SlideShare uma empresa Scribd logo
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
LEONARDO ANDRADE DO NASCIMENTO
DIRETOR COMERCIAL DA PAYBACKENGENHARIA
CONSULTOR EMSEGURANÇA DE MÁQUINAS DESDE 2002
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
 GERENCIAMENTO E IMPLANTAÇÃO DA NR12
 ANÁLISE DE RISCO
 PROJETOS DE SEGURANÇA
 DIAGNÓSTICO E AUDITORIAS
 ASSESSORIA PARA ADEQUAÇÃO E DESINTERDIÇÃO
 TREINAMENTOS
Engenharia e Consultoria em NR12
MATRIZ:
CACHOERINHA – RS
UNIDADE DE SERVIÇOS 1
CONTAGEM – MG
UNIDADE DE SERVIÇOS 2
OURO BRANCO - MG
ATUAÇÃO
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Alguns Clientes
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
É uma Norma Regulamentadora (NR) :
 Possuem força de lei;
 De caráter fiscalizatório: utilizadas pelos fiscais do
trabalho para Inspecionar e autuar empresas;
 Elaborada por Comissão Tripartite;
Sobre a
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Histórico
1978 2010
40 Artigos 300 Artigos
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Quais objetivos da NR12?
 Trazer informações sobre boas práticas em segurança de máquinas;

