SlideShare uma empresa Scribd logo
Apostila de Língua Inglesa
 Identificação de cognatos
 Identificação de palavras repetidas
 Identificação de pistas tipográficas.
 General Comprehension
 Skiminning
 Scanning
 Os cognatos são palavras muito
parecidas com as palavras do Português.
São as chamadas palavras transparentes.
Existem também os falsos cognatos, que
são palavras que achamos que é tal
coisa, mas não é; os falsos cognatos são
em menor número, estes nós veremos
adiante.
 School (escola)
 Telephone (telefone)
 Car (carro)
Question (questão, pergunta)
 Activity (atividade)
 Training (treinamento
As palavras que são repetidas em um
texto possuem um valor muito importante.
Um autor não repete as palavras em vão.
Se elas são repetidas, é porque são
importantes dentro de texto.
Muitas vezes para não repetir o mesmo
termo, o autor utiliza sinônimos das
mesmas palavras para não tornar o texto
cansativo.
 As pistas tipográficas são elementos
visuais que nos auxiliam na compreensão
do texto.
 Tenha atenção com
datas, números, tabelas, gráficas, figuras,
pois são informações também contidas no
texto.
 Os três pontos “(...)” indicam a continuação
de uma ideia que não está ali exposta
 O negrito dá destaque a algum termo ou
palavra;
 O itálico também destaca um termo, menos
importante que o negrito;
 As aspas (“‟‟) salientam a importância de
alguma palavra;
 ( ) (parênteses) introduzem uma ideia
complementar ao texto.
 A ideia geral de um texto é obtida com o
emprego das técnicas anteriores.
Selecionando-se criteriosamente algumas
palavras, termos e expressões no
texto, poderemos chegar à ideia geral do
texto.
“Distance education takes place when a
teacher and students are separated by
physical distance, and technology
(i.e., voice, video and data), often in
concert with face-to-face
communication, is used to bridge the
instructional gap.”
From: Engineering Outreach College of Engineering –
University of Idaho.
Observe o texto
 Distance education = educação a distancia
 Students = estudantes, alunos
 Separeted = separado
 Physical distance = distância física
 Technology = tecnologia
 Voice, video, data = voz, vídeo e dados
(atenção: “data” não é data)
 Face-to-face communication = comunicação
face-a-face
 Used = usado (a)
 Instructional = instrucional
 Então você poderia dizer que o texto trata
sobre educação a distância; que esta ocorre
quando os alunos estão separados
fisicamente do professor; a tecnologia
(voz, vídeo, dados) podem ser usados de
forma instrucional.
 Você poderia ter esta conclusão sobre o texto
mesmo sem ter muito conhecimento de
Inglês. Mas, a medida que você for
aprendendo, a sua percepção sobre o texto
também aumentará. Há muitas informações
que não são tão óbvias assim.
 “Skim”, em inglês, é deslizar à
superfície, desnatar, passar os olhos por. A técnica
de “skimming” nos leva a ler um texto
superficialmente. Utilizar esta técnica significa que
não precisamos ler cada sentença, mas sim
passarmos os olhos sobre o texto, lendo algumas
frases aqui e ali, procurando reconhecer certas
palavras e expressões que sirvam como „dicas‟ na
obtenção de informações sobre o texto.
 Às vezes não é necessário ler o texto em detalhes.
Para usar esta técnica, precisamos nos valer dos
nossos conhecimentos de Inglês também.
“Using this integrated approach, the
educator‟s task is to carefully select among
the technological options. The goal is to
build a mix of instructional media, meeting
the needs of the learner in a manner that is
instructionally effective and economically
prudent.”
From: Engineering Outreach College of Engineering –
University of Idaho
Observe o texto
 Integrated Approach = abordagem (approach
= abordagem, enfoque) integrada
 Educator‟s Task = tarefa (task = tarefa) do
educador – „s significa posse = do
 Tecnological Options = opções tecnológicas
(tecnological é adjetivo)
 Goal = objetivo
 A mix instrucional media = uma mistura de
mídia instrucional.
Selecionando algumas expressões
temos :
Com a técnica do “skimming” podemos
dizer que este trecho afirma que a tarefa
do educador é selecionar as opções
tecnológicas; o objetivo é ter uma mistura
de mídias instrucionais de uma maneira
instrucionalmente efetiva e
economicamente prudente.
 “Scan” em Inglês quer dizer
examinar, sondar, explorar.
O que faz um scanner? Uma
varredura, não é?! Logo, com a técnica de
“scanning” você irá fazer uma varredura
do texto, procurando detalhes e ideias
objetivas.
Aqui é importante que você utilize os seus
conhecimentos de Inglês
“ Teaching and learning at a distance is
demanding. However, learning will be more
meaningful and “deeper” for distant
students, if students and their instructor share
responsibility for developing learning goals:
actively interacting with class members;
promoting reflection on experience; relating
new information to examples that make sense
to learners. This is the challenge and the
opportunity provided by distance education.”
Observe o texto
Poderíamos perguntar qual o referente do
pronome “ their” em negrito no trecho?
Utilizando a técnica de skimming, seria
necessário retornar ao texto e entender a
sentença na qual o pronome está sendo
empregado. “Their “ é um pronome
possessivo (e como tal, sempre vem
acompanhado de um substantivo) da terceira
pessoa do plural (o seu referente é um
substantivo no plural).
A tradução de “their instructor” seria seu
instrutor . Mas “Seu “de quem?
Lendo um pouco para trás, vemos que há
“students”; logo concluímos que “their”
refere-se a “students, ou seja, instrutor dos
alunos”.
O “ing” não é só o gerúndio utilizado nas
frases do Present Continuous
 O “ing” também pode ser classificado
como adjetivo ou substantivo e têm outros
usos além do Presente e do Passado
Contínuo.
ex.
I am writing. (Eu estou escrevendo.)
I was reading a book. (Eu estava lendo um
livro.)
Há vários adjetivos formados com -ing.
muitos bem conhecidos até.
ex.:
interesting (interessante), exciting
(excitante), amusing (divertido), tiring
(cansativo), surprising
(surpreendente), annoying (irritante), …
ex.:
swimming (natação), surfing (surfe), skiing
(esqui), shopping (compras), learning
(aprendizado), cleaning (limpeza), testing
(teste), feeling (sentimento), speaking
(fala) …
Quando o verbo for o sujeito da frase, ele tem que
seguir a regra: Verbo+ing
ex.:
 Dreaming is free. (Sonhar é gratuito - não custa
nada).
 Exploring is learning. (Explorar é aprender.)
 Is arguing productive? (Discutir é produtivo?)
 Studying English is great! (Estudar inglês é ótimo!)
Quando um verbo vier logo após uma
preposição, este deve receber -ing.
Ex:
 I am interested in studying English in
England. (Eu estou interessada em estudar
inglês na Inglaterra.)
 I‟m so sorry for shouting at you yesterday.
(Desculpe-me por ter gritado contigo ontem.)
As linking words são as conjunções do
Inglês, servem para fazer relação entre as
idéias e informações expressadas em uma
frase.
Either … or (ou … ou, nem … nem)
Neither … nor (nem … nem (sem o not))
Both … and (tanto … quanto)
Not only … but also (não somente … mas
também)
São aquelas que dão idéias opostas.
But – mas
However – entretanto
Nevertheless – não obstante, mesmo
assim
São usadas para terminar frases, fazer conclusões.
 so – então, por isso
 therefore – portanto
 thus – por isso
 consequently – consequentemente
 then – então
 hence – daí, logo (ex: ele fuma, daí as tosses)
Concessões, permissões.
Although – embora
Even though – muito embora
in spite of – apesar de
Expressão Continuidade.
Besides – além disso
Moreover – além do mais
Furthermore – além disso, ademais
Para dar explicação à algo, dar razão à.
Because – porque
As – como
Since – desde
For – pois, visto que
www.mundovestibular.com.br
www.infoescola.com/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Morfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes GramaticaisMorfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes Gramaticais
Portal do Vestibulando
 
