SlideShare uma empresa Scribd logo
1.1. Estrutura do Trabalho
Este estágio é composto por seis etapas.
Primeira Etapa: Qualificação da empresa, nesta etapa será feito um histórico
da empresa, por que, por quem foi fundada, qual o intuito inicial dos seus
idealizadores, descrições de seus productos, quais os serviços prestados em
cada departamento da empresa.
Segunda Etapa: Condições Estruturais, nesta etapa será apresentado todos
os documentos da empresa Escritorio Conthabil.
Documentos esses que todas as empresas têm que providenciar para sua
legalização.
Terceira Etapa: Área de Ambiente Contábil, nesta etapa será mostrada a
estrutura organizacional, os departamentos que a empresa, como está sua
estruturação, os documentos necessários de cada departamento, como é
realizada a administração da empresa, as funções de cada departamento.
Quarta Etapa: Conhecimento do Processo empresarial, nesta etapa será
demonstrado como é o procedimento de divulgação, seleção e treinamento
para admissões, documentos necessários para a contratação encargos e
obrigações.
Quinta Etapa: Contabilidade/ Processo Decisório, nesta etapa relatam todos
os componentes de uma organização, as operações que a empresa executa,
descreve a abrangência do sistema de informação, do controle, planejamento,
os recursos utilizados pela empresa para o seu funcionamento, em qual campo
da contabilidade ela atua e qual a finalidade das informações contábeis para a
empresa.
Sexta Etapa: Relatório do Projeto do Estágio, nesta etapa destaca-se as
finalidade das para as quais se destinam as informações contábeis, a quem
interessa ou necessita dessas informações, e os campos de atuação da
contabilidade.
1. Qualificação da Empresa
1.1. Histórico
Foi fundada no dia 15/03/2002, a Rua Ituiutaba, 836 – Sala 01, Centro
de Iturama – MG.
Fundador: Osmar Ferreira Freitas
Evolução: Começou com 01 funcionário, atualmente o escritório possui 05
funcionários, adquiriu estabelecimento próprio, a um mês fez uma ampliação
para melhor atender seus clientes, mais espaço no ambiente e a contratação
de mais uma pessoa para o quadro pessoal.
1.2. Descrição do negócio:
“...Ao dar uma resposta especifica a uma pergunta desse tipo, a
organização está definindo, em geral, seu escopo futuro desejado, ou
seja, sua combinação de produto-serviço e mercado-cliente.”
(Maximiano, 1995, p.224 e 225).
Contabilidade comercial e rural.
Missão
“...razão de ser da empresa. Conceituação do horizonte, dentro do qual a
empresa atura ou poderá atuar no futuro”(OLIVEIRA, 2004,p. 325).
A missão é de ser referência ao prestar o serviço de contabilidade,
garantindo a satisfação completa ao cliente, executando uma operação
economicamente viável através do espírito empreendedor voltado para
resultados.
Visão
“Enquanto a missão trata da filosofia básica da organização, a visão serve para
mirar o futuro que se deseja alcançar. A visão é a imagem que a organização
define a respeito do seu futuro, ou seja, do que ela pretende ser.” ”(OLIVEIRA,
2004, p. 50).
Ser reconhecido como o melhor escritório de contabilidade na região,
alcançando a eficiência, eficácia, e excelência.
Valores
“Os valores são características, virtudes, qualidades da
organização que podem ser objetivo de avaliação, como
se estivessem em uma escala, com gradação entre
avaliações extremas. São atributos realmente importantes
para a organização, virtudes que se pretende preservadas
e incentivadas e às quais deve ser dado mérito.” (COSTA,
2007, p.38).
 Qualidade no atendimento ao cliente.
 Rapidez e eficiência na entrega da contabilização.
 Custos acessíveis.
 Respeito e valorização do Ser Humano.
 Ambiente agradável,
 Ética nos negócios.
