SlideShare uma empresa Scribd logo
TIPOS DE LINGUAGEM ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
FIGURAS DE LINGUAGEM
[object Object],IMITAÇÃO DE SONS BUMMM
Plunct, plact, zumm , Não vai a lugar nenhum..
[object Object],REPETIÇÃO DE VOGAIS AAAAAA
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],REPETIÇÃO DE CONSOANTES FDP
p enso que  p ena que seja  p ouco só  p enso em  p ensamento  quem  p ode me  p rocurar de cá de lá  vale  b eijinho,  b eijo,  b eijoca o  b  da  b rincadeira,  b rinquedo,  b al b uciar tin-tirim-tirim (2x)” tim-tirim My  l ove  l ua da  l enda  l onge me  l eva  l á
[object Object]
É TÃO CERTO  QUANTO  O CALOR DO FOGO JÁ NÃO TENHO ESCOLHA  E PARTICIPO DO SEU JOGO Não consigo dizer se é bom ou mau  Assim como  o ar me parece vital  Onde quer que eu vá  o que quer que eu faça  sem você não tem graça
[object Object]
AMOR É UM LIVRO – SEXO É ESPORTE   SEXO É ESCOLHA – AMOR É SORTE  AMOR É PENSAMENTO, TEOREMA  AMOR É NOVELA – SEXO É CINEMA   SEXO É IMAGINAÇÃO, FANTASIA  AMOR É PROSA – SEXO É POESIA
[object Object],SUBSTITUIÇÃO
 
