SlideShare uma empresa Scribd logo
Ciências Contábeis -
Estágio
Supervisionado I
Fernando Monteiro D’Andrea
Santarém – Tapajós – Brasil
Fevereiro a Junho de 2015
O que é um Curriculum?
• É uma peça publicitária, uma maneira de vender um
produto: o (futuro) profissional;
• O CV deve conter:
• Dados pessoais
• Objetivo profissional
• Resumo das qualificações profissionais
• Formação acadêmica
• Conhecimentos em informática
• Conhecimentos em Línguas
• Cursos complementares
Elaboração do Currículo
• Evitar currículos muito longos, duas páginas é o suficiente;
• Erros de português são intoleráveis;
• É importante ter um objetivo profissional definido;
• Exemplos?
• Inserir projetos, cursos e trabalhos importantes realizados
dentro e fora da faculdade;
• O PI pode ajudar muito;
• Colocar o que foi aprendido e o que foi desenvolvido nas ações é
relevante;
• Trabalhos voluntários também são relevantes, mas não adianta
fazê-los apenas para por no currículo;
• A Participação em cursos e seminários deve estar ligada ao
objetivo profissional mencionado;
Elaboração do Currículo
• Cursos extra curriculares de línguas estrangeiras ou
conectados ao objetivo do potencial estagiário também são
muito bem vistos;
• É possível colocar pessoas de referência, amigos, professores,
ex-chefes, que possam te indicar caso seja requisitado pela
empresa;
• Evite usar frases longas e muito técnicas;
• Não inclua qualificações que nada tem de relação com a vaga;
• Se você não tem experiência, foque o currículo na sua
formação;
Dicas importantes
• Proatividade e networking;
• Postura na apresentação e na entrega do documento;
• Objetivos diferentes para empresas diferentes;
• Não adianta distribuir o mesmo currículo para empresas
totalmente diferentes;
• Conheça o possível empregador;
• Participe da entrevista, não apenas responda a perguntas, mas
faça questionamentos;
• Currículo limpo, conciso e bem organizado no espaço da
página.
• Qualidade formal do documento é uma das primeiras
mensagens captadas pelo avaliador.
• Nessa pré-análise, textos mal escritos, erros de português e
formatação confusa dificilmente passam impunes. Falhas, de
forma geral, chamam muito a atenção.
Dicas importantes
• Para quem já trabalhou / estagiou é importante colocar uma
descrição do ramo de atuação e dados adicionais
(faturamento anual estimado e número de funcionários, por
exemplo). Isso ajuda a situar o recrutador e impedir que ele
tire conclusões equivocadas sobre a empresa e o candidato;
• Estar pronto para explicar o curriculo nas entrevistas é
fundamental, não minta e deixe as informações claras;
• A melhor maneira de procurar um emprego é estando
empregado;
Elaborando
1. Dados pessoais
• O início, apresenta o profissional:
• Nome completo, idade, Estado civil, Endereço, Telefone e e-mail
2. Objetivo Profissional
• Escrever de maneira direta para que a empresa veja qual é a posição
de interesse, definir, deve estar direcionada a vaga disponível e todo
o currículo deverá estar direcionado para a mesma. Os candidatos
não devem colocar diversos objetivos juntos.
• Sempre mude o objetivo a cada vez que for enviar seu currículo!
3 - Qualificações
• É importante colocar informações positivas sobre sua carreira. O
objetivo é chamar atenção para que o recrutador leia o currículo até
o final. Nesse item, o profissional deve pensar quais habilidades,
conhecimentos e experiências que ele possui seriam positivos para a
posição. A partir dessas informações deve-se selecionar o que irá no
resumo.
Elaborando
4 - Formação acadêmica
• Colocar o último grau de escolaridade que possui. A descrição deve
ter o nome da instituição, curso e ano ou previsão de término.
5. Experiência profissional
• Candidato sem experiência pode citar eventuais trabalhos
voluntários, em empresa júnior ou centros acadêmicos da faculdade,
colocando as atribuições e responsabilidades que desempenhava.
• Por data, a partir da mais recente. Coloque nome das empresas,
cargos exercido e descreva as atribuições das atividades.
6. Cursos complementares
• Cursos extracurriculares ou de curta duração e workshops que
tenham relação com a vaga devem ser informados, mencionar
instituição, mês e ano de início e término e carga horária.
Elaborando
7. Idiomas
• Honestidade é a palavra chave, indicar o real conhecimento do
idioma, pois este pode ser testado na entrevista. Básico,
intermediário, avançado e fluente.
8. Informática
• Informar conhecimentos em cada programa e categorizá-los.
Os eventuais cursos podem ser colocados seguindo o padrão
usado nos cursos complementares.
9. Informações adicionais
• Informar experiências internacionais e trabalhos voluntários.
Atividades feitas fora do horário de trabalho podem ser
citadas, desde que tenham relação com o emprego ou
destaquem as qualidades do profissional.
O que não fazer
• Foto (Só deve ser enviada quando empregador solicitar)
• Número de documentos
• Título “currículo vitae” ou “currículo”
• Pronomes pessoais (Ao invés de usar “eu desenvolvi um
projeto” substitua por “desenvolvimento de projeto”)
• Informações negativas (Profissionais que não possuem algum
tipo de conhecimento não devem colocar essa informação. A
melhor opção é não informar nada)
• Nome de pais, marido ou esposa e filhos
• Motivo de saída de empregos anteriores
• Pretensão salarial (exceto quando requisitado)
• Cartas de referência (exceto quando requisitado)
• Certificados de cursos realizados (exceto quando requisitado)
O que não escrever
• Não escreva o primeiro currículo da sua vida como se
estivesse se desculpando por ainda não ter experiência.
• “Todas as pessoas que estão hoje no mercado de
trabalho tiveram um primeiro emprego e não tinham
experiência profissional anterior” Bruna Tokunaga Dias,
gerente de orientação de carreira da Cia de Talentos.
Na entrevista
• Postura: a falta de experiência faz com que a pessoa seja
avaliada pelo seu posicionamento, sua forma de vestir, de falar
e de se apresentar;
• Conhecimento sobre a empresa.
• Antes de ir para a entrevista buscar o máximo possível de
informações;
• Criar um diálogo, apresentar dúvidas, indagar sobre a empresa
é importante e demonstra interesse;
• Buscar saber mais também sobre a vaga disponível. “Qual será
o meu trabalho, estou disposto a fazer isso?”;
• Mentir ou criar um perfil falso é o pior caminho, pois o
recrutador geralmente consegue detectar certas falhas.
Recursos
• Vagas.com.br
• Catho.com.br
• infojobs.com.br
• Empregos.com.br
• Facebook.com/vagascom
• Linkedin.com
• http://lattes.cnpq.br/ (para currículo acadêmico)
• Sites das empresas normalmente disponibilizam
ferramentas de envio de currículos.
• ACES tem uma lista de vagas de emprego nas
empresas, geralmente no comércio da cidade.
O que é um Curriculum Lattes?
• É um instrumento que registra informações profissionais de
cientistas, professores, pesquisadores, estudantes de pós-graduação
e graduação, profissionais autônomos, funcionários de empresas,
governos e organizações civis etc.;
• Qualquer pessoa pode criar e atualizar o seu Currículo Lattes,
diretamente na Plataforma Lattes no site do CNPq;
• Currículos ali inseridos podem ser usados individualmente pelos
seus titulares e podem ser acessados por terceiros através de um
sistema de buscas;
• As informações registradas no Currículo Lattes incluem formação
educacional, publicações, atividades exercidas, vínculos
institucionais atuais e passados, participações em congressos e
eventos, produtos gerados e patenteados, bolsas e financiamentos
obtidos etc.
• É a maneira usada no Brasil para cadastrar os pesquisadores das
diferentes universidades atuantes no Brasil numa plataforma
comum;
• Alunos de graduação com interesse em fazer pós graduação
(Mestrado e Doutorado, em especial), devem cadastrar seus
currículos;
O que é um Curriculum Lattes?
• Importância do CV-Lattes
• O currículo Lattes permite à Instituição uma fácil visão e avaliação
curricular dos docentes e discentes contemplando os seguintes
pontos:
• Estabelecer uma imagem institucional nos sensos;
• Formação de grupos de trabalho e pesquisa;
• Avaliar o seu trabalho enquanto pesquisador;
• Diagnosticar o perfil do pesquisador com outros dentro de sua área de
atuação.
• Importância para o pesquisador
• Possibilita a visibilidade da produção docente por grupos de
pesquisa consulta em qualquer lugar do pais;
• Possibilidade de concessão de passagens para eventos científicos;
• Participação de projetos.
• Em geral os órgãos de fomento consultam o currículo Lattes tornando-se de
suma importância para as avaliações de produção científica.
Fontes Interessantes
• http://www.vagas.com.br/profissoes/dicas/9-passos-para-
criar-seu-primeiro-curriculo/
• http://exame.abril.com.br/carreira/noticias/6-pontos-do-seu-
curriculo-que-saltam-aos-olhos-do-recrutador
• http://g1.globo.com/concursos-e-
emprego/noticia/2013/07/veja-como-montar-um-curriculo-
para-conseguir-o-primeiro-emprego.html
• http://www.produzindo.net/modelo-de-curriculo-para-o-seu-
primeiro-emprego/
• http://www.guiadacarreira.com.br/artigos/carreira/escrever-
primeiro-curriculo/
• http://www.dicasdecurriculo.com.br/modelos-de-
curriculo/modelo-de-curriculo-para-primeiro-
emprego/#.VMo_hy5SL-k
• http://www.catho.com.br/carreira-sucesso/dicas-
emprego/dicas-para-sua-primeira-entrevista-de-emprego

