SlideShare uma empresa Scribd logo
Escola Secundária D. Maria II, 2017/18
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS
BIOLOGIA e GEOLOGIA - 10º e 11º
BIOLOGIA- 12º Ano
ANO LETIVO 2017/18
CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
Domínios
Instrumentos de avaliação Ponderação
Conhecimentos
e capacidades
• Testes de avaliação.
(Os testes de 11º ano contemplam conteúdos programáticos de
10º ano, até 10% da cotação da prova.)
60%
Conhecimentos
e capacidades
• Instrumentos específicos da componente prática e ou
experimental (testes e/ou relatórios, entre outros).
30%
Atitudes
• Observação dos seguintes parâmetros:
 Assiduidade e pontualidade.
 Apresentação do material necessário à aula e
organização do caderno diário.
 Cumprimento das regras preestabelecidas.
 Participação nas tarefas da aula.
 Relação com os outros (professores e colegas),
cooperando com eles.
 Realização de tarefas como trabalho de casa.
 Demonstração de interesse pela atividade da aula e pela
disciplina, em geral.
10%

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ficha de acompanhamento
Ficha de acompanhamentoFicha de acompanhamento
Ficha de acompanhamento
heliane
 
Programação 10º b pais 2014 15
Programação 10º b pais 2014 15Programação 10º b pais 2014 15
Programação 10º b pais 2014 15
margaridabt
 
Programação anual 10º C
Programação anual 10º CProgramação anual 10º C
Programação anual 10º C
margaridabt
 
Grelha de observaç
Grelha de observaçGrelha de observaç
Grelha de observaç
sandramergulhao20
 
Criterios biologiageologia13 14-
Criterios biologiageologia13 14-Criterios biologiageologia13 14-
Criterios biologiageologia13 14-
margaridabt
 
3 -registo_observacao_aula
3  -registo_observacao_aula3  -registo_observacao_aula
3 -registo_observacao_aula
ana santos
 
Metodologas Aplicadas no Ambiente Escolar com a falta de Recurso Técnológico
Metodologas Aplicadas no Ambiente Escolar com a falta de Recurso TécnológicoMetodologas Aplicadas no Ambiente Escolar com a falta de Recurso Técnológico
Metodologas Aplicadas no Ambiente Escolar com a falta de Recurso Técnológico
hyguer
 
Novosrumosparaolaboratorioescoladecienciasatarcisoborgespp .arquivo
 Novosrumosparaolaboratorioescoladecienciasatarcisoborgespp .arquivo Novosrumosparaolaboratorioescoladecienciasatarcisoborgespp .arquivo
Novosrumosparaolaboratorioescoladecienciasatarcisoborgespp .arquivo
Marcos Elias
 
Replanejamento2012
Replanejamento2012Replanejamento2012
Replanejamento2012
Doni Assis
 
REFLEXÕES DA FORMAÇÃO DOCENTE ATRAVÉS DE OBSERVAÇÃO NA DISCIPLINA EXPERIMENTA...
REFLEXÕES DA FORMAÇÃO DOCENTE ATRAVÉS DE OBSERVAÇÃO NA DISCIPLINA EXPERIMENTA...REFLEXÕES DA FORMAÇÃO DOCENTE ATRAVÉS DE OBSERVAÇÃO NA DISCIPLINA EXPERIMENTA...
REFLEXÕES DA FORMAÇÃO DOCENTE ATRAVÉS DE OBSERVAÇÃO NA DISCIPLINA EXPERIMENTA...
ProfessorPrincipiante
 
Flexibilizações curriculares
Flexibilizações curricularesFlexibilizações curriculares
Flexibilizações curriculares
rejane1966
 
Desenvolvimento Sustentável - Reutilização de Águas Cinzentas
Desenvolvimento Sustentável - Reutilização de Águas CinzentasDesenvolvimento Sustentável - Reutilização de Águas Cinzentas
Desenvolvimento Sustentável - Reutilização de Águas Cinzentas
Sofia_Afonso
 
23.04 plano semanal - ciências 8 a b c profa solange
23.04   plano semanal - ciências 8 a b c profa solange23.04   plano semanal - ciências 8 a b c profa solange
23.04 plano semanal - ciências 8 a b c profa solange
SOLANGEFERREIRADASIL5
 
Slides reuniao expectativa 2
Slides reuniao expectativa 2Slides reuniao expectativa 2
Slides reuniao expectativa 2
afermartins
 