 Transparência.
1.3. Descrição do mercado:
Contabilizar serviços de pessoas físicas e jurídicas. Hoje o sistema de
Contabilidade expandiu não só em nosso País, mais no mundo todo,
abrangendo varias áreas.
1.4. Descrição de produtos:
- Contabilidade comercial e rural
- Contabilidade financeira
- Contabilidade tributaria
- Contabilidade em auditoria
Contabilidade de custo
1.5. Descrição dos departamentos da empresa:
Diante de um novo modelo estratégico que atende as necessidades internas e
externas da empresa adotamos um Organograma simples, porém objetivo.
- Gerência Administrativa
- Financeiro
- Contábil/Pessoal/Fiscal
Gerência Administrativa - responsável pela gestão
administrativa. Trabalha pela ordem, harmonia e produtividade dos diversos
setores da empresa. Pela definição dos objetivos operacionais, atua junto à
diretoria na seleção de novos contratados. Tem um papel fundamental nas
decisões e execução das metas estabelecidas pela empresa.
Financeiro - responsável pelos pagamentos e recebimentos,
arquivo de documentos e comprovantes referentes a títulos, duplicatas e
faturas pagas diariamente. Efetua a conciliação bancária e presta contas de
toda a saúde financeira da empresa.
Contabilidade – em fase de implantação, este setor tem um
profissional técnico contábil que atende exclusivamente à empresa com seus
conhecimentos na área. Presta todos os serviços de contabilidade da empresa
desde a Conciliação de contas, Departamento pessoal, Apuração de impostos
federais, estaduais e municipais.
1.6. Classificação Econômica, fiscal e Jurídica:
Classificação Econômica
O setor primário (no Brasil) ou sector primário (em Portugal) é o conjunto
de atividades econômicas que produzem matérias-primas. Isto implica
geralmente a transformação de recursos naturais em produtos primários.
O setor secundário (no Brasil) ou sector secundário (em Portugal) é o
setor da economia que transforma produtos naturais produzidos pelo setor
primário em produtos de consumo, ou em máquinas industriais
O setor terciário (no Brasil) ou sector terciário (em Portugal), no contexto
da economia, envolve a comercialização de produtos em geral, e o
oferecimento de serviços comerciais, pessoais ou comunitários, a terceiros.
Classificação Fiscal (ncm) nomenclatura comum do MERCOSUL, é somente
para mercadorias, e não para empresas ou serviços, o que existe são códigos
fiscais CNAE usados para determinar o tipo de empresa, COMERCIAL,
INDUSTRIAL, SERVIÇOS, ONG, COOPERATIVAS, ASSOCIAÇÕES, serviços
que é determinado pela prefeitura de cada município.
Classificação Jurídica
Pessoa jurídica consiste num conjunto de pessoas ou bens, dotado de
personalidade jurídica propria e constituido na forma da lei Conforme o artigo
40 do Código Civil brasileiro de 2002, as pessoas jurídicas (admitidas pelo
Direito brasileiro) são de direito público (interno ou externo) e de direito privado.
As primeiras encontram-se no âmbito de disciplina do direito público, e as
últimas, no do direito privado.
1.6.1 Departamentalização
Segundo OLIVEIRA (2004, p. 118) “Departamentalização é o
agrupamento, de acordo com um critério específico de homogeneidade, das
atividades e correspondentes recursos (humanos, financeiros, materiais e
equipamentos) em unidades organizacionais”.
1.7. Empresa Privada
2. Condições estruturais
Documentos – Anexo II
1.6.1 Departamentalização
Segundo OLIVEIRA (2004, p. 118) “Departamentalização é o
agrupamento, de acordo com um critério específico de homogeneidade, das
atividades e correspondentes recursos (humanos, financeiros, materiais e
equipamentos) em unidades organizacionais”.
1.7. Empresa Privada
2. Condições estruturais
Documentos – Anexo II