FORMAÇÃO DOS COMPARATIVOS E SUPERLATIVOS NO INGLES slide 2° ano SLIDE TODO ok...
FORMAÇÃO DOS COMPARATIVOS E SUPERLATIVOS NO INGLES slide 2° ano SLIDE TODO ok...FORMAÇÃO DOS COMPARATIVOS E SUPERLATIVOS NO INGLES slide 2° ano SLIDE TODO ok...
FORMAÇÃO DOS COMPARATIVOS E SUPERLATIVOS NO INGLES slide 2° ano SLIDE TODO ok...
MrioAndrDeOliveiraCr
 
Substantivos
SubstantivosSubstantivos
Substantivos
Sueli Menezes
 
Carta de reclamação
Carta de reclamaçãoCarta de reclamação
Carta de reclamação
MateusCampos36
 
Modificadores de substantivo
Modificadores de substantivoModificadores de substantivo
Modificadores de substantivo
cassiousp46
 
Classes de palavras
Classes de palavrasClasses de palavras
Classes de palavras
Julianne Rodrigues Pita
 
Emprego dos porques
Emprego dos porquesEmprego dos porques
Emprego dos porques
Hena Meira
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
Andriane Cursino
 
Classes gramaticais
Classes gramaticais Classes gramaticais
Classes gramaticais
iamraphael
 
Tipos e Formas de frase
Tipos e Formas de fraseTipos e Formas de frase
Tipos e Formas de frase
Rosalina Simão Nunes
 
1.3 ortografia
1.3   ortografia1.3   ortografia
1.3 ortografia
Ivana Mayrink
 
Gêneros Publicitários
Gêneros PublicitáriosGêneros Publicitários
Gêneros Publicitários
Kesia Renata
 
