produtos e/ou serviços pode ser feita pelos
próprios proprietários da empresa, por vendedores internos ou
externos ou representantes.
É importante montar uma boa equipe de vendas, que conheça bem
os produtos da empresa e as vantagens existentes em relação a
concorrência.
Existe a possibilidade de contratar representantes comerciais. Isto
é viável quando se explora uma região extensa e desconhecida.
Elabore um contrato específico e tome cuidado com questões
trabalhistas. Consulte um advogado ou um consultor sobre o
assunto.
O telefone é uma ótima ferramenta para divulgação e vendas de
produtos e/ou serviços.
31
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

3.1) HORA DE PRATICAR – Descrição dos principais produtos (a serem
fabricados, revendidos ou serviços prestados).

32
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

3.2) HORA DE PRATICAR

– Estudo dos clientes.

> Público-alvo (perfil dos clientes):

> Comportamento dos clientes ( interesses, o que os levam a comprar):

> Área de abrangência (onde estão os clientes?):

33
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

3.3) HORA DE PRATICAR
Qualidade

– Estudo dos concorrentes.

Preço Condições de pagamento Localização

Sua empresa
Concorrente 1
Concorrente 2

Conclusões:

34
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

3.3) HORA DE PRATICAR

– Estudo dos concorrentes.

Atendimento Serviços aos clientes

Garantias oferecidas

Sua empresa
Concorrente 1
Concorrente 2

Conclusões:

35
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

3.4) HORA DE PRATICAR

– Estudo dos fornecedores.

Descrição dos itens a serem adquiridos Nome do fornecedor
1
2
3
4
5
6
7
Conclusões:

36
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

3.4) HORA DE PRATICAR
Preço

– Estudo dos fornecedores.

Prazo de entrega

Condições de pagamento Localização

37
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

3.5) HORA DE PRATICAR – Estratégias promocionais, descreva as
estratégias de promoção e divulgação que irá utilizar.

38
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

3.6) HORA DE PRATICAR – Estrutura de comercialização, formas de
comercialização e distribuição (descreva abaixo quais serão utilizadas).

39
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

4º PASSO: Plano Operacional

4.1 LOCALIZAÇÃO DO NEGÓCIO

4.2 LAYOUT

4.3 CAPACIDADE
PRODUTIVA

4.4 PROCESSO DE PRODUÇÃO

4.5 RECURSOS HUMANOS

40
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

4.1 Localização do negócio
- Nesse momento você deve selecionar a localização do seu negócio e justificar
sua escolha, o local de funcionamento da empresa, está diretamente relacionado
com o ramo de atividade do negócio.

Considere os seguintes pontos para sua localização comercial:
➔

Analise o contrato de locação, condições de pagamento e prazo
do aluguel do imóvel;

➔

Verifique as condições de segurança da vizinhança;

➔

Observe a facilidade de acesso, ruídos e limpeza de local;

➔

Avalie a proximidade de clientes, concorrentes e fornecedores;

➔

Visite o local em horários diferentes, para analisar o fluxo de
pessoas e trânsito no local;
41
4.1 Localização do negócio

●

Algumas dicas importantes:
➔

➔

➔

A compra do terreno para abertura da empresa, é algo pouco
comum, pois exige um alto investimento de recursos financeiros,
comprometendo uma grande parte que seria utilizada como capital
de giro;
Escolha o local conforme o tipo de empreendimento, não force um
negócio em uma área que não atenda as características ideias para
aquele tipo de comércio ou produto;
Antes de fechar um contrato de aluguel, verifique junto a prefeitura
da cidade, se tal local é apto a exercer atividades comerciais, as
quais você deseja. Também verifique implicações no corpo de
bombeiros e vigilância sanitária.

42
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

4.2 Layout
- Por meio de layout ou um arranjo físico, você irá definir como será a distribuição
dos vários setores da empresa, dos recursos e das pessoas no espaço disponível.

Um bom arranjo físico traz benefícios como:
➔

O aumento da produtividade;

➔

Diminuição do desperdício e do retrabalho;

➔

➔

Melhor facilidade na localização dos produtos pelos
clientes na área de vendas;
Melhoria de comunicação entre os setores e as pessoas;

O ideal que você contrate um profissional para fazer a distribuição dos setores de sua
empresa, ou caso o recurso seja pequeno, faça você mesmo o esquema de distribuição!

43
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

4.3 Capacidade produtiva e/ou comercial
É importante estimar a capacidade instalada da empresa, isto é, o quanto pode ser
produzido ou quantos clientes podem ser atendidos com a estrutura existente.
Com isso é possível diminuir a ociosidade e o desperdício.

Fique de olho:
➔

Seja realista e leve em consideração, na projeção do volume de
produção, de vendas ou de serviços: o tipo de mercadoria ou
serviço que colocará no mercado, as suas instalações e seus
maquinários, sua disponibilidade financeira, o fornecimento de
matérias-primas e/ou mercadorias;

Considere as oscilações do mercado, em função daquilo que você fabricará ou irá
revender!

44
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

4.4 Processo de fabricação e/ou comercialização
Em um processo industrial tudo é registrado e documentado, etapa por etapa.
Nessa fase você deve conceber e documentar como será fabricado os produtos,
como será feita as vendas desses produtos, a prestação de serviços e até mesmo
as atividades administrativas.

Identifique e documente:
➔

Os responsáveis por cada tarefa;

➔

Quais os materiais e equipamentos necessários?

Com base nas informações dos processos, monte um roteiro passo a passo para cada
atividade em seu negócio, desde a entrada de matéria-prima até a saída do produto final!

45
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

4.5 Necessidade de pessoal
É necessário que você faça uma projeção do número de pessoal necessário para
trabalhar com o intuito do seu negócio funcionar. Inclui familiares, sócios, que
trabalharão na empresa e as pessoas a serem contratadas.

46
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

4.1) HORA DE PRATICAR

– Localização do negócio.

Endereço
Bairro
Fone 1

Cidade/Estado
Fone 2/FAX

Considerações sobre o ponto (localização) que justifique a escolha:

47
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

4.2) HORA DE PRATICAR – Layout, Desenhe um esquema abaixo, como
ficarão as áreas e como serão alocados, nelas, máquinas, equipamentos,
móveis, etc.

48
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

4.3) HORA DE PRATICAR – Capacidade produtiva e/ou comercial,
descreva no caso de indústria, a quantidade de itens fabricados no mês. No
comércio, as projeções de vendas e, em prestação de serviços, a quantidade
de horas disponíveis para execução do trabalho.

49
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

4.4) HORA DE PRATICAR – Processo de produção e/ou de
comercialização, descreva como serão feitas as principais atividades do
negócio.

50
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

4.5) HORA DE PRATICAR

Cargo/Função

– Necessidade de pessoal.

Qualificações necessárias

51
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5º PASSO: Plano Financeiro

5.1 INVESTIMENTO TOTAL

5.2 FATURAMENTO MENSAL DA

5.3 CUSTOS COM MATERIAIS

EMPRESA

5.4 APURAÇÃO DOS CUSTO DOS
MATERIAIS

5.5 CUSTOS DE COMERCIALIZAÇÃO

5.6 CUSTOS COM MÃO-DE-OBRA

52
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5º PASSO: Plano Financeiro

5.1 INVESTIMENTO TOTAL

5.2 FATURAMENTO MENSAL DA

5.3 CUSTOS COM MATERIAIS

EMPRESA

5.4 APURAÇÃO DOS CUSTO DOS
MATERIAIS

5.5 CUSTOS DE COMERCIALIZAÇÃO

5.6 CUSTOS COM MÃO-DE-OBRA

53
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5º PASSO: Plano Financeiro

5.7 CUSTO COM DEPRECIAÇÃO

5.8 CUSTOS FIXOS
MENSAIS

5.9 DEMONSTRATIVO DE
RESULTADOS

5.10 INDICADORES DE VIABILIDADE

53
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.1 Estimativa de investimento total
O investimento total é formado por investimentos fixos, financeiros e pré-operacionais.
Nessa fase você irá determinar o total de recursos que deve ser investido para que sua
empresa comece a funcionar.

Em detalhes cada investimento:
➔

➔

➔

Investimentos fixos – está relacionado com bens necessários
para que sua empresa funcione de forma correta;
Investimentos financeiros – está destinado a formação de
capital de giro para o negócio.
Investimentos pré-operacionais – está relacionado com os
gastos antes do início das atividades da empresa.

54
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.1.1 Estimativa de investimentos fixos
Investimentos fixos – está
relacionado
com
bens
necessários para que sua
empresa funcione de forma
correta;
veja ao lado, alguns
exemplos
a
serem
preenchidos
conforme
sua
empresa
e
o
investimento fixo que foi
feita nela

55
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.1.2 Estimativa de investimentos financeiros

➔

➔

Investimentos financeiros – está destinado a formação de
capital de giro para o negócio;
Compreende a compra de matérias-primas ou mercadorias,
financiamento das vendas, pagamentos de salários e demais
despesas.

56
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.1.2 Estimativa de investimentos financeiros

A) Estimativa do estoque inicial
Todos os materiais ou mercadorias indispensáveis para o processo
de fabricação de produtos ou para revenda;
Pechinchar com os
fornecedores, preço
competitivo no
mercado

Controle eficiente do
estoque, garantia do
melhor momento para
repor mercadorias

Preferência por
produtos com maior
aceitação no mercado,
estoque parado é
prejuízo

B) Estimativa de capital de giro
É uma reserva necessária para suprir todos os gastos, até que, entre
dinheiro suficiente no caixa através de contas à receber;

57
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.1.2 Estimativa de investimentos financeiros

A) Estimativa do estoque inicial

TOTAL DE A: R$ ___________________.

58
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.1.2 Estimativa de investimentos financeiros

B) Estimativa do capital de giro

TOTAL DE A: R$ ___________________.

59
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.1.3 Estimativa dos investimentos pré-operacionais
São gastos realizados antes de iniciar o negócio, exemplo, reforma do imóvel(pintura,
elétrica, troca de piso), ou mesmo, taxas de registro da empresa.