[object Object],MUITA CONJUNÇÃO E... E... E... E... E...
Disseste que se tua voz  Tivesse força igual à imensa dor que sentes  Teu grito acordaria não só a tua casa  Mas a vizinhança inteira  E   há tempos nem os santos  Têm ao certo a medida da maldade  E  há tempos são os jovens que adoecem  E  há tempos o encanto está ausente  E  há ferrugem nos sorrisos  E  só o acaso estende os braços  quem procura abrigo e proteção
[object Object],SEM CONJUNÇÃO
EU NÃO SOU SEU, EU NÃO SOU DE NINGUÉM VOCÊ NÃO É MINHA, EU NÃO TENHO NINGUÉM NÓS SOMOS LIVRES INDEPENDENTE F.C. VOCÊ NÃO MANDA EM MIM, EU NÃO MANDO EM VOCÊ VOCÊ SÓ FAZ O QUE QUER, EU SÓ FAÇO O QUE QUERO NÓS SOMOS LIVRES INDEPENDENTE F.C. SE A GENTE TA ASSIM COMENDO CAPIM É PORQUE A GENTE QUER, SE NÃO QUISER NÓS SOMOS LIVRES INDEPENDENTE F.C.
[object Object],REITERAÇÃO DE IDÉIAS
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],APROXIMAR OPOSTOS
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Luz E Sombras Voz E Silêncio Razão, Coração Você E Eu Gelo E Fogo Maldição E Beleza Dor, Cura Eu E Você No Tênue Laço Que Envolve Os Sonhos Sob O Fino Véu Que Protege Os Segredos No Sol Ardente Que Abrasa Os Desejos Na Brisa Suave Que Abranda Os Temores Caminhamos Juntos, Lado A Lado Somos Opostos Que Se Atraem E Se Um Dia Fomos Dois, Hoje Somos Mais... Somos Um... OPOSTOS by prof. Joãozinho
[object Object],FUNDIR OPOSTOS
MUDARAM AS ESTAÇÕES NADA MUDOU MAS EU SEI  QUE ALGUMA COISA ACONTECEU ESTA TUDO ASSIM TÃO DIFERENTE SE LEMBRA QUANDO A GENTE CHEGOU UM DIA A CREDITAR QUE TUDO ERA PRA SEMPRE SEM SABER QUE O  PRA SEMPRE SEMPRE ACABA
[object Object],CRIAÇÃO DE PALAVRAS
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],SEQÜÊNCIA DE IDÉIAS
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],PERSONIFICAÇÃO
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],REPETIÇÃO DE PALAVRAS
Que  vês ? Que  vês  quando me  vês ? Quando a mentira acabar
[object Object],EXAGERO
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],ABRANDAMENTO
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],INVERSÃO SINTÁTICA
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],MESMO INÍCIO
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],PALAVRAS PARECIDAS
Ando devagar porque já tive pressa E levo esse sorriso porque já chorei demais Hoje me sinto mais forte, mais feliz, quem sabe... Só levo a certeza de que muito pouco sei, ou nada sei...  Conhecer as  manhas e as manhãs O sabor das  massas e das maçãs   É preciso amor pra poder pulsar É preciso paz para poder sorrir É preciso a chuva para florir
[object Object],OMISSÃO
Ela achou meu cabelo engraçado Proibida pra mim NO WAY !  Disse que nao podia ficar, mas levou a serio o que eu falei Eu vou fazer de tudo que eu puder  Eu vou roubar essa mulher pra mim  Eu posso te ligar a qualquer hora  Mas eu nem sei seu nome  Se nao eu quem vai fazer voce feliz ?   Se nao eu quem vai fazer voce feliz ?
[object Object],APELIDO - lugar
CIDADE MARAVILHOSA CHEIA DE ENCANTOS MIL CIDADE MARAVILHOSA CORAÇÃO DO MEU BRASIL
[object Object]
Eu sou  a luz das estrelas Eu sou  a cor do luar Eu sou  as coisas da vida Eu sou  o medo de amar Eu sou o medo do fraco A força da imaginação O blefe do jogador Eu sou, eu fui, eu vou ANÁFORA METÁFORA GRADAÇÃO
Entre no meu carro  Nós vamos rodar  E  seremos passageiros à noite  E  veremos a cidade em trapos  E  veremos o vazio do céu  Sob os cacos dos subúrbios daqui  Mas essa noite tudo soa tão bem  POLISSÍNDETO
Muda,  que quando a gente muda  o mundo muda com a gente. A gente muda o mundo na mudança da mente. E quando a mente muda a gente anda pra frente. E quando a gente manda ninguém manda na gente. Na mudança de atitude não há mal que não se mude nem doença sem cura. Na mudança de postura a gente fica mais seguro, na mudança do presente a gente molda o futuro! ALITERAÇÃO
Jackie foi nascer numa cabana em Noa Noa  Sol do Taiti na pele, now boa  Seu pai cruzou o mar, duas filhas na canoa  Côco pra beber e leite de leoa  Jackie é uma menina tão bonita que enjoa  Enjôo de  vertigem, viagem de avião   Hálito de virgem, dois olhos de amêndoa  Vaca, cadela, macaca, gazela  Linda toda, toda linda ela Toda beleza se reconhece nela  Jackie Tequila coca-cola e água Égua, língua,  mingua minha mágoa  oh oh yeh ALITERAÇÃO
EIE, IIIIIIIIIII IE IEIEIEIEIEEEEE ASSONÂNCIA
Vamos celebrar nossa justiça  ganância e a difamação Vamos celebrar os preconceitos  O voto dos analfabetos  Comemorar a água podre E todos os impostos Queimadas, mentiras e sequestros Nosso castelo de cartas marcadas O trabalho escravo Nosso pequeno universo Toda a hipocrisia e toda a afetação Todo roubo e toda a indiferença Vamos celebrar epidemias:É a festa da torcida campeã Vamos celebrar a fome  Não ter a quem ouvir Não se ter a quem amar  Vamos alimentar o que é maldade Vamos machucar o coração  IRONIA
Há soldados  armados, amados  ou não quase todos na rua, indeciso cordão PARONOMÁSIA
É  como  não sentir calor em Cuiabá Ou  como   no Arpoador não ver o mar É  como  não morrer de raiva com a política Ignorar que a tarde vai vadia e mítica E  como  ver televisão e não dormir Ver um bichano pelo chão e não sorrir É  como  não provar o nectar de um lindo amor Depois que o coração detecta a mais fina flor  SÍMILE
Não alimento  amor por telefone Isso é ilusão Não adianta falar de amor ao telefone  Isso é ilusão (Tele-fome )  NEOLOGISMO
E, SÃO PAULO E, SÃO PAULO SÃO PAULO  TERRA  BOA SÃO PAULO  DA GAROA PERÍFRASE
Complicada e perfeitinha você me apareceu era tudo que eu queria estrela da sorte Quando à noite ela surgia meu bem você cresceu meu namoro é na folhinha mulher de fases  PARADOXO
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],METÁFORA
Teus sinais me confundem da cabeça  aos pés mas por dentro eu te devoro.  Teu olhar não me diz exato quem tu és   mesmo assim eu te devoro, Te devoraria a qualquer preço porque te ignoro ou te  conheço  quando chove ou quando faz frio  METONÍMIA
PLEONASMO EU NASCI  HÁ  DEZ MIL ANOS  ATRÁS
Quando não houver saída Quando não houver mais solução  Ainda há de haver saída Nenhuma idéia vale uma vida    Quando não houver esperança   Quando não restar nem ilusão  Ainda há de haver esperança   cada um de nós, algo de uma criança Enquanto houver sol, enquanto houver sol Ainda haverá  Enquanto houver sol, enquanto houver sol  PARADOXO
CONTROLANDO A MINHA  MALUQUEZ MISTURADA COM MINHA LUCIDEZ NEOLOGISMO
Penso no que faço  no que fiz  e no que vou fazer   Hoje o seu retrato  só me mostra o que eu quero esquecer  Quando o sol se for meu amor vou onde você for Quando o sol se for a luz indicará você pra mim  GRADAÇÃO
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],EUFEMISMO
FALOU, MOÇADA!!! ,[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Numeral
NumeralNumeral
Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)
Flávio Ferreira
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominal
Rebeca Kaus
 
