SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 26
INTRODUÇÃO À ONDULATÓRIA
Considerações Iniciais 
Considerações Iniciais: O que é ONDA ??? 
Perturbação produzida: PULSO 
O PULSO se movimenta a partir da 
região onde foi gerado: ONDA 
A onda se movimenta transferindo energia 
através da vibração que é produzida pelo pulso. 
ONDA transfere ENERGIA através do meio, 
SEM TRANSPORTAR MATÉRIA !!!
Para realizar as manobras, o surfista 
precisa remar para entrar na onda e 
após...se movimentar constantemente...
Classificação das Ondas: Quanto a Natureza 
MECÂNICAS: Precisam do meio material para se propagar. 
Ex: 
Ondas no mar 
Ondas na superfície 
de um lago 
Ondas em molas 
Ondas em cordas 
Ondas sonoras
ELETROMAGNÉTICAS: Não precisam do meio material 
para se propagar. 
Ex: 
Raios X Ondas de Rádio Ondas de Luz 
Raio Laser
Classificação das Ondas: Quanto a Direção de 
Propagação 
UNIDIMENSIONAIS: 
Apenas 1 direção de 
propagação. 
Ex: Ondas em cordas 
BIDIMENSIONAIS: 
2 direções de 
propagação. 
Ex: Ondas em lagos 
TRIDIMENSIONAIS: 
3 direções de 
propagação. 
Ex: Ondas Sonoras
Classificação das Ondas: Quanto a Direção de 
Vibração 
TRANSVERSAIS: 
Propagação perpendicular à 
vibração 
Ex: Ondas em Cordas 
LONGITUDINAIS: 
Vibração e propagação na 
mesma direção. 
Ex: Ondas em Molas 
e o Som
ONDAS PERIÓDICAS: 
A 
A 
crista 
crista 
λ comprimento de onda 
vale vale 
λ comprimento de onda
Grandezas fundamentais das ondas: 
Frequência: número de ondas por tempo 
Acinhó: f = nº de ondas/tempo 
No SI, dada em hertz (Hz) 
Porém, usualmente, pode ser dada em rpm! 
Neste caso: 
rpm/60 = Hz 
Período: tempo de duração de uma onda completa 
No SI, dado em segundo (s) 
A relação entre frequência e período é: 
f = 1/T
Equação Fundamental da Ondulátória: 
V = λ . f 
V: velocidade de propagação da onda 
λ: comprimento da onda 
f: freqüência das oscilações 
A velocidade de propagação da onda 
só depende do meio de 
propagação.!!!! 
Sendo constante a 
velocidade de propagação 
de uma onda, temos: 
x=v.t 
Acinhó: =v.T 
=v.1/f 
Ou, ainda:
Velocidade da Onda numa Corda: 
A velocidade de propagação de uma onda numa corda obedece a 
equação de TAYLOR 
T 
 
V  
T: força tensora na corda 
μ: densidade linear da corda 
massa kg 
( ) 
comprimento m 
( ) 
 
Exercícios de Sala: 
1) Uma corda de comprimento 3 metros e massa 60 gramas é mantida 
tensa sob a ação de uma força de intensidade 800 N. Determine a 
velocidade de propagação de um pulso nessa corda. 
m 
  
L 
kg 
0,06 
m 
3 
  
  0,02 kg/m 
T 
 
V  
800 
0,02 
V  
V  200 m/ s
2) Uma corda de massa 240 gramas e de comprimento 1,2 metros vibra com 
freqüência de 150 Hz, conforme indica a figura: 
a) Qual a velocidade de propagação da 
onda na corda ? 
0,4 0,4 0,4 
  0,8 m 
b) Qual a intensidade da força tensora na corda ? 
m 
L 
  
0,24 
1,2 
  
  0,2 kg/m 
v    f 
v  0,8150 
v 120 m/ s 
T 
 
V  
0,2 
120 
T 
 T  2880 N
Reflexão de Pulsos em uma Corda: 
EXTREMO FIXO EXTREMO LIVRE 
INVERTE FASE NÃO INVERTE FASE
Refração de Pulsos em uma Corda: 
1) Da Corda GROSSA para a Corda FINA: 
μ MAIOR μ v MENOR A 
vB 
T 
 
