SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
Como eliminar a
fibrose pós-
operatória?
Existem muitas consultas sobre os tratamentos mais eficazes para
eliminar a fibrose após uma lipoaspiração ou uma
abdominoplastia
Entre os métodos mais comuns e recomendados para melhorar
esta condição incluem:
Massagem pós-cirúrgica
São indicados para melhorar os resultados da
cirurgia e também para acelerar a recuperação
do paciente; recomendado especialmente em
operações de alta complexidade, como
lipoaspiração.
A aplicação de corrente galvânica na fibrose
consegue estimular o reparo tecidual e, além
disso, consegue destruir aqueles que são afetados
pelo processo de cicatrização anormal.
É altamente recomendado por especialistas para
tratar a fibrose.
Corrente galvânica
Ondas de choque
Eles são conhecidos por sua eficácia na redução da celulite.
Portanto, alguns especialistas também recomenda como
um tratamento para a fibrose pós-operatório.
A sua ação facilita o relaxamento de tecidos conjuntivos e
regeneração celular.
Cavitação
Este procedimento consegue
quebrar, através de ondas de
ultrassom, os tecidos mal
curados que causam fibrose,
mas sem afetar os tecidos
circundantes.
Por esta razão, os cirurgiões
recomendam este
tratamento para reduzir o
endurecimento produzido
pela cirurgia estética.
Com esse procedimento, é realizada a
lipoaspiração a laser, que elimina o excesso de
gordura e também reduz a fibrose e outras
irregularidades que podem ocorrer durante a
cirurgia plástica.
Uma das vantagens do lipolaser é que ele aperta e
tonifica os tecidos enquanto suaviza e reafirma a
pele.
Lipoláser
Este procedimento consegue
quebrar, através de ondas de
ultrassom, os tecidos mal
curados que causam fibrose,
mas sem afetar os tecidos
circundantes.
Por esta razão, os cirurgiões
recomendam este
tratamento para reduzir o
endurecimento produzido
pela cirurgia estética.
Neste tratamento, o dióxido de carbono é aplicado para
destruir a gordura em uma determinada área. Também
melhora a circulação, a tonicidade e a elasticidade da
pele e reduz visivelmente a celulite.
Um de seus efeitos é a tensão tecidual e, por essa razão,
os especialistas recomendam que seja uma opção para
tratar a fibrose pós-operatória.
Carboxiterapia
Não se deve enfatizar que todos os tratamentos acima
devem ser realizados somente por especialistas em
medicina estética que tenham treinamento e experiência
extensivos.
Isso reduz a possibilidade de causar outros tipos de
complicações, o que pode levar ao agravamento da fibrose
ou até mesmo à saúde do paciente.
Este procedimento consegue
quebrar, através de ondas de
ultrassom, os tecidos mal
curados que causam fibrose,
mas sem afetar os tecidos
circundantes.
Por esta razão, os cirurgiões
recomendam este
tratamento para reduzir o
endurecimento produzido
pela cirurgia estética.
Telefone
31 9.9798-2208
E-mail
renatacrispadua@gmail.com
Site
http://procedimentosesteticos.com.br
Renata Pádua
Entre em contato comigo
QUER CRIAR APRESENTAÇÕES?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aplicação do ozônio
Aplicação do ozônioAplicação do ozônio
Aplicação do ozônioOZ Engenharia
 
Aula biossegurança
Aula biossegurançaAula biossegurança
Aula biossegurançaRenatbar
 
Princípios de biossegurança pdf
Princípios de biossegurança pdfPrincípios de biossegurança pdf
Princípios de biossegurança pdfRherysonn Pantoja
 
Primeiros socorros - Queimaduras
Primeiros socorros - QueimadurasPrimeiros socorros - Queimaduras
Primeiros socorros - QueimadurasRhuan Ornilo
 
Lesão Entorse Fratura e Contusão
Lesão Entorse Fratura e ContusãoLesão Entorse Fratura e Contusão
Lesão Entorse Fratura e ContusãoThiago Vieira
 
Tudo sobre curativo (Avaliação/Princípios/Técnicas de Realização)
Tudo sobre curativo (Avaliação/Princípios/Técnicas de Realização)Tudo sobre curativo (Avaliação/Princípios/Técnicas de Realização)
Tudo sobre curativo (Avaliação/Princípios/Técnicas de Realização)Joseir Saturnino
 
Terapias Complementares
Terapias ComplementaresTerapias Complementares
Terapias ComplementaresRodrigo Abreu
 
