SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 24
Universidade Federal do Pará
                    Instituto de Ciências Biológicas
                   Faculdade de Ciências Biológicas
                  Iniciação Antecipada a Docência II
                        Professor: Sued Oliveira




A emergência da disciplina escolar Biologia
        e as finalidades da escola

Discentes:
Bruna Fernandes......11007000101
Diego Fontes............10007003901
Eliane Couto.............09115001601
Fortalecimento do status das Ciências Biológicas

                   Influências


              Decisões Curriculares




          Disciplina escolar: BIOLOGIA
A história da disciplina escolar BIOLOGIA
       deve ser analisada com base:

História das Ciências
     Biológicas              EMERGÊNCIA
                               da disciplina
                             escolar Biologia

   Processos de
   Escolarização
O Processo de Formação das Disciplinas Escolares

o Disciplinas escolares são tratadas como algo inquestionável.

oTendência de naturalização da organização da escola

o Concepção que os processos que criam uma disciplina são
análogos aos do campo científico.

oPara Alice Casimiro Lopes(2000a) isso ocorre devido a percepção
 de que:

   Disciplinas escolares              Disciplinas cientificas

                      FRAGMENTAÇÃO
                      ESPECIALIZAÇÃO
O Processo de Formação das Disciplinas Escolares


oEstudos sócio–históricos do currículo permite desnaturalizar a
emergência e a constituição de diferentes disciplinas.



o Textos de Ivor Goodson: Busca compreender a história de
diferentes disciplinas escolares.

  - Base no modelo explicativo de David Layton (1973)
Modelo explicativo de David Layton (1973):

Processo Inicial


  Ciências         Pertinência
     da                            Ciências
   Terra                            Exatas
                    Currículo

   Ciências
      da                          Ciências
                    Utilidade
   Natureza                       Humanas
Processo posterior

A consolidação das disciplinas envolve EMERGÊNCIA.

o Constituição de uma tradição acadêmica e Especialistas
formados nessa tradição.

Disciplinas Escolares
Afastamento das disciplinas escolares de seus objetivos
primeiros.

            - Ensino de conteúdos abstratos
            - Distantes da realidade e interesses do aluno

Goodson(1990) : Todo esse movimento em direção a abstração e
ao academicismo é entendido como busca por status.
Conclusões de Ivor Goodson sobre o processo que
            torna uma disciplina escolar

1ª As disciplinas não são entidades monolíticas, mais
amalgamas de subgrupos e tradições.


2ª Estas passam de objetivos utilitários e pedagógicos até
consolidarem-se como disciplinas abstratas e acadêmicas,
vinculadas a universidades


3ª Esse processo deve ser analisado “em termos de conflito
entre matérias em relação a status , recursos e território”.
Emergência da Disciplina Escolar Biologia
o Status de ciência exata nas Ciências Biológicas – séc. XX.

 -Definição dessa nova disciplina escolar.

 Ora Fragmentada.




 Ora como:
Processos Históricos
o Assume   características próprias no contexto social de cada país


  - Nos EUA: Rosenthal e Bybee (1987) indicam a publicação do
   livro de Huxley e Martin

            – Evolução Darwiniana
            - Uso de laboratório

 - No Brasil: Fundação do Imperial Collegio de Pedro II (1837)
      História Natural. (Zoologia, Botânica Geologia e
Mineralogia)

            - Substituída pela disciplina escolar BIOLOGIA

               - Resulta de uma configuração própria da escola.
Processos Históricos
No Inicio do séc XX - Caráter propedêutico e elitista do
ensino secundário

    - Disciplinas Escolares próximas das Disciplinas
Acadêmicas


Rosenthal e Bybbe (1987) : Livros universitários eram
utilizados na escolas secundárias americanas.


Karl Lorenz (1986,p. 434): No Brasil livros utilizados no Pedro
II eram atualizados em relação às ciências e seus autores.
Processos Históricos
Dorothy Rosenthal (1990): Livros didáticos de BIOLOGIA, a
partir de 1920, nos currículos dos EUA, são produzidos por
professores das escolas.


      - Maior ênfase em conteúdos e métodos voltados às
questões sociais.