V  
μ DIMINUI 
f NÃO MUDA 
V AUMENTA 
λ AUMENTA 
VB > VA 
λB > λA 
Observe que aqui ocorre uma 
REFRAÇÃO e também uma 
REFLEXÃO SEM INVERTER 
a fase.
Refração de Pulsos em uma Corda: 
1) Da Corda FINA para a Corda GROSSA: 
T 
 
V  
μ AUMENTA 
f NÃO MUDA 
V DIMINUI 
λ DIMINUI 
VB < VA 
λB < λA 
μ MAIOR 
“CORDA PESADA” 
vA 
μ MENOR 
“CORDA LEVE” 
vB 
Observe que aqui ocorre 
REFRAÇÃO e também 
REFLEXÃO COM 
INVERSÃO de fase.
Exercícios de Sala: 
3) Uma onda periódica propaga-se em uma corda A, com velocidade 40 cm/s e 
comprimento de onda 5 cm. Ao passar para uma corda B, sua velocidade passa a 
ser 30 cm/s. Determine: 
a) O comprimento de onda no meio B; 
b) A freqüência da onda. 
40 cm/s 
30 cm/s 
VA = λA . fA 
40 = 5 . fA 
fA = 8 Hz 
VB = λB . fB 
30 = λB . 8 
λB = 3,75 cm
INTERFERÊNCIA: 
CONSTRUTIVA: 
Amplitude Resultante 
A = A1 + A2 
DESTRUTIVA: 
Amplitude Resultante 
A = A1 - A2 
A1 A2 
A2 A1 
A2 
A1 
A2 
A1
ONDAS ESTACIONÁRIAS: 
VENTRE 
NÓ 
λ 
λ/2 
Encontro de duas ondas, 
uma incidente e outra 
refletida, de mesma f, A e 
λ que se propagam em 
sentidos opostos
Exercícios de Sala: 
4) Uma onda estacionária de freqüência 8 Hz se estabelece numa linha fixada 
entre dois pontos distantes 60 cm. Incluindo os extremos, contam-se 7 nodos. 
Calcule a velocidade da onda progressiva que deu origem à onda estacionária. 
60 cm 
λ = 20 cm 
V = λ . f 
V = 20 . 8 
V = 160 cm/s
Exercícios de Sala: 
07) A figura abaixo é a representação gráfica, num dado instante, 
de duas ondas A e B que se propagam com a mesma velocidade ao 
longo de duas cordas. A frequência da onda A é 10 Hz. Julgue as 
afirmativas como verdadeiras ou falsas. 
λA 
AA
01) O comprimento da onda A é maior que o da onda B. 
λA 
λB 
λA > λB
02) A velocidade de propagação das ondas é de 0,50 m/s. 
VA = λA . fA 
VA = 0,05 . 10 
VA = VB = 0,5 m/s 
04) É possível variar a amplitude da onda A sem que se altere sua freqüência. 
Isso é perfeitamente possível, pois AMPLITUDE e FREQUÊNCIA, 
NÃO SE RELACIONAM...!!!!
08) As ondas representadas são do tipo longitudinal. 
Afirmação falsa, pois a 
figura nos mostra ondas 
transversais..!!! 
16) A amplitude da onda A é de 5,0 cm. 
Ligue-se !!! 
A amplitude vale 
2 cm.
32) O período da onda B é maior que 0,10 s. 
fA = 10 Hz 
TA = 0,1 s 
Se λB < λA , então fB > fA 
Assim: TB < TA 
Cháuziimmm!!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Ondas Sonoras
Ondas SonorasOndas Sonoras
Ondas Sonoras
 
Ondas estacionárias
Ondas estacionáriasOndas estacionárias
Ondas estacionárias
 
Circuitos elétricos
Circuitos elétricosCircuitos elétricos
Circuitos elétricos
 
Ondas 1o bimestre (1)
Ondas   1o bimestre (1)Ondas   1o bimestre (1)
Ondas 1o bimestre (1)
 
