SlideShare uma empresa Scribd logo
AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA

                       Os Temperos do Alentejo



É espantoso o poder aromatizante destas plantas que opera alterações tão
profundas e influencia de uma forma tão gostosa o sabor dos cozinhados.
Efectivamente destes gestos de temperar, resulta um milagre que se repete
em cada cozinhado mas que exige e tem por base um saber precioso ou seja
por outras palavras o saber dos seus sabores.




Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo                     Página 1
AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA

Aromáticas: Nomes                               Imagens

- Hortelã




- Hortelã da Ribeira
ou Erva Peixeira


- Doce Lima ou Erva
Luísa ou Bela Luísa




- Erva-cidreira ou
Melissa




- Tomilho




-Segurelha




Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo             Página 2
AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA

- Açafrão




-Coentros




- Salsa




- Poejos




- Alhos




Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo   Página 3
AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA

- Alecrim




- Cebolas




- Louro




- Orégãos




Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo   Página 4
AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA

- Limão




- Laranja




Nome das                       Utilização das Aromáticas:
Aromáticas:




* Alecrim                      Alecrim – Muitas vezes usado com borrego, o
                               alecrim também é excelente com carne de porco,
                               coelho, frango e salsichas.
                               Tem um sabor forte, pelo que convém usá-Io
                               parcimoniosamente e finamente picado. Os pés
                               inteiros fazem uma boa base para grelhar carne ou
                               criação. Experimente-o em infusão em pratos doces,
                               como cremes, molhos doces, xaropes e gelado de
                               baunilha.
                               Francês = romarin, Inglês = rosemary, Espanhol =
                               romero, Italiano = rosmarino




Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo                            Página 5
AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA


*Alho                          Alho - O aroma do alho nos cozinhados é mais
                               apetitoso do que qualquer outro. Liga bem com
                               quase todos os ingredientes, excepto os mais
                               delicados, se for utilizado da maneira devida.
                               Quando cru ou ligeiramente cozinhado, o seu gosto
                               é forte e intenso, mas, quando cozinhado durante
                               longo tempo com calor brando, o alho torna-se
                               suave e doce. Por isso alguns pratos ou molhos
                               necessitam apenas de uma pequena porção de alho,
                               enquanto os pratos de cozedura prolongada
                               beneficiam da adição de diversos dentes. Até
                               mesmo as pessoas que afirmam não gostar de alho
                               ficam surpreendidas com a melhoria de
                               sabor.Francês = ail, Inglês = garlic, Espanhol = ajo,
                               Italiano = aglio




*Cebola

                               A cebola é usada principalmente como condimento,
                               realçando o sabor dos alimentos. Entretanto,
                               também pode ser utilizada crua em saladas e
                               entradas e no preparo de sopas, patês, pães,
                               biscoitos, ou frita à milanesa.
                               A cebola assada com casca, no espeto, é um
                               excelente acompanhamento para churrasco.
                               A cebola congelada somente é adequada para uso
                               em pratos cozidos ou assados. Para descongelar,
                               coloque-a em água fervente com sal, ou
                               diretamente ao fogo, durante o preparo do prato.

* Açafrão

                               Açafrão – Planta herbácea, bulbosa. Folhas
                               compridas, arroxeadas. Flor amarela ou vermelha.
                               Os estigmas dissecados fornecem o “açafrão”
                               conhecido no comércio, e que é uma matéria
                               amarela usada como corante e condimento. É
                               utilizado para dar uma coloração amarelada ao arroz
                               e em sopas e massas e na indústria alimentícia
                               como condimento, corante natural e aromatizante.
                               Usada principalmente na elaboração de risotos,
                               paella, sopa de peixe e bacalhau à espanhola. Os
                               estigmas encerram propriedades emenagogas,
                               antiespasmódicas, eupépticas, sedativas. São
                               empregados nos casos de asma, coqueluche,
                               histeria, bem como contra os cálculos dos rins, do
                               fígado e da bexiga. Oito a dez estigmas, em infusão,
                               são suficientes para um chá. Para combater as
                               hemorróidas, aplicam-se cataplasmas quentes,
                               preparados com a infusão desta planta (três gramas
                               para uma xícara de água). Consumo

Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo                               Página 6
AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA

                               desaconselhável para mulheres grávidas.
*Coentros

                               Coentros - As folhas, as raízes, os caules e as
                               sementes desta erva, fortemente aromática, têm
                               gostos levemente diferentes. As folhas frescas são
                               bonitas e dão imediatamente um gosto exótico a
                               qualquer prato, se forem adicionadas antes de
                               servir; também são excelentes em saladas e como
                               guarnição. Pode cozinhar as raÍzes e os caules nos
                               estufados e sopas, mas retire-as antes de servir
                               Francês = coriandre, Inglês = coriander, Espanhol =
                               culantro, Italiano = coriando|
*Erva – Cidreira



                               Erva- cidreira - Estas folhas frescas têm um sabor
                               e um aroma semelhantes ao do limão. Utilizam-se
                               as folhas inteiras em ponches e bebidas de frutas e
                               as folhas cortadas em sopas e saladas.
*Erva Luísa                    Francês = mélisse citronné, Inglês = balm, Espanhol
                               = toronjil, Italiano = cedronella



                               Erva Luísa – O perfume sublime desta planta, faz
                               com que seja usada em perfumaria e as suas folhas
                               em fitoterapia, num chá preparado com 3 a 5 folhas
                               e tomado ao deitar para noites de sono. Tambem
                               auxilia a digestão e é um suave sedativo e
                               calmante, com aroma e gosto a limão. Este chá não
                               deve ser consumido a longo prazo pois pode causar
                               problemas de digestão e gástricos. As folhas podem
*Hortelã                       tambem aromatizar azeites e vinagres, sobremesas
                               de fruta e gelatinas.




