SlideShare uma empresa Scribd logo
PLANO DE
         ENSINO
1 ano Ensino Médio.
 o


E. E. “Joaquim Vilela”. 2013
DISCIPLINA- Biologia
PROFESSOR (A):
EIXO TEMÁTICO I:
                                                         TEIA DA VIDA
                                                             Tema:
                                                    Sistemas e ecossistemas
TÓPICO       Nº   HABILIDADE                      ESTRATÉGIAS        DESCRITORES                           CONTEÚDO- OP
             /a
1.           4    1. 1Reconhecer que a            Pesquisas;         D58 - Reconhecer a                    · A transferência de matéria e energia no
                  fotossíntese é fonte primária                      interdependência entre os diversos    ecossistema
FOTOSSÍNTESE                                      Interpretação de   elementos da natureza: seres vivos,
                  de biomassa                     textos;            fatores físicos (luminosidade,        · O conceito e a estruturação das cadeias
                  1.1.1 Reconhecer que a          Arguição oral;     temperatura, pressão, ventos,         alimentares
                  fotossíntese é um Processo      Aulas              umidade e chuvas) e fatores           · A determinação dos produtores e demais níveis
                  de transformação de energia                        químicos (nutrientes minerais         tróficos
                                                  expositivas;       presentes na água e no solo).
                  luminosa em energia química                        D59 - Compreender o ecossistema
                                                                                                           · O entendimento de que Biomassa é uma
                  a partir de gás carbônico e     Prova Escrita;                                           abreviação para designar matéria orgânica que
                                                                     como um conjunto vivo com relativa
                  água, na presença de luz        Trabalhos em       auto-suficiência, resultante da       inclui partes lenhosas das árvores, alimentos
                  1.2. Identificar o Sol como      classe             interação entre comunidades de        armazenados, carapaças de artrópodes, ossos,
                  fonte primária de energia.      e extra classe;    seres vivos, fatores físicos e        etc.
                                                                     químicos.
                  1.2.1. Reconhecer que a         Interpretação de                                         · Que a produtividade liquída representa a
                  biomassa dos vegetais está      Charges, mapas                                           quantidade de energia luminosa convertida em
                  diretamente relacionada com     ,gráficos,                                               energia durante química menos a quantidade
                  a absorção de gás carbônico     tabelas                                                  dissipada( convertida em energia calorífica) pela
                  e transformação da energia      Cruzadinha                                               plantas , durante a respiração
                  luminosa em energia             Exercício de
                  química.                                                                                 - Os organismos produtores/ autótrofos e
                                                  fixação.
                  1.32. Relacionar os fatores                                                              consumidores/ heterótrofos
                  ambientais que interferem na                                                             - A transformação da energia luminosa em energia
                  fotossíntese.                                                                            química nas células vegetais e de outros
                  1.3.1. INFERIR sobre o papel                                                             organismos fotossintetizantes
                  da água, luz, gás carbônico e                                                            - Obtenção da energia a partir de moléculas
                  temperatura na fotossíntese,                                                             orgânicas durante a respiração nas células
                  a partir de situações                                                                    - Associação dos sistemas circulatórios,
                  problema.                                                                                respiratórios, digestórios e excretor envolvidos no
                  1.3.2 - .Reconhecer a                                                                    metabolismo respiratório
                  importância das algas como                                                               - Fluxo de energia nas cadeias alimentares e a
                  organismos produtores de                                                                 importância dessa energia na manutenção dos
                  matéria orgânica e oxigênio                                                              sistemas ecológicos
                  nos ecossistemas aquáticos..
2. RELAÇÕES   2.1 Reconhecer as relações       D62 - Analisar como os        - Origem da energia: o Sol como fonte de energia
ALIMENTARES   alimentares como forma de        fatores alimentação,          para a terra
              transferência de energia e       competição com outras         - A energia disponível diminui à medida que vai
              materiais                        espécies, tamanho e           sendo transferida de um nível trófico para outro.
              2.1.1 Identificar, ao longo de   densidade populacional        - O homem como um dos membros da cadeia
              uma cadeia alimentar, que                                      alimentar
                                               interferem no crescimento
              ocorre transferência de                                        - A importância dos alimentos como fonte de
              energia e materiais de um        de uma determinada            energia, nutrientes, proteínas, sais minerais, fibras,
              organismo para outro.            população.                    entre outros, para nossa sobrevivência
              2.1.2. Reconhecer que a                                        - No cálculo do valor energético dos alimentos,
              energia é dissipada ao longo                                   utiliza-se a unidade de energia térmica dos
              da cadeia alimentar em                                         alimentos conhecida como caloria
              forma de calor;                                                - Alimentos de origem orgânica fornecem energia
              2.1.3. Reconhecer que os                                       para nossas atividades vitais
              alimentos são fonte de                                         - Conceito de caloria e quilocaloria
              energia para todos os                                          - Diferença entre alimentos diet e light, benefícios e
              processos fisiológicas e que                                    cuidados
              a glicose é a principal                                        - Analisar a quantidade de nutrientes e teor
              substância utilizada como                                      calórico dos alimentos através da análise de
              fonte de energia por todos os                                  embalagens e rótulos
              seres vivos.                                                   - Como é medido o teor calórico dos alimentos em
                                                                             calorímetros
                                                                             - Técnicas de laboratório permitem estipular a
                                                                             quantidade de energia em quilocalorias (kcal), que
                                                                             o nosso organismo necessita diariamente para
                                                                             diferentes atividades como andar, falar, digerir,
                                                                             pensar, correr, dormir, entre outras.
3-CICLO DO    3.1 Identificar o ciclo do       D33 - Reconhecer que o        - Principais fontes de C, N, Ca e P e água e a
CARBONO       carbono, nitrogênio e água e     crescimento e o               porcentagem aproximada de constituição desses
              o papel dos decompositores       desenvolvimento das           elementos na natureza (demonstrada por gráficos)
              na ciclagem dos materiais.       plantas são processos         - Principais características, fatores bióticos e
              3.1. Reconhecer que os           controlados por fatores       abióticos relacionados aos ciclos do C, N, Ca, P e
              elementos químicos tais                                        água
                                               externos (condições físicas
              como carbono, oxigênio e                                       - Relações entre os vários ciclos biogeoquímicos
              nitrogênio ciclam nos            e químicas do meio) e por     - Elementos químicos mais comuns em
              sistemas vivos.                  fatores internos              componentes bióticos e abióticos de um
              3.1.2. Identificar que os         (hormônios vegetais).         determinado ecossistema
              elementos químicos que                                         - A importância dessas substâncias para a
              constituem o corpo dos seres                                   manutenção de diversos ecossistemas
              vivos, retornam ao ambiente                                    relacionando seu excesso ou falta a problemas
              pelo processo de                                               ambientais
decomposição.                                              - Microorganismos fixadores de nitrogênio: papel e
               3.1.3.Reconhecer que os                                    importância para os vegetais
               elementos químicos                                         - O importante papel dos decompositores na
               presentes no ambiente                                      ciclagem dos materiais e os tipos de
               voltam a fazer parte do corpo                              decompositores: necrófagos, detritívoros e
               dos seres vivos através dos                                microdecompositores
               processos de                                               -Desequilíbrios causados pelo homem nos ciclo
               fotossíntese e nutrição.                                   acima como: efeito estufa, chuva ácida,
                                                                          consequências do mau uso dos recursos hídricos,
               3.1.4. Identificar que o gás                                destruição da camada de ozônio, queimadas e
               carbônico liberado na                                      poluição de corpos d’água, entre outros
               respiração e fermentação
               provêm da molécula de
               glicose.
               3.1.5 - Reconhecer a
               importância dos organismos
               decompositores (fungos e
               bactérias) na ciclagem dos
               materiais no ambiente.
4.INTERFERÊN   4.1 Identificar a interferência   D63 - Reconhecer os      - Compreensão da ocorrência simultânea dos
CIA DO         4.1.1 Avaliar, a partir de        processos de ocupação    ciclos dos materiais e da sua integração
HOMEM NOS      situações problema, as            dos diversos tipos de    - Atividades humanas no ambiente urbano e rural e
CICLOS         mudanças ambientais               ambiente: espécies       os principais poluentes e resíduos daí decorrentes
NATURAIS DA    do homem nos ciclos               pioneiras, sucessão      - Formas de exploração humana dos ecossistemas
               naturais da matéria                                        naturais e seus impactos ambientais
MATÉRIA                                          primária, sucessão
               promovidas pelo homem, que                                 - Efeitos das interferências humanas nos ciclos
               interferem no ciclo da matéria    secundária, aumento da   naturais de carbono, nitrogênio, água, cálcio e
               tais como efeito estufa, uso      diversidade              fósforo
               intensivo de fertilizantes        biológica.
               nitrogenados, poluição dos                                 - Relação entre atitudes cotidianas e modificações
               ambientes aquáticos.                                       e/ ou interferências no meio ambiente
               4.1.2. Avaliar medidas que                                 - Relação entre as atitudes cotidianas e
               minimizem os efeitos da                                    interferências nos ciclos dos materiais como a
               interferência humana no ciclo                              água, o carbono, o nitrogênio e outros
               dos materiais.                                             - Consequências das atitudes cotidianas nos
               4.1.3. Avaliar o destino do                                ambientes mais próximos dos alunos como casa,
               lixo e do esgoto, o tratamento                             escola, rua e bairro
               da água, as condições dos                                  - Identificação de problemas ambientais próximos
               rios e córregos, o modo de                                 aos alunos
               ocupação do solo e a                                       - Importância da existência da coleta seletiva de
               qualidade                                                  lixo, do saneamento básico, do tratamento de água
do ar e sua relação com a                                                       e esgoto, da diminuição do consumismo, do
               saúde humana.                                                                   reaproveitamento e reciclagem de materiais
               4..1.4 - Reconhecer a
               importância de alguns
               representantes do grupo
               Protista no ambiente e na
               saúde
                                                      EIXO TEMÁTICO IV:
                                                       CORPO HUMANO
                                             Tema: População humana e seus desafios
5. BIOMAS E    5. 1.Identificar biomas e                          D64 - Associar fatores   • Principais tipos de práticas biotecnológicas e suas
               biodiversidade                                     como temperaturas        conseqüências na área da saúde, da agricultura e
BIODIVERSIDA                                                      médias, umidade,
DE             5.1.1 Identificar características                  regimes de chuva,        farmacologia
               adaptativas dos animais e plantas                  relevo e tipos de solo   • Exemplos da aplicação tecnológica na área da saúde:
               dos principais biomas brasileiros.                 com a biodiversidade     transplantes de órgãos, produção de vacinas e soros,
               5.1.2. Identificar as principais                   característica de cada   clonagem terapêutica, desenvolvimento de
                                                                  bioma das várias
               causas de extinção de animais e                    regiões do mundo.
                                                                                           medicamentos, terapia com células-tronco
               plantas brasileiras.                               D65 - Caracterizar os    • Exemplos da aplicação tecnológica na área
               5.1.3. Elaborar propostas para                     produtores, os           agropecuária: desenvolvimento de insumos agrícolas,
               preservação das espécies                           consumidores e suas      melhoramento genético, desenvolvimento de
               ameaçadas de extinção.                             regiões de ocupação      transgênicos
                                                                  num dado bioma
               5.1.4.Analisar o impacto da                        aquático.                • Vantagens e desvantagens obtidas pela população
               introdução de espécies exóticas                    D66 - Analisar a         humana na aplicação tecnológica dos exemplos
               nos ambientes naturais.                            importância dos          anteriores
                                                                  produtores marinhos na   • Impactos ambientais causados pelo desenvolvimento
                                                                  manutenção da vida na
                                                                  Terra:
                                                                                           tecnológico
                                                                  produção de matéria
                                                                  orgânica e de gás        - Conceitos básicos sobre o assunto como conceito de
                                                                  oxigênio.                meio ambiente, biodiversidade, biotecnologia,
                                                                  D67 - Indicar as         desenvolvimento sustentável, conservação ambiental e
                                                                  principais
                                                                  características          preservação ambiental
                                                                  fisionômicas da          - Os principais impactos ambientais locais, no Brasil e
                                                                  Floresta Amazônica, da   no mundo e suas conseqüências
                                                                  Caatinga, do Pantanal,   - As principais técnicas e procedimentos usados para o
                                                                  da Mata Atlântica, da
                                                                  Mata de Araucárias, do
                                                                                           desenvolvimento sustentável
                                                                  Cerrado e dos Campos     - Princípios para o desenvolvimento de uma sociedade
                                                                  Gaúchos.                 sustentável, a partir de atitudes e resgate de valores
                                                                  D68 - Relacionar a
                                                                  biodiversidade com as    Para dimensionar o impacto das atividades humanas
                                                                  condições físicas
                                                                  características dos      sobre o ambiente, é necessário dimensionar e definir o
ecossistemas                recorte determinando se os impactos são locais,
                                                           brasileiros.                regionais ou globais.
                                                           D69 - Analisar as
                                                           modificações da             Questões locais tem a ver com qualidade do ar,
                                                           cobertura vegetal no        fornecimento de água limpa, a remoção e disposição
                                                           Brasil, nos vários tipos    dos lixo sólido e dos efluentes líquidos, limpeza das
                                                           de registros                ruas, etc.
                                                           produzidos em
                                                           diferentes épocas:
                                                                                       Questões regionais são causadas principalmente pelos
                                                           mapas, fotografias,         automóveis, produção de energia e indústria pesada.
                                                           desenhos, esboços,          Estes fatores afetam as grandes cidades e áreas
                                                           dados estatísticos e        circunvizinhas, bacias hidrográficas e até extensões,
                                                           documentos históricos.      além das fronteiras nacionais, como chuvas ácidas
                                                           D70 - Relacionar as
                                                           atividades econômicas       decorrentes das emissões de dióxidos de enxofre e de
                                                           mais importantes,           nitrogênio.
                                                           como, por exemplo,          A terceira categoria de questões são as chamadas
                                                           agropecuária, garimpos      globais e suas conseqüências mais conhecidas são o
                                                           e outras atividades
                                                           mineradoras,
                                                                                       aquecimento global , a crise de biodiversidade, a
                                                           urbanização,                destruição da camada de ozônio e a degradação dos
                                                           especulação                 oceanos.
                                                           imobiliária, com as
                                                           principais alterações
                                                           nos ecossistemas
                                                           brasileiros.
                                                           D71 - Reconhecer, nos
                                                           ecossistemas
                                                           brasileiros, as plantas e
                                                           os animais mais
                                                           representativos, em
                                                           particular, aqueles em
                                                           processo de extinção.
                                                           D72 - Reconhecer
                                                           procedimentos de
                                                           proteção e recuperação
                                                           do meio
                                                           ambiente:legislação,
                                                           fiscalização, criação de
                                                           reservas e parques e
                                                           organização de
                                                           sociedades de
                                                           proteção.