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

8510fbf4 1c0e-4560-845c-d2ae8db21e46
8510fbf4 1c0e-4560-845c-d2ae8db21e468510fbf4 1c0e-4560-845c-d2ae8db21e46
8510fbf4 1c0e-4560-845c-d2ae8db21e46
esthefanny10
 
Votuporanga - Maio/ Junho 2015
Votuporanga - Maio/ Junho 2015Votuporanga - Maio/ Junho 2015
Votuporanga - Maio/ Junho 2015
Sebrae-SaoPaulo
 
Direito empresaral e tributário1
Direito empresaral e tributário1Direito empresaral e tributário1
Direito empresaral e tributário1
iolanda1924
 
Ação integradora assistente financeiro senac 2015
Ação integradora assistente financeiro senac 2015Ação integradora assistente financeiro senac 2015
Ação integradora assistente financeiro senac 2015
Flávia Maria
 
Áreas administrativas e suas funções
Áreas administrativas e suas funçõesÁreas administrativas e suas funções
Áreas administrativas e suas funções
Nyedson Barbosa
 
Ec13 pacc ficha 16_jan14
Ec13 pacc ficha 16_jan14Ec13 pacc ficha 16_jan14
Ec13 pacc ficha 16_jan14
Leonor Alves
 
Planejando a abertura da sua empresa
Planejando a abertura da sua empresaPlanejando a abertura da sua empresa
Planejando a abertura da sua empresa
Gabriel Oliveira de Almeida
 
Estruturação de empresas para plano de negócios
Estruturação de empresas para plano de negóciosEstruturação de empresas para plano de negócios
Estruturação de empresas para plano de negócios
mateuspizetta
 
Trabalho administração
Trabalho administraçãoTrabalho administração
Trabalho administração
Yara Grasielle
 
Ec13 pacc ficha 11_nov13
Ec13 pacc ficha 11_nov13Ec13 pacc ficha 11_nov13
Ec13 pacc ficha 11_nov13
Leonor Alves
 
Concal construtora- Uma empresa ficticia de Grazi
Concal construtora- Uma empresa ficticia de GraziConcal construtora- Uma empresa ficticia de Grazi
Concal construtora- Uma empresa ficticia de Grazi
victorosa
 
Como participar de Licitação Pública
Como participar de Licitação PúblicaComo participar de Licitação Pública
Como participar de Licitação Pública
Mais Por Arte
 

Mais procurados (12)

8510fbf4 1c0e-4560-845c-d2ae8db21e46
8510fbf4 1c0e-4560-845c-d2ae8db21e468510fbf4 1c0e-4560-845c-d2ae8db21e46
8510fbf4 1c0e-4560-845c-d2ae8db21e46
 
Votuporanga - Maio/ Junho 2015
Votuporanga - Maio/ Junho 2015Votuporanga - Maio/ Junho 2015
Votuporanga - Maio/ Junho 2015
 
Direito empresaral e tributário1
Direito empresaral e tributário1Direito empresaral e tributário1
Direito empresaral e tributário1
 
Ação integradora assistente financeiro senac 2015
Ação integradora assistente financeiro senac 2015Ação integradora assistente financeiro senac 2015
Ação integradora assistente financeiro senac 2015
 
Áreas administrativas e suas funções
Áreas administrativas e suas funçõesÁreas administrativas e suas funções
Áreas administrativas e suas funções
 
Ec13 pacc ficha 16_jan14
Ec13 pacc ficha 16_jan14Ec13 pacc ficha 16_jan14
Ec13 pacc ficha 16_jan14
 
Planejando a abertura da sua empresa
Planejando a abertura da sua empresaPlanejando a abertura da sua empresa
Planejando a abertura da sua empresa
 
Estruturação de empresas para plano de negócios
Estruturação de empresas para plano de negóciosEstruturação de empresas para plano de negócios
Estruturação de empresas para plano de negócios
 
Trabalho administração
Trabalho administraçãoTrabalho administração
Trabalho administração
 
Ec13 pacc ficha 11_nov13
Ec13 pacc ficha 11_nov13Ec13 pacc ficha 11_nov13
Ec13 pacc ficha 11_nov13
 
Concal construtora- Uma empresa ficticia de Grazi
Concal construtora- Uma empresa ficticia de GraziConcal construtora- Uma empresa ficticia de Grazi
Concal construtora- Uma empresa ficticia de Grazi
 
Como participar de Licitação Pública
Como participar de Licitação PúblicaComo participar de Licitação Pública
Como participar de Licitação Pública
 

Destaque

Elaboração de Currículum Vitae
Elaboração de Currículum VitaeElaboração de Currículum Vitae
Elaboração de Currículum Vitae
Fernando Monteiro D'Andrea
 
Relatório final auditoria
Relatório final auditoriaRelatório final auditoria
Relatório final auditoria
Giacomo Nunes
 
Projeto pedagogico ciencias_contabeis
Projeto pedagogico ciencias_contabeisProjeto pedagogico ciencias_contabeis
Projeto pedagogico ciencias_contabeis
Christian Thorres
 
Apostila agosto
Apostila agostoApostila agosto
Apostila agosto
Mariana Matos
 
Diagnistico institucional michelly
Diagnistico institucional michellyDiagnistico institucional michelly
Diagnistico institucional michelly
Michelly Viana
 
