SlideShare uma empresa Scribd logo
CENTRO DE ENSINO ISAURA AMORIM
CIDELÂNDIA
2015
por Pedro Gervásio
A definição de onda é
qualquer perturbação
(pulso) que se propaga
em um meio. Ex: uma
pedra jogada em uma
piscina (a fonte),
provocará ondas na água,
pois houve uma
perturbação. Essa onda se
propagará para todos os
lados, quando vemos as
perturbações partindo do
local da queda da pedra,
até ir na borda. Uma
sequência de pulsos
formam as ondas.
Conceito de Onda
 Comprimento de onda: é o tamanho de uma onda, que pode ser
medida em três pontos diferentes: de crista a crista, do início ao
final de um período ou de vale a vale. Crista é a parte alta da
onda, vale, a parte baixa. É representada no SI pela letra
grega lambda (λ)
Características das Ondas
 Velocidade: todas as ondas possuem uma velocidade,
que sempre é determinada pela distância percorrida,
sobre o tempo gasto. Nas ondas, essa equação fica:
v = λ / T ou v = λ . 1/T ou ainda v = λ . f
Características das Ondas
direção de propagação
direção de vibração
 Amplitude: é a "altura" da onda, é a distância entre o eixo da
onda até a crista. Quanto maior for a amplitude, maior será a
quantidade de energia transportada.
Características das Ondas
 Ondas mecânicas: são
todas as ondas que
precisam de um meio
material para se propagar.
Por exemplo: ondas no mar,
ondas sonoras, ondas em
uma corda, etc.
 Ondas eletromagnéticas:
são ondas que não
precisam de um meio
material para se propagar.
Elas também podem se
propagar em meios
materiais. Exemplos: luz,
raio-x , sinais de rádio, etc.
Tipos de Onda
 Ondas longitudinais: são
as ondas onde a vibração
da fonte é paralela ao
deslocamento da onda.
Exemplos de ondas
longitudinais são as
ondas sonoras (o alto
falante vibra no eixo x, e
as ondas seguem essa
mesma direção), etc.
 Ondas transversais: a
vibração é perpendicular
à propagação da onda.
Ex.: ondas
eletromagnéticas, ondas
em uma corda (você
balança a mão para cima
e para baixo para gerar
as ondas na corda).
Tipos de Onda

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Leis de Newton
Leis de NewtonLeis de Newton
Leis de Newton
Daniela F Almenara
 
8 fotossíntese e quimiossíntese
8   fotossíntese e quimiossíntese8   fotossíntese e quimiossíntese
8 fotossíntese e quimiossíntese
margaridabt
 
Climatologia - Raios e trovões
Climatologia - Raios e trovões  Climatologia - Raios e trovões
Climatologia - Raios e trovões
Adriana Andrade
 
1 caracteristicas ondas
1 caracteristicas ondas1 caracteristicas ondas
1 caracteristicas ondas
Fisica-Quimica
 
Aula de LUZ - FÍSICA (Ensino Fundamental - Ciências)
Aula de LUZ - FÍSICA (Ensino Fundamental - Ciências)Aula de LUZ - FÍSICA (Ensino Fundamental - Ciências)
Aula de LUZ - FÍSICA (Ensino Fundamental - Ciências)
Ronaldo Santana
 
Ondas eletromagnéticas
Ondas eletromagnéticasOndas eletromagnéticas
Ondas eletromagnéticas
Lucas Sabadini
 
II - DERIVA CONTINENTAL
II - DERIVA CONTINENTALII - DERIVA CONTINENTAL
II - DERIVA CONTINENTAL
sandranascimento
 
Evolução biológica
Evolução biológicaEvolução biológica
Evolução biológica
César Milani
 
Fontes de Energia [8 ano]
Fontes de Energia [8 ano] Fontes de Energia [8 ano]
Fontes de Energia [8 ano]
Vivian Reis
 
Ondas Eletromagnéticas 9ºano
Ondas Eletromagnéticas 9ºanoOndas Eletromagnéticas 9ºano
Ondas Eletromagnéticas 9ºano
Italo Oliveira
 
Ondulatoria
OndulatoriaOndulatoria
Ondulatoria
Rildo Borges
 
Fisica - 2 ano - ondas
Fisica - 2 ano - ondasFisica - 2 ano - ondas
Fisica - 2 ano - ondas
profliviagoncalves
 
Analise espectro eletromagnética
Analise espectro eletromagnéticaAnalise espectro eletromagnética
Analise espectro eletromagnética
UERGS
 
Fenômenos ondulatórios
Fenômenos ondulatóriosFenômenos ondulatórios
Fenômenos ondulatórios
Aryleudo De Oliveira
 
Luz e Cor
Luz e CorLuz e Cor
Luz e Cor
Artur Coelho
 
Atmosfera
AtmosferaAtmosfera
Atmosfera
Simone Peixoto
 
Corrente elétrica
Corrente elétricaCorrente elétrica
Corrente elétrica
O mundo da FÍSICA
 
Física - Lançamento Vertical
Física - Lançamento VerticalFísica - Lançamento Vertical
Física - Lançamento Vertical
Yahn Amaral
 
Fenômenos naturais
Fenômenos naturaisFenômenos naturais
Fenômenos naturais
Clara Beatriz
 
Propriedades da matéria
Propriedades da matériaPropriedades da matéria
Propriedades da matéria
matheusrl98
 

Mais procurados (20)

Leis de Newton
Leis de NewtonLeis de Newton
Leis de Newton
 
8 fotossíntese e quimiossíntese
8   fotossíntese e quimiossíntese8   fotossíntese e quimiossíntese
8 fotossíntese e quimiossíntese
 
Climatologia - Raios e trovões
Climatologia - Raios e trovões  Climatologia - Raios e trovões
Climatologia - Raios e trovões
 
1 caracteristicas ondas
1 caracteristicas ondas1 caracteristicas ondas
1 caracteristicas ondas
 
Aula de LUZ - FÍSICA (Ensino Fundamental - Ciências)
Aula de LUZ - FÍSICA (Ensino Fundamental - Ciências)Aula de LUZ - FÍSICA (Ensino Fundamental - Ciências)
Aula de LUZ - FÍSICA (Ensino Fundamental - Ciências)
 
Ondas eletromagnéticas
Ondas eletromagnéticasOndas eletromagnéticas
Ondas eletromagnéticas
 
II - DERIVA CONTINENTAL
II - DERIVA CONTINENTALII - DERIVA CONTINENTAL
II - DERIVA CONTINENTAL
 
Evolução biológica
Evolução biológicaEvolução biológica
Evolução biológica
 
Fontes de Energia [8 ano]
Fontes de Energia [8 ano] Fontes de Energia [8 ano]
Fontes de Energia [8 ano]
 
Ondas Eletromagnéticas 9ºano
Ondas Eletromagnéticas 9ºanoOndas Eletromagnéticas 9ºano
Ondas Eletromagnéticas 9ºano
 
Ondulatoria
OndulatoriaOndulatoria
Ondulatoria
 
Fisica - 2 ano - ondas
Fisica - 2 ano - ondasFisica - 2 ano - ondas
Fisica - 2 ano - ondas
 
Analise espectro eletromagnética
Analise espectro eletromagnéticaAnalise espectro eletromagnética
Analise espectro eletromagnética
 
Fenômenos ondulatórios
Fenômenos ondulatóriosFenômenos ondulatórios
Fenômenos ondulatórios
 
Luz e Cor
Luz e CorLuz e Cor
Luz e Cor
 
Atmosfera
AtmosferaAtmosfera
Atmosfera
 
Corrente elétrica
Corrente elétricaCorrente elétrica
Corrente elétrica
 
Física - Lançamento Vertical
Física - Lançamento VerticalFísica - Lançamento Vertical
Física - Lançamento Vertical
 
Fenômenos naturais
Fenômenos naturaisFenômenos naturais
Fenômenos naturais
 
Propriedades da matéria
Propriedades da matériaPropriedades da matéria
Propriedades da matéria
 

Semelhante a Ondas

Ondas cris
Ondas crisOndas cris
Ondas cris
cristbarb
 
som-aula.ppt
som-aula.pptsom-aula.ppt
som-aula.ppt
Tatiane Fernandes
 
ONDULATÓRIA-AULAONLINEETIP.pptx
ONDULATÓRIA-AULAONLINEETIP.pptxONDULATÓRIA-AULAONLINEETIP.pptx
ONDULATÓRIA-AULAONLINEETIP.pptx
nathaliaroncada
 
ondulatória, definições, equações, tipos de onda.
ondulatória, definições, equações, tipos de onda.ondulatória, definições, equações, tipos de onda.
ondulatória, definições, equações, tipos de onda.
ProfessoraAdrianaMar
 
2.ondas
2.ondas2.ondas
Ciências - Ondas
Ciências  - OndasCiências  - Ondas
Ciências - Ondas
canalestudodebosta
 
Aula1 ondas
Aula1 ondasAula1 ondas
Aula1 ondas
Raquel Pantojo
 
Ondas
OndasOndas
Ondas
OndasOndas
Ondas 2 anos
Ondas 2 anosOndas 2 anos
Ondas 2 anos
Kelly Freitas
 
Ondas
OndasOndas
Ondas
OndasOndas
New microsoft office word document (3)
New microsoft office word document (3)New microsoft office word document (3)
New microsoft office word document (3)
cesar_sitoe
 
Ondas E Meios Bidimencionais
Ondas E Meios BidimencionaisOndas E Meios Bidimencionais
Ondas E Meios Bidimencionais
dshadow
 
Ondas aulas 1, 2 e 3
Ondas aulas 1, 2 e 3Ondas aulas 1, 2 e 3
Ondas aulas 1, 2 e 3
paramore146
 
Ondulatoria 3°ano
Ondulatoria   3°anoOndulatoria   3°ano
ESTUDO DA ONDULATÓRIA.pptx
ESTUDO DA ONDULATÓRIA.pptxESTUDO DA ONDULATÓRIA.pptx
ESTUDO DA ONDULATÓRIA.pptx
MariaVitria272248
 
Ondulatória.pdf
Ondulatória.pdfOndulatória.pdf
Ondulatória.pdf
ssuser2a1a57
 
Estudo das ondas - Apostila
Estudo das ondas - ApostilaEstudo das ondas - Apostila
Estudo das ondas - Apostila
Paulo Cezar Rangel de Lima
 
Ondulatória
OndulatóriaOndulatória
Ondulatória
paulobarros512
 

Semelhante a Ondas (20)

Ondas cris
Ondas crisOndas cris
Ondas cris
 
som-aula.ppt
som-aula.pptsom-aula.ppt
som-aula.ppt
 
ONDULATÓRIA-AULAONLINEETIP.pptx
ONDULATÓRIA-AULAONLINEETIP.pptxONDULATÓRIA-AULAONLINEETIP.pptx
ONDULATÓRIA-AULAONLINEETIP.pptx
 
ondulatória, definições, equações, tipos de onda.
ondulatória, definições, equações, tipos de onda.ondulatória, definições, equações, tipos de onda.
ondulatória, definições, equações, tipos de onda.
 
2.ondas
2.ondas2.ondas
2.ondas
 
Ciências - Ondas
Ciências  - OndasCiências  - Ondas
Ciências - Ondas
 
Aula1 ondas
Aula1 ondasAula1 ondas
Aula1 ondas
 
Ondas
OndasOndas
Ondas
 
Ondas
OndasOndas
Ondas
 
Ondas 2 anos
Ondas 2 anosOndas 2 anos
Ondas 2 anos
 
Ondas
OndasOndas
Ondas
 
Ondas
OndasOndas
Ondas
 
New microsoft office word document (3)
New microsoft office word document (3)New microsoft office word document (3)
New microsoft office word document (3)
 
Ondas E Meios Bidimencionais
Ondas E Meios BidimencionaisOndas E Meios Bidimencionais
Ondas E Meios Bidimencionais
 
Ondas aulas 1, 2 e 3
Ondas aulas 1, 2 e 3Ondas aulas 1, 2 e 3
Ondas aulas 1, 2 e 3
 
Ondulatoria 3°ano
Ondulatoria   3°anoOndulatoria   3°ano
Ondulatoria 3°ano
 
ESTUDO DA ONDULATÓRIA.pptx
ESTUDO DA ONDULATÓRIA.pptxESTUDO DA ONDULATÓRIA.pptx
ESTUDO DA ONDULATÓRIA.pptx
 
Ondulatória.pdf
Ondulatória.pdfOndulatória.pdf
Ondulatória.pdf
 
Estudo das ondas - Apostila
Estudo das ondas - ApostilaEstudo das ondas - Apostila
Estudo das ondas - Apostila
 
Ondulatória
OndulatóriaOndulatória
Ondulatória
 

Mais de Pedro Gervásio

2ª geração do modernismo brasileiro
2ª geração do modernismo brasileiro2ª geração do modernismo brasileiro
2ª geração do modernismo brasileiro
Pedro Gervásio
 
Meu Universo
Meu UniversoMeu Universo
Meu Universo
Pedro Gervásio
 
Origem de Jesus Cristo
Origem de Jesus CristoOrigem de Jesus Cristo
Origem de Jesus Cristo
Pedro Gervásio
 
Buracos na camada de ozônio
Buracos na camada de ozônioBuracos na camada de ozônio
Buracos na camada de ozônio
Pedro Gervásio
 
A primeira Guerra Mundial e a Revolução Russa
A primeira Guerra Mundial e a Revolução RussaA primeira Guerra Mundial e a Revolução Russa
A primeira Guerra Mundial e a Revolução Russa
Pedro Gervásio
 
ÁLcool
ÁLcoolÁLcool
Tráfico negreiro
Tráfico negreiroTráfico negreiro
Tráfico negreiro
Pedro Gervásio
 
Romance regionalista
Romance regionalistaRomance regionalista
Romance regionalista
Pedro Gervásio
 
População brasileira
População brasileiraPopulação brasileira
População brasileira
Pedro Gervásio
 
Poluição térmica
Poluição térmicaPoluição térmica
Poluição térmica
Pedro Gervásio
 
Hemofilia
HemofiliaHemofilia
Hemofilia
Pedro Gervásio
 
Filo cnidaria
Filo cnidariaFilo cnidaria
Filo cnidaria
Pedro Gervásio
 
Feelings - sentimentos
Feelings - sentimentosFeelings - sentimentos
Feelings - sentimentos
Pedro Gervásio
 
Constituição histórica do nordeste
Constituição histórica do nordesteConstituição histórica do nordeste
Constituição histórica do nordeste
Pedro Gervásio
 
Ciências e valores
Ciências e valoresCiências e valores
Ciências e valores
Pedro Gervásio
 
Alimentaçõ e saúde
Alimentaçõ e saúdeAlimentaçõ e saúde
Alimentaçõ e saúde
Pedro Gervásio
 
Algas
AlgasAlgas
A síntese newtoniana
A síntese newtonianaA síntese newtoniana
A síntese newtoniana
Pedro Gervásio
 
A independência das treze colônias
A independência das treze colôniasA independência das treze colônias
A independência das treze colônias
Pedro Gervásio
 

Mais de Pedro Gervásio (19)

2ª geração do modernismo brasileiro
2ª geração do modernismo brasileiro2ª geração do modernismo brasileiro
2ª geração do modernismo brasileiro
 
Meu Universo
Meu UniversoMeu Universo
Meu Universo
 
Origem de Jesus Cristo
Origem de Jesus CristoOrigem de Jesus Cristo
Origem de Jesus Cristo
 
Buracos na camada de ozônio
Buracos na camada de ozônioBuracos na camada de ozônio
Buracos na camada de ozônio
 
A primeira Guerra Mundial e a Revolução Russa
A primeira Guerra Mundial e a Revolução RussaA primeira Guerra Mundial e a Revolução Russa
A primeira Guerra Mundial e a Revolução Russa
 
ÁLcool
ÁLcoolÁLcool
ÁLcool
 
Tráfico negreiro
Tráfico negreiroTráfico negreiro
Tráfico negreiro
 
Romance regionalista
Romance regionalistaRomance regionalista
Romance regionalista
 
População brasileira
População brasileiraPopulação brasileira
População brasileira
 
Poluição térmica
Poluição térmicaPoluição térmica
Poluição térmica
 
Hemofilia
HemofiliaHemofilia
Hemofilia
 
Filo cnidaria
Filo cnidariaFilo cnidaria
Filo cnidaria
 
Feelings - sentimentos
Feelings - sentimentosFeelings - sentimentos
Feelings - sentimentos
 
Constituição histórica do nordeste
Constituição histórica do nordesteConstituição histórica do nordeste
Constituição histórica do nordeste
 
Ciências e valores
Ciências e valoresCiências e valores
Ciências e valores
 
Alimentaçõ e saúde
Alimentaçõ e saúdeAlimentaçõ e saúde
Alimentaçõ e saúde
 
Algas
AlgasAlgas
Algas
 
A síntese newtoniana
A síntese newtonianaA síntese newtoniana
A síntese newtoniana
 
A independência das treze colônias
A independência das treze colôniasA independência das treze colônias
A independência das treze colônias
 

Último

Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Yan Kayk da Cruz Ferreira
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 

Último (20)

Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 

Ondas

  • 1. CENTRO DE ENSINO ISAURA AMORIM CIDELÂNDIA 2015 por Pedro Gervásio
  • 2. A definição de onda é qualquer perturbação (pulso) que se propaga em um meio. Ex: uma pedra jogada em uma piscina (a fonte), provocará ondas na água, pois houve uma perturbação. Essa onda se propagará para todos os lados, quando vemos as perturbações partindo do local da queda da pedra, até ir na borda. Uma sequência de pulsos formam as ondas. Conceito de Onda
  • 3.  Comprimento de onda: é o tamanho de uma onda, que pode ser medida em três pontos diferentes: de crista a crista, do início ao final de um período ou de vale a vale. Crista é a parte alta da onda, vale, a parte baixa. É representada no SI pela letra grega lambda (λ) Características das Ondas
  • 4.  Velocidade: todas as ondas possuem uma velocidade, que sempre é determinada pela distância percorrida, sobre o tempo gasto. Nas ondas, essa equação fica: v = λ / T ou v = λ . 1/T ou ainda v = λ . f Características das Ondas direção de propagação direção de vibração
  • 5.  Amplitude: é a "altura" da onda, é a distância entre o eixo da onda até a crista. Quanto maior for a amplitude, maior será a quantidade de energia transportada. Características das Ondas
  • 6.  Ondas mecânicas: são todas as ondas que precisam de um meio material para se propagar. Por exemplo: ondas no mar, ondas sonoras, ondas em uma corda, etc.  Ondas eletromagnéticas: são ondas que não precisam de um meio material para se propagar. Elas também podem se propagar em meios materiais. Exemplos: luz, raio-x , sinais de rádio, etc. Tipos de Onda
  • 7.  Ondas longitudinais: são as ondas onde a vibração da fonte é paralela ao deslocamento da onda. Exemplos de ondas longitudinais são as ondas sonoras (o alto falante vibra no eixo x, e as ondas seguem essa mesma direção), etc.  Ondas transversais: a vibração é perpendicular à propagação da onda. Ex.: ondas eletromagnéticas, ondas em uma corda (você balança a mão para cima e para baixo para gerar as ondas na corda). Tipos de Onda