SlideShare uma empresa Scribd logo
MÉTODO CIENTÍFICO
Fases do Método Científico
2
Fases do Método Científico
3
Fases do Método Científico
4
 Observação
Quase todas as investigações científicas começam por uma
observação que desperta a curiosidade ou suscita uma
questão
 Problema
Após uma observação para a qual não se encontra explicação
imediata surge um problema e é formulada uma pergunta.
O propósito da pergunta é estreitar o foco da investigação
e identificar o problema em termos específicos.
 Hipótese
Sugestão de possível resposta à questão levantada.
Fases do Método Científico
5
 Experiência
É planificada de modo a testar uma hipótese.
• Etapas da planificação da experiência:
- definição de objetivo(s),
- definição da variável,
- escolha de materiais,
- desenho do procedimento.
• Dimensão da amostra
Quanto maior for o número de dados disponíveis como ponto de
partida para a pesquisa, mais válida será a generalização.
• A experiência tem de ser controlada – as variáveis têm
de ser todas controladas, de modo a que apenas uma esteja
aberta a estudo.
Experiência Controlada
6
Experiência Controlada
Grupo Controlo
ou Testemunho
Grupo Experimental
Grupo onde as
variáveis da
experiência são
mantidas inalteráveis.
Grupo onde é testada uma
variável independente sendo
as restantes condições e
constituição mantidas iguais
ao grupo controlo.
Experiência Controlada
7
 Na experiência devidamente controlada, dois grupos são
submetidos a tratamento idêntico em todos os aspetos,
menos um.
 Essa diferença única é o fator investigado
 Geralmente:
• os grupos-controle representam a situação normal,
• os grupos experimentais representam a variação.
 O grupo-controle proporciona base para comparação: um
padrão em relação ao qual se podem medir as alterações que se
verificarem no grupo experimental.
Fases do Método Científico
8
 Análise dos resultados
Durante uma experiência são reunidos todos os dados, de
modo a juntar indícios que podem ajudar a sustentar ou a
rejeitar a hipótese.
A análise dos resultados tem como objetivo final provar
ou negar a hipótese e, ao fazê-lo, responder à pergunta
original.
Fases do Método Científico
9
se aceita
 Conclusão
Etapa em que, perante a análise dos resultados,
ou rejeita a hipótese.
Se a hipótese for aceite, deve ser feita a sua divulgação à
comunidade científica.
Se a hipótese for rejeitada, deve se proceder à formulação
de nova hipótese.
Importância do Método Científico
10
 Em ciência a parcialidade precisa ser evitada a todo
custo.
 O método científico tenta minimizar a influência da
parcialidade que o responsável pela experiência possa
apresentar.
 O método científico oferece uma abordagem objetiva
e padronizada para a condução de experiências e
melhorar os resultados obtidos.
Método Científico
11

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Relatório extração dna
Relatório extração dnaRelatório extração dna
Relatório extração dna
margaridabt
 
Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Direitos Humanos
MINV
 
Relatório dissecação do coração de porco
Relatório dissecação do coração de porcoRelatório dissecação do coração de porco
Relatório dissecação do coração de porco
Maria Freitas
 
A filosofia moral utilitarista de stuart mill
A filosofia moral utilitarista de stuart millA filosofia moral utilitarista de stuart mill
A filosofia moral utilitarista de stuart mill
Filazambuja
 
Abertura e fecho dos estomas
Abertura e fecho dos estomasAbertura e fecho dos estomas
Abertura e fecho dos estomas
Dina do Céu Lopes Araújo
 
Conhecimento Científico - Kuhn
Conhecimento Científico - KuhnConhecimento Científico - Kuhn
Conhecimento Científico - Kuhn
Jorge Barbosa
 
Thomas kuhn
Thomas kuhnThomas kuhn
Thomas kuhn
António Daniel
 
O animal como modelo exprimental
O animal como modelo exprimentalO animal como modelo exprimental
O animal como modelo exprimental
Inês Gaspar
 
Ciência e Método científico
Ciência e Método científicoCiência e Método científico
Ciência e Método científico
Tainara Lira
 
