SlideShare uma empresa Scribd logo
Língua Portuguesa
Ensino Fundamental , 7º Ano
Concordância Verbal
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
Concordância é a igualdade de gênero e
número entre o substantivo e adjetivo,
artigo, numeral, pronome e igualdade de
número e pessoa entre o verbo e o
sujeito.
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
Exemplo:
Dois aviões sobrevoaram a cidade.
O verbo apresenta-se no plural, concordando com o
sujeito que está no plural.
Ex.: As suas três amigas francesas nos visitarão em Dezembro.
artigo
fem. plural
pronome
fem. plural
numeral
plural
substantivo
fem./plural
adjetivo fem.
plural
A concordância pode ser:
Quando o verbo se flexiona para
concordar com seu sujeito.
A orquestra tocou uma valsa longa.
Suj. 3ª p. Singular
Verb.3ª p. Singular
Imagem:Josep Renalias
licença Creative Commons Atribuição-Partilha
nos Termos da Mesma Licença 3.0 Unported
Fontera_de_l%27Empord%C3%A0.jpg?uselang=pt-br
:https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Orquestra_de_Camb
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
Concordância do verbo com o sujeito simples
Regra Geral O verbo concordará com o sujeito em número
(singular e plural) e pessoa (1ª, 2ª e 3ª),
mesmo que este venha deslocado.
Ex1.: Nós nunca gostamos de você.
sujeito na 1ª
pessoa do plural
verbo na 1ª
pessoa do plural
Ex2: Sumia na multidão a única filha do Guilherme.
Verbo na
3ª pessoa do
singular
sujeito na 3ª pessoa do
singular (=ela)
Não importa a posição do
verbo a concordância é
sempre feita com o núcleo
dele.
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
Concordância do verbo com o
sujeito composto
1. Quando o sujeito composto estiver posicionado antes do
verbo,este ficará no plural.
Ex.: A moto e o carro quebraram na
estrada de barro.
Imagem: Porlapaz
Licença: Creative Commons Atribuição-Partilha nos Termos da
Mesma Licença 3.0 Unported
Fonte:https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Laguna_de_
Carros-Sanabria_Jg.jpg?uselang=pt-br
sujeito
composto antes
do verbo
verbo no
plural
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
2.Quando o sujeito composto estiver depois do verbo, este
poderá concordar com o mais próximo, ou ficará no plural.
Ex.: Foi ao circo o neto, a tia e o primo.
Verbo na 3ª
pessoa
do singular,
concordando com
o neto
sujeito composto
depois do verbo
Ex.: Foram ao circo o neto, a tia e o primo.
verbo na 3ª pessoa
do plural
sujeito composto
depois do verbo
Imagem:Andrew Dunn,
Licença:Creative Commons Attribution-Share Alike 2.0 Generic.
Fonte:https://commons.wikimedia.org/wiki/File:CircusTent02.jpg
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
3. Quando o verbo for constituído por pessoas gramaticais
diferentes, ele ficará no plural.
Se a 1ª pessoa (eu, nós) faz parte do sujeito, o verbo ficará na 1ª
pessoa do plural (nós).
Ex.: Você, seu primo e eu iremos ao baile.
sujeito formado por
pessoas gramaticais
diferentes, com a
presença
da 1ª pessoa (eu)
verbo na 1ª pessoa
do plural (nós)
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
Quando os núcleos do sujeito vierem ligados pela conjunção
"ou" , o verbo ficará no singular se houver ideia de exclusão.
Se houver ideia de inclusão o verbo irá para o plural.
Fátima ou Ana será a gestora da escola. (Exclusão)
Abacaxi ou acerola fazem bem a saúde. (Inclusão)
Quando o sujeito for formado por um
pronome de tratamento o verbo irá
sempre para 3º pessoa.
Vossa Excelência leu meus emails? Autor: Open Clip Art Library
Licença: Creative CommonsPu
blic Domain Dedication.
Fonte:https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Computer-
aj_aj_ashton_01.svg?uselang=pt-br
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
Concordância dos verbos Impessoais
a)Verbo Haver
É impessoal quando empregado com o sentido de “existir” ou
“acontecer”.
Ex.
Havia muitos jovens no auditório.
3ª pessoa do
singular
Não é sujeito,
é objeto direto
Imagem:Dornicke
Licença: Creative Commons Atribuição-Partilha nos Termos
da Mesma Licença 3.0 Unported
Fonte:https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Parlament
o_Latino-Americano_-_Audit%C3%B3rio.JPG?uselang=pt-br
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
Verbo haver como auxiliar de outro verbo
Quando haver funciona como auxiliar de outro verbo, deve
concordar normalmente com seu sujeito.
Ex.: Os cantores já haviam entrado, quando o produtor
chegou.
Sujeito
3ªpessoa do
plural
Verbo na 3ª
pessoa do
plural
Imagem:Paterm
licença: GNU Free Documentation License
Fonte:https://commons.wikimedia.org/wiki/File:2011_Pueri_Cantores_Fr_
Rennes_5.JPG?uselang=pt-br
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
Verbo Fazer
O verbo fazer é impessoal quando empregado na indicação
de tempo transcorrido (ou a transcorrer). Nesses casos, como
ele não tem sujeito fica na 3ª pessoa do singular.
Ex.: Já faz muitos anos que não viajo a São Paulo.
3ª pessoa do
singular
Não é sujeito,
é objeto direto
Imagem:Jeff Belmonte
Licença:Creative Commons Attribution 2.0 Generic.
Fonte:https://commons.wikimedia.org/wiki/File:S%C3%A3o_Paulo_%C3%A0_partir_do_Banespa.jpg.
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
Verbo Ser indicando horas e distância
Quando indicar horas, distância e datas, o verbo ser concordará
com o predicativo. Nesse caso ele é impessoal, ou seja, não
apresenta sujeito.
Ex.1: É uma hora. Ex.2: São três horas.
Nas indicações referentes a dia do mês, o verbo
admite duas construções.
Ex.: Hoje é dia cinco de Setembro.
Hoje são cinco de Setembro.
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
Verbo + pronome se
Os verbos transitivos diretos ou os transitivos diretos e
indiretos, quando apassivados pelo pronome se, concordam
com o sujeito.
Ex.1: Vendem-se casas e terrenos parcelados.
pronome apassivador
verbo transitivo
direto
sujeito no plural
Observe que, se passarmos essa frase
para a voz passiva analítica, a
concordância do verbo com o sujeito
ficará bem clara, veja:
Casas e terrenos são vendidos
parcelados.
Sujeito no plural Verbo na 3ª pessoa
do plural
Imagem:Fotografo234
Licença:domínio
público
Fonte:https://commons.wikimedia.org/wiki/File:CasadelBarrioIrlandesenelAjusco.png?uselang=pt-br
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
Os demais verbos – de ligação, intransitivo e transitivo indireto -
, quando seguidos do pronome se (índice de indeterminação do
sujeito), ficam na 3ª pessoa do singular.
Ex.: Precisa-se de professores de matemática.
Verbo transitivo
indireto
objeto indireto
índice de indeterminação do sujeito
Imagem:KNS
licença Free Art License. Encontrará um exemplar desta licença
no site Copyleft Attitude e noutros sites.
Fonte:https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Knsmain-1-.jpg?uselang=pt-br
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
Não se deve confundir se pronome apassivador com se índice
de indeterminação do sujeito. As orações que possuem
sujeito indeterminado são formadas por verbo de ligação,
verbo transitivo indireto ou verbo intransitivo + se. Nesses
casos o verbo fica na 3ª pessoa do singular
Ex.: Não se confiava nos gestores.
Não é o sujeito,
é o objeto indireto.
3ª pessoa do
singular
Nos gestores não eram
confiados.
construção inexistente no idioma
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
Os verbos auxiliares (deve, vai) acompanham os verbos principais.
