SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Crise do Sistema Colonial
 Dentre as importantes transformações que influenciaram
na contestação do sistema colonial, pode-se, destacar:
 Exploração
 Altos Impostos
 Ideias Iluministas
 Fortalecimento da elite
colonial
 Pacto colonial
A Inconfidência Mineira
Repressão oficial: líderes
presos e exilados,
Tiradentes enforcado;
 Movimento elitista contra a opressão
metropolitana;
 Participação de grandes proprietários,
mineradores e intelectuais;
 Influência do Iluminismo e da
Independência das treze colônias;
 Propostas: Independência de Minas
Gerais e República.
 O movimento seria deflagrado após a
decretação da cobrança da derrama;
A Conjuração Baiana
 Também conhecida como Revolta dos
Alfaiates;
 Causas: precárias condições de vida do povo
baiano, devido aos elevados impostos e a
carência de alimentos;
 Grupos envolvidos: camadas médias
urbanas, camadas populares (alfaiates,
escravos e ex-escravos), comerciantes e
proprietários de terras;
 Propostas: Independência, República e
Abolição do trabalho escravo;
Repressão oficial: líderes
presos, exilados e cinco
enforcados;
Período Joanino
Período em que a família real
portuguesa instalou-se no Brasil.
Em abril de 1821, com receio de perder
a Coroa, D. João VI retornou para
Portugal. Seu filho D. Pedro ficou no
Brasil como príncipe-regente.
Foi uma época de avanços no Brasil,
principalmente nas áreas de educação,
cultura e administração pública. Por
outro lado, o Brasil sofreu forte
influência e interferência da Inglaterra
na área econômica.
Causa: fuga das tropas
napoleônicas.
Revolução Pernambucana
 Insatisfação popular com a
chegada e funcionamento da
corte portuguesa no Brasil.
 Influência dos ideais iluministas;
 Significativa crise econômica que
abatia a região, atingindo,
principalmente, as camadas mais
pobres da população ;
 A Revolução Pernambucana foi um movimento social (revolta) de
caráter emancipacionista ocorrido em Pernambuco no ano de 1817.
Os líderes foram presos e
condenados à morte.
Situação de Portugal e A Revolução
Liberal do Porto
 Em 1807, França e Espanha
assinaram um tratado que
permitia a invasão de
Portugal pelos franceses e
estabelecia a divisão das
colônias portuguesas entre
França e Espanha.
Em 1820, eclodiu um movimento
revolucionário na cidade do Porto, cujas
reivindicações eram:
 Retorno imediato da família real;
 Fim do Estado absolutista;
 Juramento pelo monarca de uma
constituição;
 Fim da inversão brasileira e retorno a
uma situação de colônia.
Ameaçado de perder o trono real, em
1821, D.João VI viu-se obrigado a
retornar a Portugal, deixando aqui seu
filho Pedro, nomeado regente do Brasil.
Tentativa de Recolonização
• Em Portugal, os poderes
políticos de D. João VI
estavam bastante
reduzidos. O país passara a
ser comandado pela corte
de Lisboa.
• O plano das Cortes era
promover a recolonização
do Brasil, reconquistando
para a burguesia
metropolitana seus antigos
privilégios comerciais.
• Em 9 de janeiro de 1822, D.
Pedro I recebeu uma carta
das cortes de Lisboa,
Dia do Fico
O Processo de Independência
 Após o Dia do Fico, D.
Pedro tomou uma série
de medidas que
desagradaram a
metrópole, pois
preparavam caminho
para a independência
do Brasil.
• Convocou uma Assembleia
Constituinte.
• Organizou a Marinha de
Guerra
• Obrigou as tropas de Portugal
a voltarem para o reino.
• Determinou que nenhuma lei
de Portugal seria colocada em
vigor sem a sua aprovação.
 No dia 13 de maio do mesmo ano, políticos brasileiros e lideres da maçonaria
fizeram uma festa para dar a D.Pedro o título de Defensor Perpetuo do Brasil.
Proclamação da Independência
 Durante a uma viagem D. Pedro recebeu uma nova carta de
Portugal que anulava a Assembleia Constituinte e exigia a volta
imediata dele para a metrópole.
 Assim, no dia 7 de setembro de 1822,em São Paulo, às margens do
riacho Ipiranga, foi proclamada ,oficialmente, a independência do
Brasil.
No mês de dezembro
de 1822, D. Pedro foi
declarado imperador do
Brasil.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados NacionaisA Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados NacionaisDouglas Barraqui
 
