SlideShare uma empresa Scribd logo
CARTAS DE PAULO
A TIMÓTEO
Toda a Bíblia
em um ano ESTUDOS 4 e 5
2 Tm 1.13,14
ESCOLA BÍBLICA VIRTUAL
CLASSE: A BÍBLIA EM UM ANO
PROFº: FRANCISCO TUDELA
PIBPENHA –SP – Out/2014
Cartas Pastorais
As cartas a Timóteo e a Tito são
chamadas “Pastorais” desde o século
XVIII.
Tratam de conselhos de Paulo a seus
filhos na fé, que pastoreavam em Éfeso
(Timóteo) e na Ilha de Creta (Tito).
Hoje são cartas úteis a todos os pastores
e líderes espirituais.
O autor é Paulo 1Tm 1.1
1 Timóteo
Escrita da Macedônia no ano 61,
logo após ser solto da 1ª prisão em
Roma (1Tm 1.3).
É a 11ª carta escrita por Paulo.
Escrita 15 anos depois da conversão
de Timóteo.
2 Timóteo
Escrita da prisão Romana,
no ano 67, pouco antes
da sua morte.
É a última carta escrita
por Paulo. (das que
foram preservadas)
Sobre o destinatário: Timóteo
Nativo de Listra, de mãe judia e pai grego (At 16.1).
Converteu-se na 1ª viagem de Paulo,47 dC a 48 dC,
com 15 anos e foi batizado. 1Tm 6.12
Educado por sua mãe Eunice e pela avó Lóide, que
lhe ensinaram a fé judaica. 2Tm 3.15
O pai era grego e descrente, daí não ter sido
circuncidado ao oitavo dia.
Esteve preso Hb 13.23
Segundo a tradição, Timóteo foi martirizado em Éfeso
20 anos depois desta carta, durante o reinado do
imperador Domiciano
Sete anos depois, na 2ª viagem missionária, ao
passar novamente por Listra, Paulo batizou
Timóteo, agora com 22 anos e o tomou como seu
colaborador.
Até onde abrir mão?
Para facilitar seu contato com os judeus, Paulo fez
com que Timóteo fosse circuncidado (At 16.3).
Timoteo era jovem e pastoreava pessoas idosas e por
isso necessitava de orientação (1Tm 4.12;5.1,2).
Talvez pensando em desistir (1Tm 1.3; 2Tm 1.4-6).
Tomara algumas decisões precipitadas em relação
aos presbíteros (ou bispos ou pastores) da igreja, e
isso lhe trazia dificuldades (1Tm 5.17,19).
As “paixões da mocidade” o incomodavam (2Tm 2.22),
o que não seria surpresa na ímpia e sensual Éfeso.
Esteve com Paulo por 15 anos
1. Paulo escreveu a maioria das cartas neste período.
2. Companheiro nas viagens de Paulo:
•
na Macedônia (At 17.14,15);
•
em Corinto (At 18.5)
•
e em Éfeso (At 19.22).
3. Desempenhou tarefas de confiança:
1Ts 3,2,5 e 6; 1Cor 4.17; Fp 2.19; Rm 16.21.
Paulo e seu sucessor
Se você tivesse fundado uma empresa e
investido nela seu suor e lágrimas por 30 anos
você a transferiria a alguém como Timóteo?
- Tímido e receoso: 1Co 16.10
- Jovem: 2Tm 2.22 e 1Tm 4.12
- Frequentemente doente: 1Tm 5.23
- Emotivo: 2Tm 1.4
Paulo o fez porque viu Timóteo como:
-
Filho amado e fiel: 1Co 4.17
- Trabalhava na obra do Senhor: 1Co 16.10
- Seu cooperador: Rm 16.21
- Cooperador de Deus: 1Ts 3.2
- Interessado no bem estar dos irmãos: Fp 2.20
- Conhecedor da Bíblia: 2Tm 3.15
- Capaz e fiel: Fp 2.22
Paulo valorizou a fidelidade e a perseverança de
Timóteo.
Paulo desaprovou João Marcos (At 15.37,38), Demas
(2Tm 4.10) e os não solidários com a causa(2Tm 4.16).
O contexto das cartas
Timóteo liderava a igreja de Éfeso (1Tm 1.3).
Paulo desejava ver Timóteo logo, pois somente
Lucas ficara com ele (2Tm 4.9).
Tíquico já fora enviado para assumir o lugar de
Timóteo (2Tm 4.12)
O porquê da primeira
carta
Alertar, instruir e dar autoridade a Timóteo para dirigir a
Igreja de Éfeso, conforme profecias* (1Tm 1.18; 4.14).
Alertar sobre falsos doutores (1Tm 1.3,6; 1.7; 4.1; 6.3)
Tratar dos problemas que enfrentaria: controvérsia e
discussão exigem correção.
Pregavam que o prazer era mau, proibiam comer certos
alimentos e que casar era errado. (1Tm 4.3).
Proibições fundadas na ideia de que o mundo material é
mau, e que a salvação se alcança por meio de certas
verdades secretas, que poucos tem a elas acesso.
* Talvez durante uma oração tenham “profetizado”, isto
é, como um pedido feito a Deus.
O porquê da segunda carta
O propósito e tema da carta estão na metáfora de
“um bom soldado de Cristo Jesus" (2Tm 2.3).
Um bom soldado é leal em qualquer circunstância.
Um bom soldado tem uma conduta:
•
exemplar (cap. 1),
•
corajosa (cap. 2),
•
firme (cap. 3)
•
entusiasmada (cap. 4).
Esboço das
cartas
Esboço– 1 Timóteo
Saudação (1.1-2)
Introdução (1.3-11)
a) Missão de Timóteo (1.3-4)
b) Orientação para enfrentar:
- os falsos doutores (1.5-7)
- e a lei que fora feita para os injustos e não
para os justos (1.8-11)
Ensinar o Evangelho sob a supervisão de Paulo
- vocação de Paulo (1.12-17)
- responsabilidade de Timóteo (1.18-20)
Como comportar-se na casa de Deus
- oração (2.1-15)
- ministérios (3.1-13)
- conclusão (3.14-15)
A sã doutrina
- o mistério da piedade (3.16)
- ataque contra a apostasia (4.1-5)
- o verdadeiro pastor (4.6-10)
- conclusão (4.11)
Instruções a Timóteo sobre o governo
- a conduta de Timóteo (4.12;5.2)
- orientações sobre tipos de fiéis (5.3;6.2a)
- conclusão (6.2b)
Modo de tratar com os que se desviaram
- o retrato do falso mestre (6.3-5)
- eficácia da piedade unida à moderação (6.6-10)
Ensinar o Evangelho com a supervisão de Deus
- o comportamento e o testemunho do
homem de Deus (6.11-14)
- texto doxológico conclusivo (6.15,16)
- acréscimo: recomendações aos cristãos ricos
(6.17-19)
Conclusão (6.20,21)
(doxologia: expressão poética e ritmada de louvor
a Deus)
Particularidades da 1 Timóteo
2.1,2,8 Orar sempre. Orar pelas autoridades (na época
era Nero).
2.4 Salvação e conhecimento estão disponível a todos.
2.5 Não necessitamos de sacerdotes, apenas Jesus.
Em relação à escolha dos diáconos fazê-lo com critério:
“Não se precipite em impor as mãos sobre ninguém e
não participe dos pecados dos outros.” 5.22; 3.1-10
3.1 Como se dá o chamado para servir. Deve ter
qualidades morais. Bispo significava o pastor local.
3.5 A casa é uma pequena igreja.
3.11 Pode ser a mulher do pastor / diácono, ou, talvez
diaconisas e pastoras.
4.1 Os últimos tempos começaram na época de Paulo
e rstaos caminhando para o dia da volta de Jesus.
4.2 O ascetismo é uma doutrina que diz para evitar isto
e aquilo e até anular-se a si mesmo.
4.7 Um grupo de senhoras com mitologias gregas.
4.10 Deus quer salvar todos os homens.
4.14 Timóteo foi consagrado pastor pela igreja.
4.16 Ao aceitar Jesus tem-se a salvação, mas ela não
chegou ainda, ainda não a desfrutarmos plenamente,
pois não estamos no céu.
A salvação é um momento, mas também é um
caminho, um processo.
O contexto das igrejas na Ásia Menor, onde as
mulheres orientavam o culto pagão, em parte, explica a
proibição de não ensinarem na igreja (2.9-15), de modo
que apenas homens habilitados ensinassem (5.17b).
5.1,2 O trato nos relacionamentos.
5.4,9,10,13 Orientações sobre ações sociais.
5.8 A responsabilidade da família.
5.11,12 Após a viuvez fizeram voto de consagração na
igreja e ao se apaixonarem o rompem.
5.17 Dupla honra: Remunerar devidamente o pastor.
5.20 Repreensão pública aos pastores.
5.22 Escolher o pastor é, também, validar seu caráter.
5.23 O pastor deve cuidar da sua saúde.
6.2 O empregado crente não deve “abusar”
do patrão que também é crente.
6.3-5 Pastores que usam o evangelho como uma
mercadoria para enriquecerem.
6.8 Problema: nunca estar satisfeito com o que tem.
6.10 Cobiçar/amar o dinheiro é a raiz de todos os
males. Não procurar sua realização no dinheiro.
6.17-19 Como o rico deve ser portar.
Esboço - 2 TimóteoIntrodução (1.1-5)
1. Fidelidade mesmo na dificuldade.
a) testemunho corajoso (1.6-8)
b) o dom da salvação (1.9,10)
c) o exemplo de Paulo (1.11-18)
2. Fidelidade face a deserções
a) O exemplo de Onesíforo 1.15-18
b) O caráter da obra de Timóteo 2.1-7
c) A obra redentora de Cristo 2.8-13
3. Fidelidade face ao erro
a) Erro doutrinário 2.14-26
b) Erro prático 3.1;4.8
3. Fidelidade ao Senhor apesar da apostasia.
a) apostasia final (3.1-9)
b) o comportamento de Timóteo (3.10,11)
c) chamada à fidelidade (3.12-17)
4. Fidelidade ao Senhor apesar da deserção
de outros (4.6-22).
a) solene exortação (4.1-5)
b) testamento de Paulo (4.6-8)
c) notícias e recomendações (4.9-18)
5. Conclusão 4.9-22
a) Instrução 4.9-13
b) Advertência 4.14;15
c) Explicação 4.16-18
d) Saudações 4.19-21
e) Bênção 4.22
Histórico de 2 Timóteo
Por volta do ano 56, quando Paulo se reuniu em
Mileto com os anciãos da igreja de Éfeso, lhes disse:
“Sei que depois de eu ter ido embora entrarão no
meio de vós lobos opressivos e eles não tratarão o
rebanho com ternura, e dentre vós mesmos surgirão
homens e falarão coisas deturpadas, para atrair a si
os discípulos.” (At 20.29, 30).
Paulo excomunga dois presbíteros (1.19,20 – vá para
o diabo que o carregue!!), mas a evidencia posterior
em 2 Tm 2.17,18 indica que Himeneu se recusou a ir
embora.
Presbíteros haviam se aproveitado de irmãs que
abriram suas casas para ouvi-los (2Tm 3.6,7).
Paulo está autorizando Timóteo, perante a igreja, a
garantir que tais presbíteros sejam substituídos por
pessoas com as qualificações apropriadas, e dá
instruções cuidadosas, não sobre os deveres dos
presbíteros, mas sobre suas qualificações.
Particularidades da 2 Timóteo
1.8 Há sim situações em que alguém se envergonha
do evangelho!
1.15 Paulo está sozinho
1.13 Timóteo deveria guardar o evangelho.
Como?
1.14 “por meio do Espírito Santo que habita em nós”.
Paulo dá instruções das qualificações do obreiro e
não sobre seus deveres, faz uso de 3 ilustrações
para mostrar o tipo de obreiro que agrada a Deus
(também mencionado em 1Co 9.24):
1) 2.3,4 O bom soldado não se envolve nem fica
enrolado com os negócios desta vida, suporta com
os companheiros os sofrimentos, porque quer
satisfazer ao seu general.
2) 2.5 O atleta (o pregador do
evangelho) deve agir
segundo as regras (do cristão
e da sociedade); há quem
não tenha limites para obter o
que deseja
3) 2.6 O lavrador que
trabalhar arduamente será o
primeiro a participar dos
frutos do seu plantio.
Paulo escreve a carta para Timóteo e não para a
igreja (para não cair nas mãos desses líderes).
Eles abandonaram o caminho da verdade e estão
atrapalhando a fé de alguns, afirmando que a nossa
ressurreição já se realizou (1 Tm 1.19,20).
Paulo os exclui da igreja: “os quais entreguei a
Satanás.” (2 Tm 2.17, 18; 1 Tm 1.20)
2.14 Evitar contendas e discussões sem sentido.
2.15 Conhecedor do evangelho.
2.20,21 Importa a finalidade que damos às coisas.
2.22-24 Evitar as tentações, as discussões sem
propósito e não brigar.
Ser amável, paciente e capacitado para ensinar.
A advertênciaDesde de que o homem se afastou de Deus estes
sinais dos últimos dias passaram a existir e crescem à
medidas que se aproxima a 2ª vinda de Cristo.
3.2-6 Péssimos no comportamento com a sociedade e
com Deus, chegando a perder a humanidade.
3.5b Fugir destes homens não é se isolar num
mosteiro, numa comunidade, ....
3.7 Aprende o tempo todo e não consegue reter nada.
3.8 Compara os falsos mestres a “Janes e Jambres”.
(não citados no AT, segundo a tradição judáica foram os mágicos da corte
egípcia que se opuseram a Moisés (Ex 7.11)).
3.14 Não entrar na onda geral.
3.16 Verso muito citado e importante. Já havia o VT.
Conclusões
Adquire-se o verdadeiro conhecimento por meio do
estudo pessoal, sob a orientação do Espírito Santo
e da ajuda fornecida por instrutores do Evangelho.
É isso que habilita a ser um “obreiro que não tem
nada do que se envergonhar, e que maneja
corretamente a palavra da verdade”. 2Tm 2.15
Não será como os líderes religiosos falsos que
estão “... sempre aprendendo, e jamais conseguem
chegar ao conhecimento da verdade.” 2Tm 3.7
Com essa carta chega ao fim o papel
de Paulo na história bíblica.
• Toda a Bíblia em um ano: De Colossenses a Apocalipse; Dusilek,
Darci; 6ª Ed. Rio de Janeiro; Ed. Horizonal, 2005
• Manual Bíblico SBB; trad. Noronha, Lailah; São Paulo; Ed. Sociedade
Bíblica do Brasil; 2008
• Textos Bíblicos extraídos: Bíblia Sagrada Nova Versão
Internacional; São Paulo; Ed. Vida; 2001
• MacDonald, Willian, Comentário Bíblico Popular, São Paulo, Ed.
Mundo Cristão, 1ª edição, 2008
• BRUCCE, F. F. Comentário Bíblico NVI. São Paulo, Ed. Vida, 1ª
edição, 2008
• Igreja Batista Cidade Universitária
• Reflexões extraídas da World Wide Web
• Programa ROTA 66 – Sayão, Luiz – Rádio transmundial
35
Histórico da 2 Timóteo
Paulo esteve na Macedônia entre 65 e
66 e escreveu a 1 Timóteo e a Tito.
Levado prisioneiro para Roma em 66, de
lá escreveu sua última carta, a 2Timóteo,
quando já pressentia seu fim (2Tm 4.6,7).
Diz a tradição que foi conduzido para fora
de Roma, à Via Ostiense, e ali outorgada
a morte do cidadão romano por
decapitação em 67/68 .
Um incêndio ocorreu no ano 64 dC, Nero estava em
outra cidade e, ao saber do ocorrido, retornou a
Roma, esforçando-se para socorrer os desabrigados,
inclusive abrindo os jardins do palácio para acolhê-los.
O fato de, posteriormente, ter usado seus agentes
para adquirir, a preço vil, terrenos nas imediações do
palácio, com a provável intenção de ampliá-lo, tornou-
o suspeito de ter responsabilidade no sinistro.
Os romanos enfureceram-se com isto, prestes a
uma rebelião Nero lança a culpa sobre os cristãos.
É possível que alguns cristãos tenham
proclamado, publicamente, que o incêndio era um
castigo divino pelos "pecados" dos romanos, e que
isto era o prenuncio da volta de Cristo, declaração
que tornaria os cristãos suspeitos do incêndio.
Isso suscitou uma onda de violenta perseguição
imperial, e por volta dessa data Paulo foi preso.
Nero matara o irmão, a mãe e a esposa Otavia,
ordenara a morte dos cristãos por crucificação,
ataques por animais selvagens em arenas, e
queimados vivos em fogueiras.
Devido à perseguição de Nero e à influencia dos
falsos mestres muitos abandonaram o evangelho.
O antídoto para esta apostasia era a edificação na
fé e na palavra.
Pela fé perderiam o medo da perseguição, e pela
palavra, tendo sabedoria, perceberiam o engano
dos falsos mestres.
Com isto em mente, Paulo escreve uma carta a
Timóteo, lembrando-lhe da responsabilidade de
um obreiro com a palavra de Deus.
Paulo chama Timóteo a Roma o quanto antes
(2Tm 4.9), pois pressente sua morte.
Não sabemos o motivo dessa 2ª prisão em Roma.
Nero iniciara uma terrível perseguição aos
cristãos.
Agora era prisioneiro detestado, não um homem
acusado que esperava o julgamento em sua
própria casa alugada.
Timóteo deve ter recebido a carta no final do verão.
• A navegação no Mediterrâneo ficava interrompida na
época em que Timóteo e João Marcos estavam indo
para Roma, provavelmente caminharam 1.280 Km.
• Caminho longo, mesmo para quem tivesse boa
saúde.
Visto que Timóteo passaria por Trôade, Paulo o
adverte contra Alexandre (4.14,14) talvez o mesmo
ourives de At 19.33, da Associação dos Fabricantes de
Idolos –AFI) 2Tm 4.14
Não temos certeza se Timóteo chegou a Roma antes
da morte de Paulo, possivelmente esteve com ele até o
dia da sua morte (2Tm 4.8).
Versículo chave
“Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil
para o ensino, para a repreensão, para a
correção e para a instrução na justiça, para que
o homem de Deus seja apto e plenamente
preparado para toda boa obra. (2Tm 3.16,17)
Demas
(3) amor ao mundo - 4.10.
Paulo não queria que Timóteo se
transformasse em outro Demas 4.10
Demas é um personagem mencionado em
algumas cartas de Paulo como um de seus
cooperadores na época da primeira prisão
em Roma por volta do ano 60.
O NOME DEMAS SIGNIFICA POPULAR.
Ele é mencionado em Col 4.14 e 2Tm 4.10.
"Saúda-vos Lucas, o médico amado, e
Demas."
 