                               Hortelã - Entre as mais importantes ervas
                               culinárias encontra-se a hortelã, que tem uma vasta
                               gama de sabores -conforme a variedade. Como
                               alternativa ao molho de hortelã, é excelente
                               espetada num assado ou estufado de borrego;
                               picada, fica bem em sopas de creme e em
                               almôndegas. Tem um sabor interessante quando
                               adicionada a molhos picantes de frutas e
                               especiarias, a groselha negra, ameixas e outros
                               frutos de Verão em calda, e fica óptima em saladas
                               de fruta. A hortelã picada também pode ser
                               espalhada sobre legumes cozidos.
                               Francês = menthe, Inglês = mint, Espanhol =
                               hierbabuena, Italiano = menta

Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo                             Página 7
AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA

*Hortelã da Ribeira




                               Hortelã-da-Ribeira – É muito apreciada nos
                               pratos de peixe, nas caldeiradas e nos caldos de
                               peixe daí tambem ser conhecida nalguns lugares por
                               erva peixeira. No entanto é excelente na
                               aromatização das carnes, nomeadamente na caça
                               como no coelho bravo.
                               A hortelã da ribeira (mentha cervina) vai
*Laranja                       escasseando na natureza devido ao facto de ser
                               menos competitiva em relação a outras plantas do
                               mesmo género e quando lhe destroem o seu habitat
                               natural.




                               A laranja, especialmente o seu sumo, é um
                               remédio para muitas mazelas.
                               A laranja é refrescante e diurética.
                               Graças aos seus princípios açucarados e
                               ligeiramente ácidos, a laranja estimula o paladar,
                               abre o apetite, acalma a sede, favorece a secreção
                               de suco gástrico, e de todos os líquidos do tubo
                               digestivo.
                               Os lactentes devem tomar sumo de laranja para que
                               lhes sejam supridas certas vitaminas
                               (principalmente o ácido ascórbico) que a
                               alimentação artificial não fornece. Após o sexto mês
                               as mães podem administrar sumo de laranja aos
                               seus bebés.
                               Graças às suas vitaminas, a laranja é não só um
                               alimento, mas também um remédio contra várias
                               doenças, como, por exemplo, o escorbuto e a
                               constipação.
                               Pelo seu conteúdo em sais alcalinos, o sumo
* Limão                        estimula favoravelmente na eliminação do ácido
                               úrico e impede a acidose, o terror das pessoas que
                               levam vida sedentária e dos que alcançaram idade
                               avançada. Os que abusaram de carne na
                               alimentação devem, pois, beber sumo natural de
                               laranja.



                               O limão, como sempre disseram os mais velhos,
                               oferece diversos benefícios a saúde. Ajuda a
                               prevenir resfriados, a emagrecer e até a evitar
                               problemas de coração e circulação. Também é bom
                               para manter o colesterol sob controlo, ajuda no

Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo                              Página 8
AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA

                               trabalho dos rins, na digestão e na regulação do
                               açúcar do sangue. Ajuda a impedir a formação de
*Poejo                         cálculos renais, além de auxiliar no emagrecimento.
                               "Quem quer perder peso deve incluir o limão na
                               dieta. Ele dá sensação de saciedade mais rápido.
                               Age também como regulador




                               O Poejo – Tem um aroma agradável, uma acção
*Tomilho                       expectorante e antitússica, para alem disso é um
                               excelente digestivo, tónico estomacal e anti-séptico.
                               O chá de poejo é recomendado para dores
                               menstruais, para limpar o útero depois da gravidez
                               ou mesmo quando se tem quistos nos ovários.
                               Também se usa para a tosse e as constipações. Para
                               se preparar o chá usam-se 10 gramas do caule,
                               folhas e flores, previamente secos para ¼ de litro de
                               água.



* Louro
                               Tomilho - É adequado para pratos de longa
                               cozedura e estufados. Ao contrário da maior parte
                               das ervas, com excepção dos orégãos, o tomilho é
                               tão bom seco como fresco. É maravilhoso com
                               borrego, mas também é bom com porco, frango,
                               peixe e ovos. Deve ser utilizado com parcimónia
                               porque o seu sabor se sobrepõe facilmente a todos
                               os outros.
                               Francês = thym, Inglês = thyme, Espanhol =
                               tomillo, Italiano =Timo



                               Louro - As aromáticas folhas de louro são utilizadas
                               frescas ou secas e têm um lugar essencial num
*Salsa                         ramo de cheiros. Ficam particularmente bem no
                               peixe e também com caça e com legumes como o
                               feijão. Se se extrair a nervura central das folhas e
                               estas forem finamente picadas, produzem um
                               magnífico efeito nos molhos de natas e ovos. Nos
                               cremes doces, faz-se uma infusão das folhas inteiras
                               em leite quente, antes de levar ao lume. Ao cozer
                               batatas, junte-as à água.
                               Francês = laurier, Inglês = laurel ou bay leaf,
                               Espanhol = laurel, Italiano =Lauro




Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo                               Página 9
AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA



                               Salsa – Embora tradicionalmente utilizada apenas
                               para guarnição, a salsa fresca também dá um
                               excelente sabor a sopas e molhos. Existem duas
                               variedades, com folhas lisas ou frisadas, sendo a de
*Segurelha                     folhas lisas mais decorativa e de sabor mais forte.
                               Muita salsa picada, um pouco de alho esmagado e
                               azeite extravirgem aromatizado constituem um
                               excelente toque de acabamento para pratos de
                               carne e peixe grelhados. A salsa também pode ser
                               frita e servida com o peixe, ou reduzida a puré, com
                               um pouco de manteiga, para obtenção de um molho
                               rápido para servir com frango ou vitela. Em alturas
                               de abundância, a salsa faz uma boa salada e pode
                               ser utilizada para fazer um molho verde.
                               Francês = persil, Inglês = parsley, Espanhol =
                               perejil, Italiano = prezzemolo.




                               Segurelha - As variedades de Inverno e de Verão
                               desta erva sabem vagamente a tomilho, mas são
                               mais amargas. A segurelha de Inverno é
                               ligeiramente mais suave. Utiliza-se (com discrição)
                               em sopas de feijão verde, feijão com massa, em
                               guisados e carne estufada.
                               Francês = sarriette, Inglês = savory, Espanhol =
                               ajedrea, Italiano = santoreggia.




                            Cancioneiro do Alentejo

Temas Musicais                             Letras: Mote

1. Laranja da China
                                           Olha a laranja da china
Grupo de Cantares de Portel                Criada no arvoredo
                                           Não te ponhas à esquina
                                           Que eu passo e não tenho medo

                                           Que eu passo e não tenho medo
                                           Que eu passo e não faço mal
                                           Olha a laranja da china

Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo                              Página 10
AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA

                                           Criada no laranja




                                           O´loureiro, ó loureiro,
2. Loureiro                                O loureiro ramalhudo,
                                           O loureiro diz que paga,
Grupo de Cantares de Portel                O loureiro paga tudo!




3. Tenho no quintal um limoeiro
                                           Tenho no quintal um limoeiro
                                           Junto ao canteiro da hortelã
Grupo Os Banza
                                           Ele dá limões o ano inteiro
                                           Em troca rego todas as manhãs

                                           Em troca rego todas as manhãs
                                           Isto é, se não chover primeiro
                                           Junto ao canteiro da hortelã
                                           Tenho no quintal um limoeiro




4. Açorda de alho:                         É fácil fazer

                                           Dá pouco trabalho
Grupo Os Banza
                                           É água a ferver

                                           Coentros e alho




                                           Ó erva cidreira
5. Erva-cidreira                           Que estás no alpendre
                                           Quanto mais se rega
Entro Cante                                Mais a silva pende
                                           Mais a silva pende, mais a rosa cheira
                                           Que estás no alpendre
                                           Ó erva cidreira


Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo                                Página 11
AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA




Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo   Página 12

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Especiarias
EspeciariasEspeciarias
Especiarias
fernandaataide55
 
Receitas Da Antonietta Caldo
Receitas Da  Antonietta CaldoReceitas Da  Antonietta Caldo
Receitas Da Antonietta Caldo
penacozinha
 
Ervas aromáticas
Ervas aromáticasErvas aromáticas
Ervas aromáticas
Patricia Lourenço
 
Ervas AromáTicas E Medicinais
Ervas AromáTicas E MedicinaisErvas AromáTicas E Medicinais
Ervas AromáTicas E Medicinais
osbenjamins
 
Livro plantas aromaticas
Livro plantas aromaticasLivro plantas aromaticas
Livro plantas aromaticas
fernandaataide55
 
Ervas aromáticas
Ervas aromáticasErvas aromáticas
Ervas aromáticas
ebsdlavitor
 
E-book ervas aromaticas
E-book ervas aromaticasE-book ervas aromaticas
E-book ervas aromaticas
tozefonseca
 
Ervas aromáticas
Ervas aromáticas Ervas aromáticas
Ervas aromáticas
ebsdlavitor
 
Veggie kit
Veggie kitVeggie kit
Veggie kit
Claudio Martins
 
Purê De Batata Salsa
Purê De Batata SalsaPurê De Batata Salsa
Purê De Batata Salsa
Medusa Fabula
 
Rceitas Macrobioticas
Rceitas MacrobioticasRceitas Macrobioticas
Rceitas Macrobioticas
MaisVitamina
 
Ervas e plantas aromáticas
Ervas e plantas aromáticasErvas e plantas aromáticas
Ervas e plantas aromáticas
ebsdlavitor
 
Ervas FáBio Belchior
Ervas FáBio BelchiorErvas FáBio Belchior
Ervas FáBio Belchior
guest6aa5a1b
 

Mais procurados (13)

Especiarias
EspeciariasEspeciarias
Especiarias
 
Receitas Da Antonietta Caldo
Receitas Da  Antonietta CaldoReceitas Da  Antonietta Caldo
Receitas Da Antonietta Caldo
 
Ervas aromáticas
Ervas aromáticasErvas aromáticas
Ervas aromáticas
 
Ervas AromáTicas E Medicinais
Ervas AromáTicas E MedicinaisErvas AromáTicas E Medicinais
Ervas AromáTicas E Medicinais
 
Livro plantas aromaticas
Livro plantas aromaticasLivro plantas aromaticas
Livro plantas aromaticas
 