2° ano - Brasil Império: Segundo Reinado
2° ano  - Brasil Império: Segundo Reinado2° ano  - Brasil Império: Segundo Reinado
2° ano - Brasil Império: Segundo ReinadoDaniel Alves Bronstrup
 
Marqês de Pombal e as reformas pombalinas
Marqês de Pombal e as reformas pombalinasMarqês de Pombal e as reformas pombalinas
Marqês de Pombal e as reformas pombalinasDeaaSouza
 
Slide revolução francesa
Slide revolução francesaSlide revolução francesa
Slide revolução francesaIsabel Aguiar
 
Brasil Período Joanino
Brasil Período JoaninoBrasil Período Joanino
Brasil Período Joaninodmflores21
 
Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Isaquel Silva
 
Crise do império e proclamação da república
Crise do império e proclamação da repúblicaCrise do império e proclamação da república
Crise do império e proclamação da repúblicaRodrigo Luiz
 
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)Nefer19
 
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilDouglas Barraqui
 
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)Nefer19
 
A revolta pernambucana de 1817
A revolta pernambucana de 1817A revolta pernambucana de 1817
A revolta pernambucana de 1817Fabiana Tonsis
 
O Processo de Independência do Brasil
O Processo de Independência do BrasilO Processo de Independência do Brasil
O Processo de Independência do BrasilFelipe de Souza
 
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 19183ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918Daniel Alves Bronstrup
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundialFatima Freitas
 

Mais procurados (20)

Grandes navegações
Grandes navegaçõesGrandes navegações
Grandes navegações
 
A Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados NacionaisA Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados Nacionais
 
2° ano - Brasil Império: Segundo Reinado
2° ano  - Brasil Império: Segundo Reinado2° ano  - Brasil Império: Segundo Reinado
2° ano - Brasil Império: Segundo Reinado
 
8 2º reinado
8  2º reinado8  2º reinado
8 2º reinado
 
Marqês de Pombal e as reformas pombalinas
Marqês de Pombal e as reformas pombalinasMarqês de Pombal e as reformas pombalinas
Marqês de Pombal e as reformas pombalinas
 
Slide revolução francesa
Slide revolução francesaSlide revolução francesa
Slide revolução francesa
 
Brasil Período Joanino
Brasil Período JoaninoBrasil Período Joanino
Brasil Período Joanino
 
Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)Segundo reinado (1840 1889)
Segundo reinado (1840 1889)
 
Crise do império e proclamação da república
Crise do império e proclamação da repúblicaCrise do império e proclamação da república
Crise do império e proclamação da república
 
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
A Civilização Grega - 6º Ano (2016)
 
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasil
 
Uniao iberica slide
Uniao iberica slideUniao iberica slide
Uniao iberica slide
 
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
Mesopotâmia - 6º Ano (2018)
 
A revolta pernambucana de 1817
A revolta pernambucana de 1817A revolta pernambucana de 1817
A revolta pernambucana de 1817
 
O Processo de Independência do Brasil
O Processo de Independência do BrasilO Processo de Independência do Brasil
O Processo de Independência do Brasil
 
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 19183ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
3ºano - Primeira Guerra Mundial - 1914 a 1918
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
 
Segundo Reinado
Segundo ReinadoSegundo Reinado
Segundo Reinado
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
Sociedade Colonial Brasileira
Sociedade Colonial BrasileiraSociedade Colonial Brasileira
Sociedade Colonial Brasileira
 