Termodinâmica
TermodinâmicaTermodinâmica
Termodinâmica
 
Leis De Newton
Leis De NewtonLeis De Newton
Leis De Newton
 
Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistores
 
Força magnética
Força magnéticaForça magnética
Força magnética
 
Introdução a Física
Introdução a FísicaIntrodução a Física
Introdução a Física
 
Fenômenos ondulatórios
Fenômenos ondulatóriosFenômenos ondulatórios
Fenômenos ondulatórios
 
Ondas eletromagnéticas
Ondas eletromagnéticasOndas eletromagnéticas
Ondas eletromagnéticas
 
Energia mecânica
Energia mecânicaEnergia mecânica
Energia mecânica
 
Escalas termométricas
Escalas termométricasEscalas termométricas
Escalas termométricas
 
Física 2º ano ensino médio ondulatória comprimento, frequência, amplitude e...
Física 2º ano ensino médio   ondulatória comprimento, frequência, amplitude e...Física 2º ano ensino médio   ondulatória comprimento, frequência, amplitude e...
Física 2º ano ensino médio ondulatória comprimento, frequência, amplitude e...
 
Slides eletrostatica
Slides eletrostaticaSlides eletrostatica
Slides eletrostatica
 
Acustica
AcusticaAcustica
Acustica
 
Leis de ohm
Leis de ohmLeis de ohm
Leis de ohm
 
Força elétrica
Força elétricaForça elétrica
Força elétrica
 
Aula de Física: Ondas e som [Ciências - EF - 9º Ano]
Aula de Física: Ondas e som [Ciências - EF - 9º Ano] Aula de Física: Ondas e som [Ciências - EF - 9º Ano]
Aula de Física: Ondas e som [Ciências - EF - 9º Ano]
 
Magnetismo
MagnetismoMagnetismo
Magnetismo
 

Destaque

Aula de ondas sonoras
Aula de ondas sonorasAula de ondas sonoras
Aula de ondas sonorastiowans
 
Equação Fundamental da Ondulatória
Equação Fundamental da OndulatóriaEquação Fundamental da Ondulatória
Equação Fundamental da OndulatóriaSamara Brito
 
Ondas electromagneticas e mecânicas
Ondas electromagneticas e mecânicasOndas electromagneticas e mecânicas
Ondas electromagneticas e mecânicasAlexandra Pereira
 

Destaque (6)

Ondas
OndasOndas
Ondas
 
Aula5
Aula5Aula5
Aula5
 
Aula de ondas sonoras
Aula de ondas sonorasAula de ondas sonoras
Aula de ondas sonoras
 
Equação Fundamental da Ondulatória
Equação Fundamental da OndulatóriaEquação Fundamental da Ondulatória
Equação Fundamental da Ondulatória
 
Ondas electromagneticas e mecânicas
Ondas electromagneticas e mecânicasOndas electromagneticas e mecânicas
Ondas electromagneticas e mecânicas
 
20 ondulatória fundamentos
20  ondulatória fundamentos20  ondulatória fundamentos
20 ondulatória fundamentos
 

Semelhante a Introdução à ondulatória

Conceito de-onda.154.189
Conceito de-onda.154.189Conceito de-onda.154.189
Conceito de-onda.154.189Jonnas Calado
 
Chicovieira fisica-teoriaequestoepara prf-modulo04-001
Chicovieira fisica-teoriaequestoepara prf-modulo04-001Chicovieira fisica-teoriaequestoepara prf-modulo04-001
Chicovieira fisica-teoriaequestoepara prf-modulo04-001Débora Tarouquela
 
Velocidade de propagação das
Velocidade de propagação dasVelocidade de propagação das
Velocidade de propagação dasFabiana Gonçalves
 
Ondas Eletromagnéticas e Acústica - Física
Ondas Eletromagnéticas e Acústica - FísicaOndas Eletromagnéticas e Acústica - Física
Ondas Eletromagnéticas e Acústica - FísicaCarson Souza
 
Fisica 02 - Ondas I
Fisica 02 - Ondas IFisica 02 - Ondas I
Fisica 02 - Ondas IWalmor Godoi
 
Lista ondas ciclo2
Lista ondas ciclo2Lista ondas ciclo2
Lista ondas ciclo2fisicadu
 
Fisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exerciciosFisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exerciciosEmerson Assis
 
Fisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exerciciosFisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exerciciosEmerson Assis
 
