SlideShare uma empresa Scribd logo
Estudos da aluna Roseli Parré
Professora Tutora: Regina Aparecida Ragazzi

Unidas Professor Toledo
Pedagogia 5° semestre
Março de 2012
“Um dos maiores danos que se pode causar a uma criança é
  levá-la a perder a confiança na sua própria capacidade de
  pensar”
                                    Maria Emilia Ferreiro
   As pesquisas de Emilia Ferreiro, que estudou e
    trabalhou com Piaget, concentram o foco nos
    mecanismos cognitivos relacionados à leitura e à
    escrita. De maneira equivocada, muitos
    consideram o construtivismo um método.
   Tanto as descobertas de Piaget como as de Emilia
    levam à conclusão de que as crianças têm um
    papel ativo no aprendizado. Elas constroem o
    próprio conhecimento - daí a palavra
    construtivismo.

   A principal implicação dessa conclusão para a
    prática escolar é transferir o foco da escola - e da
    alfabetização em particular - do conteúdo
    ensinado para o sujeito que aprende, ou seja, o
    aluno.
   O princípio de que o processo de conhecimento
    por parte da criança deve ser gradual corresponde
    aos mecanismos deduzidos por Piaget, segundo
    os quais cada salto cognitivo depende de uma
    assimilação e de uma reacomodação dos
    esquemas internos, que necessariamente levam
    tempo.

   É por utilizar esses esquemas internos, e não
    simplesmente repetir o que ouvem, que as
    crianças interpretam o ensino recebido.
   Para o construtivismo, nada mais revelador do
    funcionamento da mente de um aluno do que
    seus supostos erros, porque evidenciam como
    ele "releu" o conteúdo aprendido. O que as
    crianças aprendem não coincide com aquilo
    que lhes foi ensinado.
   Emilia Ferreiro critica a alfabetização
    tradicional, porque julga a prontidão das
    crianças para o aprendizado da leitura e da
    escrita por meio de avaliações de percepção
    (capacidade de discriminar sons e sinais, por
    exemplo) e de motricidade (coordenação,
    orientação espacial etc.).
   Dessa forma, dá-se peso excessivo para um
    aspecto exterior da escrita (saber desenhar as
    letras) e deixa-se de lado suas características
    conceituais, ou seja, a compreensão da
    natureza da escrita e sua organização. Para os
    construtivistas, o aprendizado da alfabetização
    não ocorre desligado do conteúdo da escrita.
   Segundo Emilia Ferreiro, a alfabetização também
    é uma forma de se apropriar das funções sociais
    da escrita.

   De acordo com suas conclusões, desempenhos
    díspares apresentados por crianças de classes
    sociais diferentes na alfabetização não revelam
    capacidades desiguais, mas o acesso maior ou
    menor a textos lidos e escritos desde os primeiros
    anos de vida.
   Na sua opinião, há alguma diferença entre
    letramento e alfabetização?



   É possível alfabetizar sem letrar e letrar sem
    alfabetizar?
http://youtu.be/K8RHXK0eTQQ
   Para Emilia, o Brasil peca ao dissociar
    alfabetização de letramento, pois ambos
    ocorrem em comunhão.
http://youtu.be/ImQa0t_qVm4
   Curiosamente, as críticas que Ferreiro teceu à
    Educação Brasileira em 2006 - ou seja, há 6
    anos - continuam atuais e eminentes.
   De acordo com a teoria exposta em
    Psicogênese da Língua Escrita, toda criança
    passa por quatro fases até que esteja
    alfabetizada:
   pré-silábica: não consegue relacionar as
    letras com os sons da língua falada;
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
   Silábica: interpreta a letra a sua maneira,
    atribuindo valor de sílaba a cada uma;
   silábico-alfabética: mistura a lógica da fase
    anterior com a identificação de algumas
    sílabas;
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
   alfabética: domina, enfim, o valor das letras
    e sílabas.
Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro
"...a aprendizagem da leitura e da escrita não se dá
    espontaneamente; ao contrário, exige uma ação
    deliberada  do    professor  e,   portanto, uma
    qualificação    de      quem      ensina.   Exige
    planejamento e decisões a respeito do tipo,
    frequência,    diversidade,     sequência    das
    atividades de aprendizagem. Mas essas decisões
    são tomadas em função do que se considera como
    papel do aluno e do professor nesse processo; por
    exemplo, as experiências que a criança teve ou
    não em relação à leitura e à escrita. Incluem,
    também, os critérios que definem o estar
    alfabetizado no contexto de uma cultura” (grifo
    nosso).
http://youtu.be/BD4MMZJWpYU
   “Quem tem muito pouco, ou quase
    nada, merece que a escola lhe abra
    horizontes” (Emilia Ferreiro)
 Sites:
 http://revistaescola.abril.com.br/lingua-por t