Assistência ao Paciente Grande Queimado
Assistência ao Paciente Grande QueimadoAssistência ao Paciente Grande Queimado
Assistência ao Paciente Grande QueimadoJanaína Lassala
 
Guiadepatologiasungueasi 130418083834-phpapp02 (1)
Guiadepatologiasungueasi 130418083834-phpapp02 (1)Guiadepatologiasungueasi 130418083834-phpapp02 (1)
Guiadepatologiasungueasi 130418083834-phpapp02 (1)Bete Omiya
 
Câncer de Pâncreas
Câncer de PâncreasCâncer de Pâncreas
Câncer de PâncreasOncoguia
 
Aula biossegurança
Aula biossegurançaAula biossegurança
Aula biossegurançanuiashrl
 
Semiologia da dor 2018
Semiologia da dor 2018Semiologia da dor 2018
Semiologia da dor 2018pauloalambert
 
Aula: Câncer de Pele, Protetores Solar e Envelhecimento Cutâneo
Aula: Câncer de Pele, Protetores Solar e Envelhecimento CutâneoAula: Câncer de Pele, Protetores Solar e Envelhecimento Cutâneo
Aula: Câncer de Pele, Protetores Solar e Envelhecimento CutâneoHerbert Cristian de Souza
 

Mais procurados (20)

BIOSSEGURANÇA NA ESTÉTICA
BIOSSEGURANÇA NA ESTÉTICABIOSSEGURANÇA NA ESTÉTICA
BIOSSEGURANÇA NA ESTÉTICA
 
Aplicação do ozônio
Aplicação do ozônioAplicação do ozônio
Aplicação do ozônio
 
Aula biossegurança
Aula biossegurançaAula biossegurança
Aula biossegurança
 
Princípios de biossegurança pdf
Princípios de biossegurança pdfPrincípios de biossegurança pdf
Princípios de biossegurança pdf
 
Primeiros socorros - Queimaduras
Primeiros socorros - QueimadurasPrimeiros socorros - Queimaduras
Primeiros socorros - Queimaduras
 
Higiene e profilaxia
Higiene e profilaxiaHigiene e profilaxia
Higiene e profilaxia
 
Tema nutrição aplicadaenferm
Tema   nutrição aplicadaenfermTema   nutrição aplicadaenferm
Tema nutrição aplicadaenferm
 
Lesão Entorse Fratura e Contusão
Lesão Entorse Fratura e ContusãoLesão Entorse Fratura e Contusão
Lesão Entorse Fratura e Contusão
 
Tudo sobre curativo (Avaliação/Princípios/Técnicas de Realização)
Tudo sobre curativo (Avaliação/Princípios/Técnicas de Realização)Tudo sobre curativo (Avaliação/Princípios/Técnicas de Realização)
Tudo sobre curativo (Avaliação/Princípios/Técnicas de Realização)
 
Terapias Complementares
Terapias ComplementaresTerapias Complementares
Terapias Complementares
 
Assistência ao Paciente Grande Queimado
Assistência ao Paciente Grande QueimadoAssistência ao Paciente Grande Queimado
Assistência ao Paciente Grande Queimado
 
Ozonioterapia - Basics - Maria Emilia Gadelha Serra
Ozonioterapia - Basics - Maria Emilia Gadelha SerraOzonioterapia - Basics - Maria Emilia Gadelha Serra
Ozonioterapia - Basics - Maria Emilia Gadelha Serra
 
Guiadepatologiasungueasi 130418083834-phpapp02 (1)
Guiadepatologiasungueasi 130418083834-phpapp02 (1)Guiadepatologiasungueasi 130418083834-phpapp02 (1)
Guiadepatologiasungueasi 130418083834-phpapp02 (1)
 
Câncer de Pâncreas
Câncer de PâncreasCâncer de Pâncreas
Câncer de Pâncreas
 
Aula biossegurança
Aula biossegurançaAula biossegurança
Aula biossegurança
 
Biossegurança pdf
Biossegurança pdfBiossegurança pdf
Biossegurança pdf
 
Aula 2 saúde e doença
Aula 2   saúde e doençaAula 2   saúde e doença
Aula 2 saúde e doença
 
Curativos e coberturas
Curativos e coberturasCurativos e coberturas
Curativos e coberturas
 
Semiologia da dor 2018
Semiologia da dor 2018Semiologia da dor 2018
Semiologia da dor 2018
 
Aula: Câncer de Pele, Protetores Solar e Envelhecimento Cutâneo
Aula: Câncer de Pele, Protetores Solar e Envelhecimento CutâneoAula: Câncer de Pele, Protetores Solar e Envelhecimento Cutâneo
Aula: Câncer de Pele, Protetores Solar e Envelhecimento Cutâneo
 