O verbo existir não é impessoal.
Veja:
Existem sérios problemas No bairro.
Devem existir sérios problemas no bairro.
Imagem:Wcveiga
Licença: Creative Commons Attribution-Share Alike 3.0 Unported
Fonte:https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Bairros_Conchal.jpg
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
A locução "Haja Vista"
A locução “haja vista” admite duas construções. A expressão
fica invariável ou o verbo haver pode variar (desde que não
seguido de preposição), considerando-se o termo seguinte
como sujeito.
Haja vista as lições dadas por ele.
Haja vista aos fatos explicados por esta teoria.
Hajam vista os exemplos de sua dedicação.
“Haja visto” só existe como forma verbal
quando equivalente a “tenha visto”:
O caseiro poderá testemunhar caso ele
realmente haja visto o crime.
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
A expressão "Em que Pese"
Na expressão “em que pese”, o verbo “pesar” permanece
invariável quando se tratar de pessoa ou concorda com o
sujeito quando se tratar de coisa.
Em que pese aos governistas, votaremos contra.
Em que pesem as suas contradições, a melhor tese ainda é a
dele.
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
O Verbo "Parecer"
Em orações desenvolvidas, o verbo parecer fica no singular.
As paredes parece que têm ouvidos.
(Parece que as paredes têm ouvidos.)
Quando seguido de infinitivo, admite duas concordâncias:
a) O verbo parecer varia e não se flexiona o infinitivo.
Alguns colegas pareciam chorar naquele momento.
b) O verbo parecer não varia e o infinitivo sofre flexão.
Alguns colegas parecia chorarem naquele momento.
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
Questões de vestibulares e concursos sobre
concordância verbal
1) (Cesgranrio-RJ) – Tendo em vista as regras de concordância, assinale a opção
em que a forma verbal está errada:
a) Existem na atualidade diferentes tipos de inseticidas prejudiciais à saúde do
homem.
b) Podem provocar sérias lesões hepáticas, os defensivos agrícolas à base de
DDT.
c) Faltam aos países subdesenvolvidos uma legislação mais rigorosa sobre os
agrotóxicos.
d) Persistem por muito tempo no meio ambiente os efeitos nocivos dos
inseticidas clorados.
e) Possuem elevado grau de toxidade os defensivos do tipo fosforado.
Fonte<http://tudodeconcursosevestibulares.blogspot.com.br/2013/05/concordancia-verbal-resumo-com-questoes.html
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
2) (UB-MG) – Nas duas
margens, ………. relva
abundante; contudo, lá onde
………. ervas perigosas, no
matagal, é que ………. os bois e
os cavalos.
a) crescem – existem –
pastavam.
b) cresce – existem – pastavam.
c) cresce – existe – pastava.
d) cresce – existe – pastavam.
e) crescem – existe – pastava.
3) Assinale a alternativa que, na sequência,
completa corretamente as orações seguintes:
I - Isto _______ migalhas.
II - Nossa vida ________ loucuras.
III - Vocês ________ meu castigo.
IV - As cores vermelha e negra ________ a marca
do brasão.
V - Hoje ________ doze de janeiro.
a) são, eram, serão, eram, são
b) é, eram, serão, era, é
c) são, era, serão, era, são
d) é, eram, serão, eram, são.
Fonte<http://tudodeconcursosevestibulares.blogspot.com.br/2013/05/concordancia-verbal-resumo-com-questoes.html
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
4) Assinale a alternativa cuja concordância verbal NÃO está de acordo com o
padrão culto:
a) Menino, falaram-me mal de você.
b) Haviam muitas crianças no parque ontem.
c) Embaixo das pedras há muitas lagartas.
d) Naquela casa, dorme-se de dia e trabalha-se à noite.
5) Qual a alternativa em que a concordância está errada:
a) Precisa-se de empregados.
b) Precisam-se de empregados.
c) Vendem-se refrigerantes.
d) Consertam-se pianos de cauda.
e) Compram-se jornais velhos.
Fonte<http://tudodeconcursosevestibulares.blogspot.com.br/2013/05/concordancia-verbal-resumo-com-questoes.html
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
6) O programa será cancelado,
______ as dificuldades
surgidas.
a) hajam vista.
b) hajam vistas.
c) haja visto.
d) haja vistas.
e) hajam vistos.
7) Observe a concordância nestas frases:
1. A sala está meio escura.
2. Eles estavam alerta.
3. Quando bate seis horas, eles vem
acender as luzes.
a) Somente a frase 1 está correta.
b) Somente a frase 2 está correta.
c) As frases 1 e 2 estão corretas
d) As frases 2 e 3 estão corretas.
e) As frases 1, 2 e 3 estão corretas.
Fonte>http://tudodeconcursosevestibulares.blogspot.com.br/2013/05/concordancia-verbal-resumo-com-questoes.html
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
Ouçam a canção "Cuitelinho"
Cheguei na bera do porto
onde as onda se espaia.
As garça dá meia volta,
senta na bera da praia.
E o cuitelinho não gosta
que o botão de rosa caia.Quando eu vim de minha terra,
despedi da parentaia.
Eu entrei no Mato Grosso,
dei em terras paraguaia.
Lá tinha revolução,
enfrentei fortes bataia.
A tua saudade corta
como o aço de navaia.
Coração fica aflito,
bate uma, a outra faia.
E os óio se enche d’água
que até a vista se atrapaia.
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
n° do
slide
direito da imagem como está ao lado da foto link do site onde se consegiu a informação Data do
Acesso
5
licença Creative Commons Atribuição-Partilha nos Termos da
Mesma Licença 3.0 Unported Imagem:Josep Renalias
Fonte:
https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Orquestra_de_Cambra_de_l%27E
mpord%C3%A0.jpg?uselang=pt-br
27/07/2015
7 Licença: Creative Commons Atribuição-Partilha nos Termos da
Mesma Licença 3.0 Unported Imagem: Porlapaz
Fonte:
https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Laguna_de_Carros-
Sanabria_Jg.jpg?uselang=pt-br
27/07/2015
8 Licença:Creative Commons Attribution-Share Alike 2.0 Generic.
Imagem:Andrew Dunn, Fonte:
https://commons.wikimedia.org/wiki/File:CircusTent02.jpg
28/07/2015
10 Licença: Creative CommonsPublic Domain Dedication.
Autor: Open Clip Art Library Fonte:
https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Computer-
aj_aj_ashton_01.svg?uselang=pt-br
30/07/2015
11 Licença: Creative Commons Atribuição-Partilha nos Termos da
Mesma Licença 3.0 Unported Imagem:Dornicke Fonte:
https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Parlamento_Latino-Americano_-
_Audit%C3%B3rio.JPG?uselang=pt-br
30/07/2015
Língua Portuguesa, 7º Série,
Concordância Verbal.
n° do
slide
direito da imagem como está ao lado da foto link do site onde se consegiu a informação Data do
Acesso
12 Imagem:Paterm
licença: GNU Free Documentation License
Fonte:
https://commons.wikimedia.org/wiki/File:2011_Pueri_Cantores_Fr_Rennes
_5.JPG?uselang=pt-br
27/07/2015
13 Licença:Creative Commons Attribution 2.0 Generic.
Imagem:Jeff Belmonte Fonte:
https://commons.wikimedia.org/wiki/File:S%C3%A3o_Paulo_%C3%A0_parti
r_do_Banespa.jpg
27/07/2015
15 Imagem:Fotografo234
Licença:domínio público
Fonte:
https://commons.wikimedia.org/wiki/File:CasadelBarrioIrlandesenelAjusco.p
ng?uselang=pt-br
28/07/2015
16 licença Free Art License. Encontrará um exemplar desta licença
no site Copyleft Attitude e noutros sites.
Imagem:KNS
Fonte:
https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Knsmain-1-.jpg?uselang=pt-br
30/07/2015
18 Imagem:Wcveiga
Licença: Creative Commons Attribution-Share Alike 3.0 Unported
Fonte:
https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Bairros_Conchal.jpg
30/07/205