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

RECRUTAMENTO DE PESSOAS
RECRUTAMENTO DE PESSOASRECRUTAMENTO DE PESSOAS
RECRUTAMENTO DE PESSOAS
Aldo Cezar Araújo
 
Elaboração de currículo, apresentação pessoal e entrevista de emprego
Elaboração de currículo, apresentação pessoal e entrevista de empregoElaboração de currículo, apresentação pessoal e entrevista de emprego
Elaboração de currículo, apresentação pessoal e entrevista de emprego
Henrique Mendes
 
Recrutamento de pessoal
Recrutamento de pessoalRecrutamento de pessoal
Recrutamento de pessoal
BrunoVillela
 
Elaboraca
ElaboracaElaboraca
Recrutamento e Seleção (R&S)
Recrutamento e Seleção (R&S)Recrutamento e Seleção (R&S)
Recrutamento e Seleção (R&S)
Jader Windson
 
Recrutamento
RecrutamentoRecrutamento
Recrutamento
taniamaciel
 
Preparo para mercado de trabalho
Preparo para mercado de trabalhoPreparo para mercado de trabalho
Preparo para mercado de trabalho
Escola de Informática Evolutime; Colégio Pio XII
 
Departamento pessoal
Departamento pessoalDepartamento pessoal
Departamento pessoal
Raimundo Nonato
 
Plano de Carreira
Plano de CarreiraPlano de Carreira
Plano de Carreira
Camila Falcão
 