                                        EIXO TEMÁTICO IV:     CORPO HUMANO
                                      Tema 2:   População humana e seus desafios
6.           6.1. Relacionar Populações                   . D73 - Avaliar a                 • Conceitos de qualidade de vida e saúde e as
POPULAÇÕES   Humanas e seus desafios                      importância e o                   condições de vida e cultura dos povos
HUMANAS E      6.1.1 Relacionar os padrões de        significado dos principais       • Relação entre índice de desenvolvimento
SEUS           produção e consumo, tais como         problemas ambientais             humano (IDH) e índice de saúde pública
DESAFIOS       pesca e caça predatórias. com a       que têm preocupado os            (nutrição, renda, escolaridade, condições de
               devastação ambiental, redução         países: efeito estufa,           saneamento, moradia, esperança de vida ao
               dos recursos e                        destruição da camada de          nascer, doenças infecto-contagiosas) com a
               extinção de espécies.                                                  qualidade de vida das diferentes regiões do
                                                     ozônio, proliferação de
               6.1.2. Comparar argumentos                                             mundo e do Brasil.
               favoráveis ao uso sustentável da      pragas, desaparecimento          • Fatores ambientais significativos para a saúde e
               biodiversidade e tomar posição a      de espécies animais e            qualidade de vida da população: saneamento
               respeito do assunto.                  vegetais, alteração no           básico (tratamento de água e esgoto), qualidade
               6.1.3. Realizar leituras específicas   regime das chuvas, a             do ar, da água e do solo.
               e debates sobre a importância da      poluição do ar, água e           • Formas de intervenções individuais e coletivas
               biodiversidade na medicina, na        solo.                            para minimizar os fatores desfavoráveis à saúde
               agricultura, na indústria, etc.       D74 - Indicar os                 da população: poluição atmosférica, sonora,
               6.1.4. Avaliar a possibilidade de     principais problemas             visual, das águas, do solo e suas consequências
               serem adotadas tecnologias de         ambientais brasileiros:          para a qualidade de vida da população.
               conservação ambiental no uso          questões relativas a
               econômico da biodiversidade,                                           • Conceito de densidade populacional, tamanho
                                                     habitação, saneamento,
               expansão das fronteiras agrícolas                                      populacional, taxa de natalidade, taxa de
               e extrativismo.                       saúde, educação,                 mortalidade, emigração e imigração, potencial
               6.1.5. Avaliar textos que abordem     distribuição de terra e          biótico e resistência ambiental
               o impacto da expansão agrícola        renda, uso do solo,              • Interpretação de gráficos do comportamento
               nos ecossistemas, bem como se         planejamento urbano,             populacional ao longo do tempo
               posicionar criticamente sobre o       poluição do ar e da água,        • A trajetória da população humana: seu
               assunto.                              desmatamento e extinção          crescimento e influência ao longo do tempo
               6.1.6 . Relacionar o                  de espécies biológicas.          • Os padrões de vida e de consumo humano:
               reaparecimento de determinadas        D75 - Analisar problemas         causas e conseqüências
               doenças como cólera e dengue,         ambientais brasileiros a         • A relação entre os impactos ambientais atuais e
               com a ocupação desordenada dos        partir da leitura crítica de     o crescimento e densidade da população
               espaços urbanos e a                                                    humana: conseqüências da interferência humana
                                                     diferentes fontes: textos
               degradação ambiental.
               6.1.7. Relacionar as condições        jornalísticos,
               socioeconômicas com saúde,            informativos, relatórios
               educação, moradia, alimentação        institucionais, RIMAs e
               das populações humanas de             outros.
               diferentes regiões.
7. ORIGEM DA   7.1-Conhecer e avaliar concepções                                      - Estudo das teorias da origem da vida:
VIDA           acerca da origem da vida              4.2.3 Origem da vida e           biogênese e abiogênese. Experimentos de Von
               7.1.1. Identificar diferentes          grandes linhas da evolução       Helmont, Redi, Spallanzani, Needham e Pasteur
               explicações sobre a origem dos        D96 - Analisar as idéias sobre   - Apresentação das teorias sobre a formação da
               seres vivos, confrontando             a origem da vida, a partir da    Terra e origem da vida na Terra: evolucionismo,
concepções religiosas, mitológicas   leitura de textos históricos.     fixismo, criacionismo científico
e científicas, elaboradas             D97 - Indicar a linha evolutiva   - O que significa evoluir? (discussão sobre a idéia
em diferentes momentos.              dos vertebrados,                  errada de "melhoramento")
7.1.2. Analisar experiências e       demonstrando a relação de         - Teoria evolucionista que explica a formação do
                                     ascendência.
argumentos utilizados por                                              universo, da Terra e a origem do primeiro ser vivo
                                     D98 - Apontar algumas
cientistas como F. Redi (1626-       características dos animais       relacionada aos conhecimentos físicos e
1697), L. Pasteur (1822-1895) para   que permitiram a transição da     químicos: hipótese de Oparin e experimento de
derrubar a teoria da                 vida na água para o ambiente      Miller > Coacervados
geração espontânea.                  terrestre.                        - Como o primeiro ser vivo foi formado a partir
7.1.3. Avaliar as ideias de Oparin   D99 - Representar a história      das moléculas orgânicas: teorias
sobre a origem da vida na Terra.     da vida na Terra em escala        proteinocêntrica, genecêntrica e sistêmica.
7.1.4. Associar o surgimento da      temporal, indicando os            - Hipóteses autotróficas e heterotróficas sobre
vida como um processo lento e        seguintes acontecimentos:         origem da vida > fotossíntese e respiração
relacionado às condições físico-     surgimento da vida, das           - Após discussão aprofundada sobre as teorias
                                     plantas terrestres, dos
químicas da Terra há bilhões de                                        evolucionistas de Darwin e Lamarck, os fatores
                                     vertebrados, dos mamíferos e
anos                                 da espécie Homo sapiens.          evolutivos e a especiação, é preciso discutir a
                                     D100 - Compreender que o          concepção evolucionista de fato em
                                     processo evolutivo humano         contraposição à concepção do criacionismo
                                     resulta da interação de           científico
                                     mecanismos biológicos e           (Programa de Biologia para o Ensino Médio - EE
                                     culturais.                        Caminho à Luz - Ana Flávia Quintão e Simone de
                                                                       Araújo Esteves)
PLANO DE
         ENSINO
2 ano Ensino Médio.
 o


E. E. “Joaquim Vilela”. 2013
DISCIPLINA- Biologia
PROFESSOR (A):
EIXO TEMÁTICO II:
                                                             EVOLUÇÃO
                                                                Tema:
                                                   História natural da sexualidade
TÓPICO         Nº   HABILIDADE                     ESTRATÉGIAS        DESCRITORES     CONTEÚDO- OP
               /a
8.                  8.1 Compreender reprodução     Pesquisas;         D13 -           - Funções da reprodução e tipos de reprodução
REPRODUÇÃO          assexuada, sexuada e a         Interpretação de   Compreender a   - Comportamento sexual de diversos grupos de seres vivos
ASSEXUADA,          variabilidade genética.        textos;            meiose como     - Ausência de troca genética na reprodução assexuada,
SEXUADA E A         8.1.1 - Reconhecer que a       Arguição oral;     um processo     vantagens e desvantagens biológicas e evolutivas desse
VARIABILIDAD        reprodução sexuada envolve     Aulas              que garante a   processo. Tipos de divisões assexuadas: divisão binária,
                    troca de material genético                                        brotamento, esporulação, regeneração e partenogênese
E GENÉTICA.                                        expositivas;       manutenção do
                    entre indivíduos, processo                                        - Troca genética durante reprodução assexuada, vantagens e
                    articulado com a               Prova Escrita;     número de       desvantagens biológicas e evolutivas desse processo. Tipos
                    hereditariedade,               Trabalhos em       cromossomos     de reprodução sexuada: interna ou externa
                    com a identidade e a           classe             da espécie,     - Hermafroditismo
                    diversidade dos organismos.    e extra classe;    condição        - Fluência de genes entre indivíduos de uma população,
                    8.1.2 - Reconhecer a           Interpretação de   indispensável   quando ocorre reprodução sexuada. Qual a vantagem ou
                    reprodução sexuada como        Charges, mapas     para a          desvantagem desse fato?
                    fonte de variabilidade         ,gráficos,         ocorrência da   - Principais idéias de Mendel acerca da genética
                    genética.                      tabelas            reprodução      - Importância da fecundação, segregação meiótica e crossing-
                    8.1.3 - Reconhecer que a       Cruzadinha         sexuada.        over para a evolução das espécies e sua variabilidade
                    reprodução assexuada é um      Exercício de
                    processo que produz um                                            - Os tipos de fecundação: fecundação cruzada (externa e
                                                   fixação.
                    número maior de indivíduos                                        interna), autofecundação
                    em curto espaço de tempo e                                        - Vantagens e desvantagens evolutivas dos diferentes tipos de
                    que                                                               fecundação
                    ocorre com a participação de                                      - Relacionar as diferentes estratégias de reprodução com os
                    apenas um indivíduo.                                              diversos ambientes
                    8.1.4.- Reconhecer a                                              - Exemplificar alguns comportamentos sexuais adaptativos em
                    reprodução assexuada como                                         diferentes espécies de vegetais e animais
                    aquela que produz organismos                                      • A transcrição do material genético
                    idênticos entre si.                                               • Os principais tipos de RNA

                                                                                      • A tradução do código genético
                                                                                      • A universalidade dos processos e estruturas citadas acima
9-            9.1 Reconhecer as                 D26 - Associar        Características gerais de cada um dos reinos.
CARACTERÍS-   características gerais dos        as
TICAS         cinco reinos de seres vivos.      características
GERAIS DOS    9.1.1 - Identificar as             morfofuncionais
SERES VIVOS   características que diferenciam   de
              os organismos dos cinco
                                                representantes
              reinos de seres vivos.
              9.1.2 Identificar a diversidade    desses grupos
              biológica organizada              às condições do
              hierarquicamente.                 meio em que
              9.1.3 - Reconhecer os             vivem.
              representantes dos reinos a
              partir de representações
              figurativas.
10-           10.. Reconhecer                   D26 - Associar        · reconhecer a importância da reprodução para manutenção da
CARACTERÍS-   características adaptativas das   as                    vida no planeta
TICAS         plantas em diferentes             características       · caracterizar e diferenciar processos de reprodução
ADAPTATIVAS   ambientes                         morfofuncionais       assexuada e de reprodução sexuadas apresentados por
DAS           10.1.1 Identificar                 de                    plantas, animais e microrganismos
              características morfológicas e                          · associar a reprodução sexuada com a variabilidade genética
PLANTAS                                         representantes
              fisiológicas das plantas                                 e portanto a manutenção da diversidade
              relacionadas a: sustentação,      desses grupos         · atribuir aos gametas masculino e feminino, o papel de
              economia de água,                 às condições do       disseminação do material genético e de formação dos novos
              reprodução, transporte e          meio em que           indivíduos
              trocas gasosas, relacionando-     vivem.                · reconhecer diferentes comportamentos de localização e
              as com o habitat.                                       atração dos parceiros
11.           11.1 Reconhecer as                D26 - Associar        - Os tipos de fecundação: fecundação cruzada (externa e
CARACTERÍS-   características adaptativas dos   as                    interna), autofecundação
TICAS         animais que propiciam a vida      características       - Vantagens e desvantagens evolutivas dos diferentes tipos de
ADAPTATIVAS   nos diferentes ambientes          morfofuncionais       fecundação
DOS           11.1.1 Identificar                 de                    - Relacionar as diferentes estratégias de reprodução com os
              características morfológicas e                          diversos ambientes
ANIMAIS                                         representantes
              fisiológicas dos animais, tais                           - Exemplificar alguns comportamentos sexuais adaptativos em
              como: alimentação, digestão,      desses grupos         diferentes espécies de vegetais e animais
              circulação, excreção e trocas     às condições do
              gasosas,                          meio em que
              relacionando-as com o modo        vivem.
              de vida terrestre ou aquático.
12. FUNÇÕES   12.1.Reconhecer funções           D3 - Reconhecer que   · A estrutura básica dos cromossomos
              vitais do organismo               a organização e as    · Os processos da mitose e meiose bem como suas
VITAIS DO                                       funções celulares
              12.1.1 - Compreender o corpo                            respectivas funções
ORGANISMO    humano como um todo               básicas são              · As diferenças entre tais divisões celulares
             integrado, considerando seus      semelhantes em           · As causas ambientais e celulares que levam à ocorrência do
                                               todos os seres vivos.
             níveis de organização: células,   D4 - Relacionar as       câncer
             tecidos, órgãos e sistemas.       funções vitais das
                                               células com seus         • Revisar os vários níveis de organização da vida – de átomos
                                               componentes.             e moléculas, passando pelas células, tecidos e órgãos, até
                                               D5 - Estabelecer
                                               diferenças entre os
                                                                        chegar nos sistemas e no organismo humano – para que o
                                               vários tipos de célula   aluno tenha a dimensão da interação entre os vários
                                               a partir da              componentes do ser vivo
                                               observação               •Caracterização e compreensão das funções de nutrição –
                                               microscópica, da         digestão, respiração, excreção e circulação – dos órgãos que
                                               análise de fotos e
                                               esquemas e da            participam dessas funções, suas particularidades e
                                               construção de            interdependências
                                               modelos.                 • Caracterização e compreensão dos órgãos do sentido, da
                                               D6 - Compreender         pele e de seus anexos como elementos que permitem a
                                               que funções vitais
                                               como nutrição,
                                                                        interação do organismo humano com o meio em que vive
                                               transporte, excreção,    • Caracterização e compreensão do sistema locomotor –
                                               digestão,                ossos e músculos – como elementos que permitem a
                                               respiração e             sustentação, locomoção do organismo, bem como a interação
                                               fotossíntese ocorrem     com o meio
                                               na célula.
                                                                        • Caracterização e compreensão do sistema imunológico como
                                               D42 - Analisar o
                                                                        o sistema responsável pela defesa e proteção do organismo
                                               papel do sistema
                                                                        humano, através de mecanismos que contam com barreiras
                                               nervoso e                físicas e imunológicas
                                               endócrino na             • Caracterização do sistema nervoso como o sistema
                                               coordenação e            responsável pela coordenação e regulação dos demais
                                               regulação das            sistemas do organismo humano, juntamente com o sistema
                                               funções vitais do        hormonal
                                               organismo.
13 -         13.1 - Estabelecer relações       D7 - Reconhecer que      • Compreensão de hábitos saudáveis de: higiene, alimentação,
             entre as várias funções do        os seres vivos podem     exercícios físicos, leitura e cuidados com o sexo e a
RELAÇÕES                                       obter energia através
ENTRE AS     organismo humano.                 da respiração            reprodução
VÁRIAS       13.1.1 - Associar a percepção     aeróbica,                • Exercitar a capacidade crítica em relação à sociedade e a
             sensorial à pele e seus           anaeróbica e da          mídia que, através de seus recursos, impõem padrões de
FUNÇÕES DO                                     fermentação, para
             anexos: a locomoção e                                      beleza, banalização da sexualidade e culto ao corpo
ORGANISMO                                      realizar seus
             sustentação às funções de         processos
                                                                        • Compreensão dos riscos do uso e abuso de bebidas
HUMANO.      interação do organismo com o                               alcoólicas, cigarro e outras drogas
                                               metabólicos.
             meio                              D8 - Estabelecer         • Compreensão dos riscos de uma má alimentação e de
             13.1.2 - Reconhecer que a         relações entre o         regimes milagrosos que podem levar a doenças graves como
             digestão, a circulação, a         processo respiratório    bulimia e anorexia
                                               e a respiração
             respiração e a excreção são       celular.                 • Compreensão dos riscos de se fazer exercícios físicos sem
funções de nutrição.                                            orientação de profissionais competentes, e dos riscos do uso
                    13.1.3 - Reconhecer que o                                       dos anabolizantes
                    organismo possui diferentes                                     • Avaliação crítica em relação às cirurgias plásticas
                    mecanismos de defesas:
                    barreiras mecânicas e
                    barreiras imunológicas.

                                                     EIXO TEMÁTICO II:BIODIVERSIDADE
                                                       Tema 3: Corpo Humano e Saúde
14. REPRODUÇÃO              14.1 Compreender a reprodução                 D39 - Compreender as diferenças na     - Diferenças anatômicas e fisiológicas
                            Humana                                        fisiologia da reprodução masculina e   dos sistemas reprodutores feminino e
HUMANA                                                                    feminina.
                            14.1.1 - Localizar, em esquemas, os           D40 - Avaliar a eficiência, a          masculino
                            órgãos que compõem o aparelho                 adequação e a pertinência do uso       - Regulação hormonal dos sistemas
                            reprodutor humano.                            dos métodos de contracepção.           reprodutores feminino e masculino.
                            14.1.2 - Compreender as diferenças            D41 - Identificar as D.S.T mais        Gametogênese (ovulogênese,
                                                                          freqüentes no Brasil e os cuidados
                            na fisiologia da reprodução                    para preveni-las.
                                                                                                                 espermatogênese e espermiogênese)
                            masculina e feminina, identificando o          D43 - Compreender os fundamentos       - Fecundação humana
                            papel do sistema nervoso e                    biológicos e sociais da sexualidade    - A relação entre sexualidade, cultura
                            endócrino na reprodução.                      humana.                                e comportamentos humanos
                                                                          D44 - Compreender as
                                                                          transformações orgânicas e
15. A SEXUALIDADE           15.1 Reconhecer a sexualidade                 comportamentais próprias do            A) Conhecer a anatomia e fisiologia
HUMANA EM SEUS              humana em seus aspectos culturais             adolescente.                           do próprio corpo
ASPECTOS                    e biológicos                                  D45 - Relacionar a idade materna       B) Desmistificar mitos e tabus
                            15.1.1 - Compreender como as                  com os problemas da gravidez, em       relativos à sexualidade humana que
CULTURAIS E                                                               especial na adolescência.
BIOLÓGICOS                  transformações orgânicas e                                                           comprometem a relação do
                            comportamentais do adolescente                                                       adolescente com sua própria
                            são influenciadas por processos                                                       sexualidade e prazer
                            biológicos e pela cultura.                                                           C) Respeitar a si e ao outro
                                                                                                                 D) Preservar-se de contágios e
                                                                                                                 enfermidades e de outras situações
                                                                                                                 não desejadas
                                                                                                                 E) Conhecer questões biológicas que
                                                                                                                 promovem a libido e atração por
                                                                                                                 parceiros(as)
                                                                                                                 F) Respeitar as diferentes opiniões e
                                                                                                                 convicções acerca da opção sexual
                                                                                                                 G) A interseção da sexualidade com
                                                                                                                 as práticas sociais humanas em que
                                                                                                                 se estabelece a necessidade de laços
                                                                                                                 afetivos e da busca por prazer e
realização pessoal
                                                         H) Conscientizar os alunos sobre as
                                                         dificuldades que poderão ocorrer
                                                         diante de uma gravidez na
                                                         adolescência
                                                         I) Discutir a AIDS e outras DST`s
                                                         expondo medos, tabus e mitos
                                                         J) Diálogos abertos, respeitosos,
                                                         críticos e construtivos sobre a
                                                         sexualidade
16. MÉTODOS      16.1 Reconhecer os métodos              - Conceito e mecanismos de
CONTRACEPTIVOS   contraceptivos e prevenção de           contracepção
                 doenças                                 - Métodos contraceptivos:
                 16.1.1- Avaliar a eficiência, a          fundamentos, aplicações e eficiência
                 adequação e a pertinência do uso        dos principais métodos
                 de métodos de contracepção e sua        - Métodos contraceptivos e doenças
                 aplicação no controle de DST.           sexualmente transmissíveis (DST’s)
                 16.1.2 - Elaborar explicações para
                 os dados oficiais a respeito da
                 evolução, em particular no Brasil, da
                 incidência das DST, particularmente
                 a AIDS, entre homens e mulheres
                 de diferentes faixas etárias
PLANO DE
          ENSINO
3 ano Ensino Médio.
 o