www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Quais objetivos da NR12?
 Nova geração de máquinas com conceitos de segurança desde o projeto,
passando pelas fases de utilização até o descarte;
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Quais objetivos da NR12?
 Adequação das máquinas existentes;
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Quais objetivos da NR12?
 Redução das assimetrias regionais quanto a proteção dos trabalhadores;
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Quais objetivos da NR12?
 Redução dos acidentes típicos / Prevenção de doenças ocupacionais;
10
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Principios Gerais
11
Prioridade de Medidas de Proteção:
1º - Medidas de Proteção Coletiva:
2º - Medidas Administrativa ou de
Organização do Trabalho:
3º - Medidas de Proteção Individual:
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
NR12 Item 12.1
Qual é a Abrangência da NR12?
...em todas as atividades econômicas, sem prejuízo
da observância do disposto nas demais Normas
Regulamentadoras...
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Artigo 4: Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação.
Os prazos são:
Máquinas novas
24/12/11
24/03/12
24/06/12
24/06/13
12 Meses
15 Meses
18 Meses
30 Meses
Máquinas usadas
24/04/11
24/06/12
24/12/12
24/06/13
4 Meses
18 Meses
24 Meses
30 Meses
24/12/1112 Meses
Quando a NR12 entra em vigor?
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Porque a NR12 é tão restritiva?
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
30 milhões de acidentes (1970 – 2011)
100 mil óbitos (1970 – 2011)
711.164 acidentes em 2011
R$ 42 milhões de custo com acidente de trabalho/ano
4,7% do PIB
* Fonte: O DIESAT (Departamento Intersindical de Estudos e Pesquisas de Saúde e dos Ambientes de Trabalho)
Alguns números:
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
229.876 A.T. Na Indústria de Transformação.
6.685 A.T. Na Indústria Extrativa.
683 Óbitos.
* Fonte: O DIESAT (Departamento Intersindical de Estudos e Pesquisas de Saúde e dos Ambientes de Trabalho)
Dados na Indústria em 2011:
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
COMO IMPLANTAR A
EM PROCESSOS CONTÍNUOS?
EM GRANDES PLANTAS?
EM MÁQUINAS ESPECIAIS?
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
FLUXO DE IMPLANTAÇÃO PASSO A PASSO
Implantação de NR12
Mapeamento Avaliação Conceituação Contratação Implantação Validação
ExecuçãoEstratégia
Gestão
Técnica
Gestão
Administrativa
Solicita
Avaliação
Define Maquinário Defini Prioridades
Realiza
Diagnóstico
Realiza Analise de
Risco
Orça com
fornecedores
Aprova Solução
Técnica Ofertada
Elabora Projetos
básicos com
Solução de
segurança
Aprova Solução
com Produção
e Manutenção
Executa Serviço
Aprova Solução
de Segurança
Aprova Requisitos
de Qualidade
Libera Pagamento
Leonardo A. do Nascimento | leonardo@payback.net.br | Fone: 51 3439.2687 | Payback Consultoria e Projetos | payback@payback.net.br
Gestão de Implantação de Segurança
Serviço Executado pela Payback Serviço Executado por integradores de segurança Coordenação Geral do Trabalho Realizado pelos Gestores da Contratante
Define
cronogramas de
implantação
Baseados no risco
Supervisiona
Operação
Realiza
Acompanhamento
Arquiva
Prontuários
Define
Fornecedores
Inicia Processo
Administrativo
Projeto
Projeto
Executivo
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Implantação de NR12
Mapeamento Avaliação Conceituação Contratação Implantação Validação
ExecuçãoEstratégia
Gestão
Técnica
Gestão
Administrativa
Solicita
Avaliação
Define Maquinário Defini Prioridades
Realiza
Diagnóstico
Realiza Analise de
Risco
Orça com
fornecedores
Aprova Solução
Técnica Ofertada
Elabora Projetos
básicos com
Solução de
segurança
Aprova Solução
com Produção
e Manutenção
Executa Serviço
Aprova Solução
de Segurança
Aprova Requisitos
de Qualidade
Libera Pagamento
Leonardo A. do Nascimento | leonardo@payback.net.br | Fone: 51 3439.2687 | Payback Consultoria e Projetos | payback@payback.net.br
Gestão de Implantação de Segurança
Serviço Executado pela Payback Serviço Executado por integradores de segurança Coordenação Geral do Trabalho Realizado pelos Gestores da Contratante
Define
cronogramas de
implantação
Baseados no risco
Supervisiona
Operação
Realiza
Acompanhamento
Projeto
ETAPAS DE IMPLANTAÇÃO
Arquiva
Prontuários
Define
Fornecedores
Inicia Processo
Administrativo
Projeto
Executivo
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
CRONOGRAMA DAS ETAPAS DE IMPLANTAÇÃO
Primeira Etapa
PLANEJAMENTO FASE I FASE II FASE III
Inventário Fotográfico
Diagnóstico de Atendimento
Planejamento de Adequação
Analise de Risco + Projeto Básico
Projeto e Execução
Validação
Conciliar Analisede Risco,
Projeto e Validaçãoem cada
fase de Adequação
Conciliar Analisede Risco,
Projeto e Validaçãoem cada
fase de Adequação
Conciliar Analisede Risco,
Projeto e Validaçãoem cada
fase de Adequação
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Metodologia – HRN / ALARP
O HRN é um método amplamente conhecido ele classifica o risco de desprezível
à inaceitável. Para esta classificação de risco é levado em consideração:
• A probabilidade de ocorrência (LO) de entrar em contato com o perigo;
• A freqüência de exposição (FE);
• O grau de severidade de dano (DPH);
• O número de pessoas expostas ao risco (NP);
Para cada item anterior é estabelecido um número que fornece o “Nível de
Risco” através do seguinte cálculo:
Nível de Risco = LO x FE x DPH x NP
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Metodologia – Análise de Viabilidade
O Conceito do ALARP analisa viabilidade técnica e financeira
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Diagnóstico
Em presa: Nom e da Máquina: Centro Usinagem FZ 1 2 W High Speed Plus
Requisitante: Bráulio Souza Núm ero da Máquina: CEN0 3 1
Tipo da Máquina: Ferram enta Norm as Utilizadas: EN 1 2 4 1 5 / EN 1 2 4 7 8 / EN 1 2 4 1 7 / NR 1 2
Data do Levantam ento: 2 9 / 2 6 / 2 0 1 1 Setor: Cilindros
Núm ero Ativo: 3 4 3 7 0 Fabricante: Chiron
4 Descrição dos perigos:
7 *Esmagamento;
4 *Cisalhamento;
1 *Corte ou Danos;
*Se Prender;
*Enroscamento;
*Impacto;
Sistema de Emergência 2 Borda de Segurança/Bumper 1 Sistema de Emergência X Borda de Segurança/Bumper X
Sistema de Cortina de Luz NA Possui Seccionadora S Sistema de Cortina de Luz NA Interface Segurança (1 relé - 2 CLP) 1
Sistema de Bi-manual NA Possui Inércia Ñ Sistema de Bi-manual NA Manuais da Máquina OK
Sistema de Pedal NA Possui Proteção nos Barramentos NA Sistema de Pedal NA Diagramas Elétrico/Pneum./Hidráulico OK
Sistema Monit. Proteções Físicas Móveis 3 Possui Fecho Específico do painel 3 Sistema Monit. Prot. Físicas Móveis X Análise de Risco X
Quantas Proteções físicas móveis monitor. 2 Interface Segurança (1 relé - 2 CLP) 1 Quantas Prot. físicas móveis monitor. 3 Laudo Técnico e ART X
Sistema Proteções Físicas 3 Manuais da Máquina 3 Sistema Proteções Físicas NA
Sistema Pneumático de Segurança 3 Diagramas Elétrico/Pneum./Hidraulico 3 Sistema Pneumático de Segurança NA Monitoração Posição Proteção Interna x
Sistema Hidráulico de Segurança NA Análises de Risco 1 Sistema Hidráulico de Segurança NA
Sistema de Retenção / Calço NA Laudo Técnico e ART 1 Sistema de Retenção / Calço NA
Sistema de Desligamento Seguro 1 Sistema de Desligamento Seguro X
Observações:
Sistema inexistente 1
Sistema parcial/Insuficiente 2
Sistema Existente deve ser Validado 3
Sistema deverá atender norma específica X
Não Aplicável NA
Não possui Ñ
Possui S
Probabilidade de exposição ( PE)
* Risco aumenta devido a proteção automatica frontal.
* Máquina apresenta três relés de segurança.
* Garantir a abertura da porta automática, apenas com a mesa do dispositivo em posição correta (impedindo acesso ao interior da máquina durante a usinagem)
NBR 1 4 0 0 9 :1 9 9 7 - N BR 2 1 3 -1 :2 0 0 0 - NBR 1 4 1 5 3 :1 9 9 8 - NR1 2 :2 0 1 0
*Cont. indir. partes energizadas ou falhas;
Avaliação Quantitativa dos Riscos Global - HRN
Sistem a Atual - 1 = não existe - 2 = parcial - 3 = necessário validar
Frequência de exposição ( FE)
Probabilidade m áxim a de perda ( MPL)
Núm ero de pessoas expostas ( NP)
Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP)
Classificação de Risco: Alto
5 0 ,0
*Contato direto com partes energizadas;
HRN - Análise de Risco Simplificada / Global
Sistem a Necessário
I DENTI FI CAÇÃO FOTOGRÁFI CA DA MÁQUI NA
Sistem as Específicos/ Diversos
5 - Alguma chance
5 - Constantemente
2 - Fratura/enfermidade grave (permanente)
1 - 1-2 pessoas
PayBack - Consultoria e Projetos
Rua 16 de Fevereiro, 82 - Cachoeirinha - RS Página 1
CEP:94935-110 - Fone:(51) 3439.2689
www.payback.net.br| payback@payback.net.br
Implantação de NR12
Mapeamento Avaliação Conceituação Contratação Implantação Validação
ExecuçãoEstratégia
Gestão
Técnica
Gestão
Administrativa
Solicita
Avaliação
Define Maquinário Defini Prioridades
Realiza
Diagnóstico
Realiza Analise de
Risco
Orça com
fornecedores
Aprova Solução
Técnica Ofertada
Elabora Projetos
básicos com
Solução de
segurança
Aprova Solução
com Produção
e Manutenção
Executa Serviço
Aprova Solução
de Segurança
Aprova Requisitos
de Qualidade
Libera Pagamento
Leonardo A. do Nascimento | leonardo@payback.net.br | Fone: 51 3439.2687 | Payback Consultoria e Projetos | payback@payback.net.br
Gestão de Implantação de Segurança
Serviço Executado pela Payback Serviço Executado por integradores de segurança Coordenação Geral do Trabalho Realizado pelos Gestores da Contratante
Define
cronogramas de
implantação
Baseados no risco
Supervisiona
Operação
Realiza
Acompanhamento
Inicia Processo
Administrativo
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Detalhes do Diagnóstico
Em presa: Nom e da Máquina: Centro Usinagem FZ 1 2 W High Speed Plus
Requisitante: Bráulio Souza Núm ero da Máquina: CEN0 3 1
Tipo da Máquina: Ferram enta Norm as Utilizadas: EN 1 2 4 1 5 / EN 1 2 4 7 8 / EN 1 2 4 1 7 / NR 1 2
Data do Levantam ento: 2 9 / 2 6 / 2 0 1 1 Setor: Cilindros
Núm ero Ativo: 3 4 3 7 0 Fabricante: Chiron
4 Descrição dos perigos:
7 *Esmagamento;
4 *Cisalhamento;
1 *Corte ou Danos;
*Se Prender;
*Enroscamento;
*Impacto;
Sistema de Emergência 2 Borda de Segurança/Bumper 1 Sistema de Emergência X Borda de Segurança/Bumper X
Sistema de Cortina de Luz NA Possui Seccionadora S Sistema de Cortina de Luz NA Interface Segurança (1 relé - 2 CLP) 1
Sistema de Bi-manual NA Possui Inércia Ñ Sistema de Bi-manual NA Manuais da Máquina OK
Sistema de Pedal NA Possui Proteção nos Barramentos NA Sistema de Pedal NA Diagramas Elétrico/Pneum./Hidráulico OK
Sistema Monit. Proteções Físicas Móveis 3 Possui Fecho Específico do painel 3 Sistema Monit. Prot. Físicas Móveis X Análise de Risco X
Quantas Proteções físicas móveis monitor. 2 Interface Segurança (1 relé - 2 CLP) 1 Quantas Prot. físicas móveis monitor. 3 Laudo Técnico e ART X
Sistema Proteções Físicas 3 Manuais da Máquina 3 Sistema Proteções Físicas NA
Sistema Pneumático de Segurança 3 Diagramas Elétrico/Pneum./Hidraulico 3 Sistema Pneumático de Segurança NA Monitoração Posição Proteção Interna x
Sistema Hidráulico de Segurança NA Análises de Risco 1 Sistema Hidráulico de Segurança NA
Sistema de Retenção / Calço NA Laudo Técnico e ART 1 Sistema de Retenção / Calço NA
Sistema de Desligamento Seguro 1 Sistema de Desligamento Seguro X
Probabilidade de exposição ( PE)
NBR 1 4 0 0 9 :1 9 9 7 - N BR 2 1 3 -1 :2 0 0 0 - NBR 1 4 1 5 3 :1 9 9 8 - NR1 2 :2 0 1 0
*Cont. indir. partes energizadas ou falhas;
Avaliação Quantitativa dos Riscos Global - HRN
Sistem a Atual - 1 = não existe - 2 = parcial - 3 = necessário validar
Frequência de exposição ( FE)
Probabilidade m áxim a de perda ( MPL)
Núm ero de pessoas expostas ( NP)
Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP)
Classificação de Risco: Alto
5 0 ,0
*Contato direto com partes energizadas;
HRN - Análise de Risco Simplificada / Global
Sistem a Necessário
I DENTI FI CAÇÃO FOTOGRÁFI CA DA MÁQUI NA
Sistem as Específicos/ Diversos
5 - Alguma chance
5 - Constantemente
2 - Fratura/enfermidade grave (permanente)
1 - 1-2 pessoas
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Resultado do Diagnóstico
DR Setor Equipamento Identificação Ativo Fabricante Risco;Global Análise;de;Risco Laudo;Técnico
Não$Encontrado
Não$Encontrado
ABB
ABB
ABB
Laser$Comb
IDRA
IDRA
IDRA
IDRA
Grefortec
Grefortec
Aichelin$(NIG)
Aichelin$(NIG)
Master$Fiber
Master$Fiber
IDRA
Gehring
IDRA$PRESSE
IDRA$PRESSE
IDRA$PRESSE
IDRA$PRESSE
IDRA$PRESSE
IDRA$PRESSE
IDRA$PRESSE
IDRA$PRESSE
IDRA$PRESSE
Ronemak
Ronemak
Ronemak
Romi
Nagel
Reformado$pela$CRKL
Reformado$pela$CRKL
Reformado$pela$CRKL
Reformado$pela$CRKL
Reformado$pela$CRKL
Reformado$pela$CRKL
Gutmann
Dirkus$Werke
Não$Encontrado
Americana/Nardini
Thyssen$Hüller
Não$Encontrado
Seny
Cavour
Promecor
Tschudim
Tschudim
Tschudim
Calende
Calende
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Máquinas Priorizadas
DR Setor Equipamento Identificação Ativo Fabricante Risco;Global A
Não$Encontrado
Não$Encontrado
ABB
ABB
ABB
Laser$Comb
IDRA
IDRA
IDRA
IDRA
Grefortec
Grefortec
Aichelin$(NIG)
Aichelin$(NIG)
Master$Fiber
Master$Fiber
IDRA
Gehring
IDRA$PRESSE
IDRA$PRESSE
IDRA$PRESSE
IDRA$PRESSE
IDRA$PRESSE
IDRA$PRESSE
IDRA$PRESSE
IDRA$PRESSE
IDRA$PRESSE
Ronemak
Ronemak
Ronemak
Prioridades
Realizar
Analise de Risco
e
Adequação
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
plantação de NR12
Mapeamento Avaliação Conceituação Contratação Implantação Validação
Solicita
Avaliação
Define Maquinário Defini Prioridades
Realiza
Diagnóstico
Realiza Analise de
Risco
Orça com
fornecedores
Aprova Solução
Técnica Ofertada
Elabora Projetos
básicos com
Solução de
segurança
Aprova Solução
com Produção
e Manutenção
Executa Serviço
Aprova Solução
de Segurança
Aprova Requisitos
de Qualidade
Libera Pagamento
Leonardo A. do Nascimento | leonardo@payback.net.br | Fone: 51 3439.2687 | Payback Consultoria e Projetos | payback@payback.net.br
stão de Implantação de Segurança
Serviço Executado pela Payback Serviço Executado por integradores de segurança Coordenação Geral do Trabalho Realizado pelos Gestores da Contratante
Define
cronogramas de
implantação
Baseados no risco
Supervisiona
Operação
Realiza
Acompanhamento
Projeto
Arquiva
Prontuários
Define
Fornecedores
Projeto
Executivo
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
E SE NÃO POSSÍVEL OU VIÁVEL ADEQUAR
TODOS OS ITENS EXIGIDOS NA NR12, QUAL
DEVE SER A ESTRATÉGIA?
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
ESTUDO DE CASO:
MÁQUINA: CORREIA TRANSPORTADORA
SETOR: SIDERURGIA
ÁREA: SINTERIZAÇÃO
METODOLOGIA: HRN (HAZARD RATING NUMBER)
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
ITENS EXIGIDOS PARA UM TRANSPORTADOR DE CORREIAS
wPROTEÇÕES FÍSICAS
wPROTEÇÕES DE TRANSMISSÕES
wSISTEMA DE EMERGÊNCIA
wRESET MANUAL
wBLOQUEIO E CONTROLE DE ACESSO
wMEIOS DE ACESSO
wINTERFACE DE SEGURANÇA
wREDUNDÂNCIA
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Elaborado por: Leonardo A. do Nascimento Gerência: Redução Análise de Risco Piloto
Data: 02/10/13 Área: Sinterizações Estudo de Caso
Máquina: Transportador de Correia MP114 Célula: Produção de Sinter 1 Proposta de Solução
Valor do Risco Atual - HRN - Situação da m áquina durante a inspessão Descrição do Problem a
Valor do Risco Projetado - HRN - Após im plem entação de segurança Descrição da Solução Proposta
Gerdau Ouro Branco - NR12
Perigo(s) Identificado(s): *Esmagamento; *Cisalhamento; *Corte ou Danos; *Se Prender; *Enroscamento; *Fricção ou Abrasão;
SI TUAÇÃO ATUAL
Probabilidade de exposição ( PE) 10 - Muito provável Ausência de proteções nas laterais do transportador de correias.
Frequência de exposição ( FE) 4 - Em termos de hora Ausência de proteções nas extrem idades do transportador e transm issões.
Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade Ausência de bloqueio local com sistem a LOTO
Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas Sistem a de em ergência sem m onitoração dinâm ica de esticam ento do cabo.
Possibilidade de Prevenção ( PP) 5 - Impossível
Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 6 0 0 Nível de I ntegridade do Sistem a Requerido: SI L 3
Classificação de Risco: Extrem o
SI TUAÇÃO PROPOSTA
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Valor do Risco Projetado - HRN - Após im plem entação de segurança Descrição da Solução Proposta
Probabilidade de exposição ( PE) 5 - Alguma chance 1. I m plantação de Proteções nas Laterais dos Transportador
SI TUAÇÃO PROPOSTA
Frequência de exposição ( FE) 2,5 - Diariamente 2. Adequação de Proteção nas Extrem idades e Transm issões.
Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade
Classificação de Risco: Muito Alto
