SlideShare uma empresa Scribd logo
INTRODUÇÃO A ANÁLISES CLÍNICAS

Resumo
INTRODUÇÃO:

   O laboratório de Análises Clínicas (Patologia
    Clínica/Laboratório Clínico) é responsável por
    auxiliar o médico na detecção de patologias e
    condições fisiológicas através de exames em
    materiais biológicos (sangue, urina, fezes, escarro,
    fluídos orgânicos).
O laboratório clínico de
divide em diversas áreas.
Entre elas:
É responsável pela análise dos componentes do
sangue, fezes, urina e fluídos orgânicos.
É responsável pela análise minuciosa dos
componentes das células do sangue.
Responsável pela análise de todos os corpos estranhos
através das reações antígeno-anticorpo. Em alguns
laboratórios é responsável ainda pela dosagem
hormonal.
É responsável pela detecção de bactérias e fungos no
sangue, fezes e fluídos orgânicos.
É responsável pela detecção de parasitas nas
fezes e no sangue.
Este setor é responsável pelos exames de urina
e eventualmente alguns fluídos orgânicos.
COLETA DE SANGUE:

   O sangue é formado pela parte de elementos
    figurados (Glóbulos Brancos, Glóbulos Vermelhos e
    Plaquetas) e plasma. Sua principal função e
    transportar os gases (O2/CO2).

   Dependendo da análise é possível utilizar
    diferentes componentes do sangue, tais como ele
    todo, plasma ou soro.
EM EXAMES COM ANTICOAGULANTE SÃO USADOS
OS SEGUINTES TUBOS:


   -EDTA: Usado no setor de hematologia

   -Citrato de Sódio: Geralmente utilizado no estudo
    da coagulação.

   -Fluoreto de Sódio: Utilizado na dosagem de
    glicemia.

   -Heparina: Dosagem de carga viral.

      (Observação:Após a coleta de sangue com tubo anticoagulante
      é de extrema importância realizar a homogeneização por
      inversão de 5 a 8 vezes).
PARA REALIZAR A COLETA DO SANGUE SÃO
NECESSÁRIAS ALGUMAS CONDIÇÕES:


   -Sala bem iluminada e ventilada;

   -Cadeira com Braçadeira;

   -Lavatório;

   -Instrumentos (Agulha e seringa descartáveis, algodão,
    garrote, álcool 70%;

   -Tubos (Com ou sem anticoagulante) e etiquetas de
    identificação;

   -Avental, luvas, máscara.
PROCEDIMENTO:
 Orientar o paciente.
 Antes da coleta é necessário movimentar o êmbulo
  da seringa e pressioná-lo para retirar o ar.
 Também é importante realizar a assepsia
  corretamente, no sentido contrário ao pelos ou em
  caracol, com o algodão umedecido em álcool 70%.
 Para a escolha da veia do paciente, é necessário
  garrotear o braço e tatear a veia para ter certeza.
 O sistema a vácuo permite uma coleta com um
  maior número de tubos, diferente da coleta com
  agulha e seringa.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slide 1 Aula 1 Hematologia
Slide 1   Aula 1 HematologiaSlide 1   Aula 1 Hematologia
Slide 1 Aula 1 Hematologia
samir12
 
A técnica citológica de papanicolaou
A técnica citológica de  papanicolaouA técnica citológica de  papanicolaou
A técnica citológica de papanicolaou
Jaqueline Almeida
 
Bioquímica
BioquímicaBioquímica
Bioquímica
HIAGO SANTOS
 
urinalise
urinaliseurinalise
urinalise
Rosimeire Areias
 
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com
Julio Dutra
 
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e Amostras
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e AmostrasAula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e Amostras
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e Amostras
Jaqueline Almeida
 
Manual coleta de sangue
Manual coleta de sangueManual coleta de sangue
Manual coleta de sangue
Ana Paula Monteiro
 
Sistema hematológico
Sistema hematológicoSistema hematológico
Sistema hematológico
Denise Terenzi
 
Administração de medicamentos
Administração de medicamentosAdministração de medicamentos
Administração de medicamentos
Janaína Lassala
 