O indutivismo
O indutivismoO indutivismo
Conhecimento cientifico
Conhecimento cientificoConhecimento cientifico
Conhecimento cientifico
Lucila Pesce
 
A filosofia moral de kant
A filosofia moral de kantA filosofia moral de kant
A filosofia moral de kant
Filazambuja
 
Karl popper - Filosofia 11º ano
Karl popper - Filosofia 11º anoKarl popper - Filosofia 11º ano
Karl popper - Filosofia 11º ano
FilipaFonseca
 
10 trocas gasosas nos animais
10   trocas gasosas nos animais10   trocas gasosas nos animais
10 trocas gasosas nos animais
margaridabt
 
Método Hipotético Dedutivo
 Método Hipotético Dedutivo Método Hipotético Dedutivo
Método Hipotético Dedutivo
Antonio César Junior Ferreira
 
Módulo 4 - Método Científico
Módulo 4 - Método CientíficoMódulo 4 - Método Científico
Módulo 4 - Método Científico
Carlos Fernando Jung
 
O que é conhecimento - filosofia
O que é conhecimento - filosofiaO que é conhecimento - filosofia
O que é conhecimento - filosofia
Marcelo Avila
 
Descartes
DescartesDescartes
Descartes
norberto faria
 
Conhecimento como crença verdadeira justificada
Conhecimento como crença verdadeira justificada Conhecimento como crença verdadeira justificada
Conhecimento como crença verdadeira justificada
Isabel Moura
 
Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
Ana Castro
 

Mais procurados (20)

Relatório extração dna
Relatório extração dnaRelatório extração dna
Relatório extração dna
 
Direitos Humanos
Direitos HumanosDireitos Humanos
Direitos Humanos
 
Relatório dissecação do coração de porco
Relatório dissecação do coração de porcoRelatório dissecação do coração de porco
Relatório dissecação do coração de porco
 
A filosofia moral utilitarista de stuart mill
A filosofia moral utilitarista de stuart millA filosofia moral utilitarista de stuart mill
A filosofia moral utilitarista de stuart mill
 
Abertura e fecho dos estomas
Abertura e fecho dos estomasAbertura e fecho dos estomas
Abertura e fecho dos estomas
 
Conhecimento Científico - Kuhn
Conhecimento Científico - KuhnConhecimento Científico - Kuhn
Conhecimento Científico - Kuhn
 
Thomas kuhn
Thomas kuhnThomas kuhn
Thomas kuhn
 
O animal como modelo exprimental
O animal como modelo exprimentalO animal como modelo exprimental
O animal como modelo exprimental
 
Ciência e Método científico
Ciência e Método científicoCiência e Método científico
Ciência e Método científico
 
O indutivismo
O indutivismoO indutivismo
O indutivismo
 
Conhecimento cientifico
Conhecimento cientificoConhecimento cientifico
Conhecimento cientifico
 
A filosofia moral de kant
A filosofia moral de kantA filosofia moral de kant
A filosofia moral de kant
 
Karl popper - Filosofia 11º ano
Karl popper - Filosofia 11º anoKarl popper - Filosofia 11º ano
Karl popper - Filosofia 11º ano
 
10 trocas gasosas nos animais
10   trocas gasosas nos animais10   trocas gasosas nos animais
10 trocas gasosas nos animais
 
Método Hipotético Dedutivo
 Método Hipotético Dedutivo Método Hipotético Dedutivo
Método Hipotético Dedutivo
 
Módulo 4 - Método Científico
Módulo 4 - Método CientíficoMódulo 4 - Método Científico
Módulo 4 - Método Científico
 
O que é conhecimento - filosofia
O que é conhecimento - filosofiaO que é conhecimento - filosofia
O que é conhecimento - filosofia
 
Descartes
DescartesDescartes
Descartes
 
Conhecimento como crença verdadeira justificada
Conhecimento como crença verdadeira justificada Conhecimento como crença verdadeira justificada
Conhecimento como crença verdadeira justificada
 
Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
 

Destaque

Metodo cientifico y sus etapas
Metodo cientifico y sus etapasMetodo cientifico y sus etapas
Metodo cientifico y sus etapas
Wagner Santoyo
 