60
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.1.4 Estimativa do investimento total
Após as três estimativas de investimentos feitas anteriormente, agora é hora de, fazer a
estimativa do investimento total, ou seja, a soma das estimativas de: investimentos
fixos, investimentos financeiros e investimentos pré-operacionais.

Está apto a atender
Está apto a atender
todas as exigências e
todas as exigências e
quitar a dívida? Caso
quitar a dívida? Caso
sua resposta seja não,
sua resposta seja não,
melhor adiar seu
melhor adiar seu
negócio para o
negócio para o
momento certo
momento certo

Você possui recurso
Você possui recurso
próprio (capital
próprio (capital
necessário) ou terá que
necessário) ou terá que
recorrer a bancos?
recorrer a bancos?

Busque informações
Busque informações
com o gerente do
com o gerente do
banco sobre linhas de
banco sobre linhas de
crédito, juros, prazo
crédito, juros, prazo
de pagamento e as
de pagamento e as
garantias exigidas
garantias exigidas
61
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.1.4 Estimativa do investimento total

62
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.2 Estimativa do faturamento mensal da empresa
Uma forma de realizar a estimativa de faturamento mensal é a quantidade de produtos a
serem oferecidos pelo seu valor de venda. Baseado nas informações do mercado. Preço
praticado por seus concorrentes diretos e quanto seu cliente está disposto a pagar.

Fique de olho:
➔

➔

Considere a avaliação do potencial de mercado em que você
atuará e sua capacidade de produção.
Faça previsão de faturamento para um período, pelo menos
12 meses, e avalie se existem épocas que as vendas
aumentam ou diminuem.

63
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.2 Estimativa do faturamento mensal da empresa

64
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.3 Estimativa dos custos com materiais e/ou insumos
Deve-se calcular o custo com materiais (matérias-primas + embalagens) para cada
unidade fabricada. Isso é muito importante, caso você tenha a intenção de abrir uma
empresa.

Fique de olho:
➔

➔

Os gastos com matérias-primas e embalagens, são
classificados como gastos variáveis numa empresa industrial.
Analise o exemplo a seguir.

65
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.3 Estimativa dos custos com materiais e/ou insumos

66
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.3 Estimativa dos custos com materiais e/ou insumos

67
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.3 Estimativa dos custos com materiais e/ou insumos

68
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.4 Apuração do custo dos materiais e/ou mercadorias vendidas
Nessa etapa você deverá apurar o CM – Custos com materiais (para a indústria) ou CMV
– Custos das mercadorias vendidas (para o comércio).

Fique de olho:
➔

➔

O custo com materiais e/ou mercadorias vendidas é
classificado como custo variável, ou seja, um gasto que
aumenta ou diminui em função do volume de produção ou de
vendas.
O custo dos materiais ou mercadorias representa o valor que
deverá ser baixado do estoque da empresa pela sua venda
efetiva. O cálculo é feito multiplicando a quantidade estimada
de produtos a serem vendidos pelo seu custo de fabricação
ou de aquisição.
69
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.4 Apuração do custo dos materiais e/ou mercadorias vendidas

70
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.5 Estimativa dos custos de comercialização
Gastos com impostos e comissões para vendedores ou representantes. Está
diretamente ligado as vendas, e assim como o custo dos materiais ou mercadorias
vendidas, é considerado como custo variável.

Como calcular:
➔

Aplicar sobre o total de vendas previstas, o percentual dos
impostos e das comissões a serem pagas.

71
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.5 Estimativa dos custos de comercialização

72
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.6 Estimativa dos custos com mão de obra
Um contabilista poderá informá-lo sobre quais os encargos sociais devidos pela sua
empresa. Pesquise, junto ao sindicato patronal, o piso salarial a ser pago a seus
funcionários e quais os benefícios devidos.

Como calcular:
➔

➔

➔

Definir quantas pessoas serão contratadas e o salário de cada
uma;
Considerar encargos sociais como (FGTS, 13º salário, INSS,
horas-extras, aviso prévio, etc);
Deve-se somar aos salários os encargos sociais, assim, você
saberá qual o custo total com a mão-de-obra.

73
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.6 Estimativa dos custos com mão de obra

74
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.7 Estimativa do custo com depreciação
Depreciação está relacionado ao desgaste de equipamentos e ferramentas, que vão se
desgastando conforme seu uso nos passar dos anos,sendo necessária sua reposição.
Representa uma perda de valor do equipamento ou ferramenta para o mercado.

Como calcular a depreciação dos investimentos fixos:
➔

Relacione as máquinas, ferramentas, veículos utilizados, etc;

➔

Determine o tempo médio de uso desses bens em anos;

➔

➔

Divida o valor do bem pela sua vida útil em anos, para saber o
valor anual da depreciação;
Divida o valor anual com depreciação por 12, para saber a
depreciação mensal desses bens.
Dependendo da situação financeira e das estratégias do negócio, pode ser feita uma
reserva para a troca do bem após o término da vida útil!

75
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.7 Estimativa do custo com depreciação

76
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.7 Estimativa do custo com depreciação
Conforme a tabela abaixo elaborada pela receita federal, considera para efeito de vida
útil, os seguintes prazos de vida útil para os seguintes bens (devem servir apenas como
referência).

Conforme a atividade empresarial máquinas e ferramentas sofrem
desgastes maiores. Considere esse ponto na hora do cálculo de
depreciação. Equipamentos sucateados tem custo de manutenção mais
elevados e menor produtividade.

77
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.7 Estimativa do custo com depreciação

78
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.8 Estimativa dos custos fixos mensais
Os custos fixos estão relacionados com as despesas como aluguel, energia, salários.
Esses valores são considerados custos fixos e devem ser pagos mesmo que a empresa
não fature. Como exercício, liste todos os custos fixos e estime os valores mensais de
cada um.

Fique de olho:
➔

➔

➔

➔

Seja cauteloso, trabalhe com uma margem de segurança na hora
de estimar os gastos;
Adote prática para eliminar e reduzir desperdiço e retrabalho;
O pró-labore é considerado como custo, ou seja, é a remuneração
do proprietário da empresa;
Sempre relacionar o valor de depreciação mensal das máquinas e
equipamentos calculados anteriormente.
79
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.8 Estimativa dos custos fixos mensais

80
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.9 Demonstrativo de resultados
É hora de prever se a empresa dará lucros ou prejuízos, através do demonstrativo de
resultados, que é composto pelos valores da estimativa de faturamento e o total de
custos, sejam fixos ou variáveis.

81
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.9 Demonstrativo de resultados
Para calcular o percentual (%) de cada um dos itens que compõem o demonstrativo de
resultados, você deve dividi-lo pela receita total de vendas, multiplicando o resultado
por 100. Veja o exemplo abaixo.

82
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.10.1 Ponto de equilíbrio
Representa o quanto sua empresa precisa faturar ou quantas unidades de um
determinado produto ou serviço precisam ser vendidos para pagar todos os seus
custos em um determinado período.

Utilize as fórmulas a seguir:

Você deve se esforçar para que o empreendimento ultrapasse o ponto de equilíbrio,
dessa forma você obterá lucro, o ponto de equilibro também pode ser calculado através
do faturamento, em caso de grande variedade de produtos ou serviços!

83
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.10.1 Ponto de equilíbrio

84
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.10.2 Lucratividade
Indicador que mede o lucro líquido em relação às vendas. Está diretamente ligado a
competitividade. Quanto maior a lucratividade, maior a capacidade de competir, e
investir em estratégias de divulgação, na aquisição de produtos e novos equipamentos,
etc.

Utilize as fórmulas a seguir:

Sob R$ 100.000 de receita total, sobram R$ 8.000 na forma de lucro. Depois de pagas
todas as despesas e impostos, o que indica uma lucratividade de 8% ao ano!
85
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.10.3 Rentabilidade
Indica atratividade dos negócios, pois mede o retorno do capital investido aos sócios. É
obtido sob a forma percentual por unidade de tempo (por exemplo, mês ou ano). É
calculado através do lucro líquido pelo investimento total. A rentabilidade deve ser
comparada com os índices praticados no mercado financeiro.

Utilize as fórmulas a seguir:

Isso demonstra que o empresário recupera 25% do valor investido através dos lucros
obtidos no negócio!
86
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.10.4 Prazo de retorno do investimento
Também é um indicador de rentabilidade, indica o tempo necessário para que o
empreendedor recupere o que investiu no seu negócio.

Isso significa que após 4 anos do início das atividades da empresa, o empreendedor terá
recuperado, sob a forma de lucro, tudo o que gastou com a montagem do negócio!
87
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.10) HORA DE PRATICAR
de equilíbrio.

–

Indicadores de viabilidade, 5.10.1 – Ponto

88
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.10) HORA DE PRATICAR
Lucratividade.

–

Indicadores de viabilidade, 5.10.2 –

89
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.10) HORA DE PRATICAR
Rentabilidade.

–

Indicadores de viabilidade, 5.10.3 –

90
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

5.10) HORA DE PRATICAR
de retorno do investimento.

–

Indicadores de viabilidade, 5.10.4 – Prazo

91
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

6º PASSO: Avaliação do Plano de Negócio
O plano de negócio é o seu mapa de percurso, deve ser consultado a todo momento e
acompanhado permanentemente. Avalie cada informação encontrada por você.

Lembre-se:
➔

➔

➔

Que o plano de negócio tem como objetivo responder se vale
a pena abrir, manter ou ampliar a empresa;
Um plano de negócio é dinâmico e deve ser atualizado
sempre que surgir novas oportunidades e ameaças;
Empreender é um risco, porém o plano de negócio, ajudará
você a tomar decisões mais acertadas e coerentes.

92
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

7º PASSO: Documentação de Apoio
Esta é a última parte do seu plano de negócio, aqui você deve colocar toda a
documentação de apoio. Esses documentos trazem mais credibilidade ao seu
planejamento e fornece informações complementares ao seu projeto.