Semântica
SemânticaSemântica
Semântica
Cláudia Heloísa
 
Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbal
Sadrak Silva
 
Figuras de sintaxe
Figuras de sintaxeFiguras de sintaxe
Figuras de sintaxe
Elaine Teixeira
 
Intertextualidade
IntertextualidadeIntertextualidade
Intertextualidade
Francis Paula
 
Adjunto Adnominal
Adjunto AdnominalAdjunto Adnominal
Adjunto Adnominal
Aliffer Murillo Laguna
 
Uso dos porquês
Uso dos porquêsUso dos porquês
Uso dos porquês
Sabrina Paiva
 
Slide introdução à literatura
Slide introdução à literaturaSlide introdução à literatura
Slide introdução à literatura
fabrinnem
 
Exercícios sobre figuras de linguagem, 01
Exercícios sobre figuras de linguagem, 01Exercícios sobre figuras de linguagem, 01
Exercícios sobre figuras de linguagem, 01
ma.no.el.ne.ves
 
Classes de palavras
Classes de palavrasClasses de palavras
Classes de palavras
Julianne Rodrigues Pita
 
Os sinais de pontuação
Os sinais de pontuaçãoOs sinais de pontuação
Os sinais de pontuação
bloggerfph
 
FICHA - TIPOLOGIAS TEXTUAIS - Gabarito.pdf
FICHA - TIPOLOGIAS TEXTUAIS - Gabarito.pdfFICHA - TIPOLOGIAS TEXTUAIS - Gabarito.pdf
FICHA - TIPOLOGIAS TEXTUAIS - Gabarito.pdf
Natália Moura
 
Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem   slideFiguras de linguagem   slide
Figuras de linguagem slide
Jaciara Mota
 
Oracoes Coordenadas
Oracoes CoordenadasOracoes Coordenadas
Oracoes Coordenadas
guest7174ad
 
Tipos de sujeito
Tipos de sujeitoTipos de sujeito
Tipos de sujeito
Vivian gusm?
 
Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02
Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02
Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02
ma.no.el.ne.ves
 
Baladão Spaece e Saeb
Baladão Spaece e Saeb Baladão Spaece e Saeb
Baladão Spaece e Saeb
liliansales4
 
Complemento verbal
Complemento verbalComplemento verbal
Complemento verbal
Simone Peixoto
 

Mais procurados (20)

Numeral
NumeralNumeral
Numeral
 
Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)Regencia verbal (1)
Regencia verbal (1)
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominal
 
Semântica
SemânticaSemântica
Semântica
 
Regência nominal e verbal
Regência nominal e verbalRegência nominal e verbal
Regência nominal e verbal
 
Figuras de sintaxe
Figuras de sintaxeFiguras de sintaxe
Figuras de sintaxe
 
Intertextualidade
IntertextualidadeIntertextualidade
Intertextualidade
 
Adjunto Adnominal
Adjunto AdnominalAdjunto Adnominal
Adjunto Adnominal
 
Uso dos porquês
Uso dos porquêsUso dos porquês
Uso dos porquês
 
Slide introdução à literatura
Slide introdução à literaturaSlide introdução à literatura
Slide introdução à literatura
 