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Concordancia verbal
Concordancia verbalConcordancia verbal
Concordancia verbal
Tati Borlote Varanda
 
redação - dissertativa argumentativa
redação - dissertativa argumentativa redação - dissertativa argumentativa
redação - dissertativa argumentativa
Luciene Gomes
 
VariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíSticaVariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíStica
Elza Silveira
 
Artigo e numeral (1)
Artigo e numeral (1)Artigo e numeral (1)
Artigo e numeral (1)
Edna Maria Souza
 
Vozes do verbo
Vozes do verboVozes do verbo
Vozes do verbo
Elaine Maia
 
Sujeito e predicado completo e atividades
Sujeito e predicado completo e atividadesSujeito e predicado completo e atividades
Sujeito e predicado completo e atividades
Sandra Paula
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
Angela Santos
 
Verbo www.professorpalmito.com.br
Verbo www.professorpalmito.com.brVerbo www.professorpalmito.com.br
Verbo www.professorpalmito.com.br
Prof Palmito Rocha
 
Figura de linguagem conotativo x denotativo
Figura de linguagem conotativo x denotativoFigura de linguagem conotativo x denotativo
Figura de linguagem conotativo x denotativo
Juliana Oliveira
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
whybells
 
Gêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaisGêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuais
marlospg
 
Hifen
HifenHifen
Verbos
VerbosVerbos
Coesão textual
Coesão textualCoesão textual
Coesão textual
Helia Coelho Mello
 
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃOAULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
Marcelo Cordeiro Souza
 
Período Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e SubordinaçãoPeríodo Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e Subordinação
Joyce de Oliveira
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerencia
silnog
 
Modalizadores
ModalizadoresModalizadores
Modalizadores
Fernanda Câmara
 
Interjeição
InterjeiçãoInterjeição
Interjeição
Fábio Guimarães
 
Semantica
SemanticaSemantica
Semantica
whybells
 

Mais procurados (20)