Organização e Funcionamento de um Laboratório de Análises Clínicas
Organização e Funcionamento de um Laboratório de Análises ClínicasOrganização e Funcionamento de um Laboratório de Análises Clínicas
Organização e Funcionamento de um Laboratório de Análises Clínicas
Paulo Fernandes
 
Uniterp (auxiliar de laboratório de análises clínicas)
Uniterp (auxiliar de laboratório de análises clínicas)Uniterp (auxiliar de laboratório de análises clínicas)
Uniterp (auxiliar de laboratório de análises clínicas)
Elói Theodoro
 
Interpretao de-exames-laboratoriais
Interpretao de-exames-laboratoriaisInterpretao de-exames-laboratoriais
Interpretao de-exames-laboratoriais
Levi Lopes
 
Exame Parasitológico de Fezes - 2010
Exame Parasitológico de Fezes - 2010Exame Parasitológico de Fezes - 2010
Exame Parasitológico de Fezes - 2010
rdgomlk
 
64012393 urinalise-questoes-gab
64012393 urinalise-questoes-gab64012393 urinalise-questoes-gab
64012393 urinalise-questoes-gab
Marcia Rodrigues
 
Aula 2 __posicoes_para_exames
Aula 2 __posicoes_para_examesAula 2 __posicoes_para_exames
Aula 2 __posicoes_para_exames
Marci Oliveira
 
Aula 13 sistema urinário - anatomia e fisiologia
Aula 13   sistema urinário - anatomia e fisiologiaAula 13   sistema urinário - anatomia e fisiologia
Aula 13 sistema urinário - anatomia e fisiologia
Hamilton Nobrega
 
29483020 coleta-de-amostras-biologicas-sangue-e-urina
29483020 coleta-de-amostras-biologicas-sangue-e-urina29483020 coleta-de-amostras-biologicas-sangue-e-urina
29483020 coleta-de-amostras-biologicas-sangue-e-urina
Maria Jaqueline Mesquita
 
Relatorio de estagio 2
Relatorio de estagio 2Relatorio de estagio 2
Relatorio de estagio 2
Jeronimo Oliveira
 
Sondagem gastrointestinal
Sondagem gastrointestinalSondagem gastrointestinal
Sondagem gastrointestinal
Rodrigo Abreu
 
Coleta, transporte e conservação de amostras em
Coleta, transporte e conservação de amostras emColeta, transporte e conservação de amostras em
Coleta, transporte e conservação de amostras em
Claysson Xavier
 

Mais procurados (20)

Slide 1 Aula 1 Hematologia
Slide 1   Aula 1 HematologiaSlide 1   Aula 1 Hematologia
Slide 1 Aula 1 Hematologia
 
A técnica citológica de papanicolaou
A técnica citológica de  papanicolaouA técnica citológica de  papanicolaou
A técnica citológica de papanicolaou
 
Bioquímica
BioquímicaBioquímica
Bioquímica
 
urinalise
urinaliseurinalise
urinalise
 
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com
1ª Aula Bioquimica - http://bio-quimica.blogspot.com
 
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e Amostras
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e AmostrasAula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e Amostras
Aula de Instrumentação Biomédica sobre Coleta e Amostras
 
Manual coleta de sangue
Manual coleta de sangueManual coleta de sangue
Manual coleta de sangue
 
Sistema hematológico
Sistema hematológicoSistema hematológico
Sistema hematológico
 
Administração de medicamentos
Administração de medicamentosAdministração de medicamentos
Administração de medicamentos
 
Organização e Funcionamento de um Laboratório de Análises Clínicas
Organização e Funcionamento de um Laboratório de Análises ClínicasOrganização e Funcionamento de um Laboratório de Análises Clínicas
Organização e Funcionamento de um Laboratório de Análises Clínicas
 
Uniterp (auxiliar de laboratório de análises clínicas)
Uniterp (auxiliar de laboratório de análises clínicas)Uniterp (auxiliar de laboratório de análises clínicas)
Uniterp (auxiliar de laboratório de análises clínicas)
 
