SlideShare uma empresa Scribd logo
INFORMÁTICA APLICADA A
GESTÃO
GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS
PROFESSOR: João Rosa Coelho Filho
Juazeiro do Norte – CE – 2014
Sumário –
1 INFORMÁTICA .................................................................................................................... 8
2 HISTÓRIA E EVOLUÇÃO DOS COMPUTADORES .................................................................. 8
2.1 História, Datas e Fatos Importantes ............................................................................... 8
3 CONCEITOS RELACIONADOS À INFORMÁTICA ................................................................... 12
3.1 Sistemas de Medida ..................................................................................................... 13
3.1.1 Bits e Bytes .......................................................................................................... 13
4 FASES DO FUNCIONAMENTO DO COMPUTADOR .............................................................. 14
5 SISTEMA DE INFORMAÇÃO ............................................................................................ 14
6 HARDWARE ...................................................................................................................... 15
6.1 Tipos de Computadores .............................................................................................. 15
6.2 Componentes ............................................................................................................ 15
6.3 Tipos de Memória ...................................................................................................... 16
6.4 Periféricos ................................................................................................................. 17
6.5 Impressora ................................................................................................................ 17
7 SOFTWARE ...................................................................................................................... 18
7.1 Sistema Operacional ................................................................................................... 18
7.2 Softwares Utilitários ..................................................................................................... 18
7.3 Softwares Aplicativos .................................................................................................. 18
8 PEOPLEWARE .................................................................................................................. 20
9 REDES ............................................................................................................................... 21
9.1 Arquitetura de Rede ..................................................................................................... 21
10 VÍRUS ................................................................................................................................... 22
11 INFRA-ESTRUTURA ............................................................................................................ 22
12 EXERCÍCIOS PROPOSTOS ................................................................................................ 23
Informática Aplicada a Gestão - UVA
APRESENTAÇÃO
Com o passar do tempo o homem tem precisado cada vez mais tratar e transmitir
informações para atender essa necessidade está sempre criando máquinas e desenvol-
vendo métodos para processá-las. Para ajudar o homem surgiu a informática, que é a
ciência encarregada dos estudos que resultam no desenvolvimento de novas máquinas,
novos métodos de trabalho, direcionados para a construção de aplicações automáticas e
para a melhoria dos métodos em aplicação existentes.
Em casa, no trabalho, na fila de espera do banco, no uso do celular ou do caixa
eletrônico, a informática está intimamente ligada à vida do ser humano. Muitas das ve- zes
as pessoas não se dão conta dessa intimidade dentro de suas próprias casas, ao ligar uma
televisão, um DVD ou um aparelho microondas. A informática vem marcando e consolidando a
sua presença em quase tudo.
No mundo atual esse contato e familiarização com o computador é inevitável. Para você
que está tendo a oportunidade desse primeiro contato, conheça a seguir um pouco da história
do computador e entenda melhor as suas aplicações e funcionamento. É o primeiro passo
para que você possa aproveitar da melhor maneira possível o que essa importante
ferramenta (computador) tem a lhe oferecer de novidades e oportunidades para o seu
desenvolvimento pessoal e profissional.
PROFESSOR: JOÃO FILHO 7
Informática Aplicada a Gestão - UVA
1 INFORMÁTICA
Conceito - É a ciência do tratamento racional e automático da informação, considerada como
suporte dos conhecimentos e comunicações, principalmente por meio de sistemas eletrônicos.
A palavra INFORMÁTICA é de origem francesa e foi criada por Dreyfus, em 1962. É resultado da
contração das palavras INFORmação e AutoMÁTICA. A sua aplicação não se restringe apenas aos
computadores, mas a toda atividade que acelere, facilite ou amplie a eficiência do trabalho, por meio da
manipulação de informações e em qualquer dos campos do conhecimento humano (matemática,
medicina, educação, direito, engenharia, etc) .
2 HISTÓRIAEEVOLUÇÃO DOSCOMPUTADORES
Não sendo diferente da maioria das descobertas tecnológicas, os computadores foram construídos
inicialmente para atender fins militares. O interesse pela construção do primeiro computador resultou
numa disputa acirrada de corrida contra o tempo entre alemães e americanos, motivados particular-
mente pela necessidade estratégica, durante a 2ª Guerra Mundial, de agilizar o processo de codificar e
decodificar as mensagens trocadas durante o conflito.
Logo após a 2ª guerra foi construído o primeiro computador eletro-mecânico, de dimensões
gigantescas. Funcionava a base de válvulas e armazenava dados por meio de cartões perfurados. Uma
verdadeira revolução para a época.
Somente a partir de meados dos anos setenta é que os computadores ganharam fama no mundo. As
pesquisas científicas e os avanços tecnológicos possibilitaram o desenvolvimento de circuitos elétricos
cada vez mais aperfeiçoados, possibilitando a fabricação de computadores de menor porte e de preço mais
acessível.
A partir desses avanços chegou-se ao que hoje é conhecido como Microcomputador ou PC (Personal
Computer). Uma máquina pequena, cada vez mais leve e prática, capaz de desenvolver os mais sofisticados
trabalhos e que vem sendo constantemente aperfeiçoada.
2.1 HISTÓRIA, DATAS E FATOS MAIS IMPORTANTES
Os computadores promoveram uma revolução na produção, no processamento e na transferência de
informações, a partir da sua capacidade de manipulação de grandes quantidades de dados em pouco
tempo.
A história recente do computador, da informática e suas aplicações, pode ser citado em datas e fases
importantes.
1622 - Bastões de Napier: Desenvolvido por John Napier, o inventor
dos logaritmos. Generalizou o procedimento tabular dos árabes e construiu
um dispositivo simples e barato para resolver operações matemáticas
elementares.
8 PROFESSOR: JOÃO FILHO
Informática Aplicada a Gestão - UVA
1642 - Máquina de Somar PASCALINE: Primeira máquina de somar criada
pelo filósofo francês Blaise Pascal, aos 19 anos idade.
1670 - Calculadora de Leibnitz: Desenvolvida por Gottfried Leibnitz, com
capacidade para efetuar operações de multiplicação e divisão.
Teear de Jacquard - Desenvolvida por Joseph Marie Jacquard, sendo a
primeira máquina a se valer do conceito de Entrada - Processamento - Saída.
1821 - Calculadora Mecânica: Desenvolvida pelo matemático inglês, Charles
Babbage, criador do conceito da "Máquina Diferencial". Era uma calculadora me-
cânica movida a vapor, com capacidade para gerar tabelas para Astronomia. Após 20
anos de trabalho, Babbage teve seu projeto cancelado pelo governo Britânico.
1833 - Publicado por Ada Byron, Condessa de Lovelace, estudo sobre os fundamentos da com-
putação, incluindo análise de dados, estruturas de repetição (loopings) e endereçamento de memória.
1842 - Conceito da Máquina Analítica: Criado por Charles Babbage para funcionar como um
mecanismo computacional capaz de resolver qualquer problema matemático, a partir do uso de car-
tões perfurados, podendo inclusive executar operações condicionais simples.
1853 - Máquina Analítica de Babbage: Versão reduzida da máquina analítica de Babbage, criada
por George e Evard Scheutz. Uma máquina que tinha a capacidade de processar números de 15 dígitos
e calcular diferenciais de quatro ordens.
1924 - Fundação da IBM (International Business Machine).
1939 - Apresentado o ABC (Atanasoff - Berry Computer): Primeiro computador eletrônico digital
não programável e de uso dedicado à solução de sistemas de equações diferenciais. Foi o primeiro a
utilizar válvulas. Não chegou a ser completado e sua construção foi abandonada em 1942.
1943 - Apresentado o COLOSSUS: O primeiro computador eletrônico
programável e de uso dedicado a decifrar mensagens codificadas usadas pelo
exército alemão na 2ª Guerra Mundial. Foi mantido em segredo até muito tem- po
depois do encerramento do conflito. Usava válvulas e foi desenvolvido por Alan
Turing.
PROFESSOR: JOÃO FILHO 9
Informática Aplicada a Gestão - UVA
1944 - Apresentado o MARK 1, após 7 anos de projeto e construção. Era eletromecânico e
media 45 m2, tinha 750.00 partes e mais a de 700 Km de fios e cabos.
1945/46 - Apresentado o ENIAC (Eletronic Numerical Integrator and
Computer) - primeiro computador eletrônico, programável e de uso geral,
desenvolvido por J. Presper Eckert e John V. Mauchly. Ocupava mais de 170m2,
pesava 30 toneladas, funcionava com 18.000 válvulas, 10.000 capacitores,
além de milhares de relés e resistores. Consumia mais de 150.000 watts para
executar 5.000 adições ou subtrações por segundo.
Custou U$ 500.000,00 e era pouco eficiente se comparado com as atuais calculadoras.
1947 - Desenvolvimento do transistor pelo Bell Laboratories.
1949 - Nascimento do conceito de armazenagem de
programas com o EDSAC (Eletronic Delay Storage Automatic
Computer) ou "Calculadora Automática com Armazenamento por
Retardo Eletrônico", o qual marcou o último grande pas- so na série
de avanços decisivos inspirados pela guerra: Co-
meçou a "Era do Computador"!
1951 - Apresentado o UNIVAC (Universal Automatic Computer): construído por Eckert e Mauchly
para o processamento dos dados dos censos da população americana. Tinha a capacidade de arma- zenar
12.000 dígitos.
1952 - Concluído o EDVAC (Eletronic Discrete Variable Computer). Possuía 10% do volume e
100 vezes mais memória do que o ENIAC .
1954/1955 - Apresentado TRADIC o primeiro computador transistorizado, feito pela Bell
Laboratorie. Possuía 800 transistores, sendo cada um em seu próprio recipiente.
1958/59 - EDVAC: Apresentado o circuito integrado pela Texas Instruments e Fairchild
Semiconductors.
1962 - Apresentado o IBM 7094, o primeiro computador totalmente transistorizado.
1963 - Nascimento da linguagem CPL.
1964 - Apresentado o CDC 6600: primeiro supercomputador a se valer completamente do
processamento paralelo, desenvolvido por Seymour Cray.
10 PROFESSOR: JOÃO FILHO
Informática Aplicada a Gestão - UVA
1965 - Apresentado o IBM 360: o primeiro computador a usar circuitos integrados.
1967 - Nascimento da linguagem BCPL.
1968 - Fundada a Intel por Gordon Moore and Robert Noyce. Apresentados os primeiros
minicomputadores, dentre os quais o PDP-8 da DEC Computers.
1969 - Início do funcionamento da ARPANET. Apresentado o CDC 7600, o primeiro computador
com processamento vetorial, desenvolvido por Seymour Cray.
1970/71 - Apresentado o primeiro microprocessador, o Intel 4004, que trabalhava com 4 bits.
Nascimento da linguagem B.
1972 - Apresentado o primeiro microprocessador a trabalhar com 8 bits, o Intel 8008.
1974 - Apresentado o Mark-8 - primeiro minicomputador, desenvolvido por Jonathan A. Títus.
1975 - Apresentado o primeiro computador pessoal - o Altair 8800, desenvolvido pela MITS. O
nome "Altair" se deve a uma estrela. Consideraram na ocasião o lançamento desse computador como
um "eventoestelar".
1979 - Estabelecimento da USENET, por meio da conexão entre a Universidade da Carolina do
Norte e a Universidade Chapel Hill & Duke.
1980 - Nascimento do MS-DOS, sistema operacional da Microsoft.
1981 - Lançamento do IBM PC. O MS-DOS acompanhava o equipamento. Sua arquitetura ainda
é a mais utilizada.
1984 - Lançamento do Macintosh pela Apple Computer. Foi o primeiro rival do IBM PC.
1985 - Lançamento do Windows 1.0 pela Microsoft.
1988 - Lançamento do Windows 3.0 pela Microsoft.
1990 - Tim Berners-Lee, cria na Suíça a Linguagem de Marcação de Hipertexto (HTML).
1991 - Desenvolvimento da WWW (World Wide Web) por Tim Berners-Lee. O CERN lança o pri-
meiro servidor Web. Nasce o sistema operacional aberto mais famoso e bem sucedido do mundo, o
LINUX.
PROFESSOR: JOÃO FILHO 11
Informática Aplicada a Gestão - UVA
1992 - É criada a linguagem Java pela empresa Sun Microsyst e é lançado o Windows NT.
1994 - A Microsoft e a Intel consolidam-se como padrão para o mercado comum do PC.
1995 - Pentium Pro (686): Lançamento do Windows 95, que rapidamente tornou-se padrão
para a computação de usuário final e do Internet Explorer pela Microsoft que entra definitivamente