Orientação de Carreiras e Dinâmicas
Orientação de Carreiras e DinâmicasOrientação de Carreiras e Dinâmicas
Orientação de Carreiras e Dinâmicas
SNAGES
 
DP - Admissão
DP - AdmissãoDP - Admissão
DP - Admissão
Lucas Gheller
 
Plano de Carreira
Plano de CarreiraPlano de Carreira
Plano de Carreira
CompanyWeb
 
Curriculum Vitae
Curriculum VitaeCurriculum Vitae
Curriculum Vitae
Pricila Yessayan
 
Administração de tempo
Administração de tempoAdministração de tempo
Administração de tempo
Ernandes Rodrigues Do Nascimento
 
Mercado de trabalho
Mercado de trabalhoMercado de trabalho
Mercado de trabalho
LucianoMadeira
 
Apresentação mini curso de dicas de entrevista de emprego
Apresentação mini curso de  dicas de entrevista de empregoApresentação mini curso de  dicas de entrevista de emprego
Apresentação mini curso de dicas de entrevista de emprego
Silmara Borghetti
 
Fluxograma e organograma
Fluxograma e organogramaFluxograma e organograma
Fluxograma e organograma
igorcmg
 
Perfil do profissional para o mercado de trabalho
Perfil do profissional para o mercado de trabalhoPerfil do profissional para o mercado de trabalho
Perfil do profissional para o mercado de trabalho
Gleyciana Garrido
 
Tendências do varejo para os próximos anos
Tendências do varejo para os próximos anosTendências do varejo para os próximos anos
Tendências do varejo para os próximos anos
Gazin Atacado
 

Mais procurados (20)

RECRUTAMENTO DE PESSOAS
RECRUTAMENTO DE PESSOASRECRUTAMENTO DE PESSOAS
RECRUTAMENTO DE PESSOAS
 
Elaboração de currículo, apresentação pessoal e entrevista de emprego
Elaboração de currículo, apresentação pessoal e entrevista de empregoElaboração de currículo, apresentação pessoal e entrevista de emprego
Elaboração de currículo, apresentação pessoal e entrevista de emprego
 
Recrutamento de pessoal
Recrutamento de pessoalRecrutamento de pessoal
Recrutamento de pessoal
 
Elaboraca
ElaboracaElaboraca
Elaboraca
 
Recrutamento e Seleção (R&S)
Recrutamento e Seleção (R&S)Recrutamento e Seleção (R&S)
Recrutamento e Seleção (R&S)
 
Recrutamento
RecrutamentoRecrutamento
Recrutamento
 
Preparo para mercado de trabalho
Preparo para mercado de trabalhoPreparo para mercado de trabalho
Preparo para mercado de trabalho
 
Departamento pessoal
Departamento pessoalDepartamento pessoal
Departamento pessoal
 
Plano de Carreira
Plano de CarreiraPlano de Carreira
Plano de Carreira
 
Orientação de Carreiras e Dinâmicas
Orientação de Carreiras e DinâmicasOrientação de Carreiras e Dinâmicas
Orientação de Carreiras e Dinâmicas
 
DP - Admissão
DP - AdmissãoDP - Admissão
DP - Admissão
 
Plano de Carreira
Plano de CarreiraPlano de Carreira
Plano de Carreira
 
Curriculum Vitae
Curriculum VitaeCurriculum Vitae
Curriculum Vitae
 
Administração de tempo
Administração de tempoAdministração de tempo
Administração de tempo
 
Mercado de trabalho
Mercado de trabalhoMercado de trabalho
Mercado de trabalho
 
Apresentação mini curso de dicas de entrevista de emprego
Apresentação mini curso de  dicas de entrevista de empregoApresentação mini curso de  dicas de entrevista de emprego
Apresentação mini curso de dicas de entrevista de emprego
 
Fluxograma e organograma
Fluxograma e organogramaFluxograma e organograma
Fluxograma e organograma
 
Perfil do profissional para o mercado de trabalho
Perfil do profissional para o mercado de trabalhoPerfil do profissional para o mercado de trabalho
Perfil do profissional para o mercado de trabalho
 
Gestão de pessoas chiavenato
Gestão de pessoas   chiavenatoGestão de pessoas   chiavenato
Gestão de pessoas chiavenato
 
Tendências do varejo para os próximos anos
Tendências do varejo para os próximos anosTendências do varejo para os próximos anos
Tendências do varejo para os próximos anos
 

Destaque

RelatóRio De EstáGio Perillo
RelatóRio De EstáGio PerilloRelatóRio De EstáGio Perillo
RelatóRio De EstáGio Perillo
guest0a7b56
 
Diagnistico institucional michelly
Diagnistico institucional michellyDiagnistico institucional michelly
Diagnistico institucional michelly
Michelly Viana
 
Apostila agosto
Apostila agostoApostila agosto
Apostila agosto
Mariana Matos
 
Relatório final auditoria
Relatório final auditoriaRelatório final auditoria
Relatório final auditoria
Giacomo Nunes
 
Projeto pedagogico ciencias_contabeis
Projeto pedagogico ciencias_contabeisProjeto pedagogico ciencias_contabeis
Projeto pedagogico ciencias_contabeis
Christian Thorres
 
Relatório estágio tópicos 1 e 2.
Relatório estágio tópicos 1 e 2.Relatório estágio tópicos 1 e 2.
Relatório estágio tópicos 1 e 2.
Edcléia Ferreira
 
Projeto tcc-faculdade de pedagogia-2014
Projeto tcc-faculdade de pedagogia-2014Projeto tcc-faculdade de pedagogia-2014
Projeto tcc-faculdade de pedagogia-2014
Andre Silva
 