Emprego de g e j
Emprego de g e jEmprego de g e j
Emprego de g e j
Lívia Milenna
 
Técnicas de leitura em inglês dicas
Técnicas de leitura em inglês   dicasTécnicas de leitura em inglês   dicas
Técnicas de leitura em inglês dicas
Tereza Boa Sorte
 
Texto dissertativo argumentativo
Texto dissertativo argumentativo Texto dissertativo argumentativo
Texto dissertativo argumentativo
Guilherme Cardozo
 
Aula 04 variacao linguistica
Aula 04   variacao linguisticaAula 04   variacao linguistica
Aula 04 variacao linguistica
Marcia Simone
 
AULA DE INGLÊS PARA O ENEM
AULA DE INGLÊS PARA O ENEMAULA DE INGLÊS PARA O ENEM
AULA DE INGLÊS PARA O ENEM
ANTONIO CAMPOS
 
Linguagem, língua e fala exercícios
Linguagem, língua e fala   exercíciosLinguagem, língua e fala   exercícios
Linguagem, língua e fala exercícios
Lya Rakel Elouf Queiroz
 
Interjeição
InterjeiçãoInterjeição
Interjeição
Fábio Guimarães
 
Complemento nominal
Complemento nominalComplemento nominal
Complemento nominal
Flávio Ferreira
 

Mais procurados (20)

Morfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes GramaticaisMorfologia - Classes Gramaticais
Morfologia - Classes Gramaticais
 
FORMAÇÃO DOS COMPARATIVOS E SUPERLATIVOS NO INGLES slide 2° ano SLIDE TODO ok...
FORMAÇÃO DOS COMPARATIVOS E SUPERLATIVOS NO INGLES slide 2° ano SLIDE TODO ok...FORMAÇÃO DOS COMPARATIVOS E SUPERLATIVOS NO INGLES slide 2° ano SLIDE TODO ok...
FORMAÇÃO DOS COMPARATIVOS E SUPERLATIVOS NO INGLES slide 2° ano SLIDE TODO ok...
 
Substantivos
SubstantivosSubstantivos
Substantivos
 
Carta de reclamação
Carta de reclamaçãoCarta de reclamação
Carta de reclamação
 
Modificadores de substantivo
Modificadores de substantivoModificadores de substantivo
Modificadores de substantivo
 
Classes de palavras
Classes de palavrasClasses de palavras
Classes de palavras
 
Emprego dos porques
Emprego dos porquesEmprego dos porques
Emprego dos porques
 
Figuras de linguagem
Figuras de linguagemFiguras de linguagem
Figuras de linguagem
 
Classes gramaticais
Classes gramaticais Classes gramaticais
Classes gramaticais
 
Tipos e Formas de frase
Tipos e Formas de fraseTipos e Formas de frase
Tipos e Formas de frase
 
1.3 ortografia
1.3   ortografia1.3   ortografia
1.3 ortografia
 
Gêneros Publicitários
Gêneros PublicitáriosGêneros Publicitários
Gêneros Publicitários
 
Emprego de g e j
Emprego de g e jEmprego de g e j
Emprego de g e j
 
Técnicas de leitura em inglês dicas
Técnicas de leitura em inglês   dicasTécnicas de leitura em inglês   dicas
Técnicas de leitura em inglês dicas
 
Texto dissertativo argumentativo
Texto dissertativo argumentativo Texto dissertativo argumentativo
Texto dissertativo argumentativo
 
Aula 04 variacao linguistica
Aula 04   variacao linguisticaAula 04   variacao linguistica
Aula 04 variacao linguistica
 
AULA DE INGLÊS PARA O ENEM
AULA DE INGLÊS PARA O ENEMAULA DE INGLÊS PARA O ENEM
AULA DE INGLÊS PARA O ENEM
 
Linguagem, língua e fala exercícios
Linguagem, língua e fala   exercíciosLinguagem, língua e fala   exercícios
Linguagem, língua e fala exercícios
 
Interjeição
InterjeiçãoInterjeição
Interjeição
 
Complemento nominal
Complemento nominalComplemento nominal
Complemento nominal
 

Destaque

Skimming - スキミング
Skimming - スキミングSkimming - スキミング
Skimming - スキミング
COCOJUKU plus
 
Novas tecnologias para o aprendizado e uso de inglês
Novas tecnologias para o aprendizado e uso de inglêsNovas tecnologias para o aprendizado e uso de inglês
Novas tecnologias para o aprendizado e uso de inglês
Luiz Pacheco
 
Inglês técnico técnicas de leitura
Inglês técnico   técnicas de leituraInglês técnico   técnicas de leitura
Inglês técnico técnicas de leitura
Anselmo Gomes
 
2 desenvolver capacidades e técnicas de leitura
2 desenvolver capacidades e técnicas de leitura2 desenvolver capacidades e técnicas de leitura
2 desenvolver capacidades e técnicas de leitura
cristianalopes
 