E. E. “Joaquim Vilela”. 2013
DISCIPLINA- Biologia
PROFESSOR (A):
EIXO TEMÁTICO II:
                                                                   EVOLUÇÃO
                                                                      Tema:
                                                             História da vida na terra

TÓPICO             Nº /a   HABILIDADE                                   ESTRATÉGIAS             DESCRITORES   CONTEÚDO- OP
17. PROCESSOS DE           17.. Analisar os processos de obtenção       Pesquisas;                            ecidos, de órgãos, de sistemas e
OBTENÇÃO DE                de energia pelos sistemas vivos -            Interpretação de                      de indivíduo pluricelular
ENERGIA                    fotossíntese, respiração celular e           textos;                               - Representação (esquemas) de
PELOS SISTEMAS             fermentação.                                 Arguição oral;                        diferentes tipos de células
VIVOS                      17.1.1 - Reconhecer nas equações da          Aulas expositivas;                    constitutivas dos diferentes tecidos
                           fotossíntese da respiração e da                                                    de um organismo pluricelular – o
                                                                        Prova Escrita;
                           fermentação, a transformação dos                                                   homem
                           materiais.                                   Trabalhos em classe                   - Estudo detalhado das funções
                           71.1.2 - Interpretar o papel da água, luz    e extra classe;                       realizadas pelas células e sua
                           e gás carbônico na fotossíntese e na         Interpretação de                      relação com constituição química e
                           respiração em situações - problema.          Charges, mapas                        suas atividades celulares,
                                                                        ,gráficos, tabelas                    entendendo que todas as
                                                                        Cruzadinha                            atividades que ocorrem em seu
                                                                        Exercício de fixação.                 interior das células são controladas
                                                                                                              por um programa genético
                                                                                                              - Apresentação e caracterização
                                                                                                              dos tecidos formados pelas
                                                                                                              diferentes células relacionadas no
                                                                                                              item anterior
                                                                                                              - Identificação por meio da
                                                                                                              ilustração dos tecidos que
                                                                                                              compõem determinado órgão, a
                                                                                                              função de cada tecido e sua
                                                                                                              importância para a atuação mais
                                                                                                              ampla do órgão no bom
                                                                                                              funcionamento do corpo humano
18 - FATORES QUE           18.1 - Identificar os fatores que atuam no                                         Listar os fores que atuam no
ATUAM NO                   metabolismo                                                                        metabolismo.at
METABOLISMO                18.1.1 - Quantificar os efeitos de
                           variáveis como temperatura, luz e/ou
                           salinidade afetam o crescimento e/ou
                           metabolismo em experimentos
                           com plantas, microrganismos e
                           pequenos animais.
EIXO TEMÁTICO III:
                                                   LINGUAGENS DA VIDA
                                                           Tema:
                                           Hereditariedade – a vida e seus códigos
19 -         19.1 - Estabelecer relação entre                  D76 - Reconhecer, através dos      A) História da ciência: da descoberta das
RELAÇÃO      DNA, código genético,                             trabalhos de Mendel, o             células com a invenção do microscópio à
             19.1.1 - Reconhecer que todos os                  mecanismo de transmissão de        elaboração e reformulação da teoria celular
ENTRE                                                          características hereditárias.
DNA,         seres vivos são constituídos por                                                     B) Células como unidades morfológicas e
                                                               D77 - Reconhecer que os
CÓDIGO       células; as células possuem                                                          fisiológicas de todos seres vivos
                                                               fatores mendelianos (genes)
             estrutura tridimensional; toda                    localizam-se nos cromossomos.      C) As propriedades de um organismo como
GENÉTICO,    célula se fabricação de proteínas                 D78 - Relacionar a lei da          reflexo das propriedades de cada uma das
FABRICAÇÃ    e determinação das                                                                   suas células
                                                               separação e da segregação
O DE         características dos organismos.                   independente com a separação       D) Que as células originam-se somente de
PROTEÍNAS    origina de outra célula; todas as                 dos cromossomos homólogos          outras preexistentes e a continuidade de
E            células são constituídas das                      na meiose.                         estrutura e função é devida ao material
DETERMINA    mesmas substâncias químicas;                      D79 - Aplicar as leis de Mendel,   genético
ÇÃO DAS      todas as células possuem                          em diferentes situações, para      E) A menor unidade da vida é a célula
             metabolismo                                       explicar a transmissão e prever    F) Representação da célula, pelo aluno
CARACTERÍS                                                     a manifestação de
TICAS DOS    semelhante; as células contêm as                                                     G) O uso do microscópio e a célula
                                                               características dos seres vivos.
ORGANISMO    informações genéticas dos seres                   D81 - Explicar a transmissão e     H) As células nos diferentes seres vivos:
S            vivos.                                            prever a manifestação de           procariontes e eucariontes
                                                               determinadas características       I) Relação entre os níveis de organização e a
                                                               ligadas ou relacionadas ao         seqüência evolutiva dos diferentes reinos de
                                                               sexo.                              seres vivos
20-          20.1 - Bases da herança: leis de                  D82 - Reconhecer a influência      Partindo-se dessas idéias, presume-se ser
HERANÇA      Mendel                                            cromossômica na determinação       importante o estudo dos seguintes tópicos:
             20.1.1 - Identificar os princípios                 do sexo do ser humano e de         · A estrutura química do DNA
GENÉTICA                                                       outros animais vertebrados ou
             das leis de Mendel resolvendo                                                        · O processo de duplicação da mesma
                                                               invertebrados.
             problemas de herança como                         D83 - Identificar a constituição
                                                                                                  molécula
             albinismo, ABO e Rh                               química dos cromossomos e
             20.1.2 - Entender como as leis de                 dos genes.                         •Características herdadas e não herdadas.
             transmissão e a importância do                    D84 - Reconhecer que existe        •A evolução das idéias sobre hereditariedade.
             ambiente são fundamentais na                      um código genético em que a        •Princípios da 1ª lei de Mendel.
expressão das características       seqüência de bases do DNA          •Conseqüências para a compreensão da
               herdadas.                           determina a seqüência de           Hereditariedade após o reconhecimento de
               20.1.3 - Identificar as              aminoácidos das proteínas.         Mendel em 1900 e o desenvolvimento da
               características fenotípicas e       D85 - Compreender que os           Genética da atualidade.
                                                   genes determinam as
               evidências de hereditariedade,                                         •Conceitos de Genótipo e Fenótipo.
                                                   características dos indivíduos
               utilizando os princípios básicos    através do controle da síntese     •Determinação de um genótipo e construção
               da herança. Mendeliana aplicada     de proteínas.                      de heredogramas.
               em exercícios de genealogias        D86 - Relacionar a síntese das     •Noções de probabilidade.
               humanas e em situações -            proteínas com o metabolismo        •Conceito de monoibridismo.
               problema que envolva                celular.                           •Outros casos de monoibridismo: dominância
               características dominantes,         D87 - Reconhecer que o estudo      incompleta; co-dominância; alelos múltiplos;
               recessivas, em relação algumas      dos cromossomos e do DNA           fator Rh.
               heranças.                           das fases embrionárias ou fetais   •Princípios da 2ª lei de Mendel e Genes
                                                   possibilita o diagnóstico de       ligados/ Linkage.
                                                   doenças genéticas.
                                                                                      •A expressão de genes: Genes e ambiente;
                                                   D53 - Relacionar os dados
                                                   referentes às doenças mais         Expressividade; Penetrância e Pleiotropia.
                                                   freqüentes no Brasil com a faixa   •Herança e sexo: Determinação cromossômica
                                                   etária, sexo, condição             do sexo.
                                                   socioeconômica e cultural dos      •Herança relacionada ao sexo: Herança ligada
                                                   portadores.                        aos cromossomos X e Y, genes com
                                                                                      expressão limitada ao sexo e genes com
                                                                                      expressão influenciada pelo sexo.
21 - O PAPEL   21.1 - Reconhecer o papel das       D92 - Compreender que as           • Mediante a importância do tema e da
DAS            mutações e da recombinação          populações partilham um            profusão de relatos envolvendo acidentes e
               como fonte de diversidade           patrimônio genético comum.         agentes mutagênicos, sugere-se ensinar
MUTAÇÕES                                           D93 - Reconhecer a existência
               21.1.1 - Identificar em situações-                                      • O conceito de mutação
                                                   de fatores que modificam o
               problema os mecanismos                                                 •Os mecanismos pelos quais as mutações
                                                   patrimônio genético das
               evolutivos que propiciam a          populações: migrações,             ocorrem em nível molecular
               biodiversidade.                     mutações, seleção, hibridismo e    • A aleatoriedade de muitas mutações
               .                                   deriva genética.                   • A diferença entre mutações somáticas e
                                                   D94 - Estimar as freqüências de    germinativas
                                                   alguns genes de uma
                                                   determinada população.             •O modo de ação de agentes mutagênicos de
                                                   D95 - Relacionar as alterações     natureza química e energética
                                                   na freqüência dos genes das        • A importância evolutiva e médica de tal
                                                   populações ao processo             fenômeno
                                                   evolutivo
                                                                                      • A aplicabilidade das mutações em
                                                                                      experimentos genéticos
                                                                                      • Medidas de prevenção as quais permitam
                                                                                      segurança e integridade da saúde das
                                                                                      pessoas frente a possíveis interações com
mutágenos

22-             22.1 Reconhecer que os seres                           D80 - Explicar a             - Estudo das teorias da origem da vida:
TRANSFORM       vivos se transformam ao longo do                       transmissão e prever a       biogênese e abiogênese. Experimentos de
AÇÕES           tempo evolutivo.                                       manifestação de              Von Helmont, Redi, Spallanzani, Needham e
NOS SERES       22.1.1 Identificar que a                                determinadas                 Pasteur
VIVOS           diversidade da vida e das                              características dos seres    - Apresentação das teorias sobre a formação
                paisagens da Terra mudou ao                                                         da Terra e origem da vida na Terra:
                                                                       vivos condicionadas pela
                longo do tempo.                                                                     evolucionismo, fixismo, criacionismo científico
                22.1.2. Elaborar explicações                           interação entre alelos de    - O que significa evoluir? (discussão sobre a
                sobre a evolução dos seres vivos                       um mesmo gene e entre        idéia errada de "melhoramento")
                a partir de evidências, tais como                      genes diferentes.            - Teoria evolucionista que explica a formação
                registros fósseis e características                                                 do universo, da Terra e a origem do primeiro
                anatômicas, fisiológicas e                                                           ser vivo relacionada aos conhecimentos físicos
                embriológicas.                                                                      e químicos: hipótese de Oparin e experimento
                22.2 Comparar as explicações                                                        de Miller > Coacervados
                utilizadas por Darwin e por                                                         - Como o primeiro ser vivo foi formado a partir
                Lamarck sobre as transformações                                                     das moléculas orgânicas: teorias
                dos seres vivos.                                                                    proteinocêntrica, genecêntrica e sistêmica.
                22.2.1 - Identificar as                                                              - Hipóteses autotróficas e heterotróficas sobre
                semelhanças e diferenças entre                                                      origem da vida > fotossíntese e respiração
                as teorias evolucionistas.                                                          - Após discussão aprofundada sobre as teorias
                                                                                                    evolucionistas de Darwin e Lamarck, os
                                                                                                    fatores evolutivos e a especiação, é preciso
                                                                                                    discutir a concepção evolucionista de fato em
                                                                                                    contraposição à concepção do criacionismo
                                                                                                    científico
                                                                                                    (Programa de Biologia para o Ensino Médio -
                                                                                                    EE Caminho à Luz - Ana Flávia Quintão e
                                                                                                    Simone de Araújo Esteves)
                                                      EIXO TEMÁTICO II: EVOLUÇÃO
                                                      Tema: História da vida na Terra
23. SELEÇÃO   23.1. Diferenciar seleção natural                 D90 - Compreender que o        - Conceito de seleção artificial e exemplos
NATURAL E     e artificial                                       resultado da seleção natural   - Seleção artificial e a história da humanidade
ARTIfiCIAL     23.1.1 - Avaliar o impacto da                     é a preservação e a            - As vantagens e as desvantagens da seleção
              produção de novas variedades                      transmissão, para os           artificial para o meio ambiente, homem e demais
              de plantas e animais por meio                     descendentes, das              espécies envolvidas
              do melhoramento genético.                                                        - Incitar discussões e reflexões sobre quais os
                                                                variações orgânicas
              23.1.2 - Associar a seleção de                                                   rumos estão sendo tomados pela humanidade
              bactérias e insetos resistentes                   favoráveis à sobrevivência     devido à sua interferência na natureza bem como
                                                                da espécie no ambiente.
ao uso indiscriminado de                                           sobre as conseqüências que podem surgir disso
             antibióticos e pesticidas.

24-          24.1 Avaliar a importância do     D80 - Explicar a transmissão e   •Conceito de bioética.
MANIFESTAÇ   aspecto econômico envolvido       prever a manifestação de         •Medicina preditiva: tecnologias de diagnóstico
ÃO           na utilização da manifestação     determinadas características     precoce de doenças na fase embrionária, seus
GENÉTICA     24.1 .-Posicionar-se              dos seres vivos condicionadas    objetivos, conseqüências e terapias de doenças na
EM SAÚDE:    criticamente sobre as questões    pela interação entre alelos de   fase intra-uterina.
             que envolvem o uso de             um mesmo gene e entre            •Fertilização in vitro, gravidez assistida, descarte ou
             biotecnologia.                    genes diferentes.                congelamento de embriões.
             24.1.2 - Comparar diferentes      D81 - Explicar a transmissão e   •Cultura de tecido humano.
             posicionamentos de cientistas     prever a manifestação de         •Clonagem: técnicas e finalidades.
             sobre genética em saúde:          determinadas características     •Terapias utilizando células-tronco embrionárias, do
             melhoramento genético,            ligadas ou relacionadas ao       cordão umbilical e da medula óssea.
             clonagem e                        sexo.                            •Relação das práticas de manipulação de embriões
             transgênicos.assuntos ligados a                                    como tecnologia resultante do conhecimento da
             biotecnologia, terapia gênica e                                    embriologia.
             clonagem avaliando a
             consistência dos argumentos e                                      • Conceitos da engenharia genética e da
             a fundamentação teórica.                                           biotecnologia
             24.1.3 - Reconhecer os                                             • Genética e melhoramento: história humana da
             benefícios da biotecnologia na                                     manipulação de espécies vegetais e animais com
             saúde (produção de insulina),                                      intuito de aumentar a produtividade na agricultura,
             na produção de alimentos                                           melhorar a segurança alimentar
             (produção de plantas                                               • Genética e prevenção de doenças hereditárias:
             resistentes a vírus; verduras e                                    aconselhamento genético, técnicas de identificação
             frutas mais saborosas e                                            de genes deletérios
             duradouras) e outros.                                              • Engenharia genética e biotecnologia: transgênicos
                                                                                & terapia gênica
                                                                                • Conceito de transgênicos
                                                                                • Entendimento sobre o processo de transgenia e
                                                                                inserção de plasmídeos em bactérias
                                                                                • Riscos e benefícios da transgenia considerando as
                                                                                perspectivas éticas, os prováveis impactos
                                                                                ambientais
                                                                                • Novas regras: aspectos legais para permitir a
                                                                                segurança biológica
                                                                                • Terapia genética: produção de animais
                                                                                transgênicos para correção de doenças genéticas
                                                                                • Ocorrência natural da clonagem.
                                                                                • Como é o processo que resulta a clonagem
(exemplo da ovelha Dolly). Introdução ao conceito
                                                                                 de “células-tronco”
                                                                                 • Diferenças entre clonagem reprodutiva e
                                                                                 terapêutica
                                                                                 • Relação entre clonagem terapêutica e o uso de
                                                                                 células tronco
                                                                                 • Questões éticas e filosóficas contrárias a
                                                                                 prevalência da clonagem terapêutica na atualidade
                                                                                 • Discussão sobre a existência da CTNBio e sobre a
                                                                                 aprovação da Lei de Biossegurança no senado

                                                                                 - Fecundação assistida e os seus riscos para quem
                                                                                 ou o que?
                                                                                 - Clonagem: conceito e sua relação com a evolução;
                                                                                 ocorrência na natureza
                                                                                 - Clonagem em laboratórios: as vantagens e riscos
                                                                                 dessa técnica
                                                                                 - Casamento consangüíneo e os riscos para a
                                                                                 reprodução e perpetuação da espécie
                                                                                 - Análise ética das técnicas de reprodução assistida
                                                                                 e clonagem
25-        25.1 Reconhecer a importância       D91 - Indicar algumas
REGISTRO   dos registros fósseis na            evidências do processo de
FÓSSEIS    construção das árvores              evolução biológica: fósseis,
           filogenéticas                        órgãos homólogos,
           25.1.1 Analisar árvores             análogos e vestigiais.
           filogenéticas que representam a
           evolução dos seres vivos.

