SlideShare uma empresa Scribd logo
1) Concernente à religião, durante os quatro primeiros séculos de existência, o
Brasil se constituiu como uma sociedade
(A) irreligiosa (C) ateísta
(B) unirreligiosa (D) laica
2) A religião oficial do Brasil, nos primeiros séculos de sua
existência, denomina-se
(A) cristianismo (C) protestantismo
(B) judaísmo (D) catolicismo
3) A liberdade religiosa no Brasil, associada aos direitos individuais, torna-se
uma realidade com o advento da
(A) monarquia (C) democracia
(B) república (D) anarquia
4) No Brasil, Em lugar de uma religião única, surge uma variedade de religiões;
ou seja,
(A) a opção religiosa no Brasil torna-se algo obrigatório.
(B) o Brasil transforma-se em um estado laico, sendo oficialmente imparcial em
relação às questões religiosas, não apoiando nem se opondo a nenhuma
religião.
(C) O país declara-se um estado ateu, ou seja, o governo não crê na existência
de Deus,etc.
(D) A definição por uma ou outra religião, torna-se uma questão de opção
pessoal.
5) Moral, significa um ou mais conjuntos de códigos e regras que devem ser
seguidas pelos indivíduos de qualquer sociedade ou grupo, visando
(A) o bem individual e uma sociedade desorganizada.
ESCOLAESTADUAL PROF. RONALDO MARQUES DASILVA
COMPONENTE CURRICULAR: ENSINO RELIGIOSO
Professor: Samuel da Silva Alencar
Série:
6ºao 9º
EJA
Turma: Turno: Noturno Data:_______/ 09 / 2016
Aluno: ______________________________________________________ nº ______
Nota: ____
Conceitos: Pluralismo religioso, Ética moral e ética religiosa; Origem da vida: Teoria
criacionista e teoria evolucionista.
Avaliação Objetiva de Ensino Religioso
(B) os interesses pessoais de cada indivíduo.
(C) o bem comum e uma sociedade organizada.
(D) o preconceito e a discriminação.
6) .A ética religiosa se constitui em você seguir sua doutrina sem pôr ou
questionar as demais. Em outras palavras, significa
(A) desrespeitar os fundamentos de sua própria religião, prejudicando uma
terceira.
(B) respeitar os fundamentos de sua própria religião , prejudicando uma
terceira.
(C) prejudicar uma outra religião, visando os interesses da sua.
(D) respeitar os fundamentos de sua própria religião, sem prejudicar uma
terceira.
7) Conjunto de princípios, normas e regras que devem ser seguidos para que
se estabeleça um comportamento moral exemplar.
(A) Moral (C) Ética
(B) Religião (D) Pluralismo religioso.
8) Conjunto de regras e princípios de decência que orientam a conduta dos
indivíduos de um grupo social ou sociedade.
(A) Ética (C) Religiosidade
(B) Moral (D) Ateísmo
A ORIGEM DA VIDA: TEORIA CRIACIONISTA E TEORIA
EVOLUCIONISTA
9) Um dos grandes mistérios que sempre intrigou o homem ao longo de sua
história é o conhecimento a respeito de
(A) seus conhecimentos. (C) seus direitos e deveres.
(B) suas próprias origens. (D) suas habilidades.
10) O criacionismo e o evolucionismo são duas teorias que tentam explicar a
criação e a evolução
(A) da natureza. (C) do homem.
(B) da religião. (D) do céu e da Terra.
11) A Bíblia Sagrada, mais especificamente no livro de Gênesis, narra a
história da origem de tudo que há ao nosso redor, como Sol, estrelas e seres
vivos. O primeiro versículo da Bíblia já diz:
(A) “No princípio criou Deus os céus e o mar.”
(B) “No princípio criou Deus a fauna e a flora.”
(C) “No princípio criou Deus os céus e o Sol.”
(D) “No princípio criou Deus os céus e a Terra.”
12) A ideia central do criacionismo:
(A) Deus criou todas as coisas, inclusive o homem.
(B) Deus criou todas as coisas, exceto o homem.
(C) O homem foi resultado de uma longa evolução iniciada há cerca de cinco
milhões de anos.
(D) A grande explosão que deu origem ao Universo, o Big Bang.
13) Teoria que surgiu a partir do século XIX, onde afirma que o homem
foi resultado de uma longa evolução iniciada há cerca de cinco milhões de
anos, desde os Hominídeos até o Homo sapiens, espécie correspondente ao
homem com suas características atuais.
(A) Criacionista. (C) Evolucionista.
(B) Cristã. (D) Protestante.
14) De fato, a teoria evolucionista surgiu a partir da publicação do livro de
Charles Darwin, denominado:
(A) “A Origem das Riquezas.” (C) “A Origem do Universo.”
(B) “A Origem das Espécies.” (D) “A Origem dos Dinossauros.”
15) Darwin, após uma viagem às Ilhas Galápagos, acabou descobrindo
diversas novas espécies de animais, realidade que o levou a desenvolver a
ideia de seleção natural dos seres vivos. Segundo a teoria darwiniana
(A) homem e macaco não possuem a mesma ascendência (origem).
(B) homem e macaco possuiriam a mesma ascendência, (origem) porém,
outras espécies não se desenvolveram a partir dela.
(C) homem e macaco possuiriam a mesma ascendência, (origem) da qual as
outras espécies foram se desenvolvendo ao longo do tempo.
(D) homem e macaco não são da mesma espécie.
Boa sorte!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

