SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 30
OS MUÇULMANOS NA PENÍNSULA
[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object]
[object Object],[object Object],A cidade de Meca
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object]
[object Object],[object Object],A  BANDEIRA  DA “JIHAD”
[object Object],Batalha de Poitiers
[object Object]
Em 711 ,  Tarik  comandando um poderoso exército invadiu,  pelo estreito de Gibraltar,  a Península Ibérica e facilmente venceu a fraca  resistência dos cristãos visigodos, na  Batalha de Guadalete . Assim terminava  o breve reinado de  Roderico , (709-711), o último rei visigodo da Península.
Em 711  invadiram e iniciaram a conquista da Península Ibérica… ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Aqui, mais a sul que a norte, permaneceram cerca de 800 anos… ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Mesquitas, palácios, habitações
Tapetes, azulejos
[object Object],[object Object],Representação da “ Mão de Fat’ma”, símbolo da boa-sorte
A Resistência Cristã ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],Igreja e cristãos moçárabes
[object Object],[object Object]
De resto, as populações peninsulares não guardavam do feudalismo dos tempos visigóticos boas memórias. O servilismo, a insegurança e a pobreza  não eram boas recordações. A aceitação da nova realidade, passados os primeiros tempos, não foi, por isso, particularmente dolorosa.
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
E claro, o astrolábio e a bússola, tal como a caravela que os portugueses, criaram , adaptaram ou aperfeiçoaram.  Quase tudo feito de heranças, romanas  e árabes, que soubemos sintetizar e a  que juntamos o nosso próprio  génio ou talento quando se tratou de atingir um fim:  Ir mais além porque o que cá havia não chegava…   GALÉ ROMANA GALÉ  ROMANA ASTROLÁBIO ÁRABE

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Primeiros Povos
Primeiros PovosPrimeiros Povos
Primeiros Povoszialucio
 
Reconquista Cristã
Reconquista CristãReconquista Cristã
Reconquista Cristãcattonia
 
As comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .Alice
As comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .AliceAs comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .Alice
As comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .Alicealicebernardo
 
Os Muçulmanos na Península Ibérica
Os Muçulmanos na Península IbéricaOs Muçulmanos na Península Ibérica
Os Muçulmanos na Península Ibéricavanessasequeira
 
Cultura na idade média
Cultura na idade médiaCultura na idade média
Cultura na idade médiaHCA_10I
 
Sociedade Portuguesa dos séculos XIII e XIV
Sociedade Portuguesa dos séculos XIII e XIVSociedade Portuguesa dos séculos XIII e XIV
Sociedade Portuguesa dos séculos XIII e XIVCatarina Castro
 
A herança muçulmana
A herança muçulmanaA herança muçulmana
A herança muçulmanacarol slides
 
O mundo muçulmano em expansão
O mundo muçulmano em expansãoO mundo muçulmano em expansão
O mundo muçulmano em expansãocattonia
 
Expansão muçulmana
Expansão muçulmanaExpansão muçulmana
Expansão muçulmanaTeresa Maia
 
Portugal No Século XIII
Portugal No Século XIIIPortugal No Século XIII
Portugal No Século XIIIAna Luísa
 
Descobrimentos Portugueses
Descobrimentos PortuguesesDescobrimentos Portugueses
Descobrimentos PortuguesesJoão Fernandes
 
Portugal no contexto europeu do Século XII a XIV
Portugal no contexto europeu do Século XII a XIVPortugal no contexto europeu do Século XII a XIV
Portugal no contexto europeu do Século XII a XIVCarlos Vieira
 
Reconquista Cristã (Resumo)
Reconquista Cristã (Resumo)Reconquista Cristã (Resumo)
Reconquista Cristã (Resumo)mari_punk
 

Mais procurados (20)

Megalitismo
MegalitismoMegalitismo
Megalitismo
 
Idade Ma
Idade MaIdade Ma
Idade Ma
 
Conquista de ceuta
Conquista de ceutaConquista de ceuta
Conquista de ceuta
 
Muçulmanos
MuçulmanosMuçulmanos
Muçulmanos
 
Primeiros Povos
Primeiros PovosPrimeiros Povos
Primeiros Povos
 
Reconquista Cristã
Reconquista CristãReconquista Cristã
Reconquista Cristã
 
As comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .Alice
As comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .AliceAs comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .Alice
As comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .Alice
 
Os Muçulmanos na Península Ibérica
Os Muçulmanos na Península IbéricaOs Muçulmanos na Península Ibérica
Os Muçulmanos na Península Ibérica
 
Cultura na idade média
Cultura na idade médiaCultura na idade média
Cultura na idade média
 