Concordancia verbal
Concordancia verbalConcordancia verbal
Concordancia verbal
 
redação - dissertativa argumentativa
redação - dissertativa argumentativa redação - dissertativa argumentativa
redação - dissertativa argumentativa
 
VariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíSticaVariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíStica
 
Artigo e numeral (1)
Artigo e numeral (1)Artigo e numeral (1)
Artigo e numeral (1)
 
Vozes do verbo
Vozes do verboVozes do verbo
Vozes do verbo
 
Sujeito e predicado completo e atividades
Sujeito e predicado completo e atividadesSujeito e predicado completo e atividades
Sujeito e predicado completo e atividades
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
 
Verbo www.professorpalmito.com.br
Verbo www.professorpalmito.com.brVerbo www.professorpalmito.com.br
Verbo www.professorpalmito.com.br
 
Figura de linguagem conotativo x denotativo
Figura de linguagem conotativo x denotativoFigura de linguagem conotativo x denotativo
Figura de linguagem conotativo x denotativo
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
Gêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaisGêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuais
 
Hifen
HifenHifen
Hifen
 
Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
Coesão textual
Coesão textualCoesão textual
Coesão textual
 
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃOAULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
 
Período Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e SubordinaçãoPeríodo Composto por Coordenação e Subordinação
Período Composto por Coordenação e Subordinação
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerencia
 
Modalizadores
ModalizadoresModalizadores
Modalizadores
 
Interjeição
InterjeiçãoInterjeição
Interjeição
 
Semantica
SemanticaSemantica
Semantica
 

Semelhante a Concordância verbal.pptx

Verbos
VerbosVerbos
[02 11 07] ConcordâNcia Verbal RegêNcia Crase
[02 11 07] ConcordâNcia Verbal   RegêNcia   Crase[02 11 07] ConcordâNcia Verbal   RegêNcia   Crase
[02 11 07] ConcordâNcia Verbal RegêNcia Crase
Fernando Vieira
 
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; CraseConcordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
Lidiane Rodrigues
 
Concordância verbal
Concordância verbalConcordância verbal
Concordância verbal
geisiene strelow
 
02-11-07-concordncia-verbal-regncia-crase-1198038839748798-4.ppt
02-11-07-concordncia-verbal-regncia-crase-1198038839748798-4.ppt02-11-07-concordncia-verbal-regncia-crase-1198038839748798-4.ppt
02-11-07-concordncia-verbal-regncia-crase-1198038839748798-4.ppt
Gil Guimarães
 
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adriana
Lucilene Barcelos
 
Concordancia%20verbal[1]
Concordancia%20verbal[1]Concordancia%20verbal[1]
Concordancia%20verbal[1]
Sadrak Silva
 
Concordância Verbal
Concordância VerbalConcordância Verbal
Concordância Verbal
Angela Santos
 
Cefet/Coltec Aula 18 - concordância verbal
Cefet/Coltec Aula 18 -  concordância verbalCefet/Coltec Aula 18 -  concordância verbal
Cefet/Coltec Aula 18 - concordância verbal
ProfFernandaBraga
 
Aula 18 concordância verbal
Aula 18   concordância verbalAula 18   concordância verbal
Aula 18 concordância verbal
ProfFernandaBraga
 
Cefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância Verbal
Cefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância VerbalCefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância Verbal
Cefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância Verbal
ProfFernandaBraga
 
Concordância verbal i
Concordância verbal iConcordância verbal i
Concordância verbal i
Nádia França
 
Concordância
ConcordânciaConcordância
Concordância
Edson Alves
 
Concordância
ConcordânciaConcordância
Concordância
Edson Alves
 
Concordancia verbal[1]
Concordancia verbal[1]Concordancia verbal[1]
Concordancia verbal[1]
Luiz Fernando Prado
 
8ª Série - ConcordâNcia Verbal (Material Complementar)
8ª Série - ConcordâNcia Verbal (Material Complementar)8ª Série - ConcordâNcia Verbal (Material Complementar)
8ª Série - ConcordâNcia Verbal (Material Complementar)
Marcos Emídio
 
ConcordâNicia Verbal
ConcordâNicia VerbalConcordâNicia Verbal
ConcordâNicia Verbal
guest927573a
 
Concordância verbal simples e composto - ppt
Concordância verbal   simples e composto - pptConcordância verbal   simples e composto - ppt
Concordância verbal simples e composto - ppt
Vilmar Vilaça
 
Concordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e NominalConcordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e Nominal
Daniele Silva
 
Concordância Verbal
Concordância VerbalConcordância Verbal
Concordância Verbal
Tio Pablo Virtual
 

Semelhante a Concordância verbal.pptx (20)

Verbos
VerbosVerbos
Verbos
 
[02 11 07] ConcordâNcia Verbal RegêNcia Crase
[02 11 07] ConcordâNcia Verbal   RegêNcia   Crase[02 11 07] ConcordâNcia Verbal   RegêNcia   Crase
[02 11 07] ConcordâNcia Verbal RegêNcia Crase
 
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; CraseConcordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
Concordância Verbal; Regência Verbal e Nominal; Crase
 
Concordância verbal
Concordância verbalConcordância verbal
Concordância verbal
 
02-11-07-concordncia-verbal-regncia-crase-1198038839748798-4.ppt
02-11-07-concordncia-verbal-regncia-crase-1198038839748798-4.ppt02-11-07-concordncia-verbal-regncia-crase-1198038839748798-4.ppt
02-11-07-concordncia-verbal-regncia-crase-1198038839748798-4.ppt
 
Concordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adrianaConcordancia verbal-slide-adriana
Concordancia verbal-slide-adriana
 
Concordancia%20verbal[1]
Concordancia%20verbal[1]Concordancia%20verbal[1]
Concordancia%20verbal[1]
 
Concordância Verbal
Concordância VerbalConcordância Verbal
Concordância Verbal
 
Cefet/Coltec Aula 18 - concordância verbal
Cefet/Coltec Aula 18 -  concordância verbalCefet/Coltec Aula 18 -  concordância verbal
Cefet/Coltec Aula 18 - concordância verbal
 