Exemplos de alguns documentos a ser anexados:
➔

Contrato de aluguel;

➔

Currículo do proprietário;

➔

Orçamento das máquinas, ferramentas, matérias-primas,etc;

➔

Artigos de jornais sobre o ramo em que irá atuar;

➔

Logomarca da empresa;

➔

Fotos dos principais produtos a serem comercializados;

➔

Outros documentos importantes.
93
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

8º PASSO: Onde Buscar mais Informações
1. SEBRAE MINAS
Av. Barão Homem de Melo, 329 – Bairro Nova Suíça – Belo Horizonte – MG – 30.460-090.
Central de Orientação Empresarial – CORE – (31) 3269.0180 OU www.sebraemg.com.br
2. IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – www.ibge.gov.br

3. INPI – INSTITUTO NACIONAL DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL – www.inpi.gov.br
4. BDMG – BANCO DE DESENVOLVIMENTO DE MINAS GERAIS – www.bdmg.gov.br

5. BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – www.bndes.gov.br
6. OUTROS – exemplo: sindicatos, associações comerciais, federações, etc.

94
PLANO DE NEGÓCIO

Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los

9º PASSO: Referências Bibliográficas
- MANUAL DO SEBRAE, COMO ELABORAR UM PLANO DE NEGÓCIOS,
MINAS GERAIS.

IMPORTANTE!
O foco desse material foi apresentar o conteúdo do
material do SEBRAE sobre PLANO DE
NEGÓCIOS, muitas partes dessa apresentação
conteve frases na íntegra do manual utilizado
como base para esse trabalho. Espero que tenham
aproveitado a leitura.

95

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 1 Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Aula 1   Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011Aula 1   Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Aula 1 Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Rafael Gonçalves
 
Rotinas administrativas
Rotinas administrativasRotinas administrativas
Rotinas administrativas
Valéria Lins
 
Como constituir uma empresa
Como constituir uma empresaComo constituir uma empresa
Como constituir uma empresa
Nyedson Barbosa
 
Micro e pequenas empresas 2012_01
Micro e pequenas empresas 2012_01Micro e pequenas empresas 2012_01
Micro e pequenas empresas 2012_01
Milton Henrique do Couto Neto
 
Tipos de organização
Tipos de organizaçãoTipos de organização
Tipos de organização
Robson Costa
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
cattonia
 
Contabilidade basica
Contabilidade basicaContabilidade basica
Contabilidade basica
Dayane Dias
 
O que são Startups?
O que são Startups? O que são Startups?
O que são Startups?
Bruno Perin
 
Análise de Mercado
Análise de MercadoAnálise de Mercado
Análise de Mercado
Renato Melo
 
Organização
OrganizaçãoOrganização
Marketing - Definições e Tipos
Marketing - Definições e TiposMarketing - Definições e Tipos
Marketing - Definições e Tipos
André Zambon
 
Fundamentos de Marketing
Fundamentos de MarketingFundamentos de Marketing
Fundamentos de Marketing
Flávia Camargo Bernardi
 
Aula de rotinas adm. iel1
Aula de rotinas adm. iel1Aula de rotinas adm. iel1
Aula de rotinas adm. iel1
Julio Pyramo
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
Ricardo F. Nantes
 
Aula 01 empreendedorismo
Aula 01 empreendedorismoAula 01 empreendedorismo
Aula 01 empreendedorismo
NJS Consultoria
 
Fluxo de caixa
Fluxo de caixaFluxo de caixa
Práticas Administrativas - Aulas 1 e 2
Práticas Administrativas - Aulas 1 e 2Práticas Administrativas - Aulas 1 e 2
Práticas Administrativas - Aulas 1 e 2
Wandick Rocha de Aquino
 
Segmentação de Mercado
Segmentação de MercadoSegmentação de Mercado
Segmentação de Mercado
Milton Henrique do Couto Neto
 
Plano de Negócios
Plano de NegóciosPlano de Negócios
Plano de Negócios
Milton Henrique do Couto Neto
 
Plano de Marketing
Plano de MarketingPlano de Marketing
Plano de Marketing
Kenneth Corrêa
 

Mais procurados (20)

Aula 1 Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Aula 1   Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011Aula 1   Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
Aula 1 Introdução à Gestão Financeira 06.04.2011
 
Rotinas administrativas
Rotinas administrativasRotinas administrativas
Rotinas administrativas
 
Como constituir uma empresa
Como constituir uma empresaComo constituir uma empresa
Como constituir uma empresa
 
Micro e pequenas empresas 2012_01
Micro e pequenas empresas 2012_01Micro e pequenas empresas 2012_01
Micro e pequenas empresas 2012_01
 
Tipos de organização
Tipos de organizaçãoTipos de organização
Tipos de organização
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
 
Contabilidade basica
Contabilidade basicaContabilidade basica
Contabilidade basica
 
O que são Startups?
O que são Startups? O que são Startups?
O que são Startups?
 
Análise de Mercado
Análise de MercadoAnálise de Mercado
Análise de Mercado
 
Organização
OrganizaçãoOrganização
Organização
 
Marketing - Definições e Tipos
Marketing - Definições e TiposMarketing - Definições e Tipos
Marketing - Definições e Tipos
 
Fundamentos de Marketing
Fundamentos de MarketingFundamentos de Marketing
Fundamentos de Marketing
 
Aula de rotinas adm. iel1
Aula de rotinas adm. iel1Aula de rotinas adm. iel1
Aula de rotinas adm. iel1
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
 
Aula 01 empreendedorismo
Aula 01 empreendedorismoAula 01 empreendedorismo
Aula 01 empreendedorismo
 
Fluxo de caixa
Fluxo de caixaFluxo de caixa
Fluxo de caixa
 
Práticas Administrativas - Aulas 1 e 2
Práticas Administrativas - Aulas 1 e 2Práticas Administrativas - Aulas 1 e 2
Práticas Administrativas - Aulas 1 e 2
 
Segmentação de Mercado
Segmentação de MercadoSegmentação de Mercado
Segmentação de Mercado
 
Plano de Negócios
Plano de NegóciosPlano de Negócios
Plano de Negócios
 
Plano de Marketing
Plano de MarketingPlano de Marketing
Plano de Marketing
 

Destaque

Empreendedorismo sem maquiagem
Empreendedorismo sem maquiagemEmpreendedorismo sem maquiagem
Empreendedorismo sem maquiagem
Guilherme Serrano
 
Plano De Negócios Estrutura Passo A Passo
Plano De Negócios   Estrutura Passo A PassoPlano De Negócios   Estrutura Passo A Passo
Plano De Negócios Estrutura Passo A Passo
Prefeitura Municipal de Uberlândia
 
Evellyn lima Make Up
Evellyn lima Make UpEvellyn lima Make Up
Evellyn lima Make Up
Evellyn Lima
 
Curso Automaquiagem e Limpeza Facial
Curso Automaquiagem e Limpeza FacialCurso Automaquiagem e Limpeza Facial
Curso Automaquiagem e Limpeza Facial
André Dias da Silva
 
Como montar um estúdio de design
Como montar um estúdio de designComo montar um estúdio de design
Como montar um estúdio de design
R10 Brasil.com
 
Por dentro do SPFW Outono/Ineverno 2009
Por dentro do SPFW Outono/Ineverno 2009Por dentro do SPFW Outono/Ineverno 2009
Por dentro do SPFW Outono/Ineverno 2009
Luciana Soldi Bullara
 
Maquiagem
MaquiagemMaquiagem
Maquiagem
Suzana Fragoso
 
Modelo De Plano De Negócio
Modelo De Plano De NegócioModelo De Plano De Negócio
Modelo De Plano De Negócio
Ricardo Martins Neves
 

Destaque (8)

Empreendedorismo sem maquiagem
Empreendedorismo sem maquiagemEmpreendedorismo sem maquiagem
Empreendedorismo sem maquiagem
 
Plano De Negócios Estrutura Passo A Passo
Plano De Negócios   Estrutura Passo A PassoPlano De Negócios   Estrutura Passo A Passo
Plano De Negócios Estrutura Passo A Passo
 
Evellyn lima Make Up
Evellyn lima Make UpEvellyn lima Make Up
Evellyn lima Make Up
 
Curso Automaquiagem e Limpeza Facial
Curso Automaquiagem e Limpeza FacialCurso Automaquiagem e Limpeza Facial
Curso Automaquiagem e Limpeza Facial
 
Como montar um estúdio de design
Como montar um estúdio de designComo montar um estúdio de design
Como montar um estúdio de design
 
Por dentro do SPFW Outono/Ineverno 2009
Por dentro do SPFW Outono/Ineverno 2009Por dentro do SPFW Outono/Ineverno 2009
Por dentro do SPFW Outono/Ineverno 2009
 
Maquiagem
MaquiagemMaquiagem
Maquiagem
 
Modelo De Plano De Negócio
Modelo De Plano De NegócioModelo De Plano De Negócio
Modelo De Plano De Negócio
 

Semelhante a Plano de negócio

Apresentação11
Apresentação11Apresentação11
Apresentação11
drdanilopires
 
1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf
1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf
1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf
Unipac - Conselheiro Lafaiete
 
Plano De NegóCios Estrutura Passo A Passo
Plano De NegóCios   Estrutura Passo A PassoPlano De NegóCios   Estrutura Passo A Passo
Plano De NegóCios Estrutura Passo A Passo
Prefeitura Municipal de Uberlândia
 
Iae aula 09 plano de negócio 2012-1
Iae aula 09 plano de negócio 2012-1Iae aula 09 plano de negócio 2012-1
Iae aula 09 plano de negócio 2012-1
Rodrigo Pereira Melo
 
Estudo de caso
Estudo de casoEstudo de caso
Estudo de caso
Andson Silva . 4°
 
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario juniorPalestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
Universidade de Pernambuco
 
Assistente Administrativo aula 2.pdf
Assistente Administrativo aula 2.pdfAssistente Administrativo aula 2.pdf
Assistente Administrativo aula 2.pdf
LarissaBarbosa313356
 