Semelhante a Fibrose

Curso Fusiomed - Apresentação.ppt
Curso Fusiomed - Apresentação.pptCurso Fusiomed - Apresentação.ppt
Curso Fusiomed - Apresentação.pptSulLaserLocaes1
 
Cirurgias Plásticas - Riscos e Benefícios
Cirurgias Plásticas - Riscos e Benefícios Cirurgias Plásticas - Riscos e Benefícios
Cirurgias Plásticas - Riscos e Benefícios Made Marketing
 
Apresentação Unique.pptx
Apresentação Unique.pptxApresentação Unique.pptx
Apresentação Unique.pptxSulLaserLocaes1
 
Fisioterapia Dermato Funcional
Fisioterapia Dermato FuncionalFisioterapia Dermato Funcional
Fisioterapia Dermato FuncionalWelisson Porto
 
700740332-0601-TREINAMENTO-LAVIEEN-2021-1.pdf
700740332-0601-TREINAMENTO-LAVIEEN-2021-1.pdf700740332-0601-TREINAMENTO-LAVIEEN-2021-1.pdf
700740332-0601-TREINAMENTO-LAVIEEN-2021-1.pdfMichele Carvalho
 
Intercorrências.pptx
Intercorrências.pptxIntercorrências.pptx
Intercorrências.pptxssuser815d39
 
Tudo sobre lipoaspiração
Tudo sobre lipoaspiraçãoTudo sobre lipoaspiração
Tudo sobre lipoaspiraçãoClinica CMP
 
Zerona uma nova maneira de perder medidas! Sem lipoaspiração!
Zerona uma nova maneira de perder medidas! Sem lipoaspiração!Zerona uma nova maneira de perder medidas! Sem lipoaspiração!
Zerona uma nova maneira de perder medidas! Sem lipoaspiração!Luiz Philipe Vana
 
Manual Ultracavitação Lipocavity Medical San
Manual Ultracavitação Lipocavity Medical SanManual Ultracavitação Lipocavity Medical San
Manual Ultracavitação Lipocavity Medical SanAmericanFisio
 
Aula cirurgia plástica
Aula cirurgia plásticaAula cirurgia plástica
Aula cirurgia plásticaLiliane Ennes
 
Dermato funcional
Dermato funcional Dermato funcional
Dermato funcional Breno Luan
 
Linfedema pós mastectomia
Linfedema pós mastectomiaLinfedema pós mastectomia
Linfedema pós mastectomiaNatasha Freitas
 
Manual Ultracavitação Lipocavity Start - Medical San
Manual Ultracavitação Lipocavity Start - Medical SanManual Ultracavitação Lipocavity Start - Medical San
Manual Ultracavitação Lipocavity Start - Medical SanAmericanFisio
 

Semelhante a Fibrose (20)

Curso Fusiomed - Apresentação.ppt
Curso Fusiomed - Apresentação.pptCurso Fusiomed - Apresentação.ppt
Curso Fusiomed - Apresentação.ppt
 
Tratamentos
TratamentosTratamentos
Tratamentos
 
Tratamentos
TratamentosTratamentos
Tratamentos
 
Estrias tratamentos
Estrias   tratamentosEstrias   tratamentos
Estrias tratamentos
 
Cirurgia plastica
Cirurgia plasticaCirurgia plastica
Cirurgia plastica
 
Cirurgia plastica
Cirurgia plasticaCirurgia plastica
Cirurgia plastica
 
Abdominoplastias
AbdominoplastiasAbdominoplastias
Abdominoplastias
 
Cirurgias Plásticas - Riscos e Benefícios
Cirurgias Plásticas - Riscos e Benefícios Cirurgias Plásticas - Riscos e Benefícios
Cirurgias Plásticas - Riscos e Benefícios
 
Drenagem linfatica
Drenagem linfaticaDrenagem linfatica
Drenagem linfatica
 
Apresentação Unique.pptx
Apresentação Unique.pptxApresentação Unique.pptx
Apresentação Unique.pptx
 
Fisioterapia Dermato Funcional
Fisioterapia Dermato FuncionalFisioterapia Dermato Funcional
Fisioterapia Dermato Funcional
 
700740332-0601-TREINAMENTO-LAVIEEN-2021-1.pdf
700740332-0601-TREINAMENTO-LAVIEEN-2021-1.pdf700740332-0601-TREINAMENTO-LAVIEEN-2021-1.pdf
700740332-0601-TREINAMENTO-LAVIEEN-2021-1.pdf
 
Intercorrências.pptx
Intercorrências.pptxIntercorrências.pptx
Intercorrências.pptx
 
Tudo sobre lipoaspiração
Tudo sobre lipoaspiraçãoTudo sobre lipoaspiração
Tudo sobre lipoaspiração
 
Zerona uma nova maneira de perder medidas! Sem lipoaspiração!
Zerona uma nova maneira de perder medidas! Sem lipoaspiração!Zerona uma nova maneira de perder medidas! Sem lipoaspiração!
Zerona uma nova maneira de perder medidas! Sem lipoaspiração!
 