Destaque

História em quadrinhos Independência do brasil
História em quadrinhos   Independência do brasilHistória em quadrinhos   Independência do brasil
História em quadrinhos Independência do brasilLilian Serra
 
Brasil independencia e constituicao 1824
Brasil independencia e constituicao 1824 Brasil independencia e constituicao 1824
Brasil independencia e constituicao 1824 Dismael Sagás
 
06 período do ouro no brasil
06 período do ouro no brasil06 período do ouro no brasil
06 período do ouro no brasilFlávio Alexandre
 
Revoltas coloniais
Revoltas coloniaisRevoltas coloniais
Revoltas coloniaisRayan Gomes
 
Inconfidência mineira e independência do brasil
Inconfidência mineira e independência do brasilInconfidência mineira e independência do brasil
Inconfidência mineira e independência do brasilJefferson Barroso
 
Tiradentes 21 de abril
Tiradentes 21 de abrilTiradentes 21 de abril
Tiradentes 21 de abrilMuni2015
 
A inconfidência mineira e a conjuração baiana
A inconfidência mineira e a conjuração baianaA inconfidência mineira e a conjuração baiana
A inconfidência mineira e a conjuração baianaNelia Salles Nantes
 
A expansão muçulmana
A expansão muçulmanaA expansão muçulmana
A expansão muçulmanaLuisa Jesus
 
Inconfidência mineira
Inconfidência mineiraInconfidência mineira
Inconfidência mineiraDCRDANYLA
 
Origem e expansão do islamismo
Origem e expansão do islamismoOrigem e expansão do islamismo
Origem e expansão do islamismoThiago Oliveira
 
Império português no século XVIII
Império português no século XVIIIImpério português no século XVIII
Império português no século XVIIIcruchinho
 
Ficha de avaliação - HGP - 6ºAno - O Império Português no Século XVIII/ D. Jo...
Ficha de avaliação - HGP - 6ºAno - O Império Português no Século XVIII/ D. Jo...Ficha de avaliação - HGP - 6ºAno - O Império Português no Século XVIII/ D. Jo...
Ficha de avaliação - HGP - 6ºAno - O Império Português no Século XVIII/ D. Jo...maria.antonia
 
Os Muçulmanos na Península Ibérica
Os Muçulmanos na Península IbéricaOs Muçulmanos na Península Ibérica
Os Muçulmanos na Península IbéricaHistN
 
C3 cristãos e muçulmanos na península
C3 cristãos e muçulmanos na penínsulaC3 cristãos e muçulmanos na península
C3 cristãos e muçulmanos na penínsulaVítor Santos
 
Teste hgp 3 correção
Teste hgp 3   correçãoTeste hgp 3   correção
Teste hgp 3 correçãoAna Pereira
 
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA Isabel Aguiar
 
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASILABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASILIsabel Aguiar
 

Destaque (20)

História em quadrinhos Independência do brasil
História em quadrinhos   Independência do brasilHistória em quadrinhos   Independência do brasil
História em quadrinhos Independência do brasil
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
 
Brasil independencia e constituicao 1824
Brasil independencia e constituicao 1824 Brasil independencia e constituicao 1824
Brasil independencia e constituicao 1824
 
06 período do ouro no brasil
06 período do ouro no brasil06 período do ouro no brasil
06 período do ouro no brasil
 
Revoltas coloniais
Revoltas coloniaisRevoltas coloniais
Revoltas coloniais
 
Inconfidência mineira e independência do brasil
Inconfidência mineira e independência do brasilInconfidência mineira e independência do brasil
Inconfidência mineira e independência do brasil
 
Tiradentes
TiradentesTiradentes
Tiradentes
 
Tiradentes 21 de abril
Tiradentes 21 de abrilTiradentes 21 de abril
Tiradentes 21 de abril
 
