SlideShare uma empresa Scribd logo
IV Conferência Nacional Infantojuvenil
pelo Meio Ambiente
Vamos Cuidar do Brasil com Escolas Sustentáveis
1
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
Vamos Cuidar do Brasil com Escolas Sustentáveis
- - Memória do Processo de Conferência - -
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
BREVE HISTÓRICO
Envolveu 15.452 escolas em todo o país,
mobilizando 5.658.877 pessoas em 3.461
municípios.
2003 I CNIJMA
Surgem os Coletivos Jovens de Meio
Ambiente e a Rede da Juventude pelo Meio
Ambiente e Sustentabilidade (REJUMA)
Coordenação:
Ministério do Meio Ambiente em parceria
como Ministério da Educação
Tema:
Vamos cuidar do Brasil
Temas debatidos:
• Como vamos cuidar da nossa água;
• Como vamos cuidar dos seres vivos;
• Como vamos cuidar dos nossos alimentos;
• Como vamos cuidar da nossa escola;
• Como vamos cuidar da nossa comunidade.
Produto das Conferências nas escolas:
Definição de uma proposta de política ambiental e elaboração de um cartaz de campanha
sobre a proposta da sua comunidade.
Resultado final da CNIJMA:
Doc. base “Propostas das Escolas para um Brasil Sustentável”
Elaboração da Carta Jovens Cuidando do Brasil, spots de rádio, vídeo, jornal e um apres.
Ppt com as propostas dos jovens.
Número de delegados:
400 delegados (entre 8 e 14 delegados por UF)
OBS: Um dos objetivos dessa Conferência era Incentivar a criação da Rede da Juventude
pela Sustentabilidade
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
BREVE HISTÓRICO
Envolveu 15.452 escolas em todo o país,
mobilizando 5.658.877 pessoas em 3.461
municípios.
Envolveu 11.475 escolas e comunidades e
3.801.055 pessoas em 2.865 municípios.
2003
2005/2006
I CNIJMA
II CNIJMA
Surgem os Coletivos Jovens de Meio
Ambiente e a Rede da Juventude pelo Meio
Ambiente e Sustentabilidade (REJUMA)
Coordenação:
Ministério da Educação em parceria
com o Ministério do Meio Ambiente.
Tema:
Vamos cuidar do Brasil
Temas debatidos¹:
• Biodiversidade
• Mudanças Climáticas
• Segurança Alimentar e Nutricional e
• Diversidade étnico-racial
Produto das Conferências nas escolas:
Definição de uma responsabilidade, uma ação com base nos acordos Internacionais e
criação de um cartaz que traduziu o compromisso coletivo
Resultado final da CNIJMA:
Elaboração de materiais de educomunicação e da Carta das Responsabilidades “Vamos
cuidar do Brasil”. O documento final foi entregue ao presidente Luiz Inácio Lula da
Silva, após a Caminhada pelas Responsabilidades.
Número de delegados:
Mais de 500 delegados (até 20/UF)
OBS: Um dos objetivos dessa Conferência era Fortalecer e criar a Com-ViDA –
Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida na escola.
¹Tiveram como base a difusão de Acordos Internacionais dos quais o Brasil é signatário: Protocolo de Kyoto,
Convenção sobre a Diversidade Biológica, Declaração de Roma sobre a Segurança Alimentar Mundial
e Declaração de Durban contra o Racismo, Discriminação Racial, Xenofobia e Intolerância Correlata.
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
BREVE HISTÓRICO
Envolveu 15.452 escolas em todo o país,
mobilizando 5.658.877 pessoas em 3.461
municípios.
Envolveu 11.475 escolas e comunidades e
3.801.055 pessoas em 2.865 municípios.
Aconteceu em 11.631 escolas, envolvendo
mais de 3,7 milhões de participantes em
2.828 municípios.
2003
2005/2006
2009
I CNIJMA
II CNIJMA
III CNIJMA
Surgem os Coletivos Jovens de Meio
Ambiente e a Rede da Juventude pelo Meio
Ambiente e Sustentabilidade (REJUMA)
Coordenação:
Ministério da Educação em parceria com o
Ministério do Meio Ambiente.
Tema:
Mudanças Ambientais Globais
Temas debatidos:
• Terra - a biodiversidade e a questão da
Homogeneização, das queimadas e desmatamento
• Fogo - energia e mobilidade, com a questão do modelo energético atual e dos
transportes
• Água - a água e o problema da escassez, da poluição e da desertificação e
• Ar - a atmosfera e as mudanças climáticas
Produto das Conferências nas escolas:
Definição de uma responsabilidade e criação de um cartaz que traduziu o compromisso
coletivo
Resultado final da CNIJMA:
Carta das responsabilidades por estado;
Foram produzidos materiais de educomunicação e elaborada a Carta das
Responsabilidades para o Enfrentamento das Mudanças Ambientais Globais,
Número de delegados:
Mais de 642 delegados
Recurso:
Repasse de recursos do MEC, via FNDE (resolução nº 54/2007) para os estados
realizarem todo o processo de conferência (aproximadamente R$ 6 milhões de reais)
IV Conferência Nacional Infantojuvenil
pelo Meio Ambiente
8
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
4 EDIÇÃO DA CNIJMAª
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
• Contribuir para tornar as escolas participantes da
IV Conferência em espaços educadores sustentáveis.
• Fortalecer a escola e a comunidade para influir nas políticas
locais em favor da sustentabilidade socioambiental.
• Em âmbito nacional, elaborar um conjunto de propostas que
possam contribuir com a formulação de políticas públicas em
favor de escolas sustentáveis.
• Publicar os projetos aprovados como subsídios de boas práticas
de sustentabilidade nas escolas.
• Promover a continuidade de ações de educação ambiental,
favorecendo a melhoria da qualidade de ensino e a promoção da
sustentabilidade socioambiental nas unidades escolares.
OBJETIVOS
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
• Pretexto pedagógico para o fortalecimento da
cidadania socioambiental da comunidade educativa.
Duração do processo: 2011 – 2013
• Momento para as escolas experimentarem a
socioambientalização do currículo, a gestão democrática
e a remodelação do espaço físico
CARATÉR DA CONFERÊNCIA
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
TEMA DA IV CNIJMMA
AR
TERRA
ÁGUA
TERRA
FOGO
GESTÃO
CURRÍCULO
ESPAÇO FÍSICO
VAMOS CUIDAR DO BRASIL COM ESCOLAS SUSTENTÁVEIS
3 EIXOS TEMÁTICAS
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
Mudanças ambientais globais
AR
Escola + Comunidade
PRETEXTO PEDAGÓGICO
FOGO
AR
TERRA
ÁGUA
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
PROPOSTA (TEMAS)
AR
TERRA
ÁGUA
TERRA
- Conforto acústico
- Ventilação e qualidade do ar
- geração de carbono e outros gases de efeito estufa
- Umidade do ar
FOGO
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
PROPOSTA (TEMAS)
AR
TERRA
ÁGUA
TERRA
- Conforto acústico
- Ventilação e qualidade do ar
- geração de carbono e outros gases de efeito estufa
- Umidade do ar
- Origem da água utilizada
- Bacia Hidrográfica
- Eficiência no uso da água
- Utilização de água da chuva
- Reutilização da
água servida/cinza
FOGO
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
PROPOSTA (TEMAS)
AR
TERRA
FOGO
ÁGUA
TERRA
- Conforto acústico
- Ventilação e qualidade do ar
- geração de carbono e outros gases de efeito estufa
- Umidade do ar
- Origem da água utilizada
- Bacia Hidrográfica
- Eficiência no uso da água
- Utilização de água da chuva
- Reutilização da
água servida/cinza
- Biodiversidade na escola e entorno
- Patrimônio cultural e artístico do município
- Materiais de construção
- Alimentação escolar
- Resíduos sólidos gerados
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
PROPOSTA (TEMAS)
AR
TERRA
FOGO
ÁGUA
TERRA
- Conforto acústico
- Ventilação e qualidade do ar
- geração de carbono e outros gases de efeito estufa
- Umidade do ar
- Origem da água utilizada
- Bacia Hidrográfica
- Eficiência no uso da água
- Utilização de água da chuva
- Reutilização da
água servida/cinza
- Biodiversidade na escola e entorno
- Patrimônio cultural e artístico do município
- Materiais de construção
