SlideShare uma empresa Scribd logo
Flavio Zanetti
Depressão, Suicídio - Crises Atuais
na Visão Espírita
Perguntas iniciais
• Podemos identificar as
principais causas da
depressão? E do suicídio?
• Temos o direito de tirar
nossas próprias vidas?
• Quais são as consequências do
suicídio? Da depressão?
• Qual é a visão espírita do
suicídio e da depressão?
• Vale a pena viver
mesmo com todo
esse sofrimento?
Suicídio Direto:
Morte causada por
comportamento prejudicial auto-
dirigida com qualquer intenção
de morrer como resultado do
comportamento.
Suicídio Indireto:
Ato de adentrar em um curso fatal
sem cometer diretamente o agir
sobre si mesmo. suicídio indireto se
diferencia do suicídio legalmente
definido pelo fato de que o ator
não puxar o gatilho.
Suicídio Direto:
Morte causada por
comportamento prejudicial auto-
dirigida com qualquer intenção
de morrer como resultado do
comportamento.
Suicídio Indireto:
Ato de adentrar em um curso fatal
sem cometer diretamente o agir
sobre si mesmo. suicídio indireto se
diferencia do suicídio legalmente
definido pelo fato de que o ator
não puxar o gatilho.
Suicídio Direto:
Morte causada por
comportamento prejudicial auto-
dirigida com qualquer intenção
de morrer como resultado do
comportamento.
Tentativa de Suicídio: Um comportamento prejudicial
auto-dirigido e não-fatal com qualquer intenção de
morrer como resultado do comportamento. A tentativa
de suicídio pode ou não resultar em ferimentos.
Depressão: estado de abatimento
psíquico e físico. É normal que as
pessoas tenham períodos de
depressão nervosa, mas quando ela
é muito acentuada ou quando tende
a se manter por períodos muito
longos, pode-se tratar de uma
perturbação mental
Hipócrates, o pai da medicina, no
século IV a.C., estabeleceu os quatro
temperamentos do ser humano:
fleumático, sanguíneo, colérico e
melancólico. O temperamento
melancólico referia-se à depressão.
Depressão: estado de abatimento
psíquico e físico. É normal que as
pessoas tenham períodos de
depressão nervosa, mas quando ela
é muito acentuada ou quando tende
a se manter por períodos muito
longos, pode-se tratar de uma
perturbação mental
Hipócrates, o pai da medicina, no
século IV a.C., estabeleceu os quatro
temperamentos do ser humano:
fleumático, sanguíneo, colérico e
melancólico. O temperamento
melancólico referia-se à depressão.
Depressão: estado de abatimento
psíquico e físico. É normal que as
pessoas tenham períodos de
depressão nervosa, mas quando ela
é muito acentuada ou quando tende
a se manter por períodos muito
longos, pode-se tratar de uma
perturbação mental
Na Bíblia, há diversos relatos sobre os padecimentos
dos atingidos pelo infortúnio, principalmente dos seres
humanos que perderam a fé em Deus, e com isso a
esperança no futuro.
Hipócrates, o pai da medicina, no
século IV a.C., estabeleceu os quatro
temperamentos do ser humano:
fleumático, sanguíneo, colérico e
melancólico. O temperamento
melancólico referia-se à depressão.
Depressão: estado de abatimento
psíquico e físico. É normal que as
pessoas tenham períodos de
depressão nervosa, mas quando ela
é muito acentuada ou quando tende
a se manter por períodos muito
longos, pode-se tratar de uma
perturbação mental
Na Bíblia, há diversos relatos sobre os padecimentos
dos atingidos pelo infortúnio, principalmente dos seres
humanos que perderam a fé em Deus, e com isso a
esperança no futuro.
Verdadeira Causa
permanece
desconhecida
Suicídio: estatísticas
O suicídio é considerado a segunda
principal causa de morte entre os
estudantes universitários.
O suicídio é considerado a segunda
principal causa de morte entre os
estudantes universitários.
O suicídio é a segunda principal
causa de morte entre pessoas com
idades entre 25 e 34 anos.
O suicídio é considerado a segunda
principal causa de morte entre os
estudantes universitários.
O suicídio é a segunda principal
causa de morte entre pessoas com
idades entre 25 e 34 anos.
O suicídio é a terceira principal
causa de morte entre pessoas com
idades entre 10-24 anos.
O suicídio é considerado a segunda
principal causa de morte entre os
estudantes universitários.
O suicídio é a segunda principal
causa de morte entre pessoas com
idades entre 25 e 34 anos.
O suicídio é a terceira principal
causa de morte entre pessoas com
idades entre 10-24 anos.
O suicídio é a quarta principal causa
de morte de adultos entre as idades
de 18 e 65 anos.
Suicídio x Homicídio
Suicídio x Homicídio
Este é um grande
problema em nossa
sociedade !!!
Depressão: estatísticas
Depressão nos EUA
É uma emoção natural … como
decorrência de desencantos, de
choques, de insatisfações,
normalmente de curta duração.”
“É um fenômeno natural que ocorre
com todas as pessoas, mesmo
aquelas que vivenciam os mais
extraordinários momentos de alegria”
É uma emoção natural … como
decorrência de desencantos, de
choques, de insatisfações,
normalmente de curta duração.”
Por que o Suicídio?
Algumas “razões” e explicações…
Algumas “razões” e explicações…
1. Escapar do
sofrimento
Algumas “razões” e explicações…
1. Escapar do
sofrimento
2. Incapacidade de
resolver problemas
Algumas “razões” e explicações…
1. Escapar do
sofrimento
2. Incapacidade de
resolver problemas
3. Desequilíbrios
psico-físico-espirituais
Algumas “razões” e explicações…
1. Escapar do
sofrimento
2. Incapacidade de
resolver problemas
3. Desequilíbrios
psico-físico-espirituais
4. Materialismo:
desgosto da vida
Algumas “razões” e explicações…
1. Escapar do
sofrimento
2. Incapacidade de
resolver problemas
3. Desequilíbrios
psico-físico-espirituais
4. Materialismo:
desgosto da vida
“Falta de fé é responsável por quase todos suicídios”
Emmanuel - The Consoler
Algumas “razões” e explicações…
1. Escapar do
sofrimento
2. Incapacidade de
resolver problemas
3. Desequilíbrios
psico-físico-espirituais
4. Materialismo:
desgosto da vida
“Falta de fé é responsável por quase todos suicídios”
Emmanuel - The Consoler
"A incredulidade, a simples dúvida
sobre o futuro, as idéias materialistas,
numa palavra, são os maiores
incitantes ao suicídio; ocasionam a
covardia moral”
Evangelho segundo o Espiritismo por Allan Kardec Cap 5 item 16
Fuga Comprometedora
“…O auto-aniquilamento situa-se por
desastrada fuga, uma porta falsa em que o
indivíduo, julgando libertar-se de seus males,
precipita-se em situação muito pior”
Fuga Comprometedora
“…O auto-aniquilamento situa-se por
desastrada fuga, uma porta falsa em que o
indivíduo, julgando libertar-se de seus males,
precipita-se em situação muito pior”
“O suicida assemelha-se ao prisioneiro que escapa da
prisão antes de cumprir a sua pena, e que ao ser
preso de novo será tratado com mais severidade.
Assim acontece, pois com o suicida, que pensa
