SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
LISTA DE EXERCÍCIOS 3° BIMESTRE
Revisão 1° semestre
NOME: Nº:
DATA: SÉRIE: 9°ano
DISCIPLINA: Português PROFª.: Amanda
No Caminho, com Maiakóvski
(Eduardo Alves da Costa)
Refrão
Assim como a criança
humildemente afaga
a imagem do herói,
assim me aproximo de ti, Maiakóvski.
Não importa o que me possa
acontecer
por andar ombro a ombro
com um poeta soviético.
Lendo teus versos,
aprendi a ter coragem.
_________________
Tu sabes,
conheces melhor do que eu
a velha história.
Na primeira noite eles se aproximam
e roubam uma flor
do nosso jardim.
E não dizemos nada.
Na segunda noite, já não se
escondem:
pisam as flores,
matam nosso cão,
e não dizemos nada.
_______________
Até que um dia,
o mais frágil deles
entra sozinho em nossa casa,
rouba-nos a luz, e,
conhecendo nosso medo,
arranca-nos a voz da garganta.
E já não podemos dizer nada.
Nos dias que correm
a ninguém é dado
repousar a cabeça
alheia ao terror.
Os humildes baixam a cerviz;
e nós, que não temos pacto algum
com os senhores do mundo,
por temor nos calamos.
No silêncio de me quarto
a ousadia me afogueia as faces
e eu fantasio um levante;
mas manhã,
diante do juiz,
talvez meus lábios
calem a verdade
como um foco de germes
capaz de me destruir.
Olho ao redor
e o que vejo
e acabo por repetir
são mentiras.
Mal sabe a criança dizer mãe
e a propaganda lhe destrói a
consciência.
A mim, quase me arrastam
pela gola do paletó
à porta do templo
e me pedem que aguarde
até que a Democracia
se digne aparecer no balcão.
Mas eu sei,
porque não estou amedrontado
a ponto de cegar, que ela tem uma
espada
a lhe espetar as costelas
e o riso que nos mostra
é uma tênue cortina
lançada sobre os arsenais.
__________________
Vamos ao campo
e não os vemos ao nosso lado,
no plantio.
Visto do prof°.
_____________________
__
Mas ao tempo da colheita
lá estão
e acabam por nos roubar
até o último grão de trigo.
Dizem-nos que de nós emana o poder
mas sempre o temos contra nós.
Dizem-nos que é preciso
defender nossos lares
mas se nos rebelamos contra a
opressão
é sobre nós que marcham os
soldados.
_____________________
E por temor eu me calo,
por temor aceito a condição
de falso democrata
e rotulo meus gestos
com a palavra liberdade,
procurando, num sorriso,
esconder minha dor
diante de meus superiores.
Mas dentro de mim,
com a potência de um milhão de
vozes,
o coração grita - MENTIRA!
Exercícios
1. Quantas orações há no primeiro período da segunda estrofe? DUAS ORAÇÕES.
_________________________________________________________________________
2. Em relação à estrofe da questão anterior, pergunta-se: quantas orações formam o
segundo período? É um período composto por coordenação ou por subordinação?
Justifique. DUAS ORAÇÕES. É UM PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO,
POIS AS ORAÇÕES SÃO INDEPENDENTES (SUJEITO+VERBO+COMPLEMENTO).
*note que o complemento de “aproximar” é “do nosso jardim”.
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
3. No período que vai de "Na segunda noite..." até "e não dizemos nada", existem
quantas orações? Classifique o período e cada uma delas. QUATRO ORAÇÕES.
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO.
Na segunda noite, já não se escondem: ASSINDÉTICA
pisam as flores, ASSINDÉTICA
matam nosso cão, ASSINDÉTICA
e não dizemos nada. SINDÉTICA ADVERSATIVA (esta conjunção poderia ser substituída
por “mas”, por isso é adversativa e não aditiva.)
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
4. Dentro do contexto em que está inserida, como se classifica a oração "conhecendo
nosso medo"? Ela é coordenada ou subordinada em relação às outras orações? Que
ideia ela exprime? Explique. ELA É COORDENADA, UMA VEZ QUE, DENTRO DO
CONTEXTO, SEU SUJEITO SE MANTÉM. *NOTE QUE NÃO HÁ CONJUNÇÃO OU
PRONOME RELATIVO EM SEU INÍCIO. EXPRIME IDEIA DE CAUSA, POIS A CAUSA DE
O MAIS FRÁGIL DELES ARRANCAR NOSSA VOZ É O FATO DE CONHECER NOSSO
MEDO.
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
5. Que exprime o eu lírico em seu texto? É possível que sua voz seja arrancada dentro
da garganta? Explique. PESSOAL.
_________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
6. Relacione as orações coordenadas por meio de conjunções:
a) Ouviu-se o som da bateria. Os primeiros foliões surgiram. Ouviu-se o som da bateria
e os primeiros foliões surgiram.
______________________________________________________________________
b) Não durma sem cobertor. A noite está fria. Não durma sem cobertor, pois a noite está
fria.
______________________________________________________________________
c) Quero desculpar-me. Não consigo encontrá-los. Quero desculpar-me, mas não
consigo encontrá-los.
______________________________________________________________________
7. (PUC-SP) – Em: “... ouviam-se amplos bocejos, fortes como o marulhar das ondas...”
a partícula como expressa uma ideia de:
a) causa
b) explicação
c) conclusão
d) proporção
e) comparação
8. (Univ. Fed. Santa Maria – RS) – Assinale a sequência de conjunções que
estabelecem, entre as orações de cada item, uma correta relação de sentido.
1. Correu demais, ... caiu.
2. Dormiu mal, ... os sonhos não o deixaram em paz.
3. A matéria perece, ... a alma é imortal.
4. Leu o livro, ... é capaz de descrever as personagens com detalhes.
5. Guarde seus pertences, ... podem servir mais tarde.