Ingles instrumental leitura
Ingles instrumental leituraIngles instrumental leitura
Ingles instrumental leitura
haminadabe
 
Aula 01PRESENT CONTINUOUS
Aula 01PRESENT CONTINUOUSAula 01PRESENT CONTINUOUS
Aula 01PRESENT CONTINUOUS
guestee073a
 
Verbal tense
Verbal tenseVerbal tense
Verbal tense
bygueel
 
Verbos da Língua Inglesa - Observações preliminares
Verbos da Língua Inglesa - Observações preliminaresVerbos da Língua Inglesa - Observações preliminares
Verbos da Língua Inglesa - Observações preliminares
Orlando Junior
 
O Modelo Romano_Educação
O Modelo Romano_EducaçãoO Modelo Romano_Educação
O Modelo Romano_Educação
Pedro Carvalho
 
Estratégias de Leitura
Estratégias de LeituraEstratégias de Leitura
Estratégias de Leitura
joell07
 
Modal Verbs Pp
Modal Verbs PpModal Verbs Pp
Modal Verbs Pp
josigleide
 
Ingles Instrumental Apostila Para Estudo
Ingles Instrumental Apostila Para EstudoIngles Instrumental Apostila Para Estudo
Ingles Instrumental Apostila Para Estudo
Ana
 
Estratégias de leitura e escrita
Estratégias de leitura e escritaEstratégias de leitura e escrita
Estratégias de leitura e escrita
Adriana Melo
 
Aula de ingles instrumental novo
Aula de ingles instrumental novoAula de ingles instrumental novo
Aula de ingles instrumental novo
Juliana Santana
 
3 estratégias de leitura
3  estratégias de leitura3  estratégias de leitura
3 estratégias de leitura
cristianalopes
 
Novo marketing estratégico
Novo marketing estratégico Novo marketing estratégico
Novo marketing estratégico
Fabiano Duarte
 
Aktion-Deutschland-Hilft Fundraising via Google & Co.
Aktion-Deutschland-Hilft Fundraising via Google & Co.Aktion-Deutschland-Hilft Fundraising via Google & Co.
Aktion-Deutschland-Hilft Fundraising via Google & Co.
Socialbar Bonn
 
Aulão recrutamento e seleção
Aulão recrutamento e seleçãoAulão recrutamento e seleção
Aulão recrutamento e seleção
Fabiano Duarte
 
Sojola: SEO & SEA
Sojola: SEO & SEASojola: SEO & SEA
Sojola: SEO & SEA
SMART PR
 
Lighthouses-Farois-Phares
Lighthouses-Farois-PharesLighthouses-Farois-Phares
Lighthouses-Farois-Phares
Helga
 

Destaque (20)

Skimming - スキミング
Skimming - スキミングSkimming - スキミング
Skimming - スキミング
 
Novas tecnologias para o aprendizado e uso de inglês
Novas tecnologias para o aprendizado e uso de inglêsNovas tecnologias para o aprendizado e uso de inglês
Novas tecnologias para o aprendizado e uso de inglês
 
Inglês técnico técnicas de leitura
Inglês técnico   técnicas de leituraInglês técnico   técnicas de leitura
Inglês técnico técnicas de leitura
 
2 desenvolver capacidades e técnicas de leitura
2 desenvolver capacidades e técnicas de leitura2 desenvolver capacidades e técnicas de leitura
2 desenvolver capacidades e técnicas de leitura
 
Ingles instrumental leitura
Ingles instrumental leituraIngles instrumental leitura
Ingles instrumental leitura
 
Aula 01PRESENT CONTINUOUS
Aula 01PRESENT CONTINUOUSAula 01PRESENT CONTINUOUS
Aula 01PRESENT CONTINUOUS
 
Verbal tense
Verbal tenseVerbal tense
Verbal tense
 
Verbos da Língua Inglesa - Observações preliminares
Verbos da Língua Inglesa - Observações preliminaresVerbos da Língua Inglesa - Observações preliminares
Verbos da Língua Inglesa - Observações preliminares
 
O Modelo Romano_Educação
O Modelo Romano_EducaçãoO Modelo Romano_Educação
O Modelo Romano_Educação
 
Estratégias de Leitura
Estratégias de LeituraEstratégias de Leitura
Estratégias de Leitura
 
Modal Verbs Pp
Modal Verbs PpModal Verbs Pp
Modal Verbs Pp
 
Ingles Instrumental Apostila Para Estudo
Ingles Instrumental Apostila Para EstudoIngles Instrumental Apostila Para Estudo
Ingles Instrumental Apostila Para Estudo
 
Estratégias de leitura e escrita
Estratégias de leitura e escritaEstratégias de leitura e escrita
Estratégias de leitura e escrita
 
Aula de ingles instrumental novo
Aula de ingles instrumental novoAula de ingles instrumental novo
Aula de ingles instrumental novo
 
3 estratégias de leitura
3  estratégias de leitura3  estratégias de leitura
3 estratégias de leitura
 
Novo marketing estratégico
Novo marketing estratégico Novo marketing estratégico
Novo marketing estratégico
 
Aktion-Deutschland-Hilft Fundraising via Google & Co.
Aktion-Deutschland-Hilft Fundraising via Google & Co.Aktion-Deutschland-Hilft Fundraising via Google & Co.
Aktion-Deutschland-Hilft Fundraising via Google & Co.
 