RelatóRio De EstáGio Perillo
RelatóRio De EstáGio PerilloRelatóRio De EstáGio Perillo
RelatóRio De EstáGio Perillo
guest0a7b56
 
Cead 20131 administracao_pa_-_administracao_-_estagio_supervisionado_ii_-_nr_...
Cead 20131 administracao_pa_-_administracao_-_estagio_supervisionado_ii_-_nr_...Cead 20131 administracao_pa_-_administracao_-_estagio_supervisionado_ii_-_nr_...
Cead 20131 administracao_pa_-_administracao_-_estagio_supervisionado_ii_-_nr_...
Ricardo Almeida
 
Universidade anhanguera relatorio parcial i
Universidade anhanguera relatorio parcial iUniversidade anhanguera relatorio parcial i
Universidade anhanguera relatorio parcial i
Junior Pereira
 
Projeto tcc-faculdade de pedagogia-2014
Projeto tcc-faculdade de pedagogia-2014Projeto tcc-faculdade de pedagogia-2014
Projeto tcc-faculdade de pedagogia-2014
Andre Silva
 
Caderno de estágio ed inf 2014 - anhanguera
Caderno de estágio ed inf 2014 - anhangueraCaderno de estágio ed inf 2014 - anhanguera
Caderno de estágio ed inf 2014 - anhanguera
mkbariotto
 
Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)
Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)
Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)
Vanessa Dias
 
Manual de estágio_supervisionado
Manual de estágio_supervisionadoManual de estágio_supervisionado
Manual de estágio_supervisionado
ADRIANA BECKER
 

Destaque (12)

Elaboração de Currículum Vitae
Elaboração de Currículum VitaeElaboração de Currículum Vitae
Elaboração de Currículum Vitae
 
Relatório final auditoria
Relatório final auditoriaRelatório final auditoria
Relatório final auditoria
 
Projeto pedagogico ciencias_contabeis
Projeto pedagogico ciencias_contabeisProjeto pedagogico ciencias_contabeis
Projeto pedagogico ciencias_contabeis
 
Apostila agosto
Apostila agostoApostila agosto
Apostila agosto
 
Diagnistico institucional michelly
Diagnistico institucional michellyDiagnistico institucional michelly
Diagnistico institucional michelly
 
RelatóRio De EstáGio Perillo
RelatóRio De EstáGio PerilloRelatóRio De EstáGio Perillo
RelatóRio De EstáGio Perillo
 
Cead 20131 administracao_pa_-_administracao_-_estagio_supervisionado_ii_-_nr_...
Cead 20131 administracao_pa_-_administracao_-_estagio_supervisionado_ii_-_nr_...Cead 20131 administracao_pa_-_administracao_-_estagio_supervisionado_ii_-_nr_...
Cead 20131 administracao_pa_-_administracao_-_estagio_supervisionado_ii_-_nr_...
 
Universidade anhanguera relatorio parcial i
Universidade anhanguera relatorio parcial iUniversidade anhanguera relatorio parcial i
Universidade anhanguera relatorio parcial i
 
Projeto tcc-faculdade de pedagogia-2014
Projeto tcc-faculdade de pedagogia-2014Projeto tcc-faculdade de pedagogia-2014
Projeto tcc-faculdade de pedagogia-2014
 
Caderno de estágio ed inf 2014 - anhanguera
Caderno de estágio ed inf 2014 - anhangueraCaderno de estágio ed inf 2014 - anhanguera
Caderno de estágio ed inf 2014 - anhanguera
 
Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)
Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)
Modelo do projeto integrador i projeto parcial primeira postagem (2)
 
Manual de estágio_supervisionado
Manual de estágio_supervisionadoManual de estágio_supervisionado
Manual de estágio_supervisionado
 

Semelhante a Relatório estágio tópicos 1 e 2.