a) porque, todavia, portanto, logo, entretanto
b) por isso, porque, mas, portanto, que
c) logo, porém, pois, porque, mas
d) porém, pois, logo, todavia, porque
e) entretanto, que, porque, pois, portanto
9. Todos os períodos dados a seguir são compostos por coordenação. Separe as orações de
cada um deles e classifique-as.
a) Todos prometeram ajudar; (ASSINDÉTICA) / muitos, porém, não cumpriram a promessa.
(SINDÉTICA ADVERSATIVA)
____________________________________________________________________________
b) “O homem ao meu lado acende outro cigarro, (ASSINDÉTICA) /dá uma tragada
(ASSINDÉTICA) / e joga-o pela janela (SINDÉTICA ADITIVA)”. (Stanislaw Ponte Preta)
____________________________________________________________________________
c) Ele trabalhava durante o dia (ASSINDÉTICA)/e estudava à noite (SINDÉTICA ADITIVA).
____________________________________________________________________________
d) A criança ora cantava, / ora se punha a correr pela sala. (SINDÉTICAS ALTERNATIVAS)
____________________________________________________________________________
Ele pensava numa nova edição do seu romance pela mesma editora; NÃO, PODERIA, POIS,
TER RESCINDIDO O CONTRATO COM ELA.”
10. A oração destacada classifica-se como
a) subordinada adverbial final.
b) subordinada adverbial consecutiva.
c) subordinada adverbial condicional.
d) coordenada assindética explicativa.
e) coordenada sindética conclusiva.
11. No período: “Paredes ficaram tortas, animais enlouqueceram e as plantas caíram”, temos:
a) Duas orações coordenadas assindéticas e uma oração subordinada substantiva.
b) Três subordinadas substantivas.
c) Três orações coordenadas.
d) Quatro orações coordenadas.
e) Uma oração principal e duas orações subordinadas.
12. Una as orações de cada um dos pares a seguir com a conjunção coordenativa adequada:
a.) O lavrador abriu sulcos. Depositou as sementes. O lavrador abriu sulcos E depositou as
sementes.
____________________________________________________________________________
b.) Precisamos preservar a natureza. Não sobreviveremos. Precisamos preservar a natureza
ou não sobreviveremos.
____________________________________________________________________________
13. Assinale a alternativa em que a oração em destaque foi incorretamente analisada:
a) ( ) Compre o bilhete PORQUE O SORTEIO SERÁ AMANHÃ. (Oração Coordenada
Sindética Conclusiva)
b) ( ) Viu o acidente E SOCORREU AS VÍTIMAS. (Oração Coordenada Sindética Aditiva)
c) ( ) O professor fala muito, QUESTIONA BASTANTE. (Oração Coordenada Assindética)
d) ( ) Volte cedo, POIS IREMOS À FESTA. (Oração Coordenada Sindética Explicativa)
e) ( ) Não correu NEM BRINCOU. (Oração Coordenada Sindética Aditiva
14. Sublinhe e classifique asoraçõessubordinadasdas sentençasa seguir:
a) O importante é que todos estejam aqui bem cedo. PREDICATIVA.
____________________________________________________________________
b) É importante que todos estejam aqui bem cedo. SUBJETIVA.
_____________________________________________________________________________________
c)Todos nos pediram que trouxéssemos as crianças também. OBJETIVA DIRETA.
_____________________________________________________________________________________
d)Nunca me esqueci de que você me traíra. OBJETIVA INDIRETA.
_____________________________________________________________________________________
e)Tenho aversão a que me critiquem. COMPLETIVA NOMINAL .
_____________________________________________________________________________________
f)O jovem advogado persuadiu o acusado de que a causa ainda não estava
perdida. OBJETIVA INDIRETA.
_____________________________________________________________________________________
g)Começou a parecer-me que a primeira impressão não tinha sido justa. OBJETIVA
DIRETA.
________________________________________________________________ ____________________
_h)Confesso-lhe que me detive alguns minutos olhando-o fascinado. OBJETIVA
DIRETA.
_____________________________________________________________________________________
i)Parece que vai chover hoje à noite. SUBJETIVA.
_____________________________________________________________________________________
_j)Por favor, Cláudio, necessito de que me faças um favor. OBJETIVA INDIRETA.
_________________ ________________________________________________________________
k)Vou lhe contar uma coisa: (que) você está com as calças rasgadas. APOSITIVA.
_____________________________________________________________________________________
_
15) Complete os períodos com orações subordinadas substantivas
adequadas e classifique-as:
a) É necessário QUE ESTUDEMOS PARA O EXAME.
b)Logo notei QUE VOCÊ MELHOROU.
c) Comentava-se QUE O DIRETOR ESTAVA MUITO BRAVO.
d) Informo você DE QUE SUA NOTA FOI ÓTIMA.
e) Bastaria QUE VOCÊ TIVESSE FEITO AS LIÇÕES.
f) A verdade é QUE NÃO ME PREPAREI.
g)Ela estava ansiosa PARA QUE AS PROVAS CHEGASSEM.
CLASSIFICAÇÃO:
a) SUBJETIVA.
b) OBJETIVA DIRETA.
c) OBJETIVA DIRETA.
d) OBJETIVA INDIRETA.
e) SUBJETIVA.
f) PREDICATIVA.
g) COMPLETIVA NOMINAL.
CLASSIFICAÇÃO:
a) SUBJETIVA.
b) OBJETIVA DIRETA.
c) OBJETIVA DIRETA.
d) OBJETIVA INDIRETA.
e) SUBJETIVA.
f) PREDICATIVA.
g) COMPLETIVA NOMINAL.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Loteria ortográfica JE GE JE JI
Loteria  ortográfica   JE  GE JE  JILoteria  ortográfica   JE  GE JE  JI
Loteria ortográfica JE GE JE JIMary Alvarenga
 