Manual Ultracavitação Lipocavity Medical San
Manual Ultracavitação Lipocavity Medical SanManual Ultracavitação Lipocavity Medical San
Manual Ultracavitação Lipocavity Medical San
 
Aula cirurgia plástica
Aula cirurgia plásticaAula cirurgia plástica
Aula cirurgia plástica
 
Dermato funcional
Dermato funcional Dermato funcional
Dermato funcional
 
Linfedema pós mastectomia
Linfedema pós mastectomiaLinfedema pós mastectomia
Linfedema pós mastectomia
 
Manual Ultracavitação Lipocavity Start - Medical San
Manual Ultracavitação Lipocavity Start - Medical SanManual Ultracavitação Lipocavity Start - Medical San
Manual Ultracavitação Lipocavity Start - Medical San
 

Mais de Renata Pádua

Medicina Ortomolecular
Medicina OrtomolecularMedicina Ortomolecular
Medicina OrtomolecularRenata Pádua
 
Marketing clinica de estetica
Marketing clinica de esteticaMarketing clinica de estetica
Marketing clinica de esteticaRenata Pádua
 
As 10 principais estrategias de marketing de conteudo
As 10 principais estrategias de marketing de conteudoAs 10 principais estrategias de marketing de conteudo
As 10 principais estrategias de marketing de conteudoRenata Pádua
 
Contra indicacao para cirurgia plastica
Contra indicacao para cirurgia plasticaContra indicacao para cirurgia plastica
Contra indicacao para cirurgia plasticaRenata Pádua
 
Contra indicacao para cirurgia plastica
Contra indicacao para cirurgia plasticaContra indicacao para cirurgia plastica
Contra indicacao para cirurgia plasticaRenata Pádua
 

Mais de Renata Pádua (10)

Medicina Ortomolecular
Medicina OrtomolecularMedicina Ortomolecular
Medicina Ortomolecular
 
Catarata
Catarata Catarata
Catarata
 
Marketing clinica de estetica
Marketing clinica de esteticaMarketing clinica de estetica
Marketing clinica de estetica
 
As 10 principais estrategias de marketing de conteudo
As 10 principais estrategias de marketing de conteudoAs 10 principais estrategias de marketing de conteudo
As 10 principais estrategias de marketing de conteudo
 
Contra indicacao para cirurgia plastica
Contra indicacao para cirurgia plasticaContra indicacao para cirurgia plastica
Contra indicacao para cirurgia plastica
 
Contra indicacao para cirurgia plastica
Contra indicacao para cirurgia plasticaContra indicacao para cirurgia plastica
Contra indicacao para cirurgia plastica
 
Longevidade
LongevidadeLongevidade
Longevidade
 
Longevidade
LongevidadeLongevidade
Longevidade
 
Longevidade
LongevidadeLongevidade
Longevidade
 
Ebook estetica
Ebook esteticaEbook estetica
Ebook estetica
 

Último

Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSHomens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSProf. Marcus Renato de Carvalho
 
Manual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdfManual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdfDanieldaSade
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfRELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfHELLEN CRISTINA
 
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclos
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclosCaracterísticas gerais dos vírus- Estrutura, ciclos
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclosThaiseGerber2
 
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades PúblicasAlimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades PúblicasProf. Marcus Renato de Carvalho
 
Altas habilidades/superdotação. Adelino Felisberto
Altas habilidades/superdotação. Adelino FelisbertoAltas habilidades/superdotação. Adelino Felisberto
Altas habilidades/superdotação. Adelino Felisbertoadelinofelisberto3
 
relatorio ciencias morfofuncion ais.pdf
relatorio ciencias morfofuncion  ais.pdfrelatorio ciencias morfofuncion  ais.pdf
relatorio ciencias morfofuncion ais.pdfHELLEN CRISTINA
 
Manual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdfManual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdfDanieldaSade
 
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdfIANAHAAS
 
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdfrelatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdfHELLEN CRISTINA
 