escapar às misérias presentes e mergulha em maiores
desgraças” CapV item 14
“A causa raiz de todo o mal que aflige o
mundo atual é a ausência de uma visão
mais espiritualizada da vida”
Joanna de Angelis
TRISTEZA E DEPRESSÃO
“As pessoas não tem
paciência para a
infelicidade. Em um mundo
altamente competitivo,
estar triste pode ser
interpretado como sinal de
fraqueza, e isso, ninguém
quer”
Renato Janine Ribeiro - filósofo
Suicidio, Depressão e
Saúde Mental
Saúde Mental
*Diagnóstico primário em adolescentes.
Saúde Mental
Vários estudos em diversos países > 50 anos relatam os
mesmos resultados: 90% das pessoas que morrem por
suicídio sofrem de um ou mais transtornos psiquiátricos:
Transtorno Depressivo Maior
Transtorno bipolar, fase depressiva
Abuso do Alcool ou substancias *
Esquizofrenia
Transtorno de personalidade Limítrofe
*Diagnóstico primário em adolescentes.
Doença Mental e
Obsessão
Doença Mental e
Obsessão
“Sem dúvida, todos os sofrimentos e decepções que
atordoam o ser humano vem do Espírito, que está
ligado a esses conflitos que surgem a partir de
experiências corporais anteriormente vencidas”
Doença Mental e
Obsessão
“Sem dúvida, todos os sofrimentos e decepções que
atordoam o ser humano vem do Espírito, que está
ligado a esses conflitos que surgem a partir de
experiências corporais anteriormente vencidas”
“O paciente psiquiátrico é geralmente alguém que
tenha usado a inteligência e as emoções de uma forma
muito irresponsável, danificando o núcleo perispiritual
que moldado no cérebro físico as suas necessidades de
reparação”
Doença Mental e
Obsessão
“Sem dúvida, todos os sofrimentos e decepções que
atordoam o ser humano vem do Espírito, que está
ligado a esses conflitos que surgem a partir de
experiências corporais anteriormente vencidas”
“O paciente psiquiátrico é geralmente alguém que
tenha usado a inteligência e as emoções de uma forma
muito irresponsável, danificando o núcleo perispiritual
que moldado no cérebro físico as suas necessidades de
reparação”
Obsesses —
Doenças
Mentais —
Suicídio
Depressão e o Cansaço
daVida
Depressão e o Cansaço
daVida
“A depressão é um distúrbio mais profundo em que
muitos fatores contribuem para a perda do afeto,
alegria e para o mergulho em auto-absorção no sentido
de uma total falta de interesse pela vida."
Depressão e o Cansaço
daVida
“A depressão é um distúrbio mais profundo em que
muitos fatores contribuem para a perda do afeto,
alegria e para o mergulho em auto-absorção no sentido
de uma total falta de interesse pela vida."
“Cansaço ou falta de interesse pela vida vem do efeito
da preguiça, falta de fé e, geralmente, saciedade”
Adaptado de O Livro dos Espartos por Allan Kardec q.943
Mario Sobral
“Em verdade vos digo, que você
não sairá de lá enquanto não
pagar o último centavo”
Jesus - Mateus 5:26
Vale dos Suicidas: Mario
Arrependimento e Remorso:
Perispírito
Obsessor e a vítima: Hoje
Vale dos Suicídas
“…Todos os redutos de sofrimento, além-túmulo, não passam de
largos porões do trabalho evolutivo da alma, à feição de grandes
hospitais carcerários para tratamento das consciências envilecidas”
Andre Luiz in Mechanisms of Mediumship
Espiritismo e
Suicídio
Pode o Espiritismo
prevenir o suicídio?
Sim! “O espiritismo, se
bem compreendido, é
um preservativo da
loucura e do suicídio”
Allan Kardec
Pode o Espiritismo
prevenir o suicídio?
Se previne suicídio…
“A calma e a resignação hauridas da maneira de considerar a vida
terrestre e da confiança no futuro dão ao espírito uma serenidade
que é o melhor preservativo contra a loucura e o suicídio”
O Evangelho Segundo o Espiritismo por Allan Kardec Cap 5 item14
Se previne suicídio…
Demonstrando que a “Vida Continua”
“A calma e a resignação hauridas da maneira de considerar a vida
terrestre e da confiança no futuro dão ao espírito uma serenidade
que é o melhor preservativo contra a loucura e o suicídio”
O Evangelho Segundo o Espiritismo por Allan Kardec Cap 5 item14
Se previne suicídio…
Demonstrando que a “Vida Continua”
Mostrando o sofrimento graças ao suicídio
“A calma e a resignação hauridas da maneira de considerar a vida
terrestre e da confiança no futuro dão ao espírito uma serenidade
que é o melhor preservativo contra a loucura e o suicídio”
O Evangelho Segundo o Espiritismo por Allan Kardec Cap 5 item14
Se previne suicídio…
Demonstrando que a “Vida Continua”
Mostrando o sofrimento graças ao suicídio
Convidando suicidas para virem nos avisar
“A calma e a resignação hauridas da maneira de considerar a vida
terrestre e da confiança no futuro dão ao espírito uma serenidade
que é o melhor preservativo contra a loucura e o suicídio”
O Evangelho Segundo o Espiritismo por Allan Kardec Cap 5 item14
Se previne suicídio…
Demonstrando que a “Vida Continua”
Mostrando o sofrimento graças ao suicídio
Convidando suicidas para virem nos avisar
Mostrando a necidade do “orar e vigiar”
“A calma e a resignação hauridas da maneira de considerar a vida
terrestre e da confiança no futuro dão ao espírito uma serenidade
que é o melhor preservativo contra a loucura e o suicídio”
O Evangelho Segundo o Espiritismo por Allan Kardec Cap 5 item14
Se previne suicídio…
Demonstrando que a “Vida Continua”
Mostrando o sofrimento graças ao suicídio
Convidando suicidas para virem nos avisar
Mostrando a necidade do “orar e vigiar”
Sendo o “Consolador prometido”
“A calma e a resignação hauridas da maneira de considerar a vida
terrestre e da confiança no futuro dão ao espírito uma serenidade
que é o melhor preservativo contra a loucura e o suicídio”
O Evangelho Segundo o Espiritismo por Allan Kardec Cap 5 item14
Primeira Consequência:
A morte não existe!
Consequências adicionais
Consequências adicionais
1. Sofrimento contínuo
em maior nível
Consequências adicionais
2. Relocação para
regiões afetadas
1. Sofrimento contínuo
em maior nível
Consequências adicionais
2. Relocação para
regiões afetadas
3.Tormentos,
memórias, pesadelos
1. Sofrimento contínuo
em maior nível
Consequências adicionais
2. Relocação para
regiões afetadas
3.Tormentos,
memórias, pesadelos
4. Lesões
perispirituais
1. Sofrimento contínuo
em maior nível
Consequências adicionais
2. Relocação para
regiões afetadas
3.Tormentos,
memórias, pesadelos
4. Lesões
perispirituais
5. Essas mesmas lesões
refletir-se-ão no corpo físico
1. Sofrimento contínuo
em maior nível
Consequências adicionais
2. Relocação para
regiões afetadas
3.Tormentos,
memórias, pesadelos
4. Lesões
perispirituais
5. Essas mesmas lesões
refletir-se-ão no corpo físico
6. Desperdício de tempo
valioso para o progresso
1. Sofrimento contínuo
em maior nível
Quais, em geral, com relação ao estado
do Espírito, as conseqüências do