Start-ups no Brasil: Documentação na Estruturação de Empreendimentos
Start-ups no Brasil: Documentação na Estruturação de EmpreendimentosStart-ups no Brasil: Documentação na Estruturação de Empreendimentos
Start-ups no Brasil: Documentação na Estruturação de Empreendimentos
Gilberto C Porto
 
Atps administração financeira.doc
Atps administração financeira.docAtps administração financeira.doc
Atps administração financeira.doc
Giseli Cristina Silva
 
Planejamento de negocios 2013 apostila.3
Planejamento de negocios 2013   apostila.3Planejamento de negocios 2013   apostila.3
Planejamento de negocios 2013 apostila.3
Silvina Ramal
 
REVISTA DA LIVRARIA IOB Agosto/2015
REVISTA DA LIVRARIA IOB Agosto/2015REVISTA DA LIVRARIA IOB Agosto/2015
REVISTA DA LIVRARIA IOB Agosto/2015
IOB News
 
Plano de Negócios
Plano de NegóciosPlano de Negócios
Plano de Negócios
ProjetoSemeandoaLeitura
 
plano de negócios
 plano de negócios plano de negócios
plano de negócios
maaysilva
 
E-book: Lições-chave para aumentar a rentabilidade de seu e-commerce
E-book: Lições-chave para aumentar a rentabilidade de seu e-commerceE-book: Lições-chave para aumentar a rentabilidade de seu e-commerce
E-book: Lições-chave para aumentar a rentabilidade de seu e-commerce
E-commerce Brasil
 
Ebook rentabilidade samuel
Ebook rentabilidade samuelEbook rentabilidade samuel
Ebook rentabilidade samuel
Samuel Gonsales
 
PLANO DE NEGÓCIO: Abertura de uma empresa de assistência e venda de equipamen...
PLANO DE NEGÓCIO: Abertura de uma empresa de assistência e venda de equipamen...PLANO DE NEGÓCIO: Abertura de uma empresa de assistência e venda de equipamen...
PLANO DE NEGÓCIO: Abertura de uma empresa de assistência e venda de equipamen...
ProjetoSemeandoaLeitura
 
Modelo de Plano de Negocios
Modelo de Plano de NegociosModelo de Plano de Negocios
Modelo de Plano de Negocios
Letícia Vilela de Aquino
 
O plano de negócio - visão geral.pptx
O plano de negócio - visão geral.pptxO plano de negócio - visão geral.pptx
O plano de negócio - visão geral.pptx
Ricardo Santos
 
empreendedorismo_jovem.pptx
empreendedorismo_jovem.pptxempreendedorismo_jovem.pptx
empreendedorismo_jovem.pptx
GiovannaPokorny
 

Semelhante a Plano de negócio (19)

Apresentação11
Apresentação11Apresentação11
Apresentação11
 
1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf
1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf
1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf
 
Plano De NegóCios Estrutura Passo A Passo
Plano De NegóCios   Estrutura Passo A PassoPlano De NegóCios   Estrutura Passo A Passo
Plano De NegóCios Estrutura Passo A Passo
 
Iae aula 09 plano de negócio 2012-1
Iae aula 09 plano de negócio 2012-1Iae aula 09 plano de negócio 2012-1
Iae aula 09 plano de negócio 2012-1
 
Estudo de caso
Estudo de casoEstudo de caso
Estudo de caso
 
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario juniorPalestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
Palestra como montar e gerir uma empresa na visao de um empresario junior
 
Assistente Administrativo aula 2.pdf
Assistente Administrativo aula 2.pdfAssistente Administrativo aula 2.pdf
Assistente Administrativo aula 2.pdf
 
Start-ups no Brasil: Documentação na Estruturação de Empreendimentos
Start-ups no Brasil: Documentação na Estruturação de EmpreendimentosStart-ups no Brasil: Documentação na Estruturação de Empreendimentos
Start-ups no Brasil: Documentação na Estruturação de Empreendimentos
 
Atps administração financeira.doc
Atps administração financeira.docAtps administração financeira.doc
Atps administração financeira.doc
 
Planejamento de negocios 2013 apostila.3
Planejamento de negocios 2013   apostila.3Planejamento de negocios 2013   apostila.3
Planejamento de negocios 2013 apostila.3
 
REVISTA DA LIVRARIA IOB Agosto/2015
REVISTA DA LIVRARIA IOB Agosto/2015REVISTA DA LIVRARIA IOB Agosto/2015
REVISTA DA LIVRARIA IOB Agosto/2015
 
Plano de Negócios
Plano de NegóciosPlano de Negócios
Plano de Negócios
 
plano de negócios
 plano de negócios plano de negócios
plano de negócios
 
E-book: Lições-chave para aumentar a rentabilidade de seu e-commerce
E-book: Lições-chave para aumentar a rentabilidade de seu e-commerceE-book: Lições-chave para aumentar a rentabilidade de seu e-commerce
E-book: Lições-chave para aumentar a rentabilidade de seu e-commerce
 
Ebook rentabilidade samuel
Ebook rentabilidade samuelEbook rentabilidade samuel
Ebook rentabilidade samuel
 
PLANO DE NEGÓCIO: Abertura de uma empresa de assistência e venda de equipamen...
PLANO DE NEGÓCIO: Abertura de uma empresa de assistência e venda de equipamen...PLANO DE NEGÓCIO: Abertura de uma empresa de assistência e venda de equipamen...
PLANO DE NEGÓCIO: Abertura de uma empresa de assistência e venda de equipamen...
 
Modelo de Plano de Negocios
Modelo de Plano de NegociosModelo de Plano de Negocios
Modelo de Plano de Negocios
 
O plano de negócio - visão geral.pptx
O plano de negócio - visão geral.pptxO plano de negócio - visão geral.pptx
O plano de negócio - visão geral.pptx
 
empreendedorismo_jovem.pptx
empreendedorismo_jovem.pptxempreendedorismo_jovem.pptx
empreendedorismo_jovem.pptx
 

Mais de Anderson Alberto Ramos

Engenharia de Fatores Humanos - Breve apresentação
Engenharia de Fatores Humanos - Breve apresentação Engenharia de Fatores Humanos - Breve apresentação
Engenharia de Fatores Humanos - Breve apresentação
Anderson Alberto Ramos
 
Seb 2014 - Programação da 2ª Semana de Engenharia Biomédica - INATEL
Seb 2014 - Programação da 2ª Semana de Engenharia Biomédica - INATELSeb 2014 - Programação da 2ª Semana de Engenharia Biomédica - INATEL
Seb 2014 - Programação da 2ª Semana de Engenharia Biomédica - INATEL
Anderson Alberto Ramos
 
Abordagem sobre a usabilidade de equipamento eletro-médico utilizando a avali...
Abordagem sobre a usabilidade de equipamento eletro-médico utilizando a avali...Abordagem sobre a usabilidade de equipamento eletro-médico utilizando a avali...
Abordagem sobre a usabilidade de equipamento eletro-médico utilizando a avali...
Anderson Alberto Ramos
 
Cirurgia robotica - Da Vinci Surgical
Cirurgia robotica - Da Vinci SurgicalCirurgia robotica - Da Vinci Surgical
Cirurgia robotica - Da Vinci Surgical
Anderson Alberto Ramos
 
Saúde mental no trabalho - Modelos de gestão
Saúde mental no trabalho - Modelos de gestão Saúde mental no trabalho - Modelos de gestão
Saúde mental no trabalho - Modelos de gestão
Anderson Alberto Ramos
 
Sistemas de notificação - Eventos adversos
Sistemas de notificação - Eventos adversos Sistemas de notificação - Eventos adversos
Sistemas de notificação - Eventos adversos
Anderson Alberto Ramos
 
Seminário - dispositivos de infusão
Seminário -  dispositivos de infusãoSeminário -  dispositivos de infusão
Seminário - dispositivos de infusão
Anderson Alberto Ramos
 
Apresentação pesquisa de mercado
Apresentação pesquisa de mercadoApresentação pesquisa de mercado
Apresentação pesquisa de mercado
Anderson Alberto Ramos
 

Mais de Anderson Alberto Ramos (8)

Engenharia de Fatores Humanos - Breve apresentação
Engenharia de Fatores Humanos - Breve apresentação Engenharia de Fatores Humanos - Breve apresentação
Engenharia de Fatores Humanos - Breve apresentação
 
Seb 2014 - Programação da 2ª Semana de Engenharia Biomédica - INATEL
Seb 2014 - Programação da 2ª Semana de Engenharia Biomédica - INATELSeb 2014 - Programação da 2ª Semana de Engenharia Biomédica - INATEL
Seb 2014 - Programação da 2ª Semana de Engenharia Biomédica - INATEL
 
Abordagem sobre a usabilidade de equipamento eletro-médico utilizando a avali...
Abordagem sobre a usabilidade de equipamento eletro-médico utilizando a avali...Abordagem sobre a usabilidade de equipamento eletro-médico utilizando a avali...
Abordagem sobre a usabilidade de equipamento eletro-médico utilizando a avali...
 
