SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL EDESENVOLVIMENTO TERRITORIAL E
INDICADORES SOCIAIS:INDICADORES SOCIAIS:
UM ESTUDO DO BANCO COMUNITÁRIO DE DESENVOLVIMENTOUM ESTUDO DO BANCO COMUNITÁRIO DE DESENVOLVIMENTO
JARDIM BOTÂNICO E DA COMUNIDADE SÃO RAFAELJARDIM BOTÂNICO E DA COMUNIDADE SÃO RAFAEL
João Pessoa - PB
12 de junho de 2015
PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO
CIENTÍFICA (PIBIC/CNPq/UFPB) – 2013/2014
- Grande questão: como analisar o desenvolvimento de comunidades
socioeconomicamente vulneráveis => Uso de indicadores sociais: Felicidade Interna
Bruta (FIB)
- Objetivo:
• Analisar os índices de satisfação, felicidade e sentimento de bem estar da
comunidade São Rafael, a partir da Felicidade Interna Bruta, assim como
investigar de que maneira os processos financeiros desencadeados pelo Banco
Comunitário com a moeda social se traduzem em apoio e fomento ao
desenvolvimento local e comunitário.
INTRODUÇÃOINTRODUÇÃO
Fonte: Acervo do CPCC
- Pesquisas estruturadas (130 questionários, 68 questões fechadas e abertas) e semiestruturadas
(com moradores e lideranças comunitárias).
- Tabulação no software estatístico SPSS 17.0.
METODOLOGIA:
FELICIDADE INTERNA BRUTA
METODOLOGIA:
FELICIDADE INTERNA BRUTA
FIBFIB
Bem estar
psicológico
Padrão de
Vida
Boa
Governança
Diversidade
e Resiliência
Ecológica
Educação
Saúde
Diversidade
Cultural
Vitalidade
Comunitária
Uso do
Tempo
DIMENSÃO 1: BEM ESTAR PSICOLÓGICO
Gráfico I - Autoavaliação de felicidade – inicio e fim da pesquisa
Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria.
DIMENSÃO 1: BEM ESTAR PSICOLÓGICO
Gráfico II – Grau de Felicidade
Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria.
Muito felizes: família, amizades e por gostarem da
comunidade.
Não informado/não muito felizes: problemas de
segurança, drogas e poluição.
DIMENSÃO 2: PADRÃO DE VIDA
Gráfico III – Renda Atual
Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria.
- A renda tem melhorado ao longo do tempo.
- Situação Financeira: melhorou (66,2%), permaneceu a mesma (26,9%), caiu (4%) e não informado (2,3%).
- Renda: suficiente (70,8%), insuficiente (25,4%), mais que suficiente (1,5%).
- Equilíbrio financeiro: controla o orçamento (68,5%), poupam (53,1%), habitações próprias (80,8%).
- Gráfico: outros membros da família têm buscado fontes de renda. Benefícios sociais (50%).
DIMENSÃO 3: USO DO TEMPO
Gráfico IV – Tempo utilizado com a realização de atividades que gostam, em uma semana.
- Tempo de lazer: amigos (31,5%), vizinhos (22,5%), família (54,6%), praça (9,2%) e outros (17,7%).
Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria.
DIMENSÃO 4: VITALIDADE COMUNITÁRIA
Conhece o Banco Comunitário Jardim
Botânico?
Total
Sim Não
Sente-se parte da
comunidade?
Sim 66,4% 33,6% 100%
Não 47,4% 52,6% 100%
Total 63,5% 36,5% 100%
Tabela I – Relação de pertencimento da comunidade e conhecimento do BCDJB
Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria.
-Pertencimento a comunidade: sim (82,3%), não (14,6%) e não informado (3,1%).
-BCDJB: conhecem (61,5%), não conhecem (35,4%) e não informado (3,1%).
- Utilização da Orquídea: sim (16,2%), não (80,8%) e não informado (3,1%).
- Serviços BCDJB: sim (7,7%), não (86,2%) e não informado (6,2%)
DIMENSÃO 4: VITALIDADE COMUNITÁRIA
O Banco Comunitário trará
benefícios para a comunidade?
Total
Sim Não
Conhece o
Banco
Comunitário?
Sim
95,9% 4,1% 100%
Não
90,5% 9,5% 100%
Total 94% 6% 100%
Tabela II – Relação de conhecimento do BCD com os possíveis benefícios do mesmo
Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria.
-Segurança: sim (50%), bastante (18,5%), inseguros (14,6%), pouco (13,8%) e não informado (3,1%).
- Participação em festividades, reuniões e atividades comunitárias: raramente (68,5%) e organizações sociais
(15,4%)
DIMENSÃO 5: DIVERSIDADE CULTURAL
Gráfico V – Valores e princípios da vida
Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria.
DIMENSÃO 5: DIVERSIDADE CULTURAL
Gráfico VI – Avaliação da relação de atividades entre homens e mulheres
Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria.
- Atividades culturais: sim (20%), não (75,4%) e não informado (4,6%).
DIMENSÃO 6: SAÚDE
Gráfico VII – Relação das pessoas que fumam ou não com a autoavaliação de saúde.
Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria.
-Autoavaliação: boa (33,1%), regular/franca (17,7%), muito boa (15,4%), não informado (4,6%).
- Fuma: sim (15,4%). Frequência: diariamente (83,3%), certa frequência (5,6%), raramente (11,1%).
DIMENSÃO 7: EDUCAÇÃO
Gráfico VIII – Relação de onde estudam e a satisfação com a qualidade do ensino.
Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria.
-Estudam: comunidade (4,6%), não estudam (66,2%), fora (20%), não informado (8,5%).
- Educação desejada: graduação (26,9%), nenhum (20%), técnico (16,2%), ensino médio (12,3%), ensino
