SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
PONTOS
DE FINANÇAS
SOLIDÁRIAS
Apoio:
O Ponto de Finanças Solidárias funciona como um pequeno banco
comunitário administrado pelo BCD local.
Ele funciona como uma filial, descentralizando e ampliando a oferta
de serviços financeiros do BCD em outros territórios mais distantes,
principalmente para as mulheres do Bolsa Família.
No ponto de finanças é possível obter crédito, micro seguros, realizar
pagamentos e recebimentos em geral, inclusive do programa Bolsa
Família.
O QUE É O PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIAS?
QUAL O PRIMEIRO PONTO DE
FINANÇAS SOLIDÁRIOS?
O Ponto de Finanças Solidárias é uma inovação criada
pelo Instituto Palmas, já reconhecida e apoiada por vários
financiadores inclusive na sua criação pela SENAES.
É uma adaptação para as comunidades que necessitem
de serviços financeiros mais ainda não reúnem as condições de
organização comunitária e capacidade de gestão necessária à
implantação de um Banco Comunitário de Desenvolvimento.
PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIAS
O Primeiro Ponto de Finanças Solidárias foi inaugurado
em 11 de Agosto de 2011 na Comunidade do Conjunto Sítio
São João, Fortaleza-CE.
PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIAS
Pontos de
Finanças
Solidárias,
(Banco da
Periferia),
espalhados pela
cidade de
Fortaleza-CE.
A) Atuam em comunidades de baixa renda que não
têm acesso a serviços financeiros e bancários.
B) A gestão é simplificada e realizada diretamente pelo
Instituo Palmas, aproveitando as ferramentas e os instrumentos
de gestão já desenvolvidos e utilizados pelo Instituto.
O PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIAS TEM
AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS:
C) Relaciona-se com a comunidade e “presta contas” a um
coletivo que já esteja em funcionamento na comunidade, podendo
ser, a assembleia de sócios de uma associação, um fórum
local, plenárias da comunidade e outros mais representativos.
D) Oferece, em geral, os seguintes serviços de finanças
solidárias: crédito produtivo, micro seguro, correspondente
bancário e educação financeira.
O PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIAS TEM
AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS:
E) É mais ágil na execução dos serviços financeiros, uma vez
que não desenvolve outras ações complementares próprias dos
bancos comunitárias (moeda social, feiras, lojas, incubação).
F) Com o seu processo de evolução, pode vir a se tornar
um banco comunitário, passando-se dessa forma a gestão
para uma organização comunitária local.
O PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIAS TEM
AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS:
Hoje com o uso do Aplicativo e do Gerenciador Financeiro
no site do E-Dinheiro, os próprios comerciantes conveniados aos
BCD’s espelhados pelo Brasil, já podem ser pontos de finanças
solidárias.
A diferença, é que eles utilizarão apenas as funções
disponíveis no aplicativo móvel:
O PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIAS
NOS COMERCIANTES
• PAGAMENTO
• RECEBIMENTO
• EXTRATO
• TRANSFERÊNCIA
• RECARGA
• COBRANÇA
PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIOS MÓVEIS
CENTRO POPULAR DE CULTURA E COMUNICAÇÃO
Site: http://www.cpcc.webnode.com.br
Email: cpcc.org.br@gmail.com
Fones: (83) 9 8886-6277 (83) 9 8854-8148
Site do CENTRO POPULAR DE CULTURA E COMUNICAÇÃO. Disponível em:
<http://cpcc.webnode.com.br/bcd-jardim-bot%C3%A2nico/bcd-jardim-bot%C3%A2nico/>.
Acesso em: 31-12-2015.
Site do Instituto Palmas. Disponível em: <http://www.inovacaoparainclusao.com/pontos-
de-financcedilas-solidaacuterias.html>. Acesso em: 31-12-2015.
REFERÊNCIAS

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Inclusao pelo credito
Inclusao pelo creditoInclusao pelo credito
Inclusao pelo credito
vitadenarium
 

Mais procurados (13)