Cirurgia robotica - Da Vinci Surgical
Cirurgia robotica - Da Vinci SurgicalCirurgia robotica - Da Vinci Surgical
Cirurgia robotica - Da Vinci Surgical
 
Saúde mental no trabalho - Modelos de gestão
Saúde mental no trabalho - Modelos de gestão Saúde mental no trabalho - Modelos de gestão
Saúde mental no trabalho - Modelos de gestão
 
Sistemas de notificação - Eventos adversos
Sistemas de notificação - Eventos adversos Sistemas de notificação - Eventos adversos
Sistemas de notificação - Eventos adversos
 
Seminário - dispositivos de infusão
Seminário -  dispositivos de infusãoSeminário -  dispositivos de infusão
Seminário - dispositivos de infusão
 
Apresentação pesquisa de mercado
Apresentação pesquisa de mercadoApresentação pesquisa de mercado
Apresentação pesquisa de mercado
 

Último

Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdfVeronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Dantas
 
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfilApostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
Carlos Eduardo Coan Junior
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
rihabkorbi24
 
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdfGUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
AlfeuBuriti1
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Paulo Emerson Pereira
 
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoedaRevolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Renan Batista Bitcoin
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
Paulo Emerson Pereira
 
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
InsttLcioEvangelista
 

Último (8)

Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdfVeronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
 
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfilApostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
 
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdfGUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
 
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoedaRevolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
 