Aulão recrutamento e seleção
Aulão recrutamento e seleçãoAulão recrutamento e seleção
Aulão recrutamento e seleção
 
Sojola: SEO & SEA
Sojola: SEO & SEASojola: SEO & SEA
Sojola: SEO & SEA
 
Lighthouses-Farois-Phares
Lighthouses-Farois-PharesLighthouses-Farois-Phares
Lighthouses-Farois-Phares
 

Semelhante a Apostila de Língua Inglesa

Estratégias de Leitura.pptx
  Estratégias de Leitura.pptx  Estratégias de Leitura.pptx
Estratégias de Leitura.pptx
Marcia Rates
 
Apostila de-ingles-tecnico-informatica-2012
Apostila de-ingles-tecnico-informatica-2012Apostila de-ingles-tecnico-informatica-2012
Apostila de-ingles-tecnico-informatica-2012
meinteressoporinformatica
 
Ingles
InglesIngles
Tecnicas de leitura
Tecnicas de leituraTecnicas de leitura
Tecnicas de leitura
Mari Inês Lopes
 
Slide 01.pdf
Slide 01.pdfSlide 01.pdf
Slide 01.pdf
FeliX936990
 
Leitura instrumental - Inglês
Leitura instrumental - InglêsLeitura instrumental - Inglês
Leitura instrumental - Inglês
Antonio Eduardo
 
Inglês técnico - Dicas para leitura
Inglês técnico - Dicas para leituraInglês técnico - Dicas para leitura
Inglês técnico - Dicas para leitura
Jonas Fernandes
 
Por que aplicar elearning em sua empresa?
Por que aplicar elearning em sua empresa?Por que aplicar elearning em sua empresa?
Por que aplicar elearning em sua empresa?
decoagencia
 
Caderno - Segurança do Trabalho - Inglês 2015
Caderno - Segurança do Trabalho - Inglês 2015Caderno - Segurança do Trabalho - Inglês 2015
Caderno - Segurança do Trabalho - Inglês 2015
EaD Pernambuco
 
aula leitura em LI básica.ppt
aula leitura em LI básica.pptaula leitura em LI básica.ppt
aula leitura em LI básica.ppt
LucivaniaMrcioTeixei
 
Aprender inglês online ferramentas
Aprender inglês online ferramentasAprender inglês online ferramentas
Aprender inglês online ferramentas
lucipicareta
 
Estratégias Comprovadas Para Memorização Eficaz do Inglês.pdf
Estratégias Comprovadas Para Memorização Eficaz do Inglês.pdfEstratégias Comprovadas Para Memorização Eficaz do Inglês.pdf
Estratégias Comprovadas Para Memorização Eficaz do Inglês.pdf
Douglas Sena
 
Comunicacao em-publico
Comunicacao em-publicoComunicacao em-publico
Comunicacao em-publico
Rubens de Almeida
 
Estratégias para ensinar crianças disléxicas
Estratégias para ensinar crianças disléxicasEstratégias para ensinar crianças disléxicas
Estratégias para ensinar crianças disléxicas
Maria José Parreira Pereira
 
Enemem100dias apostila-redacao
Enemem100dias apostila-redacaoEnemem100dias apostila-redacao
Enemem100dias apostila-redacao
José De Oliveira
 
Text Comprehension.PDF
Text Comprehension.PDFText Comprehension.PDF
Text Comprehension.PDF
oliveirahugo
 
Usando a tecnologia moderna
Usando a tecnologia modernaUsando a tecnologia moderna
Usando a tecnologia moderna
rafaela_pires
 
Usando a tecnologia moderna (1)
Usando a tecnologia moderna (1)Usando a tecnologia moderna (1)
Usando a tecnologia moderna (1)
jaquelineferreiragomes
 
Usando a tecnologia moderna
Usando a tecnologia modernaUsando a tecnologia moderna
Usando a tecnologia moderna
rafaela_pires
 
Curso de Inglês para IBGE 2016 (Analista e Tecnologista)
Curso de Inglês para IBGE 2016 (Analista e Tecnologista)Curso de Inglês para IBGE 2016 (Analista e Tecnologista)
Curso de Inglês para IBGE 2016 (Analista e Tecnologista)
Estratégia Concursos
 

Semelhante a Apostila de Língua Inglesa (20)