Informes Gerais
Informes GeraisInformes Gerais
Informes Gerais
Milton Alvaro Menon
 
Apresentação formação
Apresentação formaçãoApresentação formação
Apresentação formação
Ciências Semed
 
Adaptacoes curriculares de_pequeno_porte
Adaptacoes curriculares de_pequeno_porteAdaptacoes curriculares de_pequeno_porte
Adaptacoes curriculares de_pequeno_porte
*Ü*PEDAGOARTE *Ü*
 
Plano de trabalho p.o (eixo i)
Plano de trabalho p.o (eixo i)Plano de trabalho p.o (eixo i)
Plano de trabalho p.o (eixo i)
UyaraPortugal
 
Trabalho pesquisa prático2_7ºano
Trabalho pesquisa prático2_7ºanoTrabalho pesquisa prático2_7ºano
Trabalho pesquisa prático2_7ºano
Geografias Geo
 
Conteúdos curriculares e critérios de avaliação de Ciências Naturais do 8º Ano
Conteúdos curriculares e critérios de avaliação de Ciências Naturais do 8º AnoConteúdos curriculares e critérios de avaliação de Ciências Naturais do 8º Ano
Conteúdos curriculares e critérios de avaliação de Ciências Naturais do 8º Ano
Leonardo Alves
 

Mais procurados (20)

Ficha de acompanhamento
Ficha de acompanhamentoFicha de acompanhamento
Ficha de acompanhamento
 
Programação 10º b pais 2014 15
Programação 10º b pais 2014 15Programação 10º b pais 2014 15
Programação 10º b pais 2014 15
 
Programação anual 10º C
Programação anual 10º CProgramação anual 10º C
Programação anual 10º C
 
Grelha de observaç
Grelha de observaçGrelha de observaç
Grelha de observaç
 
Criterios biologiageologia13 14-
Criterios biologiageologia13 14-Criterios biologiageologia13 14-
Criterios biologiageologia13 14-
 
3 -registo_observacao_aula
3  -registo_observacao_aula3  -registo_observacao_aula
3 -registo_observacao_aula
 
Metodologas Aplicadas no Ambiente Escolar com a falta de Recurso Técnológico
Metodologas Aplicadas no Ambiente Escolar com a falta de Recurso TécnológicoMetodologas Aplicadas no Ambiente Escolar com a falta de Recurso Técnológico
Metodologas Aplicadas no Ambiente Escolar com a falta de Recurso Técnológico
 
Novosrumosparaolaboratorioescoladecienciasatarcisoborgespp .arquivo
 Novosrumosparaolaboratorioescoladecienciasatarcisoborgespp .arquivo Novosrumosparaolaboratorioescoladecienciasatarcisoborgespp .arquivo
Novosrumosparaolaboratorioescoladecienciasatarcisoborgespp .arquivo
 
Replanejamento2012
Replanejamento2012Replanejamento2012
Replanejamento2012
 
REFLEXÕES DA FORMAÇÃO DOCENTE ATRAVÉS DE OBSERVAÇÃO NA DISCIPLINA EXPERIMENTA...
REFLEXÕES DA FORMAÇÃO DOCENTE ATRAVÉS DE OBSERVAÇÃO NA DISCIPLINA EXPERIMENTA...REFLEXÕES DA FORMAÇÃO DOCENTE ATRAVÉS DE OBSERVAÇÃO NA DISCIPLINA EXPERIMENTA...
REFLEXÕES DA FORMAÇÃO DOCENTE ATRAVÉS DE OBSERVAÇÃO NA DISCIPLINA EXPERIMENTA...
 
Flexibilizações curriculares
Flexibilizações curricularesFlexibilizações curriculares
Flexibilizações curriculares
 
Desenvolvimento Sustentável - Reutilização de Águas Cinzentas
Desenvolvimento Sustentável - Reutilização de Águas CinzentasDesenvolvimento Sustentável - Reutilização de Águas Cinzentas
Desenvolvimento Sustentável - Reutilização de Águas Cinzentas
 
23.04 plano semanal - ciências 8 a b c profa solange
23.04   plano semanal - ciências 8 a b c profa solange23.04   plano semanal - ciências 8 a b c profa solange
23.04 plano semanal - ciências 8 a b c profa solange
 
Slides reuniao expectativa 2
Slides reuniao expectativa 2Slides reuniao expectativa 2
Slides reuniao expectativa 2
 