para a batalha dos paginadores da Web.
1997 - Pentium II/ K6: A Intel introduz as instruções MMX nos projetos Pentium Pro, estas
instruções são para melhorar o desempenho multimídia e dos jogos em seus processadores.
1998 - Pentium III/ Athlon - Lançamento do Windows 98 pela Microsoft.
1999 - São lançados os primeiros computadores comercializados com o Linux pré-instalado.
2000 - Pentium IV / Duron
2001 - A Microsoft lança o Windows XP.
3 CONCEITOS RELACIONADOS À INFORMÁTICA
Dados - É um fato isolado que completa a informação. Uma vez processados (ordenados, soma-
dos, filtrados) constituem informação útil.
Informação - É definida como conjunto de dados que permite transmitir qualquer tipo de
conhecimento. Portanto, existirá informação sempre que se der a conhecer algo que até então se
desconhecia.
Processamento de Dados - É o trabalho realizado pelo computador a fim de obter um resulta-
do prático.
Teleinformática ou Telemática - É a conjunção de telecomunicações e da informática para a
troca de informações, com a disponibilidade de um vídeo acionado por meio de um teclado adaptado.
Milhões de operações bancárias são realizados por esta tecnologia, com um CPD (Centro de
Processamento de Dados) ligado a um computador central que, ligado aos minicomputadores de suas
agências on-line, permite ao cliente saber seu saldo, realizar saques, pagamentos, etc.
Sistemas Numéricos - É um conjunto de regras que nos permite escrever e ler qualquer número,
utilizando para isto símbolos básicos. O sistema de numeração utilizado é o sistema decimal, assim
denominado por ser composto de 10 elementos agrupados de 10 em 10 (ou base 10). Atual- mente,
além do sistema decimal, são utilizados em informática o sistema binário (base 2), o octal (base 8) e o
hexadecimal (base 16).
12 PROFESSOR: JOÃO FILHO
Informática Aplicada a Gestão - UVA
Sistemas Numéricos
Binário
Octal
Decimal
Hexadecimal
3.1 SISTEMAS DE MEDIDAS
0,1
0,1,2,3,4,5,6,7
0,1,2,3,4,5,6,7,8,9
0,1,2,3,4,5,6,7,8,9,A,B,C,D,E,F
Os computadores atuais são máquinas digitais que processam dados como números. Os
computadores digitais realizam suas operações em números binários, ou seja, números na base 2,
enquanto nosso sistema de numeração e contagem é baseado na base 10, ou seja, usamos dígitos de 0
a 9. Portanto, sendo o computador digital usuário de base numérica 2, significa que este só usa interna-
mente grandezas que corresponderiam aos dígitos 0 e 1.
3.1.1 Bits e Bytes
No computador, Bit (b) representa a sua menor unidade de processamento e em última instância
corresponde aos dígitos 0 e 1.
Quando se tem um conjunto formado por 8 bits, chamamos por convenção de byte. A seguir um
exemplo esquemático de um byte.
1 0 1 0 1 0 1 0
No computador um caractere é representado por um Byte.
Para quantificar a memória do computador é utilizado um sistema de medida - O byte (B).
Quando se tecla no computador uma letra qualquer (a), automaticamente ele utiliza um caractere
da sua memória. Se você digitar, por exemplo, a palavra INFORMÁTICA, significa que o computador
utilizou 11 caracteres da sua memória. Como cada caractere é representado por um byte, significa dizer
também que foram utilizados 11 bytes.
Para facilitar a escrita destes valores é utilizada a seguinte unidade abaixo:
l KB, Kilobyte, corresponde a 1 byte x 1.000
l MB, Megabyte, corresponde a 1 byte x 1.000.000
l GB, Gigabyte, corresponde a 1 byte x 1.000.000.000
l TB, Terabyte, corresponde a 1 byte x 1.000.000.000.000
As unidades acima discriminadas estão colocadas de forma simplificada, para facilitar o aprendi-
zado. Na realidade estes valores obedecem a uma tabela e são assim representados:
PROFESSOR: JOÃO FILHO 13
Informática Aplicada a Gestão - UVA
Unidade Símbolo Valor ValorExato
Bit b 0 ou 1
Byte B 8 bits 20= 1
KiloByte
Megabyte
Gigabyte
Terabyte
Kb
Mb
Gb
TB
1024 bytes
1024 kilobytes
1024 megabytes
1024 gigabytes
210= 1 024
220= 1 048 576
230= 1 073 741 824
240= 1 099 511 627 776
4 FASES DOFUNCIONAMENTODO COMPUTADOR
Para que um computador funcione ele tem que basicamente estar constituído de uma parte
chamada física (hardware), que compreende os equipamentos essenciais ao seu funcionamento (as
memórias, CPU e os equipamentos periféricos) e a parte denominada de lógica (software), que com-
preende os programas que são fornecidos ao computador para que ele execute as suas funções.
Observe:
l Entrada - são as informações inseridas no computador.
l Processamento - é o trabalho realizado pelo computador.
l Saída - é o resultado obtido pelo processamento.
Unidadesde
Entrada
CPU
Unidadesde
Saída
Memória
Principal
Memória
Auxiliar
5 SISTEMA DE INFORMAÇÃO
Atualmente um sistema de informação é entendido como uma junção de três componentes bási-
cos: hardware, software e peopleware. Podemos assim caracterizá-los:
Hardware - O conjunto de componentes físicos de um computador e os periféricos ligados a ele.
Exemplo: teclado, impressora, monitores e outros.
Software - Conjunto de programas que são processados num computador. É a parte lógica do
computador. Ex: Sistema Operacional, editores gráficos, jogos, entre outros.
Peopleware - É um conjunto de pessoas dedicadas a todo sistema computacional. Forma o
conjunto de recursos humanos deste sistema e envolve analistas de sistema, programadores, entre
outros.
14 PROFESSOR: JOÃO FILHO
Informática Aplicada a Gestão - UVA
6HARDWARE
6.1 TIPOS DE COMPUTADORES
PC (Personal Computer) - É o mais conhecido. O primeiro computador
pessoal do mercado mundial foi lançado pela IBM. Em função
dos avanços tecnológicos, esses computadores estão com os preços cada vez
mais baixos, tornando-os mais acessíveis às pessoas. São equipa- mentos
que realizam desde as tarefas rotineiras até as mais avançadas.
Workstations (Estação de Trabalho) - São computadores mais poderosos e mais caros. São
máquinas desenvolvidas normalmente para atender as necessidades de empresas, em sistemas ban-
cários ou para computação gráfica, que requerem maior confiabilidade.
Notebooks - São computadores portáteis e que reproduzem todos os
aspectos dos modelos de mesa. A vantagem é que podem ser transportados,
funcionam com baterias recarregáveis, estão cada vez mais leves e oferecem a
possibilidade de você trabalhar com eles em qualquer lugar. Os primeiros
computadores portáteis eram chamados de "laptops", maiores e mais pesa- dos do
que os atuais notebooks.
Mainframes - Também chamados de supercomputadores - São má-
quinas de grande porte. Algumas aplicações como de sistemas bancários ou de
controle de vôos espaciais, por exemplo, necessitam de computadores de grande
porte.
Palmtop - Cabe na palma da mão e realiza quase todas as tarefas de um PC.
É fácil de transportar, pode ser usado em qualquer lugar ou ocasião, sendo atualmen-
te uma ferramenta muito utilizada por executivos de empresas, principalmente.
6.2 COMPONENTES
Cada dispositivo tem uma função específica. A seguir vamos conhecer alguns dos principais com-
ponentes de um computador:
Gabinete - É onde estão instaladas as partes do computador responsáveis por armazenar e
processar as informações. Existem dois modelos de gabinete no mercado: o AT e o ATX. Quanto ao
formato, podem ser horizontal (desktop) ou vertical (torre e minitorre). São constituídos normalmente de
estrutura metálica, mas já existe no mercado também os gabinetes de estrutura acrílica, transparente ou
em cores, porém com os preços de custo ainda bem mais alto do que os tradicionais (metálicos).
Placa Mãe ou MotherBoard - É um item importante de um computador. Tem a função de
permitir que o processador se comunique com todos os periféricos instalados. É na placa mãe que
PROFESSOR: JOÃO FILHO 15
Informática Aplicada a Gestão - UVA
encontramos o microprocessador, a memória principal, os circuitos de apoio, a placa controladora, os
conectores do barramento. Existem dois tipos de Placa-Mãe: On-board e Off-board.
Processador - Também conhecido como CPU (Central Processing Unit),
ou UCP (Unidade Central de Processamento). É um chip de silício conectado
a placa-mãe, onde uma combinação de circuitos controla o fluxo de funciona-
mento da máquina. É o elemento principal do funcionamento de um computador.
Tem a função de pegar os dados, processá-los, devolvendo o resultado
sem se preocupar de onde vem esses dados ou para onde irão os resultados. Daí a importância da
memória, da qual vamos falar no próximo item. Existem vários fabricantes e modelos diferentes de
processadores no mercado. A INTEL é no momento a principal fabricante de processadores do merca- do
mundial (modelos Pentium I, II, III e IV, Pro, Celeron), tendo como concorrentes outros modelos de
processadores, tais como: Duron e Athlon (da AMD), VIA Cyrix MII e VIA Cyrix III (da CYRIX).
Memória - É um dispositivo encarregado de armazenar e guardar informações
(dados + cálculos) usados pelo processador. Existem diferentes tipos de Memória
RAM. Observe as memórias ao lado, a partir do alto: SIPP, SIMM 30 pin, SIMM 72 pin, DIMM,
RIMM.
Fonte - Uma caixa que contém um transformador responsável por pegar a corrente alternada de
110 ou 220 volts que vem da rede de energia, e transformar em corrente contínua, geralmente de 12,5
ou 3,3 volts.
Cabos - São fios responsáveis pela conexão e comunicação entre os periféricos (placa-mãe,
gabinete e rede elétrica).
Periféricos - São equipamentos conectados à placa-mãe, gerenciados pela CPU e com a função de
enviar ou receber informações da memória principal.
6.3 TIPOS DE MEMÓRIA
Memória RAM (Random Access Memory) - É a memória de trabalho mais importante do
computador. É composta por módulos ("pentes"), encaixados diretamente na placa mãe. A caracterís-
tica principal dessa memória é que ela é volátil. Significa dizer que quando o computador é desligado,
todo seu conteúdo é perdido.
Memória de Consulta - ROM (Read-Only Memory ) - Guarda instruções básicas para o corre-
to funcionamento do computador e são gravadas uma única vez pelo fabricante. É a memória responsável
por ativar os dispositivos necessários para a inicialização das tarefas e onde estão armazenadas as rotinas
de verificação do sistema. Não podem ser regravadas, alteradas ou apagadas. São acessadas exclusivamente
para leitura. São memórias onde seu conteúdo é gravado de forma permanente.
16 PROFESSOR: JOÃO FILHO
Informática Aplicada a Gestão - UVA
Existem três tipos básicos de memória ROM:
PROM - (Programmable Read-Only Memory) - Podem ser escritas com dispositivos especiais
porém não podem mais ser apagadas.
EPROM - (Erasable Programmable Read-Only Memory) - Memória similar a ROM. Dispõe de uma
pequena parte que pode ser alterada ou apagada.
EAROM - (Electrically Erasable Programmable Read-Only Memory) - Podem ter seu conteúdo
modificado eletricamente, mesmo quando já estiver funcionando num circuito eletrônico.
Memória Auxiliar ou Dispositivos de Armazenagem - Também chamada de memória secundária,
externa ou de massa. Tem como característica principal reter uma determinada informação
durante o tempo que se desejar, recuperando-a quando lhe for requerido. Podem ser divididas em dois
tipos:
1. (Discos) - Disquete, Disco Rígido, ZipDisk, CD-Rom, DVD-Rom, CD-R, DVD-
R, CD-RW , DVD-RW, Pen Drive, etc. O acesso aos dados é feito de forma direta.
2. (Fitas) - DAT e STREAMER. O acesso aos dados é feito de forma sequencial.
Disco Rígido
6.4 PERIFÉRICOS
Periféricos de Entrada - São dispositivos responsáveis por enviar as informações para o
processador.
Ex: Mouse, Teclado, Scanner, microfone, Web câmaras, filmadoras, sensores diversos, entre outros.
Periféricos de Saída - São dispositivos que podem mostrar o resultado do processamento e/
ou acompanhar as tarefas executadas pelo computador.
Ex: Impressora, Monitor, Caixas de Som, etc.
Periféricos de Entrada e Saída - São unidades que tem as duas funções (entrada e saída)
na mesma unidade.
Ex: Unidades de Disco: Unidade de Disquete, Disco Rígido e Zip Drive. Unidades de Fita: DAT e
STREAMER. Gravadores de CD e DVD. Modem e Placa de Rede.
6.5 IMPRESSORA
Equipamento que permite a impressão em papel dos trabalhos criados no computador (textos,
gráficos, figuras entre outros). Existe no mercado uma grande variedade de impressoras, com diferenças de
qualidade e velocidade de impressão. Entre as mais utilizadas estão:
Matricial - Tecnologia de impressão por matriz de 9 ou 24 agulhas, que pressionam uma fita com
tinta sobre o papel, como uma máquina de escrever. É uma impressora popular e pioneira, excelente para
trabalhos que não exijam rapidez, tampouco boa qualidade de impressão.
Jato de Tinta - Tecnologia de impressão em que a imagem é formada por minúsculas gotas de tinta
lançadas sobre o papel. Impressora que apresenta uma qualidade de impressão muito boa e uma resolução
excelente. Tornou-se o novo padrão, em substituição à matricial. Utiliza o chamado cartucho,
PROFESSOR: JOÃO FILHO 17
Informática Aplicada a Gestão - UVA
que pode ser colorido ou preto. Dois cuidados devem ser observados no uso desse tipo de impressora:
a espera da secagem da tinta no papel e a proteção contra água.
Jato de Cera - Impressora que utiliza a mesma tecnologia da impressora jato de tinta, porém com
a vantagem de que a cera depositada no papel não solta nem borra com a presença de umidade.