- Alimentação escolar
- Resíduos sólidos gerados
- Origem da energia (energias limpas e renováveis/
eletricidade, gás, calor)
- Eficiência no uso de energia
- Iluminação
- Mobilidade e meios de transporte
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
PROPOSTA (TEMAS)
AR
TERRA
FOGO
ÁGUA
TERRA
- Conforto acústico
- Ventilação e qualidade do ar
- geração de carbono e outros gases de efeito estufa
- Umidade do ar
- Biodiversidade na escola e entorno
- Patrimônio cultural e artístico do município
- Materiais de construção
- Alimentação escolar
- Resíduos sólidos gerados
- Origem da energia (energias limpas e renováveis/
eletricidade, gás, calor)
- Eficiência no uso de energia
- Iluminação
- Mobilidade e meios de transporte
EDUCOMUNICAÇÃO
- Origem da água utilizada
- Bacia Hidrográfica
- Eficiência no uso da água
- Utilização de água da chuva
- Reutilização da
água servida/cinza
Fanzine, Redes Sociais, Vídeos, músicas,
Jornais, etc
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
O material didático consta de um kit em quatro volumes:
MATERIAL DIDÁTICO
O material didático consta de um kit em quatro volumes:
Disponível em: http://conferenciainfanto.mec.gov.br/index.php/2012-05-22-18-30-31
Volume 01 - Passo-a-Passo para Conferência de
Meio Ambiente na Escola e Educomunicação
Volume 02 - Caderno temático Vamos
Cuidar do Brasil com Escolas Sustentáveis
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
O material didático consta de um kit em quatro volumes:
MATERIAL DIDÁTICO
O material didático consta de um kit em quatro volumes:
Volume 03 - Mudanças Ambientais Globais –
Pensar + agir na escola e na comunidade
Disponível em: http://conferenciainfanto.mec.gov.br/index.php/2012-05-22-18-30-31
Volume 04 - Formando Com-vida e construindo
a Agenda 21 na Escola
Volumes adicionais – Cadernos de Consumo
Sustentável e Revista Turma da Mônica
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
• Jovem educa jovem
• Jovem escolhe jovem
• Uma geração aprende com a outra
PRINCÍPIOS DA CONFERÊNCIA
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
 Diagnóstico local com base em conhecimentos:
científicos e saberes locais/tradicionais.
 Parcerias estratégicas locais (por meio da
criação/reativação das COM-VIDA)
 Projeto de intervenção para adequar os espaços e
preparar edificações seguras e sustentáveis
 Eleição de uma prioridade para começar a transição para
a sustentabilidade.
O QUE SE ESPERA DA CONFERÊNCIA
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
Conferência
nas escolas
ETAPA
OBRIGATÓRIA
• Durante essa etapa, os estudantes serão convidados a elaborar
propostas de intervenção na escola sobre os subtemas Água,
Terra, Fogo e Ar, que promovam a sustentabilidade a partir da
gestão, do currículo e/ou espaço físico;
• A escola deverá escolher de maneira participativa e
democrática apenas um projeto de ação e traduzi-lo em
materiais de educomunicação;
• O projeto escolhido pela escola será encaminhado para a
Conferência Regional/Municipal ou Estadual.
• Eleição de 1 delegada(o) e 1 suplente para a próxima etapa.
*Maiores informações no Regulamento da IV CNIJMA e na publicação Passo a Passo: http://conferenciainfanto.mec.gov.br
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
• Estar matriculado em uma turma de 6º ao 9º ano (5ª a 8ª série) do Ensino
Fundamental;
• Ter entre 11 e 14 anos na data da Conferência Nacional (25 a 29 nov./13) ;
• Ter participado de maneira significativa na construção do projeto de ação
durante a Conferência na Escola que tenha sido escolhido como o projeto da
escola;
• Ter participado de maneira significativa no fortalecimento ou na construção da
COM-VIDA
*Maiores informações no Regulamento da IV CNIJMA e na publicação Passo a Passo: http://conferenciainfanto.mec.gov.br
CRITÉRIOS PARA ELEIÇÃO DO DELEGADO E SUPLENTE
EXCEÇÕES
Escolas localizadas em
comunidades indígenas,
quilombolas e em assentamentos
rurais
Delegados não tem restrição
de série/ano escolar
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
Conferências
Municipais/
Regionais
ETAPA
OPCIONAL
• Debaterá as propostas(projetos) das escolas
• A(s) melhor(es) proposta(s) será(ão)
encaminhada(s) à Conferência Estadual
• Número de delegados(as) para a
Conferência Estadual será definido no
regulamento de cada estado.
Conferência
Estadual
ETAPA
OBRIGATÓRIA
• Apresentação e debate dos projetos de
ação das escolas
• Eleição dos quatro melhores projetos, um
de cada subtema (Terra, Ar, Água e Fogo).
• Eleição da delegação estadual para a IV
CNlJMA (critérios no regulamento nacional)
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
Conferência
Nacional
• Participarão dessa etapa aprox. 700
delegados(as)
• Realização de oficinas
• Debate de propostas para políticas nacionais
para escolas sustentáveis
• Criação de produto de educomunicação com as
propostas priorizadas
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
ETAPAS DA IV CONFERÊNCIA INFANTOJUVENIL
* http://conferenciainfanto.mec.gov.br ou http://formularios.mec.gov.br/index.php/iv-cnijma-cadastramento
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
NÚMERO DE DELEGADOS POR UF
Número de escolas com classes de
5ª a 8ª séries ou 6º ao 9º ano
Nº de
delegados(as)
Nº de
acompanhantes
Até 500 AC, AP, RR, DF 18 + 3 3
De 501 a 1000 RO, TO, AL, SE, MS 20 + 3 3
De 1001 a 2000 AM, PB, PI, RN, ES, GO,
MT
22 + 3 4
Mais de 2000 PA, BA, CE, MA, PE, MG,
RJ, SP, PR, RS, SC
24 + 3 4
Delegados (as) representantes de comunidades indígenas
e estudantes com necessidades educacionais especiais deverão vir
acompanhados individualmente pelo professor responsável.
*Maiores informações no Regulamento da IV CNIJMA : http://conferenciainfanto.mec.gov.br
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
COMISSÕES ORGANIZADORAS ESTADUAIS
Responsabilidades
• Disseminação, processo de formação e organização das informações sobre datas
e locais das Oficinas de Conferência
• Organização das conferências no Estado
• Comunicação com o MEC
• Preparação da delegação nacional (documentação e atuação)
• Escolha dos acompanhantes para a etapa nacional
• Responsabilidade com o retorno dos(as) delegados (as) aos seus locais de
origem.
•
*Contatos das Comissões Organizadoras Estaduais disponíveis em: http://conferenciainfanto.mec.gov.br/index.php/2012-
05-22-18-29-37/2012-05-30-19-18-10 ou http://conferenciainfanto.mec.gov.br
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
PÚBLICO DA ETAPA NACIONAL DA
IV CNIJMA (25 a 29 novembro de 2013)
PERFIL TOTAL
Coletivos Jovens (Facilitadores) 81
Delegados + Acompanhantes das COEs 826
Especialistas 36
Convidados 50
Professores 108
Equipe MEC/MMA 25
TOTAL 1.126
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
CONTATOS
SITE
conferenciainfanto.mec.gov.br
EMAIL DÚVIDAS
ea@mec.gov.br
EMAIL PARA ENVIAR
NOTÍCIAS
cnijma@gmail.com
FACEBOOK
www.facebook.com/cnijma.mec
TELEFONE:
(61) 2022-9192
Ministério da
Educação
Ministério do
Meio Ambiente
Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização,
Diversidade e Inclusão | Diretoria de Políticas de Direitos
Humanos e Cidadania | Coordenação Geral de Educação
Ambiental
MINISTÉRIO DA
EDUCAÇÃO
Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental
| Departamento de Educação Ambiental
MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentacaoescolasustentavelfinal 130616153609-phpapp02
Apresentacaoescolasustentavelfinal 130616153609-phpapp02Apresentacaoescolasustentavelfinal 130616153609-phpapp02
Apresentacaoescolasustentavelfinal 130616153609-phpapp02
Marcus Vinícius Pereira
 
