SlideShare uma empresa Scribd logo
Comercio exterior
Equipe:
Cleiton
Graciele
Jesse James
Edson Professor Ms. Eduardo Dias
O DENOC foi criado pelo art. 20 do Decreto nº 7.096, de 04 de
fevereiro de 2010.No dia 4 de fevereiro, a Presidência da República
publicou no Diário Oficial da União o Decreto nº 7096, de 4 de fevereiro
de 2010, que aprova a nova estrutura regimental do Ministério do
Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Com as
alterações, a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) ganha o
Departamento de Normas e Competitividade (Denoc). Além desse,
compõem a secretaria o Departamento de Operações de Comércio
Exterior (Decex), Departamento de Negociações Internacionais (Deint),
Departamento de Defesa Comercial (Decom), Departamento de
Planejamento e Desenvolvimento do Comércio Exterior (Depla).
De acordo com o regimento, o Departamento de Normas e
Competitividade será o órgão da Secex responsável por atividades
relacionadas a normas e procedimentos. Além disso, o Denoc vai
coordenar ações relativas aos acordos de facilitação ao comércio e aos
procedimentos de licenciamento de importação junto à Organização
Mundial do Comércio (OMC). Dentre as competências do departamento,
ainda encontram-se a coordenação dos agentes externos autorizados a
processar operações de comércio exterior; o Cadastro de Exportadores
e Importadores e o Registro de Empresas Comerciais Exportadoras
constituídas nos termos da legislação específica.
Cabe também ao Denoc a administração do Sistema de
Registro de Informações de Promoção (Sisprom). O departamento vai
registrar as operações de pagamento de despesas no exterior, com
redução a zero da alíquota do Imposto de Renda, de ações de
promoção comercial, pagamento de comissões e despesas com
logística. Os técnicos do Denoc vão ainda planejar ações orientadas
para a logística de comércio exterior e formular propostas para aumento
da competitividade internacional de produtos brasileiros, especialmente,
de âmbito burocrático, tributário, financeiro ou logístico.
Organograma da Secretária de Comércio Exterior
Organograma do Departamento de Normas e Competitividade no
Comércio Exterior - DENOC
I – estabelecer normas e procedimentos necessários à implementação de políticas e
programas de operacionalização do comércio exterior;·.
II – programar diretrizes setoriais de comércio exterior e decisões provenientes
de acordos internacionais e de legislação nacional;·.
III – coordenar, no âmbito da Secretaria de Comércio Exterior, ações sobre o Acordo
de Facilitação ao Comércio em curso junto à OMC, e participar de eventos nacionais
e internacionais;·.
IV – coordenar, no âmbito do Ministério, ações referentes ao Acordo sobre
Procedimentos de Licenciamento de Importação junto à OMC;·.
V – executar os serviços de Secretaria-Executiva do Grupo de Facilitação de
Comércio da CAMEX;·.
VI – coordenar a atuação dos agentes externos autorizados a processar operações
de comércio exterior;·.
VII – manter e atualizar o Cadastro de Exportadores e Importadores da Secretaria de
Comércio Exterior, bem como examinar pedidos de inscrição, atualização e
cancelamento de Registro de Empresas Comerciais Exportadoras constituídas nos
termos da legislação específica;·.
VIII – examinar e apurar prática de fraudes no comércio exterior e propor aplicação
de penalidades;·.
IX – promover o aperfeiçoamento da legislação de comércio exterior;·.
X – opinar sobre normas para o Programa de Financiamento às Exportações –
PROEX pertinentes a aspectos comerciais;
XI – acompanhar as diretrizes para a política de crédito e financiamento às
exportações, especialmente do PROEX, bem como do Seguro de Crédito à
Exportação;·.
XII – participar das reuniões do Comitê de Avaliação de Créditos ao Exterior, do
Comitê de Financiamento e Garantia das Exportações, e da Comissão de
Programação Financeira do Programa de Financiamento às Exportações;
XIII – administrar o benefício fiscal de redução a zero da alíquota do Imposto
de Renda no pagamento de despesas com promoção comercial,
comissionamento e logística de produtos brasileiros, no exterior;
XIV – desenvolver, administrar e aperfeiçoar o Sistema de Registro de
Informações de Promoção;·.
XV – planejar, propor e acompanhar o registro no SISCOMEX de informações
de despesas no exterior, vinculadas a operações de exportação;
XVI – planejar ações orientadas para a logística de comércio exterior; e·.
XVII – formular propostas para aumento da competitividade internacional do
produto brasileiro, especialmente de âmbito burocrático, tributário, financeiro
ou logístico.
As principais de áreas de atuação do DENOC são o
financiamento à exportação, a desoneração da produção de bens
exportáveis, a melhoria da logística para o comércio exterior, a
facilitação do comércio, a simplificação e consolidação das normas
sobre comércio exterior e a normatização de atos da Secretaria de
Comércio Exterior.
Comercio exterior
Comercio exterior
Comercio exterior