Plano de negócio
Plano de negócioPlano de negócio
Plano de negócio
Anderson Alberto Ramos
 
Aula 01 e_02_teoria_contabilidade_2009_b
Aula 01 e_02_teoria_contabilidade_2009_bAula 01 e_02_teoria_contabilidade_2009_b
Aula 01 e_02_teoria_contabilidade_2009_b
zeramento contabil
 
1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf
1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf
1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf
Unipac - Conselheiro Lafaiete
 
Plano De Negócios Estrutura Passo A Passo
Plano De Negócios   Estrutura Passo A PassoPlano De Negócios   Estrutura Passo A Passo
Plano De Negócios Estrutura Passo A Passo
Prefeitura Municipal de Uberlândia
 
Plano De NegóCios Estrutura Passo A Passo
Plano De NegóCios   Estrutura Passo A PassoPlano De NegóCios   Estrutura Passo A Passo
Plano De NegóCios Estrutura Passo A Passo
Prefeitura Municipal de Uberlândia
 
contabilidade-basica (3).pdf
contabilidade-basica (3).pdfcontabilidade-basica (3).pdf
contabilidade-basica (3).pdf
SolicitaoClnica
 
Análise e Planejamento Financeiro
Análise e Planejamento FinanceiroAnálise e Planejamento Financeiro
Análise e Planejamento Financeiro
consulte
 
empresa e gestão de força de vendas
empresa e gestão de força de vendasempresa e gestão de força de vendas
empresa e gestão de força de vendas
João Costa
 
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdfPequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
MartesonCasteloBranc1
 
Ação Integradora ASSISTENTE ADMINISTRATIVO SENAC
Ação Integradora ASSISTENTE ADMINISTRATIVO SENACAção Integradora ASSISTENTE ADMINISTRATIVO SENAC
Ação Integradora ASSISTENTE ADMINISTRATIVO SENAC
Flávia Maria
 
Assistente Administrativo aula 2.pdf
Assistente Administrativo aula 2.pdfAssistente Administrativo aula 2.pdf
Assistente Administrativo aula 2.pdf
LarissaBarbosa313356
 
Empreendedorismo teleaula 5_temas_6e7
Empreendedorismo teleaula 5_temas_6e7Empreendedorismo teleaula 5_temas_6e7
Empreendedorismo teleaula 5_temas_6e7
Elizabeth Custodio
 
1653331893702-Livro-G4Fundamentosemfinanças.Livro+-+G4+Fundamentos+em+Finança...
1653331893702-Livro-G4Fundamentosemfinanças.Livro+-+G4+Fundamentos+em+Finança...1653331893702-Livro-G4Fundamentosemfinanças.Livro+-+G4+Fundamentos+em+Finança...
1653331893702-Livro-G4Fundamentosemfinanças.Livro+-+G4+Fundamentos+em+Finança...
PedroLuis216164
 
Estudo de caso
Estudo de casoEstudo de caso
Estudo de caso
Andson Silva . 4°
 
Controller em EPPs - Material de Divulgação
Controller em EPPs - Material de DivulgaçãoController em EPPs - Material de Divulgação
Controller em EPPs - Material de Divulgação
Edson Fernando de Souza
 
Organização empresarial
Organização empresarialOrganização empresarial
Organização empresarial
marcelo rodrigues
 
Manual de Orientação ao Cliente - CSF
Manual de Orientação ao Cliente - CSFManual de Orientação ao Cliente - CSF
Manual de Orientação ao Cliente - CSF
Contabilidade Sagrada Família
 
Conceitos básicos de contabilidade- Professor Danilo Pires
Conceitos básicos de contabilidade- Professor Danilo PiresConceitos básicos de contabilidade- Professor Danilo Pires
Conceitos básicos de contabilidade- Professor Danilo Pires
Danilo Pires
 
PLANO DE NEGÓCIO: Abertura de uma empresa de assistência e venda de equipamen...
PLANO DE NEGÓCIO: Abertura de uma empresa de assistência e venda de equipamen...PLANO DE NEGÓCIO: Abertura de uma empresa de assistência e venda de equipamen...
PLANO DE NEGÓCIO: Abertura de uma empresa de assistência e venda de equipamen...
ProjetoSemeandoaLeitura
 
Apostila n 1_contabilidade_1_sem_2010_pag-01-33
Apostila n 1_contabilidade_1_sem_2010_pag-01-33Apostila n 1_contabilidade_1_sem_2010_pag-01-33
Apostila n 1_contabilidade_1_sem_2010_pag-01-33
razonetecontabil
 

Semelhante a Relatório estágio tópicos 1 e 2. (20)