Ervas aromáticas
Ervas aromáticasErvas aromáticas
Ervas aromáticas
 
E-book ervas aromaticas
E-book ervas aromaticasE-book ervas aromaticas
E-book ervas aromaticas
 
Ervas aromáticas
Ervas aromáticas Ervas aromáticas
Ervas aromáticas
 
Veggie kit
Veggie kitVeggie kit
Veggie kit
 
Purê De Batata Salsa
Purê De Batata SalsaPurê De Batata Salsa
Purê De Batata Salsa
 
Rceitas Macrobioticas
Rceitas MacrobioticasRceitas Macrobioticas
Rceitas Macrobioticas
 
Ervas e plantas aromáticas
Ervas e plantas aromáticasErvas e plantas aromáticas
Ervas e plantas aromáticas
 
Ervas FáBio Belchior
Ervas FáBio BelchiorErvas FáBio Belchior
Ervas FáBio Belchior
 

Destaque

Argumentativo
ArgumentativoArgumentativo
Argumentativo
bnhizkuntzak
 
Gestión de memoria
Gestión de memoriaGestión de memoria
Gestión de memoria
Juan Vega
 
Feliz cumpleaños are
Feliz cumpleaños areFeliz cumpleaños are
Feliz cumpleaños are
dechis
 
Animales2
Animales2Animales2
Colaborativo dos grupo23
Colaborativo dos grupo23Colaborativo dos grupo23
Colaborativo dos grupo23
Biby Cerón
 
Abonos verdes cuales sembraremos
Abonos verdes cuales sembraremosAbonos verdes cuales sembraremos
Abonos verdes cuales sembraremos
Huerto Fito
 
Primeras computaodras
Primeras computaodrasPrimeras computaodras
Primeras computaodras
leolopez123456789
 
Avaliação de resultados: cenário, tendências, ferramentas e investimentos
Avaliação de resultados: cenário, tendências, ferramentas e investimentosAvaliação de resultados: cenário, tendências, ferramentas e investimentos
Avaliação de resultados: cenário, tendências, ferramentas e investimentos
Sylvia Meireles
 
INOVE INTELIGENT PLACE
INOVE INTELIGENT PLACEINOVE INTELIGENT PLACE
INOVE INTELIGENT PLACE
PodeInvestir
 
Usihc 70 abrahao
Usihc 70 abrahaoUsihc 70 abrahao
Usihc 70 abrahao
Andre Luiz Abrahão
 
Tic
TicTic
Reporte
ReporteReporte
La tierra
La tierraLa tierra
Guiao projectos
Guiao projectosGuiao projectos
Guiao projectos
Nelson Alves
 
LOS DERECHOS 16-20
LOS DERECHOS 16-20LOS DERECHOS 16-20
LOS DERECHOS 16-20
Ken Galiano
 
A evolucao dos modelos atomicos thomson
A evolucao dos modelos atomicos thomsonA evolucao dos modelos atomicos thomson
A evolucao dos modelos atomicos thomson
Marisol Porto
 
Chordeleg tdlg
Chordeleg tdlgChordeleg tdlg
El juego en imágenes
El juego en imágenesEl juego en imágenes
El juego en imágenes
Maria Isabel Barreiro
 
Programa do rali
Programa do raliPrograma do rali
Programa do rali
James Jesus
 

Destaque (20)

Argumentativo
ArgumentativoArgumentativo
Argumentativo
 
Gestión de memoria
Gestión de memoriaGestión de memoria
Gestión de memoria
 
Feliz cumpleaños are
Feliz cumpleaños areFeliz cumpleaños are
Feliz cumpleaños are
 
Animales2
Animales2Animales2
Animales2
 
Colaborativo dos grupo23
Colaborativo dos grupo23Colaborativo dos grupo23
Colaborativo dos grupo23
 
Abonos verdes cuales sembraremos
Abonos verdes cuales sembraremosAbonos verdes cuales sembraremos
Abonos verdes cuales sembraremos
 
Primeras computaodras
Primeras computaodrasPrimeras computaodras
Primeras computaodras
 
Avaliação de resultados: cenário, tendências, ferramentas e investimentos
Avaliação de resultados: cenário, tendências, ferramentas e investimentosAvaliação de resultados: cenário, tendências, ferramentas e investimentos
Avaliação de resultados: cenário, tendências, ferramentas e investimentos
 
INOVE INTELIGENT PLACE
INOVE INTELIGENT PLACEINOVE INTELIGENT PLACE
INOVE INTELIGENT PLACE
 
Usihc 70 abrahao
Usihc 70 abrahaoUsihc 70 abrahao
Usihc 70 abrahao
 
Trabajo informatica
Trabajo informaticaTrabajo informatica
Trabajo informatica
 
Tic
TicTic
Tic
 
Reporte
ReporteReporte
Reporte
 
La tierra
La tierraLa tierra
La tierra
 
Guiao projectos
Guiao projectosGuiao projectos
Guiao projectos
 
LOS DERECHOS 16-20
LOS DERECHOS 16-20LOS DERECHOS 16-20
LOS DERECHOS 16-20
 
A evolucao dos modelos atomicos thomson
A evolucao dos modelos atomicos thomsonA evolucao dos modelos atomicos thomson
A evolucao dos modelos atomicos thomson
 