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Resumo com-comercio internacional
Resumo com-comercio internacionalResumo com-comercio internacional
Resumo com-comercio internacional
Mik Sousa
 
Comercio internacional regular 7 instituições intervenientes no comércio ex...
Comercio internacional regular 7   instituições intervenientes no comércio ex...Comercio internacional regular 7   instituições intervenientes no comércio ex...
Comercio internacional regular 7 instituições intervenientes no comércio ex...
Felipe Leo
 
Noções Básicas de Comércio Exterior
Noções Básicas de Comércio ExteriorNoções Básicas de Comércio Exterior
Noções Básicas de Comércio Exterior
Ana Maria Walcher
 
SISCOMEX - Sistema de Comércio Exterior
SISCOMEX - Sistema de Comércio ExteriorSISCOMEX - Sistema de Comércio Exterior
SISCOMEX - Sistema de Comércio Exterior
Kelvin Felipe
 
Noções Básicas de Comercio Exterior
Noções Básicas de Comercio Exterior Noções Básicas de Comercio Exterior
Noções Básicas de Comercio Exterior
Osmar Aleixo Rodrigues Filho
 
Fundamentos do comércio exterior
Fundamentos do comércio exteriorFundamentos do comércio exterior
Fundamentos do comércio exterior
Henrique Vieira
 
Aula 2
Aula 2 Aula 2
Apresentação principais legislações de comércio exterior
Apresentação principais legislações de comércio exteriorApresentação principais legislações de comércio exterior
Apresentação principais legislações de comércio exterior
ABRACOMEX
 
Aulas comercio internacional
Aulas comercio internacionalAulas comercio internacional
Aulas comercio internacional
Belenice Vieira
 
Revisão - Importação e Transporte Internacional
Revisão - Importação e Transporte InternacionalRevisão - Importação e Transporte Internacional
Revisão - Importação e Transporte Internacional
adrianohcampos
 
Curso básico custo importação
Curso básico custo importaçãoCurso básico custo importação
Curso básico custo importação
Peterson Marinho
 
Importação e exportação
Importação e exportaçãoImportação e exportação
Importação e exportação
Alison Gabriel
 
Revisao Comercio exterior
Revisao Comercio exteriorRevisao Comercio exterior
Revisao Comercio exterior
Vinicius LF
 
Comércio internacional
Comércio internacionalComércio internacional
Comércio internacional
Ana Paula Balieiro Alves
 
Aula Inaugural: Analista de Comércio Exterior
Aula Inaugural: Analista de Comércio ExteriorAula Inaugural: Analista de Comércio Exterior
Aula Inaugural: Analista de Comércio Exterior
ABRACOMEX
 
Análise e Atividades com Principais Documentos na Exportação e Importação
Análise e Atividades com Principais Documentos na Exportação e ImportaçãoAnálise e Atividades com Principais Documentos na Exportação e Importação
Análise e Atividades com Principais Documentos na Exportação e Importação
ABRACOMEX
 
Guia Básico do Siscomex Exportação
Guia Básico do Siscomex ExportaçãoGuia Básico do Siscomex Exportação
Guia Básico do Siscomex Exportação
ABRACOMEX
 
Aula inaugural de Analista de Logística em Comércio Exterior
Aula inaugural de Analista de Logística em Comércio ExteriorAula inaugural de Analista de Logística em Comércio Exterior
Aula inaugural de Analista de Logística em Comércio Exterior
ABRACOMEX
 
Roteiro consultoria de exportação
Roteiro consultoria de exportaçãoRoteiro consultoria de exportação
Roteiro consultoria de exportação
César William
 

Mais procurados (19)

Resumo com-comercio internacional
Resumo com-comercio internacionalResumo com-comercio internacional
Resumo com-comercio internacional
 
Comercio internacional regular 7 instituições intervenientes no comércio ex...
Comercio internacional regular 7   instituições intervenientes no comércio ex...Comercio internacional regular 7   instituições intervenientes no comércio ex...
Comercio internacional regular 7 instituições intervenientes no comércio ex...
 