Informes Gerais
Informes GeraisInformes Gerais
Informes Gerais
 
Apresentação formação
Apresentação formaçãoApresentação formação
Apresentação formação
 
Adaptacoes curriculares de_pequeno_porte
Adaptacoes curriculares de_pequeno_porteAdaptacoes curriculares de_pequeno_porte
Adaptacoes curriculares de_pequeno_porte
 
Plano de trabalho p.o (eixo i)
Plano de trabalho p.o (eixo i)Plano de trabalho p.o (eixo i)
Plano de trabalho p.o (eixo i)
 
Trabalho pesquisa prático2_7ºano
Trabalho pesquisa prático2_7ºanoTrabalho pesquisa prático2_7ºano
Trabalho pesquisa prático2_7ºano
 
Conteúdos curriculares e critérios de avaliação de Ciências Naturais do 8º Ano
Conteúdos curriculares e critérios de avaliação de Ciências Naturais do 8º AnoConteúdos curriculares e critérios de avaliação de Ciências Naturais do 8º Ano
Conteúdos curriculares e critérios de avaliação de Ciências Naturais do 8º Ano
 

Destaque

Regulação nervosa e hormonal nos animais
Regulação nervosa e hormonal nos animaisRegulação nervosa e hormonal nos animais
Regulação nervosa e hormonal nos animais
margaridabt
 
Método Científico
Método CientíficoMétodo Científico
Método Científico
margaridabt
 
3 ciclo celular
3  ciclo celular3  ciclo celular
3 ciclo celular
margaridabt
 
4 reprodução assexuada
4   reprodução assexuada4   reprodução assexuada
4 reprodução assexuada
margaridabt
 
áCidos nucleicos e síntese proteínas power point(2)
áCidos nucleicos e síntese proteínas   power point(2)áCidos nucleicos e síntese proteínas   power point(2)
áCidos nucleicos e síntese proteínas power point(2)
margaridabt
 
Regulação hormonal nas plantas
Regulação hormonal nas plantasRegulação hormonal nas plantas
Regulação hormonal nas plantas
margaridabt
 
Célula
CélulaCélula
Célula
margaridabt
 
10 trocas gasosas nos animais
10   trocas gasosas nos animais10   trocas gasosas nos animais
10 trocas gasosas nos animais
margaridabt
 
11 fermentação e respiração
11   fermentação e respiração11   fermentação e respiração
11 fermentação e respiração
margaridabt
 

Destaque (9)

Regulação nervosa e hormonal nos animais
Regulação nervosa e hormonal nos animaisRegulação nervosa e hormonal nos animais
Regulação nervosa e hormonal nos animais
 
Método Científico
Método CientíficoMétodo Científico
Método Científico
 
3 ciclo celular
3  ciclo celular3  ciclo celular
3 ciclo celular
 
4 reprodução assexuada
4   reprodução assexuada4   reprodução assexuada
4 reprodução assexuada
 
áCidos nucleicos e síntese proteínas power point(2)
áCidos nucleicos e síntese proteínas   power point(2)áCidos nucleicos e síntese proteínas   power point(2)
áCidos nucleicos e síntese proteínas power point(2)
 
Regulação hormonal nas plantas
Regulação hormonal nas plantasRegulação hormonal nas plantas
Regulação hormonal nas plantas
 
Célula
CélulaCélula
Célula
 
10 trocas gasosas nos animais
10   trocas gasosas nos animais10   trocas gasosas nos animais
10 trocas gasosas nos animais
 
11 fermentação e respiração
11   fermentação e respiração11   fermentação e respiração
11 fermentação e respiração
 

Semelhante a Critérios de avaliação

Criterios avaliação 10 e 11 biologia geologia12biologia 2016 17
Criterios avaliação 10 e 11 biologia geologia12biologia 2016 17Criterios avaliação 10 e 11 biologia geologia12biologia 2016 17
Criterios avaliação 10 e 11 biologia geologia12biologia 2016 17
margaridabt
 
Doc
DocDoc
Planejamento da disciplina Calculo II da Engenharia de Materiais do CEFET-MG ...
Planejamento da disciplina Calculo II da Engenharia de Materiais do CEFET-MG ...Planejamento da disciplina Calculo II da Engenharia de Materiais do CEFET-MG ...
Planejamento da disciplina Calculo II da Engenharia de Materiais do CEFET-MG ...
qualeoproblema
 