3 O Papel Da EducaçãO Ambiental Na TransformaçãO Do Modelo De Sociedade Qu...
3   O  Papel Da EducaçãO Ambiental Na TransformaçãO Do Modelo De Sociedade Qu...3   O  Papel Da EducaçãO Ambiental Na TransformaçãO Do Modelo De Sociedade Qu...
3 O Papel Da EducaçãO Ambiental Na TransformaçãO Do Modelo De Sociedade Qu...
Formação FURB
 
Escola sustentável
Escola sustentávelEscola sustentável
Escola sustentável
David Harmoniah
 
Desenvolvimento sustentável e educação ambiental
Desenvolvimento sustentável e educação ambientalDesenvolvimento sustentável e educação ambiental
Desenvolvimento sustentável e educação ambiental
Nicemara Cardoso
 
Educação Ambiental / BIODIVERSA
Educação Ambiental / BIODIVERSAEducação Ambiental / BIODIVERSA
Educação Ambiental / BIODIVERSA
Demis Lima
 
Cartilha passoapasso
Cartilha passoapassoCartilha passoapasso
Cartilha passoapasso
Andrea Mariano
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
Dialogus Consultoria
 
Educação Ambiental e Mudanças de Hábitos
Educação Ambiental e Mudanças de HábitosEducação Ambiental e Mudanças de Hábitos
Educação Ambiental e Mudanças de Hábitos
carlosbidu
 
CONCIENTIZAÇÃO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E ORGÂNICOS NO MEIO AMBIEN...
CONCIENTIZAÇÃO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E ORGÂNICOS NO MEIO AMBIEN...CONCIENTIZAÇÃO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E ORGÂNICOS NO MEIO AMBIEN...
CONCIENTIZAÇÃO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E ORGÂNICOS NO MEIO AMBIEN...
cefaprodematupa
 
Sensibilização e Práticas de Educação Ambiental
Sensibilização e Práticas de Educação AmbientalSensibilização e Práticas de Educação Ambiental
Sensibilização e Práticas de Educação Ambiental
Aline Lima
 
Vamos cuidar do brasil conceito e práticas em educação ambiental na escola mec
Vamos cuidar do brasil  conceito e práticas em educação ambiental na escola mecVamos cuidar do brasil  conceito e práticas em educação ambiental na escola mec
Vamos cuidar do brasil conceito e práticas em educação ambiental na escola mec
Tiago ForDão
 
Slide projeto de educação ambiental na feira do ceasa.
Slide projeto de educação ambiental na feira do ceasa.Slide projeto de educação ambiental na feira do ceasa.
Slide projeto de educação ambiental na feira do ceasa.
netolimask89
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
Jane Mary Lima Castro
 
Educação Ambiental: uma experiência de escola sustentável e Com-Vida
Educação Ambiental: uma experiência de escola sustentável e Com-VidaEducação Ambiental: uma experiência de escola sustentável e Com-Vida
Educação Ambiental: uma experiência de escola sustentável e Com-Vida
ADILSON RIBEIRO DE ARAUJO
 
Educação ambiental como um todo 2016
Educação ambiental como um todo 2016Educação ambiental como um todo 2016
Educação ambiental como um todo 2016
Thiago Frutuoso
 
Conferencia
ConferenciaConferencia
Conferencia
Luciana Camacam
 
Educação Ambiental nas Escolas - Bom Jardim (MA)
Educação Ambiental nas Escolas - Bom Jardim (MA)Educação Ambiental nas Escolas - Bom Jardim (MA)
Educação Ambiental nas Escolas - Bom Jardim (MA)
Adilson P Motta Motta
 
Meio ambiente, sociedade e educação
Meio ambiente, sociedade e educaçãoMeio ambiente, sociedade e educação
Meio ambiente, sociedade e educação
Gregorio Leal da Silva
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
Nubia Lopes
 
Trabalho educacao ambiental
Trabalho educacao ambientalTrabalho educacao ambiental
Trabalho educacao ambiental
Governo do Estado do Rio de Janeiro
 

Mais procurados (20)

Apresentacaoescolasustentavelfinal 130616153609-phpapp02
Apresentacaoescolasustentavelfinal 130616153609-phpapp02Apresentacaoescolasustentavelfinal 130616153609-phpapp02
Apresentacaoescolasustentavelfinal 130616153609-phpapp02
 
3 O Papel Da EducaçãO Ambiental Na TransformaçãO Do Modelo De Sociedade Qu...
3   O  Papel Da EducaçãO Ambiental Na TransformaçãO Do Modelo De Sociedade Qu...3   O  Papel Da EducaçãO Ambiental Na TransformaçãO Do Modelo De Sociedade Qu...
3 O Papel Da EducaçãO Ambiental Na TransformaçãO Do Modelo De Sociedade Qu...
 