( A frequencia de exposição baixou porque som ente haverá a exposição quando a
proteção for retirada para realizar algum a tarefa necessária, e não pelo sim ples fato de
acessár a correia)
Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas
Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 1 8 7 ,5
AÇÃO 1
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
PROJETO PILOTO Elaborado por: Leonardo A. do Nascimento Gerência: Redução Análise de Risco Piloto
Data: 02/10/13 Área: Sinterizações Estudo de Caso
Máquina: Transportador de Correia MP114 Célula: Produção de Sinter 1 Proposta de Solução
Valor do Risco Atual - HRN - Situação da m áquina durante a inspessão Descrição do Problem a
Valor do Risco Projetado - HRN - Após im plem entação de segurança Descrição da Solução Proposta
Gerdau Ouro Branco - NR12
Perigo(s) Identificado(s): *Esmagamento; *Cisalhamento; *Corte ou Danos; *Se Prender; *Enroscamento; *Fricção ou Abrasão;
SI TUAÇÃO ATUAL
Probabilidade de exposição ( PE) 10 - Muito provável Ausência de proteções nas laterais do transportador de correias.
Frequência de exposição ( FE) 4 - Em termos de hora Ausência de proteções nas extrem idades do transportador e transm issões.
Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade Ausência de bloqueio local com sistem a LOTO
Probabilidade de exposição ( PE) 5 - Alguma chance 1. I m plantação de Proteções nas Laterais dos Transportador
Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas Sistem a de em ergência sem m onitoração dinâm ica de esticam ento do cabo.
Possibilidade de Prevenção ( PP) 5 - Impossível
Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 6 0 0 Nível de I ntegridade do Sistem a Requerido: SI L 3
Classificação de Risco: Extrem o
SI TUAÇÃO PROPOSTA
Frequência de exposição ( FE) 2,5 - Diariamente 2. Adequação de Proteção nas Extrem idades e Transm issões.
Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade
Classificação de Risco: Muito Alto
( A frequencia de exposição baixou porque som ente haverá a exposição quando a
proteção for retirada para realizar algum a tarefa necessária, e não pelo sim ples fato de
acessár a correia)
Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas
Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 1 8 7 ,5
RISCO ANTES: 600
ACÃO 1:
RECOMENDAÇÕES:
PROTEÇÕES FÍSICAS LATERAIS
PROTEÇÕES DE MANCAIS
PROTEÇÕES DE TRANSMISÕES
RISCO DEPOIS: 187,5
68,8%
REDUÇÃO
DO
RISCO
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Valor do Risco Projetado - HRN - Após im plem entação de segurança Descrição da Solução Proposta
Probabilidade de exposição ( PE) 2 - Possível I ntens 1 + 2
SI TUAÇÃO PROPOSTA
Frequência de exposição ( FE) 2,5 - Diariamente 3 . Seccionadora local com encaixe para cadeado + Procedim ento LOTO.
Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade 4 . Sistem a de Em ergência com Monitoração da Corda.
Classificação de Risco: Alto
( A redução do risco foi baseada na possibilidade do trabalhador de bloquear localm ente o
equipam ento, alem disso, a em ergência por corda sem pre estará atuando)
Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas
Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 7 5
AÇÃO 2
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
PROJETO PILOTO
RISCO ANTES: 600
ACÃO 2:
RECOMENDAÇÕES:
AÇÃO 1 +
CHAVE DE CORDA CERTIFICADA
BLOQUEIO DE COMANDO
PROCEDIMENTO LOTO
RISCO DEPOIS: 75
87,5%
REDUÇÃO
DO
RISCO
Elaborado por: Leonardo A. do Nascimento Gerência: Redução Análise de Risco Piloto
Data: 02/10/13 Área: Sinterizações Estudo de Caso
Máquina: Transportador de Correia MP114 Célula: Produção de Sinter 1 Proposta de Solução
Valor do Risco Atual - HRN - Situação da m áquina durante a inspessão Descrição do Problem a
Valor do Risco Projetado - HRN - Após im plem entação de segurança Descrição da Solução Proposta
Gerdau Ouro Branco - NR12
Perigo(s) Identificado(s): *Esmagamento; *Cisalhamento; *Corte ou Danos; *Se Prender; *Enroscamento; *Fricção ou Abrasão;
SI TUAÇÃO ATUAL
Probabilidade de exposição ( PE) 10 - Muito provável Ausência de proteções nas laterais do transportador de correias.
Frequência de exposição ( FE) 4 - Em termos de hora Ausência de proteções nas extrem idades do transportador e transm issões.
Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade Ausência de bloqueio local com sistem a LOTO
Probabilidade de exposição ( PE) 2 - Possível I ntens 1 + 2
Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas Sistem a de em ergência sem m onitoração dinâm ica de esticam ento do cabo.
Possibilidade de Prevenção ( PP) 5 - Impossível
Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 6 0 0 Nível de I ntegridade do Sistem a Requerido: SI L 3
Classificação de Risco: Extrem o
SI TUAÇÃO PROPOSTA
Frequência de exposição ( FE) 2,5 - Diariamente 3 . Seccionadora local com encaixe para cadeado + Procedim ento LOTO.
Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade 4 . Sistem a de Em ergência com Monitoração da Corda.
Classificação de Risco: Alto
( A redução do risco foi baseada na possibilidade do trabalhador de bloquear localm ente o
equipam ento, alem disso, a em ergência por corda sem pre estará atuando)
Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas
Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 7 5
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
AÇÃO 3Elaborado por: Leonardo A. do Nascimento Gerência: Redução Análise de Risco Piloto
Data: 02/10/13 Área: Sinterizações Estudo de Caso
Máquina: Transportador de Correia MP114 Célula: Produção de Sinter 1 Proposta de Solução
Valor do Risco Atual - HRN - Situação da m áquina durante a inspessão Descrição do Problem a
Valor do Risco Projetado - HRN - Após im plem entação de segurança Descrição da Solução Proposta
Gerdau Ouro Branco - NR12
Perigo(s) Identificado(s): *Impacto;
SI TUAÇÃO ATUAL
Probabilidade de exposição ( PE) 10 - Muito provável 5. Risco de queda devido aos m eios de acesso não atenderem aos requisitos da norm a.
Frequência de exposição ( FE) 4 - Em termos de hora 6. Presença de m aterial no piso da plataform a que pode caiusar tropeço.
Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade
Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas
Possibilidade de Prevenção ( PP) 5 - Impossível
Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 6 0 0 Nível de I ntegridade do Sistem a Requerido: SI L 3
Classificação de Risco: Extrem o
SI TUAÇÃO PROPOSTA
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Valor do Risco Projetado - HRN - Após im plem entação de segurança Descrição da Solução Proposta
Probabilidade de exposição ( PE) 0,5 - Altamente Improvável I ntens 1 + 2 + 3 + 4
SI TUAÇÃO PROPOSTA
Frequência de exposição ( FE) 4 - Em termos de hora 5. Adequação dos Meios de Acesso
Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade ( Reconstrução de escadas, restaruração de guarda-corpo, lim peza e conserto de piso.)
Classificação de Risco: Significante
Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas ( Adotar procedim entos escritos de circulação com segurança)
Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 3 0
ISO 14122-3:2001(E)
7.2 Guard-rails of stairs and step ladders
Dimensionsinmillimetres
Figure 6 — Example of a stair guard-rail and its continuation to the horizontal guard-rail
7.2.1 Astairshallhaveatleastonehandrail.Ifthestairwidthisgreaterorequalto1200mm,thereshallbetwo
handrails.Stepladdersshallalwayshavetwohandrails.
7.2.2 Aguard-railshallbefittedwhenevertheheighttoclimbexceeds500mm,andwhenthereisalateral
spaceadjacenttothestringwhichisgreaterthan200mm,inordertoprovideprotectiononthesideofthestair
wherethisgapexists.
7.2.3 Theverticalheightofthehandrailonastairshallbebetween900mmand1000mmabovethenosingon
thestepoftheflightandbeaminimumof1100mmabovethewalkinglevelonthelanding.Theshapeofthe
handrailshouldhaveadiameterbetween25mmto50mmoranequivalentsection,toprovideagoodgripforthe
hand.
ISO 14122-3:2001(E)
8 ©ISO2001–Allrightsreserved
7.1.7 Atoe-platewithaminimumupstandof100mmshallbeplaced10mmmaximumfromthewalkinglevel
andtheedgeoftheplatform(seefigure4).
7.1.8 Thedistancebetweentheaxesofthestanchionsispreferredtobelimitedto1500mm.But,ifthis
distanceisexceeded,specificattentionshallbepaidtothestanchionanchoringstrengthandthefixingdevices.
Dimensionsinmillimetres
Figure 5 — Clear space between two gard rail segments
7.1.9 Inthecaseofaninterruptedhandrail,topreventhandtrapstheclearspacebetweenthetwosegments
shouldnotbelessthan75mmandnotgreaterthan120mm(seefigure5).Ifthereisalargeropening,aself
closinggateshallbeused.
7.1.10 Whereaccessthroughtheguardrailisrequired,aself-closinggateshallbeused.Agateshallhavethe
handrailandkneerailpositionedatthesamelevelasthatoftheguard-railthatitextendsto(forexitsectionofthe
ladder,seeprENISO14122-4:1996).
Anygatesshallbeself-closingandshallbedesignedtoopenontotheplatformorfloorandtocloseagainstafirm
stoptopreventuserspushingagainstthemandfallingthroughtheopening.Gatesshallbesubjecttothesame
loadingcriteriaasguard-rails.
7.1.11 Theendsofthehandrailshallbedesignedinsuchamannerastoeliminateanyriskofharmcausedby
sharpedgesoftheproductorbycatchingoftheuser'sclothing.
LicensedtoASTB-AssessoriaemSegurancadoTrabalhoLtda/JoaoBaptistaBeckPinto
ANSIStoreorder#X338068Downloaded:3/20/20075:56:56PMET
Singleuserlicenseonly.Copyingandnetworkingprohibited.
ISO 14122-3:2001(E)
6.5 Onthesingleflight,theriseshallbeconstantwhereverpossible.Inthecasewhereitisnotpossibleto
maintaintheheightoftherisebetweenthelevelofdepartureandthefirststep,itmaybereducedbyamaximum
of15%.Ifitisjustified,itmaybeincreased,forexampleinthecaseofcertainmobilemachines.
6.6 Headroom,e,shallbe2300mmminimum.
6.7 Clearance,c,shallbe850mmminimum.
6.8 Theclimbingheight,H,ofasingleflightshallnotexceed3000mm.
NOTE Formulti-flights,additionalsafetymeasuresshouldbeconsidered.
7 Safety requirements applicable to guard-rails
7.1 Horizontal guard-rails
Dimensionsinmillimetres
1Upstand
Figure 4 — Example of a horizontal guard-rail
200
ISO 14122-1:2001(E)
Recommended
Key
A Ramp,Arecommended
B Rampwithenhancedslipresistance
C Stair
D Stair,Drecommended
E Stair
F Stepladder
GStepladder
AÇÃO 3
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
PROJETO PILOTO
RISCO ANTES: 600
ACÃO 3:
RECOMENDAÇÕES:
ADEQUAR ESCADAS
ADEQUAR GUARDA-CORPO
ELIMINARPONTOS DE QUEDA
RISCO DEPOIS: 30
95%
REDUÇÃO
DO
RISCO
Elaborado por: Leonardo A. do Nascimento Gerência: Redução Análise de Risco Piloto
Data: 02/10/13 Área: Sinterizações Estudo de Caso
Máquina: Transportador de Correia MP114 Célula: Produção de Sinter 1 Proposta de Solução
Valor do Risco Atual - HRN - Situação da m áquina durante a inspessão Descrição do Problem a
Valor do Risco Projetado - HRN - Após im plem entação de segurança Descrição da Solução Proposta
Gerdau Ouro Branco - NR12
Perigo(s) Identificado(s): *Impacto;
SI TUAÇÃO ATUAL
Probabilidade de exposição ( PE) 10 - Muito provável 5. Risco de queda devido aos m eios de acesso não atenderem aos requisitos da norm a.
Frequência de exposição ( FE) 4 - Em termos de hora 6. Presença de m aterial no piso da plataform a que pode caiusar tropeço.
Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade
Probabilidade de exposição ( PE) 0,5 - Altamente Improvável I ntens 1 + 2 + 3 + 4
Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas
Possibilidade de Prevenção ( PP) 5 - Impossível
Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 6 0 0 Nível de I ntegridade do Sistem a Requerido: SI L 3
Classificação de Risco: Extrem o
SI TUAÇÃO PROPOSTA
Frequência de exposição ( FE) 4 - Em termos de hora 5. Adequação dos Meios de Acesso
Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade ( Reconstrução de escadas, restaruração de guarda-corpo, lim peza e conserto de piso.)
Classificação de Risco: Significante
Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas ( Adotar procedim entos escritos de circulação com segurança)
Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 3 0
ISO 14122-3:2001(E)
7.2 Guard-rails of stairs and step ladders
Dimensionsinmillimetres
Figure 6 — Example of a stair guard-rail and its continuation to the horizontal guard-rail
7.2.1 Astairshallhaveatleastonehandrail.Ifthestairwidthisgreaterorequalto1200mm,thereshallbetwo
handrails.Stepladdersshallalwayshavetwohandrails.
7.2.2 Aguard-railshallbefittedwhenevertheheighttoclimbexceeds500mm,andwhenthereisalateral
spaceadjacenttothestringwhichisgreaterthan200mm,inordertoprovideprotectiononthesideofthestair
wherethisgapexists.
7.2.3 Theverticalheightofthehandrailonastairshallbebetween900mmand1000mmabovethenosingon
thestepoftheflightandbeaminimumof1100mmabovethewalkinglevelonthelanding.Theshapeofthe
handrailshouldhaveadiameterbetween25mmto50mmoranequivalentsection,toprovideagoodgripforthe
hand.
ISO 14122-3:2001(E)
8 ©ISO2001–Allrightsreserved
7.1.7 Atoe-platewithaminimumupstandof100mmshallbeplaced10mmmaximumfromthewalkinglevel
andtheedgeoftheplatform(seefigure4).
7.1.8 Thedistancebetweentheaxesofthestanchionsispreferredtobelimitedto1500mm.But,ifthis
distanceisexceeded,specificattentionshallbepaidtothestanchionanchoringstrengthandthefixingdevices.
Dimensionsinmillimetres
Figure 5 — Clear space between two gard rail segments
7.1.9 Inthecaseofaninterruptedhandrail,topreventhandtrapstheclearspacebetweenthetwosegments
shouldnotbelessthan75mmandnotgreaterthan120mm(seefigure5).Ifthereisalargeropening,aself
closinggateshallbeused.
7.1.10 Whereaccessthroughtheguardrailisrequired,aself-closinggateshallbeused.Agateshallhavethe
handrailandkneerailpositionedatthesamelevelasthatoftheguard-railthatitextendsto(forexitsectionofthe
ladder,seeprENISO14122-4:1996).
Anygatesshallbeself-closingandshallbedesignedtoopenontotheplatformorfloorandtocloseagainstafirm
stoptopreventuserspushingagainstthemandfallingthroughtheopening.Gatesshallbesubjecttothesame
loadingcriteriaasguard-rails.
7.1.11 Theendsofthehandrailshallbedesignedinsuchamannerastoeliminateanyriskofharmcausedby
sharpedgesoftheproductorbycatchingoftheuser'sclothing.
LicensedtoASTB-AssessoriaemSegurancadoTrabalhoLtda/JoaoBaptistaBeckPinto
ANSIStoreorder#X338068Downloaded:3/20/20075:56:56PMET
Singleuserlicenseonly.Copyingandnetworkingprohibited.
ISO 14122-3:2001(E)
6.5 Onthesingleflight,theriseshallbeconstantwhereverpossible.Inthecasewhereitisnotpossibleto
maintaintheheightoftherisebetweenthelevelofdepartureandthefirststep,itmaybereducedbyamaximum
of15%.Ifitisjustified,itmaybeincreased,forexampleinthecaseofcertainmobilemachines.
6.6 Headroom,e,shallbe2300mmminimum.
6.7 Clearance,c,shallbe850mmminimum.
6.8 Theclimbingheight,H,ofasingleflightshallnotexceed3000mm.
NOTE Formulti-flights,additionalsafetymeasuresshouldbeconsidered.
7 Safety requirements applicable to guard-rails
7.1 Horizontal guard-rails
Dimensionsinmillimetres
1Upstand
Figure 4 — Example of a horizontal guard-rail
7.1.1 Aguard-railshallbeinstalledneartothedangerousareaswherethereisariskofsinkingorofpassage
through(forexample,walkwayaccessestoanextractoronaroof).
200
ISO 14122-1:2001(E)
Recommended
Key
A Ramp,Arecommended
B Rampwithenhancedslipresistance
C Stair
D Stair,Drecommended
E Stair
F Stepladder
GStepladder
H Ladder,Hrecommended
Figure 5 — Range of the various means of access
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
ATENDIMENTO/ADERÊNCIA DA NORMA NR12:
PROTEÇÕES FÍSICAS
PROTEÇÕES DE TRANSMISSÕES
SISTEMA DE EMERGÊNCIA
RESET MANUAL
BLOQUEIO E CONTROLE DE ACESSO
MEIOS DE ACESSO
INTERFACE DE SEGURANÇA
REDUNDÂNCIA
75%
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
CONCLUSÕES:
É POSSÍVEL IMPLANTAR SEGURANÇA DE MÁQUINAS POR FASES;
É MAIS PRUDENTE APLICAR PARCIALMENTE A SEGURANÇAEM VÁRIAS MÁQUINAS;
IMPLANTAR SEGURANÇA POR FASES PERMITE IDENTIFICAR GAPS;
O PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO POR FASES DEIXA UM LEGADO DE CONHECIMENTO;
O CONHECIMENTO DO PROCESSO É FUNDAMENTAL PARA EVITAR PERDAS;
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Sempre é necessário muitos
equipamentos caros para adequar
as máquinas à normativa?
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Problema, 349 consoles de bi-manual inadequadas
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Console Instalação Total
Unitário R$ 989 R$ 350 R$ 1.339
Total R$ 345.161 R$ 122.150 R$ 367.311
Estratégia tradicional para atendimento da norma
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
Serralheria Instalação Total
Unitário R$ 45 R$ 120 R$ 165
Total R$ 15.705 R$ 41.880 R$ 57.585
Estatégia inteligente para atendimento da norma
www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177
LEONARDO A. DO NASCIMENTO
Fone: +55 51 3439-2687
payback@payback.net.br
www.payback.net.br
Obrigado!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