Laser - Tecnologia de impressão baseada na sensibilização do papel por raio laser, com uso de toner
(pó). Nesse processo a página é impressa de uma só vez. É a melhor impressora disponível no mercado,
possui velocidade de impressão e, dependendo do modelo, pode imprimir colorido.
7SOFTWARE
7.1 SISTEMA OPERACIONAL
Um computador para funcionar precisa sempre de no mínimo um programa em execução por
todo o tempo em que estiver sendo operado. Este programa é conhecido como sistema operacional,
sendo ele quem determina quais programas vão ser executados, quando, e quais recursos (como
memória e E/S) ele poderá utilizar. Este mesmo sistema operacional é também responsável pelo
gerenciamento do hardware. Resumindo, o sistema operacional é quem organiza tudo no computa- dor.
Exemplos: MS-DOS, Unix, OS/2, Windows 98 (versões ME, XP, 2000 e 2003), Windows NT Server, Linux,
FreedBsd, Mac-OS, dentre outros.
7.2 SOFTWARES UTILITÁRIOS
Os Softwares Utilitários oferecem meios para o usuário realizar tarefas que não são executadas
pelo sistema operacional do computador.
l Anti-Vírus - São importantíssimos para proteger os computadores do ataque de vírus e exigem
atualização permanente, o que pode ser feito periodicamente via Internet. Exemplos: AVG, Víruscan,
Norton Antivírus, Panda, etc.
l Gerenciadores de Unidade de Disco - Previnem as ocorrências de falhas nas unidades de
disco. Exemplos: Defrag, Norton Disk Doctor, Scandisk, etc.
l Otimizadores de Memória - Organizam o conteúdo da memória principal, aumentando a
rapidez da execução de outros programas. Exemplos: Qemm, Optimizer, etc.
7.3 SOFTWARES APLICATIVOS
Os Softwares Aplicativos são criados para finalidades específicas, atendendo a necessidade de
grupos de pessoas, organizações ou interesses individuais.
Exemplos de Ambientes de Desenvolvimento: Delphi, Visual Basic, Turbo C++, Flapp, etc.
Exemplos de Linguagens de Programação: Cobol, C, Assembler, Java, Pascal, Basic, dentre outras.
18 PROFESSOR: JOÃO FILHO
Informática Aplicada a Gestão - UVA
Editores de Texto - Representam hoje a aplicação mais popular dos computadores pessoais.
São softwares que permitem aos computadores desempenhar o papel das antigas máquinas
datilográficas, com enormes e incomparáveis vantagens. Destaque-se:
l Digitar o texto no computador;
l Alterar ou fazer correções a qualquer instante;
l Formatar o texto e configurar páginas;
l Transportar e Incluir Tabelas, Gráficos e Desenhos;
l Fazer Correções de Ortográfica e Gramática do texto;
l Aplicar autocorreção;
l Criar documentos e/ou tipo de correspondências padronizadas;
l Mandar Imprimir o texto completo ou apenas parte dele.
Editores de Imagem - São softwares gráficos que auxiliam nos trabalhos de programação
visual. Ajudam a criar, alterar, corrigir, melhorar e editar figuras e imagens.
Exemplos: Corel Draw, Adobe PhotoShop, Picasa, dentre outros.
Planilha Eletrônica - São softwares criados para ajudar na elaboração de planilhas e na geração de
gráficos. Enquanto no Editor de Texto o elemento principal são as letras, na Planilha Eletrônica
o elemento principal são os números. São programas que permitem:
l Inserir números e/ou textos como conteúdo de uma célula;
l Construir fórmulas de acordo com a planilha desejada;
l Construir planilhas de acordo com o trabalho desejado;
l Gerar gráficos ilustrativos e/ou demonstrativos;
l Fazer cálculos e recálculos automáticos com as fórmulas construídas;
l Fazer a impressão das planilhas e/ou gráficos de acordo com a necessidade.
Exemplos: Lotus 1-2-3, Microsoft Excel e outros.
Programas de Apresentação - São softwares voltados para a criação de apresentações,
para serem usadas em palestras, congressos, conferências, aulas e seminários. O programa permite
ao usuário juntar informações, tabelas, gráficos e animações, que vão enriquecer o material de exposição e
facilitar o trabalho do expositor.
Exemplos: Microsoft Power Point, Everest, Lotus Freelancer e outros.
Navegadores para Internet - São aplicativos utilizados para visualizar páginas na Internet.
São também chamados de browsers.
PROFESSOR: JOÃO FILHO 19
Informática Aplicada a Gestão - UVA
Exemplos: Internet Explorer, Netscape Navigator, Opera entre outros.
Gerenciadores de Banco de Dados - São softwares que permitem ao usuário criar e gerenciar
bancos de dados. Permitem que as informações armazenadas nos Bancos de Dados possam ser ordenadas
e recuperadas de acordo com vários critérios que podem ser estipulados. São basicamente a base para
Aplicações Pessoais, as quais desenvolvem sistemas para gerenciar suas operações através de
Gerenciadores de Bancos de Dados.
Permitem:
- Criação de Bancos de Dados;
- Gerenciamento (manipulação) de Banco de Dados;
- Recuperação de Informações;
Exemplos: Microsoft SQL Server, Oracle, entre outros.
8PEOPLEWARE
Com a variedade de hardwares e softwares, a informática está ganhando mais simpatizantes. Ao
mesmo tempo, é cada vez maior o número de pessoas que têm suas funções intrinsecamente ligadas a
informática. São pessoas que estão trabalhando em um diversificado mercado de trabalho da
informática. A seguir alguns profissionais da área:
Analista de Sistema - Profissional responsável em projetar e elaborar os programas necessá-
rios para seu cliente. Estuda as necessidades, as opções, o quanto existe de volume de dados e con-
sultas e faz a análise de um programa.
Engenheiro da Computação - Profissional recente no mercado, o engenheiro tem a função
de propor novos softwares e componentes de hardware na computação.
Técnico de Manutenção - Profissional responsável em deixar o computador e seus periféricos
em perfeito funcionamento. É o técnico quem entra em ação quando algo não funciona bem ou está com
defeito.
Digitador - Profissional responsável por inserir dados no computador. Ele utiliza os programas
para inserir informações que serão necessárias a empresa onde trabalha, ou a outras pessoas. O
digitador precisa ser ágil e rápido.
Instrutor de Informática - É o profissional responsável pelo treinamento técnico da área.
20 PROFESSOR: JOÃO FILHO
Informática Aplicada a Gestão - UVA
9REDES
A rede tem por finalidade o compartilhamento de informações e de equipamentos.
As redes podem ser projetadas para:
Compartilhar impressora, compartilhar informações, arquivos, mensagens eletrônicas, etc.
l Rede Local - As estações estão conectadas diretamente por meio de cabos e sensores,
cobrindo uma área geográfica limitada.
l Rede Remota - As estações não estão ligadas diretamente. Elas necessitam de outro meio
para efetuar a conexão, tais como: radiofonia, canal de satélite, linha telefônica etc.
9.1 ARQUITETURA DE REDE
A forma como todos os equipamentos de uma rede estão interligados e interagem entre si, é
chamada de arquitetura de rede. As mais comuns são:
Anel: nessa arquitetura os dados circulam num cabo que conecta todas as estações da rede
num formato circular. Os dados são transmitidos e caminham em apenas um sentido.
Barramento: arquitetura comum das redes ligadas por cabos coaxiais, em que os computado-
res da rede vão sendo conectados ao longo do cabo. A vantagem desse tipo de arquitetura de rede é o seu
baixo custo, a facilidade e rapidez com que se pode agregar novas ligações de computadores. A
desvantagem é que um problema em qualquer ponto vai comprometer toda a rede.
Estrela: nessa arquitetura todos os pontos e equipamentos da rede convergem para um ponto
central. Significa que cada computador tem uma conexão individual ao ponto central, independente e
isoladamente dos demais. Significa também que caso haja qualquer falha no ponto central da rede, toda
a rede fica prejudicada. Entretanto, nesse tipo de arquitetura de rede é mais fácil de detectar as falhas.
Internet (INTERnational NETword = rede internacional) - Trata-se de uma imensa rede
de computadores, de todos os tipos e tamanhos, interligados ao redor do mundo com o objetivo de
trocar informações. Sua estrutura permite que qualquer computador, conectado a qualquer ponto da rede,
possa se comunicar com outros computadores do planeta. Para a conexão com a Internet, precisamos de
um computador e programas apropriados, uma linha telefônica comum e de uma conta em algum servidor
ou provedor.
Nos dias atuais é imprescindível a utilização da Internet nas empresas, seja para transmitir e
receber informações sobre produtos, acessar contas bancárias, transmitir arquivos, vender e comprar
produtos, acessar e-mail, são inúmeras as vantagens desta tecnologia.
Professor - JOÃO FILHO -- 2014
Informática Aplicada a Gestão - UVA
10 VÍRUS
Vírus - São programas criados especialmente para causar falhas e danos aos computadores.
Capazes de se auto-copiar para outros programas ou modificarem suas estruturas, de modo a não
serem detectados pelos programas antivírus.
Exemplos de alguns vírus: Navidad, I Love You, Hybris, Branca de Neve, Romeu e Julieta, Melissa e
outros.
Observe a seguir algumas ações comuns durante a execução de um vírus:
l Apresenta mensagens variadas na tela;
l Danifica a área de boot, impedindo o funcionamento do computador;
l Trava o teclado ou troca a função das teclas.
! O primeiro caso documentado de um vírus ocorreu em outubro de 1987, chamava-se Brain
Existem diferentes formas de disseminação de um vírus:
l Uso de discos contaminados;
l Recebimento de e-mails;
l Execução de arquivos contaminados;
l Redes de computadores.
11 INFRA-ESTRUTURA
Para um bom funcionamento do computador e seus periféricos, é necessária a adoção de algumas
providências consideradas importantes. Destaque-se:
Refrigeração - Apesar do sistema interno de ventilação estar adequado para oferecer a refrigeração
necessária para o equipamento, é recomendado que sejam instalados e operados em ambiente
com ar-condicionado ou pelo menos com ventilação adequada.
Proteção e Aterramento - Embora os modernos sistemas de computação sejam protegidos à
variação de tensão, eles ainda necessitam de proteção contra pulsos, ruídos da linha de energia e, o que é
mais importante, variações de tensão elétrica.
Estabilizador - Equipamento indicado para estabilizar pequenas variações no fornecimento de
energia elétrica para o computador.
22 PROFESSOR: JOÃO FILHO
Informática Aplicada a Gestão - UVA
12 EXERCÍCIOSPROPOSTOS
1. Escreva (V) para verdadeiro e (F) para falso:
() ()
()
()
Os computadores foram construídos inicialmente com finalidade educacional.
A utilização da informática não está associada apenas aos computadores, mas a toda
atividade que acelere, facilite ou amplie a eficiência do trabalho, por meio da manipulação de
informações.
Após a 1º Guerra é que surgiu o interesse para do primeiro computador.
Os primeiros computadores foram construídos com dimensões gigantescas, funcionava a base
de válvulas e armazenava dados por meio de cartões perfurados.
2. Marque a resposta certa:
(a) A primeira calculadora mecânica foi construída em 1823 pelo matemático Charles Babbage,
era movida a vapor, com capacidade para gerar tabelas para Astronomia.
(b) Em 1974 foi apresentado o primeiro microprocessador, o Intel 4004, que trabalhava com 4
bits.
(c) O primeiro computador Pessoal foi apresentado em 1975 - o Altair 8800.
(d) Em 1980 foi o ano do desenvolvimento da WWW (World Wide Web) por Tim Berners-Lee.
3. Quantos estados o sistema binário admite:
(a) 1( um) (b) 8
(oito) (c) 2 (dois)
(d) 16 (dezesseis)
4. Marque a resposta certa:
(a) 1 byte é a menor unidade de medida.
(b) No computador um caractere é representado por um Bit. (c)
1(um) bit é representado pelo conjunto de 8 bytes. (d) 1(um)
Kilobyte é representado por 1.024 bytes.
5. Relacione as fases de funcionamento do computador:
(a) Entrada ( ) é o resultado obtido pelo processamento
(b) Processamento ( ) são as informações inseridas no computador.
(c) Saída ( ) é o trabalho realizado pelo computador.
PROFESSOR: JOÃO FILHO 23
Informática Aplicada a Gestão - UVA
6. Marque a alternativa que cita três periféricos de entrada:
(a) Impressora, mouse e scanner
(b) Mouse, vídeo e impressora (c)
Mouse, teclado e scanner
(d) Caixas de Som, Sensores digitais, scanner.
7. Impressoras - Associe as colunas:
(a) Matriciais ( ) Rápidas, médio custo, boa qualidade.
(b) Jato de Tinta ( ) Muito rápidas, alto custo,excelente qualidade (c)
Laser ( ) Lentas, baixo custo, baixa qualidade.
8. A função da Placa mãe (motherboard) é:
(a) Tem a função de permitir que o processador se comunique com todos os periféricos instala-
dos.
(b) Responsável pelo armazenamento de informações (dados + cálculos) usados pelo
processador.
(c) Evitar a propagação de vírus no computador.
(d) N.D.A
9 . Marque a resposta correta.
São exemplos de Softwares Utilitários:
(a)MS-DOS,SCANDISK,DEFRAG
(b)SCANDISK,MS-DOS,WINDOWS ME
(c)WINDOWSME,MS-DO,LINUX
(d)SCANDISk,NORTONANTIVÍRUSEDEFRAG.
10. Marque ( V) para verdadeiro e (F) para falso.
( ) A memória Ram é não volátil.
( ) A memória Rom não pode ser regravada, alterada ou apagada. ( ) A
memória auxiliar tem como principal característica ser volátil. ( ) Disco
Rígido, Pen Drive, CD-R são tipos de memória auxiliar.
11. Qual a finalidade de uma Rede de computadores?
(a) Trocar recursos via e-mail e com isso aumentar a velocidade de acesso na rede.
(b) Unir vários computadores para enviar e receber software a fim de serem impressos. (c) O
compartilhamento de informações e de equipamentos.
(d)N.D.A
24 PROFESSOR: JOÃO FILHO
25