 http://educarparacrescer.abril.com.br/apren
 Livro:
 Psicogênese      da Língua Escrita, Emilia
  Ferreiro e Ana Teberosky, 300 págs., Ed. Artmed.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITAJOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
Fabiana Lopes
 
Ler e escrever na escola o real o possivel e o necessario delia lerner
Ler e escrever na escola o real o possivel e o necessario delia lernerLer e escrever na escola o real o possivel e o necessario delia lerner
Ler e escrever na escola o real o possivel e o necessario delia lerner
Monica Oliveira
 
PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012
PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012
PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012
Ðouglas Rocha
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramento
Elizabet Tramontin Silveira Camargo
 
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
augustafranca7
 
2ª formação leitura e escrita
2ª formação   leitura e escrita2ª formação   leitura e escrita
2ª formação leitura e escrita
PNAIC UFSCar
 
Niveis de escrita
Niveis de escritaNiveis de escrita
Niveis de escrita
daianabsf
 
Oficina jogos fonológicos e a compreensão do sistema de escrita alfabética me
Oficina  jogos fonológicos e a compreensão do sistema de escrita alfabética   meOficina  jogos fonológicos e a compreensão do sistema de escrita alfabética   me
Oficina jogos fonológicos e a compreensão do sistema de escrita alfabética me
Vandilma Salvador Cabral
 
Projeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestreProjeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestre
heliane
 
Descritores de Língua Portuguesa 5º Ano
Descritores de Língua Portuguesa 5º AnoDescritores de Língua Portuguesa 5º Ano
Descritores de Língua Portuguesa 5º Ano
Prof Barbosa
 
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAICSistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Vera Marlize Schröer
 
Consciência fonológica - livro de atividades.pdf
  Consciência fonológica - livro de atividades.pdf  Consciência fonológica - livro de atividades.pdf
Consciência fonológica - livro de atividades.pdf
Adriana Motta
 
Sequência didática do livro viviana rainha do pijama
Sequência didática do livro viviana rainha do pijamaSequência didática do livro viviana rainha do pijama
Sequência didática do livro viviana rainha do pijama
Bete Feliciano
 
Sondagem de hipótese de escrita
Sondagem de hipótese de escritaSondagem de hipótese de escrita
Sondagem de hipótese de escrita
Maristela Couto
 
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita AlfabéticaUnidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
Elaine Cruz
 
Concepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramentoConcepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramento
zetesousa
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramento
Helena Zanotto
 
Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento
Adriana Pereira
 
Alfabetizaçao e letramento
Alfabetizaçao e letramentoAlfabetizaçao e letramento
Alfabetizaçao e letramento
pedagogia para licenciados
 
Emilia ferreiro e a psicogênese da língua escrita
Emilia ferreiro e a psicogênese da língua escritaEmilia ferreiro e a psicogênese da língua escrita
Emilia ferreiro e a psicogênese da língua escrita
Dennyse Azevedo
 

Mais procurados (20)

JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITAJOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
JOGOS PARA TRABALHAR OS NÍVEIS DE LEITURA E ESCRITA
 
Ler e escrever na escola o real o possivel e o necessario delia lerner
Ler e escrever na escola o real o possivel e o necessario delia lernerLer e escrever na escola o real o possivel e o necessario delia lerner
Ler e escrever na escola o real o possivel e o necessario delia lerner
 
PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012
PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012
PROJETO LEITURA E ESCRITA 2012
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramento
 
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
Identificação dos níveis silábicos Emília Ferreiro
 
2ª formação leitura e escrita
2ª formação   leitura e escrita2ª formação   leitura e escrita
2ª formação leitura e escrita
 