Sessao1 apresentacao da oficina ciencias preciclo1
Sessao1 apresentacao da oficina ciencias preciclo1Sessao1 apresentacao da oficina ciencias preciclo1
Sessao1 apresentacao da oficina ciencias preciclo1
jifonseca
 
Seminário do estágio ii
Seminário do estágio iiSeminário do estágio ii
Seminário do estágio ii
familiaestagio
 
Planificação lp 10.2012.2013
Planificação lp 10.2012.2013Planificação lp 10.2012.2013
Planificação lp 10.2012.2013
sandradomingues29
 
Higiene, Vigilância e Controle de Alimentos120130220150135
Higiene, Vigilância e Controle de Alimentos120130220150135Higiene, Vigilância e Controle de Alimentos120130220150135
Higiene, Vigilância e Controle de Alimentos120130220150135
Julio Sonoda
 
Apresentação mônica 1
Apresentação   mônica 1Apresentação   mônica 1
Apresentação mônica 1
Mônica Viana
 
Add aepc avaliacao-docentes_geral
Add   aepc avaliacao-docentes_geralAdd   aepc avaliacao-docentes_geral
Add aepc avaliacao-docentes_geral
MariaTeresa Baptista Braz
 
Poster 3º Encontro Regional de Professores de Física e Química
Poster 3º Encontro Regional de Professores de Física e QuímicaPoster 3º Encontro Regional de Professores de Física e Química
Poster 3º Encontro Regional de Professores de Física e Química
EDUCATE
 
Eneq avaliação de curso concluintes
Eneq  avaliação de curso concluintesEneq  avaliação de curso concluintes
Eneq avaliação de curso concluintes
Romulo Coco
 
Organização do ano lectivo
Organização do ano lectivoOrganização do ano lectivo
Organização do ano lectivo
Nuno Correia
 
Projeto educativo de escola 2012 2013
Projeto educativo de escola 2012 2013Projeto educativo de escola 2012 2013
Projeto educativo de escola 2012 2013
esrdaquadrodemerito
 
3387 6797
3387 67973387 6797
Webconferencia estagio supervisionado ii
Webconferencia estagio supervisionado iiWebconferencia estagio supervisionado ii
Webconferencia estagio supervisionado ii
Arisdelia
 
Critérios de avaliação 1º ciclo
Critérios de avaliação 1º cicloCritérios de avaliação 1º ciclo
Critérios de avaliação 1º ciclo
Marisa Luna
 
avaliação de matematica series iniciais
avaliação de matematica series iniciaisavaliação de matematica series iniciais
avaliação de matematica series iniciais
alvaro nunes de magalhaes
 
Manual do-estagio-
Manual do-estagio-Manual do-estagio-
Manual do-estagio-
Kellvin Jordan
 
Ccn2
Ccn2Ccn2
Apresentação 12ºTAS-1aula-HSCG.pdf
Apresentação 12ºTAS-1aula-HSCG.pdfApresentação 12ºTAS-1aula-HSCG.pdf
Apresentação 12ºTAS-1aula-HSCG.pdf
Justa Costa
 

Semelhante a Critérios de avaliação (20)

Criterios avaliação 10 e 11 biologia geologia12biologia 2016 17
Criterios avaliação 10 e 11 biologia geologia12biologia 2016 17Criterios avaliação 10 e 11 biologia geologia12biologia 2016 17
Criterios avaliação 10 e 11 biologia geologia12biologia 2016 17
 
Doc
DocDoc
Doc
 
Planejamento da disciplina Calculo II da Engenharia de Materiais do CEFET-MG ...
Planejamento da disciplina Calculo II da Engenharia de Materiais do CEFET-MG ...Planejamento da disciplina Calculo II da Engenharia de Materiais do CEFET-MG ...
Planejamento da disciplina Calculo II da Engenharia de Materiais do CEFET-MG ...
 
Sessao1 apresentacao da oficina ciencias preciclo1
Sessao1 apresentacao da oficina ciencias preciclo1Sessao1 apresentacao da oficina ciencias preciclo1
Sessao1 apresentacao da oficina ciencias preciclo1
 
Seminário do estágio ii
Seminário do estágio iiSeminário do estágio ii
Seminário do estágio ii
 
Planificação lp 10.2012.2013
Planificação lp 10.2012.2013Planificação lp 10.2012.2013
Planificação lp 10.2012.2013
 
Higiene, Vigilância e Controle de Alimentos120130220150135
Higiene, Vigilância e Controle de Alimentos120130220150135Higiene, Vigilância e Controle de Alimentos120130220150135
Higiene, Vigilância e Controle de Alimentos120130220150135
 
