SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
Baixar para ler offline
CATARATA
Uma das principais causas de cegueira no mundo
O que são cataratas? Quais os fatores de risco? Como diagnosticar? Existe tratamento?
A catarata senil ou relacionada à
idade é responsável pela maioria
dos casos de catarata.
Estima-se que cerca de 50% das
pessoas terão uma catarata aos 65
anos e quase todo mundo com mais
de 75 anos tem alguma catarata.
Mas por que é assim? A lente
natural dos olhos é composta de
fibras protéicas dispostas de tal
maneira que é cristalina e permite a
passagem da luz.
No entanto, com o aumento da idade,
essas proteínas se aglomeram e
nublam pequenas áreas da lente,
dificultando a visualização.
A IDADE AVANÇADA é o fator de risco mais 
importante para a catarata
Infelizmente, alguns bebês
nascem com catarata.
Este tipo é referido como
catarata congênita.
Pode ocorrer como resultado
de algumas condições
infecciosas na mãe durante a
gravidez, como:
•
rubéola;
• catapora;
•
sífilis e citomegalovírus;
• entre outras causas.
Da mesma forma, as
cataratas congênitas podem
resultar de distúrbios
genéticos na síndrome de
Down (Trissomia 21) e na
síndrome de Turner
(Monossomia XO).
É possível NASCER COM CATARATA?
Algumas pessoas têm a
impressão errônea de que a
catarata pode se espalhar
de um olho para o outro.
Cientificamente, isso não é
verdade.
No entanto, as cataratas
podem afetar um ou ambos
os olhos simultaneamente
ou em momentos
diferentes.
A catarata NÃO PODE 
se espalhar de um olho 
para o outro
A catarata PODE SE MANIFESTAR 
de várias maneiras
Se você tem catarata, você pode notar
uma área esbranquiçada dentro do olho
negro.
Na verdade, é uma lente catarata
opacificada atrás da íris escura do
olho.
Outros sintomas comuns incluem uma
visão turva ou embaçada que pode
produzir imagens duplas ou múltiplas do
mesmo objeto.
As cores podem parecer desbotadas e
um brilho é comum, nesse caso as
fontes de luz aparecem muito
brilhantes.
Às vezes, um halo ou arco-íris pode
aparecer ao redor de fontes de luz.
VÁRIOS FATORES DE RISCO podem predispor à catarata
Certas doenças como
diabetes, hipertensão e
desnutrição podem tornar o
indivíduo mais propenso a
sofrer de catarata.
Além disso, hábitos perigosos
como a ingestão excessiva
de álcool e o tabagismo
também podem contribuir
para a formação de catarata.
Também foi demonstrado que o
trauma contuso nos olhos leva ao
inchaço, espessamento e
branqueamento das fibras do
cristalino, resultando em catarata.
A exposição excessiva à
radiação ultravioleta e o
uso de esteroides podem
induzir a catarata.
Se você tiver uma deficiência
significativa na visão devido a catarata
e isso interferir em suas atividades
diárias, por que não optar por uma
cirurgia de catarata?
Em centros bem equipados, esses
procedimentos têm taxas de sucesso
notavelmente altas e o paciente
geralmente pode voltar para casa no
mesmo dia, embora seja aconselhado a
não dirigir.
A Cirurgia De Catarata é uma das cirurgias mais perfeitas do mundo
Você pode REDUZIR o risco de catarata
É menos provável que um indivíduo desenvolva catarata se evitar fatores
de risco como beber em excesso, fumar e exposição à luz ultravioleta.
Da mesma forma, o consumo regular de frutas e vegetais ricos em
poderosos antioxidantes como a luteína, a zeaxantina e as vitaminas A,
C e E podem reduzir o risco de catarata.
http://procedimentosesteticos.com.br
Tel.: WhatsApp (31)99798‐2208 
renatacrispadua@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Catarata

Catarata: sintomas, tratamentos e causas
Catarata: sintomas, tratamentos e causasCatarata: sintomas, tratamentos e causas
Catarata: sintomas, tratamentos e causas
ClarkGoldstein38
 
A Importância da Consulta Oftalmológica
A Importância da Consulta OftalmológicaA Importância da Consulta Oftalmológica
A Importância da Consulta Oftalmológica
Ricardo Gurgel
 
Trabalho de ciência
Trabalho de ciênciaTrabalho de ciência
Trabalho de ciência
caserada
 
Aprende A Ajudar
Aprende A AjudarAprende A Ajudar
Aprende A Ajudar
guest8ce8d0
 
Condições oftálmicas e colírios
Condições oftálmicas e colíriosCondições oftálmicas e colírios
Condições oftálmicas e colírios
Cassyano Correr
 

Semelhante a Catarata (20)

Catarata: sintomas, tratamentos e causas
Catarata: sintomas, tratamentos e causasCatarata: sintomas, tratamentos e causas
Catarata: sintomas, tratamentos e causas
 