suicídio?
O Livro dos Espíritos de Allan Kardec q. 957
Quais, em geral, com relação ao estado
do Espírito, as conseqüências do

suicídio?
“Muito diversas são as consequências do suicídio.
Não há penas determinadas e, em todos os casos,
correspondem sempre às causas que o produziram.
Há,porém, uma consequência a que o suicida não
pode escapar; é o desapontamento. Mas, a sorte
não é a mesma para todos; depende das
circunstâncias. Alguns expiam a falta imediatamente,
outros em nova existência, que será pior do que
aquela cujo curso interromperam”
O Livro dos Espíritos de Allan Kardec q. 957
"O suicídio é um dos maiores equívocos humanos, se
não o maior. A pessoa se sente pressionado por um
número variável de desafios, que acredita ser
problemas insolúveis, e arremessa para a ilusão
da morte. Sim, ilusão, porque ninguém pode auto-
exterminar"
"O suicídio é um dos maiores equívocos humanos, se
não o maior. A pessoa se sente pressionado por um
número variável de desafios, que acredita ser
problemas insolúveis, e arremessa para a ilusão
da morte. Sim, ilusão, porque ninguém pode auto-
exterminar"
"Quando pensamentos insidiosos e insistentes
predominarem em tuas paisagens mentais,
convidando-te à fuga dos relacionamentos, dos
compromissos de qualquer ordem, vigia e age,
porque estás sob as garras perversas do
transtorno perigoso”
Fatos Atenuantes e Agravantes
“Deus, que julga, pode, conforme a causa, abrandar os
rigores de Sua justiça” O Livro dos Espíritos por Allan Kardec q.948
Fatos Atenuantes e Agravantes
“Deus, que julga, pode, conforme a causa, abrandar os
rigores de Sua justiça” O Livro dos Espíritos por Allan Kardec q.948
Fatos Atenuantes e Agravantes
944a. Não é sempre
voluntário o suicídio?
“Deus, que julga, pode, conforme a causa, abrandar os
rigores de Sua justiça” O Livro dos Espíritos por Allan Kardec q.948
Fatos Atenuantes e Agravantes
944a. Não é sempre
voluntário o suicídio?
“O louco que se mata não sabe o
que faz”
“Deus, que julga, pode, conforme a causa, abrandar os
rigores de Sua justiça” O Livro dos Espíritos por Allan Kardec q.948
Fatos Atenuantes e Agravantes
944a. Não é sempre
voluntário o suicídio?
“O louco que se mata não sabe o
que faz”
947. Pode ser considerado suicida aquele que, a braços
com a maior penúria,se deixa morrer de fome?
“Deus, que julga, pode, conforme a causa, abrandar os
rigores de Sua justiça” O Livro dos Espíritos por Allan Kardec q.948
Fatos Atenuantes e Agravantes
944a. Não é sempre
voluntário o suicídio?
“O louco que se mata não sabe o
que faz”
947. Pode ser considerado suicida aquele que, a braços
com a maior penúria,se deixa morrer de fome?
“É sempre suicídio”
949. Será desculpável o suicídio, quando tenha por fim obstar
a que a vergonha caia sobre os filhos, ou sobre a família?
949. Será desculpável o suicídio, quando tenha por fim obstar
a que a vergonha caia sobre os filhos, ou sobre a família?
“O que assim procede não faz bem. Mas, como pensa que o faz,
Deus lhe leva isso em conta, pois que é uma expiação que ele se
impõe a si mesmo.A intenção lhe atenua a falta; entretanto,
nem por isso deixa de haver falta”
949. Será desculpável o suicídio, quando tenha por fim obstar
a que a vergonha caia sobre os filhos, ou sobre a família?
“O que assim procede não faz bem. Mas, como pensa que o faz,
Deus lhe leva isso em conta, pois que é uma expiação que ele se
impõe a si mesmo.A intenção lhe atenua a falta; entretanto,
nem por isso deixa de haver falta”
As penas são proporcionadas sempre à consciência que o
culpado tem das faltas que comete
O Livro dos Espíritos por Allan Kardec q.952
“O número de suicídios que o Espiritismo impede é considerável,
e podemos concluir que, quando todos forem espíritas, não
haverá mais suicídios conscientes"
CapV item 17
“A depressão é rude prova para o
espírito, que a deve enfrentar com
galhardia, recorrendo ao arsenal
terapêutico da medicina e do
espiritismo.”
Joanna de Ângelis – Iluminação Interior, p. 110
Felicidade ≠ Suicídio
“Deus é Amor”
Jesus - João 1: 4
“Não há nada fora de Deus”
Santo Anselmo
“A felicidade é o
bem-estar contínuo, o
gozo da vida, a
satisfação completa
com a sua condição”
"Nem a riqueza, nem o poder, nem mesmo a florida
juventude são condições essenciais à felicidade"
CapV Item 20
“Egoismo é a fonte de todos os vícios,
como charity é a fonte de todas as
virtudes. Destrua uma e desenvolva a
outra, esse deveria ser o esforço de
todos que desejam alcançar a felicidade
agora e para o mundo futuro”
Allan Kardec
Moreese Bickham
Moreese Bickham
Moreese Bickham
“Eu não tenho nenhum
momento de
arrependimento, foi
uma experiência
gloriosa”
Moreese Bickham
“Eu não tenho nenhum
momento de
arrependimento, foi
uma experiência
gloriosa”
37 anos preso - 14 na fila da pena de morte!
“A sua tristeza se
transformará em alegria”
Jesus - João 16:20
Suicídio e Depressão

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nósO Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nós
Ricardo Azevedo
 
Palestra a reencarnacao
Palestra   a reencarnacaoPalestra   a reencarnacao
Palestra a reencarnacao
Victor Passos
 
MISSÃO DOS ESPÍRITAS
MISSÃO DOS ESPÍRITASMISSÃO DOS ESPÍRITAS
MISSÃO DOS ESPÍRITAS
Jorge Luiz dos Santos
 
Pressentimentos
PressentimentosPressentimentos
Pressentimentos
Graça Maciel
 
23 09 2016 "Há muitas moradas na casa de meu Pai"
23 09 2016  "Há muitas moradas na casa de meu Pai"23 09 2016  "Há muitas moradas na casa de meu Pai"
23 09 2016 "Há muitas moradas na casa de meu Pai"
Lar Irmã Zarabatana
 
Os espíritas diante da morte
Os espíritas diante da morteOs espíritas diante da morte
Os espíritas diante da morte
home
 
O homem no mundo
O homem no mundoO homem no mundo
O homem no mundo
Denise Tofoli
 
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucuraPalestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Divulgador do Espiritismo
 
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon pptNão se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
Silvânio Barcelos
 
Genese cap 02 de 1 19 existencia de deus 2015
Genese cap 02  de 1 19  existencia de deus 2015Genese cap 02  de 1 19  existencia de deus 2015
Genese cap 02 de 1 19 existencia de deus 2015
Fernando A. O. Pinto
 
Aula 8 - Médium/Mediunidade
Aula 8 - Médium/MediunidadeAula 8 - Médium/Mediunidade
Aula 8 - Médium/Mediunidade
Sergio Lima Dias Junior
 
A dor na nossa evolução
A dor na nossa evoluçãoA dor na nossa evolução
A dor na nossa evolução
Izabel Cristina Fonseca
 
Bem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficosBem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficos
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Assistencia espiritual-e-espiritismo
Assistencia espiritual-e-espiritismoAssistencia espiritual-e-espiritismo
Assistencia espiritual-e-espiritismo
Victor Passos
 
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDASINFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
Rodrigo Leite
 
O fenômeno da Morte - ESDE: programa complementar, módulo 1, roteiro I.
O fenômeno da Morte - ESDE: programa complementar, módulo 1, roteiro I.O fenômeno da Morte - ESDE: programa complementar, módulo 1, roteiro I.
O fenômeno da Morte - ESDE: programa complementar, módulo 1, roteiro I.
Núcleo de Promoção Humana Vinha de Luz
 
Sintonia e vibração
Sintonia e vibraçãoSintonia e vibração
Sintonia e vibração
Louis Oliver
 
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITAAUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
O Homem No Mundo
O Homem No MundoO Homem No Mundo
O Homem No Mundo
Angelo Baptista
 
Fluído Cósmico (Universal)
Fluído Cósmico (Universal)Fluído Cósmico (Universal)
Fluído Cósmico (Universal)
Antonino Silva
 

Mais procurados (20)

O Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nósO Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nós
 