26-        26.1. Analisar filmes, vídeos        D88 - Analisar textos             A) Origem do homem: árvore filogenética e a
ASPECTOS   sobre a evolução do ser             históricos, para identificar as   ancestralidade do homem atual
DA         humano e produzir comentários       idéias evolucionistas, em         B) Interpretação de cladogramas
EVOLUÇÃO   e resumos.                          particular as de Lamarck e        C) Habilidades e características ancestrais e atuais
HUMANA     26.1.1 - Avaliar e criticar filmes   de Darwin.                        que favorecem o desenvolvimento social e
           (Idade do fogo) que apresentam                                        intelectual do homem
                                               D89 - Explicar a
           os processos culturais e                                              D) O potencial humano nas artes, comunicação e
           biológicos envolvidos na            transformação das espécies        desenvolvimento de tecnologias
           evolução humana.                    ao longo do tempo através         E) Evolução humana ou involução humana?
           26.2 - Identificar as diferenças     dos mecanismos de:                Interferências humanas e suas conseqüências (as
           entre os aspectos culturais e       mutação, recombinação             habilidades e sua capacidade de intervenção
           biológicos envolvidos na            gênica e seleção natural.         humana)
evolução humana.
                   - Idéias fixistas e evolucionistas: explicações e
                   contexto histórico. Procurar desenvolver trabalho
                   interdisciplinar com professores de filosofia e/ou
                   história
                   - Conceito de evolução biológica e diversidade
                   biológica. Relação entre os dois conceitos e a
                   importância de ambos.
                   - Princípios das idéias evolutivas: lamarckistas,
                   darwinistas e neodarwinistas (principais pontos de
                   discussão, semelhanças e diferenças)
                   - Evidências Evolutivas (fósseis, semelhanças
                   embrionárias e anatômicas, órgãos análogos e
                   homólogos e órgãos vestigiais; semelhanças
                   moleculares entre os seres vivos)

                   A) História da viagem de Darwin ao redor do mundo
                   a bordo do Beagle, suas primeiras impressões e a
                   apresentação do ensaio "A origem das espécies".
                   Para se obter a versão mais real de sua história
                   pode-se utilizar o capítulo 23 do livro "O Sorriso do
                   Flamingo – Reflexões sobre História Natural de
                   Stephen Jay Gould
                   B) As principais idéias de Darwin acerca da seleção
                   natural
                   C) Neodarwinismo
                   D) Teoria sintética da evolução cujos princípios
                   fundamentais são:
                   - a evolução atua sobre a população e não sobre o
                   indivíduo
                   - a evolução é um produto da interação organismo-
                   ambiente em um determinado período do tempo
                   - a evolução é um processo de transformações
                   contínuas, e que podem ser transmitidas
                   hereditariamente;
                   - transformações ocorrem tanto no ambiente quanto
                   nos seres vivos ao longo do tempo
                   - o ambiente atua na seleção dos indivíduos mais
                   adaptados cujo processo é reconhecido por seleção
                   natural
                   E) Aleatoriedade de mutações e recombinações
genéticas e sua importância para a geração da
                                                                                       diversidade observada nos seres vivos
                                                                                       F) As fontes de variação: mutação, recombinação e
                                                                                       migração
                                                                                       G) Relações entre os conceitos de reprodução,
                                                                                       sobrevivência, variabilidade genética e seleção
                                                                                       natural
                                                                                       H) Interação de diferentes fenótipos com o ambiente
                                                                                       de formas ligeiramente diferentes, levando a
                                                                                       variação na fecundidade e na sobrevivência entre os
                                                                                       indivíduos de uma população
                                                                                       I) Como variações genéticas favorecem maior
                                                                                       adaptação das populações
                                                                                       J) Como a seleção natural atua sobre a variação
                                                                                       K) Exemplo do melanismo industrial.
                                                                                       L) Camuflagem e o mimetismo
27-         27.1 Identificar as principais     D54 - Identificar os aspectos            • Conceitos de doença
DOENÇAS     doenças endêmicas e               básicos da etiologia das doenças         • As doenças infecto-contagiosas e as principais
ENDÊMICAS   mortalidade infantil da região    infecciosas e parasitárias mais          denominações segundo a ocorrência – epidemia,
            em que os alunos moram ou do      freqüentes no Brasil.                    endemia e pandemia
            Brasil, e relacioná-las com as    D55 - Compreender os                     • Discussão dos conceitos relacionados à
            condições ambientais e            procedimentos para a prevenção das       Parasitologia: parasitismo; relação parasito-
            qualidade de vida, como:          doenças infecciosas e                    hospedeiro; hospedeiros definitivos e intermediários;
                                              parasitárias mais freqüentes no
            destino do esgoto e lixo, água,   Brasil.
                                                                                       vetores
            moradia, acesso a atendimento     D56 - Avaliar as implicações             • As principais doenças endêmicas e mortalidade
            médico e a educação.              biopsicossociais do uso indevido de      infantil da região em que os alunos moram e das
            27.1.1 - Comparar a incidência    drogas medicamentosas                    várias regiões do Brasil
            de doenças endêmicas, na          e não-medicamentosas.                    • Relação da prevalência dessas doenças com as
                                              D57 - Reconhecer os procedimentos
            região onde mora, com dados       adequados para prestação de              condições ambientais e qualidade de vida como:
            de outras regiões do Brasil e     socorros imediatos em casos de           destino do esgoto e lixo, água, moradia, acesso a
            associar às condições de vida.    afogamento, asfixia, queimadura,         atendimento médico e a educação
            27.1.2 - Identificar modos de      hemorragia, fratura, choque elétrico e   • As principais medidas preventivas para as doenças
                                              parada cárdio-respiratória
            transmissão e prevenção das                                                endêmicas – destino do lixo e manutenção de água
            doenças infectocontagiosas e      D46 - Reconhecer que as condições        descontaminada
            parasitárias comuns à região.     de alimentação, habitação, educação,     • As principais doenças carenciais, como as
            27.1.3 - Propor melhorias na      renda, meio ambiente, trabalho,          provocadas por deficiências alimentares
            comunidade de modo a diminuir     transporte, emprego, lazer, liberdade,   • As doenças ocupacionais, como a LER
                                              segurança, acesso à
            a incidência de doenças           posse da terra e acesso aos serviços     • As doenças provocadas por toxinas ambientais,
            infectocontagiosas e              de saúde são fatores determinantes       como a silicose
            parasitárias.                     da saúde individual e coletiva.          • Propostas que visem à melhoria das condições
            27.1.4 - Analisar possíveis       D47 - Compreender que a doença           ambientais: a responsabilidade individual e a
soluções para obtenção e         resulta de determinantes biológicos,    responsabilidade que demanda a participação do
manutenção de água potável       sociais, culturais e econômicos         coletivo ou poder público
                                 (multicausalidade das doenças).
27.2 Identificar as principais    D48 - Analisar gráficos e tabelas com
doenças carências, como as       dados atuais para avaliar as
provocadas por deficiências       condições de saneamento dos
alimentares, ocupacionais,       municípios brasileiros.
                                 D49 - Relacionar a qualidade do ar e
como a LER, e as provocadas      da água, as condições de
por materiais presentes no       saneamento básico, de
ambiente, como a silicose.       deposição de lixo e outros resíduos,
27.2.1 - Analisar relatos de     nos centros urbanos, com a condição
pesquisas para identificar as     de saúde da população.
                                 D50 - Relacionar os principais
principais medidas preventivas   problemas ambientais nas áreas
para as doenças endêmicas        rurais - poluição das
                                 águas, do solo e do ar; uso
                                 inadequado de agrotóxicos e
                                 condição imprópria de
                                 saneamento - com as condições de
                                 saúde da população.
                                 D51 - Analisar gráficos e tabelas com
                                 dados recentes para verificar a
                                 distribuição
                                 geográfica das doenças carenciais,
                                 ocupacionais, degenerativas,
                                 infectocontagiosas, parasitárias e
                                 sexualmente transmissíveis que
                                 afetam os brasileiros.
                                 D52 - Analisar indicadores de saúde,
                                 como, mortalidade infantil e
                                 esperança
                                 de vida comparando-os com os
                                 indicadores de outros países para
                                 verificar as diferenças regionais e
                                 mundiais.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Plano de ensino ciências 7º ano
Plano de ensino ciências 7º anoPlano de ensino ciências 7º ano
Plano de ensino ciências 7º ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Planejamento de biologia 3º ano professor antonio carlos carneiro barroso
Planejamento de biologia 3º ano professor antonio carlos carneiro barrosoPlanejamento de biologia 3º ano professor antonio carlos carneiro barroso
Planejamento de biologia 3º ano professor antonio carlos carneiro barroso
Antonio Carneiro
 
Plano de uinidade
Plano de uinidade  Plano de uinidade
Plano de uinidade
familiaestagio
 
Planejamento de ciências 5ª a 8ª series professor antonio carlos carneiro ba...
Planejamento de ciências 5ª  a 8ª series professor antonio carlos carneiro ba...Planejamento de ciências 5ª  a 8ª series professor antonio carlos carneiro ba...
Planejamento de ciências 5ª a 8ª series professor antonio carlos carneiro ba...
Antonio Carneiro
 
Revisão para o 9º ano ciências
Revisão para o 9º ano ciênciasRevisão para o 9º ano ciências
Revisão para o 9º ano ciências
Atividades Diversas Cláudia
 
Planejamento anual 2013
Planejamento anual 2013Planejamento anual 2013
Planejamento anual 2013
silvana oliver
 
Planejamento de ciências 6º ano
Planejamento de ciências 6º anoPlanejamento de ciências 6º ano
Planejamento de ciências 6º ano
Agenario Silva
 
Roteiro para o 7º ano ciencias
Roteiro para o 7º ano cienciasRoteiro para o 7º ano ciencias
Roteiro para o 7º ano ciencias
Atividades Diversas Cláudia
 
Revisão para o 7º ano ciencias
Revisão para o 7º ano cienciasRevisão para o 7º ano ciencias
Revisão para o 7º ano ciencias
Atividades Diversas Cláudia
 
Revisão para o 3º ano matéria do 2º ano
Revisão para o 3º ano matéria do 2º anoRevisão para o 3º ano matéria do 2º ano
Revisão para o 3º ano matéria do 2º ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Biologia ensino profissional - módulo a1
Biologia   ensino profissional - módulo a1Biologia   ensino profissional - módulo a1
Biologia ensino profissional - módulo a1
Rita_Brito
 
Plano de aula 1º bimestre biologia - 1º ano matutino - 2022
Plano de aula 1º bimestre   biologia - 1º ano matutino - 2022Plano de aula 1º bimestre   biologia - 1º ano matutino - 2022
Plano de aula 1º bimestre biologia - 1º ano matutino - 2022
dibugiu
 
Planejamento anual de ciências
Planejamento anual de ciênciasPlanejamento anual de ciências
Planejamento anual de ciências
Marlene Sampaio
 
Plano de estudos habilidades e competências, ciências
Plano de estudos habilidades e competências, ciênciasPlano de estudos habilidades e competências, ciências
Plano de estudos habilidades e competências, ciências
pibiduergsmontenegro
 
5. ciencias-4o-e-5o-ano
5. ciencias-4o-e-5o-ano5. ciencias-4o-e-5o-ano
5. ciencias-4o-e-5o-ano
Maria Vasconcellos
 

Mais procurados (15)

Plano de ensino ciências 7º ano
Plano de ensino ciências 7º anoPlano de ensino ciências 7º ano
Plano de ensino ciências 7º ano
 
Planejamento de biologia 3º ano professor antonio carlos carneiro barroso
Planejamento de biologia 3º ano professor antonio carlos carneiro barrosoPlanejamento de biologia 3º ano professor antonio carlos carneiro barroso
Planejamento de biologia 3º ano professor antonio carlos carneiro barroso
 
Plano de uinidade
Plano de uinidade  Plano de uinidade
Plano de uinidade
 
Planejamento de ciências 5ª a 8ª series professor antonio carlos carneiro ba...
Planejamento de ciências 5ª  a 8ª series professor antonio carlos carneiro ba...Planejamento de ciências 5ª  a 8ª series professor antonio carlos carneiro ba...
Planejamento de ciências 5ª a 8ª series professor antonio carlos carneiro ba...
 
Revisão para o 9º ano ciências
Revisão para o 9º ano ciênciasRevisão para o 9º ano ciências
Revisão para o 9º ano ciências
 
Planejamento anual 2013
Planejamento anual 2013Planejamento anual 2013
Planejamento anual 2013
 
Planejamento de ciências 6º ano
Planejamento de ciências 6º anoPlanejamento de ciências 6º ano
Planejamento de ciências 6º ano
 
Roteiro para o 7º ano ciencias
Roteiro para o 7º ano cienciasRoteiro para o 7º ano ciencias
Roteiro para o 7º ano ciencias
 
Revisão para o 7º ano ciencias
Revisão para o 7º ano cienciasRevisão para o 7º ano ciencias
Revisão para o 7º ano ciencias
 
Revisão para o 3º ano matéria do 2º ano
Revisão para o 3º ano matéria do 2º anoRevisão para o 3º ano matéria do 2º ano
Revisão para o 3º ano matéria do 2º ano
 
Biologia ensino profissional - módulo a1
Biologia   ensino profissional - módulo a1Biologia   ensino profissional - módulo a1
Biologia ensino profissional - módulo a1
 
Plano de aula 1º bimestre biologia - 1º ano matutino - 2022
Plano de aula 1º bimestre   biologia - 1º ano matutino - 2022Plano de aula 1º bimestre   biologia - 1º ano matutino - 2022
Plano de aula 1º bimestre biologia - 1º ano matutino - 2022
 
Planejamento anual de ciências
Planejamento anual de ciênciasPlanejamento anual de ciências
Planejamento anual de ciências
 
Plano de estudos habilidades e competências, ciências
Plano de estudos habilidades e competências, ciênciasPlano de estudos habilidades e competências, ciências
Plano de estudos habilidades e competências, ciências
 
5. ciencias-4o-e-5o-ano
5. ciencias-4o-e-5o-ano5. ciencias-4o-e-5o-ano
5. ciencias-4o-e-5o-ano
 

Destaque

Planos de biologia 2 ano reinv
Planos de biologia 2 ano reinvPlanos de biologia 2 ano reinv
Planos de biologia 2 ano reinv
Atividades Diversas Cláudia
 
Plano anual de_biologia_2_ano-2012
Plano anual de_biologia_2_ano-2012Plano anual de_biologia_2_ano-2012
Plano anual de_biologia_2_ano-2012
FabioBiologia
 
Planos de biologia 1 ano reinv
Planos de biologia 1 ano reinvPlanos de biologia 1 ano reinv
Planos de biologia 1 ano reinv
Atividades Diversas Cláudia
 
Planejamento de biologia 2º ano
Planejamento de  biologia 2º anoPlanejamento de  biologia 2º ano
Planejamento de biologia 2º ano
Antonio Carneiro
 
Planejamento anual TI Biologia 1° Ano
Planejamento anual TI Biologia 1° AnoPlanejamento anual TI Biologia 1° Ano
Planejamento anual TI Biologia 1° Ano
Ronaldo Santana
 
PLANEJAMENTO ANUAL [BIOLOGIA - 1° ANO - ENSINO MÉDIO EXATAS UNASP SP]
PLANEJAMENTO ANUAL [BIOLOGIA - 1° ANO - ENSINO MÉDIO EXATAS UNASP SP]PLANEJAMENTO ANUAL [BIOLOGIA - 1° ANO - ENSINO MÉDIO EXATAS UNASP SP]
PLANEJAMENTO ANUAL [BIOLOGIA - 1° ANO - ENSINO MÉDIO EXATAS UNASP SP]
Ronaldo Santana
 