A inconfidência mineira e a conjuração baiana
A inconfidência mineira e a conjuração baianaA inconfidência mineira e a conjuração baiana
A inconfidência mineira e a conjuração baiana
 
A expansão muçulmana
A expansão muçulmanaA expansão muçulmana
A expansão muçulmana
 
Inconfidência mineira
Inconfidência mineiraInconfidência mineira
Inconfidência mineira
 
3ão - Fim da Colonização
3ão - Fim da Colonização 3ão - Fim da Colonização
3ão - Fim da Colonização
 
Origem e expansão do islamismo
Origem e expansão do islamismoOrigem e expansão do islamismo
Origem e expansão do islamismo
 
Império português no século XVIII
Império português no século XVIIIImpério português no século XVIII
Império português no século XVIII
 
Ficha de avaliação - HGP - 6ºAno - O Império Português no Século XVIII/ D. Jo...
Ficha de avaliação - HGP - 6ºAno - O Império Português no Século XVIII/ D. Jo...Ficha de avaliação - HGP - 6ºAno - O Império Português no Século XVIII/ D. Jo...
Ficha de avaliação - HGP - 6ºAno - O Império Português no Século XVIII/ D. Jo...
 
Os Muçulmanos na Península Ibérica
Os Muçulmanos na Península IbéricaOs Muçulmanos na Península Ibérica
Os Muçulmanos na Península Ibérica
 
C3 cristãos e muçulmanos na península
C3 cristãos e muçulmanos na penínsulaC3 cristãos e muçulmanos na península
C3 cristãos e muçulmanos na península
 
Teste hgp 3 correção
Teste hgp 3   correçãoTeste hgp 3   correção
Teste hgp 3 correção
 
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA
 
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASILABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
ABOLIÇÃO E REPÚBLICA NO BRASIL
 

Semelhante a Independência do Brasil

Roteiro de Aula - Da Crise do Sistema Colonial de Exploração à Proclamação da...
Roteiro de Aula - Da Crise do Sistema Colonial de Exploração à Proclamação da...Roteiro de Aula - Da Crise do Sistema Colonial de Exploração à Proclamação da...
Roteiro de Aula - Da Crise do Sistema Colonial de Exploração à Proclamação da...josafaslima
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasilIsabel Aguiar
 
O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL
O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASILO PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL
O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASILIsabel Aguiar
 
Resumo pra p.m de história 3º trimestre
Resumo pra p.m de história 3º trimestreResumo pra p.m de história 3º trimestre
Resumo pra p.m de história 3º trimestreMarcos Schwartz
 
Independência política brasileira
Independência política brasileiraIndependência política brasileira
Independência política brasileiraFernanda Hellen
 
3ano 2bi historia_pe1
3ano 2bi historia_pe13ano 2bi historia_pe1
3ano 2bi historia_pe1takahico
 
www.AulasParticularesApoio.Com - História - Independência do Brasil
www.AulasParticularesApoio.Com - História -  Independência do Brasilwww.AulasParticularesApoio.Com - História -  Independência do Brasil
www.AulasParticularesApoio.Com - História - Independência do BrasilApoioAulas ParticularesCom
 
www.videoaulagratisapoio.com.br - História - Independência do Brasil
www.videoaulagratisapoio.com.br - História -  Independência do Brasilwww.videoaulagratisapoio.com.br - História -  Independência do Brasil
www.videoaulagratisapoio.com.br - História - Independência do BrasilVideo Aulas Apoio
 
www.explicadoraescolar.com.br - História - Independência do Brasil
www.explicadoraescolar.com.br - História -  Independência do Brasilwww.explicadoraescolar.com.br - História -  Independência do Brasil
www.explicadoraescolar.com.br - História - Independência do BrasilMárcia De Bianci
 
