SlideShare uma empresa Scribd logo
Professora Cláudia Bacchi
Eletroquímica
Eletroquímica
É o estudo das reações química que
produzem corrente elétrica ou são
produzidas pela corrente elétrica.
*Pilhas
ELETROQUÍMICA
ELETROQUÍMICA
Células galvânicas: É um dispositivo
que utiliza reações de óxido-redução
para converter energia química em
energia elétrica. A reação química
utilizada será sempre espontânea.
Uma pilha (ou reação galvânica)
é um processo que gera uma
diferença de potencial e uma
corrente elétrica.
Nesse processo associamos
duas reações que apresentam
potenciais de oxi-redução diferentes
entre sí.
Os potenciais de oxi-redução
“medem” a capacidade de oxidação
ou de redução de um sistema.
PILHAS
PILHAS
Para os cátions, os metais
alcalinos e alcalino-terrosos, por
serem muito eletropositivos,
apresentam elevado potencial de
oxidação enquanto que os metais de
transição apresentam, em relação
aos primeiros elevado potencial de
redução.
Para fins comparativos, arbitra-
se potencial zero para a reação
H2 - 2 e- 2 H+ E = 0,0 V
PILHAS
Exemplos de Potenciais de redução
Li+ + 1 e- Li E = - 3,04 V
Na+ + 1 e- Na E = - 2,71 V
Zn++ + 2 e- Zn E = - 0,76 V
2H+ + 2 e- H2 E = 0,00 V
Cu+2 + 2e- Cu E = + 0,34 V
Ag+ + 1 e- Ag E = + 0,80 V
Au+3 + 3e- Au E = + 1,50 V
PILHAS Uma das primeiras pilhas conhecidas é a
de DANIELL, que consiste de um eletrodo de
cobre e outro de zinco, segundo o esquema:
Zn(s) - 2e - Zn 2+
Solução de
ZnSO4
Solução de
CuSO4
Oxidação
Cu2+ + 2e - Cu(s)
Redução
CÁTODOÂNODO
- +
simulação
PILHAS
Na pilha de Daniell o Zn tende a
se oxidar pois apresenta menor
potencial de redução ( - 0,76 V)
enquanto cobre apresenta maior
potencial de redução ( + 0,34 V).
Para a reação global ocorre o
seguinte:
Zn - 2 e- Zn+2
Cu+2 + 2 e- Cu
PILHAS
Associado as duas
reações resulta:
Zn + Cu+2 Zn+2 + Cu
* Zn sofre oxidação;
* Cu+2 sofre redução.
PILHAS Representação da pilha de Daniell
Zn / Zn+2 // Cu+2 / Cu
(ânodo: -) (cátodo: +)
fluxo de elétrons
oxidação redução
redutor oxidante
Epilha = Eoxidante - Eredutor
(sempre usar o potencial de redução)
PONTE SALINA
PILHAS
Nas pilhas
- cátodo chegam elétrons
- ânodo saem elétrons
PILHAS
Potencial na pilha de Daniell
Eoxidante(Cu) = + 0,34 Volts
Eredutor(Zn) = - 0,76 Volts
Epilha = Eoxidante - Eredutor
Epilha = + 0,34 - (- 0,76) = 1,10 Volts.
* Epilha > 0 : reação espontânea
* Epilha < 0 : reação não-espontânea
Cu+2
[ ]Zn+2
[ ]
ZINCO COBRE
e- e-
Zn+2 Cu+2
Redução
E = E ox + E red
Oxidação
Perde
elétrons
Ânodo
Negativo
Ganha
elétrons
Cátodo
Positivo
Zn0/Zn+2 Cu+2/Cu0
+
Potencial menor Potencial maior
-
Eletroquímica
Eletroquímica

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Eletroquimica
EletroquimicaEletroquimica
Eletroquimica
Paola Botelho
 
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando AbreuEletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
Fernando Abreu
 
Eletroquimica
EletroquimicaEletroquimica
Eletroquimica
Adrianne Mendonça
 
Pilhas
PilhasPilhas
Eletroquímica
EletroquímicaEletroquímica
Eletroquímica
EletroquímicaEletroquímica
Eletroquímica
Brida Eloísa
 
Eletroquimica PILHAS
Eletroquimica PILHASEletroquimica PILHAS
Eletroquimica PILHAS
Ana Dias
 
Eletroquímica Para Jovens do Ensino Médio
Eletroquímica Para Jovens do Ensino MédioEletroquímica Para Jovens do Ensino Médio
Eletroquímica Para Jovens do Ensino Médio
Rene Lins
 