Planejamento anual de quimica
Planejamento anual de quimicaPlanejamento anual de quimica
Planejamento anual de quimica
Colegio CMC
 
Proposta curricular de biologia cprp
Proposta curricular de  biologia cprpProposta curricular de  biologia cprp
Proposta curricular de biologia cprp
familiaestagio
 
Planos de biologia 3 ano reinv
Planos de biologia 3 ano reinvPlanos de biologia 3 ano reinv
Planos de biologia 3 ano reinv
Atividades Diversas Cláudia
 
Caderno De Biologia 1 º ano E.M
Caderno De Biologia 1 º ano E.MCaderno De Biologia 1 º ano E.M
Caderno De Biologia 1 º ano E.M
Lucas De David
 
Planejamento de educação fisica ensino fundamental cbc e descritores
Planejamento de educação fisica ensino fundamental cbc e descritoresPlanejamento de educação fisica ensino fundamental cbc e descritores
Planejamento de educação fisica ensino fundamental cbc e descritores
Atividades Diversas Cláudia
 
Introdução à biologia 1º ano
Introdução à biologia   1º anoIntrodução à biologia   1º ano
Introdução à biologia 1º ano
Luciana Mendes
 
Planejamento anual 3 ano
Planejamento anual 3 anoPlanejamento anual 3 ano
Planejamento anual 3 ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Aula 2 introdução a biologia - 1º ano
Aula 2 introdução a biologia - 1º anoAula 2 introdução a biologia - 1º ano
Aula 2 introdução a biologia - 1º ano
camaceio
 
Viii plano de aula
Viii plano de aulaViii plano de aula
Viii plano de aula
Valnise
 
Planejamento anual TI Biologia 1° Ano
Planejamento anual TI Biologia 1° AnoPlanejamento anual TI Biologia 1° Ano
Planejamento anual TI Biologia 1° Ano
Ronaldo Santana
 
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APPDarwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Antonio Pinto Pereira
 
I plano de_aula
I plano de_aulaI plano de_aula
I plano de_aula
Valnise
 
Planejamento anual 2016: Prof. Ronaldo - 9º Ano Física
Planejamento anual 2016: Prof. Ronaldo - 9º Ano FísicaPlanejamento anual 2016: Prof. Ronaldo - 9º Ano Física
Planejamento anual 2016: Prof. Ronaldo - 9º Ano Física
Ronaldo Santana
 
Exercícios de Hereditariedade e Genética
Exercícios de Hereditariedade e GenéticaExercícios de Hereditariedade e Genética
Exercícios de Hereditariedade e Genética
Luis Silva
 

Destaque (20)

Planos de biologia 2 ano reinv
Planos de biologia 2 ano reinvPlanos de biologia 2 ano reinv
Planos de biologia 2 ano reinv
 
Plano anual de_biologia_2_ano-2012
Plano anual de_biologia_2_ano-2012Plano anual de_biologia_2_ano-2012
Plano anual de_biologia_2_ano-2012
 
Planos de biologia 1 ano reinv
Planos de biologia 1 ano reinvPlanos de biologia 1 ano reinv
Planos de biologia 1 ano reinv
 
Planejamento de biologia 2º ano
Planejamento de  biologia 2º anoPlanejamento de  biologia 2º ano
Planejamento de biologia 2º ano
 
Planejamento anual TI Biologia 1° Ano
Planejamento anual TI Biologia 1° AnoPlanejamento anual TI Biologia 1° Ano
Planejamento anual TI Biologia 1° Ano
 
PLANEJAMENTO ANUAL [BIOLOGIA - 1° ANO - ENSINO MÉDIO EXATAS UNASP SP]
PLANEJAMENTO ANUAL [BIOLOGIA - 1° ANO - ENSINO MÉDIO EXATAS UNASP SP]PLANEJAMENTO ANUAL [BIOLOGIA - 1° ANO - ENSINO MÉDIO EXATAS UNASP SP]
PLANEJAMENTO ANUAL [BIOLOGIA - 1° ANO - ENSINO MÉDIO EXATAS UNASP SP]
 
Planejamento anual de quimica
Planejamento anual de quimicaPlanejamento anual de quimica
Planejamento anual de quimica
 
Proposta curricular de biologia cprp
Proposta curricular de  biologia cprpProposta curricular de  biologia cprp
Proposta curricular de biologia cprp
 
Planos de biologia 3 ano reinv
Planos de biologia 3 ano reinvPlanos de biologia 3 ano reinv
Planos de biologia 3 ano reinv
 
Caderno De Biologia 1 º ano E.M
Caderno De Biologia 1 º ano E.MCaderno De Biologia 1 º ano E.M
Caderno De Biologia 1 º ano E.M
 
Planejamento de educação fisica ensino fundamental cbc e descritores
Planejamento de educação fisica ensino fundamental cbc e descritoresPlanejamento de educação fisica ensino fundamental cbc e descritores
Planejamento de educação fisica ensino fundamental cbc e descritores
 
Introdução à biologia 1º ano
Introdução à biologia   1º anoIntrodução à biologia   1º ano
Introdução à biologia 1º ano
 
Planejamento anual 3 ano
Planejamento anual 3 anoPlanejamento anual 3 ano
Planejamento anual 3 ano
 
Aula 2 introdução a biologia - 1º ano
Aula 2 introdução a biologia - 1º anoAula 2 introdução a biologia - 1º ano
Aula 2 introdução a biologia - 1º ano
 
Viii plano de aula
Viii plano de aulaViii plano de aula
Viii plano de aula
 
Planejamento anual TI Biologia 1° Ano
Planejamento anual TI Biologia 1° AnoPlanejamento anual TI Biologia 1° Ano
Planejamento anual TI Biologia 1° Ano
 
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APPDarwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
Darwin - 3º Ano E. M. - Biologia - APP
 
I plano de_aula
I plano de_aulaI plano de_aula
I plano de_aula
 
Planejamento anual 2016: Prof. Ronaldo - 9º Ano Física
Planejamento anual 2016: Prof. Ronaldo - 9º Ano FísicaPlanejamento anual 2016: Prof. Ronaldo - 9º Ano Física
Planejamento anual 2016: Prof. Ronaldo - 9º Ano Física
 
Exercícios de Hereditariedade e Genética
Exercícios de Hereditariedade e GenéticaExercícios de Hereditariedade e Genética
Exercícios de Hereditariedade e Genética
 

Semelhante a Plano de ensino biologia em 2013

Fluxo de energia e ciclo de matéria
Fluxo de energia e ciclo de matériaFluxo de energia e ciclo de matéria
Fluxo de energia e ciclo de matéria
anacrmachado
 
Plano de ensino biologia 1º ano
Plano de ensino biologia 1º anoPlano de ensino biologia 1º ano
Plano de ensino biologia 1º ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Revisão para o 3º ano matéria do 2º ano
Revisão para o 3º ano matéria do 2º anoRevisão para o 3º ano matéria do 2º ano
Revisão para o 3º ano matéria do 2º ano
Atividades Diversas Cláudia
 
03 ecologia relacoes troficas
03 ecologia   relacoes troficas03 ecologia   relacoes troficas
03 ecologia relacoes troficas
rommel andrade
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
Nanda Freitas
 
Ecologia socorro
Ecologia socorroEcologia socorro
Ecologia socorro
Flávia Fernandes
 
Ecologia.pdfEcologiaEcologiaEcologiaEcologia
Ecologia.pdfEcologiaEcologiaEcologiaEcologiaEcologia.pdfEcologiaEcologiaEcologiaEcologia
Ecologia.pdfEcologiaEcologiaEcologiaEcologia
alessandraoliveira324
 
Individuos nos ecossistemas
Individuos nos ecossistemasIndividuos nos ecossistemas
Individuos nos ecossistemas
Roberto Pires Campos
 
Introdução à Engenharia Ambiental
Introdução à Engenharia AmbientalIntrodução à Engenharia Ambiental
Introdução à Engenharia Ambiental
Almeida Meque Gomundanhe
 
Roteiro para o 7º ano ciencias
Roteiro para o 7º ano cienciasRoteiro para o 7º ano ciencias
Roteiro para o 7º ano ciencias
Atividades Diversas Cláudia
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
Magali Feldmann
 
Educ amb-ciclos-biogeoquimicos
Educ amb-ciclos-biogeoquimicosEduc amb-ciclos-biogeoquimicos
Educ amb-ciclos-biogeoquimicos
alfred cutipa canaza
 
Unidade i a vida e o ambiente
Unidade i   a vida e o ambienteUnidade i   a vida e o ambiente
Unidade i a vida e o ambiente
Cleber Nonato Conceição
 
Bases da ecologia
Bases da ecologiaBases da ecologia
Bases da ecologia
Werner Mendoza Blanco
 
Ecossistemas - Nível superior
Ecossistemas - Nível superior Ecossistemas - Nível superior
Ecossistemas - Nível superior
Marcelo Gomes
 
Ciencias 8ºano - 3º teste
Ciencias   8ºano - 3º testeCiencias   8ºano - 3º teste
Ciencias 8ºano - 3º teste
anocas_rita
 
Aula 2 fluxo de energia
Aula 2   fluxo de energiaAula 2   fluxo de energia
Aula 2 fluxo de energia
Grupo UNIASSELVI
 
Resumo fluxo de energia e ciclo da matéria
Resumo fluxo de energia e ciclo da matériaResumo fluxo de energia e ciclo da matéria
Resumo fluxo de energia e ciclo da matéria
Lucca
 
Apost ecologia e biotecnologia
Apost ecologia e biotecnologiaApost ecologia e biotecnologia
Apost ecologia e biotecnologia
Igor Santanna
 
5º semestre do ensino fundamental
5º semestre do ensino fundamental5º semestre do ensino fundamental
5º semestre do ensino fundamental
Supercil Mendes
 

Semelhante a Plano de ensino biologia em 2013 (20)

Fluxo de energia e ciclo de matéria
Fluxo de energia e ciclo de matériaFluxo de energia e ciclo de matéria
Fluxo de energia e ciclo de matéria
 
Plano de ensino biologia 1º ano
Plano de ensino biologia 1º anoPlano de ensino biologia 1º ano
Plano de ensino biologia 1º ano
 
Revisão para o 3º ano matéria do 2º ano
Revisão para o 3º ano matéria do 2º anoRevisão para o 3º ano matéria do 2º ano
Revisão para o 3º ano matéria do 2º ano
 
03 ecologia relacoes troficas
03 ecologia   relacoes troficas03 ecologia   relacoes troficas
03 ecologia relacoes troficas
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
 
Ecologia socorro
Ecologia socorroEcologia socorro
Ecologia socorro
 
Ecologia.pdfEcologiaEcologiaEcologiaEcologia
Ecologia.pdfEcologiaEcologiaEcologiaEcologiaEcologia.pdfEcologiaEcologiaEcologiaEcologia
Ecologia.pdfEcologiaEcologiaEcologiaEcologia
 
Individuos nos ecossistemas
Individuos nos ecossistemasIndividuos nos ecossistemas
Individuos nos ecossistemas
 
Introdução à Engenharia Ambiental
Introdução à Engenharia AmbientalIntrodução à Engenharia Ambiental
Introdução à Engenharia Ambiental
 
Roteiro para o 7º ano ciencias
Roteiro para o 7º ano cienciasRoteiro para o 7º ano ciencias
Roteiro para o 7º ano ciencias
 
Ecologia
EcologiaEcologia
Ecologia
 
Educ amb-ciclos-biogeoquimicos
Educ amb-ciclos-biogeoquimicosEduc amb-ciclos-biogeoquimicos
Educ amb-ciclos-biogeoquimicos
 
Unidade i a vida e o ambiente
Unidade i   a vida e o ambienteUnidade i   a vida e o ambiente
Unidade i a vida e o ambiente
 
Bases da ecologia
Bases da ecologiaBases da ecologia
Bases da ecologia
 
Ecossistemas - Nível superior
Ecossistemas - Nível superior Ecossistemas - Nível superior
Ecossistemas - Nível superior
 
Ciencias 8ºano - 3º teste
Ciencias   8ºano - 3º testeCiencias   8ºano - 3º teste
Ciencias 8ºano - 3º teste
 
Aula 2 fluxo de energia
Aula 2   fluxo de energiaAula 2   fluxo de energia
Aula 2 fluxo de energia
 
Resumo fluxo de energia e ciclo da matéria
Resumo fluxo de energia e ciclo da matériaResumo fluxo de energia e ciclo da matéria
Resumo fluxo de energia e ciclo da matéria
 
Apost ecologia e biotecnologia
Apost ecologia e biotecnologiaApost ecologia e biotecnologia
Apost ecologia e biotecnologia
 
5º semestre do ensino fundamental
5º semestre do ensino fundamental5º semestre do ensino fundamental
5º semestre do ensino fundamental
 

Mais de Atividades Diversas Cláudia

Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.docAtividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
Atividades Diversas Cláudia
 
FILME nao olhe para cima.doc
FILME nao olhe para cima.docFILME nao olhe para cima.doc
FILME nao olhe para cima.doc
Atividades Diversas Cláudia
 
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividades campanha da fraternidade 2022 e
Atividades campanha da fraternidade 2022 eAtividades campanha da fraternidade 2022 e
Atividades campanha da fraternidade 2022 e
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividades sobre fake news
Atividades sobre fake newsAtividades sobre fake news
Atividades sobre fake news
Atividades Diversas Cláudia
 
1 primeiro dia de aula novo melhor
1 primeiro dia de aula novo melhor1 primeiro dia de aula novo melhor
1 primeiro dia de aula novo melhor
Atividades Diversas Cláudia
 
2 primeiro dia de aula novo amanha
2 primeiro dia de aula novo amanha2 primeiro dia de aula novo amanha
2 primeiro dia de aula novo amanha
Atividades Diversas Cláudia
 
3 primeiro dia de aula novo
3 primeiro dia de aula novo3 primeiro dia de aula novo
3 primeiro dia de aula novo
Atividades Diversas Cláudia
 
4 primeiro dia de aula novo hoje
4 primeiro dia de aula novo hoje4 primeiro dia de aula novo hoje
4 primeiro dia de aula novo hoje
Atividades Diversas Cláudia
 
5 primeiro dia de aula novo desafios
5 primeiro dia de aula novo desafios5 primeiro dia de aula novo desafios
5 primeiro dia de aula novo desafios
Atividades Diversas Cláudia
 
6 primeiro dia de aula novo motivacao
6 primeiro dia de aula novo motivacao6 primeiro dia de aula novo motivacao
6 primeiro dia de aula novo motivacao
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova historia 1ano pet4
Prova historia 1ano pet4Prova historia 1ano pet4
Prova historia 1ano pet4
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de historia 2ano 4bimestre
Prova de historia 2ano 4bimestreProva de historia 2ano 4bimestre
Prova de historia 2ano 4bimestre
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de arte 4b 9 ano1
Prova de arte 4b 9 ano1Prova de arte 4b 9 ano1
Prova de arte 4b 9 ano1
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de arte 4b 8 ano
Prova de arte 4b 8 anoProva de arte 4b 8 ano
Prova de arte 4b 8 ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
Atividades Diversas Cláudia
 

Mais de Atividades Diversas Cláudia (20)

Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.docAtividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
 
FILME nao olhe para cima.doc
FILME nao olhe para cima.docFILME nao olhe para cima.doc
FILME nao olhe para cima.doc
 
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
 
Atividades campanha da fraternidade 2022 e
Atividades campanha da fraternidade 2022 eAtividades campanha da fraternidade 2022 e
Atividades campanha da fraternidade 2022 e
 
Atividades sobre fake news
Atividades sobre fake newsAtividades sobre fake news
Atividades sobre fake news
 
1 primeiro dia de aula novo melhor
1 primeiro dia de aula novo melhor1 primeiro dia de aula novo melhor
1 primeiro dia de aula novo melhor
 
2 primeiro dia de aula novo amanha
2 primeiro dia de aula novo amanha2 primeiro dia de aula novo amanha
2 primeiro dia de aula novo amanha
 
3 primeiro dia de aula novo
3 primeiro dia de aula novo3 primeiro dia de aula novo
3 primeiro dia de aula novo
 
4 primeiro dia de aula novo hoje
4 primeiro dia de aula novo hoje4 primeiro dia de aula novo hoje
4 primeiro dia de aula novo hoje
 
5 primeiro dia de aula novo desafios
5 primeiro dia de aula novo desafios5 primeiro dia de aula novo desafios
5 primeiro dia de aula novo desafios
 
6 primeiro dia de aula novo motivacao
6 primeiro dia de aula novo motivacao6 primeiro dia de aula novo motivacao
6 primeiro dia de aula novo motivacao
 