fundamental (8,5%), especialização (6,9%), alfabetização (2,3%), não informado (6,9%).
DIMENSÃO 8: DIVERSIDADE E RESILIÊNCIA
ECOLÓGICA
Gráfico IX – Avaliação dos principais problemas da comunidade.
Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria.
-Os moradores apresentaram um bom conhecimento dos aspectos ecológicos do entorno da comunidade
(Jardim Botânico e animais da Mata do Buraquinho).
-Respeito as diversidades: sim (85,4%), não (8,5%), não informado (6,2%).
DIMENSÃO 9: BOA GOVERNANÇA
Gráfico X– Avaliação do governo local
Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria.
CONSIDERAÇÕES FINAIS
1) Bem estar psicológico: comunidade em equilíbrio, elevado grau de felicidade. Nenhum indicador considerado
como ponto de atenção estratégico.
2) Padrão de vida: melhoria na situação financeira, consideram-se equilibrados financeiramente, possuem
propriedade habitacional (estabilidade).
3) Uso do tempo: problemas na administração do tempo (execução das atividades e realização de atividades que
gosta. Necessita de atenção especial.
4) Vitalidade comunitária: boa organização comunitária, sentimento de pertencimento. A comunidade acredita nos
benefícios futuros com o BCD, no entanto, necessita-se de ações estratégicas para os serviços do BCDJB.
5) Diversidade Cultural: o principio da riqueza foi avaliado como não importante, gerando reflexões se realmente a
acumulação de bens materiais é fundamental para atingir níveis de felicidade.
6) Saúde: consideram sua saúde boa e uma pequena parcela da população fuma.
7) Educação: necessita de atenção especial, tanto pela alta proporção de pessoas que não estudam quanto pela alta
proporção de pessoas que se deslocam para outros bairros para estudar.
8) Diversidade e resiliência ecológica: bom conhecimento da diversidade ecológica, no entanto, apresenta
problemas com tráfico de drogas, seguido do lixo urbano e de habitação.
9) Boa governança: boa organização local que tem buscado novas possibilidades de desenvolvimento local e de
diálogo dos principais problemas da comunidade, no entanto, falta uma maior inserção do poder público local.
REFERÊNCIAS
BANCO PALMAS 15 anos: resistindo e inovando/ Núcleo de Economia Solidária – NESOL-USP e Instituto Palmas – São Paulo: A9 Editora, 2013.
DOWBOR, Ladislau. Democracia Econômica: alternativas de gestão social. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2008.
FRANÇA FILHO, G. e SILVA JUNIOR, J. Bancos Comunitários de Desenvolvimento. In.: Dicionário Internacional da Outra Economia. São Paulo: Almedina, 2009.
________________ e _______________. Incubação de Redes Locais de Economia Solidária: lições e aprendizados a partir da experiência do Projeto Eco-Luzia e da Metodologia da
ITES/UFBA. Revista Organização e Sociedade. Salvador, v.16, n. 51, p. 725-747, out./dez. 2009.
GREMAUD, Amaury Patrick; VASCONCELOS, Marco Antonio Sandoval de; TONETO JR, Rudnei. Da Crise ao Milagre (1960-1973). In: Economia brasileira contemporânea. 4. ed.
São Paulo: Atlas, 2002, p. 384-409.
LACERDA, Antônio Corrêa de; BOCCHI, João Ildebrando; REGO, José Márcio; BORGES, Maria Angélica; MARQUES, Rosa Maria, Economia brasileira. 5. ed. São Paulo: Saraiva,
2013.
LUCENA, Sarah Araújo de. A implantação de um Banco Comunitário de desenvolvimento: um estudo de caso sobre o processo organizativo comunitário. 2013, 192 f. Dissertação
(Mestrado Profissional em Gestão em Organizações Aprendentes) - UFPB, João Pessoa, 2013.
LUSTOSA, Alberto Elias; MELO, Lucelena Fátima de. Felicidade Interna Bruta (FIB) – Índice Sustentável. In: SEPLAN. Conjuntura Econômica Goiana: boletim trimestral. Goiana, n.
14, abr./jun., 2010. Disponível em: < http://www.seplan.go.gov.br/sepin/down/Conjuntura14.pdf>. Acesso em: 10 jul. 2014.
MELO NETO, J. J. e MAGALHÃES, S. Bancos Comunitários. In.: Mercado de Trabalho, Conjuntura e Análise. Brasília: IPEA – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, n. 41, nov.
2009. p. 59-64.
______ ______. Bairros Pobres, Ricas Soluções: Banco Palmas, ponto a ponto. Fortaleza: Expressão Gráfica, 2008.
SILVA, Fabiana Santos da. Felicidade Interna Bruta (FIB) em Serra Grande, Bahia. 2011, 143 f. Dissertação de Mestrado – IPÊ – Instituto de Pesquisas Ecológicas, Serra Grande,
2011.
SINGER, Paul. Introdução à Economia Solidária. 1 ed. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2002.
______. Finanças Solidárias e Moeda Social. In: Perspectivas e desafios para a inclusão financeira no Brasil: visão de diferentes autores. Brasília: Banco Central do Brasil, 2009. P. 69-
78.
VANÍCOLA, Cássia Regina. “Índice de Felicidade Interna, o Produto Interno Bruto das Nações e outros Indicadores Quantitativos: um estudo sobre as suas relações”. Disponível
em: <http://www.aedb.br/seget/artigos08/323_Indice%20de%20Felicidade%20Interna_SEGeT.pdf>. Acesso em: 11 jun. 2014.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Bullying
BullyingBullying
Bullying
 