Plano de negócio
Plano de negócioPlano de negócio
Plano de negócio
 
Aula 01 e_02_teoria_contabilidade_2009_b
Aula 01 e_02_teoria_contabilidade_2009_bAula 01 e_02_teoria_contabilidade_2009_b
Aula 01 e_02_teoria_contabilidade_2009_b
 
1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf
1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf
1519678804ebook_plano_de_negocios_smallv3.pdf
 
Plano De Negócios Estrutura Passo A Passo
Plano De Negócios   Estrutura Passo A PassoPlano De Negócios   Estrutura Passo A Passo
Plano De Negócios Estrutura Passo A Passo
 
Plano De NegóCios Estrutura Passo A Passo
Plano De NegóCios   Estrutura Passo A PassoPlano De NegóCios   Estrutura Passo A Passo
Plano De NegóCios Estrutura Passo A Passo
 
contabilidade-basica (3).pdf
contabilidade-basica (3).pdfcontabilidade-basica (3).pdf
contabilidade-basica (3).pdf
 
Análise e Planejamento Financeiro
Análise e Planejamento FinanceiroAnálise e Planejamento Financeiro
Análise e Planejamento Financeiro
 
empresa e gestão de força de vendas
empresa e gestão de força de vendasempresa e gestão de força de vendas
empresa e gestão de força de vendas
 
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdfPequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
 
Ação Integradora ASSISTENTE ADMINISTRATIVO SENAC
Ação Integradora ASSISTENTE ADMINISTRATIVO SENACAção Integradora ASSISTENTE ADMINISTRATIVO SENAC
Ação Integradora ASSISTENTE ADMINISTRATIVO SENAC
 
Assistente Administrativo aula 2.pdf
Assistente Administrativo aula 2.pdfAssistente Administrativo aula 2.pdf
Assistente Administrativo aula 2.pdf
 
Empreendedorismo teleaula 5_temas_6e7
Empreendedorismo teleaula 5_temas_6e7Empreendedorismo teleaula 5_temas_6e7
Empreendedorismo teleaula 5_temas_6e7
 
1653331893702-Livro-G4Fundamentosemfinanças.Livro+-+G4+Fundamentos+em+Finança...
1653331893702-Livro-G4Fundamentosemfinanças.Livro+-+G4+Fundamentos+em+Finança...1653331893702-Livro-G4Fundamentosemfinanças.Livro+-+G4+Fundamentos+em+Finança...
1653331893702-Livro-G4Fundamentosemfinanças.Livro+-+G4+Fundamentos+em+Finança...
 
Estudo de caso
Estudo de casoEstudo de caso
Estudo de caso
 
Controller em EPPs - Material de Divulgação
Controller em EPPs - Material de DivulgaçãoController em EPPs - Material de Divulgação
Controller em EPPs - Material de Divulgação
 
Organização empresarial
Organização empresarialOrganização empresarial
Organização empresarial
 
Manual de Orientação ao Cliente - CSF
Manual de Orientação ao Cliente - CSFManual de Orientação ao Cliente - CSF
Manual de Orientação ao Cliente - CSF
 
Conceitos básicos de contabilidade- Professor Danilo Pires
Conceitos básicos de contabilidade- Professor Danilo PiresConceitos básicos de contabilidade- Professor Danilo Pires
Conceitos básicos de contabilidade- Professor Danilo Pires
 
PLANO DE NEGÓCIO: Abertura de uma empresa de assistência e venda de equipamen...
PLANO DE NEGÓCIO: Abertura de uma empresa de assistência e venda de equipamen...PLANO DE NEGÓCIO: Abertura de uma empresa de assistência e venda de equipamen...
PLANO DE NEGÓCIO: Abertura de uma empresa de assistência e venda de equipamen...
 
Apostila n 1_contabilidade_1_sem_2010_pag-01-33
Apostila n 1_contabilidade_1_sem_2010_pag-01-33Apostila n 1_contabilidade_1_sem_2010_pag-01-33
Apostila n 1_contabilidade_1_sem_2010_pag-01-33
 

Último

BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdflivro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdfBiologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Ana Da Silva Ponce
 
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptxFato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
MariaFatima425285
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdfEJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
JulianeMelo17
 
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docxPROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e MateusAtividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Mary Alvarenga
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
andressacastro36
 
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Luana Neres
 
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdfos-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
GiselaAlves15
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptxAula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
kdn15710
 
Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023
MatildeBrites
 

Último (20)

BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
 
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdflivro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
livro da EJA - 2a ETAPA - 4o e 5o ano. para análise do professorpdf
 
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdfBiologia - Jogos da memória genetico.pdf
Biologia - Jogos da memória genetico.pdf
 
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptxFato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
Fato X Opinião (Língua Portuguesa 9º Ano).pptx
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdfEJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
EJA -livro para professor -dos anos iniciais letramento e alfabetização.pdf
 
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptxApresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
Apresentação_Primeira_Guerra_Mundial 9 ANO-1.pptx
 
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docxPROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
 
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e MateusAtividade - Letra da música "Tem Que Sorrir"  - Jorge e Mateus
Atividade - Letra da música "Tem Que Sorrir" - Jorge e Mateus
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdfiNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
iNTRODUÇÃO À Plantas terrestres e Plantas aquáticas. (1).pdf
 
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
 
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdfos-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
os-lusiadas-resumo-os-lusiadas-10-ano.pdf
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptxAula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
 
Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023Memorial do convento slides- português 2023
Memorial do convento slides- português 2023
 

Relatório estágio tópicos 1 e 2.

  • 1. 1.1. Estrutura do Trabalho Este estágio é composto por seis etapas. Primeira Etapa: Qualificação da empresa, nesta etapa será feito um histórico da empresa, por que, por quem foi fundada, qual o intuito inicial dos seus idealizadores, descrições de seus productos, quais os serviços prestados em cada departamento da empresa. Segunda Etapa: Condições Estruturais, nesta etapa será apresentado todos os documentos da empresa Escritorio Conthabil. Documentos esses que todas as empresas têm que providenciar para sua legalização. Terceira Etapa: Área de Ambiente Contábil, nesta etapa será mostrada a estrutura organizacional, os departamentos que a empresa, como está sua estruturação, os documentos necessários de cada departamento, como é realizada a administração da empresa, as funções de cada departamento. Quarta Etapa: Conhecimento do Processo empresarial, nesta etapa será demonstrado como é o procedimento de divulgação, seleção e treinamento para admissões, documentos necessários para a contratação encargos e obrigações. Quinta Etapa: Contabilidade/ Processo Decisório, nesta etapa relatam todos os componentes de uma organização, as operações que a empresa executa, descreve a abrangência do sistema de informação, do controle, planejamento, os recursos utilizados pela empresa para o seu funcionamento, em qual campo da contabilidade ela atua e qual a finalidade das informações contábeis para a empresa. Sexta Etapa: Relatório do Projeto do Estágio, nesta etapa destaca-se as finalidade das para as quais se destinam as informações contábeis, a quem interessa ou necessita dessas informações, e os campos de atuação da contabilidade.
  • 2. 1. Qualificação da Empresa 1.1. Histórico Foi fundada no dia 15/03/2002, a Rua Ituiutaba, 836 – Sala 01, Centro de Iturama – MG. Fundador: Osmar Ferreira Freitas Evolução: Começou com 01 funcionário, atualmente o escritório possui 05 funcionários, adquiriu estabelecimento próprio, a um mês fez uma ampliação para melhor atender seus clientes, mais espaço no ambiente e a contratação de mais uma pessoa para o quadro pessoal. 1.2. Descrição do negócio: “...Ao dar uma resposta especifica a uma pergunta desse tipo, a organização está definindo, em geral, seu escopo futuro desejado, ou seja, sua combinação de produto-serviço e mercado-cliente.” (Maximiano, 1995, p.224 e 225). Contabilidade comercial e rural. Missão “...razão de ser da empresa. Conceituação do horizonte, dentro do qual a empresa atura ou poderá atuar no futuro”(OLIVEIRA, 2004,p. 325). A missão é de ser referência ao prestar o serviço de contabilidade, garantindo a satisfação completa ao cliente, executando uma operação economicamente viável através do espírito empreendedor voltado para resultados. Visão “Enquanto a missão trata da filosofia básica da organização, a visão serve para mirar o futuro que se deseja alcançar. A visão é a imagem que a organização