Interpretao de-exames-laboratoriais
Interpretao de-exames-laboratoriaisInterpretao de-exames-laboratoriais
Interpretao de-exames-laboratoriais
 
Exame Parasitológico de Fezes - 2010
Exame Parasitológico de Fezes - 2010Exame Parasitológico de Fezes - 2010
Exame Parasitológico de Fezes - 2010
 
64012393 urinalise-questoes-gab
64012393 urinalise-questoes-gab64012393 urinalise-questoes-gab
64012393 urinalise-questoes-gab
 
Aula 2 __posicoes_para_exames
Aula 2 __posicoes_para_examesAula 2 __posicoes_para_exames
Aula 2 __posicoes_para_exames
 
Aula 13 sistema urinário - anatomia e fisiologia
Aula 13   sistema urinário - anatomia e fisiologiaAula 13   sistema urinário - anatomia e fisiologia
Aula 13 sistema urinário - anatomia e fisiologia
 
29483020 coleta-de-amostras-biologicas-sangue-e-urina
29483020 coleta-de-amostras-biologicas-sangue-e-urina29483020 coleta-de-amostras-biologicas-sangue-e-urina
29483020 coleta-de-amostras-biologicas-sangue-e-urina
 
Relatorio de estagio 2
Relatorio de estagio 2Relatorio de estagio 2
Relatorio de estagio 2
 
Sondagem gastrointestinal
Sondagem gastrointestinalSondagem gastrointestinal
Sondagem gastrointestinal
 
Coleta, transporte e conservação de amostras em
Coleta, transporte e conservação de amostras emColeta, transporte e conservação de amostras em
Coleta, transporte e conservação de amostras em
 

Semelhante a Introdução a análises clínicas

Fundamentos de Enfermagem - Grau 3 (2).pptx
Fundamentos de Enfermagem - Grau 3 (2).pptxFundamentos de Enfermagem - Grau 3 (2).pptx
Fundamentos de Enfermagem - Grau 3 (2).pptx
VeridyanaValverde1
 
Aula prática.1 coleta e anticoagulantes.06
Aula prática.1   coleta e anticoagulantes.06Aula prática.1   coleta e anticoagulantes.06
Aula prática.1 coleta e anticoagulantes.06
Roberta Reila
 
ICSA17 Imunologia (Prática) - Identificação de leucócitos
ICSA17 Imunologia (Prática) - Identificação de leucócitosICSA17 Imunologia (Prática) - Identificação de leucócitos
ICSA17 Imunologia (Prática) - Identificação de leucócitos
Ricardo Portela
 
Aula 10- Coleta de materiais laboratoriais.pdf
Aula 10- Coleta de materiais laboratoriais.pdfAula 10- Coleta de materiais laboratoriais.pdf
Aula 10- Coleta de materiais laboratoriais.pdf
LarissaMachado97
 
Coleta de sangue para exames.pptx
Coleta de sangue para exames.pptxColeta de sangue para exames.pptx
Coleta de sangue para exames.pptx
PinheiroNeto2
 
Laboratorio clinico veterinario
Laboratorio clinico veterinarioLaboratorio clinico veterinario
Laboratorio clinico veterinario
barbara_barbi
 
Amostras biológicas
Amostras biológicasAmostras biológicas
Amostras biológicas
Lucas Silva
 
80502431 urinalise
80502431 urinalise80502431 urinalise
80502431 urinalise
Maria Jaqueline Mesquita
 
CETERP_slide[1][1].pptx
CETERP_slide[1][1].pptxCETERP_slide[1][1].pptx
CETERP_slide[1][1].pptx
RicardoGabriel55
 
CETERP_slide[1][1].pptxhhhhhhhhhhjjjjjjjj
CETERP_slide[1][1].pptxhhhhhhhhhhjjjjjjjjCETERP_slide[1][1].pptxhhhhhhhhhhjjjjjjjj
CETERP_slide[1][1].pptxhhhhhhhhhhjjjjjjjj
RicardoGabriel55
 
A 3.1 Coleta de Exames AE 64.pptx
A 3.1 Coleta de Exames AE 64.pptxA 3.1 Coleta de Exames AE 64.pptx
A 3.1 Coleta de Exames AE 64.pptx
FabianoDoVale
 