Chordeleg tdlg
Chordeleg tdlgChordeleg tdlg
Chordeleg tdlg
 
El juego en imágenes
El juego en imágenesEl juego en imágenes
El juego en imágenes
 
Programa do rali
Programa do raliPrograma do rali
Programa do rali
 

Semelhante a Aromaticas pesquisa orientada

Guia de especiarias
Guia de especiariasGuia de especiarias
Guia de especiarias
Ana Margarida Feio
 
Receitas Faceis
Receitas FaceisReceitas Faceis
Receitas Faceis
Claudia Cozinha
 
Temperos
TemperosTemperos
Os benefícios das ervas aromáticas
Os benefícios das ervas aromáticasOs benefícios das ervas aromáticas
Os benefícios das ervas aromáticas
Célia Prata
 
Ervas FáBio Belchior
Ervas FáBio BelchiorErvas FáBio Belchior
Ervas FáBio Belchior
guest6aa5a1b
 
Ervas FáBio Belchior
Ervas FáBio BelchiorErvas FáBio Belchior
Ervas FáBio Belchior
guest6aa5a1b
 
Ervas FáBio Belchior
Ervas FáBio BelchiorErvas FáBio Belchior
Ervas FáBio Belchior
guest6aa5a1b
 
Ervas aromaticas
Ervas aromaticasErvas aromaticas
Ervas aromaticas
Vitor Menas
 
Ervas aromáticas (final)
Ervas aromáticas (final)Ervas aromáticas (final)
Ervas aromáticas (final)
ebsdlavitor
 
Cheirinho da primavera
Cheirinho da primaveraCheirinho da primavera
Cheirinho da primavera
piefmania
 
Livro de Cozinha Vegetariana
Livro de Cozinha VegetarianaLivro de Cozinha Vegetariana
Livro de Cozinha Vegetariana
Bruno Pires
 
E book ervas_aromaticas
E book ervas_aromaticasE book ervas_aromaticas
E book ervas_aromaticas
BeatrizGonalves161
 
Receitas Talharim Com Abobrinha
Receitas Talharim Com AbobrinhaReceitas Talharim Com Abobrinha
Receitas Talharim Com Abobrinha
frutadiferente
 
Rabanete
RabaneteRabanete
Rabanete
Claudia Cozinha
 
Temperos naturais.,....................m
Temperos naturais.,....................mTemperos naturais.,....................m
Temperos naturais.,....................m
adrianarodrigues3255
 
Ervas aromáticas
Ervas aromáticasErvas aromáticas
Ervas aromáticas
piefmania
 
Manjerona
ManjeronaManjerona
Manjerona
keylogg
 
Aurile-PT
Aurile-PTAurile-PT
Aurile-PT
Ana Torres
 
À DESCOBERTA DAS PLANTAS AROMÁTICAS
À DESCOBERTA DAS PLANTAS AROMÁTICAS À DESCOBERTA DAS PLANTAS AROMÁTICAS
À DESCOBERTA DAS PLANTAS AROMÁTICAS
Susana Pinhal
 
Livro De Receitas LinhaçA Dourada
Livro De Receitas LinhaçA DouradaLivro De Receitas LinhaçA Dourada
Livro De Receitas LinhaçA Dourada
Culinaria Fabula
 

Semelhante a Aromaticas pesquisa orientada (20)

Guia de especiarias
Guia de especiariasGuia de especiarias
Guia de especiarias
 
Receitas Faceis
Receitas FaceisReceitas Faceis
Receitas Faceis
 
Temperos
TemperosTemperos
Temperos
 
Os benefícios das ervas aromáticas
Os benefícios das ervas aromáticasOs benefícios das ervas aromáticas
Os benefícios das ervas aromáticas
 
Ervas FáBio Belchior
Ervas FáBio BelchiorErvas FáBio Belchior
Ervas FáBio Belchior
 
Ervas FáBio Belchior
Ervas FáBio BelchiorErvas FáBio Belchior
Ervas FáBio Belchior
 
Ervas FáBio Belchior
Ervas FáBio BelchiorErvas FáBio Belchior
Ervas FáBio Belchior
 
Ervas aromaticas
Ervas aromaticasErvas aromaticas
Ervas aromaticas
 
Ervas aromáticas (final)
Ervas aromáticas (final)Ervas aromáticas (final)
Ervas aromáticas (final)
 
Cheirinho da primavera
Cheirinho da primaveraCheirinho da primavera
Cheirinho da primavera
 
Livro de Cozinha Vegetariana
Livro de Cozinha VegetarianaLivro de Cozinha Vegetariana
Livro de Cozinha Vegetariana
 
E book ervas_aromaticas
E book ervas_aromaticasE book ervas_aromaticas
E book ervas_aromaticas
 
Receitas Talharim Com Abobrinha
Receitas Talharim Com AbobrinhaReceitas Talharim Com Abobrinha
Receitas Talharim Com Abobrinha
 
Rabanete
RabaneteRabanete
Rabanete
 
Temperos naturais.,....................m
Temperos naturais.,....................mTemperos naturais.,....................m
Temperos naturais.,....................m
 
Ervas aromáticas
Ervas aromáticasErvas aromáticas
Ervas aromáticas
 
Manjerona
ManjeronaManjerona
Manjerona
 
Aurile-PT
Aurile-PTAurile-PT
Aurile-PT
 
À DESCOBERTA DAS PLANTAS AROMÁTICAS
À DESCOBERTA DAS PLANTAS AROMÁTICAS À DESCOBERTA DAS PLANTAS AROMÁTICAS
À DESCOBERTA DAS PLANTAS AROMÁTICAS
 