Estratégias de Leitura.pptx
  Estratégias de Leitura.pptx  Estratégias de Leitura.pptx
Estratégias de Leitura.pptx
 
Apostila de-ingles-tecnico-informatica-2012
Apostila de-ingles-tecnico-informatica-2012Apostila de-ingles-tecnico-informatica-2012
Apostila de-ingles-tecnico-informatica-2012
 
Ingles
InglesIngles
Ingles
 
Tecnicas de leitura
Tecnicas de leituraTecnicas de leitura
Tecnicas de leitura
 
Slide 01.pdf
Slide 01.pdfSlide 01.pdf
Slide 01.pdf
 
Leitura instrumental - Inglês
Leitura instrumental - InglêsLeitura instrumental - Inglês
Leitura instrumental - Inglês
 
Inglês técnico - Dicas para leitura
Inglês técnico - Dicas para leituraInglês técnico - Dicas para leitura
Inglês técnico - Dicas para leitura
 
Por que aplicar elearning em sua empresa?
Por que aplicar elearning em sua empresa?Por que aplicar elearning em sua empresa?
Por que aplicar elearning em sua empresa?
 
Caderno - Segurança do Trabalho - Inglês 2015
Caderno - Segurança do Trabalho - Inglês 2015Caderno - Segurança do Trabalho - Inglês 2015
Caderno - Segurança do Trabalho - Inglês 2015
 
aula leitura em LI básica.ppt
aula leitura em LI básica.pptaula leitura em LI básica.ppt
aula leitura em LI básica.ppt
 
Aprender inglês online ferramentas
Aprender inglês online ferramentasAprender inglês online ferramentas
Aprender inglês online ferramentas
 
Estratégias Comprovadas Para Memorização Eficaz do Inglês.pdf
Estratégias Comprovadas Para Memorização Eficaz do Inglês.pdfEstratégias Comprovadas Para Memorização Eficaz do Inglês.pdf
Estratégias Comprovadas Para Memorização Eficaz do Inglês.pdf
 
Comunicacao em-publico
Comunicacao em-publicoComunicacao em-publico
Comunicacao em-publico
 
Estratégias para ensinar crianças disléxicas
Estratégias para ensinar crianças disléxicasEstratégias para ensinar crianças disléxicas
Estratégias para ensinar crianças disléxicas
 
Enemem100dias apostila-redacao
Enemem100dias apostila-redacaoEnemem100dias apostila-redacao
Enemem100dias apostila-redacao
 
Text Comprehension.PDF
Text Comprehension.PDFText Comprehension.PDF
Text Comprehension.PDF
 
Usando a tecnologia moderna
Usando a tecnologia modernaUsando a tecnologia moderna
Usando a tecnologia moderna
 
Usando a tecnologia moderna (1)
Usando a tecnologia moderna (1)Usando a tecnologia moderna (1)
Usando a tecnologia moderna (1)
 
Usando a tecnologia moderna
Usando a tecnologia modernaUsando a tecnologia moderna
Usando a tecnologia moderna
 
Curso de Inglês para IBGE 2016 (Analista e Tecnologista)
Curso de Inglês para IBGE 2016 (Analista e Tecnologista)Curso de Inglês para IBGE 2016 (Analista e Tecnologista)
Curso de Inglês para IBGE 2016 (Analista e Tecnologista)
 

Mais de Ayala Carvalho

Funções Inorgânicas
Funções InorgânicasFunções Inorgânicas
Funções Inorgânicas
Ayala Carvalho
 
Agrupamentos Sociais
Agrupamentos SociaisAgrupamentos Sociais
Agrupamentos Sociais
Ayala Carvalho
 
Austrália: História e Pontos Turisticos
Austrália:  História e Pontos TuristicosAustrália:  História e Pontos Turisticos
Austrália: História e Pontos Turisticos
Ayala Carvalho
 
Pintura Rupestre Australiana
Pintura Rupestre AustralianaPintura Rupestre Australiana
Pintura Rupestre Australiana
Ayala Carvalho
 
Escolha profissional / Mercado de Trabalho
Escolha profissional / Mercado de TrabalhoEscolha profissional / Mercado de Trabalho
Escolha profissional / Mercado de Trabalho
Ayala Carvalho
 
Ética
ÉticaÉtica
Cotas Raciais
Cotas RaciaisCotas Raciais
Cotas Raciais
Ayala Carvalho
 
Pluripartidarismo
PluripartidarismoPluripartidarismo
Pluripartidarismo
Ayala Carvalho
 
Intolerância
IntolerânciaIntolerância
Intolerância
Ayala Carvalho
 
As alterações provocadas pelas drogas
As alterações provocadas pelas drogasAs alterações provocadas pelas drogas
As alterações provocadas pelas drogas
Ayala Carvalho
 