Urinalise 1
Urinalise 1Urinalise 1
Urinalise 1
Rosimeire Areias
 
01ppt fluidos biologicos
01ppt fluidos biologicos01ppt fluidos biologicos
01ppt fluidos biologicos
Leylanne Naubarth
 
Exame quimico da urina
Exame quimico da urinaExame quimico da urina
Exame quimico da urina
Arley Melo
 
aula bia.ppt
aula bia.pptaula bia.ppt
aula bia.ppt
EnfermeiroEdgarJunio
 
Principais exames na infância ...
Principais exames na infância ...Principais exames na infância ...
Principais exames na infância ...
WAGNER OLIVEIRA
 
Slides de Aula - Unidade II.pdf
Slides de Aula - Unidade II.pdfSlides de Aula - Unidade II.pdf
Slides de Aula - Unidade II.pdf
BrunoMatson1
 
Exames laboratoriais e sondagem vesical.pdf
Exames laboratoriais e sondagem vesical.pdfExames laboratoriais e sondagem vesical.pdf
Exames laboratoriais e sondagem vesical.pdf
CASA
 
Análises da urina
Análises da urinaAnálises da urina
Análises da urina
giovani
 
PESQUISA BIBLIOGRÁFICA HEMODIÁLISE
PESQUISA BIBLIOGRÁFICA HEMODIÁLISEPESQUISA BIBLIOGRÁFICA HEMODIÁLISE
PESQUISA BIBLIOGRÁFICA HEMODIÁLISE
Rafael Lima
 

Semelhante a Introdução a análises clínicas (20)

Fundamentos de Enfermagem - Grau 3 (2).pptx
Fundamentos de Enfermagem - Grau 3 (2).pptxFundamentos de Enfermagem - Grau 3 (2).pptx
Fundamentos de Enfermagem - Grau 3 (2).pptx
 
Aula prática.1 coleta e anticoagulantes.06
Aula prática.1   coleta e anticoagulantes.06Aula prática.1   coleta e anticoagulantes.06
Aula prática.1 coleta e anticoagulantes.06
 
ICSA17 Imunologia (Prática) - Identificação de leucócitos
ICSA17 Imunologia (Prática) - Identificação de leucócitosICSA17 Imunologia (Prática) - Identificação de leucócitos
ICSA17 Imunologia (Prática) - Identificação de leucócitos
 
Aula 10- Coleta de materiais laboratoriais.pdf
Aula 10- Coleta de materiais laboratoriais.pdfAula 10- Coleta de materiais laboratoriais.pdf
Aula 10- Coleta de materiais laboratoriais.pdf
 
Coleta de sangue para exames.pptx
Coleta de sangue para exames.pptxColeta de sangue para exames.pptx
Coleta de sangue para exames.pptx
 
Laboratorio clinico veterinario
Laboratorio clinico veterinarioLaboratorio clinico veterinario
Laboratorio clinico veterinario
 
Amostras biológicas
Amostras biológicasAmostras biológicas
Amostras biológicas
 
80502431 urinalise
80502431 urinalise80502431 urinalise
80502431 urinalise
 
CETERP_slide[1][1].pptx
CETERP_slide[1][1].pptxCETERP_slide[1][1].pptx
CETERP_slide[1][1].pptx
 
CETERP_slide[1][1].pptxhhhhhhhhhhjjjjjjjj
CETERP_slide[1][1].pptxhhhhhhhhhhjjjjjjjjCETERP_slide[1][1].pptxhhhhhhhhhhjjjjjjjj
CETERP_slide[1][1].pptxhhhhhhhhhhjjjjjjjj
 
A 3.1 Coleta de Exames AE 64.pptx
A 3.1 Coleta de Exames AE 64.pptxA 3.1 Coleta de Exames AE 64.pptx
A 3.1 Coleta de Exames AE 64.pptx
 
Urinalise 1
Urinalise 1Urinalise 1
Urinalise 1
 
01ppt fluidos biologicos
01ppt fluidos biologicos01ppt fluidos biologicos
01ppt fluidos biologicos
 
Exame quimico da urina
Exame quimico da urinaExame quimico da urina
Exame quimico da urina
 
aula bia.ppt
aula bia.pptaula bia.ppt
aula bia.ppt
 
Principais exames na infância ...
Principais exames na infância ...Principais exames na infância ...
Principais exames na infância ...
 