Niveis de escrita
Niveis de escritaNiveis de escrita
Niveis de escrita
 
Oficina jogos fonológicos e a compreensão do sistema de escrita alfabética me
Oficina  jogos fonológicos e a compreensão do sistema de escrita alfabética   meOficina  jogos fonológicos e a compreensão do sistema de escrita alfabética   me
Oficina jogos fonológicos e a compreensão do sistema de escrita alfabética me
 
Projeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestreProjeto de leitura para o 3º bimestre
Projeto de leitura para o 3º bimestre
 
Descritores de Língua Portuguesa 5º Ano
Descritores de Língua Portuguesa 5º AnoDescritores de Língua Portuguesa 5º Ano
Descritores de Língua Portuguesa 5º Ano
 
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAICSistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
 
Consciência fonológica - livro de atividades.pdf
  Consciência fonológica - livro de atividades.pdf  Consciência fonológica - livro de atividades.pdf
Consciência fonológica - livro de atividades.pdf
 
Sequência didática do livro viviana rainha do pijama
Sequência didática do livro viviana rainha do pijamaSequência didática do livro viviana rainha do pijama
Sequência didática do livro viviana rainha do pijama
 
Sondagem de hipótese de escrita
Sondagem de hipótese de escritaSondagem de hipótese de escrita
Sondagem de hipótese de escrita
 
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita AlfabéticaUnidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
Unidade 3 - PNAIC - Sistema de Escrita Alfabética
 
Concepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramentoConcepcoes de alfabetizacao e letramento
Concepcoes de alfabetizacao e letramento
 
Alfabetização e letramento
Alfabetização e letramentoAlfabetização e letramento
Alfabetização e letramento
 
Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento
 
Alfabetizaçao e letramento
Alfabetizaçao e letramentoAlfabetizaçao e letramento
Alfabetizaçao e letramento
 
Emilia ferreiro e a psicogênese da língua escrita
Emilia ferreiro e a psicogênese da língua escritaEmilia ferreiro e a psicogênese da língua escrita
Emilia ferreiro e a psicogênese da língua escrita
 

Destaque

3 semestre integrada gabarito
3 semestre integrada gabarito3 semestre integrada gabarito
3 semestre integrada gabarito
pablonaba
 
Como fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiro
Como fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiroComo fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiro
Como fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiro
Carilusa Branchi
 
Caderno de Questões Matemáticas - Simulado - Prova Brasil
Caderno de Questões Matemáticas - Simulado - Prova BrasilCaderno de Questões Matemáticas - Simulado - Prova Brasil
Caderno de Questões Matemáticas - Simulado - Prova Brasil
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua Escrita
Bruna Braga
 
Paulo Freire - cap 2 de Pedagogia da Autonomia
Paulo Freire - cap 2 de Pedagogia da AutonomiaPaulo Freire - cap 2 de Pedagogia da Autonomia
Paulo Freire - cap 2 de Pedagogia da Autonomia
AkarynaA
 
Simulado - Provinha Brasil - preparada para aplicação
Simulado - Provinha Brasil - preparada para aplicaçãoSimulado - Provinha Brasil - preparada para aplicação
Simulado - Provinha Brasil - preparada para aplicação
Otávio Sales
 
1. pnaic unidade 1 - 1º momento - orientadora de estudos - eliete - versão ...
1. pnaic   unidade 1 - 1º momento - orientadora de estudos - eliete - versão ...1. pnaic   unidade 1 - 1º momento - orientadora de estudos - eliete - versão ...
1. pnaic unidade 1 - 1º momento - orientadora de estudos - eliete - versão ...
Eliete Rodrigues
 
Mapa conceitual
Mapa conceitualMapa conceitual
Mapa conceitual
Escola Costa e Silva
 
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento   psicogênese da língua escritaApresentação planejamento   psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
Alekson Morais
 
Metodologia e processo da alfabetizacão das séries iniciais
Metodologia e processo da alfabetizacão das séries iniciaisMetodologia e processo da alfabetizacão das séries iniciais
Metodologia e processo da alfabetizacão das séries iniciais
cefaprodematupa
 
Pnaic 2º encontro
Pnaic 2º encontroPnaic 2º encontro
Pnaic 2º encontro
Naysa Taboada
 