Palestra a reencarnacao
Palestra   a reencarnacaoPalestra   a reencarnacao
Palestra a reencarnacao
 
MISSÃO DOS ESPÍRITAS
MISSÃO DOS ESPÍRITASMISSÃO DOS ESPÍRITAS
MISSÃO DOS ESPÍRITAS
 
Pressentimentos
PressentimentosPressentimentos
Pressentimentos
 
23 09 2016 "Há muitas moradas na casa de meu Pai"
23 09 2016  "Há muitas moradas na casa de meu Pai"23 09 2016  "Há muitas moradas na casa de meu Pai"
23 09 2016 "Há muitas moradas na casa de meu Pai"
 
Os espíritas diante da morte
Os espíritas diante da morteOs espíritas diante da morte
Os espíritas diante da morte
 
O homem no mundo
O homem no mundoO homem no mundo
O homem no mundo
 
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucuraPalestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
 
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon pptNão se pode servir a deus e a mamon ppt
Não se pode servir a deus e a mamon ppt
 
Genese cap 02 de 1 19 existencia de deus 2015
Genese cap 02  de 1 19  existencia de deus 2015Genese cap 02  de 1 19  existencia de deus 2015
Genese cap 02 de 1 19 existencia de deus 2015
 
Aula 8 - Médium/Mediunidade
Aula 8 - Médium/MediunidadeAula 8 - Médium/Mediunidade
Aula 8 - Médium/Mediunidade
 
A dor na nossa evolução
A dor na nossa evoluçãoA dor na nossa evolução
A dor na nossa evolução
 
Bem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficosBem aventurados os mansos e pacíficos
Bem aventurados os mansos e pacíficos
 
Assistencia espiritual-e-espiritismo
Assistencia espiritual-e-espiritismoAssistencia espiritual-e-espiritismo
Assistencia espiritual-e-espiritismo
 
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDASINFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
INFLUENCIA DOS ESPIRITOS EM NOSSAS VIDAS
 
O fenômeno da Morte - ESDE: programa complementar, módulo 1, roteiro I.
O fenômeno da Morte - ESDE: programa complementar, módulo 1, roteiro I.O fenômeno da Morte - ESDE: programa complementar, módulo 1, roteiro I.
O fenômeno da Morte - ESDE: programa complementar, módulo 1, roteiro I.
 
Sintonia e vibração
Sintonia e vibraçãoSintonia e vibração
Sintonia e vibração
 
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITAAUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
AUTOCONHECIMENTO X REFORMA INTIMA NA VISÃO ESPÍRITA
 
O Homem No Mundo
O Homem No MundoO Homem No Mundo
O Homem No Mundo
 
Fluído Cósmico (Universal)
Fluído Cósmico (Universal)Fluído Cósmico (Universal)
Fluído Cósmico (Universal)
 

Destaque

Suicídio e saúde mental
Suicídio e saúde mentalSuicídio e saúde mental
Suicídio e saúde mental
Luciana França Cescon
 
A prece
A preceA prece
A prece
Mila Genç
 
Obsessão
ObsessãoObsessão
Obsessão
Candice Gunther
 
Agribusiness accounts-terms-and-conditions
Agribusiness accounts-terms-and-conditionsAgribusiness accounts-terms-and-conditions
Agribusiness accounts-terms-and-conditions
Juan Urquijo
 
Obsessão por fascinação - parte 1
Obsessão por fascinação - parte 1Obsessão por fascinação - parte 1
Obsessão por fascinação - parte 1
Graça Maciel
 
SUICÍDIO - ORIENTAÇÕES PARA PROFISSIONAIS DE PSICOLOGIA
SUICÍDIO - ORIENTAÇÕES PARA PROFISSIONAIS DE PSICOLOGIASUICÍDIO - ORIENTAÇÕES PARA PROFISSIONAIS DE PSICOLOGIA
SUICÍDIO - ORIENTAÇÕES PARA PROFISSIONAIS DE PSICOLOGIA
Rafael Almeida
 
Obsessão e o movimento espírita
Obsessão e o movimento espíritaObsessão e o movimento espírita
Obsessão e o movimento espírita
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Desordenes mentales: el enlace perdido del cuidado, tratamiento, soporte y pr...
Desordenes mentales: el enlace perdido del cuidado, tratamiento, soporte y pr...Desordenes mentales: el enlace perdido del cuidado, tratamiento, soporte y pr...
Desordenes mentales: el enlace perdido del cuidado, tratamiento, soporte y pr...
Gregorio Cortes-Maisonet, MD, CHCP
 
2 - Suicídio - Campanha de Prevenção
2 - Suicídio - Campanha de Prevenção2 - Suicídio - Campanha de Prevenção
2 - Suicídio - Campanha de Prevenção
JPS Junior
 
Pp protocolo uniforme para la prevención del suicidio
Pp protocolo uniforme para la prevención del suicidioPp protocolo uniforme para la prevención del suicidio
Pp protocolo uniforme para la prevención del suicidio
Jovelis15
 
Adicción a las tics en los adolescentes
Adicción a las tics en los adolescentesAdicción a las tics en los adolescentes
Adicción a las tics en los adolescentes
dannpdlr
 
Suicidio
SuicidioSuicidio
Divaldo franco nos bastidores da obsessão
Divaldo franco   nos bastidores  da obsessãoDivaldo franco   nos bastidores  da obsessão
Divaldo franco nos bastidores da obsessão
EWALDO DE SOUZA
 
El suicidio
El suicidioEl suicidio
El suicidio
Hector Vargas
 
Mass murderer
Mass murdererMass murderer
Mass murderer
Emmanuel Ramos Arroyo
 
Violencia doméstica
Violencia domésticaViolencia doméstica
Violencia doméstica
cynthiadamar
 
Obsessão e desobsessão (suely caldas schubert)
Obsessão e desobsessão (suely caldas schubert)Obsessão e desobsessão (suely caldas schubert)
Obsessão e desobsessão (suely caldas schubert)
Helio Cruz
 
Palestra Sobre Sono E Sonho
Palestra Sobre Sono E SonhoPalestra Sobre Sono E Sonho
Palestra Sobre Sono E Sonho
Grupo Espírita Cristão
 
07 sono e sonhos
07   sono e sonhos07   sono e sonhos
07 sono e sonhos
jcevadro
 
El suicidio
El suicidioEl suicidio
El suicidio
Patricia Rojas
 

Destaque (20)

Suicídio e saúde mental
Suicídio e saúde mentalSuicídio e saúde mental
Suicídio e saúde mental
 
A prece
A preceA prece
A prece
 
Obsessão
ObsessãoObsessão
Obsessão
 
Agribusiness accounts-terms-and-conditions
Agribusiness accounts-terms-and-conditionsAgribusiness accounts-terms-and-conditions
Agribusiness accounts-terms-and-conditions
 
Obsessão por fascinação - parte 1
Obsessão por fascinação - parte 1Obsessão por fascinação - parte 1
Obsessão por fascinação - parte 1
 
SUICÍDIO - ORIENTAÇÕES PARA PROFISSIONAIS DE PSICOLOGIA
SUICÍDIO - ORIENTAÇÕES PARA PROFISSIONAIS DE PSICOLOGIASUICÍDIO - ORIENTAÇÕES PARA PROFISSIONAIS DE PSICOLOGIA
SUICÍDIO - ORIENTAÇÕES PARA PROFISSIONAIS DE PSICOLOGIA
 
Obsessão e o movimento espírita
Obsessão e o movimento espíritaObsessão e o movimento espírita
Obsessão e o movimento espírita
 
Desordenes mentales: el enlace perdido del cuidado, tratamiento, soporte y pr...
Desordenes mentales: el enlace perdido del cuidado, tratamiento, soporte y pr...Desordenes mentales: el enlace perdido del cuidado, tratamiento, soporte y pr...
Desordenes mentales: el enlace perdido del cuidado, tratamiento, soporte y pr...
 