Escola sustentável
Escola sustentávelEscola sustentável
Escola sustentável
 
Desenvolvimento sustentável e educação ambiental
Desenvolvimento sustentável e educação ambientalDesenvolvimento sustentável e educação ambiental
Desenvolvimento sustentável e educação ambiental
 
Educação Ambiental / BIODIVERSA
Educação Ambiental / BIODIVERSAEducação Ambiental / BIODIVERSA
Educação Ambiental / BIODIVERSA
 
Cartilha passoapasso
Cartilha passoapassoCartilha passoapasso
Cartilha passoapasso
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
 
Educação Ambiental e Mudanças de Hábitos
Educação Ambiental e Mudanças de HábitosEducação Ambiental e Mudanças de Hábitos
Educação Ambiental e Mudanças de Hábitos
 
CONCIENTIZAÇÃO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E ORGÂNICOS NO MEIO AMBIEN...
CONCIENTIZAÇÃO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E ORGÂNICOS NO MEIO AMBIEN...CONCIENTIZAÇÃO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E ORGÂNICOS NO MEIO AMBIEN...
CONCIENTIZAÇÃO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E ORGÂNICOS NO MEIO AMBIEN...
 
Sensibilização e Práticas de Educação Ambiental
Sensibilização e Práticas de Educação AmbientalSensibilização e Práticas de Educação Ambiental
Sensibilização e Práticas de Educação Ambiental
 
Vamos cuidar do brasil conceito e práticas em educação ambiental na escola mec
Vamos cuidar do brasil  conceito e práticas em educação ambiental na escola mecVamos cuidar do brasil  conceito e práticas em educação ambiental na escola mec
Vamos cuidar do brasil conceito e práticas em educação ambiental na escola mec
 
Slide projeto de educação ambiental na feira do ceasa.
Slide projeto de educação ambiental na feira do ceasa.Slide projeto de educação ambiental na feira do ceasa.
Slide projeto de educação ambiental na feira do ceasa.
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
 
Educação Ambiental: uma experiência de escola sustentável e Com-Vida
Educação Ambiental: uma experiência de escola sustentável e Com-VidaEducação Ambiental: uma experiência de escola sustentável e Com-Vida
Educação Ambiental: uma experiência de escola sustentável e Com-Vida
 
Educação ambiental como um todo 2016
Educação ambiental como um todo 2016Educação ambiental como um todo 2016
Educação ambiental como um todo 2016
 
Conferencia
ConferenciaConferencia
Conferencia
 
Educação Ambiental nas Escolas - Bom Jardim (MA)
Educação Ambiental nas Escolas - Bom Jardim (MA)Educação Ambiental nas Escolas - Bom Jardim (MA)
Educação Ambiental nas Escolas - Bom Jardim (MA)
 
Meio ambiente, sociedade e educação
Meio ambiente, sociedade e educaçãoMeio ambiente, sociedade e educação
Meio ambiente, sociedade e educação
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
 
Trabalho educacao ambiental
Trabalho educacao ambientalTrabalho educacao ambiental
Trabalho educacao ambiental
 

Semelhante a Apresentacao ivcnijma final_09_junho

apresentacao-ceijma.pdf
apresentacao-ceijma.pdfapresentacao-ceijma.pdf
apresentacao-ceijma.pdf
nfxqieunpq
 
A Dinamização de Ecoclubes no Ensino das Ciências
A Dinamização de Ecoclubes no Ensino das CiênciasA Dinamização de Ecoclubes no Ensino das Ciências
A Dinamização de Ecoclubes no Ensino das Ciências
Cristina Couto Varela
 
Histórico Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente
Histórico Conferência Infantojuvenil pelo Meio AmbienteHistórico Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente
Histórico Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente
Glauber Eduardo Aragon Pereira
 
Portifólio semedpcte2011 2
Portifólio semedpcte2011 2Portifólio semedpcte2011 2
Portifólio semedpcte2011 2
ALICEDAVIZ
 
Livreto passoapasso nvo
Livreto passoapasso nvoLivreto passoapasso nvo
Livreto passoapasso nvo
rafadames
 
Educação Ambiental
Educação AmbientalEducação Ambiental
Educação Ambiental
Paula Lopes da Silva
 
Regulamento Nacional Conferência
Regulamento  Nacional ConferênciaRegulamento  Nacional Conferência
Regulamento Nacional Conferência
Sabrina Amaral
 
Regulamento estadual CNIJMA 2013
Regulamento estadual CNIJMA 2013Regulamento estadual CNIJMA 2013
Regulamento estadual CNIJMA 2013
Claudia Elisabete Silva
 
Supereco_dossie_26anos_v2021.pdf
Supereco_dossie_26anos_v2021.pdfSupereco_dossie_26anos_v2021.pdf
Supereco_dossie_26anos_v2021.pdf
AlexandroMarcel
 
Apostila iv conferência infatojuvenil pelo meio ambiente
Apostila iv conferência infatojuvenil pelo meio ambienteApostila iv conferência infatojuvenil pelo meio ambiente
Apostila iv conferência infatojuvenil pelo meio ambiente
Taciano Gonçalves
 
VIII FBEA apresentação
VIII FBEA apresentaçãoVIII FBEA apresentação
VIII FBEA apresentação
Fidelis Paixão
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
Fabiola Sampaio
 
Regulamento estadual
Regulamento estadualRegulamento estadual
Regulamento estadual
Sabrina Amaral
 
Apresentação NEA Reunião COMDEMA - Fevereiro 2010
Apresentação NEA Reunião COMDEMA - Fevereiro 2010Apresentação NEA Reunião COMDEMA - Fevereiro 2010
Apresentação NEA Reunião COMDEMA - Fevereiro 2010
ONG Instituto Ambiente em Foco
 
Oficina 1ª ano conscientização da degradação ambiental
Oficina 1ª ano   conscientização da degradação ambientalOficina 1ª ano   conscientização da degradação ambiental
Oficina 1ª ano conscientização da degradação ambiental
wagneripo
 
Educação Ambiental_Geografia_ Principíos orientadores para a educação Ambiental
Educação Ambiental_Geografia_ Principíos orientadores para a educação AmbientalEducação Ambiental_Geografia_ Principíos orientadores para a educação Ambiental
Educação Ambiental_Geografia_ Principíos orientadores para a educação Ambiental
alessandraleal20
 
