SlideShare uma empresa Scribd logo
ESPECIAL
Instalações e Equipamentos
52 DBO maio 2017
Ideias de montão
Renato Villela
P
ara iniciar nosso “mosaico de ideias” sobre insta-
lações para gado de corte e exemplificar a criati-
vidade na pecuária, escolhemos um conjunto de
cocho/bebedouro que promete facilitar a vida do semi-
confinador. Ele foi desenvolvido por técnicos da Nova-
pec, uma “fazenda conceito”, de caráter experimental,
localizada em Rondonópolis, sudeste do Mato Grosso e
criada por Arlindo Vilela, fundador da Novanis (empresa
agora pertencente ao Grupo Agroceres) para validar no-
vas tecnologias, visando à intensificação da produção.
De lá, estão saindo alguns modelos de instalações sim-
ples, porém funcionais, que começam a ganhar espaço
no campo.
O cocho para semiconfinamento objeto desta reporta-
gem é um bom exemplo disso. Ele permite rápida distri-
buição do trato e é feito com materiais baratos. Em vez de
Cobertura de cocho econômica, bebedouro sem barro,
bezerros pesados no campo sem estresse, pintura no
curral para acalmar os bois: quer mais?
Mangueira
de hidrante
esvazia
bebedouros
sem deixar
poças d'água
nos arredores
Cocho com
lona de estufa
é três vezes
mais barato
do que o com
folha de zinco
maio 2016 DBO	 53
telhas de zinco, tem cobertura de lona de estufa, um material
leve, resistente e impermeável, que reduz bastante o custo
da instalação. Enquanto o metro linear do cocho com folhas
de zinco não sai por menos de R$ 1.000, o de lona plástica
fica em torno de R$ 380, quase três vezes menos. A lona tem
garantia de cinco anos por parte do fabricante.
Estrutura de eucalipto
O menor custo do conjunto não se deve apenas à
substituição dos materiais de cobertura, mas também à
simplificação da estrutura de sustentação. “As telhas de
zinco exigem pilares de concreto, enquanto a lona pode
ser sustentada por estacas de eucalipto”, afirma Welton
Cabral, gerente da Novapec. A altura da instalação tam-
bém sofreu modificações. Cabral informa que a maioria
das fazendas que faz semiconfinamento no Mato Grosso
constrói coberturas elevadas o suficiente para viabilizar
a passagem de um caminhão, o que, além de encarecer a
obra, é desnecessário. “O caminhão não precisa transitar
embaixo da cobertura para abastecer o cocho. Dá para
passar do lado, é só utilizar um chupim maior” afirma o
gerente, referindo-se ao acessório, espécie de tubo, por
onde é despejada a ração.
Outra vantagem da substituição dos materiais é que,
dependendo da orientação da linha de cocho, o “telhado”
de zinco projeta sombra rente à base, um convite para
que os animais, nos horários mais quentes do dia, se dei-
tem, atrapalhando o acesso dos demais. Além disso, o
fato de a lona ser transparente evita a formação de lama
perto do cocho, pois a região, normalmente com maior
concentração de fezes e urina, seca mais rápido devido
à ação dos raios solares. Cabral afirma que a cobertura é
importante no semiconfinamento, porque permite abas-
tecimento do cocho em intervalos mais longos. Como a
dieta, neste sistema de produção, é seca e composta pre-
dominantemente por grãos, sem volumoso, não fermen-
ta com o tempo, desde que protegida da água da chuva.
“Colocamos ração para dois ou três dias, o que nos traz
economia em logística”, diz ele.
Quando você esvazia um bebedouro para limpá-lo
a água escorre, encharcando o terreno em volta? Essa
água se transforma em lama com o pisoteio dos animais?
A Novapec encontrou uma solução para esse problema.
Para evitar a formação de barro em volta dessa insta-
lação, bastam uma mangueira de hidrante, semelhante
à usada pelo Corpo de Bombeiros, e uma flange, peça
empregada para juntar componentes de um sistema de
tubulação. A flange é colocada no ralo, pelo lado de fora
do bebedouro, e depois acoplada à mangueira, que possui
engate rápido. “Cada vez que esvaziamos o bebedouro,
direcionamos a mangueira para escoar a água distante da
instalação e em um ponto diferente, de modo a evitar a
formação de lama”, explica Welton Cabral. A mangueira,
confeccionada com fios de poliéster, tem 5 m de com-
primento. “É leve, fácil de enrolar e de transportar na
moto”, afirma o gerente.  n
“Bebês” suspensos
Feita em couro, essa manta para pesagem de bezerros é uma ideia supercriativa.
Ela tem quatro furos, nos quais são colocadas as patas do animal recém- nascido,
permitindo que ele seja suspenso do chão e pesado no ar. A manta possui quatro alças
com argolas na ponta, que são presas em um gancho munido de balança portátil.
O conjunto é dependurado a uma trave de mandeira (parecida com gol de campo
de futebol) que tem 1,40 m de altura e 1,2 a 1,4 m de largura. Segundo professora
Fernanda Macitelli, da Universidade Federal de Mato Grosso, a estrutura facilita todo o
manejo pós parto e cansa menos o funcionáro. “Fica mais fácil fazer a cura do umbigo,
tatuagem, vermifugação e outros procedimentos adotados na fazenda. Além disso,
o bezerro fica menos estressado e há menos riscos de acidentes, pois o animal fica
mais quieto se não estiver apoiado no chão”, diz. A foto é da Fazenda Araponga, em
Jassiara, MT, de Shiro Nishimura.
Arte para boi ver
Em visita no ano passado à Fazenda Mato Grosso II, em Porto Calvo, Alagoas, o
consultor Paulo Prohmann, se deparou com um curral antiestresse diferente. Suas pa-
redes internas foram pintadas pelo proprietário Ronaldo Cunha com bois brancos sobre
um fundo verde, alinhados tranquilamente como se estivessem passeando livremente
no pasto. Cunha diz ter se inspirado em um vídeo que assistiu sobre a pesquisadora
TempleGrandin,daUniversidadedoColorado,especialistaembem-estaranimal.Opro-
dutor pensou que os animais se sentiriam bem no ambiente criado pela pintura. Estava
certo. O comportamento deles dentro da instalação melhorou. Ficaram muito mais cal-
mos. “Achei a ideia muito interessante, além de esteticamente atraente”, diz Prohmann.
Galeria da criatividade

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

32 irrigacao por gotejamento
32 irrigacao por gotejamento32 irrigacao por gotejamento
32 irrigacao por gotejamento
Luiz Antonio de Jesus Araujo
 
Aproveitamento de água da chuva
Aproveitamento de água da chuvaAproveitamento de água da chuva
Aproveitamento de água da chuva
Rodrigo Leandro Alves
 
Secretário estadual do meio ambiente visita primeira fazenda autorizada a faz...
Secretário estadual do meio ambiente visita primeira fazenda autorizada a faz...Secretário estadual do meio ambiente visita primeira fazenda autorizada a faz...
Secretário estadual do meio ambiente visita primeira fazenda autorizada a faz...
Roberto Rabat Chame
 
Implantação do Reuso da Água de Chuva em Residências Rurais
Implantação do Reuso da Água de Chuva em Residências RuraisImplantação do Reuso da Água de Chuva em Residências Rurais
Implantação do Reuso da Água de Chuva em Residências Rurais
Augusto Garcez
 
Hortas para Todos!
Hortas para Todos!Hortas para Todos!
Hortas para Todos!
siro
 
PET - Atividades na Ilha de Maré
PET - Atividades na Ilha de MaréPET - Atividades na Ilha de Maré
PET - Atividades na Ilha de Maré
petambiental
 
Projeto Governança Hídrica Para Edificações
Projeto Governança Hídrica Para EdificaçõesProjeto Governança Hídrica Para Edificações
Projeto Governança Hídrica Para Edificações
Mayb Ferreira
 
Folder mictorio urimat_(eco_win)
Folder mictorio urimat_(eco_win)Folder mictorio urimat_(eco_win)
Folder mictorio urimat_(eco_win)
erachrj
 
Relatório final irrigação
Relatório final  irrigaçãoRelatório final  irrigação
Relatório final irrigação
nathaliafpaiva
 
1 serie irrigador sustentável
1 serie   irrigador sustentável1 serie   irrigador sustentável
1 serie irrigador sustentável
nathaliafpaiva
 
Apresentação fernandes fardim
Apresentação fernandes fardimApresentação fernandes fardim
Apresentação fernandes fardim
Roberto Inacio
 
Curso de bioconstrução
Curso de bioconstruçãoCurso de bioconstrução
Curso de bioconstrução
Sandro Caraciolo
 
Valor sul centro de triagem lumiar
Valor sul centro de triagem lumiarValor sul centro de triagem lumiar
Valor sul centro de triagem lumiar
Bernardo Constantino
 
Polonoticias junho 09
Polonoticias junho 09Polonoticias junho 09
Polonoticias junho 09
Elvis Ad Jus
 
Esboço projeto escola sustentavel
Esboço projeto escola sustentavelEsboço projeto escola sustentavel
Esboço projeto escola sustentavel
Joao Paulo
 
Aula 01 escolha dos vegetais - solo e clima
Aula 01   escolha dos vegetais - solo e clima Aula 01   escolha dos vegetais - solo e clima
Aula 01 escolha dos vegetais - solo e clima
CETEP, FTC, FASA..
 
Caso 2
Caso 2Caso 2
Caso 2
casataboca
 
Tecnologia GCDE Catálogo
Tecnologia GCDE CatálogoTecnologia GCDE Catálogo
Tecnologia GCDE Catálogo
Katia Nuno
 
Novos Negócios: Cultivo de Agrião em Sistema de Hidroponia
Novos Negócios: Cultivo de Agrião em Sistema de Hidroponia Novos Negócios: Cultivo de Agrião em Sistema de Hidroponia
Novos Negócios: Cultivo de Agrião em Sistema de Hidroponia
Rural Pecuária
 
O Rio Paraopeba e o programa HELP - Breno Carone
O Rio Paraopeba e o programa HELP - Breno Carone O Rio Paraopeba e o programa HELP - Breno Carone
O Rio Paraopeba e o programa HELP - Breno Carone
forumsustentar
 

Mais procurados (20)

32 irrigacao por gotejamento
32 irrigacao por gotejamento32 irrigacao por gotejamento
32 irrigacao por gotejamento
 
Aproveitamento de água da chuva
Aproveitamento de água da chuvaAproveitamento de água da chuva
Aproveitamento de água da chuva
 
Secretário estadual do meio ambiente visita primeira fazenda autorizada a faz...
Secretário estadual do meio ambiente visita primeira fazenda autorizada a faz...Secretário estadual do meio ambiente visita primeira fazenda autorizada a faz...
Secretário estadual do meio ambiente visita primeira fazenda autorizada a faz...
 
Implantação do Reuso da Água de Chuva em Residências Rurais
Implantação do Reuso da Água de Chuva em Residências RuraisImplantação do Reuso da Água de Chuva em Residências Rurais
Implantação do Reuso da Água de Chuva em Residências Rurais
 
Hortas para Todos!
Hortas para Todos!Hortas para Todos!
Hortas para Todos!
 
PET - Atividades na Ilha de Maré
PET - Atividades na Ilha de MaréPET - Atividades na Ilha de Maré
PET - Atividades na Ilha de Maré
 
Projeto Governança Hídrica Para Edificações
Projeto Governança Hídrica Para EdificaçõesProjeto Governança Hídrica Para Edificações
Projeto Governança Hídrica Para Edificações
 
Folder mictorio urimat_(eco_win)
Folder mictorio urimat_(eco_win)Folder mictorio urimat_(eco_win)
Folder mictorio urimat_(eco_win)
 
Relatório final irrigação
Relatório final  irrigaçãoRelatório final  irrigação
Relatório final irrigação
 
1 serie irrigador sustentável
1 serie   irrigador sustentável1 serie   irrigador sustentável
1 serie irrigador sustentável
 
Apresentação fernandes fardim
Apresentação fernandes fardimApresentação fernandes fardim
Apresentação fernandes fardim
 
Curso de bioconstrução
Curso de bioconstruçãoCurso de bioconstrução
Curso de bioconstrução
 
Valor sul centro de triagem lumiar
Valor sul centro de triagem lumiarValor sul centro de triagem lumiar
Valor sul centro de triagem lumiar
 
Polonoticias junho 09
Polonoticias junho 09Polonoticias junho 09
Polonoticias junho 09
 
Esboço projeto escola sustentavel
Esboço projeto escola sustentavelEsboço projeto escola sustentavel
Esboço projeto escola sustentavel
 
Aula 01 escolha dos vegetais - solo e clima
Aula 01   escolha dos vegetais - solo e clima Aula 01   escolha dos vegetais - solo e clima
Aula 01 escolha dos vegetais - solo e clima
 
Caso 2
Caso 2Caso 2
Caso 2
 
Tecnologia GCDE Catálogo
Tecnologia GCDE CatálogoTecnologia GCDE Catálogo
Tecnologia GCDE Catálogo
 
Novos Negócios: Cultivo de Agrião em Sistema de Hidroponia
Novos Negócios: Cultivo de Agrião em Sistema de Hidroponia Novos Negócios: Cultivo de Agrião em Sistema de Hidroponia
Novos Negócios: Cultivo de Agrião em Sistema de Hidroponia
 
O Rio Paraopeba e o programa HELP - Breno Carone
O Rio Paraopeba e o programa HELP - Breno Carone O Rio Paraopeba e o programa HELP - Breno Carone
O Rio Paraopeba e o programa HELP - Breno Carone
 

Semelhante a Cobertura de cocho econômica

Drenagem piso partes de madeira
Drenagem piso partes de madeiraDrenagem piso partes de madeira
Drenagem piso partes de madeira
Renato Villela
 
Rotacionado
RotacionadoRotacionado
Rotacionado
Renato Villela
 
Como fazer um minhocário campeiro
Como fazer um minhocário campeiroComo fazer um minhocário campeiro
Como fazer um minhocário campeiro
Portal Canal Rural
 
Instalações para eqüinos
Instalações para eqüinosInstalações para eqüinos
Instalações para caprinos e ovinos
Instalações para caprinos e ovinosInstalações para caprinos e ovinos
Instalações para caprinos e ovinos
mmaob
 
Irrigação
IrrigaçãoIrrigação
Irrigação
CANO
 
Inst gado leit_bio_digest_apres
Inst gado leit_bio_digest_apresInst gado leit_bio_digest_apres
Inst gado leit_bio_digest_apres
Cristina Marino de Souza
 
Caderno silo
Caderno siloCaderno silo
Compostores
CompostoresCompostores
Compostores
Matilde Leite
 
Condomínios eco-sustentáveis
Condomínios eco-sustentáveisCondomínios eco-sustentáveis
Condomínios eco-sustentáveis
fardsp
 
PROJETO EXPERIMENTAL DE APROVEITAMENTO DE ÁGUA DA CHUVA COM A TECNOLOGIA DA M...
PROJETO EXPERIMENTAL DE APROVEITAMENTO DE ÁGUA DA CHUVA COM A TECNOLOGIA DA M...PROJETO EXPERIMENTAL DE APROVEITAMENTO DE ÁGUA DA CHUVA COM A TECNOLOGIA DA M...
PROJETO EXPERIMENTAL DE APROVEITAMENTO DE ÁGUA DA CHUVA COM A TECNOLOGIA DA M...
greenpoa
 
Cocho limpo em minutos
Cocho limpo em minutosCocho limpo em minutos
Cocho limpo em minutos
Renato Villela
 
Pastejo rotacionado 1: pontos críticos na implantação
Pastejo rotacionado 1: pontos críticos na implantaçãoPastejo rotacionado 1: pontos críticos na implantação
Pastejo rotacionado 1: pontos críticos na implantação
Rural Pecuária
 
Alternativas sustentáveis 2013 - Energia Renovável
Alternativas sustentáveis 2013 -  Energia RenovávelAlternativas sustentáveis 2013 -  Energia Renovável
Alternativas sustentáveis 2013 - Energia Renovável
giovanamorais_
 
Ecodreno
EcodrenoEcodreno
L atrinas
L atrinasL atrinas
L atrinas
Carlos Sithole
 
Cartilla de cómo hacer bloques ecológica
Cartilla de cómo hacer bloques ecológicaCartilla de cómo hacer bloques ecológica
Cartilla de cómo hacer bloques ecológica
danius2009
 
Fossas sépticas
Fossas sépticasFossas sépticas
Fossas sépticas
Nubia Lopes
 
MANUAL DE INSTALAÇÃO
MANUAL DE INSTALAÇÃOMANUAL DE INSTALAÇÃO
MANUAL DE INSTALAÇÃO
btbeffa
 

Semelhante a Cobertura de cocho econômica (19)

Drenagem piso partes de madeira
Drenagem piso partes de madeiraDrenagem piso partes de madeira
Drenagem piso partes de madeira
 
Rotacionado
RotacionadoRotacionado
Rotacionado
 
Como fazer um minhocário campeiro
Como fazer um minhocário campeiroComo fazer um minhocário campeiro
Como fazer um minhocário campeiro
 
Instalações para eqüinos
Instalações para eqüinosInstalações para eqüinos
Instalações para eqüinos
 
Instalações para caprinos e ovinos
Instalações para caprinos e ovinosInstalações para caprinos e ovinos
Instalações para caprinos e ovinos
 
Irrigação
IrrigaçãoIrrigação
Irrigação
 
Inst gado leit_bio_digest_apres
Inst gado leit_bio_digest_apresInst gado leit_bio_digest_apres
Inst gado leit_bio_digest_apres
 
Caderno silo
Caderno siloCaderno silo
Caderno silo
 
Compostores
CompostoresCompostores
Compostores
 
Condomínios eco-sustentáveis
Condomínios eco-sustentáveisCondomínios eco-sustentáveis
Condomínios eco-sustentáveis
 
PROJETO EXPERIMENTAL DE APROVEITAMENTO DE ÁGUA DA CHUVA COM A TECNOLOGIA DA M...
PROJETO EXPERIMENTAL DE APROVEITAMENTO DE ÁGUA DA CHUVA COM A TECNOLOGIA DA M...PROJETO EXPERIMENTAL DE APROVEITAMENTO DE ÁGUA DA CHUVA COM A TECNOLOGIA DA M...
PROJETO EXPERIMENTAL DE APROVEITAMENTO DE ÁGUA DA CHUVA COM A TECNOLOGIA DA M...
 
Cocho limpo em minutos
Cocho limpo em minutosCocho limpo em minutos
Cocho limpo em minutos
 
Pastejo rotacionado 1: pontos críticos na implantação
Pastejo rotacionado 1: pontos críticos na implantaçãoPastejo rotacionado 1: pontos críticos na implantação
Pastejo rotacionado 1: pontos críticos na implantação
 
Alternativas sustentáveis 2013 - Energia Renovável
Alternativas sustentáveis 2013 -  Energia RenovávelAlternativas sustentáveis 2013 -  Energia Renovável
Alternativas sustentáveis 2013 - Energia Renovável
 
Ecodreno
EcodrenoEcodreno
Ecodreno
 
L atrinas
L atrinasL atrinas
L atrinas
 
Cartilla de cómo hacer bloques ecológica
Cartilla de cómo hacer bloques ecológicaCartilla de cómo hacer bloques ecológica
Cartilla de cómo hacer bloques ecológica
 
Fossas sépticas
Fossas sépticasFossas sépticas
Fossas sépticas
 
MANUAL DE INSTALAÇÃO
MANUAL DE INSTALAÇÃOMANUAL DE INSTALAÇÃO
MANUAL DE INSTALAÇÃO
 

Mais de Renato Villela

Controle certeiro f2
Controle certeiro f2Controle certeiro f2
Controle certeiro f2
Renato Villela
 
Mulheres agronegocio
Mulheres agronegocio Mulheres agronegocio
Mulheres agronegocio
Renato Villela
 
Controle certeiro f1
Controle certeiro f1Controle certeiro f1
Controle certeiro f1
Renato Villela
 
Professor iveraldo
Professor iveraldoProfessor iveraldo
Professor iveraldo
Renato Villela
 
Coccidiose
CoccidioseCoccidiose
Coccidiose
Renato Villela
 
Forum inovacao saudeanimal
Forum inovacao saudeanimalForum inovacao saudeanimal
Forum inovacao saudeanimal
Renato Villela
 
Energia eletrica bombeamento
Energia eletrica bombeamentoEnergia eletrica bombeamento
Energia eletrica bombeamento
Renato Villela
 
Cure o umbigo
Cure o umbigoCure o umbigo
Cure o umbigo
Renato Villela
 
Muito alem da ilp
Muito alem da ilpMuito alem da ilp
Muito alem da ilp
Renato Villela
 
Pg 34
Pg 34Pg 34
Tristeza
TristezaTristeza
Tristeza
Renato Villela
 
Balanço
BalançoBalanço
Balanço
Renato Villela
 
Cigarrinha
CigarrinhaCigarrinha
Cigarrinha
Renato Villela
 
Bvd linkedin
Bvd linkedinBvd linkedin
Bvd linkedin
Renato Villela
 
Bvd linkedin
Bvd linkedinBvd linkedin
Bvd linkedin
Renato Villela
 
Especial confinamento cerca elétrica
Especial confinamento cerca elétricaEspecial confinamento cerca elétrica
Especial confinamento cerca elétrica
Renato Villela
 
Higiene para evitar abscessos
Higiene para evitar abscessosHigiene para evitar abscessos
Higiene para evitar abscessos
Renato Villela
 
Mosca dos chifres
Mosca dos chifresMosca dos chifres
Mosca dos chifres
Renato Villela
 
Aftosa julho
Aftosa julhoAftosa julho
Aftosa julho
Renato Villela
 
Dbo vacinacao pdf
Dbo vacinacao pdfDbo vacinacao pdf
Dbo vacinacao pdf
Renato Villela
 

Mais de Renato Villela (20)

Controle certeiro f2
Controle certeiro f2Controle certeiro f2
Controle certeiro f2
 
Mulheres agronegocio
Mulheres agronegocio Mulheres agronegocio
Mulheres agronegocio
 
Controle certeiro f1
Controle certeiro f1Controle certeiro f1
Controle certeiro f1
 
Professor iveraldo
Professor iveraldoProfessor iveraldo
Professor iveraldo
 
Coccidiose
CoccidioseCoccidiose
Coccidiose
 
Forum inovacao saudeanimal
Forum inovacao saudeanimalForum inovacao saudeanimal
Forum inovacao saudeanimal
 
Energia eletrica bombeamento
Energia eletrica bombeamentoEnergia eletrica bombeamento
Energia eletrica bombeamento
 
Cure o umbigo
Cure o umbigoCure o umbigo
Cure o umbigo
 
Muito alem da ilp
Muito alem da ilpMuito alem da ilp
Muito alem da ilp
 
Pg 34
Pg 34Pg 34
Pg 34
 
Tristeza
TristezaTristeza
Tristeza
 
Balanço
BalançoBalanço
Balanço
 
Cigarrinha
CigarrinhaCigarrinha
Cigarrinha
 
Bvd linkedin
Bvd linkedinBvd linkedin
Bvd linkedin
 
Bvd linkedin
Bvd linkedinBvd linkedin
Bvd linkedin
 
Especial confinamento cerca elétrica
Especial confinamento cerca elétricaEspecial confinamento cerca elétrica
Especial confinamento cerca elétrica
 
Higiene para evitar abscessos
Higiene para evitar abscessosHigiene para evitar abscessos
Higiene para evitar abscessos
 
Mosca dos chifres
Mosca dos chifresMosca dos chifres
Mosca dos chifres
 
Aftosa julho
Aftosa julhoAftosa julho
Aftosa julho
 
Dbo vacinacao pdf
Dbo vacinacao pdfDbo vacinacao pdf
Dbo vacinacao pdf
 

Cobertura de cocho econômica

  • 1. ESPECIAL Instalações e Equipamentos 52 DBO maio 2017 Ideias de montão Renato Villela P ara iniciar nosso “mosaico de ideias” sobre insta- lações para gado de corte e exemplificar a criati- vidade na pecuária, escolhemos um conjunto de cocho/bebedouro que promete facilitar a vida do semi- confinador. Ele foi desenvolvido por técnicos da Nova- pec, uma “fazenda conceito”, de caráter experimental, localizada em Rondonópolis, sudeste do Mato Grosso e criada por Arlindo Vilela, fundador da Novanis (empresa agora pertencente ao Grupo Agroceres) para validar no- vas tecnologias, visando à intensificação da produção. De lá, estão saindo alguns modelos de instalações sim- ples, porém funcionais, que começam a ganhar espaço no campo. O cocho para semiconfinamento objeto desta reporta- gem é um bom exemplo disso. Ele permite rápida distri- buição do trato e é feito com materiais baratos. Em vez de Cobertura de cocho econômica, bebedouro sem barro, bezerros pesados no campo sem estresse, pintura no curral para acalmar os bois: quer mais? Mangueira de hidrante esvazia bebedouros sem deixar poças d'água nos arredores Cocho com lona de estufa é três vezes mais barato do que o com folha de zinco
  • 2. maio 2016 DBO 53 telhas de zinco, tem cobertura de lona de estufa, um material leve, resistente e impermeável, que reduz bastante o custo da instalação. Enquanto o metro linear do cocho com folhas de zinco não sai por menos de R$ 1.000, o de lona plástica fica em torno de R$ 380, quase três vezes menos. A lona tem garantia de cinco anos por parte do fabricante. Estrutura de eucalipto O menor custo do conjunto não se deve apenas à substituição dos materiais de cobertura, mas também à simplificação da estrutura de sustentação. “As telhas de zinco exigem pilares de concreto, enquanto a lona pode ser sustentada por estacas de eucalipto”, afirma Welton Cabral, gerente da Novapec. A altura da instalação tam- bém sofreu modificações. Cabral informa que a maioria das fazendas que faz semiconfinamento no Mato Grosso constrói coberturas elevadas o suficiente para viabilizar a passagem de um caminhão, o que, além de encarecer a obra, é desnecessário. “O caminhão não precisa transitar embaixo da cobertura para abastecer o cocho. Dá para passar do lado, é só utilizar um chupim maior” afirma o gerente, referindo-se ao acessório, espécie de tubo, por onde é despejada a ração. Outra vantagem da substituição dos materiais é que, dependendo da orientação da linha de cocho, o “telhado” de zinco projeta sombra rente à base, um convite para que os animais, nos horários mais quentes do dia, se dei- tem, atrapalhando o acesso dos demais. Além disso, o fato de a lona ser transparente evita a formação de lama perto do cocho, pois a região, normalmente com maior concentração de fezes e urina, seca mais rápido devido à ação dos raios solares. Cabral afirma que a cobertura é importante no semiconfinamento, porque permite abas- tecimento do cocho em intervalos mais longos. Como a dieta, neste sistema de produção, é seca e composta pre- dominantemente por grãos, sem volumoso, não fermen- ta com o tempo, desde que protegida da água da chuva. “Colocamos ração para dois ou três dias, o que nos traz economia em logística”, diz ele. Quando você esvazia um bebedouro para limpá-lo a água escorre, encharcando o terreno em volta? Essa água se transforma em lama com o pisoteio dos animais? A Novapec encontrou uma solução para esse problema. Para evitar a formação de barro em volta dessa insta- lação, bastam uma mangueira de hidrante, semelhante à usada pelo Corpo de Bombeiros, e uma flange, peça empregada para juntar componentes de um sistema de tubulação. A flange é colocada no ralo, pelo lado de fora do bebedouro, e depois acoplada à mangueira, que possui engate rápido. “Cada vez que esvaziamos o bebedouro, direcionamos a mangueira para escoar a água distante da instalação e em um ponto diferente, de modo a evitar a formação de lama”, explica Welton Cabral. A mangueira, confeccionada com fios de poliéster, tem 5 m de com- primento. “É leve, fácil de enrolar e de transportar na moto”, afirma o gerente. n “Bebês” suspensos Feita em couro, essa manta para pesagem de bezerros é uma ideia supercriativa. Ela tem quatro furos, nos quais são colocadas as patas do animal recém- nascido, permitindo que ele seja suspenso do chão e pesado no ar. A manta possui quatro alças com argolas na ponta, que são presas em um gancho munido de balança portátil. O conjunto é dependurado a uma trave de mandeira (parecida com gol de campo de futebol) que tem 1,40 m de altura e 1,2 a 1,4 m de largura. Segundo professora Fernanda Macitelli, da Universidade Federal de Mato Grosso, a estrutura facilita todo o manejo pós parto e cansa menos o funcionáro. “Fica mais fácil fazer a cura do umbigo, tatuagem, vermifugação e outros procedimentos adotados na fazenda. Além disso, o bezerro fica menos estressado e há menos riscos de acidentes, pois o animal fica mais quieto se não estiver apoiado no chão”, diz. A foto é da Fazenda Araponga, em Jassiara, MT, de Shiro Nishimura. Arte para boi ver Em visita no ano passado à Fazenda Mato Grosso II, em Porto Calvo, Alagoas, o consultor Paulo Prohmann, se deparou com um curral antiestresse diferente. Suas pa- redes internas foram pintadas pelo proprietário Ronaldo Cunha com bois brancos sobre um fundo verde, alinhados tranquilamente como se estivessem passeando livremente no pasto. Cunha diz ter se inspirado em um vídeo que assistiu sobre a pesquisadora TempleGrandin,daUniversidadedoColorado,especialistaembem-estaranimal.Opro- dutor pensou que os animais se sentiriam bem no ambiente criado pela pintura. Estava certo. O comportamento deles dentro da instalação melhorou. Ficaram muito mais cal- mos. “Achei a ideia muito interessante, além de esteticamente atraente”, diz Prohmann. Galeria da criatividade