Em Col 4.14 ele era cooperador de Paulo.
Marcos, Aristarco, Demas e Lucas, meus
cooperadores." (Fl 24)
Demas teria amado ao presente século:
Talvez tenha se acovardado diante das duras
perseguições promovidas pelo imperador
NERO contra os CRISTÃOS...
Ou então se afastado da vida cristã...
As palavras de Paulo sugerem ainda, que,
interesses pessoais, e não covardia, levaram-
no até Tessalônica (talvez fosse
tessalonicense).
• Amar o mundo é a pessoa se tomar
escravizada a qualquer coisa do mundo que
impeça seu caráter se tornar semelhante ao
de Jesus.
• Amar o mundo é ser conduzido sob o
domínio do amor-próprio.
• O texto de Paulo poderia ser lido: "Demas
me abandonou escolhendo fazer o que lhe
agradava..."
Em 2Tm 3.2-4 Paulo lista 20 diferentes vícios que
caracterizarão as pessoas nos últimos dias.
A maneira de vencer as tentações da carne é fugindo
das paixões, e destas pessoas. (2Tm 3.5)
“Você, porém, seja moderado em tudo, suporte os
sofrimentos, faça a obra de um evangelista, cumpra
plenamente o seu ministério.” (2 Tm 4.5)
Com essa carta chega ao fim o papel
de Paulo na história bíblica.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Panorama do NT - 2Coríntios
Panorama do NT - 2CoríntiosPanorama do NT - 2Coríntios
Panorama do NT - 2Coríntios
Respirando Deus
 