Dia1: Educação ambiental na gestão de resíduos sólidos, Nilo Sergio de Melo D...
Dia1: Educação ambiental na gestão de resíduos sólidos, Nilo Sergio de Melo D...Dia1: Educação ambiental na gestão de resíduos sólidos, Nilo Sergio de Melo D...
Dia1: Educação ambiental na gestão de resíduos sólidos, Nilo Sergio de Melo D...
RWM Brasil
 
Portfólio de Cursos, Palestras, Treinamentos in Company Empresa Verde Consul...
Portfólio de Cursos, Palestras, Treinamentos in Company  Empresa Verde Consul...Portfólio de Cursos, Palestras, Treinamentos in Company  Empresa Verde Consul...
Portfólio de Cursos, Palestras, Treinamentos in Company Empresa Verde Consul...
Empresa Verde Consultoria em Sustentabilidade Empresarial
 
Projeto meio ambiente e sustentabilidade
Projeto meio ambiente e sustentabilidadeProjeto meio ambiente e sustentabilidade
Projeto meio ambiente e sustentabilidade
Clotildes Clere Alcântara
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
EducacaoIntegralPTC
 

Semelhante a Apresentacao ivcnijma final_09_junho (20)

apresentacao-ceijma.pdf
apresentacao-ceijma.pdfapresentacao-ceijma.pdf
apresentacao-ceijma.pdf
 
A Dinamização de Ecoclubes no Ensino das Ciências
A Dinamização de Ecoclubes no Ensino das CiênciasA Dinamização de Ecoclubes no Ensino das Ciências
A Dinamização de Ecoclubes no Ensino das Ciências
 
Histórico Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente
Histórico Conferência Infantojuvenil pelo Meio AmbienteHistórico Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente
Histórico Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente
 
Portifólio semedpcte2011 2
Portifólio semedpcte2011 2Portifólio semedpcte2011 2
Portifólio semedpcte2011 2
 
Livreto passoapasso nvo
Livreto passoapasso nvoLivreto passoapasso nvo
Livreto passoapasso nvo
 
Educação Ambiental
Educação AmbientalEducação Ambiental
Educação Ambiental
 
Regulamento Nacional Conferência
Regulamento  Nacional ConferênciaRegulamento  Nacional Conferência
Regulamento Nacional Conferência
 
Regulamento estadual CNIJMA 2013
Regulamento estadual CNIJMA 2013Regulamento estadual CNIJMA 2013
Regulamento estadual CNIJMA 2013
 
Supereco_dossie_26anos_v2021.pdf
Supereco_dossie_26anos_v2021.pdfSupereco_dossie_26anos_v2021.pdf
Supereco_dossie_26anos_v2021.pdf
 
Apostila iv conferência infatojuvenil pelo meio ambiente
Apostila iv conferência infatojuvenil pelo meio ambienteApostila iv conferência infatojuvenil pelo meio ambiente
Apostila iv conferência infatojuvenil pelo meio ambiente
 
VIII FBEA apresentação
VIII FBEA apresentaçãoVIII FBEA apresentação
VIII FBEA apresentação
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
Regulamento estadual
Regulamento estadualRegulamento estadual
Regulamento estadual
 
Apresentação NEA Reunião COMDEMA - Fevereiro 2010
Apresentação NEA Reunião COMDEMA - Fevereiro 2010Apresentação NEA Reunião COMDEMA - Fevereiro 2010
Apresentação NEA Reunião COMDEMA - Fevereiro 2010
 
Oficina 1ª ano conscientização da degradação ambiental
Oficina 1ª ano   conscientização da degradação ambientalOficina 1ª ano   conscientização da degradação ambiental
Oficina 1ª ano conscientização da degradação ambiental
 
Educação Ambiental_Geografia_ Principíos orientadores para a educação Ambiental
Educação Ambiental_Geografia_ Principíos orientadores para a educação AmbientalEducação Ambiental_Geografia_ Principíos orientadores para a educação Ambiental
Educação Ambiental_Geografia_ Principíos orientadores para a educação Ambiental
 
Dia1: Educação ambiental na gestão de resíduos sólidos, Nilo Sergio de Melo D...
Dia1: Educação ambiental na gestão de resíduos sólidos, Nilo Sergio de Melo D...Dia1: Educação ambiental na gestão de resíduos sólidos, Nilo Sergio de Melo D...
Dia1: Educação ambiental na gestão de resíduos sólidos, Nilo Sergio de Melo D...
 
Portfólio de Cursos, Palestras, Treinamentos in Company Empresa Verde Consul...
Portfólio de Cursos, Palestras, Treinamentos in Company  Empresa Verde Consul...Portfólio de Cursos, Palestras, Treinamentos in Company  Empresa Verde Consul...
Portfólio de Cursos, Palestras, Treinamentos in Company Empresa Verde Consul...
 
Projeto meio ambiente e sustentabilidade
Projeto meio ambiente e sustentabilidadeProjeto meio ambiente e sustentabilidade
Projeto meio ambiente e sustentabilidade
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
 

Mais de Ricardo Ferrao

Certificado e programa da 1ª cfijma
Certificado e programa da 1ª cfijmaCertificado e programa da 1ª cfijma
Certificado e programa da 1ª cfijma
Ricardo Ferrao
 
Convite para a 1ª. c f i j m a
Convite para  a 1ª. c f i j m aConvite para  a 1ª. c f i j m a
Convite para a 1ª. c f i j m a
Ricardo Ferrao
 
Slides do aproveitamento da agua da chuva
Slides do aproveitamento da agua da chuvaSlides do aproveitamento da agua da chuva
Slides do aproveitamento da agua da chuva
Ricardo Ferrao
 
16 mec 13 08 2013 lançamento da cnijma
16 mec 13 08 2013 lançamento da cnijma16 mec 13 08 2013 lançamento da cnijma
16 mec 13 08 2013 lançamento da cnijma
Ricardo Ferrao
 
Sala Verde Ascolonia
Sala Verde AscoloniaSala Verde Ascolonia
Sala Verde Ascolonia
Ricardo Ferrao
 
Convite tela verde
Convite tela verdeConvite tela verde
Convite tela verde
Ricardo Ferrao
 
Sinopses
SinopsesSinopses
Sinopses
Ricardo Ferrao
 
Inscricoes ctv2
Inscricoes ctv2Inscricoes ctv2
Inscricoes ctv2
Ricardo Ferrao
 
Filmes sinopse II CTV
Filmes sinopse II CTVFilmes sinopse II CTV
Filmes sinopse II CTV
Ricardo Ferrao
 
Espacos ctv 230420101400
Espacos ctv 230420101400Espacos ctv 230420101400
Espacos ctv 230420101400
Ricardo Ferrao
 