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
 

Plano de negócio

  • 1. Empreendedorismo – Os 4 pilares básicos para um negócio de sucesso Plano de Marketing Plano de Negócio Pesquisa de mercado Controle financeiros Olá, boa leitura. O bom planejamento e a dedicação é o segredo do sucesso! Anderson Alberto Ramos engand.ramos@gmail.com
  • 2. Anderson Alberto Ramos E-mail: engand.ramos@gmail.com I. Formação Acadêmica: 1. Curso de especialização em Engenharia Clínica ­ UNICAMP ­ 2012 2. Graduação em Engenharia de Controle e Automação  ­ UNIP ­ 2010 3. Curso Técnico em Informática  ­ ETE Pedro Ferreira Alves ­ 2005 http://www.linkedin.com/in/andersonramos
  • 3. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los Etapas para elaboração do plano de negócio 1º PASSO: Sumário executivo; 2º PASSO: Apresentação da empresa; 3º PASSO: Plano de marketing; 4º PASSO: Plano operacional; 5º PASSO: Plano financeiro; 6º PASSO: Avaliação do plano de negócio; 7º PASSO: Documentação de apoio; 8º PASSO: Onde buscar informações; 9º PASSO: Formulário plano de negócio;
  • 4. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 1º PASSO: Sumário executivo Através do sumário executivo pode ser visualizado as principais definições do projeto, sendo composto pelas seguintes partes. 1.1 DESCRIÇÃO DO PROJETO 1.2 DADOS DOS EMPREENDEDORES, PERFIS E ATRIBUIÇÕES O sumário executivo é redigido após a conclusão do plano de negócio. Através desse documento, a ideia do negócio e sua viabilidade de implantação são expostas! 1
  • 5. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 1.1 Descrição do projeto Apresenta as principais características do seu negócio. - O que é o negócio? - Quais os principais produtos e/ou serviços? - Quem serão seus principais clientes? - Local de funcionamento da empresa? - Estimativa do montante de capital que será investido? - Estimativa do faturamento mensal? - Qual o lucro previsto? - Qual o tempo para retorno do capital investido? 2
  • 6. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 1.2 Dados dos empreendedores, perfis e atribuições Além dos dados referentes aos responsáveis pela gestão da empresa, deve constar uma apresentação do perfil, conhecimentos, habilidades e experiência profissional de cada um dos responsáveis. Algumas questões são importantes analisar para a escolha dos sócios. - Os objetivos são semelhantes entre os sócios? - Divisão das tarefas, campo de atuação e horário de trabalho, antes de abrir a empresa; - Definição da retirada pró-labore (remuneração pelo trabalho dos sócios da empresa), distribuição de lucros e valor que será reinvestido na empresa; - Grau de autonomia; - Medidas caso seja necessário romper a sociedade; - Análise de restrições cadastrais ou pendências financeiras; É importante estabelecer todos os pontos que podem gerar conflitos futuros, documentálos em um contrato a ser assinado pelos sócios! 3
  • 7. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 1.1) HORA DE PRATICAR – Descrição do projeto (Faça um resumo dos principais pontos do seu projeto). Indicadores de viabilidade: Lucratividade: Rentabilidade: Prazo de retorno do investimento: Ponto de equilíbrio: Valor (R$): 4
  • 8. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 1.2) HORA DE PRATICAR atribuições de cada sócio. – Dados dos empreendedores, perfis e > Sócio 1: Nome: Endereço: Telefone: > Perfil (breve currículo): > Atribuições do sócio 1 (papel a ser desempenhado na empresa): 5
  • 9. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 2º PASSO: Apresentação da empresa 2.1 DADOS DO EMPREENDIMENTO 2.2 SETOR DE ATIVIDADES 2.4 ENQUADRAMENTO TRIBUTÁRIO 2.3 FORMA JURÍDICA 2.5 CAPITAL SOCIAL 6
  • 10. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 2.1 Dados do empreendimento A empresa está registrada? SIM Identificar nome da empresa e número de inscrição no CNPJ* NÃO Identificar CPF* do proprietário da empresa *CNPJ – Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica. *CPF – Cadastro de Pessoa Física. 7
  • 11. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 2.2 Setor de atividades Quando estiver definido qual é o negócio da sua empresa, você deve definir qual o setor de atividade em que atuará. Para seu auxílio, segue alguns exemplos. Atividades relacionadas ao cultivo de solo para produção de vegetais e/ou a criação e tratamento de animais. Fabrica de produtos, utilizando matéria-prima, através de um processo manual ou com auxílio de máquinas. Venda de mercadorias diretamente ao consumidor ou compra do fabricante para vender aos varejistas. Não vende uma mercadoria, mas sim, vende um trabalho ao consumidor. 8
  • 12. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 2.3 Forma jurídica A forma jurídica da empresa define a forma pela qual ela será tratada pela lei, assim como, seu relacionamento com terceiros. Sociedade simples, sociedade empresária ou empresário são algumas. Sociedade Simples Formada por pessoas que contribuem com bens ou serviços para o exercício da atividade e, repartem o lucro entre si. Podem exercer atividade intelectual, artística ou literária. Sociedade empresária Exerce profissionalmente atividade econômica organizada para produção ou circulação de bens ou serviços, constituindo elemento de empresa, devendo inscrever-se na junta comercial. Empresário É a pessoa física que exerce atividade econômica organizada para produção ou circulação de bens ou serviços. Sendo necessário sua inscrição na junta comercial. Um contabilista poderá lhe explicar qual a melhor opção para você. 9
  • 13. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 2.4 Enquadramento tributário Está relacionado com o cálculo e o recolhimento de impostos devidos em nível federal. Para pequenas empresas pode ser regime simples ou regime normal. Regime Simples Conta com redução da carga tributária, o recolhimento de impostos ocorre de forma unificada e simplificada. Está sujeito à aprovação da receita federal, de forma que é considerado o ramo de atividade e o faturamento anual da empresa. Regime Normal O recolhimento de impostos é feito de forma tradicional, a empresa cumpre todos os requisitos previstos em lei para cada imposto existente. Também existem os impostos para o governo estadual (ICMS) e municipal (ISS). Um contabilista pode ajudá-lo a entender melhor sobre os tributos devidos, suas alíquotas e possíveis benefícios fiscais! 10
  • 14. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 2.5 Capital social É todos os recursos (dinheiro, equipamentos, ferramentas, etc), disponibilizado pelos proprietários ou sócios para a implantação do negócio. Nesse momento deve ser definido qual será o valor investido por cada sócio na empresa. Nesse material você terá a oportunidade de ler sobre planejamento financeiro. 11
  • 15. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 2.1) HORA DE PRATICAR – Dados do empreendimento. Nome da empresa: CNPJ/CPF: 2.2) HORA DE PRATICAR sua empresa. – Assinale com um X, o setor de atividades de Agropecuária: Indústria: Comércio: Serviços: Outros: 12
  • 16. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 2.3) HORA DE PRATICAR sua empresa utilizará. – Assinale com um X, qual a forma jurídica que Sociedade simples: Sociedade empresária: Empresário: Outra: 13
  • 17. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 2.4) HORA DE PRATICAR sua empresa utilizará. – Assinale com um X, qual a forma jurídica que - Âmbito federal: Regime simples: Regime normal: IRPJ – Imposto de renda Pessoa Jurídica. PIS – Contribuição para os programas de integração social. COFINS – Contribuição para financiamento da seguridade social. CSLL – Contribuição social sobre o lucro líquido. - Âmbito estadual: MICROGERAES ICMS – Imposto sobre circulação de mercadorias e serviços (sistema débito e crédito). - Âmbito municipal: ISS – Imposto sobre serviços. 14
  • 18. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 3º PASSO: Plano de marketing 3.1 DESCRIÇÃO DOS PRINCIPAIS PRODUTOS 3.4 ESTUDO DOS FORNECEDORES 3.2 ESTUDO DOS CLIENTES 3.5 ESTRATÉGIAS PROMOCIONAIS 3.3 ESTUDO DOS CONCORRENTES 3.6 ESTRUTURA DE COMERCIALIZAÇÃO 15
  • 19. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 3.1 Descrição dos principais produtos Breve descrição das características dos principais itens ou serviços que serão prestados pela empresa. Informe Linhas de produtos, especificando detalhes como, tamanho, modelo, cor, sabores, rótulo, marca, entre outros. Caso sua empresa ofereça serviços aos clientes, é importante, informar todos os serviços oferecidos, suas características e as garantias oferecidas. Como sugestão, você pode tirar fotos dos produtos e anexar as imagens no final da documentação do seu plano de negócio, como apoio a visibilidade do produto! 16
  • 20. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 3.2 Estudo dos clientes É importante você entender que os clientes não compram apenas produtos, na verdade, eles estão em busca de soluções para algo que precisam ou desejam. Segue abaixo um roteiro com algumas perguntas que auxiliem você identificar quais são essas soluções. 1º Passo: 1º Passo: identificando as identificando as características características gerais dos gerais dos clientes. clientes. 2º Passo: 2º Passo: identificando os identificando os interesses e os interesses e os comportamento comportamento ssdos clientes. dos clientes. 3º Passo: 3º Passo: identificando o identificando o que leva as que leva as pessoas a pessoas a comprar. comprar. 4º Passo: 4º Passo: identificando identificando onde estão os onde estão os seus clientes. seus clientes. Escolha uma parte do mercado para sua empresa atuar, exemplo, uma loja de roupas especializada no público infantil ou uma confeitaria que fabrica sobremesas dietéticas. Lembre-se que uma empresa é viável, quando possui um número mínimo de clientes que consomem os produtos ou serviços de forma capaz de gerar um lucro que cubra todas as despesas necessárias para manter a empresa e gere um lucro líquido para o proprietário. Caso não tenha esse público, caia fora, não tenha prejuízo! 17
  • 21. 3.2 Identificando os clientes 1º PASSO Se pessoas físicas: ➔ Qual a faixa etária? ➔ Na maioria são homens ou mulheres? ➔ Têm família grande ou pequena? ➔ Se pessoas jurídicas: ➔ ➔ ➔ Qual é o seu trabalho? ➔ ➔ Quanto ganham? ➔ Qual é a sua escolaridade? ➔ Onde moram? ➔ ➔ Em que ramo atuam? Que tipos de produtos ou serviços oferecem? Quantos empregados possuem? Há quanto tempo estão no mercado? Possuem filial? Onde? Têm uma boa imagem no mercado? 18
  • 22. 3.2 Identificando os clientes 2º PASSO ➔ Com que frequência compram esse tipo de produto ou serviço? ➔ Onde costumam comprar? 19
  • 23. 3.2 Identificando os clientes 3º PASSO Identificando o que leva as pessoas a comprar: ➔ O preço? ➔ A qualidade dos produtos e/ou serviços? ➔ A marca? ➔ O prazo de entrega? ➔ O prazo de pagamento? ➔ O atendimento da empresa? 20
  • 24. 3.2 Identificando os clientes 4º PASSO Identificando onde estão os seus clientes: ➔ Qual o tamanho do mercado em que você pretende atuar? ➔ É apenas a sua rua? ➔ O seu bairro? ➔ A sua cidade? ➔ Todo o estado? ➔ Todo o país ou outros países? ➔ Os clientes encontrarão com facilidade a sua empresa? 20
  • 25. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 3.3 Estudo dos concorrentes A ideia nessa etapa, é identificar seus principais concorrentes, fazer uma visita e comparar a qualidade dos produtos, formas de pagamento, entre outros pontos importantes. Identifique pontos fortes e pontos fracos em comparação com o seu negócio. Pontos de comparação entre sua empresa x concorrente: Pontos de comparação entre sua empresa x concorrente: Qualidade dos materiais empregados – cores, tamanhos, embalagem, variedade, etc. ➔ Condições de pagamento – prazos concedidos, descontos praticados, etc; ➔ Preço cobrado; ➔ Localização; ➔ Serviços disponibilizados – hora de atendimento, entrega a domicilio, tele-atendimento; ➔ Garantias oferecidas; ➔ Concorrente é todo aquele que atua no mesmo ramo de mercado que você e atende clientes com o mesmo perfil que você trabalha em sua empresa! 21
  • 26. 3.3 Estudo dos concorrentes Após as comparações, tire suas conclusões Após as comparações, tire suas conclusões ➔ ➔ ➔ ➔ É possível competir com as outras empresas que estão no mercado há mais tempo? Quais estratégias para os clientes deixarem de comprarem nos concorrentes, para comprarem na sua empresa? Há espaço para todos, incluindo você? Se a resposta for sim, explique os motivos. Caso contrário, quais mudanças devem ser feitas para que seja possível concorrer de forma igual com as empresas concorrentes? 22
  • 27. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 3.4 Estudo dos fornecedores A necessidade de ter bons fornecedores, faz com que o empresário execute um bom levantamento de informações sobre os mesmos, identifique as melhores fontes, tenha uma estratégia para coleta de informações e um cadastro atualizado, assim como um bom relacionamento com as empresas fornecedoras de materiais ou serviços. ➔ Levantamento dos fornecedores; ➔ Fontes; ➔ Cadastro e coleta de informações; ➔ Relacionamento ideal; 23
  • 28. 3.4 Estudo dos fornecedores Levantamento dos fornecedores Levantamento dos fornecedores Os fornecedores são empresas ou pessoas que fornecem artigos necessários para o funcionamento da sua empresa, exemplo, fornecedores de equipamentos, ferramentas, móveis, utensílios, matéria-prima, embalagens, mercadorias e serviços. 24
  • 29. 3.4 Estudo dos fornecedores Fontes Fontes É necessário que você tenha acesso a relações de fornecedores. Fontes úteis para essa tarefa são, catálogos de feiras ou listas telefônicas, nos sindicatos e também no Sebrae. A internet também é um meio prático para fazer o levantamento dos fornecedores. 25