Noções Básicas de Comércio Exterior
Noções Básicas de Comércio ExteriorNoções Básicas de Comércio Exterior
Noções Básicas de Comércio Exterior
 
SISCOMEX - Sistema de Comércio Exterior
SISCOMEX - Sistema de Comércio ExteriorSISCOMEX - Sistema de Comércio Exterior
SISCOMEX - Sistema de Comércio Exterior
 
Noções Básicas de Comercio Exterior
Noções Básicas de Comercio Exterior Noções Básicas de Comercio Exterior
Noções Básicas de Comercio Exterior
 
Fundamentos do comércio exterior
Fundamentos do comércio exteriorFundamentos do comércio exterior
Fundamentos do comércio exterior
 
Aula 2
Aula 2 Aula 2
Aula 2
 
Apresentação principais legislações de comércio exterior
Apresentação principais legislações de comércio exteriorApresentação principais legislações de comércio exterior
Apresentação principais legislações de comércio exterior
 
Aulas comercio internacional
Aulas comercio internacionalAulas comercio internacional
Aulas comercio internacional
 
Revisão - Importação e Transporte Internacional
Revisão - Importação e Transporte InternacionalRevisão - Importação e Transporte Internacional
Revisão - Importação e Transporte Internacional
 
Curso básico custo importação
Curso básico custo importaçãoCurso básico custo importação
Curso básico custo importação
 
Importação e exportação
Importação e exportaçãoImportação e exportação
Importação e exportação
 
Revisao Comercio exterior
Revisao Comercio exteriorRevisao Comercio exterior
Revisao Comercio exterior
 
Comércio internacional
Comércio internacionalComércio internacional
Comércio internacional
 
Aula Inaugural: Analista de Comércio Exterior
Aula Inaugural: Analista de Comércio ExteriorAula Inaugural: Analista de Comércio Exterior
Aula Inaugural: Analista de Comércio Exterior
 
Análise e Atividades com Principais Documentos na Exportação e Importação
Análise e Atividades com Principais Documentos na Exportação e ImportaçãoAnálise e Atividades com Principais Documentos na Exportação e Importação
Análise e Atividades com Principais Documentos na Exportação e Importação
 
Guia Básico do Siscomex Exportação
Guia Básico do Siscomex ExportaçãoGuia Básico do Siscomex Exportação
Guia Básico do Siscomex Exportação
 
Aula inaugural de Analista de Logística em Comércio Exterior
Aula inaugural de Analista de Logística em Comércio ExteriorAula inaugural de Analista de Logística em Comércio Exterior
Aula inaugural de Analista de Logística em Comércio Exterior
 
Roteiro consultoria de exportação
Roteiro consultoria de exportaçãoRoteiro consultoria de exportação
Roteiro consultoria de exportação
 

Destaque

Comércio internacional
Comércio internacionalComércio internacional
Comércio internacional
Rosária Zamith
 
Comércio Internacional
Comércio InternacionalComércio Internacional
Comércio Internacional
Diego Lopes
 
Globalização e o comércio mundial
Globalização e o comércio mundialGlobalização e o comércio mundial
Globalização e o comércio mundial
Matheuz Andre
 
Comercio exterior e interior
Comercio exterior e interior Comercio exterior e interior
Comercio exterior e interior
KenyaPC
 
4 semestre integrada gabarito
4 semestre integrada gabarito4 semestre integrada gabarito
4 semestre integrada gabarito
pablonaba
 
Transportes e Comércio Exterior do Brasil
Transportes e Comércio Exterior do Brasil Transportes e Comércio Exterior do Brasil
Transportes e Comércio Exterior do Brasil
Stephany Buxbaum
 
Óbidos
ÓbidosÓbidos
Óbidos
ADEP Portugal
 
Caso de Ciência Política - Soberania
Caso de Ciência Política -  SoberaniaCaso de Ciência Política -  Soberania
Caso de Ciência Política - Soberania
Diego Sampaio
 
Filme o ponto de mutação
Filme o ponto de mutaçãoFilme o ponto de mutação
Filme o ponto de mutação
familiaestagio
 
Regimes aduaneiros
Regimes aduaneirosRegimes aduaneiros
Regimes aduaneiros
Ligia R. Oliveira
 