Universidade anhanguera relatorio parcial i
Universidade anhanguera relatorio parcial iUniversidade anhanguera relatorio parcial i
Universidade anhanguera relatorio parcial i
Junior Pereira
 
Cead 20131 administracao_pa_-_administracao_-_estagio_supervisionado_ii_-_nr_...
Cead 20131 administracao_pa_-_administracao_-_estagio_supervisionado_ii_-_nr_...Cead 20131 administracao_pa_-_administracao_-_estagio_supervisionado_ii_-_nr_...
Cead 20131 administracao_pa_-_administracao_-_estagio_supervisionado_ii_-_nr_...
Ricardo Almeida
 
Caderno de estágio ed inf 2014 - anhanguera
Caderno de estágio ed inf 2014 - anhangueraCaderno de estágio ed inf 2014 - anhanguera
Caderno de estágio ed inf 2014 - anhanguera
mkbariotto
 
Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)
Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)
Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)
Vanessa Dias
 
Manual de estágio_supervisionado
Manual de estágio_supervisionadoManual de estágio_supervisionado
Manual de estágio_supervisionado
ADRIANA BECKER
 

Destaque (12)

RelatóRio De EstáGio Perillo
RelatóRio De EstáGio PerilloRelatóRio De EstáGio Perillo
RelatóRio De EstáGio Perillo
 
Diagnistico institucional michelly
Diagnistico institucional michellyDiagnistico institucional michelly
Diagnistico institucional michelly
 
Apostila agosto
Apostila agostoApostila agosto
Apostila agosto
 
Relatório final auditoria
Relatório final auditoriaRelatório final auditoria
Relatório final auditoria
 
Projeto pedagogico ciencias_contabeis
Projeto pedagogico ciencias_contabeisProjeto pedagogico ciencias_contabeis
Projeto pedagogico ciencias_contabeis
 
Relatório estágio tópicos 1 e 2.
Relatório estágio tópicos 1 e 2.Relatório estágio tópicos 1 e 2.
Relatório estágio tópicos 1 e 2.
 
Projeto tcc-faculdade de pedagogia-2014
Projeto tcc-faculdade de pedagogia-2014Projeto tcc-faculdade de pedagogia-2014
Projeto tcc-faculdade de pedagogia-2014
 
Universidade anhanguera relatorio parcial i
Universidade anhanguera relatorio parcial iUniversidade anhanguera relatorio parcial i
Universidade anhanguera relatorio parcial i
 
Cead 20131 administracao_pa_-_administracao_-_estagio_supervisionado_ii_-_nr_...
Cead 20131 administracao_pa_-_administracao_-_estagio_supervisionado_ii_-_nr_...Cead 20131 administracao_pa_-_administracao_-_estagio_supervisionado_ii_-_nr_...
Cead 20131 administracao_pa_-_administracao_-_estagio_supervisionado_ii_-_nr_...
 
Caderno de estágio ed inf 2014 - anhanguera
Caderno de estágio ed inf 2014 - anhangueraCaderno de estágio ed inf 2014 - anhanguera
Caderno de estágio ed inf 2014 - anhanguera
 
Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)
Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)
Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)
 
Manual de estágio_supervisionado
Manual de estágio_supervisionadoManual de estágio_supervisionado
Manual de estágio_supervisionado
 

Semelhante a Elaboração de Currículum Vitae

Etapas do Processo Seletivo
Etapas do Processo SeletivoEtapas do Processo Seletivo
Etapas do Processo Seletivo
Wandick Rocha de Aquino
 
Assistente Administrativo
Assistente AdministrativoAssistente Administrativo
Assistente Administrativo
Liberty Ensino
 
2872008172621manual como ter_sucesso_numa_entrevista_de_emprego
2872008172621manual como ter_sucesso_numa_entrevista_de_emprego2872008172621manual como ter_sucesso_numa_entrevista_de_emprego
2872008172621manual como ter_sucesso_numa_entrevista_de_emprego
karol_ribeiro
 
Guia emprego (1) (1) (1)
Guia emprego (1) (1) (1)Guia emprego (1) (1) (1)
Guia emprego (1) (1) (1)
Fausto Fonseca
 
Professora Vanúcia Moreira - O Mapa Mundi do Trabalho
Professora Vanúcia Moreira - O Mapa Mundi do TrabalhoProfessora Vanúcia Moreira - O Mapa Mundi do Trabalho
Professora Vanúcia Moreira - O Mapa Mundi do Trabalho
Vanúcia Moreira
 
Carreiras em relações internacionais
Carreiras em relações internacionaisCarreiras em relações internacionais
Carreiras em relações internacionais
Rafael Ávila
 
Mercado de trabalho 4
Mercado de trabalho 4Mercado de trabalho 4
Mercado de trabalho 4
Tiago Sousa
 
Construir um Curriculum vitae
Construir um Curriculum vitaeConstruir um Curriculum vitae
Construir um Curriculum vitae
Biblioteca FCT/UNL
 
Manual do desempregado
Manual do desempregadoManual do desempregado
Manual do desempregado
J M
 
Manual de tecnicas_de_procura_de_emprego
Manual de tecnicas_de_procura_de_empregoManual de tecnicas_de_procura_de_emprego
Manual de tecnicas_de_procura_de_emprego
Julia Susana Malheiro Barbosa
 
Aula 10 pc
Aula 10 pcAula 10 pc
como conseguir o seu emprego
como conseguir o seu empregocomo conseguir o seu emprego
como conseguir o seu emprego
Fatima Borges Silva
 