AVALIAÇÃO DE ENSINO RELIGIOSO: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO
AVALIAÇÃO DE ENSINO RELIGIOSO: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLOAVALIAÇÃO DE ENSINO RELIGIOSO: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO
AVALIAÇÃO DE ENSINO RELIGIOSO: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Prova de HISTÓRIA
Prova de HISTÓRIAProva de HISTÓRIA
Prova de HISTÓRIA
Katia Lopes
 
Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Apostila do 1° ano 5° ano 2011Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Adriana Mello
 
Apostila de ensino religioso 3º ao 5ºano pdf
Apostila de ensino religioso 3º ao 5ºano pdfApostila de ensino religioso 3º ao 5ºano pdf
Apostila de ensino religioso 3º ao 5ºano pdf
Andrea Rodrigues
 
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
André Moraes
 
Prova 8ano ensino religioso 2b pet 2
Prova 8ano ensino religioso 2b pet 2Prova 8ano ensino religioso 2b pet 2
Prova 8ano ensino religioso 2b pet 2
Atividades Diversas Cláudia
 
Avaliação de historia
Avaliação de historiaAvaliação de historia
Avaliação de historia
Romildo Da Cruz
 
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racialAtividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades Diversas Cláudia
 
IV atividade avaliatíva de geo e hist 4º e 5º ano pdf
IV atividade avaliatíva de geo e hist 4º e  5º ano pdfIV atividade avaliatíva de geo e hist 4º e  5º ano pdf
IV atividade avaliatíva de geo e hist 4º e 5º ano pdf
André Moraes
 
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racialAtividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades Diversas Cláudia
 
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 2° BIMESTR...
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 2° BIMESTR...AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 2° BIMESTR...
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 2° BIMESTR...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal
Mary Alvarenga
 
Avaliando português 4º ano textos e interpretações
Avaliando português  4º ano textos e interpretaçõesAvaliando português  4º ano textos e interpretações
Avaliando português 4º ano textos e interpretações
Nisio Jose pereira
 
Imigrantes
ImigrantesImigrantes
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 1º CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 1º CICLO - 4º BIMEST...AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 1º CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 1º CICLO - 4º BIMEST...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdf
Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdfIi atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdf
Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdf
André Moraes
 
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da InfânciaCaderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Jairo Felipe
 
Avaliação de Língua Portuguesa - 4º bimestre - 4º ano
Avaliação de Língua Portuguesa - 4º bimestre - 4º anoAvaliação de Língua Portuguesa - 4º bimestre - 4º ano
Avaliação de Língua Portuguesa - 4º bimestre - 4º ano
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
André Moraes
 

Mais procurados (20)