Metodo cientifico ex
Metodo cientifico exMetodo cientifico ex
Metodo cientifico ex
Michaelstiben
 
Ciencia e vida: Contribuições e bases do pensamento científico
Ciencia e vida: Contribuições e bases do pensamento científico Ciencia e vida: Contribuições e bases do pensamento científico
Ciencia e vida: Contribuições e bases do pensamento científico
Instituto de Educação Régis Pacheco - ATUALMENTE CEEP RÉGIS PACHECO
 
Linea del tiempo / Etapas Administrativas
Linea del tiempo / Etapas AdministrativasLinea del tiempo / Etapas Administrativas
Linea del tiempo / Etapas Administrativas
Danters3
 
6 metodo cientifico
6 metodo cientifico 6 metodo cientifico
6 metodo cientifico
Erica Frau
 
Biologia e metodo cientifico
Biologia e metodo cientificoBiologia e metodo cientifico
Biologia e metodo cientifico
Marcia Bantim
 
Biologia ciencia e vida
Biologia ciencia e vidaBiologia ciencia e vida
Pasos Método Científico
Pasos Método CientíficoPasos Método Científico
Pasos Método Científico
msanchezp
 
El método científico diapositivas
El método científico diapositivasEl método científico diapositivas
El método científico diapositivas
joelgtzl
 
El metodo cientifico
El metodo cientificoEl metodo cientifico
El metodo cientifico
Jose Rosales Garcia
 

Destaque (10)

Metodo cientifico y sus etapas
Metodo cientifico y sus etapasMetodo cientifico y sus etapas
Metodo cientifico y sus etapas
 
Metodo cientifico ex
Metodo cientifico exMetodo cientifico ex
Metodo cientifico ex
 
Ciencia e vida: Contribuições e bases do pensamento científico
Ciencia e vida: Contribuições e bases do pensamento científico Ciencia e vida: Contribuições e bases do pensamento científico
Ciencia e vida: Contribuições e bases do pensamento científico
 
Linea del tiempo / Etapas Administrativas
Linea del tiempo / Etapas AdministrativasLinea del tiempo / Etapas Administrativas
Linea del tiempo / Etapas Administrativas
 
6 metodo cientifico
6 metodo cientifico 6 metodo cientifico
6 metodo cientifico
 
Biologia e metodo cientifico
Biologia e metodo cientificoBiologia e metodo cientifico
Biologia e metodo cientifico
 
Biologia ciencia e vida
Biologia ciencia e vidaBiologia ciencia e vida
Biologia ciencia e vida
 
Pasos Método Científico
Pasos Método CientíficoPasos Método Científico
Pasos Método Científico
 
El método científico diapositivas
El método científico diapositivasEl método científico diapositivas
El método científico diapositivas
 
El metodo cientifico
El metodo cientificoEl metodo cientifico
El metodo cientifico
 

Semelhante a Método científico

O método Científico
O método Científico O método Científico
1 mtodocientfico-powerpoint-120124182937-phpapp02 (1)
1 mtodocientfico-powerpoint-120124182937-phpapp02 (1)1 mtodocientfico-powerpoint-120124182937-phpapp02 (1)
1 mtodocientfico-powerpoint-120124182937-phpapp02 (1)
Susana Gato
 
1 método científico - power point
1  método científico - power point1  método científico - power point
1 método científico - power point
margaridabt
 
0 método científico - power point
0   método científico - power point0   método científico - power point
0 método científico - power point
margaridabt
 
Método científico power point
Método científico   power pointMétodo científico   power point
Método científico power point
margaridabt
 
Metodologias de investigação em sociologia
Metodologias de investigação em sociologiaMetodologias de investigação em sociologia
Metodologias de investigação em sociologia
turma12c
 
Pesquisa Científica
Pesquisa CientíficaPesquisa Científica
Pesquisa Científica
Isabella Neves Silva
 
Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
Maria José Rodrigues
 
3 - As Etapas da Pesquisa cientifica.pdf
3 - As Etapas da Pesquisa cientifica.pdf3 - As Etapas da Pesquisa cientifica.pdf
3 - As Etapas da Pesquisa cientifica.pdf
AlexiaSilva23
 