Aula 18 concordância verbal
Aula 18   concordância verbalAula 18   concordância verbal
Aula 18 concordância verbal
 
Cefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância Verbal
Cefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância VerbalCefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância Verbal
Cefet/Coltec Intensivo Aula 15 - Concordância Verbal
 
Concordância verbal i
Concordância verbal iConcordância verbal i
Concordância verbal i
 
Concordância
ConcordânciaConcordância
Concordância
 
Concordância
ConcordânciaConcordância
Concordância
 
Concordancia verbal[1]
Concordancia verbal[1]Concordancia verbal[1]
Concordancia verbal[1]
 
8ª Série - ConcordâNcia Verbal (Material Complementar)
8ª Série - ConcordâNcia Verbal (Material Complementar)8ª Série - ConcordâNcia Verbal (Material Complementar)
8ª Série - ConcordâNcia Verbal (Material Complementar)
 
ConcordâNicia Verbal
ConcordâNicia VerbalConcordâNicia Verbal
ConcordâNicia Verbal
 
Concordância verbal simples e composto - ppt
Concordância verbal   simples e composto - pptConcordância verbal   simples e composto - ppt
Concordância verbal simples e composto - ppt
 
Concordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e NominalConcordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e Nominal
 
Concordância Verbal
Concordância VerbalConcordância Verbal
Concordância Verbal
 

Mais de Ana Vaz

MAPA_EMédio_1 Ano do EM_LINGUAGENS 2024.pdf
MAPA_EMédio_1 Ano do EM_LINGUAGENS 2024.pdfMAPA_EMédio_1 Ano do EM_LINGUAGENS 2024.pdf
MAPA_EMédio_1 Ano do EM_LINGUAGENS 2024.pdf
Ana Vaz
 
Aula 2 – O que é Literatura.pptx
Aula 2 – O que é Literatura.pptxAula 2 – O que é Literatura.pptx
Aula 2 – O que é Literatura.pptx
Ana Vaz
 
Figuras de linguagem.pdf
Figuras de linguagem.pdfFiguras de linguagem.pdf
Figuras de linguagem.pdf
Ana Vaz
 
Aula_13___Verbo (1).pdf
Aula_13___Verbo (1).pdfAula_13___Verbo (1).pdf
Aula_13___Verbo (1).pdf
Ana Vaz
 
4-19-08-L-portuguesa-Grau-comparativo-do-adjetivo-Casa.pdf
4-19-08-L-portuguesa-Grau-comparativo-do-adjetivo-Casa.pdf4-19-08-L-portuguesa-Grau-comparativo-do-adjetivo-Casa.pdf
4-19-08-L-portuguesa-Grau-comparativo-do-adjetivo-Casa.pdf
Ana Vaz
 
Conto de mistério 6º ano.pptx
Conto de mistério 6º ano.pptxConto de mistério 6º ano.pptx
Conto de mistério 6º ano.pptx
Ana Vaz
 
7ano_Transitividade Verbal.pptx
7ano_Transitividade Verbal.pptx7ano_Transitividade Verbal.pptx
7ano_Transitividade Verbal.pptx
Ana Vaz
 
8º-ano-B-Viagem-ao-centro-da-terra-1.pdf
8º-ano-B-Viagem-ao-centro-da-terra-1.pdf8º-ano-B-Viagem-ao-centro-da-terra-1.pdf
8º-ano-B-Viagem-ao-centro-da-terra-1.pdf
Ana Vaz
 
ESTRUTURA E PROCESSOS DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS.pptx
ESTRUTURA E PROCESSOS DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS.pptxESTRUTURA E PROCESSOS DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS.pptx
ESTRUTURA E PROCESSOS DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS.pptx
Ana Vaz
 
Orações coordenadas.ppt
Orações coordenadas.pptOrações coordenadas.ppt
Orações coordenadas.ppt
Ana Vaz
 
aula inglês 2º ANO.pptx
aula inglês 2º ANO.pptxaula inglês 2º ANO.pptx
aula inglês 2º ANO.pptx
Ana Vaz
 
5. Fisiologia Respiratória.pptx
5. Fisiologia Respiratória.pptx5. Fisiologia Respiratória.pptx
5. Fisiologia Respiratória.pptx
Ana Vaz
 
03 Códigos de Cura Grabovoi.pdf
03 Códigos de Cura Grabovoi.pdf03 Códigos de Cura Grabovoi.pdf
03 Códigos de Cura Grabovoi.pdf
Ana Vaz
 
TEATRO - Texto teatral gênero, enredo, diálogos, monólogos.ppt
TEATRO - Texto teatral gênero, enredo, diálogos, monólogos.pptTEATRO - Texto teatral gênero, enredo, diálogos, monólogos.ppt
TEATRO - Texto teatral gênero, enredo, diálogos, monólogos.ppt
Ana Vaz
 
aula1-141201213923-conversion-gate01.pdf
aula1-141201213923-conversion-gate01.pdfaula1-141201213923-conversion-gate01.pdf
aula1-141201213923-conversion-gate01.pdf
Ana Vaz
 
variedades_linguisticas.ppt
variedades_linguisticas.pptvariedades_linguisticas.ppt
variedades_linguisticas.ppt
Ana Vaz
 

Mais de Ana Vaz (16)

MAPA_EMédio_1 Ano do EM_LINGUAGENS 2024.pdf
MAPA_EMédio_1 Ano do EM_LINGUAGENS 2024.pdfMAPA_EMédio_1 Ano do EM_LINGUAGENS 2024.pdf
MAPA_EMédio_1 Ano do EM_LINGUAGENS 2024.pdf
 
Aula 2 – O que é Literatura.pptx
Aula 2 – O que é Literatura.pptxAula 2 – O que é Literatura.pptx
Aula 2 – O que é Literatura.pptx
 
Figuras de linguagem.pdf
Figuras de linguagem.pdfFiguras de linguagem.pdf
Figuras de linguagem.pdf
 