Exercícios sobre figuras de linguagem, 01
Exercícios sobre figuras de linguagem, 01Exercícios sobre figuras de linguagem, 01
Exercícios sobre figuras de linguagem, 01
 
Classes de palavras
Classes de palavrasClasses de palavras
Classes de palavras
 
Os sinais de pontuação
Os sinais de pontuaçãoOs sinais de pontuação
Os sinais de pontuação
 
FICHA - TIPOLOGIAS TEXTUAIS - Gabarito.pdf
FICHA - TIPOLOGIAS TEXTUAIS - Gabarito.pdfFICHA - TIPOLOGIAS TEXTUAIS - Gabarito.pdf
FICHA - TIPOLOGIAS TEXTUAIS - Gabarito.pdf
 
Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem   slideFiguras de linguagem   slide
Figuras de linguagem slide
 
Oracoes Coordenadas
Oracoes CoordenadasOracoes Coordenadas
Oracoes Coordenadas
 
Tipos de sujeito
Tipos de sujeitoTipos de sujeito
Tipos de sujeito
 
Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02
Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02
Exercícios sobre estilística e figuras de linguagem, 02
 
Baladão Spaece e Saeb
Baladão Spaece e Saeb Baladão Spaece e Saeb
Baladão Spaece e Saeb
 
Complemento verbal
Complemento verbalComplemento verbal
Complemento verbal
 

Destaque

Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
Angela Santos
 
Bordados
BordadosBordados
Bordados
Angela Santos
 
Acordo Ortográfico
Acordo OrtográficoAcordo Ortográfico
Acordo Ortográfico
Angela Santos
 
Os lusíadas
Os lusíadasOs lusíadas
Os lusíadas
Angela Santos
 
Cegueira Total
Cegueira TotalCegueira Total
Cegueira Total
Angela Santos
 
Regência
RegênciaRegência
Regência
Angela Santos
 
Orações Coordenadas
Orações CoordenadasOrações Coordenadas
Orações Coordenadas
Angela Santos
 
FormaçãO Das Palavras2
FormaçãO Das Palavras2FormaçãO Das Palavras2
FormaçãO Das Palavras2
Angela Santos
 
Mato grosso do sul
Mato grosso do sul Mato grosso do sul
Mato grosso do sul
Angela Santos
 
Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem slideFiguras de linguagem slide
Figuras de linguagem slide
Ivana Bastos
 
Blocos Econômicos
Blocos EconômicosBlocos Econômicos
Blocos Econômicos
Angela Santos
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
Angela Santos
 
Concordância Verbal
Concordância VerbalConcordância Verbal
Concordância Verbal
Angela Santos
 

Destaque (13)

Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
 
Bordados
BordadosBordados
Bordados
 
Acordo Ortográfico
Acordo OrtográficoAcordo Ortográfico
Acordo Ortográfico
 
Os lusíadas
Os lusíadasOs lusíadas
Os lusíadas
 
Cegueira Total
Cegueira TotalCegueira Total
Cegueira Total
 
Regência
RegênciaRegência
Regência
 
Orações Coordenadas
Orações CoordenadasOrações Coordenadas
Orações Coordenadas
 
FormaçãO Das Palavras2
FormaçãO Das Palavras2FormaçãO Das Palavras2
FormaçãO Das Palavras2
 
Mato grosso do sul
Mato grosso do sul Mato grosso do sul
Mato grosso do sul
 
Figuras de linguagem slide
Figuras de linguagem slideFiguras de linguagem slide
Figuras de linguagem slide
 
Blocos Econômicos
Blocos EconômicosBlocos Econômicos
Blocos Econômicos
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
 
Concordância Verbal
Concordância VerbalConcordância Verbal
Concordância Verbal
 

Semelhante a FIGURAS DE LINGUAGEM

Figuras De Linguagem
Figuras De LinguagemFiguras De Linguagem
Figuras De Linguagem
Angela Santos
 
Literatura - Figuras Linguagem
Literatura - Figuras LinguagemLiteratura - Figuras Linguagem
Literatura - Figuras Linguagem
Carson Souza
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
Carolina Loçasso Pereira
 
Figuras linguagem
Figuras linguagemFiguras linguagem
Figuras linguagem
claudia murta
 