APRESENTAÇÃO MOEDAS SOCIAIS
APRESENTAÇÃO MOEDAS SOCIAISAPRESENTAÇÃO MOEDAS SOCIAIS
APRESENTAÇÃO MOEDAS SOCIAIS
 
APRESENTAÇÃO BANCO COMUNITÁRIO JARDIM BOTÂNICO
APRESENTAÇÃO BANCO COMUNITÁRIO JARDIM BOTÂNICOAPRESENTAÇÃO BANCO COMUNITÁRIO JARDIM BOTÂNICO
APRESENTAÇÃO BANCO COMUNITÁRIO JARDIM BOTÂNICO
 
Banco Palmas - 100 perguntas mais frequentes
Banco Palmas - 100 perguntas mais frequentesBanco Palmas - 100 perguntas mais frequentes
Banco Palmas - 100 perguntas mais frequentes
 
APRESENTAÇÃO AGENTES DE CRÉDITO
APRESENTAÇÃO AGENTES DE CRÉDITOAPRESENTAÇÃO AGENTES DE CRÉDITO
APRESENTAÇÃO AGENTES DE CRÉDITO
 
LISTA DE BANCOS COMUNITÁRIOS DE DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE
LISTA DE BANCOS COMUNITÁRIOS DE DESENVOLVIMENTO DO NORDESTELISTA DE BANCOS COMUNITÁRIOS DE DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE
LISTA DE BANCOS COMUNITÁRIOS DE DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE
 
APRESENTAÇÃO - POLÍTICA DE CRÉDITO PARA BCD
APRESENTAÇÃO - POLÍTICA DE CRÉDITO PARA BCDAPRESENTAÇÃO - POLÍTICA DE CRÉDITO PARA BCD
APRESENTAÇÃO - POLÍTICA DE CRÉDITO PARA BCD
 
APRESENTAÇÃO E-DINHEIRO
APRESENTAÇÃO  E-DINHEIROAPRESENTAÇÃO  E-DINHEIRO
APRESENTAÇÃO E-DINHEIRO
 
Inclusao pelo credito
Inclusao pelo creditoInclusao pelo credito
Inclusao pelo credito
 
Microcrédito social agência de fomento
Microcrédito social   agência de fomentoMicrocrédito social   agência de fomento
Microcrédito social agência de fomento
 
CORRESPONDENTES BANCÁRIOS NO BRASIL
CORRESPONDENTES BANCÁRIOS NO BRASILCORRESPONDENTES BANCÁRIOS NO BRASIL
CORRESPONDENTES BANCÁRIOS NO BRASIL
 
Cooperar 2006
Cooperar 2006Cooperar 2006
Cooperar 2006
 
“A Gestão Estadual do SUS e Os Consórcios: Resgate Histórico e Atuais Premiss...
“A Gestão Estadual do SUS e Os Consórcios: Resgate Histórico e Atuais Premiss...“A Gestão Estadual do SUS e Os Consórcios: Resgate Histórico e Atuais Premiss...
“A Gestão Estadual do SUS e Os Consórcios: Resgate Histórico e Atuais Premiss...
 
Carlos Lopes - Estudo de Mercado e de Satisfação dos Clientes da Kixicrédito,...
Carlos Lopes - Estudo de Mercado e de Satisfação dos Clientes da Kixicrédito,...Carlos Lopes - Estudo de Mercado e de Satisfação dos Clientes da Kixicrédito,...
Carlos Lopes - Estudo de Mercado e de Satisfação dos Clientes da Kixicrédito,...
 

Destaque

RECOF (APRESENTAÇÃO DANIEL PEREIRA
RECOF (APRESENTAÇÃO DANIEL PEREIRARECOF (APRESENTAÇÃO DANIEL PEREIRA
RECOF (APRESENTAÇÃO DANIEL PEREIRA
Daniel Pereira
 

Destaque (13)

APRESENTAÇÃO FUNDOS ROTATIVOS SOLIDÁRIOS
APRESENTAÇÃO FUNDOS ROTATIVOS SOLIDÁRIOSAPRESENTAÇÃO FUNDOS ROTATIVOS SOLIDÁRIOS
APRESENTAÇÃO FUNDOS ROTATIVOS SOLIDÁRIOS
 
PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº , DE 2007 (Da Sra. Luiza Erundina)
PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº , DE 2007 (Da Sra. Luiza Erundina)PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº , DE 2007 (Da Sra. Luiza Erundina)
PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº , DE 2007 (Da Sra. Luiza Erundina)
 
DECRETO Nº 7.358, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2010
DECRETO Nº 7.358, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2010DECRETO Nº 7.358, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2010
DECRETO Nº 7.358, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2010
 
APRESENTAÇÃO - NOTA DE $ 100
APRESENTAÇÃO - NOTA DE $ 100APRESENTAÇÃO - NOTA DE $ 100
APRESENTAÇÃO - NOTA DE $ 100
 
APRESENTAÇÃO FELICIDADE INTERNA BRUTA (FIB) SÃO RAFAEL
APRESENTAÇÃO FELICIDADE INTERNA BRUTA (FIB) SÃO RAFAELAPRESENTAÇÃO FELICIDADE INTERNA BRUTA (FIB) SÃO RAFAEL
APRESENTAÇÃO FELICIDADE INTERNA BRUTA (FIB) SÃO RAFAEL
 
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIALAPRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
APRESENTAÇÃO - EMPREENDEDORISMO SOCIAL
 
APRESENTAÇÃO - MEI DECLARAÇÃO ANUAL
APRESENTAÇÃO - MEI DECLARAÇÃO ANUALAPRESENTAÇÃO - MEI DECLARAÇÃO ANUAL
APRESENTAÇÃO - MEI DECLARAÇÃO ANUAL
 
APRESENTAÇÃO - A ORIGEM DO DINHEIRO
APRESENTAÇÃO - A ORIGEM DO DINHEIROAPRESENTAÇÃO - A ORIGEM DO DINHEIRO
APRESENTAÇÃO - A ORIGEM DO DINHEIRO
 
APRESENTAÇÃO SOBRE MEI
APRESENTAÇÃO SOBRE MEIAPRESENTAÇÃO SOBRE MEI
APRESENTAÇÃO SOBRE MEI
 
APRESENTAÇÃO O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIA
APRESENTAÇÃO O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIAAPRESENTAÇÃO O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIA
APRESENTAÇÃO O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIA
 
Apresentacao nuplar 2015
Apresentacao   nuplar 2015Apresentacao   nuplar 2015
Apresentacao nuplar 2015
 
RECOF (APRESENTAÇÃO DANIEL PEREIRA
RECOF (APRESENTAÇÃO DANIEL PEREIRARECOF (APRESENTAÇÃO DANIEL PEREIRA
RECOF (APRESENTAÇÃO DANIEL PEREIRA
 
APRESENTAÇÕES DA PADARIA COMUNITÁRIA SÃO RAFAEL
APRESENTAÇÕES DA PADARIA COMUNITÁRIA SÃO RAFAELAPRESENTAÇÕES DA PADARIA COMUNITÁRIA SÃO RAFAEL
APRESENTAÇÕES DA PADARIA COMUNITÁRIA SÃO RAFAEL
 

Semelhante a APRESENTAÇÃO PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIOS

Bacen o sistema financeiro nacional
Bacen  o sistema financeiro nacionalBacen  o sistema financeiro nacional
Bacen o sistema financeiro nacional
zeramento contabil
 
Apostila 01 sistema financeiro nacional
Apostila 01   sistema financeiro nacionalApostila 01   sistema financeiro nacional
Apostila 01 sistema financeiro nacional
zeramento contabil
 

Semelhante a APRESENTAÇÃO PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIOS (20)

Case instituto palmas_v3_limpa
Case instituto palmas_v3_limpaCase instituto palmas_v3_limpa
Case instituto palmas_v3_limpa
 
2011 - 17/11 - Fundo de Empreendedorismo Jovem (ICOM) - II Ciclo de Palestras...
2011 - 17/11 - Fundo de Empreendedorismo Jovem (ICOM) - II Ciclo de Palestras...2011 - 17/11 - Fundo de Empreendedorismo Jovem (ICOM) - II Ciclo de Palestras...
2011 - 17/11 - Fundo de Empreendedorismo Jovem (ICOM) - II Ciclo de Palestras...
 
bancos multiplus
bancos multiplusbancos multiplus
bancos multiplus
 
Bacen o sistema financeiro nacional
Bacen  o sistema financeiro nacionalBacen  o sistema financeiro nacional
Bacen o sistema financeiro nacional
 
Projeto Micro Investimento
Projeto Micro InvestimentoProjeto Micro Investimento
Projeto Micro Investimento
 
Apostila 01 sistema financeiro nacional
Apostila 01   sistema financeiro nacionalApostila 01   sistema financeiro nacional
Apostila 01 sistema financeiro nacional
 
Financas solidarias na recuperacao economica
Financas solidarias na recuperacao economicaFinancas solidarias na recuperacao economica
Financas solidarias na recuperacao economica
 
Artigo cooperativas de crédito
Artigo cooperativas de créditoArtigo cooperativas de crédito
Artigo cooperativas de crédito
 
Microcrédito e finanças solidárias
Microcrédito e finanças solidáriasMicrocrédito e finanças solidárias
Microcrédito e finanças solidárias
 
Contributo das Microfinancas na reducacao da pobreza
Contributo das Microfinancas na reducacao da pobrezaContributo das Microfinancas na reducacao da pobreza
Contributo das Microfinancas na reducacao da pobreza
 
Apostila William CAPRIATA Ofici(1).pdf
Apostila William  CAPRIATA  Ofici(1).pdfApostila William  CAPRIATA  Ofici(1).pdf
Apostila William CAPRIATA Ofici(1).pdf
 
Cooperativismo
CooperativismoCooperativismo
Cooperativismo
 
Staff Investimentos
Staff InvestimentosStaff Investimentos
Staff Investimentos
 
Liblab call to action
Liblab   call to actionLiblab   call to action
Liblab call to action
 
Cartilha de Incentivo Fiscal
Cartilha de Incentivo FiscalCartilha de Incentivo Fiscal
Cartilha de Incentivo Fiscal
 
pim2, pimii
pim2, pimiipim2, pimii
pim2, pimii
 
4º Fórum Sicoob Norte - Expansão, Inovação e Solidez
4º Fórum Sicoob Norte - Expansão, Inovação e Solidez4º Fórum Sicoob Norte - Expansão, Inovação e Solidez
4º Fórum Sicoob Norte - Expansão, Inovação e Solidez
 
Infraestrutura Bancária e Histórico (em Bom Jardim – MA)
Infraestrutura Bancária e Histórico (em Bom Jardim – MA)Infraestrutura Bancária e Histórico (em Bom Jardim – MA)
Infraestrutura Bancária e Histórico (em Bom Jardim – MA)
 
Economia Dia a Dia: O portal de economia financeira e Cooperativismo
Economia Dia a Dia: O portal de economia financeira e CooperativismoEconomia Dia a Dia: O portal de economia financeira e Cooperativismo
Economia Dia a Dia: O portal de economia financeira e Cooperativismo
 
Bsc balanced scorecard perspectiva do cliente
Bsc balanced scorecard perspectiva do clienteBsc balanced scorecard perspectiva do cliente
Bsc balanced scorecard perspectiva do cliente
 

Mais de INSTITUTO VOZ POPULAR (6)

APRESENTAÇÃO DO INSTITUTO VOZ POPULAR
APRESENTAÇÃO DO INSTITUTO VOZ POPULARAPRESENTAÇÃO DO INSTITUTO VOZ POPULAR
APRESENTAÇÃO DO INSTITUTO VOZ POPULAR
 
MODELO DE ESTATUTO SOCIAL PARA RÁDIOS COMUNITÁRIAS
MODELO DE ESTATUTO SOCIAL PARA RÁDIOS COMUNITÁRIASMODELO DE ESTATUTO SOCIAL PARA RÁDIOS COMUNITÁRIAS
MODELO DE ESTATUTO SOCIAL PARA RÁDIOS COMUNITÁRIAS
 
REGIMENTO INTERNO DO FUNDO ROTATIVO SOLIDÁRIO DO CPCC
REGIMENTO INTERNO DO FUNDO ROTATIVO SOLIDÁRIO DO CPCCREGIMENTO INTERNO DO FUNDO ROTATIVO SOLIDÁRIO DO CPCC
REGIMENTO INTERNO DO FUNDO ROTATIVO SOLIDÁRIO DO CPCC
 
APRESENTAÇÃO - COMO MONTAR UMA RÁDIO POSTE
APRESENTAÇÃO - COMO MONTAR UMA RÁDIO POSTEAPRESENTAÇÃO - COMO MONTAR UMA RÁDIO POSTE
APRESENTAÇÃO - COMO MONTAR UMA RÁDIO POSTE
 