Pintura Gótica
Pintura GóticaPintura Gótica
Pintura Gótica
Ayala Carvalho
 
Racismo
RacismoRacismo
Agricultura do Brasil
Agricultura do BrasilAgricultura do Brasil
Agricultura do Brasil
Ayala Carvalho
 

Mais de Ayala Carvalho (14)

Funções Inorgânicas
Funções InorgânicasFunções Inorgânicas
Funções Inorgânicas
 
Agrupamentos Sociais
Agrupamentos SociaisAgrupamentos Sociais
Agrupamentos Sociais
 
Museu do Louvre
Museu do LouvreMuseu do Louvre
Museu do Louvre
 
Austrália: História e Pontos Turisticos
Austrália:  História e Pontos TuristicosAustrália:  História e Pontos Turisticos
Austrália: História e Pontos Turisticos
 
Pintura Rupestre Australiana
Pintura Rupestre AustralianaPintura Rupestre Australiana
Pintura Rupestre Australiana
 
Escolha profissional / Mercado de Trabalho
Escolha profissional / Mercado de TrabalhoEscolha profissional / Mercado de Trabalho
Escolha profissional / Mercado de Trabalho
 
Ética
ÉticaÉtica
Ética
 
Cotas Raciais
Cotas RaciaisCotas Raciais
Cotas Raciais
 
Pluripartidarismo
PluripartidarismoPluripartidarismo
Pluripartidarismo
 
Intolerância
IntolerânciaIntolerância
Intolerância
 
As alterações provocadas pelas drogas
As alterações provocadas pelas drogasAs alterações provocadas pelas drogas
As alterações provocadas pelas drogas
 
Pintura Gótica
Pintura GóticaPintura Gótica
Pintura Gótica
 
Racismo
RacismoRacismo
Racismo
 
Agricultura do Brasil
Agricultura do BrasilAgricultura do Brasil
Agricultura do Brasil
 

Último

VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
mailabueno45
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
CamilaSouza544051
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Miguel Delamontagne
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
 
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
Ensinar Programação 📚 Python 🐍 Método Inovador e Prático 🚀
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 