FIGURAS DE LINGUAGEM.ppt
FIGURAS DE LINGUAGEM.pptFIGURAS DE LINGUAGEM.ppt
FIGURAS DE LINGUAGEM.ppt
SAMARASILVANOGUEIRAP
 
Figuras de linguagem 1
Figuras de linguagem 1Figuras de linguagem 1
Figuras linguagem[1]
Figuras linguagem[1]Figuras linguagem[1]
Figuras linguagem[1]
Leila Brandão
 
Figuras de Linguagem
Figuras de Linguagem Figuras de Linguagem
Figuras de Linguagem
144porhora
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
proveronice
 
Poemas Ilustrados
Poemas IlustradosPoemas Ilustrados
Poemas Ilustrados
vales
 
Gerações poéticas
Gerações poéticasGerações poéticas
Gerações poéticas
Andre Guerra
 
Músicas
MúsicasMúsicas
Músicas
Marcel Freire
 
Calendário Mensal: Julho 2010
Calendário Mensal: Julho 2010Calendário Mensal: Julho 2010
Calendário Mensal: Julho 2010
Gisele Santos
 
Calendário julho 2010_rosely
Calendário julho 2010_roselyCalendário julho 2010_rosely
Calendário julho 2010_rosely
Gisele Santos
 
Suplemento acre 0011 e book
Suplemento acre 0011 e book Suplemento acre 0011 e book
Suplemento acre 0011 e book
AMEOPOEMA Editora
 
Imagens e Poesias
  Imagens e Poesias  Imagens e Poesias
Imagens e Poesias
Ivanete Oliveira
 
Imagens e poesias
Imagens e poesiasImagens e poesias
Imagens e poesias
Ivanete Oliveira
 
Pinturas E Poesias
Pinturas E  PoesiasPinturas E  Poesias
Pinturas E Poesias
guestbe4900
 
FIGURAS DE LINGUAGEM
FIGURAS DE LINGUAGEM FIGURAS DE LINGUAGEM
FIGURAS DE LINGUAGEM
Paula Meyer Piagentini
 
02 - Proposta de redação sobre o amor - texto injuntivo
02 - Proposta de redação sobre o amor - texto injuntivo02 - Proposta de redação sobre o amor - texto injuntivo
02 - Proposta de redação sobre o amor - texto injuntivo
NAPNE
 

Semelhante a FIGURAS DE LINGUAGEM (20)

Figuras De Linguagem
Figuras De LinguagemFiguras De Linguagem
Figuras De Linguagem
 
Literatura - Figuras Linguagem
Literatura - Figuras LinguagemLiteratura - Figuras Linguagem
Literatura - Figuras Linguagem
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Figuras linguagem
Figuras linguagemFiguras linguagem
Figuras linguagem
 
FIGURAS DE LINGUAGEM.ppt
FIGURAS DE LINGUAGEM.pptFIGURAS DE LINGUAGEM.ppt
FIGURAS DE LINGUAGEM.ppt
 
Figuras de linguagem 1
Figuras de linguagem 1Figuras de linguagem 1
Figuras de linguagem 1
 
Figuras linguagem[1]
Figuras linguagem[1]Figuras linguagem[1]
Figuras linguagem[1]
 
Figuras de Linguagem
Figuras de Linguagem Figuras de Linguagem
Figuras de Linguagem
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Poemas Ilustrados
Poemas IlustradosPoemas Ilustrados
Poemas Ilustrados
 
Gerações poéticas
Gerações poéticasGerações poéticas
Gerações poéticas
 
Músicas
MúsicasMúsicas
Músicas
 
Calendário Mensal: Julho 2010
Calendário Mensal: Julho 2010Calendário Mensal: Julho 2010
Calendário Mensal: Julho 2010
 
Calendário julho 2010_rosely
Calendário julho 2010_roselyCalendário julho 2010_rosely
Calendário julho 2010_rosely
 
Suplemento acre 0011 e book
Suplemento acre 0011 e book Suplemento acre 0011 e book
Suplemento acre 0011 e book
 
Imagens e Poesias
  Imagens e Poesias  Imagens e Poesias
Imagens e Poesias
 
Imagens e poesias
Imagens e poesiasImagens e poesias
Imagens e poesias
 
Pinturas E Poesias
Pinturas E  PoesiasPinturas E  Poesias
Pinturas E Poesias
 
FIGURAS DE LINGUAGEM
FIGURAS DE LINGUAGEM FIGURAS DE LINGUAGEM
FIGURAS DE LINGUAGEM
 
02 - Proposta de redação sobre o amor - texto injuntivo
02 - Proposta de redação sobre o amor - texto injuntivo02 - Proposta de redação sobre o amor - texto injuntivo
02 - Proposta de redação sobre o amor - texto injuntivo
 