  • 3. define a respeito do seu futuro, ou seja, do que ela pretende ser.” ”(OLIVEIRA, 2004, p. 50). Ser reconhecido como o melhor escritório de contabilidade na região, alcançando a eficiência, eficácia, e excelência. Valores “Os valores são características, virtudes, qualidades da organização que podem ser objetivo de avaliação, como se estivessem em uma escala, com gradação entre avaliações extremas. São atributos realmente importantes para a organização, virtudes que se pretende preservadas e incentivadas e às quais deve ser dado mérito.” (COSTA, 2007, p.38).  Qualidade no atendimento ao cliente.  Rapidez e eficiência na entrega da contabilização.  Custos acessíveis.  Respeito e valorização do Ser Humano.  Ambiente agradável,  Ética nos negócios.  Transparência. 1.3. Descrição do mercado: Contabilizar serviços de pessoas físicas e jurídicas. Hoje o sistema de Contabilidade expandiu não só em nosso País, mais no mundo todo, abrangendo varias áreas. 1.4. Descrição de produtos: - Contabilidade comercial e rural - Contabilidade financeira - Contabilidade tributaria
  • 4. - Contabilidade em auditoria Contabilidade de custo 1.5. Descrição dos departamentos da empresa: Diante de um novo modelo estratégico que atende as necessidades internas e externas da empresa adotamos um Organograma simples, porém objetivo. - Gerência Administrativa - Financeiro - Contábil/Pessoal/Fiscal Gerência Administrativa - responsável pela gestão administrativa. Trabalha pela ordem, harmonia e produtividade dos diversos setores da empresa. Pela definição dos objetivos operacionais, atua junto à diretoria na seleção de novos contratados. Tem um papel fundamental nas decisões e execução das metas estabelecidas pela empresa. Financeiro - responsável pelos pagamentos e recebimentos, arquivo de documentos e comprovantes referentes a títulos, duplicatas e faturas pagas diariamente. Efetua a conciliação bancária e presta contas de toda a saúde financeira da empresa.
  • 5. Contabilidade – em fase de implantação, este setor tem um profissional técnico contábil que atende exclusivamente à empresa com seus conhecimentos na área. Presta todos os serviços de contabilidade da empresa desde a Conciliação de contas, Departamento pessoal, Apuração de impostos federais, estaduais e municipais. 1.6. Classificação Econômica, fiscal e Jurídica: Classificação Econômica O setor primário (no Brasil) ou sector primário (em Portugal) é o conjunto de atividades econômicas que produzem matérias-primas. Isto implica geralmente a transformação de recursos naturais em produtos primários. O setor secundário (no Brasil) ou sector secundário (em Portugal) é o setor da economia que transforma produtos naturais produzidos pelo setor primário em produtos de consumo, ou em máquinas industriais O setor terciário (no Brasil) ou sector terciário (em Portugal), no contexto da economia, envolve a comercialização de produtos em geral, e o oferecimento de serviços comerciais, pessoais ou comunitários, a terceiros. Classificação Fiscal (ncm) nomenclatura comum do MERCOSUL, é somente para mercadorias, e não para empresas ou serviços, o que existe são códigos fiscais CNAE usados para determinar o tipo de empresa, COMERCIAL, INDUSTRIAL, SERVIÇOS, ONG, COOPERATIVAS, ASSOCIAÇÕES, serviços que é determinado pela prefeitura de cada município. Classificação Jurídica Pessoa jurídica consiste num conjunto de pessoas ou bens, dotado de personalidade jurídica propria e constituido na forma da lei Conforme o artigo 40 do Código Civil brasileiro de 2002, as pessoas jurídicas (admitidas pelo Direito brasileiro) são de direito público (interno ou externo) e de direito privado. As primeiras encontram-se no âmbito de disciplina do direito público, e as últimas, no do direito privado.
  • 6. 1.6.1 Departamentalização Segundo OLIVEIRA (2004, p. 118) “Departamentalização é o agrupamento, de acordo com um critério específico de homogeneidade, das atividades e correspondentes recursos (humanos, financeiros, materiais e equipamentos) em unidades organizacionais”. 1.7. Empresa Privada 2. Condições estruturais Documentos – Anexo II
  • 7. 1.6.1 Departamentalização Segundo OLIVEIRA (2004, p. 118) “Departamentalização é o agrupamento, de acordo com um critério específico de homogeneidade, das atividades e correspondentes recursos (humanos, financeiros, materiais e equipamentos) em unidades organizacionais”. 1.7. Empresa Privada 2. Condições estruturais Documentos – Anexo II