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 01 fundamentos da informática
Aula 01   fundamentos da informáticaAula 01   fundamentos da informática
Aula 01 fundamentos da informática
Gilberto Campos
 
Transparências Sistemas de Informação
Transparências Sistemas de InformaçãoTransparências Sistemas de Informação
Transparências Sistemas de Informação
Luis Borges Gouveia
 
1ª aula introdução a informática
1ª aula introdução a informática1ª aula introdução a informática
1ª aula introdução a informática
socrahn
 

Mais procurados (20)

Aula 01 fundamentos da informática
Aula 01   fundamentos da informáticaAula 01   fundamentos da informática
Aula 01 fundamentos da informática
 
A história do computador
A história do computadorA história do computador
A história do computador
 
Informática aplicada à administração 1
Informática aplicada à administração 1Informática aplicada à administração 1
Informática aplicada à administração 1
 
Aula I - Introdução ao Windows
Aula I - Introdução ao WindowsAula I - Introdução ao Windows
Aula I - Introdução ao Windows
 
Tecnologia Da Informaçao
Tecnologia Da InformaçaoTecnologia Da Informaçao
Tecnologia Da Informaçao
 
Transparências Sistemas de Informação
Transparências Sistemas de InformaçãoTransparências Sistemas de Informação
Transparências Sistemas de Informação
 
1ª aula introdução a informática
1ª aula introdução a informática1ª aula introdução a informática
1ª aula introdução a informática
 
Redes de computadores
Redes de computadoresRedes de computadores
Redes de computadores
 
Informática Básica - Aula 01 - Introdução
Informática Básica - Aula 01 - IntroduçãoInformática Básica - Aula 01 - Introdução
Informática Básica - Aula 01 - Introdução
 
Libreoffice
LibreofficeLibreoffice
Libreoffice
 
Sistemas operacionais
Sistemas operacionaisSistemas operacionais
Sistemas operacionais
 
A História e Evolução dos Computadores
A História e Evolução dos ComputadoresA História e Evolução dos Computadores
A História e Evolução dos Computadores
 
TESTE DE AVALIAÇÃO - Microsot Word
TESTE DE AVALIAÇÃO - Microsot WordTESTE DE AVALIAÇÃO - Microsot Word
TESTE DE AVALIAÇÃO - Microsot Word
 
Introdução à Informática - Módulo 1 - O Computador
Introdução à Informática - Módulo 1 - O ComputadorIntrodução à Informática - Módulo 1 - O Computador
Introdução à Informática - Módulo 1 - O Computador
 
Manutenção de Computadores.pdf
Manutenção de Computadores.pdfManutenção de Computadores.pdf
Manutenção de Computadores.pdf
 
Introducao a informatica
Introducao a informaticaIntroducao a informatica
Introducao a informatica
 
01 - Microsoft Office Excel Básico
01 - Microsoft Office Excel Básico01 - Microsoft Office Excel Básico
01 - Microsoft Office Excel Básico
 
O Sistema de informação
O Sistema de informaçãoO Sistema de informação
O Sistema de informação
 
Informática Básica - Aula 05 - Sistema Operacional Windows
Informática Básica - Aula 05 - Sistema Operacional WindowsInformática Básica - Aula 05 - Sistema Operacional Windows
Informática Básica - Aula 05 - Sistema Operacional Windows
 
Curso de Informatica Básica - Noções básicas de um computador
Curso de Informatica Básica - Noções básicas de um computadorCurso de Informatica Básica - Noções básicas de um computador
Curso de Informatica Básica - Noções básicas de um computador
 

Destaque

Aplicações Informáticas para a Gestão de Empresas (11º Poliempreende 2013/2013)
Aplicações Informáticas para a Gestão de Empresas (11º Poliempreende 2013/2013)Aplicações Informáticas para a Gestão de Empresas (11º Poliempreende 2013/2013)
Aplicações Informáticas para a Gestão de Empresas (11º Poliempreende 2013/2013)
Vitor Gonçalves
 
Sistema de Informação na Empresa
Sistema de Informação na EmpresaSistema de Informação na Empresa
Sistema de Informação na Empresa
Adeildo Telles
 
Trabalho informatica recursos humanos
Trabalho informatica   recursos humanosTrabalho informatica   recursos humanos
Trabalho informatica recursos humanos
bryanscremim
 
Informática administrativa - Bianca
Informática administrativa - BiancaInformática administrativa - Bianca
Informática administrativa - Bianca
AlexJSouza
 
Protocolos Osi Tcp Ip 2009 10 09
Protocolos Osi   Tcp Ip 2009 10 09 Protocolos Osi   Tcp Ip 2009 10 09
Protocolos Osi Tcp Ip 2009 10 09
Fernando de Sá
 
Monografia ti na gestão das organizações
Monografia ti na gestão das organizaçõesMonografia ti na gestão das organizações
Monografia ti na gestão das organizações
Anderson Alves
 

Destaque (20)

Aplicações Informáticas para a Gestão de Empresas (11º Poliempreende 2013/2013)
Aplicações Informáticas para a Gestão de Empresas (11º Poliempreende 2013/2013)Aplicações Informáticas para a Gestão de Empresas (11º Poliempreende 2013/2013)
Aplicações Informáticas para a Gestão de Empresas (11º Poliempreende 2013/2013)
 
Introducao à Informatica Aplicada
Introducao à Informatica AplicadaIntroducao à Informatica Aplicada
Introducao à Informatica Aplicada
 
Informatica Aplicada
Informatica AplicadaInformatica Aplicada
Informatica Aplicada
 
Informatica aplicada à administração - aula2
Informatica aplicada à administração - aula2Informatica aplicada à administração - aula2
Informatica aplicada à administração - aula2
 
Aula 2 informática aplicada
Aula 2   informática aplicadaAula 2   informática aplicada
Aula 2 informática aplicada
 
Apostila de Apoio para Disciplina - Informática Aplicada a Administração
Apostila de Apoio para Disciplina - Informática Aplicada a AdministraçãoApostila de Apoio para Disciplina - Informática Aplicada a Administração
Apostila de Apoio para Disciplina - Informática Aplicada a Administração
 
Informática Aplicada a Administração
Informática Aplicada a AdministraçãoInformática Aplicada a Administração
Informática Aplicada a Administração
 
Sistema de Informação na Empresa
Sistema de Informação na EmpresaSistema de Informação na Empresa
Sistema de Informação na Empresa
 
Trabalho informatica recursos humanos
Trabalho informatica   recursos humanosTrabalho informatica   recursos humanos
Trabalho informatica recursos humanos
 
Informática administrativa - Bianca
Informática administrativa - BiancaInformática administrativa - Bianca
Informática administrativa - Bianca
 
A IMPORTÂNCIA DA INFORMÁTICA NOS DIAS ATUAIS
A IMPORTÂNCIA DA INFORMÁTICA NOS DIAS ATUAIS A IMPORTÂNCIA DA INFORMÁTICA NOS DIAS ATUAIS
A IMPORTÂNCIA DA INFORMÁTICA NOS DIAS ATUAIS
 
Microsoft Word Origem De Tudo
Microsoft Word   Origem De TudoMicrosoft Word   Origem De Tudo
Microsoft Word Origem De Tudo
 
Tipos de computadoras
Tipos de  computadorasTipos de  computadoras
Tipos de computadoras
 
Apresentação final de IPD
Apresentação final de IPDApresentação final de IPD
Apresentação final de IPD
 
Apresentação das novas funcionalidades do Primavera P6 R8
Apresentação das novas funcionalidades do Primavera P6 R8Apresentação das novas funcionalidades do Primavera P6 R8
Apresentação das novas funcionalidades do Primavera P6 R8
 
Unidade 3 - Ambientes Operacionais
Unidade 3 - Ambientes OperacionaisUnidade 3 - Ambientes Operacionais
Unidade 3 - Ambientes Operacionais
 
Protocolos Osi Tcp Ip 2009 10 09
Protocolos Osi   Tcp Ip 2009 10 09 Protocolos Osi   Tcp Ip 2009 10 09
Protocolos Osi Tcp Ip 2009 10 09
 
Monografia ti na gestão das organizações
Monografia ti na gestão das organizaçõesMonografia ti na gestão das organizações
Monografia ti na gestão das organizações
 
Prctica n.o 1
Prctica n.o 1Prctica n.o 1
Prctica n.o 1
 
Sendys IDC CIO SummitAngola 2013
Sendys IDC CIO SummitAngola 2013Sendys IDC CIO SummitAngola 2013
Sendys IDC CIO SummitAngola 2013
 

Semelhante a Informática aplicada a gestão - Material 1

Introdução à informática para iniciantes
Introdução à informática para iniciantesIntrodução à informática para iniciantes
Introdução à informática para iniciantes
EdgarDiogo1
 
Aula 01 introdução a computação
Aula 01 introdução a computaçãoAula 01 introdução a computação
Aula 01 introdução a computação
Matheus Brito
 