Currículo - A chave para o mercado de Trabalho
Currículo - A chave para o mercado de TrabalhoCurrículo - A chave para o mercado de Trabalho
Currículo - A chave para o mercado de Trabalho
Wandick Rocha de Aquino
 
Curriculum vitae
Curriculum vitaeCurriculum vitae
Curriculum vitae
Ana Roxo
 
Sucesso na entrevista de emprego
Sucesso na entrevista de empregoSucesso na entrevista de emprego
Sucesso na entrevista de emprego
eudes7600
 
Sucesso na entrevista de emprego
Sucesso na entrevista de empregoSucesso na entrevista de emprego
Sucesso na entrevista de emprego
eudes7600
 
Grh aula 4
Grh aula 4Grh aula 4
Grh aula 4
Andrea Fiuza
 
Go places. o jeito HEINEKEN de recrutar
Go places. o jeito HEINEKEN de recrutarGo places. o jeito HEINEKEN de recrutar
Go places. o jeito HEINEKEN de recrutar
Breno Barros
 
Palestra mercado de trabalho, currículo e entrevista de emprego.
Palestra mercado de trabalho, currículo e entrevista de emprego.Palestra mercado de trabalho, currículo e entrevista de emprego.
Palestra mercado de trabalho, currículo e entrevista de emprego.
Juarez Junior
 
Vou trabalhar Acção Sensibilizacao
Vou trabalhar Acção SensibilizacaoVou trabalhar Acção Sensibilizacao
Vou trabalhar Acção Sensibilizacao
psicologiaestoi
 

Semelhante a Elaboração de Currículum Vitae (20)

Etapas do Processo Seletivo
Etapas do Processo SeletivoEtapas do Processo Seletivo
Etapas do Processo Seletivo
 
Assistente Administrativo
Assistente AdministrativoAssistente Administrativo
Assistente Administrativo
 
2872008172621manual como ter_sucesso_numa_entrevista_de_emprego
2872008172621manual como ter_sucesso_numa_entrevista_de_emprego2872008172621manual como ter_sucesso_numa_entrevista_de_emprego
2872008172621manual como ter_sucesso_numa_entrevista_de_emprego
 
Guia emprego (1) (1) (1)
Guia emprego (1) (1) (1)Guia emprego (1) (1) (1)
Guia emprego (1) (1) (1)
 
Professora Vanúcia Moreira - O Mapa Mundi do Trabalho
Professora Vanúcia Moreira - O Mapa Mundi do TrabalhoProfessora Vanúcia Moreira - O Mapa Mundi do Trabalho
Professora Vanúcia Moreira - O Mapa Mundi do Trabalho
 
Carreiras em relações internacionais
Carreiras em relações internacionaisCarreiras em relações internacionais
Carreiras em relações internacionais
 
Mercado de trabalho 4
Mercado de trabalho 4Mercado de trabalho 4
Mercado de trabalho 4
 
Construir um Curriculum vitae
Construir um Curriculum vitaeConstruir um Curriculum vitae
Construir um Curriculum vitae
 
Manual do desempregado
Manual do desempregadoManual do desempregado
Manual do desempregado
 
Manual de tecnicas_de_procura_de_emprego
Manual de tecnicas_de_procura_de_empregoManual de tecnicas_de_procura_de_emprego
Manual de tecnicas_de_procura_de_emprego
 
Aula 10 pc
Aula 10 pcAula 10 pc
Aula 10 pc
 
como conseguir o seu emprego
como conseguir o seu empregocomo conseguir o seu emprego
como conseguir o seu emprego
 
Currículo - A chave para o mercado de Trabalho
Currículo - A chave para o mercado de TrabalhoCurrículo - A chave para o mercado de Trabalho
Currículo - A chave para o mercado de Trabalho
 
Curriculum vitae
Curriculum vitaeCurriculum vitae
Curriculum vitae
 
Sucesso na entrevista de emprego
Sucesso na entrevista de empregoSucesso na entrevista de emprego
Sucesso na entrevista de emprego
 
Sucesso na entrevista de emprego
Sucesso na entrevista de empregoSucesso na entrevista de emprego
Sucesso na entrevista de emprego
 
Grh aula 4
Grh aula 4Grh aula 4
Grh aula 4
 
Go places. o jeito HEINEKEN de recrutar
Go places. o jeito HEINEKEN de recrutarGo places. o jeito HEINEKEN de recrutar
Go places. o jeito HEINEKEN de recrutar
 
Palestra mercado de trabalho, currículo e entrevista de emprego.
Palestra mercado de trabalho, currículo e entrevista de emprego.Palestra mercado de trabalho, currículo e entrevista de emprego.
Palestra mercado de trabalho, currículo e entrevista de emprego.
 
Vou trabalhar Acção Sensibilizacao
Vou trabalhar Acção SensibilizacaoVou trabalhar Acção Sensibilizacao
Vou trabalhar Acção Sensibilizacao
 

Mais de Fernando Monteiro D'Andrea

Futuro da Escola Austríaca no Brasil
Futuro da Escola Austríaca no BrasilFuturo da Escola Austríaca no Brasil
Futuro da Escola Austríaca no Brasil
Fernando Monteiro D'Andrea
 
PEC 55 - Esclarecimentos e possíveis consequências
PEC 55 - Esclarecimentos e possíveis consequênciasPEC 55 - Esclarecimentos e possíveis consequências
PEC 55 - Esclarecimentos e possíveis consequências
Fernando Monteiro D'Andrea
 
O que te move?
O que te move?O que te move?
Caminho para a servidão em quadrinhos
Caminho para a servidão em quadrinhosCaminho para a servidão em quadrinhos
Caminho para a servidão em quadrinhos
Fernando Monteiro D'Andrea
 