Aula_13___Verbo (1).pdf
Aula_13___Verbo (1).pdfAula_13___Verbo (1).pdf
Aula_13___Verbo (1).pdf
 
4-19-08-L-portuguesa-Grau-comparativo-do-adjetivo-Casa.pdf
4-19-08-L-portuguesa-Grau-comparativo-do-adjetivo-Casa.pdf4-19-08-L-portuguesa-Grau-comparativo-do-adjetivo-Casa.pdf
4-19-08-L-portuguesa-Grau-comparativo-do-adjetivo-Casa.pdf
 
Conto de mistério 6º ano.pptx
Conto de mistério 6º ano.pptxConto de mistério 6º ano.pptx
Conto de mistério 6º ano.pptx
 
7ano_Transitividade Verbal.pptx
7ano_Transitividade Verbal.pptx7ano_Transitividade Verbal.pptx
7ano_Transitividade Verbal.pptx
 
8º-ano-B-Viagem-ao-centro-da-terra-1.pdf
8º-ano-B-Viagem-ao-centro-da-terra-1.pdf8º-ano-B-Viagem-ao-centro-da-terra-1.pdf
8º-ano-B-Viagem-ao-centro-da-terra-1.pdf
 
ESTRUTURA E PROCESSOS DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS.pptx
ESTRUTURA E PROCESSOS DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS.pptxESTRUTURA E PROCESSOS DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS.pptx
ESTRUTURA E PROCESSOS DE FORMAÇÃO DAS PALAVRAS.pptx
 
Orações coordenadas.ppt
Orações coordenadas.pptOrações coordenadas.ppt
Orações coordenadas.ppt
 
aula inglês 2º ANO.pptx
aula inglês 2º ANO.pptxaula inglês 2º ANO.pptx
aula inglês 2º ANO.pptx
 
5. Fisiologia Respiratória.pptx
5. Fisiologia Respiratória.pptx5. Fisiologia Respiratória.pptx
5. Fisiologia Respiratória.pptx
 
03 Códigos de Cura Grabovoi.pdf
03 Códigos de Cura Grabovoi.pdf03 Códigos de Cura Grabovoi.pdf
03 Códigos de Cura Grabovoi.pdf
 
TEATRO - Texto teatral gênero, enredo, diálogos, monólogos.ppt
TEATRO - Texto teatral gênero, enredo, diálogos, monólogos.pptTEATRO - Texto teatral gênero, enredo, diálogos, monólogos.ppt
TEATRO - Texto teatral gênero, enredo, diálogos, monólogos.ppt
 
aula1-141201213923-conversion-gate01.pdf
aula1-141201213923-conversion-gate01.pdfaula1-141201213923-conversion-gate01.pdf
aula1-141201213923-conversion-gate01.pdf
 
variedades_linguisticas.ppt
variedades_linguisticas.pptvariedades_linguisticas.ppt
variedades_linguisticas.ppt
 

Último

farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 

Último (20)

farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 

Concordância verbal.pptx

  • 1. Língua Portuguesa Ensino Fundamental , 7º Ano Concordância Verbal
  • 2. Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 3. Concordância é a igualdade de gênero e número entre o substantivo e adjetivo, artigo, numeral, pronome e igualdade de número e pessoa entre o verbo e o sujeito. Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 4. Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal. Exemplo: Dois aviões sobrevoaram a cidade. O verbo apresenta-se no plural, concordando com o sujeito que está no plural. Ex.: As suas três amigas francesas nos visitarão em Dezembro. artigo fem. plural pronome fem. plural numeral plural substantivo fem./plural adjetivo fem. plural
  • 5. A concordância pode ser: Quando o verbo se flexiona para concordar com seu sujeito. A orquestra tocou uma valsa longa. Suj. 3ª p. Singular Verb.3ª p. Singular Imagem:Josep Renalias licença Creative Commons Atribuição-Partilha nos Termos da Mesma Licença 3.0 Unported Fontera_de_l%27Empord%C3%A0.jpg?uselang=pt-br :https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Orquestra_de_Camb Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 6. Concordância do verbo com o sujeito simples Regra Geral O verbo concordará com o sujeito em número (singular e plural) e pessoa (1ª, 2ª e 3ª), mesmo que este venha deslocado. Ex1.: Nós nunca gostamos de você. sujeito na 1ª pessoa do plural verbo na 1ª pessoa do plural Ex2: Sumia na multidão a única filha do Guilherme. Verbo na 3ª pessoa do singular sujeito na 3ª pessoa do singular (=ela) Não importa a posição do verbo a concordância é sempre feita com o núcleo dele. Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 7. Concordância do verbo com o sujeito composto 1. Quando o sujeito composto estiver posicionado antes do verbo,este ficará no plural. Ex.: A moto e o carro quebraram na estrada de barro. Imagem: Porlapaz Licença: Creative Commons Atribuição-Partilha nos Termos da Mesma Licença 3.0 Unported Fonte:https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Laguna_de_ Carros-Sanabria_Jg.jpg?uselang=pt-br sujeito composto antes do verbo verbo no plural Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 8. 2.Quando o sujeito composto estiver depois do verbo, este poderá concordar com o mais próximo, ou ficará no plural. Ex.: Foi ao circo o neto, a tia e o primo. Verbo na 3ª pessoa do singular, concordando com o neto sujeito composto depois do verbo Ex.: Foram ao circo o neto, a tia e o primo. verbo na 3ª pessoa do plural sujeito composto depois do verbo Imagem:Andrew Dunn, Licença:Creative Commons Attribution-Share Alike 2.0 Generic. Fonte:https://commons.wikimedia.org/wiki/File:CircusTent02.jpg Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 9. 3. Quando o verbo for constituído por pessoas gramaticais diferentes, ele ficará no plural. Se a 1ª pessoa (eu, nós) faz parte do sujeito, o verbo ficará na 1ª pessoa do plural (nós). Ex.: Você, seu primo e eu iremos ao baile. sujeito formado por pessoas gramaticais diferentes, com a presença da 1ª pessoa (eu) verbo na 1ª pessoa do plural (nós) Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 10. Quando os núcleos do sujeito vierem ligados pela conjunção "ou" , o verbo ficará no singular se houver ideia de exclusão. Se houver ideia de inclusão o verbo irá para o plural. Fátima ou Ana será a gestora da escola. (Exclusão) Abacaxi ou acerola fazem bem a saúde. (Inclusão) Quando o sujeito for formado por um pronome de tratamento o verbo irá sempre para 3º pessoa. Vossa Excelência leu meus emails? Autor: Open Clip Art Library Licença: Creative CommonsPu blic Domain Dedication. Fonte:https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Computer- aj_aj_ashton_01.svg?uselang=pt-br Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 11. Concordância dos verbos Impessoais a)Verbo Haver É impessoal quando empregado com o sentido de “existir” ou “acontecer”. Ex. Havia muitos jovens no auditório. 3ª pessoa do singular Não é sujeito, é objeto direto Imagem:Dornicke Licença: Creative Commons Atribuição-Partilha nos Termos da Mesma Licença 3.0 Unported Fonte:https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Parlament o_Latino-Americano_-_Audit%C3%B3rio.JPG?uselang=pt-br Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 12. Verbo haver como auxiliar de outro verbo Quando haver funciona como auxiliar de outro verbo, deve concordar normalmente com seu sujeito. Ex.: Os cantores já haviam entrado, quando o produtor chegou. Sujeito 3ªpessoa do plural Verbo na 3ª pessoa do plural Imagem:Paterm licença: GNU Free Documentation License Fonte:https://commons.wikimedia.org/wiki/File:2011_Pueri_Cantores_Fr_ Rennes_5.JPG?uselang=pt-br Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 13. Verbo Fazer O verbo fazer é impessoal quando empregado na indicação de tempo transcorrido (ou a transcorrer). Nesses casos, como ele não tem sujeito fica na 3ª pessoa do singular. Ex.: Já faz muitos anos que não viajo a São Paulo. 3ª pessoa do singular Não é sujeito, é objeto direto Imagem:Jeff Belmonte Licença:Creative Commons Attribution 2.0 Generic. Fonte:https://commons.wikimedia.org/wiki/File:S%C3%A3o_Paulo_%C3%A0_partir_do_Banespa.jpg. Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 14. Verbo Ser indicando horas e distância Quando indicar horas, distância e datas, o verbo ser concordará com o predicativo. Nesse caso ele é impessoal, ou seja, não apresenta sujeito. Ex.1: É uma hora. Ex.2: São três horas. Nas indicações referentes a dia do mês, o verbo admite duas construções. Ex.: Hoje é dia cinco de Setembro. Hoje são cinco de Setembro. Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 15. Verbo + pronome se Os verbos transitivos diretos ou os transitivos diretos e indiretos, quando apassivados pelo pronome se, concordam com o sujeito. Ex.1: Vendem-se casas e terrenos parcelados. pronome apassivador verbo transitivo direto sujeito no plural Observe que, se passarmos essa frase para a voz passiva analítica, a concordância do verbo com o sujeito ficará bem clara, veja: Casas e terrenos são vendidos parcelados. Sujeito no plural Verbo na 3ª pessoa do plural Imagem:Fotografo234 Licença:domínio público Fonte:https://commons.wikimedia.org/wiki/File:CasadelBarrioIrlandesenelAjusco.png?uselang=pt-br Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 16. Os demais verbos – de ligação, intransitivo e transitivo indireto - , quando seguidos do pronome se (índice de indeterminação do sujeito), ficam na 3ª pessoa do singular. Ex.: Precisa-se de professores de matemática. Verbo transitivo indireto objeto indireto índice de indeterminação do sujeito Imagem:KNS licença Free Art License. Encontrará um exemplar desta licença no site Copyleft Attitude e noutros sites. Fonte:https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Knsmain-1-.jpg?uselang=pt-br Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 17. Não se deve confundir se pronome apassivador com se índice de indeterminação do sujeito. As orações que possuem sujeito indeterminado são formadas por verbo de ligação, verbo transitivo indireto ou verbo intransitivo + se. Nesses casos o verbo fica na 3ª pessoa do singular Ex.: Não se confiava nos gestores. Não é o sujeito, é o objeto indireto. 