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Idependência do Brasil
www.AulasDeHistoriaApoio.com  - História -  Idependência do Brasilwww.AulasDeHistoriaApoio.com  - História -  Idependência do Brasil
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Idependência do BrasilAulasDeHistoriaApoio
 
www.CentroApoio.com - História - Revoltas Coloniais - Vídeo Aula
www.CentroApoio.com - História - Revoltas Coloniais - Vídeo Aulawww.CentroApoio.com - História - Revoltas Coloniais - Vídeo Aula
www.CentroApoio.com - História - Revoltas Coloniais - Vídeo AulaVídeo Aulas Apoio
 
A vinda da familia real e a independência do brasil
A vinda da familia real e a independência do brasilA vinda da familia real e a independência do brasil
A vinda da familia real e a independência do brasilJanayna Lira
 
Revolução liberal portuguesa
Revolução liberal portuguesaRevolução liberal portuguesa
Revolução liberal portuguesaJennyIII
 
A Revolução Liberal Portuguesa de 1820
A Revolução Liberal Portuguesa de 1820A Revolução Liberal Portuguesa de 1820
A Revolução Liberal Portuguesa de 1820DanielaFilipaSilvaNa
 
www.acompanhamentoescolar.net.br - História - Revoltas Coloniais
www.acompanhamentoescolar.net.br - História -  Revoltas Coloniaiswww.acompanhamentoescolar.net.br - História -  Revoltas Coloniais
www.acompanhamentoescolar.net.br - História - Revoltas ColoniaisAcompanhamento Escolar
 
O brasil no século XIX
O brasil no século XIXO brasil no século XIX
O brasil no século XIXCamila Souza
 
Independencias
IndependenciasIndependencias
Independenciasdinicmax
 

Semelhante a Independência do Brasil (20)

Roteiro de Aula - Da Crise do Sistema Colonial de Exploração à Proclamação da...
Roteiro de Aula - Da Crise do Sistema Colonial de Exploração à Proclamação da...Roteiro de Aula - Da Crise do Sistema Colonial de Exploração à Proclamação da...
Roteiro de Aula - Da Crise do Sistema Colonial de Exploração à Proclamação da...
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
 
O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL
O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASILO PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL
O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL
 
Brasil surge um país
Brasil   surge um paísBrasil   surge um país
Brasil surge um país
 
Resumo pra p.m de história 3º trimestre
Resumo pra p.m de história 3º trimestreResumo pra p.m de história 3º trimestre
Resumo pra p.m de história 3º trimestre
 
Independência política brasileira
Independência política brasileiraIndependência política brasileira
Independência política brasileira
 
3ano 2bi historia_pe1
3ano 2bi historia_pe13ano 2bi historia_pe1
3ano 2bi historia_pe1
 
www.AulasParticularesApoio.Com - História - Independência do Brasil
www.AulasParticularesApoio.Com - História -  Independência do Brasilwww.AulasParticularesApoio.Com - História -  Independência do Brasil
www.AulasParticularesApoio.Com - História - Independência do Brasil
 
www.videoaulagratisapoio.com.br - História - Independência do Brasil
www.videoaulagratisapoio.com.br - História -  Independência do Brasilwww.videoaulagratisapoio.com.br - História -  Independência do Brasil
www.videoaulagratisapoio.com.br - História - Independência do Brasil
 
www.explicadoraescolar.com.br - História - Independência do Brasil
www.explicadoraescolar.com.br - História -  Independência do Brasilwww.explicadoraescolar.com.br - História -  Independência do Brasil
www.explicadoraescolar.com.br - História - Independência do Brasil
 
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Idependência do Brasil
www.AulasDeHistoriaApoio.com  - História -  Idependência do Brasilwww.AulasDeHistoriaApoio.com  - História -  Idependência do Brasil
www.AulasDeHistoriaApoio.com - História - Idependência do Brasil
 
www.CentroApoio.com - História - Revoltas Coloniais - Vídeo Aula
www.CentroApoio.com - História - Revoltas Coloniais - Vídeo Aulawww.CentroApoio.com - História - Revoltas Coloniais - Vídeo Aula
www.CentroApoio.com - História - Revoltas Coloniais - Vídeo Aula
 