Livro De Receitas LinhaçA Dourada
Livro De Receitas LinhaçA DouradaLivro De Receitas LinhaçA Dourada
Livro De Receitas LinhaçA Dourada
 

Mais de rrodrigues57

O estudo dos solos
O estudo dos solosO estudo dos solos
O estudo dos solos
rrodrigues57
 
3 morfologia vegetal_folhas
3 morfologia vegetal_folhas3 morfologia vegetal_folhas
3 morfologia vegetal_folhas
rrodrigues57
 
6 morfologia vegetal_hormonas
6 morfologia vegetal_hormonas6 morfologia vegetal_hormonas
6 morfologia vegetal_hormonas
rrodrigues57
 
5 morfologia vegetal_sementes
5 morfologia vegetal_sementes5 morfologia vegetal_sementes
5 morfologia vegetal_sementes
rrodrigues57
 
4 morfologia vegetal_flores
4 morfologia vegetal_flores4 morfologia vegetal_flores
4 morfologia vegetal_flores
rrodrigues57
 
3 morfologia vegetal_folhas
3 morfologia vegetal_folhas3 morfologia vegetal_folhas
3 morfologia vegetal_folhas
rrodrigues57
 
2 morfologia vegetal_caule
2 morfologia vegetal_caule2 morfologia vegetal_caule
2 morfologia vegetal_caule
rrodrigues57
 
1 morfologia vegetal_raiz
1 morfologia vegetal_raiz1 morfologia vegetal_raiz
1 morfologia vegetal_raiz
rrodrigues57
 
Grelha de avaliação
Grelha de avaliaçãoGrelha de avaliação
Grelha de avaliação
rrodrigues57
 
Grelha de avaliação
Grelha de avaliaçãoGrelha de avaliação
Grelha de avaliação
rrodrigues57
 
Aromaticas pesquisa orientada
Aromaticas pesquisa orientadaAromaticas pesquisa orientada
Aromaticas pesquisa orientada
rrodrigues57
 
Reflexão
ReflexãoReflexão
Reflexão
rrodrigues57
 
Reflexão
ReflexãoReflexão
Reflexão
rrodrigues57
 
Pãezinhos
PãezinhosPãezinhos
Pãezinhos
rrodrigues57
 

Mais de rrodrigues57 (14)

O estudo dos solos
O estudo dos solosO estudo dos solos
O estudo dos solos
 
3 morfologia vegetal_folhas
3 morfologia vegetal_folhas3 morfologia vegetal_folhas
3 morfologia vegetal_folhas
 
6 morfologia vegetal_hormonas
6 morfologia vegetal_hormonas6 morfologia vegetal_hormonas
6 morfologia vegetal_hormonas
 
5 morfologia vegetal_sementes
5 morfologia vegetal_sementes5 morfologia vegetal_sementes
5 morfologia vegetal_sementes
 
4 morfologia vegetal_flores
4 morfologia vegetal_flores4 morfologia vegetal_flores
4 morfologia vegetal_flores
 
3 morfologia vegetal_folhas
3 morfologia vegetal_folhas3 morfologia vegetal_folhas
3 morfologia vegetal_folhas
 
2 morfologia vegetal_caule
2 morfologia vegetal_caule2 morfologia vegetal_caule
2 morfologia vegetal_caule
 
1 morfologia vegetal_raiz
1 morfologia vegetal_raiz1 morfologia vegetal_raiz
1 morfologia vegetal_raiz
 
Grelha de avaliação
Grelha de avaliaçãoGrelha de avaliação
Grelha de avaliação
 
Grelha de avaliação
Grelha de avaliaçãoGrelha de avaliação
Grelha de avaliação
 
Aromaticas pesquisa orientada
Aromaticas pesquisa orientadaAromaticas pesquisa orientada
Aromaticas pesquisa orientada
 