35. O Profeta Joel
35. O Profeta Joel35. O Profeta Joel
CURSO EETAD -
CURSO EETAD - CURSO EETAD -
Panorama do NT - 2Tessalonicenses
Panorama do NT - 2TessalonicensesPanorama do NT - 2Tessalonicenses
Panorama do NT - 2Tessalonicenses
Respirando Deus
 
9. epístola de paulo 1' coríntios
9. epístola de paulo 1' coríntios9. epístola de paulo 1' coríntios
9. epístola de paulo 1' coríntios
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
As cartas pastorais
As cartas pastoraisAs cartas pastorais
As cartas pastorais
guest1671d3
 
8. epístola de paulo aos romanos
8. epístola de paulo aos romanos8. epístola de paulo aos romanos
8. epístola de paulo aos romanos
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Panorama do NT - Colossenses
Panorama do NT - ColossensesPanorama do NT - Colossenses
Panorama do NT - Colossenses
Respirando Deus
 
Panorama do novo testamento
Panorama do novo testamentoPanorama do novo testamento
Panorama do novo testamento
Bruno Cesar Santos de Sousa
 
Cartas pastorais
Cartas pastoraisCartas pastorais
Cartas pastorais
Cesar Oliveira
 
Timoteo
TimoteoTimoteo
O pentateuco
O pentateucoO pentateuco
Eclesiologia
EclesiologiaEclesiologia
Eclesiologia
Romulo Roosemberg
 
25. Os poéticos: Provérbios
25. Os poéticos: Provérbios25. Os poéticos: Provérbios
25. Os poéticos: Provérbios
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Doutrina do Pecado
Doutrina do Pecado Doutrina do Pecado
Doutrina do Pecado
Geversom Sousa
 
Panorama do NT - 1Timóteo
Panorama do NT - 1TimóteoPanorama do NT - 1Timóteo
Panorama do NT - 1Timóteo
Respirando Deus
 