Muculmanos (1)
Muculmanos (1)Muculmanos (1)
Muculmanos (1)
 
Sociedade Portuguesa dos séculos XIII e XIV
Sociedade Portuguesa dos séculos XIII e XIVSociedade Portuguesa dos séculos XIII e XIV
Sociedade Portuguesa dos séculos XIII e XIV
 
A herança muçulmana
A herança muçulmanaA herança muçulmana
A herança muçulmana
 
O mundo muçulmano em expansão
O mundo muçulmano em expansãoO mundo muçulmano em expansão
O mundo muçulmano em expansão
 
Concelhos 1
Concelhos 1Concelhos 1
Concelhos 1
 
Expansão muçulmana
Expansão muçulmanaExpansão muçulmana
Expansão muçulmana
 
Portugal No Século XIII
Portugal No Século XIIIPortugal No Século XIII
Portugal No Século XIII
 
2º avanços e recuos da reconquista
2º avanços e recuos da reconquista2º avanços e recuos da reconquista
2º avanços e recuos da reconquista
 
Descobrimentos Portugueses
Descobrimentos PortuguesesDescobrimentos Portugueses
Descobrimentos Portugueses
 
Portugal no contexto europeu do Século XII a XIV
Portugal no contexto europeu do Século XII a XIVPortugal no contexto europeu do Século XII a XIV
Portugal no contexto europeu do Século XII a XIV
 
Reconquista Cristã (Resumo)
Reconquista Cristã (Resumo)Reconquista Cristã (Resumo)
Reconquista Cristã (Resumo)
 

Destaque

Os primeiros povos a habitar a península ibérica
Os primeiros povos a habitar a península ibéricaOs primeiros povos a habitar a península ibérica
Os primeiros povos a habitar a península ibéricapaulasalvador
 
1261614288 muculmanos
1261614288 muculmanos1261614288 muculmanos
1261614288 muculmanosPelo Siro
 
Os Romanos na Península Ibérica
Os Romanos na Península IbéricaOs Romanos na Península Ibérica
Os Romanos na Península IbéricaHistN
 
Cristãos e muçulmanos na peninsula ibérica
Cristãos e muçulmanos na peninsula ibéricaCristãos e muçulmanos na peninsula ibérica
Cristãos e muçulmanos na peninsula ibéricahugoseverino7ab
 
Cristãos e muçulmanos na peninsula ibérica
Cristãos e muçulmanos na peninsula ibéricaCristãos e muçulmanos na peninsula ibérica
Cristãos e muçulmanos na peninsula ibéricahugoseverino7ab
 
Resumos e fichamentos - TCC - versão pública
Resumos e fichamentos - TCC - versão públicaResumos e fichamentos - TCC - versão pública
Resumos e fichamentos - TCC - versão públicaErika Zuza
 
A historia de portugal
A historia de portugalA historia de portugal
A historia de portugalgracindacasais
 
Mediterrâneo Antigo
Mediterrâneo AntigoMediterrâneo Antigo
Mediterrâneo Antigorenascimento
 
O Reino de Cartago
O Reino de CartagoO Reino de Cartago
O Reino de Cartago2dot4
 
Império Songhai
Império SonghaiImpério Songhai
Império Songhai2dot4
 
5º tema II
5º   tema II5º   tema II
5º tema IIliedson
 
Os iberos, celtas, fenícios, gregos
Os iberos, celtas, fenícios, gregosOs iberos, celtas, fenícios, gregos
Os iberos, celtas, fenícios, gregosFernandoMarques
 
Primeiros povos da península ibérica
Primeiros povos da península ibéricaPrimeiros povos da península ibérica
Primeiros povos da península ibéricaeb1favaios
 
Fenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persasFenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persasDouglas Barraqui
 

Destaque (20)

Os primeiros povos a habitar a península ibérica
Os primeiros povos a habitar a península ibéricaOs primeiros povos a habitar a península ibérica
Os primeiros povos a habitar a península ibérica
 
1261614288 muculmanos
1261614288 muculmanos1261614288 muculmanos
1261614288 muculmanos
 
Os Romanos na Península Ibérica
Os Romanos na Península IbéricaOs Romanos na Península Ibérica
Os Romanos na Península Ibérica
 
Cristãos e muçulmanos na peninsula ibérica
Cristãos e muçulmanos na peninsula ibéricaCristãos e muçulmanos na peninsula ibérica
Cristãos e muçulmanos na peninsula ibérica
 
Cristãos e muçulmanos na peninsula ibérica
Cristãos e muçulmanos na peninsula ibéricaCristãos e muçulmanos na peninsula ibérica
Cristãos e muçulmanos na peninsula ibérica
 