Reflexão
ReflexãoReflexão
Reflexão
 
Reflexão
ReflexãoReflexão
Reflexão
 
Pãezinhos
PãezinhosPãezinhos
Pãezinhos
 

Aromaticas pesquisa orientada

  • 1. AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA Os Temperos do Alentejo É espantoso o poder aromatizante destas plantas que opera alterações tão profundas e influencia de uma forma tão gostosa o sabor dos cozinhados. Efectivamente destes gestos de temperar, resulta um milagre que se repete em cada cozinhado mas que exige e tem por base um saber precioso ou seja por outras palavras o saber dos seus sabores. Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo Página 1
  • 2. AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA Aromáticas: Nomes Imagens - Hortelã - Hortelã da Ribeira ou Erva Peixeira - Doce Lima ou Erva Luísa ou Bela Luísa - Erva-cidreira ou Melissa - Tomilho -Segurelha Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo Página 2
  • 3. AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA - Açafrão -Coentros - Salsa - Poejos - Alhos Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo Página 3
  • 4. AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA - Alecrim - Cebolas - Louro - Orégãos Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo Página 4
  • 5. AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA - Limão - Laranja Nome das Utilização das Aromáticas: Aromáticas: * Alecrim Alecrim – Muitas vezes usado com borrego, o alecrim também é excelente com carne de porco, coelho, frango e salsichas. Tem um sabor forte, pelo que convém usá-Io parcimoniosamente e finamente picado. Os pés inteiros fazem uma boa base para grelhar carne ou criação. Experimente-o em infusão em pratos doces, como cremes, molhos doces, xaropes e gelado de baunilha. Francês = romarin, Inglês = rosemary, Espanhol = romero, Italiano = rosmarino Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo Página 5
  • 6. AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA *Alho Alho - O aroma do alho nos cozinhados é mais apetitoso do que qualquer outro. Liga bem com quase todos os ingredientes, excepto os mais delicados, se for utilizado da maneira devida. Quando cru ou ligeiramente cozinhado, o seu gosto é forte e intenso, mas, quando cozinhado durante longo tempo com calor brando, o alho torna-se suave e doce. Por isso alguns pratos ou molhos necessitam apenas de uma pequena porção de alho, enquanto os pratos de cozedura prolongada beneficiam da adição de diversos dentes. Até mesmo as pessoas que afirmam não gostar de alho ficam surpreendidas com a melhoria de sabor.Francês = ail, Inglês = garlic, Espanhol = ajo, Italiano = aglio *Cebola A cebola é usada principalmente como condimento, realçando o sabor dos alimentos. Entretanto, também pode ser utilizada crua em saladas e entradas e no preparo de sopas, patês, pães, biscoitos, ou frita à milanesa. A cebola assada com casca, no espeto, é um excelente acompanhamento para churrasco. A cebola congelada somente é adequada para uso em pratos cozidos ou assados. Para descongelar, coloque-a em água fervente com sal, ou diretamente ao fogo, durante o preparo do prato. * Açafrão Açafrão – Planta herbácea, bulbosa. Folhas compridas, arroxeadas. Flor amarela ou vermelha. Os estigmas dissecados fornecem o “açafrão” conhecido no comércio, e que é uma matéria amarela usada como corante e condimento. É utilizado para dar uma coloração amarelada ao arroz e em sopas e massas e na indústria alimentícia como condimento, corante natural e aromatizante. Usada principalmente na elaboração de risotos, paella, sopa de peixe e bacalhau à espanhola. Os estigmas encerram propriedades emenagogas, antiespasmódicas, eupépticas, sedativas. São empregados nos casos de asma, coqueluche, histeria, bem como contra os cálculos dos rins, do fígado e da bexiga. Oito a dez estigmas, em infusão, são suficientes para um chá. Para combater as hemorróidas, aplicam-se cataplasmas quentes, preparados com a infusão desta planta (três gramas para uma xícara de água). Consumo Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo Página 6
  • 7. AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA desaconselhável para mulheres grávidas. *Coentros Coentros - As folhas, as raízes, os caules e as sementes desta erva, fortemente aromática, têm gostos levemente diferentes. As folhas frescas são bonitas e dão imediatamente um gosto exótico a qualquer prato, se forem adicionadas antes de servir; também são excelentes em saladas e como guarnição. Pode cozinhar as raÍzes e os caules nos estufados e sopas, mas retire-as antes de servir Francês = coriandre, Inglês = coriander, Espanhol = culantro, Italiano = coriando| *Erva – Cidreira Erva- cidreira - Estas folhas frescas têm um sabor e um aroma semelhantes ao do limão. Utilizam-se as folhas inteiras em ponches e bebidas de frutas e as folhas cortadas em sopas e saladas. *Erva Luísa Francês = mélisse citronné, Inglês = balm, Espanhol = toronjil, Italiano = cedronella Erva Luísa – O perfume sublime desta planta, faz com que seja usada em perfumaria e as suas folhas em fitoterapia, num chá preparado com 3 a 5 folhas e tomado ao deitar para noites de sono. Tambem auxilia a digestão e é um suave sedativo e calmante, com aroma e gosto a limão. Este chá não deve ser consumido a longo prazo pois pode causar problemas de digestão e gástricos. As folhas podem *Hortelã tambem aromatizar azeites e vinagres, sobremesas de fruta e gelatinas. Hortelã - Entre as mais importantes ervas culinárias encontra-se a hortelã, que tem uma vasta gama de sabores -conforme a variedade. Como alternativa ao molho de hortelã, é excelente espetada num assado ou estufado de borrego; picada, fica bem em sopas de creme e em almôndegas. Tem um sabor interessante quando adicionada a molhos picantes de frutas e especiarias, a groselha negra, ameixas e outros frutos de Verão em calda, e fica óptima em saladas de fruta. A hortelã picada também pode ser espalhada sobre legumes cozidos. Francês = menthe, Inglês = mint, Espanhol = hierbabuena, Italiano = menta Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo Página 7