O Advogado como empreendedor
O Advogado como empreendedorO Advogado como empreendedor
O Advogado como empreendedor
Fernando Monteiro D'Andrea
 
Moeda e inflação
Moeda e inflaçãoMoeda e inflação
Moeda e inflação
Fernando Monteiro D'Andrea
 
Inovação em modelos de negócios: O Canvas
Inovação em modelos de negócios: O CanvasInovação em modelos de negócios: O Canvas
Inovação em modelos de negócios: O Canvas
Fernando Monteiro D'Andrea
 
Apresentação no XIII Encontro de Administração do IESPES
Apresentação no XIII Encontro de Administração do IESPESApresentação no XIII Encontro de Administração do IESPES
Apresentação no XIII Encontro de Administração do IESPES
Fernando Monteiro D'Andrea
 
Planejamento Estratégico
Planejamento EstratégicoPlanejamento Estratégico
Planejamento Estratégico
Fernando Monteiro D'Andrea
 
Macroeconomia - Inflação
Macroeconomia - Inflação Macroeconomia - Inflação
Macroeconomia - Inflação
Fernando Monteiro D'Andrea
 
Moeda e Inflação
Moeda e InflaçãoMoeda e Inflação
Moeda e Inflação
Fernando Monteiro D'Andrea
 
Planos econômicos no brasil - Aula 17
Planos econômicos no brasil - Aula 17Planos econômicos no brasil - Aula 17
Planos econômicos no brasil - Aula 17
Fernando Monteiro D'Andrea
 
Desenvolvimentismo - Aula 16
Desenvolvimentismo - Aula 16Desenvolvimentismo - Aula 16
Desenvolvimentismo - Aula 16
Fernando Monteiro D'Andrea
 
Macroeconomia, pib, pnb, per capta - Aula 15
Macroeconomia, pib, pnb, per capta - Aula 15Macroeconomia, pib, pnb, per capta - Aula 15
Macroeconomia, pib, pnb, per capta - Aula 15
Fernando Monteiro D'Andrea
 
Sistemas econômicos - Aula 14
Sistemas econômicos - Aula 14Sistemas econômicos - Aula 14
Sistemas econômicos - Aula 14
Fernando Monteiro D'Andrea
 
Economia amazônica - facts and figures - Aula 20
Economia amazônica - facts and figures - Aula 20Economia amazônica - facts and figures - Aula 20
Economia amazônica - facts and figures - Aula 20
Fernando Monteiro D'Andrea
 
Falhas de mercado e Busca de Renda - Aula 11
Falhas de mercado e Busca de Renda - Aula 11Falhas de mercado e Busca de Renda - Aula 11
Falhas de mercado e Busca de Renda - Aula 11
Fernando Monteiro D'Andrea
 
A opção - Russel Roberts - Aula 5
A opção - Russel Roberts - Aula 5A opção - Russel Roberts - Aula 5
A opção - Russel Roberts - Aula 5
Fernando Monteiro D'Andrea
 
Demanda, oferta, elasticidade e mercados - Aulas 3 a 7
Demanda, oferta, elasticidade e mercados - Aulas 3 a 7Demanda, oferta, elasticidade e mercados - Aulas 3 a 7
Demanda, oferta, elasticidade e mercados - Aulas 3 a 7
Fernando Monteiro D'Andrea
 
Teorias da Economia - Aula 02
Teorias da Economia - Aula 02Teorias da Economia - Aula 02
Teorias da Economia - Aula 02
Fernando Monteiro D'Andrea
 

Mais de Fernando Monteiro D'Andrea (20)

Futuro da Escola Austríaca no Brasil
Futuro da Escola Austríaca no BrasilFuturo da Escola Austríaca no Brasil
Futuro da Escola Austríaca no Brasil
 
PEC 55 - Esclarecimentos e possíveis consequências
PEC 55 - Esclarecimentos e possíveis consequênciasPEC 55 - Esclarecimentos e possíveis consequências
PEC 55 - Esclarecimentos e possíveis consequências
 
O que te move?
O que te move?O que te move?
O que te move?
 
Caminho para a servidão em quadrinhos
Caminho para a servidão em quadrinhosCaminho para a servidão em quadrinhos
Caminho para a servidão em quadrinhos
 
O Advogado como empreendedor
O Advogado como empreendedorO Advogado como empreendedor
O Advogado como empreendedor
 
Moeda e inflação
Moeda e inflaçãoMoeda e inflação
Moeda e inflação
 
Inovação em modelos de negócios: O Canvas
Inovação em modelos de negócios: O CanvasInovação em modelos de negócios: O Canvas
Inovação em modelos de negócios: O Canvas
 
Apresentação no XIII Encontro de Administração do IESPES
Apresentação no XIII Encontro de Administração do IESPESApresentação no XIII Encontro de Administração do IESPES
Apresentação no XIII Encontro de Administração do IESPES
 
Planejamento Estratégico
Planejamento EstratégicoPlanejamento Estratégico
Planejamento Estratégico
 
Macroeconomia - Inflação
Macroeconomia - Inflação Macroeconomia - Inflação
Macroeconomia - Inflação
 
Moeda e Inflação
Moeda e InflaçãoMoeda e Inflação
Moeda e Inflação
 
Planos econômicos no brasil - Aula 17
Planos econômicos no brasil - Aula 17Planos econômicos no brasil - Aula 17
Planos econômicos no brasil - Aula 17
 
Desenvolvimentismo - Aula 16
Desenvolvimentismo - Aula 16Desenvolvimentismo - Aula 16
Desenvolvimentismo - Aula 16
 