Psicologia Geral - Ponto de Mutação
Psicologia Geral - Ponto de MutaçãoPsicologia Geral - Ponto de Mutação
Psicologia Geral - Ponto de Mutação
Diego Sampaio
 
Civilizações hidráulicas aula érico
Civilizações hidráulicas aula éricoCivilizações hidráulicas aula érico
Civilizações hidráulicas aula érico
hermes2974
 
Balança comercial
Balança comercial Balança comercial
Balança comercial
daniele_xavier
 
O ponto de mutação
O ponto de mutaçãoO ponto de mutação
O ponto de mutação
AndréCafé Oliveira
 
Egito antigo
Egito antigoEgito antigo
Comercio exterior
Comercio exteriorComercio exterior
Comercio exterior
Liliana Rojas
 
Evolução histórica do comércio
Evolução histórica do comércio Evolução histórica do comércio
Evolução histórica do comércio
risomar patrícia
 
Slides sistema de transportes
Slides sistema de transportesSlides sistema de transportes
Slides sistema de transportes
Oberlania Alves
 
País rural e senhorial módulo II- 10º ANO
País rural e senhorial  módulo II- 10º ANOPaís rural e senhorial  módulo II- 10º ANO
País rural e senhorial módulo II- 10º ANO
Carina Vale
 
A Reconquista
A ReconquistaA Reconquista
A Reconquista
Professores História
 

Destaque (20)

Comércio internacional
Comércio internacionalComércio internacional
Comércio internacional
 
Comércio Internacional
Comércio InternacionalComércio Internacional
Comércio Internacional
 
Globalização e o comércio mundial
Globalização e o comércio mundialGlobalização e o comércio mundial
Globalização e o comércio mundial
 
Comercio exterior e interior
Comercio exterior e interior Comercio exterior e interior
Comercio exterior e interior
 
4 semestre integrada gabarito
4 semestre integrada gabarito4 semestre integrada gabarito
4 semestre integrada gabarito
 
Transportes e Comércio Exterior do Brasil
Transportes e Comércio Exterior do Brasil Transportes e Comércio Exterior do Brasil
Transportes e Comércio Exterior do Brasil
 
Óbidos
ÓbidosÓbidos
Óbidos
 
Caso de Ciência Política - Soberania
Caso de Ciência Política -  SoberaniaCaso de Ciência Política -  Soberania
Caso de Ciência Política - Soberania
 
Filme o ponto de mutação
Filme o ponto de mutaçãoFilme o ponto de mutação
Filme o ponto de mutação
 
Regimes aduaneiros
Regimes aduaneirosRegimes aduaneiros
Regimes aduaneiros
 
Psicologia Geral - Ponto de Mutação
Psicologia Geral - Ponto de MutaçãoPsicologia Geral - Ponto de Mutação
Psicologia Geral - Ponto de Mutação
 
Civilizações hidráulicas aula érico
Civilizações hidráulicas aula éricoCivilizações hidráulicas aula érico
Civilizações hidráulicas aula érico
 
Balança comercial
Balança comercial Balança comercial
Balança comercial
 
O ponto de mutação
O ponto de mutaçãoO ponto de mutação
O ponto de mutação
 
Egito antigo
Egito antigoEgito antigo
Egito antigo
 
Comercio exterior
Comercio exteriorComercio exterior
Comercio exterior
 
Evolução histórica do comércio
Evolução histórica do comércio Evolução histórica do comércio
Evolução histórica do comércio
 
Slides sistema de transportes
Slides sistema de transportesSlides sistema de transportes
Slides sistema de transportes
 
País rural e senhorial módulo II- 10º ANO
País rural e senhorial  módulo II- 10º ANOPaís rural e senhorial  módulo II- 10º ANO
País rural e senhorial módulo II- 10º ANO
 
A Reconquista
A ReconquistaA Reconquista
A Reconquista
 

Semelhante a Comercio exterior

Manualimportacao2011
Manualimportacao2011Manualimportacao2011
Manualimportacao2011
Rossejane Maria
 
Manual de importação
Manual de importaçãoManual de importação
Manual de importação
Dante Aline
 
Palestra: Passo a Passo para Iniciar uma Exportação
Palestra: Passo a Passo para Iniciar uma ExportaçãoPalestra: Passo a Passo para Iniciar uma Exportação
Palestra: Passo a Passo para Iniciar uma Exportação
ABRACOMEX
 
