SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Produção de texto:
PROPOSTA DE PRODUÇÃO TEXTUAL
• A secretaria da cultura de sua cidade promoverá um concurso de contos de
mistério. Cada participante inscrito receberá uma série de imagens com os
elementos que, necessariamente, deverão estar presentes nos contos que serão
produzidos para o evento. Assim que você finalizou sua inscrição, você recebeu as
imagens abaixo e suas respectivas legendas:
• Considerando as imagens fornecidas, em seu conto mistério, você
deverá escrever uma história em que uma detetive investiga um
assassinato, a fim de descobrir a identidade do criminoso. Em seu
conto, você deverá abordar cada um dos elementos contidos nas
imagens e revelar quem é o assassino. Importante: lembre-se de dar
um título a seu texto e de escrevê-lo em terceira pessoa.
FICHA DE PLANEJAMENTO
• O foco narrativo O narrador é aquele que narra os acontecimentos da
história. Além disso, ele também descreve aspectos relacionados ao
tempo, ao lugar e aos personagens. Se o narrador narra a história e
participa dela, ele é narrador em 1ª pessoa (também conhecido como
narrador personagem). Caso o narrador não participe da história, mas
apenas relate os acontecimentos, desconhecendo o presente e o
passado dos personagens, ele é o narrador observador. Com base nas
descrições dos narradores acima e nas exigências expostas pelo
comando do enunciado da proposta, defina o tipo de narrador de sua
produção. Narrador em 1ª pessoa Narrador observador
• O tempo
Qual a época em que se passa sua narrativa?
• O espaço
Em que lugar, ou lugares, se passará a narrativa?
Descreva algumas características do espaço em que a história ocorrerá.
Como é esse lugar? Como são as pessoas que ali vivem? Há animais
nesse lugar? Como eles são? E quanto ao clima? Faça sua descrição de
forma mais detalhada possível.
• Os personagens
Preencha a ficha para criação do protagonista, ou seja, o personagem principal de sua narrativa.
Lembre-se de que as definições dessa ficha devem ter impacto na história que você vai escrever. Nome
do personagem: Idade:
• Aparência física do personagem
Descreva como é seu personagem fisicamente. Determine sua altura, como são seus cabelos, seus olhos
e seu corpo. Se preferir, você pode desenhar uma ilustração do seu personagem no quadro abaixo.
• Características psicológicas do personagem
Descreva como é seu personagem psicologicamente, ou seja, determine se sua personalidade é calma
ou agitada, se é altruísta ou egoísta, se alguém confiável ou não e demais características que julgar
importantes.
Qual a profissão de seu personagem?
• História de vida
Defina qual o passado de seu personagem. Você pode escrever onde ele nasceu, como é sua família,
quais são as coisas de que mais gosta entre outras informações que considerar pertinentes.
• Outros personagens Haverá outros personagens em sua narrativa além do protagonista? Se sim,
enumere-os a seguir.
• Projetando o enredo O enredo é o conjunto de fatos que, ligados entre si, constroem a narrativa. Ele é
constituído por situação inicial (situações narradas que apresentam personagens, espaço e tempo);
conflito (acontecimento que perturba a situação inicial da narrativa e exige ação dos personagens
para resolução); desenvolvimento (ações dos personagens para tentar resolver o conflito); clímax
(ponto alto da narrativa, situação de maior tensão que leva ao desfecho); e desfecho (parte da
narrativa em que há a solução para o conflito). A partir das descrições das partes do enredo de uma
narrativa e das instruções explicitadas no enunciado de comando da proposta, faça um breve projeto
de como será cada etapa da história que você vai contar por meio de sua produção.
• Situação inicial
• Conflito
• Desenvolvimento
• Clímax
• Desfecho

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Conto de mistério 6º ano.pptx

GRIÃO TÉCNICO
GRIÃO TÉCNICO GRIÃO TÉCNICO
GRIÃO TÉCNICO
Karina Braz
 
Gêneros textuais – notícia, hq, cartum
Gêneros textuais – notícia, hq, cartumGêneros textuais – notícia, hq, cartum
Gêneros textuais – notícia, hq, cartum
Maria das Dores Justo
 