Hiatoria dos computadores bernardo
Hiatoria dos computadores   bernardoHiatoria dos computadores   bernardo
Hiatoria dos computadores bernardo
caltzeitao
 
Aula 2 introdução a informática apresentar amanha
Aula 2 introdução a informática apresentar amanhaAula 2 introdução a informática apresentar amanha
Aula 2 introdução a informática apresentar amanha
Evonaldo Gonçalves Vanny
 
A EVOLUÇÃO DA MAIOR INVENÇÃO DA HUMANIDADE, O COMPUTADOR, E SEU FUTURO.pdf
A EVOLUÇÃO DA MAIOR INVENÇÃO DA HUMANIDADE, O COMPUTADOR, E SEU FUTURO.pdfA EVOLUÇÃO DA MAIOR INVENÇÃO DA HUMANIDADE, O COMPUTADOR, E SEU FUTURO.pdf
A EVOLUÇÃO DA MAIOR INVENÇÃO DA HUMANIDADE, O COMPUTADOR, E SEU FUTURO.pdf
Faga1939
 
A evolução dos computadores1
A evolução dos computadores1A evolução dos computadores1
A evolução dos computadores1
Joana Melo
 
Novas tecnologias no contexto privado
Novas tecnologias no contexto privadoNovas tecnologias no contexto privado
Novas tecnologias no contexto privado
Joana Melo
 

Semelhante a Informática aplicada a gestão - Material 1 (20)

Informática aplicada a Ed. Física
Informática aplicada a Ed. Física Informática aplicada a Ed. Física
Informática aplicada a Ed. Física
 
Informática básica todos os cursos
Informática básica todos os cursosInformática básica todos os cursos
Informática básica todos os cursos
 
Informática Aplicada a Ed. Física
Informática Aplicada a Ed. FísicaInformática Aplicada a Ed. Física
Informática Aplicada a Ed. Física
 
stc5-redes_de_informaao_e_comunicaao.pptx
stc5-redes_de_informaao_e_comunicaao.pptxstc5-redes_de_informaao_e_comunicaao.pptx
stc5-redes_de_informaao_e_comunicaao.pptx
 
Introdução à informática para iniciantes
Introdução à informática para iniciantesIntrodução à informática para iniciantes
Introdução à informática para iniciantes
 
3 evolução das tic
3 evolução das tic3 evolução das tic
3 evolução das tic
 
Programacao para Web I 01 a Historia
Programacao para Web I 01 a HistoriaProgramacao para Web I 01 a Historia
Programacao para Web I 01 a Historia
 
Apresentacao historico -
Apresentacao historico - Apresentacao historico -
Apresentacao historico -
 
Conhecimento Basico de Informatica - Parte I
Conhecimento Basico de Informatica - Parte IConhecimento Basico de Informatica - Parte I
Conhecimento Basico de Informatica - Parte I
 
Aula 01 introdução a computação
Aula 01 introdução a computaçãoAula 01 introdução a computação
Aula 01 introdução a computação
 
Hiatoria dos computadores bernardo
Hiatoria dos computadores   bernardoHiatoria dos computadores   bernardo
Hiatoria dos computadores bernardo
 
Aula 2 introdução a informática apresentar amanha
Aula 2 introdução a informática apresentar amanhaAula 2 introdução a informática apresentar amanha
Aula 2 introdução a informática apresentar amanha
 
A EVOLUÇÃO DA MAIOR INVENÇÃO DA HUMANIDADE, O COMPUTADOR, E SEU FUTURO.pdf
A EVOLUÇÃO DA MAIOR INVENÇÃO DA HUMANIDADE, O COMPUTADOR, E SEU FUTURO.pdfA EVOLUÇÃO DA MAIOR INVENÇÃO DA HUMANIDADE, O COMPUTADOR, E SEU FUTURO.pdf
A EVOLUÇÃO DA MAIOR INVENÇÃO DA HUMANIDADE, O COMPUTADOR, E SEU FUTURO.pdf
 
A evolução dos computadores1
A evolução dos computadores1A evolução dos computadores1
A evolução dos computadores1
 
Novas tecnologias no contexto privado
Novas tecnologias no contexto privadoNovas tecnologias no contexto privado
Novas tecnologias no contexto privado
 
Aula 01(icc)
Aula 01(icc)Aula 01(icc)
Aula 01(icc)
 
Introdução.docx
Introdução.docxIntrodução.docx
Introdução.docx
 
Introdução à Informática - Material para curso técnico
Introdução à Informática - Material para curso técnicoIntrodução à Informática - Material para curso técnico
Introdução à Informática - Material para curso técnico
 
Apostila capitulo1 exercicio_1_site
Apostila capitulo1 exercicio_1_siteApostila capitulo1 exercicio_1_site
Apostila capitulo1 exercicio_1_site
 
Apostila info1
Apostila info1Apostila info1
Apostila info1
 

Mais de João Filho

Os chistes e sua relação com o inconsciente
Os chistes e sua relação com o inconscienteOs chistes e sua relação com o inconsciente
Os chistes e sua relação com o inconsciente
João Filho
 
Ementa - Informática Aplicada a Gestão
Ementa - Informática Aplicada a Gestão Ementa - Informática Aplicada a Gestão
Ementa - Informática Aplicada a Gestão
João Filho
 
Material de Apoio - SIG - Apostila 4
Material de Apoio - SIG - Apostila 4Material de Apoio - SIG - Apostila 4
Material de Apoio - SIG - Apostila 4
João Filho
 
Material de Apoio - SIG - Apostila 3
Material de Apoio  -  SIG - Apostila 3Material de Apoio  -  SIG - Apostila 3
Material de Apoio - SIG - Apostila 3
João Filho
 
Material de Apoio - SIG - Apostila 2
Material de Apoio  - SIG - Apostila 2Material de Apoio  - SIG - Apostila 2
Material de Apoio - SIG - Apostila 2
João Filho
 
Material de Apoio - SIG - Apoio
Material de Apoio  - SIG - Apoio Material de Apoio  - SIG - Apoio
Material de Apoio - SIG - Apoio
João Filho
 

Mais de João Filho (16)

Turner victor o_processo_ritual_estrutura_e_antriestrutura
Turner victor o_processo_ritual_estrutura_e_antriestruturaTurner victor o_processo_ritual_estrutura_e_antriestrutura
Turner victor o_processo_ritual_estrutura_e_antriestrutura
 
Os chistes e sua relação com o inconsciente
Os chistes e sua relação com o inconscienteOs chistes e sua relação com o inconsciente
Os chistes e sua relação com o inconsciente
 
Ensaio Sobre a Dádiva - Marcel Mauss
Ensaio Sobre a Dádiva - Marcel MaussEnsaio Sobre a Dádiva - Marcel Mauss
Ensaio Sobre a Dádiva - Marcel Mauss
 
As Formas Elementares da Vida Religiosa - Émile Durkheim
As Formas Elementares da Vida Religiosa -  Émile DurkheimAs Formas Elementares da Vida Religiosa -  Émile Durkheim
As Formas Elementares da Vida Religiosa - Émile Durkheim
 
A escrita e imagem
A escrita e imagemA escrita e imagem
A escrita e imagem
 
Antropologia.sintese paradigmas e escolas
Antropologia.sintese paradigmas e escolasAntropologia.sintese paradigmas e escolas
Antropologia.sintese paradigmas e escolas
 
Engels, friedrich. a origem da família, da propriedade privada e do estado
Engels, friedrich. a origem da família, da propriedade privada e do estadoEngels, friedrich. a origem da família, da propriedade privada e do estado
Engels, friedrich. a origem da família, da propriedade privada e do estado
 
O Gênio em todos nós - David Shenk
O  Gênio em todos nós - David ShenkO  Gênio em todos nós - David Shenk
O Gênio em todos nós - David Shenk
 
Sistemas de Informações Gerenciais - SIG
Sistemas de Informações Gerenciais - SIGSistemas de Informações Gerenciais - SIG
Sistemas de Informações Gerenciais - SIG
 
P lanejamento
P lanejamentoP lanejamento
P lanejamento
 
Ementa - Informática Aplicada a Gestão
Ementa - Informática Aplicada a Gestão Ementa - Informática Aplicada a Gestão
Ementa - Informática Aplicada a Gestão
 
Material de Apoio - SIG - Apostila 4
Material de Apoio - SIG - Apostila 4Material de Apoio - SIG - Apostila 4
Material de Apoio - SIG - Apostila 4
 
Material de Apoio - SIG - Apostila 3
Material de Apoio  -  SIG - Apostila 3Material de Apoio  -  SIG - Apostila 3
Material de Apoio - SIG - Apostila 3
 
Material de Apoio - SIG - Apostila 2
Material de Apoio  - SIG - Apostila 2Material de Apoio  - SIG - Apostila 2
Material de Apoio - SIG - Apostila 2
 
Material de Apoio - SIG - Apoio
Material de Apoio  - SIG - Apoio Material de Apoio  - SIG - Apoio
Material de Apoio - SIG - Apoio
 
Sig i
Sig iSig i
Sig i
 

Último

PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkO QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
LisaneWerlang
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
edjailmax
 

Último (20)

PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadessDesastres ambientais e vulnerabilidadess
Desastres ambientais e vulnerabilidadess
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados NacionaisAmérica Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
América Latina: Da Independência à Consolidação dos Estados Nacionais
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdfEvangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
Evangelismo e Missões Contemporânea Cristã.pdf
 
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
 
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkO QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
O QUINZE.pdf livro lidokkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
22-modernismo-5-prosa-de-45.pptxrpnsaaaa
 
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos00Certificado - MBA - Gestão de projetos
00Certificado - MBA - Gestão de projetos
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na IgrejaJunho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
Junho Violeta - Sugestão de Ações na Igreja
 
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
 
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptxATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
ATPCG 27.05 - Recomposição de aprendizagem.pptx
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 