Macroeconomia, pib, pnb, per capta - Aula 15
Macroeconomia, pib, pnb, per capta - Aula 15Macroeconomia, pib, pnb, per capta - Aula 15
Macroeconomia, pib, pnb, per capta - Aula 15
 
Sistemas econômicos - Aula 14
Sistemas econômicos - Aula 14Sistemas econômicos - Aula 14
Sistemas econômicos - Aula 14
 
Economia amazônica - facts and figures - Aula 20
Economia amazônica - facts and figures - Aula 20Economia amazônica - facts and figures - Aula 20
Economia amazônica - facts and figures - Aula 20
 
Falhas de mercado e Busca de Renda - Aula 11
Falhas de mercado e Busca de Renda - Aula 11Falhas de mercado e Busca de Renda - Aula 11
Falhas de mercado e Busca de Renda - Aula 11
 
A opção - Russel Roberts - Aula 5
A opção - Russel Roberts - Aula 5A opção - Russel Roberts - Aula 5
A opção - Russel Roberts - Aula 5
 
Demanda, oferta, elasticidade e mercados - Aulas 3 a 7
Demanda, oferta, elasticidade e mercados - Aulas 3 a 7Demanda, oferta, elasticidade e mercados - Aulas 3 a 7
Demanda, oferta, elasticidade e mercados - Aulas 3 a 7
 
Teorias da Economia - Aula 02
Teorias da Economia - Aula 02Teorias da Economia - Aula 02
Teorias da Economia - Aula 02
 

Último

Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
ProfessoraSilmaraArg
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 

Último (20)

Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 

Elaboração de Currículum Vitae

  • 1. Ciências Contábeis - Estágio Supervisionado I Fernando Monteiro D’Andrea Santarém – Tapajós – Brasil Fevereiro a Junho de 2015
  • 2. O que é um Curriculum? • É uma peça publicitária, uma maneira de vender um produto: o (futuro) profissional; • O CV deve conter: • Dados pessoais • Objetivo profissional • Resumo das qualificações profissionais • Formação acadêmica • Conhecimentos em informática • Conhecimentos em Línguas • Cursos complementares
  • 3. Elaboração do Currículo • Evitar currículos muito longos, duas páginas é o suficiente; • Erros de português são intoleráveis; • É importante ter um objetivo profissional definido; • Exemplos? • Inserir projetos, cursos e trabalhos importantes realizados dentro e fora da faculdade; • O PI pode ajudar muito; • Colocar o que foi aprendido e o que foi desenvolvido nas ações é relevante; • Trabalhos voluntários também são relevantes, mas não adianta fazê-los apenas para por no currículo; • A Participação em cursos e seminários deve estar ligada ao objetivo profissional mencionado;
  • 4. Elaboração do Currículo • Cursos extra curriculares de línguas estrangeiras ou conectados ao objetivo do potencial estagiário também são muito bem vistos; • É possível colocar pessoas de referência, amigos, professores, ex-chefes, que possam te indicar caso seja requisitado pela empresa; • Evite usar frases longas e muito técnicas; • Não inclua qualificações que nada tem de relação com a vaga; • Se você não tem experiência, foque o currículo na sua formação;
  • 5. Dicas importantes • Proatividade e networking; • Postura na apresentação e na entrega do documento; • Objetivos diferentes para empresas diferentes; • Não adianta distribuir o mesmo currículo para empresas totalmente diferentes; • Conheça o possível empregador; • Participe da entrevista, não apenas responda a perguntas, mas faça questionamentos; • Currículo limpo, conciso e bem organizado no espaço da página. • Qualidade formal do documento é uma das primeiras mensagens captadas pelo avaliador. • Nessa pré-análise, textos mal escritos, erros de português e formatação confusa dificilmente passam impunes. Falhas, de forma geral, chamam muito a atenção.
  • 6. Dicas importantes • Para quem já trabalhou / estagiou é importante colocar uma descrição do ramo de atuação e dados adicionais (faturamento anual estimado e número de funcionários, por exemplo). Isso ajuda a situar o recrutador e impedir que ele tire conclusões equivocadas sobre a empresa e o candidato; • Estar pronto para explicar o curriculo nas entrevistas é fundamental, não minta e deixe as informações claras; • A melhor maneira de procurar um emprego é estando empregado;
  • 7. Elaborando 1. Dados pessoais • O início, apresenta o profissional: • Nome completo, idade, Estado civil, Endereço, Telefone e e-mail 2. Objetivo Profissional • Escrever de maneira direta para que a empresa veja qual é a posição de interesse, definir, deve estar direcionada a vaga disponível e todo o currículo deverá estar direcionado para a mesma. Os candidatos não devem colocar diversos objetivos juntos. • Sempre mude o objetivo a cada vez que for enviar seu currículo! 3 - Qualificações • É importante colocar informações positivas sobre sua carreira. O objetivo é chamar atenção para que o recrutador leia o currículo até o final. Nesse item, o profissional deve pensar quais habilidades, conhecimentos e experiências que ele possui seriam positivos para a posição. A partir dessas informações deve-se selecionar o que irá no resumo.
  • 8. Elaborando 4 - Formação acadêmica • Colocar o último grau de escolaridade que possui. A descrição deve ter o nome da instituição, curso e ano ou previsão de término. 5. Experiência profissional • Candidato sem experiência pode citar eventuais trabalhos voluntários, em empresa júnior ou centros acadêmicos da faculdade, colocando as atribuições e responsabilidades que desempenhava. • Por data, a partir da mais recente. Coloque nome das empresas, cargos exercido e descreva as atribuições das atividades. 6. Cursos complementares • Cursos extracurriculares ou de curta duração e workshops que tenham relação com a vaga devem ser informados, mencionar instituição, mês e ano de início e término e carga horária.
  • 9. Elaborando 7. Idiomas • Honestidade é a palavra chave, indicar o real conhecimento do idioma, pois este pode ser testado na entrevista. Básico, intermediário, avançado e fluente. 8. Informática • Informar conhecimentos em cada programa e categorizá-los. Os eventuais cursos podem ser colocados seguindo o padrão usado nos cursos complementares. 9. Informações adicionais • Informar experiências internacionais e trabalhos voluntários. Atividades feitas fora do horário de trabalho podem ser citadas, desde que tenham relação com o emprego ou destaquem as qualidades do profissional.
  • 10. O que não fazer • Foto (Só deve ser enviada quando empregador solicitar) • Número de documentos • Título “currículo vitae” ou “currículo” • Pronomes pessoais (Ao invés de usar “eu desenvolvi um projeto” substitua por “desenvolvimento de projeto”) • Informações negativas (Profissionais que não possuem algum tipo de conhecimento não devem colocar essa informação. A melhor opção é não informar nada) • Nome de pais, marido ou esposa e filhos • Motivo de saída de empregos anteriores • Pretensão salarial (exceto quando requisitado) • Cartas de referência (exceto quando requisitado) • Certificados de cursos realizados (exceto quando requisitado)
  • 11. O que não escrever • Não escreva o primeiro currículo da sua vida como se estivesse se desculpando por ainda não ter experiência. • “Todas as pessoas que estão hoje no mercado de trabalho tiveram um primeiro emprego e não tinham experiência profissional anterior” Bruna Tokunaga Dias, gerente de orientação de carreira da Cia de Talentos.
  • 12. Na entrevista • Postura: a falta de experiência faz com que a pessoa seja avaliada pelo seu posicionamento, sua forma de vestir, de falar e de se apresentar; • Conhecimento sobre a empresa. • Antes de ir para a entrevista buscar o máximo possível de informações; • Criar um diálogo, apresentar dúvidas, indagar sobre a empresa é importante e demonstra interesse; • Buscar saber mais também sobre a vaga disponível. “Qual será o meu trabalho, estou disposto a fazer isso?”; • Mentir ou criar um perfil falso é o pior caminho, pois o recrutador geralmente consegue detectar certas falhas.
  • 13. Recursos • Vagas.com.br • Catho.com.br • infojobs.com.br • Empregos.com.br • Facebook.com/vagascom • Linkedin.com • http://lattes.cnpq.br/ (para currículo acadêmico) • Sites das empresas normalmente disponibilizam ferramentas de envio de currículos. • ACES tem uma lista de vagas de emprego nas empresas, geralmente no comércio da cidade.
  • 14. O que é um Curriculum Lattes? • É um instrumento que registra informações profissionais de cientistas, professores, pesquisadores, estudantes de pós-graduação e graduação, profissionais autônomos, funcionários de empresas, governos e organizações civis etc.; • Qualquer pessoa pode criar e atualizar o seu Currículo Lattes, diretamente na Plataforma Lattes no site do CNPq; • Currículos ali inseridos podem ser usados individualmente pelos seus titulares e podem ser acessados por terceiros através de um sistema de buscas; • As informações registradas no Currículo Lattes incluem formação educacional, publicações, atividades exercidas, vínculos institucionais atuais e passados, participações em congressos e eventos, produtos gerados e patenteados, bolsas e financiamentos obtidos etc. • É a maneira usada no Brasil para cadastrar os pesquisadores das diferentes universidades atuantes no Brasil numa plataforma comum; • Alunos de graduação com interesse em fazer pós graduação (Mestrado e Doutorado, em especial), devem cadastrar seus currículos;
  • 15. O que é um Curriculum Lattes? • Importância do CV-Lattes • O currículo Lattes permite à Instituição uma fácil visão e avaliação curricular dos docentes e discentes contemplando os seguintes pontos: • Estabelecer uma imagem institucional nos sensos; • Formação de grupos de trabalho e pesquisa; • Avaliar o seu trabalho enquanto pesquisador; • Diagnosticar o perfil do pesquisador com outros dentro de sua área de atuação. • Importância para o pesquisador • Possibilita a visibilidade da produção docente por grupos de pesquisa consulta em qualquer lugar do pais; • Possibilidade de concessão de passagens para eventos científicos; • Participação de projetos. • Em geral os órgãos de fomento consultam o currículo Lattes tornando-se de suma importância para as avaliações de produção científica.
  • 16. Fontes Interessantes • http://www.vagas.com.br/profissoes/dicas/9-passos-para- criar-seu-primeiro-curriculo/ • http://exame.abril.com.br/carreira/noticias/6-pontos-do-seu- curriculo-que-saltam-aos-olhos-do-recrutador • http://g1.globo.com/concursos-e- emprego/noticia/2013/07/veja-como-montar-um-curriculo- para-conseguir-o-primeiro-emprego.html • http://www.produzindo.net/modelo-de-curriculo-para-o-seu- primeiro-emprego/ • http://www.guiadacarreira.com.br/artigos/carreira/escrever- primeiro-curriculo/ • http://www.dicasdecurriculo.com.br/modelos-de- curriculo/modelo-de-curriculo-para-primeiro- emprego/#.VMo_hy5SL-k • http://www.catho.com.br/carreira-sucesso/dicas- emprego/dicas-para-sua-primeira-entrevista-de-emprego

Notas do Editor

  1. https://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20070906085828AAIScny http://www.significados.com.br/curriculum-lattes/