Gêneros textuais – notícia, hq, cartum
Gêneros textuais – notícia, hq, cartumGêneros textuais – notícia, hq, cartum
Gêneros textuais – notícia, hq, cartum
Maria das Dores Justo
 
Estrutura da narrativa
Estrutura da narrativaEstrutura da narrativa
Estrutura da narrativa
Adriana Huebra
 
1 oficina cl_ef_narracao_cronica
1 oficina cl_ef_narracao_cronica1 oficina cl_ef_narracao_cronica
1 oficina cl_ef_narracao_cronica
Adriana Cunha
 
Apostila resumo-e-exercicios-de-portugues
Apostila resumo-e-exercicios-de-portuguesApostila resumo-e-exercicios-de-portugues
Apostila resumo-e-exercicios-de-portugues
Maria Solidade de Sá
 

Semelhante a Conto de mistério 6º ano.pptx (20)

Oficina de roteiro
Oficina de roteiroOficina de roteiro
Oficina de roteiro
 
Tipologia textual.ppt
Tipologia textual.pptTipologia textual.ppt
Tipologia textual.ppt
 
GRIÃO TÉCNICO
GRIÃO TÉCNICO GRIÃO TÉCNICO
GRIÃO TÉCNICO
 
Carol Fioratti - Do Roteiro à Viabilização - TIP (13/07/2013)
Carol Fioratti - Do Roteiro à Viabilização - TIP (13/07/2013)Carol Fioratti - Do Roteiro à Viabilização - TIP (13/07/2013)
Carol Fioratti - Do Roteiro à Viabilização - TIP (13/07/2013)
 
Gêneros textuais – notícia, hq, cartum
Gêneros textuais – notícia, hq, cartumGêneros textuais – notícia, hq, cartum
Gêneros textuais – notícia, hq, cartum
 
Gêneros textuais – notícia, hq, cartum
Gêneros textuais – notícia, hq, cartumGêneros textuais – notícia, hq, cartum
Gêneros textuais – notícia, hq, cartum
 
Elementos da narrativa
Elementos da narrativaElementos da narrativa
Elementos da narrativa
 
Slides do Módulo 3 sobre Roteiro e Edição de vídeo
Slides do Módulo 3 sobre Roteiro e Edição de vídeoSlides do Módulo 3 sobre Roteiro e Edição de vídeo
Slides do Módulo 3 sobre Roteiro e Edição de vídeo
 
Roteiro
Roteiro Roteiro
Roteiro
 
Estrutura da narrativa
Estrutura da narrativaEstrutura da narrativa
Estrutura da narrativa
 
Tipos de texto
Tipos de textoTipos de texto
Tipos de texto
 
Guião: Como escrever um conto
Guião: Como escrever um contoGuião: Como escrever um conto
Guião: Como escrever um conto
 
1 oficina cl_ef_narracao_cronica
1 oficina cl_ef_narracao_cronica1 oficina cl_ef_narracao_cronica
1 oficina cl_ef_narracao_cronica
 
Apostila resumo-e-exercicios-de-portugues
Apostila resumo-e-exercicios-de-portuguesApostila resumo-e-exercicios-de-portugues
Apostila resumo-e-exercicios-de-portugues
 
Narração
NarraçãoNarração
Narração
 
Resenha
ResenhaResenha
Resenha
 
Oficina de Introdução ao Roteiro Audiovisual
Oficina de Introdução ao Roteiro AudiovisualOficina de Introdução ao Roteiro Audiovisual
Oficina de Introdução ao Roteiro Audiovisual
 
Projeto HQs
Projeto HQsProjeto HQs
Projeto HQs
 
Construção da narrativa
Construção da narrativaConstrução da narrativa
Construção da narrativa
 
Roteiro pedro pazelli slide apresentação
Roteiro pedro pazelli slide apresentaçãoRoteiro pedro pazelli slide apresentação
Roteiro pedro pazelli slide apresentação
 

Mais de Ana Vaz

Aula 2 – O que é Literatura.pptx
Aula 2 – O que é Literatura.pptxAula 2 – O que é Literatura.pptx
Aula 2 – O que é Literatura.pptx
Ana Vaz
 
8º-ano-B-Viagem-ao-centro-da-terra-1.pdf
8º-ano-B-Viagem-ao-centro-da-terra-1.pdf8º-ano-B-Viagem-ao-centro-da-terra-1.pdf
8º-ano-B-Viagem-ao-centro-da-terra-1.pdf
Ana Vaz
 
TEATRO - Texto teatral gênero, enredo, diálogos, monólogos.ppt
TEATRO - Texto teatral gênero, enredo, diálogos, monólogos.pptTEATRO - Texto teatral gênero, enredo, diálogos, monólogos.ppt
TEATRO - Texto teatral gênero, enredo, diálogos, monólogos.ppt
Ana Vaz
 
variedades_linguisticas.ppt
variedades_linguisticas.pptvariedades_linguisticas.ppt
variedades_linguisticas.ppt
Ana Vaz
 

Mais de Ana Vaz (16)

MAPA_EMédio_1 Ano do EM_LINGUAGENS 2024.pdf
MAPA_EMédio_1 Ano do EM_LINGUAGENS 2024.pdfMAPA_EMédio_1 Ano do EM_LINGUAGENS 2024.pdf
MAPA_EMédio_1 Ano do EM_LINGUAGENS 2024.pdf
 
Aula 2 – O que é Literatura.pptx
Aula 2 – O que é Literatura.pptxAula 2 – O que é Literatura.pptx
Aula 2 – O que é Literatura.pptx
 
Figuras de linguagem.pdf
Figuras de linguagem.pdfFiguras de linguagem.pdf
Figuras de linguagem.pdf
 
Aula_13___Verbo (1).pdf
Aula_13___Verbo (1).pdfAula_13___Verbo (1).pdf
Aula_13___Verbo (1).pdf
 
4-19-08-L-portuguesa-Grau-comparativo-do-adjetivo-Casa.pdf
4-19-08-L-portuguesa-Grau-comparativo-do-adjetivo-Casa.pdf4-19-08-L-portuguesa-Grau-comparativo-do-adjetivo-Casa.pdf
4-19-08-L-portuguesa-Grau-comparativo-do-adjetivo-Casa.pdf
 
7ano_Transitividade Verbal.pptx
7ano_Transitividade Verbal.pptx7ano_Transitividade Verbal.pptx
7ano_Transitividade Verbal.pptx
 
8º-ano-B-Viagem-ao-centro-da-terra-1.pdf
8º-ano-B-Viagem-ao-centro-da-terra-1.pdf8º-ano-B-Viagem-ao-centro-da-terra-1.pdf
8º-ano-B-Viagem-ao-centro-da-terra-1.pdf
 
ESTRUTURA E PROCESSOS DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS.pptx
ESTRUTURA E PROCESSOS DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS.pptxESTRUTURA E PROCESSOS DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS.pptx
ESTRUTURA E PROCESSOS DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS.pptx
 
Concordância verbal.pptx
Concordância verbal.pptxConcordância verbal.pptx
Concordância verbal.pptx
 
Orações coordenadas.ppt
Orações coordenadas.pptOrações coordenadas.ppt
Orações coordenadas.ppt
 
aula inglês 2º ANO.pptx
aula inglês 2º ANO.pptxaula inglês 2º ANO.pptx
aula inglês 2º ANO.pptx
 
5. Fisiologia Respiratória.pptx
5. Fisiologia Respiratória.pptx5. Fisiologia Respiratória.pptx
5. Fisiologia Respiratória.pptx
 
03 Códigos de Cura Grabovoi.pdf
03 Códigos de Cura Grabovoi.pdf03 Códigos de Cura Grabovoi.pdf
03 Códigos de Cura Grabovoi.pdf
 
TEATRO - Texto teatral gênero, enredo, diálogos, monólogos.ppt
TEATRO - Texto teatral gênero, enredo, diálogos, monólogos.pptTEATRO - Texto teatral gênero, enredo, diálogos, monólogos.ppt
TEATRO - Texto teatral gênero, enredo, diálogos, monólogos.ppt
 
aula1-141201213923-conversion-gate01.pdf
aula1-141201213923-conversion-gate01.pdfaula1-141201213923-conversion-gate01.pdf
aula1-141201213923-conversion-gate01.pdf
 
variedades_linguisticas.ppt
variedades_linguisticas.pptvariedades_linguisticas.ppt
variedades_linguisticas.ppt
 