Resumos e fichamentos - TCC - versão pública
Resumos e fichamentos - TCC - versão públicaResumos e fichamentos - TCC - versão pública
Resumos e fichamentos - TCC - versão pública
 
A historia de portugal
A historia de portugalA historia de portugal
A historia de portugal
 
Mediterrâneo Antigo
Mediterrâneo AntigoMediterrâneo Antigo
Mediterrâneo Antigo
 
Songhai
SonghaiSonghai
Songhai
 
Fenícios
FeníciosFenícios
Fenícios
 
O Reino de Cartago
O Reino de CartagoO Reino de Cartago
O Reino de Cartago
 
Império Songhai
Império SonghaiImpério Songhai
Império Songhai
 
Templos Gregos
Templos GregosTemplos Gregos
Templos Gregos
 
5º tema II
5º   tema II5º   tema II
5º tema II
 
Fenicios slide
Fenicios slideFenicios slide
Fenicios slide
 
Os iberos, celtas, fenícios, gregos
Os iberos, celtas, fenícios, gregosOs iberos, celtas, fenícios, gregos
Os iberos, celtas, fenícios, gregos
 
Primeiros povos da península ibérica
Primeiros povos da península ibéricaPrimeiros povos da península ibérica
Primeiros povos da península ibérica
 
Fenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persasFenícios, hebreus e persas
Fenícios, hebreus e persas
 
Fichamento de Texto
Fichamento de TextoFichamento de Texto
Fichamento de Texto
 
Fenícios
FeníciosFenícios
Fenícios
 

Semelhante a Os Muçulmanos na Península Ibérica

3 osmuçulmanos na pi
3 osmuçulmanos na pi3 osmuçulmanos na pi
3 osmuçulmanos na piR C
 
Origem e expansão do islamismo
Origem e expansão do islamismoOrigem e expansão do islamismo
Origem e expansão do islamismoThiago Oliveira
 
A história do islamismo na península ibérica
A história do islamismo na península ibéricaA história do islamismo na península ibérica
A história do islamismo na península ibéricaSofia Veras
 
Islamismo
IslamismoIslamismo
IslamismoPrivada
 
A ocupação muçulmana
A ocupação muçulmanaA ocupação muçulmana
A ocupação muçulmanaSofia Jesus
 
Idade média (características) islamismo (1)
Idade média (características)   islamismo (1)Idade média (características)   islamismo (1)
Idade média (características) islamismo (1)Aninha Alves
 
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)eiprofessor
 
Primeiras civilizações sociedades africanas da antiguidade
Primeiras civilizações   sociedades africanas da antiguidadePrimeiras civilizações   sociedades africanas da antiguidade
Primeiras civilizações sociedades africanas da antiguidadeseixasmarianas
 
História de portugal2
História de portugal2História de portugal2
História de portugal2JWM V.
 
16 queda do império, invasões e civilização islâmica
16   queda do império, invasões e civilização islâmica16   queda do império, invasões e civilização islâmica
16 queda do império, invasões e civilização islâmicaCarla Freitas
 
Cidades, passado e presente
Cidades, passado e presenteCidades, passado e presente
Cidades, passado e presenteJuliana Zalamena
 
1. Pre-Historia - Invasoes Barbaras
1. Pre-Historia - Invasoes Barbaras1. Pre-Historia - Invasoes Barbaras
1. Pre-Historia - Invasoes BarbarasAlexandre Protásio
 

Semelhante a Os Muçulmanos na Península Ibérica (20)

3 osmuçulmanos na pi
3 osmuçulmanos na pi3 osmuçulmanos na pi
3 osmuçulmanos na pi
 
Origem e expansão do islamismo
Origem e expansão do islamismoOrigem e expansão do islamismo
Origem e expansão do islamismo
 
Civilização muçulmana
Civilização muçulmanaCivilização muçulmana
Civilização muçulmana
 
IDADE MÉDIA OCIDENTAL
 IDADE MÉDIA OCIDENTAL IDADE MÉDIA OCIDENTAL
IDADE MÉDIA OCIDENTAL
 
Mundo islãmico
Mundo islãmicoMundo islãmico
Mundo islãmico
 
A história do islamismo na península ibérica
A história do islamismo na península ibéricaA história do islamismo na península ibérica
A história do islamismo na península ibérica
 
Islamismo
IslamismoIslamismo
Islamismo
 
A ocupação muçulmana
A ocupação muçulmanaA ocupação muçulmana
A ocupação muçulmana
 
Idade média (características) islamismo (1)
Idade média (características)   islamismo (1)Idade média (características)   islamismo (1)
Idade média (características) islamismo (1)
 