Pnaic caderno 10
Pnaic caderno 10Pnaic caderno 10
Pnaic caderno 10
Daniela Menezes
 
7 niveles de lecto escritura
7 niveles de lecto escritura7 niveles de lecto escritura
7 niveles de lecto escritura
Mariae Muñoz
 
Abrindo caminho-de-ana-maria-machado
Abrindo caminho-de-ana-maria-machadoAbrindo caminho-de-ana-maria-machado
Abrindo caminho-de-ana-maria-machado
Naysa Taboada
 
Encontro Pnaic 17 de outubro 2015
Encontro Pnaic 17 de outubro 2015 Encontro Pnaic 17 de outubro 2015
Encontro Pnaic 17 de outubro 2015
Fabiana Esteves
 
Slide 6encontro
Slide 6encontroSlide 6encontro
Slide 6encontro
Naysa Taboada
 
ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...
ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...
ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...
Fabiana Esteves
 
Planejamento e rotina pnaic 2015
Planejamento e rotina pnaic 2015Planejamento e rotina pnaic 2015
Planejamento e rotina pnaic 2015
Fabiana Esteves
 
Pnaic caderno
Pnaic cadernoPnaic caderno
Pnaic caderno
Daniela Menezes
 
Niveles de Escritura de Emilia Ferreiro
Niveles de Escritura de Emilia FerreiroNiveles de Escritura de Emilia Ferreiro
Niveles de Escritura de Emilia Ferreiro
Sulio Chacón Yauris
 

Destaque (20)

3 semestre integrada gabarito
3 semestre integrada gabarito3 semestre integrada gabarito
3 semestre integrada gabarito
 
Como fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiro
Como fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiroComo fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiro
Como fazer o teste das quatro palavras e uma frase de emilia ferreiro
 
Caderno de Questões Matemáticas - Simulado - Prova Brasil
Caderno de Questões Matemáticas - Simulado - Prova BrasilCaderno de Questões Matemáticas - Simulado - Prova Brasil
Caderno de Questões Matemáticas - Simulado - Prova Brasil
 
Psicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua EscritaPsicogênese da Língua Escrita
Psicogênese da Língua Escrita
 
Paulo Freire - cap 2 de Pedagogia da Autonomia
Paulo Freire - cap 2 de Pedagogia da AutonomiaPaulo Freire - cap 2 de Pedagogia da Autonomia
Paulo Freire - cap 2 de Pedagogia da Autonomia
 
Simulado - Provinha Brasil - preparada para aplicação
Simulado - Provinha Brasil - preparada para aplicaçãoSimulado - Provinha Brasil - preparada para aplicação
Simulado - Provinha Brasil - preparada para aplicação
 
1. pnaic unidade 1 - 1º momento - orientadora de estudos - eliete - versão ...
1. pnaic   unidade 1 - 1º momento - orientadora de estudos - eliete - versão ...1. pnaic   unidade 1 - 1º momento - orientadora de estudos - eliete - versão ...
1. pnaic unidade 1 - 1º momento - orientadora de estudos - eliete - versão ...
 
Mapa conceitual
Mapa conceitualMapa conceitual
Mapa conceitual
 
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento   psicogênese da língua escritaApresentação planejamento   psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
 
Metodologia e processo da alfabetizacão das séries iniciais
Metodologia e processo da alfabetizacão das séries iniciaisMetodologia e processo da alfabetizacão das séries iniciais
Metodologia e processo da alfabetizacão das séries iniciais
 
Pnaic 2º encontro
Pnaic 2º encontroPnaic 2º encontro
Pnaic 2º encontro
 
Pnaic caderno 10
Pnaic caderno 10Pnaic caderno 10
Pnaic caderno 10
 
7 niveles de lecto escritura
7 niveles de lecto escritura7 niveles de lecto escritura
7 niveles de lecto escritura
 
Abrindo caminho-de-ana-maria-machado
Abrindo caminho-de-ana-maria-machadoAbrindo caminho-de-ana-maria-machado
Abrindo caminho-de-ana-maria-machado
 
Encontro Pnaic 17 de outubro 2015
Encontro Pnaic 17 de outubro 2015 Encontro Pnaic 17 de outubro 2015
Encontro Pnaic 17 de outubro 2015
 
Slide 6encontro
Slide 6encontroSlide 6encontro
Slide 6encontro
 
ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...
ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...
ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS: ORIENTAÇÕES PARA A INCLUSÃO DA CRIANÇA DE SE...
 