Informática aplicada a gestão - Material 1

  • 1. INFORMÁTICA APLICADA A GESTÃO GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS PROFESSOR: João Rosa Coelho Filho Juazeiro do Norte – CE – 2014
  • 2. Sumário – 1 INFORMÁTICA .................................................................................................................... 8 2 HISTÓRIA E EVOLUÇÃO DOS COMPUTADORES .................................................................. 8 2.1 História, Datas e Fatos Importantes ............................................................................... 8 3 CONCEITOS RELACIONADOS À INFORMÁTICA ................................................................... 12 3.1 Sistemas de Medida ..................................................................................................... 13 3.1.1 Bits e Bytes .......................................................................................................... 13 4 FASES DO FUNCIONAMENTO DO COMPUTADOR .............................................................. 14 5 SISTEMA DE INFORMAÇÃO ............................................................................................ 14 6 HARDWARE ...................................................................................................................... 15 6.1 Tipos de Computadores .............................................................................................. 15 6.2 Componentes ............................................................................................................ 15 6.3 Tipos de Memória ...................................................................................................... 16 6.4 Periféricos ................................................................................................................. 17 6.5 Impressora ................................................................................................................ 17 7 SOFTWARE ...................................................................................................................... 18 7.1 Sistema Operacional ................................................................................................... 18 7.2 Softwares Utilitários ..................................................................................................... 18 7.3 Softwares Aplicativos .................................................................................................. 18 8 PEOPLEWARE .................................................................................................................. 20 9 REDES ............................................................................................................................... 21 9.1 Arquitetura de Rede ..................................................................................................... 21 10 VÍRUS ................................................................................................................................... 22 11 INFRA-ESTRUTURA ............................................................................................................ 22 12 EXERCÍCIOS PROPOSTOS ................................................................................................ 23
  • 3. Informática Aplicada a Gestão - UVA APRESENTAÇÃO Com o passar do tempo o homem tem precisado cada vez mais tratar e transmitir informações para atender essa necessidade está sempre criando máquinas e desenvol- vendo métodos para processá-las. Para ajudar o homem surgiu a informática, que é a ciência encarregada dos estudos que resultam no desenvolvimento de novas máquinas, novos métodos de trabalho, direcionados para a construção de aplicações automáticas e para a melhoria dos métodos em aplicação existentes. Em casa, no trabalho, na fila de espera do banco, no uso do celular ou do caixa eletrônico, a informática está intimamente ligada à vida do ser humano. Muitas das ve- zes as pessoas não se dão conta dessa intimidade dentro de suas próprias casas, ao ligar uma televisão, um DVD ou um aparelho microondas. A informática vem marcando e consolidando a sua presença em quase tudo. No mundo atual esse contato e familiarização com o computador é inevitável. Para você que está tendo a oportunidade desse primeiro contato, conheça a seguir um pouco da história do computador e entenda melhor as suas aplicações e funcionamento. É o primeiro passo para que você possa aproveitar da melhor maneira possível o que essa importante ferramenta (computador) tem a lhe oferecer de novidades e oportunidades para o seu desenvolvimento pessoal e profissional. PROFESSOR: JOÃO FILHO 7
  • 4. Informática Aplicada a Gestão - UVA 1 INFORMÁTICA Conceito - É a ciência do tratamento racional e automático da informação, considerada como suporte dos conhecimentos e comunicações, principalmente por meio de sistemas eletrônicos. A palavra INFORMÁTICA é de origem francesa e foi criada por Dreyfus, em 1962. É resultado da contração das palavras INFORmação e AutoMÁTICA. A sua aplicação não se restringe apenas aos computadores, mas a toda atividade que acelere, facilite ou amplie a eficiência do trabalho, por meio da manipulação de informações e em qualquer dos campos do conhecimento humano (matemática, medicina, educação, direito, engenharia, etc) . 2 HISTÓRIAEEVOLUÇÃO DOSCOMPUTADORES Não sendo diferente da maioria das descobertas tecnológicas, os computadores foram construídos inicialmente para atender fins militares. O interesse pela construção do primeiro computador resultou numa disputa acirrada de corrida contra o tempo entre alemães e americanos, motivados particular- mente pela necessidade estratégica, durante a 2ª Guerra Mundial, de agilizar o processo de codificar e decodificar as mensagens trocadas durante o conflito. Logo após a 2ª guerra foi construído o primeiro computador eletro-mecânico, de dimensões gigantescas. Funcionava a base de válvulas e armazenava dados por meio de cartões perfurados. Uma verdadeira revolução para a época. Somente a partir de meados dos anos setenta é que os computadores ganharam fama no mundo. As pesquisas científicas e os avanços tecnológicos possibilitaram o desenvolvimento de circuitos elétricos cada vez mais aperfeiçoados, possibilitando a fabricação de computadores de menor porte e de preço mais acessível. A partir desses avanços chegou-se ao que hoje é conhecido como Microcomputador ou PC (Personal Computer). Uma máquina pequena, cada vez mais leve e prática, capaz de desenvolver os mais sofisticados trabalhos e que vem sendo constantemente aperfeiçoada. 2.1 HISTÓRIA, DATAS E FATOS MAIS IMPORTANTES Os computadores promoveram uma revolução na produção, no processamento e na transferência de informações, a partir da sua capacidade de manipulação de grandes quantidades de dados em pouco tempo. A história recente do computador, da informática e suas aplicações, pode ser citado em datas e fases importantes. 1622 - Bastões de Napier: Desenvolvido por John Napier, o inventor dos logaritmos. Generalizou o procedimento tabular dos árabes e construiu um dispositivo simples e barato para resolver operações matemáticas elementares. 8 PROFESSOR: JOÃO FILHO
  • 5. Informática Aplicada a Gestão - UVA 1642 - Máquina de Somar PASCALINE: Primeira máquina de somar criada pelo filósofo francês Blaise Pascal, aos 19 anos idade. 1670 - Calculadora de Leibnitz: Desenvolvida por Gottfried Leibnitz, com capacidade para efetuar operações de multiplicação e divisão. Teear de Jacquard - Desenvolvida por Joseph Marie Jacquard, sendo a primeira máquina a se valer do conceito de Entrada - Processamento - Saída. 1821 - Calculadora Mecânica: Desenvolvida pelo matemático inglês, Charles Babbage, criador do conceito da "Máquina Diferencial". Era uma calculadora me- cânica movida a vapor, com capacidade para gerar tabelas para Astronomia. Após 20 anos de trabalho, Babbage teve seu projeto cancelado pelo governo Britânico. 1833 - Publicado por Ada Byron, Condessa de Lovelace, estudo sobre os fundamentos da com- putação, incluindo análise de dados, estruturas de repetição (loopings) e endereçamento de memória. 1842 - Conceito da Máquina Analítica: Criado por Charles Babbage para funcionar como um mecanismo computacional capaz de resolver qualquer problema matemático, a partir do uso de car- tões perfurados, podendo inclusive executar operações condicionais simples. 1853 - Máquina Analítica de Babbage: Versão reduzida da máquina analítica de Babbage, criada por George e Evard Scheutz. Uma máquina que tinha a capacidade de processar números de 15 dígitos e calcular diferenciais de quatro ordens. 1924 - Fundação da IBM (International Business Machine). 1939 - Apresentado o ABC (Atanasoff - Berry Computer): Primeiro computador eletrônico digital não programável e de uso dedicado à solução de sistemas de equações diferenciais. Foi o primeiro a utilizar válvulas. Não chegou a ser completado e sua construção foi abandonada em 1942. 1943 - Apresentado o COLOSSUS: O primeiro computador eletrônico programável e de uso dedicado a decifrar mensagens codificadas usadas pelo exército alemão na 2ª Guerra Mundial. Foi mantido em segredo até muito tem- po depois do encerramento do conflito. Usava válvulas e foi desenvolvido por Alan Turing. PROFESSOR: JOÃO FILHO 9
  • 6. Informática Aplicada a Gestão - UVA 1944 - Apresentado o MARK 1, após 7 anos de projeto e construção. Era eletromecânico e media 45 m2, tinha 750.00 partes e mais a de 700 Km de fios e cabos. 1945/46 - Apresentado o ENIAC (Eletronic Numerical Integrator and Computer) - primeiro computador eletrônico, programável e de uso geral, desenvolvido por J. Presper Eckert e John V. Mauchly. Ocupava mais de 170m2, pesava 30 toneladas, funcionava com 18.000 válvulas, 10.000 capacitores, além de milhares de relés e resistores. Consumia mais de 150.000 watts para executar 5.000 adições ou subtrações por segundo. Custou U$ 500.000,00 e era pouco eficiente se comparado com as atuais calculadoras. 1947 - Desenvolvimento do transistor pelo Bell Laboratories. 1949 - Nascimento do conceito de armazenagem de programas com o EDSAC (Eletronic Delay Storage Automatic Computer) ou "Calculadora Automática com Armazenamento por Retardo Eletrônico", o qual marcou o último grande pas- so na série de avanços decisivos inspirados pela guerra: Co- meçou a "Era do Computador"! 1951 - Apresentado o UNIVAC (Universal Automatic Computer): construído por Eckert e Mauchly para o processamento dos dados dos censos da população americana. Tinha a capacidade de arma- zenar 12.000 dígitos. 1952 - Concluído o EDVAC (Eletronic Discrete Variable Computer). Possuía 10% do volume e 100 vezes mais memória do que o ENIAC . 1954/1955 - Apresentado TRADIC o primeiro computador transistorizado, feito pela Bell Laboratorie. Possuía 800 transistores, sendo cada um em seu próprio recipiente. 1958/59 - EDVAC: Apresentado o circuito integrado pela Texas Instruments e Fairchild Semiconductors. 1962 - Apresentado o IBM 7094, o primeiro computador totalmente transistorizado. 1963 - Nascimento da linguagem CPL. 1964 - Apresentado o CDC 6600: primeiro supercomputador a se valer completamente do processamento paralelo, desenvolvido por Seymour Cray. 10 PROFESSOR: JOÃO FILHO
  • 7. Informática Aplicada a Gestão - UVA 1965 - Apresentado o IBM 360: o primeiro computador a usar circuitos integrados. 1967 - Nascimento da linguagem BCPL. 1968 - Fundada a Intel por Gordon Moore and Robert Noyce. Apresentados os primeiros minicomputadores, dentre os quais o PDP-8 da DEC Computers. 1969 - Início do funcionamento da ARPANET. Apresentado o CDC 7600, o primeiro computador com processamento vetorial, desenvolvido por Seymour Cray. 1970/71 - Apresentado o primeiro microprocessador, o Intel 4004, que trabalhava com 4 bits. Nascimento da linguagem B. 1972 - Apresentado o primeiro microprocessador a trabalhar com 8 bits, o Intel 8008. 1974 - Apresentado o Mark-8 - primeiro minicomputador, desenvolvido por Jonathan A. Títus. 1975 - Apresentado o primeiro computador pessoal - o Altair 8800, desenvolvido pela MITS. O nome "Altair" se deve a uma estrela. Consideraram na ocasião o lançamento desse computador como um "eventoestelar". 1979 - Estabelecimento da USENET, por meio da conexão entre a Universidade da Carolina do Norte e a Universidade Chapel Hill & Duke. 1980 - Nascimento do MS-DOS, sistema operacional da Microsoft. 1981 - Lançamento do IBM PC. O MS-DOS acompanhava o equipamento. Sua arquitetura ainda é a mais utilizada. 1984 - Lançamento do Macintosh pela Apple Computer. Foi o primeiro rival do IBM PC. 1985 - Lançamento do Windows 1.0 pela Microsoft. 1988 - Lançamento do Windows 3.0 pela Microsoft. 1990 - Tim Berners-Lee, cria na Suíça a Linguagem de Marcação de Hipertexto (HTML). 1991 - Desenvolvimento da WWW (World Wide Web) por Tim Berners-Lee. O CERN lança o pri- meiro servidor Web. Nasce o sistema operacional aberto mais famoso e bem sucedido do mundo, o LINUX. PROFESSOR: JOÃO FILHO 11