Último

Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
LeandroLima265595
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 

Último (20)

UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................13_mch9_hormonal.pptx............................
13_mch9_hormonal.pptx............................
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestreFilosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
Filosofia - 1º ano - Ensino Médio do ensino médio para primeiro bimestre
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 

Conto de mistério 6º ano.pptx

  • 2. PROPOSTA DE PRODUÇÃO TEXTUAL • A secretaria da cultura de sua cidade promoverá um concurso de contos de mistério. Cada participante inscrito receberá uma série de imagens com os elementos que, necessariamente, deverão estar presentes nos contos que serão produzidos para o evento. Assim que você finalizou sua inscrição, você recebeu as imagens abaixo e suas respectivas legendas:
  • 3. • Considerando as imagens fornecidas, em seu conto mistério, você deverá escrever uma história em que uma detetive investiga um assassinato, a fim de descobrir a identidade do criminoso. Em seu conto, você deverá abordar cada um dos elementos contidos nas imagens e revelar quem é o assassino. Importante: lembre-se de dar um título a seu texto e de escrevê-lo em terceira pessoa.
  • 4. FICHA DE PLANEJAMENTO • O foco narrativo O narrador é aquele que narra os acontecimentos da história. Além disso, ele também descreve aspectos relacionados ao tempo, ao lugar e aos personagens. Se o narrador narra a história e participa dela, ele é narrador em 1ª pessoa (também conhecido como narrador personagem). Caso o narrador não participe da história, mas apenas relate os acontecimentos, desconhecendo o presente e o passado dos personagens, ele é o narrador observador. Com base nas descrições dos narradores acima e nas exigências expostas pelo comando do enunciado da proposta, defina o tipo de narrador de sua produção. Narrador em 1ª pessoa Narrador observador
  • 5. • O tempo Qual a época em que se passa sua narrativa? • O espaço Em que lugar, ou lugares, se passará a narrativa? Descreva algumas características do espaço em que a história ocorrerá. Como é esse lugar? Como são as pessoas que ali vivem? Há animais nesse lugar? Como eles são? E quanto ao clima? Faça sua descrição de forma mais detalhada possível.
  • 6. • Os personagens Preencha a ficha para criação do protagonista, ou seja, o personagem principal de sua narrativa. Lembre-se de que as definições dessa ficha devem ter impacto na história que você vai escrever. Nome do personagem: Idade: • Aparência física do personagem Descreva como é seu personagem fisicamente. Determine sua altura, como são seus cabelos, seus olhos e seu corpo. Se preferir, você pode desenhar uma ilustração do seu personagem no quadro abaixo. • Características psicológicas do personagem Descreva como é seu personagem psicologicamente, ou seja, determine se sua personalidade é calma ou agitada, se é altruísta ou egoísta, se alguém confiável ou não e demais características que julgar importantes. Qual a profissão de seu personagem?
  • 7. • História de vida Defina qual o passado de seu personagem. Você pode escrever onde ele nasceu, como é sua família, quais são as coisas de que mais gosta entre outras informações que considerar pertinentes. • Outros personagens Haverá outros personagens em sua narrativa além do protagonista? Se sim, enumere-os a seguir. • Projetando o enredo O enredo é o conjunto de fatos que, ligados entre si, constroem a narrativa. Ele é constituído por situação inicial (situações narradas que apresentam personagens, espaço e tempo); conflito (acontecimento que perturba a situação inicial da narrativa e exige ação dos personagens para resolução); desenvolvimento (ações dos personagens para tentar resolver o conflito); clímax (ponto alto da narrativa, situação de maior tensão que leva ao desfecho); e desfecho (parte da narrativa em que há a solução para o conflito). A partir das descrições das partes do enredo de uma narrativa e das instruções explicitadas no enunciado de comando da proposta, faça um breve projeto de como será cada etapa da história que você vai contar por meio de sua produção. • Situação inicial • Conflito • Desenvolvimento • Clímax • Desfecho