Willian costa rodrigues metodologia cientifica
Willian costa rodrigues metodologia cientificaWillian costa rodrigues metodologia cientifica
Willian costa rodrigues metodologia cientifica
Darlan Campos
 
Metodologia cientifica
Metodologia cientificaMetodologia cientifica
Metodologia cientifica
Karolline Matos Araújo
 
Metodologia cientifica
Metodologia cientificaMetodologia cientifica
Metodologia cientifica
Gecilene Machado
 
Etapas do método científico-1° ano ensino médio
Etapas do método científico-1° ano ensino médioEtapas do método científico-1° ano ensino médio
Etapas do método científico-1° ano ensino médio
marisa cristina da silva
 
aula de metodologia da pesquisa para tecnicos de enfermagem
aula de metodologia da pesquisa para tecnicos de enfermagemaula de metodologia da pesquisa para tecnicos de enfermagem
aula de metodologia da pesquisa para tecnicos de enfermagem
ranierycape
 
METODOS E TECNICA DE PESQUISA pdf Istituto federal
METODOS E TECNICA DE PESQUISA pdf Istituto federalMETODOS E TECNICA DE PESQUISA pdf Istituto federal
METODOS E TECNICA DE PESQUISA pdf Istituto federal
ssuser4e213f1
 
METODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptx
METODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptxMETODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptx
METODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptx
Carla Dimarães
 
Pesquisa experimental
Pesquisa experimentalPesquisa experimental
Pesquisa experimental
Fernanda Caetano
 
modos_de_producao_da_informacao_metodos_e_tecnicas.pdf
modos_de_producao_da_informacao_metodos_e_tecnicas.pdfmodos_de_producao_da_informacao_metodos_e_tecnicas.pdf
modos_de_producao_da_informacao_metodos_e_tecnicas.pdf
VitorCosta585305
 
Princípios da estatística experimental
Princípios da estatística experimental   Princípios da estatística experimental
Princípios da estatística experimental
UERGS
 
19 elaboração da metodologia
19 elaboração da metodologia19 elaboração da metodologia
19 elaboração da metodologia
Joao Balbi
 

Semelhante a Método científico (20)

O método Científico
O método Científico O método Científico
O método Científico
 
1 mtodocientfico-powerpoint-120124182937-phpapp02 (1)
1 mtodocientfico-powerpoint-120124182937-phpapp02 (1)1 mtodocientfico-powerpoint-120124182937-phpapp02 (1)
1 mtodocientfico-powerpoint-120124182937-phpapp02 (1)
 
1 método científico - power point
1  método científico - power point1  método científico - power point
1 método científico - power point
 
0 método científico - power point
0   método científico - power point0   método científico - power point
0 método científico - power point
 
Método científico power point
Método científico   power pointMétodo científico   power point
Método científico power point
 
Metodologias de investigação em sociologia
Metodologias de investigação em sociologiaMetodologias de investigação em sociologia
Metodologias de investigação em sociologia
 
Pesquisa Científica
Pesquisa CientíficaPesquisa Científica
Pesquisa Científica
 
Método científico
Método científicoMétodo científico
Método científico
 
3 - As Etapas da Pesquisa cientifica.pdf
3 - As Etapas da Pesquisa cientifica.pdf3 - As Etapas da Pesquisa cientifica.pdf
3 - As Etapas da Pesquisa cientifica.pdf
 
Willian costa rodrigues metodologia cientifica
Willian costa rodrigues metodologia cientificaWillian costa rodrigues metodologia cientifica
Willian costa rodrigues metodologia cientifica
 
Metodologia cientifica
Metodologia cientificaMetodologia cientifica
Metodologia cientifica
 
Metodologia cientifica
Metodologia cientificaMetodologia cientifica
Metodologia cientifica
 