  • 8. Informática Aplicada a Gestão - UVA 1992 - É criada a linguagem Java pela empresa Sun Microsyst e é lançado o Windows NT. 1994 - A Microsoft e a Intel consolidam-se como padrão para o mercado comum do PC. 1995 - Pentium Pro (686): Lançamento do Windows 95, que rapidamente tornou-se padrão para a computação de usuário final e do Internet Explorer pela Microsoft que entra definitivamente para a batalha dos paginadores da Web. 1997 - Pentium II/ K6: A Intel introduz as instruções MMX nos projetos Pentium Pro, estas instruções são para melhorar o desempenho multimídia e dos jogos em seus processadores. 1998 - Pentium III/ Athlon - Lançamento do Windows 98 pela Microsoft. 1999 - São lançados os primeiros computadores comercializados com o Linux pré-instalado. 2000 - Pentium IV / Duron 2001 - A Microsoft lança o Windows XP. 3 CONCEITOS RELACIONADOS À INFORMÁTICA Dados - É um fato isolado que completa a informação. Uma vez processados (ordenados, soma- dos, filtrados) constituem informação útil. Informação - É definida como conjunto de dados que permite transmitir qualquer tipo de conhecimento. Portanto, existirá informação sempre que se der a conhecer algo que até então se desconhecia. Processamento de Dados - É o trabalho realizado pelo computador a fim de obter um resulta- do prático. Teleinformática ou Telemática - É a conjunção de telecomunicações e da informática para a troca de informações, com a disponibilidade de um vídeo acionado por meio de um teclado adaptado. Milhões de operações bancárias são realizados por esta tecnologia, com um CPD (Centro de Processamento de Dados) ligado a um computador central que, ligado aos minicomputadores de suas agências on-line, permite ao cliente saber seu saldo, realizar saques, pagamentos, etc. Sistemas Numéricos - É um conjunto de regras que nos permite escrever e ler qualquer número, utilizando para isto símbolos básicos. O sistema de numeração utilizado é o sistema decimal, assim denominado por ser composto de 10 elementos agrupados de 10 em 10 (ou base 10). Atual- mente, além do sistema decimal, são utilizados em informática o sistema binário (base 2), o octal (base 8) e o hexadecimal (base 16). 12 PROFESSOR: JOÃO FILHO
  • 9. Informática Aplicada a Gestão - UVA Sistemas Numéricos Binário Octal Decimal Hexadecimal 3.1 SISTEMAS DE MEDIDAS 0,1 0,1,2,3,4,5,6,7 0,1,2,3,4,5,6,7,8,9 0,1,2,3,4,5,6,7,8,9,A,B,C,D,E,F Os computadores atuais são máquinas digitais que processam dados como números. Os computadores digitais realizam suas operações em números binários, ou seja, números na base 2, enquanto nosso sistema de numeração e contagem é baseado na base 10, ou seja, usamos dígitos de 0 a 9. Portanto, sendo o computador digital usuário de base numérica 2, significa que este só usa interna- mente grandezas que corresponderiam aos dígitos 0 e 1. 3.1.1 Bits e Bytes No computador, Bit (b) representa a sua menor unidade de processamento e em última instância corresponde aos dígitos 0 e 1. Quando se tem um conjunto formado por 8 bits, chamamos por convenção de byte. A seguir um exemplo esquemático de um byte. 1 0 1 0 1 0 1 0 No computador um caractere é representado por um Byte. Para quantificar a memória do computador é utilizado um sistema de medida - O byte (B). Quando se tecla no computador uma letra qualquer (a), automaticamente ele utiliza um caractere da sua memória. Se você digitar, por exemplo, a palavra INFORMÁTICA, significa que o computador utilizou 11 caracteres da sua memória. Como cada caractere é representado por um byte, significa dizer também que foram utilizados 11 bytes. Para facilitar a escrita destes valores é utilizada a seguinte unidade abaixo: l KB, Kilobyte, corresponde a 1 byte x 1.000 l MB, Megabyte, corresponde a 1 byte x 1.000.000 l GB, Gigabyte, corresponde a 1 byte x 1.000.000.000 l TB, Terabyte, corresponde a 1 byte x 1.000.000.000.000 As unidades acima discriminadas estão colocadas de forma simplificada, para facilitar o aprendi- zado. Na realidade estes valores obedecem a uma tabela e são assim representados: PROFESSOR: JOÃO FILHO 13
  • 10. Informática Aplicada a Gestão - UVA Unidade Símbolo Valor ValorExato Bit b 0 ou 1 Byte B 8 bits 20= 1 KiloByte Megabyte Gigabyte Terabyte Kb Mb Gb TB 1024 bytes 1024 kilobytes 1024 megabytes 1024 gigabytes 210= 1 024 220= 1 048 576 230= 1 073 741 824 240= 1 099 511 627 776 4 FASES DOFUNCIONAMENTODO COMPUTADOR Para que um computador funcione ele tem que basicamente estar constituído de uma parte chamada física (hardware), que compreende os equipamentos essenciais ao seu funcionamento (as memórias, CPU e os equipamentos periféricos) e a parte denominada de lógica (software), que com- preende os programas que são fornecidos ao computador para que ele execute as suas funções. Observe: l Entrada - são as informações inseridas no computador. l Processamento - é o trabalho realizado pelo computador. l Saída - é o resultado obtido pelo processamento. Unidadesde Entrada CPU Unidadesde Saída Memória Principal Memória Auxiliar 5 SISTEMA DE INFORMAÇÃO Atualmente um sistema de informação é entendido como uma junção de três componentes bási- cos: hardware, software e peopleware. Podemos assim caracterizá-los: Hardware - O conjunto de componentes físicos de um computador e os periféricos ligados a ele. Exemplo: teclado, impressora, monitores e outros. Software - Conjunto de programas que são processados num computador. É a parte lógica do computador. Ex: Sistema Operacional, editores gráficos, jogos, entre outros. Peopleware - É um conjunto de pessoas dedicadas a todo sistema computacional. Forma o conjunto de recursos humanos deste sistema e envolve analistas de sistema, programadores, entre outros. 14 PROFESSOR: JOÃO FILHO
  • 11. Informática Aplicada a Gestão - UVA 6HARDWARE 6.1 TIPOS DE COMPUTADORES PC (Personal Computer) - É o mais conhecido. O primeiro computador pessoal do mercado mundial foi lançado pela IBM. Em função dos avanços tecnológicos, esses computadores estão com os preços cada vez mais baixos, tornando-os mais acessíveis às pessoas. São equipa- mentos que realizam desde as tarefas rotineiras até as mais avançadas. Workstations (Estação de Trabalho) - São computadores mais poderosos e mais caros. São máquinas desenvolvidas normalmente para atender as necessidades de empresas, em sistemas ban- cários ou para computação gráfica, que requerem maior confiabilidade. Notebooks - São computadores portáteis e que reproduzem todos os aspectos dos modelos de mesa. A vantagem é que podem ser transportados, funcionam com baterias recarregáveis, estão cada vez mais leves e oferecem a possibilidade de você trabalhar com eles em qualquer lugar. Os primeiros computadores portáteis eram chamados de "laptops", maiores e mais pesa- dos do que os atuais notebooks. Mainframes - Também chamados de supercomputadores - São má- quinas de grande porte. Algumas aplicações como de sistemas bancários ou de controle de vôos espaciais, por exemplo, necessitam de computadores de grande porte. Palmtop - Cabe na palma da mão e realiza quase todas as tarefas de um PC. É fácil de transportar, pode ser usado em qualquer lugar ou ocasião, sendo atualmen- te uma ferramenta muito utilizada por executivos de empresas, principalmente. 6.2 COMPONENTES Cada dispositivo tem uma função específica. A seguir vamos conhecer alguns dos principais com- ponentes de um computador: Gabinete - É onde estão instaladas as partes do computador responsáveis por armazenar e processar as informações. Existem dois modelos de gabinete no mercado: o AT e o ATX. Quanto ao formato, podem ser horizontal (desktop) ou vertical (torre e minitorre). São constituídos normalmente de estrutura metálica, mas já existe no mercado também os gabinetes de estrutura acrílica, transparente ou em cores, porém com os preços de custo ainda bem mais alto do que os tradicionais (metálicos). Placa Mãe ou MotherBoard - É um item importante de um computador. Tem a função de permitir que o processador se comunique com todos os periféricos instalados. É na placa mãe que PROFESSOR: JOÃO FILHO 15
  • 12. Informática Aplicada a Gestão - UVA encontramos o microprocessador, a memória principal, os circuitos de apoio, a placa controladora, os conectores do barramento. Existem dois tipos de Placa-Mãe: On-board e Off-board. Processador - Também conhecido como CPU (Central Processing Unit), ou UCP (Unidade Central de Processamento). É um chip de silício conectado a placa-mãe, onde uma combinação de circuitos controla o fluxo de funciona- mento da máquina. É o elemento principal do funcionamento de um computador. Tem a função de pegar os dados, processá-los, devolvendo o resultado sem se preocupar de onde vem esses dados ou para onde irão os resultados. Daí a importância da memória, da qual vamos falar no próximo item. Existem vários fabricantes e modelos diferentes de processadores no mercado. A INTEL é no momento a principal fabricante de processadores do merca- do mundial (modelos Pentium I, II, III e IV, Pro, Celeron), tendo como concorrentes outros modelos de processadores, tais como: Duron e Athlon (da AMD), VIA Cyrix MII e VIA Cyrix III (da CYRIX). Memória - É um dispositivo encarregado de armazenar e guardar informações (dados + cálculos) usados pelo processador. Existem diferentes tipos de Memória RAM. Observe as memórias ao lado, a partir do alto: SIPP, SIMM 30 pin, SIMM 72 pin, DIMM, RIMM. Fonte - Uma caixa que contém um transformador responsável por pegar a corrente alternada de 110 ou 220 volts que vem da rede de energia, e transformar em corrente contínua, geralmente de 12,5 ou 3,3 volts. Cabos - São fios responsáveis pela conexão e comunicação entre os periféricos (placa-mãe, gabinete e rede elétrica). Periféricos - São equipamentos conectados à placa-mãe, gerenciados pela CPU e com a função de enviar ou receber informações da memória principal. 6.3 TIPOS DE MEMÓRIA Memória RAM (Random Access Memory) - É a memória de trabalho mais importante do computador. É composta por módulos ("pentes"), encaixados diretamente na placa mãe. A caracterís- tica principal dessa memória é que ela é volátil. Significa dizer que quando o computador é desligado, todo seu conteúdo é perdido. Memória de Consulta - ROM (Read-Only Memory ) - Guarda instruções básicas para o corre- to funcionamento do computador e são gravadas uma única vez pelo fabricante. É a memória responsável por ativar os dispositivos necessários para a inicialização das tarefas e onde estão armazenadas as rotinas de verificação do sistema. Não podem ser regravadas, alteradas ou apagadas. São acessadas exclusivamente para leitura. São memórias onde seu conteúdo é gravado de forma permanente. 16 PROFESSOR: JOÃO FILHO
  • 13. Informática Aplicada a Gestão - UVA Existem três tipos básicos de memória ROM: PROM - (Programmable Read-Only Memory) - Podem ser escritas com dispositivos especiais porém não podem mais ser apagadas. EPROM - (Erasable Programmable Read-Only Memory) - Memória similar a ROM. Dispõe de uma pequena parte que pode ser alterada ou apagada. EAROM - (Electrically Erasable Programmable Read-Only Memory) - Podem ter seu conteúdo modificado eletricamente, mesmo quando já estiver funcionando num circuito eletrônico. Memória Auxiliar ou Dispositivos de Armazenagem - Também chamada de memória secundária, externa ou de massa. Tem como característica principal reter uma determinada informação durante o tempo que se desejar, recuperando-a quando lhe for requerido. Podem ser divididas em dois tipos: 1. (Discos) - Disquete, Disco Rígido, ZipDisk, CD-Rom, DVD-Rom, CD-R, DVD- R, CD-RW , DVD-RW, Pen Drive, etc. O acesso aos dados é feito de forma direta. 2. (Fitas) - DAT e STREAMER. O acesso aos dados é feito de forma sequencial. Disco Rígido 6.4 PERIFÉRICOS Periféricos de Entrada - São dispositivos responsáveis por enviar as informações para o processador. Ex: Mouse, Teclado, Scanner, microfone, Web câmaras, filmadoras, sensores diversos, entre outros. Periféricos de Saída - São dispositivos que podem mostrar o resultado do processamento e/ ou acompanhar as tarefas executadas pelo computador. Ex: Impressora, Monitor, Caixas de Som, etc. Periféricos de Entrada e Saída - São unidades que tem as duas funções (entrada e saída) na mesma unidade. Ex: Unidades de Disco: Unidade de Disquete, Disco Rígido e Zip Drive. Unidades de Fita: DAT e STREAMER. Gravadores de CD e DVD. Modem e Placa de Rede. 6.5 IMPRESSORA Equipamento que permite a impressão em papel dos trabalhos criados no computador (textos, gráficos, figuras entre outros). Existe no mercado uma grande variedade de impressoras, com diferenças de qualidade e velocidade de impressão. Entre as mais utilizadas estão: Matricial - Tecnologia de impressão por matriz de 9 ou 24 agulhas, que pressionam uma fita com tinta sobre o papel, como uma máquina de escrever. É uma impressora popular e pioneira, excelente para trabalhos que não exijam rapidez, tampouco boa qualidade de impressão. Jato de Tinta - Tecnologia de impressão em que a imagem é formada por minúsculas gotas de tinta lançadas sobre o papel. Impressora que apresenta uma qualidade de impressão muito boa e uma resolução excelente. Tornou-se o novo padrão, em substituição à matricial. Utiliza o chamado cartucho, PROFESSOR: JOÃO FILHO 17