Espacos exibidores ii ctv em 15 04 2010
Espacos exibidores ii ctv em 15 04 2010Espacos exibidores ii ctv em 15 04 2010
Espacos exibidores ii ctv em 15 04 2010
Ricardo Ferrao
 
Apresentação Radio Texto
Apresentação Radio TextoApresentação Radio Texto
Apresentação Radio Texto
Ricardo Ferrao
 
Inscricoes 2 Ctv
Inscricoes 2 CtvInscricoes 2 Ctv
Inscricoes 2 Ctv
Ricardo Ferrao
 
Apostila Rádio Nas Ondas do São Francisco
Apostila Rádio Nas Ondas do São FranciscoApostila Rádio Nas Ondas do São Francisco
Apostila Rádio Nas Ondas do São Francisco
Ricardo Ferrao
 
Cadastro de participantes no 2 CTV
Cadastro de participantes no 2 CTVCadastro de participantes no 2 CTV
Cadastro de participantes no 2 CTV
Ricardo Ferrao
 
Cadastro de participantes no 2 CTV
Cadastro de participantes no 2 CTVCadastro de participantes no 2 CTV
Cadastro de participantes no 2 CTV
Ricardo Ferrao
 
Cadastramento Para ParticipaçãO Do Ii Circuito Tela Verde
Cadastramento Para ParticipaçãO Do Ii Circuito Tela VerdeCadastramento Para ParticipaçãO Do Ii Circuito Tela Verde
Cadastramento Para ParticipaçãO Do Ii Circuito Tela Verde
Ricardo Ferrao
 
Ondas Radios
Ondas RadiosOndas Radios
Ondas Radios
Ricardo Ferrao
 
Ondas Geral
Ondas GeralOndas Geral
Ondas Geral
Ricardo Ferrao
 
Ondas Planejamento Mobilizacao Logistica
Ondas Planejamento Mobilizacao LogisticaOndas Planejamento Mobilizacao Logistica
Ondas Planejamento Mobilizacao Logistica
Ricardo Ferrao
 

Mais de Ricardo Ferrao (20)

Certificado e programa da 1ª cfijma
Certificado e programa da 1ª cfijmaCertificado e programa da 1ª cfijma
Certificado e programa da 1ª cfijma
 
Convite para a 1ª. c f i j m a
Convite para  a 1ª. c f i j m aConvite para  a 1ª. c f i j m a
Convite para a 1ª. c f i j m a
 
Slides do aproveitamento da agua da chuva
Slides do aproveitamento da agua da chuvaSlides do aproveitamento da agua da chuva
Slides do aproveitamento da agua da chuva
 
16 mec 13 08 2013 lançamento da cnijma
16 mec 13 08 2013 lançamento da cnijma16 mec 13 08 2013 lançamento da cnijma
16 mec 13 08 2013 lançamento da cnijma
 
Sala Verde Ascolonia
Sala Verde AscoloniaSala Verde Ascolonia
Sala Verde Ascolonia
 
Convite tela verde
Convite tela verdeConvite tela verde
Convite tela verde
 
Sinopses
SinopsesSinopses
Sinopses
 
Inscricoes ctv2
Inscricoes ctv2Inscricoes ctv2
Inscricoes ctv2
 
Filmes sinopse II CTV
Filmes sinopse II CTVFilmes sinopse II CTV
Filmes sinopse II CTV
 
Espacos ctv 230420101400
Espacos ctv 230420101400Espacos ctv 230420101400
Espacos ctv 230420101400
 
Espacos exibidores ii ctv em 15 04 2010
Espacos exibidores ii ctv em 15 04 2010Espacos exibidores ii ctv em 15 04 2010
Espacos exibidores ii ctv em 15 04 2010
 
Apresentação Radio Texto
Apresentação Radio TextoApresentação Radio Texto
Apresentação Radio Texto
 
Inscricoes 2 Ctv
Inscricoes 2 CtvInscricoes 2 Ctv
Inscricoes 2 Ctv
 
Apostila Rádio Nas Ondas do São Francisco
Apostila Rádio Nas Ondas do São FranciscoApostila Rádio Nas Ondas do São Francisco
Apostila Rádio Nas Ondas do São Francisco
 
Cadastro de participantes no 2 CTV
Cadastro de participantes no 2 CTVCadastro de participantes no 2 CTV
Cadastro de participantes no 2 CTV
 
Cadastro de participantes no 2 CTV
Cadastro de participantes no 2 CTVCadastro de participantes no 2 CTV
Cadastro de participantes no 2 CTV
 
Cadastramento Para ParticipaçãO Do Ii Circuito Tela Verde
Cadastramento Para ParticipaçãO Do Ii Circuito Tela VerdeCadastramento Para ParticipaçãO Do Ii Circuito Tela Verde
Cadastramento Para ParticipaçãO Do Ii Circuito Tela Verde
 
Ondas Radios
Ondas RadiosOndas Radios
Ondas Radios
 
Ondas Geral
Ondas GeralOndas Geral
Ondas Geral
 
Ondas Planejamento Mobilizacao Logistica
Ondas Planejamento Mobilizacao LogisticaOndas Planejamento Mobilizacao Logistica
Ondas Planejamento Mobilizacao Logistica
 