NR12
NR12 NR12
Check list - veículos - máquinas - equipamentos
Check list - veículos - máquinas - equipamentosCheck list - veículos - máquinas - equipamentos
Check list - veículos - máquinas - equipamentos
Universidade Federal Fluminense
 
NR 34- mod 01.pptx
NR 34- mod 01.pptxNR 34- mod 01.pptx
NR 34- mod 01.pptx
GilbertoNeves13
 
Check list inspecao segurança
Check list  inspecao segurançaCheck list  inspecao segurança
Check list inspecao segurança
Tatyqueyroz
 
Check List de Emergência - Botoeiras e Central do Alarme de Incêndio
Check List de Emergência - Botoeiras e Central do Alarme de IncêndioCheck List de Emergência - Botoeiras e Central do Alarme de Incêndio
Check List de Emergência - Botoeiras e Central do Alarme de Incêndio
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
Nr1 disposições gerais
Nr1  disposições geraisNr1  disposições gerais
Nr1 disposições gerais
Mauricio De Oliveira Silva
 
NBR 14628
NBR 14628 NBR 14628
NBR 14628
Ane Costa
 
Treinamento nr 12
Treinamento nr 12Treinamento nr 12
Treinamento nr 12
Alexandre Bastos
 
Treinamento NR-12- 2023.pptx
Treinamento NR-12- 2023.pptxTreinamento NR-12- 2023.pptx
Treinamento NR-12- 2023.pptx
Antonio Bezerra
 
Nr 12 - Principais tópicos
Nr 12 - Principais tópicosNr 12 - Principais tópicos
Nr 12 - Principais tópicos
CIESP Oeste
 
Treinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptxTreinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptx
breno90
 
Check List Escadas
Check List EscadasCheck List Escadas
Check List Escadas
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
Nr12 2
Nr12 2Nr12 2
Nr12 2
Rosali Bispo
 
Nr 12 Maquinas e Equipamento Resumo
Nr 12 Maquinas e Equipamento ResumoNr 12 Maquinas e Equipamento Resumo
Nr 12 Maquinas e Equipamento Resumo
Mariana Lima
 
NR 12 - Máquinas e Equipamentos
NR 12 - Máquinas e EquipamentosNR 12 - Máquinas e Equipamentos
NR 12 - Máquinas e Equipamentos
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
TREINAMENTO NR 12 - 2021.pptx
TREINAMENTO NR 12 - 2021.pptxTREINAMENTO NR 12 - 2021.pptx
TREINAMENTO NR 12 - 2021.pptx
breno90
 
Chek list transpaleteira
Chek list transpaleteiraChek list transpaleteira
Chek list transpaleteira
Joelma Pereira
 
Lista de verificação quinzenal de Segurança, Meio Ambiente e Saúde
Lista de verificação quinzenal de Segurança, Meio Ambiente e SaúdeLista de verificação quinzenal de Segurança, Meio Ambiente e Saúde
Lista de verificação quinzenal de Segurança, Meio Ambiente e Saúde
Universidade Federal Fluminense
 
Apresentação nr 12 reciclagem
Apresentação nr 12 reciclagemApresentação nr 12 reciclagem
Apresentação nr 12 reciclagem
Rerisson Cristiano R Rodrigues
 
Parte 1-nova-nr-12-roque
Parte 1-nova-nr-12-roqueParte 1-nova-nr-12-roque
Parte 1-nova-nr-12-roque
Pedro William
 

Mais procurados (20)

NR12
NR12 NR12
NR12
 
Check list - veículos - máquinas - equipamentos
Check list - veículos - máquinas - equipamentosCheck list - veículos - máquinas - equipamentos
Check list - veículos - máquinas - equipamentos
 
NR 34- mod 01.pptx
NR 34- mod 01.pptxNR 34- mod 01.pptx
NR 34- mod 01.pptx
 
Check list inspecao segurança
Check list  inspecao segurançaCheck list  inspecao segurança
Check list inspecao segurança
 
Check List de Emergência - Botoeiras e Central do Alarme de Incêndio
Check List de Emergência - Botoeiras e Central do Alarme de IncêndioCheck List de Emergência - Botoeiras e Central do Alarme de Incêndio
Check List de Emergência - Botoeiras e Central do Alarme de Incêndio
 
Nr1 disposições gerais
Nr1  disposições geraisNr1  disposições gerais
Nr1 disposições gerais
 
NBR 14628
NBR 14628 NBR 14628
NBR 14628
 
Treinamento nr 12
Treinamento nr 12Treinamento nr 12
Treinamento nr 12
 
Treinamento NR-12- 2023.pptx
Treinamento NR-12- 2023.pptxTreinamento NR-12- 2023.pptx
Treinamento NR-12- 2023.pptx
 
Nr 12 - Principais tópicos
Nr 12 - Principais tópicosNr 12 - Principais tópicos
Nr 12 - Principais tópicos
 
Treinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptxTreinamento NR 12.pptx
Treinamento NR 12.pptx
 
Check List Escadas
Check List EscadasCheck List Escadas
Check List Escadas
 
Nr12 2
Nr12 2Nr12 2
Nr12 2
 
Nr 12 Maquinas e Equipamento Resumo
Nr 12 Maquinas e Equipamento ResumoNr 12 Maquinas e Equipamento Resumo
Nr 12 Maquinas e Equipamento Resumo
 
NR 12 - Máquinas e Equipamentos
NR 12 - Máquinas e EquipamentosNR 12 - Máquinas e Equipamentos
NR 12 - Máquinas e Equipamentos
 
TREINAMENTO NR 12 - 2021.pptx
TREINAMENTO NR 12 - 2021.pptxTREINAMENTO NR 12 - 2021.pptx
TREINAMENTO NR 12 - 2021.pptx
 
Chek list transpaleteira
Chek list transpaleteiraChek list transpaleteira
Chek list transpaleteira
 
Lista de verificação quinzenal de Segurança, Meio Ambiente e Saúde
Lista de verificação quinzenal de Segurança, Meio Ambiente e SaúdeLista de verificação quinzenal de Segurança, Meio Ambiente e Saúde
Lista de verificação quinzenal de Segurança, Meio Ambiente e Saúde
 
Apresentação nr 12 reciclagem
Apresentação nr 12 reciclagemApresentação nr 12 reciclagem
Apresentação nr 12 reciclagem
 
Parte 1-nova-nr-12-roque
Parte 1-nova-nr-12-roqueParte 1-nova-nr-12-roque
Parte 1-nova-nr-12-roque
 

Destaque

Nr12 - Brazilian Regulation
Nr12 - Brazilian RegulationNr12 - Brazilian Regulation
Nr12 - Brazilian Regulation
Advantage Automação
 
Manual de-instrucoes-da-nr-12
Manual de-instrucoes-da-nr-12Manual de-instrucoes-da-nr-12
Manual de-instrucoes-da-nr-12
Roberto Rivelino Moura Barroso
 
Máquinas e equipamentos
Máquinas e equipamentosMáquinas e equipamentos
Máquinas e equipamentos
Mauricio Cesar Soares
 
NR 12 Comentada - Segurança no Trabalho em Maquinas e Equipamentos.
NR 12 Comentada - Segurança no Trabalho em Maquinas e Equipamentos.NR 12 Comentada - Segurança no Trabalho em Maquinas e Equipamentos.
NR 12 Comentada - Segurança no Trabalho em Maquinas e Equipamentos.
prevencaonline
 
O Princípio da Precaução no uso de indicadores de riscos químicos ambientais ...
O Princípio da Precaução no uso de indicadores de riscos químicos ambientais ...O Princípio da Precaução no uso de indicadores de riscos químicos ambientais ...
O Princípio da Precaução no uso de indicadores de riscos químicos ambientais ...
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Alerta de Loto de Máquinas e Equipamentos
Alerta de Loto de Máquinas e EquipamentosAlerta de Loto de Máquinas e Equipamentos
Alerta de Loto de Máquinas e Equipamentos
IZAIAS DE SOUZA AGUIAR
 
SojaPlusUFV_Capacitação5_PrimeiraFase_2016.06.16
SojaPlusUFV_Capacitação5_PrimeiraFase_2016.06.16SojaPlusUFV_Capacitação5_PrimeiraFase_2016.06.16
SojaPlusUFV_Capacitação5_PrimeiraFase_2016.06.16
equipeagroplus
 
Barreiras de segurança cat4
Barreiras de segurança cat4Barreiras de segurança cat4
Barreiras de segurança cat4
Cristiano Silva
 
Estudo de analise das causas
Estudo de analise das causasEstudo de analise das causas
Estudo de analise das causas
Ivo Paulino Azevedo
 
Apreciação de Riscos
Apreciação de RiscosApreciação de Riscos
Apreciação de Riscos
Fernando Souza Rocker
 
Chris Goodson CV
Chris Goodson CVChris Goodson CV
Chris Goodson CV
Chris Goodson
 
Nieuwsbrief nr12 1617
Nieuwsbrief nr12 1617Nieuwsbrief nr12 1617
Nieuwsbrief nr12 1617
Zernike College / Harens Lyceum
 
Seguranca maquinascalçados
Seguranca maquinascalçadosSeguranca maquinascalçados
Seguranca maquinascalçados
Nilson Alves Santos
 
Adequação a norma nr12
Adequação a norma nr12Adequação a norma nr12
Adequação a norma nr12
Fernando Dias
 
Nr 12 (anexo i)
Nr 12 (anexo i)Nr 12 (anexo i)
Nr 12 (anexo i)
JAIME NOVOA
 
Apresentacao Safety Control
Apresentacao Safety ControlApresentacao Safety Control
Apresentacao Safety Control
safetycontrol
 
Nbr16329 betoneiras estacionárias - requisitos de segurança
Nbr16329   betoneiras estacionárias - requisitos de segurançaNbr16329   betoneiras estacionárias - requisitos de segurança
Nbr16329 betoneiras estacionárias - requisitos de segurança
Rodrigo Trevizan
 
Acid maq
Acid maqAcid maq
Hidráulico x mecânico
Hidráulico x mecânicoHidráulico x mecânico
Hidráulico x mecânico
2e4Rodas
 
NR 12
NR 12NR 12

Destaque (20)

Nr12 - Brazilian Regulation
Nr12 - Brazilian RegulationNr12 - Brazilian Regulation
Nr12 - Brazilian Regulation
 
Manual de-instrucoes-da-nr-12
Manual de-instrucoes-da-nr-12Manual de-instrucoes-da-nr-12
Manual de-instrucoes-da-nr-12
 
Máquinas e equipamentos
Máquinas e equipamentosMáquinas e equipamentos
Máquinas e equipamentos
 
NR 12 Comentada - Segurança no Trabalho em Maquinas e Equipamentos.
NR 12 Comentada - Segurança no Trabalho em Maquinas e Equipamentos.NR 12 Comentada - Segurança no Trabalho em Maquinas e Equipamentos.
NR 12 Comentada - Segurança no Trabalho em Maquinas e Equipamentos.
 
O Princípio da Precaução no uso de indicadores de riscos químicos ambientais ...
O Princípio da Precaução no uso de indicadores de riscos químicos ambientais ...O Princípio da Precaução no uso de indicadores de riscos químicos ambientais ...
O Princípio da Precaução no uso de indicadores de riscos químicos ambientais ...
 
Alerta de Loto de Máquinas e Equipamentos
Alerta de Loto de Máquinas e EquipamentosAlerta de Loto de Máquinas e Equipamentos
Alerta de Loto de Máquinas e Equipamentos
 
SojaPlusUFV_Capacitação5_PrimeiraFase_2016.06.16
SojaPlusUFV_Capacitação5_PrimeiraFase_2016.06.16SojaPlusUFV_Capacitação5_PrimeiraFase_2016.06.16
SojaPlusUFV_Capacitação5_PrimeiraFase_2016.06.16
 
Barreiras de segurança cat4
Barreiras de segurança cat4Barreiras de segurança cat4
Barreiras de segurança cat4
 
Estudo de analise das causas
Estudo de analise das causasEstudo de analise das causas
Estudo de analise das causas
 
Apreciação de Riscos
Apreciação de RiscosApreciação de Riscos
Apreciação de Riscos
 
Chris Goodson CV
Chris Goodson CVChris Goodson CV
Chris Goodson CV
 
Nieuwsbrief nr12 1617
Nieuwsbrief nr12 1617Nieuwsbrief nr12 1617
Nieuwsbrief nr12 1617
 
Seguranca maquinascalçados
Seguranca maquinascalçadosSeguranca maquinascalçados
Seguranca maquinascalçados
 
Adequação a norma nr12
Adequação a norma nr12Adequação a norma nr12
Adequação a norma nr12
 
Nr 12 (anexo i)
Nr 12 (anexo i)Nr 12 (anexo i)
Nr 12 (anexo i)
 
Apresentacao Safety Control
Apresentacao Safety ControlApresentacao Safety Control
Apresentacao Safety Control
 
Nbr16329 betoneiras estacionárias - requisitos de segurança
Nbr16329   betoneiras estacionárias - requisitos de segurançaNbr16329   betoneiras estacionárias - requisitos de segurança
Nbr16329 betoneiras estacionárias - requisitos de segurança
 
Acid maq
Acid maqAcid maq
Acid maq
 
Hidráulico x mecânico
Hidráulico x mecânicoHidráulico x mecânico
Hidráulico x mecânico
 
NR 12
NR 12NR 12
NR 12
 

Semelhante a Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento

NR12 - Guia de Prevenção de Acidentes no Uso de Máquinas e Equipamentos - 12 ...
NR12 - Guia de Prevenção de Acidentes no Uso de Máquinas e Equipamentos - 12 ...NR12 - Guia de Prevenção de Acidentes no Uso de Máquinas e Equipamentos - 12 ...
NR12 - Guia de Prevenção de Acidentes no Uso de Máquinas e Equipamentos - 12 ...
DaianeGamaranoDaiane
 
Gestão de Consequências.ppt
Gestão de Consequências.pptGestão de Consequências.ppt
Gestão de Consequências.ppt
Neil Oliveira
 
Apresentacao nr12
Apresentacao nr12Apresentacao nr12
Apresentacao nr12
Paulo Roberto Rocha Lobo
 
palestra NR 12.ppt
palestra NR 12.pptpalestra NR 12.ppt
palestra NR 12.ppt
Brasilio da Silva
 
Workshopnovembro 2013
Workshopnovembro 2013Workshopnovembro 2013
Workshopnovembro 2013
Brasilio da Silva
 
Laudo nr 12 conformidade
Laudo nr 12  conformidadeLaudo nr 12  conformidade
Laudo nr 12 conformidade
Elvis Alves Pinto
 
NR 12.pdf
NR 12.pdfNR 12.pdf
Apresentação NR12 MB CONSULTORIA.pptx
Apresentação NR12 MB CONSULTORIA.pptxApresentação NR12 MB CONSULTORIA.pptx
Apresentação NR12 MB CONSULTORIA.pptx
MarcoAntonio825479
 
apresentacao-nr12-140606044231-phpapp02.pdf
apresentacao-nr12-140606044231-phpapp02.pdfapresentacao-nr12-140606044231-phpapp02.pdf
apresentacao-nr12-140606044231-phpapp02.pdf
ErnanePinheiro2
 
GESTÃO DE IMPLANTAÇÃO E MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DE SEGURANÇA EM MÁQUINAS E EQU...
GESTÃO DE IMPLANTAÇÃO E MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DE SEGURANÇA EM MÁQUINAS E EQU...GESTÃO DE IMPLANTAÇÃO E MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DE SEGURANÇA EM MÁQUINAS E EQU...
GESTÃO DE IMPLANTAÇÃO E MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DE SEGURANÇA EM MÁQUINAS E EQU...
Luis Gomes
 
Nr 12 __parte_1_
Nr 12 __parte_1_Nr 12 __parte_1_
Nr 12 __parte_1_
Cerejo Brasil
 
Laudo Técnico Apreciação Riscos Souza Cruz Encaixotadora.pdf
Laudo Técnico Apreciação Riscos Souza Cruz Encaixotadora.pdfLaudo Técnico Apreciação Riscos Souza Cruz Encaixotadora.pdf
Laudo Técnico Apreciação Riscos Souza Cruz Encaixotadora.pdf
AlexSouza162005
 
Workshop NR 12 FIESP - outubro 2013
Workshop NR 12 FIESP - outubro 2013Workshop NR 12 FIESP - outubro 2013
Workshop NR 12 FIESP - outubro 2013
CIESP Oeste
 
Apresentacao nr121
Apresentacao nr121Apresentacao nr121
Apresentacao nr121
Luciano Bürgel de Castro
 
Apresentação-Facecontrol-NR12 [Repaired].pptx
Apresentação-Facecontrol-NR12 [Repaired].pptxApresentação-Facecontrol-NR12 [Repaired].pptx
Apresentação-Facecontrol-NR12 [Repaired].pptx
DanielOliveira513125
 
Ciesp nr 12
Ciesp nr 12Ciesp nr 12
Ciesp nr 12
Manoel Benedito
 
NR 12 comentada.pdf
NR 12 comentada.pdfNR 12 comentada.pdf
NR 12 comentada.pdf
CceroOliveira17
 
Ciesp nr 12
Ciesp nr 12Ciesp nr 12
Ciesp nr 12
Ndrummond
 
Prontuario-NR-12.pdf
Prontuario-NR-12.pdfProntuario-NR-12.pdf
Prontuario-NR-12.pdf
Sinésio Silgueiro
 
ANÁLISE DE ADEQUAÇÃO DE UMA PRENSA EXTRUSORA À NORMA REGULAMENTADORA
ANÁLISE DE ADEQUAÇÃO DE UMA PRENSA EXTRUSORA À NORMA REGULAMENTADORAANÁLISE DE ADEQUAÇÃO DE UMA PRENSA EXTRUSORA À NORMA REGULAMENTADORA
ANÁLISE DE ADEQUAÇÃO DE UMA PRENSA EXTRUSORA À NORMA REGULAMENTADORA
Wesley Vieira dos Santos
 

Semelhante a Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento (20)

NR12 - Guia de Prevenção de Acidentes no Uso de Máquinas e Equipamentos - 12 ...
NR12 - Guia de Prevenção de Acidentes no Uso de Máquinas e Equipamentos - 12 ...NR12 - Guia de Prevenção de Acidentes no Uso de Máquinas e Equipamentos - 12 ...
NR12 - Guia de Prevenção de Acidentes no Uso de Máquinas e Equipamentos - 12 ...
 
Gestão de Consequências.ppt
Gestão de Consequências.pptGestão de Consequências.ppt
Gestão de Consequências.ppt
 
Apresentacao nr12
Apresentacao nr12Apresentacao nr12
Apresentacao nr12
 
palestra NR 12.ppt
palestra NR 12.pptpalestra NR 12.ppt
palestra NR 12.ppt
 
Workshopnovembro 2013
Workshopnovembro 2013Workshopnovembro 2013
Workshopnovembro 2013
 
Laudo nr 12 conformidade
Laudo nr 12  conformidadeLaudo nr 12  conformidade
Laudo nr 12 conformidade
 
NR 12.pdf
NR 12.pdfNR 12.pdf
NR 12.pdf
 
Apresentação NR12 MB CONSULTORIA.pptx
Apresentação NR12 MB CONSULTORIA.pptxApresentação NR12 MB CONSULTORIA.pptx
Apresentação NR12 MB CONSULTORIA.pptx
 
apresentacao-nr12-140606044231-phpapp02.pdf
apresentacao-nr12-140606044231-phpapp02.pdfapresentacao-nr12-140606044231-phpapp02.pdf
apresentacao-nr12-140606044231-phpapp02.pdf
 
GESTÃO DE IMPLANTAÇÃO E MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DE SEGURANÇA EM MÁQUINAS E EQU...
GESTÃO DE IMPLANTAÇÃO E MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DE SEGURANÇA EM MÁQUINAS E EQU...GESTÃO DE IMPLANTAÇÃO E MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DE SEGURANÇA EM MÁQUINAS E EQU...
GESTÃO DE IMPLANTAÇÃO E MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DE SEGURANÇA EM MÁQUINAS E EQU...
 
Nr 12 __parte_1_
Nr 12 __parte_1_Nr 12 __parte_1_
Nr 12 __parte_1_
 
Laudo Técnico Apreciação Riscos Souza Cruz Encaixotadora.pdf
Laudo Técnico Apreciação Riscos Souza Cruz Encaixotadora.pdfLaudo Técnico Apreciação Riscos Souza Cruz Encaixotadora.pdf
Laudo Técnico Apreciação Riscos Souza Cruz Encaixotadora.pdf
 
Workshop NR 12 FIESP - outubro 2013
Workshop NR 12 FIESP - outubro 2013Workshop NR 12 FIESP - outubro 2013
Workshop NR 12 FIESP - outubro 2013
 
Apresentacao nr121
Apresentacao nr121Apresentacao nr121
Apresentacao nr121
 
Apresentação-Facecontrol-NR12 [Repaired].pptx
Apresentação-Facecontrol-NR12 [Repaired].pptxApresentação-Facecontrol-NR12 [Repaired].pptx
Apresentação-Facecontrol-NR12 [Repaired].pptx
 
Ciesp nr 12
Ciesp nr 12Ciesp nr 12
Ciesp nr 12
 
NR 12 comentada.pdf
NR 12 comentada.pdfNR 12 comentada.pdf
NR 12 comentada.pdf
 
Ciesp nr 12
Ciesp nr 12Ciesp nr 12
Ciesp nr 12
 
Prontuario-NR-12.pdf
Prontuario-NR-12.pdfProntuario-NR-12.pdf
Prontuario-NR-12.pdf
 
ANÁLISE DE ADEQUAÇÃO DE UMA PRENSA EXTRUSORA À NORMA REGULAMENTADORA
ANÁLISE DE ADEQUAÇÃO DE UMA PRENSA EXTRUSORA À NORMA REGULAMENTADORAANÁLISE DE ADEQUAÇÃO DE UMA PRENSA EXTRUSORA À NORMA REGULAMENTADORA
ANÁLISE DE ADEQUAÇÃO DE UMA PRENSA EXTRUSORA À NORMA REGULAMENTADORA
 

Mais de Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta

Epis de raspa e vaqueta
Epis de raspa e vaqueta Epis de raspa e vaqueta
Epis de raspa e vaqueta
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
CIPA SEM MISTÉRIO
CIPA SEM MISTÉRIO CIPA SEM MISTÉRIO
CIPA SEM MISTÉRIO
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Produtos e códigos zanel
Produtos e códigos zanel Produtos e códigos zanel
Produtos e códigos zanel
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPISPESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Check list nr 17 - ergonomia
Check list    nr 17 - ergonomiaCheck list    nr 17 - ergonomia
Check list nr 17 - ergonomia
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Manual de produtos perigosos
Manual de produtos perigososManual de produtos perigosos
Manual de produtos perigosos
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Nr 35 trabalho em altura
Nr 35 trabalho em alturaNr 35 trabalho em altura
Nr 35 trabalho em altura
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Manual residuos solidos
Manual residuos solidosManual residuos solidos
Manual residuos solidos
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Manual bkl para_andaime_suspenso
Manual bkl para_andaime_suspensoManual bkl para_andaime_suspenso
Manual bkl para_andaime_suspenso
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Empilhadeira
Empilhadeira Empilhadeira
Cp nr 35 trabalho em altura
Cp nr 35 trabalho em alturaCp nr 35 trabalho em altura
Cp nr 35 trabalho em altura
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Acidentes com multiplas vitimas
Acidentes com multiplas vitimasAcidentes com multiplas vitimas
Acidentes com multiplas vitimas
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
15 dicas que voce precisa saber sobre linha
15 dicas que voce precisa saber sobre linha15 dicas que voce precisa saber sobre linha
15 dicas que voce precisa saber sobre linha
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Organizando uma SIPAT de sucesso
Organizando uma SIPAT de sucessoOrganizando uma SIPAT de sucesso
Organizando uma SIPAT de sucesso
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Nr4
Nr4Nr4
Check list andaime
Check list   andaimeCheck list   andaime
Check list andaime
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Conceitos Vias Aereas
Conceitos Vias AereasConceitos Vias Aereas
Conceitos Vias Aereas
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 
Nr 20 Treinamento
Nr 20   Treinamento Nr 20   Treinamento
Nr 20 Treinamento
Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta
 

Mais de Zanel EPIs de Raspa e Vaqueta (20)

Epis de raspa e vaqueta
Epis de raspa e vaqueta Epis de raspa e vaqueta
Epis de raspa e vaqueta
 
CIPA SEM MISTÉRIO
CIPA SEM MISTÉRIO CIPA SEM MISTÉRIO
CIPA SEM MISTÉRIO
 
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
Zanel, marca em destaque em alguns EPIs de raspa e vaqueta.
 
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
Baixe este Poster, imprima e cole onde você quiser. Tamanhos A4 e A3.
 
Produtos e códigos zanel
Produtos e códigos zanel Produtos e códigos zanel
Produtos e códigos zanel
 
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPISPESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
PESQUISA DE MERCADO PARA REVENDAS E DISTRIBUIDORAS DE EPIS
 
Check list nr 17 - ergonomia
Check list    nr 17 - ergonomiaCheck list    nr 17 - ergonomia
Check list nr 17 - ergonomia
 
Manual de produtos perigosos
Manual de produtos perigososManual de produtos perigosos
Manual de produtos perigosos
 
Nr 35 trabalho em altura
Nr 35 trabalho em alturaNr 35 trabalho em altura
Nr 35 trabalho em altura
 
Manual residuos solidos
Manual residuos solidosManual residuos solidos
Manual residuos solidos
 
Manual bkl para_andaime_suspenso
Manual bkl para_andaime_suspensoManual bkl para_andaime_suspenso
Manual bkl para_andaime_suspenso
 
Empilhadeira
Empilhadeira Empilhadeira
Empilhadeira
 
Cp nr 35 trabalho em altura
Cp nr 35 trabalho em alturaCp nr 35 trabalho em altura
Cp nr 35 trabalho em altura
 
Acidentes com multiplas vitimas
Acidentes com multiplas vitimasAcidentes com multiplas vitimas
Acidentes com multiplas vitimas
 
15 dicas que voce precisa saber sobre linha
15 dicas que voce precisa saber sobre linha15 dicas que voce precisa saber sobre linha
15 dicas que voce precisa saber sobre linha
 
Organizando uma SIPAT de sucesso
Organizando uma SIPAT de sucessoOrganizando uma SIPAT de sucesso
Organizando uma SIPAT de sucesso
 
Nr4
Nr4Nr4
Nr4
 
Check list andaime
Check list   andaimeCheck list   andaime
Check list andaime
 
Conceitos Vias Aereas
Conceitos Vias AereasConceitos Vias Aereas
Conceitos Vias Aereas
 
Nr 20 Treinamento
Nr 20   Treinamento Nr 20   Treinamento
Nr 20 Treinamento
 

Palestra nr12 trefilacao_2013_leonardo_nascimento

  • 1. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 LEONARDO ANDRADE DO NASCIMENTO DIRETOR COMERCIAL DA PAYBACKENGENHARIA CONSULTOR EMSEGURANÇA DE MÁQUINAS DESDE 2002
  • 2. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177  GERENCIAMENTO E IMPLANTAÇÃO DA NR12  ANÁLISE DE RISCO  PROJETOS DE SEGURANÇA  DIAGNÓSTICO E AUDITORIAS  ASSESSORIA PARA ADEQUAÇÃO E DESINTERDIÇÃO  TREINAMENTOS Engenharia e Consultoria em NR12 MATRIZ: CACHOERINHA – RS UNIDADE DE SERVIÇOS 1 CONTAGEM – MG UNIDADE DE SERVIÇOS 2 OURO BRANCO - MG ATUAÇÃO
  • 3. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Alguns Clientes
  • 4. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 É uma Norma Regulamentadora (NR) :  Possuem força de lei;  De caráter fiscalizatório: utilizadas pelos fiscais do trabalho para Inspecionar e autuar empresas;  Elaborada por Comissão Tripartite; Sobre a
  • 5. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Histórico 1978 2010 40 Artigos 300 Artigos
  • 6. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Quais objetivos da NR12?  Trazer informações sobre boas práticas em segurança de máquinas; 
  • 7. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Quais objetivos da NR12?  Nova geração de máquinas com conceitos de segurança desde o projeto, passando pelas fases de utilização até o descarte;
  • 8. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Quais objetivos da NR12?  Adequação das máquinas existentes;
  • 9. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Quais objetivos da NR12?  Redução das assimetrias regionais quanto a proteção dos trabalhadores;
  • 10. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Quais objetivos da NR12?  Redução dos acidentes típicos / Prevenção de doenças ocupacionais; 10
  • 11. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Principios Gerais 11 Prioridade de Medidas de Proteção: 1º - Medidas de Proteção Coletiva: 2º - Medidas Administrativa ou de Organização do Trabalho: 3º - Medidas de Proteção Individual:
  • 12. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 NR12 Item 12.1 Qual é a Abrangência da NR12? ...em todas as atividades econômicas, sem prejuízo da observância do disposto nas demais Normas Regulamentadoras...
  • 13. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Artigo 4: Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. Os prazos são: Máquinas novas 24/12/11 24/03/12 24/06/12 24/06/13 12 Meses 15 Meses 18 Meses 30 Meses Máquinas usadas 24/04/11 24/06/12 24/12/12 24/06/13 4 Meses 18 Meses 24 Meses 30 Meses 24/12/1112 Meses Quando a NR12 entra em vigor?
  • 14. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Porque a NR12 é tão restritiva?
  • 15. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 30 milhões de acidentes (1970 – 2011) 100 mil óbitos (1970 – 2011) 711.164 acidentes em 2011 R$ 42 milhões de custo com acidente de trabalho/ano 4,7% do PIB * Fonte: O DIESAT (Departamento Intersindical de Estudos e Pesquisas de Saúde e dos Ambientes de Trabalho) Alguns números:
  • 16. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 229.876 A.T. Na Indústria de Transformação. 6.685 A.T. Na Indústria Extrativa. 683 Óbitos. * Fonte: O DIESAT (Departamento Intersindical de Estudos e Pesquisas de Saúde e dos Ambientes de Trabalho) Dados na Indústria em 2011:
  • 24. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 COMO IMPLANTAR A EM PROCESSOS CONTÍNUOS? EM GRANDES PLANTAS? EM MÁQUINAS ESPECIAIS?
  • 25. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 FLUXO DE IMPLANTAÇÃO PASSO A PASSO Implantação de NR12 Mapeamento Avaliação Conceituação Contratação Implantação Validação ExecuçãoEstratégia Gestão Técnica Gestão Administrativa Solicita Avaliação Define Maquinário Defini Prioridades Realiza Diagnóstico Realiza Analise de Risco Orça com fornecedores Aprova Solução Técnica Ofertada Elabora Projetos básicos com Solução de segurança Aprova Solução com Produção e Manutenção Executa Serviço Aprova Solução de Segurança Aprova Requisitos de Qualidade Libera Pagamento Leonardo A. do Nascimento | leonardo@payback.net.br | Fone: 51 3439.2687 | Payback Consultoria e Projetos | payback@payback.net.br Gestão de Implantação de Segurança Serviço Executado pela Payback Serviço Executado por integradores de segurança Coordenação Geral do Trabalho Realizado pelos Gestores da Contratante Define cronogramas de implantação Baseados no risco Supervisiona Operação Realiza Acompanhamento Arquiva Prontuários Define Fornecedores Inicia Processo Administrativo Projeto Projeto Executivo
  • 26. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Implantação de NR12 Mapeamento Avaliação Conceituação Contratação Implantação Validação ExecuçãoEstratégia Gestão Técnica Gestão Administrativa Solicita Avaliação Define Maquinário Defini Prioridades Realiza Diagnóstico Realiza Analise de Risco Orça com fornecedores Aprova Solução Técnica Ofertada Elabora Projetos básicos com Solução de segurança Aprova Solução com Produção e Manutenção Executa Serviço Aprova Solução de Segurança Aprova Requisitos de Qualidade Libera Pagamento Leonardo A. do Nascimento | leonardo@payback.net.br | Fone: 51 3439.2687 | Payback Consultoria e Projetos | payback@payback.net.br Gestão de Implantação de Segurança Serviço Executado pela Payback Serviço Executado por integradores de segurança Coordenação Geral do Trabalho Realizado pelos Gestores da Contratante Define cronogramas de implantação Baseados no risco Supervisiona Operação Realiza Acompanhamento Projeto ETAPAS DE IMPLANTAÇÃO Arquiva Prontuários Define Fornecedores Inicia Processo Administrativo Projeto Executivo
  • 27. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 CRONOGRAMA DAS ETAPAS DE IMPLANTAÇÃO Primeira Etapa PLANEJAMENTO FASE I FASE II FASE III Inventário Fotográfico Diagnóstico de Atendimento Planejamento de Adequação Analise de Risco + Projeto Básico Projeto e Execução Validação Conciliar Analisede Risco, Projeto e Validaçãoem cada fase de Adequação Conciliar Analisede Risco, Projeto e Validaçãoem cada fase de Adequação Conciliar Analisede Risco, Projeto e Validaçãoem cada fase de Adequação
  • 28. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Metodologia – HRN / ALARP O HRN é um método amplamente conhecido ele classifica o risco de desprezível à inaceitável. Para esta classificação de risco é levado em consideração: • A probabilidade de ocorrência (LO) de entrar em contato com o perigo; • A freqüência de exposição (FE); • O grau de severidade de dano (DPH); • O número de pessoas expostas ao risco (NP); Para cada item anterior é estabelecido um número que fornece o “Nível de Risco” através do seguinte cálculo: Nível de Risco = LO x FE x DPH x NP
  • 29. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Metodologia – Análise de Viabilidade O Conceito do ALARP analisa viabilidade técnica e financeira
  • 30. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Diagnóstico Em presa: Nom e da Máquina: Centro Usinagem FZ 1 2 W High Speed Plus Requisitante: Bráulio Souza Núm ero da Máquina: CEN0 3 1 Tipo da Máquina: Ferram enta Norm as Utilizadas: EN 1 2 4 1 5 / EN 1 2 4 7 8 / EN 1 2 4 1 7 / NR 1 2 Data do Levantam ento: 2 9 / 2 6 / 2 0 1 1 Setor: Cilindros Núm ero Ativo: 3 4 3 7 0 Fabricante: Chiron 4 Descrição dos perigos: 7 *Esmagamento; 4 *Cisalhamento; 1 *Corte ou Danos; *Se Prender; *Enroscamento; *Impacto; Sistema de Emergência 2 Borda de Segurança/Bumper 1 Sistema de Emergência X Borda de Segurança/Bumper X Sistema de Cortina de Luz NA Possui Seccionadora S Sistema de Cortina de Luz NA Interface Segurança (1 relé - 2 CLP) 1 Sistema de Bi-manual NA Possui Inércia Ñ Sistema de Bi-manual NA Manuais da Máquina OK Sistema de Pedal NA Possui Proteção nos Barramentos NA Sistema de Pedal NA Diagramas Elétrico/Pneum./Hidráulico OK Sistema Monit. Proteções Físicas Móveis 3 Possui Fecho Específico do painel 3 Sistema Monit. Prot. Físicas Móveis X Análise de Risco X Quantas Proteções físicas móveis monitor. 2 Interface Segurança (1 relé - 2 CLP) 1 Quantas Prot. físicas móveis monitor. 3 Laudo Técnico e ART X Sistema Proteções Físicas 3 Manuais da Máquina 3 Sistema Proteções Físicas NA Sistema Pneumático de Segurança 3 Diagramas Elétrico/Pneum./Hidraulico 3 Sistema Pneumático de Segurança NA Monitoração Posição Proteção Interna x Sistema Hidráulico de Segurança NA Análises de Risco 1 Sistema Hidráulico de Segurança NA Sistema de Retenção / Calço NA Laudo Técnico e ART 1 Sistema de Retenção / Calço NA Sistema de Desligamento Seguro 1 Sistema de Desligamento Seguro X Observações: Sistema inexistente 1 Sistema parcial/Insuficiente 2 Sistema Existente deve ser Validado 3 Sistema deverá atender norma específica X Não Aplicável NA Não possui Ñ Possui S Probabilidade de exposição ( PE) * Risco aumenta devido a proteção automatica frontal. * Máquina apresenta três relés de segurança. * Garantir a abertura da porta automática, apenas com a mesa do dispositivo em posição correta (impedindo acesso ao interior da máquina durante a usinagem) NBR 1 4 0 0 9 :1 9 9 7 - N BR 2 1 3 -1 :2 0 0 0 - NBR 1 4 1 5 3 :1 9 9 8 - NR1 2 :2 0 1 0 *Cont. indir. partes energizadas ou falhas; Avaliação Quantitativa dos Riscos Global - HRN Sistem a Atual - 1 = não existe - 2 = parcial - 3 = necessário validar Frequência de exposição ( FE) Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) Núm ero de pessoas expostas ( NP) Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) Classificação de Risco: Alto 5 0 ,0 *Contato direto com partes energizadas; HRN - Análise de Risco Simplificada / Global Sistem a Necessário I DENTI FI CAÇÃO FOTOGRÁFI CA DA MÁQUI NA Sistem as Específicos/ Diversos 5 - Alguma chance 5 - Constantemente 2 - Fratura/enfermidade grave (permanente) 1 - 1-2 pessoas PayBack - Consultoria e Projetos Rua 16 de Fevereiro, 82 - Cachoeirinha - RS Página 1 CEP:94935-110 - Fone:(51) 3439.2689 www.payback.net.br| payback@payback.net.br Implantação de NR12 Mapeamento Avaliação Conceituação Contratação Implantação Validação ExecuçãoEstratégia Gestão Técnica Gestão Administrativa Solicita Avaliação Define Maquinário Defini Prioridades Realiza Diagnóstico Realiza Analise de Risco Orça com fornecedores Aprova Solução Técnica Ofertada Elabora Projetos básicos com Solução de segurança Aprova Solução com Produção e Manutenção Executa Serviço Aprova Solução de Segurança Aprova Requisitos de Qualidade Libera Pagamento Leonardo A. do Nascimento | leonardo@payback.net.br | Fone: 51 3439.2687 | Payback Consultoria e Projetos | payback@payback.net.br Gestão de Implantação de Segurança Serviço Executado pela Payback Serviço Executado por integradores de segurança Coordenação Geral do Trabalho Realizado pelos Gestores da Contratante Define cronogramas de implantação Baseados no risco Supervisiona Operação Realiza Acompanhamento Inicia Processo Administrativo
  • 31. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Detalhes do Diagnóstico Em presa: Nom e da Máquina: Centro Usinagem FZ 1 2 W High Speed Plus Requisitante: Bráulio Souza Núm ero da Máquina: CEN0 3 1 Tipo da Máquina: Ferram enta Norm as Utilizadas: EN 1 2 4 1 5 / EN 1 2 4 7 8 / EN 1 2 4 1 7 / NR 1 2 Data do Levantam ento: 2 9 / 2 6 / 2 0 1 1 Setor: Cilindros Núm ero Ativo: 3 4 3 7 0 Fabricante: Chiron 4 Descrição dos perigos: 7 *Esmagamento; 4 *Cisalhamento; 1 *Corte ou Danos; *Se Prender; *Enroscamento; *Impacto; Sistema de Emergência 2 Borda de Segurança/Bumper 1 Sistema de Emergência X Borda de Segurança/Bumper X Sistema de Cortina de Luz NA Possui Seccionadora S Sistema de Cortina de Luz NA Interface Segurança (1 relé - 2 CLP) 1 Sistema de Bi-manual NA Possui Inércia Ñ Sistema de Bi-manual NA Manuais da Máquina OK Sistema de Pedal NA Possui Proteção nos Barramentos NA Sistema de Pedal NA Diagramas Elétrico/Pneum./Hidráulico OK Sistema Monit. Proteções Físicas Móveis 3 Possui Fecho Específico do painel 3 Sistema Monit. Prot. Físicas Móveis X Análise de Risco X Quantas Proteções físicas móveis monitor. 2 Interface Segurança (1 relé - 2 CLP) 1 Quantas Prot. físicas móveis monitor. 3 Laudo Técnico e ART X Sistema Proteções Físicas 3 Manuais da Máquina 3 Sistema Proteções Físicas NA Sistema Pneumático de Segurança 3 Diagramas Elétrico/Pneum./Hidraulico 3 Sistema Pneumático de Segurança NA Monitoração Posição Proteção Interna x Sistema Hidráulico de Segurança NA Análises de Risco 1 Sistema Hidráulico de Segurança NA Sistema de Retenção / Calço NA Laudo Técnico e ART 1 Sistema de Retenção / Calço NA Sistema de Desligamento Seguro 1 Sistema de Desligamento Seguro X Probabilidade de exposição ( PE) NBR 1 4 0 0 9 :1 9 9 7 - N BR 2 1 3 -1 :2 0 0 0 - NBR 1 4 1 5 3 :1 9 9 8 - NR1 2 :2 0 1 0 *Cont. indir. partes energizadas ou falhas; Avaliação Quantitativa dos Riscos Global - HRN Sistem a Atual - 1 = não existe - 2 = parcial - 3 = necessário validar Frequência de exposição ( FE) Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) Núm ero de pessoas expostas ( NP) Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) Classificação de Risco: Alto 5 0 ,0 *Contato direto com partes energizadas; HRN - Análise de Risco Simplificada / Global Sistem a Necessário I DENTI FI CAÇÃO FOTOGRÁFI CA DA MÁQUI NA Sistem as Específicos/ Diversos 5 - Alguma chance 5 - Constantemente 2 - Fratura/enfermidade grave (permanente) 1 - 1-2 pessoas
  • 32. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Resultado do Diagnóstico DR Setor Equipamento Identificação Ativo Fabricante Risco;Global Análise;de;Risco Laudo;Técnico Não$Encontrado Não$Encontrado ABB ABB ABB Laser$Comb IDRA IDRA IDRA IDRA Grefortec Grefortec Aichelin$(NIG) Aichelin$(NIG) Master$Fiber Master$Fiber IDRA Gehring IDRA$PRESSE IDRA$PRESSE IDRA$PRESSE IDRA$PRESSE IDRA$PRESSE IDRA$PRESSE IDRA$PRESSE IDRA$PRESSE IDRA$PRESSE Ronemak Ronemak Ronemak Romi Nagel Reformado$pela$CRKL Reformado$pela$CRKL Reformado$pela$CRKL Reformado$pela$CRKL Reformado$pela$CRKL Reformado$pela$CRKL Gutmann Dirkus$Werke Não$Encontrado Americana/Nardini Thyssen$Hüller Não$Encontrado Seny Cavour Promecor Tschudim Tschudim Tschudim Calende Calende
  • 33. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Máquinas Priorizadas DR Setor Equipamento Identificação Ativo Fabricante Risco;Global A Não$Encontrado Não$Encontrado ABB ABB ABB Laser$Comb IDRA IDRA IDRA IDRA Grefortec Grefortec Aichelin$(NIG) Aichelin$(NIG) Master$Fiber Master$Fiber IDRA Gehring IDRA$PRESSE IDRA$PRESSE IDRA$PRESSE IDRA$PRESSE IDRA$PRESSE IDRA$PRESSE IDRA$PRESSE IDRA$PRESSE IDRA$PRESSE Ronemak Ronemak Ronemak Prioridades Realizar Analise de Risco e Adequação
  • 34. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 plantação de NR12 Mapeamento Avaliação Conceituação Contratação Implantação Validação Solicita Avaliação Define Maquinário Defini Prioridades Realiza Diagnóstico Realiza Analise de Risco Orça com fornecedores Aprova Solução Técnica Ofertada Elabora Projetos básicos com Solução de segurança Aprova Solução com Produção e Manutenção Executa Serviço Aprova Solução de Segurança Aprova Requisitos de Qualidade Libera Pagamento Leonardo A. do Nascimento | leonardo@payback.net.br | Fone: 51 3439.2687 | Payback Consultoria e Projetos | payback@payback.net.br stão de Implantação de Segurança Serviço Executado pela Payback Serviço Executado por integradores de segurança Coordenação Geral do Trabalho Realizado pelos Gestores da Contratante Define cronogramas de implantação Baseados no risco Supervisiona Operação Realiza Acompanhamento Projeto Arquiva Prontuários Define Fornecedores Projeto Executivo
  • 36. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 E SE NÃO POSSÍVEL OU VIÁVEL ADEQUAR TODOS OS ITENS EXIGIDOS NA NR12, QUAL DEVE SER A ESTRATÉGIA?
  • 37. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 ESTUDO DE CASO: MÁQUINA: CORREIA TRANSPORTADORA SETOR: SIDERURGIA ÁREA: SINTERIZAÇÃO METODOLOGIA: HRN (HAZARD RATING NUMBER)
  • 38. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 ITENS EXIGIDOS PARA UM TRANSPORTADOR DE CORREIAS wPROTEÇÕES FÍSICAS wPROTEÇÕES DE TRANSMISSÕES wSISTEMA DE EMERGÊNCIA wRESET MANUAL wBLOQUEIO E CONTROLE DE ACESSO wMEIOS DE ACESSO wINTERFACE DE SEGURANÇA wREDUNDÂNCIA
  • 39. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Elaborado por: Leonardo A. do Nascimento Gerência: Redução Análise de Risco Piloto Data: 02/10/13 Área: Sinterizações Estudo de Caso Máquina: Transportador de Correia MP114 Célula: Produção de Sinter 1 Proposta de Solução Valor do Risco Atual - HRN - Situação da m áquina durante a inspessão Descrição do Problem a Valor do Risco Projetado - HRN - Após im plem entação de segurança Descrição da Solução Proposta Gerdau Ouro Branco - NR12 Perigo(s) Identificado(s): *Esmagamento; *Cisalhamento; *Corte ou Danos; *Se Prender; *Enroscamento; *Fricção ou Abrasão; SI TUAÇÃO ATUAL Probabilidade de exposição ( PE) 10 - Muito provável Ausência de proteções nas laterais do transportador de correias. Frequência de exposição ( FE) 4 - Em termos de hora Ausência de proteções nas extrem idades do transportador e transm issões. Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade Ausência de bloqueio local com sistem a LOTO Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas Sistem a de em ergência sem m onitoração dinâm ica de esticam ento do cabo. Possibilidade de Prevenção ( PP) 5 - Impossível Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 6 0 0 Nível de I ntegridade do Sistem a Requerido: SI L 3 Classificação de Risco: Extrem o SI TUAÇÃO PROPOSTA
  • 40. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Valor do Risco Projetado - HRN - Após im plem entação de segurança Descrição da Solução Proposta Probabilidade de exposição ( PE) 5 - Alguma chance 1. I m plantação de Proteções nas Laterais dos Transportador SI TUAÇÃO PROPOSTA Frequência de exposição ( FE) 2,5 - Diariamente 2. Adequação de Proteção nas Extrem idades e Transm issões. Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade Classificação de Risco: Muito Alto ( A frequencia de exposição baixou porque som ente haverá a exposição quando a proteção for retirada para realizar algum a tarefa necessária, e não pelo sim ples fato de acessár a correia) Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 1 8 7 ,5 AÇÃO 1
  • 41. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 PROJETO PILOTO Elaborado por: Leonardo A. do Nascimento Gerência: Redução Análise de Risco Piloto Data: 02/10/13 Área: Sinterizações Estudo de Caso Máquina: Transportador de Correia MP114 Célula: Produção de Sinter 1 Proposta de Solução Valor do Risco Atual - HRN - Situação da m áquina durante a inspessão Descrição do Problem a Valor do Risco Projetado - HRN - Após im plem entação de segurança Descrição da Solução Proposta Gerdau Ouro Branco - NR12 Perigo(s) Identificado(s): *Esmagamento; *Cisalhamento; *Corte ou Danos; *Se Prender; *Enroscamento; *Fricção ou Abrasão; SI TUAÇÃO ATUAL Probabilidade de exposição ( PE) 10 - Muito provável Ausência de proteções nas laterais do transportador de correias. Frequência de exposição ( FE) 4 - Em termos de hora Ausência de proteções nas extrem idades do transportador e transm issões. Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade Ausência de bloqueio local com sistem a LOTO Probabilidade de exposição ( PE) 5 - Alguma chance 1. I m plantação de Proteções nas Laterais dos Transportador Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas Sistem a de em ergência sem m onitoração dinâm ica de esticam ento do cabo. Possibilidade de Prevenção ( PP) 5 - Impossível Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 6 0 0 Nível de I ntegridade do Sistem a Requerido: SI L 3 Classificação de Risco: Extrem o SI TUAÇÃO PROPOSTA Frequência de exposição ( FE) 2,5 - Diariamente 2. Adequação de Proteção nas Extrem idades e Transm issões. Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade Classificação de Risco: Muito Alto ( A frequencia de exposição baixou porque som ente haverá a exposição quando a proteção for retirada para realizar algum a tarefa necessária, e não pelo sim ples fato de acessár a correia) Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 1 8 7 ,5 RISCO ANTES: 600 ACÃO 1: RECOMENDAÇÕES: PROTEÇÕES FÍSICAS LATERAIS PROTEÇÕES DE MANCAIS PROTEÇÕES DE TRANSMISÕES RISCO DEPOIS: 187,5 68,8% REDUÇÃO DO RISCO
  • 42. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Valor do Risco Projetado - HRN - Após im plem entação de segurança Descrição da Solução Proposta Probabilidade de exposição ( PE) 2 - Possível I ntens 1 + 2 SI TUAÇÃO PROPOSTA Frequência de exposição ( FE) 2,5 - Diariamente 3 . Seccionadora local com encaixe para cadeado + Procedim ento LOTO. Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade 4 . Sistem a de Em ergência com Monitoração da Corda. Classificação de Risco: Alto ( A redução do risco foi baseada na possibilidade do trabalhador de bloquear localm ente o equipam ento, alem disso, a em ergência por corda sem pre estará atuando) Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 7 5 AÇÃO 2
  • 43. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 PROJETO PILOTO RISCO ANTES: 600 ACÃO 2: RECOMENDAÇÕES: AÇÃO 1 + CHAVE DE CORDA CERTIFICADA BLOQUEIO DE COMANDO PROCEDIMENTO LOTO RISCO DEPOIS: 75 87,5% REDUÇÃO DO RISCO Elaborado por: Leonardo A. do Nascimento Gerência: Redução Análise de Risco Piloto Data: 02/10/13 Área: Sinterizações Estudo de Caso Máquina: Transportador de Correia MP114 Célula: Produção de Sinter 1 Proposta de Solução Valor do Risco Atual - HRN - Situação da m áquina durante a inspessão Descrição do Problem a Valor do Risco Projetado - HRN - Após im plem entação de segurança Descrição da Solução Proposta Gerdau Ouro Branco - NR12 Perigo(s) Identificado(s): *Esmagamento; *Cisalhamento; *Corte ou Danos; *Se Prender; *Enroscamento; *Fricção ou Abrasão; SI TUAÇÃO ATUAL Probabilidade de exposição ( PE) 10 - Muito provável Ausência de proteções nas laterais do transportador de correias. Frequência de exposição ( FE) 4 - Em termos de hora Ausência de proteções nas extrem idades do transportador e transm issões. Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade Ausência de bloqueio local com sistem a LOTO Probabilidade de exposição ( PE) 2 - Possível I ntens 1 + 2 Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas Sistem a de em ergência sem m onitoração dinâm ica de esticam ento do cabo. Possibilidade de Prevenção ( PP) 5 - Impossível Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 6 0 0 Nível de I ntegridade do Sistem a Requerido: SI L 3 Classificação de Risco: Extrem o SI TUAÇÃO PROPOSTA Frequência de exposição ( FE) 2,5 - Diariamente 3 . Seccionadora local com encaixe para cadeado + Procedim ento LOTO. Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade 4 . Sistem a de Em ergência com Monitoração da Corda. Classificação de Risco: Alto ( A redução do risco foi baseada na possibilidade do trabalhador de bloquear localm ente o equipam ento, alem disso, a em ergência por corda sem pre estará atuando) Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 7 5
  • 44. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 AÇÃO 3Elaborado por: Leonardo A. do Nascimento Gerência: Redução Análise de Risco Piloto Data: 02/10/13 Área: Sinterizações Estudo de Caso Máquina: Transportador de Correia MP114 Célula: Produção de Sinter 1 Proposta de Solução Valor do Risco Atual - HRN - Situação da m áquina durante a inspessão Descrição do Problem a Valor do Risco Projetado - HRN - Após im plem entação de segurança Descrição da Solução Proposta Gerdau Ouro Branco - NR12 Perigo(s) Identificado(s): *Impacto; SI TUAÇÃO ATUAL Probabilidade de exposição ( PE) 10 - Muito provável 5. Risco de queda devido aos m eios de acesso não atenderem aos requisitos da norm a. Frequência de exposição ( FE) 4 - Em termos de hora 6. Presença de m aterial no piso da plataform a que pode caiusar tropeço. Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas Possibilidade de Prevenção ( PP) 5 - Impossível Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 6 0 0 Nível de I ntegridade do Sistem a Requerido: SI L 3 Classificação de Risco: Extrem o SI TUAÇÃO PROPOSTA
  • 45. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Valor do Risco Projetado - HRN - Após im plem entação de segurança Descrição da Solução Proposta Probabilidade de exposição ( PE) 0,5 - Altamente Improvável I ntens 1 + 2 + 3 + 4 SI TUAÇÃO PROPOSTA Frequência de exposição ( FE) 4 - Em termos de hora 5. Adequação dos Meios de Acesso Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade ( Reconstrução de escadas, restaruração de guarda-corpo, lim peza e conserto de piso.) Classificação de Risco: Significante Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas ( Adotar procedim entos escritos de circulação com segurança) Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 3 0 ISO 14122-3:2001(E) 7.2 Guard-rails of stairs and step ladders Dimensionsinmillimetres Figure 6 — Example of a stair guard-rail and its continuation to the horizontal guard-rail 7.2.1 Astairshallhaveatleastonehandrail.Ifthestairwidthisgreaterorequalto1200mm,thereshallbetwo handrails.Stepladdersshallalwayshavetwohandrails. 7.2.2 Aguard-railshallbefittedwhenevertheheighttoclimbexceeds500mm,andwhenthereisalateral spaceadjacenttothestringwhichisgreaterthan200mm,inordertoprovideprotectiononthesideofthestair wherethisgapexists. 7.2.3 Theverticalheightofthehandrailonastairshallbebetween900mmand1000mmabovethenosingon thestepoftheflightandbeaminimumof1100mmabovethewalkinglevelonthelanding.Theshapeofthe handrailshouldhaveadiameterbetween25mmto50mmoranequivalentsection,toprovideagoodgripforthe hand. ISO 14122-3:2001(E) 8 ©ISO2001–Allrightsreserved 7.1.7 Atoe-platewithaminimumupstandof100mmshallbeplaced10mmmaximumfromthewalkinglevel andtheedgeoftheplatform(seefigure4). 7.1.8 Thedistancebetweentheaxesofthestanchionsispreferredtobelimitedto1500mm.But,ifthis distanceisexceeded,specificattentionshallbepaidtothestanchionanchoringstrengthandthefixingdevices. Dimensionsinmillimetres Figure 5 — Clear space between two gard rail segments 7.1.9 Inthecaseofaninterruptedhandrail,topreventhandtrapstheclearspacebetweenthetwosegments shouldnotbelessthan75mmandnotgreaterthan120mm(seefigure5).Ifthereisalargeropening,aself closinggateshallbeused. 7.1.10 Whereaccessthroughtheguardrailisrequired,aself-closinggateshallbeused.Agateshallhavethe handrailandkneerailpositionedatthesamelevelasthatoftheguard-railthatitextendsto(forexitsectionofthe ladder,seeprENISO14122-4:1996). Anygatesshallbeself-closingandshallbedesignedtoopenontotheplatformorfloorandtocloseagainstafirm stoptopreventuserspushingagainstthemandfallingthroughtheopening.Gatesshallbesubjecttothesame loadingcriteriaasguard-rails. 7.1.11 Theendsofthehandrailshallbedesignedinsuchamannerastoeliminateanyriskofharmcausedby sharpedgesoftheproductorbycatchingoftheuser'sclothing. LicensedtoASTB-AssessoriaemSegurancadoTrabalhoLtda/JoaoBaptistaBeckPinto ANSIStoreorder#X338068Downloaded:3/20/20075:56:56PMET Singleuserlicenseonly.Copyingandnetworkingprohibited. ISO 14122-3:2001(E) 6.5 Onthesingleflight,theriseshallbeconstantwhereverpossible.Inthecasewhereitisnotpossibleto maintaintheheightoftherisebetweenthelevelofdepartureandthefirststep,itmaybereducedbyamaximum of15%.Ifitisjustified,itmaybeincreased,forexampleinthecaseofcertainmobilemachines. 6.6 Headroom,e,shallbe2300mmminimum. 6.7 Clearance,c,shallbe850mmminimum. 6.8 Theclimbingheight,H,ofasingleflightshallnotexceed3000mm. NOTE Formulti-flights,additionalsafetymeasuresshouldbeconsidered. 7 Safety requirements applicable to guard-rails 7.1 Horizontal guard-rails Dimensionsinmillimetres 1Upstand Figure 4 — Example of a horizontal guard-rail 200 ISO 14122-1:2001(E) Recommended Key A Ramp,Arecommended B Rampwithenhancedslipresistance C Stair D Stair,Drecommended E Stair F Stepladder GStepladder AÇÃO 3
  • 46. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 PROJETO PILOTO RISCO ANTES: 600 ACÃO 3: RECOMENDAÇÕES: ADEQUAR ESCADAS ADEQUAR GUARDA-CORPO ELIMINARPONTOS DE QUEDA RISCO DEPOIS: 30 95% REDUÇÃO DO RISCO Elaborado por: Leonardo A. do Nascimento Gerência: Redução Análise de Risco Piloto Data: 02/10/13 Área: Sinterizações Estudo de Caso Máquina: Transportador de Correia MP114 Célula: Produção de Sinter 1 Proposta de Solução Valor do Risco Atual - HRN - Situação da m áquina durante a inspessão Descrição do Problem a Valor do Risco Projetado - HRN - Após im plem entação de segurança Descrição da Solução Proposta Gerdau Ouro Branco - NR12 Perigo(s) Identificado(s): *Impacto; SI TUAÇÃO ATUAL Probabilidade de exposição ( PE) 10 - Muito provável 5. Risco de queda devido aos m eios de acesso não atenderem aos requisitos da norm a. Frequência de exposição ( FE) 4 - Em termos de hora 6. Presença de m aterial no piso da plataform a que pode caiusar tropeço. Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade Probabilidade de exposição ( PE) 0,5 - Altamente Improvável I ntens 1 + 2 + 3 + 4 Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas Possibilidade de Prevenção ( PP) 5 - Impossível Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 6 0 0 Nível de I ntegridade do Sistem a Requerido: SI L 3 Classificação de Risco: Extrem o SI TUAÇÃO PROPOSTA Frequência de exposição ( FE) 4 - Em termos de hora 5. Adequação dos Meios de Acesso Probabilidade m áxim a de perda ( MPL) 15 - Fatalidade ( Reconstrução de escadas, restaruração de guarda-corpo, lim peza e conserto de piso.) Classificação de Risco: Significante Núm ero de pessoas expostas ( NP) 1 - 1-2 pessoas ( Adotar procedim entos escritos de circulação com segurança) Nível do Risco ( PE x FE x MPL x NP) 3 0 ISO 14122-3:2001(E) 7.2 Guard-rails of stairs and step ladders Dimensionsinmillimetres Figure 6 — Example of a stair guard-rail and its continuation to the horizontal guard-rail 7.2.1 Astairshallhaveatleastonehandrail.Ifthestairwidthisgreaterorequalto1200mm,thereshallbetwo handrails.Stepladdersshallalwayshavetwohandrails. 7.2.2 Aguard-railshallbefittedwhenevertheheighttoclimbexceeds500mm,andwhenthereisalateral spaceadjacenttothestringwhichisgreaterthan200mm,inordertoprovideprotectiononthesideofthestair wherethisgapexists. 7.2.3 Theverticalheightofthehandrailonastairshallbebetween900mmand1000mmabovethenosingon thestepoftheflightandbeaminimumof1100mmabovethewalkinglevelonthelanding.Theshapeofthe handrailshouldhaveadiameterbetween25mmto50mmoranequivalentsection,toprovideagoodgripforthe hand. ISO 14122-3:2001(E) 8 ©ISO2001–Allrightsreserved 7.1.7 Atoe-platewithaminimumupstandof100mmshallbeplaced10mmmaximumfromthewalkinglevel andtheedgeoftheplatform(seefigure4). 7.1.8 Thedistancebetweentheaxesofthestanchionsispreferredtobelimitedto1500mm.But,ifthis distanceisexceeded,specificattentionshallbepaidtothestanchionanchoringstrengthandthefixingdevices. Dimensionsinmillimetres Figure 5 — Clear space between two gard rail segments 7.1.9 Inthecaseofaninterruptedhandrail,topreventhandtrapstheclearspacebetweenthetwosegments shouldnotbelessthan75mmandnotgreaterthan120mm(seefigure5).Ifthereisalargeropening,aself closinggateshallbeused. 7.1.10 Whereaccessthroughtheguardrailisrequired,aself-closinggateshallbeused.Agateshallhavethe handrailandkneerailpositionedatthesamelevelasthatoftheguard-railthatitextendsto(forexitsectionofthe ladder,seeprENISO14122-4:1996). Anygatesshallbeself-closingandshallbedesignedtoopenontotheplatformorfloorandtocloseagainstafirm stoptopreventuserspushingagainstthemandfallingthroughtheopening.Gatesshallbesubjecttothesame loadingcriteriaasguard-rails. 7.1.11 Theendsofthehandrailshallbedesignedinsuchamannerastoeliminateanyriskofharmcausedby sharpedgesoftheproductorbycatchingoftheuser'sclothing. LicensedtoASTB-AssessoriaemSegurancadoTrabalhoLtda/JoaoBaptistaBeckPinto ANSIStoreorder#X338068Downloaded:3/20/20075:56:56PMET Singleuserlicenseonly.Copyingandnetworkingprohibited. ISO 14122-3:2001(E) 6.5 Onthesingleflight,theriseshallbeconstantwhereverpossible.Inthecasewhereitisnotpossibleto maintaintheheightoftherisebetweenthelevelofdepartureandthefirststep,itmaybereducedbyamaximum of15%.Ifitisjustified,itmaybeincreased,forexampleinthecaseofcertainmobilemachines. 6.6 Headroom,e,shallbe2300mmminimum. 6.7 Clearance,c,shallbe850mmminimum. 6.8 Theclimbingheight,H,ofasingleflightshallnotexceed3000mm. NOTE Formulti-flights,additionalsafetymeasuresshouldbeconsidered. 7 Safety requirements applicable to guard-rails 7.1 Horizontal guard-rails Dimensionsinmillimetres 1Upstand Figure 4 — Example of a horizontal guard-rail 7.1.1 Aguard-railshallbeinstalledneartothedangerousareaswherethereisariskofsinkingorofpassage through(forexample,walkwayaccessestoanextractoronaroof). 200 ISO 14122-1:2001(E) Recommended Key A Ramp,Arecommended B Rampwithenhancedslipresistance C Stair D Stair,Drecommended E Stair F Stepladder GStepladder H Ladder,Hrecommended Figure 5 — Range of the various means of access
  • 47. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 ATENDIMENTO/ADERÊNCIA DA NORMA NR12: PROTEÇÕES FÍSICAS PROTEÇÕES DE TRANSMISSÕES SISTEMA DE EMERGÊNCIA RESET MANUAL BLOQUEIO E CONTROLE DE ACESSO MEIOS DE ACESSO INTERFACE DE SEGURANÇA REDUNDÂNCIA 75%
  • 48. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 CONCLUSÕES: É POSSÍVEL IMPLANTAR SEGURANÇA DE MÁQUINAS POR FASES; É MAIS PRUDENTE APLICAR PARCIALMENTE A SEGURANÇAEM VÁRIAS MÁQUINAS; IMPLANTAR SEGURANÇA POR FASES PERMITE IDENTIFICAR GAPS; O PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO POR FASES DEIXA UM LEGADO DE CONHECIMENTO; O CONHECIMENTO DO PROCESSO É FUNDAMENTAL PARA EVITAR PERDAS;
  • 49. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Sempre é necessário muitos equipamentos caros para adequar as máquinas à normativa?
  • 50. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Problema, 349 consoles de bi-manual inadequadas
  • 51. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Console Instalação Total Unitário R$ 989 R$ 350 R$ 1.339 Total R$ 345.161 R$ 122.150 R$ 367.311 Estratégia tradicional para atendimento da norma
  • 52. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 Serralheria Instalação Total Unitário R$ 45 R$ 120 R$ 165 Total R$ 15.705 R$ 41.880 R$ 57.585 Estatégia inteligente para atendimento da norma
  • 53. www.novanr12.com.br - leonardo@payback.net.br - (51) 9157.4177 LEONARDO A. DO NASCIMENTO Fone: +55 51 3439-2687 payback@payback.net.br www.payback.net.br Obrigado!