2 - Suicídio - Campanha de Prevenção
2 - Suicídio - Campanha de Prevenção2 - Suicídio - Campanha de Prevenção
2 - Suicídio - Campanha de Prevenção
 
Pp protocolo uniforme para la prevención del suicidio
Pp protocolo uniforme para la prevención del suicidioPp protocolo uniforme para la prevención del suicidio
Pp protocolo uniforme para la prevención del suicidio
 
Adicción a las tics en los adolescentes
Adicción a las tics en los adolescentesAdicción a las tics en los adolescentes
Adicción a las tics en los adolescentes
 
Suicidio
SuicidioSuicidio
Suicidio
 
Divaldo franco nos bastidores da obsessão
Divaldo franco   nos bastidores  da obsessãoDivaldo franco   nos bastidores  da obsessão
Divaldo franco nos bastidores da obsessão
 
El suicidio
El suicidioEl suicidio
El suicidio
 
Mass murderer
Mass murdererMass murderer
Mass murderer
 
Violencia doméstica
Violencia domésticaViolencia doméstica
Violencia doméstica
 
Obsessão e desobsessão (suely caldas schubert)
Obsessão e desobsessão (suely caldas schubert)Obsessão e desobsessão (suely caldas schubert)
Obsessão e desobsessão (suely caldas schubert)
 
Palestra Sobre Sono E Sonho
Palestra Sobre Sono E SonhoPalestra Sobre Sono E Sonho
Palestra Sobre Sono E Sonho
 
07 sono e sonhos
07   sono e sonhos07   sono e sonhos
07 sono e sonhos
 
El suicidio
El suicidioEl suicidio
El suicidio
 

Semelhante a Depressão e suicidio seminario

Não se mate você não morre
Não se mate você não morreNão se mate você não morre
Não se mate você não morre
Valter Luiz Matao Lemos
 
Suicídio: Atenção na Prevenção
Suicídio: Atenção na Prevenção   Suicídio: Atenção na Prevenção
Suicídio: Atenção na Prevenção
Luciana França Cescon
 
Suicídio: aspectos gerais e o papel da psicologia na sua compreensão e prevenção
Suicídio: aspectos gerais e o papel da psicologia na sua compreensão e prevençãoSuicídio: aspectos gerais e o papel da psicologia na sua compreensão e prevenção
Suicídio: aspectos gerais e o papel da psicologia na sua compreensão e prevenção
Washington Costa
 
Cap parcial 09 e completo 10 -aprendizes do bem livro 1 O jovem e a doutrina...
Cap  parcial 09 e completo 10 -aprendizes do bem livro 1 O jovem e a doutrina...Cap  parcial 09 e completo 10 -aprendizes do bem livro 1 O jovem e a doutrina...
Cap parcial 09 e completo 10 -aprendizes do bem livro 1 O jovem e a doutrina...
Roberta Andrade
 
Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptxSetembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
Telma Lima
 
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
Henrique Vieira
 
2011 suicidio
2011 suicidio2011 suicidio
2011 suicidio
Cristina Tristacci
 
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
NEPP- Estudos Em Psicanálise
 
Depressão e Cura
Depressão e CuraDepressão e Cura
Depressão e Cura
Ricardo Azevedo
 
3 - Depressão - Tormentos da Alma.
3 - Depressão - Tormentos da Alma.3 - Depressão - Tormentos da Alma.
3 - Depressão - Tormentos da Alma.
JPS Junior
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
Miriam Gorender
 
ObsCidio - A Obsessão e o Suicídio
ObsCidio - A Obsessão e o SuicídioObsCidio - A Obsessão e o Suicídio
ObsCidio - A Obsessão e o Suicídio
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Palestra sobre suicídio original
Palestra sobre suicídio originalPalestra sobre suicídio original
Palestra sobre suicídio original
Alinebrauna Brauna
 
Doenças da alma
Doenças da almaDoenças da alma
Doenças da alma
Dinorah Pessoa da Costa
 
Suicídio - Uma Epidemia Silenciosa
Suicídio - Uma Epidemia SilenciosaSuicídio - Uma Epidemia Silenciosa
Suicídio - Uma Epidemia Silenciosa
CEENA_SS
 
Palestra sobre suicídio original
Palestra sobre suicídio originalPalestra sobre suicídio original
Palestra sobre suicídio original
Alinebrauna Brauna
 
Doenças da alma
Doenças da alma Doenças da alma
Doenças da alma
Victor Passos
 
Suicidio
SuicidioSuicidio
Suicidio
Dr. Walter Cury
 
PRONTOS PARA MATAR E PARA MORRER
PRONTOS PARA MATAR E PARA MORRERPRONTOS PARA MATAR E PARA MORRER
PRONTOS PARA MATAR E PARA MORRER
Rafael Almeida
 
2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
MariaClaraFernandes25
 

Semelhante a Depressão e suicidio seminario (20)

Não se mate você não morre
Não se mate você não morreNão se mate você não morre
Não se mate você não morre
 
Suicídio: Atenção na Prevenção
Suicídio: Atenção na Prevenção   Suicídio: Atenção na Prevenção
Suicídio: Atenção na Prevenção
 
Suicídio: aspectos gerais e o papel da psicologia na sua compreensão e prevenção
Suicídio: aspectos gerais e o papel da psicologia na sua compreensão e prevençãoSuicídio: aspectos gerais e o papel da psicologia na sua compreensão e prevenção
Suicídio: aspectos gerais e o papel da psicologia na sua compreensão e prevenção
 
Cap parcial 09 e completo 10 -aprendizes do bem livro 1 O jovem e a doutrina...
Cap  parcial 09 e completo 10 -aprendizes do bem livro 1 O jovem e a doutrina...Cap  parcial 09 e completo 10 -aprendizes do bem livro 1 O jovem e a doutrina...
Cap parcial 09 e completo 10 -aprendizes do bem livro 1 O jovem e a doutrina...
 
Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptxSetembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
 
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
 
2011 suicidio
2011 suicidio2011 suicidio
2011 suicidio
 
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
 
Depressão e Cura
Depressão e CuraDepressão e Cura
Depressão e Cura
 
3 - Depressão - Tormentos da Alma.
3 - Depressão - Tormentos da Alma.3 - Depressão - Tormentos da Alma.
3 - Depressão - Tormentos da Alma.
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 
ObsCidio - A Obsessão e o Suicídio
ObsCidio - A Obsessão e o SuicídioObsCidio - A Obsessão e o Suicídio
ObsCidio - A Obsessão e o Suicídio
 
Palestra sobre suicídio original
Palestra sobre suicídio originalPalestra sobre suicídio original
Palestra sobre suicídio original
 
Doenças da alma
Doenças da almaDoenças da alma
Doenças da alma
 
Suicídio - Uma Epidemia Silenciosa
Suicídio - Uma Epidemia SilenciosaSuicídio - Uma Epidemia Silenciosa
Suicídio - Uma Epidemia Silenciosa
 
Palestra sobre suicídio original
Palestra sobre suicídio originalPalestra sobre suicídio original
Palestra sobre suicídio original
 
Doenças da alma
Doenças da alma Doenças da alma
Doenças da alma
 
Suicidio
SuicidioSuicidio
Suicidio
 
PRONTOS PARA MATAR E PARA MORRER
PRONTOS PARA MATAR E PARA MORRERPRONTOS PARA MATAR E PARA MORRER
PRONTOS PARA MATAR E PARA MORRER
 
2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
2018-14-Setembro-Amarelo-Vamos-falar-sobre-suicídio.pptx
 