Aula empreendedorismo
Aula empreendedorismoAula empreendedorismo
Aula empreendedorismo
 
Física do led
Física do led  Física do led
Física do led
 
Palestra Motivacional Ensino Médio
Palestra Motivacional Ensino MédioPalestra Motivacional Ensino Médio
Palestra Motivacional Ensino Médio
 
Violência Na Escola
Violência Na EscolaViolência Na Escola
Violência Na Escola
 
Emoções
EmoçõesEmoções
Emoções
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Autismo: o que os profissionais precisam saber?
Autismo: o que os profissionais precisam saber?Autismo: o que os profissionais precisam saber?
Autismo: o que os profissionais precisam saber?
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
 
Cidadania
CidadaniaCidadania
Cidadania
 
AS EMOÇÕES
AS EMOÇÕESAS EMOÇÕES
AS EMOÇÕES
 
Avaliacao relacoes socio profissionais cidadania e etica
Avaliacao   relacoes socio profissionais cidadania e eticaAvaliacao   relacoes socio profissionais cidadania e etica
Avaliacao relacoes socio profissionais cidadania e etica
 
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Violência
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre ViolênciaSlides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Violência
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Violência
 
Saúde Mental de Crianças: sinais de alerta para a APS
Saúde Mental de Crianças: sinais de alerta para a APSSaúde Mental de Crianças: sinais de alerta para a APS
Saúde Mental de Crianças: sinais de alerta para a APS
 
Protagonismo juvenil
Protagonismo juvenilProtagonismo juvenil
Protagonismo juvenil
 
O jogo da ética
O jogo da éticaO jogo da ética
O jogo da ética
 
Autismo aula power point
Autismo aula power pointAutismo aula power point
Autismo aula power point
 
ÁLcool e outras drogas
ÁLcool e outras  drogasÁLcool e outras  drogas
ÁLcool e outras drogas
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Empreendedorismo
EmpreendedorismoEmpreendedorismo
Empreendedorismo
 

Destaque

DECRETO Nº 7.358, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2010
DECRETO Nº 7.358, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2010DECRETO Nº 7.358, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2010
DECRETO Nº 7.358, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2010INSTITUTO VOZ POPULAR
 
TERMO DE REFERÊNCIA DOS BANCOS COMUNITÁRIOS
TERMO DE REFERÊNCIA DOS BANCOS COMUNITÁRIOSTERMO DE REFERÊNCIA DOS BANCOS COMUNITÁRIOS
TERMO DE REFERÊNCIA DOS BANCOS COMUNITÁRIOSINSTITUTO VOZ POPULAR
 
PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº , DE 2007 (Da Sra. Luiza Erundina)
PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº , DE 2007 (Da Sra. Luiza Erundina)PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº , DE 2007 (Da Sra. Luiza Erundina)
PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº , DE 2007 (Da Sra. Luiza Erundina)INSTITUTO VOZ POPULAR
 
APRESENTAÇÃO - ENTIDADE GESTORA DO BCD
APRESENTAÇÃO - ENTIDADE GESTORA DO BCDAPRESENTAÇÃO - ENTIDADE GESTORA DO BCD
APRESENTAÇÃO - ENTIDADE GESTORA DO BCDINSTITUTO VOZ POPULAR
 
LISTA DE BANCOS COMUNITÁRIOS DE DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE
LISTA DE BANCOS COMUNITÁRIOS DE DESENVOLVIMENTO DO NORDESTELISTA DE BANCOS COMUNITÁRIOS DE DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE
LISTA DE BANCOS COMUNITÁRIOS DE DESENVOLVIMENTO DO NORDESTEINSTITUTO VOZ POPULAR
 
APRESENTAÇÃO - MAPEAMENTO SOCIOECONÔMICO
APRESENTAÇÃO - MAPEAMENTO SOCIOECONÔMICOAPRESENTAÇÃO - MAPEAMENTO SOCIOECONÔMICO
APRESENTAÇÃO - MAPEAMENTO SOCIOECONÔMICOINSTITUTO VOZ POPULAR
 
APRESENTAÇÃO PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIOS
APRESENTAÇÃO PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIOSAPRESENTAÇÃO PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIOS
APRESENTAÇÃO PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIOSINSTITUTO VOZ POPULAR
 
APRESENTAÇÃO - CONSELHO GESTOR BCD
APRESENTAÇÃO - CONSELHO GESTOR BCDAPRESENTAÇÃO - CONSELHO GESTOR BCD
APRESENTAÇÃO - CONSELHO GESTOR BCDINSTITUTO VOZ POPULAR
 
APRESENTAÇÃO - FINANÇAS SOLIDÁRIAS
APRESENTAÇÃO - FINANÇAS SOLIDÁRIASAPRESENTAÇÃO - FINANÇAS SOLIDÁRIAS
APRESENTAÇÃO - FINANÇAS SOLIDÁRIASINSTITUTO VOZ POPULAR
 
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIALAPRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIALINSTITUTO VOZ POPULAR
 
APRESENTAÇÃO - BANCOS COMUNITÁRIOS
APRESENTAÇÃO - BANCOS COMUNITÁRIOSAPRESENTAÇÃO - BANCOS COMUNITÁRIOS
APRESENTAÇÃO - BANCOS COMUNITÁRIOSINSTITUTO VOZ POPULAR
 
CORRESPONDENTES BANCÁRIOS NO BRASIL
CORRESPONDENTES BANCÁRIOS NO BRASILCORRESPONDENTES BANCÁRIOS NO BRASIL
CORRESPONDENTES BANCÁRIOS NO BRASILINSTITUTO VOZ POPULAR
 
APRESENTAÇÃO - MEI DECLARAÇÃO ANUAL
APRESENTAÇÃO - MEI DECLARAÇÃO ANUALAPRESENTAÇÃO - MEI DECLARAÇÃO ANUAL
APRESENTAÇÃO - MEI DECLARAÇÃO ANUALINSTITUTO VOZ POPULAR
 
APRESENTAÇÃO - A ORIGEM DO DINHEIRO
APRESENTAÇÃO - A ORIGEM DO DINHEIROAPRESENTAÇÃO - A ORIGEM DO DINHEIRO
APRESENTAÇÃO - A ORIGEM DO DINHEIROINSTITUTO VOZ POPULAR
 
APRESENTAÇÃO - POLÍTICA DE CRÉDITO PARA BCD
APRESENTAÇÃO - POLÍTICA DE CRÉDITO PARA BCDAPRESENTAÇÃO - POLÍTICA DE CRÉDITO PARA BCD
APRESENTAÇÃO - POLÍTICA DE CRÉDITO PARA BCDINSTITUTO VOZ POPULAR
 

Destaque (20)

APRESENTAÇÃO SOBRE MEI
APRESENTAÇÃO SOBRE MEIAPRESENTAÇÃO SOBRE MEI
APRESENTAÇÃO SOBRE MEI
 
APRESENTAÇÃO AGENTES DE CRÉDITO
APRESENTAÇÃO AGENTES DE CRÉDITOAPRESENTAÇÃO AGENTES DE CRÉDITO
APRESENTAÇÃO AGENTES DE CRÉDITO
 
DECRETO Nº 7.358, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2010
DECRETO Nº 7.358, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2010DECRETO Nº 7.358, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2010
DECRETO Nº 7.358, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2010
 
APRESENTAÇÃO - NOTA DE $ 100
APRESENTAÇÃO - NOTA DE $ 100APRESENTAÇÃO - NOTA DE $ 100
APRESENTAÇÃO - NOTA DE $ 100
 
TERMO DE REFERÊNCIA DOS BANCOS COMUNITÁRIOS
TERMO DE REFERÊNCIA DOS BANCOS COMUNITÁRIOSTERMO DE REFERÊNCIA DOS BANCOS COMUNITÁRIOS
TERMO DE REFERÊNCIA DOS BANCOS COMUNITÁRIOS
 
PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº , DE 2007 (Da Sra. Luiza Erundina)
PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº , DE 2007 (Da Sra. Luiza Erundina)PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº , DE 2007 (Da Sra. Luiza Erundina)
PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº , DE 2007 (Da Sra. Luiza Erundina)
 
APRESENTAÇÃO - ENTIDADE GESTORA DO BCD
APRESENTAÇÃO - ENTIDADE GESTORA DO BCDAPRESENTAÇÃO - ENTIDADE GESTORA DO BCD
APRESENTAÇÃO - ENTIDADE GESTORA DO BCD
 
LISTA DE BANCOS COMUNITÁRIOS DE DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE
LISTA DE BANCOS COMUNITÁRIOS DE DESENVOLVIMENTO DO NORDESTELISTA DE BANCOS COMUNITÁRIOS DE DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE
LISTA DE BANCOS COMUNITÁRIOS DE DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE
 
APRESENTAÇÃO - MAPEAMENTO SOCIOECONÔMICO
APRESENTAÇÃO - MAPEAMENTO SOCIOECONÔMICOAPRESENTAÇÃO - MAPEAMENTO SOCIOECONÔMICO
APRESENTAÇÃO - MAPEAMENTO SOCIOECONÔMICO
 
APRESENTAÇÃO PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIOS
APRESENTAÇÃO PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIOSAPRESENTAÇÃO PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIOS
APRESENTAÇÃO PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIOS
 
APRESENTAÇÃO - CONSELHO GESTOR BCD
APRESENTAÇÃO - CONSELHO GESTOR BCDAPRESENTAÇÃO - CONSELHO GESTOR BCD
APRESENTAÇÃO - CONSELHO GESTOR BCD
 
APRESENTAÇÃO - FINANÇAS SOLIDÁRIAS
APRESENTAÇÃO - FINANÇAS SOLIDÁRIASAPRESENTAÇÃO - FINANÇAS SOLIDÁRIAS
APRESENTAÇÃO - FINANÇAS SOLIDÁRIAS
 
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIALAPRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
 
APRESENTAÇÃO - BANCOS COMUNITÁRIOS
APRESENTAÇÃO - BANCOS COMUNITÁRIOSAPRESENTAÇÃO - BANCOS COMUNITÁRIOS
APRESENTAÇÃO - BANCOS COMUNITÁRIOS
 
CORRESPONDENTES BANCÁRIOS NO BRASIL
CORRESPONDENTES BANCÁRIOS NO BRASILCORRESPONDENTES BANCÁRIOS NO BRASIL
CORRESPONDENTES BANCÁRIOS NO BRASIL
 
APRESENTAÇÃO MOEDAS SOCIAIS
APRESENTAÇÃO MOEDAS SOCIAISAPRESENTAÇÃO MOEDAS SOCIAIS
APRESENTAÇÃO MOEDAS SOCIAIS
 
APRESENTAÇÃO - MEI DECLARAÇÃO ANUAL
APRESENTAÇÃO - MEI DECLARAÇÃO ANUALAPRESENTAÇÃO - MEI DECLARAÇÃO ANUAL
APRESENTAÇÃO - MEI DECLARAÇÃO ANUAL
 
APRESENTAÇÃO - A ORIGEM DO DINHEIRO
APRESENTAÇÃO - A ORIGEM DO DINHEIROAPRESENTAÇÃO - A ORIGEM DO DINHEIRO
APRESENTAÇÃO - A ORIGEM DO DINHEIRO
 
APRESENTAÇÃO CAC
APRESENTAÇÃO CACAPRESENTAÇÃO CAC
APRESENTAÇÃO CAC
 
APRESENTAÇÃO - POLÍTICA DE CRÉDITO PARA BCD
APRESENTAÇÃO - POLÍTICA DE CRÉDITO PARA BCDAPRESENTAÇÃO - POLÍTICA DE CRÉDITO PARA BCD
APRESENTAÇÃO - POLÍTICA DE CRÉDITO PARA BCD
 

Semelhante a APRESENTAÇÃO FELICIDADE INTERNA BRUTA (FIB) SÃO RAFAEL

Retratos da deficiencia no brasil
Retratos da deficiencia no brasilRetratos da deficiencia no brasil
Retratos da deficiencia no brasilRosane Domingues
 
Projeto de-vida-caminhos (1)
Projeto de-vida-caminhos (1)Projeto de-vida-caminhos (1)
Projeto de-vida-caminhos (1)Valcemi Ferreira
 
Projeto de vida: Caminhos para o desenvolvimento integral
Projeto de vida: Caminhos para o desenvolvimento integralProjeto de vida: Caminhos para o desenvolvimento integral
Projeto de vida: Caminhos para o desenvolvimento integralVocação
 
Investimento Social Privado - Apresentação Encontro de Investidores Sociais d...
Investimento Social Privado - Apresentação Encontro de Investidores Sociais d...Investimento Social Privado - Apresentação Encontro de Investidores Sociais d...
Investimento Social Privado - Apresentação Encontro de Investidores Sociais d...IDIS
 
Lançamento mapa verde são rafael jan-2011
Lançamento mapa verde são rafael   jan-2011Lançamento mapa verde são rafael   jan-2011
Lançamento mapa verde são rafael jan-2011Carloslopes1
 
Guia direitos idosos
Guia direitos idososGuia direitos idosos
Guia direitos idososMauro Moraes
 
Projeto Vocação Sustentável | CONDECA
Projeto Vocação Sustentável | CONDECA Projeto Vocação Sustentável | CONDECA
Projeto Vocação Sustentável | CONDECA Vocação
 
Probex 2017 - Lista de projetos aprovados
Probex 2017 - Lista de projetos aprovadosProbex 2017 - Lista de projetos aprovados
Probex 2017 - Lista de projetos aprovadosFelipe Pontes
 
Relatório 2009 - Projovem Adolescente Jaboatão-PE
Relatório 2009 - Projovem Adolescente Jaboatão-PERelatório 2009 - Projovem Adolescente Jaboatão-PE
Relatório 2009 - Projovem Adolescente Jaboatão-PEPROJOVEM2013
 
Família: Participação Cidadã
Família: Participação CidadãFamília: Participação Cidadã
Família: Participação CidadãVocação
 
Ações de Combate à Pobreza Rural: metodologia para avaliação de impactos
Ações de Combate à Pobreza Rural: metodologia para avaliação de impactosAções de Combate à Pobreza Rural: metodologia para avaliação de impactos
Ações de Combate à Pobreza Rural: metodologia para avaliação de impactosiicabrasil
 
Projeto de atendimento socioeducativo
Projeto de atendimento socioeducativoProjeto de atendimento socioeducativo
Projeto de atendimento socioeducativocaroline lopes
 
Planejamento estratégico completo2012/2015
Planejamento estratégico completo2012/2015Planejamento estratégico completo2012/2015
Planejamento estratégico completo2012/2015Proame
 
Quadro de Referência Orientador do Diagnóstico da Criança e do Adolescente de...
Quadro de Referência Orientador do Diagnóstico da Criança e do Adolescente de...Quadro de Referência Orientador do Diagnóstico da Criança e do Adolescente de...
Quadro de Referência Orientador do Diagnóstico da Criança e do Adolescente de...CMDCA Birigui
 

Semelhante a APRESENTAÇÃO FELICIDADE INTERNA BRUTA (FIB) SÃO RAFAEL (20)

Retratos da deficiencia no brasil
Retratos da deficiencia no brasilRetratos da deficiencia no brasil
Retratos da deficiencia no brasil
 
Projeto de-vida-caminhos (1)
Projeto de-vida-caminhos (1)Projeto de-vida-caminhos (1)
Projeto de-vida-caminhos (1)
 
Projeto de vida: Caminhos para o desenvolvimento integral
Projeto de vida: Caminhos para o desenvolvimento integralProjeto de vida: Caminhos para o desenvolvimento integral
Projeto de vida: Caminhos para o desenvolvimento integral
 
Investimento Social Privado - Apresentação Encontro de Investidores Sociais d...
Investimento Social Privado - Apresentação Encontro de Investidores Sociais d...Investimento Social Privado - Apresentação Encontro de Investidores Sociais d...
Investimento Social Privado - Apresentação Encontro de Investidores Sociais d...
 
Lançamento mapa verde são rafael jan-2011
Lançamento mapa verde são rafael   jan-2011Lançamento mapa verde são rafael   jan-2011
Lançamento mapa verde são rafael jan-2011
 
Instituto IDE Brasil
Instituto IDE BrasilInstituto IDE Brasil
Instituto IDE Brasil
 
AABB COMUNIDADE
AABB COMUNIDADEAABB COMUNIDADE
AABB COMUNIDADE
 
Guia direitos idosos
Guia direitos idososGuia direitos idosos
Guia direitos idosos
 
Projeto Vocação Sustentável | CONDECA
Projeto Vocação Sustentável | CONDECA Projeto Vocação Sustentável | CONDECA
Projeto Vocação Sustentável | CONDECA
 
Probex 2017 - Lista de projetos aprovados
Probex 2017 - Lista de projetos aprovadosProbex 2017 - Lista de projetos aprovados
Probex 2017 - Lista de projetos aprovados
 
Relatório 2009 - Projovem Adolescente Jaboatão-PE
Relatório 2009 - Projovem Adolescente Jaboatão-PERelatório 2009 - Projovem Adolescente Jaboatão-PE
Relatório 2009 - Projovem Adolescente Jaboatão-PE
 
Apresentação Curso CB -2015.pptx
Apresentação Curso CB -2015.pptxApresentação Curso CB -2015.pptx
Apresentação Curso CB -2015.pptx
 
Projeto Escolinha de Futebol FM
Projeto Escolinha de Futebol FM Projeto Escolinha de Futebol FM
Projeto Escolinha de Futebol FM
 
Família: Participação Cidadã
Família: Participação CidadãFamília: Participação Cidadã
Família: Participação Cidadã
 
ChildFund Brasil Visão Geral - ago 2014
ChildFund Brasil  Visão Geral - ago 2014ChildFund Brasil  Visão Geral - ago 2014
ChildFund Brasil Visão Geral - ago 2014
 
Ações de Combate à Pobreza Rural: metodologia para avaliação de impactos
Ações de Combate à Pobreza Rural: metodologia para avaliação de impactosAções de Combate à Pobreza Rural: metodologia para avaliação de impactos
Ações de Combate à Pobreza Rural: metodologia para avaliação de impactos
 
Coordenação e gestão local de programas integrados de atenção à primeira infâ...
Coordenação e gestão local de programas integrados de atenção à primeira infâ...Coordenação e gestão local de programas integrados de atenção à primeira infâ...
Coordenação e gestão local de programas integrados de atenção à primeira infâ...
 
Projeto de atendimento socioeducativo
Projeto de atendimento socioeducativoProjeto de atendimento socioeducativo
Projeto de atendimento socioeducativo
 
Planejamento estratégico completo2012/2015
Planejamento estratégico completo2012/2015Planejamento estratégico completo2012/2015
Planejamento estratégico completo2012/2015
 
Quadro de Referência Orientador do Diagnóstico da Criança e do Adolescente de...
Quadro de Referência Orientador do Diagnóstico da Criança e do Adolescente de...Quadro de Referência Orientador do Diagnóstico da Criança e do Adolescente de...
Quadro de Referência Orientador do Diagnóstico da Criança e do Adolescente de...
 

Mais de INSTITUTO VOZ POPULAR

APRESENTAÇÃO DO INSTITUTO VOZ POPULAR
APRESENTAÇÃO DO INSTITUTO VOZ POPULARAPRESENTAÇÃO DO INSTITUTO VOZ POPULAR
APRESENTAÇÃO DO INSTITUTO VOZ POPULARINSTITUTO VOZ POPULAR
 
MODELO DE ESTATUTO SOCIAL PARA RÁDIOS COMUNITÁRIAS
MODELO DE ESTATUTO SOCIAL PARA RÁDIOS COMUNITÁRIASMODELO DE ESTATUTO SOCIAL PARA RÁDIOS COMUNITÁRIAS
MODELO DE ESTATUTO SOCIAL PARA RÁDIOS COMUNITÁRIASINSTITUTO VOZ POPULAR
 
REGIMENTO INTERNO DO FUNDO ROTATIVO SOLIDÁRIO DO CPCC
REGIMENTO INTERNO DO FUNDO ROTATIVO SOLIDÁRIO DO CPCCREGIMENTO INTERNO DO FUNDO ROTATIVO SOLIDÁRIO DO CPCC
REGIMENTO INTERNO DO FUNDO ROTATIVO SOLIDÁRIO DO CPCCINSTITUTO VOZ POPULAR
 
APRESENTAÇÃO - COMO MONTAR UMA RÁDIO POSTE
APRESENTAÇÃO - COMO MONTAR UMA RÁDIO POSTEAPRESENTAÇÃO - COMO MONTAR UMA RÁDIO POSTE
APRESENTAÇÃO - COMO MONTAR UMA RÁDIO POSTEINSTITUTO VOZ POPULAR
 
LEI nº 6.615 78 (PROFISSÃO DO RADIALISTA)
LEI nº 6.615 78 (PROFISSÃO DO RADIALISTA)LEI nº 6.615 78 (PROFISSÃO DO RADIALISTA)
LEI nº 6.615 78 (PROFISSÃO DO RADIALISTA)INSTITUTO VOZ POPULAR
 
APRESENTAÇÃO FUNDOS ROTATIVOS SOLIDÁRIOS
APRESENTAÇÃO FUNDOS ROTATIVOS SOLIDÁRIOSAPRESENTAÇÃO FUNDOS ROTATIVOS SOLIDÁRIOS
APRESENTAÇÃO FUNDOS ROTATIVOS SOLIDÁRIOSINSTITUTO VOZ POPULAR
 
APRESENTAÇÃO O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIA
APRESENTAÇÃO O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIAAPRESENTAÇÃO O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIA
APRESENTAÇÃO O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIAINSTITUTO VOZ POPULAR
 

Mais de INSTITUTO VOZ POPULAR (10)

APRESENTAÇÃO DO INSTITUTO VOZ POPULAR
APRESENTAÇÃO DO INSTITUTO VOZ POPULARAPRESENTAÇÃO DO INSTITUTO VOZ POPULAR
APRESENTAÇÃO DO INSTITUTO VOZ POPULAR
 
MODELO DE ESTATUTO SOCIAL PARA RÁDIOS COMUNITÁRIAS
MODELO DE ESTATUTO SOCIAL PARA RÁDIOS COMUNITÁRIASMODELO DE ESTATUTO SOCIAL PARA RÁDIOS COMUNITÁRIAS
MODELO DE ESTATUTO SOCIAL PARA RÁDIOS COMUNITÁRIAS
 
REGIMENTO INTERNO DO FUNDO ROTATIVO SOLIDÁRIO DO CPCC
REGIMENTO INTERNO DO FUNDO ROTATIVO SOLIDÁRIO DO CPCCREGIMENTO INTERNO DO FUNDO ROTATIVO SOLIDÁRIO DO CPCC
REGIMENTO INTERNO DO FUNDO ROTATIVO SOLIDÁRIO DO CPCC
 
APRESENTAÇÃO - COMO MONTAR UMA RÁDIO POSTE
APRESENTAÇÃO - COMO MONTAR UMA RÁDIO POSTEAPRESENTAÇÃO - COMO MONTAR UMA RÁDIO POSTE
APRESENTAÇÃO - COMO MONTAR UMA RÁDIO POSTE
 
APRESENTAÇÃO - WEB RÁDIO
APRESENTAÇÃO - WEB RÁDIOAPRESENTAÇÃO - WEB RÁDIO
APRESENTAÇÃO - WEB RÁDIO
 
LEI nº 6.615 78 (PROFISSÃO DO RADIALISTA)
LEI nº 6.615 78 (PROFISSÃO DO RADIALISTA)LEI nº 6.615 78 (PROFISSÃO DO RADIALISTA)
LEI nº 6.615 78 (PROFISSÃO DO RADIALISTA)
 