A vinda da familia real e a independência do brasil
A vinda da familia real e a independência do brasilA vinda da familia real e a independência do brasil
A vinda da familia real e a independência do brasil
 
Revolução liberal portuguesa
Revolução liberal portuguesaRevolução liberal portuguesa
Revolução liberal portuguesa
 
A Revolução Liberal Portuguesa de 1820
A Revolução Liberal Portuguesa de 1820A Revolução Liberal Portuguesa de 1820
A Revolução Liberal Portuguesa de 1820
 
www.acompanhamentoescolar.net.br - História - Revoltas Coloniais
www.acompanhamentoescolar.net.br - História -  Revoltas Coloniaiswww.acompanhamentoescolar.net.br - História -  Revoltas Coloniais
www.acompanhamentoescolar.net.br - História - Revoltas Coloniais
 
Td 8 história ii
Td 8   história iiTd 8   história ii
Td 8 história ii
 
O brasil no século XIX
O brasil no século XIXO brasil no século XIX
O brasil no século XIX
 
Independencias
IndependenciasIndependencias
Independencias
 
2ºteste
2ºteste2ºteste
2ºteste
 

Mais de Lyzaa Martha

Aprender a Conviver
Aprender a ConviverAprender a Conviver
Aprender a ConviverLyzaa Martha
 
Brasil Sertanejo-Os Brasis de Darcy Ribeiro
Brasil Sertanejo-Os Brasis de Darcy RibeiroBrasil Sertanejo-Os Brasis de Darcy Ribeiro
Brasil Sertanejo-Os Brasis de Darcy RibeiroLyzaa Martha
 
Brasil Colônia : Economia
 Brasil Colônia : Economia Brasil Colônia : Economia
Brasil Colônia : EconomiaLyzaa Martha
 
Arquitetura da Grécia Antiga
Arquitetura da Grécia AntigaArquitetura da Grécia Antiga
Arquitetura da Grécia AntigaLyzaa Martha
 

Mais de Lyzaa Martha (8)

Aprender a Conviver
Aprender a ConviverAprender a Conviver
Aprender a Conviver
 
Sindrome de Down
Sindrome de DownSindrome de Down
Sindrome de Down
 
Energia nuclear
Energia nuclearEnergia nuclear
Energia nuclear
 
Nazismo
NazismoNazismo
Nazismo
 
Brasil Sertanejo-Os Brasis de Darcy Ribeiro
Brasil Sertanejo-Os Brasis de Darcy RibeiroBrasil Sertanejo-Os Brasis de Darcy Ribeiro
Brasil Sertanejo-Os Brasis de Darcy Ribeiro
 
Brasil Colônia : Economia
 Brasil Colônia : Economia Brasil Colônia : Economia
Brasil Colônia : Economia
 
Feudalismo
FeudalismoFeudalismo
Feudalismo
 
Arquitetura da Grécia Antiga
Arquitetura da Grécia AntigaArquitetura da Grécia Antiga
Arquitetura da Grécia Antiga
 

Último

UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfManuais Formação
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSINTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSPedro Luis Moraes
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Centro Jacques Delors
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreLeandroLima265595
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024azulassessoria9
 
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxAntonioVieira539017
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfFbioFerreira207918
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................mariagrave
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivararambomarcos
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfAnaAugustaLagesZuqui
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................mariagrave
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Centro Jacques Delors
 

Último (20)

UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João EudesNovena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOSINTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
INTRODUÇÃO DE METODOLOGIA PARA TRABALHIOS CIENTIFICOS
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
 