Etapas do método científico-1° ano ensino médio
Etapas do método científico-1° ano ensino médioEtapas do método científico-1° ano ensino médio
Etapas do método científico-1° ano ensino médio
 
aula de metodologia da pesquisa para tecnicos de enfermagem
aula de metodologia da pesquisa para tecnicos de enfermagemaula de metodologia da pesquisa para tecnicos de enfermagem
aula de metodologia da pesquisa para tecnicos de enfermagem
 
METODOS E TECNICA DE PESQUISA pdf Istituto federal
METODOS E TECNICA DE PESQUISA pdf Istituto federalMETODOS E TECNICA DE PESQUISA pdf Istituto federal
METODOS E TECNICA DE PESQUISA pdf Istituto federal
 
METODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptx
METODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptxMETODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptx
METODOS E TECNICA DE PESQUISA.pptx
 
Pesquisa experimental
Pesquisa experimentalPesquisa experimental
Pesquisa experimental
 
modos_de_producao_da_informacao_metodos_e_tecnicas.pdf
modos_de_producao_da_informacao_metodos_e_tecnicas.pdfmodos_de_producao_da_informacao_metodos_e_tecnicas.pdf
modos_de_producao_da_informacao_metodos_e_tecnicas.pdf
 
Princípios da estatística experimental
Princípios da estatística experimental   Princípios da estatística experimental
Princípios da estatística experimental
 
19 elaboração da metodologia
19 elaboração da metodologia19 elaboração da metodologia
19 elaboração da metodologia
 

Último

Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
SthafaniHussin1
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 

Último (20)

Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 

Método científico

  • 2. Fases do Método Científico 2
  • 3. Fases do Método Científico 3
  • 4. Fases do Método Científico 4  Observação Quase todas as investigações científicas começam por uma observação que desperta a curiosidade ou suscita uma questão  Problema Após uma observação para a qual não se encontra explicação imediata surge um problema e é formulada uma pergunta. O propósito da pergunta é estreitar o foco da investigação e identificar o problema em termos específicos.  Hipótese Sugestão de possível resposta à questão levantada.
  • 5. Fases do Método Científico 5  Experiência É planificada de modo a testar uma hipótese. • Etapas da planificação da experiência: - definição de objetivo(s), - definição da variável, - escolha de materiais, - desenho do procedimento. • Dimensão da amostra Quanto maior for o número de dados disponíveis como ponto de partida para a pesquisa, mais válida será a generalização. • A experiência tem de ser controlada – as variáveis têm de ser todas controladas, de modo a que apenas uma esteja aberta a estudo.
  • 6. Experiência Controlada 6 Experiência Controlada Grupo Controlo ou Testemunho Grupo Experimental Grupo onde as variáveis da experiência são mantidas inalteráveis. Grupo onde é testada uma variável independente sendo as restantes condições e constituição mantidas iguais ao grupo controlo.
  • 7. Experiência Controlada 7  Na experiência devidamente controlada, dois grupos são submetidos a tratamento idêntico em todos os aspetos, menos um.  Essa diferença única é o fator investigado  Geralmente: • os grupos-controle representam a situação normal, • os grupos experimentais representam a variação.  O grupo-controle proporciona base para comparação: um padrão em relação ao qual se podem medir as alterações que se verificarem no grupo experimental.
  • 8.
  • 9. Fases do Método Científico 8  Análise dos resultados Durante uma experiência são reunidos todos os dados, de modo a juntar indícios que podem ajudar a sustentar ou a rejeitar a hipótese. A análise dos resultados tem como objetivo final provar ou negar a hipótese e, ao fazê-lo, responder à pergunta original.
  • 10. Fases do Método Científico 9 se aceita  Conclusão Etapa em que, perante a análise dos resultados, ou rejeita a hipótese. Se a hipótese for aceite, deve ser feita a sua divulgação à comunidade científica. Se a hipótese for rejeitada, deve se proceder à formulação de nova hipótese.
  • 11. Importância do Método Científico 10  Em ciência a parcialidade precisa ser evitada a todo custo.  O método científico tenta minimizar a influência da parcialidade que o responsável pela experiência possa apresentar.  O método científico oferece uma abordagem objetiva e padronizada para a condução de experiências e melhorar os resultados obtidos.