Geronto alterações na visão
Geronto   alterações na visãoGeronto   alterações na visão
Geronto alterações na visão
 
A Importância da Consulta Oftalmológica
A Importância da Consulta OftalmológicaA Importância da Consulta Oftalmológica
A Importância da Consulta Oftalmológica
 
Defeitos de visão
Defeitos de visãoDefeitos de visão
Defeitos de visão
 
Catarata com iorj.med.br
Catarata com iorj.med.brCatarata com iorj.med.br
Catarata com iorj.med.br
 
cirurgia de catarata
cirurgia de cataratacirurgia de catarata
cirurgia de catarata
 
Curso de Oftalmologia Pediátrica
Curso de Oftalmologia PediátricaCurso de Oftalmologia Pediátrica
Curso de Oftalmologia Pediátrica
 
Cataratas.pps
Cataratas.ppsCataratas.pps
Cataratas.pps
 
Trabalho de ciência
Trabalho de ciênciaTrabalho de ciência
Trabalho de ciência
 
21 olho humano
21  olho humano21  olho humano
21 olho humano
 
TCC CATARATA - A importância a prevenção pelosPortadores de catarata senil
TCC CATARATA - A importância a prevenção pelosPortadores de catarata senilTCC CATARATA - A importância a prevenção pelosPortadores de catarata senil
TCC CATARATA - A importância a prevenção pelosPortadores de catarata senil
 
Deficiência visual
Deficiência visualDeficiência visual
Deficiência visual
 
AULA DE CATARATA 12 do 07 de 2017
AULA DE CATARATA 12 do 07 de 2017AULA DE CATARATA 12 do 07 de 2017
AULA DE CATARATA 12 do 07 de 2017
 
Olho e Visão
Olho e VisãoOlho e Visão
Olho e Visão
 
A radiação uv e seus efeitos nos olhos
A radiação uv e seus efeitos nos olhosA radiação uv e seus efeitos nos olhos
A radiação uv e seus efeitos nos olhos
 
[c7s] Desvendando doenças
[c7s] Desvendando doenças [c7s] Desvendando doenças
[c7s] Desvendando doenças
 
Aprende A Ajudar
Aprende A AjudarAprende A Ajudar
Aprende A Ajudar
 
demecia em idosos grupo 2.docx
demecia em idosos grupo 2.docxdemecia em idosos grupo 2.docx
demecia em idosos grupo 2.docx
 
Entrevista com Keyla Facchin Guedes sobre controle da diabetes
Entrevista com Keyla Facchin Guedes sobre controle da diabetesEntrevista com Keyla Facchin Guedes sobre controle da diabetes
Entrevista com Keyla Facchin Guedes sobre controle da diabetes
 
Condições oftálmicas e colírios
Condições oftálmicas e colíriosCondições oftálmicas e colírios
Condições oftálmicas e colírios
 

Mais de Renata Pádua

Mais de Renata Pádua (12)

Medicina Ortomolecular
Medicina OrtomolecularMedicina Ortomolecular
Medicina Ortomolecular
 
Marketing clinica de estetica
Marketing clinica de esteticaMarketing clinica de estetica
Marketing clinica de estetica
 
As 10 principais estrategias de marketing de conteudo
As 10 principais estrategias de marketing de conteudoAs 10 principais estrategias de marketing de conteudo
As 10 principais estrategias de marketing de conteudo
 
Fibrose
FibroseFibrose
Fibrose
 
Contra indicacao para cirurgia plastica
Contra indicacao para cirurgia plasticaContra indicacao para cirurgia plastica
Contra indicacao para cirurgia plastica
 
Contra indicacao para cirurgia plastica
Contra indicacao para cirurgia plasticaContra indicacao para cirurgia plastica
Contra indicacao para cirurgia plastica
 
Longevidade
LongevidadeLongevidade
Longevidade
 
Longevidade
LongevidadeLongevidade
Longevidade
 
Longevidade
LongevidadeLongevidade
Longevidade
 
Cirurgia plastica
Cirurgia plasticaCirurgia plastica
Cirurgia plastica
 
Cirurgia plastica
Cirurgia plasticaCirurgia plastica
Cirurgia plastica
 
Ebook estetica
Ebook esteticaEbook estetica
Ebook estetica
 

Último

01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
IANAHAAS
 
fratura e imobilização de membros superior e inferior
fratura e imobilização de membros superior e inferiorfratura e imobilização de membros superior e inferior
fratura e imobilização de membros superior e inferior
IvaneSales
 

Último (9)

Tecido_Nervoso.pptxsistema nervoso neuronios
Tecido_Nervoso.pptxsistema nervoso neuroniosTecido_Nervoso.pptxsistema nervoso neuronios
Tecido_Nervoso.pptxsistema nervoso neuronios
 
TEORIA DE ENFERMAGEM DE IMOGENE M. KING.pptx
TEORIA DE ENFERMAGEM DE IMOGENE M. KING.pptxTEORIA DE ENFERMAGEM DE IMOGENE M. KING.pptx
TEORIA DE ENFERMAGEM DE IMOGENE M. KING.pptx
 
Anatomia do Sistema Respiratorio função e movimentos musculares.
Anatomia do Sistema Respiratorio função e movimentos musculares.Anatomia do Sistema Respiratorio função e movimentos musculares.
Anatomia do Sistema Respiratorio função e movimentos musculares.
 