Mais de Flavio A. Zanetti

ETHICAL LEADERSHIP
ETHICAL LEADERSHIPETHICAL LEADERSHIP
ETHICAL LEADERSHIP
Flavio A. Zanetti
 
Supernatural Phenomena under the Light of Mediumship
Supernatural Phenomena under the Light of MediumshipSupernatural Phenomena under the Light of Mediumship
Supernatural Phenomena under the Light of Mediumship
Flavio A. Zanetti
 
Comunicação à Luz do Evangelho
Comunicação à Luz do EvangelhoComunicação à Luz do Evangelho
Comunicação à Luz do Evangelho
Flavio A. Zanetti
 
Supernatural phenomena under the light of mediumship
Supernatural phenomena under the light of mediumshipSupernatural phenomena under the light of mediumship
Supernatural phenomena under the light of mediumship
Flavio A. Zanetti
 
A verdadeira propriedade
A verdadeira propriedadeA verdadeira propriedade
A verdadeira propriedade
Flavio A. Zanetti
 
Maternidade o triunfo da vida
Maternidade   o triunfo da vidaMaternidade   o triunfo da vida
Maternidade o triunfo da vida
Flavio A. Zanetti
 
Forgiveness
ForgivenessForgiveness
Forgiveness
Flavio A. Zanetti
 
Compassion
CompassionCompassion
Compassion
Flavio A. Zanetti
 
Blessings of the physical body
Blessings of the physical bodyBlessings of the physical body
Blessings of the physical body
Flavio A. Zanetti
 
Spiritist View of Jesus - Our Christ
Spiritist View of Jesus - Our ChristSpiritist View of Jesus - Our Christ
Spiritist View of Jesus - Our Christ
Flavio A. Zanetti
 
Marriage and divorce according to Spiritism
Marriage and divorce according to SpiritismMarriage and divorce according to Spiritism
Marriage and divorce according to Spiritism
Flavio A. Zanetti
 
Our daily bread
Our daily breadOur daily bread
Our daily bread
Flavio A. Zanetti
 

Mais de Flavio A. Zanetti (12)

ETHICAL LEADERSHIP
ETHICAL LEADERSHIPETHICAL LEADERSHIP
ETHICAL LEADERSHIP
 
Supernatural Phenomena under the Light of Mediumship
Supernatural Phenomena under the Light of MediumshipSupernatural Phenomena under the Light of Mediumship
Supernatural Phenomena under the Light of Mediumship
 
Comunicação à Luz do Evangelho
Comunicação à Luz do EvangelhoComunicação à Luz do Evangelho
Comunicação à Luz do Evangelho
 
Supernatural phenomena under the light of mediumship
Supernatural phenomena under the light of mediumshipSupernatural phenomena under the light of mediumship
Supernatural phenomena under the light of mediumship
 
A verdadeira propriedade
A verdadeira propriedadeA verdadeira propriedade
A verdadeira propriedade
 
Maternidade o triunfo da vida
Maternidade   o triunfo da vidaMaternidade   o triunfo da vida
Maternidade o triunfo da vida
 
Forgiveness
ForgivenessForgiveness
Forgiveness
 
Compassion
CompassionCompassion
Compassion
 
Blessings of the physical body
Blessings of the physical bodyBlessings of the physical body
Blessings of the physical body
 
Spiritist View of Jesus - Our Christ
Spiritist View of Jesus - Our ChristSpiritist View of Jesus - Our Christ
Spiritist View of Jesus - Our Christ
 
Marriage and divorce according to Spiritism
Marriage and divorce according to SpiritismMarriage and divorce according to Spiritism
Marriage and divorce according to Spiritism
 