Medida de área e perímetro
Medida de área e perímetroMedida de área e perímetro
Medida de área e perímetroMary Alvarenga
 
Cruzadinha sucessor e antecessor
Cruzadinha  sucessor e antecessor Cruzadinha  sucessor e antecessor
Cruzadinha sucessor e antecessor Mary Alvarenga
 
Atividade de-matematica-unidade-de-medida-de-massa-5º-ano-respostas
Atividade de-matematica-unidade-de-medida-de-massa-5º-ano-respostasAtividade de-matematica-unidade-de-medida-de-massa-5º-ano-respostas
Atividade de-matematica-unidade-de-medida-de-massa-5º-ano-respostasAndréia Rossigalli
 
Unidades de medida de capacidade
Unidades de medida de capacidadeUnidades de medida de capacidade
Unidades de medida de capacidadeJoao Ferreira
 
FEVEREIRO HISTORIA NOMADES E SEDENTARIOS JAMAL LU.docx
FEVEREIRO HISTORIA NOMADES E SEDENTARIOS JAMAL LU.docxFEVEREIRO HISTORIA NOMADES E SEDENTARIOS JAMAL LU.docx
FEVEREIRO HISTORIA NOMADES E SEDENTARIOS JAMAL LU.docxLucianaMandarino1
 
Paula e Bebeto - música de Milton nascimento: análise e entendimento da música
Paula e Bebeto - música de  Milton nascimento: análise e entendimento da música Paula e Bebeto - música de  Milton nascimento: análise e entendimento da música
Paula e Bebeto - música de Milton nascimento: análise e entendimento da música Mary Alvarenga
 
Aval de historia 2 unid 2015
Aval de historia  2 unid 2015 Aval de historia  2 unid 2015
Aval de historia 2 unid 2015 julliana brito
 
Ordens e classes dos números naturais
Ordens e classes dos números naturais Ordens e classes dos números naturais
Ordens e classes dos números naturais Mary Alvarenga
 
Atividade ortográfica - caçando erros
Atividade ortográfica - caçando erros Atividade ortográfica - caçando erros
Atividade ortográfica - caçando erros Mary Alvarenga
 
Problemas de-matematica-4º-ano
Problemas de-matematica-4º-anoProblemas de-matematica-4º-ano
Problemas de-matematica-4º-anoCecilia Monteiro
 
3º ano aval. diag. mat.
3º ano   aval. diag. mat.3º ano   aval. diag. mat.
3º ano aval. diag. mat.Cida Carvalho
 
Olhos Coloridos Sandra de Sá - Análise e entendimento da letra
Olhos Coloridos  Sandra de Sá - Análise e entendimento da letraOlhos Coloridos  Sandra de Sá - Análise e entendimento da letra
Olhos Coloridos Sandra de Sá - Análise e entendimento da letraMary Alvarenga
 

Mais procurados (20)

Avaliação de recup. historia 4º ano
Avaliação de recup. historia 4º anoAvaliação de recup. historia 4º ano
Avaliação de recup. historia 4º ano
 