  • 30. 3.4 Estudo dos fornecedores Cadastro e coleta de informações Cadastro e coleta de informações Mantenha um cadastro atualizado de todos os seus fornecedores em potencial, isso facilitará a coleta de informações. Pesquise pessoalmente ou por telefone, aspectos importantes como: Preço, qualidade, condições de pagamento e prazo médio de entrega. Essas informações são úteis para o levantamento do investimento inicial necessário e as despesas de mercado. 26
  • 31. 3.4 Estudo dos fornecedores Relacionamento ideal Relacionamento ideal Manter um bom relacionamento com os fornecedores é uma estratégia importante para o empreendedor. Deve ter uma visão a longo prazo, manter um fluxo constante de compras e pagamentos em dia. Vale ressaltar que a troca de fornecedores durante um processo operacional, prejudica os resultados da empresas, atingindo, consequentemente, os clientes. 27
  • 32. Algumas dicas importantes Algumas dicas importantes 3.4 Estudo dos fornecedores - Selecione necessário; pelo menos três empresas para cada artigo - Mesmo após a seleção de um fornecedor, mantenha contato com sua lista de fornecedores, de tempos em tempos, pois você não sabe quando seu fornecedor principal enfrentará dificuldades; - Ao adquirir materiais, equipamentos ou mercadorias faça um estudo de verificação da capacidade técnica dos fornecedores. Todo fornecedor deve ser capaz de suprir o material ou as mercadorias desejadas, na qualidade exigida, dentro do prazo estipulado e com o preço combinado; - A tomada de preços facilita a coleta de informações sobre aquilo que se deseja adquirir. Através da comparação entre os dados obtidos, tem-se possibilidade de se tomar decisões mais acertadas. 28
  • 33. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 3.5 Estratégias promocionais Promoção é a forma de apresentar os produtos da empresa, informar e convencer os clientes, lembrá-los de consumir os produtos ou serviços de sua empresa, ao invés de comprar dos concorrentes. Dessa forma é importante você estudar e aplicar as melhores estratégias de divulgação dos seus produtos ou serviços. Estratégias de divulgação: Propaganda em rádio, jornais e revistas; ➔ Amostras grátis; ➔ Malas diretas, folhetos e cartões de visita; ➔ Catálogos; ➔ Brindes e sorteios; ➔ Descontos (de acordo com os volumes comprados); ➔ Participação em feiras e eventos; ➔ A escolha da forma de divulgação deve levar em conta qual o retorno que essa estratégia levará, seja na imagem do negócio ou no aumento do número de clientes! 28
  • 34. 3.5 Estratégias promocionais ● Dicas: ➔ ➔ ➔ ➔ Catálogos de produtos: Forma de apresentação da empresa organizada e detalhada. Inclua em seu catálogo fotos, informações técnicas e formas de utilização. Panfleto ou volante: Podem ser entregue em locais com grande fluxo de pessoas. Podem conter informações básicas da empresa, como, nome, telefone, endereço. E sobre seus serviços e/ou produtos. Revistas especializadas: Podem ser de revistas especializadas do seu setor ou em jornais de bairro. Anúncios nesses meios de comunicação atingem diretamente o público-alvo. Feiras: Apresentação da empresa a um público selecionado, além de possibilitar venda de seus produtos e/ou serviços. INPI (Instituto Nacional de Propriedade industrial) – Consultar o logo e nome da marca pretendida para sua empresa, se está disponível ou não, consulte em www.inpi.gov.br! 29
  • 35. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 3.6 Estrutura de comercialização - São os canais de distribuição dos produtos, isso é, como esses chegarão aos seus clientes. A empresa pode adotar vários canais para que isso aconteça como: vendedores internos e externos, representantes. Para definir os canais de distribuição considere: ➔ Pense no tamanho dos pedidos; ➔ Na quantidade de compradores; ➔ O comportamento do cliente; A escolha da forma de divulgação deve levar em conta qual o retorno que essa estratégia levará, seja na imagem do negócio ou no aumento do número de clientes! 30
  • 36. 3.6 Estrutura de comercialização ● Dicas: ➔ ➔ ➔ ➔ A comercialização de produtos e/ou serviços pode ser feita pelos próprios proprietários da empresa, por vendedores internos ou externos ou representantes. É importante montar uma boa equipe de vendas, que conheça bem os produtos da empresa e as vantagens existentes em relação a concorrência. Existe a possibilidade de contratar representantes comerciais. Isto é viável quando se explora uma região extensa e desconhecida. Elabore um contrato específico e tome cuidado com questões trabalhistas. Consulte um advogado ou um consultor sobre o assunto. O telefone é uma ótima ferramenta para divulgação e vendas de produtos e/ou serviços. 31
  • 37. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 3.1) HORA DE PRATICAR – Descrição dos principais produtos (a serem fabricados, revendidos ou serviços prestados). 32
  • 38. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 3.2) HORA DE PRATICAR – Estudo dos clientes. > Público-alvo (perfil dos clientes): > Comportamento dos clientes ( interesses, o que os levam a comprar): > Área de abrangência (onde estão os clientes?): 33
  • 39. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 3.3) HORA DE PRATICAR Qualidade – Estudo dos concorrentes. Preço Condições de pagamento Localização Sua empresa Concorrente 1 Concorrente 2 Conclusões: 34
  • 40. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 3.3) HORA DE PRATICAR – Estudo dos concorrentes. Atendimento Serviços aos clientes Garantias oferecidas Sua empresa Concorrente 1 Concorrente 2 Conclusões: 35
  • 41. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 3.4) HORA DE PRATICAR – Estudo dos fornecedores. Descrição dos itens a serem adquiridos Nome do fornecedor 1 2 3 4 5 6 7 Conclusões: 36
  • 42. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 3.4) HORA DE PRATICAR Preço – Estudo dos fornecedores. Prazo de entrega Condições de pagamento Localização 37
  • 43. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 3.5) HORA DE PRATICAR – Estratégias promocionais, descreva as estratégias de promoção e divulgação que irá utilizar. 38
  • 44. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 3.6) HORA DE PRATICAR – Estrutura de comercialização, formas de comercialização e distribuição (descreva abaixo quais serão utilizadas). 39
  • 45. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 4º PASSO: Plano Operacional 4.1 LOCALIZAÇÃO DO NEGÓCIO 4.2 LAYOUT 4.3 CAPACIDADE PRODUTIVA 4.4 PROCESSO DE PRODUÇÃO 4.5 RECURSOS HUMANOS 40
  • 46. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 4.1 Localização do negócio - Nesse momento você deve selecionar a localização do seu negócio e justificar sua escolha, o local de funcionamento da empresa, está diretamente relacionado com o ramo de atividade do negócio. Considere os seguintes pontos para sua localização comercial: ➔ Analise o contrato de locação, condições de pagamento e prazo do aluguel do imóvel; ➔ Verifique as condições de segurança da vizinhança; ➔ Observe a facilidade de acesso, ruídos e limpeza de local; ➔ Avalie a proximidade de clientes, concorrentes e fornecedores; ➔ Visite o local em horários diferentes, para analisar o fluxo de pessoas e trânsito no local; 41
  • 47. 4.1 Localização do negócio ● Algumas dicas importantes: ➔ ➔ ➔ A compra do terreno para abertura da empresa, é algo pouco comum, pois exige um alto investimento de recursos financeiros, comprometendo uma grande parte que seria utilizada como capital de giro; Escolha o local conforme o tipo de empreendimento, não force um negócio em uma área que não atenda as características ideias para aquele tipo de comércio ou produto; Antes de fechar um contrato de aluguel, verifique junto a prefeitura da cidade, se tal local é apto a exercer atividades comerciais, as quais você deseja. Também verifique implicações no corpo de bombeiros e vigilância sanitária. 42
  • 48. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 4.2 Layout - Por meio de layout ou um arranjo físico, você irá definir como será a distribuição dos vários setores da empresa, dos recursos e das pessoas no espaço disponível. Um bom arranjo físico traz benefícios como: ➔ O aumento da produtividade; ➔ Diminuição do desperdício e do retrabalho; ➔ ➔ Melhor facilidade na localização dos produtos pelos clientes na área de vendas; Melhoria de comunicação entre os setores e as pessoas; O ideal que você contrate um profissional para fazer a distribuição dos setores de sua empresa, ou caso o recurso seja pequeno, faça você mesmo o esquema de distribuição! 43
  • 49. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 4.3 Capacidade produtiva e/ou comercial É importante estimar a capacidade instalada da empresa, isto é, o quanto pode ser produzido ou quantos clientes podem ser atendidos com a estrutura existente. Com isso é possível diminuir a ociosidade e o desperdício. Fique de olho: ➔ Seja realista e leve em consideração, na projeção do volume de produção, de vendas ou de serviços: o tipo de mercadoria ou serviço que colocará no mercado, as suas instalações e seus maquinários, sua disponibilidade financeira, o fornecimento de matérias-primas e/ou mercadorias; Considere as oscilações do mercado, em função daquilo que você fabricará ou irá revender! 44
  • 50. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 4.4 Processo de fabricação e/ou comercialização Em um processo industrial tudo é registrado e documentado, etapa por etapa. Nessa fase você deve conceber e documentar como será fabricado os produtos, como será feita as vendas desses produtos, a prestação de serviços e até mesmo as atividades administrativas. Identifique e documente: ➔ Os responsáveis por cada tarefa; ➔ Quais os materiais e equipamentos necessários? Com base nas informações dos processos, monte um roteiro passo a passo para cada atividade em seu negócio, desde a entrada de matéria-prima até a saída do produto final! 45
  • 51. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 4.5 Necessidade de pessoal É necessário que você faça uma projeção do número de pessoal necessário para trabalhar com o intuito do seu negócio funcionar. Inclui familiares, sócios, que trabalharão na empresa e as pessoas a serem contratadas. 46
  • 52. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 4.1) HORA DE PRATICAR – Localização do negócio. Endereço Bairro Fone 1 Cidade/Estado Fone 2/FAX Considerações sobre o ponto (localização) que justifique a escolha: 47
  • 53. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 4.2) HORA DE PRATICAR – Layout, Desenhe um esquema abaixo, como ficarão as áreas e como serão alocados, nelas, máquinas, equipamentos, móveis, etc. 48
  • 54. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 4.3) HORA DE PRATICAR – Capacidade produtiva e/ou comercial, descreva no caso de indústria, a quantidade de itens fabricados no mês. No comércio, as projeções de vendas e, em prestação de serviços, a quantidade de horas disponíveis para execução do trabalho. 49
  • 55. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 4.4) HORA DE PRATICAR – Processo de produção e/ou de comercialização, descreva como serão feitas as principais atividades do negócio. 50
  • 56. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 4.5) HORA DE PRATICAR Cargo/Função – Necessidade de pessoal. Qualificações necessárias 51
  • 57. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5º PASSO: Plano Financeiro 5.1 INVESTIMENTO TOTAL 5.2 FATURAMENTO MENSAL DA 5.3 CUSTOS COM MATERIAIS EMPRESA 5.4 APURAÇÃO DOS CUSTO DOS MATERIAIS 5.5 CUSTOS DE COMERCIALIZAÇÃO 5.6 CUSTOS COM MÃO-DE-OBRA 52
  • 58. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5º PASSO: Plano Financeiro 5.1 INVESTIMENTO TOTAL 5.2 FATURAMENTO MENSAL DA 5.3 CUSTOS COM MATERIAIS EMPRESA 5.4 APURAÇÃO DOS CUSTO DOS MATERIAIS 5.5 CUSTOS DE COMERCIALIZAÇÃO 5.6 CUSTOS COM MÃO-DE-OBRA 53
  • 59. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5º PASSO: Plano Financeiro 5.7 CUSTO COM DEPRECIAÇÃO 5.8 CUSTOS FIXOS MENSAIS 5.9 DEMONSTRATIVO DE RESULTADOS 5.10 INDICADORES DE VIABILIDADE 53
  • 60. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.1 Estimativa de investimento total O investimento total é formado por investimentos fixos, financeiros e pré-operacionais. Nessa fase você irá determinar o total de recursos que deve ser investido para que sua empresa comece a funcionar. Em detalhes cada investimento: ➔ ➔ ➔ Investimentos fixos – está relacionado com bens necessários para que sua empresa funcione de forma correta; Investimentos financeiros – está destinado a formação de capital de giro para o negócio. Investimentos pré-operacionais – está relacionado com os gastos antes do início das atividades da empresa. 54
  • 61. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.1.1 Estimativa de investimentos fixos Investimentos fixos – está relacionado com bens necessários para que sua empresa funcione de forma correta; veja ao lado, alguns exemplos a serem preenchidos conforme sua empresa e o investimento fixo que foi feita nela 55
  • 62. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.1.2 Estimativa de investimentos financeiros ➔ ➔ Investimentos financeiros – está destinado a formação de capital de giro para o negócio; Compreende a compra de matérias-primas ou mercadorias, financiamento das vendas, pagamentos de salários e demais despesas. 56
