O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL

16.144 visualizações

Publicada em

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
16.144
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.982
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
279
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL

  1. 1. A CRISE DO SISTEMA COLONIAL E A INDEPENDÊNCIA DO BRASIL Profª Isabel Aguiar http://profisabelaguiar.blogspot.com.br/
  2. 2. REBELIÕES COLONIAIS NA AMÉRICA PORTUGUESA • Rebeliões sem o objetivo de separação política: • - Guerra dos Emboabas (1708) • Revolta de Vila Rica (1720) • Revolta de Beckman (1684) • Guerra dos Mascates (1710) Rebeliões com o Objetivo de separação política: - Conjuração Mineira (1789) Conjuração Baiana (1798)
  3. 3. A Inconfidência Mineira
  4. 4. • Nome pelo qual ficou mais conhecido o movimento emancipacionista organizado pela elite mineira. • A Inconfidência Mineira não foi uma revolta de caráter popular. Visava apenas o fim da opressão portuguesa que prejudicava a elite mineira. • Não tinha como finalidade acabar com a opressão social interna, que atingia a maioria da população • A revolta teve estava marcada para acontecer no dia da Derrama, mas um dos inconfidentes traiu os colegas e todos foram presos • Inicialmente, todos foram condenados a morte, mas depois das famílias dos ricos mineradores recorrerem à coroa, apenas Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, foi executado.
  5. 5. • Principais medidas do projeto mineiro: • Libertar o Brasil de Portugal • Adotar uma nova bandeira • Desenvolver a industria no Brasil • Criar uma universidade em Vila Rica • Incentivar a natalidade • Criar o serviço militar obrigatório • Estimular a agricultura.
  6. 6. A Conjuração Baiana • Movimento organizado por intelectuais e ricos proprietários, contado com a ajuda do povo. • Objetivos dos revolucionários: 1. Romper com a dominação portuguesa. 2. Abolir a escravidão. 3. Aumentar a remuneração dos soldados. 4. Abrir os portos brasileiros aos navios de todas as nações. 5. Melhorar as condições gerais de vida do povo. 6. Os revolucionários não queriam somente romper com a dominação colonial portuguesa, mas também modificar a ordem social interna do Brasil, que se baseava no trabalho escravo.
  7. 7. A INDEPENDÊNCIA DO BRASIL • Independência significa liberdade para tomar suas próprias decisões, sem depender ou estar subordinado a alguém. • No caso do Brasil, independência significou autonomia em relação à Portugal.
  8. 8. • Para muitos historiadores, o processo de independência do Brasil começa com a chegada de Dom João e da corte portuguesa ao Brasil, em 1808. • Dom João vem para cá, fugindo de Napoleão Bonaparte, que estava invadindo Portugal. • O nosso país deixou de ser colônia quando, em 1815, quando o Brasil foi elevado à categoria de Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves, pelo regente e futuro rei de Portugal Dom João VI.
  9. 9. A REVOLUÇÃO PERNAMBUCANA • A região Nordeste: com a mudança do eixo político- econômico sofria com problemas de concentração de renda e instabilidade econômica. • No ano de 1816, a região de Pernambuco sofreu uma série de secas e más colheitas que agravaram os problemas dos produtores da região. • Havia uma grande hostilidade contra os comerciantes portugueses e insatisfação com a elevação dos impostos.
  10. 10. • A insatisfação aumentou com a nomeação do governador Caetano Pinto Montenegro. • Em março de 1817, a insatisfação ganhou força se transformando em um movimento de inspiração separatista. Os revoltosos estabeleceram uma República controlada por um Governo Provisório. • Reagindo à imposição do novo governo, forças portuguesas atacaram os revoltosos e após alguns meses de conflito, a agitação separatista foi contida e muitos revoltosos foram punidos com a prisão e a morte.
  11. 11. D. Pedro proclama a Independência • Em 1820: ocorreu a Revolução Liberal do Porto. • As Cortes Portuguesas preparavam uma Constituição Liberal para Portugal e exigiram o retorno de D. João VI. • Em 1821, D. João VI parte com a família Real, deixando D. Pedro como príncipe regente. • A pressão das Cortes aumenta e D. Pedro, com apoio da elite colonial, proclama a Independência do Brasil em 1822.
  12. 12. O que muda com Independência? • Na prática, as mudanças foram poucas. • Permaneceram as diferenças sociais e a escravidão não foi abolida. • Dom Pedro I, embora tenha entoado um discurso liberal, na prática impôs o absolutismo como forma de governo, sob a máscara de uma monarquia constitucional parlamentar.

×