Loteria ortográfica JE GE JE JI
Loteria  ortográfica   JE  GE JE  JILoteria  ortográfica   JE  GE JE  JI
Loteria ortográfica JE GE JE JI
 
Atividade avaliativa de história
Atividade avaliativa de históriaAtividade avaliativa de história
Atividade avaliativa de história
 
Medida de área e perímetro
Medida de área e perímetroMedida de área e perímetro
Medida de área e perímetro
 
Letras e fonemas
Letras e fonemasLetras e fonemas
Letras e fonemas
 
Cruzadinha sucessor e antecessor
Cruzadinha  sucessor e antecessor Cruzadinha  sucessor e antecessor
Cruzadinha sucessor e antecessor
 
Atividade de-matematica-unidade-de-medida-de-massa-5º-ano-respostas
Atividade de-matematica-unidade-de-medida-de-massa-5º-ano-respostasAtividade de-matematica-unidade-de-medida-de-massa-5º-ano-respostas
Atividade de-matematica-unidade-de-medida-de-massa-5º-ano-respostas
 
Unidades de medida de capacidade
Unidades de medida de capacidadeUnidades de medida de capacidade
Unidades de medida de capacidade
 
Você sabe poupar?
Você sabe poupar?Você sabe poupar?
Você sabe poupar?
 
FEVEREIRO HISTORIA NOMADES E SEDENTARIOS JAMAL LU.docx
FEVEREIRO HISTORIA NOMADES E SEDENTARIOS JAMAL LU.docxFEVEREIRO HISTORIA NOMADES E SEDENTARIOS JAMAL LU.docx
FEVEREIRO HISTORIA NOMADES E SEDENTARIOS JAMAL LU.docx
 
Paula e Bebeto - música de Milton nascimento: análise e entendimento da música
Paula e Bebeto - música de  Milton nascimento: análise e entendimento da música Paula e Bebeto - música de  Milton nascimento: análise e entendimento da música
Paula e Bebeto - música de Milton nascimento: análise e entendimento da música
 
Aval de historia 2 unid 2015
Aval de historia  2 unid 2015 Aval de historia  2 unid 2015
Aval de historia 2 unid 2015
 
Ordens e classes dos números naturais
Ordens e classes dos números naturais Ordens e classes dos números naturais
Ordens e classes dos números naturais
 
FICHA DE TRABALHO: ADJETIVOS
FICHA DE TRABALHO: ADJETIVOSFICHA DE TRABALHO: ADJETIVOS
FICHA DE TRABALHO: ADJETIVOS
 
Atividade ortográfica - caçando erros
Atividade ortográfica - caçando erros Atividade ortográfica - caçando erros
Atividade ortográfica - caçando erros
 
Gabarito: Atividade de português: Adjetivo – 6º ano
Gabarito: Atividade de português: Adjetivo – 6º ano Gabarito: Atividade de português: Adjetivo – 6º ano
Gabarito: Atividade de português: Adjetivo – 6º ano
 
Problemas de-matematica-4º-ano
Problemas de-matematica-4º-anoProblemas de-matematica-4º-ano
Problemas de-matematica-4º-ano
 
3º ano aval. diag. mat.
3º ano   aval. diag. mat.3º ano   aval. diag. mat.
3º ano aval. diag. mat.
 
Atividades verbos 7 ano
Atividades verbos 7 anoAtividades verbos 7 ano
Atividades verbos 7 ano
 
Olhos Coloridos Sandra de Sá - Análise e entendimento da letra
Olhos Coloridos  Sandra de Sá - Análise e entendimento da letraOlhos Coloridos  Sandra de Sá - Análise e entendimento da letra
Olhos Coloridos Sandra de Sá - Análise e entendimento da letra
 

Semelhante a Ativ oraçóes

Guião de leitura da obra 6historiasasavessas
Guião de leitura da obra 6historiasasavessasGuião de leitura da obra 6historiasasavessas
Guião de leitura da obra 6historiasasavessasMarisa Miranda
 
Portugues Interpretação de Texto Ortografia e Gramatica 4º e 5º ano.pdf
Portugues Interpretação de Texto Ortografia e Gramatica 4º e 5º ano.pdfPortugues Interpretação de Texto Ortografia e Gramatica 4º e 5º ano.pdf
Portugues Interpretação de Texto Ortografia e Gramatica 4º e 5º ano.pdfAdryasophiaRochapied
 
Livrinho explicacao e atividades de pontuação
Livrinho explicacao e atividades de pontuaçãoLivrinho explicacao e atividades de pontuação
Livrinho explicacao e atividades de pontuaçãoAline França Russo
 
APOSTILA LEITURA E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA  LEITURA E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA  LEITURA E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA LEITURA E INTERPRETAÇÃO.pdfSirleneMazotti2
 
Eja atividades demais alunos 16 a 31 de agosto
Eja   atividades demais alunos 16 a 31 de agostoEja   atividades demais alunos 16 a 31 de agosto
Eja atividades demais alunos 16 a 31 de agostoOlímpia Alencar
 