  • 14. Informática Aplicada a Gestão - UVA que pode ser colorido ou preto. Dois cuidados devem ser observados no uso desse tipo de impressora: a espera da secagem da tinta no papel e a proteção contra água. Jato de Cera - Impressora que utiliza a mesma tecnologia da impressora jato de tinta, porém com a vantagem de que a cera depositada no papel não solta nem borra com a presença de umidade. Laser - Tecnologia de impressão baseada na sensibilização do papel por raio laser, com uso de toner (pó). Nesse processo a página é impressa de uma só vez. É a melhor impressora disponível no mercado, possui velocidade de impressão e, dependendo do modelo, pode imprimir colorido. 7SOFTWARE 7.1 SISTEMA OPERACIONAL Um computador para funcionar precisa sempre de no mínimo um programa em execução por todo o tempo em que estiver sendo operado. Este programa é conhecido como sistema operacional, sendo ele quem determina quais programas vão ser executados, quando, e quais recursos (como memória e E/S) ele poderá utilizar. Este mesmo sistema operacional é também responsável pelo gerenciamento do hardware. Resumindo, o sistema operacional é quem organiza tudo no computa- dor. Exemplos: MS-DOS, Unix, OS/2, Windows 98 (versões ME, XP, 2000 e 2003), Windows NT Server, Linux, FreedBsd, Mac-OS, dentre outros. 7.2 SOFTWARES UTILITÁRIOS Os Softwares Utilitários oferecem meios para o usuário realizar tarefas que não são executadas pelo sistema operacional do computador. l Anti-Vírus - São importantíssimos para proteger os computadores do ataque de vírus e exigem atualização permanente, o que pode ser feito periodicamente via Internet. Exemplos: AVG, Víruscan, Norton Antivírus, Panda, etc. l Gerenciadores de Unidade de Disco - Previnem as ocorrências de falhas nas unidades de disco. Exemplos: Defrag, Norton Disk Doctor, Scandisk, etc. l Otimizadores de Memória - Organizam o conteúdo da memória principal, aumentando a rapidez da execução de outros programas. Exemplos: Qemm, Optimizer, etc. 7.3 SOFTWARES APLICATIVOS Os Softwares Aplicativos são criados para finalidades específicas, atendendo a necessidade de grupos de pessoas, organizações ou interesses individuais. Exemplos de Ambientes de Desenvolvimento: Delphi, Visual Basic, Turbo C++, Flapp, etc. Exemplos de Linguagens de Programação: Cobol, C, Assembler, Java, Pascal, Basic, dentre outras. 18 PROFESSOR: JOÃO FILHO
  • 15. Informática Aplicada a Gestão - UVA Editores de Texto - Representam hoje a aplicação mais popular dos computadores pessoais. São softwares que permitem aos computadores desempenhar o papel das antigas máquinas datilográficas, com enormes e incomparáveis vantagens. Destaque-se: l Digitar o texto no computador; l Alterar ou fazer correções a qualquer instante; l Formatar o texto e configurar páginas; l Transportar e Incluir Tabelas, Gráficos e Desenhos; l Fazer Correções de Ortográfica e Gramática do texto; l Aplicar autocorreção; l Criar documentos e/ou tipo de correspondências padronizadas; l Mandar Imprimir o texto completo ou apenas parte dele. Editores de Imagem - São softwares gráficos que auxiliam nos trabalhos de programação visual. Ajudam a criar, alterar, corrigir, melhorar e editar figuras e imagens. Exemplos: Corel Draw, Adobe PhotoShop, Picasa, dentre outros. Planilha Eletrônica - São softwares criados para ajudar na elaboração de planilhas e na geração de gráficos. Enquanto no Editor de Texto o elemento principal são as letras, na Planilha Eletrônica o elemento principal são os números. São programas que permitem: l Inserir números e/ou textos como conteúdo de uma célula; l Construir fórmulas de acordo com a planilha desejada; l Construir planilhas de acordo com o trabalho desejado; l Gerar gráficos ilustrativos e/ou demonstrativos; l Fazer cálculos e recálculos automáticos com as fórmulas construídas; l Fazer a impressão das planilhas e/ou gráficos de acordo com a necessidade. Exemplos: Lotus 1-2-3, Microsoft Excel e outros. Programas de Apresentação - São softwares voltados para a criação de apresentações, para serem usadas em palestras, congressos, conferências, aulas e seminários. O programa permite ao usuário juntar informações, tabelas, gráficos e animações, que vão enriquecer o material de exposição e facilitar o trabalho do expositor. Exemplos: Microsoft Power Point, Everest, Lotus Freelancer e outros. Navegadores para Internet - São aplicativos utilizados para visualizar páginas na Internet. São também chamados de browsers. PROFESSOR: JOÃO FILHO 19
  • 16. Informática Aplicada a Gestão - UVA Exemplos: Internet Explorer, Netscape Navigator, Opera entre outros. Gerenciadores de Banco de Dados - São softwares que permitem ao usuário criar e gerenciar bancos de dados. Permitem que as informações armazenadas nos Bancos de Dados possam ser ordenadas e recuperadas de acordo com vários critérios que podem ser estipulados. São basicamente a base para Aplicações Pessoais, as quais desenvolvem sistemas para gerenciar suas operações através de Gerenciadores de Bancos de Dados. Permitem: - Criação de Bancos de Dados; - Gerenciamento (manipulação) de Banco de Dados; - Recuperação de Informações; Exemplos: Microsoft SQL Server, Oracle, entre outros. 8PEOPLEWARE Com a variedade de hardwares e softwares, a informática está ganhando mais simpatizantes. Ao mesmo tempo, é cada vez maior o número de pessoas que têm suas funções intrinsecamente ligadas a informática. São pessoas que estão trabalhando em um diversificado mercado de trabalho da informática. A seguir alguns profissionais da área: Analista de Sistema - Profissional responsável em projetar e elaborar os programas necessá- rios para seu cliente. Estuda as necessidades, as opções, o quanto existe de volume de dados e con- sultas e faz a análise de um programa. Engenheiro da Computação - Profissional recente no mercado, o engenheiro tem a função de propor novos softwares e componentes de hardware na computação. Técnico de Manutenção - Profissional responsável em deixar o computador e seus periféricos em perfeito funcionamento. É o técnico quem entra em ação quando algo não funciona bem ou está com defeito. Digitador - Profissional responsável por inserir dados no computador. Ele utiliza os programas para inserir informações que serão necessárias a empresa onde trabalha, ou a outras pessoas. O digitador precisa ser ágil e rápido. Instrutor de Informática - É o profissional responsável pelo treinamento técnico da área. 20 PROFESSOR: JOÃO FILHO
  • 17. Informática Aplicada a Gestão - UVA 9REDES A rede tem por finalidade o compartilhamento de informações e de equipamentos. As redes podem ser projetadas para: Compartilhar impressora, compartilhar informações, arquivos, mensagens eletrônicas, etc. l Rede Local - As estações estão conectadas diretamente por meio de cabos e sensores, cobrindo uma área geográfica limitada. l Rede Remota - As estações não estão ligadas diretamente. Elas necessitam de outro meio para efetuar a conexão, tais como: radiofonia, canal de satélite, linha telefônica etc. 9.1 ARQUITETURA DE REDE A forma como todos os equipamentos de uma rede estão interligados e interagem entre si, é chamada de arquitetura de rede. As mais comuns são: Anel: nessa arquitetura os dados circulam num cabo que conecta todas as estações da rede num formato circular. Os dados são transmitidos e caminham em apenas um sentido. Barramento: arquitetura comum das redes ligadas por cabos coaxiais, em que os computado- res da rede vão sendo conectados ao longo do cabo. A vantagem desse tipo de arquitetura de rede é o seu baixo custo, a facilidade e rapidez com que se pode agregar novas ligações de computadores. A desvantagem é que um problema em qualquer ponto vai comprometer toda a rede. Estrela: nessa arquitetura todos os pontos e equipamentos da rede convergem para um ponto central. Significa que cada computador tem uma conexão individual ao ponto central, independente e isoladamente dos demais. Significa também que caso haja qualquer falha no ponto central da rede, toda a rede fica prejudicada. Entretanto, nesse tipo de arquitetura de rede é mais fácil de detectar as falhas. Internet (INTERnational NETword = rede internacional) - Trata-se de uma imensa rede de computadores, de todos os tipos e tamanhos, interligados ao redor do mundo com o objetivo de trocar informações. Sua estrutura permite que qualquer computador, conectado a qualquer ponto da rede, possa se comunicar com outros computadores do planeta. Para a conexão com a Internet, precisamos de um computador e programas apropriados, uma linha telefônica comum e de uma conta em algum servidor ou provedor. Nos dias atuais é imprescindível a utilização da Internet nas empresas, seja para transmitir e receber informações sobre produtos, acessar contas bancárias, transmitir arquivos, vender e comprar produtos, acessar e-mail, são inúmeras as vantagens desta tecnologia. Professor - JOÃO FILHO -- 2014
  • 18. Informática Aplicada a Gestão - UVA 10 VÍRUS Vírus - São programas criados especialmente para causar falhas e danos aos computadores. Capazes de se auto-copiar para outros programas ou modificarem suas estruturas, de modo a não serem detectados pelos programas antivírus. Exemplos de alguns vírus: Navidad, I Love You, Hybris, Branca de Neve, Romeu e Julieta, Melissa e outros. Observe a seguir algumas ações comuns durante a execução de um vírus: l Apresenta mensagens variadas na tela; l Danifica a área de boot, impedindo o funcionamento do computador; l Trava o teclado ou troca a função das teclas. ! O primeiro caso documentado de um vírus ocorreu em outubro de 1987, chamava-se Brain Existem diferentes formas de disseminação de um vírus: l Uso de discos contaminados; l Recebimento de e-mails; l Execução de arquivos contaminados; l Redes de computadores. 11 INFRA-ESTRUTURA Para um bom funcionamento do computador e seus periféricos, é necessária a adoção de algumas providências consideradas importantes. Destaque-se: Refrigeração - Apesar do sistema interno de ventilação estar adequado para oferecer a refrigeração necessária para o equipamento, é recomendado que sejam instalados e operados em ambiente com ar-condicionado ou pelo menos com ventilação adequada. Proteção e Aterramento - Embora os modernos sistemas de computação sejam protegidos à variação de tensão, eles ainda necessitam de proteção contra pulsos, ruídos da linha de energia e, o que é mais importante, variações de tensão elétrica. Estabilizador - Equipamento indicado para estabilizar pequenas variações no fornecimento de energia elétrica para o computador. 22 PROFESSOR: JOÃO FILHO
  • 19. Informática Aplicada a Gestão - UVA 12 EXERCÍCIOSPROPOSTOS 1. Escreva (V) para verdadeiro e (F) para falso: () () () () Os computadores foram construídos inicialmente com finalidade educacional. A utilização da informática não está associada apenas aos computadores, mas a toda atividade que acelere, facilite ou amplie a eficiência do trabalho, por meio da manipulação de informações. Após a 1º Guerra é que surgiu o interesse para do primeiro computador. Os primeiros computadores foram construídos com dimensões gigantescas, funcionava a base de válvulas e armazenava dados por meio de cartões perfurados. 2. Marque a resposta certa: (a) A primeira calculadora mecânica foi construída em 1823 pelo matemático Charles Babbage, era movida a vapor, com capacidade para gerar tabelas para Astronomia. (b) Em 1974 foi apresentado o primeiro microprocessador, o Intel 4004, que trabalhava com 4 bits. (c) O primeiro computador Pessoal foi apresentado em 1975 - o Altair 8800. (d) Em 1980 foi o ano do desenvolvimento da WWW (World Wide Web) por Tim Berners-Lee. 3. Quantos estados o sistema binário admite: (a) 1( um) (b) 8 (oito) (c) 2 (dois) (d) 16 (dezesseis) 4. Marque a resposta certa: (a) 1 byte é a menor unidade de medida. (b) No computador um caractere é representado por um Bit. (c) 1(um) bit é representado pelo conjunto de 8 bytes. (d) 1(um) Kilobyte é representado por 1.024 bytes. 5. Relacione as fases de funcionamento do computador: (a) Entrada ( ) é o resultado obtido pelo processamento (b) Processamento ( ) são as informações inseridas no computador. (c) Saída ( ) é o trabalho realizado pelo computador. PROFESSOR: JOÃO FILHO 23
  • 20. Informática Aplicada a Gestão - UVA 6. Marque a alternativa que cita três periféricos de entrada: (a) Impressora, mouse e scanner (b) Mouse, vídeo e impressora (c) Mouse, teclado e scanner (d) Caixas de Som, Sensores digitais, scanner. 7. Impressoras - Associe as colunas: (a) Matriciais ( ) Rápidas, médio custo, boa qualidade. (b) Jato de Tinta ( ) Muito rápidas, alto custo,excelente qualidade (c) Laser ( ) Lentas, baixo custo, baixa qualidade. 8. A função da Placa mãe (motherboard) é: (a) Tem a função de permitir que o processador se comunique com todos os periféricos instala- dos. (b) Responsável pelo armazenamento de informações (dados + cálculos) usados pelo processador. (c) Evitar a propagação de vírus no computador. (d) N.D.A 9 . Marque a resposta correta. São exemplos de Softwares Utilitários: (a)MS-DOS,SCANDISK,DEFRAG (b)SCANDISK,MS-DOS,WINDOWS ME (c)WINDOWSME,MS-DO,LINUX (d)SCANDISk,NORTONANTIVÍRUSEDEFRAG. 10. Marque ( V) para verdadeiro e (F) para falso. ( ) A memória Ram é não volátil. ( ) A memória Rom não pode ser regravada, alterada ou apagada. ( ) A memória auxiliar tem como principal característica ser volátil. ( ) Disco Rígido, Pen Drive, CD-R são tipos de memória auxiliar. 11. Qual a finalidade de uma Rede de computadores? (a) Trocar recursos via e-mail e com isso aumentar a velocidade de acesso na rede. (b) Unir vários computadores para enviar e receber software a fim de serem impressos. (c) O compartilhamento de informações e de equipamentos. (d)N.D.A 24 PROFESSOR: JOÃO FILHO
  • 21. 25