Panorama do NT - 1Coríntios
Panorama do NT - 1CoríntiosPanorama do NT - 1Coríntios
Panorama do NT - 1Coríntios
Respirando Deus
 
Panorama do NT - Gálatas
Panorama do NT - GálatasPanorama do NT - Gálatas
Panorama do NT - Gálatas
Respirando Deus
 
TESSALONICENSES
TESSALONICENSESTESSALONICENSES
TESSALONICENSES
Cesar Oliveira
 
Lição 18 Apostasia da Fé
Lição 18   Apostasia da FéLição 18   Apostasia da Fé
Lição 18 Apostasia da Fé
Wander Sousa
 

Mais procurados (20)

Panorama do NT - 2Coríntios
Panorama do NT - 2CoríntiosPanorama do NT - 2Coríntios
Panorama do NT - 2Coríntios
 
35. O Profeta Joel
35. O Profeta Joel35. O Profeta Joel
35. O Profeta Joel
 
CURSO EETAD -
CURSO EETAD - CURSO EETAD -
CURSO EETAD -
 
Panorama do NT - 2Tessalonicenses
Panorama do NT - 2TessalonicensesPanorama do NT - 2Tessalonicenses
Panorama do NT - 2Tessalonicenses
 
9. epístola de paulo 1' coríntios
9. epístola de paulo 1' coríntios9. epístola de paulo 1' coríntios
9. epístola de paulo 1' coríntios
 
As cartas pastorais
As cartas pastoraisAs cartas pastorais
As cartas pastorais
 
8. epístola de paulo aos romanos
8. epístola de paulo aos romanos8. epístola de paulo aos romanos
8. epístola de paulo aos romanos
 
Panorama do NT - Colossenses
Panorama do NT - ColossensesPanorama do NT - Colossenses
Panorama do NT - Colossenses
 
Panorama do novo testamento
Panorama do novo testamentoPanorama do novo testamento
Panorama do novo testamento
 
Cartas pastorais
Cartas pastoraisCartas pastorais
Cartas pastorais
 
Timoteo
TimoteoTimoteo
Timoteo
 
O pentateuco
O pentateucoO pentateuco
O pentateuco
 
Eclesiologia
EclesiologiaEclesiologia
Eclesiologia
 
25. Os poéticos: Provérbios
25. Os poéticos: Provérbios25. Os poéticos: Provérbios
25. Os poéticos: Provérbios
 
Doutrina do Pecado
Doutrina do Pecado Doutrina do Pecado
Doutrina do Pecado
 
Panorama do NT - 1Timóteo
Panorama do NT - 1TimóteoPanorama do NT - 1Timóteo
Panorama do NT - 1Timóteo
 
Panorama do NT - 1Coríntios
Panorama do NT - 1CoríntiosPanorama do NT - 1Coríntios
Panorama do NT - 1Coríntios
 
Panorama do NT - Gálatas
Panorama do NT - GálatasPanorama do NT - Gálatas
Panorama do NT - Gálatas
 
TESSALONICENSES
TESSALONICENSESTESSALONICENSES
TESSALONICENSES
 
Lição 18 Apostasia da Fé
Lição 18   Apostasia da FéLição 18   Apostasia da Fé
Lição 18 Apostasia da Fé
 

Destaque

20 daniel
20 daniel20 daniel
20 daniel
PIB Penha
 
34 efésios
34 efésios34 efésios
34 efésios
PIB Penha
 
37 1 e 2 tessalonicenses
37  1 e 2 tessalonicenses37  1 e 2 tessalonicenses
37 1 e 2 tessalonicenses
PIB Penha
 
17 isaias
17  isaias17  isaias
17 isaias
PIB Penha
 
24 ageu, zacarias e malaquias
24 ageu, zacarias e malaquias24 ageu, zacarias e malaquias
24 ageu, zacarias e malaquias
PIB Penha
 
18 jeremias e lamentações
18 jeremias e lamentações18 jeremias e lamentações
18 jeremias e lamentações
PIB Penha
 
21 oséias, joel e amós
21 oséias, joel e amós21 oséias, joel e amós
21 oséias, joel e amós
PIB Penha
 
23 naum, habacuque e sofonias
23 naum, habacuque e sofonias23 naum, habacuque e sofonias
23 naum, habacuque e sofonias
PIB Penha
 
32 i e ii corintios
32  i e ii corintios32  i e ii corintios
32 i e ii corintios
PIB Penha
 
33 galatas
33 galatas33 galatas
33 galatas
PIB Penha
 
39 tito e filemom
39 tito e filemom39 tito e filemom
39 tito e filemom
PIB Penha
 
22 obadias, jonas e miquéias
22 obadias, jonas e miquéias22 obadias, jonas e miquéias
22 obadias, jonas e miquéias
PIB Penha
 
36 colossenses
36 colossenses36 colossenses
36 colossenses
PIB Penha
 
31 romanos
31 romanos31 romanos
31 romanos
PIB Penha
 
11 1 e 2 crônicas
11   1 e 2 crônicas11   1 e 2 crônicas
11 1 e 2 crônicas
PIB Penha
 
10 1 e 2 reis
10   1 e 2 reis10   1 e 2 reis
10 1 e 2 reis
PIB Penha
 
13 ester
13 ester13 ester
13 ester
PIB Penha
 
8 rute
8   rute8   rute
8 rute
PIB Penha
 
9 1 e 2 samuel
9   1 e 2 samuel9   1 e 2 samuel
9 1 e 2 samuel
PIB Penha
 
7 juizes
7   juizes7   juizes
7 juizes
PIB Penha
 

Destaque (20)

20 daniel
20 daniel20 daniel
20 daniel
 
34 efésios
34 efésios34 efésios
34 efésios
 
37 1 e 2 tessalonicenses
37  1 e 2 tessalonicenses37  1 e 2 tessalonicenses
37 1 e 2 tessalonicenses
 
17 isaias
17  isaias17  isaias
17 isaias
 
24 ageu, zacarias e malaquias
24 ageu, zacarias e malaquias24 ageu, zacarias e malaquias
24 ageu, zacarias e malaquias
 
18 jeremias e lamentações
18 jeremias e lamentações18 jeremias e lamentações
18 jeremias e lamentações
 
21 oséias, joel e amós
21 oséias, joel e amós21 oséias, joel e amós
21 oséias, joel e amós
 
23 naum, habacuque e sofonias
23 naum, habacuque e sofonias23 naum, habacuque e sofonias
23 naum, habacuque e sofonias
 
32 i e ii corintios
32  i e ii corintios32  i e ii corintios
32 i e ii corintios
 
33 galatas
33 galatas33 galatas
33 galatas
 
39 tito e filemom
39 tito e filemom39 tito e filemom
39 tito e filemom
 
22 obadias, jonas e miquéias
22 obadias, jonas e miquéias22 obadias, jonas e miquéias
22 obadias, jonas e miquéias
 
36 colossenses
36 colossenses36 colossenses
36 colossenses
 
31 romanos
31 romanos31 romanos
31 romanos
 
11 1 e 2 crônicas
11   1 e 2 crônicas11   1 e 2 crônicas
11 1 e 2 crônicas
 
10 1 e 2 reis
10   1 e 2 reis10   1 e 2 reis
10 1 e 2 reis
 
13 ester
13 ester13 ester
13 ester
 
8 rute
8   rute8   rute
8 rute
 
9 1 e 2 samuel
9   1 e 2 samuel9   1 e 2 samuel
9 1 e 2 samuel
 
7 juizes
7   juizes7   juizes
7 juizes
 

Semelhante a 38 1 e 2 timoteo=

Lição 1 - 5 de julho de 2015 - Uma Mensagem à Igreja Local e à Liderança
Lição 1 - 5 de julho de 2015 - Uma Mensagem à Igreja Local e à LiderançaLição 1 - 5 de julho de 2015 - Uma Mensagem à Igreja Local e à Liderança
Lição 1 - 5 de julho de 2015 - Uma Mensagem à Igreja Local e à Liderança
Tcc Final
 
Lição 7 (3° 15) Eu Sei Em Quem Tenho Crido
Lição 7 (3° 15) Eu Sei Em Quem Tenho CridoLição 7 (3° 15) Eu Sei Em Quem Tenho Crido
Lição 7 (3° 15) Eu Sei Em Quem Tenho Crido
Pr. Andre Luiz
 
014 timoteo 1º
014 timoteo 1º014 timoteo 1º
014 timoteo 1º
Diógenes Gimenes
 
EBD CPAD Licões bíblica 3°trimestre 2015 aula 6 conselhos gerais.
EBD CPAD Licões bíblica 3°trimestre 2015 aula 6 conselhos gerais.EBD CPAD Licões bíblica 3°trimestre 2015 aula 6 conselhos gerais.
EBD CPAD Licões bíblica 3°trimestre 2015 aula 6 conselhos gerais.
GIDEONE Moura Santos Ferreira
 
LIÇÃO 01 - UMA MENSAGEM À IGREJA LOCAL E À LIDERANÇA
LIÇÃO 01 - UMA MENSAGEM À IGREJA LOCAL E À LIDERANÇA LIÇÃO 01 - UMA MENSAGEM À IGREJA LOCAL E À LIDERANÇA
LIÇÃO 01 - UMA MENSAGEM À IGREJA LOCAL E À LIDERANÇA
Lourinaldo Serafim
 
Comentário biblico pentecostal – 1 e 2 timóteo
Comentário biblico pentecostal – 1 e 2 timóteoComentário biblico pentecostal – 1 e 2 timóteo
Comentário biblico pentecostal – 1 e 2 timóteo
deusdetdfsoares
 
Lição 6 conselhos gerais
Lição 6    conselhos geraisLição 6    conselhos gerais
Lição 6 conselhos gerais
Pr. Gerson Eller
 
Lição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.ppt
Lição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.pptLição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.ppt
Lição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.ppt
PauloMello68
 
2a. versão mensagem a igreja local e a liderança
2a. versão mensagem a igreja local e a liderança2a. versão mensagem a igreja local e a liderança
2a. versão mensagem a igreja local e a liderança
Elson Juvenal Pinto Loureiro
 
Uma mensagem à igreja local e à liderança
Uma mensagem à igreja local e à liderançaUma mensagem à igreja local e à liderança
Uma mensagem à igreja local e à liderança
Pr. Gerson Eller
 
LIÇÃO 07 - EU SEI EM QUEM TENHO CRIDO
LIÇÃO 07 - EU SEI EM QUEM TENHO CRIDOLIÇÃO 07 - EU SEI EM QUEM TENHO CRIDO
LIÇÃO 07 - EU SEI EM QUEM TENHO CRIDO
Lourinaldo Serafim
 
comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)
comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)
comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)
leniogravacoes
 
2015 3 TRI LIÇÃO 1 - Uma mensagem à igreja local e à liderança
2015 3 TRI LIÇÃO 1 - Uma mensagem à igreja local e à liderança2015 3 TRI LIÇÃO 1 - Uma mensagem à igreja local e à liderança
2015 3 TRI LIÇÃO 1 - Uma mensagem à igreja local e à liderança
Natalino das Neves Neves
 
Estudo em i timóteo
Estudo em i timóteoEstudo em i timóteo
Estudo em i timóteo
UFES
 
Panorama do NT - 2Timóteo
Panorama do NT - 2TimóteoPanorama do NT - 2Timóteo
Panorama do NT - 2Timóteo
Respirando Deus
 
Lição 10 o lider diante da chegada da morte 3º trimestre de 2015
Lição 10   o lider diante da chegada da morte   3º trimestre de 2015Lição 10   o lider diante da chegada da morte   3º trimestre de 2015
Lição 10 o lider diante da chegada da morte 3º trimestre de 2015
Andrew Guimarães
 
Lição 01 - Uma mensagem à igreja local e à liderança
Lição 01 -  Uma mensagem à igreja local e à liderançaLição 01 -  Uma mensagem à igreja local e à liderança
Lição 01 - Uma mensagem à igreja local e à liderança
Regio Davis
 
INSTRUÇOES A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇA
INSTRUÇOES A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇAINSTRUÇOES A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇA
INSTRUÇOES A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇA
Elson Juvenal Pinto Loureiro
 
12 1 Timoteo.pptx
12 1 Timoteo.pptx12 1 Timoteo.pptx
12 1 Timoteo.pptx
PIB Penha - SP
 
Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )
Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )
Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )
ibpcursos
 

Semelhante a 38 1 e 2 timoteo= (20)

Lição 1 - 5 de julho de 2015 - Uma Mensagem à Igreja Local e à Liderança
Lição 1 - 5 de julho de 2015 - Uma Mensagem à Igreja Local e à LiderançaLição 1 - 5 de julho de 2015 - Uma Mensagem à Igreja Local e à Liderança
Lição 1 - 5 de julho de 2015 - Uma Mensagem à Igreja Local e à Liderança
 
Lição 7 (3° 15) Eu Sei Em Quem Tenho Crido
Lição 7 (3° 15) Eu Sei Em Quem Tenho CridoLição 7 (3° 15) Eu Sei Em Quem Tenho Crido
Lição 7 (3° 15) Eu Sei Em Quem Tenho Crido
 
014 timoteo 1º
014 timoteo 1º014 timoteo 1º
014 timoteo 1º
 
EBD CPAD Licões bíblica 3°trimestre 2015 aula 6 conselhos gerais.
EBD CPAD Licões bíblica 3°trimestre 2015 aula 6 conselhos gerais.EBD CPAD Licões bíblica 3°trimestre 2015 aula 6 conselhos gerais.
EBD CPAD Licões bíblica 3°trimestre 2015 aula 6 conselhos gerais.
 
LIÇÃO 01 - UMA MENSAGEM À IGREJA LOCAL E À LIDERANÇA
LIÇÃO 01 - UMA MENSAGEM À IGREJA LOCAL E À LIDERANÇA LIÇÃO 01 - UMA MENSAGEM À IGREJA LOCAL E À LIDERANÇA
LIÇÃO 01 - UMA MENSAGEM À IGREJA LOCAL E À LIDERANÇA
 
Comentário biblico pentecostal – 1 e 2 timóteo
Comentário biblico pentecostal – 1 e 2 timóteoComentário biblico pentecostal – 1 e 2 timóteo
Comentário biblico pentecostal – 1 e 2 timóteo
 
Lição 6 conselhos gerais
Lição 6    conselhos geraisLição 6    conselhos gerais
Lição 6 conselhos gerais
 
Lição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.ppt
Lição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.pptLição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.ppt
Lição 12 - AS EPÍSTOLAS INSTRUEM E FORMAM O CRISTÃO.ppt
 
2a. versão mensagem a igreja local e a liderança
2a. versão mensagem a igreja local e a liderança2a. versão mensagem a igreja local e a liderança
2a. versão mensagem a igreja local e a liderança
 
Uma mensagem à igreja local e à liderança
Uma mensagem à igreja local e à liderançaUma mensagem à igreja local e à liderança
Uma mensagem à igreja local e à liderança
 
LIÇÃO 07 - EU SEI EM QUEM TENHO CRIDO
LIÇÃO 07 - EU SEI EM QUEM TENHO CRIDOLIÇÃO 07 - EU SEI EM QUEM TENHO CRIDO
LIÇÃO 07 - EU SEI EM QUEM TENHO CRIDO
 
comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)
comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)
comentario biblico-1 tessalonicenses (moody)
 
2015 3 TRI LIÇÃO 1 - Uma mensagem à igreja local e à liderança
2015 3 TRI LIÇÃO 1 - Uma mensagem à igreja local e à liderança2015 3 TRI LIÇÃO 1 - Uma mensagem à igreja local e à liderança
2015 3 TRI LIÇÃO 1 - Uma mensagem à igreja local e à liderança
 
Estudo em i timóteo
Estudo em i timóteoEstudo em i timóteo
Estudo em i timóteo
 
Panorama do NT - 2Timóteo
Panorama do NT - 2TimóteoPanorama do NT - 2Timóteo
Panorama do NT - 2Timóteo
 
Lição 10 o lider diante da chegada da morte 3º trimestre de 2015
Lição 10   o lider diante da chegada da morte   3º trimestre de 2015Lição 10   o lider diante da chegada da morte   3º trimestre de 2015
Lição 10 o lider diante da chegada da morte 3º trimestre de 2015
 
Lição 01 - Uma mensagem à igreja local e à liderança
Lição 01 -  Uma mensagem à igreja local e à liderançaLição 01 -  Uma mensagem à igreja local e à liderança
Lição 01 - Uma mensagem à igreja local e à liderança
 
INSTRUÇOES A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇA
INSTRUÇOES A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇAINSTRUÇOES A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇA
INSTRUÇOES A IGREJA LOCAL E A LIDERANÇA
 
12 1 Timoteo.pptx
12 1 Timoteo.pptx12 1 Timoteo.pptx
12 1 Timoteo.pptx
 
Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )
Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )
Estudo - 1 Tessalonicenses ( Comentário de Moody )
 

38 1 e 2 timoteo=

  • 1. CARTAS DE PAULO A TIMÓTEO Toda a Bíblia em um ano ESTUDOS 4 e 5 2 Tm 1.13,14 ESCOLA BÍBLICA VIRTUAL CLASSE: A BÍBLIA EM UM ANO PROFº: FRANCISCO TUDELA PIBPENHA –SP – Out/2014
  • 2. Cartas Pastorais As cartas a Timóteo e a Tito são chamadas “Pastorais” desde o século XVIII. Tratam de conselhos de Paulo a seus filhos na fé, que pastoreavam em Éfeso (Timóteo) e na Ilha de Creta (Tito). Hoje são cartas úteis a todos os pastores e líderes espirituais. O autor é Paulo 1Tm 1.1
  • 3. 1 Timóteo Escrita da Macedônia no ano 61, logo após ser solto da 1ª prisão em Roma (1Tm 1.3). É a 11ª carta escrita por Paulo. Escrita 15 anos depois da conversão de Timóteo.
  • 4. 2 Timóteo Escrita da prisão Romana, no ano 67, pouco antes da sua morte. É a última carta escrita por Paulo. (das que foram preservadas)
  • 5. Sobre o destinatário: Timóteo Nativo de Listra, de mãe judia e pai grego (At 16.1). Converteu-se na 1ª viagem de Paulo,47 dC a 48 dC, com 15 anos e foi batizado. 1Tm 6.12 Educado por sua mãe Eunice e pela avó Lóide, que lhe ensinaram a fé judaica. 2Tm 3.15 O pai era grego e descrente, daí não ter sido circuncidado ao oitavo dia. Esteve preso Hb 13.23 Segundo a tradição, Timóteo foi martirizado em Éfeso 20 anos depois desta carta, durante o reinado do imperador Domiciano
  • 6. Sete anos depois, na 2ª viagem missionária, ao passar novamente por Listra, Paulo batizou Timóteo, agora com 22 anos e o tomou como seu colaborador. Até onde abrir mão? Para facilitar seu contato com os judeus, Paulo fez com que Timóteo fosse circuncidado (At 16.3).
  • 7. Timoteo era jovem e pastoreava pessoas idosas e por isso necessitava de orientação (1Tm 4.12;5.1,2). Talvez pensando em desistir (1Tm 1.3; 2Tm 1.4-6). Tomara algumas decisões precipitadas em relação aos presbíteros (ou bispos ou pastores) da igreja, e isso lhe trazia dificuldades (1Tm 5.17,19). As “paixões da mocidade” o incomodavam (2Tm 2.22), o que não seria surpresa na ímpia e sensual Éfeso.
  • 8. Esteve com Paulo por 15 anos 1. Paulo escreveu a maioria das cartas neste período. 2. Companheiro nas viagens de Paulo: • na Macedônia (At 17.14,15); • em Corinto (At 18.5) • e em Éfeso (At 19.22). 3. Desempenhou tarefas de confiança: 1Ts 3,2,5 e 6; 1Cor 4.17; Fp 2.19; Rm 16.21.
  • 9. Paulo e seu sucessor Se você tivesse fundado uma empresa e investido nela seu suor e lágrimas por 30 anos você a transferiria a alguém como Timóteo? - Tímido e receoso: 1Co 16.10 - Jovem: 2Tm 2.22 e 1Tm 4.12 - Frequentemente doente: 1Tm 5.23 - Emotivo: 2Tm 1.4
  • 10. Paulo o fez porque viu Timóteo como: - Filho amado e fiel: 1Co 4.17 - Trabalhava na obra do Senhor: 1Co 16.10 - Seu cooperador: Rm 16.21 - Cooperador de Deus: 1Ts 3.2 - Interessado no bem estar dos irmãos: Fp 2.20 - Conhecedor da Bíblia: 2Tm 3.15 - Capaz e fiel: Fp 2.22 Paulo valorizou a fidelidade e a perseverança de Timóteo. Paulo desaprovou João Marcos (At 15.37,38), Demas (2Tm 4.10) e os não solidários com a causa(2Tm 4.16).
  • 11. O contexto das cartas Timóteo liderava a igreja de Éfeso (1Tm 1.3). Paulo desejava ver Timóteo logo, pois somente Lucas ficara com ele (2Tm 4.9). Tíquico já fora enviado para assumir o lugar de Timóteo (2Tm 4.12)
  • 12. O porquê da primeira carta Alertar, instruir e dar autoridade a Timóteo para dirigir a Igreja de Éfeso, conforme profecias* (1Tm 1.18; 4.14). Alertar sobre falsos doutores (1Tm 1.3,6; 1.7; 4.1; 6.3) Tratar dos problemas que enfrentaria: controvérsia e discussão exigem correção. Pregavam que o prazer era mau, proibiam comer certos alimentos e que casar era errado. (1Tm 4.3). Proibições fundadas na ideia de que o mundo material é mau, e que a salvação se alcança por meio de certas verdades secretas, que poucos tem a elas acesso. * Talvez durante uma oração tenham “profetizado”, isto é, como um pedido feito a Deus.
  • 13. O porquê da segunda carta O propósito e tema da carta estão na metáfora de “um bom soldado de Cristo Jesus" (2Tm 2.3). Um bom soldado é leal em qualquer circunstância. Um bom soldado tem uma conduta: • exemplar (cap. 1), • corajosa (cap. 2), • firme (cap. 3) • entusiasmada (cap. 4).
  • 15. Esboço– 1 Timóteo Saudação (1.1-2) Introdução (1.3-11) a) Missão de Timóteo (1.3-4) b) Orientação para enfrentar: - os falsos doutores (1.5-7) - e a lei que fora feita para os injustos e não para os justos (1.8-11) Ensinar o Evangelho sob a supervisão de Paulo - vocação de Paulo (1.12-17) - responsabilidade de Timóteo (1.18-20)
  • 16. Como comportar-se na casa de Deus - oração (2.1-15) - ministérios (3.1-13) - conclusão (3.14-15) A sã doutrina - o mistério da piedade (3.16) - ataque contra a apostasia (4.1-5) - o verdadeiro pastor (4.6-10) - conclusão (4.11)
  • 17. Instruções a Timóteo sobre o governo - a conduta de Timóteo (4.12;5.2) - orientações sobre tipos de fiéis (5.3;6.2a) - conclusão (6.2b) Modo de tratar com os que se desviaram - o retrato do falso mestre (6.3-5) - eficácia da piedade unida à moderação (6.6-10)
  • 18. Ensinar o Evangelho com a supervisão de Deus - o comportamento e o testemunho do homem de Deus (6.11-14) - texto doxológico conclusivo (6.15,16) - acréscimo: recomendações aos cristãos ricos (6.17-19) Conclusão (6.20,21) (doxologia: expressão poética e ritmada de louvor a Deus)
  • 19. Particularidades da 1 Timóteo 2.1,2,8 Orar sempre. Orar pelas autoridades (na época era Nero). 2.4 Salvação e conhecimento estão disponível a todos. 2.5 Não necessitamos de sacerdotes, apenas Jesus. Em relação à escolha dos diáconos fazê-lo com critério: “Não se precipite em impor as mãos sobre ninguém e não participe dos pecados dos outros.” 5.22; 3.1-10 3.1 Como se dá o chamado para servir. Deve ter qualidades morais. Bispo significava o pastor local. 3.5 A casa é uma pequena igreja. 3.11 Pode ser a mulher do pastor / diácono, ou, talvez diaconisas e pastoras.
  • 20. 4.1 Os últimos tempos começaram na época de Paulo e rstaos caminhando para o dia da volta de Jesus. 4.2 O ascetismo é uma doutrina que diz para evitar isto e aquilo e até anular-se a si mesmo. 4.7 Um grupo de senhoras com mitologias gregas. 4.10 Deus quer salvar todos os homens. 4.14 Timóteo foi consagrado pastor pela igreja. 4.16 Ao aceitar Jesus tem-se a salvação, mas ela não chegou ainda, ainda não a desfrutarmos plenamente, pois não estamos no céu. A salvação é um momento, mas também é um caminho, um processo.
  • 21. O contexto das igrejas na Ásia Menor, onde as mulheres orientavam o culto pagão, em parte, explica a proibição de não ensinarem na igreja (2.9-15), de modo que apenas homens habilitados ensinassem (5.17b). 5.1,2 O trato nos relacionamentos. 5.4,9,10,13 Orientações sobre ações sociais. 5.8 A responsabilidade da família. 5.11,12 Após a viuvez fizeram voto de consagração na igreja e ao se apaixonarem o rompem. 5.17 Dupla honra: Remunerar devidamente o pastor. 5.20 Repreensão pública aos pastores. 5.22 Escolher o pastor é, também, validar seu caráter. 5.23 O pastor deve cuidar da sua saúde.
  • 22. 6.2 O empregado crente não deve “abusar” do patrão que também é crente. 6.3-5 Pastores que usam o evangelho como uma mercadoria para enriquecerem. 6.8 Problema: nunca estar satisfeito com o que tem. 6.10 Cobiçar/amar o dinheiro é a raiz de todos os males. Não procurar sua realização no dinheiro. 6.17-19 Como o rico deve ser portar.
  • 23. Esboço - 2 TimóteoIntrodução (1.1-5) 1. Fidelidade mesmo na dificuldade. a) testemunho corajoso (1.6-8) b) o dom da salvação (1.9,10) c) o exemplo de Paulo (1.11-18) 2. Fidelidade face a deserções a) O exemplo de Onesíforo 1.15-18 b) O caráter da obra de Timóteo 2.1-7 c) A obra redentora de Cristo 2.8-13 3. Fidelidade face ao erro a) Erro doutrinário 2.14-26 b) Erro prático 3.1;4.8
  • 24. 3. Fidelidade ao Senhor apesar da apostasia. a) apostasia final (3.1-9) b) o comportamento de Timóteo (3.10,11) c) chamada à fidelidade (3.12-17) 4. Fidelidade ao Senhor apesar da deserção de outros (4.6-22). a) solene exortação (4.1-5) b) testamento de Paulo (4.6-8) c) notícias e recomendações (4.9-18)
  • 25. 5. Conclusão 4.9-22 a) Instrução 4.9-13 b) Advertência 4.14;15 c) Explicação 4.16-18 d) Saudações 4.19-21 e) Bênção 4.22
  • 26. Histórico de 2 Timóteo Por volta do ano 56, quando Paulo se reuniu em Mileto com os anciãos da igreja de Éfeso, lhes disse: “Sei que depois de eu ter ido embora entrarão no meio de vós lobos opressivos e eles não tratarão o rebanho com ternura, e dentre vós mesmos surgirão homens e falarão coisas deturpadas, para atrair a si os discípulos.” (At 20.29, 30). Paulo excomunga dois presbíteros (1.19,20 – vá para o diabo que o carregue!!), mas a evidencia posterior em 2 Tm 2.17,18 indica que Himeneu se recusou a ir embora.
  • 27. Presbíteros haviam se aproveitado de irmãs que abriram suas casas para ouvi-los (2Tm 3.6,7). Paulo está autorizando Timóteo, perante a igreja, a garantir que tais presbíteros sejam substituídos por pessoas com as qualificações apropriadas, e dá instruções cuidadosas, não sobre os deveres dos presbíteros, mas sobre suas qualificações.
  • 28. Particularidades da 2 Timóteo 1.8 Há sim situações em que alguém se envergonha do evangelho! 1.15 Paulo está sozinho 1.13 Timóteo deveria guardar o evangelho. Como? 1.14 “por meio do Espírito Santo que habita em nós”.
  • 29. Paulo dá instruções das qualificações do obreiro e não sobre seus deveres, faz uso de 3 ilustrações para mostrar o tipo de obreiro que agrada a Deus (também mencionado em 1Co 9.24): 1) 2.3,4 O bom soldado não se envolve nem fica enrolado com os negócios desta vida, suporta com os companheiros os sofrimentos, porque quer satisfazer ao seu general.
  • 30. 2) 2.5 O atleta (o pregador do evangelho) deve agir segundo as regras (do cristão e da sociedade); há quem não tenha limites para obter o que deseja 3) 2.6 O lavrador que trabalhar arduamente será o primeiro a participar dos frutos do seu plantio.
  • 31. Paulo escreve a carta para Timóteo e não para a igreja (para não cair nas mãos desses líderes). Eles abandonaram o caminho da verdade e estão atrapalhando a fé de alguns, afirmando que a nossa ressurreição já se realizou (1 Tm 1.19,20). Paulo os exclui da igreja: “os quais entreguei a Satanás.” (2 Tm 2.17, 18; 1 Tm 1.20) 2.14 Evitar contendas e discussões sem sentido. 2.15 Conhecedor do evangelho. 2.20,21 Importa a finalidade que damos às coisas. 2.22-24 Evitar as tentações, as discussões sem propósito e não brigar. Ser amável, paciente e capacitado para ensinar.
  • 32. A advertênciaDesde de que o homem se afastou de Deus estes sinais dos últimos dias passaram a existir e crescem à medidas que se aproxima a 2ª vinda de Cristo. 3.2-6 Péssimos no comportamento com a sociedade e com Deus, chegando a perder a humanidade. 3.5b Fugir destes homens não é se isolar num mosteiro, numa comunidade, .... 3.7 Aprende o tempo todo e não consegue reter nada. 3.8 Compara os falsos mestres a “Janes e Jambres”. (não citados no AT, segundo a tradição judáica foram os mágicos da corte egípcia que se opuseram a Moisés (Ex 7.11)). 3.14 Não entrar na onda geral. 3.16 Verso muito citado e importante. Já havia o VT.
  • 33. Conclusões Adquire-se o verdadeiro conhecimento por meio do estudo pessoal, sob a orientação do Espírito Santo e da ajuda fornecida por instrutores do Evangelho. É isso que habilita a ser um “obreiro que não tem nada do que se envergonhar, e que maneja corretamente a palavra da verdade”. 2Tm 2.15 Não será como os líderes religiosos falsos que estão “... sempre aprendendo, e jamais conseguem chegar ao conhecimento da verdade.” 2Tm 3.7 Com essa carta chega ao fim o papel de Paulo na história bíblica.
  • 34.
  • 35. • Toda a Bíblia em um ano: De Colossenses a Apocalipse; Dusilek, Darci; 6ª Ed. Rio de Janeiro; Ed. Horizonal, 2005 • Manual Bíblico SBB; trad. Noronha, Lailah; São Paulo; Ed. Sociedade Bíblica do Brasil; 2008 • Textos Bíblicos extraídos: Bíblia Sagrada Nova Versão Internacional; São Paulo; Ed. Vida; 2001 • MacDonald, Willian, Comentário Bíblico Popular, São Paulo, Ed. Mundo Cristão, 1ª edição, 2008 • BRUCCE, F. F. Comentário Bíblico NVI. São Paulo, Ed. Vida, 1ª edição, 2008 • Igreja Batista Cidade Universitária • Reflexões extraídas da World Wide Web • Programa ROTA 66 – Sayão, Luiz – Rádio transmundial 35
  • 36.
  • 37. Histórico da 2 Timóteo Paulo esteve na Macedônia entre 65 e 66 e escreveu a 1 Timóteo e a Tito. Levado prisioneiro para Roma em 66, de lá escreveu sua última carta, a 2Timóteo, quando já pressentia seu fim (2Tm 4.6,7). Diz a tradição que foi conduzido para fora de Roma, à Via Ostiense, e ali outorgada a morte do cidadão romano por decapitação em 67/68 .
  • 38. Um incêndio ocorreu no ano 64 dC, Nero estava em outra cidade e, ao saber do ocorrido, retornou a Roma, esforçando-se para socorrer os desabrigados, inclusive abrindo os jardins do palácio para acolhê-los. O fato de, posteriormente, ter usado seus agentes para adquirir, a preço vil, terrenos nas imediações do palácio, com a provável intenção de ampliá-lo, tornou- o suspeito de ter responsabilidade no sinistro.
  • 39. Os romanos enfureceram-se com isto, prestes a uma rebelião Nero lança a culpa sobre os cristãos. É possível que alguns cristãos tenham proclamado, publicamente, que o incêndio era um castigo divino pelos "pecados" dos romanos, e que isto era o prenuncio da volta de Cristo, declaração que tornaria os cristãos suspeitos do incêndio. Isso suscitou uma onda de violenta perseguição imperial, e por volta dessa data Paulo foi preso.
  • 40. Nero matara o irmão, a mãe e a esposa Otavia, ordenara a morte dos cristãos por crucificação, ataques por animais selvagens em arenas, e queimados vivos em fogueiras. Devido à perseguição de Nero e à influencia dos falsos mestres muitos abandonaram o evangelho.
  • 41. O antídoto para esta apostasia era a edificação na fé e na palavra. Pela fé perderiam o medo da perseguição, e pela palavra, tendo sabedoria, perceberiam o engano dos falsos mestres. Com isto em mente, Paulo escreve uma carta a Timóteo, lembrando-lhe da responsabilidade de um obreiro com a palavra de Deus.
  • 42. Paulo chama Timóteo a Roma o quanto antes (2Tm 4.9), pois pressente sua morte. Não sabemos o motivo dessa 2ª prisão em Roma. Nero iniciara uma terrível perseguição aos cristãos. Agora era prisioneiro detestado, não um homem acusado que esperava o julgamento em sua própria casa alugada.
  • 43. Timóteo deve ter recebido a carta no final do verão. • A navegação no Mediterrâneo ficava interrompida na época em que Timóteo e João Marcos estavam indo para Roma, provavelmente caminharam 1.280 Km. • Caminho longo, mesmo para quem tivesse boa saúde. Visto que Timóteo passaria por Trôade, Paulo o adverte contra Alexandre (4.14,14) talvez o mesmo ourives de At 19.33, da Associação dos Fabricantes de Idolos –AFI) 2Tm 4.14 Não temos certeza se Timóteo chegou a Roma antes da morte de Paulo, possivelmente esteve com ele até o dia da sua morte (2Tm 4.8).
  • 44. Versículo chave “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça, para que o homem de Deus seja apto e plenamente preparado para toda boa obra. (2Tm 3.16,17)
  • 45. Demas (3) amor ao mundo - 4.10. Paulo não queria que Timóteo se transformasse em outro Demas 4.10 Demas é um personagem mencionado em algumas cartas de Paulo como um de seus cooperadores na época da primeira prisão em Roma por volta do ano 60.
  • 46. O NOME DEMAS SIGNIFICA POPULAR. Ele é mencionado em Col 4.14 e 2Tm 4.10. "Saúda-vos Lucas, o médico amado, e Demas."   Em Col 4.14 ele era cooperador de Paulo. Marcos, Aristarco, Demas e Lucas, meus cooperadores." (Fl 24)
  • 47. Demas teria amado ao presente século: Talvez tenha se acovardado diante das duras perseguições promovidas pelo imperador NERO contra os CRISTÃOS... Ou então se afastado da vida cristã... As palavras de Paulo sugerem ainda, que, interesses pessoais, e não covardia, levaram- no até Tessalônica (talvez fosse tessalonicense).
  • 48. • Amar o mundo é a pessoa se tomar escravizada a qualquer coisa do mundo que impeça seu caráter se tornar semelhante ao de Jesus. • Amar o mundo é ser conduzido sob o domínio do amor-próprio. • O texto de Paulo poderia ser lido: "Demas me abandonou escolhendo fazer o que lhe agradava..."
  • 49. Em 2Tm 3.2-4 Paulo lista 20 diferentes vícios que caracterizarão as pessoas nos últimos dias. A maneira de vencer as tentações da carne é fugindo das paixões, e destas pessoas. (2Tm 3.5) “Você, porém, seja moderado em tudo, suporte os sofrimentos, faça a obra de um evangelista, cumpra plenamente o seu ministério.” (2 Tm 4.5) Com essa carta chega ao fim o papel de Paulo na história bíblica.