Eletroquimica e eletrolise
Eletroquimica e eletroliseEletroquimica e eletrolise
Eletroquimica e eletrolise
daiaprof
 
Eletroquímica
EletroquímicaEletroquímica
Eletroquímica
sabinosilva
 
Aula i fbaiano_eletroquimica
Aula i fbaiano_eletroquimicaAula i fbaiano_eletroquimica
Aula i fbaiano_eletroquimica
Saulo Luis Capim
 
Aula eletroquimica
Aula eletroquimica Aula eletroquimica
Aula eletroquimica
vargastania
 
01 aula introdução eletroquímica
01 aula introdução eletroquímica01 aula introdução eletroquímica
01 aula introdução eletroquímica
Clauber Dalmas Rodrigues
 
Eletroquímica prof.ana cristina
Eletroquímica prof.ana cristinaEletroquímica prof.ana cristina
Eletroquímica prof.ana cristina
Ana Dias
 
Aula eletrolise
Aula  eletroliseAula  eletrolise
Aula eletrolise
Adrianne Mendonça
 
Experimento 9 - Eletroquímica
Experimento 9   -  EletroquímicaExperimento 9   -  Eletroquímica
Experimento 9 - Eletroquímica
Silvanildo Macário
 
Eletroquimica
EletroquimicaEletroquimica
Eletroquimica
Larissa Fernandes
 
TEORIA da ELETROQUÍMICA
TEORIA da ELETROQUÍMICATEORIA da ELETROQUÍMICA
TEORIA da ELETROQUÍMICA
Cursos Profissionalizantes
 
Eletroquímica
EletroquímicaEletroquímica
Eletroquímica
Carlos Priante
 
Eletroquímica
EletroquímicaEletroquímica
Eletroquímica
Rene Lins
 

Mais procurados (20)

Eletroquimica
EletroquimicaEletroquimica
Eletroquimica
 
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando AbreuEletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
Eletroquímica: pilha e eletrólise - Prof. Fernando Abreu
 
Eletroquimica
EletroquimicaEletroquimica
Eletroquimica
 
Pilhas
PilhasPilhas
Pilhas
 
Eletroquímica
EletroquímicaEletroquímica
Eletroquímica
 
Eletroquímica
EletroquímicaEletroquímica
Eletroquímica
 
Eletroquimica PILHAS
Eletroquimica PILHASEletroquimica PILHAS
Eletroquimica PILHAS
 
Eletroquímica Para Jovens do Ensino Médio
Eletroquímica Para Jovens do Ensino MédioEletroquímica Para Jovens do Ensino Médio
Eletroquímica Para Jovens do Ensino Médio
 
Eletroquimica e eletrolise
Eletroquimica e eletroliseEletroquimica e eletrolise
Eletroquimica e eletrolise
 
Eletroquímica
EletroquímicaEletroquímica
Eletroquímica
 
Aula i fbaiano_eletroquimica
Aula i fbaiano_eletroquimicaAula i fbaiano_eletroquimica
Aula i fbaiano_eletroquimica
 
Aula eletroquimica
Aula eletroquimica Aula eletroquimica
Aula eletroquimica
 
01 aula introdução eletroquímica
01 aula introdução eletroquímica01 aula introdução eletroquímica
01 aula introdução eletroquímica
 
Eletroquímica prof.ana cristina
Eletroquímica prof.ana cristinaEletroquímica prof.ana cristina
Eletroquímica prof.ana cristina
 
Aula eletrolise
Aula  eletroliseAula  eletrolise
Aula eletrolise
 
Experimento 9 - Eletroquímica
Experimento 9   -  EletroquímicaExperimento 9   -  Eletroquímica
Experimento 9 - Eletroquímica
 
Eletroquimica
EletroquimicaEletroquimica
Eletroquimica
 
TEORIA da ELETROQUÍMICA
TEORIA da ELETROQUÍMICATEORIA da ELETROQUÍMICA
TEORIA da ELETROQUÍMICA
 
Eletroquímica
EletroquímicaEletroquímica
Eletroquímica
 
Eletroquímica
EletroquímicaEletroquímica
Eletroquímica
 

Destaque

Audiência pública
Audiência públicaAudiência pública
Audiência pública
IsabelaVargas2013
 
Unidade14 eletroquímica
Unidade14   eletroquímicaUnidade14   eletroquímica
Unidade14 eletroquímica
Jhonny Marllon
 