Slides de Aula - Unidade II.pdf
Slides de Aula - Unidade II.pdfSlides de Aula - Unidade II.pdf
Slides de Aula - Unidade II.pdf
 
Exames laboratoriais e sondagem vesical.pdf
Exames laboratoriais e sondagem vesical.pdfExames laboratoriais e sondagem vesical.pdf
Exames laboratoriais e sondagem vesical.pdf
 
Análises da urina
Análises da urinaAnálises da urina
Análises da urina
 
PESQUISA BIBLIOGRÁFICA HEMODIÁLISE
PESQUISA BIBLIOGRÁFICA HEMODIÁLISEPESQUISA BIBLIOGRÁFICA HEMODIÁLISE
PESQUISA BIBLIOGRÁFICA HEMODIÁLISE
 

Introdução a análises clínicas

  • 1. INTRODUÇÃO A ANÁLISES CLÍNICAS Resumo
  • 2. INTRODUÇÃO:  O laboratório de Análises Clínicas (Patologia Clínica/Laboratório Clínico) é responsável por auxiliar o médico na detecção de patologias e condições fisiológicas através de exames em materiais biológicos (sangue, urina, fezes, escarro, fluídos orgânicos).
  • 3. O laboratório clínico de divide em diversas áreas. Entre elas:
  • 4. É responsável pela análise dos componentes do sangue, fezes, urina e fluídos orgânicos.
  • 5. É responsável pela análise minuciosa dos componentes das células do sangue.
  • 6. Responsável pela análise de todos os corpos estranhos através das reações antígeno-anticorpo. Em alguns laboratórios é responsável ainda pela dosagem hormonal.
  • 7. É responsável pela detecção de bactérias e fungos no sangue, fezes e fluídos orgânicos.
  • 8. É responsável pela detecção de parasitas nas fezes e no sangue.
  • 9. Este setor é responsável pelos exames de urina e eventualmente alguns fluídos orgânicos.
  • 10. COLETA DE SANGUE:  O sangue é formado pela parte de elementos figurados (Glóbulos Brancos, Glóbulos Vermelhos e Plaquetas) e plasma. Sua principal função e transportar os gases (O2/CO2).  Dependendo da análise é possível utilizar diferentes componentes do sangue, tais como ele todo, plasma ou soro.
  • 11. EM EXAMES COM ANTICOAGULANTE SÃO USADOS OS SEGUINTES TUBOS:  -EDTA: Usado no setor de hematologia  -Citrato de Sódio: Geralmente utilizado no estudo da coagulação.  -Fluoreto de Sódio: Utilizado na dosagem de glicemia.  -Heparina: Dosagem de carga viral. (Observação:Após a coleta de sangue com tubo anticoagulante é de extrema importância realizar a homogeneização por inversão de 5 a 8 vezes).
  • 12. PARA REALIZAR A COLETA DO SANGUE SÃO NECESSÁRIAS ALGUMAS CONDIÇÕES:  -Sala bem iluminada e ventilada;  -Cadeira com Braçadeira;  -Lavatório;  -Instrumentos (Agulha e seringa descartáveis, algodão, garrote, álcool 70%;  -Tubos (Com ou sem anticoagulante) e etiquetas de identificação;  -Avental, luvas, máscara.
  • 13. PROCEDIMENTO:  Orientar o paciente.  Antes da coleta é necessário movimentar o êmbulo da seringa e pressioná-lo para retirar o ar.  Também é importante realizar a assepsia corretamente, no sentido contrário ao pelos ou em caracol, com o algodão umedecido em álcool 70%.  Para a escolha da veia do paciente, é necessário garrotear o braço e tatear a veia para ter certeza.  O sistema a vácuo permite uma coleta com um maior número de tubos, diferente da coleta com agulha e seringa.