Mais de Angela Santos

Arte Renascentista
Arte RenascentistaArte Renascentista
Arte Renascentista
Angela Santos
 
Arte Renascentista
Arte RenascentistaArte Renascentista
Arte Renascentista
Angela Santos
 
Historia social do classicismo
Historia social do classicismoHistoria social do classicismo
Historia social do classicismo
Angela Santos
 
Apresentacao
ApresentacaoApresentacao
Apresentacao
Angela Santos
 
Feliz Metade do Ano
Feliz Metade do AnoFeliz Metade do Ano
Feliz Metade do Ano
Angela Santos
 
A reforma ortografica
A reforma ortograficaA reforma ortografica
A reforma ortografica
Angela Santos
 
O Cachorro e o Coelho
O Cachorro e o CoelhoO Cachorro e o Coelho
O Cachorro e o Coelho
Angela Santos
 
Colocação Pronominal
Colocação PronominalColocação Pronominal
Colocação Pronominal
Angela Santos
 
Revisão
RevisãoRevisão
Revisão
Angela Santos
 
Arte Românica
Arte RomânicaArte Românica
Arte Românica
Angela Santos
 
Estrutura Das Palavras2
Estrutura Das Palavras2Estrutura Das Palavras2
Estrutura Das Palavras2
Angela Santos
 
Estrutura Das Palavras1
Estrutura Das Palavras1Estrutura Das Palavras1
Estrutura Das Palavras1
Angela Santos
 
Regência
RegênciaRegência
Regência
Angela Santos
 
Crase
CraseCrase
Estrutura Das Palavras1
Estrutura Das Palavras1Estrutura Das Palavras1
Estrutura Das Palavras1
Angela Santos
 
Classes Gramaticais
Classes GramaticaisClasses Gramaticais
Classes Gramaticais
Angela Santos
 
Hq Reduzido
Hq ReduzidoHq Reduzido
Hq Reduzido
Angela Santos
 
Feliz Metade Do Ano
Feliz Metade Do AnoFeliz Metade Do Ano
Feliz Metade Do Ano
Angela Santos
 

Mais de Angela Santos (18)

Arte Renascentista
Arte RenascentistaArte Renascentista
Arte Renascentista
 
Arte Renascentista
Arte RenascentistaArte Renascentista
Arte Renascentista
 
Historia social do classicismo
Historia social do classicismoHistoria social do classicismo
Historia social do classicismo
 
Apresentacao
ApresentacaoApresentacao
Apresentacao
 
Feliz Metade do Ano
Feliz Metade do AnoFeliz Metade do Ano
Feliz Metade do Ano
 
A reforma ortografica
A reforma ortograficaA reforma ortografica
A reforma ortografica
 
O Cachorro e o Coelho
O Cachorro e o CoelhoO Cachorro e o Coelho
O Cachorro e o Coelho
 
Colocação Pronominal
Colocação PronominalColocação Pronominal
Colocação Pronominal
 
Revisão
RevisãoRevisão
Revisão
 
Arte Românica
Arte RomânicaArte Românica
Arte Românica
 
Estrutura Das Palavras2
Estrutura Das Palavras2Estrutura Das Palavras2
Estrutura Das Palavras2
 
Estrutura Das Palavras1
Estrutura Das Palavras1Estrutura Das Palavras1
Estrutura Das Palavras1
 
Regência
RegênciaRegência
Regência
 
Crase
CraseCrase
Crase
 
Estrutura Das Palavras1
Estrutura Das Palavras1Estrutura Das Palavras1
Estrutura Das Palavras1
 
Classes Gramaticais
Classes GramaticaisClasses Gramaticais
Classes Gramaticais
 
Hq Reduzido
Hq ReduzidoHq Reduzido
Hq Reduzido
 
Feliz Metade Do Ano
Feliz Metade Do AnoFeliz Metade Do Ano
Feliz Metade Do Ano
 

Último

Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
erico paulo rocha guedes
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 

Último (20)

Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdfTrabalho de Geografia industrialização.pdf
Trabalho de Geografia industrialização.pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 