Treinamento NR 18.pdf .......................................
Treinamento NR 18.pdf .......................................Treinamento NR 18.pdf .......................................
Treinamento NR 18.pdf .......................................paulo222341
 

Último (11)

Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSHomens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
 
Manual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdfManual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Sífilis.pdf
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdfRELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I.pdf
 
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclos
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclosCaracterísticas gerais dos vírus- Estrutura, ciclos
Características gerais dos vírus- Estrutura, ciclos
 
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades PúblicasAlimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
Alimentação / Amamentação Lactentes em Calamidades Públicas
 
Altas habilidades/superdotação. Adelino Felisberto
Altas habilidades/superdotação. Adelino FelisbertoAltas habilidades/superdotação. Adelino Felisberto
Altas habilidades/superdotação. Adelino Felisberto
 
relatorio ciencias morfofuncion ais.pdf
relatorio ciencias morfofuncion  ais.pdfrelatorio ciencias morfofuncion  ais.pdf
relatorio ciencias morfofuncion ais.pdf
 
Manual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdfManual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdf
Manual Técnico para Diagnóstico da Infecção pelo HIV.pdf
 
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
 
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdfrelatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
relatorio de estagio de terapia ocupacional.pdf
 
Treinamento NR 18.pdf .......................................
Treinamento NR 18.pdf .......................................Treinamento NR 18.pdf .......................................
Treinamento NR 18.pdf .......................................
 

Fibrose

  • 1. Como eliminar a fibrose pós- operatória?
  • 2. Existem muitas consultas sobre os tratamentos mais eficazes para eliminar a fibrose após uma lipoaspiração ou uma abdominoplastia Entre os métodos mais comuns e recomendados para melhorar esta condição incluem: Massagem pós-cirúrgica São indicados para melhorar os resultados da cirurgia e também para acelerar a recuperação do paciente; recomendado especialmente em operações de alta complexidade, como lipoaspiração.
  • 3. A aplicação de corrente galvânica na fibrose consegue estimular o reparo tecidual e, além disso, consegue destruir aqueles que são afetados pelo processo de cicatrização anormal. É altamente recomendado por especialistas para tratar a fibrose. Corrente galvânica
  • 4. Ondas de choque Eles são conhecidos por sua eficácia na redução da celulite. Portanto, alguns especialistas também recomenda como um tratamento para a fibrose pós-operatório. A sua ação facilita o relaxamento de tecidos conjuntivos e regeneração celular.
  • 5. Cavitação Este procedimento consegue quebrar, através de ondas de ultrassom, os tecidos mal curados que causam fibrose, mas sem afetar os tecidos circundantes. Por esta razão, os cirurgiões recomendam este tratamento para reduzir o endurecimento produzido pela cirurgia estética.
  • 6. Com esse procedimento, é realizada a lipoaspiração a laser, que elimina o excesso de gordura e também reduz a fibrose e outras irregularidades que podem ocorrer durante a cirurgia plástica. Uma das vantagens do lipolaser é que ele aperta e tonifica os tecidos enquanto suaviza e reafirma a pele. Lipoláser
  • 7. Este procedimento consegue quebrar, através de ondas de ultrassom, os tecidos mal curados que causam fibrose, mas sem afetar os tecidos circundantes. Por esta razão, os cirurgiões recomendam este tratamento para reduzir o endurecimento produzido pela cirurgia estética. Neste tratamento, o dióxido de carbono é aplicado para destruir a gordura em uma determinada área. Também melhora a circulação, a tonicidade e a elasticidade da pele e reduz visivelmente a celulite. Um de seus efeitos é a tensão tecidual e, por essa razão, os especialistas recomendam que seja uma opção para tratar a fibrose pós-operatória. Carboxiterapia
  • 8. Não se deve enfatizar que todos os tratamentos acima devem ser realizados somente por especialistas em medicina estética que tenham treinamento e experiência extensivos. Isso reduz a possibilidade de causar outros tipos de complicações, o que pode levar ao agravamento da fibrose ou até mesmo à saúde do paciente.
  • 9. Este procedimento consegue quebrar, através de ondas de ultrassom, os tecidos mal curados que causam fibrose, mas sem afetar os tecidos circundantes. Por esta razão, os cirurgiões recomendam este tratamento para reduzir o endurecimento produzido pela cirurgia estética. Telefone 31 9.9798-2208 E-mail renatacrispadua@gmail.com Site http://procedimentosesteticos.com.br Renata Pádua Entre em contato comigo QUER CRIAR APRESENTAÇÕES?