GESTÃO DE COMÉRCIO EXTERIOR: Projetos de aquisição de softwares para gestão d...
GESTÃO DE COMÉRCIO EXTERIOR: Projetos de aquisição de softwares para gestão d...GESTÃO DE COMÉRCIO EXTERIOR: Projetos de aquisição de softwares para gestão d...
GESTÃO DE COMÉRCIO EXTERIOR: Projetos de aquisição de softwares para gestão d...
Rodrigo Larrossa
 
BMJ Consultores Associados
BMJ Consultores AssociadosBMJ Consultores Associados
BMJ Consultores Associados
Relações Internacionais
 
Artigo Maira Becker 26 04 2012
Artigo Maira Becker 26 04 2012Artigo Maira Becker 26 04 2012
Artigo Maira Becker 26 04 2012
Maira Cristina Becker
 
Faqp
FaqpFaqp
Programa Brasil Trade Guide - Oficinas de Negócios
Programa Brasil Trade Guide - Oficinas de NegóciosPrograma Brasil Trade Guide - Oficinas de Negócios
Programa Brasil Trade Guide - Oficinas de Negócios
24x7 COMUNICAÇÃO
 
Dados sobre mercados e fontes de informações pronatec comex
Dados sobre mercados e fontes de informações  pronatec comexDados sobre mercados e fontes de informações  pronatec comex
Dados sobre mercados e fontes de informações pronatec comex
Gilson Deretti
 
Panorama Defesa Comercial - Dez/2012
Panorama Defesa Comercial - Dez/2012Panorama Defesa Comercial - Dez/2012
Panorama Defesa Comercial - Dez/2012
Fiesp Federação das Indústrias do Estado de SP
 
Aula Inaugural
Aula InauguralAula Inaugural
Aula Inaugural
MiltonMauad1
 
LOGPRODUZIR - Incentivo Fiscal para empresas de logística e distribuição
LOGPRODUZIR - Incentivo Fiscal para empresas de logística e distribuiçãoLOGPRODUZIR - Incentivo Fiscal para empresas de logística e distribuição
LOGPRODUZIR - Incentivo Fiscal para empresas de logística e distribuição
Pontifícia Universidade Católica de Goiás - PUC/GO
 
Logistica Internacional
Logistica InternacionalLogistica Internacional
Logistica Internacional
Willian dos Santos Abreu
 
Conpedi2010[1]
Conpedi2010[1]Conpedi2010[1]
Conpedi2010[1]
comexemdebate
 
Apresentação do Projeto
Apresentação do ProjetoApresentação do Projeto
Apresentação do Projeto
comexemdebate
 
135285 comércio internacional
135285 comércio internacional135285 comércio internacional
135285 comércio internacional
bartolomeu hebert
 
Aula 01 ptt logística internacional
Aula 01   ptt logística internacionalAula 01   ptt logística internacional
Aula 01 ptt logística internacional
Josiel Dias
 
Manual de Venda - 3ª edição
Manual de Venda - 3ª ediçãoManual de Venda - 3ª edição
Manual de Venda - 3ª edição
gabrielwelter
 
Logística Internacional - AULA 02 - aaaa
Logística Internacional - AULA 02 - aaaaLogística Internacional - AULA 02 - aaaa
Logística Internacional - AULA 02 - aaaa
EdgarDias25
 
Apresentação no GURS
Apresentação no GURSApresentação no GURS
Apresentação no GURS
decision-it
 

Semelhante a Comercio exterior (20)

Manualimportacao2011
Manualimportacao2011Manualimportacao2011
Manualimportacao2011
 
Manual de importação
Manual de importaçãoManual de importação
Manual de importação
 
Palestra: Passo a Passo para Iniciar uma Exportação
Palestra: Passo a Passo para Iniciar uma ExportaçãoPalestra: Passo a Passo para Iniciar uma Exportação
Palestra: Passo a Passo para Iniciar uma Exportação
 
GESTÃO DE COMÉRCIO EXTERIOR: Projetos de aquisição de softwares para gestão d...
GESTÃO DE COMÉRCIO EXTERIOR: Projetos de aquisição de softwares para gestão d...GESTÃO DE COMÉRCIO EXTERIOR: Projetos de aquisição de softwares para gestão d...
GESTÃO DE COMÉRCIO EXTERIOR: Projetos de aquisição de softwares para gestão d...
 