Apresentação Saúde Mental para Adolescentes
Apresentação Saúde Mental para AdolescentesApresentação Saúde Mental para Adolescentes
Apresentação Saúde Mental para Adolescentes
 
Puerpério normal e patológico em obstetrícia
Puerpério normal e patológico em obstetríciaPuerpério normal e patológico em obstetrícia
Puerpério normal e patológico em obstetrícia
 
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
 
Atividade sistema muscular.pdfatividfades
Atividade sistema muscular.pdfatividfadesAtividade sistema muscular.pdfatividfades
Atividade sistema muscular.pdfatividfades
 
SISTEMA ARTICULAR.pptxarticulações sistemas
SISTEMA ARTICULAR.pptxarticulações sistemasSISTEMA ARTICULAR.pptxarticulações sistemas
SISTEMA ARTICULAR.pptxarticulações sistemas
 
fratura e imobilização de membros superior e inferior
fratura e imobilização de membros superior e inferiorfratura e imobilização de membros superior e inferior
fratura e imobilização de membros superior e inferior
 

Catarata

  • 1. CATARATA Uma das principais causas de cegueira no mundo
  • 2. O que são cataratas? Quais os fatores de risco? Como diagnosticar? Existe tratamento?
  • 3. A catarata senil ou relacionada à idade é responsável pela maioria dos casos de catarata. Estima-se que cerca de 50% das pessoas terão uma catarata aos 65 anos e quase todo mundo com mais de 75 anos tem alguma catarata. Mas por que é assim? A lente natural dos olhos é composta de fibras protéicas dispostas de tal maneira que é cristalina e permite a passagem da luz. No entanto, com o aumento da idade, essas proteínas se aglomeram e nublam pequenas áreas da lente, dificultando a visualização. A IDADE AVANÇADA é o fator de risco mais  importante para a catarata
  • 4. Infelizmente, alguns bebês nascem com catarata. Este tipo é referido como catarata congênita. Pode ocorrer como resultado de algumas condições infecciosas na mãe durante a gravidez, como: • rubéola; • catapora; • sífilis e citomegalovírus; • entre outras causas. Da mesma forma, as cataratas congênitas podem resultar de distúrbios genéticos na síndrome de Down (Trissomia 21) e na síndrome de Turner (Monossomia XO). É possível NASCER COM CATARATA?
  • 5. Algumas pessoas têm a impressão errônea de que a catarata pode se espalhar de um olho para o outro. Cientificamente, isso não é verdade. No entanto, as cataratas podem afetar um ou ambos os olhos simultaneamente ou em momentos diferentes. A catarata NÃO PODE  se espalhar de um olho  para o outro
  • 6. A catarata PODE SE MANIFESTAR  de várias maneiras Se você tem catarata, você pode notar uma área esbranquiçada dentro do olho negro. Na verdade, é uma lente catarata opacificada atrás da íris escura do olho. Outros sintomas comuns incluem uma visão turva ou embaçada que pode produzir imagens duplas ou múltiplas do mesmo objeto. As cores podem parecer desbotadas e um brilho é comum, nesse caso as fontes de luz aparecem muito brilhantes. Às vezes, um halo ou arco-íris pode aparecer ao redor de fontes de luz.
  • 7. VÁRIOS FATORES DE RISCO podem predispor à catarata Certas doenças como diabetes, hipertensão e desnutrição podem tornar o indivíduo mais propenso a sofrer de catarata. Além disso, hábitos perigosos como a ingestão excessiva de álcool e o tabagismo também podem contribuir para a formação de catarata. Também foi demonstrado que o trauma contuso nos olhos leva ao inchaço, espessamento e branqueamento das fibras do cristalino, resultando em catarata. A exposição excessiva à radiação ultravioleta e o uso de esteroides podem induzir a catarata.
  • 8. Se você tiver uma deficiência significativa na visão devido a catarata e isso interferir em suas atividades diárias, por que não optar por uma cirurgia de catarata? Em centros bem equipados, esses procedimentos têm taxas de sucesso notavelmente altas e o paciente geralmente pode voltar para casa no mesmo dia, embora seja aconselhado a não dirigir. A Cirurgia De Catarata é uma das cirurgias mais perfeitas do mundo
  • 9. Você pode REDUZIR o risco de catarata É menos provável que um indivíduo desenvolva catarata se evitar fatores de risco como beber em excesso, fumar e exposição à luz ultravioleta. Da mesma forma, o consumo regular de frutas e vegetais ricos em poderosos antioxidantes como a luteína, a zeaxantina e as vitaminas A, C e E podem reduzir o risco de catarata.