Revisões 5º ano
Revisões 5º anoRevisões 5º ano
Revisões 5º anoAna Pereira
 
Prova.pb.linguaportuguesa.5ano.manha.4bim (2)
Prova.pb.linguaportuguesa.5ano.manha.4bim (2)Prova.pb.linguaportuguesa.5ano.manha.4bim (2)
Prova.pb.linguaportuguesa.5ano.manha.4bim (2)Janaína Borba
 
6a série adjunto adverbial
6a série adjunto adverbial6a série adjunto adverbial
6a série adjunto adverbialFeolsi
 
Apostila eja 1ª e 2º periodo tipos e generos textuais
Apostila eja 1ª  e 2º  periodo   tipos e generos textuaisApostila eja 1ª  e 2º  periodo   tipos e generos textuais
Apostila eja 1ª e 2º periodo tipos e generos textuaisVera Oliveira
 
Apostila port. 3º ano 2º s. 2021 revisada
Apostila port. 3º ano 2º s. 2021 revisadaApostila port. 3º ano 2º s. 2021 revisada
Apostila port. 3º ano 2º s. 2021 revisadaArilene Flores
 
A esperteza da rã - Língua Portuguesa - 2.º ano
A esperteza da rã - Língua Portuguesa - 2.º anoA esperteza da rã - Língua Portuguesa - 2.º ano
A esperteza da rã - Língua Portuguesa - 2.º anoProfcris 81
 
Funcionamento da língua_português_exercícios_6ºano
Funcionamento da língua_português_exercícios_6ºanoFuncionamento da língua_português_exercícios_6ºano
Funcionamento da língua_português_exercícios_6ºanoSandra Boucinha
 
TER-DE-LÍNGUA-PORTUGUESA-6º-ANO-MANHÃ.pdf
TER-DE-LÍNGUA-PORTUGUESA-6º-ANO-MANHÃ.pdfTER-DE-LÍNGUA-PORTUGUESA-6º-ANO-MANHÃ.pdf
TER-DE-LÍNGUA-PORTUGUESA-6º-ANO-MANHÃ.pdfCaroline Assis
 

Semelhante a Ativ oraçóes (20)

Atividades gerais
Atividades geraisAtividades gerais
Atividades gerais
 
Atividades gerais
Atividades geraisAtividades gerais
Atividades gerais
 
Guião de leitura da obra 6historiasasavessas
Guião de leitura da obra 6historiasasavessasGuião de leitura da obra 6historiasasavessas
Guião de leitura da obra 6historiasasavessas
 
avaliação perene
avaliação pereneavaliação perene
avaliação perene
 
Portugues Interpretação de Texto Ortografia e Gramatica 4º e 5º ano.pdf
Portugues Interpretação de Texto Ortografia e Gramatica 4º e 5º ano.pdfPortugues Interpretação de Texto Ortografia e Gramatica 4º e 5º ano.pdf
Portugues Interpretação de Texto Ortografia e Gramatica 4º e 5º ano.pdf
 
Apostila língua portuguesa
Apostila língua portuguesaApostila língua portuguesa
Apostila língua portuguesa
 
Livrinho explicacao e atividades de pontuação
Livrinho explicacao e atividades de pontuaçãoLivrinho explicacao e atividades de pontuação
Livrinho explicacao e atividades de pontuação
 
APOSTILA LEITURA E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA  LEITURA E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA  LEITURA E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA LEITURA E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
6ano portugues
6ano portugues6ano portugues
6ano portugues
 
Eja atividades demais alunos 16 a 31 de agosto
Eja   atividades demais alunos 16 a 31 de agostoEja   atividades demais alunos 16 a 31 de agosto
Eja atividades demais alunos 16 a 31 de agosto
 
Revisões 5º ano
Revisões 5º anoRevisões 5º ano
Revisões 5º ano
 
Prova.pb.linguaportuguesa.5ano.manha.4bim (2)
Prova.pb.linguaportuguesa.5ano.manha.4bim (2)Prova.pb.linguaportuguesa.5ano.manha.4bim (2)
Prova.pb.linguaportuguesa.5ano.manha.4bim (2)
 
Adjetivos
AdjetivosAdjetivos
Adjetivos
 
6a série adjunto adverbial
6a série adjunto adverbial6a série adjunto adverbial
6a série adjunto adverbial
 
Apostila eja 1ª e 2º periodo tipos e generos textuais
Apostila eja 1ª  e 2º  periodo   tipos e generos textuaisApostila eja 1ª  e 2º  periodo   tipos e generos textuais
Apostila eja 1ª e 2º periodo tipos e generos textuais
 
Apostila port. 3º ano 2º s. 2021 revisada
Apostila port. 3º ano 2º s. 2021 revisadaApostila port. 3º ano 2º s. 2021 revisada
Apostila port. 3º ano 2º s. 2021 revisada
 