     - Independência dos professores secundários da comunidade
acadêmica
Processos Históricos
 Reações críticas a desatualização e distanciamento da
produção científica

    - O Projeto BSCS




Cenário Político da Guerra Fria

Satélite Artificial Soviético Sputnik
Processos Históricos

EUA e Inglaterra lideram as reformas curriculares e
provocam a reestruturação em países aliados.
Processos Históricos

 No Brasil

     - Instituto Brasileiro de Educação, Ciência e Cultura (Ibecc)

     - Centro de Ciências
         1. CECIRS – Rio Grande do Sul
         2.CECIERJ – Rio de Janeiro
         3. CECISP – São Paulo
         4. CECIMIG – Minas Gerais
         5. CECIBA – Bahia
         6 – CECINE - Nordeste


      - Fundação Brasileira para o Desenvolvimento do Ensino
de Ciências (Funbec)
O Ibecc
 Objetivos

 - Produção dos “Kits Experimentais”
O Ibecc
 Objetivos

 - Adaptação e Produção de Livros Didáticos




                                         School Mathematics
                                         study Group- SMSG




  Referência
   - Programas Regionais de Ensino

   - Formação de Professores.
Consequências da ampla divulgação das versões do
 BSCS (Selles e Ferreira, 2004-2005; Ferreira e Selles,
                     2004-2005):

Disputas na seleção e na organização dos conhecimentos
escolares;

Tensão que envolve a constituição das disciplinas escolares
(BIOLOGIA).
Resultado:
     Finalidades Acadêmicas x Finalidades Escolares




    As respostas da comunidade escolar a tentativa de
   submeter a disciplina escolar biologia a finalidades
acadêmicas evidenciam quanto as disciplinas escolares são
              mediadas por fatores sociais.
Uma forma de evidenciar essa tensão é analisar como as versões
do BSCS divulgaram a TEORIA DA EVOLUÇÃO na sociedade,
ao mesmo tempo que contribuíram para que a comunidade de
biólogos estabelecesse seus territórios de ação acadêmica.

Para Smocovitis (1996): a divulgação das idéias evolutivas
sustentavam uma visão de ciência moderna e unificada.
CONSEQUÊNCIA:
O estudo dessa teoria potencializa uma melhor compreensão
das relações entre as comunidades acadêmicas e as
comunidades educacionais no surgimento da disciplina
escolar biologia.
A necessidade de fortalecer e divulgar a noção de
UNIFICAÇÃO DAS CIÊNCIAS BIOLÓGICAS implicou na
elaboração e emprego de estratégias por parte da comunidade de
pesquisadores que defendiam a idéia (Smocovitis, 1996):




 OBS: Esses esforços, no entanto, não conseguiram impedir o
 surgimento de inúmeras outras associações que mantinham
 a noção de fragmentação, o que dificultou o ideário
 unificador defendido por muitos protagonistas que
 contribuíram para a teoria sintética da EVOLUÇÃO.
Conclusões
A “ILUSÃO” unificadora das Ciências Biológicas encontra-se
materializada na disciplina escolar biologia, ocultando os muitos
embates historicamente travados pelos pesquisadores dos diversos
ramos que resistiram à unificação;

A configuração da disciplina escolar Biologia, mantendo
vínculos com a comunidade acadêmica, ao disseminar na sociedade
uma visão unificada das Ciências Biológicas, foi um fator que
contribuiu para o aumento de prestígio desses conhecimentos no
âmbito escolar;

O estudo sócio-histórico do material contido nas versões do
BSCS permite-nos, portanto, desnaturalizar uma noção
hierarquizada segundo a qual as disciplinas escolares derivam
EXCLUSIVAMENTE das disciplinas científicas.
Fim
Obrigado(a)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Eja ciências biologia
Eja   ciências biologiaEja   ciências biologia
Eja ciências biologia
Edilson Silva
 
Aula método cientifico
Aula método cientificoAula método cientifico
Aula método cientifico
Aln2
 
Cts no currículo de ciências no brasil
Cts no currículo de ciências no brasilCts no currículo de ciências no brasil
Cts no currículo de ciências no brasil
João Gabriel Sousa
 

Mais procurados (20)

Pesquisas educacionais
Pesquisas educacionaisPesquisas educacionais
Pesquisas educacionais
 
A Química e o Futebol
A Química e o FutebolA Química e o Futebol
A Química e o Futebol
 
Tendências atuais para o ensino de ciências
Tendências atuais para o ensino de ciênciasTendências atuais para o ensino de ciências
Tendências atuais para o ensino de ciências
 
O metodo científico
O metodo científicoO metodo científico
O metodo científico
 
O ensino de ciências por investigação
O ensino de ciências por investigaçãoO ensino de ciências por investigação
O ensino de ciências por investigação
 
Trabalhando Ciências da Natureza nos Anos Iniciais
Trabalhando Ciências da Natureza nos Anos IniciaisTrabalhando Ciências da Natureza nos Anos Iniciais
Trabalhando Ciências da Natureza nos Anos Iniciais
 
Ensino de ciências: tendências e inovações com o uso de TIC
Ensino de ciências: tendências e inovações com o uso de TICEnsino de ciências: tendências e inovações com o uso de TIC
Ensino de ciências: tendências e inovações com o uso de TIC
 
1. introdução a química
1. introdução a química1. introdução a química
1. introdução a química
 
Eja ciências biologia
Eja   ciências biologiaEja   ciências biologia
Eja ciências biologia
 
Polaridade de ligações e moléculas
Polaridade de ligações e moléculasPolaridade de ligações e moléculas
Polaridade de ligações e moléculas
 
Aula método cientifico
Aula método cientificoAula método cientifico
Aula método cientifico
 
Cts no currículo de ciências no brasil
Cts no currículo de ciências no brasilCts no currículo de ciências no brasil
Cts no currículo de ciências no brasil
 
CiêNcia Tecnologia Sociedade E Ambiente
CiêNcia Tecnologia Sociedade E AmbienteCiêNcia Tecnologia Sociedade E Ambiente
CiêNcia Tecnologia Sociedade E Ambiente
 
Fisico quimica
Fisico quimicaFisico quimica
Fisico quimica
 
Metodologia Científica - Tipos de Pesquisa
Metodologia Científica - Tipos de PesquisaMetodologia Científica - Tipos de Pesquisa
Metodologia Científica - Tipos de Pesquisa
 
O Estudo De Caso
O Estudo De CasoO Estudo De Caso
O Estudo De Caso
 
Apostila de práticas de química geral - Estácio - Professor Guilherme Bretz
Apostila de práticas de química geral - Estácio - Professor Guilherme BretzApostila de práticas de química geral - Estácio - Professor Guilherme Bretz
Apostila de práticas de química geral - Estácio - Professor Guilherme Bretz
 
Aula Digital de Química - Ácidos e Bases
Aula Digital de Química - Ácidos e BasesAula Digital de Química - Ácidos e Bases
Aula Digital de Química - Ácidos e Bases
 
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCC
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCCMPEMC AULA 9: Ciências na BNCC
MPEMC AULA 9: Ciências na BNCC
 
Métodos e tipos de pesquisa
Métodos e tipos de pesquisaMétodos e tipos de pesquisa
Métodos e tipos de pesquisa
 

Semelhante a Emergencia da Disciplina Escolar Biologia

Ens ciencias no brasil
Ens ciencias no brasilEns ciencias no brasil
Ens ciencias no brasil
fimepecim
 
41ae1f55da98d0.pdfmet ciencias
41ae1f55da98d0.pdfmet ciencias41ae1f55da98d0.pdfmet ciencias
41ae1f55da98d0.pdfmet ciencias
EGLANTINE Andrade
 
Aula 4 de Didática Especial das Ciências Biológicas I 2014-1 - Relações entre...
Aula 4 de Didática Especial das Ciências Biológicas I 2014-1 - Relações entre...Aula 4 de Didática Especial das Ciências Biológicas I 2014-1 - Relações entre...
Aula 4 de Didática Especial das Ciências Biológicas I 2014-1 - Relações entre...
Leonardo Kaplan
 
A relação entre religião e ciência na trajetória profissional ja lido
A relação entre religião e ciência na trajetória profissional   ja lidoA relação entre religião e ciência na trajetória profissional   ja lido
A relação entre religião e ciência na trajetória profissional ja lido
sergio_chumbinho
 
Historia da ciencia no ensino medio
Historia da ciencia no ensino medioHistoria da ciencia no ensino medio
Historia da ciencia no ensino medio
Fabiano Antunes
 
A dinâmica discursiva no contexto do ensino da evolução bilógica
A dinâmica discursiva no contexto do ensino da evolução bilógicaA dinâmica discursiva no contexto do ensino da evolução bilógica
A dinâmica discursiva no contexto do ensino da evolução bilógica
sergio_chumbinho
 
O Livro Didatico De Ciencias No Ensino Fundamental.Dat
O Livro Didatico De Ciencias No Ensino Fundamental.DatO Livro Didatico De Ciencias No Ensino Fundamental.Dat
O Livro Didatico De Ciencias No Ensino Fundamental.Dat
janloterio
 
Jornada_Cientifica_2013
Jornada_Cientifica_2013Jornada_Cientifica_2013
Jornada_Cientifica_2013
Major Ribamar
 
Coleção explorando o ensino médio biologia
Coleção explorando o ensino médio   biologiaColeção explorando o ensino médio   biologia
Coleção explorando o ensino médio biologia
netoalvirubro
 

Semelhante a Emergencia da Disciplina Escolar Biologia (20)

Ens ciencias no brasil
Ens ciencias no brasilEns ciencias no brasil
Ens ciencias no brasil
 
41ae1f55da98d0.pdfmet ciencias
41ae1f55da98d0.pdfmet ciencias41ae1f55da98d0.pdfmet ciencias
41ae1f55da98d0.pdfmet ciencias
 
Aula 4 de Didática Especial das Ciências Biológicas I 2014-1 - Relações entre...
Aula 4 de Didática Especial das Ciências Biológicas I 2014-1 - Relações entre...Aula 4 de Didática Especial das Ciências Biológicas I 2014-1 - Relações entre...
Aula 4 de Didática Especial das Ciências Biológicas I 2014-1 - Relações entre...
 
Baptista costa neto_429 433 bsea 47 completo-57
Baptista costa neto_429 433 bsea 47 completo-57Baptista costa neto_429 433 bsea 47 completo-57
Baptista costa neto_429 433 bsea 47 completo-57
 
Professor Investigador versus Ensino de Biologia
Professor Investigador versus Ensino de BiologiaProfessor Investigador versus Ensino de Biologia
Professor Investigador versus Ensino de Biologia
 
A relação entre religião e ciência na trajetória profissional ja lido
A relação entre religião e ciência na trajetória profissional   ja lidoA relação entre religião e ciência na trajetória profissional   ja lido
A relação entre religião e ciência na trajetória profissional ja lido
 
Unid 3 1-olga
Unid 3 1-olgaUnid 3 1-olga
Unid 3 1-olga
 
Unid 3 1-josilene
Unid 3 1-josileneUnid 3 1-josilene
Unid 3 1-josilene
 
Historia e filosofia da biologia como ferramenta no ensino de evolução na for...
Historia e filosofia da biologia como ferramenta no ensino de evolução na for...Historia e filosofia da biologia como ferramenta no ensino de evolução na for...
Historia e filosofia da biologia como ferramenta no ensino de evolução na for...
 
Expensbio
ExpensbioExpensbio
Expensbio
 
Historia da ciencia no ensino medio
Historia da ciencia no ensino medioHistoria da ciencia no ensino medio
Historia da ciencia no ensino medio
 
A dinâmica discursiva no contexto do ensino da evolução bilógica
A dinâmica discursiva no contexto do ensino da evolução bilógicaA dinâmica discursiva no contexto do ensino da evolução bilógica
A dinâmica discursiva no contexto do ensino da evolução bilógica
 
Seminário evoluç¦o
Seminário evoluç¦oSeminário evoluç¦o
Seminário evoluç¦o
 
Mendes&brito
Mendes&britoMendes&brito
Mendes&brito
 
O Livro Didatico De Ciencias No Ensino Fundamental.Dat
O Livro Didatico De Ciencias No Ensino Fundamental.DatO Livro Didatico De Ciencias No Ensino Fundamental.Dat
O Livro Didatico De Ciencias No Ensino Fundamental.Dat
 
Etapa i – caderno iv
Etapa i – caderno ivEtapa i – caderno iv
Etapa i – caderno iv
 
Jornada_Cientifica_2013
Jornada_Cientifica_2013Jornada_Cientifica_2013
Jornada_Cientifica_2013
 
Coleção explorando o ensino médio biologia
Coleção explorando o ensino médio   biologiaColeção explorando o ensino médio   biologia
Coleção explorando o ensino médio biologia
 
História e Filosofia das Ciências no Ensino da Biologia
História e Filosofia das Ciências no Ensino da BiologiaHistória e Filosofia das Ciências no Ensino da Biologia
História e Filosofia das Ciências no Ensino da Biologia
 
3 metodologia e-instrumentacao
3 metodologia e-instrumentacao3 metodologia e-instrumentacao
3 metodologia e-instrumentacao
 

Mais de Sued Oliveira

Mais de Sued Oliveira (8)

Desaventurado Homem que sou
Desaventurado Homem que souDesaventurado Homem que sou
Desaventurado Homem que sou
 
A função Social da Escola
A função Social da EscolaA função Social da Escola
A função Social da Escola
 
A constituição da área do ec
A constituição da área do ecA constituição da área do ec
A constituição da área do ec
 
A internet como atividade integrante de uma prática docente
A internet como atividade integrante de uma prática docenteA internet como atividade integrante de uma prática docente
A internet como atividade integrante de uma prática docente
 
Interdisciplinaridade no ensino de ciencias
Interdisciplinaridade no ensino de cienciasInterdisciplinaridade no ensino de ciencias
Interdisciplinaridade no ensino de ciencias
 
Interdisciplinaridade no ensino de ciencias
Interdisciplinaridade no ensino de cienciasInterdisciplinaridade no ensino de ciencias
Interdisciplinaridade no ensino de ciencias
 
Interdisciplinaridade no ensino de ciencias
Interdisciplinaridade no ensino de cienciasInterdisciplinaridade no ensino de ciencias
Interdisciplinaridade no ensino de ciencias
 
Panorama historico da legislação educacional
Panorama historico da legislação educacionalPanorama historico da legislação educacional
Panorama historico da legislação educacional
 

Último

472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
GisellySobral
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
LindinhaSilva1
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 

Emergencia da Disciplina Escolar Biologia

  • 1. Universidade Federal do Pará Instituto de Ciências Biológicas Faculdade de Ciências Biológicas Iniciação Antecipada a Docência II Professor: Sued Oliveira A emergência da disciplina escolar Biologia e as finalidades da escola Discentes: Bruna Fernandes......11007000101 Diego Fontes............10007003901 Eliane Couto.............09115001601
  • 2. Fortalecimento do status das Ciências Biológicas Influências Decisões Curriculares Disciplina escolar: BIOLOGIA
  • 3. A história da disciplina escolar BIOLOGIA deve ser analisada com base: História das Ciências Biológicas EMERGÊNCIA da disciplina escolar Biologia Processos de Escolarização
  • 4. O Processo de Formação das Disciplinas Escolares o Disciplinas escolares são tratadas como algo inquestionável. oTendência de naturalização da organização da escola o Concepção que os processos que criam uma disciplina são análogos aos do campo científico. oPara Alice Casimiro Lopes(2000a) isso ocorre devido a percepção de que: Disciplinas escolares Disciplinas cientificas FRAGMENTAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO
  • 5. O Processo de Formação das Disciplinas Escolares oEstudos sócio–históricos do currículo permite desnaturalizar a emergência e a constituição de diferentes disciplinas. o Textos de Ivor Goodson: Busca compreender a história de diferentes disciplinas escolares. - Base no modelo explicativo de David Layton (1973)
  • 6. Modelo explicativo de David Layton (1973): Processo Inicial Ciências Pertinência da Ciências Terra Exatas Currículo Ciências da Ciências Utilidade Natureza Humanas
  • 7. Processo posterior A consolidação das disciplinas envolve EMERGÊNCIA. o Constituição de uma tradição acadêmica e Especialistas formados nessa tradição. Disciplinas Escolares Afastamento das disciplinas escolares de seus objetivos primeiros. - Ensino de conteúdos abstratos - Distantes da realidade e interesses do aluno Goodson(1990) : Todo esse movimento em direção a abstração e ao academicismo é entendido como busca por status.
  • 8. Conclusões de Ivor Goodson sobre o processo que torna uma disciplina escolar 1ª As disciplinas não são entidades monolíticas, mais amalgamas de subgrupos e tradições. 2ª Estas passam de objetivos utilitários e pedagógicos até consolidarem-se como disciplinas abstratas e acadêmicas, vinculadas a universidades 3ª Esse processo deve ser analisado “em termos de conflito entre matérias em relação a status , recursos e território”.
  • 9. Emergência da Disciplina Escolar Biologia o Status de ciência exata nas Ciências Biológicas – séc. XX. -Definição dessa nova disciplina escolar. Ora Fragmentada. Ora como:
  • 10. Processos Históricos o Assume características próprias no contexto social de cada país - Nos EUA: Rosenthal e Bybee (1987) indicam a publicação do livro de Huxley e Martin – Evolução Darwiniana - Uso de laboratório - No Brasil: Fundação do Imperial Collegio de Pedro II (1837) História Natural. (Zoologia, Botânica Geologia e Mineralogia) - Substituída pela disciplina escolar BIOLOGIA - Resulta de uma configuração própria da escola.
  • 11. Processos Históricos No Inicio do séc XX - Caráter propedêutico e elitista do ensino secundário - Disciplinas Escolares próximas das Disciplinas Acadêmicas Rosenthal e Bybbe (1987) : Livros universitários eram utilizados na escolas secundárias americanas. Karl Lorenz (1986,p. 434): No Brasil livros utilizados no Pedro II eram atualizados em relação às ciências e seus autores.
  • 12. Processos Históricos Dorothy Rosenthal (1990): Livros didáticos de BIOLOGIA, a partir de 1920, nos currículos dos EUA, são produzidos por professores das escolas. - Maior ênfase em conteúdos e métodos voltados às questões sociais. - Independência dos professores secundários da comunidade acadêmica
  • 13. Processos Históricos  Reações críticas a desatualização e distanciamento da produção científica - O Projeto BSCS Cenário Político da Guerra Fria Satélite Artificial Soviético Sputnik
  • 14. Processos Históricos EUA e Inglaterra lideram as reformas curriculares e provocam a reestruturação em países aliados.
  • 15. Processos Históricos  No Brasil - Instituto Brasileiro de Educação, Ciência e Cultura (Ibecc) - Centro de Ciências 1. CECIRS – Rio Grande do Sul 2.CECIERJ – Rio de Janeiro 3. CECISP – São Paulo 4. CECIMIG – Minas Gerais 5. CECIBA – Bahia 6 – CECINE - Nordeste - Fundação Brasileira para o Desenvolvimento do Ensino de Ciências (Funbec)
  • 16. O Ibecc  Objetivos - Produção dos “Kits Experimentais”
  • 17. O Ibecc  Objetivos - Adaptação e Produção de Livros Didáticos School Mathematics study Group- SMSG  Referência - Programas Regionais de Ensino - Formação de Professores.
  • 18. Consequências da ampla divulgação das versões do BSCS (Selles e Ferreira, 2004-2005; Ferreira e Selles, 2004-2005): Disputas na seleção e na organização dos conhecimentos escolares; Tensão que envolve a constituição das disciplinas escolares (BIOLOGIA).
  • 19. Resultado: Finalidades Acadêmicas x Finalidades Escolares As respostas da comunidade escolar a tentativa de submeter a disciplina escolar biologia a finalidades acadêmicas evidenciam quanto as disciplinas escolares são mediadas por fatores sociais.
  • 20. Uma forma de evidenciar essa tensão é analisar como as versões do BSCS divulgaram a TEORIA DA EVOLUÇÃO na sociedade, ao mesmo tempo que contribuíram para que a comunidade de biólogos estabelecesse seus territórios de ação acadêmica. Para Smocovitis (1996): a divulgação das idéias evolutivas sustentavam uma visão de ciência moderna e unificada.
  • 21. CONSEQUÊNCIA: O estudo dessa teoria potencializa uma melhor compreensão das relações entre as comunidades acadêmicas e as comunidades educacionais no surgimento da disciplina escolar biologia.
  • 22. A necessidade de fortalecer e divulgar a noção de UNIFICAÇÃO DAS CIÊNCIAS BIOLÓGICAS implicou na elaboração e emprego de estratégias por parte da comunidade de pesquisadores que defendiam a idéia (Smocovitis, 1996): OBS: Esses esforços, no entanto, não conseguiram impedir o surgimento de inúmeras outras associações que mantinham a noção de fragmentação, o que dificultou o ideário unificador defendido por muitos protagonistas que contribuíram para a teoria sintética da EVOLUÇÃO.
  • 23. Conclusões A “ILUSÃO” unificadora das Ciências Biológicas encontra-se materializada na disciplina escolar biologia, ocultando os muitos embates historicamente travados pelos pesquisadores dos diversos ramos que resistiram à unificação; A configuração da disciplina escolar Biologia, mantendo vínculos com a comunidade acadêmica, ao disseminar na sociedade uma visão unificada das Ciências Biológicas, foi um fator que contribuiu para o aumento de prestígio desses conhecimentos no âmbito escolar; O estudo sócio-histórico do material contido nas versões do BSCS permite-nos, portanto, desnaturalizar uma noção hierarquizada segundo a qual as disciplinas escolares derivam EXCLUSIVAMENTE das disciplinas científicas.