Resumo hebreus
Resumo hebreusResumo hebreus
Resumo hebreus
 
Civilização árabe
Civilização árabeCivilização árabe
Civilização árabe
 
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
 
Primeiras civilizações sociedades africanas da antiguidade
Primeiras civilizações   sociedades africanas da antiguidadePrimeiras civilizações   sociedades africanas da antiguidade
Primeiras civilizações sociedades africanas da antiguidade
 
Islamismo
IslamismoIslamismo
Islamismo
 
História de portugal2
História de portugal2História de portugal2
História de portugal2
 
16 queda do império, invasões e civilização islâmica
16   queda do império, invasões e civilização islâmica16   queda do império, invasões e civilização islâmica
16 queda do império, invasões e civilização islâmica
 
1º ano - Civilização Árabe
1º ano - Civilização Árabe 1º ano - Civilização Árabe
1º ano - Civilização Árabe
 
os hebreus
os  hebreusos  hebreus
os hebreus
 
Cidades, passado e presente
Cidades, passado e presenteCidades, passado e presente
Cidades, passado e presente
 
1. Pre-Historia - Invasoes Barbaras
1. Pre-Historia - Invasoes Barbaras1. Pre-Historia - Invasoes Barbaras
1. Pre-Historia - Invasoes Barbaras
 

Mais de HistN

A Crise do Séc. XIV
A Crise  do Séc. XIVA Crise  do Séc. XIV
A Crise do Séc. XIVHistN
 
9 A Afirmação da Monarquia e a Centralização do Poder Real
9 A Afirmação da Monarquia e a  Centralização do Poder Real9 A Afirmação da Monarquia e a  Centralização do Poder Real
9 A Afirmação da Monarquia e a Centralização do Poder RealHistN
 
O Povoamento do Reino-1
O Povoamento do Reino-1O Povoamento do Reino-1
O Povoamento do Reino-1HistN
 
A Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de PortugalA Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de PortugalHistN
 
A Idade dos Metais
A Idade dos MetaisA Idade dos Metais
A Idade dos MetaisHistN
 
O Neolítico
O NeolíticoO Neolítico
O NeolíticoHistN
 
O Paleolítico
O PaleolíticoO Paleolítico
O PaleolíticoHistN
 

Mais de HistN (7)

A Crise do Séc. XIV
A Crise  do Séc. XIVA Crise  do Séc. XIV
A Crise do Séc. XIV
 
9 A Afirmação da Monarquia e a Centralização do Poder Real
9 A Afirmação da Monarquia e a  Centralização do Poder Real9 A Afirmação da Monarquia e a  Centralização do Poder Real
9 A Afirmação da Monarquia e a Centralização do Poder Real
 
O Povoamento do Reino-1
O Povoamento do Reino-1O Povoamento do Reino-1
O Povoamento do Reino-1
 
A Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de PortugalA Formação do Reino de Portugal
A Formação do Reino de Portugal
 
A Idade dos Metais
A Idade dos MetaisA Idade dos Metais
A Idade dos Metais
 
O Neolítico
O NeolíticoO Neolítico
O Neolítico
 
O Paleolítico
O PaleolíticoO Paleolítico
O Paleolítico
 

Último

ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfssuserbb4ac2
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfDiálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfEversonFerreira20
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxMartin M Flynn
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaIlda Bicacro
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfRILTONNOGUEIRADOSSAN
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptParticular
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaLuanaAlves940822
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 

Último (20)

ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdfRespostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
Respostas prova do exame nacional Port. 2008 - 1ª fase - Criterios.pdf
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdfDiálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
Diálogo Crátilo de Platão sócrates daspdf
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 

Os Muçulmanos na Península Ibérica

  • 1. OS MUÇULMANOS NA PENÍNSULA
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15. Em 711 , Tarik comandando um poderoso exército invadiu, pelo estreito de Gibraltar, a Península Ibérica e facilmente venceu a fraca resistência dos cristãos visigodos, na Batalha de Guadalete . Assim terminava o breve reinado de Roderico , (709-711), o último rei visigodo da Península.
  • 16.
  • 17.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25. De resto, as populações peninsulares não guardavam do feudalismo dos tempos visigóticos boas memórias. O servilismo, a insegurança e a pobreza não eram boas recordações. A aceitação da nova realidade, passados os primeiros tempos, não foi, por isso, particularmente dolorosa.
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30. E claro, o astrolábio e a bússola, tal como a caravela que os portugueses, criaram , adaptaram ou aperfeiçoaram. Quase tudo feito de heranças, romanas e árabes, que soubemos sintetizar e a que juntamos o nosso próprio génio ou talento quando se tratou de atingir um fim: Ir mais além porque o que cá havia não chegava… GALÉ ROMANA GALÉ ROMANA ASTROLÁBIO ÁRABE