Apresentacao ivcnijma final_09_junho

  • 1. IV Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente Vamos Cuidar do Brasil com Escolas Sustentáveis 1 Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente Vamos Cuidar do Brasil com Escolas Sustentáveis - - Memória do Processo de Conferência - -
  • 2. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente BREVE HISTÓRICO Envolveu 15.452 escolas em todo o país, mobilizando 5.658.877 pessoas em 3.461 municípios. 2003 I CNIJMA Surgem os Coletivos Jovens de Meio Ambiente e a Rede da Juventude pelo Meio Ambiente e Sustentabilidade (REJUMA)
  • 3. Coordenação: Ministério do Meio Ambiente em parceria como Ministério da Educação Tema: Vamos cuidar do Brasil Temas debatidos: • Como vamos cuidar da nossa água; • Como vamos cuidar dos seres vivos; • Como vamos cuidar dos nossos alimentos; • Como vamos cuidar da nossa escola; • Como vamos cuidar da nossa comunidade. Produto das Conferências nas escolas: Definição de uma proposta de política ambiental e elaboração de um cartaz de campanha sobre a proposta da sua comunidade. Resultado final da CNIJMA: Doc. base “Propostas das Escolas para um Brasil Sustentável” Elaboração da Carta Jovens Cuidando do Brasil, spots de rádio, vídeo, jornal e um apres. Ppt com as propostas dos jovens. Número de delegados: 400 delegados (entre 8 e 14 delegados por UF) OBS: Um dos objetivos dessa Conferência era Incentivar a criação da Rede da Juventude pela Sustentabilidade
  • 4. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente BREVE HISTÓRICO Envolveu 15.452 escolas em todo o país, mobilizando 5.658.877 pessoas em 3.461 municípios. Envolveu 11.475 escolas e comunidades e 3.801.055 pessoas em 2.865 municípios. 2003 2005/2006 I CNIJMA II CNIJMA Surgem os Coletivos Jovens de Meio Ambiente e a Rede da Juventude pelo Meio Ambiente e Sustentabilidade (REJUMA)
  • 5. Coordenação: Ministério da Educação em parceria com o Ministério do Meio Ambiente. Tema: Vamos cuidar do Brasil Temas debatidos¹: • Biodiversidade • Mudanças Climáticas • Segurança Alimentar e Nutricional e • Diversidade étnico-racial Produto das Conferências nas escolas: Definição de uma responsabilidade, uma ação com base nos acordos Internacionais e criação de um cartaz que traduziu o compromisso coletivo Resultado final da CNIJMA: Elaboração de materiais de educomunicação e da Carta das Responsabilidades “Vamos cuidar do Brasil”. O documento final foi entregue ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, após a Caminhada pelas Responsabilidades. Número de delegados: Mais de 500 delegados (até 20/UF) OBS: Um dos objetivos dessa Conferência era Fortalecer e criar a Com-ViDA – Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida na escola. ¹Tiveram como base a difusão de Acordos Internacionais dos quais o Brasil é signatário: Protocolo de Kyoto, Convenção sobre a Diversidade Biológica, Declaração de Roma sobre a Segurança Alimentar Mundial e Declaração de Durban contra o Racismo, Discriminação Racial, Xenofobia e Intolerância Correlata.
  • 6. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente BREVE HISTÓRICO Envolveu 15.452 escolas em todo o país, mobilizando 5.658.877 pessoas em 3.461 municípios. Envolveu 11.475 escolas e comunidades e 3.801.055 pessoas em 2.865 municípios. Aconteceu em 11.631 escolas, envolvendo mais de 3,7 milhões de participantes em 2.828 municípios. 2003 2005/2006 2009 I CNIJMA II CNIJMA III CNIJMA Surgem os Coletivos Jovens de Meio Ambiente e a Rede da Juventude pelo Meio Ambiente e Sustentabilidade (REJUMA)
  • 7. Coordenação: Ministério da Educação em parceria com o Ministério do Meio Ambiente. Tema: Mudanças Ambientais Globais Temas debatidos: • Terra - a biodiversidade e a questão da Homogeneização, das queimadas e desmatamento • Fogo - energia e mobilidade, com a questão do modelo energético atual e dos transportes • Água - a água e o problema da escassez, da poluição e da desertificação e • Ar - a atmosfera e as mudanças climáticas Produto das Conferências nas escolas: Definição de uma responsabilidade e criação de um cartaz que traduziu o compromisso coletivo Resultado final da CNIJMA: Carta das responsabilidades por estado; Foram produzidos materiais de educomunicação e elaborada a Carta das Responsabilidades para o Enfrentamento das Mudanças Ambientais Globais, Número de delegados: Mais de 642 delegados Recurso: Repasse de recursos do MEC, via FNDE (resolução nº 54/2007) para os estados realizarem todo o processo de conferência (aproximadamente R$ 6 milhões de reais)
  • 8. IV Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente 8 Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente 4 EDIÇÃO DA CNIJMAª
  • 9. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente • Contribuir para tornar as escolas participantes da IV Conferência em espaços educadores sustentáveis. • Fortalecer a escola e a comunidade para influir nas políticas locais em favor da sustentabilidade socioambiental. • Em âmbito nacional, elaborar um conjunto de propostas que possam contribuir com a formulação de políticas públicas em favor de escolas sustentáveis. • Publicar os projetos aprovados como subsídios de boas práticas de sustentabilidade nas escolas. • Promover a continuidade de ações de educação ambiental, favorecendo a melhoria da qualidade de ensino e a promoção da sustentabilidade socioambiental nas unidades escolares. OBJETIVOS
  • 10. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente • Pretexto pedagógico para o fortalecimento da cidadania socioambiental da comunidade educativa. Duração do processo: 2011 – 2013 • Momento para as escolas experimentarem a socioambientalização do currículo, a gestão democrática e a remodelação do espaço físico CARATÉR DA CONFERÊNCIA
  • 11. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente TEMA DA IV CNIJMMA AR TERRA ÁGUA TERRA FOGO GESTÃO CURRÍCULO ESPAÇO FÍSICO VAMOS CUIDAR DO BRASIL COM ESCOLAS SUSTENTÁVEIS 3 EIXOS TEMÁTICAS
  • 12. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente Mudanças ambientais globais AR Escola + Comunidade PRETEXTO PEDAGÓGICO FOGO AR TERRA ÁGUA
  • 13. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente PROPOSTA (TEMAS) AR TERRA ÁGUA TERRA - Conforto acústico - Ventilação e qualidade do ar - geração de carbono e outros gases de efeito estufa - Umidade do ar FOGO
  • 14. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente PROPOSTA (TEMAS) AR TERRA ÁGUA TERRA - Conforto acústico - Ventilação e qualidade do ar - geração de carbono e outros gases de efeito estufa - Umidade do ar - Origem da água utilizada - Bacia Hidrográfica - Eficiência no uso da água - Utilização de água da chuva - Reutilização da água servida/cinza FOGO
  • 15. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente PROPOSTA (TEMAS) AR TERRA FOGO ÁGUA TERRA - Conforto acústico - Ventilação e qualidade do ar - geração de carbono e outros gases de efeito estufa - Umidade do ar - Origem da água utilizada - Bacia Hidrográfica - Eficiência no uso da água - Utilização de água da chuva - Reutilização da água servida/cinza - Biodiversidade na escola e entorno - Patrimônio cultural e artístico do município - Materiais de construção - Alimentação escolar - Resíduos sólidos gerados