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
 
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
 
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
 
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
 
Prova historia 1ano pet4
Prova historia 1ano pet4Prova historia 1ano pet4
Prova historia 1ano pet4
 
Prova de historia 2ano 4bimestre
Prova de historia 2ano 4bimestreProva de historia 2ano 4bimestre
Prova de historia 2ano 4bimestre
 
Prova de arte 4b 9 ano1
Prova de arte 4b 9 ano1Prova de arte 4b 9 ano1
Prova de arte 4b 9 ano1
 
Prova de arte 4b 8 ano
Prova de arte 4b 8 anoProva de arte 4b 8 ano
Prova de arte 4b 8 ano
 
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
 

Plano de ensino biologia em 2013

  • 1. PLANO DE ENSINO 1 ano Ensino Médio. o E. E. “Joaquim Vilela”. 2013 DISCIPLINA- Biologia PROFESSOR (A):
  • 2. EIXO TEMÁTICO I: TEIA DA VIDA Tema: Sistemas e ecossistemas TÓPICO Nº HABILIDADE ESTRATÉGIAS DESCRITORES CONTEÚDO- OP /a 1. 4 1. 1Reconhecer que a Pesquisas; D58 - Reconhecer a · A transferência de matéria e energia no fotossíntese é fonte primária interdependência entre os diversos ecossistema FOTOSSÍNTESE Interpretação de elementos da natureza: seres vivos, de biomassa textos; fatores físicos (luminosidade, · O conceito e a estruturação das cadeias 1.1.1 Reconhecer que a Arguição oral; temperatura, pressão, ventos, alimentares fotossíntese é um Processo Aulas umidade e chuvas) e fatores · A determinação dos produtores e demais níveis de transformação de energia químicos (nutrientes minerais tróficos expositivas; presentes na água e no solo). luminosa em energia química D59 - Compreender o ecossistema · O entendimento de que Biomassa é uma a partir de gás carbônico e Prova Escrita; abreviação para designar matéria orgânica que como um conjunto vivo com relativa água, na presença de luz Trabalhos em auto-suficiência, resultante da inclui partes lenhosas das árvores, alimentos 1.2. Identificar o Sol como classe interação entre comunidades de armazenados, carapaças de artrópodes, ossos, fonte primária de energia. e extra classe; seres vivos, fatores físicos e etc. químicos. 1.2.1. Reconhecer que a Interpretação de · Que a produtividade liquída representa a biomassa dos vegetais está Charges, mapas quantidade de energia luminosa convertida em diretamente relacionada com ,gráficos, energia durante química menos a quantidade a absorção de gás carbônico tabelas dissipada( convertida em energia calorífica) pela e transformação da energia Cruzadinha plantas , durante a respiração luminosa em energia Exercício de química. - Os organismos produtores/ autótrofos e fixação. 1.32. Relacionar os fatores consumidores/ heterótrofos ambientais que interferem na - A transformação da energia luminosa em energia fotossíntese. química nas células vegetais e de outros 1.3.1. INFERIR sobre o papel organismos fotossintetizantes da água, luz, gás carbônico e - Obtenção da energia a partir de moléculas temperatura na fotossíntese, orgânicas durante a respiração nas células a partir de situações - Associação dos sistemas circulatórios, problema. respiratórios, digestórios e excretor envolvidos no 1.3.2 - .Reconhecer a metabolismo respiratório importância das algas como - Fluxo de energia nas cadeias alimentares e a organismos produtores de importância dessa energia na manutenção dos matéria orgânica e oxigênio sistemas ecológicos nos ecossistemas aquáticos..
  • 3. 2. RELAÇÕES 2.1 Reconhecer as relações D62 - Analisar como os - Origem da energia: o Sol como fonte de energia ALIMENTARES alimentares como forma de fatores alimentação, para a terra transferência de energia e competição com outras - A energia disponível diminui à medida que vai materiais espécies, tamanho e sendo transferida de um nível trófico para outro. 2.1.1 Identificar, ao longo de densidade populacional - O homem como um dos membros da cadeia uma cadeia alimentar, que alimentar interferem no crescimento ocorre transferência de - A importância dos alimentos como fonte de energia e materiais de um de uma determinada energia, nutrientes, proteínas, sais minerais, fibras, organismo para outro. população. entre outros, para nossa sobrevivência 2.1.2. Reconhecer que a - No cálculo do valor energético dos alimentos, energia é dissipada ao longo utiliza-se a unidade de energia térmica dos da cadeia alimentar em alimentos conhecida como caloria forma de calor; - Alimentos de origem orgânica fornecem energia 2.1.3. Reconhecer que os para nossas atividades vitais alimentos são fonte de - Conceito de caloria e quilocaloria energia para todos os - Diferença entre alimentos diet e light, benefícios e processos fisiológicas e que cuidados a glicose é a principal - Analisar a quantidade de nutrientes e teor substância utilizada como calórico dos alimentos através da análise de fonte de energia por todos os embalagens e rótulos seres vivos. - Como é medido o teor calórico dos alimentos em calorímetros - Técnicas de laboratório permitem estipular a quantidade de energia em quilocalorias (kcal), que o nosso organismo necessita diariamente para diferentes atividades como andar, falar, digerir, pensar, correr, dormir, entre outras. 3-CICLO DO 3.1 Identificar o ciclo do D33 - Reconhecer que o - Principais fontes de C, N, Ca e P e água e a CARBONO carbono, nitrogênio e água e crescimento e o porcentagem aproximada de constituição desses o papel dos decompositores desenvolvimento das elementos na natureza (demonstrada por gráficos) na ciclagem dos materiais. plantas são processos - Principais características, fatores bióticos e 3.1. Reconhecer que os controlados por fatores abióticos relacionados aos ciclos do C, N, Ca, P e elementos químicos tais água externos (condições físicas como carbono, oxigênio e - Relações entre os vários ciclos biogeoquímicos nitrogênio ciclam nos e químicas do meio) e por - Elementos químicos mais comuns em sistemas vivos. fatores internos componentes bióticos e abióticos de um 3.1.2. Identificar que os (hormônios vegetais). determinado ecossistema elementos químicos que - A importância dessas substâncias para a constituem o corpo dos seres manutenção de diversos ecossistemas vivos, retornam ao ambiente relacionando seu excesso ou falta a problemas pelo processo de ambientais
  • 4. decomposição. - Microorganismos fixadores de nitrogênio: papel e 3.1.3.Reconhecer que os importância para os vegetais elementos químicos - O importante papel dos decompositores na presentes no ambiente ciclagem dos materiais e os tipos de voltam a fazer parte do corpo decompositores: necrófagos, detritívoros e dos seres vivos através dos microdecompositores processos de -Desequilíbrios causados pelo homem nos ciclo fotossíntese e nutrição. acima como: efeito estufa, chuva ácida, consequências do mau uso dos recursos hídricos, 3.1.4. Identificar que o gás destruição da camada de ozônio, queimadas e carbônico liberado na poluição de corpos d’água, entre outros respiração e fermentação provêm da molécula de glicose. 3.1.5 - Reconhecer a importância dos organismos decompositores (fungos e bactérias) na ciclagem dos materiais no ambiente. 4.INTERFERÊN 4.1 Identificar a interferência D63 - Reconhecer os - Compreensão da ocorrência simultânea dos CIA DO 4.1.1 Avaliar, a partir de processos de ocupação ciclos dos materiais e da sua integração HOMEM NOS situações problema, as dos diversos tipos de - Atividades humanas no ambiente urbano e rural e CICLOS mudanças ambientais ambiente: espécies os principais poluentes e resíduos daí decorrentes NATURAIS DA do homem nos ciclos pioneiras, sucessão - Formas de exploração humana dos ecossistemas naturais da matéria naturais e seus impactos ambientais MATÉRIA primária, sucessão promovidas pelo homem, que - Efeitos das interferências humanas nos ciclos interferem no ciclo da matéria secundária, aumento da naturais de carbono, nitrogênio, água, cálcio e tais como efeito estufa, uso diversidade fósforo intensivo de fertilizantes biológica. nitrogenados, poluição dos - Relação entre atitudes cotidianas e modificações ambientes aquáticos. e/ ou interferências no meio ambiente 4.1.2. Avaliar medidas que - Relação entre as atitudes cotidianas e minimizem os efeitos da interferências nos ciclos dos materiais como a interferência humana no ciclo água, o carbono, o nitrogênio e outros dos materiais. - Consequências das atitudes cotidianas nos 4.1.3. Avaliar o destino do ambientes mais próximos dos alunos como casa, lixo e do esgoto, o tratamento escola, rua e bairro da água, as condições dos - Identificação de problemas ambientais próximos rios e córregos, o modo de aos alunos ocupação do solo e a - Importância da existência da coleta seletiva de qualidade lixo, do saneamento básico, do tratamento de água
  • 5. do ar e sua relação com a e esgoto, da diminuição do consumismo, do saúde humana. reaproveitamento e reciclagem de materiais 4..1.4 - Reconhecer a importância de alguns representantes do grupo Protista no ambiente e na saúde EIXO TEMÁTICO IV: CORPO HUMANO Tema: População humana e seus desafios 5. BIOMAS E 5. 1.Identificar biomas e D64 - Associar fatores • Principais tipos de práticas biotecnológicas e suas biodiversidade como temperaturas conseqüências na área da saúde, da agricultura e BIODIVERSIDA médias, umidade, DE 5.1.1 Identificar características regimes de chuva, farmacologia adaptativas dos animais e plantas relevo e tipos de solo • Exemplos da aplicação tecnológica na área da saúde: dos principais biomas brasileiros. com a biodiversidade transplantes de órgãos, produção de vacinas e soros, 5.1.2. Identificar as principais característica de cada clonagem terapêutica, desenvolvimento de bioma das várias causas de extinção de animais e regiões do mundo. medicamentos, terapia com células-tronco plantas brasileiras. D65 - Caracterizar os • Exemplos da aplicação tecnológica na área 5.1.3. Elaborar propostas para produtores, os agropecuária: desenvolvimento de insumos agrícolas, preservação das espécies consumidores e suas melhoramento genético, desenvolvimento de ameaçadas de extinção. regiões de ocupação transgênicos num dado bioma 5.1.4.Analisar o impacto da aquático. • Vantagens e desvantagens obtidas pela população introdução de espécies exóticas D66 - Analisar a humana na aplicação tecnológica dos exemplos nos ambientes naturais. importância dos anteriores produtores marinhos na • Impactos ambientais causados pelo desenvolvimento manutenção da vida na Terra: tecnológico produção de matéria orgânica e de gás - Conceitos básicos sobre o assunto como conceito de oxigênio. meio ambiente, biodiversidade, biotecnologia, D67 - Indicar as desenvolvimento sustentável, conservação ambiental e principais características preservação ambiental fisionômicas da - Os principais impactos ambientais locais, no Brasil e Floresta Amazônica, da no mundo e suas conseqüências Caatinga, do Pantanal, - As principais técnicas e procedimentos usados para o da Mata Atlântica, da Mata de Araucárias, do desenvolvimento sustentável Cerrado e dos Campos - Princípios para o desenvolvimento de uma sociedade Gaúchos. sustentável, a partir de atitudes e resgate de valores D68 - Relacionar a biodiversidade com as Para dimensionar o impacto das atividades humanas condições físicas características dos sobre o ambiente, é necessário dimensionar e definir o
  • 6. ecossistemas recorte determinando se os impactos são locais, brasileiros. regionais ou globais. D69 - Analisar as modificações da Questões locais tem a ver com qualidade do ar, cobertura vegetal no fornecimento de água limpa, a remoção e disposição Brasil, nos vários tipos dos lixo sólido e dos efluentes líquidos, limpeza das de registros ruas, etc. produzidos em diferentes épocas: Questões regionais são causadas principalmente pelos mapas, fotografias, automóveis, produção de energia e indústria pesada. desenhos, esboços, Estes fatores afetam as grandes cidades e áreas dados estatísticos e circunvizinhas, bacias hidrográficas e até extensões, documentos históricos. além das fronteiras nacionais, como chuvas ácidas D70 - Relacionar as atividades econômicas decorrentes das emissões de dióxidos de enxofre e de mais importantes, nitrogênio. como, por exemplo, A terceira categoria de questões são as chamadas agropecuária, garimpos globais e suas conseqüências mais conhecidas são o e outras atividades mineradoras, aquecimento global , a crise de biodiversidade, a urbanização, destruição da camada de ozônio e a degradação dos especulação oceanos. imobiliária, com as principais alterações nos ecossistemas brasileiros. D71 - Reconhecer, nos ecossistemas brasileiros, as plantas e os animais mais representativos, em particular, aqueles em processo de extinção. D72 - Reconhecer procedimentos de proteção e recuperação do meio ambiente:legislação, fiscalização, criação de reservas e parques e organização de sociedades de proteção. EIXO TEMÁTICO IV: CORPO HUMANO Tema 2: População humana e seus desafios 6. 6.1. Relacionar Populações . D73 - Avaliar a • Conceitos de qualidade de vida e saúde e as POPULAÇÕES Humanas e seus desafios importância e o condições de vida e cultura dos povos
  • 7. HUMANAS E 6.1.1 Relacionar os padrões de significado dos principais • Relação entre índice de desenvolvimento SEUS produção e consumo, tais como problemas ambientais humano (IDH) e índice de saúde pública DESAFIOS pesca e caça predatórias. com a que têm preocupado os (nutrição, renda, escolaridade, condições de devastação ambiental, redução países: efeito estufa, saneamento, moradia, esperança de vida ao dos recursos e destruição da camada de nascer, doenças infecto-contagiosas) com a extinção de espécies. qualidade de vida das diferentes regiões do ozônio, proliferação de 6.1.2. Comparar argumentos mundo e do Brasil. favoráveis ao uso sustentável da pragas, desaparecimento • Fatores ambientais significativos para a saúde e biodiversidade e tomar posição a de espécies animais e qualidade de vida da população: saneamento respeito do assunto. vegetais, alteração no básico (tratamento de água e esgoto), qualidade 6.1.3. Realizar leituras específicas regime das chuvas, a do ar, da água e do solo. e debates sobre a importância da poluição do ar, água e • Formas de intervenções individuais e coletivas biodiversidade na medicina, na solo. para minimizar os fatores desfavoráveis à saúde agricultura, na indústria, etc. D74 - Indicar os da população: poluição atmosférica, sonora, 6.1.4. Avaliar a possibilidade de principais problemas visual, das águas, do solo e suas consequências serem adotadas tecnologias de ambientais brasileiros: para a qualidade de vida da população. conservação ambiental no uso questões relativas a econômico da biodiversidade, • Conceito de densidade populacional, tamanho habitação, saneamento, expansão das fronteiras agrícolas populacional, taxa de natalidade, taxa de e extrativismo. saúde, educação, mortalidade, emigração e imigração, potencial 6.1.5. Avaliar textos que abordem distribuição de terra e biótico e resistência ambiental o impacto da expansão agrícola renda, uso do solo, • Interpretação de gráficos do comportamento nos ecossistemas, bem como se planejamento urbano, populacional ao longo do tempo posicionar criticamente sobre o poluição do ar e da água, • A trajetória da população humana: seu assunto. desmatamento e extinção crescimento e influência ao longo do tempo 6.1.6 . Relacionar o de espécies biológicas. • Os padrões de vida e de consumo humano: reaparecimento de determinadas D75 - Analisar problemas causas e conseqüências doenças como cólera e dengue, ambientais brasileiros a • A relação entre os impactos ambientais atuais e com a ocupação desordenada dos partir da leitura crítica de o crescimento e densidade da população espaços urbanos e a humana: conseqüências da interferência humana diferentes fontes: textos degradação ambiental. 6.1.7. Relacionar as condições jornalísticos, socioeconômicas com saúde, informativos, relatórios educação, moradia, alimentação institucionais, RIMAs e das populações humanas de outros. diferentes regiões. 7. ORIGEM DA 7.1-Conhecer e avaliar concepções - Estudo das teorias da origem da vida: VIDA acerca da origem da vida 4.2.3 Origem da vida e biogênese e abiogênese. Experimentos de Von 7.1.1. Identificar diferentes grandes linhas da evolução Helmont, Redi, Spallanzani, Needham e Pasteur explicações sobre a origem dos D96 - Analisar as idéias sobre - Apresentação das teorias sobre a formação da seres vivos, confrontando a origem da vida, a partir da Terra e origem da vida na Terra: evolucionismo,