Aula 1- Ondas- Ensino Médio
Aula 1- Ondas- Ensino MédioAula 1- Ondas- Ensino Médio
Aula 1- Ondas- Ensino Médiocerejn
 
Ondulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda.ppt
Ondulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda.pptOndulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda.ppt
Ondulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda.pptRodolfoFUT9
 
Ondulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda.ppt
Ondulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda.pptOndulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda.ppt
Ondulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda.pptLucasOliveira619243
 
Ondulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda
Ondulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma ondaOndulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda
Ondulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma ondaGiovane Silva
 

Semelhante a Introdução à ondulatória (20)

Conceito de-onda.154.189
Conceito de-onda.154.189Conceito de-onda.154.189
Conceito de-onda.154.189
 
Chicovieira fisica-teoriaequestoepara prf-modulo04-001
Chicovieira fisica-teoriaequestoepara prf-modulo04-001Chicovieira fisica-teoriaequestoepara prf-modulo04-001
Chicovieira fisica-teoriaequestoepara prf-modulo04-001
 
Velocidade de propagação das
Velocidade de propagação dasVelocidade de propagação das
Velocidade de propagação das
 
Ondas Eletromagnéticas e Acústica - Física
Ondas Eletromagnéticas e Acústica - FísicaOndas Eletromagnéticas e Acústica - Física
Ondas Eletromagnéticas e Acústica - Física
 
Fisica 02 - Ondas I
Fisica 02 - Ondas IFisica 02 - Ondas I
Fisica 02 - Ondas I
 
Ondas 2012
Ondas 2012Ondas 2012
Ondas 2012
 
Ondas
OndasOndas
Ondas
 
Ondulatória
OndulatóriaOndulatória
Ondulatória
 
9º ano 1º bim. 1ª lista 2011
9º ano 1º bim. 1ª lista 20119º ano 1º bim. 1ª lista 2011
9º ano 1º bim. 1ª lista 2011
 
Focoaula9
Focoaula9Focoaula9
Focoaula9
 
Lista ondas ciclo2
Lista ondas ciclo2Lista ondas ciclo2
Lista ondas ciclo2
 
2.ondas
2.ondas2.ondas
2.ondas
 
Fisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exerciciosFisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exercicios
 
Fisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exerciciosFisica ondas ondulatoria_exercicios
Fisica ondas ondulatoria_exercicios
 
Ondas cris
Ondas crisOndas cris
Ondas cris
 
Aula 1- Ondas- Ensino Médio
Aula 1- Ondas- Ensino MédioAula 1- Ondas- Ensino Médio
Aula 1- Ondas- Ensino Médio
 
Ondulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda.ppt
Ondulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda.pptOndulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda.ppt
Ondulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda.ppt
 
Ondulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda.ppt
Ondulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda.pptOndulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda.ppt
Ondulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda.ppt
 
Ondulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda
Ondulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma ondaOndulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda
Ondulatória comprimento, frequência, amplitude e período de uma onda
 
Ondas gabarito versão final
Ondas gabarito versão finalOndas gabarito versão final
Ondas gabarito versão final
 

Mais de Marcelo Alano

Conservacao de energia pre gabarito
Conservacao de energia pre   gabaritoConservacao de energia pre   gabarito
Conservacao de energia pre gabaritoMarcelo Alano
 
Fissão e fusão nuclear
Fissão e fusão nuclearFissão e fusão nuclear
Fissão e fusão nuclearMarcelo Alano
 
Conceitos basicos de hidrostática
Conceitos basicos de hidrostáticaConceitos basicos de hidrostática
Conceitos basicos de hidrostáticaMarcelo Alano
 
Hidrostática marcelo alano
Hidrostática   marcelo alanoHidrostática   marcelo alano
Hidrostática marcelo alanoMarcelo Alano
 
Lista de exercicios queda livre
Lista de exercicios queda livreLista de exercicios queda livre
Lista de exercicios queda livreMarcelo Alano
 

Mais de Marcelo Alano (11)

Resistores
ResistoresResistores
Resistores
 
Gerador e receptor
Gerador e receptorGerador e receptor
Gerador e receptor
 
Conservacao de energia pre gabarito
Conservacao de energia pre   gabaritoConservacao de energia pre   gabarito
Conservacao de energia pre gabarito
 