AVALIAÇÃO DE ENSINO RELIGIOSO: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO
AVALIAÇÃO DE ENSINO RELIGIOSO: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLOAVALIAÇÃO DE ENSINO RELIGIOSO: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO
AVALIAÇÃO DE ENSINO RELIGIOSO: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO
 
Prova de HISTÓRIA
Prova de HISTÓRIAProva de HISTÓRIA
Prova de HISTÓRIA
 
Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Apostila do 1° ano 5° ano 2011Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Apostila do 1° ano 5° ano 2011
 
Apostila de ensino religioso 3º ao 5ºano pdf
Apostila de ensino religioso 3º ao 5ºano pdfApostila de ensino religioso 3º ao 5ºano pdf
Apostila de ensino religioso 3º ao 5ºano pdf
 
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliativa de História 4º e 5º ano pdf
 
Prova 8ano ensino religioso 2b pet 2
Prova 8ano ensino religioso 2b pet 2Prova 8ano ensino religioso 2b pet 2
Prova 8ano ensino religioso 2b pet 2
 
Avaliação de historia
Avaliação de historiaAvaliação de historia
Avaliação de historia
 
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racialAtividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racial
 
IV atividade avaliatíva de geo e hist 4º e 5º ano pdf
IV atividade avaliatíva de geo e hist 4º e  5º ano pdfIV atividade avaliatíva de geo e hist 4º e  5º ano pdf
IV atividade avaliatíva de geo e hist 4º e 5º ano pdf
 
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racialAtividades ensino religioso respeito e igualdade racial
Atividades ensino religioso respeito e igualdade racial
 
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 2° BIMESTR...
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 2° BIMESTR...AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 2° BIMESTR...
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 2° BIMESTR...
 
Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal Sistema de numeração decimal
Sistema de numeração decimal
 
Avaliando português 4º ano textos e interpretações
Avaliando português  4º ano textos e interpretaçõesAvaliando português  4º ano textos e interpretações
Avaliando português 4º ano textos e interpretações
 
Imigrantes
ImigrantesImigrantes
Imigrantes
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 1º CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 1º CICLO - 4º BIMEST...AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 1º CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - 1º CICLO - 4º BIMEST...
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA: 4º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO - 4º BIMEST...
 
Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdf
Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdfIi atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdf
Ii atividade avaliatíva de geo 4º e 5º ano pdf
 
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da InfânciaCaderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
 
Avaliação de Língua Portuguesa - 4º bimestre - 4º ano
Avaliação de Língua Portuguesa - 4º bimestre - 4º anoAvaliação de Língua Portuguesa - 4º bimestre - 4º ano
Avaliação de Língua Portuguesa - 4º bimestre - 4º ano
 
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdfIII Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
III Atividade Avaliatíva de Geo 4º e 5º ano pdf
 

Semelhante a Avaliação de Religião - 3° bimestre

Atividade diagnostica historia da filosofia 1
Atividade diagnostica historia da filosofia 1Atividade diagnostica historia da filosofia 1
Atividade diagnostica historia da filosofia 1
Escola Estadual de São Paulo
 
SIMULADO FILOSOFIA E SOCIOLOGIA 3.docx
SIMULADO FILOSOFIA E SOCIOLOGIA 3.docxSIMULADO FILOSOFIA E SOCIOLOGIA 3.docx
SIMULADO FILOSOFIA E SOCIOLOGIA 3.docx
Cristiane Pantoja
 
P1. UMA QUESTÃO PROFUNDA
P1. UMA QUESTÃO PROFUNDAP1. UMA QUESTÃO PROFUNDA
P1. UMA QUESTÃO PROFUNDA
Ariel Roth
 
Introdução fundamentos e bases da sociologia 2020
Introdução fundamentos e bases da sociologia 2020Introdução fundamentos e bases da sociologia 2020
Introdução fundamentos e bases da sociologia 2020
firminomaissociologiafilosofia2019
 
Vida cristã 2
Vida cristã 2Vida cristã 2
Vida cristã 2
Sebastião Luiz Chagas
 
Sociologia introdução fundamentos e bases
Sociologia introdução fundamentos e basesSociologia introdução fundamentos e bases
Sociologia introdução fundamentos e bases
Celso Firmino Sociologia/Filosofia
 