FIGURAS DE LINGUAGEM

  • 1.
  • 3.
  • 4. Plunct, plact, zumm , Não vai a lugar nenhum..
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8. p enso que p ena que seja p ouco só p enso em p ensamento quem p ode me p rocurar de cá de lá vale b eijinho, b eijo, b eijoca o b da b rincadeira, b rinquedo, b al b uciar tin-tirim-tirim (2x)” tim-tirim My l ove l ua da l enda l onge me l eva l á
  • 9.
  • 10. É TÃO CERTO QUANTO O CALOR DO FOGO JÁ NÃO TENHO ESCOLHA E PARTICIPO DO SEU JOGO Não consigo dizer se é bom ou mau Assim como o ar me parece vital Onde quer que eu vá o que quer que eu faça sem você não tem graça
  • 11.
  • 12. AMOR É UM LIVRO – SEXO É ESPORTE SEXO É ESCOLHA – AMOR É SORTE AMOR É PENSAMENTO, TEOREMA AMOR É NOVELA – SEXO É CINEMA SEXO É IMAGINAÇÃO, FANTASIA AMOR É PROSA – SEXO É POESIA
  • 13.
  • 14.  
  • 15.
  • 16. Disseste que se tua voz Tivesse força igual à imensa dor que sentes Teu grito acordaria não só a tua casa Mas a vizinhança inteira E há tempos nem os santos Têm ao certo a medida da maldade E há tempos são os jovens que adoecem E há tempos o encanto está ausente E há ferrugem nos sorrisos E só o acaso estende os braços quem procura abrigo e proteção
  • 17.
  • 18. EU NÃO SOU SEU, EU NÃO SOU DE NINGUÉM VOCÊ NÃO É MINHA, EU NÃO TENHO NINGUÉM NÓS SOMOS LIVRES INDEPENDENTE F.C. VOCÊ NÃO MANDA EM MIM, EU NÃO MANDO EM VOCÊ VOCÊ SÓ FAZ O QUE QUER, EU SÓ FAÇO O QUE QUERO NÓS SOMOS LIVRES INDEPENDENTE F.C. SE A GENTE TA ASSIM COMENDO CAPIM É PORQUE A GENTE QUER, SE NÃO QUISER NÓS SOMOS LIVRES INDEPENDENTE F.C.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23. Luz E Sombras Voz E Silêncio Razão, Coração Você E Eu Gelo E Fogo Maldição E Beleza Dor, Cura Eu E Você No Tênue Laço Que Envolve Os Sonhos Sob O Fino Véu Que Protege Os Segredos No Sol Ardente Que Abrasa Os Desejos Na Brisa Suave Que Abranda Os Temores Caminhamos Juntos, Lado A Lado Somos Opostos Que Se Atraem E Se Um Dia Fomos Dois, Hoje Somos Mais... Somos Um... OPOSTOS by prof. Joãozinho
  • 24.
  • 25. MUDARAM AS ESTAÇÕES NADA MUDOU MAS EU SEI QUE ALGUMA COISA ACONTECEU ESTA TUDO ASSIM TÃO DIFERENTE SE LEMBRA QUANDO A GENTE CHEGOU UM DIA A CREDITAR QUE TUDO ERA PRA SEMPRE SEM SABER QUE O PRA SEMPRE SEMPRE ACABA
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35. Que vês ? Que vês quando me vês ? Quando a mentira acabar
  • 36.
  • 37.
  • 38.
  • 39.
  • 40.
  • 41.
  • 42.
  • 43.
  • 44.
  • 45.
  • 46. Ando devagar porque já tive pressa E levo esse sorriso porque já chorei demais Hoje me sinto mais forte, mais feliz, quem sabe... Só levo a certeza de que muito pouco sei, ou nada sei... Conhecer as manhas e as manhãs O sabor das massas e das maçãs É preciso amor pra poder pulsar É preciso paz para poder sorrir É preciso a chuva para florir
  • 47.
  • 48. Ela achou meu cabelo engraçado Proibida pra mim NO WAY ! Disse que nao podia ficar, mas levou a serio o que eu falei Eu vou fazer de tudo que eu puder Eu vou roubar essa mulher pra mim Eu posso te ligar a qualquer hora Mas eu nem sei seu nome Se nao eu quem vai fazer voce feliz ? Se nao eu quem vai fazer voce feliz ?
  • 49.
  • 50. CIDADE MARAVILHOSA CHEIA DE ENCANTOS MIL CIDADE MARAVILHOSA CORAÇÃO DO MEU BRASIL
  • 51.
  • 52. Eu sou a luz das estrelas Eu sou a cor do luar Eu sou as coisas da vida Eu sou o medo de amar Eu sou o medo do fraco A força da imaginação O blefe do jogador Eu sou, eu fui, eu vou ANÁFORA METÁFORA GRADAÇÃO