Tema 5 .a reprodución nas plantas.
Tema 5 .a reprodución nas plantas.Tema 5 .a reprodución nas plantas.
Tema 5 .a reprodución nas plantas.
bermudezbargo
 
08 conservação da energia
08 conservação da energia08 conservação da energia
08 conservação da energia
CLucasC20
 
Primer insecticida biológico formulado en uruguay (Juan Carlos Ramos)
Primer insecticida biológico formulado en uruguay (Juan Carlos Ramos)Primer insecticida biológico formulado en uruguay (Juan Carlos Ramos)
Primer insecticida biológico formulado en uruguay (Juan Carlos Ramos)
Juan Carlos Ramos
 
conejos enanos
conejos enanosconejos enanos
conejos enanos
jesyk jimenez
 
Chimeneas de exterior_enero_2011
Chimeneas de exterior_enero_2011Chimeneas de exterior_enero_2011
Chimeneas de exterior_enero_2011
Juan Luis Perales Ferrándiz
 
El setup .
El setup .El setup .
El setup .
Angie Moreno
 
Variaciones del dólar en 2012
Variaciones del dólar en 2012Variaciones del dólar en 2012
Variaciones del dólar en 2012
deleongustavo
 
Sleep Inn Flyer
Sleep Inn FlyerSleep Inn Flyer
Sleep Inn Flyer
cjonesj_48
 
1.01 jessica ballesteros 0105 plano pieza paletas
1.01 jessica ballesteros 0105 plano pieza paletas  1.01 jessica ballesteros 0105 plano pieza paletas
1.01 jessica ballesteros 0105 plano pieza paletas
d1a2d3r4
 
equilibrio Ionico
equilibrio Ionicoequilibrio Ionico
equilibrio Ionico
omrjse
 
School Smart Analytics eTechSchool
School Smart Analytics eTechSchoolSchool Smart Analytics eTechSchool
School Smart Analytics eTechSchool
techlead-india
 
Near field communication
Near field communicationNear field communication
Near field communication
Maagaa Mn
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
Ana Roberta Souza
 
Flash and ddr memory
Flash and ddr memoryFlash and ddr memory
Flash and ddr memory
pattygarcia146
 
Caio
CaioCaio
Impact of Fouling on VCR System
Impact of Fouling on VCR SystemImpact of Fouling on VCR System
Impact of Fouling on VCR System
Shashank Pandey
 

Destaque (20)

Ed 1 2013_dpf_administrativo___abertura
Ed 1 2013_dpf_administrativo___aberturaEd 1 2013_dpf_administrativo___abertura
Ed 1 2013_dpf_administrativo___abertura
 
Audiência pública
Audiência públicaAudiência pública
Audiência pública
 
Unidade14 eletroquímica
Unidade14   eletroquímicaUnidade14   eletroquímica
Unidade14 eletroquímica
 
Tema 5 .a reprodución nas plantas.
Tema 5 .a reprodución nas plantas.Tema 5 .a reprodución nas plantas.
Tema 5 .a reprodución nas plantas.
 
08 conservação da energia
08 conservação da energia08 conservação da energia
08 conservação da energia
 
Primer insecticida biológico formulado en uruguay (Juan Carlos Ramos)
Primer insecticida biológico formulado en uruguay (Juan Carlos Ramos)Primer insecticida biológico formulado en uruguay (Juan Carlos Ramos)
Primer insecticida biológico formulado en uruguay (Juan Carlos Ramos)
 
conejos enanos
conejos enanosconejos enanos
conejos enanos
 
Chimeneas de exterior_enero_2011
Chimeneas de exterior_enero_2011Chimeneas de exterior_enero_2011
Chimeneas de exterior_enero_2011
 
El setup .
El setup .El setup .
El setup .
 
Variaciones del dólar en 2012
Variaciones del dólar en 2012Variaciones del dólar en 2012
Variaciones del dólar en 2012
 
Sleep Inn Flyer
Sleep Inn FlyerSleep Inn Flyer
Sleep Inn Flyer
 
1.01 jessica ballesteros 0105 plano pieza paletas
1.01 jessica ballesteros 0105 plano pieza paletas  1.01 jessica ballesteros 0105 plano pieza paletas
1.01 jessica ballesteros 0105 plano pieza paletas
 
equilibrio Ionico
equilibrio Ionicoequilibrio Ionico
equilibrio Ionico
 
Pkn rakyat
Pkn rakyatPkn rakyat
Pkn rakyat
 
School Smart Analytics eTechSchool
School Smart Analytics eTechSchoolSchool Smart Analytics eTechSchool
School Smart Analytics eTechSchool
 
Near field communication
Near field communicationNear field communication
Near field communication
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
Flash and ddr memory
Flash and ddr memoryFlash and ddr memory
Flash and ddr memory
 
Caio
CaioCaio
Caio
 
Impact of Fouling on VCR System
Impact of Fouling on VCR SystemImpact of Fouling on VCR System
Impact of Fouling on VCR System
 

Semelhante a Eletroquímica

Eletroquímica eletrólise
Eletroquímica   eletróliseEletroquímica   eletrólise
Eletroquímica eletrólise
Quimica Ensino
 
Eletrólise_ Fundamentos
Eletrólise_ FundamentosEletrólise_ Fundamentos
Eletrólise_ Fundamentos
Profa Fabíola Química
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
KeslleyAFerreira
 
Eletroquímica2
Eletroquímica2Eletroquímica2
Eletroquímica2
jorgehenriqueangelim
 
Apostila de Química
Apostila de QuímicaApostila de Química
Apostila de Química
Felicio1956
 
Apostila de Química
Apostila de QuímicaApostila de Química
Apostila de Química
Felicio1956
 
Aula de Eletroquímica
Aula de Eletroquímica Aula de Eletroquímica
Aula de Eletroquímica
Felicio1956
 
Leveson
LevesonLeveson
Leveson
leveson
 
Eletroquímica
EletroquímicaEletroquímica
Eletroquímica
cris_bastardis
 
Leveson
LevesonLeveson
Leveson
leveson
 
Aula pilhas
Aula pilhasAula pilhas
Aula pilhas
CamachoJAAMC
 
Aula pilhas
Aula pilhasAula pilhas
Aula pilhas
Andre Semensato
 
Pr tica 9
Pr tica 9Pr tica 9
Pr tica 9
Paula Almeida
 
Eletroquímica
EletroquímicaEletroquímica
Eletroquímica
Marilena Meira
 
Aula+escrita+eletrólise
Aula+escrita+eletróliseAula+escrita+eletrólise
Pilhas e baterias
Pilhas e bateriasPilhas e baterias
Pilhas e baterias
Ramon Batalha
 
Equilibrio oxidação e redução
Equilibrio oxidação e  reduçãoEquilibrio oxidação e  redução
Equilibrio oxidação e redução
Adrianne Mendonça
 
Aulas 08 e 09 pilhas - 2º ano
Aulas 08 e 09   pilhas - 2º anoAulas 08 e 09   pilhas - 2º ano
Aulas 08 e 09 pilhas - 2º ano
Alpha Colégio e Vestibulares
 
Aulas 08 e 09 pilhas - 2º ano
Aulas 08 e 09   pilhas - 2º anoAulas 08 e 09   pilhas - 2º ano
Aulas 08 e 09 pilhas - 2º ano
Alpha Colégio e Vestibulares
 
pilhas-prof.melucas.pptxkkjniniin8nnihnni8b
pilhas-prof.melucas.pptxkkjniniin8nnihnni8bpilhas-prof.melucas.pptxkkjniniin8nnihnni8b
pilhas-prof.melucas.pptxkkjniniin8nnihnni8b
almeidapottervictori
 

Semelhante a Eletroquímica (20)

Eletroquímica eletrólise
Eletroquímica   eletróliseEletroquímica   eletrólise
Eletroquímica eletrólise
 
Eletrólise_ Fundamentos
Eletrólise_ FundamentosEletrólise_ Fundamentos
Eletrólise_ Fundamentos
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Eletroquímica2
Eletroquímica2Eletroquímica2
Eletroquímica2
 
Apostila de Química
Apostila de QuímicaApostila de Química
Apostila de Química
 
Apostila de Química
Apostila de QuímicaApostila de Química
Apostila de Química
 
Aula de Eletroquímica
Aula de Eletroquímica Aula de Eletroquímica
Aula de Eletroquímica
 
Leveson
LevesonLeveson
Leveson
 
Eletroquímica
EletroquímicaEletroquímica
Eletroquímica
 
Leveson
LevesonLeveson
Leveson
 
Aula pilhas
Aula pilhasAula pilhas
Aula pilhas
 
Aula pilhas
Aula pilhasAula pilhas
Aula pilhas
 
Pr tica 9
Pr tica 9Pr tica 9
Pr tica 9
 
Eletroquímica
EletroquímicaEletroquímica
Eletroquímica
 
Aula+escrita+eletrólise
Aula+escrita+eletróliseAula+escrita+eletrólise
Aula+escrita+eletrólise
 