BMJ Consultores Associados
BMJ Consultores AssociadosBMJ Consultores Associados
BMJ Consultores Associados
 
Artigo Maira Becker 26 04 2012
Artigo Maira Becker 26 04 2012Artigo Maira Becker 26 04 2012
Artigo Maira Becker 26 04 2012
 
Faqp
FaqpFaqp
Faqp
 
Programa Brasil Trade Guide - Oficinas de Negócios
Programa Brasil Trade Guide - Oficinas de NegóciosPrograma Brasil Trade Guide - Oficinas de Negócios
Programa Brasil Trade Guide - Oficinas de Negócios
 
Dados sobre mercados e fontes de informações pronatec comex
Dados sobre mercados e fontes de informações  pronatec comexDados sobre mercados e fontes de informações  pronatec comex
Dados sobre mercados e fontes de informações pronatec comex
 
Panorama Defesa Comercial - Dez/2012
Panorama Defesa Comercial - Dez/2012Panorama Defesa Comercial - Dez/2012
Panorama Defesa Comercial - Dez/2012
 
Aula Inaugural
Aula InauguralAula Inaugural
Aula Inaugural
 
LOGPRODUZIR - Incentivo Fiscal para empresas de logística e distribuição
LOGPRODUZIR - Incentivo Fiscal para empresas de logística e distribuiçãoLOGPRODUZIR - Incentivo Fiscal para empresas de logística e distribuição
LOGPRODUZIR - Incentivo Fiscal para empresas de logística e distribuição
 
Logistica Internacional
Logistica InternacionalLogistica Internacional
Logistica Internacional
 
Conpedi2010[1]
Conpedi2010[1]Conpedi2010[1]
Conpedi2010[1]
 
Apresentação do Projeto
Apresentação do ProjetoApresentação do Projeto
Apresentação do Projeto
 
135285 comércio internacional
135285 comércio internacional135285 comércio internacional
135285 comércio internacional
 
Aula 01 ptt logística internacional
Aula 01   ptt logística internacionalAula 01   ptt logística internacional
Aula 01 ptt logística internacional
 
Manual de Venda - 3ª edição
Manual de Venda - 3ª ediçãoManual de Venda - 3ª edição
Manual de Venda - 3ª edição
 
Logística Internacional - AULA 02 - aaaa
Logística Internacional - AULA 02 - aaaaLogística Internacional - AULA 02 - aaaa
Logística Internacional - AULA 02 - aaaa
 
Apresentação no GURS
Apresentação no GURSApresentação no GURS
Apresentação no GURS
 

Último

Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfilApostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
Carlos Eduardo Coan Junior
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
rihabkorbi24
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
Paulo Emerson Pereira
 
Informativo Agronômico n11 v1.0 - Seringueira (ppt).pdf
Informativo Agronômico n11 v1.0 - Seringueira (ppt).pdfInformativo Agronômico n11 v1.0 - Seringueira (ppt).pdf
Informativo Agronômico n11 v1.0 - Seringueira (ppt).pdf
edsonfrancojunior99
 
O legado democrático de Portugal no Brasil, enfatizando sua contribuição para...
O legado democrático de Portugal no Brasil, enfatizando sua contribuição para...O legado democrático de Portugal no Brasil, enfatizando sua contribuição para...
O legado democrático de Portugal no Brasil, enfatizando sua contribuição para...
Paulo Dalla Nora Macedo
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Paulo Emerson Pereira
 

Último (6)

Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfilApostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
Apostila GOOGLE MEU NEGÓCIO-Passo a passo detalhado para criar um novo perfil
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
 
Informativo Agronômico n11 v1.0 - Seringueira (ppt).pdf
Informativo Agronômico n11 v1.0 - Seringueira (ppt).pdfInformativo Agronômico n11 v1.0 - Seringueira (ppt).pdf
Informativo Agronômico n11 v1.0 - Seringueira (ppt).pdf
 
O legado democrático de Portugal no Brasil, enfatizando sua contribuição para...
O legado democrático de Portugal no Brasil, enfatizando sua contribuição para...O legado democrático de Portugal no Brasil, enfatizando sua contribuição para...
O legado democrático de Portugal no Brasil, enfatizando sua contribuição para...
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
 