  • 8. concepções religiosas, mitológicas leitura de textos históricos. fixismo, criacionismo científico e científicas, elaboradas D97 - Indicar a linha evolutiva - O que significa evoluir? (discussão sobre a idéia em diferentes momentos. dos vertebrados, errada de "melhoramento") 7.1.2. Analisar experiências e demonstrando a relação de - Teoria evolucionista que explica a formação do ascendência. argumentos utilizados por universo, da Terra e a origem do primeiro ser vivo D98 - Apontar algumas cientistas como F. Redi (1626- características dos animais relacionada aos conhecimentos físicos e 1697), L. Pasteur (1822-1895) para que permitiram a transição da químicos: hipótese de Oparin e experimento de derrubar a teoria da vida na água para o ambiente Miller > Coacervados geração espontânea. terrestre. - Como o primeiro ser vivo foi formado a partir 7.1.3. Avaliar as ideias de Oparin D99 - Representar a história das moléculas orgânicas: teorias sobre a origem da vida na Terra. da vida na Terra em escala proteinocêntrica, genecêntrica e sistêmica. 7.1.4. Associar o surgimento da temporal, indicando os - Hipóteses autotróficas e heterotróficas sobre vida como um processo lento e seguintes acontecimentos: origem da vida > fotossíntese e respiração relacionado às condições físico- surgimento da vida, das - Após discussão aprofundada sobre as teorias plantas terrestres, dos químicas da Terra há bilhões de evolucionistas de Darwin e Lamarck, os fatores vertebrados, dos mamíferos e anos da espécie Homo sapiens. evolutivos e a especiação, é preciso discutir a D100 - Compreender que o concepção evolucionista de fato em processo evolutivo humano contraposição à concepção do criacionismo resulta da interação de científico mecanismos biológicos e (Programa de Biologia para o Ensino Médio - EE culturais. Caminho à Luz - Ana Flávia Quintão e Simone de Araújo Esteves)
  • 9. PLANO DE ENSINO 2 ano Ensino Médio. o E. E. “Joaquim Vilela”. 2013 DISCIPLINA- Biologia PROFESSOR (A):
  • 10. EIXO TEMÁTICO II: EVOLUÇÃO Tema: História natural da sexualidade TÓPICO Nº HABILIDADE ESTRATÉGIAS DESCRITORES CONTEÚDO- OP /a 8. 8.1 Compreender reprodução Pesquisas; D13 - - Funções da reprodução e tipos de reprodução REPRODUÇÃO assexuada, sexuada e a Interpretação de Compreender a - Comportamento sexual de diversos grupos de seres vivos ASSEXUADA, variabilidade genética. textos; meiose como - Ausência de troca genética na reprodução assexuada, SEXUADA E A 8.1.1 - Reconhecer que a Arguição oral; um processo vantagens e desvantagens biológicas e evolutivas desse VARIABILIDAD reprodução sexuada envolve Aulas que garante a processo. Tipos de divisões assexuadas: divisão binária, troca de material genético brotamento, esporulação, regeneração e partenogênese E GENÉTICA. expositivas; manutenção do entre indivíduos, processo - Troca genética durante reprodução assexuada, vantagens e articulado com a Prova Escrita; número de desvantagens biológicas e evolutivas desse processo. Tipos hereditariedade, Trabalhos em cromossomos de reprodução sexuada: interna ou externa com a identidade e a classe da espécie, - Hermafroditismo diversidade dos organismos. e extra classe; condição - Fluência de genes entre indivíduos de uma população, 8.1.2 - Reconhecer a Interpretação de indispensável quando ocorre reprodução sexuada. Qual a vantagem ou reprodução sexuada como Charges, mapas para a desvantagem desse fato? fonte de variabilidade ,gráficos, ocorrência da - Principais idéias de Mendel acerca da genética genética. tabelas reprodução - Importância da fecundação, segregação meiótica e crossing- 8.1.3 - Reconhecer que a Cruzadinha sexuada. over para a evolução das espécies e sua variabilidade reprodução assexuada é um Exercício de processo que produz um - Os tipos de fecundação: fecundação cruzada (externa e fixação. número maior de indivíduos interna), autofecundação em curto espaço de tempo e - Vantagens e desvantagens evolutivas dos diferentes tipos de que fecundação ocorre com a participação de - Relacionar as diferentes estratégias de reprodução com os apenas um indivíduo. diversos ambientes 8.1.4.- Reconhecer a - Exemplificar alguns comportamentos sexuais adaptativos em reprodução assexuada como diferentes espécies de vegetais e animais aquela que produz organismos • A transcrição do material genético idênticos entre si. • Os principais tipos de RNA • A tradução do código genético • A universalidade dos processos e estruturas citadas acima
  • 11. 9- 9.1 Reconhecer as D26 - Associar Características gerais de cada um dos reinos. CARACTERÍS- características gerais dos as TICAS cinco reinos de seres vivos. características GERAIS DOS 9.1.1 - Identificar as morfofuncionais SERES VIVOS características que diferenciam de os organismos dos cinco representantes reinos de seres vivos. 9.1.2 Identificar a diversidade desses grupos biológica organizada às condições do hierarquicamente. meio em que 9.1.3 - Reconhecer os vivem. representantes dos reinos a partir de representações figurativas. 10- 10.. Reconhecer D26 - Associar · reconhecer a importância da reprodução para manutenção da CARACTERÍS- características adaptativas das as vida no planeta TICAS plantas em diferentes características · caracterizar e diferenciar processos de reprodução ADAPTATIVAS ambientes morfofuncionais assexuada e de reprodução sexuadas apresentados por DAS 10.1.1 Identificar de plantas, animais e microrganismos características morfológicas e · associar a reprodução sexuada com a variabilidade genética PLANTAS representantes fisiológicas das plantas e portanto a manutenção da diversidade relacionadas a: sustentação, desses grupos · atribuir aos gametas masculino e feminino, o papel de economia de água, às condições do disseminação do material genético e de formação dos novos reprodução, transporte e meio em que indivíduos trocas gasosas, relacionando- vivem. · reconhecer diferentes comportamentos de localização e as com o habitat. atração dos parceiros 11. 11.1 Reconhecer as D26 - Associar - Os tipos de fecundação: fecundação cruzada (externa e CARACTERÍS- características adaptativas dos as interna), autofecundação TICAS animais que propiciam a vida características - Vantagens e desvantagens evolutivas dos diferentes tipos de ADAPTATIVAS nos diferentes ambientes morfofuncionais fecundação DOS 11.1.1 Identificar de - Relacionar as diferentes estratégias de reprodução com os características morfológicas e diversos ambientes ANIMAIS representantes fisiológicas dos animais, tais - Exemplificar alguns comportamentos sexuais adaptativos em como: alimentação, digestão, desses grupos diferentes espécies de vegetais e animais circulação, excreção e trocas às condições do gasosas, meio em que relacionando-as com o modo vivem. de vida terrestre ou aquático. 12. FUNÇÕES 12.1.Reconhecer funções D3 - Reconhecer que · A estrutura básica dos cromossomos vitais do organismo a organização e as · Os processos da mitose e meiose bem como suas VITAIS DO funções celulares 12.1.1 - Compreender o corpo respectivas funções
  • 12. ORGANISMO humano como um todo básicas são · As diferenças entre tais divisões celulares integrado, considerando seus semelhantes em · As causas ambientais e celulares que levam à ocorrência do todos os seres vivos. níveis de organização: células, D4 - Relacionar as câncer tecidos, órgãos e sistemas. funções vitais das células com seus • Revisar os vários níveis de organização da vida – de átomos componentes. e moléculas, passando pelas células, tecidos e órgãos, até D5 - Estabelecer diferenças entre os chegar nos sistemas e no organismo humano – para que o vários tipos de célula aluno tenha a dimensão da interação entre os vários a partir da componentes do ser vivo observação •Caracterização e compreensão das funções de nutrição – microscópica, da digestão, respiração, excreção e circulação – dos órgãos que análise de fotos e esquemas e da participam dessas funções, suas particularidades e construção de interdependências modelos. • Caracterização e compreensão dos órgãos do sentido, da D6 - Compreender pele e de seus anexos como elementos que permitem a que funções vitais como nutrição, interação do organismo humano com o meio em que vive transporte, excreção, • Caracterização e compreensão do sistema locomotor – digestão, ossos e músculos – como elementos que permitem a respiração e sustentação, locomoção do organismo, bem como a interação fotossíntese ocorrem com o meio na célula. • Caracterização e compreensão do sistema imunológico como D42 - Analisar o o sistema responsável pela defesa e proteção do organismo papel do sistema humano, através de mecanismos que contam com barreiras nervoso e físicas e imunológicas endócrino na • Caracterização do sistema nervoso como o sistema coordenação e responsável pela coordenação e regulação dos demais regulação das sistemas do organismo humano, juntamente com o sistema funções vitais do hormonal organismo. 13 - 13.1 - Estabelecer relações D7 - Reconhecer que • Compreensão de hábitos saudáveis de: higiene, alimentação, entre as várias funções do os seres vivos podem exercícios físicos, leitura e cuidados com o sexo e a RELAÇÕES obter energia através ENTRE AS organismo humano. da respiração reprodução VÁRIAS 13.1.1 - Associar a percepção aeróbica, • Exercitar a capacidade crítica em relação à sociedade e a sensorial à pele e seus anaeróbica e da mídia que, através de seus recursos, impõem padrões de FUNÇÕES DO fermentação, para anexos: a locomoção e beleza, banalização da sexualidade e culto ao corpo ORGANISMO realizar seus sustentação às funções de processos • Compreensão dos riscos do uso e abuso de bebidas HUMANO. interação do organismo com o alcoólicas, cigarro e outras drogas metabólicos. meio D8 - Estabelecer • Compreensão dos riscos de uma má alimentação e de 13.1.2 - Reconhecer que a relações entre o regimes milagrosos que podem levar a doenças graves como digestão, a circulação, a processo respiratório bulimia e anorexia e a respiração respiração e a excreção são celular. • Compreensão dos riscos de se fazer exercícios físicos sem
  • 13. funções de nutrição. orientação de profissionais competentes, e dos riscos do uso 13.1.3 - Reconhecer que o dos anabolizantes organismo possui diferentes • Avaliação crítica em relação às cirurgias plásticas mecanismos de defesas: barreiras mecânicas e barreiras imunológicas. EIXO TEMÁTICO II:BIODIVERSIDADE Tema 3: Corpo Humano e Saúde 14. REPRODUÇÃO 14.1 Compreender a reprodução D39 - Compreender as diferenças na - Diferenças anatômicas e fisiológicas Humana fisiologia da reprodução masculina e dos sistemas reprodutores feminino e HUMANA feminina. 14.1.1 - Localizar, em esquemas, os D40 - Avaliar a eficiência, a masculino órgãos que compõem o aparelho adequação e a pertinência do uso - Regulação hormonal dos sistemas reprodutor humano. dos métodos de contracepção. reprodutores feminino e masculino. 14.1.2 - Compreender as diferenças D41 - Identificar as D.S.T mais Gametogênese (ovulogênese, freqüentes no Brasil e os cuidados na fisiologia da reprodução para preveni-las. espermatogênese e espermiogênese) masculina e feminina, identificando o D43 - Compreender os fundamentos - Fecundação humana papel do sistema nervoso e biológicos e sociais da sexualidade - A relação entre sexualidade, cultura endócrino na reprodução. humana. e comportamentos humanos D44 - Compreender as transformações orgânicas e 15. A SEXUALIDADE 15.1 Reconhecer a sexualidade comportamentais próprias do A) Conhecer a anatomia e fisiologia HUMANA EM SEUS humana em seus aspectos culturais adolescente. do próprio corpo ASPECTOS e biológicos D45 - Relacionar a idade materna B) Desmistificar mitos e tabus 15.1.1 - Compreender como as com os problemas da gravidez, em relativos à sexualidade humana que CULTURAIS E especial na adolescência. BIOLÓGICOS transformações orgânicas e comprometem a relação do comportamentais do adolescente adolescente com sua própria são influenciadas por processos sexualidade e prazer biológicos e pela cultura. C) Respeitar a si e ao outro D) Preservar-se de contágios e enfermidades e de outras situações não desejadas E) Conhecer questões biológicas que promovem a libido e atração por parceiros(as) F) Respeitar as diferentes opiniões e convicções acerca da opção sexual G) A interseção da sexualidade com as práticas sociais humanas em que se estabelece a necessidade de laços afetivos e da busca por prazer e
  • 14. realização pessoal H) Conscientizar os alunos sobre as dificuldades que poderão ocorrer diante de uma gravidez na adolescência I) Discutir a AIDS e outras DST`s expondo medos, tabus e mitos J) Diálogos abertos, respeitosos, críticos e construtivos sobre a sexualidade 16. MÉTODOS 16.1 Reconhecer os métodos - Conceito e mecanismos de CONTRACEPTIVOS contraceptivos e prevenção de contracepção doenças - Métodos contraceptivos: 16.1.1- Avaliar a eficiência, a fundamentos, aplicações e eficiência adequação e a pertinência do uso dos principais métodos de métodos de contracepção e sua - Métodos contraceptivos e doenças aplicação no controle de DST. sexualmente transmissíveis (DST’s) 16.1.2 - Elaborar explicações para os dados oficiais a respeito da evolução, em particular no Brasil, da incidência das DST, particularmente a AIDS, entre homens e mulheres de diferentes faixas etárias
  • 15. PLANO DE ENSINO 3 ano Ensino Médio. o E. E. “Joaquim Vilela”. 2013 DISCIPLINA- Biologia PROFESSOR (A):
  • 16. EIXO TEMÁTICO II: EVOLUÇÃO Tema: História da vida na terra TÓPICO Nº /a HABILIDADE ESTRATÉGIAS DESCRITORES CONTEÚDO- OP 17. PROCESSOS DE 17.. Analisar os processos de obtenção Pesquisas; ecidos, de órgãos, de sistemas e OBTENÇÃO DE de energia pelos sistemas vivos - Interpretação de de indivíduo pluricelular ENERGIA fotossíntese, respiração celular e textos; - Representação (esquemas) de PELOS SISTEMAS fermentação. Arguição oral; diferentes tipos de células VIVOS 17.1.1 - Reconhecer nas equações da Aulas expositivas; constitutivas dos diferentes tecidos fotossíntese da respiração e da de um organismo pluricelular – o Prova Escrita; fermentação, a transformação dos homem materiais. Trabalhos em classe - Estudo detalhado das funções 71.1.2 - Interpretar o papel da água, luz e extra classe; realizadas pelas células e sua e gás carbônico na fotossíntese e na Interpretação de relação com constituição química e respiração em situações - problema. Charges, mapas suas atividades celulares, ,gráficos, tabelas entendendo que todas as Cruzadinha atividades que ocorrem em seu Exercício de fixação. interior das células são controladas por um programa genético - Apresentação e caracterização dos tecidos formados pelas diferentes células relacionadas no item anterior - Identificação por meio da ilustração dos tecidos que compõem determinado órgão, a função de cada tecido e sua importância para a atuação mais ampla do órgão no bom funcionamento do corpo humano 18 - FATORES QUE 18.1 - Identificar os fatores que atuam no Listar os fores que atuam no ATUAM NO metabolismo metabolismo.at METABOLISMO 18.1.1 - Quantificar os efeitos de variáveis como temperatura, luz e/ou salinidade afetam o crescimento e/ou metabolismo em experimentos com plantas, microrganismos e pequenos animais.
  • 17. EIXO TEMÁTICO III: LINGUAGENS DA VIDA Tema: Hereditariedade – a vida e seus códigos 19 - 19.1 - Estabelecer relação entre D76 - Reconhecer, através dos A) História da ciência: da descoberta das RELAÇÃO DNA, código genético, trabalhos de Mendel, o células com a invenção do microscópio à 19.1.1 - Reconhecer que todos os mecanismo de transmissão de elaboração e reformulação da teoria celular ENTRE características hereditárias. DNA, seres vivos são constituídos por B) Células como unidades morfológicas e D77 - Reconhecer que os CÓDIGO células; as células possuem fisiológicas de todos seres vivos fatores mendelianos (genes) estrutura tridimensional; toda localizam-se nos cromossomos. C) As propriedades de um organismo como GENÉTICO, célula se fabricação de proteínas D78 - Relacionar a lei da reflexo das propriedades de cada uma das FABRICAÇÃ e determinação das suas células separação e da segregação O DE características dos organismos. independente com a separação D) Que as células originam-se somente de PROTEÍNAS origina de outra célula; todas as dos cromossomos homólogos outras preexistentes e a continuidade de E células são constituídas das na meiose. estrutura e função é devida ao material DETERMINA mesmas substâncias químicas; D79 - Aplicar as leis de Mendel, genético ÇÃO DAS todas as células possuem em diferentes situações, para E) A menor unidade da vida é a célula metabolismo explicar a transmissão e prever F) Representação da célula, pelo aluno CARACTERÍS a manifestação de TICAS DOS semelhante; as células contêm as G) O uso do microscópio e a célula características dos seres vivos. ORGANISMO informações genéticas dos seres D81 - Explicar a transmissão e H) As células nos diferentes seres vivos: S vivos. prever a manifestação de procariontes e eucariontes determinadas características I) Relação entre os níveis de organização e a ligadas ou relacionadas ao seqüência evolutiva dos diferentes reinos de sexo. seres vivos 20- 20.1 - Bases da herança: leis de D82 - Reconhecer a influência Partindo-se dessas idéias, presume-se ser HERANÇA Mendel cromossômica na determinação importante o estudo dos seguintes tópicos: 20.1.1 - Identificar os princípios do sexo do ser humano e de · A estrutura química do DNA GENÉTICA outros animais vertebrados ou das leis de Mendel resolvendo · O processo de duplicação da mesma invertebrados. problemas de herança como D83 - Identificar a constituição molécula albinismo, ABO e Rh química dos cromossomos e 20.1.2 - Entender como as leis de dos genes. •Características herdadas e não herdadas. transmissão e a importância do D84 - Reconhecer que existe •A evolução das idéias sobre hereditariedade. ambiente são fundamentais na um código genético em que a •Princípios da 1ª lei de Mendel.
  • 18. expressão das características seqüência de bases do DNA •Conseqüências para a compreensão da herdadas. determina a seqüência de Hereditariedade após o reconhecimento de 20.1.3 - Identificar as aminoácidos das proteínas. Mendel em 1900 e o desenvolvimento da características fenotípicas e D85 - Compreender que os Genética da atualidade. genes determinam as evidências de hereditariedade, •Conceitos de Genótipo e Fenótipo. características dos indivíduos utilizando os princípios básicos através do controle da síntese •Determinação de um genótipo e construção da herança. Mendeliana aplicada de proteínas. de heredogramas. em exercícios de genealogias D86 - Relacionar a síntese das •Noções de probabilidade. humanas e em situações - proteínas com o metabolismo •Conceito de monoibridismo. problema que envolva celular. •Outros casos de monoibridismo: dominância características dominantes, D87 - Reconhecer que o estudo incompleta; co-dominância; alelos múltiplos; recessivas, em relação algumas dos cromossomos e do DNA fator Rh. heranças. das fases embrionárias ou fetais •Princípios da 2ª lei de Mendel e Genes possibilita o diagnóstico de ligados/ Linkage. doenças genéticas. •A expressão de genes: Genes e ambiente; D53 - Relacionar os dados referentes às doenças mais Expressividade; Penetrância e Pleiotropia. freqüentes no Brasil com a faixa •Herança e sexo: Determinação cromossômica etária, sexo, condição do sexo. socioeconômica e cultural dos •Herança relacionada ao sexo: Herança ligada portadores. aos cromossomos X e Y, genes com expressão limitada ao sexo e genes com expressão influenciada pelo sexo. 21 - O PAPEL 21.1 - Reconhecer o papel das D92 - Compreender que as • Mediante a importância do tema e da DAS mutações e da recombinação populações partilham um profusão de relatos envolvendo acidentes e como fonte de diversidade patrimônio genético comum. agentes mutagênicos, sugere-se ensinar MUTAÇÕES D93 - Reconhecer a existência 21.1.1 - Identificar em situações- • O conceito de mutação de fatores que modificam o problema os mecanismos •Os mecanismos pelos quais as mutações patrimônio genético das evolutivos que propiciam a populações: migrações, ocorrem em nível molecular biodiversidade. mutações, seleção, hibridismo e • A aleatoriedade de muitas mutações . deriva genética. • A diferença entre mutações somáticas e D94 - Estimar as freqüências de germinativas alguns genes de uma determinada população. •O modo de ação de agentes mutagênicos de D95 - Relacionar as alterações natureza química e energética na freqüência dos genes das • A importância evolutiva e médica de tal populações ao processo fenômeno evolutivo • A aplicabilidade das mutações em experimentos genéticos • Medidas de prevenção as quais permitam segurança e integridade da saúde das pessoas frente a possíveis interações com
  • 19. mutágenos 22- 22.1 Reconhecer que os seres D80 - Explicar a - Estudo das teorias da origem da vida: TRANSFORM vivos se transformam ao longo do transmissão e prever a biogênese e abiogênese. Experimentos de AÇÕES tempo evolutivo. manifestação de Von Helmont, Redi, Spallanzani, Needham e NOS SERES 22.1.1 Identificar que a determinadas Pasteur VIVOS diversidade da vida e das características dos seres - Apresentação das teorias sobre a formação paisagens da Terra mudou ao da Terra e origem da vida na Terra: vivos condicionadas pela longo do tempo. evolucionismo, fixismo, criacionismo científico 22.1.2. Elaborar explicações interação entre alelos de - O que significa evoluir? (discussão sobre a sobre a evolução dos seres vivos um mesmo gene e entre idéia errada de "melhoramento") a partir de evidências, tais como genes diferentes. - Teoria evolucionista que explica a formação registros fósseis e características do universo, da Terra e a origem do primeiro anatômicas, fisiológicas e ser vivo relacionada aos conhecimentos físicos embriológicas. e químicos: hipótese de Oparin e experimento 22.2 Comparar as explicações de Miller > Coacervados utilizadas por Darwin e por - Como o primeiro ser vivo foi formado a partir Lamarck sobre as transformações das moléculas orgânicas: teorias dos seres vivos. proteinocêntrica, genecêntrica e sistêmica. 22.2.1 - Identificar as - Hipóteses autotróficas e heterotróficas sobre semelhanças e diferenças entre origem da vida > fotossíntese e respiração as teorias evolucionistas. - Após discussão aprofundada sobre as teorias evolucionistas de Darwin e Lamarck, os fatores evolutivos e a especiação, é preciso discutir a concepção evolucionista de fato em contraposição à concepção do criacionismo científico (Programa de Biologia para o Ensino Médio - EE Caminho à Luz - Ana Flávia Quintão e Simone de Araújo Esteves) EIXO TEMÁTICO II: EVOLUÇÃO Tema: História da vida na Terra 23. SELEÇÃO 23.1. Diferenciar seleção natural D90 - Compreender que o - Conceito de seleção artificial e exemplos NATURAL E e artificial resultado da seleção natural - Seleção artificial e a história da humanidade ARTIfiCIAL 23.1.1 - Avaliar o impacto da é a preservação e a - As vantagens e as desvantagens da seleção produção de novas variedades transmissão, para os artificial para o meio ambiente, homem e demais de plantas e animais por meio descendentes, das espécies envolvidas do melhoramento genético. - Incitar discussões e reflexões sobre quais os variações orgânicas 23.1.2 - Associar a seleção de rumos estão sendo tomados pela humanidade bactérias e insetos resistentes favoráveis à sobrevivência devido à sua interferência na natureza bem como da espécie no ambiente.
  • 20. ao uso indiscriminado de sobre as conseqüências que podem surgir disso antibióticos e pesticidas. 24- 24.1 Avaliar a importância do D80 - Explicar a transmissão e •Conceito de bioética. MANIFESTAÇ aspecto econômico envolvido prever a manifestação de •Medicina preditiva: tecnologias de diagnóstico ÃO na utilização da manifestação determinadas características precoce de doenças na fase embrionária, seus GENÉTICA 24.1 .-Posicionar-se dos seres vivos condicionadas objetivos, conseqüências e terapias de doenças na EM SAÚDE: criticamente sobre as questões pela interação entre alelos de fase intra-uterina. que envolvem o uso de um mesmo gene e entre •Fertilização in vitro, gravidez assistida, descarte ou biotecnologia. genes diferentes. congelamento de embriões. 24.1.2 - Comparar diferentes D81 - Explicar a transmissão e •Cultura de tecido humano. posicionamentos de cientistas prever a manifestação de •Clonagem: técnicas e finalidades. sobre genética em saúde: determinadas características •Terapias utilizando células-tronco embrionárias, do melhoramento genético, ligadas ou relacionadas ao cordão umbilical e da medula óssea. clonagem e sexo. •Relação das práticas de manipulação de embriões transgênicos.assuntos ligados a como tecnologia resultante do conhecimento da biotecnologia, terapia gênica e embriologia. clonagem avaliando a consistência dos argumentos e • Conceitos da engenharia genética e da a fundamentação teórica. biotecnologia 24.1.3 - Reconhecer os • Genética e melhoramento: história humana da benefícios da biotecnologia na manipulação de espécies vegetais e animais com saúde (produção de insulina), intuito de aumentar a produtividade na agricultura, na produção de alimentos melhorar a segurança alimentar (produção de plantas • Genética e prevenção de doenças hereditárias: resistentes a vírus; verduras e aconselhamento genético, técnicas de identificação frutas mais saborosas e de genes deletérios duradouras) e outros. • Engenharia genética e biotecnologia: transgênicos & terapia gênica • Conceito de transgênicos • Entendimento sobre o processo de transgenia e inserção de plasmídeos em bactérias • Riscos e benefícios da transgenia considerando as perspectivas éticas, os prováveis impactos ambientais • Novas regras: aspectos legais para permitir a segurança biológica • Terapia genética: produção de animais transgênicos para correção de doenças genéticas • Ocorrência natural da clonagem. • Como é o processo que resulta a clonagem
  • 21. (exemplo da ovelha Dolly). Introdução ao conceito de “células-tronco” • Diferenças entre clonagem reprodutiva e terapêutica • Relação entre clonagem terapêutica e o uso de células tronco • Questões éticas e filosóficas contrárias a prevalência da clonagem terapêutica na atualidade • Discussão sobre a existência da CTNBio e sobre a aprovação da Lei de Biossegurança no senado - Fecundação assistida e os seus riscos para quem ou o que? - Clonagem: conceito e sua relação com a evolução; ocorrência na natureza - Clonagem em laboratórios: as vantagens e riscos dessa técnica - Casamento consangüíneo e os riscos para a reprodução e perpetuação da espécie - Análise ética das técnicas de reprodução assistida e clonagem 25- 25.1 Reconhecer a importância D91 - Indicar algumas REGISTRO dos registros fósseis na evidências do processo de FÓSSEIS construção das árvores evolução biológica: fósseis, filogenéticas órgãos homólogos, 25.1.1 Analisar árvores análogos e vestigiais. filogenéticas que representam a evolução dos seres vivos. 26- 26.1. Analisar filmes, vídeos D88 - Analisar textos A) Origem do homem: árvore filogenética e a ASPECTOS sobre a evolução do ser históricos, para identificar as ancestralidade do homem atual DA humano e produzir comentários idéias evolucionistas, em B) Interpretação de cladogramas EVOLUÇÃO e resumos. particular as de Lamarck e C) Habilidades e características ancestrais e atuais HUMANA 26.1.1 - Avaliar e criticar filmes de Darwin. que favorecem o desenvolvimento social e (Idade do fogo) que apresentam intelectual do homem D89 - Explicar a os processos culturais e D) O potencial humano nas artes, comunicação e biológicos envolvidos na transformação das espécies desenvolvimento de tecnologias evolução humana. ao longo do tempo através E) Evolução humana ou involução humana? 26.2 - Identificar as diferenças dos mecanismos de: Interferências humanas e suas conseqüências (as entre os aspectos culturais e mutação, recombinação habilidades e sua capacidade de intervenção biológicos envolvidos na gênica e seleção natural. humana)
  • 22. evolução humana. - Idéias fixistas e evolucionistas: explicações e contexto histórico. Procurar desenvolver trabalho interdisciplinar com professores de filosofia e/ou história - Conceito de evolução biológica e diversidade biológica. Relação entre os dois conceitos e a importância de ambos. - Princípios das idéias evolutivas: lamarckistas, darwinistas e neodarwinistas (principais pontos de discussão, semelhanças e diferenças) - Evidências Evolutivas (fósseis, semelhanças embrionárias e anatômicas, órgãos análogos e homólogos e órgãos vestigiais; semelhanças moleculares entre os seres vivos) A) História da viagem de Darwin ao redor do mundo a bordo do Beagle, suas primeiras impressões e a apresentação do ensaio "A origem das espécies". Para se obter a versão mais real de sua história pode-se utilizar o capítulo 23 do livro "O Sorriso do Flamingo – Reflexões sobre História Natural de Stephen Jay Gould B) As principais idéias de Darwin acerca da seleção natural C) Neodarwinismo D) Teoria sintética da evolução cujos princípios fundamentais são: - a evolução atua sobre a população e não sobre o indivíduo - a evolução é um produto da interação organismo- ambiente em um determinado período do tempo - a evolução é um processo de transformações contínuas, e que podem ser transmitidas hereditariamente; - transformações ocorrem tanto no ambiente quanto nos seres vivos ao longo do tempo - o ambiente atua na seleção dos indivíduos mais adaptados cujo processo é reconhecido por seleção natural E) Aleatoriedade de mutações e recombinações
  • 23. genéticas e sua importância para a geração da diversidade observada nos seres vivos F) As fontes de variação: mutação, recombinação e migração G) Relações entre os conceitos de reprodução, sobrevivência, variabilidade genética e seleção natural H) Interação de diferentes fenótipos com o ambiente de formas ligeiramente diferentes, levando a variação na fecundidade e na sobrevivência entre os indivíduos de uma população I) Como variações genéticas favorecem maior adaptação das populações J) Como a seleção natural atua sobre a variação K) Exemplo do melanismo industrial. L) Camuflagem e o mimetismo 27- 27.1 Identificar as principais D54 - Identificar os aspectos • Conceitos de doença DOENÇAS doenças endêmicas e básicos da etiologia das doenças • As doenças infecto-contagiosas e as principais ENDÊMICAS mortalidade infantil da região infecciosas e parasitárias mais denominações segundo a ocorrência – epidemia, em que os alunos moram ou do freqüentes no Brasil. endemia e pandemia Brasil, e relacioná-las com as D55 - Compreender os • Discussão dos conceitos relacionados à condições ambientais e procedimentos para a prevenção das Parasitologia: parasitismo; relação parasito- qualidade de vida, como: doenças infecciosas e hospedeiro; hospedeiros definitivos e intermediários; parasitárias mais freqüentes no destino do esgoto e lixo, água, Brasil. vetores moradia, acesso a atendimento D56 - Avaliar as implicações • As principais doenças endêmicas e mortalidade médico e a educação. biopsicossociais do uso indevido de infantil da região em que os alunos moram e das 27.1.1 - Comparar a incidência drogas medicamentosas várias regiões do Brasil de doenças endêmicas, na e não-medicamentosas. • Relação da prevalência dessas doenças com as D57 - Reconhecer os procedimentos região onde mora, com dados adequados para prestação de condições ambientais e qualidade de vida como: de outras regiões do Brasil e socorros imediatos em casos de destino do esgoto e lixo, água, moradia, acesso a associar às condições de vida. afogamento, asfixia, queimadura, atendimento médico e a educação 27.1.2 - Identificar modos de hemorragia, fratura, choque elétrico e • As principais medidas preventivas para as doenças parada cárdio-respiratória transmissão e prevenção das endêmicas – destino do lixo e manutenção de água doenças infectocontagiosas e D46 - Reconhecer que as condições descontaminada parasitárias comuns à região. de alimentação, habitação, educação, • As principais doenças carenciais, como as 27.1.3 - Propor melhorias na renda, meio ambiente, trabalho, provocadas por deficiências alimentares comunidade de modo a diminuir transporte, emprego, lazer, liberdade, • As doenças ocupacionais, como a LER segurança, acesso à a incidência de doenças posse da terra e acesso aos serviços • As doenças provocadas por toxinas ambientais, infectocontagiosas e de saúde são fatores determinantes como a silicose parasitárias. da saúde individual e coletiva. • Propostas que visem à melhoria das condições 27.1.4 - Analisar possíveis D47 - Compreender que a doença ambientais: a responsabilidade individual e a
  • 24. soluções para obtenção e resulta de determinantes biológicos, responsabilidade que demanda a participação do manutenção de água potável sociais, culturais e econômicos coletivo ou poder público (multicausalidade das doenças). 27.2 Identificar as principais D48 - Analisar gráficos e tabelas com doenças carências, como as dados atuais para avaliar as provocadas por deficiências condições de saneamento dos alimentares, ocupacionais, municípios brasileiros. D49 - Relacionar a qualidade do ar e como a LER, e as provocadas da água, as condições de por materiais presentes no saneamento básico, de ambiente, como a silicose. deposição de lixo e outros resíduos, 27.2.1 - Analisar relatos de nos centros urbanos, com a condição pesquisas para identificar as de saúde da população. D50 - Relacionar os principais principais medidas preventivas problemas ambientais nas áreas para as doenças endêmicas rurais - poluição das águas, do solo e do ar; uso inadequado de agrotóxicos e condição imprópria de saneamento - com as condições de saúde da população. D51 - Analisar gráficos e tabelas com dados recentes para verificar a distribuição geográfica das doenças carenciais, ocupacionais, degenerativas, infectocontagiosas, parasitárias e sexualmente transmissíveis que afetam os brasileiros. D52 - Analisar indicadores de saúde, como, mortalidade infantil e esperança de vida comparando-os com os indicadores de outros países para verificar as diferenças regionais e mundiais.