Apresentação mônica 1
Apresentação   mônica 1Apresentação   mônica 1
Apresentação mônica 1
 
Add aepc avaliacao-docentes_geral
Add   aepc avaliacao-docentes_geralAdd   aepc avaliacao-docentes_geral
Add aepc avaliacao-docentes_geral
 
Poster 3º Encontro Regional de Professores de Física e Química
Poster 3º Encontro Regional de Professores de Física e QuímicaPoster 3º Encontro Regional de Professores de Física e Química
Poster 3º Encontro Regional de Professores de Física e Química
 
Eneq avaliação de curso concluintes
Eneq  avaliação de curso concluintesEneq  avaliação de curso concluintes
Eneq avaliação de curso concluintes
 
Organização do ano lectivo
Organização do ano lectivoOrganização do ano lectivo
Organização do ano lectivo
 
Projeto educativo de escola 2012 2013
Projeto educativo de escola 2012 2013Projeto educativo de escola 2012 2013
Projeto educativo de escola 2012 2013
 
3387 6797
3387 67973387 6797
3387 6797
 
Webconferencia estagio supervisionado ii
Webconferencia estagio supervisionado iiWebconferencia estagio supervisionado ii
Webconferencia estagio supervisionado ii
 
Critérios de avaliação 1º ciclo
Critérios de avaliação 1º cicloCritérios de avaliação 1º ciclo
Critérios de avaliação 1º ciclo
 
avaliação de matematica series iniciais
avaliação de matematica series iniciaisavaliação de matematica series iniciais
avaliação de matematica series iniciais
 
Manual do-estagio-
Manual do-estagio-Manual do-estagio-
Manual do-estagio-
 
Ccn2
Ccn2Ccn2
Ccn2
 
Apresentação 12ºTAS-1aula-HSCG.pdf
Apresentação 12ºTAS-1aula-HSCG.pdfApresentação 12ºTAS-1aula-HSCG.pdf
Apresentação 12ºTAS-1aula-HSCG.pdf
 

Mais de margaridabt

1 a terra e os subsistemas terrestres
1   a terra e os subsistemas terrestres1   a terra e os subsistemas terrestres
1 a terra e os subsistemas terrestres
margaridabt
 
Kahoot biomoléculas e alimentação
Kahoot   biomoléculas e alimentaçãoKahoot   biomoléculas e alimentação
Kahoot biomoléculas e alimentação
margaridabt
 
1 biodiversidade (2017)
1   biodiversidade (2017)1   biodiversidade (2017)
1 biodiversidade (2017)
margaridabt
 
8 vulcanologia
8   vulcanologia8   vulcanologia
8 vulcanologia
margaridabt
 
7 métodos estudo interior da terra
7   métodos estudo interior da terra7   métodos estudo interior da terra
7 métodos estudo interior da terra
margaridabt
 
2 as rochas
2   as rochas2   as rochas
2 as rochas
margaridabt
 
1 intervenção do homem ...
1   intervenção do homem ...1   intervenção do homem ...
1 intervenção do homem ...
margaridabt
 
Critérios de classificação dos testes
Critérios de classificação dos testesCritérios de classificação dos testes
Critérios de classificação dos testes
margaridabt
 
Temas 10ºano testes 11º
Temas 10ºano testes 11ºTemas 10ºano testes 11º
Temas 10ºano testes 11º
margaridabt
 
Programação anual 11ºB
Programação anual 11ºBProgramação anual 11ºB
Programação anual 11ºB
margaridabt
 
Critérios classificação testes BG
Critérios classificação testes BGCritérios classificação testes BG
Critérios classificação testes BG
margaridabt
 
Trabalho biomoléculas
Trabalho biomoléculasTrabalho biomoléculas
Trabalho biomoléculas
margaridabt
 
Matriz exame bg 2015
Matriz exame bg 2015Matriz exame bg 2015
Matriz exame bg 2015
margaridabt
 
Programação 11º B 2014 15
Programação 11º B 2014 15Programação 11º B 2014 15
Programação 11º B 2014 15
margaridabt
 
Critérios de classificação dos testes
Critérios de classificação dos testes Critérios de classificação dos testes
Critérios de classificação dos testes
margaridabt
 
Temas 10ºano testes 11º6 testes
Temas 10ºano testes 11º6 testesTemas 10ºano testes 11º6 testes
Temas 10ºano testes 11º6 testes
margaridabt
 