  • 53. Entre no meu carro Nós vamos rodar E seremos passageiros à noite E veremos a cidade em trapos E veremos o vazio do céu Sob os cacos dos subúrbios daqui Mas essa noite tudo soa tão bem POLISSÍNDETO
  • 54. Muda, que quando a gente muda o mundo muda com a gente. A gente muda o mundo na mudança da mente. E quando a mente muda a gente anda pra frente. E quando a gente manda ninguém manda na gente. Na mudança de atitude não há mal que não se mude nem doença sem cura. Na mudança de postura a gente fica mais seguro, na mudança do presente a gente molda o futuro! ALITERAÇÃO
  • 55. Jackie foi nascer numa cabana em Noa Noa Sol do Taiti na pele, now boa Seu pai cruzou o mar, duas filhas na canoa Côco pra beber e leite de leoa Jackie é uma menina tão bonita que enjoa Enjôo de vertigem, viagem de avião Hálito de virgem, dois olhos de amêndoa Vaca, cadela, macaca, gazela Linda toda, toda linda ela Toda beleza se reconhece nela Jackie Tequila coca-cola e água Égua, língua, mingua minha mágoa oh oh yeh ALITERAÇÃO
  • 56. EIE, IIIIIIIIIII IE IEIEIEIEIEEEEE ASSONÂNCIA
  • 57. Vamos celebrar nossa justiça ganância e a difamação Vamos celebrar os preconceitos O voto dos analfabetos Comemorar a água podre E todos os impostos Queimadas, mentiras e sequestros Nosso castelo de cartas marcadas O trabalho escravo Nosso pequeno universo Toda a hipocrisia e toda a afetação Todo roubo e toda a indiferença Vamos celebrar epidemias:É a festa da torcida campeã Vamos celebrar a fome Não ter a quem ouvir Não se ter a quem amar Vamos alimentar o que é maldade Vamos machucar o coração IRONIA
  • 58. Há soldados armados, amados ou não quase todos na rua, indeciso cordão PARONOMÁSIA
  • 59. É como não sentir calor em Cuiabá Ou como no Arpoador não ver o mar É como não morrer de raiva com a política Ignorar que a tarde vai vadia e mítica E como ver televisão e não dormir Ver um bichano pelo chão e não sorrir É como não provar o nectar de um lindo amor Depois que o coração detecta a mais fina flor SÍMILE
  • 60. Não alimento amor por telefone Isso é ilusão Não adianta falar de amor ao telefone Isso é ilusão (Tele-fome ) NEOLOGISMO
  • 61. E, SÃO PAULO E, SÃO PAULO SÃO PAULO TERRA BOA SÃO PAULO DA GAROA PERÍFRASE
  • 62. Complicada e perfeitinha você me apareceu era tudo que eu queria estrela da sorte Quando à noite ela surgia meu bem você cresceu meu namoro é na folhinha mulher de fases PARADOXO
  • 63.
  • 64. Teus sinais me confundem da cabeça aos pés mas por dentro eu te devoro. Teu olhar não me diz exato quem tu és mesmo assim eu te devoro, Te devoraria a qualquer preço porque te ignoro ou te conheço quando chove ou quando faz frio METONÍMIA
  • 65. PLEONASMO EU NASCI HÁ DEZ MIL ANOS ATRÁS
  • 66. Quando não houver saída Quando não houver mais solução Ainda há de haver saída Nenhuma idéia vale uma vida Quando não houver esperança Quando não restar nem ilusão Ainda há de haver esperança cada um de nós, algo de uma criança Enquanto houver sol, enquanto houver sol Ainda haverá Enquanto houver sol, enquanto houver sol PARADOXO
  • 67. CONTROLANDO A MINHA MALUQUEZ MISTURADA COM MINHA LUCIDEZ NEOLOGISMO
  • 68. Penso no que faço no que fiz e no que vou fazer Hoje o seu retrato só me mostra o que eu quero esquecer Quando o sol se for meu amor vou onde você for Quando o sol se for a luz indicará você pra mim GRADAÇÃO
  • 69.
  • 70.