  • 63. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.1.2 Estimativa de investimentos financeiros A) Estimativa do estoque inicial Todos os materiais ou mercadorias indispensáveis para o processo de fabricação de produtos ou para revenda; Pechinchar com os fornecedores, preço competitivo no mercado Controle eficiente do estoque, garantia do melhor momento para repor mercadorias Preferência por produtos com maior aceitação no mercado, estoque parado é prejuízo B) Estimativa de capital de giro É uma reserva necessária para suprir todos os gastos, até que, entre dinheiro suficiente no caixa através de contas à receber; 57
  • 64. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.1.2 Estimativa de investimentos financeiros A) Estimativa do estoque inicial TOTAL DE A: R$ ___________________. 58
  • 65. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.1.2 Estimativa de investimentos financeiros B) Estimativa do capital de giro TOTAL DE A: R$ ___________________. 59
  • 66. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.1.3 Estimativa dos investimentos pré-operacionais São gastos realizados antes de iniciar o negócio, exemplo, reforma do imóvel(pintura, elétrica, troca de piso), ou mesmo, taxas de registro da empresa. 60
  • 67. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.1.4 Estimativa do investimento total Após as três estimativas de investimentos feitas anteriormente, agora é hora de, fazer a estimativa do investimento total, ou seja, a soma das estimativas de: investimentos fixos, investimentos financeiros e investimentos pré-operacionais. Está apto a atender Está apto a atender todas as exigências e todas as exigências e quitar a dívida? Caso quitar a dívida? Caso sua resposta seja não, sua resposta seja não, melhor adiar seu melhor adiar seu negócio para o negócio para o momento certo momento certo Você possui recurso Você possui recurso próprio (capital próprio (capital necessário) ou terá que necessário) ou terá que recorrer a bancos? recorrer a bancos? Busque informações Busque informações com o gerente do com o gerente do banco sobre linhas de banco sobre linhas de crédito, juros, prazo crédito, juros, prazo de pagamento e as de pagamento e as garantias exigidas garantias exigidas 61
  • 68. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.1.4 Estimativa do investimento total 62
  • 69. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.2 Estimativa do faturamento mensal da empresa Uma forma de realizar a estimativa de faturamento mensal é a quantidade de produtos a serem oferecidos pelo seu valor de venda. Baseado nas informações do mercado. Preço praticado por seus concorrentes diretos e quanto seu cliente está disposto a pagar. Fique de olho: ➔ ➔ Considere a avaliação do potencial de mercado em que você atuará e sua capacidade de produção. Faça previsão de faturamento para um período, pelo menos 12 meses, e avalie se existem épocas que as vendas aumentam ou diminuem. 63
  • 70. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.2 Estimativa do faturamento mensal da empresa 64
  • 71. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.3 Estimativa dos custos com materiais e/ou insumos Deve-se calcular o custo com materiais (matérias-primas + embalagens) para cada unidade fabricada. Isso é muito importante, caso você tenha a intenção de abrir uma empresa. Fique de olho: ➔ ➔ Os gastos com matérias-primas e embalagens, são classificados como gastos variáveis numa empresa industrial. Analise o exemplo a seguir. 65
  • 72. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.3 Estimativa dos custos com materiais e/ou insumos 66
  • 73. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.3 Estimativa dos custos com materiais e/ou insumos 67
  • 74. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.3 Estimativa dos custos com materiais e/ou insumos 68
  • 75. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.4 Apuração do custo dos materiais e/ou mercadorias vendidas Nessa etapa você deverá apurar o CM – Custos com materiais (para a indústria) ou CMV – Custos das mercadorias vendidas (para o comércio). Fique de olho: ➔ ➔ O custo com materiais e/ou mercadorias vendidas é classificado como custo variável, ou seja, um gasto que aumenta ou diminui em função do volume de produção ou de vendas. O custo dos materiais ou mercadorias representa o valor que deverá ser baixado do estoque da empresa pela sua venda efetiva. O cálculo é feito multiplicando a quantidade estimada de produtos a serem vendidos pelo seu custo de fabricação ou de aquisição. 69
  • 76. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.4 Apuração do custo dos materiais e/ou mercadorias vendidas 70
  • 77. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.5 Estimativa dos custos de comercialização Gastos com impostos e comissões para vendedores ou representantes. Está diretamente ligado as vendas, e assim como o custo dos materiais ou mercadorias vendidas, é considerado como custo variável. Como calcular: ➔ Aplicar sobre o total de vendas previstas, o percentual dos impostos e das comissões a serem pagas. 71
  • 78. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.5 Estimativa dos custos de comercialização 72
  • 79. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.6 Estimativa dos custos com mão de obra Um contabilista poderá informá-lo sobre quais os encargos sociais devidos pela sua empresa. Pesquise, junto ao sindicato patronal, o piso salarial a ser pago a seus funcionários e quais os benefícios devidos. Como calcular: ➔ ➔ ➔ Definir quantas pessoas serão contratadas e o salário de cada uma; Considerar encargos sociais como (FGTS, 13º salário, INSS, horas-extras, aviso prévio, etc); Deve-se somar aos salários os encargos sociais, assim, você saberá qual o custo total com a mão-de-obra. 73
  • 80. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.6 Estimativa dos custos com mão de obra 74
  • 81. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.7 Estimativa do custo com depreciação Depreciação está relacionado ao desgaste de equipamentos e ferramentas, que vão se desgastando conforme seu uso nos passar dos anos,sendo necessária sua reposição. Representa uma perda de valor do equipamento ou ferramenta para o mercado. Como calcular a depreciação dos investimentos fixos: ➔ Relacione as máquinas, ferramentas, veículos utilizados, etc; ➔ Determine o tempo médio de uso desses bens em anos; ➔ ➔ Divida o valor do bem pela sua vida útil em anos, para saber o valor anual da depreciação; Divida o valor anual com depreciação por 12, para saber a depreciação mensal desses bens. Dependendo da situação financeira e das estratégias do negócio, pode ser feita uma reserva para a troca do bem após o término da vida útil! 75
  • 82. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.7 Estimativa do custo com depreciação 76
  • 83. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.7 Estimativa do custo com depreciação Conforme a tabela abaixo elaborada pela receita federal, considera para efeito de vida útil, os seguintes prazos de vida útil para os seguintes bens (devem servir apenas como referência). Conforme a atividade empresarial máquinas e ferramentas sofrem desgastes maiores. Considere esse ponto na hora do cálculo de depreciação. Equipamentos sucateados tem custo de manutenção mais elevados e menor produtividade. 77
  • 84. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.7 Estimativa do custo com depreciação 78
  • 85. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.8 Estimativa dos custos fixos mensais Os custos fixos estão relacionados com as despesas como aluguel, energia, salários. Esses valores são considerados custos fixos e devem ser pagos mesmo que a empresa não fature. Como exercício, liste todos os custos fixos e estime os valores mensais de cada um. Fique de olho: ➔ ➔ ➔ ➔ Seja cauteloso, trabalhe com uma margem de segurança na hora de estimar os gastos; Adote prática para eliminar e reduzir desperdiço e retrabalho; O pró-labore é considerado como custo, ou seja, é a remuneração do proprietário da empresa; Sempre relacionar o valor de depreciação mensal das máquinas e equipamentos calculados anteriormente. 79
  • 86. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.8 Estimativa dos custos fixos mensais 80
  • 87. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.9 Demonstrativo de resultados É hora de prever se a empresa dará lucros ou prejuízos, através do demonstrativo de resultados, que é composto pelos valores da estimativa de faturamento e o total de custos, sejam fixos ou variáveis. 81
  • 88. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.9 Demonstrativo de resultados Para calcular o percentual (%) de cada um dos itens que compõem o demonstrativo de resultados, você deve dividi-lo pela receita total de vendas, multiplicando o resultado por 100. Veja o exemplo abaixo. 82
  • 89. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.10.1 Ponto de equilíbrio Representa o quanto sua empresa precisa faturar ou quantas unidades de um determinado produto ou serviço precisam ser vendidos para pagar todos os seus custos em um determinado período. Utilize as fórmulas a seguir: Você deve se esforçar para que o empreendimento ultrapasse o ponto de equilíbrio, dessa forma você obterá lucro, o ponto de equilibro também pode ser calculado através do faturamento, em caso de grande variedade de produtos ou serviços! 83
  • 90. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.10.1 Ponto de equilíbrio 84
  • 91. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.10.2 Lucratividade Indicador que mede o lucro líquido em relação às vendas. Está diretamente ligado a competitividade. Quanto maior a lucratividade, maior a capacidade de competir, e investir em estratégias de divulgação, na aquisição de produtos e novos equipamentos, etc. Utilize as fórmulas a seguir: Sob R$ 100.000 de receita total, sobram R$ 8.000 na forma de lucro. Depois de pagas todas as despesas e impostos, o que indica uma lucratividade de 8% ao ano! 85
  • 92. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.10.3 Rentabilidade Indica atratividade dos negócios, pois mede o retorno do capital investido aos sócios. É obtido sob a forma percentual por unidade de tempo (por exemplo, mês ou ano). É calculado através do lucro líquido pelo investimento total. A rentabilidade deve ser comparada com os índices praticados no mercado financeiro. Utilize as fórmulas a seguir: Isso demonstra que o empresário recupera 25% do valor investido através dos lucros obtidos no negócio! 86
  • 93. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.10.4 Prazo de retorno do investimento Também é um indicador de rentabilidade, indica o tempo necessário para que o empreendedor recupere o que investiu no seu negócio. Isso significa que após 4 anos do início das atividades da empresa, o empreendedor terá recuperado, sob a forma de lucro, tudo o que gastou com a montagem do negócio! 87
  • 94. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.10) HORA DE PRATICAR de equilíbrio. – Indicadores de viabilidade, 5.10.1 – Ponto 88
  • 95. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.10) HORA DE PRATICAR Lucratividade. – Indicadores de viabilidade, 5.10.2 – 89
  • 96. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.10) HORA DE PRATICAR Rentabilidade. – Indicadores de viabilidade, 5.10.3 – 90
  • 97. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 5.10) HORA DE PRATICAR de retorno do investimento. – Indicadores de viabilidade, 5.10.4 – Prazo 91
  • 98. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 6º PASSO: Avaliação do Plano de Negócio O plano de negócio é o seu mapa de percurso, deve ser consultado a todo momento e acompanhado permanentemente. Avalie cada informação encontrada por você. Lembre-se: ➔ ➔ ➔ Que o plano de negócio tem como objetivo responder se vale a pena abrir, manter ou ampliar a empresa; Um plano de negócio é dinâmico e deve ser atualizado sempre que surgir novas oportunidades e ameaças; Empreender é um risco, porém o plano de negócio, ajudará você a tomar decisões mais acertadas e coerentes. 92
  • 99. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 7º PASSO: Documentação de Apoio Esta é a última parte do seu plano de negócio, aqui você deve colocar toda a documentação de apoio. Esses documentos trazem mais credibilidade ao seu planejamento e fornece informações complementares ao seu projeto. Exemplos de alguns documentos a ser anexados: ➔ Contrato de aluguel; ➔ Currículo do proprietário; ➔ Orçamento das máquinas, ferramentas, matérias-primas,etc; ➔ Artigos de jornais sobre o ramo em que irá atuar; ➔ Logomarca da empresa; ➔ Fotos dos principais produtos a serem comercializados; ➔ Outros documentos importantes. 93
  • 100. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 8º PASSO: Onde Buscar mais Informações 1. SEBRAE MINAS Av. Barão Homem de Melo, 329 – Bairro Nova Suíça – Belo Horizonte – MG – 30.460-090. Central de Orientação Empresarial – CORE – (31) 3269.0180 OU www.sebraemg.com.br 2. IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – www.ibge.gov.br 3. INPI – INSTITUTO NACIONAL DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL – www.inpi.gov.br 4. BDMG – BANCO DE DESENVOLVIMENTO DE MINAS GERAIS – www.bdmg.gov.br 5. BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – www.bndes.gov.br 6. OUTROS – exemplo: sindicatos, associações comerciais, federações, etc. 94
  • 101. PLANO DE NEGÓCIO Documento que descreve os objetivos do negócio e os passos para alcançá-los 9º PASSO: Referências Bibliográficas - MANUAL DO SEBRAE, COMO ELABORAR UM PLANO DE NEGÓCIOS, MINAS GERAIS. IMPORTANTE! O foco desse material foi apresentar o conteúdo do material do SEBRAE sobre PLANO DE NEGÓCIOS, muitas partes dessa apresentação conteve frases na íntegra do manual utilizado como base para esse trabalho. Espero que tenham aproveitado a leitura. 95