O ILUMINISMO FEITO resumo EM SALA DE AULA
O ILUMINISMO FEITO resumo EM SALA DE AULAO ILUMINISMO FEITO resumo EM SALA DE AULA
O ILUMINISMO FEITO resumo EM SALA DE AULA
NoGomes2
 
61. -MFS- Sobre Deus.pdf
61. -MFS- Sobre Deus.pdf61. -MFS- Sobre Deus.pdf
61. -MFS- Sobre Deus.pdf
CleiaPaiva1
 
Iluminismo.ppt
Iluminismo.pptIluminismo.ppt
Iluminismo.ppt
Diego Bruno Almeida
 
20102021133556565665656204O Iluminismo.ppt
20102021133556565665656204O Iluminismo.ppt20102021133556565665656204O Iluminismo.ppt
20102021133556565665656204O Iluminismo.ppt
josefilho821
 
O Iluminismo com suas características básicas.
O Iluminismo com suas características básicas.O Iluminismo com suas características básicas.
O Iluminismo com suas características básicas.
denyswilton2
 
20102021133204O Iluminismo.pptgtgtgtgtgsdfgsg
20102021133204O Iluminismo.pptgtgtgtgtgsdfgsg20102021133204O Iluminismo.pptgtgtgtgtgsdfgsg
20102021133204O Iluminismo.pptgtgtgtgtgsdfgsg
JosFilho411011
 
10 mitos e 10 verdades sobre ateismo
10 mitos e 10 verdades sobre ateismo10 mitos e 10 verdades sobre ateismo
10 mitos e 10 verdades sobre ateismo
Olson Rocha
 
Religião e a ciência universal
Religião e a ciência universalReligião e a ciência universal
Religião e a ciência universal
Jesh Wah-DE
 
Filosofia medieval
Filosofia medievalFilosofia medieval
Filosofia medieval
Janimara
 
O iluminismo
O iluminismoO iluminismo
O iluminismo
GildetedaConceioGarc
 
SLIDE-02-FILOSOFIA-medieval KDADBRA.pptx
SLIDE-02-FILOSOFIA-medieval KDADBRA.pptxSLIDE-02-FILOSOFIA-medieval KDADBRA.pptx
SLIDE-02-FILOSOFIA-medieval KDADBRA.pptx
PabloGabrielKdabra
 
a_32_8_4_04052020105306.pdfEstudo dirigido
a_32_8_4_04052020105306.pdfEstudo dirigidoa_32_8_4_04052020105306.pdfEstudo dirigido
a_32_8_4_04052020105306.pdfEstudo dirigido
LedaMariadaSilva1
 
Introdução ao pensamento religioso
Introdução ao pensamento religiosoIntrodução ao pensamento religioso
Introdução ao pensamento religioso
Jarley Fernandes
 
45 METAS PARA COMUNIZAÇÃO DO MUNDO.pdf
45 METAS PARA COMUNIZAÇÃO DO MUNDO.pdf45 METAS PARA COMUNIZAÇÃO DO MUNDO.pdf
45 METAS PARA COMUNIZAÇÃO DO MUNDO.pdf
ELIAS OMEGA
 

Semelhante a Avaliação de Religião - 3° bimestre (20)

Atividade diagnostica historia da filosofia 1
Atividade diagnostica historia da filosofia 1Atividade diagnostica historia da filosofia 1
Atividade diagnostica historia da filosofia 1
 
SIMULADO FILOSOFIA E SOCIOLOGIA 3.docx
SIMULADO FILOSOFIA E SOCIOLOGIA 3.docxSIMULADO FILOSOFIA E SOCIOLOGIA 3.docx
SIMULADO FILOSOFIA E SOCIOLOGIA 3.docx
 
P1. UMA QUESTÃO PROFUNDA
P1. UMA QUESTÃO PROFUNDAP1. UMA QUESTÃO PROFUNDA
P1. UMA QUESTÃO PROFUNDA
 
Introdução fundamentos e bases da sociologia 2020
Introdução fundamentos e bases da sociologia 2020Introdução fundamentos e bases da sociologia 2020
Introdução fundamentos e bases da sociologia 2020
 