APRESENTAÇÃO E-DINHEIRO
APRESENTAÇÃO  E-DINHEIROAPRESENTAÇÃO  E-DINHEIRO
APRESENTAÇÃO E-DINHEIRO
 
APRESENTAÇÃO FUNDOS ROTATIVOS SOLIDÁRIOS
APRESENTAÇÃO FUNDOS ROTATIVOS SOLIDÁRIOSAPRESENTAÇÃO FUNDOS ROTATIVOS SOLIDÁRIOS
APRESENTAÇÃO FUNDOS ROTATIVOS SOLIDÁRIOS
 
COOPERATIVAS DE CRÉDITO
COOPERATIVAS DE CRÉDITOCOOPERATIVAS DE CRÉDITO
COOPERATIVAS DE CRÉDITO
 
APRESENTAÇÃO O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIA
APRESENTAÇÃO O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIAAPRESENTAÇÃO O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIA
APRESENTAÇÃO O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIA
 

APRESENTAÇÃO FELICIDADE INTERNA BRUTA (FIB) SÃO RAFAEL

  • 1. DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL EDESENVOLVIMENTO TERRITORIAL E INDICADORES SOCIAIS:INDICADORES SOCIAIS: UM ESTUDO DO BANCO COMUNITÁRIO DE DESENVOLVIMENTOUM ESTUDO DO BANCO COMUNITÁRIO DE DESENVOLVIMENTO JARDIM BOTÂNICO E DA COMUNIDADE SÃO RAFAELJARDIM BOTÂNICO E DA COMUNIDADE SÃO RAFAEL João Pessoa - PB 12 de junho de 2015 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PIBIC/CNPq/UFPB) – 2013/2014
  • 2. - Grande questão: como analisar o desenvolvimento de comunidades socioeconomicamente vulneráveis => Uso de indicadores sociais: Felicidade Interna Bruta (FIB) - Objetivo: • Analisar os índices de satisfação, felicidade e sentimento de bem estar da comunidade São Rafael, a partir da Felicidade Interna Bruta, assim como investigar de que maneira os processos financeiros desencadeados pelo Banco Comunitário com a moeda social se traduzem em apoio e fomento ao desenvolvimento local e comunitário. INTRODUÇÃOINTRODUÇÃO Fonte: Acervo do CPCC
  • 3. - Pesquisas estruturadas (130 questionários, 68 questões fechadas e abertas) e semiestruturadas (com moradores e lideranças comunitárias). - Tabulação no software estatístico SPSS 17.0. METODOLOGIA: FELICIDADE INTERNA BRUTA METODOLOGIA: FELICIDADE INTERNA BRUTA FIBFIB Bem estar psicológico Padrão de Vida Boa Governança Diversidade e Resiliência Ecológica Educação Saúde Diversidade Cultural Vitalidade Comunitária Uso do Tempo
  • 4. DIMENSÃO 1: BEM ESTAR PSICOLÓGICO Gráfico I - Autoavaliação de felicidade – inicio e fim da pesquisa Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria.
  • 5. DIMENSÃO 1: BEM ESTAR PSICOLÓGICO Gráfico II – Grau de Felicidade Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria. Muito felizes: família, amizades e por gostarem da comunidade. Não informado/não muito felizes: problemas de segurança, drogas e poluição.
  • 6. DIMENSÃO 2: PADRÃO DE VIDA Gráfico III – Renda Atual Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria. - A renda tem melhorado ao longo do tempo. - Situação Financeira: melhorou (66,2%), permaneceu a mesma (26,9%), caiu (4%) e não informado (2,3%). - Renda: suficiente (70,8%), insuficiente (25,4%), mais que suficiente (1,5%). - Equilíbrio financeiro: controla o orçamento (68,5%), poupam (53,1%), habitações próprias (80,8%). - Gráfico: outros membros da família têm buscado fontes de renda. Benefícios sociais (50%).
  • 7. DIMENSÃO 3: USO DO TEMPO Gráfico IV – Tempo utilizado com a realização de atividades que gostam, em uma semana. - Tempo de lazer: amigos (31,5%), vizinhos (22,5%), família (54,6%), praça (9,2%) e outros (17,7%). Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria.
  • 8. DIMENSÃO 4: VITALIDADE COMUNITÁRIA Conhece o Banco Comunitário Jardim Botânico? Total Sim Não Sente-se parte da comunidade? Sim 66,4% 33,6% 100% Não 47,4% 52,6% 100% Total 63,5% 36,5% 100% Tabela I – Relação de pertencimento da comunidade e conhecimento do BCDJB Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria. -Pertencimento a comunidade: sim (82,3%), não (14,6%) e não informado (3,1%). -BCDJB: conhecem (61,5%), não conhecem (35,4%) e não informado (3,1%). - Utilização da Orquídea: sim (16,2%), não (80,8%) e não informado (3,1%). - Serviços BCDJB: sim (7,7%), não (86,2%) e não informado (6,2%)
  • 9. DIMENSÃO 4: VITALIDADE COMUNITÁRIA O Banco Comunitário trará benefícios para a comunidade? Total Sim Não Conhece o Banco Comunitário? Sim 95,9% 4,1% 100% Não 90,5% 9,5% 100% Total 94% 6% 100% Tabela II – Relação de conhecimento do BCD com os possíveis benefícios do mesmo Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria. -Segurança: sim (50%), bastante (18,5%), inseguros (14,6%), pouco (13,8%) e não informado (3,1%). - Participação em festividades, reuniões e atividades comunitárias: raramente (68,5%) e organizações sociais (15,4%)
  • 10. DIMENSÃO 5: DIVERSIDADE CULTURAL Gráfico V – Valores e princípios da vida Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria.
  • 11. DIMENSÃO 5: DIVERSIDADE CULTURAL Gráfico VI – Avaliação da relação de atividades entre homens e mulheres Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria. - Atividades culturais: sim (20%), não (75,4%) e não informado (4,6%).
  • 12. DIMENSÃO 6: SAÚDE Gráfico VII – Relação das pessoas que fumam ou não com a autoavaliação de saúde. Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria. -Autoavaliação: boa (33,1%), regular/franca (17,7%), muito boa (15,4%), não informado (4,6%). - Fuma: sim (15,4%). Frequência: diariamente (83,3%), certa frequência (5,6%), raramente (11,1%).