Movimentos transmembranares
Movimentos transmembranaresMovimentos transmembranares
Movimentos transmembranares
margaridabt
 
9 transporte nas plantas
9   transporte nas plantas9   transporte nas plantas
9 transporte nas plantas
margaridabt
 
8 fotossíntese e quimiossíntese
8   fotossíntese e quimiossíntese8   fotossíntese e quimiossíntese
8 fotossíntese e quimiossíntese
margaridabt
 
7 rochas metamórficas
7   rochas metamórficas7   rochas metamórficas
7 rochas metamórficas
margaridabt
 

Mais de margaridabt (20)

1 a terra e os subsistemas terrestres
1   a terra e os subsistemas terrestres1   a terra e os subsistemas terrestres
1 a terra e os subsistemas terrestres
 
Kahoot biomoléculas e alimentação
Kahoot   biomoléculas e alimentaçãoKahoot   biomoléculas e alimentação
Kahoot biomoléculas e alimentação
 
1 biodiversidade (2017)
1   biodiversidade (2017)1   biodiversidade (2017)
1 biodiversidade (2017)
 
8 vulcanologia
8   vulcanologia8   vulcanologia
8 vulcanologia
 
7 métodos estudo interior da terra
7   métodos estudo interior da terra7   métodos estudo interior da terra
7 métodos estudo interior da terra
 
2 as rochas
2   as rochas2   as rochas
2 as rochas
 
1 intervenção do homem ...
1   intervenção do homem ...1   intervenção do homem ...
1 intervenção do homem ...
 
Critérios de classificação dos testes
Critérios de classificação dos testesCritérios de classificação dos testes
Critérios de classificação dos testes
 
Temas 10ºano testes 11º
Temas 10ºano testes 11ºTemas 10ºano testes 11º
Temas 10ºano testes 11º
 
Programação anual 11ºB
Programação anual 11ºBProgramação anual 11ºB
Programação anual 11ºB
 
Critérios classificação testes BG
Critérios classificação testes BGCritérios classificação testes BG
Critérios classificação testes BG
 
Trabalho biomoléculas
Trabalho biomoléculasTrabalho biomoléculas
Trabalho biomoléculas
 
Matriz exame bg 2015
Matriz exame bg 2015Matriz exame bg 2015
Matriz exame bg 2015
 
Programação 11º B 2014 15
Programação 11º B 2014 15Programação 11º B 2014 15
Programação 11º B 2014 15
 
Critérios de classificação dos testes
Critérios de classificação dos testes Critérios de classificação dos testes
Critérios de classificação dos testes
 
Temas 10ºano testes 11º6 testes
Temas 10ºano testes 11º6 testesTemas 10ºano testes 11º6 testes
Temas 10ºano testes 11º6 testes
 
Movimentos transmembranares
Movimentos transmembranaresMovimentos transmembranares
Movimentos transmembranares
 
9 transporte nas plantas
9   transporte nas plantas9   transporte nas plantas
9 transporte nas plantas
 
8 fotossíntese e quimiossíntese
8   fotossíntese e quimiossíntese8   fotossíntese e quimiossíntese
8 fotossíntese e quimiossíntese
 
7 rochas metamórficas
7   rochas metamórficas7   rochas metamórficas
7 rochas metamórficas
 

Último

Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
EduardoLealSilva
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Yan Kayk da Cruz Ferreira
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 

Critérios de avaliação

  • 1. Escola Secundária D. Maria II, 2017/18 DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS BIOLOGIA e GEOLOGIA - 10º e 11º BIOLOGIA- 12º Ano ANO LETIVO 2017/18 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Domínios Instrumentos de avaliação Ponderação Conhecimentos e capacidades • Testes de avaliação. (Os testes de 11º ano contemplam conteúdos programáticos de 10º ano, até 10% da cotação da prova.) 60% Conhecimentos e capacidades • Instrumentos específicos da componente prática e ou experimental (testes e/ou relatórios, entre outros). 30% Atitudes • Observação dos seguintes parâmetros:  Assiduidade e pontualidade.  Apresentação do material necessário à aula e organização do caderno diário.  Cumprimento das regras preestabelecidas.  Participação nas tarefas da aula.  Relação com os outros (professores e colegas), cooperando com eles.  Realização de tarefas como trabalho de casa.  Demonstração de interesse pela atividade da aula e pela disciplina, em geral. 10%