Vida cristã 2
Vida cristã 2Vida cristã 2
Vida cristã 2
 
Sociologia introdução fundamentos e bases
Sociologia introdução fundamentos e basesSociologia introdução fundamentos e bases
Sociologia introdução fundamentos e bases
 
O ILUMINISMO FEITO resumo EM SALA DE AULA
O ILUMINISMO FEITO resumo EM SALA DE AULAO ILUMINISMO FEITO resumo EM SALA DE AULA
O ILUMINISMO FEITO resumo EM SALA DE AULA
 
61. -MFS- Sobre Deus.pdf
61. -MFS- Sobre Deus.pdf61. -MFS- Sobre Deus.pdf
61. -MFS- Sobre Deus.pdf
 
Iluminismo.ppt
Iluminismo.pptIluminismo.ppt
Iluminismo.ppt
 
20102021133556565665656204O Iluminismo.ppt
20102021133556565665656204O Iluminismo.ppt20102021133556565665656204O Iluminismo.ppt
20102021133556565665656204O Iluminismo.ppt
 
O Iluminismo com suas características básicas.
O Iluminismo com suas características básicas.O Iluminismo com suas características básicas.
O Iluminismo com suas características básicas.
 
20102021133204O Iluminismo.pptgtgtgtgtgsdfgsg
20102021133204O Iluminismo.pptgtgtgtgtgsdfgsg20102021133204O Iluminismo.pptgtgtgtgtgsdfgsg
20102021133204O Iluminismo.pptgtgtgtgtgsdfgsg
 
10 mitos e 10 verdades sobre ateismo
10 mitos e 10 verdades sobre ateismo10 mitos e 10 verdades sobre ateismo
10 mitos e 10 verdades sobre ateismo
 
Religião e a ciência universal
Religião e a ciência universalReligião e a ciência universal
Religião e a ciência universal
 
Filosofia medieval
Filosofia medievalFilosofia medieval
Filosofia medieval
 
O iluminismo
O iluminismoO iluminismo
O iluminismo
 
SLIDE-02-FILOSOFIA-medieval KDADBRA.pptx
SLIDE-02-FILOSOFIA-medieval KDADBRA.pptxSLIDE-02-FILOSOFIA-medieval KDADBRA.pptx
SLIDE-02-FILOSOFIA-medieval KDADBRA.pptx
 
a_32_8_4_04052020105306.pdfEstudo dirigido
a_32_8_4_04052020105306.pdfEstudo dirigidoa_32_8_4_04052020105306.pdfEstudo dirigido
a_32_8_4_04052020105306.pdfEstudo dirigido
 
Introdução ao pensamento religioso
Introdução ao pensamento religiosoIntrodução ao pensamento religioso
Introdução ao pensamento religioso
 
45 METAS PARA COMUNIZAÇÃO DO MUNDO.pdf
45 METAS PARA COMUNIZAÇÃO DO MUNDO.pdf45 METAS PARA COMUNIZAÇÃO DO MUNDO.pdf
45 METAS PARA COMUNIZAÇÃO DO MUNDO.pdf
 