  • 13. DIMENSÃO 7: EDUCAÇÃO Gráfico VIII – Relação de onde estudam e a satisfação com a qualidade do ensino. Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria. -Estudam: comunidade (4,6%), não estudam (66,2%), fora (20%), não informado (8,5%). - Educação desejada: graduação (26,9%), nenhum (20%), técnico (16,2%), ensino médio (12,3%), ensino fundamental (8,5%), especialização (6,9%), alfabetização (2,3%), não informado (6,9%).
  • 14. DIMENSÃO 8: DIVERSIDADE E RESILIÊNCIA ECOLÓGICA Gráfico IX – Avaliação dos principais problemas da comunidade. Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria. -Os moradores apresentaram um bom conhecimento dos aspectos ecológicos do entorno da comunidade (Jardim Botânico e animais da Mata do Buraquinho). -Respeito as diversidades: sim (85,4%), não (8,5%), não informado (6,2%).
  • 15. DIMENSÃO 9: BOA GOVERNANÇA Gráfico X– Avaliação do governo local Fonte: Pesquisa de Campo, São Rafael, set./nov. 2013. Elaboração própria.
  • 16. CONSIDERAÇÕES FINAIS 1) Bem estar psicológico: comunidade em equilíbrio, elevado grau de felicidade. Nenhum indicador considerado como ponto de atenção estratégico. 2) Padrão de vida: melhoria na situação financeira, consideram-se equilibrados financeiramente, possuem propriedade habitacional (estabilidade). 3) Uso do tempo: problemas na administração do tempo (execução das atividades e realização de atividades que gosta. Necessita de atenção especial. 4) Vitalidade comunitária: boa organização comunitária, sentimento de pertencimento. A comunidade acredita nos benefícios futuros com o BCD, no entanto, necessita-se de ações estratégicas para os serviços do BCDJB. 5) Diversidade Cultural: o principio da riqueza foi avaliado como não importante, gerando reflexões se realmente a acumulação de bens materiais é fundamental para atingir níveis de felicidade. 6) Saúde: consideram sua saúde boa e uma pequena parcela da população fuma. 7) Educação: necessita de atenção especial, tanto pela alta proporção de pessoas que não estudam quanto pela alta proporção de pessoas que se deslocam para outros bairros para estudar. 8) Diversidade e resiliência ecológica: bom conhecimento da diversidade ecológica, no entanto, apresenta problemas com tráfico de drogas, seguido do lixo urbano e de habitação. 9) Boa governança: boa organização local que tem buscado novas possibilidades de desenvolvimento local e de diálogo dos principais problemas da comunidade, no entanto, falta uma maior inserção do poder público local.
  • 17. REFERÊNCIAS BANCO PALMAS 15 anos: resistindo e inovando/ Núcleo de Economia Solidária – NESOL-USP e Instituto Palmas – São Paulo: A9 Editora, 2013. DOWBOR, Ladislau. Democracia Econômica: alternativas de gestão social. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2008. FRANÇA FILHO, G. e SILVA JUNIOR, J. Bancos Comunitários de Desenvolvimento. In.: Dicionário Internacional da Outra Economia. São Paulo: Almedina, 2009. ________________ e _______________. Incubação de Redes Locais de Economia Solidária: lições e aprendizados a partir da experiência do Projeto Eco-Luzia e da Metodologia da ITES/UFBA. Revista Organização e Sociedade. Salvador, v.16, n. 51, p. 725-747, out./dez. 2009. GREMAUD, Amaury Patrick; VASCONCELOS, Marco Antonio Sandoval de; TONETO JR, Rudnei. Da Crise ao Milagre (1960-1973). In: Economia brasileira contemporânea. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002, p. 384-409. LACERDA, Antônio Corrêa de; BOCCHI, João Ildebrando; REGO, José Márcio; BORGES, Maria Angélica; MARQUES, Rosa Maria, Economia brasileira. 5. ed. São Paulo: Saraiva, 2013. LUCENA, Sarah Araújo de. A implantação de um Banco Comunitário de desenvolvimento: um estudo de caso sobre o processo organizativo comunitário. 2013, 192 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão em Organizações Aprendentes) - UFPB, João Pessoa, 2013. LUSTOSA, Alberto Elias; MELO, Lucelena Fátima de. Felicidade Interna Bruta (FIB) – Índice Sustentável. In: SEPLAN. Conjuntura Econômica Goiana: boletim trimestral. Goiana, n. 14, abr./jun., 2010. Disponível em: < http://www.seplan.go.gov.br/sepin/down/Conjuntura14.pdf>. Acesso em: 10 jul. 2014. MELO NETO, J. J. e MAGALHÃES, S. Bancos Comunitários. In.: Mercado de Trabalho, Conjuntura e Análise. Brasília: IPEA – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, n. 41, nov. 2009. p. 59-64. ______ ______. Bairros Pobres, Ricas Soluções: Banco Palmas, ponto a ponto. Fortaleza: Expressão Gráfica, 2008. SILVA, Fabiana Santos da. Felicidade Interna Bruta (FIB) em Serra Grande, Bahia. 2011, 143 f. Dissertação de Mestrado – IPÊ – Instituto de Pesquisas Ecológicas, Serra Grande, 2011. SINGER, Paul. Introdução à Economia Solidária. 1 ed. São Paulo: Editora Fundação Perseu Abramo, 2002. ______. Finanças Solidárias e Moeda Social. In: Perspectivas e desafios para a inclusão financeira no Brasil: visão de diferentes autores. Brasília: Banco Central do Brasil, 2009. P. 69- 78. VANÍCOLA, Cássia Regina. “Índice de Felicidade Interna, o Produto Interno Bruto das Nações e outros Indicadores Quantitativos: um estudo sobre as suas relações”. Disponível em: <http://www.aedb.br/seget/artigos08/323_Indice%20de%20Felicidade%20Interna_SEGeT.pdf>. Acesso em: 11 jun. 2014.