Tc de literatura6º
Tc de literatura6ºTc de literatura6º
Tc de literatura6º
 
A esperteza da rã - Língua Portuguesa - 2.º ano
A esperteza da rã - Língua Portuguesa - 2.º anoA esperteza da rã - Língua Portuguesa - 2.º ano
A esperteza da rã - Língua Portuguesa - 2.º ano
 
Funcionamento da língua_português_exercícios_6ºano
Funcionamento da língua_português_exercícios_6ºanoFuncionamento da língua_português_exercícios_6ºano
Funcionamento da língua_português_exercícios_6ºano
 
TER-DE-LÍNGUA-PORTUGUESA-6º-ANO-MANHÃ.pdf
TER-DE-LÍNGUA-PORTUGUESA-6º-ANO-MANHÃ.pdfTER-DE-LÍNGUA-PORTUGUESA-6º-ANO-MANHÃ.pdf
TER-DE-LÍNGUA-PORTUGUESA-6º-ANO-MANHÃ.pdf
 

Mais de VERA OLIVEIRA

Avaliações e.mgramatica
Avaliações  e.mgramaticaAvaliações  e.mgramatica
Avaliações e.mgramaticaVERA OLIVEIRA
 
Avaliação i racema
Avaliação i racemaAvaliação i racema
Avaliação i racemaVERA OLIVEIRA
 
Atividades de-verbos-
Atividades de-verbos-Atividades de-verbos-
Atividades de-verbos-VERA OLIVEIRA
 
Apostila tipologia textual
Apostila tipologia textualApostila tipologia textual
Apostila tipologia textualVERA OLIVEIRA
 
Dinamica historia do_chapeuzinho_vermelho-1[1]
Dinamica historia do_chapeuzinho_vermelho-1[1]Dinamica historia do_chapeuzinho_vermelho-1[1]
Dinamica historia do_chapeuzinho_vermelho-1[1]VERA OLIVEIRA
 
Poemas para dramatizar
Poemas para dramatizarPoemas para dramatizar
Poemas para dramatizarVERA OLIVEIRA
 

Mais de VERA OLIVEIRA (14)

Avaliação 6 ano
Avaliação  6 anoAvaliação  6 ano
Avaliação 6 ano
 
Funcao d linguagem
Funcao d linguagemFuncao d linguagem
Funcao d linguagem
 
Prova livro
Prova livroProva livro
Prova livro
 
Avaliações e.mgramatica
Avaliações  e.mgramaticaAvaliações  e.mgramatica
Avaliações e.mgramatica
 
Avaliação i racema
Avaliação i racemaAvaliação i racema
Avaliação i racema
 
Avaliação 1
Avaliação 1Avaliação 1
Avaliação 1
 
Atividades de-verbos-
Atividades de-verbos-Atividades de-verbos-
Atividades de-verbos-
 
Análise do conto
Análise do contoAnálise do conto
Análise do conto
 
Texto informativo
Texto informativoTexto informativo
Texto informativo
 
Coerrencia coesão
Coerrencia coesãoCoerrencia coesão
Coerrencia coesão
 
Apostila tipologia textual
Apostila tipologia textualApostila tipologia textual
Apostila tipologia textual
 
Apostila gramatica
Apostila gramaticaApostila gramatica
Apostila gramatica
 
Dinamica historia do_chapeuzinho_vermelho-1[1]
Dinamica historia do_chapeuzinho_vermelho-1[1]Dinamica historia do_chapeuzinho_vermelho-1[1]
Dinamica historia do_chapeuzinho_vermelho-1[1]
 
Poemas para dramatizar
Poemas para dramatizarPoemas para dramatizar
Poemas para dramatizar
 

Último

Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfAntonio Barros
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdflbgsouza
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdfLindinhaSilva1
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasdiegosouzalira10
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 

Último (20)

Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 

Ativ oraçóes

  • 1. LISTA DE EXERCÍCIOS 3° BIMESTRE Revisão 1° semestre NOME: Nº: DATA: SÉRIE: 9°ano DISCIPLINA: Português PROFª.: Amanda No Caminho, com Maiakóvski (Eduardo Alves da Costa) Refrão Assim como a criança humildemente afaga a imagem do herói, assim me aproximo de ti, Maiakóvski. Não importa o que me possa acontecer por andar ombro a ombro com um poeta soviético. Lendo teus versos, aprendi a ter coragem. _________________ Tu sabes, conheces melhor do que eu a velha história. Na primeira noite eles se aproximam e roubam uma flor do nosso jardim. E não dizemos nada. Na segunda noite, já não se escondem: pisam as flores, matam nosso cão, e não dizemos nada. _______________ Até que um dia, o mais frágil deles entra sozinho em nossa casa, rouba-nos a luz, e, conhecendo nosso medo, arranca-nos a voz da garganta. E já não podemos dizer nada. Nos dias que correm a ninguém é dado repousar a cabeça alheia ao terror. Os humildes baixam a cerviz; e nós, que não temos pacto algum com os senhores do mundo, por temor nos calamos. No silêncio de me quarto a ousadia me afogueia as faces e eu fantasio um levante; mas manhã, diante do juiz, talvez meus lábios calem a verdade como um foco de germes capaz de me destruir. Olho ao redor e o que vejo e acabo por repetir são mentiras. Mal sabe a criança dizer mãe e a propaganda lhe destrói a consciência. A mim, quase me arrastam pela gola do paletó à porta do templo e me pedem que aguarde até que a Democracia se digne aparecer no balcão. Mas eu sei, porque não estou amedrontado a ponto de cegar, que ela tem uma espada a lhe espetar as costelas e o riso que nos mostra é uma tênue cortina lançada sobre os arsenais. __________________ Vamos ao campo e não os vemos ao nosso lado, no plantio. Visto do prof°. _____________________ __
  • 2. Mas ao tempo da colheita lá estão e acabam por nos roubar até o último grão de trigo. Dizem-nos que de nós emana o poder mas sempre o temos contra nós. Dizem-nos que é preciso defender nossos lares mas se nos rebelamos contra a opressão é sobre nós que marcham os soldados. _____________________ E por temor eu me calo, por temor aceito a condição de falso democrata e rotulo meus gestos com a palavra liberdade, procurando, num sorriso, esconder minha dor diante de meus superiores. Mas dentro de mim, com a potência de um milhão de vozes, o coração grita - MENTIRA! Exercícios 1. Quantas orações há no primeiro período da segunda estrofe? DUAS ORAÇÕES. _________________________________________________________________________ 2. Em relação à estrofe da questão anterior, pergunta-se: quantas orações formam o segundo período? É um período composto por coordenação ou por subordinação? Justifique. DUAS ORAÇÕES. É UM PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO, POIS AS ORAÇÕES SÃO INDEPENDENTES (SUJEITO+VERBO+COMPLEMENTO). *note que o complemento de “aproximar” é “do nosso jardim”. _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ 3. No período que vai de "Na segunda noite..." até "e não dizemos nada", existem quantas orações? Classifique o período e cada uma delas. QUATRO ORAÇÕES. PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO. Na segunda noite, já não se escondem: ASSINDÉTICA pisam as flores, ASSINDÉTICA matam nosso cão, ASSINDÉTICA e não dizemos nada. SINDÉTICA ADVERSATIVA (esta conjunção poderia ser substituída por “mas”, por isso é adversativa e não aditiva.) _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _______________________________________________________________________ 4. Dentro do contexto em que está inserida, como se classifica a oração "conhecendo nosso medo"? Ela é coordenada ou subordinada em relação às outras orações? Que ideia ela exprime? Explique. ELA É COORDENADA, UMA VEZ QUE, DENTRO DO CONTEXTO, SEU SUJEITO SE MANTÉM. *NOTE QUE NÃO HÁ CONJUNÇÃO OU PRONOME RELATIVO EM SEU INÍCIO. EXPRIME IDEIA DE CAUSA, POIS A CAUSA DE O MAIS FRÁGIL DELES ARRANCAR NOSSA VOZ É O FATO DE CONHECER NOSSO MEDO.
  • 3. _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ 5. Que exprime o eu lírico em seu texto? É possível que sua voz seja arrancada dentro da garganta? Explique. PESSOAL. _________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________ 6. Relacione as orações coordenadas por meio de conjunções: a) Ouviu-se o som da bateria. Os primeiros foliões surgiram. Ouviu-se o som da bateria e os primeiros foliões surgiram. ______________________________________________________________________ b) Não durma sem cobertor. A noite está fria. Não durma sem cobertor, pois a noite está fria. ______________________________________________________________________ c) Quero desculpar-me. Não consigo encontrá-los. Quero desculpar-me, mas não consigo encontrá-los. ______________________________________________________________________ 7. (PUC-SP) – Em: “... ouviam-se amplos bocejos, fortes como o marulhar das ondas...” a partícula como expressa uma ideia de: a) causa b) explicação c) conclusão d) proporção e) comparação 8. (Univ. Fed. Santa Maria – RS) – Assinale a sequência de conjunções que estabelecem, entre as orações de cada item, uma correta relação de sentido. 1. Correu demais, ... caiu. 2. Dormiu mal, ... os sonhos não o deixaram em paz. 3. A matéria perece, ... a alma é imortal. 4. Leu o livro, ... é capaz de descrever as personagens com detalhes. 5. Guarde seus pertences, ... podem servir mais tarde. a) porque, todavia, portanto, logo, entretanto b) por isso, porque, mas, portanto, que c) logo, porém, pois, porque, mas d) porém, pois, logo, todavia, porque e) entretanto, que, porque, pois, portanto