Our daily bread
Our daily breadOur daily bread
Our daily bread
 

Depressão e suicidio seminario

  • 1. Flavio Zanetti Depressão, Suicídio - Crises Atuais na Visão Espírita
  • 2. Perguntas iniciais • Podemos identificar as principais causas da depressão? E do suicídio? • Temos o direito de tirar nossas próprias vidas? • Quais são as consequências do suicídio? Da depressão? • Qual é a visão espírita do suicídio e da depressão? • Vale a pena viver mesmo com todo esse sofrimento?
  • 3. Suicídio Direto: Morte causada por comportamento prejudicial auto- dirigida com qualquer intenção de morrer como resultado do comportamento.
  • 4. Suicídio Indireto: Ato de adentrar em um curso fatal sem cometer diretamente o agir sobre si mesmo. suicídio indireto se diferencia do suicídio legalmente definido pelo fato de que o ator não puxar o gatilho. Suicídio Direto: Morte causada por comportamento prejudicial auto- dirigida com qualquer intenção de morrer como resultado do comportamento.
  • 5. Suicídio Indireto: Ato de adentrar em um curso fatal sem cometer diretamente o agir sobre si mesmo. suicídio indireto se diferencia do suicídio legalmente definido pelo fato de que o ator não puxar o gatilho. Suicídio Direto: Morte causada por comportamento prejudicial auto- dirigida com qualquer intenção de morrer como resultado do comportamento. Tentativa de Suicídio: Um comportamento prejudicial auto-dirigido e não-fatal com qualquer intenção de morrer como resultado do comportamento. A tentativa de suicídio pode ou não resultar em ferimentos.
  • 6.
  • 7. Depressão: estado de abatimento psíquico e físico. É normal que as pessoas tenham períodos de depressão nervosa, mas quando ela é muito acentuada ou quando tende a se manter por períodos muito longos, pode-se tratar de uma perturbação mental
  • 8. Hipócrates, o pai da medicina, no século IV a.C., estabeleceu os quatro temperamentos do ser humano: fleumático, sanguíneo, colérico e melancólico. O temperamento melancólico referia-se à depressão. Depressão: estado de abatimento psíquico e físico. É normal que as pessoas tenham períodos de depressão nervosa, mas quando ela é muito acentuada ou quando tende a se manter por períodos muito longos, pode-se tratar de uma perturbação mental
  • 9. Hipócrates, o pai da medicina, no século IV a.C., estabeleceu os quatro temperamentos do ser humano: fleumático, sanguíneo, colérico e melancólico. O temperamento melancólico referia-se à depressão. Depressão: estado de abatimento psíquico e físico. É normal que as pessoas tenham períodos de depressão nervosa, mas quando ela é muito acentuada ou quando tende a se manter por períodos muito longos, pode-se tratar de uma perturbação mental Na Bíblia, há diversos relatos sobre os padecimentos dos atingidos pelo infortúnio, principalmente dos seres humanos que perderam a fé em Deus, e com isso a esperança no futuro.
  • 10. Hipócrates, o pai da medicina, no século IV a.C., estabeleceu os quatro temperamentos do ser humano: fleumático, sanguíneo, colérico e melancólico. O temperamento melancólico referia-se à depressão. Depressão: estado de abatimento psíquico e físico. É normal que as pessoas tenham períodos de depressão nervosa, mas quando ela é muito acentuada ou quando tende a se manter por períodos muito longos, pode-se tratar de uma perturbação mental Na Bíblia, há diversos relatos sobre os padecimentos dos atingidos pelo infortúnio, principalmente dos seres humanos que perderam a fé em Deus, e com isso a esperança no futuro. Verdadeira Causa permanece desconhecida
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15. O suicídio é considerado a segunda principal causa de morte entre os estudantes universitários.
  • 16. O suicídio é considerado a segunda principal causa de morte entre os estudantes universitários. O suicídio é a segunda principal causa de morte entre pessoas com idades entre 25 e 34 anos.
  • 17. O suicídio é considerado a segunda principal causa de morte entre os estudantes universitários. O suicídio é a segunda principal causa de morte entre pessoas com idades entre 25 e 34 anos. O suicídio é a terceira principal causa de morte entre pessoas com idades entre 10-24 anos.
  • 18. O suicídio é considerado a segunda principal causa de morte entre os estudantes universitários. O suicídio é a segunda principal causa de morte entre pessoas com idades entre 25 e 34 anos. O suicídio é a terceira principal causa de morte entre pessoas com idades entre 10-24 anos. O suicídio é a quarta principal causa de morte de adultos entre as idades de 18 e 65 anos.
  • 20. Suicídio x Homicídio Este é um grande problema em nossa sociedade !!!
  • 22.
  • 23.
  • 25.
  • 26. É uma emoção natural … como decorrência de desencantos, de choques, de insatisfações, normalmente de curta duração.”
  • 27. “É um fenômeno natural que ocorre com todas as pessoas, mesmo aquelas que vivenciam os mais extraordinários momentos de alegria” É uma emoção natural … como decorrência de desencantos, de choques, de insatisfações, normalmente de curta duração.”
  • 28. Por que o Suicídio?
  • 29. Algumas “razões” e explicações…
  • 30. Algumas “razões” e explicações… 1. Escapar do sofrimento
  • 31. Algumas “razões” e explicações… 1. Escapar do sofrimento 2. Incapacidade de resolver problemas
  • 32. Algumas “razões” e explicações… 1. Escapar do sofrimento 2. Incapacidade de resolver problemas 3. Desequilíbrios psico-físico-espirituais
  • 33. Algumas “razões” e explicações… 1. Escapar do sofrimento 2. Incapacidade de resolver problemas 3. Desequilíbrios psico-físico-espirituais 4. Materialismo: desgosto da vida
  • 34. Algumas “razões” e explicações… 1. Escapar do sofrimento 2. Incapacidade de resolver problemas 3. Desequilíbrios psico-físico-espirituais 4. Materialismo: desgosto da vida “Falta de fé é responsável por quase todos suicídios” Emmanuel - The Consoler
  • 35. Algumas “razões” e explicações… 1. Escapar do sofrimento 2. Incapacidade de resolver problemas 3. Desequilíbrios psico-físico-espirituais 4. Materialismo: desgosto da vida “Falta de fé é responsável por quase todos suicídios” Emmanuel - The Consoler "A incredulidade, a simples dúvida sobre o futuro, as idéias materialistas, numa palavra, são os maiores incitantes ao suicídio; ocasionam a covardia moral” Evangelho segundo o Espiritismo por Allan Kardec Cap 5 item 16
  • 36. Fuga Comprometedora “…O auto-aniquilamento situa-se por desastrada fuga, uma porta falsa em que o indivíduo, julgando libertar-se de seus males, precipita-se em situação muito pior”
  • 37. Fuga Comprometedora “…O auto-aniquilamento situa-se por desastrada fuga, uma porta falsa em que o indivíduo, julgando libertar-se de seus males, precipita-se em situação muito pior” “O suicida assemelha-se ao prisioneiro que escapa da prisão antes de cumprir a sua pena, e que ao ser preso de novo será tratado com mais severidade. Assim acontece, pois com o suicida, que pensa escapar às misérias presentes e mergulha em maiores desgraças” CapV item 14
  • 38. “A causa raiz de todo o mal que aflige o mundo atual é a ausência de uma visão mais espiritualizada da vida” Joanna de Angelis
  • 39. TRISTEZA E DEPRESSÃO “As pessoas não tem paciência para a infelicidade. Em um mundo altamente competitivo, estar triste pode ser interpretado como sinal de fraqueza, e isso, ninguém quer” Renato Janine Ribeiro - filósofo
  • 42. Saúde Mental Vários estudos em diversos países > 50 anos relatam os mesmos resultados: 90% das pessoas que morrem por suicídio sofrem de um ou mais transtornos psiquiátricos: Transtorno Depressivo Maior Transtorno bipolar, fase depressiva Abuso do Alcool ou substancias * Esquizofrenia Transtorno de personalidade Limítrofe *Diagnóstico primário em adolescentes.
  • 44. Doença Mental e Obsessão “Sem dúvida, todos os sofrimentos e decepções que atordoam o ser humano vem do Espírito, que está ligado a esses conflitos que surgem a partir de experiências corporais anteriormente vencidas”
  • 45. Doença Mental e Obsessão “Sem dúvida, todos os sofrimentos e decepções que atordoam o ser humano vem do Espírito, que está ligado a esses conflitos que surgem a partir de experiências corporais anteriormente vencidas” “O paciente psiquiátrico é geralmente alguém que tenha usado a inteligência e as emoções de uma forma muito irresponsável, danificando o núcleo perispiritual que moldado no cérebro físico as suas necessidades de reparação”
  • 46. Doença Mental e Obsessão “Sem dúvida, todos os sofrimentos e decepções que atordoam o ser humano vem do Espírito, que está ligado a esses conflitos que surgem a partir de experiências corporais anteriormente vencidas” “O paciente psiquiátrico é geralmente alguém que tenha usado a inteligência e as emoções de uma forma muito irresponsável, danificando o núcleo perispiritual que moldado no cérebro físico as suas necessidades de reparação” Obsesses — Doenças Mentais — Suicídio
  • 47. Depressão e o Cansaço daVida
  • 48. Depressão e o Cansaço daVida “A depressão é um distúrbio mais profundo em que muitos fatores contribuem para a perda do afeto, alegria e para o mergulho em auto-absorção no sentido de uma total falta de interesse pela vida."