Planejamento e rotina pnaic 2015
Planejamento e rotina pnaic 2015Planejamento e rotina pnaic 2015
Planejamento e rotina pnaic 2015
 
Pnaic caderno
Pnaic cadernoPnaic caderno
Pnaic caderno
 
Niveles de Escritura de Emilia Ferreiro
Niveles de Escritura de Emilia FerreiroNiveles de Escritura de Emilia Ferreiro
Niveles de Escritura de Emilia Ferreiro
 

Semelhante a Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro

Emilia ferreiro
Emilia ferreiroEmilia ferreiro
Emilia ferreiro
grace correa
 
Alfabetizacao construtivista
Alfabetizacao construtivistaAlfabetizacao construtivista
Alfabetizacao construtivista
pedagogia para licenciados
 
Alfabetizacao construtivista
Alfabetizacao construtivistaAlfabetizacao construtivista
Alfabetizacao construtivista
pedagogia para licenciados
 
A criança na fase inicial da escrita
A criança na fase inicial da escritaA criança na fase inicial da escrita
A criança na fase inicial da escrita
Celi Jandy Moraes Gomes
 
Resumo psicogênese da língua escrita
Resumo psicogênese da língua escritaResumo psicogênese da língua escrita
Resumo psicogênese da língua escrita
Jullyanna Da Silva
 
Vygotsky peb 1
Vygotsky peb 1Vygotsky peb 1
Vygotsky peb 1
Adail Silva
 
Teoria e prática educativa na área da alfabetização
Teoria e prática educativa na área da alfabetizaçãoTeoria e prática educativa na área da alfabetização
Teoria e prática educativa na área da alfabetização
Elisa Maria Gomide
 
Aprende se escrever-escrevendo
Aprende se escrever-escrevendoAprende se escrever-escrevendo
Aprende se escrever-escrevendo
dialogoeducacao
 
Apresentacão tcc 9 final
Apresentacão tcc 9 finalApresentacão tcc 9 final
Apresentacão tcc 9 final
Viviane Souza Gomes Souza Gomes
 
Cancer de prostata
Cancer de prostata Cancer de prostata
Cancer de prostata
Simara Souza
 
Alfabetização slides
Alfabetização slidesAlfabetização slides
Alfabetização slides
AVM
 
Projeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinarProjeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinar
AVM
 
Deficiencia visual desafios_de_uma_alfabetizacao_em_braille
Deficiencia visual desafios_de_uma_alfabetizacao_em_brailleDeficiencia visual desafios_de_uma_alfabetizacao_em_braille
Deficiencia visual desafios_de_uma_alfabetizacao_em_braille
etto65
 
A IMPORTÂNCIA DA LEITURA PARA O DESENVOLVIMENTO DA ESCRITA
A IMPORTÂNCIA DA LEITURA PARA O DESENVOLVIMENTO DA ESCRITAA IMPORTÂNCIA DA LEITURA PARA O DESENVOLVIMENTO DA ESCRITA
A IMPORTÂNCIA DA LEITURA PARA O DESENVOLVIMENTO DA ESCRITA
cefaprodematupa
 
Aimport 111221044504-phpapp02
Aimport 111221044504-phpapp02Aimport 111221044504-phpapp02
Aimport 111221044504-phpapp02
Janailson Sousa
 
Os slogans construtivistas e os sentidos da sistematização compreensões e d...
Os slogans construtivistas e os sentidos da sistematização   compreensões e d...Os slogans construtivistas e os sentidos da sistematização   compreensões e d...
Os slogans construtivistas e os sentidos da sistematização compreensões e d...
Edeil Reis do Espírito Santo
 
Cognição e a aprendizagem da leitura e escrita do autista
Cognição e a aprendizagem da leitura e escrita do autistaCognição e a aprendizagem da leitura e escrita do autista
Cognição e a aprendizagem da leitura e escrita do autista
laizmassuchetto
 
Função social da escrita
Função social da escritaFunção social da escrita
Função social da escrita
Eliane Tramontin Silveira Moleta
 
A intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagens
A intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagensA intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagens
A intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagens
helio123456
 
Fundamentos teóricos e metodológicos da alfabetização e do
Fundamentos teóricos e metodológicos da alfabetização e doFundamentos teóricos e metodológicos da alfabetização e do
Fundamentos teóricos e metodológicos da alfabetização e do
Solange Mendes
 

Semelhante a Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro (20)

Emilia ferreiro
Emilia ferreiroEmilia ferreiro
Emilia ferreiro
 
Alfabetizacao construtivista
Alfabetizacao construtivistaAlfabetizacao construtivista
Alfabetizacao construtivista
 
Alfabetizacao construtivista
Alfabetizacao construtivistaAlfabetizacao construtivista
Alfabetizacao construtivista
 
A criança na fase inicial da escrita
A criança na fase inicial da escritaA criança na fase inicial da escrita
A criança na fase inicial da escrita
 
Resumo psicogênese da língua escrita
Resumo psicogênese da língua escritaResumo psicogênese da língua escrita
Resumo psicogênese da língua escrita
 
Vygotsky peb 1
Vygotsky peb 1Vygotsky peb 1
Vygotsky peb 1
 
Teoria e prática educativa na área da alfabetização
Teoria e prática educativa na área da alfabetizaçãoTeoria e prática educativa na área da alfabetização
Teoria e prática educativa na área da alfabetização
 
Aprende se escrever-escrevendo
Aprende se escrever-escrevendoAprende se escrever-escrevendo
Aprende se escrever-escrevendo
 
Apresentacão tcc 9 final
Apresentacão tcc 9 finalApresentacão tcc 9 final
Apresentacão tcc 9 final
 
Cancer de prostata
Cancer de prostata Cancer de prostata
Cancer de prostata
 
Alfabetização slides
Alfabetização slidesAlfabetização slides
Alfabetização slides
 
Projeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinarProjeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinar
 
Deficiencia visual desafios_de_uma_alfabetizacao_em_braille
Deficiencia visual desafios_de_uma_alfabetizacao_em_brailleDeficiencia visual desafios_de_uma_alfabetizacao_em_braille
Deficiencia visual desafios_de_uma_alfabetizacao_em_braille
 
A IMPORTÂNCIA DA LEITURA PARA O DESENVOLVIMENTO DA ESCRITA
A IMPORTÂNCIA DA LEITURA PARA O DESENVOLVIMENTO DA ESCRITAA IMPORTÂNCIA DA LEITURA PARA O DESENVOLVIMENTO DA ESCRITA
A IMPORTÂNCIA DA LEITURA PARA O DESENVOLVIMENTO DA ESCRITA
 
Aimport 111221044504-phpapp02
Aimport 111221044504-phpapp02Aimport 111221044504-phpapp02
Aimport 111221044504-phpapp02
 
Os slogans construtivistas e os sentidos da sistematização compreensões e d...
Os slogans construtivistas e os sentidos da sistematização   compreensões e d...Os slogans construtivistas e os sentidos da sistematização   compreensões e d...
Os slogans construtivistas e os sentidos da sistematização compreensões e d...
 
Cognição e a aprendizagem da leitura e escrita do autista
Cognição e a aprendizagem da leitura e escrita do autistaCognição e a aprendizagem da leitura e escrita do autista
Cognição e a aprendizagem da leitura e escrita do autista
 
Função social da escrita
Função social da escritaFunção social da escrita
Função social da escrita
 
A intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagens
A intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagensA intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagens
A intervenção do Psicopedagogo nas dificuldades de aprendizagens
 
Fundamentos teóricos e metodológicos da alfabetização e do
Fundamentos teóricos e metodológicos da alfabetização e doFundamentos teóricos e metodológicos da alfabetização e do
Fundamentos teóricos e metodológicos da alfabetização e do
 

Último

Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
mailabueno45
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
CarolineSaback2
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 

Último (20)

Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
 

Psicogênese da língua escrita segundo maria emilia ferreiro

  • 1. Estudos da aluna Roseli Parré Professora Tutora: Regina Aparecida Ragazzi Unidas Professor Toledo Pedagogia 5° semestre Março de 2012
  • 2. “Um dos maiores danos que se pode causar a uma criança é levá-la a perder a confiança na sua própria capacidade de pensar” Maria Emilia Ferreiro
  • 3. As pesquisas de Emilia Ferreiro, que estudou e trabalhou com Piaget, concentram o foco nos mecanismos cognitivos relacionados à leitura e à escrita. De maneira equivocada, muitos consideram o construtivismo um método.
  • 4. Tanto as descobertas de Piaget como as de Emilia levam à conclusão de que as crianças têm um papel ativo no aprendizado. Elas constroem o próprio conhecimento - daí a palavra construtivismo.  A principal implicação dessa conclusão para a prática escolar é transferir o foco da escola - e da alfabetização em particular - do conteúdo ensinado para o sujeito que aprende, ou seja, o aluno.
  • 5. O princípio de que o processo de conhecimento por parte da criança deve ser gradual corresponde aos mecanismos deduzidos por Piaget, segundo os quais cada salto cognitivo depende de uma assimilação e de uma reacomodação dos esquemas internos, que necessariamente levam tempo.  É por utilizar esses esquemas internos, e não simplesmente repetir o que ouvem, que as crianças interpretam o ensino recebido.
  • 6. Para o construtivismo, nada mais revelador do funcionamento da mente de um aluno do que seus supostos erros, porque evidenciam como ele "releu" o conteúdo aprendido. O que as crianças aprendem não coincide com aquilo que lhes foi ensinado.
  • 7. Emilia Ferreiro critica a alfabetização tradicional, porque julga a prontidão das crianças para o aprendizado da leitura e da escrita por meio de avaliações de percepção (capacidade de discriminar sons e sinais, por exemplo) e de motricidade (coordenação, orientação espacial etc.).
  • 8. Dessa forma, dá-se peso excessivo para um aspecto exterior da escrita (saber desenhar as letras) e deixa-se de lado suas características conceituais, ou seja, a compreensão da natureza da escrita e sua organização. Para os construtivistas, o aprendizado da alfabetização não ocorre desligado do conteúdo da escrita.
  • 9. Segundo Emilia Ferreiro, a alfabetização também é uma forma de se apropriar das funções sociais da escrita.  De acordo com suas conclusões, desempenhos díspares apresentados por crianças de classes sociais diferentes na alfabetização não revelam capacidades desiguais, mas o acesso maior ou menor a textos lidos e escritos desde os primeiros anos de vida.
  • 10. Na sua opinião, há alguma diferença entre letramento e alfabetização?  É possível alfabetizar sem letrar e letrar sem alfabetizar?
  • 12. Para Emilia, o Brasil peca ao dissociar alfabetização de letramento, pois ambos ocorrem em comunhão.
  • 14. Curiosamente, as críticas que Ferreiro teceu à Educação Brasileira em 2006 - ou seja, há 6 anos - continuam atuais e eminentes.
  • 15. De acordo com a teoria exposta em Psicogênese da Língua Escrita, toda criança passa por quatro fases até que esteja alfabetizada:
  • 16. pré-silábica: não consegue relacionar as letras com os sons da língua falada;
  • 18. Silábica: interpreta a letra a sua maneira, atribuindo valor de sílaba a cada uma;
  • 19. silábico-alfabética: mistura a lógica da fase anterior com a identificação de algumas sílabas;
  • 21. alfabética: domina, enfim, o valor das letras e sílabas.
  • 23. "...a aprendizagem da leitura e da escrita não se dá espontaneamente; ao contrário, exige uma ação deliberada do professor e, portanto, uma qualificação de quem ensina. Exige planejamento e decisões a respeito do tipo, frequência, diversidade, sequência das atividades de aprendizagem. Mas essas decisões são tomadas em função do que se considera como papel do aluno e do professor nesse processo; por exemplo, as experiências que a criança teve ou não em relação à leitura e à escrita. Incluem, também, os critérios que definem o estar alfabetizado no contexto de uma cultura” (grifo nosso).
  • 25. “Quem tem muito pouco, ou quase nada, merece que a escola lhe abra horizontes” (Emilia Ferreiro)
  • 26.  Sites:  http://revistaescola.abril.com.br/lingua-por t  http://educarparacrescer.abril.com.br/apren  Livro:  Psicogênese da Língua Escrita, Emilia Ferreiro e Ana Teberosky, 300 págs., Ed. Artmed.