  • 4. 9. Todos os períodos dados a seguir são compostos por coordenação. Separe as orações de cada um deles e classifique-as. a) Todos prometeram ajudar; (ASSINDÉTICA) / muitos, porém, não cumpriram a promessa. (SINDÉTICA ADVERSATIVA) ____________________________________________________________________________ b) “O homem ao meu lado acende outro cigarro, (ASSINDÉTICA) /dá uma tragada (ASSINDÉTICA) / e joga-o pela janela (SINDÉTICA ADITIVA)”. (Stanislaw Ponte Preta) ____________________________________________________________________________ c) Ele trabalhava durante o dia (ASSINDÉTICA)/e estudava à noite (SINDÉTICA ADITIVA). ____________________________________________________________________________ d) A criança ora cantava, / ora se punha a correr pela sala. (SINDÉTICAS ALTERNATIVAS) ____________________________________________________________________________ Ele pensava numa nova edição do seu romance pela mesma editora; NÃO, PODERIA, POIS, TER RESCINDIDO O CONTRATO COM ELA.” 10. A oração destacada classifica-se como a) subordinada adverbial final. b) subordinada adverbial consecutiva. c) subordinada adverbial condicional. d) coordenada assindética explicativa. e) coordenada sindética conclusiva. 11. No período: “Paredes ficaram tortas, animais enlouqueceram e as plantas caíram”, temos: a) Duas orações coordenadas assindéticas e uma oração subordinada substantiva. b) Três subordinadas substantivas. c) Três orações coordenadas. d) Quatro orações coordenadas. e) Uma oração principal e duas orações subordinadas. 12. Una as orações de cada um dos pares a seguir com a conjunção coordenativa adequada: a.) O lavrador abriu sulcos. Depositou as sementes. O lavrador abriu sulcos E depositou as sementes. ____________________________________________________________________________ b.) Precisamos preservar a natureza. Não sobreviveremos. Precisamos preservar a natureza ou não sobreviveremos. ____________________________________________________________________________ 13. Assinale a alternativa em que a oração em destaque foi incorretamente analisada:
  • 5. a) ( ) Compre o bilhete PORQUE O SORTEIO SERÁ AMANHÃ. (Oração Coordenada Sindética Conclusiva) b) ( ) Viu o acidente E SOCORREU AS VÍTIMAS. (Oração Coordenada Sindética Aditiva) c) ( ) O professor fala muito, QUESTIONA BASTANTE. (Oração Coordenada Assindética) d) ( ) Volte cedo, POIS IREMOS À FESTA. (Oração Coordenada Sindética Explicativa) e) ( ) Não correu NEM BRINCOU. (Oração Coordenada Sindética Aditiva 14. Sublinhe e classifique asoraçõessubordinadasdas sentençasa seguir: a) O importante é que todos estejam aqui bem cedo. PREDICATIVA. ____________________________________________________________________ b) É importante que todos estejam aqui bem cedo. SUBJETIVA. _____________________________________________________________________________________ c)Todos nos pediram que trouxéssemos as crianças também. OBJETIVA DIRETA. _____________________________________________________________________________________ d)Nunca me esqueci de que você me traíra. OBJETIVA INDIRETA. _____________________________________________________________________________________ e)Tenho aversão a que me critiquem. COMPLETIVA NOMINAL . _____________________________________________________________________________________ f)O jovem advogado persuadiu o acusado de que a causa ainda não estava perdida. OBJETIVA INDIRETA. _____________________________________________________________________________________ g)Começou a parecer-me que a primeira impressão não tinha sido justa. OBJETIVA DIRETA. ________________________________________________________________ ____________________ _h)Confesso-lhe que me detive alguns minutos olhando-o fascinado. OBJETIVA DIRETA. _____________________________________________________________________________________ i)Parece que vai chover hoje à noite. SUBJETIVA. _____________________________________________________________________________________ _j)Por favor, Cláudio, necessito de que me faças um favor. OBJETIVA INDIRETA. _________________ ________________________________________________________________ k)Vou lhe contar uma coisa: (que) você está com as calças rasgadas. APOSITIVA. _____________________________________________________________________________________ _ 15) Complete os períodos com orações subordinadas substantivas adequadas e classifique-as: a) É necessário QUE ESTUDEMOS PARA O EXAME. b)Logo notei QUE VOCÊ MELHOROU. c) Comentava-se QUE O DIRETOR ESTAVA MUITO BRAVO. d) Informo você DE QUE SUA NOTA FOI ÓTIMA. e) Bastaria QUE VOCÊ TIVESSE FEITO AS LIÇÕES. f) A verdade é QUE NÃO ME PREPAREI. g)Ela estava ansiosa PARA QUE AS PROVAS CHEGASSEM.
  • 6. CLASSIFICAÇÃO: a) SUBJETIVA. b) OBJETIVA DIRETA. c) OBJETIVA DIRETA. d) OBJETIVA INDIRETA. e) SUBJETIVA. f) PREDICATIVA. g) COMPLETIVA NOMINAL.
  • 7. CLASSIFICAÇÃO: a) SUBJETIVA. b) OBJETIVA DIRETA. c) OBJETIVA DIRETA. d) OBJETIVA INDIRETA. e) SUBJETIVA. f) PREDICATIVA. g) COMPLETIVA NOMINAL.