Ondulatoria
OndulatoriaOndulatoria
Ondulatoria
 
Cinemática
CinemáticaCinemática
Cinemática
 
Fissão e fusão nuclear
Fissão e fusão nuclearFissão e fusão nuclear
Fissão e fusão nuclear
 
Conceitos basicos de hidrostática
Conceitos basicos de hidrostáticaConceitos basicos de hidrostática
Conceitos basicos de hidrostática
 
Hidrostática marcelo alano
Hidrostática   marcelo alanoHidrostática   marcelo alano
Hidrostática marcelo alano
 
Lentes esféricas 2
Lentes esféricas 2Lentes esféricas 2
Lentes esféricas 2
 
Atomo
AtomoAtomo
Atomo
 
Lista de exercicios queda livre
Lista de exercicios queda livreLista de exercicios queda livre
Lista de exercicios queda livre
 

Último

História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfGisellySobral
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaREGIANELAURALOUREIRO1
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...marioeugenio8
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxprofbrunogeo95
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresAna Isabel Correia
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................mariagrave
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)Centro Jacques Delors
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfprofesfrancleite
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Centro Jacques Delors
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivararambomarcos
 
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptxSão Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptxMartin M Flynn
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 

Último (20)

História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptxSlides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
Slides Lição 06, Central Gospel, O Anticristo, 1Tr24.pptx
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptxSão Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 