3ª pessoa do singular Nos gestores não eram confiados. construção inexistente no idioma Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 18. Os verbos auxiliares (deve, vai) acompanham os verbos principais. O verbo existir não é impessoal. Veja: Existem sérios problemas No bairro. Devem existir sérios problemas no bairro. Imagem:Wcveiga Licença: Creative Commons Attribution-Share Alike 3.0 Unported Fonte:https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Bairros_Conchal.jpg Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 19. A locução "Haja Vista" A locução “haja vista” admite duas construções. A expressão fica invariável ou o verbo haver pode variar (desde que não seguido de preposição), considerando-se o termo seguinte como sujeito. Haja vista as lições dadas por ele. Haja vista aos fatos explicados por esta teoria. Hajam vista os exemplos de sua dedicação. “Haja visto” só existe como forma verbal quando equivalente a “tenha visto”: O caseiro poderá testemunhar caso ele realmente haja visto o crime. Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 20. A expressão "Em que Pese" Na expressão “em que pese”, o verbo “pesar” permanece invariável quando se tratar de pessoa ou concorda com o sujeito quando se tratar de coisa. Em que pese aos governistas, votaremos contra. Em que pesem as suas contradições, a melhor tese ainda é a dele. Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 21. O Verbo "Parecer" Em orações desenvolvidas, o verbo parecer fica no singular. As paredes parece que têm ouvidos. (Parece que as paredes têm ouvidos.) Quando seguido de infinitivo, admite duas concordâncias: a) O verbo parecer varia e não se flexiona o infinitivo. Alguns colegas pareciam chorar naquele momento. b) O verbo parecer não varia e o infinitivo sofre flexão. Alguns colegas parecia chorarem naquele momento. Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 22. Questões de vestibulares e concursos sobre concordância verbal 1) (Cesgranrio-RJ) – Tendo em vista as regras de concordância, assinale a opção em que a forma verbal está errada: a) Existem na atualidade diferentes tipos de inseticidas prejudiciais à saúde do homem. b) Podem provocar sérias lesões hepáticas, os defensivos agrícolas à base de DDT. c) Faltam aos países subdesenvolvidos uma legislação mais rigorosa sobre os agrotóxicos. d) Persistem por muito tempo no meio ambiente os efeitos nocivos dos inseticidas clorados. e) Possuem elevado grau de toxidade os defensivos do tipo fosforado. Fonte<http://tudodeconcursosevestibulares.blogspot.com.br/2013/05/concordancia-verbal-resumo-com-questoes.html Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 23. 2) (UB-MG) – Nas duas margens, ………. relva abundante; contudo, lá onde ………. ervas perigosas, no matagal, é que ………. os bois e os cavalos. a) crescem – existem – pastavam. b) cresce – existem – pastavam. c) cresce – existe – pastava. d) cresce – existe – pastavam. e) crescem – existe – pastava. 3) Assinale a alternativa que, na sequência, completa corretamente as orações seguintes: I - Isto _______ migalhas. II - Nossa vida ________ loucuras. III - Vocês ________ meu castigo. IV - As cores vermelha e negra ________ a marca do brasão. V - Hoje ________ doze de janeiro. a) são, eram, serão, eram, são b) é, eram, serão, era, é c) são, era, serão, era, são d) é, eram, serão, eram, são. Fonte<http://tudodeconcursosevestibulares.blogspot.com.br/2013/05/concordancia-verbal-resumo-com-questoes.html Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 24. 4) Assinale a alternativa cuja concordância verbal NÃO está de acordo com o padrão culto: a) Menino, falaram-me mal de você. b) Haviam muitas crianças no parque ontem. c) Embaixo das pedras há muitas lagartas. d) Naquela casa, dorme-se de dia e trabalha-se à noite. 5) Qual a alternativa em que a concordância está errada: a) Precisa-se de empregados. b) Precisam-se de empregados. c) Vendem-se refrigerantes. d) Consertam-se pianos de cauda. e) Compram-se jornais velhos. Fonte<http://tudodeconcursosevestibulares.blogspot.com.br/2013/05/concordancia-verbal-resumo-com-questoes.html Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 25. 6) O programa será cancelado, ______ as dificuldades surgidas. a) hajam vista. b) hajam vistas. c) haja visto. d) haja vistas. e) hajam vistos. 7) Observe a concordância nestas frases: 1. A sala está meio escura. 2. Eles estavam alerta. 3. Quando bate seis horas, eles vem acender as luzes. a) Somente a frase 1 está correta. b) Somente a frase 2 está correta. c) As frases 1 e 2 estão corretas d) As frases 2 e 3 estão corretas. e) As frases 1, 2 e 3 estão corretas. Fonte>http://tudodeconcursosevestibulares.blogspot.com.br/2013/05/concordancia-verbal-resumo-com-questoes.html Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 26. Ouçam a canção "Cuitelinho" Cheguei na bera do porto onde as onda se espaia. As garça dá meia volta, senta na bera da praia. E o cuitelinho não gosta que o botão de rosa caia.Quando eu vim de minha terra, despedi da parentaia. Eu entrei no Mato Grosso, dei em terras paraguaia. Lá tinha revolução, enfrentei fortes bataia. A tua saudade corta como o aço de navaia. Coração fica aflito, bate uma, a outra faia. E os óio se enche d’água que até a vista se atrapaia. Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal.
  • 27. Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal. n° do slide direito da imagem como está ao lado da foto link do site onde se consegiu a informação Data do Acesso 5 licença Creative Commons Atribuição-Partilha nos Termos da Mesma Licença 3.0 Unported Imagem:Josep Renalias Fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Orquestra_de_Cambra_de_l%27E mpord%C3%A0.jpg?uselang=pt-br 27/07/2015 7 Licença: Creative Commons Atribuição-Partilha nos Termos da Mesma Licença 3.0 Unported Imagem: Porlapaz Fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Laguna_de_Carros- Sanabria_Jg.jpg?uselang=pt-br 27/07/2015 8 Licença:Creative Commons Attribution-Share Alike 2.0 Generic. Imagem:Andrew Dunn, Fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:CircusTent02.jpg 28/07/2015 10 Licença: Creative CommonsPublic Domain Dedication. Autor: Open Clip Art Library Fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Computer- aj_aj_ashton_01.svg?uselang=pt-br 30/07/2015 11 Licença: Creative Commons Atribuição-Partilha nos Termos da Mesma Licença 3.0 Unported Imagem:Dornicke Fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Parlamento_Latino-Americano_- _Audit%C3%B3rio.JPG?uselang=pt-br 30/07/2015
  • 28. Língua Portuguesa, 7º Série, Concordância Verbal. n° do slide direito da imagem como está ao lado da foto link do site onde se consegiu a informação Data do Acesso 12 Imagem:Paterm licença: GNU Free Documentation License Fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:2011_Pueri_Cantores_Fr_Rennes _5.JPG?uselang=pt-br 27/07/2015 13 Licença:Creative Commons Attribution 2.0 Generic. Imagem:Jeff Belmonte Fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:S%C3%A3o_Paulo_%C3%A0_parti r_do_Banespa.jpg 27/07/2015 15 Imagem:Fotografo234 Licença:domínio público Fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:CasadelBarrioIrlandesenelAjusco.p ng?uselang=pt-br 28/07/2015 16 licença Free Art License. Encontrará um exemplar desta licença no site Copyleft Attitude e noutros sites. Imagem:KNS Fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Knsmain-1-.jpg?uselang=pt-br 30/07/2015 18 Imagem:Wcveiga Licença: Creative Commons Attribution-Share Alike 3.0 Unported Fonte: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Bairros_Conchal.jpg 30/07/205