APRESENTAÇÃO - WEB RÁDIO
APRESENTAÇÃO - WEB RÁDIOAPRESENTAÇÃO - WEB RÁDIO
APRESENTAÇÃO - WEB RÁDIO
 
LEI nº 6.615 78 (PROFISSÃO DO RADIALISTA)
LEI nº 6.615 78 (PROFISSÃO DO RADIALISTA)LEI nº 6.615 78 (PROFISSÃO DO RADIALISTA)
LEI nº 6.615 78 (PROFISSÃO DO RADIALISTA)
 

APRESENTAÇÃO PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIOS

  • 2. O Ponto de Finanças Solidárias funciona como um pequeno banco comunitário administrado pelo BCD local. Ele funciona como uma filial, descentralizando e ampliando a oferta de serviços financeiros do BCD em outros territórios mais distantes, principalmente para as mulheres do Bolsa Família. No ponto de finanças é possível obter crédito, micro seguros, realizar pagamentos e recebimentos em geral, inclusive do programa Bolsa Família. O QUE É O PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIAS?
  • 3. QUAL O PRIMEIRO PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIOS? O Ponto de Finanças Solidárias é uma inovação criada pelo Instituto Palmas, já reconhecida e apoiada por vários financiadores inclusive na sua criação pela SENAES. É uma adaptação para as comunidades que necessitem de serviços financeiros mais ainda não reúnem as condições de organização comunitária e capacidade de gestão necessária à implantação de um Banco Comunitário de Desenvolvimento.
  • 4. PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIAS O Primeiro Ponto de Finanças Solidárias foi inaugurado em 11 de Agosto de 2011 na Comunidade do Conjunto Sítio São João, Fortaleza-CE.
  • 5. PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIAS Pontos de Finanças Solidárias, (Banco da Periferia), espalhados pela cidade de Fortaleza-CE.
  • 6. A) Atuam em comunidades de baixa renda que não têm acesso a serviços financeiros e bancários. B) A gestão é simplificada e realizada diretamente pelo Instituo Palmas, aproveitando as ferramentas e os instrumentos de gestão já desenvolvidos e utilizados pelo Instituto. O PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIAS TEM AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS:
  • 7. C) Relaciona-se com a comunidade e “presta contas” a um coletivo que já esteja em funcionamento na comunidade, podendo ser, a assembleia de sócios de uma associação, um fórum local, plenárias da comunidade e outros mais representativos. D) Oferece, em geral, os seguintes serviços de finanças solidárias: crédito produtivo, micro seguro, correspondente bancário e educação financeira. O PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIAS TEM AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS:
  • 8. E) É mais ágil na execução dos serviços financeiros, uma vez que não desenvolve outras ações complementares próprias dos bancos comunitárias (moeda social, feiras, lojas, incubação). F) Com o seu processo de evolução, pode vir a se tornar um banco comunitário, passando-se dessa forma a gestão para uma organização comunitária local. O PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIAS TEM AS SEGUINTES CARACTERÍSTICAS:
  • 9. Hoje com o uso do Aplicativo e do Gerenciador Financeiro no site do E-Dinheiro, os próprios comerciantes conveniados aos BCD’s espelhados pelo Brasil, já podem ser pontos de finanças solidárias. A diferença, é que eles utilizarão apenas as funções disponíveis no aplicativo móvel: O PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIAS NOS COMERCIANTES • PAGAMENTO • RECEBIMENTO • EXTRATO • TRANSFERÊNCIA • RECARGA • COBRANÇA
  • 10. PONTO DE FINANÇAS SOLIDÁRIOS MÓVEIS
  • 11. CENTRO POPULAR DE CULTURA E COMUNICAÇÃO Site: http://www.cpcc.webnode.com.br Email: cpcc.org.br@gmail.com Fones: (83) 9 8886-6277 (83) 9 8854-8148
  • 12. Site do CENTRO POPULAR DE CULTURA E COMUNICAÇÃO. Disponível em: <http://cpcc.webnode.com.br/bcd-jardim-bot%C3%A2nico/bcd-jardim-bot%C3%A2nico/>. Acesso em: 31-12-2015. Site do Instituto Palmas. Disponível em: <http://www.inovacaoparainclusao.com/pontos- de-financcedilas-solidaacuterias.html>. Acesso em: 31-12-2015. REFERÊNCIAS