Apostila de Língua Inglesa

  • 2.  Identificação de cognatos  Identificação de palavras repetidas  Identificação de pistas tipográficas.  General Comprehension  Skiminning  Scanning
  • 3.  Os cognatos são palavras muito parecidas com as palavras do Português. São as chamadas palavras transparentes. Existem também os falsos cognatos, que são palavras que achamos que é tal coisa, mas não é; os falsos cognatos são em menor número, estes nós veremos adiante.
  • 4.  School (escola)  Telephone (telefone)  Car (carro) Question (questão, pergunta)  Activity (atividade)  Training (treinamento
  • 5. As palavras que são repetidas em um texto possuem um valor muito importante. Um autor não repete as palavras em vão. Se elas são repetidas, é porque são importantes dentro de texto. Muitas vezes para não repetir o mesmo termo, o autor utiliza sinônimos das mesmas palavras para não tornar o texto cansativo.
  • 6.  As pistas tipográficas são elementos visuais que nos auxiliam na compreensão do texto.  Tenha atenção com datas, números, tabelas, gráficas, figuras, pois são informações também contidas no texto.
  • 7.  Os três pontos “(...)” indicam a continuação de uma ideia que não está ali exposta  O negrito dá destaque a algum termo ou palavra;  O itálico também destaca um termo, menos importante que o negrito;  As aspas (“‟‟) salientam a importância de alguma palavra;  ( ) (parênteses) introduzem uma ideia complementar ao texto.
  • 8.  A ideia geral de um texto é obtida com o emprego das técnicas anteriores. Selecionando-se criteriosamente algumas palavras, termos e expressões no texto, poderemos chegar à ideia geral do texto.
  • 9. “Distance education takes place when a teacher and students are separated by physical distance, and technology (i.e., voice, video and data), often in concert with face-to-face communication, is used to bridge the instructional gap.” From: Engineering Outreach College of Engineering – University of Idaho. Observe o texto
  • 10.  Distance education = educação a distancia  Students = estudantes, alunos  Separeted = separado  Physical distance = distância física  Technology = tecnologia  Voice, video, data = voz, vídeo e dados (atenção: “data” não é data)  Face-to-face communication = comunicação face-a-face  Used = usado (a)  Instructional = instrucional
  • 11.  Então você poderia dizer que o texto trata sobre educação a distância; que esta ocorre quando os alunos estão separados fisicamente do professor; a tecnologia (voz, vídeo, dados) podem ser usados de forma instrucional.  Você poderia ter esta conclusão sobre o texto mesmo sem ter muito conhecimento de Inglês. Mas, a medida que você for aprendendo, a sua percepção sobre o texto também aumentará. Há muitas informações que não são tão óbvias assim.
  • 12.  “Skim”, em inglês, é deslizar à superfície, desnatar, passar os olhos por. A técnica de “skimming” nos leva a ler um texto superficialmente. Utilizar esta técnica significa que não precisamos ler cada sentença, mas sim passarmos os olhos sobre o texto, lendo algumas frases aqui e ali, procurando reconhecer certas palavras e expressões que sirvam como „dicas‟ na obtenção de informações sobre o texto.  Às vezes não é necessário ler o texto em detalhes. Para usar esta técnica, precisamos nos valer dos nossos conhecimentos de Inglês também.
  • 13. “Using this integrated approach, the educator‟s task is to carefully select among the technological options. The goal is to build a mix of instructional media, meeting the needs of the learner in a manner that is instructionally effective and economically prudent.” From: Engineering Outreach College of Engineering – University of Idaho Observe o texto
  • 14.  Integrated Approach = abordagem (approach = abordagem, enfoque) integrada  Educator‟s Task = tarefa (task = tarefa) do educador – „s significa posse = do  Tecnological Options = opções tecnológicas (tecnological é adjetivo)  Goal = objetivo  A mix instrucional media = uma mistura de mídia instrucional. Selecionando algumas expressões temos :
  • 15. Com a técnica do “skimming” podemos dizer que este trecho afirma que a tarefa do educador é selecionar as opções tecnológicas; o objetivo é ter uma mistura de mídias instrucionais de uma maneira instrucionalmente efetiva e economicamente prudente.
  • 16.  “Scan” em Inglês quer dizer examinar, sondar, explorar. O que faz um scanner? Uma varredura, não é?! Logo, com a técnica de “scanning” você irá fazer uma varredura do texto, procurando detalhes e ideias objetivas. Aqui é importante que você utilize os seus conhecimentos de Inglês
  • 17. “ Teaching and learning at a distance is demanding. However, learning will be more meaningful and “deeper” for distant students, if students and their instructor share responsibility for developing learning goals: actively interacting with class members; promoting reflection on experience; relating new information to examples that make sense to learners. This is the challenge and the opportunity provided by distance education.” Observe o texto
  • 18. Poderíamos perguntar qual o referente do pronome “ their” em negrito no trecho? Utilizando a técnica de skimming, seria necessário retornar ao texto e entender a sentença na qual o pronome está sendo empregado. “Their “ é um pronome possessivo (e como tal, sempre vem acompanhado de um substantivo) da terceira pessoa do plural (o seu referente é um substantivo no plural).
  • 19. A tradução de “their instructor” seria seu instrutor . Mas “Seu “de quem? Lendo um pouco para trás, vemos que há “students”; logo concluímos que “their” refere-se a “students, ou seja, instrutor dos alunos”.
  • 20. O “ing” não é só o gerúndio utilizado nas frases do Present Continuous  O “ing” também pode ser classificado como adjetivo ou substantivo e têm outros usos além do Presente e do Passado Contínuo.
  • 21. ex. I am writing. (Eu estou escrevendo.) I was reading a book. (Eu estava lendo um livro.)
  • 22. Há vários adjetivos formados com -ing. muitos bem conhecidos até. ex.: interesting (interessante), exciting (excitante), amusing (divertido), tiring (cansativo), surprising (surpreendente), annoying (irritante), …
  • 23. ex.: swimming (natação), surfing (surfe), skiing (esqui), shopping (compras), learning (aprendizado), cleaning (limpeza), testing (teste), feeling (sentimento), speaking (fala) …
  • 24. Quando o verbo for o sujeito da frase, ele tem que seguir a regra: Verbo+ing ex.:  Dreaming is free. (Sonhar é gratuito - não custa nada).  Exploring is learning. (Explorar é aprender.)  Is arguing productive? (Discutir é produtivo?)  Studying English is great! (Estudar inglês é ótimo!)
  • 25. Quando um verbo vier logo após uma preposição, este deve receber -ing. Ex:  I am interested in studying English in England. (Eu estou interessada em estudar inglês na Inglaterra.)  I‟m so sorry for shouting at you yesterday. (Desculpe-me por ter gritado contigo ontem.)
  • 26. As linking words são as conjunções do Inglês, servem para fazer relação entre as idéias e informações expressadas em uma frase.
  • 27. Either … or (ou … ou, nem … nem) Neither … nor (nem … nem (sem o not)) Both … and (tanto … quanto) Not only … but also (não somente … mas também)
  • 28. São aquelas que dão idéias opostas. But – mas However – entretanto Nevertheless – não obstante, mesmo assim
  • 29. São usadas para terminar frases, fazer conclusões.  so – então, por isso  therefore – portanto  thus – por isso  consequently – consequentemente  then – então  hence – daí, logo (ex: ele fuma, daí as tosses)
  • 30. Concessões, permissões. Although – embora Even though – muito embora in spite of – apesar de
  • 31. Expressão Continuidade. Besides – além disso Moreover – além do mais Furthermore – além disso, ademais
  • 32. Para dar explicação à algo, dar razão à. Because – porque As – como Since – desde For – pois, visto que