Mais de Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESA
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESAAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESA
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESA
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTALINTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANOINTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL  AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
PROVA - MERENDEIRA - CONCURSO - SEDUC - AMAZONAS - 2011
PROVA - MERENDEIRA - CONCURSO - SEDUC - AMAZONAS - 2011PROVA - MERENDEIRA - CONCURSO - SEDUC - AMAZONAS - 2011
PROVA - MERENDEIRA - CONCURSO - SEDUC - AMAZONAS - 2011
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA MERENDEIRA ESCOLAR!
MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA MERENDEIRA  ESCOLAR!MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA MERENDEIRA  ESCOLAR!
MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA MERENDEIRA ESCOLAR!
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Apostila: capacitação de merendeiro.
Apostila: capacitação de merendeiro.Apostila: capacitação de merendeiro.
Apostila: capacitação de merendeiro.
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Caderno de Atividades de Leitura e Escrita
Caderno de Atividades de Leitura e EscritaCaderno de Atividades de Leitura e Escrita
Caderno de Atividades de Leitura e Escrita
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL: 5º ano
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL:    5º anoINTERPRETAÇÃO TEXTUAL:    5º ano
REFORÇO: ALFABETIZAÇÃO!
REFORÇO: ALFABETIZAÇÃO!REFORÇO: ALFABETIZAÇÃO!
SIMULADO II - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA...
SIMULADO II - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA...SIMULADO II - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA...
SIMULADO II - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...
SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...
SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: I SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
AVALIAÇÃO NACIONAL DA  ALFABETIZAÇÃO: I SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...AVALIAÇÃO NACIONAL DA  ALFABETIZAÇÃO: I SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: I SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
ADJETIVO: FICHA PARA CORREÇÃO DE ERROS E DINÂMICA EM SALA DE AULA
ADJETIVO: FICHA PARA CORREÇÃO DE ERROS E DINÂMICA EM SALA DE AULAADJETIVO: FICHA PARA CORREÇÃO DE ERROS E DINÂMICA EM SALA DE AULA
ADJETIVO: FICHA PARA CORREÇÃO DE ERROS E DINÂMICA EM SALA DE AULA
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
A HISTÓRIA DA REPÚBLICA BRASILEIRA - 5º ANO: 3º E 4º BIMESTRE
A HISTÓRIA DA REPÚBLICA BRASILEIRA - 5º ANO: 3º E 4º BIMESTREA HISTÓRIA DA REPÚBLICA BRASILEIRA - 5º ANO: 3º E 4º BIMESTRE
A HISTÓRIA DA REPÚBLICA BRASILEIRA - 5º ANO: 3º E 4º BIMESTRE
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
GUIA GRAMATICAL: ADJETIVO
GUIA GRAMATICAL: ADJETIVOGUIA GRAMATICAL: ADJETIVO
FICHA DE TRABALHO: ADJETIVOS
FICHA DE TRABALHO: ADJETIVOSFICHA DE TRABALHO: ADJETIVOS
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DE ALFABETIZAÇÃO:120 Atividades de Matemática para tu...
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DE ALFABETIZAÇÃO:120 Atividades de Matemática para tu...COLETÂNEA DE ATIVIDADES DE ALFABETIZAÇÃO:120 Atividades de Matemática para tu...
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DE ALFABETIZAÇÃO:120 Atividades de Matemática para tu...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Fundamentos da Educação Matemática
Fundamentos da  Educação MatemáticaFundamentos da  Educação Matemática
Fundamentos da Educação Matemática
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 

Mais de Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (20)

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESA
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESAAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESA
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA DE LÍNGUA PORUGUESA
 
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTALINTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: QUEM EU SOU? – 1º OU 2º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
 
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANOINTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO: CUIDE DAS SUAS ATITUDES – 8º OU 9º ANO
 
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL  AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
AVALIAÇÃO DE GEOGRAFIA - 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL
 
PROVA - MERENDEIRA - CONCURSO - SEDUC - AMAZONAS - 2011
PROVA - MERENDEIRA - CONCURSO - SEDUC - AMAZONAS - 2011PROVA - MERENDEIRA - CONCURSO - SEDUC - AMAZONAS - 2011
PROVA - MERENDEIRA - CONCURSO - SEDUC - AMAZONAS - 2011
 
MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA MERENDEIRA ESCOLAR!
MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA MERENDEIRA  ESCOLAR!MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA MERENDEIRA  ESCOLAR!
MANUAL DE BOAS PRÁTICAS PARA MERENDEIRA ESCOLAR!
 
Apostila: capacitação de merendeiro.
Apostila: capacitação de merendeiro.Apostila: capacitação de merendeiro.
Apostila: capacitação de merendeiro.
 
Caderno de Atividades de Leitura e Escrita
Caderno de Atividades de Leitura e EscritaCaderno de Atividades de Leitura e Escrita
Caderno de Atividades de Leitura e Escrita
 
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL: 5º ano
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL:    5º anoINTERPRETAÇÃO TEXTUAL:    5º ano
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL: 5º ano
 
REFORÇO: ALFABETIZAÇÃO!
REFORÇO: ALFABETIZAÇÃO!REFORÇO: ALFABETIZAÇÃO!
REFORÇO: ALFABETIZAÇÃO!
 