Comercio exterior

  • 3. O DENOC foi criado pelo art. 20 do Decreto nº 7.096, de 04 de fevereiro de 2010.No dia 4 de fevereiro, a Presidência da República publicou no Diário Oficial da União o Decreto nº 7096, de 4 de fevereiro de 2010, que aprova a nova estrutura regimental do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Com as alterações, a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) ganha o Departamento de Normas e Competitividade (Denoc). Além desse, compõem a secretaria o Departamento de Operações de Comércio Exterior (Decex), Departamento de Negociações Internacionais (Deint), Departamento de Defesa Comercial (Decom), Departamento de Planejamento e Desenvolvimento do Comércio Exterior (Depla).
  • 4. De acordo com o regimento, o Departamento de Normas e Competitividade será o órgão da Secex responsável por atividades relacionadas a normas e procedimentos. Além disso, o Denoc vai coordenar ações relativas aos acordos de facilitação ao comércio e aos procedimentos de licenciamento de importação junto à Organização Mundial do Comércio (OMC). Dentre as competências do departamento, ainda encontram-se a coordenação dos agentes externos autorizados a processar operações de comércio exterior; o Cadastro de Exportadores e Importadores e o Registro de Empresas Comerciais Exportadoras constituídas nos termos da legislação específica.
  • 5. Cabe também ao Denoc a administração do Sistema de Registro de Informações de Promoção (Sisprom). O departamento vai registrar as operações de pagamento de despesas no exterior, com redução a zero da alíquota do Imposto de Renda, de ações de promoção comercial, pagamento de comissões e despesas com logística. Os técnicos do Denoc vão ainda planejar ações orientadas para a logística de comércio exterior e formular propostas para aumento da competitividade internacional de produtos brasileiros, especialmente, de âmbito burocrático, tributário, financeiro ou logístico.
  • 6. Organograma da Secretária de Comércio Exterior
  • 7. Organograma do Departamento de Normas e Competitividade no Comércio Exterior - DENOC
  • 8. I – estabelecer normas e procedimentos necessários à implementação de políticas e programas de operacionalização do comércio exterior;·. II – programar diretrizes setoriais de comércio exterior e decisões provenientes de acordos internacionais e de legislação nacional;·. III – coordenar, no âmbito da Secretaria de Comércio Exterior, ações sobre o Acordo de Facilitação ao Comércio em curso junto à OMC, e participar de eventos nacionais e internacionais;·. IV – coordenar, no âmbito do Ministério, ações referentes ao Acordo sobre Procedimentos de Licenciamento de Importação junto à OMC;·. V – executar os serviços de Secretaria-Executiva do Grupo de Facilitação de Comércio da CAMEX;·. VI – coordenar a atuação dos agentes externos autorizados a processar operações de comércio exterior;·. VII – manter e atualizar o Cadastro de Exportadores e Importadores da Secretaria de Comércio Exterior, bem como examinar pedidos de inscrição, atualização e cancelamento de Registro de Empresas Comerciais Exportadoras constituídas nos termos da legislação específica;·. VIII – examinar e apurar prática de fraudes no comércio exterior e propor aplicação de penalidades;·. IX – promover o aperfeiçoamento da legislação de comércio exterior;·. X – opinar sobre normas para o Programa de Financiamento às Exportações – PROEX pertinentes a aspectos comerciais;
  • 9. XI – acompanhar as diretrizes para a política de crédito e financiamento às exportações, especialmente do PROEX, bem como do Seguro de Crédito à Exportação;·. XII – participar das reuniões do Comitê de Avaliação de Créditos ao Exterior, do Comitê de Financiamento e Garantia das Exportações, e da Comissão de Programação Financeira do Programa de Financiamento às Exportações; XIII – administrar o benefício fiscal de redução a zero da alíquota do Imposto de Renda no pagamento de despesas com promoção comercial, comissionamento e logística de produtos brasileiros, no exterior; XIV – desenvolver, administrar e aperfeiçoar o Sistema de Registro de Informações de Promoção;·. XV – planejar, propor e acompanhar o registro no SISCOMEX de informações de despesas no exterior, vinculadas a operações de exportação; XVI – planejar ações orientadas para a logística de comércio exterior; e·. XVII – formular propostas para aumento da competitividade internacional do produto brasileiro, especialmente de âmbito burocrático, tributário, financeiro ou logístico.
  • 10. As principais de áreas de atuação do DENOC são o financiamento à exportação, a desoneração da produção de bens exportáveis, a melhoria da logística para o comércio exterior, a facilitação do comércio, a simplificação e consolidação das normas sobre comércio exterior e a normatização de atos da Secretaria de Comércio Exterior.