Independência do Brasil

  • 1.
  • 2. Crise do Sistema Colonial  Dentre as importantes transformações que influenciaram na contestação do sistema colonial, pode-se, destacar:  Exploração  Altos Impostos  Ideias Iluministas  Fortalecimento da elite colonial  Pacto colonial
  • 3. A Inconfidência Mineira Repressão oficial: líderes presos e exilados, Tiradentes enforcado;  Movimento elitista contra a opressão metropolitana;  Participação de grandes proprietários, mineradores e intelectuais;  Influência do Iluminismo e da Independência das treze colônias;  Propostas: Independência de Minas Gerais e República.  O movimento seria deflagrado após a decretação da cobrança da derrama;
  • 4. A Conjuração Baiana  Também conhecida como Revolta dos Alfaiates;  Causas: precárias condições de vida do povo baiano, devido aos elevados impostos e a carência de alimentos;  Grupos envolvidos: camadas médias urbanas, camadas populares (alfaiates, escravos e ex-escravos), comerciantes e proprietários de terras;  Propostas: Independência, República e Abolição do trabalho escravo; Repressão oficial: líderes presos, exilados e cinco enforcados;
  • 5. Período Joanino Período em que a família real portuguesa instalou-se no Brasil. Em abril de 1821, com receio de perder a Coroa, D. João VI retornou para Portugal. Seu filho D. Pedro ficou no Brasil como príncipe-regente. Foi uma época de avanços no Brasil, principalmente nas áreas de educação, cultura e administração pública. Por outro lado, o Brasil sofreu forte influência e interferência da Inglaterra na área econômica. Causa: fuga das tropas napoleônicas.
  • 6.
  • 7. Revolução Pernambucana  Insatisfação popular com a chegada e funcionamento da corte portuguesa no Brasil.  Influência dos ideais iluministas;  Significativa crise econômica que abatia a região, atingindo, principalmente, as camadas mais pobres da população ;  A Revolução Pernambucana foi um movimento social (revolta) de caráter emancipacionista ocorrido em Pernambuco no ano de 1817. Os líderes foram presos e condenados à morte.
  • 8.
  • 9. Situação de Portugal e A Revolução Liberal do Porto  Em 1807, França e Espanha assinaram um tratado que permitia a invasão de Portugal pelos franceses e estabelecia a divisão das colônias portuguesas entre França e Espanha. Em 1820, eclodiu um movimento revolucionário na cidade do Porto, cujas reivindicações eram:  Retorno imediato da família real;  Fim do Estado absolutista;  Juramento pelo monarca de uma constituição;  Fim da inversão brasileira e retorno a uma situação de colônia. Ameaçado de perder o trono real, em 1821, D.João VI viu-se obrigado a retornar a Portugal, deixando aqui seu filho Pedro, nomeado regente do Brasil.
  • 10. Tentativa de Recolonização • Em Portugal, os poderes políticos de D. João VI estavam bastante reduzidos. O país passara a ser comandado pela corte de Lisboa. • O plano das Cortes era promover a recolonização do Brasil, reconquistando para a burguesia metropolitana seus antigos privilégios comerciais. • Em 9 de janeiro de 1822, D. Pedro I recebeu uma carta das cortes de Lisboa, Dia do Fico
  • 11. O Processo de Independência  Após o Dia do Fico, D. Pedro tomou uma série de medidas que desagradaram a metrópole, pois preparavam caminho para a independência do Brasil. • Convocou uma Assembleia Constituinte. • Organizou a Marinha de Guerra • Obrigou as tropas de Portugal a voltarem para o reino. • Determinou que nenhuma lei de Portugal seria colocada em vigor sem a sua aprovação.  No dia 13 de maio do mesmo ano, políticos brasileiros e lideres da maçonaria fizeram uma festa para dar a D.Pedro o título de Defensor Perpetuo do Brasil.
  • 12. Proclamação da Independência  Durante a uma viagem D. Pedro recebeu uma nova carta de Portugal que anulava a Assembleia Constituinte e exigia a volta imediata dele para a metrópole.  Assim, no dia 7 de setembro de 1822,em São Paulo, às margens do riacho Ipiranga, foi proclamada ,oficialmente, a independência do Brasil. No mês de dezembro de 1822, D. Pedro foi declarado imperador do Brasil.