SIMULADO II - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA...
SIMULADO II - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA...SIMULADO II - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA...
SIMULADO II - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA...
 
SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...
SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...
SIMULADO I - MATEMÁTICA - 3º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL - 2015 - VOLTADO PARA ...
 
AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: II SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
 
AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: I SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
AVALIAÇÃO NACIONAL DA  ALFABETIZAÇÃO: I SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...AVALIAÇÃO NACIONAL DA  ALFABETIZAÇÃO: I SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
AVALIAÇÃO NACIONAL DA ALFABETIZAÇÃO: I SIMULADO DE LÍNGUA PORTUGUESA 2015 - ...
 
ADJETIVO: FICHA PARA CORREÇÃO DE ERROS E DINÂMICA EM SALA DE AULA
ADJETIVO: FICHA PARA CORREÇÃO DE ERROS E DINÂMICA EM SALA DE AULAADJETIVO: FICHA PARA CORREÇÃO DE ERROS E DINÂMICA EM SALA DE AULA
ADJETIVO: FICHA PARA CORREÇÃO DE ERROS E DINÂMICA EM SALA DE AULA
 
A HISTÓRIA DA REPÚBLICA BRASILEIRA - 5º ANO: 3º E 4º BIMESTRE
A HISTÓRIA DA REPÚBLICA BRASILEIRA - 5º ANO: 3º E 4º BIMESTREA HISTÓRIA DA REPÚBLICA BRASILEIRA - 5º ANO: 3º E 4º BIMESTRE
A HISTÓRIA DA REPÚBLICA BRASILEIRA - 5º ANO: 3º E 4º BIMESTRE
 
GUIA GRAMATICAL: ADJETIVO
GUIA GRAMATICAL: ADJETIVOGUIA GRAMATICAL: ADJETIVO
GUIA GRAMATICAL: ADJETIVO
 
FICHA DE TRABALHO: ADJETIVOS
FICHA DE TRABALHO: ADJETIVOSFICHA DE TRABALHO: ADJETIVOS
FICHA DE TRABALHO: ADJETIVOS
 
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DE ALFABETIZAÇÃO:120 Atividades de Matemática para tu...
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DE ALFABETIZAÇÃO:120 Atividades de Matemática para tu...COLETÂNEA DE ATIVIDADES DE ALFABETIZAÇÃO:120 Atividades de Matemática para tu...
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DE ALFABETIZAÇÃO:120 Atividades de Matemática para tu...
 
Fundamentos da Educação Matemática
Fundamentos da  Educação MatemáticaFundamentos da  Educação Matemática
Fundamentos da Educação Matemática
 

Último

PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 

Último (20)

PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 

Avaliação de Religião - 3° bimestre

  • 1. 1) Concernente à religião, durante os quatro primeiros séculos de existência, o Brasil se constituiu como uma sociedade (A) irreligiosa (C) ateísta (B) unirreligiosa (D) laica 2) A religião oficial do Brasil, nos primeiros séculos de sua existência, denomina-se (A) cristianismo (C) protestantismo (B) judaísmo (D) catolicismo 3) A liberdade religiosa no Brasil, associada aos direitos individuais, torna-se uma realidade com o advento da (A) monarquia (C) democracia (B) república (D) anarquia 4) No Brasil, Em lugar de uma religião única, surge uma variedade de religiões; ou seja, (A) a opção religiosa no Brasil torna-se algo obrigatório. (B) o Brasil transforma-se em um estado laico, sendo oficialmente imparcial em relação às questões religiosas, não apoiando nem se opondo a nenhuma religião. (C) O país declara-se um estado ateu, ou seja, o governo não crê na existência de Deus,etc. (D) A definição por uma ou outra religião, torna-se uma questão de opção pessoal. 5) Moral, significa um ou mais conjuntos de códigos e regras que devem ser seguidas pelos indivíduos de qualquer sociedade ou grupo, visando (A) o bem individual e uma sociedade desorganizada. ESCOLAESTADUAL PROF. RONALDO MARQUES DASILVA COMPONENTE CURRICULAR: ENSINO RELIGIOSO Professor: Samuel da Silva Alencar Série: 6ºao 9º EJA Turma: Turno: Noturno Data:_______/ 09 / 2016 Aluno: ______________________________________________________ nº ______ Nota: ____ Conceitos: Pluralismo religioso, Ética moral e ética religiosa; Origem da vida: Teoria criacionista e teoria evolucionista. Avaliação Objetiva de Ensino Religioso
  • 2. (B) os interesses pessoais de cada indivíduo. (C) o bem comum e uma sociedade organizada. (D) o preconceito e a discriminação. 6) .A ética religiosa se constitui em você seguir sua doutrina sem pôr ou questionar as demais. Em outras palavras, significa (A) desrespeitar os fundamentos de sua própria religião, prejudicando uma terceira. (B) respeitar os fundamentos de sua própria religião , prejudicando uma terceira. (C) prejudicar uma outra religião, visando os interesses da sua. (D) respeitar os fundamentos de sua própria religião, sem prejudicar uma terceira. 7) Conjunto de princípios, normas e regras que devem ser seguidos para que se estabeleça um comportamento moral exemplar. (A) Moral (C) Ética (B) Religião (D) Pluralismo religioso. 8) Conjunto de regras e princípios de decência que orientam a conduta dos indivíduos de um grupo social ou sociedade. (A) Ética (C) Religiosidade (B) Moral (D) Ateísmo A ORIGEM DA VIDA: TEORIA CRIACIONISTA E TEORIA EVOLUCIONISTA 9) Um dos grandes mistérios que sempre intrigou o homem ao longo de sua história é o conhecimento a respeito de (A) seus conhecimentos. (C) seus direitos e deveres. (B) suas próprias origens. (D) suas habilidades. 10) O criacionismo e o evolucionismo são duas teorias que tentam explicar a criação e a evolução
  • 3. (A) da natureza. (C) do homem. (B) da religião. (D) do céu e da Terra. 11) A Bíblia Sagrada, mais especificamente no livro de Gênesis, narra a história da origem de tudo que há ao nosso redor, como Sol, estrelas e seres vivos. O primeiro versículo da Bíblia já diz: (A) “No princípio criou Deus os céus e o mar.” (B) “No princípio criou Deus a fauna e a flora.” (C) “No princípio criou Deus os céus e o Sol.” (D) “No princípio criou Deus os céus e a Terra.” 12) A ideia central do criacionismo: (A) Deus criou todas as coisas, inclusive o homem. (B) Deus criou todas as coisas, exceto o homem. (C) O homem foi resultado de uma longa evolução iniciada há cerca de cinco milhões de anos. (D) A grande explosão que deu origem ao Universo, o Big Bang. 13) Teoria que surgiu a partir do século XIX, onde afirma que o homem foi resultado de uma longa evolução iniciada há cerca de cinco milhões de anos, desde os Hominídeos até o Homo sapiens, espécie correspondente ao homem com suas características atuais. (A) Criacionista. (C) Evolucionista. (B) Cristã. (D) Protestante. 14) De fato, a teoria evolucionista surgiu a partir da publicação do livro de Charles Darwin, denominado: (A) “A Origem das Riquezas.” (C) “A Origem do Universo.” (B) “A Origem das Espécies.” (D) “A Origem dos Dinossauros.” 15) Darwin, após uma viagem às Ilhas Galápagos, acabou descobrindo diversas novas espécies de animais, realidade que o levou a desenvolver a ideia de seleção natural dos seres vivos. Segundo a teoria darwiniana (A) homem e macaco não possuem a mesma ascendência (origem).
  • 4. (B) homem e macaco possuiriam a mesma ascendência, (origem) porém, outras espécies não se desenvolveram a partir dela. (C) homem e macaco possuiriam a mesma ascendência, (origem) da qual as outras espécies foram se desenvolvendo ao longo do tempo. (D) homem e macaco não são da mesma espécie. Boa sorte!