  • 8. AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA *Hortelã da Ribeira Hortelã-da-Ribeira – É muito apreciada nos pratos de peixe, nas caldeiradas e nos caldos de peixe daí tambem ser conhecida nalguns lugares por erva peixeira. No entanto é excelente na aromatização das carnes, nomeadamente na caça como no coelho bravo. A hortelã da ribeira (mentha cervina) vai *Laranja escasseando na natureza devido ao facto de ser menos competitiva em relação a outras plantas do mesmo género e quando lhe destroem o seu habitat natural. A laranja, especialmente o seu sumo, é um remédio para muitas mazelas. A laranja é refrescante e diurética. Graças aos seus princípios açucarados e ligeiramente ácidos, a laranja estimula o paladar, abre o apetite, acalma a sede, favorece a secreção de suco gástrico, e de todos os líquidos do tubo digestivo. Os lactentes devem tomar sumo de laranja para que lhes sejam supridas certas vitaminas (principalmente o ácido ascórbico) que a alimentação artificial não fornece. Após o sexto mês as mães podem administrar sumo de laranja aos seus bebés. Graças às suas vitaminas, a laranja é não só um alimento, mas também um remédio contra várias doenças, como, por exemplo, o escorbuto e a constipação. Pelo seu conteúdo em sais alcalinos, o sumo * Limão estimula favoravelmente na eliminação do ácido úrico e impede a acidose, o terror das pessoas que levam vida sedentária e dos que alcançaram idade avançada. Os que abusaram de carne na alimentação devem, pois, beber sumo natural de laranja. O limão, como sempre disseram os mais velhos, oferece diversos benefícios a saúde. Ajuda a prevenir resfriados, a emagrecer e até a evitar problemas de coração e circulação. Também é bom para manter o colesterol sob controlo, ajuda no Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo Página 8
  • 9. AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA trabalho dos rins, na digestão e na regulação do açúcar do sangue. Ajuda a impedir a formação de *Poejo cálculos renais, além de auxiliar no emagrecimento. "Quem quer perder peso deve incluir o limão na dieta. Ele dá sensação de saciedade mais rápido. Age também como regulador O Poejo – Tem um aroma agradável, uma acção *Tomilho expectorante e antitússica, para alem disso é um excelente digestivo, tónico estomacal e anti-séptico. O chá de poejo é recomendado para dores menstruais, para limpar o útero depois da gravidez ou mesmo quando se tem quistos nos ovários. Também se usa para a tosse e as constipações. Para se preparar o chá usam-se 10 gramas do caule, folhas e flores, previamente secos para ¼ de litro de água. * Louro Tomilho - É adequado para pratos de longa cozedura e estufados. Ao contrário da maior parte das ervas, com excepção dos orégãos, o tomilho é tão bom seco como fresco. É maravilhoso com borrego, mas também é bom com porco, frango, peixe e ovos. Deve ser utilizado com parcimónia porque o seu sabor se sobrepõe facilmente a todos os outros. Francês = thym, Inglês = thyme, Espanhol = tomillo, Italiano =Timo Louro - As aromáticas folhas de louro são utilizadas frescas ou secas e têm um lugar essencial num *Salsa ramo de cheiros. Ficam particularmente bem no peixe e também com caça e com legumes como o feijão. Se se extrair a nervura central das folhas e estas forem finamente picadas, produzem um magnífico efeito nos molhos de natas e ovos. Nos cremes doces, faz-se uma infusão das folhas inteiras em leite quente, antes de levar ao lume. Ao cozer batatas, junte-as à água. Francês = laurier, Inglês = laurel ou bay leaf, Espanhol = laurel, Italiano =Lauro Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo Página 9
  • 10. AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA Salsa – Embora tradicionalmente utilizada apenas para guarnição, a salsa fresca também dá um excelente sabor a sopas e molhos. Existem duas variedades, com folhas lisas ou frisadas, sendo a de *Segurelha folhas lisas mais decorativa e de sabor mais forte. Muita salsa picada, um pouco de alho esmagado e azeite extravirgem aromatizado constituem um excelente toque de acabamento para pratos de carne e peixe grelhados. A salsa também pode ser frita e servida com o peixe, ou reduzida a puré, com um pouco de manteiga, para obtenção de um molho rápido para servir com frango ou vitela. Em alturas de abundância, a salsa faz uma boa salada e pode ser utilizada para fazer um molho verde. Francês = persil, Inglês = parsley, Espanhol = perejil, Italiano = prezzemolo. Segurelha - As variedades de Inverno e de Verão desta erva sabem vagamente a tomilho, mas são mais amargas. A segurelha de Inverno é ligeiramente mais suave. Utiliza-se (com discrição) em sopas de feijão verde, feijão com massa, em guisados e carne estufada. Francês = sarriette, Inglês = savory, Espanhol = ajedrea, Italiano = santoreggia. Cancioneiro do Alentejo Temas Musicais Letras: Mote 1. Laranja da China Olha a laranja da china Grupo de Cantares de Portel Criada no arvoredo Não te ponhas à esquina Que eu passo e não tenho medo Que eu passo e não tenho medo Que eu passo e não faço mal Olha a laranja da china Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo Página 10
  • 11. AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA Criada no laranja O´loureiro, ó loureiro, 2. Loureiro O loureiro ramalhudo, O loureiro diz que paga, Grupo de Cantares de Portel O loureiro paga tudo! 3. Tenho no quintal um limoeiro Tenho no quintal um limoeiro Junto ao canteiro da hortelã Grupo Os Banza Ele dá limões o ano inteiro Em troca rego todas as manhãs Em troca rego todas as manhãs Isto é, se não chover primeiro Junto ao canteiro da hortelã Tenho no quintal um limoeiro 4. Açorda de alho: É fácil fazer Dá pouco trabalho Grupo Os Banza É água a ferver Coentros e alho Ó erva cidreira 5. Erva-cidreira Que estás no alpendre Quanto mais se rega Entro Cante Mais a silva pende Mais a silva pende, mais a rosa cheira Que estás no alpendre Ó erva cidreira Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo Página 11
  • 12. AROMÁTICAS DA NOSSA HORTA Inês Massapina; Pedro Farinha e Fernando Lobo Página 12