Pilhas e baterias
Pilhas e bateriasPilhas e baterias
Pilhas e baterias
 
Equilibrio oxidação e redução
Equilibrio oxidação e  reduçãoEquilibrio oxidação e  redução
Equilibrio oxidação e redução
 
Aulas 08 e 09 pilhas - 2º ano
Aulas 08 e 09   pilhas - 2º anoAulas 08 e 09   pilhas - 2º ano
Aulas 08 e 09 pilhas - 2º ano
 
Aulas 08 e 09 pilhas - 2º ano
Aulas 08 e 09   pilhas - 2º anoAulas 08 e 09   pilhas - 2º ano
Aulas 08 e 09 pilhas - 2º ano
 
pilhas-prof.melucas.pptxkkjniniin8nnihnni8b
pilhas-prof.melucas.pptxkkjniniin8nnihnni8bpilhas-prof.melucas.pptxkkjniniin8nnihnni8b
pilhas-prof.melucas.pptxkkjniniin8nnihnni8b
 

Eletroquímica

  • 2. Eletroquímica É o estudo das reações química que produzem corrente elétrica ou são produzidas pela corrente elétrica.
  • 4. ELETROQUÍMICA Células galvânicas: É um dispositivo que utiliza reações de óxido-redução para converter energia química em energia elétrica. A reação química utilizada será sempre espontânea.
  • 5. Uma pilha (ou reação galvânica) é um processo que gera uma diferença de potencial e uma corrente elétrica. Nesse processo associamos duas reações que apresentam potenciais de oxi-redução diferentes entre sí. Os potenciais de oxi-redução “medem” a capacidade de oxidação ou de redução de um sistema. PILHAS
  • 6. PILHAS Para os cátions, os metais alcalinos e alcalino-terrosos, por serem muito eletropositivos, apresentam elevado potencial de oxidação enquanto que os metais de transição apresentam, em relação aos primeiros elevado potencial de redução. Para fins comparativos, arbitra- se potencial zero para a reação H2 - 2 e- 2 H+ E = 0,0 V
  • 7. PILHAS Exemplos de Potenciais de redução Li+ + 1 e- Li E = - 3,04 V Na+ + 1 e- Na E = - 2,71 V Zn++ + 2 e- Zn E = - 0,76 V 2H+ + 2 e- H2 E = 0,00 V Cu+2 + 2e- Cu E = + 0,34 V Ag+ + 1 e- Ag E = + 0,80 V Au+3 + 3e- Au E = + 1,50 V
  • 8. PILHAS Uma das primeiras pilhas conhecidas é a de DANIELL, que consiste de um eletrodo de cobre e outro de zinco, segundo o esquema: Zn(s) - 2e - Zn 2+ Solução de ZnSO4 Solução de CuSO4 Oxidação Cu2+ + 2e - Cu(s) Redução CÁTODOÂNODO - + simulação
  • 9. PILHAS Na pilha de Daniell o Zn tende a se oxidar pois apresenta menor potencial de redução ( - 0,76 V) enquanto cobre apresenta maior potencial de redução ( + 0,34 V). Para a reação global ocorre o seguinte: Zn - 2 e- Zn+2 Cu+2 + 2 e- Cu
  • 10. PILHAS Associado as duas reações resulta: Zn + Cu+2 Zn+2 + Cu * Zn sofre oxidação; * Cu+2 sofre redução.
  • 11. PILHAS Representação da pilha de Daniell Zn / Zn+2 // Cu+2 / Cu (ânodo: -) (cátodo: +) fluxo de elétrons oxidação redução redutor oxidante Epilha = Eoxidante - Eredutor (sempre usar o potencial de redução) PONTE SALINA
  • 12. PILHAS Nas pilhas - cátodo chegam elétrons - ânodo saem elétrons
  • 13. PILHAS Potencial na pilha de Daniell Eoxidante(Cu) = + 0,34 Volts Eredutor(Zn) = - 0,76 Volts Epilha = Eoxidante - Eredutor Epilha = + 0,34 - (- 0,76) = 1,10 Volts. * Epilha > 0 : reação espontânea * Epilha < 0 : reação não-espontânea
  • 15. ZINCO COBRE e- e- Zn+2 Cu+2 Redução E = E ox + E red Oxidação Perde elétrons Ânodo Negativo Ganha elétrons Cátodo Positivo Zn0/Zn+2 Cu+2/Cu0 + Potencial menor Potencial maior -