  • 16. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente PROPOSTA (TEMAS) AR TERRA FOGO ÁGUA TERRA - Conforto acústico - Ventilação e qualidade do ar - geração de carbono e outros gases de efeito estufa - Umidade do ar - Origem da água utilizada - Bacia Hidrográfica - Eficiência no uso da água - Utilização de água da chuva - Reutilização da água servida/cinza - Biodiversidade na escola e entorno - Patrimônio cultural e artístico do município - Materiais de construção - Alimentação escolar - Resíduos sólidos gerados - Origem da energia (energias limpas e renováveis/ eletricidade, gás, calor) - Eficiência no uso de energia - Iluminação - Mobilidade e meios de transporte
  • 17. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente PROPOSTA (TEMAS) AR TERRA FOGO ÁGUA TERRA - Conforto acústico - Ventilação e qualidade do ar - geração de carbono e outros gases de efeito estufa - Umidade do ar - Biodiversidade na escola e entorno - Patrimônio cultural e artístico do município - Materiais de construção - Alimentação escolar - Resíduos sólidos gerados - Origem da energia (energias limpas e renováveis/ eletricidade, gás, calor) - Eficiência no uso de energia - Iluminação - Mobilidade e meios de transporte EDUCOMUNICAÇÃO - Origem da água utilizada - Bacia Hidrográfica - Eficiência no uso da água - Utilização de água da chuva - Reutilização da água servida/cinza Fanzine, Redes Sociais, Vídeos, músicas, Jornais, etc
  • 18. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente O material didático consta de um kit em quatro volumes: MATERIAL DIDÁTICO O material didático consta de um kit em quatro volumes: Disponível em: http://conferenciainfanto.mec.gov.br/index.php/2012-05-22-18-30-31 Volume 01 - Passo-a-Passo para Conferência de Meio Ambiente na Escola e Educomunicação Volume 02 - Caderno temático Vamos Cuidar do Brasil com Escolas Sustentáveis
  • 19. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente O material didático consta de um kit em quatro volumes: MATERIAL DIDÁTICO O material didático consta de um kit em quatro volumes: Volume 03 - Mudanças Ambientais Globais – Pensar + agir na escola e na comunidade Disponível em: http://conferenciainfanto.mec.gov.br/index.php/2012-05-22-18-30-31 Volume 04 - Formando Com-vida e construindo a Agenda 21 na Escola Volumes adicionais – Cadernos de Consumo Sustentável e Revista Turma da Mônica
  • 20. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente • Jovem educa jovem • Jovem escolhe jovem • Uma geração aprende com a outra PRINCÍPIOS DA CONFERÊNCIA
  • 21. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente  Diagnóstico local com base em conhecimentos: científicos e saberes locais/tradicionais.  Parcerias estratégicas locais (por meio da criação/reativação das COM-VIDA)  Projeto de intervenção para adequar os espaços e preparar edificações seguras e sustentáveis  Eleição de uma prioridade para começar a transição para a sustentabilidade. O QUE SE ESPERA DA CONFERÊNCIA
  • 22. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente Conferência nas escolas ETAPA OBRIGATÓRIA • Durante essa etapa, os estudantes serão convidados a elaborar propostas de intervenção na escola sobre os subtemas Água, Terra, Fogo e Ar, que promovam a sustentabilidade a partir da gestão, do currículo e/ou espaço físico; • A escola deverá escolher de maneira participativa e democrática apenas um projeto de ação e traduzi-lo em materiais de educomunicação; • O projeto escolhido pela escola será encaminhado para a Conferência Regional/Municipal ou Estadual. • Eleição de 1 delegada(o) e 1 suplente para a próxima etapa. *Maiores informações no Regulamento da IV CNIJMA e na publicação Passo a Passo: http://conferenciainfanto.mec.gov.br
  • 23. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente • Estar matriculado em uma turma de 6º ao 9º ano (5ª a 8ª série) do Ensino Fundamental; • Ter entre 11 e 14 anos na data da Conferência Nacional (25 a 29 nov./13) ; • Ter participado de maneira significativa na construção do projeto de ação durante a Conferência na Escola que tenha sido escolhido como o projeto da escola; • Ter participado de maneira significativa no fortalecimento ou na construção da COM-VIDA *Maiores informações no Regulamento da IV CNIJMA e na publicação Passo a Passo: http://conferenciainfanto.mec.gov.br CRITÉRIOS PARA ELEIÇÃO DO DELEGADO E SUPLENTE EXCEÇÕES Escolas localizadas em comunidades indígenas, quilombolas e em assentamentos rurais Delegados não tem restrição de série/ano escolar
  • 24. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente Conferências Municipais/ Regionais ETAPA OPCIONAL • Debaterá as propostas(projetos) das escolas • A(s) melhor(es) proposta(s) será(ão) encaminhada(s) à Conferência Estadual • Número de delegados(as) para a Conferência Estadual será definido no regulamento de cada estado. Conferência Estadual ETAPA OBRIGATÓRIA • Apresentação e debate dos projetos de ação das escolas • Eleição dos quatro melhores projetos, um de cada subtema (Terra, Ar, Água e Fogo). • Eleição da delegação estadual para a IV CNlJMA (critérios no regulamento nacional)
  • 25. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente Conferência Nacional • Participarão dessa etapa aprox. 700 delegados(as) • Realização de oficinas • Debate de propostas para políticas nacionais para escolas sustentáveis • Criação de produto de educomunicação com as propostas priorizadas
  • 26. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente ETAPAS DA IV CONFERÊNCIA INFANTOJUVENIL * http://conferenciainfanto.mec.gov.br ou http://formularios.mec.gov.br/index.php/iv-cnijma-cadastramento
  • 27. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente NÚMERO DE DELEGADOS POR UF Número de escolas com classes de 5ª a 8ª séries ou 6º ao 9º ano Nº de delegados(as) Nº de acompanhantes Até 500 AC, AP, RR, DF 18 + 3 3 De 501 a 1000 RO, TO, AL, SE, MS 20 + 3 3 De 1001 a 2000 AM, PB, PI, RN, ES, GO, MT 22 + 3 4 Mais de 2000 PA, BA, CE, MA, PE, MG, RJ, SP, PR, RS, SC 24 + 3 4 Delegados (as) representantes de comunidades indígenas e estudantes com necessidades educacionais especiais deverão vir acompanhados individualmente pelo professor responsável. *Maiores informações no Regulamento da IV CNIJMA : http://conferenciainfanto.mec.gov.br
  • 28. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente COMISSÕES ORGANIZADORAS ESTADUAIS Responsabilidades • Disseminação, processo de formação e organização das informações sobre datas e locais das Oficinas de Conferência • Organização das conferências no Estado • Comunicação com o MEC • Preparação da delegação nacional (documentação e atuação) • Escolha dos acompanhantes para a etapa nacional • Responsabilidade com o retorno dos(as) delegados (as) aos seus locais de origem. • *Contatos das Comissões Organizadoras Estaduais disponíveis em: http://conferenciainfanto.mec.gov.br/index.php/2012- 05-22-18-29-37/2012-05-30-19-18-10 ou http://conferenciainfanto.mec.gov.br
  • 29. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente PÚBLICO DA ETAPA NACIONAL DA IV CNIJMA (25 a 29 novembro de 2013) PERFIL TOTAL Coletivos Jovens (Facilitadores) 81 Delegados + Acompanhantes das COEs 826 Especialistas 36 Convidados 50 Professores 108 Equipe MEC/MMA 25 TOTAL 1.126
  • 30. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente CONTATOS SITE conferenciainfanto.mec.gov.br EMAIL DÚVIDAS ea@mec.gov.br EMAIL PARA ENVIAR NOTÍCIAS cnijma@gmail.com FACEBOOK www.facebook.com/cnijma.mec TELEFONE: (61) 2022-9192
  • 31. Ministério da Educação Ministério do Meio Ambiente Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão | Diretoria de Políticas de Direitos Humanos e Cidadania | Coordenação Geral de Educação Ambiental MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental | Departamento de Educação Ambiental MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE