SlideShare uma empresa Scribd logo
Margarida Barbosa Teixeira
MÉTODO CIENTÍFICO
Fases do Método Científico
2
Fases do Método Científico
3
Fases do Método Científico
4
 Observação
Quase todas as investigações científicas começam por uma
observação que desperta a curiosidade ou suscita uma
questão
 Problema
Após uma observação para a qual não se encontra explicação
imediata surge um problema e é formulada uma pergunta.
O propósito da pergunta é estreitar o foco da investigação e
identificar o problema em termos específicos.
 Hipótese
Sugestão de possível resposta à questão levantada.
Fases do Método Científico
5
 Experiência
É planificada de modo a testar uma hipótese.
• Etapas da planificação da experiência:
- definição de objetivo(s),
- definição da variável,
- escolha de materiais,
- desenho do procedimento.
• Dimensão da amostra
Quanto maior for o número de dados disponíveis como ponto de
partida para a pesquisa, mais válida será a generalização.
• A experiência tem de ser controlada – as variáveis têm de
ser todas controladas, de modo a que apenas uma esteja aberta a
estudo.
Variáveis – Independente e dependente
6
 Variável independente
É a variável introduzida pelo investigador, não depende de
outra variável;
É o fator investigado;
Geralmente é a causa dos resultados.
 Variável dependente
É a variável que se pretende avaliar;
Depende de outra variável; geralmente da variável
independente;
Geralmente é a consequência da variável independente.
Experiência Controlada
7
Experiência Controlada
Grupo Controlo
ou Testemunho
Grupo Experimental
Grupo onde a situação
é normal, não sendo
testada a variável da
experiência.
Grupo onde é testada uma
variável independente sendo
as restantes condições e
constituição mantidas iguais
ao grupo controlo.
Experiência Controlada
8
 Na experiência devidamente controlada, dois grupos são
submetidos a tratamento idêntico em todos os aspetos,
menos um.
 Essa diferença única é o fator investigado (a variável
independente)
 Geralmente:
• os grupos-controlo representam a situação normal,
• os grupos experimentais representam a variação.
 O grupo-controlo proporciona base para comparação: um
padrão em relação ao qual se podem medir as alterações que se
verificarem no grupo experimental.
Fases do Método Científico
9
 Análise dos resultados
Durante uma experiência são reunidos todos os dados, de modo
a juntar indícios que podem ajudar a sustentar ou a rejeitar
a hipótese.
A análise dos resultados tem como objetivo final provar ou
negar a hipótese e, ao fazê-lo, responder à pergunta
original.
Fases do Método Científico
10
 Conclusão
Etapa em que, perante a análise dos resultados, se aceita ou
rejeita a hipótese.
Se a hipótese for aceite, deve ser feita a sua divulgação à
comunidade científica.
Se a hipótese for rejeitada, deve se proceder à formulação de
nova hipótese.
Importância do Método Científico
11
 Em ciência a parcialidade precisa ser evitada a todo
custo.
 O método científico tenta minimizar a influência da
parcialidade que o responsável pela experiência possa
apresentar.
 O método científico oferece uma abordagem objetiva
e padronizada para a condução de experiências e
melhorar os resultados obtidos.
Método Científico
12

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ondas sísmicas e descontinuidades
Ondas sísmicas e descontinuidadesOndas sísmicas e descontinuidades
Ondas sísmicas e descontinuidades
Ana Castro
 
Relatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11º
Relatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11ºRelatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11º
Relatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11º
Ricardo Dias
 
Ozono na estratosfera
Ozono na estratosferaOzono na estratosfera
Ozono na estratosfera
Dora Cristina Guedes Lopes
 
Biologia - Relatório da Extração de DNA do Kiwi (11º Ano)
Biologia - Relatório da Extração de DNA do Kiwi (11º Ano)Biologia - Relatório da Extração de DNA do Kiwi (11º Ano)
Biologia - Relatório da Extração de DNA do Kiwi (11º Ano)
Mountain Expedition
 
Exercícios tipo exame sismologia metodos estrutura
Exercícios tipo exame sismologia metodos estruturaExercícios tipo exame sismologia metodos estrutura
Exercícios tipo exame sismologia metodos estrutura
Andreia Carvalho
 
1 a terra e os subsistemas terrestres
1   a terra e os subsistemas terrestres1   a terra e os subsistemas terrestres
1 a terra e os subsistemas terrestres
margaridabt
 
Biologia 11 sistemas de classificação
Biologia 11   sistemas de classificaçãoBiologia 11   sistemas de classificação
Biologia 11 sistemas de classificação
Nuno Correia
 
Conhecimento Científico - Kuhn
Conhecimento Científico - KuhnConhecimento Científico - Kuhn
Conhecimento Científico - Kuhn
Jorge Barbosa
 
(9) biologia e geologia 10º ano - trocas gasosas em seres multicelulares
(9) biologia e geologia   10º ano - trocas gasosas em seres multicelulares(9) biologia e geologia   10º ano - trocas gasosas em seres multicelulares
(9) biologia e geologia 10º ano - trocas gasosas em seres multicelulares
Hugo Martins
 
Conhecimento Científico - Popper
Conhecimento Científico - PopperConhecimento Científico - Popper
Conhecimento Científico - Popper
Jorge Barbosa
 
Karl popper - Filosofia 11º ano
Karl popper - Filosofia 11º anoKarl popper - Filosofia 11º ano
Karl popper - Filosofia 11º ano
FilipaFonseca
 
Sismologia
SismologiaSismologia
Sismologia
José Luís Alves
 
Actividade Experimental nº2
Actividade Experimental nº2Actividade Experimental nº2
Actividade Experimental nº2
Gabriela Bruno
 
bolores 11 ano
bolores 11 anobolores 11 ano
bolores 11 ano
Diana Carvalho
 
Objectividade científica e racionalidade científica
Objectividade científica e racionalidade científicaObjectividade científica e racionalidade científica
Objectividade científica e racionalidade científica
AMLDRP
 
Relatório extração dna
Relatório extração dnaRelatório extração dna
Relatório extração dna
margaridabt
 
(8) biologia e geologia 10º ano - obtenção de energia
(8) biologia e geologia   10º ano - obtenção de energia(8) biologia e geologia   10º ano - obtenção de energia
(8) biologia e geologia 10º ano - obtenção de energia
Hugo Martins
 
Atos de fala
Atos de falaAtos de fala
Atos de fala
António Fernandes
 
O indutivismo
O indutivismoO indutivismo

Mais procurados (20)

Ondas sísmicas e descontinuidades
Ondas sísmicas e descontinuidadesOndas sísmicas e descontinuidades
Ondas sísmicas e descontinuidades
 
Relatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11º
Relatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11ºRelatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11º
Relatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11º
 
Ozono na estratosfera
Ozono na estratosferaOzono na estratosfera
Ozono na estratosfera
 
Biologia - Relatório da Extração de DNA do Kiwi (11º Ano)
Biologia - Relatório da Extração de DNA do Kiwi (11º Ano)Biologia - Relatório da Extração de DNA do Kiwi (11º Ano)
Biologia - Relatório da Extração de DNA do Kiwi (11º Ano)
 
Exercícios tipo exame sismologia metodos estrutura
Exercícios tipo exame sismologia metodos estruturaExercícios tipo exame sismologia metodos estrutura
Exercícios tipo exame sismologia metodos estrutura
 
1 a terra e os subsistemas terrestres
1   a terra e os subsistemas terrestres1   a terra e os subsistemas terrestres
1 a terra e os subsistemas terrestres
 
Biologia 11 sistemas de classificação
Biologia 11   sistemas de classificaçãoBiologia 11   sistemas de classificação
Biologia 11 sistemas de classificação
 
Conhecimento Científico - Kuhn
Conhecimento Científico - KuhnConhecimento Científico - Kuhn
Conhecimento Científico - Kuhn
 
(9) biologia e geologia 10º ano - trocas gasosas em seres multicelulares
(9) biologia e geologia   10º ano - trocas gasosas em seres multicelulares(9) biologia e geologia   10º ano - trocas gasosas em seres multicelulares
(9) biologia e geologia 10º ano - trocas gasosas em seres multicelulares
 
Conhecimento Científico - Popper
Conhecimento Científico - PopperConhecimento Científico - Popper
Conhecimento Científico - Popper
 
Karl popper - Filosofia 11º ano
Karl popper - Filosofia 11º anoKarl popper - Filosofia 11º ano
Karl popper - Filosofia 11º ano
 
Sismologia
SismologiaSismologia
Sismologia
 
Actividade Experimental nº2
Actividade Experimental nº2Actividade Experimental nº2
Actividade Experimental nº2
 
bolores 11 ano
bolores 11 anobolores 11 ano
bolores 11 ano
 
Objectividade científica e racionalidade científica
Objectividade científica e racionalidade científicaObjectividade científica e racionalidade científica
Objectividade científica e racionalidade científica
 
Relatório extração dna
Relatório extração dnaRelatório extração dna
Relatório extração dna
 
(8) biologia e geologia 10º ano - obtenção de energia
(8) biologia e geologia   10º ano - obtenção de energia(8) biologia e geologia   10º ano - obtenção de energia
(8) biologia e geologia 10º ano - obtenção de energia
 
Atos de fala
Atos de falaAtos de fala
Atos de fala
 
O indutivismo
O indutivismoO indutivismo
O indutivismo
 
Tipos de conhecimento
Tipos de conhecimentoTipos de conhecimento
Tipos de conhecimento
 

Destaque

Programação 11ºC - 2017-18
Programação 11ºC - 2017-18Programação 11ºC - 2017-18
Programação 11ºC - 2017-18
margaridabt
 
Critérios de avaliação
Critérios de avaliação Critérios de avaliação
Critérios de avaliação
margaridabt
 
Regulação nervosa e hormonal nos animais
Regulação nervosa e hormonal nos animaisRegulação nervosa e hormonal nos animais
Regulação nervosa e hormonal nos animais
margaridabt
 
3 ciclo celular
3  ciclo celular3  ciclo celular
3 ciclo celular
margaridabt
 
4 reprodução assexuada
4   reprodução assexuada4   reprodução assexuada
4 reprodução assexuada
margaridabt
 
A Intervenção Do Homem Nos Subsistemas Terrestres - Atmosfera
A Intervenção Do Homem Nos Subsistemas Terrestres - AtmosferaA Intervenção Do Homem Nos Subsistemas Terrestres - Atmosfera
A Intervenção Do Homem Nos Subsistemas Terrestres - Atmosfera
Vitor Peixoto
 
Célula
CélulaCélula
Célula
margaridabt
 
áCidos nucleicos e síntese proteínas power point(2)
áCidos nucleicos e síntese proteínas   power point(2)áCidos nucleicos e síntese proteínas   power point(2)
áCidos nucleicos e síntese proteínas power point(2)
margaridabt
 
Regulação hormonal nas plantas
Regulação hormonal nas plantasRegulação hormonal nas plantas
Regulação hormonal nas plantas
margaridabt
 
11 fermentação e respiração
11   fermentação e respiração11   fermentação e respiração
11 fermentação e respiração
margaridabt
 
10 trocas gasosas nos animais
10   trocas gasosas nos animais10   trocas gasosas nos animais
10 trocas gasosas nos animais
margaridabt
 

Destaque (11)

Programação 11ºC - 2017-18
Programação 11ºC - 2017-18Programação 11ºC - 2017-18
Programação 11ºC - 2017-18
 
Critérios de avaliação
Critérios de avaliação Critérios de avaliação
Critérios de avaliação
 
Regulação nervosa e hormonal nos animais
Regulação nervosa e hormonal nos animaisRegulação nervosa e hormonal nos animais
Regulação nervosa e hormonal nos animais
 
3 ciclo celular
3  ciclo celular3  ciclo celular
3 ciclo celular
 
4 reprodução assexuada
4   reprodução assexuada4   reprodução assexuada
4 reprodução assexuada
 
A Intervenção Do Homem Nos Subsistemas Terrestres - Atmosfera
A Intervenção Do Homem Nos Subsistemas Terrestres - AtmosferaA Intervenção Do Homem Nos Subsistemas Terrestres - Atmosfera
A Intervenção Do Homem Nos Subsistemas Terrestres - Atmosfera
 
Célula
CélulaCélula
Célula
 
áCidos nucleicos e síntese proteínas power point(2)
áCidos nucleicos e síntese proteínas   power point(2)áCidos nucleicos e síntese proteínas   power point(2)
áCidos nucleicos e síntese proteínas power point(2)
 
Regulação hormonal nas plantas
Regulação hormonal nas plantasRegulação hormonal nas plantas
Regulação hormonal nas plantas
 
11 fermentação e respiração
11   fermentação e respiração11   fermentação e respiração
11 fermentação e respiração
 
10 trocas gasosas nos animais
10   trocas gasosas nos animais10   trocas gasosas nos animais
10 trocas gasosas nos animais
 

Semelhante a Método Científico

1 mtodocientfico-powerpoint-120124182937-phpapp02 (1)
1 mtodocientfico-powerpoint-120124182937-phpapp02 (1)1 mtodocientfico-powerpoint-120124182937-phpapp02 (1)
1 mtodocientfico-powerpoint-120124182937-phpapp02 (1)
Susana Gato
 
Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
Elisabete Cortinhas
 
O método Científico
O método Científico O método Científico
1 método científico - power point
1  método científico - power point1  método científico - power point
1 método científico - power point
margaridabt
 
0 método científico - power point
0   método científico - power point0   método científico - power point
0 método científico - power point
margaridabt
 
Método científico power point
Método científico   power pointMétodo científico   power point
Método científico power point
margaridabt
 
aula de metodologia da pesquisa para tecnicos de enfermagem
aula de metodologia da pesquisa para tecnicos de enfermagemaula de metodologia da pesquisa para tecnicos de enfermagem
aula de metodologia da pesquisa para tecnicos de enfermagem
ranierycape
 
Willian costa rodrigues metodologia cientifica
Willian costa rodrigues metodologia cientificaWillian costa rodrigues metodologia cientifica
Willian costa rodrigues metodologia cientifica
Darlan Campos
 
Metodologia cientifica
Metodologia cientificaMetodologia cientifica
Metodologia cientifica
Karolline Matos Araújo
 
Metodologia cientifica
Metodologia cientificaMetodologia cientifica
Metodologia cientifica
Gecilene Machado
 
modos_de_producao_da_informacao_metodos_e_tecnicas.pdf
modos_de_producao_da_informacao_metodos_e_tecnicas.pdfmodos_de_producao_da_informacao_metodos_e_tecnicas.pdf
modos_de_producao_da_informacao_metodos_e_tecnicas.pdf
VitorCosta585305
 
Etapas do método científico-1° ano ensino médio
Etapas do método científico-1° ano ensino médioEtapas do método científico-1° ano ensino médio
Etapas do método científico-1° ano ensino médio
marisa cristina da silva
 
Metodologias de investigação em sociologia
Metodologias de investigação em sociologiaMetodologias de investigação em sociologia
Metodologias de investigação em sociologia
turma12c
 
Pesquisa Científica
Pesquisa CientíficaPesquisa Científica
Pesquisa Científica
Isabella Neves Silva
 
Investigação Experimental em Psicologia
Investigação Experimental em PsicologiaInvestigação Experimental em Psicologia
Investigação Experimental em Psicologia
Jorge Barbosa
 
3 - As Etapas da Pesquisa cientifica.pdf
3 - As Etapas da Pesquisa cientifica.pdf3 - As Etapas da Pesquisa cientifica.pdf
3 - As Etapas da Pesquisa cientifica.pdf
AlexiaSilva23
 
As metodologias de investigação em sociologia e ciências sociais
As metodologias de investigação em sociologia e ciências sociaisAs metodologias de investigação em sociologia e ciências sociais
As metodologias de investigação em sociologia e ciências sociais
Catarina Alexandra
 
9 ano método ciêntífico
9 ano método ciêntífico9 ano método ciêntífico
9 ano método ciêntífico
Jane Jeiza
 
Métodos e técnicas em ciências sociais
Métodos e técnicas em ciências sociaisMétodos e técnicas em ciências sociais
Métodos e técnicas em ciências sociais
turma12c1617
 
22 metodo experimental
22 metodo experimental22 metodo experimental
22 metodo experimental
Joao Balbi
 

Semelhante a Método Científico (20)

1 mtodocientfico-powerpoint-120124182937-phpapp02 (1)
1 mtodocientfico-powerpoint-120124182937-phpapp02 (1)1 mtodocientfico-powerpoint-120124182937-phpapp02 (1)
1 mtodocientfico-powerpoint-120124182937-phpapp02 (1)
 
Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
 
O método Científico
O método Científico O método Científico
O método Científico
 
1 método científico - power point
1  método científico - power point1  método científico - power point
1 método científico - power point
 
0 método científico - power point
0   método científico - power point0   método científico - power point
0 método científico - power point
 
Método científico power point
Método científico   power pointMétodo científico   power point
Método científico power point
 
aula de metodologia da pesquisa para tecnicos de enfermagem
aula de metodologia da pesquisa para tecnicos de enfermagemaula de metodologia da pesquisa para tecnicos de enfermagem
aula de metodologia da pesquisa para tecnicos de enfermagem
 
Willian costa rodrigues metodologia cientifica
Willian costa rodrigues metodologia cientificaWillian costa rodrigues metodologia cientifica
Willian costa rodrigues metodologia cientifica
 
Metodologia cientifica
Metodologia cientificaMetodologia cientifica
Metodologia cientifica
 
Metodologia cientifica
Metodologia cientificaMetodologia cientifica
Metodologia cientifica
 
modos_de_producao_da_informacao_metodos_e_tecnicas.pdf
modos_de_producao_da_informacao_metodos_e_tecnicas.pdfmodos_de_producao_da_informacao_metodos_e_tecnicas.pdf
modos_de_producao_da_informacao_metodos_e_tecnicas.pdf
 
Etapas do método científico-1° ano ensino médio
Etapas do método científico-1° ano ensino médioEtapas do método científico-1° ano ensino médio
Etapas do método científico-1° ano ensino médio
 
Metodologias de investigação em sociologia
Metodologias de investigação em sociologiaMetodologias de investigação em sociologia
Metodologias de investigação em sociologia
 
Pesquisa Científica
Pesquisa CientíficaPesquisa Científica
Pesquisa Científica
 
Investigação Experimental em Psicologia
Investigação Experimental em PsicologiaInvestigação Experimental em Psicologia
Investigação Experimental em Psicologia
 
3 - As Etapas da Pesquisa cientifica.pdf
3 - As Etapas da Pesquisa cientifica.pdf3 - As Etapas da Pesquisa cientifica.pdf
3 - As Etapas da Pesquisa cientifica.pdf
 
As metodologias de investigação em sociologia e ciências sociais
As metodologias de investigação em sociologia e ciências sociaisAs metodologias de investigação em sociologia e ciências sociais
As metodologias de investigação em sociologia e ciências sociais
 
9 ano método ciêntífico
9 ano método ciêntífico9 ano método ciêntífico
9 ano método ciêntífico
 
Métodos e técnicas em ciências sociais
Métodos e técnicas em ciências sociaisMétodos e técnicas em ciências sociais
Métodos e técnicas em ciências sociais
 
22 metodo experimental
22 metodo experimental22 metodo experimental
22 metodo experimental
 

Mais de margaridabt

Kahoot biomoléculas e alimentação
Kahoot   biomoléculas e alimentaçãoKahoot   biomoléculas e alimentação
Kahoot biomoléculas e alimentação
margaridabt
 
1 biodiversidade (2017)
1   biodiversidade (2017)1   biodiversidade (2017)
1 biodiversidade (2017)
margaridabt
 
8 vulcanologia
8   vulcanologia8   vulcanologia
8 vulcanologia
margaridabt
 
7 métodos estudo interior da terra
7   métodos estudo interior da terra7   métodos estudo interior da terra
7 métodos estudo interior da terra
margaridabt
 
Programação Anual 10º 2016/17
Programação Anual 10º 2016/17Programação Anual 10º 2016/17
Programação Anual 10º 2016/17
margaridabt
 
2 as rochas
2   as rochas2   as rochas
2 as rochas
margaridabt
 
1 intervenção do homem ...
1   intervenção do homem ...1   intervenção do homem ...
1 intervenção do homem ...
margaridabt
 
Critérios de classificação dos testes
Critérios de classificação dos testesCritérios de classificação dos testes
Critérios de classificação dos testes
margaridabt
 
Criterios avaliação 10 e 11 biologia geologia12biologia 2016 17
Criterios avaliação 10 e 11 biologia geologia12biologia 2016 17Criterios avaliação 10 e 11 biologia geologia12biologia 2016 17
Criterios avaliação 10 e 11 biologia geologia12biologia 2016 17
margaridabt
 
Temas 10ºano testes 11º
Temas 10ºano testes 11ºTemas 10ºano testes 11º
Temas 10ºano testes 11º
margaridabt
 
Programação anual 11ºB
Programação anual 11ºBProgramação anual 11ºB
Programação anual 11ºB
margaridabt
 
Criterios av. 10 11º biologia geologia 15-16
Criterios av. 10 11º biologia geologia 15-16Criterios av. 10 11º biologia geologia 15-16
Criterios av. 10 11º biologia geologia 15-16
margaridabt
 
Critérios classificação testes BG
Critérios classificação testes BGCritérios classificação testes BG
Critérios classificação testes BG
margaridabt
 
Programação anual 10º C
Programação anual 10º CProgramação anual 10º C
Programação anual 10º C
margaridabt
 
Trabalho biomoléculas
Trabalho biomoléculasTrabalho biomoléculas
Trabalho biomoléculas
margaridabt
 
Matriz exame bg 2015
Matriz exame bg 2015Matriz exame bg 2015
Matriz exame bg 2015
margaridabt
 
Programação 11º B 2014 15
Programação 11º B 2014 15Programação 11º B 2014 15
Programação 11º B 2014 15
margaridabt
 
Criterios biologiageologia2014 15
Criterios biologiageologia2014 15Criterios biologiageologia2014 15
Criterios biologiageologia2014 15
margaridabt
 
Critérios de classificação dos testes
Critérios de classificação dos testes Critérios de classificação dos testes
Critérios de classificação dos testes
margaridabt
 
Temas 10ºano testes 11º6 testes
Temas 10ºano testes 11º6 testesTemas 10ºano testes 11º6 testes
Temas 10ºano testes 11º6 testes
margaridabt
 

Mais de margaridabt (20)

Kahoot biomoléculas e alimentação
Kahoot   biomoléculas e alimentaçãoKahoot   biomoléculas e alimentação
Kahoot biomoléculas e alimentação
 
1 biodiversidade (2017)
1   biodiversidade (2017)1   biodiversidade (2017)
1 biodiversidade (2017)
 
8 vulcanologia
8   vulcanologia8   vulcanologia
8 vulcanologia
 
7 métodos estudo interior da terra
7   métodos estudo interior da terra7   métodos estudo interior da terra
7 métodos estudo interior da terra
 
Programação Anual 10º 2016/17
Programação Anual 10º 2016/17Programação Anual 10º 2016/17
Programação Anual 10º 2016/17
 
2 as rochas
2   as rochas2   as rochas
2 as rochas
 
1 intervenção do homem ...
1   intervenção do homem ...1   intervenção do homem ...
1 intervenção do homem ...
 
Critérios de classificação dos testes
Critérios de classificação dos testesCritérios de classificação dos testes
Critérios de classificação dos testes
 
Criterios avaliação 10 e 11 biologia geologia12biologia 2016 17
Criterios avaliação 10 e 11 biologia geologia12biologia 2016 17Criterios avaliação 10 e 11 biologia geologia12biologia 2016 17
Criterios avaliação 10 e 11 biologia geologia12biologia 2016 17
 
Temas 10ºano testes 11º
Temas 10ºano testes 11ºTemas 10ºano testes 11º
Temas 10ºano testes 11º
 
Programação anual 11ºB
Programação anual 11ºBProgramação anual 11ºB
Programação anual 11ºB
 
Criterios av. 10 11º biologia geologia 15-16
Criterios av. 10 11º biologia geologia 15-16Criterios av. 10 11º biologia geologia 15-16
Criterios av. 10 11º biologia geologia 15-16
 
Critérios classificação testes BG
Critérios classificação testes BGCritérios classificação testes BG
Critérios classificação testes BG
 
Programação anual 10º C
Programação anual 10º CProgramação anual 10º C
Programação anual 10º C
 
Trabalho biomoléculas
Trabalho biomoléculasTrabalho biomoléculas
Trabalho biomoléculas
 
Matriz exame bg 2015
Matriz exame bg 2015Matriz exame bg 2015
Matriz exame bg 2015
 
Programação 11º B 2014 15
Programação 11º B 2014 15Programação 11º B 2014 15
Programação 11º B 2014 15
 
Criterios biologiageologia2014 15
Criterios biologiageologia2014 15Criterios biologiageologia2014 15
Criterios biologiageologia2014 15
 
Critérios de classificação dos testes
Critérios de classificação dos testes Critérios de classificação dos testes
Critérios de classificação dos testes
 
Temas 10ºano testes 11º6 testes
Temas 10ºano testes 11º6 testesTemas 10ºano testes 11º6 testes
Temas 10ºano testes 11º6 testes
 

Método Científico

  • 2. Fases do Método Científico 2
  • 3. Fases do Método Científico 3
  • 4. Fases do Método Científico 4  Observação Quase todas as investigações científicas começam por uma observação que desperta a curiosidade ou suscita uma questão  Problema Após uma observação para a qual não se encontra explicação imediata surge um problema e é formulada uma pergunta. O propósito da pergunta é estreitar o foco da investigação e identificar o problema em termos específicos.  Hipótese Sugestão de possível resposta à questão levantada.
  • 5. Fases do Método Científico 5  Experiência É planificada de modo a testar uma hipótese. • Etapas da planificação da experiência: - definição de objetivo(s), - definição da variável, - escolha de materiais, - desenho do procedimento. • Dimensão da amostra Quanto maior for o número de dados disponíveis como ponto de partida para a pesquisa, mais válida será a generalização. • A experiência tem de ser controlada – as variáveis têm de ser todas controladas, de modo a que apenas uma esteja aberta a estudo.
  • 6. Variáveis – Independente e dependente 6  Variável independente É a variável introduzida pelo investigador, não depende de outra variável; É o fator investigado; Geralmente é a causa dos resultados.  Variável dependente É a variável que se pretende avaliar; Depende de outra variável; geralmente da variável independente; Geralmente é a consequência da variável independente.
  • 7. Experiência Controlada 7 Experiência Controlada Grupo Controlo ou Testemunho Grupo Experimental Grupo onde a situação é normal, não sendo testada a variável da experiência. Grupo onde é testada uma variável independente sendo as restantes condições e constituição mantidas iguais ao grupo controlo.
  • 8. Experiência Controlada 8  Na experiência devidamente controlada, dois grupos são submetidos a tratamento idêntico em todos os aspetos, menos um.  Essa diferença única é o fator investigado (a variável independente)  Geralmente: • os grupos-controlo representam a situação normal, • os grupos experimentais representam a variação.  O grupo-controlo proporciona base para comparação: um padrão em relação ao qual se podem medir as alterações que se verificarem no grupo experimental.
  • 9. Fases do Método Científico 9  Análise dos resultados Durante uma experiência são reunidos todos os dados, de modo a juntar indícios que podem ajudar a sustentar ou a rejeitar a hipótese. A análise dos resultados tem como objetivo final provar ou negar a hipótese e, ao fazê-lo, responder à pergunta original.
  • 10. Fases do Método Científico 10  Conclusão Etapa em que, perante a análise dos resultados, se aceita ou rejeita a hipótese. Se a hipótese for aceite, deve ser feita a sua divulgação à comunidade científica. Se a hipótese for rejeitada, deve se proceder à formulação de nova hipótese.
  • 11. Importância do Método Científico 11  Em ciência a parcialidade precisa ser evitada a todo custo.  O método científico tenta minimizar a influência da parcialidade que o responsável pela experiência possa apresentar.  O método científico oferece uma abordagem objetiva e padronizada para a condução de experiências e melhorar os resultados obtidos.