Introdução à ondulatória

  • 2. Considerações Iniciais Considerações Iniciais: O que é ONDA ??? Perturbação produzida: PULSO O PULSO se movimenta a partir da região onde foi gerado: ONDA A onda se movimenta transferindo energia através da vibração que é produzida pelo pulso. ONDA transfere ENERGIA através do meio, SEM TRANSPORTAR MATÉRIA !!!
  • 3. Para realizar as manobras, o surfista precisa remar para entrar na onda e após...se movimentar constantemente...
  • 4.
  • 5. Classificação das Ondas: Quanto a Natureza MECÂNICAS: Precisam do meio material para se propagar. Ex: Ondas no mar Ondas na superfície de um lago Ondas em molas Ondas em cordas Ondas sonoras
  • 6. ELETROMAGNÉTICAS: Não precisam do meio material para se propagar. Ex: Raios X Ondas de Rádio Ondas de Luz Raio Laser
  • 7. Classificação das Ondas: Quanto a Direção de Propagação UNIDIMENSIONAIS: Apenas 1 direção de propagação. Ex: Ondas em cordas BIDIMENSIONAIS: 2 direções de propagação. Ex: Ondas em lagos TRIDIMENSIONAIS: 3 direções de propagação. Ex: Ondas Sonoras
  • 8. Classificação das Ondas: Quanto a Direção de Vibração TRANSVERSAIS: Propagação perpendicular à vibração Ex: Ondas em Cordas LONGITUDINAIS: Vibração e propagação na mesma direção. Ex: Ondas em Molas e o Som
  • 9. ONDAS PERIÓDICAS: A A crista crista λ comprimento de onda vale vale λ comprimento de onda
  • 10. Grandezas fundamentais das ondas: Frequência: número de ondas por tempo Acinhó: f = nº de ondas/tempo No SI, dada em hertz (Hz) Porém, usualmente, pode ser dada em rpm! Neste caso: rpm/60 = Hz Período: tempo de duração de uma onda completa No SI, dado em segundo (s) A relação entre frequência e período é: f = 1/T
  • 11. Equação Fundamental da Ondulátória: V = λ . f V: velocidade de propagação da onda λ: comprimento da onda f: freqüência das oscilações A velocidade de propagação da onda só depende do meio de propagação.!!!! Sendo constante a velocidade de propagação de uma onda, temos: x=v.t Acinhó: =v.T =v.1/f Ou, ainda:
  • 12. Velocidade da Onda numa Corda: A velocidade de propagação de uma onda numa corda obedece a equação de TAYLOR T  V  T: força tensora na corda μ: densidade linear da corda massa kg ( ) comprimento m ( )  
  • 13. Exercícios de Sala: 1) Uma corda de comprimento 3 metros e massa 60 gramas é mantida tensa sob a ação de uma força de intensidade 800 N. Determine a velocidade de propagação de um pulso nessa corda. m   L kg 0,06 m 3     0,02 kg/m T  V  800 0,02 V  V  200 m/ s
  • 14. 2) Uma corda de massa 240 gramas e de comprimento 1,2 metros vibra com freqüência de 150 Hz, conforme indica a figura: a) Qual a velocidade de propagação da onda na corda ? 0,4 0,4 0,4   0,8 m b) Qual a intensidade da força tensora na corda ? m L   0,24 1,2     0,2 kg/m v    f v  0,8150 v 120 m/ s T  V  0,2 120 T  T  2880 N
  • 15. Reflexão de Pulsos em uma Corda: EXTREMO FIXO EXTREMO LIVRE INVERTE FASE NÃO INVERTE FASE
  • 16. Refração de Pulsos em uma Corda: 1) Da Corda GROSSA para a Corda FINA: μ MAIOR μ v MENOR A vB T  V  μ DIMINUI f NÃO MUDA V AUMENTA λ AUMENTA VB > VA λB > λA Observe que aqui ocorre uma REFRAÇÃO e também uma REFLEXÃO SEM INVERTER a fase.
  • 17. Refração de Pulsos em uma Corda: 1) Da Corda FINA para a Corda GROSSA: T  V  μ AUMENTA f NÃO MUDA V DIMINUI λ DIMINUI VB < VA λB < λA μ MAIOR “CORDA PESADA” vA μ MENOR “CORDA LEVE” vB Observe que aqui ocorre REFRAÇÃO e também REFLEXÃO COM INVERSÃO de fase.
  • 18. Exercícios de Sala: 3) Uma onda periódica propaga-se em uma corda A, com velocidade 40 cm/s e comprimento de onda 5 cm. Ao passar para uma corda B, sua velocidade passa a ser 30 cm/s. Determine: a) O comprimento de onda no meio B; b) A freqüência da onda. 40 cm/s 30 cm/s VA = λA . fA 40 = 5 . fA fA = 8 Hz VB = λB . fB 30 = λB . 8 λB = 3,75 cm
  • 19. INTERFERÊNCIA: CONSTRUTIVA: Amplitude Resultante A = A1 + A2 DESTRUTIVA: Amplitude Resultante A = A1 - A2 A1 A2 A2 A1 A2 A1 A2 A1
  • 20. ONDAS ESTACIONÁRIAS: VENTRE NÓ λ λ/2 Encontro de duas ondas, uma incidente e outra refletida, de mesma f, A e λ que se propagam em sentidos opostos
  • 21. Exercícios de Sala: 4) Uma onda estacionária de freqüência 8 Hz se estabelece numa linha fixada entre dois pontos distantes 60 cm. Incluindo os extremos, contam-se 7 nodos. Calcule a velocidade da onda progressiva que deu origem à onda estacionária. 60 cm λ = 20 cm V = λ . f V = 20 . 8 V = 160 cm/s
  • 22. Exercícios de Sala: 07) A figura abaixo é a representação gráfica, num dado instante, de duas ondas A e B que se propagam com a mesma velocidade ao longo de duas cordas. A frequência da onda A é 10 Hz. Julgue as afirmativas como verdadeiras ou falsas. λA AA
  • 23. 01) O comprimento da onda A é maior que o da onda B. λA λB λA > λB
  • 24. 02) A velocidade de propagação das ondas é de 0,50 m/s. VA = λA . fA VA = 0,05 . 10 VA = VB = 0,5 m/s 04) É possível variar a amplitude da onda A sem que se altere sua freqüência. Isso é perfeitamente possível, pois AMPLITUDE e FREQUÊNCIA, NÃO SE RELACIONAM...!!!!
  • 25. 08) As ondas representadas são do tipo longitudinal. Afirmação falsa, pois a figura nos mostra ondas transversais..!!! 16) A amplitude da onda A é de 5,0 cm. Ligue-se !!! A amplitude vale 2 cm.
  • 26. 32) O período da onda B é maior que 0,10 s. fA = 10 Hz TA = 0,1 s Se λB < λA , então fB > fA Assim: TB < TA Cháuziimmm!!!