  • 49. Depressão e o Cansaço daVida “A depressão é um distúrbio mais profundo em que muitos fatores contribuem para a perda do afeto, alegria e para o mergulho em auto-absorção no sentido de uma total falta de interesse pela vida." “Cansaço ou falta de interesse pela vida vem do efeito da preguiça, falta de fé e, geralmente, saciedade” Adaptado de O Livro dos Espartos por Allan Kardec q.943
  • 50. Mario Sobral “Em verdade vos digo, que você não sairá de lá enquanto não pagar o último centavo” Jesus - Mateus 5:26 Vale dos Suicidas: Mario Arrependimento e Remorso: Perispírito Obsessor e a vítima: Hoje
  • 51. Vale dos Suicídas “…Todos os redutos de sofrimento, além-túmulo, não passam de largos porões do trabalho evolutivo da alma, à feição de grandes hospitais carcerários para tratamento das consciências envilecidas” Andre Luiz in Mechanisms of Mediumship
  • 54. Sim! “O espiritismo, se bem compreendido, é um preservativo da loucura e do suicídio” Allan Kardec Pode o Espiritismo prevenir o suicídio?
  • 55. Se previne suicídio… “A calma e a resignação hauridas da maneira de considerar a vida terrestre e da confiança no futuro dão ao espírito uma serenidade que é o melhor preservativo contra a loucura e o suicídio” O Evangelho Segundo o Espiritismo por Allan Kardec Cap 5 item14
  • 56. Se previne suicídio… Demonstrando que a “Vida Continua” “A calma e a resignação hauridas da maneira de considerar a vida terrestre e da confiança no futuro dão ao espírito uma serenidade que é o melhor preservativo contra a loucura e o suicídio” O Evangelho Segundo o Espiritismo por Allan Kardec Cap 5 item14
  • 57. Se previne suicídio… Demonstrando que a “Vida Continua” Mostrando o sofrimento graças ao suicídio “A calma e a resignação hauridas da maneira de considerar a vida terrestre e da confiança no futuro dão ao espírito uma serenidade que é o melhor preservativo contra a loucura e o suicídio” O Evangelho Segundo o Espiritismo por Allan Kardec Cap 5 item14
  • 58. Se previne suicídio… Demonstrando que a “Vida Continua” Mostrando o sofrimento graças ao suicídio Convidando suicidas para virem nos avisar “A calma e a resignação hauridas da maneira de considerar a vida terrestre e da confiança no futuro dão ao espírito uma serenidade que é o melhor preservativo contra a loucura e o suicídio” O Evangelho Segundo o Espiritismo por Allan Kardec Cap 5 item14
  • 59. Se previne suicídio… Demonstrando que a “Vida Continua” Mostrando o sofrimento graças ao suicídio Convidando suicidas para virem nos avisar Mostrando a necidade do “orar e vigiar” “A calma e a resignação hauridas da maneira de considerar a vida terrestre e da confiança no futuro dão ao espírito uma serenidade que é o melhor preservativo contra a loucura e o suicídio” O Evangelho Segundo o Espiritismo por Allan Kardec Cap 5 item14
  • 60. Se previne suicídio… Demonstrando que a “Vida Continua” Mostrando o sofrimento graças ao suicídio Convidando suicidas para virem nos avisar Mostrando a necidade do “orar e vigiar” Sendo o “Consolador prometido” “A calma e a resignação hauridas da maneira de considerar a vida terrestre e da confiança no futuro dão ao espírito uma serenidade que é o melhor preservativo contra a loucura e o suicídio” O Evangelho Segundo o Espiritismo por Allan Kardec Cap 5 item14
  • 61.
  • 64. Consequências adicionais 1. Sofrimento contínuo em maior nível
  • 65. Consequências adicionais 2. Relocação para regiões afetadas 1. Sofrimento contínuo em maior nível
  • 66. Consequências adicionais 2. Relocação para regiões afetadas 3.Tormentos, memórias, pesadelos 1. Sofrimento contínuo em maior nível
  • 67. Consequências adicionais 2. Relocação para regiões afetadas 3.Tormentos, memórias, pesadelos 4. Lesões perispirituais 1. Sofrimento contínuo em maior nível
  • 68. Consequências adicionais 2. Relocação para regiões afetadas 3.Tormentos, memórias, pesadelos 4. Lesões perispirituais 5. Essas mesmas lesões refletir-se-ão no corpo físico 1. Sofrimento contínuo em maior nível
  • 69. Consequências adicionais 2. Relocação para regiões afetadas 3.Tormentos, memórias, pesadelos 4. Lesões perispirituais 5. Essas mesmas lesões refletir-se-ão no corpo físico 6. Desperdício de tempo valioso para o progresso 1. Sofrimento contínuo em maior nível
  • 70. Quais, em geral, com relação ao estado do Espírito, as conseqüências do suicídio? O Livro dos Espíritos de Allan Kardec q. 957
  • 71. Quais, em geral, com relação ao estado do Espírito, as conseqüências do suicídio? “Muito diversas são as consequências do suicídio. Não há penas determinadas e, em todos os casos, correspondem sempre às causas que o produziram. Há,porém, uma consequência a que o suicida não pode escapar; é o desapontamento. Mas, a sorte não é a mesma para todos; depende das circunstâncias. Alguns expiam a falta imediatamente, outros em nova existência, que será pior do que aquela cujo curso interromperam” O Livro dos Espíritos de Allan Kardec q. 957
  • 72.
  • 73. "O suicídio é um dos maiores equívocos humanos, se não o maior. A pessoa se sente pressionado por um número variável de desafios, que acredita ser problemas insolúveis, e arremessa para a ilusão da morte. Sim, ilusão, porque ninguém pode auto- exterminar"
  • 74. "O suicídio é um dos maiores equívocos humanos, se não o maior. A pessoa se sente pressionado por um número variável de desafios, que acredita ser problemas insolúveis, e arremessa para a ilusão da morte. Sim, ilusão, porque ninguém pode auto- exterminar" "Quando pensamentos insidiosos e insistentes predominarem em tuas paisagens mentais, convidando-te à fuga dos relacionamentos, dos compromissos de qualquer ordem, vigia e age, porque estás sob as garras perversas do transtorno perigoso”
  • 75. Fatos Atenuantes e Agravantes
  • 76. “Deus, que julga, pode, conforme a causa, abrandar os rigores de Sua justiça” O Livro dos Espíritos por Allan Kardec q.948 Fatos Atenuantes e Agravantes
  • 77. “Deus, que julga, pode, conforme a causa, abrandar os rigores de Sua justiça” O Livro dos Espíritos por Allan Kardec q.948 Fatos Atenuantes e Agravantes 944a. Não é sempre voluntário o suicídio?
  • 78. “Deus, que julga, pode, conforme a causa, abrandar os rigores de Sua justiça” O Livro dos Espíritos por Allan Kardec q.948 Fatos Atenuantes e Agravantes 944a. Não é sempre voluntário o suicídio? “O louco que se mata não sabe o que faz”
  • 79. “Deus, que julga, pode, conforme a causa, abrandar os rigores de Sua justiça” O Livro dos Espíritos por Allan Kardec q.948 Fatos Atenuantes e Agravantes 944a. Não é sempre voluntário o suicídio? “O louco que se mata não sabe o que faz” 947. Pode ser considerado suicida aquele que, a braços com a maior penúria,se deixa morrer de fome?
  • 80. “Deus, que julga, pode, conforme a causa, abrandar os rigores de Sua justiça” O Livro dos Espíritos por Allan Kardec q.948 Fatos Atenuantes e Agravantes 944a. Não é sempre voluntário o suicídio? “O louco que se mata não sabe o que faz” 947. Pode ser considerado suicida aquele que, a braços com a maior penúria,se deixa morrer de fome? “É sempre suicídio”
  • 81.
  • 82. 949. Será desculpável o suicídio, quando tenha por fim obstar a que a vergonha caia sobre os filhos, ou sobre a família?
  • 83. 949. Será desculpável o suicídio, quando tenha por fim obstar a que a vergonha caia sobre os filhos, ou sobre a família? “O que assim procede não faz bem. Mas, como pensa que o faz, Deus lhe leva isso em conta, pois que é uma expiação que ele se impõe a si mesmo.A intenção lhe atenua a falta; entretanto, nem por isso deixa de haver falta”
  • 84. 949. Será desculpável o suicídio, quando tenha por fim obstar a que a vergonha caia sobre os filhos, ou sobre a família? “O que assim procede não faz bem. Mas, como pensa que o faz, Deus lhe leva isso em conta, pois que é uma expiação que ele se impõe a si mesmo.A intenção lhe atenua a falta; entretanto, nem por isso deixa de haver falta” As penas são proporcionadas sempre à consciência que o culpado tem das faltas que comete O Livro dos Espíritos por Allan Kardec q.952
  • 85.
  • 86. “O número de suicídios que o Espiritismo impede é considerável, e podemos concluir que, quando todos forem espíritas, não haverá mais suicídios conscientes" CapV item 17
  • 87. “A depressão é rude prova para o espírito, que a deve enfrentar com galhardia, recorrendo ao arsenal terapêutico da medicina e do espiritismo.” Joanna de Ângelis – Iluminação Interior, p. 110
  • 89. “Deus é Amor” Jesus - João 1: 4 “Não há nada fora de Deus” Santo Anselmo
  • 90. “A felicidade é o bem-estar contínuo, o gozo da vida, a satisfação completa com a sua condição”
  • 91. "Nem a riqueza, nem o poder, nem mesmo a florida juventude são condições essenciais à felicidade" CapV Item 20
  • 92. “Egoismo é a fonte de todos os vícios, como charity é a fonte de todas as virtudes. Destrua uma e desenvolva a outra, esse deveria ser o esforço de todos que desejam alcançar a felicidade agora e para o mundo futuro” Allan Kardec
  • 95. Moreese Bickham “Eu não tenho nenhum momento de arrependimento, foi uma experiência gloriosa”
  • 96. Moreese Bickham “Eu não tenho nenhum momento de arrependimento, foi uma experiência gloriosa” 37 anos preso - 14 na fila da pena de morte!
  • 97. “A sua tristeza se transformará em alegria” Jesus - João 16:20
  • 98.